Fauvismoou fovismo1900-1908Prof. Michele WilbertEspecialista em Arte-EducaçãoEspecialista em Informática Educativa2013
FOVISMOEm 1905, em Paris, no Salão de Outono,alguns artistas foram chamados de fauves(em português significa feras), em vi...
FOVISMOConstitui o primeiro e talvez o maisimportante, movimento da renovação dapintura francesa após o Impressionismo.Opõ...
FOVISMOO Fovismo mostrava influências de Van Gogh eGauguin, nessa época, já falecidos. MauriceFlamink ( 1876-1958 ), que p...
FOVISMOAssim era o seu modo de dizer, pois sendo umfovista inflamado, queria era recriar ummundo livre, vivo e sensível. E...
FOVISMOCom o Fovismo os artistas, foramdespertados para a Arte dos homensprimitivos, dos negros e das crianças. HenryMatis...
FOVISMOAbandonando as regras tradicionais dapintura, como o claro-escuro, odetalhamento do desenho, os Fovistascomeçaram a...
PRINCÍPIOSOs princípios deste movimento artístico eram:• Criar, em arte, não tem relação com o intelectoe nem com sentimen...
CARACTERÍSTICAS DA PINTURA• Pincelada violenta, espontânea e definitiva;• As figuras fauvistas são apenas sugeridas e nãor...
PRINCIPAIS ARTISTAS:- ANDRÉ DERAIN (1886-1954)- MAURICE DE VLAMINCK (1876-1958)- OTHON FRIESZ (1879-1949)- HENRI MATISSE (...
PRINCIPAIS ARTISTAS:HENRI MATISSE (1869-1954), pintor francês,Nas suas pinturas ele não se preocupa comorealismo, tanto da...
Retrato de Madame Matisse, 1905Dos pintores fovistas,que exploraram osensualismo das coresfortes, ele foi o únicoa evoluir...
Henri Matisse, A Alegria de Viver, 1905-1906, óleo sobre tela, 174x238 cm, Merion:The Barnes Foundation.
Henri Matisse, Mulher com Chapéu (A Senhora Matisse), 1905, óleo sobre tela,81x65 cm, Colecção particular.
Henri Matisse, A Janela Aberta em Coullioure, 1905, óleo sobre tela, 55x46 cm,Colecção Particular.
Henri Matisse, A Mesa de Jantar Vermelha, 1908, óleo sobre tela, 180x220 cm, SãoPetersburgo: Museu do Ermitage.
Henri Matisse, Figura decorativa em fundo ornamental, 1926-1927, óleo sobre tela,131x98 cm, Paris: Centre Georges Pompidou.
Henri Matisse, O Cortinado Amarelo, 1914-1915, óleo sobre tela, 146x92 cm.
Henri Matisse, Luxo, O Palhaço (Jazz), 1943, Pochoir.
Henri Matisse, A Dança, 1910, óleo sobre tela, 260x288 cm, São Petersburgo:Museu do Ermitage.“Esforço-me por alcançar uma ...
Henri MatisseA dança (1ª versão)1909; óleo sobre tela
Henri MatisseA mulher argelina1909; óleo sobre tela
Henri MatisseNu Azul190?; óleo sobre tela
Henri MatisseInterior Vermelho1947; óleo sobre tela
Henri MatisseJazz1947; óleo sobre tela
Henri Matisse, 1939, La Musique
Natureza-morta com PeixesVermelhos (1911), deMatisse.
MAURICE DE VLAMINCK (1876-1958), pintorfrancês, foi o mais autêntico fovista, dizia:“Quero incendiar a Escola de Belas Art...
Maurice de Vlaminck, Tugboat on the Seine
Vlaminck, Port Marly, óleo sobre tela
Maurice de Vlaminck
Maurice de Vlaminck, La partie de campagne, 1905
ANDRÉ DERAIN (1880-1954), pintor francês,dizia:"As cores chegaram a ser para nós cartuchos dedinamite.“Por volta de 1900, ...
-“ St. Paul’s Catedral-1906André Derain.
Andre Derain - The Turning Road, LEstaque -1906 -
André DerainPorto1905; óleo sobre tela
André DerainCharing Cross Station1905; óleo sobre tela
André DerainMountains at Collioure1905; óleo sobre tela
André DerainEstrada nas montanhas1907; óleo sobre tela
Maurice de Vlaminck (1876-1958), Os jardins em Chatou, 1904, óleosobre tela, 82,5x100 cm, Chicago: Instituto de Arte.
• RAOUL DUFY (1877-1953), pintor, gravador edecorador francês. Contrastes tonais e ageometrização da forma caracterizaram ...
Raoul Dufy (1877-1953), Le 14 Juillet, 1907.
O artigo de «L’Illustration» de 4 deNovembro de 1905 sobre o Salão deOutono.«Donatello entre os “fauves”!»(crítico Louis V...
Henri Matisse (1869-1954), O Estúdio de Gustave Moreau, 1894-1895, óleo sobre tela, 65x81cm, Colecção particular.Albert Ma...
André Derain, Henri Matisse, 1905, óleo sobre tela,46x34,9 cm, Londres: Tate Gallery.Henri Matisse, Retrato de Adré Derain...
ARTE - Ensino Médio, 1ª SérieMODERNISMO: características, manifestações e movimentos
Fovismo   aula 7 ano - 2013
Fovismo   aula 7 ano - 2013
Fovismo   aula 7 ano - 2013
Fovismo   aula 7 ano - 2013
Fovismo   aula 7 ano - 2013
Fovismo   aula 7 ano - 2013
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Fovismo aula 7 ano - 2013

1.247 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.247
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
121
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
45
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Fovismo aula 7 ano - 2013

  1. 1. Fauvismoou fovismo1900-1908Prof. Michele WilbertEspecialista em Arte-EducaçãoEspecialista em Informática Educativa2013
  2. 2. FOVISMOEm 1905, em Paris, no Salão de Outono,alguns artistas foram chamados de fauves(em português significa feras), em virtude daintensidade com que usavam as cores puras,sem misturá-las ou matizá-las. Quem lhesdeu este nome foi o crítico Louis Vauxcelles,pois estavam expostas um conjunto depinturas modernas ao lado de uma estatuetarenascentista.
  3. 3. FOVISMOConstitui o primeiro e talvez o maisimportante, movimento da renovação dapintura francesa após o Impressionismo.Opõem-se completamente aoImpressionismo pelos efeitos óticos ilusóriosque esta pintura praticou, mas acaba porderivar dele e das conquistas pós-impressionistas.
  4. 4. FOVISMOO Fovismo mostrava influências de Van Gogh eGauguin, nessa época, já falecidos. MauriceFlamink ( 1876-1958 ), que praticava ciclismoprofissional, era um fovista até no seu aspectofísico: forte e musculoso. Dizia:“Eu jamais pensei na Arte Clássica, na italiana,na grega. Queria incendiar a Escola de BelasArtes com os azuis e vermelhos”.
  5. 5. FOVISMOAssim era o seu modo de dizer, pois sendo umfovista inflamado, queria era recriar ummundo livre, vivo e sensível. Em 1901,descobriu Van Gogh e escreveu mais tarde:“Naquele dia quis mais bem a Van Gogh doque a meu pai”.
  6. 6. FOVISMOCom o Fovismo os artistas, foramdespertados para a Arte dos homensprimitivos, dos negros e das crianças. HenryMatisse (1869-1954) dizia que procuravapintar com a mesma graça e pureza de umacriança ou de um selvagem. Foi ele quemlibertou as cores, pintando sempre em seusquadros as que achava mais bonitas.
  7. 7. FOVISMOAbandonando as regras tradicionais dapintura, como o claro-escuro, odetalhamento do desenho, os Fovistascomeçaram a usar as cores de um modoselvagem, cercando os contornos dos objetoscom um traço negro.O Fovismo teve ampla repercussão nas artesgráficas, na moda e também na Arquitetura.
  8. 8. PRINCÍPIOSOs princípios deste movimento artístico eram:• Criar, em arte, não tem relação com o intelectoe nem com sentimentos. Criar é seguir osimpulsos do instinto, as sensações primárias.• A simplificação das formas e das figuras e autilização de cores puras, originais.• A cor pura deve ser exaltada.• As linhas e as cores devem nascerimpulsivamente e traduzir as sensaçõeselementares.
  9. 9. CARACTERÍSTICAS DA PINTURA• Pincelada violenta, espontânea e definitiva;• As figuras fauvistas são apenas sugeridas e nãorepresentadas realisticamente;• Ausência de ar livre;• Colorido brutal, pretendendo a sensação física dacor que é subjetiva, não correspondendo àrealidade;• Uso exclusivo das cores puras, como saem dasbisnagas;• Pintura por manchas largas, formando grandesplanos;• Uso do preto nos contornos.
  10. 10. PRINCIPAIS ARTISTAS:- ANDRÉ DERAIN (1886-1954)- MAURICE DE VLAMINCK (1876-1958)- OTHON FRIESZ (1879-1949)- HENRI MATISSE (1869-1954)- RAOUL DUFY (1877-1953)- GEORGES ROUAULT (1871-1958)- KEES VAN DONGEN (1877 – 1968)
  11. 11. PRINCIPAIS ARTISTAS:HENRI MATISSE (1869-1954), pintor francês,Nas suas pinturas ele não se preocupa comorealismo, tanto das figuras como das suascores. O que interessa é a composição e nãoas figuras em si, como de pessoas ou denaturezas-mortas. Abandonou assim aperspectiva, as técnicas do desenho e o efeitode claro-escuro para tratar a cor como valorem si mesma.
  12. 12. Retrato de Madame Matisse, 1905Dos pintores fovistas,que exploraram osensualismo das coresfortes, ele foi o únicoa evoluir para oequilíbrio entre a core o traço emcomposições planas,sem profundidade.Foi, também, escultor,ilustrador e litógrafo.
  13. 13. Henri Matisse, A Alegria de Viver, 1905-1906, óleo sobre tela, 174x238 cm, Merion:The Barnes Foundation.
  14. 14. Henri Matisse, Mulher com Chapéu (A Senhora Matisse), 1905, óleo sobre tela,81x65 cm, Colecção particular.
  15. 15. Henri Matisse, A Janela Aberta em Coullioure, 1905, óleo sobre tela, 55x46 cm,Colecção Particular.
  16. 16. Henri Matisse, A Mesa de Jantar Vermelha, 1908, óleo sobre tela, 180x220 cm, SãoPetersburgo: Museu do Ermitage.
  17. 17. Henri Matisse, Figura decorativa em fundo ornamental, 1926-1927, óleo sobre tela,131x98 cm, Paris: Centre Georges Pompidou.
  18. 18. Henri Matisse, O Cortinado Amarelo, 1914-1915, óleo sobre tela, 146x92 cm.
  19. 19. Henri Matisse, Luxo, O Palhaço (Jazz), 1943, Pochoir.
  20. 20. Henri Matisse, A Dança, 1910, óleo sobre tela, 260x288 cm, São Petersburgo:Museu do Ermitage.“Esforço-me por alcançar uma arte de equilíbrio — uma arte que não desassossegue ouconfunda. Gostaria que o homem cansado, sobrecarregado, acabado, encontrasse paz esossego nos meus quadros” (Matisse)
  21. 21. Henri MatisseA dança (1ª versão)1909; óleo sobre tela
  22. 22. Henri MatisseA mulher argelina1909; óleo sobre tela
  23. 23. Henri MatisseNu Azul190?; óleo sobre tela
  24. 24. Henri MatisseInterior Vermelho1947; óleo sobre tela
  25. 25. Henri MatisseJazz1947; óleo sobre tela
  26. 26. Henri Matisse, 1939, La Musique
  27. 27. Natureza-morta com PeixesVermelhos (1911), deMatisse.
  28. 28. MAURICE DE VLAMINCK (1876-1958), pintorfrancês, foi o mais autêntico fovista, dizia:“Quero incendiar a Escola de Belas Artes commeus vermelhos e azuis.”Adotou mais tarde estilo entre expressionistae realista.
  29. 29. Maurice de Vlaminck, Tugboat on the Seine
  30. 30. Vlaminck, Port Marly, óleo sobre tela
  31. 31. Maurice de Vlaminck
  32. 32. Maurice de Vlaminck, La partie de campagne, 1905
  33. 33. ANDRÉ DERAIN (1880-1954), pintor francês,dizia:"As cores chegaram a ser para nós cartuchos dedinamite.“Por volta de 1900, ligou-se a Maurice deVlaminck e a Matisse, com os quais se tornouum dos principais pintores fovistas. Nessafase, pintou figuras e paisagens em brilhantescores chapadas, recorrendo a traços impulsivose a pinceladas descontínuas para obter suascomposições espontâneas.
  34. 34. -“ St. Paul’s Catedral-1906André Derain.
  35. 35. Andre Derain - The Turning Road, LEstaque -1906 -
  36. 36. André DerainPorto1905; óleo sobre tela
  37. 37. André DerainCharing Cross Station1905; óleo sobre tela
  38. 38. André DerainMountains at Collioure1905; óleo sobre tela
  39. 39. André DerainEstrada nas montanhas1907; óleo sobre tela
  40. 40. Maurice de Vlaminck (1876-1958), Os jardins em Chatou, 1904, óleosobre tela, 82,5x100 cm, Chicago: Instituto de Arte.
  41. 41. • RAOUL DUFY (1877-1953), pintor, gravador edecorador francês. Contrastes tonais e ageometrização da forma caracterizaram suaobra. Impressionista a princípio, evoluiugradativamente para o fovismo, depois detravar contato com Matisse. Morreu um anodepois de receber o prêmio de pintura dabienal de Veneza.
  42. 42. Raoul Dufy (1877-1953), Le 14 Juillet, 1907.
  43. 43. O artigo de «L’Illustration» de 4 deNovembro de 1905 sobre o Salão deOutono.«Donatello entre os “fauves”!»(crítico Louis Vauxcelles, in «Gil Blas», 1905)«Lançaram um boião de tinta à cara dopúblico!…»(crítico Camille Mauclair, 1905)«(…) as cores eram para nós comocartuchos de dinamite. Tinham quedescarregar luz»(André Derain)
  44. 44. Henri Matisse (1869-1954), O Estúdio de Gustave Moreau, 1894-1895, óleo sobre tela, 65x81cm, Colecção particular.Albert Marquet (1875-1947),Nu «fauve», 1898, 73x50 cm,Bordéus: Musée des BeauxArts
  45. 45. André Derain, Henri Matisse, 1905, óleo sobre tela,46x34,9 cm, Londres: Tate Gallery.Henri Matisse, Retrato de Adré Derain, 1905, óleosobre tela, 39,5x29 cm, Londres: Tate Gallery.
  46. 46. ARTE - Ensino Médio, 1ª SérieMODERNISMO: características, manifestações e movimentos

×