1ª etapa: Leitura de “Guardar” e reflexão sobre a relação entreo conteúdo do poema e a situação de memorizar um textopara ...
1ª etapa: Leitura de “Guardar” e reflexão sobre a relação entre o conteúdo do poema e a situação de memorizar um texto par...
2ª etapa: Escolha de um poema para“guardar”- Cada aluno escolhe um poema paramemorizar, e tem o ano inteiro para isso.-No ...
3ª etapa: Organização e realização do sarauNo final do período (trimestre, semestre ouano letivo), a classe decide como qu...
4ª etapa: Análise do texto apresentado nosarauO poema apresentado no sarau é analisado,à luz dos conteúdos estudados ao lo...
4ª etapa: Análise do texto apresentado nosarauExemplo de análise produzida no final do 9º anoArte de Amar(Manuel Bandeira)...
4ª etapa: Análise do texto apresentado no sarau           O poema “Arte de amar” fala sobre o amor platônico (amorespiritu...
4ª etapa: Análise do texto apresentado no sarauA parte vertical é intrigante e chama a atenção do leitor, que, ao lê-la na...
ComentáriosEssa sequência implica:• O TRABALHO INDIVIDUAL- ler muito, reconhecer suas preferências e escolher um poemaque ...
ComentáriosA sequência contempla muitas modalidadesde leitura:-ler para conhecer os poemas;- ler para selecionar;- ler par...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Exemplo sarau

1.218 visualizações

Publicada em

Proposta integrante do Projeto Poesia

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.218
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
41
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Exemplo sarau

  1. 1. 1ª etapa: Leitura de “Guardar” e reflexão sobre a relação entreo conteúdo do poema e a situação de memorizar um textopara apresentá-lo no sarau. Guardar Antonio Cicero Guardar uma coisa não é escondê-la ou trancá-la. Em cofre não se guarda coisa alguma. Em cofre perde-se a coisa à vista. Guardar uma coisa é olhá-la, fitá-la, mirá-la por admirá-la, isto é, iluminá-la ou ser por ela iluminado. Guardar uma coisa é vigiá-la, isto é, fazer vigília por ela, isto é, velar por ela, isto é, estar acordado por ela, isto é, estar por ela ou ser por ela. Por isso melhor se guarda o voo de um pássaro Do que um pássaro sem voos. Por isso se escreve, por isso se diz, por isso se publica, por isso se declara e declama um poema: Para guardá-lo: Para que ele, por sua vez, guarde o que guarda: Guarde o que quer que guarda um poema: Por isso o lance do poema: Por guardar-se o que se quer guardar.
  2. 2. 1ª etapa: Leitura de “Guardar” e reflexão sobre a relação entre o conteúdo do poema e a situação de memorizar um texto para apresentá-lo no sarau. Questões para discussão1.Você sabe algum poema de memória? Qual?2. Você considera que memorizar um poema de que segosta muito é uma forma de guardá-lo?3. Você concorda com os seguintes versos? “Por isso melhor se guarda o voo de um pássaro Do que um pássaro sem voos.”4. Que relação você estabelece entre os versos citados naquestão acima e os três primeiros versos do poema?
  3. 3. 2ª etapa: Escolha de um poema para“guardar”- Cada aluno escolhe um poema paramemorizar, e tem o ano inteiro para isso.-No final do ano, a classe decide como querorganizar o espaço e como será o sarau.
  4. 4. 3ª etapa: Organização e realização do sarauNo final do período (trimestre, semestre ouano letivo), a classe decide como querorganizar o espaço e como será o sarau.São reservadas duas aulas: uma para amontagem e outra para a atividade.
  5. 5. 4ª etapa: Análise do texto apresentado nosarauO poema apresentado no sarau é analisado,à luz dos conteúdos estudados ao longo doano.
  6. 6. 4ª etapa: Análise do texto apresentado nosarauExemplo de análise produzida no final do 9º anoArte de Amar(Manuel Bandeira)Se queres sentir a felicidade de amar, esquece a tuaalma,A alma é que estraga o amor.Só em Deus ela pode encontrar satisfação.Não noutra alma.Só em deus – ou fora do mundo.As almas são incomunicáveis.Deixa o teu corpo entender-se com outro corpo.Porque os corpos se entendem, mas as almas não.
  7. 7. 4ª etapa: Análise do texto apresentado no sarau  O poema “Arte de amar” fala sobre o amor platônico (amorespiritual), negando-o, avisando que a alma estraga o amor e que só emDeus pode-se encontrar satisfação, ou fora do mundo. Diz que as almassão incomunicáveis e que deve haver amor carnal, pois os corpos deentendem, mas os espíritos não. Quanto à análise mais concreta do poema, observam-se váriasoposições. A primeira delas é: alma e corpo. Este último pode serclassificado em quatro estados: sólido, líquido, gasoso e plasmático, issoé o que constitui um ser. Já a alma pode ser classificada como espíritoque habita um corpo, algo além do carnal, fora do físico. Outra oposição pode ser vista na diferença dos opostos sonoros:“o” e “a” são os mais presentes em alma e corpo. E isso cria a sonoridadeoposta: som aberto e som fechado. A palavra corpo é mais fechada,sugere rebaixamento; alma é mais aberta, mais angelical. Não há rigidez na organização dos versos nem na métrica. E, porfim, há uma organização curiosa: “Deixa teu corpo entender-se com outro corpo Porque os corpos se entendem, mas as almas não”
  8. 8. 4ª etapa: Análise do texto apresentado no sarauA parte vertical é intrigante e chama a atenção do leitor, que, ao lê-la navertical observa os opostos novamente: corpo – alma – não. Não sãocompatíveis, não dá certo. Corpo+alma=não. É como uma conta primáriade matemática: 7 Corpo+9 + Alma16 nãoÉ importante reparar também no espaço em branco.Se queres sentir a felicidade de amar, esquece a tua alma,A alma é que estraga o amor.Só em Deus ela pode encontrar satisfação.Não noutra alma.Só em deus – ou fora do mundo.                                                                   →   Esses espaços em branco materializam As almas são incomunicáveis.                                                                    →  a falta de comunicaçãoDeixa o teu corpo entender-se com outro corpo.Porque os corpos se entendem, mas as almas não.  É um poema belo, de organização planejada, com a intenção dedemonstrar a arte de amar, que, segundo ao autor, é paixão e desejocarnal.
  9. 9. ComentáriosEssa sequência implica:• O TRABALHO INDIVIDUAL- ler muito, reconhecer suas preferências e escolher um poemaque seja bom para ser lido;-reconhecer no poema o tema, a abordagem e as imagens quemais lhe agradam para, a partir delas, decidir o tom dadeclamação;- conviver com o poema e ensaiar muito, até saber dememória;• O TRABALHO EM GRUPO-organizar e realizar o sarau.• O TRABALHO INDIVIDUAL E EM GRUPO- analisar o poema, à luz dos conteúdos estudados no ano.- Compartilhar as análises.
  10. 10. ComentáriosA sequência contempla muitas modalidadesde leitura:-ler para conhecer os poemas;- ler para selecionar;- ler para desfrutar, para conviver com opoema escolhido;- ler para ensaiar;- ler para memorizar o poema a serapresentado;- ler para estudar, para a analisar aconstrução poética.

×