Anatomia e fisiologia fev2011

966 visualizações

Publicada em

1 comentário
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
966
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
13
Comentários
1
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Anatomia e fisiologia fev2011

  1. 1. FLORENCE – ESCOLA TÉCNICA DOS PALMARES Anatomia e Fisiologia Humana 1. Introdução:Anatomia⇒ palavra grega (anatome = significa cortar em partes, cortar separando) sem destruir oscomponentes. É a parte da biologia que estuda a forma e as estruturas dos seres vivos.Fisiologia humana⇒ estudo das funções do corpo e de suas partes. 2. Posição anatômica: A posição anatômica é uma convenção adotada em Anatomia para descrever asposições espaciais dos órgãos, ossos e demais componentes do corpo humano. Ao estudar o corpohumano, deve-se ter sempre presente que o mesmo deve ser considerado na posição de sentido deatleta, isto é, de pé, com as mãos espalmadas, dedos unidos, palmas voltadas para frente, a cabeça epés também estão apontados para frente e o olhar para o horizonte. a) Planos Seccionais: quatro planos são fundamentais • Plano Mediano: plano vertical que passa longitudinalmente através do corpo, dividindo-o em metades direita e esquerda. • Planos Sagitais: são planos verticais que passam através do corpo, paralelos ao plano mediano. • Planos Frontais (Coronais): são plano verticais que passam através do corpo em ângulos retos com o plano mediano, dividindo-o em partes anterior (frente) e posterior (de trás). • Planos Transversos (Horizontais): são planos que passam através do corpo em ângulos retos com os planos coronais e mediano. Divide o corpo em partes superior e inferior.30/07/08 ANATOMIA E FISIOLOGIA HUMANA 1
  2. 2. FLORENCE – ESCOLA TÉCNICA DOS PALMARES b) Planos Tangenciais: suponhamos, agora, que o indivíduo, em posição anatômica, esteja dentro de um caixão de vidro. As seis paredes que constituem o caixão representariam os planos tangenciais: • Plano Superior: seria a parede que está por cima da cabeça • Plano Inferior: é o que se situa por baixo dos pés. • Plano Anterior: é o plano que passa pela frente do corpo. • Plano Posterior: é o que formaria o fundo do caixão, ou seja, atrás das costas. • Planos Laterais: são as duas paredes laterais, que limitam os membros (superiores e inferiores), do lado direito e esquerdos.Quadro 1. Termos utilizados em anatomia TERMOS DIREÇÃO ANATÔMICASuperior, cefálica ou cranial. Em direção à cabeça.Inferior ou caudal. Em direção ao pé.Anterior ou ventral. Na frente do corpo.Posterior ou dorsal. No dorso do corpo ou atrás dele.Medial. Mais próximo da linha mediana (do meio) do corpo.Lateral Lateral à linha mediana do corpo (do lado).Proximal Mais próximo do ponto de origem ou fixação.Distal Mais distante do ponto de origem ou fixação. Sistema Locomotor 1. Definição: É um conjunto de órgãos cuja principal função é permitir ao corpo humano a realização demovimentos. Conseqüentemente, o ser humano pode se relacionar com os outros indivíduos de suaespécie Os elementos que constituem o aparelho locomotor é: ossos, articulações e músculos. Ossos ⇒ são órgãos esbranquiçados, muito duros, que se unidos uns aos outros, por meio(intermédio) das junturas ou articulações, constituem o esqueleto. O osso é um tecido vivo,complexo e dinâmico. Uma forma sólida de tecido conjuntivo, altamente especializado que forma amaior parte do esqueleto e é o principal tecido de apoio do corpo. Músculos ⇒ Formam a parte ativa do aparelho locomotor. Estão unidos aos ossos por meiodas inserções musculares. Possui atividade própria, a contração muscular, que tem origem naresposta aos estímulos nervosos. Existem mais de 400 músculos de tamanho e potência muitovariáveis. Um número tão elevado de músculos permite a realização de grande quantidade demovimentos, alguns de grande precisão como os que são realizados pela mão.30/07/08 ANATOMIA E FISIOLOGIA HUMANA 2
  3. 3. FLORENCE – ESCOLA TÉCNICA DOS PALMARES Articulações ⇒ São os elementos mais complexos do aparelho locomotor. São estruturasparcialmente moles e rígidas que possibilitam a união entre si, de dois ou mais ossos. Graças àexistência das articulações é possível realizar o movimento dos ossos sem desgaste demasiadodevido ao roçar excessivo entre eles. O Sistema Ósseo ⇒ é composto de ossos e cartilagens, ou seja, é a união de ossos, cartilagense articulações que sustentam e protegem o corpo. O esqueleto é formado por 206 ossos, comtamanhos e formas diferentes. 2. Funções: • É um suporte firme que dar forma ao corpo e sustenta suas diversas partes; • Protegem de agressões, os sistemas ou órgãos vitais (cérebro, coração e os pulmões); • Facilita os movimentos do corpo atuando em conjunto com numerosos músculos que prendem aos ossos através de tendões. • Armazenamento de fósforo e cálcio; • Hematopoiese ( produção de células sangüíneas).30/07/08 ANATOMIA E FISIOLOGIA HUMANA 3
  4. 4. FLORENCE – ESCOLA TÉCNICA DOS PALMARES 3. Composição dos ossos: O interior dos ossos é preenchido pela medula óssea, que em parte é amarela,funcionando como depósito de lipídeos, e, no restante é vermelha e gelatinosa constituindo o localde formação das células do sangue, ou seja, de hematopoiese. O tecido hemopoiético épopularmente conhecido por "tutano". As maiores quantidades de tecido hematopoético estão nosossos da bacia e no esterno. Nos ossos longos, a medula óssea vermelha é encontradaprincipalmente nas epífises. 4. Classificação dos ossos:a) Longos – Têm duas extremidades ou epífises; o corpo do osso é a diáfise; Ex: Fêmur, úmero, tíbia.b) Curtos – nos ossos curtos as três dimensões se equivalem, são os ossos das mãos e pés.Ex: Ossos do punho, tornozelo, carpo e tarso.c) Chatos (Largos, Planos ou Laminares) – São formados por ossos finos, o comprimento e alargura predominam sobre a espessura.Ex; escápula, esterno.Além desses três grupos básicos bem definidos há outro intermediário.a) Ossos alongados: São ossos longos, porém achatados e não apresentam canal medular.Ex: costela.b) Ossos pneumáticos: São ossos ocos, com cavidade cheia de ar, apresenta um pequeno peso emrelação ao volume.Ex: maxilar, frontal.c) Ossos irregulares: incluem as vértebras, são semelhantes aos ossos curtos em suas estruturas.Ex: temporal.30/07/08 ANATOMIA E FISIOLOGIA HUMANA 4
  5. 5. FLORENCE – ESCOLA TÉCNICA DOS PALMARES30/07/08 ANATOMIA E FISIOLOGIA HUMANA 5
  6. 6. FLORENCE – ESCOLA TÉCNICA DOS PALMARES Sistema Muscular ( MIOLOGIA ) 1. IntroduçãoMiologia = É parte da anatomia que estuda os músculos e seus anexos.Músculo = São estruturas anatômicas que apresentam a capacidade de se contrair sob estímulos.VENTRE é a parte carnosa, constituída por fibras musculares que se contraem.TENDÃO é a parte não contrátil e esta localizado nas extremidades dos músculos. É composto detecido conjuntivo resistente e esbranquiçado. 2. Funções do sistema muscular: • Produz o movimento do corpo como um todo e de suas partes. • Produz calor e energia • Manter a postura e alinhamento do corpo.30/07/08 ANATOMIA E FISIOLOGIA HUMANA 6
  7. 7. FLORENCE – ESCOLA TÉCNICA DOS PALMARES 3. Classificação dos músculosOs músculos do organismo se dividem em voluntários ou involuntários.Voluntários = São os que se contraem quando o indivíduo quer, e correspondem aos músculos doesqueleto. Possuem a característica de uma contração potente, rápida e brusca, sempre que é precisoInvoluntários = são comandados pelo sistema nervoso vegetativo e o indivíduo não tem nenhumcontrole voluntário sobre eles. Podem formar as paredes das vísceras, do aparelho respiratório e doaparelho circulatório. Estes músculos têm uma contração e um relaxamento lentos.Existem três tipos de músculo: • Músculo Estriado Esquelético (Voluntários) = São os que se contraem quando o indivíduo quer, e correspondem aos músculos do esqueleto. É inervado pelo sistema nervoso central e, como este se encontra em parte sob controle consciente, chama-se músculo voluntário. Possuem a característica de uma contração potente, rápida e brusca, sempre que é preciso. São chamados de músculos estriados, já que apresentam estriações em suas fibras (fibrocélulas estriadas). • Músculo estriado cardíaco = É o mais nobre de todos os músculos, se analisado histologicamente tem característica de músculo esquelético, mas funcionalmente tem característica de músculo liso( possui movimentos involuntários). É também chamado de miocárdio, é o que constitui a parede do coração.Este músculo se contrai e relaxa sem parar. • Músculo liso (Involuntários) = são comandados pelo sistema nervoso vegetativo e o indivíduo não tem nenhum controle voluntário sobre eles. Podem formar as paredes das vísceras, do aparelho respiratório e do aparelho circulatório. Estes músculos têm uma contração e um relaxamento lentos. Os músculos lisos não apresentam estrias. Suas células têm o formato de fuso e constituem parede de órgãos internos, como o estômago e o intestino. Um dos trabalhos que realizam são os movimentos do tubo digestivo - movimentos peristálticos - e o aumento e a diminuição da pupila.30/07/08 ANATOMIA E FISIOLOGIA HUMANA 7
  8. 8. FLORENCE – ESCOLA TÉCNICA DOS PALMARESTodos os três tipos musculares têm as seguintes características: • Podem contrair-se e encurtar, tornando-se mais tensos e duros, em resposta a um estímulo vindo do sistema nervoso; • Podem ser distendidos ou contraidos , aumentando ou diminuindo seu comprimento. 4. Terminologia: 1. Abdução: Movimento para longe da linha do corpo (abrir); 2. Adução: movimento contrário a abdução; 3. Elevação: movimento que eleva um osso, músculo ou membro; 4. Depressão: movimento contrário a elevação; 5. Eversão: movimento do tornozelo que gira o pé para fora; 6. Extensão: retificação (um braço); 7. Flexão: movimento de dobrar um braço; 8. Flexão plantar: movimento de extensão do pé; 9. Pronação: vira a palma da mão para baixo; 10. Inversão: quando o tornozelo gira o pé para dentro; 11. Supinação: vira a palma da mão para cima. 5. Anexos dos músculos:Peritendão: bainha muito fina que envolve o tendão.Bainha fibrosa do tendão: quando os tendões são longos e sobre eles passam as articulações.Bainhas sinoviais dos tendões: entre os folhetos existem pequenas quantidades de líquidos sinovial.Bolsas sinoviais: permite o deslizamento sem fricção.Fáscias: são membranas conjuntivas que revestem os músculos, formando verdadeiras bainhaselásticas. 6. A contração muscular:30/07/08 ANATOMIA E FISIOLOGIA HUMANA 8
  9. 9. FLORENCE – ESCOLA TÉCNICA DOS PALMARES 1. Definição O mecanismo da contração muscular se baseia no seguinte fato: a ordem motora para acontração é proveniente do sistema nervoso central e chega à fibra muscular através dos terminaisaxônicos dos neurônios de algum nervo. Esses terminais penetram na fibra muscular, constituindo aplaca motora e junção neuromuscular. O impulso nervoso que chega à placa motora condiciona afibra muscular para a liberação de íons Ca++ e Mg++, os quais precipitam todo um mecanismobioquímico de ativação enzimática ao fim do qual as moléculas de actina, que têm uma dasextremidades livre, deslizam por entre as moléculas de miosina, como que se aproximando eprocurando tocar as suas extremidades. Isso determina a aproximação entre as duas linhas Z maispróximas e consequentemente o encurtamento do sarcômero.4. Articulações 1. Definição: O estudo das articulações chama-se SINDESMOLOGIA. As articulações são estruturas do nosso esqueleto que têm a função de ligar dois ou maiselementos cartilaginosos ou ósseos. Articulação é o local de junção entre dois ou maisossos.Algumas como as do crânio,são fixas, nelas os ossos estão firmemente unidos entre si. Emoutras os ossos são móveis e permitem ao esqueleto realizar movimentos.Podem ser classificados em três categorias: • Articulações imóveis ou sinartroses: não permitem o movimento entre as partes emcontato. Exemplo: Ossos do crânio. •Articulações semimóveis ou anfiartroses: permitem movimentos ligeiros amoderados. As superfícies ósseas estão ligadas por cartilagens ou discos cartilaginosos. Exemplo: Articulações das vértebras. •Articulações móveis, sinoviais ou diartoses : permite movimentos amplos. Exemplo: A maioria das articulações do corpo humano.30/07/08 ANATOMIA E FISIOLOGIA HUMANA 9
  10. 10. FLORENCE – ESCOLA TÉCNICA DOS PALMARES As articulações são formadas por ossos e por uma superfície de revestimento acartilagem que graças a sua superfície lisa facilita os movimentos. Também contem o liquidosinovial, muito viscoso, cujo objetivo é manter lubrificado todo o complexo articular e evitar oatrito entre os ossos. Sistema RespiratórioO sistema respiratório tem por objetivofacultar o organismo uma troca de gasescom o ar atmosférico assegurando ao sangueuma concentração de O2 necessária para asreações metabólicas e em contrapartidaservindo de via de eliminação de gasesresiduais, que resultam dessas reações e sãorepresentadas pelo CO2.Funções: Troca de gases; Contribuir para exalação de vapord’água; Receptores da olfação; Responsável pela fonação.Vias Aeríferas – É o intercâmbio dos gases que faz-se ao nível dos pulmões, mas para atingi-los, oar percorre diversas porções de um tubo irregular conhecido por vias aeríferas.As vias aeríferas dividem-se em: a) Nariz d) Traquéia b) Faringe e) Pulmões c) LaringeNariz- É uma protuberância situada no centro da face sendo sua parte exterior denominada narizexterno e a escavação que apresenta interiormente denomina-se cavidade nasal.Os seios PARANASAIS são cavidades pneumáticas escavadas nos ossos que dispõem em torno dacavidade nasal, constituindo pequenas bolsas cujas aberturas estabelecem comunicação com estacavidade.Faringe – É um segmento muito importante, porque na realidade constitui um entroncamento paraa passagem do ar e dos alimentos, o que faz com que ela pertença ao mesmo tempo aos aparelhosrespiratório e digestivo.O ar que normalmente penetra na cavidade nasal deve ser conduzido para laringe enquanto que osalimentos que são introduzidos na boca devem atingir o esôfago para irem ter ao estômago. Amucosa faríngea forra toda a faringe.Laringe- se caracteriza por ser um arcabouço tubularconstituído de cartilagens, músculos e ligamentos,30/07/08 ANATOMIA E FISIOLOGIA HUMANA 10
  11. 11. FLORENCE – ESCOLA TÉCNICA DOS PALMAREScom as funções de respiração,fonação e proteção das viasaéreas;No homem, a laringe tem cerca de 5cm de comprimento,sendo um pouco menor na mulher.Traquéia- Constituir o tubo que faz continuação a laringe, penetra no tórax e termina se bifurcandonos 2 brônquios principais. Ela se situa medialmente por diante do esôfago e apenas na suaterminação, desvia-se ligeiramente para direita. O arcabouço da traquéia é constituída deaproximadamente por 20 anéis cartilagíneos incompletos para trás, que são denominados cartilagensTraquéias. Estas cartilagens tem o formato de C entre uma cartilagem e outra,unindo-as entre si,encontramos anéis de tecidos conjuntivos que são os Ligamentos Anulares.Brônquios Principais- São considerados um direito outro esquerdo, Tem esse nome de brônquioprincipal por fazerem a ligação da traquéia com os pulmões, O brônquio direito é menor obliquo,mais grosso e mais curto que o esquerdo, aproximando-se em direção a traquéia, o brônquioesquerdo cruza por frente, o esôfago, Assim como os demais componentes das vias aeríferas, osbrônquios principais são revestidos inteiramente por uma túnica mucosa.Pulmões- são duas vísceras, situada de cada lado, no interior do tórax e onde se dar o encontro doar atmosférico com o sangue circulante, afim de enriquecê-lo de O2. Essa troca de gases constitui aHEMATOSE. O espaço mediano do tórax, situado entre dois pulmões, recebe o nome deMEDIASTINO. Os pulmões são envoltos por uma membrana serosa que recebe o nome de pleura.O pulmão quanto a sua forma, pode ser comparado a metade de um cone de base inferior, sendo odireito mais volumoso, porem mais baixo. Apresenta três faces: Face Costal ( lateral ), Facediafragmatica (interior ou base do pulmão) e Face medial (mediastinica). Essa divisão em lobos éestabelecidas por sulcos profundos existentes em sua superfície, que são as fissuras. Em ambos ospulmões encontramos a fissura obliqua, só que direito existe a fissura horizontal. 7. SISTEMA CIRCULATORIO HUMANO Sistema de vasos fechados, que formam em conjunto o aparelho circulatório. Apresenta principal órgão: O coração e os vasos sangüíneos (artérias, veias e capilares). É responsável pela distribuição do sangue por todo o corpo, que se faz a partir do movimento ritmado do coração e a condução através dos vasos sangüíneos.30/07/08 ANATOMIA E FISIOLOGIA HUMANA 11
  12. 12. FLORENCE – ESCOLA TÉCNICA DOS PALMARESCORAÇÃO:Principal órgão do sistema circulatório. Formado por músculo cardíaco, com paredes chamada demiocárdio, endocárdio e pericárdio, na disposição de dentro para fora.com a forma aproximada deum cone e de base voltada para cima e para direita, e o ápice para baixo e para esquerda, situado nomediatismo, Apresenta quatro cavidades: átrio ou aurícula direito, ventrículo direito, átrio ouaurícula esquerda e ventrículo esquerdo.As aurículas, que recebem o sangue trazido pelas veias, não se comunicam entre si, o que tambémacontece aos ventrículos, que impelem o sangue para as artérias.Cada átrio ou aurícula porem se comunicam com o ventrículo de cada lado, por um oficiodenominado, auriculo-ventricular. No oficio do lado direito a uma válvula de três lingüetas, chamadTRICÚSPIDE. No oficio do lado esquerdo há igualmente uma válvula com duas lingüetas, aválvula mitral ou bicúspide.FUNÇÃO DO CORAÇÃO:Por ser um órgão essencialmente muscular, é capaz de através de contrações rítmicas, impulsionar osangue pelo corpo todo, comportando-se como uma bomba aspirante e premente.VEIAS E ARTÉRIAS DO CORAÇÃO: a) Veia cava superior: traz ao coração o sangue que banhou a cabeça e os membros superiores b) Veia cava inferior: traz o sangue que banhou o troco e os membros inferiores c) Veias e artérias coronárias: alimenta as paredes do próprio coração d) Artéria pulmonar: tem ramo direito e esquerdo,leva o sangue venoso do coração, aos pulmões, internamente apresenta três válvulas sigmóides, que impedem a volta do sangue ao ventrículo30/07/08 ANATOMIA E FISIOLOGIA HUMANA 12
  13. 13. FLORENCE – ESCOLA TÉCNICA DOS PALMARES e) Veias pulmonares: em numero de quatro, duas esquerdas e duas direitas recebem o sangue dos pulmões para a aurícula esquerda f) Artérias Aortas: maior artéria do corpo humano sai do ventrículo esquerdo e através do seu arco aórtico conduz o sangue arterial a todas as células do corpo. Também apresenta válvulas sigmóides, que evitam o retorno do sangue da artéria para o ventrículo.ARTÉRIAS AORTA E SUAS RAMIFICAÇÕES:A artéria aorta, tem a principio, trajeto ascendente , descreve depois uma curva chamada crossa ouarco da aorta, tornando se descendente.Três artérias saem do arco ou crossa da aorta: 1- Artéria carótida comum esquerda 2- Artéria subclávia esquerda 3- Tronco braquio-cefálico, este por vez se bifurca nas artérias carótidas comum direita e subclávia direita.De porção abdominal nascem muitos ramos, que são: a) Tronco celíaco • Art. Hepática (fígado) • Art. Esplênica (baço) • Art.estomática b) Art. Mesentérica superior se dirige parte para o intestino delgado e parte para o intestino grosso. c) Renais ( uma para cada rim )30/07/08 ANATOMIA E FISIOLOGIA HUMANA 13
  14. 14. FLORENCE – ESCOLA TÉCNICA DOS PALMARES d) Art. Mesentérica inferior (para o resto do intestino grosso)Na parte inferior do abdome, a artéria Aorta (tronco abdominal) se divide em dois ramos: • Art. Ilíaca comum direita • Art. Ilíaca comum esquerdaCada ilíaca comum se bifurca em dois ramos: • Art. Ilíaca comum direita interna e externa. • Art. Ilíaca comum esquerda interna e externa que levam o sangue aos membros inferiores.A MECÂNICA DO CORAÇÃO Os medicamentos do coração são divididos a impulsos rítmicos, produzidos pelas paredesdos mesmos, Quando os músculos cardíacos se descontraem, ou seja, quando relaxam, o sangueentra no coração preenchendo as aurículas, na aurícula direita entra o sangue venoso vindo docorpo, na aurícula esquerda entra o sangue arterial proveniente dos pulmões, a seguir, as aurículasse contraem e o sangue passa aos ventrículos, Nesse momento a válvula tricúspide e mitral sefecham e ocorre a contração dos ventrículos. Assim impulsionado por essa contração o sangue doventrículo direito, passa para os pulmões enquanto que o sangue do ventrículo esquerdo segue paraos tecidos do corpo. A contração do coração recebe o nome de SISTOLE, seu relaxamentodenomina-se DIÁSTOLE. SISTOLE e DIÁSTOLE são os dois movimentos do coração. Na diástole, o coração recebesangue, na sístole, o sangue é expulso do coração.Ao conjunto de uma sístole e uma diástole dá-se o nome de batimento cardíaco, ao numero debatimento cardíaco por minuto dá-se o nome de freqüência cardíaca.GRANDE E PEQUENA CIRCULAÇÃOPequena Circulação:Função: Arterializar o sangue, ou seja, torná-lo rico em oxigênio.Caminho: inicia-se no ventrículo direito , de onde sai o sangue venoso pelo Art.Pulmonar, este sebifurca mandando um ramo para cada pulmão, onde se da a capilarização, dos vasos, ( os vasos seafinam ). Os capilares, em contato intimo com as paredes dos alvéolos ( onde se da troca do gáscarbônico por oxigênio ), se reúnem aos poucos, formam vasos cada vez maiores, terminando porquatro veias pulmonares, que vão desembocar na aurícula esquerda.30/07/08 ANATOMIA E FISIOLOGIA HUMANA 14
  15. 15. FLORENCE – ESCOLA TÉCNICA DOS PALMARESGrande Circulação:Função: levar o sangue arterial a todos os órgãos e depois recolhe o sangue venosos ao coração.Caminho: começa no ventrículo esquerdo, passando o sangue pela aorta, onde o sangue serádistribuído por todo o corpo, pelos os inúmeros ramos do tronco aórtico.após ser distribuído, osangue volta ao coração pela veia cava superior e inferior, desembocando na Aurícula Direita.Obs: Na grande circulação entre o coração e os órgãos, as artérias conduzem sangue arterial, asveias sangue venoso, mas, na pequena circulação entre o coração e os pulmões dá-se o contrario asartérias conduzam sangue venoso e as veias sangue arterial.30/07/08 ANATOMIA E FISIOLOGIA HUMANA 15
  16. 16. FLORENCE – ESCOLA TÉCNICA DOS PALMARESOs vasos sangüíneosImpulsionado pelo coração, o sangue entra numa extensa rede de vasos sangüíneas.essa rede o levapara todo o organismo e o traz de volta ao coração.Temos três tipos: A) Artérias: são vasos que levam o sangue do coração aos pulmões e a toda a célula do corpo, Quando ocorre a sístole ventricular o sangue é injetado, sob pressão, no interior das artérias pulmonar e aorta.apresenta uma camada muscular bem desenvolvida e tem um diâmetro maior que as veias e capilares, para suportar a pressão sangüínea. Próximo aos tecidos ela são chamadas de arteríolas,com cerca de 0,5 mm de diâmetro. B) Capilares: as artríolas vão se ramificando e originam vasos fonissimos, de estruturas muito simples: os capilares.suas paredes são formadas por apenas uma camada de células que delimitam um espaço interno, cilíndrico, é através das paredes dos capilares que se da as trocas de nutrientes ( ressiduos e gás carbônico ) entre o sangue e a linfa, assim , ao nível capilar, o sistema circulatório executa uma importante tarefa: garante a sobrevivência das células. C) Veias:os capilares vão se fundindo gradualmente e canalizando o sangue , agora com gás carbônico, para um sistema de vasos de diâmetro cad vez maiores, primeiramente surgem vasos de diâmetros cada vez maiores,primeiramente surgem vasos de pequenos calibre, as vênulas.estas vão se juntando e firmam outros vasos. Progressivamente maiores chamados veias, que levarão o sangue de volta ao coração.As veias recebem o sangue dos tecidos sob baixa pressão por isso apresentam um tecido muscular eelástico pouco desenvolvido e suas paredes sai finas .elas possuem válvulas que impedem o refluxodo sangue em geral, as veias fazem o mesmo trajeto das artérias, porem são mais superficiais,enquanto as artérias se encontram mais internamente.essa é vantagem para o ser humano, pois emcaso de acidente as artérias ficam mais protegidas que as veias, esse fato é fácil de ser entendido,havendo ferimento é mais difícil que as artérias sejam atingidas, dada a sua profundidade.caso issoaconteça , devido a pressão do sangue no interior das artérias, este esguicha para o meio externo.30/07/08 ANATOMIA E FISIOLOGIA HUMANA 16
  17. 17. FLORENCE – ESCOLA TÉCNICA DOS PALMARES8. SANGUE O sistema circulatório humano compreende aproximadamente uns cinco litros desangue. Constituído por uma parte liquida que é o plasma e por ELEMENTOS FIGURADOS,quesão representados pelos glóbulos sangüíneos e plaquetas. Contem ainda diversos tipos desubstancias como: proteínas (fibriogênio), etc.Elementos Figurados:Células sangüÍneas:Glóbulos Vermelhos = Os glóbulos vermelhos. Hemácias ou eritrócitos, se concentramnormalmente em número de cinco milhões por milímetro cúbico de sangue. Apresentam a corvermelho-amarelada que lhes é conferida pela hemoglobina, substancias a que as moléculas deoxigênio aderem avidamente.no homem, os eritrócitos não são dotados de núcleo e não sereproduzem nem crescem. Originam-se da medula vermelha dos ossos e são armazenadas nosangue, no baço e no fígado.Função:A função dos glóbulos vermelhos consiste em transportar oxigênio dos pulmões aostecidos, passando o sangue pelos alvéolos pulmonares, a hemoglobina se combina com o oxigênioinspirado, transformando-se oxihemoglobina, nos órgãos o oxigênio abandona a hemoglobina queaos pulmões trazendo o gás carbônico dos tecidos.Glóbulos brancos:Os glóbulos brancos são chamados leucócitos, maiores que os eritrócitos sãodotados de núcleo ,Seu numero, muito variável, é de aproximadamente sete mil por milímetrocúbico.de modo geral, os leucócitos são dotados de movimento próprio, para isso, esticam o30/07/08 ANATOMIA E FISIOLOGIA HUMANA 17
  18. 18. FLORENCE – ESCOLA TÉCNICA DOS PALMARESprotoplasma numa direção e impelem esse membro falso (pseudopode) para trás, num movimentode remo eficaz, Os leucócitos passam através de poros dos vasos sangüíneos para penetrarem emoutros tecidos.Função: os leucócitos formam o grupo de defesa do organismo, que se encarregam de debaterqualquer ataque por corpos estranhos, alem de atacar e destruir bactérias, vírus e outros micróbios,os leucócitos produzem anticorpos.Plaquetas: as plaquetas não são células, mas apenas fragmentos de megacariócitos ( célulasespeciais da medula óssea).se não existissem eles elementos no sangue, qualquer pequeno ferimentosangraria ate esgotar o corpo.Função:a principal função das plaquetas é a de processa a coagulação do sangue mediante reaçõesquímicas, é liberar do interior das mesmas,certas substancias especiais.na coagulação, são ajudadaspelo fibrinogênio, que determina o aparecimento de fibras por dentro da massa de sangue ecoagulação.Plasma Sangüíneo ;Toda parte do sangue forma o plasma, cerca de 90% dele é água pura na qual estão dissolvidas asnumerosas existentes no sangue, sais de sódio, cloro fósforo, potássio e outras.Importânciafundamental cabe as proteínas, também estão dissolvidas no plasma. A maior parte é constituída dealbumina semelhante a da clara do ovo.em proporção menor estão as globulinas ( entre as quais estaa gamaglobulina que carrega anticorpos ) , e o fibrinogênio, que é fundamental no processo decoagulação.dissolvidos no plasma,existem também alguns gases com: oxigênio, gás carbônico enitrogênio.Uréia,ácido úrico, creatinina, glicose, gorduras, colesterol, ácidos graxos e outrassubstancias também estão presentes no plasma.Funções do sangueRespiratória = transporte de oxigênio do ar para os pulmões e destes para os tecidos e dos gáscarbônico dos tecidos para os pulmões.30/07/08 ANATOMIA E FISIOLOGIA HUMANA 18
  19. 19. FLORENCE – ESCOLA TÉCNICA DOS PALMARESNutritiva = transporte das substâncias alimentares, como a glicose, aminoácidos, gordurasabsorvidas pela mucosa do intestino,Excretória = remoção dos resíduos celulares, isto é, uréia, ácidos úricos, creatinina etc,; que devemser eliminadas pelos os rins, assim como o gás carbônico que deve ser expelido pelos pulmões.Manutenção da água = embora o sangue esteja contido no interior dos vasos, há um incâmbioconstante de líquidos através das paredes dos capilares, Este liquido em contato direto com ascélulas, chama-se liquido tissular,Regulação da temperatura corporal = o sangue participa do controle da temperatura do corpo,eliminando o calor excessivo através da transpiração.Regulação ácido-base = o sangue regula o teor de acidez das células, controlando substânciassimples que elas contêm tais como; sais bicarbonato, amônia e outras.Função proteção = O sangue, através de seus anticorpos, constitui a base de defesa contra bactériase outros agentes nocivos. Alem de suas funções naturais características , a circulação sangüínea éusada pela medicina para introduzir no organismo toda sorte de medicamentos.COAGULAÇAO DO SANGUEO Mecanismo de coagulação do sangue consiste em uma extensa reação em cadeia, na qualinterferem diversas substâncias sangüíneas e celulares que agem umas sobre as outras, levando aformação de uma proteína , fibrina,responsável pelo processo de coagulação.Reação em cadeia 1- quando sai dos vasos sangüíneos , através de algum ferimento , as plaquetas se agrupam, aglutinam-se, libertando a tromboplastina, inicia-se o processo de coagulação. 2- A tromboplastina vai atuar sobre a protombina (proteína fabricada no fígado em presença da vitamina K) transformando-se em trombina, com participação dos ions- cálcio. 3- A trombina (enzima) uma vez formada, vai atuar sobre o fibrinogênio presente no plasmam, depois o fibrinogênio em fibrina. 4- A fibrina, por sua vez estabelece o coagulo . sua aderência característica fez com que o coagulo impeça o extravasamento do sangue pelo ponto lesado do vaso.30/07/08 ANATOMIA E FISIOLOGIA HUMANA 19
  20. 20. FLORENCE – ESCOLA TÉCNICA DOS PALMARES Sistema Digestivo 1. DefiniçãoO corpo humano necessita de energia para o seufuncionamento e para tal capta do exteriorprodutos alimentares. Os alimentos não sãoabsorvidos nas suas condições iniciais, por issosão submetidos a um processo de preparação quepossibilita a sua assimilação. Este conjunto detransformações físicas, químicas e biológicasconstitui a digestão e tem lugar nos diferentesórgãos destinados a esse fim e que compõem osistema digestório.O aparelho digestório, também chamado tubodigestório, tem cerca de 10 – 12 m decomprimento e estende-se desde a boca até oânus. É formado por vários órgãos e glândulasanexas que estudaremos a seguir. Apresenta asseguintes regiões; boca, faringe, esôfago,estômago, intestino delgado, intestino grosso eânus. Boca – É uma cavidade situada na parte inferior da face, onde se efetuam a mastigação e a salivação dos alimentos. Tem uma forma oval é a abertura pela qual o alimento entra no tubo digestivo. Aí encontram-se os dentes e a língua, que preparam o alimento para a digestão, por meio da mastigação. Os dentes reduzem os alimentos em pequenos pedaços, misturando-os à saliva, o que irá facilitar a futura ação das enzimas. Faringe- A faringe, situada no final da cavidade bucal, é um canal comum aos sistemas digestório e respiratório: por ela passam o alimento, que se dirige ao esôfago, e o ar, que se dirige à laringe. Esôfago- o esôfago é um longo tubo fibro-musculo-mucoso que se estende entre a faringe e o estômago. O esôfago, canal que liga a faringe ao estômago, localiza-se entre os pulmões, atrás do coração, e atravessa o músculo diafragma, que separa o tórax do abdômen. O bolo alimentar leva de 5 a 10 segundos para percorrê-lo.30/07/08 ANATOMIA E FISIOLOGIA HUMANA 20
  21. 21. FLORENCE – ESCOLA TÉCNICA DOS PALMARES Estômago- O estômago é uma bolsa de parede musculosa, localizada no lado esquerdoabaixo do abdome, logo abaixo das últimas costelas. É um órgão muscular que liga o esôfago aointestino delgado. Sua função principal é a digestão de alimentos protéicos. Um músculo circular,que existe na parte inferior, permite ao estômago guardar quase um litro e meio de comida,possibilitando que não se tenha que ingerir alimento de pouco em pouco tempo. Quando está vazio,tem a forma de uma letra "J" maiúscula, cujas duas partes se unem por ângulosIntestino delgado- É a parte do tubo digestório compreendida entre o piloro e a válvula íleo-cecal,pela qual se une ao intestino grosso. Tem de 04 a 07 m de comprimento e o seu calibre vaidiminuindo desde 30 a 15 mm. É um tubo cilíndrico com múltiplas curvaturas em forma de U,chamadas alças intestinais. Destinam-se a ele os sucos pancreáticos, biliares e os do própriointestino. Consta de três partes: duodeno, jejuno e íleo.Intestino grosso- É a parte final do tubo digestório. Tem uma função defecadora e de reabsorção deágua. Estende-se desde a válvula íleo-cecal até o ânus. A sua extensão é de uns 150 cm .Divide-seem três partes: ceco, cólon e reto.30/07/08 ANATOMIA E FISIOLOGIA HUMANA 21
  22. 22. FLORENCE – ESCOLA TÉCNICA DOS PALMARESGlândulas Anexas do Aparelho Digestório O aparelho digestivo, considerando como tubo, recebe o liquida secretado por diversasglândulas, na maioria situadas em suas próprias paredes como as da boca, esôfago, estômago eintestinos. Entretanto algumas glândulas constituem formações bem individualizadas, localizando-se nasproximidades do tubo digestivo, com o qual se comunicam através de ductos.As glândulas salivares A presença de alimento na boca, assim como sua visão e cheiro, estimulam as glândulas salivares a secretar saliva, que contém a enzima amilase salivar ou ptialina, além de sais e outras substâncias. A amilase salivar digere o amido e outros polissacarídeos (como o glicogênio), reduzindo-os em moléculas de maltose (dissacarídeo). Três pares de glândulas salivares lançam sua secreção na cavidade bucal: parótida, submandibular e sublingual. Fígado – É um órgão glandular completo com funções múltiplas e indispensáveis à vida do organismo. Pesa cerca de 1.500g, é de consistência dura e de cor avermelhada. Está situado por baixo do diafragma As células hepáticas ajudam o sangue a assimilar as substâncias nutritivas e a excretar os materiais residuais e as toxinas, bem como esteróides, estrógenos e outros hormônios. O fígado é um órgão muito versátil. Armazena glicogênio, ferro, cobre e vitaminas. Produz carboidratos a partir de lipídios ou de proteínas, e lipídios a partir de carboidratos ou de proteínas. Sintetiza também o colesterol e purifica muitos fármacos e muitas outras substâncias. O termo hepatite é usado para definir qualquer inflamação no fígado, como a cirrose.30/07/08 ANATOMIA E FISIOLOGIA HUMANA 22
  23. 23. FLORENCE – ESCOLA TÉCNICA DOS PALMARES Funções do fígado: • Secretar a bile, líquido que atua no emulsionamento das gorduras ingeridas, facilitando, assim, a ação da lipase; • Remover moléculas de glicose no sangue, reunindo-as quimicamente para formar glicogênio, que é armazenado; nos momentos de necessidade, o glicogênio é reconvertido em moléculas de glicose, que são relançadas na circulação; • Armazenar ferro e certas vitaminas em suas células; • Metabolizar lipídeos; • Sintetizar diversas proteínas presentes no sangue, de fatores imunológicos e de coagulação e de substâncias transportadoras de oxigênio e gorduras; • Degradar álcool e outras substâncias tóxicas, auxiliando na desintoxicação do organismo; • Destruir hemácias (glóbulos vermelhos) velhas ou anormais, transformando sua hemoglobina em bilirrubina, o pigmento castanho-esverdeado presente na bile.Pâncreas - O pâncreas é uma glândula mista, de mais ou menos 15 cm de comprimento e deformato triangular, localizada transversalmente sobre a parede posterior do abdome, na alçaformada pelo duodeno, sob o estômago. O pâncreas é formado por uma cabeça que se encaixa noquadro duodenal, de um corpo e de uma cauda afilada. O pâncreas exócrino produz enzimas digestivas, em estruturas reunidas denominadas ácinos. Os ácinos pancreáticos estão ligados através de finos condutos, por onde sua secreção é levada até um condutor maior, que desemboca no duodeno, durante a digestão. O pâncreas endócrino secreta os hormônios insulina e glucagon.30/07/08 ANATOMIA E FISIOLOGIA HUMANA 23
  24. 24. FLORENCE – ESCOLA TÉCNICA DOS PALMARES10. SISTEMA URINÁRIOIntrodução- O aparelho urinário é constituído pelos órgãos uroporticos, isto é , incumbidos deelaborar a urina e armazena-la temporariamente.Divisão:Este aparelho pode ser dividido em: a) Órgãos secretores: os que produzem a urina b) Órgãos Excretores: os que encarregados de processar a drenagem da urina para fora do corpo.Órgãos secretores: são os rins.Órgão par, (direito e esquerdo), com a forma comparável a um grão de feijão e tamanhoaproximadamente 12 cm de altura e 6 cm de largura, de coloração vermelha-parda.os rins estãosituadas de cada lado da coluna vertebral por diante da região superior da parede posterior aoabdome, estendendo-se entre a 11a costela e o processo transverso da 3a vértebra lombar. O direito éum pouco mais baixo que o esquerdo sua posição não é exatamente vertical e sim ligeiramenteobliqua e lateralmente.Cada Rin apresenta:30/07/08 ANATOMIA E FISIOLOGIA HUMANA 24
  25. 25. FLORENCE – ESCOLA TÉCNICA DOS PALMARESa)Duas faces – Anterior e Posteriorb)Duas bordas – Medial e lateralc)Duas extremidades – Inferior e superiorAs faces – são lisas, porem a anterior é mais abaulada e a posterior é mais plana.As Bordas – a medial é côncava e é a mais importante por apresentar o hilo renal ( é o local poronde penetram e saem os elementos que constituem o pedículo renal, os quais são representadospelas artérias, veias e pelve renais) A borda é convexa.As Extremidades – São arredondadas e também conhecidas por pólos renais.Se abrimos um rin,num plano frontal , teremos a oportunidade de se verificarmos um tecidohomogêneo (macroscopicamente), que se distribui perifericamente, constituindo o córtex do Rim,enquanto a região mais central temos as colunas renais, entre as quais intercalam-se pirâmides maisescuras denominadas PIRÂMIDES RENAIS.Pelve renal – tem a forma de um grande funil, dobrado para baixo, cujo o bico continua o ureter.O Ureter – É um tubo mais ou menos uniforme de aproximadamente de 25 cm de comprimentoque termina inferiormente na bexiga urinaria.Órgãos Excretores Formam um conjunto de tubos entre os quais se intercala um reservatório, que é a bexigaurinaria. Ela é um reservatório de forma esférica quando em plenitude, quando vazia ela se colaba eachata. Sua capacidade normal gira em torno de 300ml e existe indivíduos que suportam 1 litro ou 1litro e meio de urina, antes da sensação de repleção.esta situada na cavidade pelviana, por trás dasínfise pubiana: do qual é separada por um espaço denominado de espaço retropúdico, que épreenchido por denso tecido gorduroso. Admitida com forma globosa, a maior extensão da bexiga receba o nome de corpo,enquanto que para cima , apresenta-se ligeiramente pontiaguda, denominando-se de ápode. A mucosa da bexiga urinaria é acidentado por complexo de pregas que se intercruzam.Uretra- É um tubo que liga a bexiga com o meio exterior. No homem ela é mais longa e sinuosa ena mulher é curta e reta.APARELHO REPRODUTOR FEMININOGenitália – é o conjunto deórgãos sexuais, e no caso damulher, dividido em interno eexterno.Genitália externa: a) Grandes lábios30/07/08 ANATOMIA E FISIOLOGIA HUMANA 25
  26. 26. FLORENCE – ESCOLA TÉCNICA DOS PALMARES b) Pequenos lábios c) Clitóris d) Abertura vaginalGenitália interna: a) Ovários b) Trompas uterinas c) Útero d) VaginaGenitália Externa: a) Grandes e pequenos lábios Os grandes lábios são dobras da mucosa vaginal e tem glândulas sebáceas (lubrifica avagina). Os grandes lábios são dobrados da pele com bastante resido adiposo, sua face externa tempelos.Como função protetora a entrada da vagina. Os grandes lábios entumecem quando na fase deexcitação. b) Clitóris localiza-se a 1 cm da abertura externa da vagina.apresenta tecido bem vascularizado,semelhante ao do pênis, possuindo uma glande pequena e muito sensível, Apresenta a funçãoexcitação sexual. c) Abertura vaginal Estrutura que serve para penetração do pênis no ato sexual.Genitália Interna:a) OváriosSão duas pequenas glândulas de tamanho de um noz, de forma Ovóide, localizada no abdome, nasfossas ilíacas, presos por ligamentos, apresentam tecidos conjuntivo ( liga e sustenta a outraestrutura ), na parte mais externa, o tecido é epitelial, ( onde se encontra os foliculos de Graff) Porserem glândulas eles são responsáveis pela produção de hormonios:ESTROGENIO ePROGESTERONA. O estrogênio é responsável pelo desenvolvimento dos órgãos sexuaisfemininos e de caracteres sexuais secundários ( voz mais aguda, seios, poucos pelos, formasarredondadas ), a progesterona tem a função de aumentar o espessamento da mucosa do útero parareceber o óvulo fecundado e prepara as glândulas mamarias para produção de leite.b)Trombas UterinasÓrgãos também chamados de tubas uterinas, ovidutos e tromba de falópio, Medem cerca de 12 cmde comprimento, tubos localizados no abdome, próximos aos ovários, presos aos ligamentosovarianos, A uma porção mais dilatada ( fimbrias, estruturas digitais ) é o inicio das trompas, seencontra no abdome, e a parte menor ( na outra extremidade ) se liga ao útero, Apesar de ser umórgão oco (tubo), é importante na condução do óvulo ao útero, Nele ocorre a fecundação (encontrodo óvulo com o espermatozóide )c)Útero30/07/08 ANATOMIA E FISIOLOGIA HUMANA 26
  27. 27. FLORENCE – ESCOLA TÉCNICA DOS PALMARESÓrgão oco em forma de pêra, com tamanho aproximado de um punho. È bastante musculoso(músculo liso) e elástico, A sua parte anterior denomina-se colo, No seu interior a camada maisinterna é chamada ENDOMETRIO, é nela que o óvulo se aloja (nidaçao do ovo) ou implantação.Como função principal podemos indicar o recebimento do óvulo e o desenvolvimento do embrião edo feto ate o nascimento, como também abrigar estruturas relacionadas com a gravidez: placenta,cordão umbilical, liquido amniótico e membranas.d) VaginaÈ um canal muscular que liga o útero a genitália externa, Nela é introduzido o pênis durante arelação sexual, é bastante elástica e apresenta um espaço virtual, de profundidade variável,apresenta-se bastante vascularizada. No momento da relação sexual fica bastante lubrificada( glândulas da genitália externa ). Inicia-se na vulva indo até o colo do útero, Próximo ao seuorifício externo existe uma dobra de sua mucosa chamada hímen, que geralmente rompe-se durantea relação sexual onde o pênis penetra na vagina, podendo haver sangramento.APARELHO REPRODUTOR MASCULINOPodemos dividi-lo em duas partes: a) Principais Órgãos b) Vias Espermáticasa) Principais órgãos1 – TestículosSão as duas glândulas sexuais do homem. De for,a oval localizados na bolsa (saco) escrotal ouescroto, durante a vida intra-uterina, este se encontra no abdome , descendo logo após o nascimento.Tem função dupla, produz espermatozóides e hormônios sexuais masculinos. Cada testículo contemuma massa de tubo delgados e sinuosos, que são os canais seminíferos, estes contem as célulasgerminativas ( células de sertilli ), produtoras de espermatozóides.30/07/08 ANATOMIA E FISIOLOGIA HUMANA 27
  28. 28. FLORENCE – ESCOLA TÉCNICA DOS PALMARESQuanto a função hormonal, produz a testosterona, hormônio este produzido em grande intensidadena puberdade ( inicio da adolescência ) com função de desenvolver o instinto sexual do homem,desenvolver os órgãos genitais, fazer aparecer as características sexuais secundarias masculinas( pelos grossos, voz grave, massa muscular )2. EpidídimoSão dois, um em cada testículo. É uma estrutura ovalada, e ao mesmo tempo alongada, que consistena formação de convergências dos tubos seminíferos, situado em um dos pólos dos testículos, comfunção apenas de armazenamento dos espermatozóides.3. PênisTambém chamado de membro viril, órgão externo, alongado e de forma tubular, formadointernamente pela uretra e por três massas de tecido erétil, (dois corpos cavernosos e um corpoesponjoso ), e essas estruturas ainda se encontram irrigação venosa e pela pele, Varia de tamanho dehomem para homem e também depende da flacidez e ereção, Os corpos cavernosos e o corçoesponjosos são formados de amanhado de vasos sanguíneos, quando estes enchem de sangue ocorrea ereção, o pênis apresenta uma base onde se insere na região genital, e um ápice, que é a cabeça ouglande, esta é recoberta por uma pele denominada de prepúcio, A glande apresenta uma depressão,e estas apresentam muitas glândulas sebáceas, que produzem uma secreção chamada esmagam, queali depositada exala odor fétido, para que isso não aconteça, faz se necessário desde da infânciafazer movimentos de vai e vem com o prepúcio para que descubra a glande onde fica fácil para suahigiene. A não descoberta da glande pelo prepúcio,( dobra da pele estreitada ), alem de impedir ahigiênização, fazendo assim do esmegma uma suposição de câncer de colo do útero, a fora issoocorrera na vida sexual desconforto, causando dores intensas, Se durante o passar do tempo aglande não conseguir ficar descoberta, para sanar o problema o homem terá que se submeter a umacirurgia(postectomia), que corrigira a fimose, a nível de função básica, é o órgão copulador dohomem, nele temos o conjunto formados pelos espermatozóides e pelas secreções das diversasglândulas do sistema reprodutor masculino.b) Vias espermáticas e glândulas 1. Próstata: Glândula única com cerca de três centímetros de diâmetro, localizada abaixo da bexiga, sem correspondente na mulher. Sua secreção é um liquido claro e fluido, fazendo parte de sêmen. 2. Canais deferentes: São dois canais provenientes do epidídimos, são macroscópicos, bastante longo, percorre o saco escrotal, passa pela virilha e penetra na cavidade abdominal a base da bexiga e recebem os afluentes provenientes das vesículas seminais, com função apenas de condução dos espermatozóides . é o canal onde é feito a vasectomia. 3. Vesículas seminais: São duas glândulas pequenas situadas atrás da bexiga, com função de produzir substancias nutridoras dos espermatozóides. 4. Glândulas de cowper:São duas abaixo da próstata e se abrem na uretra, produz uma ligeira secreção que limpa a uretra antes da ejaculação, isto porque a urina como um liquido muito acido, deixa a uretra bastante acida, sendo um fator de morte de espermatozóides.são apenas duas os três gotas de liquido que ocorre na uretra antes da ejaculação ( saída do esperma no momento do orgasmo). 5. Canal ejaculador:Também chamado ducto ejaculador, este recebe todas as secreções produzidas, que serão lançadas na uretra no momento da ejaculação. 6. Uretra: Alem de fazer parte do sistema excretor, tem a função de conduzir o sêmem, é um canal longo que passa por todo o pênis e se abre na glande.por ele desemboca o esperma e a30/07/08 ANATOMIA E FISIOLOGIA HUMANA 28
  29. 29. FLORENCE – ESCOLA TÉCNICA DOS PALMARES urina, A uretra do homem é mais longa, por isso, ele é menos susceptível a infecções urinarias, o que não acontece com o sexo feminino.12. Sistema Endócrino As glândulas endócrinas ( através dos hormônios) juntamente com o sistema nervoso.Coordenam a atividade sincrônica e equilibrada dos diversos sistemas do corpo. Hormônios são mensageiros químicos produzidos por células isoladas ou por glândulasendócrinas que vão atuar sobre órgãos-alvo a distancia, estimulando ou inibindo as funções destesúltimos. As principais glândulas endócrinas ou mistas humanas são:1) Hipófise ou Pituitária30/07/08 ANATOMIA E FISIOLOGIA HUMANA 29
  30. 30. FLORENCE – ESCOLA TÉCNICA DOS PALMARES a) O seu lobo anterior ou adeno-hipófise produz: • STH(hormônio somatotrófico ou do crescimento):Este hormônio é produzido Durante a infância e a adolescência.ele atua sobre as células dos tecidos cartilaginosos,ósseos e muscular, contribuindo para o crescimento do individuo. • TSH (hormônio tireoestimulante ) :Com esta secreção a hipófise estimula a atividade endócrina da tireóide, cujos hormônios tem notável desempenho no desenvolvimento físico e psíquico das pessoas. • ACTH (hormônio adenocorticotrófico):estimula a função do córtex das supra-renais. • FSH e LH (hormônios gonadotroficos) :esses hormônios agem sobre as Gônadas de ambos os sexos, Na mulher, o FSH (hormônio foliculoestimulante)interfere no ciclo menstrual.no homem estimula a produção de espermatozóides nos tubos seminíferos o LH (hormônio luteinizante) nas mulheres induz a ovulação e coordena os ciclos menstruais. No homem,o LH estimula a produção de hormônios masculinos, responsável pela virilização do homem. • Prolactina: É um hormônio que sob determinadas condições estimula a produção de leite nas glândulas mamarias.b)O lobo posterior da hipófise ou Neuro-hipófise:O lobo posterior dessa glândula acumula elibera circulação de hormônios de origem hipotalâmica: • Ocitocina: provoca contrações fortes da musculatura lisa do útero na ocasião do parto e após ele, a sua liberação na corrente sanguínea depende de estímulos do sistema nervoso, Também atua sobre as fibras musculares lisas que envolvem as glândulas mamarias provocando a contração das mamas e a ejeção do leite. • ADH ( hormônio antidiurético ou vassopresina):Tem importante papel no mecanismo da reabsorção tubular da água nos rins. A deficiência desse hormônio na corrente sanguínea provoca uma intensa diurese (grande quantidade de urina, chegando a 20 litros diários, quando o normal fica em torno de 2 litros).2) Tireóide É uma glândula do tamanho médio, com forma de borboleta, uma vez que possui doislados ligados por um istmo situado na base do pescoço, É responsável pela formação do T3(Triidotironina) e T4 (tetraiodotironina), esses hormônios são estimulantes do metabolismo (ativãoos processos químicos do metabolismo celular), A tireóide também produz um hormônio que atua no metabolismo do cálcio-calcitonina.3) Paratireóides São quatro pequeninas glândulas quase imperceptíveis, situadas nos ângulos posterioresda tireóide. O hormônio produzido por essa glândula é o paratormônio, Esse hormônio tem grandeimportância no metabolismo do cálcio, pois retira-o dos ossos, aumentando-o na correntesangüínea. Os íons Ca++ são de grande importância em numerosas reações intracelulares eorgânicas (contração muscular, coagulação muscular etc,)para equilibrar a ação do paratormônico, atireóide produz a calcitonina, que tem ação antagônica, isto é , inibe a retirada de cálcio dos ossos.4) Supra-renais30/07/08 ANATOMIA E FISIOLOGIA HUMANA 30
  31. 31. FLORENCE – ESCOLA TÉCNICA DOS PALMARES São glândulas endócrinas localizadas na região súpero-lateral dos rins, Estruturalmente,revelam uma região mais interna, a medula supra-renal, ambas segregando importantes hormônios. a) O seu córtex produz: • Mineralocorticóide (aldosterona): atuam na reabsorção de Na+,Cl- e K+. • Glicocorticóide (cortisol): atuam no metabolismo dos açucares. Procuram manter constante a taxa de glicose no sangue. • Andrógenos (hormônios masculinos):uma vez produzidos e lançados no sangue, eles são metabolizados em outros locais do organismo, origenando testosterona ( o principal hormônio masculino) e alguns hormônios femininos. Por isso , tosos os homens e todas as mulheres possuem uma certa quantidade de hormônios circulante do sexo oposto. b) A região modular forma: • Adrenalina ou epinefrina: A adrenalina é um neurormônio que facilita a passagem do estimulo nervoso em nervos do simpático. Por isso a atividade da supra-renal lançando epinefrina no sangue, é acompanhado por uma resposta imediata dos nervos simpáticos, com vasoconstrição periférica ( o individuo fica pálido), taquicardia ( o coração bate rápido ) aumenta a pressão arterial e excitabilidade.esse conjunto de ocorrências torna o individuo mais apto para enfrentar situações de emergência podendo ocorrer, brigar, fugir.5) Células do Estômago e do Duodeno No estômago é segregado: • Gastrina:desencadeia a produção de suco gástrico No duodeno, forma-se: • Secretina: estimula a produção e liberação do suco pancreático • Colecistocinina: estimula a contração da vesícula biliar. • Enterogastrona: bloqueia a ação da gastrina.6) Pâncreas O pâncreas é uma glândula mista localizada abaixo, e atrás do estômago sua função“secreção externa” é o suco pancreático .a função endócrina do pâncreas é realizada por um grandenumero de grupamentos celulares que recebem o nome de ilhotas de Langehans.nessas ilhotas ,distinguem-se células de dois tipos:as células alfa e as células beta. As primeiras produzem oglucagon, e as ultimas, a insulina. O glucagon aumenta a quantidade de glicose no sangue e ainsulina controla a quantidade de glicose no sangue.7)Testículos Produzem:• Testosterona: determina o desenvolvimento físico e psíquico das características masculinas doindividuo (presença de barba , timbre de voz, ossos mais largos, músculos mais desenvolvidos,temperamento e gostos viris etc).8) Ovários Produzem:• Estradiol: regula os ciclos menstruais e orienta os caracteres femininos.30/07/08 ANATOMIA E FISIOLOGIA HUMANA 31
  32. 32. FLORENCE – ESCOLA TÉCNICA DOS PALMARES• Progesterona: regula os ciclos menstruais.O estradiol e a progesterona (cada um em seu momento) estimulam o desenvolvimento da mucosauterina (endométrio), preparando-a para receber um possível fruto da fecundação .se este não vier, aqueda dos índices de LH e conseqüentemente de progesterona, ao fim do ciclo, determinara odesfolhamento ou desmembramento do endométrio, que será expulso,liqüefeito em sangue, pelavagina, como menstruação.9) Prostaglandinas: São hormônios produzidos por quase todos os tecidos , porem muito intensamente pelasvesículas seminais. Estimulam a contração da musculatura lisa, como o últero, por exemplo.13. SISTEMA NERVOSO A neuroanatomia constitui o estudo dos nervos.Tem o nome de sistema nervoso porque é constituído porum tecido fundamental que é o tecido nervoso.o qual porsua vez é formado de células nervosas chamadasNEURÔNEOS que são unidade anatomo-fisiologica dessesistema. O sistema nervoso trabalha juntamente com osistema endócrino procurando fazer uma verdadeirainteração entre as partes mais distantes de um organismo detal forma que ele proceda como um todo.Função: a) Colocar o individuo em relação com o mundo exterior (sentir o meio ambiente) b) Preside os diferentes atos psíquicos c) Promover o relacionamento entre as diferentes partes do organismo d) Mecanismo de estimulo e resposta, evitando o aparecimento de atividade desorganizada. •30/07/08 ANATOMIA E FISIOLOGIA HUMANA 32
  33. 33. FLORENCE – ESCOLA TÉCNICA DOS PALMARES30/07/08 ANATOMIA E FISIOLOGIA HUMANA 33

×