Para quem você trabalha - Encontrho de 04.07.13

325 visualizações

Publicada em

Apresentação da Palestra realizada pelo Prof. Bernardo Leite - Para quem você Trabalha?

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
325
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Para quem você trabalha - Encontrho de 04.07.13

  1. 1. Bernardo Leite – assessoria@bernardoleite.com.br
  2. 2. UMA DAS EXPRESSÕES MAIS UTILIZADAS HOJE NAS EMPRESAS É: Agregação de valor Resultado Mas, isso é novidade?
  3. 3. Bernardo Leite – assessoria@bernardoleite.com.br Demanda dos Executivos Desafios de negócios Tomar melhores decisões… rapidamente Fazer mais com… equipes menores Aumentar a satisfação do cliente Obter mais valor dos parceiros Colaborar além da organização Ambiente de negócios • Intensa complexidade organizacional • Pressão competitiva • Renovado foco no cliente e relações com os parceiros Garantir conformidade ReduçãodeCustos Aumentarfaturamento
  4. 4. Desafios Atuais das Organizações Fonte “The Knowledge Worker Investment Paradox” Pesquisa Gartner 17/7/2002 As pessoas detêm a chave para a economia do conhecimento e grande parte disso é perdido quando deixam a corporação. Funcionários obtém 50%-75% de informações importantes para suas atividades diretamente de outras pessoas. Mais de 80% da informações digitais das organizações estão em discos rígidos individuais e arquivos pessoais.
  5. 5. ALGUNS TEMAS SE DESTACAM! Visão de Processo FOCO Atendimento e “entrega” Orientação para Resultados O Poder da Visão COMUNICAÇÃO
  6. 6. Michel Porter
  7. 7. HOJE
  8. 8. A ORGANIZAÇÃO HORIZONTAL A PIRÂMIDE NÃO É A REPRESENTAÇÃO IDEAL DAS ORGANIZAÇÕES! Três questões importantes: 1- Qual a importância da sua função para os negócios? 2- Você conhece qual a sua agregação de valor? 3- Em que podemos melhorar?
  9. 9. VISÃO DE UM FLUXO DE PROCESSO DE NEGÓCIOS PESSOAS PROCESSOS TECNOLOGIA Mercado Mercado Clientes Concor- rência Crédito Cadastro Fluxo de Caixa PCP Demanda Qualidade do Produto Estoque Expedição Entrega Assist.Téc. “feed back” Pesquisa Publicidade Produto Suporte de funcionamento ao sistema Projetos/Custos/R.H./Contab../Manutenção/Serviços/etc..
  10. 10. CONFLITOS ORGANIZACIONAIS Algumas características departamentais: VENDAS: curto prazo / flexibilidade / imediatismo / quantidade / reação rápida / preço MKT: médio prazo / atendimento a planejamento / ação estratégica / reação planejada / marca PRODUÇÃO: médio prazo / escala / flexibilidade restrita / < set up / PCP / custo CRÉDITO: análise / “restrição” a vendas / ação na informação / saúde financeira
  11. 11. FLUXO SISTÊMICO DA RELAÇÃO INTERNA CLIENTE X FORNECEDOR CLIENTE FORNECEDOR produtos serviços CLIENTE FORNECEDOR produtos serviços CLIENTE FORNECEDOR produtos serviços Avalia e melhora, em conjunto! Avalia e melhora, em conjunto! Avalia e melhora, em conjunto! CLIENTE PARÂMETROS DE AVALIAÇÃO (como os fornecedores externos)
  12. 12. Uma pequena história 1- Um cliente nos pede um tipo específico de produto 2- Para ser atendido ele nos precisa passar todas as especificações desse produto. 3- Sem essas especificações não conseguiremos atende-lo adequadamente. Portanto essa informação é ESSENCIAL! 4- Neste momento ele se torna nosso fornecedor???
  13. 13. Gestão da Competência (como definir as competências) MERCADO COMPETÊNCIAS ESSENCIAIS DA ORGANIZAÇÃO Competências individuais Competências individuais Competências individuais Planejamento Estratégico Foco de desenvolvimento (modelos de competências)
  14. 14. AGREGAÇÃO DE VALOR CONTRIBUIR, NO PROCESSO, COM O RESULTADO DA ORGANIZAÇÃO SEU SETOR VOCÊ - Agrega valor - Contribui FORNECEDOR Entrega para seu setor Ele é um bom fornecedor? Você pode ajudá-lo? SEU CLIENTE Ele está satisfeito? Ele acha que Você pode melhorar?
  15. 15. TESTE A- O sucesso organizacional depende principalmente daqueles que decidem. De nada adianta decidir bem se a execução é falha. B- O sucesso organizacional depende principalmente daqueles que executam as decisões que são tomadas nos níveis superiores. C- O sucesso organizacional depende tanto dos que decidem quanto dos que executam. Decisão e execução tem igual importância para o sucesso organizacional. NOVO TESTE - ESCOLHER O PIOR! A- executar deficientemente uma decisão inadequada, B- executar deficientemente uma decisão adequada, C- executar eficientemente uma decisão inadequada. “ fazer certo as coisas certas” - Peter Drucker
  16. 16. EFICIÊNCIA X EFICÁCIA fazer certo as coisas certas meio atividades objetivos Missão Qual a missão de Treinamento? Pessoas Aptas! Outro exemplo: Qual a missão de Manutenção de Ar condicionado? AR CONDICIONADO FUNCIONANDO!
  17. 17. NÃO TEMOS RESULTADOS! TODO RESULTADO OCORRE FORA DE NOSSA ÁREA DE AÇÃO, E DEVE SER DIRIGIDO PARA A UTILIZAÇÃO DE ALGUÉM! Insumos/ Informações Resultado P r o c e s s o NÃO VENDEMOS PRODUTOS Nos nossos clientes (internos e externos)
  18. 18. TABELA DE EXPECTATIVAS (análise de causa e efeitos) Como tenho agido? (último ano) Como estou hoje? Como gostaria de estar?
  19. 19. Relação causa e efeito Educação restritiva e comparações negativas Não me Posiciono / Não decido! História vivida Valores / crenças Emoção Comportamento As relações são carregadas de preconceitos, competições, e conflitos, Interferindo decisivamente na nossa carga emocional, exercendo, com freqüência, influência restritiva no nosso comportamento. Baixa Auto estima “Não sou Bom” Precisamos entender os comportamentos DA e NA organização.
  20. 20. NÃO HÁ INCONGRUÊNCIA ENTRE A VISÃO DA ECONOMIA E A COMPORTAMENTAL SÃO COMPLEMENTARES
  21. 21. REQUISIÇÃO DIAGRAMA DO PROCESSO DE SELEÇÃO DE PESSOAL Aprova- da Não Sim Recruta- mento Seleção Aprova- do Sim Não Entrevista com Requisitante Aprova- do Sim Não Exame médico Aprova- do Sim Não Documen- tação Admissão Integração
  22. 22. SUGESTÃO DE INDICADORES 1- Prazo de contratação. 2- Desempenho do profissional após 6 meses 3- Avaliação de desempenho da Chefia
  23. 23. • “MEDIMOS PARA QUE POSSAMOS MONITORAR, CONT ROLAR E APERFEIÇOAR O DESEMPENHO DO SISTEMA EM TODOS OS TRÊS NÍVEIS.” • (Geary A Rummler) Gerenciamento do desempenho
  24. 24. 3.00 2.67 2.83 2.83 2.83 2.83 2.83 2.67 2.83 3.33 2.83 2.862.84 2.56 2.58 2.72 2.87 3.01 2.71 2.81 2.74 3.17 2.95 2.81 2.00 2.50 3.00 3.50 MÉDIA DO DEPARTAMENTO MÉDIA DA EMPRESA Exemplo de resultado da Avaliação de Desempenho Informação estratégica para os gestores
  25. 25. E PRECISAMOS MONITORAR E MOSTRAR ISSO!
  26. 26. 1309 Empresas Americas - 315 Asia Pacific - 582 EMEA - 412 Brasil - 50
  27. 27. TRADICIONAL EMERGENTE Hierarquizada Em rede / processo Gestão diretiva Gestão “Coach” Centrado no processo Centrado no resultado Recompensas externas Recompensas internas Baseado nas fraquezas Baseado nas forças Feedback - ciclo anual Feedback no dia a dia
  28. 28. Bernardo Leite – assessoria@bernardoleite.com.br bernardo@bernardoleite.com.br

×