Anatomia humana slides

35.923 visualizações

Publicada em

Anatomia humana slides

Publicada em: Educação
0 comentários
41 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
35.923
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
114
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1.056
Comentários
0
Gostaram
41
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Anatomia humana slides

  1. 1. ANATOMIA HUMANA
  2. 2. Conceito• Anatomia (do grego antigo ἀνατομή [anatome], "seccionar"), é o ramo da biologia no qual se estudam a estrutura e organização dos seres vivos, tanto externa quanto internamente.• No seu conceito mais amplo, a Anatomia é a ciência que estuda, macro e microscopicamente, a constituição e o desenvolvimento dos seres organizados.
  3. 3. • Um excelente e amplo conceito de Anatomia foi proposto em 1981 pela American Association of Anatomists: anatomia é a análise da estrutura biológica, sua correlação com a função e com as modulações de estrutura em resposta a fatores temporais, genéticos e ambientais.
  4. 4. Divisões da Anatomia• A Anatomia Macroscópica é o estudo das estruturas observáveis a olho nu, utilizando ou não recursos tecnológicos os mais variáveis possíveis.• A Anatomia Microscópica é aquela relacionada com as estruturas corporais invisíveis a olho nu e requer o uso de instrumental para ampliação, como lupas, microscópios ópticos e eletrônicos. Este grupo é dividido em Citologia (estudo da célula) e Histologia (estudo dos tecidos e de como estes se organizam para a formação de órgãos).
  5. 5. • A Anatomia do Desenvolvimento estuda o desenvolvimento do indivíduo a partir do ovo fertilizado até a forma adulta. Ela engloba a Embriologia que é o estudo do desenvolvimento até o nascimento.
  6. 6. Sistema Ósseo
  7. 7. Conceito de Sistema Esquelético• O sistema esquelético é composto de ossos e cartilagens que compõe o nosso corpo.
  8. 8. Conceito de Ossos• Ossos são órgãos esbranquiçados, muito duros, que unindos-se aos outros, por intermédio das junturas ou articulações constituem o esqueleto. É uma forma especializada de tecido conjuntivo cuja a principal característica é a mineralização (cálcio) de sua matriz óssea (fibras colágenas e proteoglicanas).
  9. 9. Conceito de Cartilagem
  10. 10. • É uma forma elástica de tecido conectivo semi-rígido - forma partes do esqueleto nas quais ocorre movimento. A cartilagem não possui suprimento sangüíneo próprio; conseqüentemente, suas células obtêm oxigênio e nutrientes por difusão de longo alcance.
  11. 11. Funções do Sistema Esquelético• Sustentação do organismo (apoio para o corpo)• Proteção de estruturas vitais (coração, pulmões, cérebro)• Base mecânica para o movimento• Armazenamento de sais (cálcio, por exemplo)• Hematopoiética (suprimento contínuo de células sangüíneas novas)
  12. 12. Divisão do Esqueleto Esqueleto Axial• Esqueleto Axial - Composta pelos ossos da cabeça, pescoço e do tronco.
  13. 13. • Esqueleto Apendicular - Composta pelos membros superiores e inferiores.• A união do esqueleto axial com o apendicular se faz por meio das cinturas escapular e pélvica.
  14. 14. Funções do sistema esquelético Suporte• O sistema esquelético é formado por ossos e cartilagens. Existem 206 ossos no corpo e estes ossos e cartilagens ajudar a fornecer o apoio e pontos de fixação para muitos tecidos moles, músculos e ligamentos do corpo. Existem diferentes tipos de ossos como os ossos longos, ossos curtos, ossos chatos, ossos irregulares e ossos sesamóides. As funções do sistema esquelético também incluir o fornecimento de rigidez e forma do corpo. Ela ajuda a suportar o peso dos músculos e órgãos internos, sem a qual o organismo entraria em colapso.
  15. 15. Proteção• Uma das principais funções do sistema esquelético envolve a proteção para os órgãos macios e delicados do corpo. O cérebro é protegido pelo crânio, os nervos são protegidos pela coluna vertebral, A caixa torácica fornece proteção para o coração e os pulmões. Os discos fibrosos entre cada vértebra funciona como amortecedor.
  16. 16. Ajudar no movimento do corpo• Os ossos funcionam como alavancas do músculo na execução de movimentos básicos e complexos.
  17. 17. Função da cartilagem• . Desempenha a função de suporte de tecidos moles, reveste superfícies articulares onde absorve choques, facilita os deslizamentos e é essencial para a formação e crescimento dos ossos longos. A cartilagem é um tipo de tecido conjuntivo composto exclusivamente de células chamadas condrócitos e de uma matriz extracelular altamente especializada.
  18. 18. Sistema Muscular Conceito de Músculos• São estruturas individualizadas que cruzam uma ou mais articulações e pela sua contração são capazes de transmitir-lhes movimento. Este é efetuado por células especializadas denominadas fibras musculares, cuja energia latente é ou pode ser controlada pelo sistema nervoso. Os músculos são capazes de transformar energia química em energia mecânica.
  19. 19. Características do músculo• O músculo vivo é de cor vermelha. Essa coloração denota a existência de pigmentos e de grande quantidade de sangue nas fibras musculares.• Os músculos representam 40-50% do peso corporal total.
  20. 20. Funções dos Músculos• a) Produção dos movimentos corporais: Movimentos globais do corpo, como andar e correr.• b) Estabilização das Posições Corporais: A contração dos músculos esqueléticos estabilizam as articulações e participam da manutenção das posições corporais, como a de ficar em pé ou sentar.
  21. 21. • c) Regulação do Volume dos Órgãos: A contração sustentada das faixas anelares dos músculos lisos (esfíncteres) pode impedir a saída do conteúdo de um órgão oco.• d) Movimento de Substâncias dentro do Corpo: As contrações dos músculos lisos das paredes vasos sangüíneos regulam a intensidade do fluxo. Os músculos lisos também podem mover alimentos, urina e gametas do sistema reprodutivo. Os músculos esqueléticos promovem o fluxo de linfa e o retorno do sangue para o coração.
  22. 22. • e) Produção de Calor: Quando o tecido muscular se contrai ele produz calor e grande parte desse calor liberado pelo músculo é usado na manutenção da temperatura corporal.
  23. 23. Grupos Musculares
  24. 24. • São eles:• a) Cabeça• b) Pescoço• c) Tórax• d) Abdome• e) Região posterior do tronco• f) Membros superiores• g) Membros inferiores• h) Órgãos dos sentidos• i) Períneo
  25. 25. • Classificação dos Músculos:• Quanto a Situação:• a) Superficiais ou Cutâneos: Estão logo abaixo da pele e apresentam no mínimo uma de suas inserções na camada profunda da derme. Estão localizados na cabeça (crânio e face), pescoço e na mão (região hipotenar). Exemplo: Platisma.
  26. 26. • b) Profundos ou Subaponeuróticos: São músculos que não apresentam inserções na camada profunda da derme, e na maioria das vezes, se inserem em ossos. Estão localizados abaixo da fáscia superficial. Exemplo: Pronador quadrado.
  27. 27. • Quanto à Forma:• a) Longos: São encontrados especialmente nos membros. Os mais superficiais são os mais longos, podendo passar duas ou mais articulações. Exemplo: Bíceps braquial.
  28. 28. • c) Curtos: Encontram-se nas articulações cujos movimentos tem pouca amplitude, o que não exclui força nem especialização. Exemplo: Músculos da mão.
  29. 29. • b) Largos: Caracterizam-se por serem laminares. São encontrados nas paredes das grandes cavidades (tórax e abdome). Exemplo: Diafragma.
  30. 30. Quanto à Função:• a) Agonistas: São os músculos principais que ativam um movimento específico do corpo, eles se contraem ativamente para produzir um movimento desejado. Ex: Pegar uma chave sobre a mesa, agonistas são os flexores dos dedos.
  31. 31. • b) Antagonistas: Músculos que se opõem à ação dos agonistas, quando o agonista se contrai, o antagonista relaxa progressivamente, produzindo um movimento suave. Ex: idem anterior, porém os antagonistas são os extensores dos dedos.
  32. 32. • c) Sinergistas: São aqueles que participam estabilizando as articulações para que não ocorram movimentos indesejáveis durante a ação principal. Ex: idem anterior, os sinergistas são estabilizadores do punho, cotovelo e ombro.
  33. 33. • d) Fixadores: Estabilizam a origem do agonista de modo que ele possa agir mais eficientemente. Estabilizam a parte proximal do membro quando move-se a parte distal.
  34. 34. Tipos de Músculos:• a) Músculos Estriados Esqueléticos: Contraem- se por influência da nossa vontade, ou seja, são voluntários. O tecido muscular esquelético é chamado de estriado porque faixas alternadas claras e escuras (estriações) podem ser vistas no microscópio óptico.
  35. 35. • b) Músculos Lisos: Localizado nos vasos sangüíneos, vias aéreas e maioria dos órgãos da cavidade abdômino-pélvica. Ação involuntária controlada pelo sistema nervoso autônomo.• c) Músculo Estriado Cardíaco: Representa a arquitetura cardíaca. É um músculo estriado, porém involuntário – AUTO RITMICIDADE.
  36. 36. Tipos de Contrações:• a) Contração Concêntrica: o músculo se encurta e traciona outra estrutura, como um tendão, reduzindo o ângulo de uma articulação. Ex: Trazer um livro que estava sobre a mesa ao encontro da cabeça.• b) Contração Excêntrica: quando aumenta o comprimento total do músculo durante a contração. Ex: idem anterior, porém quando recolocamos o livro sobre mesa.
  37. 37. • c) Contração Isométrica: servem para estabilizar as articulações enquanto outras são movidas. Gera tensão muscular sem realizar movimentos. É responsável pela postura e sustentação de objetos em posição fixa. Ex: idem anterior, porém quando o livro é sustentado em abdução de 90°.

×