Sistema esqueletico.ppt

14.561 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
11 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
14.561
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
788
Comentários
0
Gostaram
11
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sistema esqueletico.ppt

  1. 1. ESTRUTURA E MOVIMENTOSISTEMA ESQUELÉTICOO CORPO HUMANO
  2. 2. SISTEMA ESQUELÉTICO O esqueleto adulto médio possui 206 ossos e representa um quinto do peso corporal. O conjunto desses ossos determina a forma de seu corpo e constitui sua estrutura de sustentação. Os ossos são organismos vivos e dinâmicos. Composição: 22% água; sais minerais (Cálcio e Fosfato); e fibras colágenas.
  3. 3. SISTEMA ESQUELÉTICO Possui irrigação sanguínea ativa. Se constituem quando quebram e se fortalecem quando são submetidos. Tem um centro esponjoso disposto em forma de malha denominada TRÁBERCULAS, que reduzem seu peso e permite que se movam facilmente quando são puxados pelos músculos.
  4. 4. FUNÇÃO DO ESQUELETO Estrutura e sustentação corporal; Reservas de sais minerais (Cálcio e Fosfato), que são fundamentais para o funcionamento das células e devem estar presentes no sangue.
  5. 5. FUNÇÃO DO ESQUELETO  Proteção aos órgãos internos (cérebro e coração).  Ponto de apoio para a fixação dos músculos.
  6. 6. CRESCIMENTO ÓSSEO Os ossos são organismos vivos e dinâmicos. Há um esqueleto cartilaginoso durante a vida embrionária, o qual será quase totalmente substituído por um esqueleto ósseo. É o que se denomina ossificação endocondral (do grego endos, dentro, e chondros, cartilagem).
  7. 7. CRESCIMENTO ÓSSEO Os ossos começam a se formar a partir do segundo mês da vida intra- uterina. Ao nascer, a criança já apresenta um esqueleto bastante ossificado, mas as extremidades de diversos ossos ainda mantêm regiões cartilaginosas que permitem o crescimento. Entre os 18 e 20 anos, essas regiões cartilaginosas se ossificam e o crescimento cessa. Nos adultos, há cartilagens em locais onde a flexibilidade é importante (na ponta do nariz, orelha, laringe, parede da traquéia e extremidades dos ossos que se articulam).
  8. 8. OSSOS Os ossos unem-se em zonas chamadas articulações (mais de 200) que permitem uma ampla variedade de movimentos.
  9. 9. ARTICULAÇÕES Algumas são fixas (ex.: crânio), onde os ossos estão firmemente unidos entre si e outras são móveis (ex.: articulações), permitindo ao esqueleto realizar movimentos.
  10. 10. TIPOS DE ARTICULAÇÕES (ESTRUTURA) Articulações Fibrosa – não permite movimento, pois unem os ossos por meio de tecido conjuntivo fibroso. Ex: Crânio
  11. 11. TIPOS DE ARTICULAÇÕES Articulações Cartilaginosas – permite pouco movimento. Ex: vértebras, extremo das costelas e externo.
  12. 12. TIPOS DE ARTICULAÇÕES Articulações Sinoviais – apresentam entre os ossos líquido sinovial que permite amplo movimento. Ex:Ombros, joelhos e cotovelos.
  13. 13. TIPOS DE ARTICULAÇÕES SINOVIAIS Pivô: permite que a cabeça gire sobre a coluna vertebral. Ex: no pescoço – entre as duas vértebras superiores da coluna (atlas e axis).
  14. 14. TIPOS DE ARTICULAÇÕES SINOVIAIS Esferóide: permite movimentos circulares em todas as direções. Ex: no ombro, quadril e tornozelo.
  15. 15. TIPOS DE ARTICULAÇÕES SINOVIAIS Dobradiça: permite de movimentos de flexão e extensão. Ex: no cotovelo e joelho.
  16. 16. TIPOS DE ARTICULAÇÕES SINOVIAIS Condilar: permite o movimento de deslizamento e rotação em diferentes direções. Ex: nos dedos das mãos e dos pés.
  17. 17. TIPOS DE ARTICULAÇÕES SINOVIAIS Selar: permite movimentos versáteis em duas direções. Ex: no polegar. Deslizante: permite um leve giro e deslizamento em diferentes posições. Ex: no punho
  18. 18. TIPOS DE ARTICULAÇÕES SINOVIAIS
  19. 19. OSSOS: CLASSIFICAÇÃO Longo É aquele que apresenta um comprimento consideravelmente maior que a largura e a espessura. Exemplos são; fêmur, úmero, rádio, ulna e outros. Plano É o que apresenta comprimento e largura equivalentes, predominando sobre a espessura. Exemplos são; ossos do crânio, como o parietal, occipital, frontal e outros. Curto É aquele que apresenta equivalência das três dimensões. Os ossos do carpo e do tarso são excelentes exemplos
  20. 20. OSSOS: CLASSIFICAÇÃO Irregular Possui um morfologia complexa. As vértebras e o osso temporal são exemplos. Pneumático Apresenta uma ou mais cavidades, de volume variável, revestida de mucosa e contendo ar. Estas cavidades recebem o nome de seio. Sesamoídes Desenvolvem na substância de certos tendões ou da capsula fibrosa de certas articulações.

×