01 brb observanatura2012

237 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
237
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

01 brb observanatura2012

  1. 1. 4ª edição OBSERVANATURA Birdwatching Fair 13-14 de Outubro de 2012 TURISMO EM ÁREA PROTEGIDA ECONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE EM CONTEXTO AFRICANO Brígida Rocha Brito brigidabrito@netcabo.pt
  2. 2. 4º edição OBSERVANATURA Turismo em área protegida e conservação da biodiversidade em contexto africano – Brígida Rocha BritoÁFRICA (S)DIVERSIDADE PAISAGÍSTICAECOSSISTEMAS FRÁGEIS: (florestais, costeiros, marinhos, fluviais, desérticos)ÁREAS PROTEGIDAS E CLASSIFICADASBIODIVERSIDADE E ENDEMISMO (fauna e flora) COMUNIDADES ANCESTRAIS CULTURAS TRADICIONAIS DEPENDÊNCIA SOCIAL E ECONÓMICA DO MEIO PARA SOBREVIVÊNCIA SOBRECARGA SOBRE O AMBIENTE: ESPAÇOS E ESPÉCIES PRESERVAÇÃO ESPONTÂNEA DE ESPAÇO NATURAIS TURISMO: SECTOR RESIDUAL COM TENDÊNCIA PARA CRESCIMENTO
  3. 3. 4º edição OBSERVANATURA Turismo em área protegida e conservação da biodiversidade em contexto africano – Brígida Rocha Brito IMPORTÂNCIA DAS ÁREAS PROTEGIDAS NA ÁFRICA SUB-SAHARIANA Nº Áreas Total Áreas Total de Área % ÁreasREGIÃO Protegidas Protegidas Km² Territorial Km² ProtegidasMUNDO 63.361 15.876.976 168.573.428 9,42PED 12.733 9.272.595 89.508.060 10,36ÁFRICASUB-SAHARIANA 2.903 2.370.429 25.164.328 9,42Fonte: UNEP (2007). Millennium Development Goals. Indicator 26: Protected Areas Report. UNEP World Conservation Monitoring Centre PROGRESSÃO DE CHEGADAS TURÍSTICAS POR REGIÃO (2000-2007) REGIÃO % de CRESCIMENTO Mundo 4.1 Europa 3.0 Ásia e Pacífico 7.8 Américas 1.5 África 6.9 Médio Oriente 10.0 Fonte: Organização Mundial de Turismo
  4. 4. 4º edição OBSERVANATURATurismo em área protegida e conservação da biodiversidade em contexto africano – Brígida Rocha Brito PEQUENOS ESTADOS INSULARES EM DESENVOLVIMENTO - PEI Vulnerabilidade INSULARIDADE DIMENSÃO SÍNDROME DOS PEID DISTÂNCIA Fragilidade Ambiental (Ecossistemas e Biodiversidade) Precariedade Socioeconómica ISOLAMENTO Ancestralidade de Práticas
  5. 5. 4º edição OBSERVANATURA Turismo em área protegida e conservação da biodiversidade em contexto africano – Brígida Rocha BritoTURISMO: ACTIVIDADE económica e dinâmica flexível e diversificada nas formas e nos segmentos resulta de um fenómeno social em que são estabelecidas relações entre diferentes actores valoriza e promove os contextos e os tempos de lazer enquadrada por ambientes naturais (Áreas Protegidas, biodiversidade,...) geradora de impactos positivos e negativos ao longo do tempo e a nível mundial, evidencia tendência para o crescimento TURISMO EM ÁREA PROTEGIDA PRINCÍPIOS ÉTICOS, SOLIDÁRIOS, RESPEITADORES DO AMBIENTE E SOCIALMENTE RESPONSÁVEIS
  6. 6. 4º edição OBSERVANATURA Turismo em área protegida e conservação da biodiversidade em contexto africano – Brígida Rocha Brito ATITUDES E COMPORTAMENTOS TURISMO DE REFORÇO DE IDENTIDADES NATUREZA Conservação de espécies ePRÁTICAS SOCIAIS Preservação de TRANSMISSÃO DE espaços COSTUME CONHECIMENTOS ANCESTRAISTRADIÇÃO ORAL Agravamento das PERPETUAÇÃO DAS FORMAS ameaças ambientais DE UTILIZAÇÃO DO AMBIENTE
  7. 7. 4º edição OBSERVANATURA Turismo em área protegida e conservação da biodiversidade em contexto africano – Brígida Rocha BritoPRINCÍPIOS ÉTICOS, SOLIDÁRIOS, RESPEITADORES DO AMBIENTE E SOCIALMENTE RESPONSÁVEIS ACTORES Promotores Turista/Viajante RESPEITO Comunidades RESPONSABILIZAÇÃO AMBIENTE Estado Sociedade Civil Conhecimento Preservação Interacção Conservação SUSTENTABILIDADE SÓCIOAMBIENTAL
  8. 8. 4º edição OBSERVANATURA Turismo em área protegida e conservação da biodiversidade em contexto africano – Brígida Rocha Brito Nº REDUZIDO TURISTAS VIAJANTES VISITANTES EQUIDADE VIVÊNCIA TURISMOENQUADRAMENTO SEGMENTOS AMBIENTAL ÁREA PROTEGIDA VIABILIDADE VOCAÇÃO CONSERVACIONISTA
  9. 9. 4º edição OBSERVANATURATurismo em área protegida e conservação da biodiversidade em contexto africano – Brígida Rocha Brito TURISMO em ÁREA PROTEGIDA SOCIAL VIVÊNCIA EQUIDADE VIABILIDADE AMBIENTAL ECONÓMICO
  10. 10. 4º edição OBSERVANATURA Turismo em área protegida e conservação da biodiversidade em contexto africano – Brígida Rocha Brito TURISMO EM ÁREA PROTEGIDA COMUNIDADES LOCAIS TURISTA / VIAJANTE VALOR VALOR UTILITARISTA INTRÍNSECO FORTE AMBIENTE DEPENDÊNCIA PRESERVADO DO MEIO BIODIVERSIDADEESGOTABILIDADE FLORA E FAUNA CONTEMPLAÇÃO CONTACTO EXPLORAÇÃO NÃO DIRECTO PLANEADA HÁBITOS E APRENDIZAGEM PRÁTICAS PROTECÇÃO CULTURAIS
  11. 11. 4º edição OBSERVANATURA Turismo em área protegida e conservação da biodiversidade em contexto africano – Brígida Rocha Brito TURISMO EM ÁREA PROTEGIDA Envolvimento Participação ContemplaçãoESPAÇOS ESPÉCIES Aprendizagem Observação Valorização Contacto Pessoal Directo Sensibilização
  12. 12. 4º edição OBSERVANATURA Turismo em área protegida e conservação da biodiversidade em contexto africano – Brígida Rocha Brito TURISMO EM ÁREA PROTEGIDA TURISMO Potenciais conflitos (dificuldades) : preservação ambiental/conservação de espécies de flora e fauna XXX necessidades socioeconómicas das populações locais que dependem dos recursos acções conservacionistas XXX interesses turísticosDESENVOLVIMENTO CONSERVAÇÃO COMUNITÁRIO
  13. 13. 4º edição OBSERVANATURA Turismo em área protegida e conservação da biodiversidade em contexto africano – Brígida Rocha Brito Incremento dos rendimentos familiares Viajante/Turista AMBIENTE / NATUREZA TURISMOHomem-Ambiente Representações Criação de uma Áreas Protegidas melhor relação EM ÁREA PROTEGIDA: Identidades CULTURA Práticas Divulgação de culturais de elementos referência Fauna ÉTICO E Flora RESPONSÁVEL Responsabilização Respeito Equidade Agentes Locais/Nacionais Promoção individual e comunitária
  14. 14. 4º edição OBSERVANATURATurismo em área protegida e conservação da biodiversidade em contexto africano – Brígida Rocha Brito
  15. 15. 4º edição OBSERVANATURA Turismo em área protegida e conservação da biodiversidade em contexto africano – Brígida Rocha BritoBOAS PRÁTICAS NA HARMONIZAÇÃO DO TURISMO EM ÁREAS PROTEGIDAS AFRICANAS
  16. 16. 4º edição OBSERVANATURA Turismo em área protegida e conservação da biodiversidade em contexto africano – Brígida Rocha BritoCABO VERDE
  17. 17. 4º edição OBSERVANATURA Turismo em área protegida e conservação da biodiversidade em contexto africano – Brígida Rocha Brito INDICADOR CABO VERDECaracterísticas ambientais de LOCALIZAÇÃO África Ocidental Cabo Verde Sahel 4.033 km² ÁREA 965 km de costa 10 repartidas por ILHAS Barlavento e Sotavento Ilhéus CLIMA Tropical Seco Árida Praias PAISAGEM Costa acidentada Montanhas Vulcão Espécies herbáceas Palmeiras endémicas FLORA Gramíneas Plantas arbustivas Tartarugas marinhas Baleia Golfinho FAUNA MARINHA Tubarão Tunídeos Crustáceos endémicos Aves FAUNA FLORESTAL Répteis Insectos
  18. 18. 4º edição OBSERVANATURA Turismo em área protegida e conservação da biodiversidade em contexto africano – Brígida Rocha Brito Projecto TURISMO SUSTENTÁVEL NA ILHA DO FOGO  Implementação da rede de actores  criação de um comité de pilotagem e assinatura de convenções de parcerias  Formação (hotelaria, guias, definição de roteiros)  Apoio a associações locais  Apoio à Chã Tours (acolhimento, informação ao turista, organização de estadias…)  Apoio à promoção e comercialização (marketing turístico)  Produção e publicação de um roteiro de Fogo PARCERIAS Direcção do Cooperação AssociaçõesIPAD Parque Natural ONGs Descentralizada Locais do Fogo
  19. 19. 4º edição OBSERVANATURA Turismo em área protegida e conservação da biodiversidade em contexto africano – Brígida Rocha BritoSÃO TOMÉ E PRINCIPE
  20. 20. 4º edição OBSERVANATURA Turismo em área protegida e conservação da biodiversidade em contexto africano – Brígida Rocha Brito INDICADOR CABO VERDECaracterísticas ambientais de LOCALIZAÇÃO África Ocidental São Tomé e Principe Sahel 1.001 km² ÁREA 260 km de costa São Tomé, Príncipe ILHAS Ilhéu das Rolas e desabitados CLIMA Tropical Húmido Densa Praias PAISAGEM Costa acidentada Montanhas Savana Flores tropicais Orquídeas endémicas FLORA Árvores centenárias Plantas medicinais Tartarugas marinhas Baleia Golfinho FAUNA MARINHA Tubarão Tunídeos Crustáceos Símios Lagaia FAUNA FLORESTAL Aves Répteis Insectos
  21. 21. 4º edição OBSERVANATURA Turismo em área protegida e conservação da biodiversidade em contexto africano – Brígida Rocha Brito Comunitária / Solidária JALÉ ECOLODGE vocação Conservacionista PARCERIA Projecto Turístico: - bungalows + infraestruturas de apoio DG Ambiente - enquadramento ambiental (praia Jalé, proximidade da praia Piscina ONG MARAPA e do rio Malanza) Grupo Jalé - comunidades locais residentes na envolvência RAPAC Emprego directo e Actividades de lazer Ligação com as populações Praia indirecto Formação Trekking locais Observação de desova Valorização da economia Birdwatching Observação Contemplação local Contacto com a natureza Descanso Diversificação de actividadesEstímulo ao associativismo
  22. 22. 4º edição OBSERVANATURATurismo em área protegida e conservação da biodiversidade em contexto africano – Brígida Rocha Brito Obrigada pela atenção

×