JOHN LOCKE
Foi um filósofo inglês e ideólogo do liberalismo.
1632-1704
Locke estudou medicina, ciências
naturais e filosofia em Oxford.
Locke é considerado o protagonista do empirismo.
Nega as ideias inatas, afirmando que a mente é
uma tabula rasa - expressã...
Locke escreveu o Ensaio acerca do Entendimento
Humano, onde desenvolve sua teoria sobre a origem e
a natureza do conhecime...
Embora defendesse que todos os homens fossem
iguais, foi um defensor da escravidão. Não relacionava
a escravidão à raça, m...
Para Locke, o poder deveria ser dividido
em três: Executivo, Legislativo e
Judiciário. De acordo com sua visão, o
Poder Le...
* Cartas sobre a tolerância (1689)
* Dois Tratados sobre o governo (1689)
* Ensaio a cerca do entendimento humano (1690)
*...
"Não se revolta um povo inteiro a não ser
que a opressão seja geral."
"A leitura fornece conhecimento à
mente. O pensament...
Assim como Hobbes e Rousseau, Locke defendeu
as ideias dos direitos naturais (Homem
Jusnaturalismo). O jusnaturalismo seri...
O pensamento de Locke sobre o conhecimento foi
uma grande contribuição para filósofos posteriores
que se dedicaram a mesma...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

John locke (Rafaela Santos)

1.546 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

John locke (Rafaela Santos)

  1. 1. JOHN LOCKE Foi um filósofo inglês e ideólogo do liberalismo. 1632-1704
  2. 2. Locke estudou medicina, ciências naturais e filosofia em Oxford.
  3. 3. Locke é considerado o protagonista do empirismo. Nega as ideias inatas, afirmando que a mente é uma tabula rasa - expressão latina que tem o sentido de "folha em branco“.
  4. 4. Locke escreveu o Ensaio acerca do Entendimento Humano, onde desenvolve sua teoria sobre a origem e a natureza do conhecimento. Suas ideias ajudaram a derrubar o absolutismo na Inglaterra.
  5. 5. Embora defendesse que todos os homens fossem iguais, foi um defensor da escravidão. Não relacionava a escravidão à raça, mas sim aos vencidos na guerra. De acordo com Locke, os inimigos e capturados na guerra poderiam ser mortos, mas como suas vidas são mantidas, devem trocar a liberdade pela escravidão.
  6. 6. Para Locke, o poder deveria ser dividido em três: Executivo, Legislativo e Judiciário. De acordo com sua visão, o Poder Legislativo, por representar o povo, era o mais importante. Locke criticou a teoria do direito divino dos reis, formulada pelo filósofo Thomas Hobbes. Para Locke, a soberania não reside no Estado, mas sim na população. Embora admitisse a supremacia do Estado, Locke dizia que este deve respeitar as leis natural e civil. Thomas Hobbes
  7. 7. * Cartas sobre a tolerância (1689) * Dois Tratados sobre o governo (1689) * Ensaio a cerca do entendimento humano (1690) * Pensamentos sobre a educação (1693)
  8. 8. "Não se revolta um povo inteiro a não ser que a opressão seja geral." "A leitura fornece conhecimento à mente. O pensamento incorpora o que lemos". "As ações dos seres humanos são as melhores intérpretes de seus pensamentos".
  9. 9. Assim como Hobbes e Rousseau, Locke defendeu as ideias dos direitos naturais (Homem Jusnaturalismo). O jusnaturalismo seriam direitos do ser humano Direito a Vida Liberdade Propiedade
  10. 10. O pensamento de Locke sobre o conhecimento foi uma grande contribuição para filósofos posteriores que se dedicaram a mesma temática. Por mais que as conclusões que se tenham chegado até hoje tenham uma grande validade, há ainda a necessidade de continuar-se investigando com empenho e dedicação.

×