Fauvismo aula do Layo

271 visualizações

Publicada em

Fauvismo

Em 1905 alguns artistas participaram de uma exposição em Paris e foram chamados pejorativamente de les fauves (os feras, em francês) pela crítica por empregarem cores puras e vibrantes em suas telas. Posteriormente o grupo adotou o nome por considera-lo expressivo e bastante sintonizado com os seus ideais revolucionários.
O que mais caracterizou o movimento foi o uso da cor pura como um recurso expressivo. Mas também é marcante a sintetização das formas, o não naturalismo, a espontaneidade das pinceladas, a bidimensionalidade e o emprego emancipado e subjetivo da cor, agora dividida em zonas, o que cria uma atmosfera e superfície decorativas.

Publicada em: Arte e fotografia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
271
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
11
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Fauvismo aula do Layo

  1. 1. O que é uma fera?
  2. 2. O que uma fera pintaria?
  3. 3. FAUVISMO O termo Fauvismo deriva de “fauve” (fera selvagem), exclamação feita pelo crítico de arte Louis Vauxcelles perante a exposição de pintura do Salão de Outono de 1905, em Paris onde a violenta expressão cromática das telas expostas contrastava com o pendor clássico-renascentista de uma escultura aí presente. Foi um movimento de curta duração, na passagem do Século 19 para o Século 20, que constituiu o primeiro, senão o mais importante, movimento de renovação da pintura francesa depois do Impressionismo. André Derain, A dança - 1906
  4. 4. Segundo o Dicionário Houaiss indica fovismo como um termo homônimo* Homônimo = palavra igual a outra, mas com sentido diferente.
  5. 5. Mulher de chapéu, Matisse 1905, Óleo sobre tela Teria algum tipo de sentido diferente da palavra que dá nome ao movimento esta pintura?
  6. 6. Opondo-se abertamente ao Impressionismo pelos efeitos ópticos ilusórios que esta pintura praticou, deriva contudo dele e das conquistas pós-impressionistas, nomeadamente das de Cézanne, Gauguin e Van Gogh. Pretendendo anular toda a teorização na arte, a pintura fauve visou transmitir ao espectador emoções estéticas profundas através da exaltação das cores, usadas em tons fortes e contrastantes, sem modelado, onde a ilusão da terceira dimensão se perde. Janela Aberta em Collioure Matisse, 1905; óleo sobre tela
  7. 7. Por isso, as formas resultam simplificadas e planificadas e a perspectiva académica é rejeitada em função de um tratamento do espaço mais intuitivo e livre, bidimensional. A expressão é dada pelas linhas e pelas cores, aplicadas ora lisas e finas, ora texturizadas, em pinceladas diretas e emotivas, num entusiasmo por vezes quase juvenil. Vlaminck, Matisse 190?; óleo sobre tela
  8. 8. Movimento artístico, caracterizado pela utilização de cores puras em grandes manchas e com fortes contrastes, para acentuar ao máximo o valor expressivo da cor, exaltando a sua sensualidade e sugestão emotiva. Teve como líder incontestável Henri Matisse, contando também com a participação de outros grandes artistas, entre eles, André Derain, Maurice de Vlaminck, Raoul Dufy, Georges Braquese, Henri Manguin, Albert Marquet, Jean Puy, Emile Othon Friesz. St. Paul’s Cathedral from the Thames 1906; óleo sobre tela
  9. 9. O campo da criação artística é atingido fortemente pela Revolução Industrial. O meio artístico gira em torno de um novo mundo. Está em ebulição. Multiplicam-se novos temas a respeito da arte, surgem novos comerciantes de quadros, críticos e exposições particulares. O artista possui, diante de si, cada vez mais informações em razão das mudanças e dos acontecimentos de sua época. La Danseuse jaune (1912) de Alexis Mérodack- Jeanneau (1873-1919).
  10. 10. Quais seriam as características da pintura Fovista?  a simplificação das formas e utilização maciça de cores puras;  a pouca, ou nenhuma, gradação entre os matizes;  as pinceladas, largas e definitivas, que continham espontânea gestualidade;  a utilização da cor na delimitação dos planos e na sensação de profundidade;  a escolha dos matizes sem relação com a realidade;  o movimento rítmico sugerido pelas linhas, texturas e pela continuidade dos elementos desenhados;  impulsividade e experimentação, em vez de exaustivos estudos preparatórios;  temas cotidianos que retratavam emoções e as alegrias de viver;  a tradução de sensações elementares, no mesmo estado de graça das crianças e dos selvagens.
  11. 11. Henri Matisse A dança (1ª versão) 1909; óleo sobre tela
  12. 12. Henri Matisse Pintor Francês; Nasceu no Norte de França, em 1869; Em 1890, comprou uma caixa de tintas e um livro “Manual Geral de Pintura e Óleo de Goupil”. Em 1892 Matisse chegou a Paris para estudar Arte. Abandonou os estudos de Direito, para se dedicar à Pintura. O pontilhismo inspirou-lhe cores mais fortes e arrojadas e dessa técnica surgiu o fauvismo. O seu estilo tornou-se muito versátil, incluindo trabalhos austeramente geométricos e exuberantemente decorativos. Faleceu em Nice, a 3 de Novembro de 1954.
  13. 13. Qual seriam as características da pintura de Henri Matisse?
  14. 14. Henri Matisse Luxe, Calme, et Volupté 1904; óleo sobre tela
  15. 15. Henri Matisse Retrato de Madame Matisse 1905; óleo sobre tela
  16. 16. Henri Matisse A mulher argelina 1909; óleo sobre tela
  17. 17. Henri Matisse Harmonia em vermelho; óleo sobre tela
  18. 18. Henri Matisse Nu Azul 190?; óleo sobre tela
  19. 19. Henri Matisse Interior Vermelho 1947; óleo sobre tela
  20. 20. Henri Matisse, Jazz 1947; óleo sobre tela
  21. 21. André Derain Pintor francês; Nasceu em Chatou, na França, a 10 de Junho de 1880; Morreu em Garches, a 8 de Setembro de 1954; A obra de Derain mostrou uma superfície mais tranquila que o resto dos fauvistas, produto da aplicação de tonalidades quentes e harmoniosas; Explorou os contrastes cromáticos em paisagens e retratos de cores antinaturalistas, à maneira de Gauguin.
  22. 22. André Derain Porto 1905; óleo sobre tela
  23. 23. André Derain Charing Cross Station 1905; óleo sobre tela
  24. 24. André Derain Mountains at Collioure 1905; óleo sobre tela
  25. 25. André Derain Estrada nas montanhas 1907; óleo sobre tela
  26. 26. Maurice Vlaminck (1876-1958); Pintor de expressão exagerada e dinâmica que, à maneira de Van Gogh (que muito admirava), pintou telas de um cromatismo gritante, aplicado em pinceladas matéricas e direccionadas.
  27. 27. Maurice de Vlaminck
  28. 28. Maurice de Vlaminck
  29. 29. Kees Van Dongen Pintor holandês; Nasceu em 1877; Morreu em 1968; Viajou por diversos países, à procura de novas motivações.
  30. 30. Kees Van Dongen Mulher com chapéu verde 1905; óleo sobre tela
  31. 31. Kees Van Dongen A dançarina vermelha 1907; óleo sobre tela
  32. 32. Kees Van Dongen Primavera 1908; óleo sobre tela
  33. 33. Kees Van Dongen A papoila 1919; óleo sobre tela
  34. 34. ? Bruno V.

×