SlideShare uma empresa Scribd logo

Sistema esqueletico.ppt

1 de 20
Baixar para ler offline
ESTRUTURA E MOVIMENTO
SISTEMA ESQUELÉTICO

O CORPO HUMANO
SISTEMA ESQUELÉTICO

 O esqueleto adulto médio possui 206 ossos
  e representa um quinto do peso corporal.
 O conjunto desses ossos determina a forma
  de seu corpo e constitui sua estrutura de
  sustentação.
 Os ossos são organismos vivos e dinâmicos.

 Composição: 22% água; sais            minerais
  (Cálcio e Fosfato); e fibras colágenas.
SISTEMA ESQUELÉTICO

 Possui irrigação sanguínea ativa.
 Se constituem quando quebram e se
  fortalecem quando são submetidos.
 Tem um centro esponjoso disposto em forma
  de malha denominada TRÁBERCULAS, que
  reduzem seu peso e permite que se movam
  facilmente quando são puxados pelos
  músculos.
FUNÇÃO DO ESQUELETO


 Estrutura            e
  sustentação corporal;
 Reservas    de sais
  minerais (Cálcio e
  Fosfato), que são
  fundamentais para o
  funcionamento     das
  células e devem estar
  presentes no sangue.
FUNÇÃO DO ESQUELETO

                 Proteção aos órgãos
                  internos (cérebro e
                  coração).
                 Ponto de apoio para
                  a     fixação    dos
                  músculos.
CRESCIMENTO ÓSSEO
   Os         ossos       são
    organismos       vivos   e
    dinâmicos.
   Há       um      esqueleto
    cartilaginoso durante a
    vida embrionária, o qual
    será quase totalmente
    substituído     por     um
    esqueleto ósseo. É o
    que       se     denomina
    ossificação endocondral
    (do                  grego
    endos,       dentro,     e
    chondros, cartilagem).

Recomendados

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

7 sistema cardiovascular
7   sistema cardiovascular7   sistema cardiovascular
7 sistema cardiovascularRebeca Vale
 
Aula 10 sistema circulatório - anatomia e fisiologia
Aula 10   sistema circulatório - anatomia e fisiologiaAula 10   sistema circulatório - anatomia e fisiologia
Aula 10 sistema circulatório - anatomia e fisiologiaHamilton Nobrega
 
Sistema sensorial - anatomia humana
Sistema sensorial - anatomia humanaSistema sensorial - anatomia humana
Sistema sensorial - anatomia humanaMarília Gomes
 
Aula 05 sistema muscular esquelético
Aula 05   sistema muscular esqueléticoAula 05   sistema muscular esquelético
Aula 05 sistema muscular esqueléticoHamilton Nobrega
 
Aula01:INTRODUÇÃO AO ESTUDO DE ANATOMIA
Aula01:INTRODUÇÃO AO ESTUDO DE ANATOMIAAula01:INTRODUÇÃO AO ESTUDO DE ANATOMIA
Aula01:INTRODUÇÃO AO ESTUDO DE ANATOMIALeonardo Delgado
 
1. aula 1 anatomia e fisiologia
1. aula 1 anatomia e fisiologia1. aula 1 anatomia e fisiologia
1. aula 1 anatomia e fisiologiaIeda Dorneles
 
Aula 1 introdução a anatomia humana
Aula 1  introdução a anatomia humanaAula 1  introdução a anatomia humana
Aula 1 introdução a anatomia humanadigaomedina
 
Sistema Reprodutor Feminino
Sistema Reprodutor FemininoSistema Reprodutor Feminino
Sistema Reprodutor FemininoGabriel Resende
 
Aula 1 O corpo humano
Aula 1 O corpo humanoAula 1 O corpo humano
Aula 1 O corpo humanoAna Filadelfi
 
Sistema Genital Masculino
Sistema Genital MasculinoSistema Genital Masculino
Sistema Genital MasculinoMarcia Regina
 
Fisiologia Humana 1 - Introdução à Fisiologia Humana
Fisiologia Humana 1 - Introdução à Fisiologia HumanaFisiologia Humana 1 - Introdução à Fisiologia Humana
Fisiologia Humana 1 - Introdução à Fisiologia HumanaHerbert Santana
 

Mais procurados (20)

7 sistema cardiovascular
7   sistema cardiovascular7   sistema cardiovascular
7 sistema cardiovascular
 
Aula 10 sistema circulatório - anatomia e fisiologia
Aula 10   sistema circulatório - anatomia e fisiologiaAula 10   sistema circulatório - anatomia e fisiologia
Aula 10 sistema circulatório - anatomia e fisiologia
 
Sistema digestivo
Sistema digestivoSistema digestivo
Sistema digestivo
 
Sistema respiratório
Sistema respiratórioSistema respiratório
Sistema respiratório
 
Tecidos do corpo humano
Tecidos do corpo humanoTecidos do corpo humano
Tecidos do corpo humano
 
Sistema Esqueletico
Sistema EsqueleticoSistema Esqueletico
Sistema Esqueletico
 
Sistema sensorial - anatomia humana
Sistema sensorial - anatomia humanaSistema sensorial - anatomia humana
Sistema sensorial - anatomia humana
 
Aula 05 sistema muscular esquelético
Aula 05   sistema muscular esqueléticoAula 05   sistema muscular esquelético
Aula 05 sistema muscular esquelético
 
Aula01:INTRODUÇÃO AO ESTUDO DE ANATOMIA
Aula01:INTRODUÇÃO AO ESTUDO DE ANATOMIAAula01:INTRODUÇÃO AO ESTUDO DE ANATOMIA
Aula01:INTRODUÇÃO AO ESTUDO DE ANATOMIA
 
1. aula 1 anatomia e fisiologia
1. aula 1 anatomia e fisiologia1. aula 1 anatomia e fisiologia
1. aula 1 anatomia e fisiologia
 
Sistema circulatorio powerpoint
Sistema circulatorio powerpointSistema circulatorio powerpoint
Sistema circulatorio powerpoint
 
Aula 1 introdução a anatomia humana
Aula 1  introdução a anatomia humanaAula 1  introdução a anatomia humana
Aula 1 introdução a anatomia humana
 
Sistema Reprodutor Feminino
Sistema Reprodutor FemininoSistema Reprodutor Feminino
Sistema Reprodutor Feminino
 
Aula 1 O corpo humano
Aula 1 O corpo humanoAula 1 O corpo humano
Aula 1 O corpo humano
 
Sistema endócrino
Sistema endócrinoSistema endócrino
Sistema endócrino
 
Sistema Genital Masculino
Sistema Genital MasculinoSistema Genital Masculino
Sistema Genital Masculino
 
Histologia humana
Histologia humanaHistologia humana
Histologia humana
 
Sistema Reprodutor Masculino e Feminino
Sistema Reprodutor Masculino e Feminino Sistema Reprodutor Masculino e Feminino
Sistema Reprodutor Masculino e Feminino
 
Fisiologia Humana 1 - Introdução à Fisiologia Humana
Fisiologia Humana 1 - Introdução à Fisiologia HumanaFisiologia Humana 1 - Introdução à Fisiologia Humana
Fisiologia Humana 1 - Introdução à Fisiologia Humana
 
Sistema Digestivo
Sistema DigestivoSistema Digestivo
Sistema Digestivo
 

Destaque (17)

Sistema Esquelético
Sistema EsqueléticoSistema Esquelético
Sistema Esquelético
 
Sistema muscular
Sistema muscularSistema muscular
Sistema muscular
 
Sistema muscular
Sistema muscularSistema muscular
Sistema muscular
 
Saude
SaudeSaude
Saude
 
Sistema muscular
Sistema muscularSistema muscular
Sistema muscular
 
Trabalho estudo meio monica
Trabalho estudo meio monicaTrabalho estudo meio monica
Trabalho estudo meio monica
 
VI.2 Sistema muscular
VI.2 Sistema muscularVI.2 Sistema muscular
VI.2 Sistema muscular
 
Saude
SaudeSaude
Saude
 
Sistema muscular e. fundamental . ppt
Sistema muscular e. fundamental . pptSistema muscular e. fundamental . ppt
Sistema muscular e. fundamental . ppt
 
Power point el cuerpo humano
Power point  el cuerpo humanoPower point  el cuerpo humano
Power point el cuerpo humano
 
Músculos
MúsculosMúsculos
Músculos
 
Sistema esquelético
Sistema esqueléticoSistema esquelético
Sistema esquelético
 
DoençAs Neuromusculares
DoençAs NeuromuscularesDoençAs Neuromusculares
DoençAs Neuromusculares
 
Sistema Muscular
Sistema MuscularSistema Muscular
Sistema Muscular
 
Saúde individual e comunitária
Saúde individual e comunitáriaSaúde individual e comunitária
Saúde individual e comunitária
 
1ª sistema muscular
1ª sistema muscular1ª sistema muscular
1ª sistema muscular
 
Presentación el cuerpo humano
Presentación el cuerpo humanoPresentación el cuerpo humano
Presentación el cuerpo humano
 

Semelhante a Sistema esqueletico.ppt

O corpo humano apretaçao
O corpo humano apretaçaoO corpo humano apretaçao
O corpo humano apretaçaoeriticia
 
Sistema EsqueléTico
Sistema EsqueléTicoSistema EsqueléTico
Sistema EsqueléTicoguest426133c
 
ANATOMIA APLICADA A ESTÉTICA.pptx
ANATOMIA APLICADA A ESTÉTICA.pptxANATOMIA APLICADA A ESTÉTICA.pptx
ANATOMIA APLICADA A ESTÉTICA.pptxJanilsomJanilsom
 
Avaliação Diagnóstica 8ºAno.docx
Avaliação Diagnóstica 8ºAno.docxAvaliação Diagnóstica 8ºAno.docx
Avaliação Diagnóstica 8ºAno.docxMarcioPaulinodosSant
 
AULA 03 DE ANATOMIA SIST ESQUELÉTICO-8091681832867898.pptx
AULA 03 DE ANATOMIA SIST ESQUELÉTICO-8091681832867898.pptxAULA 03 DE ANATOMIA SIST ESQUELÉTICO-8091681832867898.pptx
AULA 03 DE ANATOMIA SIST ESQUELÉTICO-8091681832867898.pptxsilvaauristenio07
 
Sistema articular aula 4 (1).pdf
Sistema articular aula 4 (1).pdfSistema articular aula 4 (1).pdf
Sistema articular aula 4 (1).pdfglendaregosoares2
 
Sist esquelético
Sist esqueléticoSist esquelético
Sist esqueléticodionam
 
Apostila Sistema Articular - Junturas
Apostila  Sistema Articular - JunturasApostila  Sistema Articular - Junturas
Apostila Sistema Articular - JunturasDan Moreyra
 
A_Sistema_esqueletico_ANATOMIA_DO_APAREL.pdf
A_Sistema_esqueletico_ANATOMIA_DO_APAREL.pdfA_Sistema_esqueletico_ANATOMIA_DO_APAREL.pdf
A_Sistema_esqueletico_ANATOMIA_DO_APAREL.pdfvanessa181991
 
Esqueletohumanopowerpoint edit-120525102638-phpapp02
Esqueletohumanopowerpoint edit-120525102638-phpapp02Esqueletohumanopowerpoint edit-120525102638-phpapp02
Esqueletohumanopowerpoint edit-120525102638-phpapp02Rafaela Pessoa
 
10º PTAS-esqueletohumanopowerpoint-edi.pptx
10º PTAS-esqueletohumanopowerpoint-edi.pptx10º PTAS-esqueletohumanopowerpoint-edi.pptx
10º PTAS-esqueletohumanopowerpoint-edi.pptxIsaura Mourão
 

Semelhante a Sistema esqueletico.ppt (20)

O corpo humano apretaçao
O corpo humano apretaçaoO corpo humano apretaçao
O corpo humano apretaçao
 
Sistema EsqueléTico
Sistema EsqueléTicoSistema EsqueléTico
Sistema EsqueléTico
 
ANATOMIA APLICADA A ESTÉTICA.pptx
ANATOMIA APLICADA A ESTÉTICA.pptxANATOMIA APLICADA A ESTÉTICA.pptx
ANATOMIA APLICADA A ESTÉTICA.pptx
 
anexo
anexoanexo
anexo
 
Avaliação Diagnóstica 8ºAno.docx
Avaliação Diagnóstica 8ºAno.docxAvaliação Diagnóstica 8ºAno.docx
Avaliação Diagnóstica 8ºAno.docx
 
Sistema articular
Sistema articularSistema articular
Sistema articular
 
AULA 03 DE ANATOMIA SIST ESQUELÉTICO-8091681832867898.pptx
AULA 03 DE ANATOMIA SIST ESQUELÉTICO-8091681832867898.pptxAULA 03 DE ANATOMIA SIST ESQUELÉTICO-8091681832867898.pptx
AULA 03 DE ANATOMIA SIST ESQUELÉTICO-8091681832867898.pptx
 
Artrologia
ArtrologiaArtrologia
Artrologia
 
Anatomia Funcional (aula 1)
Anatomia Funcional (aula 1)Anatomia Funcional (aula 1)
Anatomia Funcional (aula 1)
 
Anatomia: Sistema ósseo
Anatomia: Sistema ósseoAnatomia: Sistema ósseo
Anatomia: Sistema ósseo
 
Sistema articular aula 4 (1).pdf
Sistema articular aula 4 (1).pdfSistema articular aula 4 (1).pdf
Sistema articular aula 4 (1).pdf
 
Sist esquelético
Sist esqueléticoSist esquelético
Sist esquelético
 
Apostila Sistema Articular - Junturas
Apostila  Sistema Articular - JunturasApostila  Sistema Articular - Junturas
Apostila Sistema Articular - Junturas
 
A_Sistema_esqueletico_ANATOMIA_DO_APAREL.pdf
A_Sistema_esqueletico_ANATOMIA_DO_APAREL.pdfA_Sistema_esqueletico_ANATOMIA_DO_APAREL.pdf
A_Sistema_esqueletico_ANATOMIA_DO_APAREL.pdf
 
Artrologia 2017
Artrologia  2017Artrologia  2017
Artrologia 2017
 
Esquelético apresentação
Esquelético   apresentaçãoEsquelético   apresentação
Esquelético apresentação
 
Sistema Ósseo
Sistema ÓsseoSistema Ósseo
Sistema Ósseo
 
Aula02: OSTEOLOGIA
Aula02: OSTEOLOGIAAula02: OSTEOLOGIA
Aula02: OSTEOLOGIA
 
Esqueletohumanopowerpoint edit-120525102638-phpapp02
Esqueletohumanopowerpoint edit-120525102638-phpapp02Esqueletohumanopowerpoint edit-120525102638-phpapp02
Esqueletohumanopowerpoint edit-120525102638-phpapp02
 
10º PTAS-esqueletohumanopowerpoint-edi.pptx
10º PTAS-esqueletohumanopowerpoint-edi.pptx10º PTAS-esqueletohumanopowerpoint-edi.pptx
10º PTAS-esqueletohumanopowerpoint-edi.pptx
 

Mais de Beatriz Aparecida Gonçalves Alves Vieira (8)

Sistema esqueletico - Divisao do Esqueleto
Sistema esqueletico - Divisao do EsqueletoSistema esqueletico - Divisao do Esqueleto
Sistema esqueletico - Divisao do Esqueleto
 
Volta a calma
Volta a calmaVolta a calma
Volta a calma
 
Principais doenças da nossa sociedade atualmente
Principais doenças da nossa sociedade atualmentePrincipais doenças da nossa sociedade atualmente
Principais doenças da nossa sociedade atualmente
 
Perfil do estilo de vida individual pevi
Perfil do estilo de vida individual   peviPerfil do estilo de vida individual   pevi
Perfil do estilo de vida individual pevi
 
Benefícios da atividade física
Benefícios da atividade físicaBenefícios da atividade física
Benefícios da atividade física
 
Aquecimento
AquecimentoAquecimento
Aquecimento
 
Ginastica historia
Ginastica historiaGinastica historia
Ginastica historia
 
Alongamento
AlongamentoAlongamento
Alongamento
 

Último

CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...azulassessoriaacadem3
 
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...excellenceeducaciona
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...azulassessoriaacadem3
 
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...azulassessoriaacadem3
 
Com base nas informações apresentadas, responda: a. Qual o Índice de Massa Co...
Com base nas informações apresentadas, responda: a. Qual o Índice de Massa Co...Com base nas informações apresentadas, responda: a. Qual o Índice de Massa Co...
Com base nas informações apresentadas, responda: a. Qual o Índice de Massa Co...apoioacademicoead
 
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...excellenceeducaciona
 
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...azulassessoriaacadem3
 
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptxAndreia Silva
 
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...excellenceeducaciona
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...azulassessoriaacadem3
 
QUESTÃO 2 Com base nas informações sobre Matheus (Perfil 1), calcule a carga ...
QUESTÃO 2 Com base nas informações sobre Matheus (Perfil 1), calcule a carga ...QUESTÃO 2 Com base nas informações sobre Matheus (Perfil 1), calcule a carga ...
QUESTÃO 2 Com base nas informações sobre Matheus (Perfil 1), calcule a carga ...azulassessoriaacadem3
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...excellenceeducaciona
 
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...azulassessoriaacadem3
 
Slides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptx
Slides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptxSlides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptx
Slides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Jornal DeClara n.º 73 fevereiro 2024, Clara de Resende
Jornal DeClara n.º 73 fevereiro 2024, Clara de ResendeJornal DeClara n.º 73 fevereiro 2024, Clara de Resende
Jornal DeClara n.º 73 fevereiro 2024, Clara de ResendeIsabelPereira2010
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...apoioacademicoead
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...excellenceeducaciona
 
Planejamento Anual Matemática para o ENEM - 1º ano 1, 2 e 3 anos-.pdf
Planejamento Anual Matemática para o ENEM -  1º ano 1, 2 e 3  anos-.pdfPlanejamento Anual Matemática para o ENEM -  1º ano 1, 2 e 3  anos-.pdf
Planejamento Anual Matemática para o ENEM - 1º ano 1, 2 e 3 anos-.pdfCludiaFrancklim
 
QUESTÃO 3 Considerando as especificações, o nível de experiência, assim como ...
QUESTÃO 3 Considerando as especificações, o nível de experiência, assim como ...QUESTÃO 3 Considerando as especificações, o nível de experiência, assim como ...
QUESTÃO 3 Considerando as especificações, o nível de experiência, assim como ...azulassessoriaacadem3
 

Último (20)

CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...
 
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
 
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...
 
Com base nas informações apresentadas, responda: a. Qual o Índice de Massa Co...
Com base nas informações apresentadas, responda: a. Qual o Índice de Massa Co...Com base nas informações apresentadas, responda: a. Qual o Índice de Massa Co...
Com base nas informações apresentadas, responda: a. Qual o Índice de Massa Co...
 
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
 
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
 
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
 
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
 
QUESTÃO 2 Com base nas informações sobre Matheus (Perfil 1), calcule a carga ...
QUESTÃO 2 Com base nas informações sobre Matheus (Perfil 1), calcule a carga ...QUESTÃO 2 Com base nas informações sobre Matheus (Perfil 1), calcule a carga ...
QUESTÃO 2 Com base nas informações sobre Matheus (Perfil 1), calcule a carga ...
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
 
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
 
SANTO AMARO NO LAR VALE FORMOSO _
SANTO AMARO NO LAR VALE FORMOSO         _SANTO AMARO NO LAR VALE FORMOSO         _
SANTO AMARO NO LAR VALE FORMOSO _
 
Slides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptx
Slides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptxSlides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptx
Slides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptx
 
Jornal DeClara n.º 73 fevereiro 2024, Clara de Resende
Jornal DeClara n.º 73 fevereiro 2024, Clara de ResendeJornal DeClara n.º 73 fevereiro 2024, Clara de Resende
Jornal DeClara n.º 73 fevereiro 2024, Clara de Resende
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
 
Planejamento Anual Matemática para o ENEM - 1º ano 1, 2 e 3 anos-.pdf
Planejamento Anual Matemática para o ENEM -  1º ano 1, 2 e 3  anos-.pdfPlanejamento Anual Matemática para o ENEM -  1º ano 1, 2 e 3  anos-.pdf
Planejamento Anual Matemática para o ENEM - 1º ano 1, 2 e 3 anos-.pdf
 
QUESTÃO 3 Considerando as especificações, o nível de experiência, assim como ...
QUESTÃO 3 Considerando as especificações, o nível de experiência, assim como ...QUESTÃO 3 Considerando as especificações, o nível de experiência, assim como ...
QUESTÃO 3 Considerando as especificações, o nível de experiência, assim como ...
 

Sistema esqueletico.ppt

  • 1. ESTRUTURA E MOVIMENTO SISTEMA ESQUELÉTICO O CORPO HUMANO
  • 2. SISTEMA ESQUELÉTICO  O esqueleto adulto médio possui 206 ossos e representa um quinto do peso corporal.  O conjunto desses ossos determina a forma de seu corpo e constitui sua estrutura de sustentação.  Os ossos são organismos vivos e dinâmicos.  Composição: 22% água; sais minerais (Cálcio e Fosfato); e fibras colágenas.
  • 3. SISTEMA ESQUELÉTICO  Possui irrigação sanguínea ativa.  Se constituem quando quebram e se fortalecem quando são submetidos.  Tem um centro esponjoso disposto em forma de malha denominada TRÁBERCULAS, que reduzem seu peso e permite que se movam facilmente quando são puxados pelos músculos.
  • 4. FUNÇÃO DO ESQUELETO  Estrutura e sustentação corporal;  Reservas de sais minerais (Cálcio e Fosfato), que são fundamentais para o funcionamento das células e devem estar presentes no sangue.
  • 5. FUNÇÃO DO ESQUELETO  Proteção aos órgãos internos (cérebro e coração).  Ponto de apoio para a fixação dos músculos.
  • 6. CRESCIMENTO ÓSSEO  Os ossos são organismos vivos e dinâmicos.  Há um esqueleto cartilaginoso durante a vida embrionária, o qual será quase totalmente substituído por um esqueleto ósseo. É o que se denomina ossificação endocondral (do grego endos, dentro, e chondros, cartilagem).
  • 7. CRESCIMENTO ÓSSEO  Os ossos começam a se formar a partir do segundo mês da vida intra- uterina. Ao nascer, a criança já apresenta um esqueleto bastante ossificado, mas as extremidades de diversos ossos ainda mantêm regiões cartilaginosas que permitem o crescimento.  Entre os 18 e 20 anos, essas regiões cartilaginosas se ossificam e o crescimento cessa. Nos adultos, há cartilagens em locais onde a flexibilidade é importante (na ponta do nariz, orelha, laringe, parede da traquéia e extremidades dos ossos que se articulam).
  • 8. OSSOS  Os ossos unem-se em zonas chamadas articulações (mais de 200) que permitem uma ampla variedade de movimentos.
  • 9. ARTICULAÇÕES  Algumas são fixas (ex.: crânio), onde os ossos estão firmemente unidos entre si e outras são móveis (ex.: articulações), permitindo ao esqueleto realizar movimentos.
  • 10. TIPOS DE ARTICULAÇÕES (ESTRUTURA)  Articulações Fibrosa – não permite movimento, pois unem os ossos por meio de tecido conjuntivo fibroso. Ex: Crânio
  • 11. TIPOS DE ARTICULAÇÕES  Articulações Cartilaginosas – permite pouco movimento. Ex: vértebras, extremo das costelas e externo.
  • 12. TIPOS DE ARTICULAÇÕES  Articulações Sinoviais – apresentam entre os ossos líquido sinovial que permite amplo movimento. Ex:Ombros, joelhos e cotovelos.
  • 13. TIPOS DE ARTICULAÇÕES SINOVIAIS  Pivô: permite que a cabeça gire sobre a coluna vertebral. Ex: no pescoço – entre as duas vértebras superiores da coluna (atlas e axis).
  • 14. TIPOS DE ARTICULAÇÕES SINOVIAIS  Esferóide: permite movimentos circulares em todas as direções. Ex: no ombro, quadril e tornozelo.
  • 15. TIPOS DE ARTICULAÇÕES SINOVIAIS  Dobradiça: permite de movimentos de flexão e extensão. Ex: no cotovelo e joelho.
  • 16. TIPOS DE ARTICULAÇÕES SINOVIAIS  Condilar: permite o movimento de deslizamento e rotação em diferentes direções. Ex: nos dedos das mãos e dos pés.
  • 17. TIPOS DE ARTICULAÇÕES SINOVIAIS  Selar: permite movimentos versáteis em duas direções. Ex: no polegar.  Deslizante: permite um leve giro e deslizamento em diferentes posições. Ex: no punho
  • 19. OSSOS: CLASSIFICAÇÃO  Longo É aquele que apresenta um comprimento consideravelmente maior que a largura e a espessura. Exemplos são; fêmur, úmero, rádio, ulna e outros.  Plano É o que apresenta comprimento e largura equivalentes, predominando sobre a espessura. Exemplos são; ossos do crânio, como o parietal, occipital, frontal e outros.  Curto É aquele que apresenta equivalência das três dimensões. Os ossos do carpo e do tarso são excelentes exemplos
  • 20. OSSOS: CLASSIFICAÇÃO  Irregular Possui um morfologia complexa. As vértebras e o osso temporal são exemplos.  Pneumático Apresenta uma ou mais cavidades, de volume variável, revestida de mucosa e contendo ar. Estas cavidades recebem o nome de seio.  Sesamoídes  Desenvolvem na substância de certos tendões ou da capsula fibrosa de certas articulações.