Aula atualizada sobre Indicadores de RH

1.277 visualizações

Publicada em

Aula de Indicadores de RH ministrada para alunos da Foco Pós Graduação, em Campo Grande, MS, em 30/05/2015.

Apresentação do contexto de recursos humanos, conceitos básicos de indicadores, 2 exemplos práticos, um estudo de caso e a finalização sobre balanced scorecard.

Publicada em: Negócios
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.277
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
17
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
93
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula atualizada sobre Indicadores de RH

  1. 1. Indicadores de RH Adm. Esp. Kenneth Corrêa kenneth@grupowtw.com.br MBA em Gestão Estratégica de Pessoas e Coaching
  2. 2. • Educação • Empresas Privadas • Universidades • Consultoria • Negócios Kenneth Corrêa
  3. 3. Estrutura da Aula 1. Contexto 2. Conceitos 3. Exemplos práticos 4. Estudo de Caso 5. Balanced Scorecard
  4. 4. 1. Contexto
  5. 5. Importância do RH Pessoas, pessoas, pessoas!
  6. 6. Em outras palavras Waldez Ludwig "Se a empresa tiver dois funcionários, o segundo tem que ser vice-presidente de RH"
  7. 7. Capital Humano Ativos Tangíveis x Intangíveis
  8. 8. Desafio de Gestão Falta de Alinhamento Estratégico
  9. 9. Desafio para o RH Retenção e gestão de talentos baseada em fatos e não em percepções
  10. 10. O que é um Indicador? Instrumento gerencial de mensuração que permite a avaliação criteriosa de qualidade, custos ou produtividade.
  11. 11. Por que utilizar indicadores? • Indicadores ajudam a saber se a estratégia está atingindo os objetivos esperados • Números não aceitam desculpas ou justificativas, dificilmente permitindo dupla interpretação
  12. 12. “OK, mas eu sou do RH...”
  13. 13. Gestão Orientada a Resultados “Quem não mede, não gerencia” Juran, Gestão da Qualidade Total
  14. 14. 2. Conceitos
  15. 15. 3 Conceitos Básicos • Indicador: critério a ser analisado; • Índice: situação atual; • Meta: objetivo a ser atingido.
  16. 16. Testando o conceito Visitas Planejado Realizado Dif.2% jan/12 13.000%%%%%%%%%% 13.043%%%%%%%%% 0,33% fev/12 13.000%%%%%%%%%% 14.567%%%%%%%%% 10,76% mar/12 13.000%%%%%%%%%% 12.000%%%%%%%%% -8,33% abr/12 13.000%%%%%%%%%% 11.567%%%%%%%%% -12,39% mai/12 13.000%%%%%%%%%% 15.678%%%%%%%%% 17,08% jun/12 13.000%%%%%%%%%% 17.556%%%%%%%%% 25,95% jul/12 15.000%%%%%%%%%% 21.234%%%%%%%%% 29,36% ago/12 15.000%%%%%%%%%% 18.562%%%%%%%%% 19,19% set/12 15.000%%%%%%%%%% out/12 15.000%%%%%%%%%% nov/12 15.000%%%%%%%%%% dez/12 15.000%%%%%%%%%% TOTAL 168.000%%%%%%% 124.207%%%%%% -35,26%
  17. 17. Escolhendo um indicador TI
  18. 18. Consistência x Certeza
  19. 19. Tipos de Indicadores
  20. 20. Quantos indicadores? Ajudar a identificar os motivadores de performance para as métricas de resultado do negócio Absenteísmo Rotatividade Investimento médio em treinamento Funcionários treinados / número de funcionários % de pessoas com 100% das competências Número de Atendimentos realizados % de Atendimentos sem problemas % de produtos com defeito % de projetos entregues dentro do prazo Tempo médio de atendimento % das etapas do CRM adotadas Número de acidentes na fábrica
  21. 21. Como definir indicadores? 1 º - Nome e tipo de Indicador (O QUE?) 2 º - Objetivo /Propósito (POR QUE?) 3 º - Responsável (QUEM?) 4 º - Método e fórmula(COMO?) 5 º - Fonte de informação e amostra (ONDE?) 6 º - Freqüência (QUANTASVEZES?) 7 º - O custo da apuração do indicador (QUANTO CUSTA?)
  22. 22. Tipos de Indicadores • Indicadores de Resultado • Perspectivas Financeiras e de Clientes • Objetivas • Fáceis de compreender • Focadas no passado
  23. 23. Tipos de Indicadores • Motivadores de Performance • Perspectivas de Aprendizagem e Crescimento, e Processos Internos • Mais difíceis de deduzir • Acionáveis • Focadas no futuro
  24. 24. Faturamento é um indicador de resultado atingido através da execução de motivadores de performance
  25. 25. Definindo Metas !R$198.000!! !R$217.800!! !R$239.580!! !R$263.538!! !R$289.892!! !R$318.881!! !R$250.470!! !R$275.517!! !R$303.069!! !R$333.376!! jan/13! fev/13! mar/13! abr/13! mai/13! jun/13! Evolução(do(Faturamento( Comparação com Gráfico de Tendência
  26. 26. Confusão Comum O indicador NÃO É uma medida direta de qualidade, serve na verdade para dirigir a atenção para assuntos específicos, que devem ser motivo de revisão.
  27. 27. Painéis de Desempenho Dashboard e KPIs (Key Performance Indicators)
  28. 28. Cuidado com Indicadores Indicadores são INCENTIVOS, atenção ao que quer INCENTIVAR
  29. 29. Essencial na Implantação Apoio da Alta Administração
  30. 30. 3. Exemplos Práticos
  31. 31. Exemplos de Indicadores • Absenteísmo • Índice de rotatividade (turnover) • Custo de rescisões / faturamento • Investimento médio em treinamento • Custos de Treinamento / funcionário • Funcionários Treinados / nº de funcionários • Folha de pagamento / faturamento • Faturamento / funcionário • Despesas / funcionário • Lucro / funcionário • Custo de RH / funcionário • Folha de pagamento / nº de funcionários • Tempo médio de empresa • Idade Média • Taxa de Emprego feminino
  32. 32. Absenteísmo Serve para avaliar o volume de faltas dos funcionários ao trabalho; Independente dos motivos, é a soma dos períodos em que os funcionários encontram-se ausentes.
  33. 33. Causas do Absenteísmo doença efetivamente comprovada; doença não comprovada; razões diversas de caráter familiar; atrasos involuntários por motivos de força maior; faltas voluntárias por motivos pessoais dificuldades e problemas financeiros; problema do transporte baixa motivação para trabalhar; supervisão precária da chefia; políticas inadequadas da organização.
  34. 34. Cálculo do Índice de Absenteísmo Total de homem/horas perdidas X 100 Total de homem/horas trabalhadas
  35. 35. Índice de Rotatividade (turnover rate) Flutuação de pessoal entre uma organização e seu ambiente; Volume de pessoas que entra e sai da empresa; Relação percentual da soma de admissões e desligamentos, com relação ao número médio de funcionários na empresa; Deve ser expressa em índices mensais ou anuais, para permitir comparação.
  36. 36. Cálculo do Índice de Rotatividade A + D x 100 EM A – Admissões de pessoal; D – Desligamento de pessoal; EM – Efetivo Médio.
  37. 37. Cálculo do Índice de Rotatividade
  38. 38. Variações do Índice de Rotatividade Para se analisar apenas as perdas de funcionários, pode-se fazer o cálculo usando apenas as demissões; Para verificar os motivos que levaram as pessoas a deixarem a organização, pode-se considerar apenas as demissões voluntárias.
  39. 39. 4. Estudo de Caso
  40. 40. ABC Rações Animais • 25 anos de mercado • 1996 - 300.000 sacas/mês • 2009 - 500.000 sacas/mês • Cresce 4% ao ano • Representa 15% do custo da Pecuária
  41. 41. ABC Rações Animais Organograma
  42. 42. ABC Rações Animais Missão Promover uma nutrição de qualidade para a criação de animais no Estado do Mato Grosso do Sul. Visão Tornar-se uma das principais fornecedoras de nutrição animal do Estado. Valores • Qualidade dos produtos • Tradição • Comprometimento
  43. 43. ABC Rações Animais Nova fábrica?
  44. 44. Principais Desafios • Falta de motivação da equipe de produção • Altos índices de absenteísmo e rotatividade • Alto índice de perdas na produção • Maquinário antigo e Espaço para estoques limitam o crescimento • Riscos trabalhistas dos vendedores trabalharem na fábrica e receberem como PJ • Diferença de performance dos vendedores • Não há programa de treinamento • Não há processo de recrutamento
  45. 45. ABC Rações Animais Histórico de Lucro Histórico de Faturamento
  46. 46. ABC Rações Animais Performance porVendedor Indicadores comerciais
  47. 47. ABC Rações Animais Performance por Operário
  48. 48. ABC Rações Animais Análise de Indicadores
  49. 49. 5. Balanced Scorecard (BSC)
  50. 50. Relembrando… Capital Humano Falta de Alinhamento Estratégico
  51. 51. Organizações que Aprendem Peter Senge
  52. 52. Robert S. Kaplan David P. Norton Como a aprendizagem pode gerar resultados?
  53. 53. Os resultados devem ser norteados pela Visão...
  54. 54. ... necessitando desenvolver as pessoas...
  55. 55. ... para obter excelência nos processos internos...
  56. 56. ... atendendo às necessidades dos clientes...
  57. 57. ... para atingir objetivos financeiros.
  58. 58. Balanced Scorecard (BSC) Mecanismo para a tradução da estratégia em objetivos, indicadores e metas específicas para ação.
  59. 59. Se formos bem sucedidos, como cuidaremos dos nossos acio- nistas? O bjetivosIndicadores M etas Iniciativas Perspectiva Financeira Para realizar a visão, como devo cuidar dos clientes? O bjetivosIndicadores M etas Iniciativas Perspectiva do Cliente Para satisfazer os clientes, em que processos devo ser excelente? O bjetivosIndicadores M etas Iniciativas Processos Internos Para realizar a visão, como a organização deve aprender e melhorar? O bjetivosIndicadores M etas Iniciativas Inovação e Aprendizado Visão e Estratégica Estrutura do BSC
  60. 60. Temas Estratégicos Eficiência Operacional Liderança do Produto Inovação Fidelidade dos Clientes Produtividade
  61. 61. Mapa Estratégico GOL
  62. 62. Contribuição do BSC Solução para o problema de comunicar a estratégia
  63. 63. Contribuição do BSC Ponte entre executivos e funcionários
  64. 64. Contribuição do BSC Ajuda a conciliar indicadores Financeiros e Não-Financeiros
  65. 65. Confusão Comum Não existe receita de bolo!
  66. 66. Confusão Comum O BSC não cria a estratégia, apenas comunica
  67. 67. Obrigado! Adm. Esp. Kenneth Corrêa kenneth@grupowtw.com.br

×