Geografia Urbana<br />Aula 07<br />
Pereira Passos 1902-1906 – Períodoemquefoiprefeito do Rio de Janeiro<br />No início do século XX, o Rio de Janeiro passava...
Na ocasião em que Pereira Passos assume a Prefeitura da cidade, o Rio de Janeiro, com sua estrutura de cidade colonial, po...
No centro do Rio de janeiro – a Cidade Velha e adjacências – eclodiam habitações coletivas insalubres <br />Cortiços , epi...
A reforma urbana de Pereira Passos, marcou o período conhecido popularmente como “Bota-abaixo”, visou o<br /><ul><li>sanea...
O Rio de Janeiro passaria a figurar como cidade moderna e Cosmoplita. </li></li></ul><li>promoveu uma grande reforma urban...
Avenida Central, a esquerdaTeatroNacionall, a direiraEscolaNacional de BelasArtes. Foto Mac Ferrez- 1909.Fonte: http://pt....
Apesar das melhorias sanitárias e urbanísticas, o plano de Pereira Passos implicou alto custo social, com o início das for...
A partir destas demolições, a população pobre do centro da cidade se viu obrigada a morar com outras famílias, a pagar alt...
Parte considerável da imensa população atingida pela remodelação permanece na região e os morros situados no centro da cid...
Na Paris do século XIX, posteriormente à revolução burguesa, ocorreu o que a história nomeou “haussmannização”, o projeto ...
expulsaria seus antigos moradores centrais de classe trabalhadora, para a periferia, a partir da verdadeira demolição das ...
 Ergue-se a homogeneizadora Paris sobre os escombros da antiga, futuramente apagando-a da memória histórica junto das corr...
Após a remodelação de Paris, formas de inssurreições iriam cessar devido a geometria das ruas, antes sinuosas e estreitas ...
Boulevar Haussmann – Paris.http://pt.wikipedia.org/wiki/Georges-Eugène_HaussmannAcessoem 13 de setembro de 2011.<br />
A palavra francesa boulevard originalmente se referia ao topo reto (passarela) dos muros das cidades medievais.<br />Exist...
Vários boulevares parisienses substituíram velhos muros medievais,<br />Contudo,boulevares pode ser tanto as ruas largas q...
 Nos Estados Unidos apalavra "boulevard" foi desvirtuada para se adaptar ao conceito de estradas de rodagem, o principal e...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Geo Urb 7.pptx

508 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
508
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
29
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
13
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Geo Urb 7.pptx

  1. 1. Geografia Urbana<br />Aula 07<br />
  2. 2. Pereira Passos 1902-1906 – Períodoemquefoiprefeito do Rio de Janeiro<br />No início do século XX, o Rio de Janeiro passava por graves problemas sociais, decorrentes, em grande parte de seu rápido e desordenado crescimento, alavancado pela imigração européia e pela transição do trabalho escravo para o trabalho livre.<br />
  3. 3. Na ocasião em que Pereira Passos assume a Prefeitura da cidade, o Rio de Janeiro, com sua estrutura de cidade colonial, possuía quase um milhão de habitantes carentes de transporte, abastecimento de água, rede de esgotos, programas de saúde e segurança.<br />
  4. 4. No centro do Rio de janeiro – a Cidade Velha e adjacências – eclodiam habitações coletivas insalubres <br />Cortiços , epidemias de febre amarela, cólera, varíola;<br />Título de Cidade da Morte para o Rio de Janeiro <br />
  5. 5. A reforma urbana de Pereira Passos, marcou o período conhecido popularmente como “Bota-abaixo”, visou o<br /><ul><li>saneamento, o urbanismo, o embelezamento.
  6. 6. O Rio de Janeiro passaria a figurar como cidade moderna e Cosmoplita. </li></li></ul><li>promoveu uma grande reforma urbanística na cidade, com o objetivo de transformá-la numa capital nos moldes franceses.<br />Inspirado nas reformas de Haussmann, em quatro anos Pereira Passos transformou a aparência da cidade: aos cortiços (locais serviam de moradia para aqueles que não seriam benquistos na "cidade higienizada") e às ruas estreitas e escuras, sobrevieram grandes bulevares.<br />
  7. 7. Avenida Central, a esquerdaTeatroNacionall, a direiraEscolaNacional de BelasArtes. Foto Mac Ferrez- 1909.Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Francisco_Pereira_Passos. Acesso em 13 de setembro de 2011.<br />
  8. 8. Apesar das melhorias sanitárias e urbanísticas, o plano de Pereira Passos implicou alto custo social, com o início das formações de favelas na cidade.<br />A reforma promoveu uma grande valorização do solo na área central, ainda ocupada parcialmente pela população de baixa renda. Cerca de 1.600 velhos prédios residenciais foram demolidos. <br />
  9. 9. A partir destas demolições, a população pobre do centro da cidade se viu obrigada a morar com outras famílias, a pagar altos aluguéis ou a mudar-se para os subúrbios, uma vez que foram insuficientes as habitações populares construídas em substituição às demolidas.<br />
  10. 10. Parte considerável da imensa população atingida pela remodelação permanece na região e os morros situados no centro da cidade passam a ser largamente ocupados, dando origem as favelas que marcarão o século XX.<br />
  11. 11. Na Paris do século XIX, posteriormente à revolução burguesa, ocorreu o que a história nomeou “haussmannização”, o projeto de modernização e embelezamento estratégico da cidade realizado pelo Barão de Haussmann, seu “artista demolidor”, que pretendia, além de tornar a cidade mais bela e imponente, cessar com as barricadas, insurreições e combates populares muito recorrentes na época. <br />
  12. 12. expulsaria seus antigos moradores centrais de classe trabalhadora, para a periferia, a partir da verdadeira demolição das ruas e construções antigas da cidade para uma nova organização geométrica de casas e comércios idênticos.<br />
  13. 13. Ergue-se a homogeneizadora Paris sobre os escombros da antiga, futuramente apagando-a da memória histórica junto das correntes guerras civis e influenciando a modernização de outras tantas metrópoles a partir do século XIX .<br />
  14. 14. Após a remodelação de Paris, formas de inssurreições iriam cessar devido a geometria das ruas, antes sinuosas e estreitas que possibilitavam a luta frente a frente entre civis e militares, e depois largas e retas, possibilitando então o uso de canhões, que massacrariam as revoltas populares.<br />
  15. 15. Boulevar Haussmann – Paris.http://pt.wikipedia.org/wiki/Georges-Eugène_HaussmannAcessoem 13 de setembro de 2011.<br />
  16. 16. A palavra francesa boulevard originalmente se referia ao topo reto (passarela) dos muros das cidades medievais.<br />Existem também versões de que a palavra origina-se da expressão francesa Boule Verte, que significa Bola ou pedaço Verde, tal explicação vem das inúmeras folhas verdes que caiam das árvores plantadas nas laterais das avenidas.<br />
  17. 17. Vários boulevares parisienses substituíram velhos muros medievais,<br />Contudo,boulevares pode ser tanto as ruas largas que circulam nos centros das cidades, como as avenidas que irradiam dos centros.<br />Boulevard é, tambémo termo utilizado para descrever vias de tráfego elegantemente amplas.<br />
  18. 18. Nos Estados Unidos apalavra "boulevard" foi desvirtuada para se adaptar ao conceito de estradas de rodagem, o principal elemento das cidades estadunidenses.<br />Boulevares, deste modo, nos EUA significam estradas arteriais, ou estradas simples.<br />

×