O século de péricles e troia

3.381 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.381
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.225
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
14
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O século de péricles e troia

  1. 1. O Século de Péricles História Antiga 6º ano Coleguium
  2. 2. Atenas e o Século de Ouro de Péricles .Quando pensamos na Grécia Antiga, uma série de imagens que compõem o imaginário da civilização ocidental vêm à nossa mente, imagens que retratam corpos perfeitos concebidos por escultores que moldaram as estátuas gregas e também o ideal de beleza que a cultura ocidental persegue a tantos séculos.
  3. 3. Filósofos Também não podemos deixar de pensar no trabalho dos grandes filósofos, homens que estabeleceram as bases do pensamento ocidental e determinaram caminhos para que a intelectualidade elucidasse as grandes questões que até hoje nos inquietam: quem somos, de onde viemos, para onde vamos. Ao lado, busto de Platão.
  4. 4. Patrimônio Arquitetônico e filosóficoÉ, não é difícil lembrar do patrimônio que os gregos antigos nos deixaram. O que nem sempre sabemos ou lembramos é que muito do que hoje associamos à Grécia Antiga é resultado de um período marcante da história dessa civilização, o chamado Século de Ouro de Péricles, tempo que a cidade de Atenas exerceu a liderança entre as cidades-estado gregas e alcançou um desenvolvimento intelectual e artístico que marcou para sempre a história ocidental. Durou de 45º A. C a 338 a. C quando se deu a queda da cidade ao domínio macedônio de Felipe II, vitorioso na Batalha de Queronéia.
  5. 5. Partenon Foi no governo de Péricles que se construiu o Partenon, na colina mais alta da cidade, a Acrópole, dedicado à deusa Atena, protetora da cidade. Assista o vídeo http://www.you tube.com/watch ?v=aGitmYl6U90
  6. 6. Vista da Acrópole de Atenas
  7. 7. Propileus e o templo de Nike • Foi Péricles que também construiu o Propileus eo templo de Nike.
  8. 8. Ruinas doPropileus e do templo de Nike
  9. 9. Muralha Longa de Atenas  A Muralha Longa também foi obra que Péricles reconstruiu.  As muralhas originais de Atenas foram destruídas pelos invasores persas durante a ocupação da Ática, em 480 e 479 a.C., como parte das Guerras Greco- Persas.
  10. 10. Péricles• Foi durante o século V que Péricles governou Atenas, entre os anos de 461 e 431 a. C. Membro da aristocracia, descendente do líder reformador Clístenes, Péricles foi o maior governante de Atenas, sendo reeleito várias vezes para o cargo de chefe civil e miltar da cidade. Durante seu governo, Atenas alcançou tamanho apogeu que o século em que viveu foi chamado de “século de Péricles”.
  11. 11. Feitos de Péricles - AnotarPéricles foi responsável por mudanças administrativasque possibilitaram a Atenas um desenvolvimentonotável:1) Instituiu a remuneração para trabalhadores emcargos públicos, marinheiros e soldados,profissionalizando o serviço público e militar. 2) Transferiu o tesouro da Ilha de Delos para a cidadede Atenas. 3) Realizou várias obras na cidade, gerando emprego eembelezando uma cidade que já possuía grande belezanatural. 4) Encontramos o auge do desenvolvimento artístico ecultural de Atenas, trabalhos que definiram nosso gostoem diversas áreas, como literatura, teatro, escultura earquitetura.
  12. 12. Tróia e os poemas de Homero• As últimas semanas da Guerra de Tróia e o retorno de Ulisses à sua terra natal foram contados em Ilíada e Odisséia, poemas épicos atribuídos ao poeta cego Homero.• O que é um poema épico? Tipo de narrativa que contém feitos heroicos, extraordinários; epopeia.• Hoje, acredita-se que Homero é uma figura lendária e que esses versos foram compostos pelos aedos (poetas ambulantes) em épocas distintas. Recitando os poemas, os aedos os transmitiram por sucessivas gerações. Os poemas só foram registrados em sua forma escrita no século VI a.C.
  13. 13. O trabalho de um arqueólogo: Heinrich Schliemann• Arqueólogo alemão nascido em Neubukow, Mecklenburg-Schwerin, famoso por suas descobertas sobre a Grécia pré-histórica, especialmente pela localização dos restos de Tróia. Filho de um pastor, trabalhou no comércio e outras ocupações, e estudou vários idiomas, inclusive o grego antigo.• Abandonou os negócios (1858) e dedicou-se ao estudo da arqueologia, um sonho desde criança, especialmente interessado em identificar o local da Tróia de Homero. Viajou pela Grécia, Itália, Escandinávia, Alemanha, Síria, Índia, China, Japão e Egito antes de fixar-se em Paris a fim de estudar. Mudou-se para a Grécia (1868) convicto de que os poemas de Homero tinham fundamentos na realidade histórica. C• Começou a escavar a colina de Hisarlik (1871) na tentativa de encontrar a cidade descrita por Homero. Os trabalhos revelaram uma riqueza de achados, como o suposto palácio de Príamo, jóias de ouro, baixelas e armas, que retirou clandestinamente da Turquia. Ao tentar reiniciar as escavações (1874), foi impedido por uma ação judicial movida pelo governo otomano, que exigiu a partilha do tesouro e, assim, ele foi obrigado a pagar uma indenização ao governo.• Depois foi para o Peloponeso (1876) e realizou escavações em Micenas, onde descobriu, junto à Porta dos Leões, o círculo de túmulos de reis, além de esqueletos e peças preciosas de adorno, como máscaras funerárias de ouro. Retomou os trabalhos em Ítaca e Tróia (1881), onde escavou o Orcômeno em busca do tesouro do lendário rei Mínias.
  14. 14. Vestígios da cidade de Tróia
  15. 15. Detalhe das Muralhas de Tróia
  16. 16. Vestígios de Tróia.

×