HIROSHI SUGIMOTO

FOTOGRAFIA

VIDA & OBRA

1
BIOGRAFIA

Fotografia
“Self-Portrait”.

2003
2
BIOGRAFIA
Nascido em Tóquio em 1948, Hiroshi Sugimoto é um dos artistas mais procurados da fotografia
contemporânea e é ba...
TÉCNICA

Fotografia
“Paramount, Los Angeles”.

1997
4
TÉCNICA
O artista utiliza uma camara de grande formato, do século 19. De acordo com o seu trabalho, Sugimoto utiliza
difer...
TÉCNICA (CONTINUAÇÃO)
Para o seu trabalho, o artista prefere as tradicionais impressões em gelatin de prata à base de fibr...
PORTFÓLIO

Fotografia
“The Music Lesson”.

1999
7
“DIANA PRINCESS OF WALES, 1991”
“POPE JOHN PAUL II, 1991”

SÉRIE
Ceras
PORTFÓLIO

8
“POLAR BEAR, 1976”
“HYENA-JACKAL-VULTURE, 1976”

SÉRIE
Dioramas de História Natural
PORTFÓLIO

9
“CHRYSLER BUILDING, 1997”
“WORLD TRADE CENTER, 1997”

SÉRIE
ARQUITECTURA
PORTFÓLIO

10
“AVALON THEATER – CATALINA ISLAND, 1993”

“CABOT STREET CINEMA - MASSACHUSET TS, 1978”

SÉRIE
Cinemas
PORTFÓLIO

11
“BODEN SEA - UTTWIL, 1993”
“LIGURIAN SEA - FRUMURA, 1991”

SÉRIE
Paisagens Marítimas
PORTFÓLIO

12
WEBGRAFIA
http://www.sugimotohiroshi.com/
http://www.gagosian.com/artists/hiroshi-sugimoto
http://sugimoto.pulitzerarts...
HIROSHI SUGIMOTO
VIDA & OBRA

HISTÓRIA DAS ARTES VISUAIS E CONTEMPORÂNEAS
PROFESSOR PEDRO COLAÇO DO ROSÁRIO

COMUN I CAÇÃO...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

[HAVC] Fotografia: Hiroshi Sugimoto

919 visualizações

Publicada em

Trabalho sobre o fotógrafo Hiroshi Sugimoto para História das Artes Visuais e Contemporâneas do professor Pedro Colaço. Ricardo Sousa, Comunicação & Multimédia, UTAD © 2013.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
919
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
175
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
11
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

[HAVC] Fotografia: Hiroshi Sugimoto

  1. 1. HIROSHI SUGIMOTO FOTOGRAFIA VIDA & OBRA 1
  2. 2. BIOGRAFIA Fotografia “Self-Portrait”. 2003 2
  3. 3. BIOGRAFIA Nascido em Tóquio em 1948, Hiroshi Sugimoto é um dos artistas mais procurados da fotografia contemporânea e é bastante conhecido pelas suas impressões a preto e branco em gelatina de prata. Sugimoto formou-se em 1970 na universidade de “Saint Paul” em Tokyo com uma licenciatura em política e sociologia. Pouco tempo depois, mudou o rumo da sua carreira e matriculou-se no “Art Centre College of Design”, em Los Angeles, onde recebeu o seu BFA (Bacharelado em Belas Artes) em 1974. Após a sua formação, mudou-se para Nova Iorque onde se encontra actualmente. As suas influências vão desde William Henry Fox Talbot, o pioneiro (século 19) da fotografia moderna, até Marcel Duchamp e Dada. O seu interesse em Talbot e Duchamp reflecte-se na sua dedicação à ciência e história por detrás da fotografia como um meio, enquanto permanence firmemente enraizado dentro da história da arte. O seu trabalho está dividido em séries, que analisam diversos assuntos e temas. Entre as suas series as mais populares estão Cinemas (1978), Paisagens Marítimas (1980) e Arquitectura (1997), bem como Dioramas de História Natural, Ceras e Esculturas Budistas. Cada série é denomindada adequadamente após o tema em questão, mas a maneira que o artista escolhe ao fotografar o assunto suscita o seu estilo fortemente reconhecido. BIOGRAFIA 3
  4. 4. TÉCNICA Fotografia “Paramount, Los Angeles”. 1997 4
  5. 5. TÉCNICA O artista utiliza uma camara de grande formato, do século 19. De acordo com o seu trabalho, Sugimoto utiliza diferentes distâncias de exposição: a série Joe foi feita a curta exposição, enquanto que a série de Cinemas fora tirada durante a projecção de cada filme. A sua série de Dioramas, tirada em museus de história natural, tem um tempo de exposição que varia entre 20 a 40 minutos. As suas fotografias de longa exposição só podem ser tiradas com a ajuda de um tripé (na fotografia manual, o tempo de exposição deve ser mais rápido que 1/60 de segundo). O efeito de desfoque na série Joe é proveniente do uso não-convencional do “infinito”, que se refere aos lugares mais longínquos do plano de fundo. Enquanto que o mais distante que uma lente tradicional pode focar é o infinito, a sua camara de grande formato pode ser forçada a dobrar o “efeito infinito”, que resulta no desfoque da fotografia. Sugimoto considera-se um artista dos primórdios da fotografia: “As pessoas costumavam sentir a luz e como afectaria a superfície de um objecto. O céu, e as luzes que atravessam a janela, estão em constante mudança a cada segundo e a cada minuto. Portanto tinhas de adivinhar o que iria acontecer a seguir. Tinhas de desenvolver o teu próprio senso de melhor equilíbrio em F-stop e velocidade do obturador. Treinei-me da melhor forma, ao passar 30 anos a fazer isto. Dado que a máquina não consegue medir algumas coisas, factores muito íntimos. O que os primeiros fotógrafos ganharam com o estudo da natureza, as pessoas agora tendem a depender do computador e de outras máquinas para tal. Não é bom o suficiente. Precisas de muito mais que isso." 1 1 | HIROSHI SUGIMOTO AND ART:21 INTERVIEW. 2005. ART:21 PBS. 17 APRIL 2006. | TÉCNICA 5
  6. 6. TÉCNICA (CONTINUAÇÃO) Para o seu trabalho, o artista prefere as tradicionais impressões em gelatin de prata à base de fibras, uma técnica desenvolvida nos anos de 1870, que se tornou no meio mais popular de fazer impressões a preto e branco a partir de negativos, até à recente introdução da fotografia digital. As impressões tradicionais envolviam papel embebido numa camada de gelatina, que contém sais de prata sensíveis à luz. Enquanto que a maioria dos fotógrafos profissionais prefere ter as suas impressões desenvolvidas num laboratório, Sugimoto segue os passos dos pioneiros, envolvendo-se na arte da impressão manual das suas fotografias. Existem duas fases principais no desenvolvimento da fotografia a preto e branco: • O negativo é projectado e ampliado no papel fotográfico revestido de gelatina de prata. A película de filme 8x10 deve ser processada em escuridão absoluta. • As impressões são processadas manualmente em bandejas com produtos químicos, e lavadas extensivamente para assegurar a sua natureza de arquivo. “Arquivo” é uma qualificação técnica relativamente ao tempo de vida de uma fotografia impressa. Quanto às impressões em gelatina de prata à base de fibras, a sua superfície tem um tempo de duração estimado para permanecer intacta durante aproximadamente 100 anos. Geralmente, Sugimoto produz edições limitadas. Relativamente às suas fotografias de grande escala, são feitas normalmente cinco cópias, enquanto que as impressões mais pequenas são produzidas em vinte e cinco cópias. Os formatos maiores são assinados e etiquetados no verso, já os mais pequenos são gravados e assinados na montagem. Até agora, para Sugimoto tem sido uma excepção trabalhar com fotografia a cores; no entanto, a série que se encontra a trabalhar de momento, que recai sobre esta categoria, é intitulada de Colors of Shadow. TÉCNICA 6
  7. 7. PORTFÓLIO Fotografia “The Music Lesson”. 1999 7
  8. 8. “DIANA PRINCESS OF WALES, 1991” “POPE JOHN PAUL II, 1991” SÉRIE Ceras PORTFÓLIO 8
  9. 9. “POLAR BEAR, 1976” “HYENA-JACKAL-VULTURE, 1976” SÉRIE Dioramas de História Natural PORTFÓLIO 9
  10. 10. “CHRYSLER BUILDING, 1997” “WORLD TRADE CENTER, 1997” SÉRIE ARQUITECTURA PORTFÓLIO 10
  11. 11. “AVALON THEATER – CATALINA ISLAND, 1993” “CABOT STREET CINEMA - MASSACHUSET TS, 1978” SÉRIE Cinemas PORTFÓLIO 11
  12. 12. “BODEN SEA - UTTWIL, 1993” “LIGURIAN SEA - FRUMURA, 1991” SÉRIE Paisagens Marítimas PORTFÓLIO 12
  13. 13. WEBGRAFIA http://www.sugimotohiroshi.com/ http://www.gagosian.com/artists/hiroshi-sugimoto http://sugimoto.pulitzerarts.org http://sugimoto.pulitzerarts.org/background/technique.html http://foto.espm.br/index.php/referencias/a-arquitetura-do-tempo-por-hiroshi-sugimoto/ http://www.hirshhorn.si.edu/collection/resource-centre/#detail=/bio/press-images-hiroshisugimoto/&collection=resource-centre http://www.rickspicscorner.com/blog/memory/hiroshi-sugimoto-indian-ocean-bali-1991/ WEBGRAFIA 13
  14. 14. HIROSHI SUGIMOTO VIDA & OBRA HISTÓRIA DAS ARTES VISUAIS E CONTEMPORÂNEAS PROFESSOR PEDRO COLAÇO DO ROSÁRIO COMUN I CAÇÃO & MULT I MÉDIA, EC T/ UTAD Ricardo Sousa Nº 58330 2013 14

×