SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 56
Baixar para ler offline
4º Congresso de Comunicação Empresarial ABERJE Como os Colaboradores devem ser portar nas Redes Sociais Rio de Janeiro, 29 de outubro de 2010 Dr. José Cláudio C. Terra
# digitalização do mundo
[object Object]
100 na Rocinha,
 30 na Cidade de Deus
150 nas favelas da Maré
 2,6 mil livrarias,
 2,3 mil salas de cinema Fonte: FGV
Linha de Montagem Linha de Montagem?
 ALGUNS MOMENTOS ADTED
Evaluate
# ferramentas web 2.0
# marketing 2.0
O Marketing dos 4Ps: foco no produto
Hoje
Por onde começar Formação e alteração de opinião
Por onde começar Inovação (ideias)
Agora começou: 10. Estimule o interesse do usuário Site estimula os usuários com novas funcionalidades e ideias  para prática de esportes
Por onde começar Proposta:  disponibiliza seus produtos para que possam ser melhorados antes do lançamento.
Por onde começar Facebook:  articulação da rede para gerar ideias e inovar.
Agora começou: 9. Ouça antes de falar Nenhuma resposta ou comentário ficam sem resposta
Pode onde começar Todos os usuário devem ter conta na rede social.
# finanças 2.0
Por onde começar Twitter:  informações e respostas rápidas
Buscar colaboração para melhorias de produtos e serviços
Aconselhamento para a poupança associado a uma aplicação financeira em um banco
Facilitar transações
# cuidado 2.0
Proposta:  ser um canal de comunicação de problemas.
“Eu quero defender toda aquela corrupção”
# colaboração empresarial em larga escala
Beginning 2 weeks ago, Soldiers are updating knowledge as they are learning new and better tactics while they are fighting a war  – You have no excuse! United States Army Combined Arms Center
Revista Exame, março 2010 38
Portal Exame, abril 2010 Gestão 2.0 Sadia usa rede colaborativa para gerir conhecimento Um dos recursos da ferramenta é o canal de "perguntas tecnológicas", onde os empregados podem postar perguntas de diferentes áreas do conhecimento. As postagens são classificadas e organizadas de acordo com o assunto e, em seguida, são enviadas aos especialistas mais indicados da empresa. As respostas são postadas na mesma plataforma e o fórum é encerrado só quando o autor da pergunta se sentir satisfeito com a explicação. Desde dezembro de 2007, o Observatório de Tecnologia registrou 1.427 respostas para 307 perguntas tecnológicas. Ao todo, a ferramenta reúne 1.800 usuários e engloba 49 comunidades que tratam de diferentes temas, como tecnologia e meio ambiente. Segundo Sarantopoulos, a ferramenta possibilitou maior interação entre funcionários e parceiros, além de aumentar a proposição de projetos inovadores e estimular o debate sobre as propostas.  São Paulo - Como gerir e transmitir o conhecimento técnico em uma empresa que compõe um grupo de mais de 100 mil colaboradores? Este é o desafio que a Sadia tem enfrentado nos últimos anos. Até o final de 2007, a companhia não tinha nenhuma ferramenta que organizasse e disseminasse as informações técnicas entre os funcionários. "Se o empregado saísse da empresa, aquele conhecimento adquirido era perdido", explica o consultor da Sadia, IoanisSarantopoulos, que apresentou o case durante o evento Gestão 2.0, promovido hoje (29) pelo TerraForum, em São Paulo. A companhia encontrou a solução no Observatório de Tecnologia, rede colaborativa online criada para gerir conhecimento e inovação produzidos na empresa. Por meio dele, funcionários de unidades distantes puderam estreitar o contato e trocar informações com mais facilidade. 29/04/2010, Luciana Carvalho Plataforma online ajuda a reunir, organizar e registrar informações que eram perdidas com o tempo 39
Portal CallCenter, 2010 40
41
“ 	Canais para divulgação e transmissão em tempo real de vídeos para a Secretaria de Gestão Pública de São Paulo 42
Iniciativa de instituições voltadas à saúde Iniciativa de governos Comunidade de pacientes Interatividade com pacientes Construção coletiva entre médicos Pesquisa médica Informações sobre saúde Registro de dados de pacientes
# trabalhador do conhecimento
O colaborador...
O trabalhador do conhecimento Identidade e reconhecimento Gerenciamento de informação Aprendizado Produtividade
Evolução da organização do trabalho e das responsabilidades dos empregados propósito pertencimento vínculo duração Redes Gerar resultados por meio da combinação de recursos e habilidades Enquanto houver relação ganha-ganha Confiança, propósito coletivo e conduta comuns  Enquanto objetivos comuns perdurarem Universidades  Corporativas Transferir conhecimento Conforme demandas das organização Interesse e recompensa  Duração do curso Comunidadesde prática Colaborar na contrução de conhecimento, apredizado e troca  Novo membro é selecionado por seus futuros pares Paixão, compromisso e identificação com a prática do grupo Enquanto persistir o interesse pela manutenção do grupo Estrutura  hierárquica Comercializar um produto ou prestar um serviço  Função das relações hierárquicas das organizações Descrições de cargo e objetivos coletivas Até a próxima reorganização Equipes deprojeto Realizar um tarefa específica Segundo alocação por superior hierárquico Metas e objetivos do projeto Até que o projeto esteja finalizado Processos Entregar resultados importantes para a organização Relacionamentos fornecimento - cliente Contratos  Ciclos dos processos
# comportamento dos colaboradores (e das organizações) no cenário 2.0
Slide 49 Comportamento nas Redes Sociais Autonomia
Slide 50 Comportamento nas Redes Sociais Ética
51 Comportamento nas Redes Sociais Velocidade

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Gc Ii Fase 3liliana Soares Ivo Granja
Gc Ii Fase 3liliana Soares Ivo GranjaGc Ii Fase 3liliana Soares Ivo Granja
Gc Ii Fase 3liliana Soares Ivo GranjaIvo Granja
 
COMUNIDADE VIRTUAL DETRAN/AL: AMBIENTE DE INTEGRAÇÃO, COLABORAÇÃO E CONHECIME...
COMUNIDADE VIRTUAL DETRAN/AL: AMBIENTE DE INTEGRAÇÃO, COLABORAÇÃO E CONHECIME...COMUNIDADE VIRTUAL DETRAN/AL: AMBIENTE DE INTEGRAÇÃO, COLABORAÇÃO E CONHECIME...
COMUNIDADE VIRTUAL DETRAN/AL: AMBIENTE DE INTEGRAÇÃO, COLABORAÇÃO E CONHECIME...Thiago Avila, Msc
 
FÓRUNS VIRTUAIS DE DISCUSSÃO COMO FERRAMENTA DE GESTÃO DO CONHECIMENTO: ESTUD...
FÓRUNS VIRTUAIS DE DISCUSSÃO COMO FERRAMENTA DE GESTÃO DO CONHECIMENTO: ESTUD...FÓRUNS VIRTUAIS DE DISCUSSÃO COMO FERRAMENTA DE GESTÃO DO CONHECIMENTO: ESTUD...
FÓRUNS VIRTUAIS DE DISCUSSÃO COMO FERRAMENTA DE GESTÃO DO CONHECIMENTO: ESTUD...Diogo Rangel
 
Cosmos - Colaboração em Projetos e Office2.0
Cosmos - Colaboração em Projetos e Office2.0Cosmos - Colaboração em Projetos e Office2.0
Cosmos - Colaboração em Projetos e Office2.0ivanlm
 
Tendência das redes sociais corporativas
Tendência das redes sociais corporativasTendência das redes sociais corporativas
Tendência das redes sociais corporativasMilton Jeronimides
 
WOT - 04_socialmediatoolkit (porquê um gestor de redes sociais)
WOT - 04_socialmediatoolkit (porquê um gestor de redes sociais)WOT - 04_socialmediatoolkit (porquê um gestor de redes sociais)
WOT - 04_socialmediatoolkit (porquê um gestor de redes sociais)WOT - Social Web Contents
 
O que há de mais eficaz em tecnologia para portais corporativos e Intranets ...
O que há de mais eficaz em tecnologia para portais corporativos  e Intranets ...O que há de mais eficaz em tecnologia para portais corporativos  e Intranets ...
O que há de mais eficaz em tecnologia para portais corporativos e Intranets ...Carlos Henrique Carvalho
 
Engenharia e Gestão do Conhecimento em Ambientes Colaborativos
Engenharia e Gestão do Conhecimento em Ambientes ColaborativosEngenharia e Gestão do Conhecimento em Ambientes Colaborativos
Engenharia e Gestão do Conhecimento em Ambientes ColaborativosRoberto C. S. Pacheco
 
Colaboração e Inclusão Digital - Aula
Colaboração e Inclusão Digital - AulaColaboração e Inclusão Digital - Aula
Colaboração e Inclusão Digital - AulaDiego Henrique Miranda
 
Cisco Collaboration Architecture: Melhore a eficiência de seus funcionários p...
Cisco Collaboration Architecture: Melhore a eficiência de seus funcionários p...Cisco Collaboration Architecture: Melhore a eficiência de seus funcionários p...
Cisco Collaboration Architecture: Melhore a eficiência de seus funcionários p...Cisco do Brasil
 
Oracle Enterprise 2.0
Oracle Enterprise 2.0Oracle Enterprise 2.0
Oracle Enterprise 2.0Joao Borrego
 
Manual do pim III Gestão da qualidade
Manual do pim III Gestão da qualidadeManual do pim III Gestão da qualidade
Manual do pim III Gestão da qualidadeRevair Ferraresi
 
Intranets - Portal corporativo CCEE - estudo de caso
Intranets - Portal corporativo CCEE - estudo de casoIntranets - Portal corporativo CCEE - estudo de caso
Intranets - Portal corporativo CCEE - estudo de casoSuzana Ribeiro
 
CSCW: Trabalhando em grupos
CSCW: Trabalhando em gruposCSCW: Trabalhando em grupos
CSCW: Trabalhando em gruposDarlisson Jesus
 
Comunidade de Prática e Web 2
Comunidade de Prática e Web 2Comunidade de Prática e Web 2
Comunidade de Prática e Web 2thamarduarte
 

Mais procurados (19)

Gc Ii Fase 3liliana Soares Ivo Granja
Gc Ii Fase 3liliana Soares Ivo GranjaGc Ii Fase 3liliana Soares Ivo Granja
Gc Ii Fase 3liliana Soares Ivo Granja
 
COMUNIDADE VIRTUAL DETRAN/AL: AMBIENTE DE INTEGRAÇÃO, COLABORAÇÃO E CONHECIME...
COMUNIDADE VIRTUAL DETRAN/AL: AMBIENTE DE INTEGRAÇÃO, COLABORAÇÃO E CONHECIME...COMUNIDADE VIRTUAL DETRAN/AL: AMBIENTE DE INTEGRAÇÃO, COLABORAÇÃO E CONHECIME...
COMUNIDADE VIRTUAL DETRAN/AL: AMBIENTE DE INTEGRAÇÃO, COLABORAÇÃO E CONHECIME...
 
FÓRUNS VIRTUAIS DE DISCUSSÃO COMO FERRAMENTA DE GESTÃO DO CONHECIMENTO: ESTUD...
FÓRUNS VIRTUAIS DE DISCUSSÃO COMO FERRAMENTA DE GESTÃO DO CONHECIMENTO: ESTUD...FÓRUNS VIRTUAIS DE DISCUSSÃO COMO FERRAMENTA DE GESTÃO DO CONHECIMENTO: ESTUD...
FÓRUNS VIRTUAIS DE DISCUSSÃO COMO FERRAMENTA DE GESTÃO DO CONHECIMENTO: ESTUD...
 
Ufsc inovação colaborativa
Ufsc   inovação colaborativaUfsc   inovação colaborativa
Ufsc inovação colaborativa
 
Cosmos - Colaboração em Projetos e Office2.0
Cosmos - Colaboração em Projetos e Office2.0Cosmos - Colaboração em Projetos e Office2.0
Cosmos - Colaboração em Projetos e Office2.0
 
Tendência das redes sociais corporativas
Tendência das redes sociais corporativasTendência das redes sociais corporativas
Tendência das redes sociais corporativas
 
WOT - 04_socialmediatoolkit (porquê um gestor de redes sociais)
WOT - 04_socialmediatoolkit (porquê um gestor de redes sociais)WOT - 04_socialmediatoolkit (porquê um gestor de redes sociais)
WOT - 04_socialmediatoolkit (porquê um gestor de redes sociais)
 
O que há de mais eficaz em tecnologia para portais corporativos e Intranets ...
O que há de mais eficaz em tecnologia para portais corporativos  e Intranets ...O que há de mais eficaz em tecnologia para portais corporativos  e Intranets ...
O que há de mais eficaz em tecnologia para portais corporativos e Intranets ...
 
Vencedor Grand Prix PIP2008
Vencedor Grand Prix PIP2008Vencedor Grand Prix PIP2008
Vencedor Grand Prix PIP2008
 
Engenharia e Gestão do Conhecimento em Ambientes Colaborativos
Engenharia e Gestão do Conhecimento em Ambientes ColaborativosEngenharia e Gestão do Conhecimento em Ambientes Colaborativos
Engenharia e Gestão do Conhecimento em Ambientes Colaborativos
 
Colaboração e Inclusão Digital - Aula
Colaboração e Inclusão Digital - AulaColaboração e Inclusão Digital - Aula
Colaboração e Inclusão Digital - Aula
 
Cisco Collaboration Architecture: Melhore a eficiência de seus funcionários p...
Cisco Collaboration Architecture: Melhore a eficiência de seus funcionários p...Cisco Collaboration Architecture: Melhore a eficiência de seus funcionários p...
Cisco Collaboration Architecture: Melhore a eficiência de seus funcionários p...
 
Oracle Enterprise 2.0
Oracle Enterprise 2.0Oracle Enterprise 2.0
Oracle Enterprise 2.0
 
Manual do pim III Gestão da qualidade
Manual do pim III Gestão da qualidadeManual do pim III Gestão da qualidade
Manual do pim III Gestão da qualidade
 
Intranets - Portal corporativo CCEE - estudo de caso
Intranets - Portal corporativo CCEE - estudo de casoIntranets - Portal corporativo CCEE - estudo de caso
Intranets - Portal corporativo CCEE - estudo de caso
 
CSCW: Trabalhando em grupos
CSCW: Trabalhando em gruposCSCW: Trabalhando em grupos
CSCW: Trabalhando em grupos
 
Comunidade de Prática e Web 2
Comunidade de Prática e Web 2Comunidade de Prática e Web 2
Comunidade de Prática e Web 2
 
Web 2.0: Rupturas e Continuidades
Web 2.0: Rupturas e ContinuidadesWeb 2.0: Rupturas e Continuidades
Web 2.0: Rupturas e Continuidades
 
Intranets campeãs - Digitalks
Intranets campeãs - DigitalksIntranets campeãs - Digitalks
Intranets campeãs - Digitalks
 

Destaque

Minha defesa de dissertação 2004
Minha defesa de dissertação 2004Minha defesa de dissertação 2004
Minha defesa de dissertação 2004Adriana Quevedo
 
C4 Lotusday2008 Distance Leading
C4 Lotusday2008 Distance LeadingC4 Lotusday2008 Distance Leading
C4 Lotusday2008 Distance LeadingAndreas Schulte
 
www.schreibman.de
www.schreibman.dewww.schreibman.de
www.schreibman.deguest186fb1
 
0 Dienstleistungsmanagement Agenda
0 Dienstleistungsmanagement Agenda0 Dienstleistungsmanagement Agenda
0 Dienstleistungsmanagement AgendaAndreas Walbert
 
201012 entrevista a jordi savall (variaciones 63)
201012   entrevista a jordi savall (variaciones 63)201012   entrevista a jordi savall (variaciones 63)
201012 entrevista a jordi savall (variaciones 63)Apuntador
 
Trago no Peito 2010 - 1ª Etapa - CICDAMAS - 2º D
Trago no Peito  2010 - 1ª Etapa - CICDAMAS - 2º DTrago no Peito  2010 - 1ª Etapa - CICDAMAS - 2º D
Trago no Peito 2010 - 1ª Etapa - CICDAMAS - 2º Dftmcicdamas
 
Proyecto TIC en un centro educativo
Proyecto TIC en un centro educativoProyecto TIC en un centro educativo
Proyecto TIC en un centro educativordelgadov
 
Agilität und Mikropolitik
Agilität und MikropolitikAgilität und Mikropolitik
Agilität und MikropolitikJens Himmelreich
 
Cris&David Energias
Cris&David EnergiasCris&David Energias
Cris&David EnergiasCristinuka
 
Vergaser
VergaserVergaser
VergaserAster46
 
'Anyone Can Edit': Vom Nutzer zum Produtzer (2008, Hamburg Version)
'Anyone Can Edit': Vom Nutzer zum Produtzer (2008, Hamburg Version)'Anyone Can Edit': Vom Nutzer zum Produtzer (2008, Hamburg Version)
'Anyone Can Edit': Vom Nutzer zum Produtzer (2008, Hamburg Version)Axel Bruns
 
Der Wind
Der WindDer Wind
Der WindAster46
 
Folleto Torneo 2012
Folleto Torneo 2012Folleto Torneo 2012
Folleto Torneo 2012Jordi Masnou
 
Fotos simpósio 2008
Fotos   simpósio 2008Fotos   simpósio 2008
Fotos simpósio 2008LCA promo
 

Destaque (20)

Minha defesa de dissertação 2004
Minha defesa de dissertação 2004Minha defesa de dissertação 2004
Minha defesa de dissertação 2004
 
C4 Lotusday2008 Distance Leading
C4 Lotusday2008 Distance LeadingC4 Lotusday2008 Distance Leading
C4 Lotusday2008 Distance Leading
 
www.schreibman.de
www.schreibman.dewww.schreibman.de
www.schreibman.de
 
0 Dienstleistungsmanagement Agenda
0 Dienstleistungsmanagement Agenda0 Dienstleistungsmanagement Agenda
0 Dienstleistungsmanagement Agenda
 
201012 entrevista a jordi savall (variaciones 63)
201012   entrevista a jordi savall (variaciones 63)201012   entrevista a jordi savall (variaciones 63)
201012 entrevista a jordi savall (variaciones 63)
 
Trago no Peito 2010 - 1ª Etapa - CICDAMAS - 2º D
Trago no Peito  2010 - 1ª Etapa - CICDAMAS - 2º DTrago no Peito  2010 - 1ª Etapa - CICDAMAS - 2º D
Trago no Peito 2010 - 1ª Etapa - CICDAMAS - 2º D
 
Proyecto TIC en un centro educativo
Proyecto TIC en un centro educativoProyecto TIC en un centro educativo
Proyecto TIC en un centro educativo
 
Agilität und Mikropolitik
Agilität und MikropolitikAgilität und Mikropolitik
Agilität und Mikropolitik
 
Cris&David Energias
Cris&David EnergiasCris&David Energias
Cris&David Energias
 
Jussara, Viviane
Jussara, VivianeJussara, Viviane
Jussara, Viviane
 
Vergaser
VergaserVergaser
Vergaser
 
'Anyone Can Edit': Vom Nutzer zum Produtzer (2008, Hamburg Version)
'Anyone Can Edit': Vom Nutzer zum Produtzer (2008, Hamburg Version)'Anyone Can Edit': Vom Nutzer zum Produtzer (2008, Hamburg Version)
'Anyone Can Edit': Vom Nutzer zum Produtzer (2008, Hamburg Version)
 
Der Wind
Der WindDer Wind
Der Wind
 
Romantismo1
Romantismo1Romantismo1
Romantismo1
 
Folleto Torneo 2012
Folleto Torneo 2012Folleto Torneo 2012
Folleto Torneo 2012
 
Jefferson, Kelvin
Jefferson, KelvinJefferson, Kelvin
Jefferson, Kelvin
 
Arun Annangadi CV
Arun Annangadi CVArun Annangadi CV
Arun Annangadi CV
 
Fotos simpósio 2008
Fotos   simpósio 2008Fotos   simpósio 2008
Fotos simpósio 2008
 
Grisel
GriselGrisel
Grisel
 
Ponéncia luis montes
Ponéncia luis montesPonéncia luis montes
Ponéncia luis montes
 

Semelhante a Como os Colaboradores devem se portar nas Redes Sociais

Intranets e Redes Sociais Corporativas - Guia para Implantação
Intranets e Redes Sociais Corporativas - Guia para ImplantaçãoIntranets e Redes Sociais Corporativas - Guia para Implantação
Intranets e Redes Sociais Corporativas - Guia para ImplantaçãoTalk Estratégias Digitais
 
Projeto Câmara Virtual: Plano de Projeto
Projeto Câmara Virtual: Plano de ProjetoProjeto Câmara Virtual: Plano de Projeto
Projeto Câmara Virtual: Plano de ProjetoYannick Belot
 
Comunicação Colaborativa Mauro segura
Comunicação Colaborativa Mauro seguraComunicação Colaborativa Mauro segura
Comunicação Colaborativa Mauro seguraPapos na rede
 
Gestão do Conhecimento e Tecnologia
Gestão do Conhecimento e TecnologiaGestão do Conhecimento e Tecnologia
Gestão do Conhecimento e TecnologiaMarcelo Ramos
 
Trabalho sobre o Artigo "Dez Razões para ter uma Rede Social em sua Empresa"
Trabalho sobre o Artigo "Dez Razões para ter uma Rede Social em sua Empresa"Trabalho sobre o Artigo "Dez Razões para ter uma Rede Social em sua Empresa"
Trabalho sobre o Artigo "Dez Razões para ter uma Rede Social em sua Empresa"Graziela Dias
 
Exercicio design thinking
Exercicio design thinkingExercicio design thinking
Exercicio design thinkingDouglas Mello
 
Palestra - Experiências de implementação de Plataformas Sociais Colaborativas
Palestra - Experiências de implementação de Plataformas Sociais ColaborativasPalestra - Experiências de implementação de Plataformas Sociais Colaborativas
Palestra - Experiências de implementação de Plataformas Sociais ColaborativasSODET
 
O Uso da Inteligência Coletiva nas Empresas
O Uso da Inteligência Coletiva nas EmpresasO Uso da Inteligência Coletiva nas Empresas
O Uso da Inteligência Coletiva nas EmpresasElvis Fusco
 
Trabalho3 colaboração pedro_melo
Trabalho3 colaboração pedro_meloTrabalho3 colaboração pedro_melo
Trabalho3 colaboração pedro_meloprmelo
 
Guia boas praticas de social media
Guia boas praticas de social mediaGuia boas praticas de social media
Guia boas praticas de social mediaPlanno
 
Trabalho Final - Redes Sociais
Trabalho Final - Redes SociaisTrabalho Final - Redes Sociais
Trabalho Final - Redes SociaisDurval Amorim
 
Palestra Nepomuceno Transpetro
Palestra Nepomuceno TranspetroPalestra Nepomuceno Transpetro
Palestra Nepomuceno Transpetrocnepo
 
Guia de Boas Práticas Social Media
Guia de Boas Práticas Social MediaGuia de Boas Práticas Social Media
Guia de Boas Práticas Social MediaIAB Brasil
 
UTILIZAÇÃO DAS REDES SOCIAIS VIRTUAIS COMO FERRAMENTA DE DIVULGAÇÃO NA GESTÃO...
UTILIZAÇÃO DAS REDES SOCIAIS VIRTUAIS COMO FERRAMENTA DE DIVULGAÇÃO NA GESTÃO...UTILIZAÇÃO DAS REDES SOCIAIS VIRTUAIS COMO FERRAMENTA DE DIVULGAÇÃO NA GESTÃO...
UTILIZAÇÃO DAS REDES SOCIAIS VIRTUAIS COMO FERRAMENTA DE DIVULGAÇÃO NA GESTÃO...yorana mendes
 
Educação Pós-Pandemia, a gestão se prepara para a transformação digital
Educação Pós-Pandemia, a gestão se prepara para a transformação digitalEducação Pós-Pandemia, a gestão se prepara para a transformação digital
Educação Pós-Pandemia, a gestão se prepara para a transformação digitalLuciano Sathler
 
Workshop Tecna PUCRS // Gestão por projetos em rede (Maio 2015)
Workshop Tecna PUCRS // Gestão por projetos em rede (Maio 2015)Workshop Tecna PUCRS // Gestão por projetos em rede (Maio 2015)
Workshop Tecna PUCRS // Gestão por projetos em rede (Maio 2015)TransLAB - Laboratório Cidadão
 

Semelhante a Como os Colaboradores devem se portar nas Redes Sociais (20)

Discurso 2011
Discurso 2011Discurso 2011
Discurso 2011
 
Intranets e Redes Sociais Corporativas - Guia para Implantação
Intranets e Redes Sociais Corporativas - Guia para ImplantaçãoIntranets e Redes Sociais Corporativas - Guia para Implantação
Intranets e Redes Sociais Corporativas - Guia para Implantação
 
Projeto Câmara Virtual: Plano de Projeto
Projeto Câmara Virtual: Plano de ProjetoProjeto Câmara Virtual: Plano de Projeto
Projeto Câmara Virtual: Plano de Projeto
 
Comunicação Colaborativa Mauro segura
Comunicação Colaborativa Mauro seguraComunicação Colaborativa Mauro segura
Comunicação Colaborativa Mauro segura
 
Gestão do Conhecimento e Tecnologia
Gestão do Conhecimento e TecnologiaGestão do Conhecimento e Tecnologia
Gestão do Conhecimento e Tecnologia
 
Trabalho sobre o Artigo "Dez Razões para ter uma Rede Social em sua Empresa"
Trabalho sobre o Artigo "Dez Razões para ter uma Rede Social em sua Empresa"Trabalho sobre o Artigo "Dez Razões para ter uma Rede Social em sua Empresa"
Trabalho sobre o Artigo "Dez Razões para ter uma Rede Social em sua Empresa"
 
Exercicio design thinking
Exercicio design thinkingExercicio design thinking
Exercicio design thinking
 
Case Senac São Paulo
Case Senac São PauloCase Senac São Paulo
Case Senac São Paulo
 
Palestra - Experiências de implementação de Plataformas Sociais Colaborativas
Palestra - Experiências de implementação de Plataformas Sociais ColaborativasPalestra - Experiências de implementação de Plataformas Sociais Colaborativas
Palestra - Experiências de implementação de Plataformas Sociais Colaborativas
 
PETICrowd
PETICrowdPETICrowd
PETICrowd
 
O Uso da Inteligência Coletiva nas Empresas
O Uso da Inteligência Coletiva nas EmpresasO Uso da Inteligência Coletiva nas Empresas
O Uso da Inteligência Coletiva nas Empresas
 
Mídias Sociais na Educação - Apresentação
Mídias Sociais na Educação - ApresentaçãoMídias Sociais na Educação - Apresentação
Mídias Sociais na Educação - Apresentação
 
Trabalho3 colaboração pedro_melo
Trabalho3 colaboração pedro_meloTrabalho3 colaboração pedro_melo
Trabalho3 colaboração pedro_melo
 
Guia boas praticas de social media
Guia boas praticas de social mediaGuia boas praticas de social media
Guia boas praticas de social media
 
Trabalho Final - Redes Sociais
Trabalho Final - Redes SociaisTrabalho Final - Redes Sociais
Trabalho Final - Redes Sociais
 
Palestra Nepomuceno Transpetro
Palestra Nepomuceno TranspetroPalestra Nepomuceno Transpetro
Palestra Nepomuceno Transpetro
 
Guia de Boas Práticas Social Media
Guia de Boas Práticas Social MediaGuia de Boas Práticas Social Media
Guia de Boas Práticas Social Media
 
UTILIZAÇÃO DAS REDES SOCIAIS VIRTUAIS COMO FERRAMENTA DE DIVULGAÇÃO NA GESTÃO...
UTILIZAÇÃO DAS REDES SOCIAIS VIRTUAIS COMO FERRAMENTA DE DIVULGAÇÃO NA GESTÃO...UTILIZAÇÃO DAS REDES SOCIAIS VIRTUAIS COMO FERRAMENTA DE DIVULGAÇÃO NA GESTÃO...
UTILIZAÇÃO DAS REDES SOCIAIS VIRTUAIS COMO FERRAMENTA DE DIVULGAÇÃO NA GESTÃO...
 
Educação Pós-Pandemia, a gestão se prepara para a transformação digital
Educação Pós-Pandemia, a gestão se prepara para a transformação digitalEducação Pós-Pandemia, a gestão se prepara para a transformação digital
Educação Pós-Pandemia, a gestão se prepara para a transformação digital
 
Workshop Tecna PUCRS // Gestão por projetos em rede (Maio 2015)
Workshop Tecna PUCRS // Gestão por projetos em rede (Maio 2015)Workshop Tecna PUCRS // Gestão por projetos em rede (Maio 2015)
Workshop Tecna PUCRS // Gestão por projetos em rede (Maio 2015)
 

Mais de aberje

i-Cherry - Search: Muito além de uma simples busca
i-Cherry - Search: Muito além de uma simples buscai-Cherry - Search: Muito além de uma simples busca
i-Cherry - Search: Muito além de uma simples buscaaberje
 
A importância das Redes Sociais para o Banco Bradesco
A importância das Redes Sociais para o Banco BradescoA importância das Redes Sociais para o Banco Bradesco
A importância das Redes Sociais para o Banco Bradescoaberje
 
Patricia Peck Pinheiro Advogados - Legalliidade nas Redes Sociiaiis
Patricia Peck Pinheiro Advogados - Legalliidade nas Redes SociiaiisPatricia Peck Pinheiro Advogados - Legalliidade nas Redes Sociiaiis
Patricia Peck Pinheiro Advogados - Legalliidade nas Redes Sociiaiisaberje
 
Polipress - Gestão de crises nas redes sociais
Polipress - Gestão de crises nas redes sociais Polipress - Gestão de crises nas redes sociais
Polipress - Gestão de crises nas redes sociais aberje
 
GOL - Gerenciamento de Crises em Redes Sociais
GOL - Gerenciamento de Crises em Redes SociaisGOL - Gerenciamento de Crises em Redes Sociais
GOL - Gerenciamento de Crises em Redes Sociaisaberje
 
Kraft - Estratégia em mídias sociais o relacionamento digital com o mercado
Kraft - Estratégia em mídias sociais o relacionamento digital com o mercadoKraft - Estratégia em mídias sociais o relacionamento digital com o mercado
Kraft - Estratégia em mídias sociais o relacionamento digital com o mercadoaberje
 
E-life - A importância do monitoramento da marca nas mídias digitais
E-life - A importância do monitoramento da marca nas mídias digitaisE-life - A importância do monitoramento da marca nas mídias digitais
E-life - A importância do monitoramento da marca nas mídias digitaisaberje
 
Iveco - A integração do ON e OFF
Iveco - A integração do ON e OFFIveco - A integração do ON e OFF
Iveco - A integração do ON e OFFaberje
 
Virando o jogo na web - Como os buscadores podem mudar toda sua estratégia de...
Virando o jogo na web - Como os buscadores podem mudar toda sua estratégia de...Virando o jogo na web - Como os buscadores podem mudar toda sua estratégia de...
Virando o jogo na web - Como os buscadores podem mudar toda sua estratégia de...aberje
 
Rio 360 - Momento esportivo no Rio
Rio 360 - Momento esportivo no RioRio 360 - Momento esportivo no Rio
Rio 360 - Momento esportivo no Rioaberje
 
O abraço corporativo
O abraço corporativoO abraço corporativo
O abraço corporativoaberje
 
Comunicação no esporte
Comunicação no esporteComunicação no esporte
Comunicação no esporteaberje
 
Light - Gestão de Crise
Light  - Gestão de CriseLight  - Gestão de Crise
Light - Gestão de Criseaberje
 
Delloite - Mídias Sociais nas empresas
Delloite - Mídias Sociais nas empresasDelloite - Mídias Sociais nas empresas
Delloite - Mídias Sociais nas empresasaberje
 
Midiassociaisaberje mg
Midiassociaisaberje mgMidiassociaisaberje mg
Midiassociaisaberje mgaberje
 
Comitê Digital - Código de Conduta Digital
Comitê Digital - Código de Conduta DigitalComitê Digital - Código de Conduta Digital
Comitê Digital - Código de Conduta Digitalaberje
 

Mais de aberje (16)

i-Cherry - Search: Muito além de uma simples busca
i-Cherry - Search: Muito além de uma simples buscai-Cherry - Search: Muito além de uma simples busca
i-Cherry - Search: Muito além de uma simples busca
 
A importância das Redes Sociais para o Banco Bradesco
A importância das Redes Sociais para o Banco BradescoA importância das Redes Sociais para o Banco Bradesco
A importância das Redes Sociais para o Banco Bradesco
 
Patricia Peck Pinheiro Advogados - Legalliidade nas Redes Sociiaiis
Patricia Peck Pinheiro Advogados - Legalliidade nas Redes SociiaiisPatricia Peck Pinheiro Advogados - Legalliidade nas Redes Sociiaiis
Patricia Peck Pinheiro Advogados - Legalliidade nas Redes Sociiaiis
 
Polipress - Gestão de crises nas redes sociais
Polipress - Gestão de crises nas redes sociais Polipress - Gestão de crises nas redes sociais
Polipress - Gestão de crises nas redes sociais
 
GOL - Gerenciamento de Crises em Redes Sociais
GOL - Gerenciamento de Crises em Redes SociaisGOL - Gerenciamento de Crises em Redes Sociais
GOL - Gerenciamento de Crises em Redes Sociais
 
Kraft - Estratégia em mídias sociais o relacionamento digital com o mercado
Kraft - Estratégia em mídias sociais o relacionamento digital com o mercadoKraft - Estratégia em mídias sociais o relacionamento digital com o mercado
Kraft - Estratégia em mídias sociais o relacionamento digital com o mercado
 
E-life - A importância do monitoramento da marca nas mídias digitais
E-life - A importância do monitoramento da marca nas mídias digitaisE-life - A importância do monitoramento da marca nas mídias digitais
E-life - A importância do monitoramento da marca nas mídias digitais
 
Iveco - A integração do ON e OFF
Iveco - A integração do ON e OFFIveco - A integração do ON e OFF
Iveco - A integração do ON e OFF
 
Virando o jogo na web - Como os buscadores podem mudar toda sua estratégia de...
Virando o jogo na web - Como os buscadores podem mudar toda sua estratégia de...Virando o jogo na web - Como os buscadores podem mudar toda sua estratégia de...
Virando o jogo na web - Como os buscadores podem mudar toda sua estratégia de...
 
Rio 360 - Momento esportivo no Rio
Rio 360 - Momento esportivo no RioRio 360 - Momento esportivo no Rio
Rio 360 - Momento esportivo no Rio
 
O abraço corporativo
O abraço corporativoO abraço corporativo
O abraço corporativo
 
Comunicação no esporte
Comunicação no esporteComunicação no esporte
Comunicação no esporte
 
Light - Gestão de Crise
Light  - Gestão de CriseLight  - Gestão de Crise
Light - Gestão de Crise
 
Delloite - Mídias Sociais nas empresas
Delloite - Mídias Sociais nas empresasDelloite - Mídias Sociais nas empresas
Delloite - Mídias Sociais nas empresas
 
Midiassociaisaberje mg
Midiassociaisaberje mgMidiassociaisaberje mg
Midiassociaisaberje mg
 
Comitê Digital - Código de Conduta Digital
Comitê Digital - Código de Conduta DigitalComitê Digital - Código de Conduta Digital
Comitê Digital - Código de Conduta Digital
 

Como os Colaboradores devem se portar nas Redes Sociais

  • 1. 4º Congresso de Comunicação Empresarial ABERJE Como os Colaboradores devem ser portar nas Redes Sociais Rio de Janeiro, 29 de outubro de 2010 Dr. José Cláudio C. Terra
  • 3.
  • 4.
  • 5.
  • 6.
  • 8. 30 na Cidade de Deus
  • 9. 150 nas favelas da Maré
  • 10. 2,6 mil livrarias,
  • 11. 2,3 mil salas de cinema Fonte: FGV
  • 12.
  • 13. Linha de Montagem Linha de Montagem?
  • 15.
  • 16.
  • 17.
  • 19.
  • 21.
  • 23. O Marketing dos 4Ps: foco no produto
  • 24. Hoje
  • 25. Por onde começar Formação e alteração de opinião
  • 26. Por onde começar Inovação (ideias)
  • 27. Agora começou: 10. Estimule o interesse do usuário Site estimula os usuários com novas funcionalidades e ideias para prática de esportes
  • 28. Por onde começar Proposta: disponibiliza seus produtos para que possam ser melhorados antes do lançamento.
  • 29. Por onde começar Facebook: articulação da rede para gerar ideias e inovar.
  • 30. Agora começou: 9. Ouça antes de falar Nenhuma resposta ou comentário ficam sem resposta
  • 31. Pode onde começar Todos os usuário devem ter conta na rede social.
  • 33. Por onde começar Twitter: informações e respostas rápidas
  • 34. Buscar colaboração para melhorias de produtos e serviços
  • 35. Aconselhamento para a poupança associado a uma aplicação financeira em um banco
  • 38.
  • 39. Proposta: ser um canal de comunicação de problemas.
  • 40. “Eu quero defender toda aquela corrupção”
  • 41. # colaboração empresarial em larga escala
  • 42. Beginning 2 weeks ago, Soldiers are updating knowledge as they are learning new and better tactics while they are fighting a war – You have no excuse! United States Army Combined Arms Center
  • 44. Portal Exame, abril 2010 Gestão 2.0 Sadia usa rede colaborativa para gerir conhecimento Um dos recursos da ferramenta é o canal de "perguntas tecnológicas", onde os empregados podem postar perguntas de diferentes áreas do conhecimento. As postagens são classificadas e organizadas de acordo com o assunto e, em seguida, são enviadas aos especialistas mais indicados da empresa. As respostas são postadas na mesma plataforma e o fórum é encerrado só quando o autor da pergunta se sentir satisfeito com a explicação. Desde dezembro de 2007, o Observatório de Tecnologia registrou 1.427 respostas para 307 perguntas tecnológicas. Ao todo, a ferramenta reúne 1.800 usuários e engloba 49 comunidades que tratam de diferentes temas, como tecnologia e meio ambiente. Segundo Sarantopoulos, a ferramenta possibilitou maior interação entre funcionários e parceiros, além de aumentar a proposição de projetos inovadores e estimular o debate sobre as propostas. São Paulo - Como gerir e transmitir o conhecimento técnico em uma empresa que compõe um grupo de mais de 100 mil colaboradores? Este é o desafio que a Sadia tem enfrentado nos últimos anos. Até o final de 2007, a companhia não tinha nenhuma ferramenta que organizasse e disseminasse as informações técnicas entre os funcionários. "Se o empregado saísse da empresa, aquele conhecimento adquirido era perdido", explica o consultor da Sadia, IoanisSarantopoulos, que apresentou o case durante o evento Gestão 2.0, promovido hoje (29) pelo TerraForum, em São Paulo. A companhia encontrou a solução no Observatório de Tecnologia, rede colaborativa online criada para gerir conhecimento e inovação produzidos na empresa. Por meio dele, funcionários de unidades distantes puderam estreitar o contato e trocar informações com mais facilidade. 29/04/2010, Luciana Carvalho Plataforma online ajuda a reunir, organizar e registrar informações que eram perdidas com o tempo 39
  • 46. 41
  • 47. “ Canais para divulgação e transmissão em tempo real de vídeos para a Secretaria de Gestão Pública de São Paulo 42
  • 48. Iniciativa de instituições voltadas à saúde Iniciativa de governos Comunidade de pacientes Interatividade com pacientes Construção coletiva entre médicos Pesquisa médica Informações sobre saúde Registro de dados de pacientes
  • 49. # trabalhador do conhecimento
  • 51. O trabalhador do conhecimento Identidade e reconhecimento Gerenciamento de informação Aprendizado Produtividade
  • 52. Evolução da organização do trabalho e das responsabilidades dos empregados propósito pertencimento vínculo duração Redes Gerar resultados por meio da combinação de recursos e habilidades Enquanto houver relação ganha-ganha Confiança, propósito coletivo e conduta comuns Enquanto objetivos comuns perdurarem Universidades Corporativas Transferir conhecimento Conforme demandas das organização Interesse e recompensa Duração do curso Comunidadesde prática Colaborar na contrução de conhecimento, apredizado e troca Novo membro é selecionado por seus futuros pares Paixão, compromisso e identificação com a prática do grupo Enquanto persistir o interesse pela manutenção do grupo Estrutura hierárquica Comercializar um produto ou prestar um serviço Função das relações hierárquicas das organizações Descrições de cargo e objetivos coletivas Até a próxima reorganização Equipes deprojeto Realizar um tarefa específica Segundo alocação por superior hierárquico Metas e objetivos do projeto Até que o projeto esteja finalizado Processos Entregar resultados importantes para a organização Relacionamentos fornecimento - cliente Contratos Ciclos dos processos
  • 53. # comportamento dos colaboradores (e das organizações) no cenário 2.0
  • 54. Slide 49 Comportamento nas Redes Sociais Autonomia
  • 55. Slide 50 Comportamento nas Redes Sociais Ética
  • 56. 51 Comportamento nas Redes Sociais Velocidade
  • 57. 52 Comportamento nas Redes Sociais Transparência
  • 58. 53 Comportamento nas Redes Sociais Diálogo
  • 59. 54 Comportamento nas Redes Sociais Escute e esteja sempre preparado para críticas
  • 60. 55 Sua organização é um solo árido ou fértil para as Redes Sociais?
  • 61. Obrigado! José Claudio Terra jcterra@terraforum.com.br 11-3088-6021 Twitter: @claudioterra Slides: www.slideshare.net/jcterra www.terraforum.com.br BRASILSÃO PAULO - Rua Francisco Leitão, 469, cj1704 - Jd. América - São Paulo - SP - CEP 05414-020 - Tel / Fax: +55 (11) 3088-6021CURITIBA - Praça General Osório, 45, cj305 - Centro - Curitiba - PR - CEP 80020-010 - Tel: +55 (41) 3233-8891RIO DE JANEIRO - Av. Rio Branco, 1 – 12º. Andar - Sl 30 - Centro - Rio de Janeiro - RJ – CEP 20090-003 - Tel: +55 (21) 2588-8288 CANADÁTORONTO - 117 Melrose Ave - ON - M5M1Y8 - Tel: +1 905-919-2301

Notas do Editor

  1. Your virtual social network
  2. Your virtual social network
  3. Barack Obama in Germany at the victory column in front of an estimated 200,000 Germans We live in a digital world – we produce informationWhat do you notice in this photo?
  4. Everyone has a digital camera, a mobile phone, video cameraOne person has a laptop – its webcam recording the event on video - streamingWhere will the video and pictures end up? Ustream.tv, Qik, Youtube, Flickr, Twitter , Facebook, Myspace
  5. Not everything on the internet is accurateThere is so much information searchable on googleWhat do you do with it?This is what we need to teach our students – evaluate, synthesise
  6. Your virtual social network
  7. Your virtual social network
  8. Your virtual social network
  9. Your virtual social network
  10. Your virtual social network
  11. Your virtual social network
  12. Your virtual social network