John Locke e a Ciência Política 
Resumo 
John Locke nasceu em Wrington (Inglaterra) e foi um importante filósofo inglês e ...
Abstract 
John Locke was born in Wrington (England) and was an important English philosopher and 
ideologue of liberalism,...
FORMATAR DAQUI PRA BAIXO 
Introdução 
Locke nasceu numa aldeia inglesa, filho de um pequeno proprietário de terras. Estudo...
mente é uma tabula rasa - expressão latina que tem o sentido de "folha em branco".7 Isto 
significa que todas as pessoas n...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Artigo sobre John locke (Ciência Política)

368 visualizações

Publicada em

Publicada em: Direito
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
368
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Artigo sobre John locke (Ciência Política)

  1. 1. John Locke e a Ciência Política Resumo John Locke nasceu em Wrington (Inglaterra) e foi um importante filósofo inglês e ideólogo do liberalismo, sendo considerado o principal representante do empirismo britânico e um dos principais teóricos do contrato social. Ele estudou medicina, ciências naturais e filosofia em Oxford e, em 1683, fugiu para os Países Baixos. Voltou à Inglaterra quando Guilherme de Orange subiu ao trono, em 1688. Locke faleceu em 28 de outubro de 1704, aos 72 anos e nunca se casou ou teve filhos. Locke rejeitava o princípio de que as ideias nasciam conosco e afirmava que todas as nossas ideias eram originadas do que percebíamos pelos sentidos. Locke foi o primeiro a definir o “si mesmo” através de uma continuidade de consciência. Ele criou a teoria da “Tábula Rasa” na qual dizia que a mente era uma lousa em branco. Ele escreveu o “Ensaio acerca do Entendimento Humano”, onde desenvolve sua teoria sobre a origem e a natureza do conhecimento. Seus ideais auxiliaram na extinção do absolutismo na Inglaterra. Ele dizia que, ao nascermos, todos tínhamos direitos naturais (direito à vida, à liberdade e à propriedade), e, para que pudesse ser garantido a nós esses direitos, foram criados os governos. Entretanto, se o governo não cumprisse com suas obrigações, se não respeitassem nossos direitos, nós tínhamos o direito de nos revoltar contra eles. Locke também dedicou-se à filosofia política. No “Primeiro Tratado sobre o Governo Civil”, ele critica a tradição em que se afirmava o direito divino dos reis, pois declarava que a vida politica era invenção humana, e que não tinha dependência com as questões divinas. No “Segundo Tratado sobre o Governo Civil”, expõe sua teoria do Estado liberal e a propriedade privada (Contrato Social). Locke defendeu a separação da Igreja do Estado e a liberdade religiosa, tendo um forte oposição da igreja católica por essas ideias. Para ele, o poder devia ser dividido em três: Executivo, Legislativo e Judiciário. De acordo com sua visão, o Poder Legislativo era o mais importante, pois representava o povo. Palavras-chave: Locke, Política, Poderes, Contrato Social
  2. 2. Abstract John Locke was born in Wrington (England) and was an important English philosopher and ideologue of liberalism, he is considered the main representative of British empiricism and one of the leading theorists of social contract. He studied medicine, natural sciences and philosophy at Oxford and in 1683 fled to the Netherlands. He returned to England when William of Orange came to the throne in 1688. Locke died on October 28, 1704, at age 72 and never married or had children. Locke rejected the principle that ideas born with us and said that all our ideas were originated from we perceived by the senses. Locke was the first to define the "self" through a continuity of consciousness. He created the theory of "Tabula Rasa" in which he said that the mind was a blank slate. He wrote the "Essay Concerning Human Understanding", where he develops his theory of the origin and nature of knowledge. His ideals helped in the extinction of absolutism in England. He said that when we are born, we all had natural rights (right to life, liberty and property), and so that we could be guaranteed these rights, governments were created. However, if the government did not fulfill its obligations, if not respect our rights, we had the right to rebel against them. Locke also devoted himself to political philosophy. In the "First Treatise on Civil Government", he criticizes the tradition in which it was claimed the divine right of kings, it stated that political life was human invention, and that it had no dependence on divine matters. In "Second Treatise on Civil Government", he exposes his theory of the liberal state and private property (Social Contract). Locke advocated the separation of church and state and religious freedom, having a strong opposition from the Catholic Church by these ideas. For him, the power should be divided into three: executive, legislative and judiciary. According to his view, the legislature was the most important as it represented the people. Keywords: Locke, Politics, Powers, Social Contract.
  3. 3. FORMATAR DAQUI PRA BAIXO Introdução Locke nasceu numa aldeia inglesa, filho de um pequeno proprietário de terras. Estudou na escola de Westminster e em Oxford, que seria seu lar por mais de 30 anos. Os estudos tradicionais da universidade não o satisfaziam, mas aplicou-se. Foi admitido na Sociedade Real de Londres, a academia científica, em 1668, para estudar medicina: graduou-se seis anos depois, mas sem o título de doutor. A maior parte de sua obra se caracteriza pela oposição ao autoritarismo, em todos os níveis: individual, político e religioso. Acreditava em usar a razão para obter a verdade e determinar a legitimidade das instituições sociais. A influencia de John Locke é costumeiramente separada em três áreas de atuação: Na Filosofia, construiu a teoria do conhecimentos, uma ideia inovadora que investigou a maneira como a mente trabalha ao captar e traduzir o mundo exterior; na Educação, conceituou em diversas maneiras as teorias de aprendizado e desenvolvimento e suas ramificações, e teve grande repercussão na sociedade emergente da época; e na Política, onde sabemos que foi o pai do liberalismo, na criação de dois tratados governamentais que ajudaram a destruir o absolutismo na Inglaterra e implantou a monarquia parlamentarista, inspiraram a Constituição dos Estados Unidos e previram as ideias iluministas. Inatismo As investigações de Locke os levaram Mas essas três vertentes não são estanques. A grande e duradoura importância de Locke para a história do pensamento está no entrecruzamento de suas áreas de estudo. Assim, a defesa da liberdade individual, que ocupa lugar central na doutrina política lockiana, encontra correspondência na prioridade que ele confere, no campo da educação, ao desenvolvimento de um pensamento próprio pela criança. E suas investigações sobre o conhecimento o levaram a conceber um aprendizado coerente com sua mais famosa afirmação: a mente humana é tabula rasa, expressão latina análoga à idéia de uma tela em branco. "A razão, inicialmente, encontra-se apenas em potência na criança", diz Clenio Lago, da Universidade do Oeste de Santa Catarina. Locke é considerado o protagonista do empirismo. Nega as ideias inatas, afirmando que a
  4. 4. mente é uma tabula rasa - expressão latina que tem o sentido de "folha em branco".7 Isto significa que todas as pessoas nascem sem saber absolutamente nada e que aprendem pela experiência, pela tentativa e erro. Esta é considerada a fundação do "behaviorismo". Referencias https://www.google.com.br/? gfe_rd=cr&ei=bEVoU8GZHaTA8gfWzoDABw#q=a+importancia+de+john+locke+na+filoso fia http://pt.slideshare.net/frfaustinofm/critica-ao-inatismo-jonh-locke#btnNext http://www.consciencia.org/temas/locke http://educacao.uol.com.br/biografias/john-locke.jhtm http://pt.wikipedia.org/wiki/John_Locke http://www.consciencia.org/lockepedro.shtml http://revistaescola.abril.com.br/historia/pratica-pedagogica/explorador-entendimento-humano- 423338.shtml?page=1 http://www.consciencia.org/resenha_locke.shtml http://pt.shvoong.com/humanities/469791-artigo-john-locke/ ESSE DE BAIXO NAO É REFERENCIA É O MANUAL DE ARTIGO DA ABNT SÓ PARA USAR COMO AJUDA NA PREPARAÇÃO DA PORRA DO ARTIGO QUE A PORRA DO PROFESSOR FILHO DA MAE PASSOU http://www.uninove.br/PDFs/Biblioteca/Manual%20Artigo%20ABNT.pdf

×