SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 26
Baixar para ler offline
HISTÓRIA DO CRISTIANISMO - 2ª AULA
O período dos Apóstolos (do ano 30 ao ano100)
OBJETIVO
1.O AVANÇO DO EVANGELHO
2. O LIVRO DE ATOS
3. TERMOS EM DESTAQUE NESTE PERÍODO
EBD - ESCOLA BÍBLICA DISCIPULADORA
1º semestre de 2023 – facilitadores: Yuri Eloi e Francisco Tudela
PERÍODOSDA IGREJA CRISTÃ
• ANTIGA - do ano 30 ao 476
• O avanço do Cristianismo no Império (ano 30 ao 100)
• A luta da igreja primitiva para sobreviver (ano 100 ao 313)
• A instauração da Igreja Católica Imperial (ano 313 ao 476)
•MEDIEVAL - do ano 476 ao 1517
• Surge a Igreja Latino-Teutônico (ano 590 ao 800)
• Avanços e retrocessos nas relações entre Igreja e Estado (ano 800 ao 1054)
• A supremacia da papado (ano 1054 ao 1305)
• O ocaso medieval e o renascimento moderno (ano 1309 ao 1517)
• MODERNA - do ano 1517 ao 1789
• A reforma e a contrarreforma; surgem as denominações Cristãs
• CONTEMPORÂNEA – do ano 1789 até a atualidade
• As religiões entre o profano e o sagrado
O foco da Bíblia é a história de como o céu (espaço de Deus) e a terra (nosso
espaço), que no início se sobrepunham, se separaram e como estão sendo reunidos
através de Jesus e estarão completamente unidos quando Ele voltar.
RECAPITULANDO
1Co 3.16 “Vocês não sabem
que são santuário de
Deus e que o Espírito de
Deus habita em vocês?”
4
PROPÓSITOS DO LIVRO DE ATOS
1. Descrever as concepções que Lucas tinha do cristianismo para que Teófilo
pudesse entendê-lo como a verdadeira forma de judaísmo.
Lc 1.1-4 “Muitos já se dedicaram a elaborar um relato dos fatos que se cumpriram entre nós,
conforme nos foram transmitidos por aqueles que desde o início foram testemunhas oculares e
servos da palavra. Eu mesmo investiguei tudo cuidadosamente, desde o começo, e decidi
escrever-te um relato ordenado, ó excelentíssimo Teófilo, para que tenhas a certeza das coisas
que te foram ensinadas.”
At 1.1-2 “Em meu livro anterior, Teófilo, escrevi a respeito de tudo o que Jesus começou a fazer e
a ensinar, até o dia em que foi elevado ao céu, depois de ter dado instruções por meio do
Espírito Santo aos apóstolos que havia escolhido.”
2. Que o cristianismo não era um ramo herético do Judaísmo, nem uma organização
política, nem era contrário ao Império Romano.
3. Mostrar que no cristianismo a ação da igreja se dá por intermédio do Espírito
Santo. Devido a esta ênfase há quem o chame de Atos do Espírito Santo.
5
O livro de Atos é um registro histórico que responde às perguntas:
1. Como Jesus, um homem desconhecido, em 3 anos se tornou tão conhecido?
2. Como homens simples e sem instrução (4.13 “Vendo a coragem de Pedro e de
João, e percebendo que eram homens comuns e sem instrução, ficaram
admirados e reconheceram que eles haviam estado com Jesus.”) se tornaram
poderosas testemunhas de Jesus?
3. Como a igreja surgiu e se espalhou pelo império romano em apenas 30 anos?
4. Como uma religião que se iniciou no meio judaico com pouco mais de 120
crentes (1.15 “Naqueles dias Pedro levantou-se entre os irmãos, um grupo de
cerca de cento e vinte pessoas,...”) acabou se tornando a religião do mundo?
O PLANO REVELADO A ABRAÃO 2000 ANOS ANTES, OU SEJA, A PROMESSA DE
QUE DEUS CRIARIA UMA FAMÍLIA MUNDIAL HAVIA COMEÇADO.
At 1.14,15 “Todos eles se reuniam sempre em oração...um grupo de cerca de
cento e vinte pessoas,” ASSIM COMEÇA A HISTÓRIA DA IGREJA.
8’ - ATOS 13-28 – BIBLE PROJET https://www.youtube.com/watch?v=29q6CEle764
PENTECOSTES – 50 dias após a
ressurreição e 10 dias após a ascensão
Em 2142 aC, para dificultar o propósito de
formar um mundo sem Deus:
Gn 11.9b “... o Senhor confundiu a língua de todo o mundo...”
Agora no ano 30 dC: At 2.4,6 “Todos ficaram cheios do
Espírito Santo e começaram a falar noutras línguas, conforme
o Espírito os capacitava. Havia em Jerusalém judeus,
tementes a Deus, vindos de todas as nações do mundo...cada
um os ouvia falar em sua própria língua”
7
Não que o apóstolo falasse mais línguas do que uma de cada vez, nem que falasse
uma língua e a pessoa ouvisse noutra; mas que um falava uma língua e outro
noutra: 1Co 14.9 “...Se não proferirem palavras compreensíveis com a língua, como
alguém saberá o que está sendo dito...”
O milagre está nos “emissores” (falando), nos “receptores” (ouvindo) e na “ação
divina” que passa a alcançar a humanidade para que o cristão compreenda, através
do ES, as coisas espirituais expressas na Bíblia: a Palavra de Deus.
Entendendo os 9 DONS ESPIRITUAIS APLICADOS hoje DENTRO DA IGREJA ...
1Co 12.21,28 “O olho não pode dizer à mão: "Não preciso de você! " Nem a cabeça
pode dizer aos pés: "Não preciso de vocês! ... Ora, vocês são o corpo de
Cristo, e cada um de vocês, individualmente, é membro desse corpo."
Note que fomos planejados por Deus, com talentos, habilidades, capacidades e
dons, PARA COM ELES PARTICIPAR COMO MEMBRO DA IGREJA DE CRISTO.
1Co 12.4 “Há diferentes tipos de dons, mas o Espírito é o mesmo.”
1Co 12.8-10 “Pelo Espírito, a um é dada a palavra de sabedoria; a outro, a palavra de
conhecimento...fé...dons de cura...poder para operar milagres...profecia...
discernimento de espíritos...variedade de línguas...interpretação de línguas.”
 VARIEDADE DE LÍNGUAS E SUA INTERPRETAÇÃO - Comunicar a palavra de Deus em
outros idiomas; facilidade em aprender outro idioma.
8
9
Após morte de Estêvão, os cristãos perseguidos foram
para ANTIOQUIA DA SÍRIA, a 480Km de Jerusalém, 3ª
maior cidade do Império com uma população mista de
500.000 pessoas e ali pregaram aos judeus.
11.19 “Os que tinham sido dispersos por causa da
perseguição desencadeada com a morte de Estêvão
chegaram até à Fenícia, Chipre e Antioquia,
anunciando a mensagem apenas aos judeus.”
Antioquia da Síria
Jerusalém
482 km
11.20 “Alguns deles, todavia, cipriotas e cireneus, foram a
Antioquia e começaram a falar também aos gregos”, e como
ocorreram muitas conversões, a igreja de Jerusalém enviou
Barnabé.
11.26b “Em Antioquia, os discípulos foram pela primeira vez
chamados cristãos.”
24.5b “Ele é o principal cabeça da seita dos nazarenos”
referindo-se a Paulo, são chamados pela 1ª vez de nazarenos.
Por que a Igreja cresceu?
1. Pelo poder do Evangelho - Há pessoas que dizem que o cristianismo cresceu por
causa do vazio de religiões, e não há nada mais longe da verdade,
pois o que não faltava ao Império Romano eram religiões.
2. Pelo testemunho dos cristãos – Pela a diferença que Cristo fazia em seu viver.
3. Pela prioridade da oração - A igreja orava e os resultados apareciam.
4. Pelo poder da Palavra - O registro de crescimento da igreja primitiva em Atos está
ligado à proclamação da Palavra de Deus e à ação do Espírito Santo.
SÍNTESE (4’) 2- A Expansão do evangelho – Antioquia e viagens de Paulo
Mt16.16-18 “Simão Pedro respondeu: "Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo".
Respondeu Jesus: "Feliz é você, Simão, filho de Jonas! Porque isto não lhe foi
revelado por carne ou sangue, mas por meu Pai que está nos céus. E eu lhe digo
que você é Pedro (Petros*), e sobre esta pedra (Petra**) EDIFICAREI A MINHA
IGREJA (a igreja é de Jesus) , e as portas do Hades não poderão vencê-la.”
...você é Pedro - Jesus mudara o nome de Simão para Pedro, que significa pedra - e
agora o justifica: O Pai revelara a Pedro que Jesus é o Cristo filho do Deus vivo, e
sobre esta pedra, isto é, esta convicção de que “Tu és o Cristo, o filho do Deus vivo”,
será edificada a igreja.
O início da construção da igreja de Jesus se dá dentro de cada homem que crê tal
como Pedro creu.
*Petros = Pedra móvel, pedra pequena.
**Petra = Rocha grande e firme.
ANÚNCIO DA IGREJA
O que é a Igreja?
14
Igreja é uma palavra de origem grega, escolhida pelos autores da Septuaginta para
traduzir o termo hebraico usado pelos judeus para designar a assembleia geral.
No contexto bíblico, o termo igreja designa uma reunião de pessoas que creem
que Jesus é o Cristo filho do Deus vivo:
Mt 18.17 ”Se ele se recusar a ouvi-los, conte à igreja; e se ele se recusar a ouvir
também a igreja, trate-o como pagão ou publicano.”
EKKLESIA
É um termo no grego clássico composto de dois vocábulos:
“ek” + “kalew”
Para fora + chamar
Chamados para fora
15
IGREJA
Chamados para fora do mundo
1 - Chamados para fora do domínio do tentador
2 - Chamados para fora do domínio do pecado
3 - Chamados para fora da influência negativa do mundo
4 - Chamados para fora do judaísmo (Representando as religiões!)
TERMOS EM DESTAQUE NESTE PERÍODO
HERESIA ("escolha" ou "opção“) é a doutrina ou linha de pensamento contrária a
um credo ou sistema religioso organizado ou ortodoxo.
Ortodoxo é o que segue à risca uma regra.
O herege é designado "herege" porque alguém, investido de poder eclesiástico e
institucional classificou que sua prática ou ideias são destoantes e contrárias a uma
ortodoxia oficial que se auto postula como o caminho correto.
“Todo herético/heresia tornou-se tal por decisão das autoridades ortodoxas.”
"Asigrejas mais puras debaixodocéu estão sujeitas à mistura eao
erro; algumas têm-se degeneradoaopontode nãomais serem
igrejas deCristo, e, sim, sinagogas de Satanás; nãoobstante,
haverásempre sobre a terra uma igreja paraadorara Deus segundo
a vontadedElemesmo."
CONFISSÃO DE FÉ DE WESTMEINSTER - CAP XXV: DA IGREJA - ART V
1. II Macabeus 14. 41-46 – O suicídio é justificado.
2. II Macabeus 12.41-45 – Aprova a oração e ofertas pelos mortos.
3. Tobias 12.8-10 – Afirma que a assistência aos mendigos faz expiação dos pecados.
4. Sabedoria 8.19 e 20 – Declara a pré-existência das almas.
5. Judith – Valida que o fim justifica os meios
6. Tobias – Valida a superstição e a feitiçaria.
7. Sabedoria 3.1-4 – Cria o purgatório.
No período intertestamentário foram escritos os livros apócrifos (quer
dizer oculto) e já neles estavam as heresias
 NICOLAÍTAS
Hebr. Nicolau = Vitorioso sobre o povo: Nicolaíta é aquele que domina o povo.
Ap 2.1;6 “Ao anjo da igreja em Éfeso escreva...você odeia as práticas dos nicolaítas, como
eu também as odeio.”
Ap 2.12,15 “Ao anjo da igreja em Pérgamo escreva... você tem também os que se
apegam aos ensinos dos nicolaítas.”
At 6.5 “...escolheram ... Nicolau, um convertido ao judaísmo, proveniente de Antioquia.”
Historiadores como Jerônimo, Epifânio, Teodoreto, Irineu, Hipólito e Clemente de
Alexandria escreveram que Nicolau se desviara do evangelho ao estabelecer uma casta
especial e superior na Igreja, uma classe entre Deus e o povo: O CLERO, e aos que o
seguiram foram chamados de nicolaítas.
O clero se caracteriza pela hierarquia eclesiástica.
O que se praticava em Éfeso, final da era apostólica, se tornou “doutrina” dois séculos
depois em Pérgamo, e na igreja Católica Romana.
 Como se formou o cânon (significa régua) do AT para definir quais são os livros
inspirados por Deus:
Por volta do ano 100 dC, os judeus de Israel se reuniram (sínodo) na cidade de
Jâmnia e estabeleceram critérios para formar o seu cânon bíblico:
a) Ter sido escrito no território de Israel.
b) Não conter passagens/textos em aramaico ou grego, apenas em hebraico (vejo
exceção no livro de Daniel).
c) Redigido antes de Esdras (458-428 a.C.).
d) Não contradizer a Lei de Moisés (Pentateuco).
Sínodo=reunião convocada por autoridade religiosa
Canônico = livro catalogado
Protocanônico = catalogado em 1º lugar; desde o começo.
Deuterocanônico = catalogado em 2ª instância.
21
FATOS EM DESTAQUE NESTE PERÍODO
1. O incêndio de Roma que devastou 10 dos seus 14 bairros no ano 65.
Nero é acusado pelo povo de ser o seu autor e lançou a culpa sobre os cristãos.
Inicia-se a 3ª perseguição, até o ano 68, e morrerão, entre outros, Pedro e Paulo.
2. A revolta em Jerusalém que levou à sua destruição em 70.
Com o fim do Templo judaico ocorre a separação definitiva entre cristãos e judeus e
cristianismo e judaísmo tornam-se religiões distintas.
Os Remorsos de Nero após matar sua
mãe, por John W. Warterhouse, 1878
Do Templo restou uma parede:
O Muro das Lamentações.
Roma reagiu em 67 e matou 40 mil judeus, (talvez neste ano tenha morrido Paulo).
Em 70 o general Tito ataca Jerusalém arrasa tudo: a cidade e o Templo de Salomão.
Onde fora o Templo de Salomão foi construído, em 688, um santuário islâmico,
sobre a rocha onde Abraão sacrificaria seu filho Isaac, que para o Islã teria sido o
lugar de partida de Maomé na viagem aos céus.
Em 1993 a cúpula foi pintada de ouro.
23
MULHERES EM DESTAQUE NA IGREJA PRIMITIVA
• Dorcas (Tabita) foi a única mulher do Novo Testamento a ser chamada "discípula"
(At 9.36). Sua morte causou grande agitação em Jope, levando os discípulos a
insistir com Pedro em que viesse até eles, pois estava ali perto, em Lida. Pedro
orou e Dorcas foi ressuscitada!
• Maria de Jerusalém, mãe de João Marcos (At 12.12), era uma rica viúva cuja casa
tornou-se um ponto de encontro da igreja de Jerusalém – local de oração.
• Lídia, uma comerciante rica (e aparentemente a primeira convertida de Paulo na
Europa), abriu seu lar para Paulo e Silas (At 16.14-15).
• Priscila e seu marido Áquila se tornaram amigos de Paulo, com quem
compartilhavam a hospitalidade e a profissão de fazedores de tendas (At 18.1-3).
De alguma maneira, haviam arriscado a vida a favor de Paulo (Rm 16.3-5) e
ensinaram a Palavra de Deus a Apolo (At 18.26).
24
• Febe (Rm 16.1-2) – Recomendada por Paulo à igreja romana, pedindo que a
recebam "no Senhor como convém aos santos" e que a ajudem "em tudo que de
vós vier a precisar".
• Andrônico e Júnias – notáveis entre os apóstolos (Rm 16.7).
• As 4 filhas de Filipe, que profetizavam (Atos 21.9).
• Evódia e Sintique (Fp 4.2-3) foram identificadas como "cooperadoras" de Paulo,
uma notável designação quando se pensa que Paulo também se referiu a Tito e a
Timóteo como "cooperadores".
Romanos 16: Na lista de 29 “cooperadores” 10 são mulheres.
Partilha 2: Como vc consideraria um cristão que tem uma conduta contrária aos
ensinos de Jesus: um herege ou apenas um pecador?
1. HISTÓRIA DO CRISTIANISMO – Shelley B. L. - Ed Shedd– 1ª Edição 2004
2. UMA HISTÓRIA ILUSTRADA DO CRISTIANISMO – Gonzales J. L. – Ed Vida Nova - 1995
3. HISTÓRIA DO CRISTIANISMO – COLLINS&MATTHEW – Ed. Loyola - 2000
4. HISTÓRIA DA IGREJA – Walton R.C. – Ed Vida História do Cristianismo, Shelley, Bruce L., 1927,
Ed. Shedd
5. Textos Bíblicos extraídos da Bíblia Sagrada NVI; São Paulo; Ed. Vida; 2001
6. BÍBLIA DE ESTUDO NVI, Barker; São Paulo; Ed. Vida; 2003
7. Reflexões extraídas da World Wide Web
8. Vídeo–aula: A Historia do Cristianismo Como Você Nunca Viu – Igreja Evangélica Batista de
Campo Grande e Seminário Batista Sul Mato-grossense - 2020
9. BIBLE PROJECT
Esta apresentação está disponível no site: www.escolabiblicavirtual.com.br

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a 2 - O periodo dos apostolos.pptx

4 história do cristianismo -4ª aula
4  história do cristianismo -4ª aula4  história do cristianismo -4ª aula
4 história do cristianismo -4ª aulaPIB Penha
 
História do cristianismo ii - Um resumo histórico
História do cristianismo ii - Um resumo históricoHistória do cristianismo ii - Um resumo histórico
História do cristianismo ii - Um resumo históricoGustavo Messias
 
Lição 1 - A Origem da Igreja - Lições Bíblicas.pptx
Lição 1 - A Origem da Igreja - Lições Bíblicas.pptxLição 1 - A Origem da Igreja - Lições Bíblicas.pptx
Lição 1 - A Origem da Igreja - Lições Bíblicas.pptxCelso Napoleon
 
3009581 cristianismo-nao-denominacional-uma-semente
3009581 cristianismo-nao-denominacional-uma-semente3009581 cristianismo-nao-denominacional-uma-semente
3009581 cristianismo-nao-denominacional-uma-sementeAntonio Ferreira
 
Conquistando vidas para o Reino de Deus
Conquistando vidas para o Reino de DeusConquistando vidas para o Reino de Deus
Conquistando vidas para o Reino de DeusQuenia Damata
 
atos-170402225925.pdf
atos-170402225925.pdfatos-170402225925.pdf
atos-170402225925.pdfTiago Silva
 
Manual Básico do Novo Testamento
Manual Básico do Novo TestamentoManual Básico do Novo Testamento
Manual Básico do Novo TestamentoTemistocles Santos
 
2 história do cristianismo - 2ª aula
2   história do cristianismo - 2ª aula2   história do cristianismo - 2ª aula
2 história do cristianismo - 2ª aulaPIB Penha
 
APOSTILA TEOLOGIA SISTEMATICA - Aula 13 - Igreja I.pdf
APOSTILA TEOLOGIA SISTEMATICA - Aula 13 - Igreja I.pdfAPOSTILA TEOLOGIA SISTEMATICA - Aula 13 - Igreja I.pdf
APOSTILA TEOLOGIA SISTEMATICA - Aula 13 - Igreja I.pdfSEDUC-PA
 
Aula 10 - Atos dos Apóstolos
Aula 10 - Atos dos ApóstolosAula 10 - Atos dos Apóstolos
Aula 10 - Atos dos Apóstolosibrdoamor
 
Seminário sobre a história da igreja. parte 1 a origem da igreja
Seminário sobre a história da igreja. parte 1   a origem da igrejaSeminário sobre a história da igreja. parte 1   a origem da igreja
Seminário sobre a história da igreja. parte 1 a origem da igrejaRobson Rocha
 

Semelhante a 2 - O periodo dos apostolos.pptx (20)

4 história do cristianismo -4ª aula
4  história do cristianismo -4ª aula4  história do cristianismo -4ª aula
4 história do cristianismo -4ª aula
 
História do cristianismo ii - Um resumo histórico
História do cristianismo ii - Um resumo históricoHistória do cristianismo ii - Um resumo histórico
História do cristianismo ii - Um resumo histórico
 
Lição 1 - A Origem da Igreja - Lições Bíblicas.pptx
Lição 1 - A Origem da Igreja - Lições Bíblicas.pptxLição 1 - A Origem da Igreja - Lições Bíblicas.pptx
Lição 1 - A Origem da Igreja - Lições Bíblicas.pptx
 
Atos dos apostolos
Atos dos apostolosAtos dos apostolos
Atos dos apostolos
 
3009581 cristianismo-nao-denominacional-uma-semente
3009581 cristianismo-nao-denominacional-uma-semente3009581 cristianismo-nao-denominacional-uma-semente
3009581 cristianismo-nao-denominacional-uma-semente
 
Conquistando vidas para o Reino de Deus
Conquistando vidas para o Reino de DeusConquistando vidas para o Reino de Deus
Conquistando vidas para o Reino de Deus
 
Nossahistoria
NossahistoriaNossahistoria
Nossahistoria
 
atos-170402225925.pdf
atos-170402225925.pdfatos-170402225925.pdf
atos-170402225925.pdf
 
cristologia-1.pptx
cristologia-1.pptxcristologia-1.pptx
cristologia-1.pptx
 
cristologia-1.pptx
cristologia-1.pptxcristologia-1.pptx
cristologia-1.pptx
 
O ano da fé
O ano da féO ano da fé
O ano da fé
 
O Credo Apostólico
O Credo ApostólicoO Credo Apostólico
O Credo Apostólico
 
História da igreja
História da igrejaHistória da igreja
História da igreja
 
Manual Básico do Novo Testamento
Manual Básico do Novo TestamentoManual Básico do Novo Testamento
Manual Básico do Novo Testamento
 
Apostila do novo testamento
Apostila do novo testamentoApostila do novo testamento
Apostila do novo testamento
 
2 história do cristianismo - 2ª aula
2   história do cristianismo - 2ª aula2   história do cristianismo - 2ª aula
2 história do cristianismo - 2ª aula
 
APOSTILA TEOLOGIA SISTEMATICA - Aula 13 - Igreja I.pdf
APOSTILA TEOLOGIA SISTEMATICA - Aula 13 - Igreja I.pdfAPOSTILA TEOLOGIA SISTEMATICA - Aula 13 - Igreja I.pdf
APOSTILA TEOLOGIA SISTEMATICA - Aula 13 - Igreja I.pdf
 
Boletim cbg n°_38_21_set_2014
Boletim cbg n°_38_21_set_2014Boletim cbg n°_38_21_set_2014
Boletim cbg n°_38_21_set_2014
 
Aula 10 - Atos dos Apóstolos
Aula 10 - Atos dos ApóstolosAula 10 - Atos dos Apóstolos
Aula 10 - Atos dos Apóstolos
 
Seminário sobre a história da igreja. parte 1 a origem da igreja
Seminário sobre a história da igreja. parte 1   a origem da igrejaSeminário sobre a história da igreja. parte 1   a origem da igreja
Seminário sobre a história da igreja. parte 1 a origem da igreja
 

Mais de PIB Penha - SP

Início das missões mundiais Cap 11 ao 13.pptx
Início das missões mundiais Cap 11 ao 13.pptxInício das missões mundiais Cap 11 ao 13.pptx
Início das missões mundiais Cap 11 ao 13.pptxPIB Penha - SP
 
A conversão mais importante da história e A perseguição e a dispersão da igreja
A conversão mais importante da história e A perseguição e a dispersão da igrejaA conversão mais importante da história e A perseguição e a dispersão da igreja
A conversão mais importante da história e A perseguição e a dispersão da igrejaPIB Penha - SP
 
A escolha dos sete diáconos e a prisão e morte de Estêvão
A escolha dos sete diáconos e a prisão e morte de EstêvãoA escolha dos sete diáconos e a prisão e morte de Estêvão
A escolha dos sete diáconos e a prisão e morte de EstêvãoPIB Penha - SP
 
3- Cap 3 e 5.10 - Um milagre e um sermão/ primeira oposição dos líderes relig...
3- Cap 3 e 5.10 - Um milagre e um sermão/ primeira oposição dos líderes relig...3- Cap 3 e 5.10 - Um milagre e um sermão/ primeira oposição dos líderes relig...
3- Cap 3 e 5.10 - Um milagre e um sermão/ primeira oposição dos líderes relig...PIB Penha - SP
 
4- Cap 5.11 a 8.1 a ESCOLHA DOS SETE DIÁCONOS / PRISÃO E MORTE DE ESTEVÃO
4- Cap 5.11 a 8.1 a ESCOLHA DOS SETE DIÁCONOS / PRISÃO E MORTE DE ESTEVÃO4- Cap 5.11 a 8.1 a ESCOLHA DOS SETE DIÁCONOS / PRISÃO E MORTE DE ESTEVÃO
4- Cap 5.11 a 8.1 a ESCOLHA DOS SETE DIÁCONOS / PRISÃO E MORTE DE ESTEVÃOPIB Penha - SP
 
Livro de Atos dos Apóstolos capítulos 1 e 2
Livro de Atos dos Apóstolos capítulos 1 e 2Livro de Atos dos Apóstolos capítulos 1 e 2
Livro de Atos dos Apóstolos capítulos 1 e 2PIB Penha - SP
 
18 Deuteronômio 27 - 34.pptx
18 Deuteronômio 27 - 34.pptx18 Deuteronômio 27 - 34.pptx
18 Deuteronômio 27 - 34.pptxPIB Penha - SP
 
17 Deuteronomio 5 - 26.pptx
17 Deuteronomio 5 - 26.pptx17 Deuteronomio 5 - 26.pptx
17 Deuteronomio 5 - 26.pptxPIB Penha - SP
 
16 Deuteronomio 1 - 4.pptx
16 Deuteronomio 1 - 4.pptx16 Deuteronomio 1 - 4.pptx
16 Deuteronomio 1 - 4.pptxPIB Penha - SP
 
15 Numeros 23 - 36.ppt
15 Numeros 23 - 36.ppt15 Numeros 23 - 36.ppt
15 Numeros 23 - 36.pptPIB Penha - SP
 
14 Numeros 12 - 22.ppt
14 Numeros 12 - 22.ppt14 Numeros 12 - 22.ppt
14 Numeros 12 - 22.pptPIB Penha - SP
 
14 Numeros 1 - 14.pptx
14 Numeros 1 - 14.pptx14 Numeros 1 - 14.pptx
14 Numeros 1 - 14.pptxPIB Penha - SP
 
12 Levitico 17 - 27.ppt
12 Levitico 17 - 27.ppt12 Levitico 17 - 27.ppt
12 Levitico 17 - 27.pptPIB Penha - SP
 
11 levitico 1 - 16.pptx
11 levitico 1 - 16.pptx11 levitico 1 - 16.pptx
11 levitico 1 - 16.pptxPIB Penha - SP
 
7 Exodo 1-12 PUBLICAR.pptx
7 Exodo 1-12 PUBLICAR.pptx7 Exodo 1-12 PUBLICAR.pptx
7 Exodo 1-12 PUBLICAR.pptxPIB Penha - SP
 

Mais de PIB Penha - SP (20)

Início das missões mundiais Cap 11 ao 13.pptx
Início das missões mundiais Cap 11 ao 13.pptxInício das missões mundiais Cap 11 ao 13.pptx
Início das missões mundiais Cap 11 ao 13.pptx
 
A conversão mais importante da história e A perseguição e a dispersão da igreja
A conversão mais importante da história e A perseguição e a dispersão da igrejaA conversão mais importante da história e A perseguição e a dispersão da igreja
A conversão mais importante da história e A perseguição e a dispersão da igreja
 
A escolha dos sete diáconos e a prisão e morte de Estêvão
A escolha dos sete diáconos e a prisão e morte de EstêvãoA escolha dos sete diáconos e a prisão e morte de Estêvão
A escolha dos sete diáconos e a prisão e morte de Estêvão
 
3- Cap 3 e 5.10 - Um milagre e um sermão/ primeira oposição dos líderes relig...
3- Cap 3 e 5.10 - Um milagre e um sermão/ primeira oposição dos líderes relig...3- Cap 3 e 5.10 - Um milagre e um sermão/ primeira oposição dos líderes relig...
3- Cap 3 e 5.10 - Um milagre e um sermão/ primeira oposição dos líderes relig...
 
4- Cap 5.11 a 8.1 a ESCOLHA DOS SETE DIÁCONOS / PRISÃO E MORTE DE ESTEVÃO
4- Cap 5.11 a 8.1 a ESCOLHA DOS SETE DIÁCONOS / PRISÃO E MORTE DE ESTEVÃO4- Cap 5.11 a 8.1 a ESCOLHA DOS SETE DIÁCONOS / PRISÃO E MORTE DE ESTEVÃO
4- Cap 5.11 a 8.1 a ESCOLHA DOS SETE DIÁCONOS / PRISÃO E MORTE DE ESTEVÃO
 
Livro de Atos dos Apóstolos capítulos 1 e 2
Livro de Atos dos Apóstolos capítulos 1 e 2Livro de Atos dos Apóstolos capítulos 1 e 2
Livro de Atos dos Apóstolos capítulos 1 e 2
 
18 Deuteronômio 27 - 34.pptx
18 Deuteronômio 27 - 34.pptx18 Deuteronômio 27 - 34.pptx
18 Deuteronômio 27 - 34.pptx
 
17 Deuteronomio 5 - 26.pptx
17 Deuteronomio 5 - 26.pptx17 Deuteronomio 5 - 26.pptx
17 Deuteronomio 5 - 26.pptx
 
16 Deuteronomio 1 - 4.pptx
16 Deuteronomio 1 - 4.pptx16 Deuteronomio 1 - 4.pptx
16 Deuteronomio 1 - 4.pptx
 
15 Numeros 23 - 36.ppt
15 Numeros 23 - 36.ppt15 Numeros 23 - 36.ppt
15 Numeros 23 - 36.ppt
 
14 Numeros 12 - 22.ppt
14 Numeros 12 - 22.ppt14 Numeros 12 - 22.ppt
14 Numeros 12 - 22.ppt
 
14 Numeros 1 - 14.pptx
14 Numeros 1 - 14.pptx14 Numeros 1 - 14.pptx
14 Numeros 1 - 14.pptx
 
12 Levitico 17 - 27.ppt
12 Levitico 17 - 27.ppt12 Levitico 17 - 27.ppt
12 Levitico 17 - 27.ppt
 
11 levitico 1 - 16.pptx
11 levitico 1 - 16.pptx11 levitico 1 - 16.pptx
11 levitico 1 - 16.pptx
 
10 Exodo 31 -40.pptx
10 Exodo 31 -40.pptx10 Exodo 31 -40.pptx
10 Exodo 31 -40.pptx
 
9 Exodo 21 -30.pptx
9 Exodo 21 -30.pptx9 Exodo 21 -30.pptx
9 Exodo 21 -30.pptx
 
8 Exodo 13 - 20.pptx
8 Exodo 13 - 20.pptx8 Exodo 13 - 20.pptx
8 Exodo 13 - 20.pptx
 
10 Exodo 31 -40.pdf
10 Exodo 31 -40.pdf10 Exodo 31 -40.pdf
10 Exodo 31 -40.pdf
 
9 Exodo 21 -30.pdf
9 Exodo 21 -30.pdf9 Exodo 21 -30.pdf
9 Exodo 21 -30.pdf
 
7 Exodo 1-12 PUBLICAR.pptx
7 Exodo 1-12 PUBLICAR.pptx7 Exodo 1-12 PUBLICAR.pptx
7 Exodo 1-12 PUBLICAR.pptx
 

Último

AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024RaniereSilva14
 
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptx
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptxLição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptx
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptxCelso Napoleon
 
Lição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptx
Lição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptxLição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptx
Lição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptxCelso Napoleon
 
Roteiro-para-Preparação-das-Visitas-Missionárias-3.pdf
Roteiro-para-Preparação-das-Visitas-Missionárias-3.pdfRoteiro-para-Preparação-das-Visitas-Missionárias-3.pdf
Roteiro-para-Preparação-das-Visitas-Missionárias-3.pdfLehonanSouza
 
LIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica Dominical
LIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica DominicalLIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica Dominical
LIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica DominicalAmaroJunior21
 
O concílio de Jerusalém Cap 14 e 15.pptx
O concílio de Jerusalém  Cap 14 e 15.pptxO concílio de Jerusalém  Cap 14 e 15.pptx
O concílio de Jerusalém Cap 14 e 15.pptxPIB Penha
 
slide da missa com leituras e oração eucarística
slide da missa com leituras e oração eucarísticaslide da missa com leituras e oração eucarística
slide da missa com leituras e oração eucarísticaFranklinOliveira30
 

Último (8)

AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
 
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptx
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptxLição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptx
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptx
 
Lição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptx
Lição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptxLição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptx
Lição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptx
 
Roteiro-para-Preparação-das-Visitas-Missionárias-3.pdf
Roteiro-para-Preparação-das-Visitas-Missionárias-3.pdfRoteiro-para-Preparação-das-Visitas-Missionárias-3.pdf
Roteiro-para-Preparação-das-Visitas-Missionárias-3.pdf
 
LIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica Dominical
LIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica DominicalLIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica Dominical
LIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica Dominical
 
O Livro dos Espiritos - Allan Kardec.pdf
O Livro dos Espiritos - Allan Kardec.pdfO Livro dos Espiritos - Allan Kardec.pdf
O Livro dos Espiritos - Allan Kardec.pdf
 
O concílio de Jerusalém Cap 14 e 15.pptx
O concílio de Jerusalém  Cap 14 e 15.pptxO concílio de Jerusalém  Cap 14 e 15.pptx
O concílio de Jerusalém Cap 14 e 15.pptx
 
slide da missa com leituras e oração eucarística
slide da missa com leituras e oração eucarísticaslide da missa com leituras e oração eucarística
slide da missa com leituras e oração eucarística
 

2 - O periodo dos apostolos.pptx

  • 1. HISTÓRIA DO CRISTIANISMO - 2ª AULA O período dos Apóstolos (do ano 30 ao ano100) OBJETIVO 1.O AVANÇO DO EVANGELHO 2. O LIVRO DE ATOS 3. TERMOS EM DESTAQUE NESTE PERÍODO EBD - ESCOLA BÍBLICA DISCIPULADORA 1º semestre de 2023 – facilitadores: Yuri Eloi e Francisco Tudela
  • 2. PERÍODOSDA IGREJA CRISTÃ • ANTIGA - do ano 30 ao 476 • O avanço do Cristianismo no Império (ano 30 ao 100) • A luta da igreja primitiva para sobreviver (ano 100 ao 313) • A instauração da Igreja Católica Imperial (ano 313 ao 476) •MEDIEVAL - do ano 476 ao 1517 • Surge a Igreja Latino-Teutônico (ano 590 ao 800) • Avanços e retrocessos nas relações entre Igreja e Estado (ano 800 ao 1054) • A supremacia da papado (ano 1054 ao 1305) • O ocaso medieval e o renascimento moderno (ano 1309 ao 1517) • MODERNA - do ano 1517 ao 1789 • A reforma e a contrarreforma; surgem as denominações Cristãs • CONTEMPORÂNEA – do ano 1789 até a atualidade • As religiões entre o profano e o sagrado
  • 3. O foco da Bíblia é a história de como o céu (espaço de Deus) e a terra (nosso espaço), que no início se sobrepunham, se separaram e como estão sendo reunidos através de Jesus e estarão completamente unidos quando Ele voltar. RECAPITULANDO 1Co 3.16 “Vocês não sabem que são santuário de Deus e que o Espírito de Deus habita em vocês?”
  • 4. 4 PROPÓSITOS DO LIVRO DE ATOS 1. Descrever as concepções que Lucas tinha do cristianismo para que Teófilo pudesse entendê-lo como a verdadeira forma de judaísmo. Lc 1.1-4 “Muitos já se dedicaram a elaborar um relato dos fatos que se cumpriram entre nós, conforme nos foram transmitidos por aqueles que desde o início foram testemunhas oculares e servos da palavra. Eu mesmo investiguei tudo cuidadosamente, desde o começo, e decidi escrever-te um relato ordenado, ó excelentíssimo Teófilo, para que tenhas a certeza das coisas que te foram ensinadas.” At 1.1-2 “Em meu livro anterior, Teófilo, escrevi a respeito de tudo o que Jesus começou a fazer e a ensinar, até o dia em que foi elevado ao céu, depois de ter dado instruções por meio do Espírito Santo aos apóstolos que havia escolhido.” 2. Que o cristianismo não era um ramo herético do Judaísmo, nem uma organização política, nem era contrário ao Império Romano. 3. Mostrar que no cristianismo a ação da igreja se dá por intermédio do Espírito Santo. Devido a esta ênfase há quem o chame de Atos do Espírito Santo.
  • 5. 5 O livro de Atos é um registro histórico que responde às perguntas: 1. Como Jesus, um homem desconhecido, em 3 anos se tornou tão conhecido? 2. Como homens simples e sem instrução (4.13 “Vendo a coragem de Pedro e de João, e percebendo que eram homens comuns e sem instrução, ficaram admirados e reconheceram que eles haviam estado com Jesus.”) se tornaram poderosas testemunhas de Jesus? 3. Como a igreja surgiu e se espalhou pelo império romano em apenas 30 anos? 4. Como uma religião que se iniciou no meio judaico com pouco mais de 120 crentes (1.15 “Naqueles dias Pedro levantou-se entre os irmãos, um grupo de cerca de cento e vinte pessoas,...”) acabou se tornando a religião do mundo? O PLANO REVELADO A ABRAÃO 2000 ANOS ANTES, OU SEJA, A PROMESSA DE QUE DEUS CRIARIA UMA FAMÍLIA MUNDIAL HAVIA COMEÇADO. At 1.14,15 “Todos eles se reuniam sempre em oração...um grupo de cerca de cento e vinte pessoas,” ASSIM COMEÇA A HISTÓRIA DA IGREJA.
  • 6. 8’ - ATOS 13-28 – BIBLE PROJET https://www.youtube.com/watch?v=29q6CEle764
  • 7. PENTECOSTES – 50 dias após a ressurreição e 10 dias após a ascensão Em 2142 aC, para dificultar o propósito de formar um mundo sem Deus: Gn 11.9b “... o Senhor confundiu a língua de todo o mundo...” Agora no ano 30 dC: At 2.4,6 “Todos ficaram cheios do Espírito Santo e começaram a falar noutras línguas, conforme o Espírito os capacitava. Havia em Jerusalém judeus, tementes a Deus, vindos de todas as nações do mundo...cada um os ouvia falar em sua própria língua” 7 Não que o apóstolo falasse mais línguas do que uma de cada vez, nem que falasse uma língua e a pessoa ouvisse noutra; mas que um falava uma língua e outro noutra: 1Co 14.9 “...Se não proferirem palavras compreensíveis com a língua, como alguém saberá o que está sendo dito...” O milagre está nos “emissores” (falando), nos “receptores” (ouvindo) e na “ação divina” que passa a alcançar a humanidade para que o cristão compreenda, através do ES, as coisas espirituais expressas na Bíblia: a Palavra de Deus.
  • 8. Entendendo os 9 DONS ESPIRITUAIS APLICADOS hoje DENTRO DA IGREJA ... 1Co 12.21,28 “O olho não pode dizer à mão: "Não preciso de você! " Nem a cabeça pode dizer aos pés: "Não preciso de vocês! ... Ora, vocês são o corpo de Cristo, e cada um de vocês, individualmente, é membro desse corpo." Note que fomos planejados por Deus, com talentos, habilidades, capacidades e dons, PARA COM ELES PARTICIPAR COMO MEMBRO DA IGREJA DE CRISTO. 1Co 12.4 “Há diferentes tipos de dons, mas o Espírito é o mesmo.” 1Co 12.8-10 “Pelo Espírito, a um é dada a palavra de sabedoria; a outro, a palavra de conhecimento...fé...dons de cura...poder para operar milagres...profecia... discernimento de espíritos...variedade de línguas...interpretação de línguas.”  VARIEDADE DE LÍNGUAS E SUA INTERPRETAÇÃO - Comunicar a palavra de Deus em outros idiomas; facilidade em aprender outro idioma. 8
  • 9. 9 Após morte de Estêvão, os cristãos perseguidos foram para ANTIOQUIA DA SÍRIA, a 480Km de Jerusalém, 3ª maior cidade do Império com uma população mista de 500.000 pessoas e ali pregaram aos judeus. 11.19 “Os que tinham sido dispersos por causa da perseguição desencadeada com a morte de Estêvão chegaram até à Fenícia, Chipre e Antioquia, anunciando a mensagem apenas aos judeus.” Antioquia da Síria Jerusalém 482 km 11.20 “Alguns deles, todavia, cipriotas e cireneus, foram a Antioquia e começaram a falar também aos gregos”, e como ocorreram muitas conversões, a igreja de Jerusalém enviou Barnabé. 11.26b “Em Antioquia, os discípulos foram pela primeira vez chamados cristãos.” 24.5b “Ele é o principal cabeça da seita dos nazarenos” referindo-se a Paulo, são chamados pela 1ª vez de nazarenos.
  • 10. Por que a Igreja cresceu? 1. Pelo poder do Evangelho - Há pessoas que dizem que o cristianismo cresceu por causa do vazio de religiões, e não há nada mais longe da verdade, pois o que não faltava ao Império Romano eram religiões. 2. Pelo testemunho dos cristãos – Pela a diferença que Cristo fazia em seu viver. 3. Pela prioridade da oração - A igreja orava e os resultados apareciam. 4. Pelo poder da Palavra - O registro de crescimento da igreja primitiva em Atos está ligado à proclamação da Palavra de Deus e à ação do Espírito Santo.
  • 11.
  • 12. SÍNTESE (4’) 2- A Expansão do evangelho – Antioquia e viagens de Paulo
  • 13. Mt16.16-18 “Simão Pedro respondeu: "Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo". Respondeu Jesus: "Feliz é você, Simão, filho de Jonas! Porque isto não lhe foi revelado por carne ou sangue, mas por meu Pai que está nos céus. E eu lhe digo que você é Pedro (Petros*), e sobre esta pedra (Petra**) EDIFICAREI A MINHA IGREJA (a igreja é de Jesus) , e as portas do Hades não poderão vencê-la.” ...você é Pedro - Jesus mudara o nome de Simão para Pedro, que significa pedra - e agora o justifica: O Pai revelara a Pedro que Jesus é o Cristo filho do Deus vivo, e sobre esta pedra, isto é, esta convicção de que “Tu és o Cristo, o filho do Deus vivo”, será edificada a igreja. O início da construção da igreja de Jesus se dá dentro de cada homem que crê tal como Pedro creu. *Petros = Pedra móvel, pedra pequena. **Petra = Rocha grande e firme. ANÚNCIO DA IGREJA
  • 14. O que é a Igreja? 14 Igreja é uma palavra de origem grega, escolhida pelos autores da Septuaginta para traduzir o termo hebraico usado pelos judeus para designar a assembleia geral. No contexto bíblico, o termo igreja designa uma reunião de pessoas que creem que Jesus é o Cristo filho do Deus vivo: Mt 18.17 ”Se ele se recusar a ouvi-los, conte à igreja; e se ele se recusar a ouvir também a igreja, trate-o como pagão ou publicano.” EKKLESIA É um termo no grego clássico composto de dois vocábulos: “ek” + “kalew” Para fora + chamar Chamados para fora
  • 15. 15 IGREJA Chamados para fora do mundo 1 - Chamados para fora do domínio do tentador 2 - Chamados para fora do domínio do pecado 3 - Chamados para fora da influência negativa do mundo 4 - Chamados para fora do judaísmo (Representando as religiões!)
  • 16. TERMOS EM DESTAQUE NESTE PERÍODO HERESIA ("escolha" ou "opção“) é a doutrina ou linha de pensamento contrária a um credo ou sistema religioso organizado ou ortodoxo. Ortodoxo é o que segue à risca uma regra. O herege é designado "herege" porque alguém, investido de poder eclesiástico e institucional classificou que sua prática ou ideias são destoantes e contrárias a uma ortodoxia oficial que se auto postula como o caminho correto. “Todo herético/heresia tornou-se tal por decisão das autoridades ortodoxas.” "Asigrejas mais puras debaixodocéu estão sujeitas à mistura eao erro; algumas têm-se degeneradoaopontode nãomais serem igrejas deCristo, e, sim, sinagogas de Satanás; nãoobstante, haverásempre sobre a terra uma igreja paraadorara Deus segundo a vontadedElemesmo." CONFISSÃO DE FÉ DE WESTMEINSTER - CAP XXV: DA IGREJA - ART V
  • 17. 1. II Macabeus 14. 41-46 – O suicídio é justificado. 2. II Macabeus 12.41-45 – Aprova a oração e ofertas pelos mortos. 3. Tobias 12.8-10 – Afirma que a assistência aos mendigos faz expiação dos pecados. 4. Sabedoria 8.19 e 20 – Declara a pré-existência das almas. 5. Judith – Valida que o fim justifica os meios 6. Tobias – Valida a superstição e a feitiçaria. 7. Sabedoria 3.1-4 – Cria o purgatório. No período intertestamentário foram escritos os livros apócrifos (quer dizer oculto) e já neles estavam as heresias
  • 18.  NICOLAÍTAS Hebr. Nicolau = Vitorioso sobre o povo: Nicolaíta é aquele que domina o povo. Ap 2.1;6 “Ao anjo da igreja em Éfeso escreva...você odeia as práticas dos nicolaítas, como eu também as odeio.” Ap 2.12,15 “Ao anjo da igreja em Pérgamo escreva... você tem também os que se apegam aos ensinos dos nicolaítas.” At 6.5 “...escolheram ... Nicolau, um convertido ao judaísmo, proveniente de Antioquia.” Historiadores como Jerônimo, Epifânio, Teodoreto, Irineu, Hipólito e Clemente de Alexandria escreveram que Nicolau se desviara do evangelho ao estabelecer uma casta especial e superior na Igreja, uma classe entre Deus e o povo: O CLERO, e aos que o seguiram foram chamados de nicolaítas. O clero se caracteriza pela hierarquia eclesiástica. O que se praticava em Éfeso, final da era apostólica, se tornou “doutrina” dois séculos depois em Pérgamo, e na igreja Católica Romana.
  • 19.
  • 20.  Como se formou o cânon (significa régua) do AT para definir quais são os livros inspirados por Deus: Por volta do ano 100 dC, os judeus de Israel se reuniram (sínodo) na cidade de Jâmnia e estabeleceram critérios para formar o seu cânon bíblico: a) Ter sido escrito no território de Israel. b) Não conter passagens/textos em aramaico ou grego, apenas em hebraico (vejo exceção no livro de Daniel). c) Redigido antes de Esdras (458-428 a.C.). d) Não contradizer a Lei de Moisés (Pentateuco). Sínodo=reunião convocada por autoridade religiosa Canônico = livro catalogado Protocanônico = catalogado em 1º lugar; desde o começo. Deuterocanônico = catalogado em 2ª instância.
  • 21. 21 FATOS EM DESTAQUE NESTE PERÍODO 1. O incêndio de Roma que devastou 10 dos seus 14 bairros no ano 65. Nero é acusado pelo povo de ser o seu autor e lançou a culpa sobre os cristãos. Inicia-se a 3ª perseguição, até o ano 68, e morrerão, entre outros, Pedro e Paulo. 2. A revolta em Jerusalém que levou à sua destruição em 70. Com o fim do Templo judaico ocorre a separação definitiva entre cristãos e judeus e cristianismo e judaísmo tornam-se religiões distintas. Os Remorsos de Nero após matar sua mãe, por John W. Warterhouse, 1878
  • 22. Do Templo restou uma parede: O Muro das Lamentações. Roma reagiu em 67 e matou 40 mil judeus, (talvez neste ano tenha morrido Paulo). Em 70 o general Tito ataca Jerusalém arrasa tudo: a cidade e o Templo de Salomão. Onde fora o Templo de Salomão foi construído, em 688, um santuário islâmico, sobre a rocha onde Abraão sacrificaria seu filho Isaac, que para o Islã teria sido o lugar de partida de Maomé na viagem aos céus. Em 1993 a cúpula foi pintada de ouro.
  • 23. 23 MULHERES EM DESTAQUE NA IGREJA PRIMITIVA • Dorcas (Tabita) foi a única mulher do Novo Testamento a ser chamada "discípula" (At 9.36). Sua morte causou grande agitação em Jope, levando os discípulos a insistir com Pedro em que viesse até eles, pois estava ali perto, em Lida. Pedro orou e Dorcas foi ressuscitada! • Maria de Jerusalém, mãe de João Marcos (At 12.12), era uma rica viúva cuja casa tornou-se um ponto de encontro da igreja de Jerusalém – local de oração. • Lídia, uma comerciante rica (e aparentemente a primeira convertida de Paulo na Europa), abriu seu lar para Paulo e Silas (At 16.14-15). • Priscila e seu marido Áquila se tornaram amigos de Paulo, com quem compartilhavam a hospitalidade e a profissão de fazedores de tendas (At 18.1-3). De alguma maneira, haviam arriscado a vida a favor de Paulo (Rm 16.3-5) e ensinaram a Palavra de Deus a Apolo (At 18.26).
  • 24. 24 • Febe (Rm 16.1-2) – Recomendada por Paulo à igreja romana, pedindo que a recebam "no Senhor como convém aos santos" e que a ajudem "em tudo que de vós vier a precisar". • Andrônico e Júnias – notáveis entre os apóstolos (Rm 16.7). • As 4 filhas de Filipe, que profetizavam (Atos 21.9). • Evódia e Sintique (Fp 4.2-3) foram identificadas como "cooperadoras" de Paulo, uma notável designação quando se pensa que Paulo também se referiu a Tito e a Timóteo como "cooperadores". Romanos 16: Na lista de 29 “cooperadores” 10 são mulheres.
  • 25. Partilha 2: Como vc consideraria um cristão que tem uma conduta contrária aos ensinos de Jesus: um herege ou apenas um pecador?
  • 26. 1. HISTÓRIA DO CRISTIANISMO – Shelley B. L. - Ed Shedd– 1ª Edição 2004 2. UMA HISTÓRIA ILUSTRADA DO CRISTIANISMO – Gonzales J. L. – Ed Vida Nova - 1995 3. HISTÓRIA DO CRISTIANISMO – COLLINS&MATTHEW – Ed. Loyola - 2000 4. HISTÓRIA DA IGREJA – Walton R.C. – Ed Vida História do Cristianismo, Shelley, Bruce L., 1927, Ed. Shedd 5. Textos Bíblicos extraídos da Bíblia Sagrada NVI; São Paulo; Ed. Vida; 2001 6. BÍBLIA DE ESTUDO NVI, Barker; São Paulo; Ed. Vida; 2003 7. Reflexões extraídas da World Wide Web 8. Vídeo–aula: A Historia do Cristianismo Como Você Nunca Viu – Igreja Evangélica Batista de Campo Grande e Seminário Batista Sul Mato-grossense - 2020 9. BIBLE PROJECT Esta apresentação está disponível no site: www.escolabiblicavirtual.com.br