O Teorema de Pitágoras e algumas considerações<br />Trigonometria<br />
Elementos de um Triângulo Retângulo<br />	O triângulo retângulo possui um ângulo de 90 graus (ângulo reto), dois outros ân...
Há muito tempo, os escribas da Suméria já conheciam uma importante relação entre os comprimentos dos catetos e o comprimen...
Motivação<br />Seguem alguns problemas que serviram de motivação aos Matemáticos da Índia dos séculos XI e XII para a apli...
Demonstração do Teorema de Pitágoras<br />	Existem cerca de 367 demonstrações diversas para o Teorema de Pitágoras.  Aqui ...
Demonstração 1<br />
Demonstração 2<br />	O teorema Pitágoras afirma que em qualquer triângulo retângulo, a soma dos quadrados das medidas dos ...
	a/b = b/n (     ABC  semelhante  ao     ACD), disso temos:            <br /> 	b2= a.n<br />	a/c = c/m (     ABC semelhant...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Trigonometria

1.495 visualizações

Publicada em

Teorema de Pitágoras e algumas considerações

Publicada em: Educação, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.495
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
13
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Trigonometria

  1. 1. O Teorema de Pitágoras e algumas considerações<br />Trigonometria<br />
  2. 2. Elementos de um Triângulo Retângulo<br /> O triângulo retângulo possui um ângulo de 90 graus (ângulo reto), dois outros ângulos agudos (isto é, cujas medidas são inferiores a 90 graus), o lado oposto ao ângulo reto, a hipotenusa (que é o maior lado do triângulo retângulo), e os dois outros lados que são chamados catetos.<br />
  3. 3. Há muito tempo, os escribas da Suméria já conheciam uma importante relação entre os comprimentos dos catetos e o comprimento da hipotenusa:<br />a2+b2 = c2<br />Essa relação é chamada Teorema de Pitágoras, pois através de algumas especulações atribui-se a demonstração deste Teorema ao famoso filósofo grego, Pitágoras, que o fez através da comparação de áreas.<br />Teorema de Pitágoras<br />c<br />a<br />b<br />
  4. 4. Motivação<br />Seguem alguns problemas que serviram de motivação aos Matemáticos da Índia dos séculos XI e XII para a aplicação do Teorema de Pitágoras:<br />Um pavão pousou no topo de uma coluna em cuja base há um buraco de cobra. Vendo a cobra a uma distância da coluna igual a 30, o pavão avançou para ela em linha reta, alcançando-a antes que chegasse à cova. Se a coluna tem 10 de altura e o pavão e a cobra percorrem distâncias iguais, a que distância da cova eles se encontraram?<br />Nas duas margens de um rio crescem duas palmeiras. A altura de uma é 30 e da outra é 20, e entre os dois troncos há uma distância de 50. Na copa de cada palmeira há um pássaro. De repente, os dois pássaros descobrem um peixe que aparece na superfície do rio, entre as duas palmeiras. Eles partem e alcançam o peixe ao mesmo tempo. Se os pássaros percorreram a mesma distância, a que distância do tronco da palmeira menor surgiu o peixe?<br />
  5. 5. Demonstração do Teorema de Pitágoras<br /> Existem cerca de 367 demonstrações diversas para o Teorema de Pitágoras. Aqui estão selecionadas duas das mais simples e de fácil compreensão:<br />Para uma primeira demonstração vamos nos remeter à figura decorrente  de uma demonstração apresentada por ZhõubìSuànjing. Um chinês cujos escritos remontam à dinastia Hàn (206  aC - 220 dC) e sobrevivem até os dias atuais:<br /> Para isso consideremos quatro triângulos semelhantes ao da figura abaixo:<br />
  6. 6. Demonstração 1<br />
  7. 7. Demonstração 2<br /> O teorema Pitágoras afirma que em qualquer triângulo retângulo, a soma dos quadrados das medidas dos lados menores - os catetos - é igual ao quadrado da medida do maior lado - a hipotenusa. <br /> Para mostrar isso, vamos nos remeter a uma  figura  que é atribuída à  Baskara,  onde os triângulos ABC, DBA e DAC são semelhantes.<br /> <br />
  8. 8. a/b = b/n ( ABC semelhante ao ACD), disso temos: <br /> b2= a.n<br /> a/c = c/m ( ABC semelhante ao ABD), disso <br />temos: <br />c2= a.m<br /> Sabendo que m+n = a e somando, temos que: <br /> b2+ c2 = a(m+n) = a2<br />Continuação da demonstração 2<br />

×