Pregação

1.285 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.285
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
266
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
21
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Pregação

  1. 1. O Que é Pregação? Texto: 1 Co 2.1 - 5
  2. 2. Templo de Afrodite em Corinto
  3. 3. Cidade Antiga de Corinto
  4. 4. Templo de Apolo em Corinto
  5. 5. Golfo de Corinto
  6. 6. Ístimo de Corinto
  7. 7. Visão Aérea da Atual Corinto
  8. 8. Dados da Cidade Antiga de Corinto Tinha cerca de 250 mil habitantes Tinha uma economia forte Tinha 2 portos famosos – Golfo de Corinto e Golfo Sarónico ( ístimo de Corinto)
  9. 9. Tinha 2 templos famosos – Afrodite e Apolo Provérbio antigo e famoso em Corinto: “Corintianizar” – Se entrega ao prazer, luxúria!
  10. 10. Cristianismo em Corinto At 18.1 – 11 Data: cerca de 49/50 d. C. Durante a 2ª viagem missionária de Paulo – 49/50 a 54 d. C.
  11. 11. Algumas dificuldades e algumas bênçãos: Financeira – At 18.3 Judeus – At 18.6 O Cristianismo floresceu – At 18.8 O Chamado de Paulo para pregar em Corinto – At 18.9 - 11
  12. 12. A Responsabilidade de Paulo em Pregar a Palavra 1 Co 9.16 “Se anuncio o evangelho, não tenho de que me gloriar, pois sobre mim pesa essa obrigação; porque ai de mim se não pregar o evangelho”
  13. 13. 1 Co 9.27 “Mas esmurro o meu próprio corpo, e o reduzo à escravidão, para que, tendo pregado a outros, não venha eu mesmo a ser desqualificado”. At 20.24 – 28 2 Co 2.14 – 17 1 Co 4.1, 2
  14. 14. Alguns Problemas na Igreja em Corinto Divisões na Igreja – 1 Co 1-4 Frouxidão na disciplina – 5.1 Irmão levando outro irmão em tribunal secular – 6.1
  15. 15. Imoralidade – 6.5 Casamento e celibato – 7.1 -40 Comida sacrificada aos ídolos – 8 – 10 Heresia sobre a ressurreição de Cristo – 15.12 Como resolver estes problemas? Pregação da palavra!
  16. 16. O Que é Pregação? É a proclamação da verdade de Deus na total dependência, poder e unção do Espírito Santo de Cristo. Pregação é vida ou morte – vida para aqueles que se rendem aos pés de Cristo e morte para aqueles que ficam de pé em seus frágeis pedestais do ego!
  17. 17. O Que é Pregação? David Martin Lloyde Jones: “É a lógica em fogo! É a teologia em chamas! É raciocínio eloquente”. “A pregação é a tarefa mais importante do mundo. A maior necessidade da igreja e a maior necessidade do mundo”.
  18. 18. Edward Mckendree Bounds: “Homens mortos, tiram de si sermões mortos e sermões mortos, matam”. Charles Haddon Spurgeon: “Em nenhuma parte das Escrituras se diz que prover entretenimento às pessoas é uma função da Igreja”.
  19. 19. Charles Haddon Spurgeon: “Preguem o evangelho tendo em vista unicamente a glória de Deus, ou então, segurem suas línguas”. “A Bíblia, toda a Bíblia e nada mais do que a Bíblia, é a religião da igreja de Cristo”.
  20. 20. OS INIMIGOS DOS APÓSTOLOS AO PREGAREM A PALAVRA?  O Maligno – 1 Jo 2.13, 14; 2 Tm 4.18  Os Anticristos – 1 Jo 2.18,22
  21. 21.  Os falsos profetas – 1 Jo 4.1,4;  Os mercenários – 1 Jo 4.5; 2 Pe 2.3; 2 Co 2.17; 2 Tm 4.10  O Joio – 1 Jo 2.19; 4.6; 1 Co 5.13; 2 Tm 2.24-25
  22. 22. QUAL O PRINCIPAL OBJETIVO DA PREGAÇÃO DA PALAVRA?  A glória de Deus 1 Pe 4.11: “Se alguém fala, fale de acordo com os oráculos de Deus... para que em todas as coisas seja Deus glorificado, por meio de Jesus Cristo, a quem pertence a glória e o domínio pelos séculos . Amém”.
  23. 23. Is 55.10, 11: “Porque, assim como descem a chuva e a neve dos céus e para lá não tornam, sem que primeiro reguem a terra, e a fecundem, e a façam brotar, para dar semente ao semeador e pão ao que come, assim será a palavra que sair da minha boca: não voltará para mim vazia, mas fará o que me apraz e prosperará naquilo para que a designei”.
  24. 24. QUAL O PRINCIPAL OBJETIVO DA PREGAÇÃO DA PALAVRA?  A glória de Deus na salvação dos pecadores. Regeneração era a doutrina pregada pelos apóstolos – 1 Jo 2.29; 3.9; 4.7; 5.1, 4, 18; Jo 3.5, 8; At 2.38; 3.19; 1 Co 2.2
  25. 25. Charles Haddon Spurgeon:  “Pecado e inferno estão casados, a não ser que o arrependimento anuncie o divórcio”.  “Quando a Palavra de Deus converte um homem, tira dele seu desespero, mas não seu arrependimento”.
  26. 26.  A glória de Deus na edificação da Igreja. Vida no Espírito era a doutrina pregada pelos apóstolos – 1 Jo 2.6; 4.2; 5. 6-8; 1 Co 2.1 – 5  A glória de Deus na consumação dos séculos. A redenção final era a doutrina pregada pelos apóstolos – 1 Co 15.1 – 58; 1 Jo 3.1 – 3.
  27. 27. CONCLUSÃO 1 Co 2.2: “Porque decidi nada saber entre vós, senão a Jesus Cristo, e este crucificado”. Rm 11.36: “Porque Dele, e por meio Dele, e para Ele são todas as coisas. A Ele, pois a Glória eternamente”.

×