SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 18
Baixar para ler offline
A QUESTÃO AMBIENTAL
Prof. Douglas Gregorio
Nesta aula:
Industrialização, metrópoles e meio
ambiente.
As grandes reuniões e os compromissos
internacionais.

Sustentabilidade – conceito.
Até a década de 1980, a grande ameaça da humanidade era a
GUERRA NUCLEAR.
Com o fim dos regimes socialistas no final desta década, a
humanidade respirou aliviada... mas nem tanto.
UMA NOVA AMEAÇA, NÃO TÃO NOVA ASSIM, TORNOU-SE O CENTRO
DAS ATENÇÕES.
A DEGRADAÇÃO DO
MEIO AMBIENTE.
Como bem sabemos, a Revolução Industrial
no século XIX deu origem às grandes
metrópoles, um fato inédito na história da
humanidade.
Com as indústrias, a população, antes dispersa
pelo cenário rural, concentrou-se no espaço
urbano, gerando grandes conglomerados
populacionais: as metrópoles.
Com o desenvolvimento
da medicina, da
farmacologia e com a
melhoria das condições de
vida, a longevidade
aumentou juntamente Resultado: EXPLOSÃO POPULACIONAL.
com os nascimentos e a
Em março de 2011:
diminuição dos óbitos.
- Nascimentos por minuto: 260.
- Mortes por minuto: 100.
- 160 novos lugares são necessários a
cada minuto.

- População mundial: 6.818.877.800 à
zero hora de 01/03/2011 (aprox.).
Fonte: poodwaddle.com/worldclock
A cidade de São Paulo produz cerca de 50.000
litros de esgoto POR SEGUNDO e 12 mil toneladas
de lixo POR DIA... sem falar da poluição do ar...
Fontes: Balanço Social TV Cultura e IstoÉ Dinheiro - julho 2010.
Hoje, entre petróleo, carvão e gás
natural, o carbono fóssil é
responsável por cerca de 80% da
produção de energia no mundo.
Os resíduos tóxicos resultantes Fonte: Min.
das Minas e Energia,
são os principais responsáveis Instituto de Estudos
Agrícolas apud:
pelo EFEITO ESTUFA.
biodieselbr.com
Derivado do
petróleo, o
PLÁSTICO, material
sintético de difícil
decomposição,
passou a ser
consumido em
escalas altíssimas.
ONU - PRIMEIRA CONFERÊNCIA MUNDIAL
SOBRE O HOMEM E O MEIO AMBIENTE
Estocolmo, Suécia, 1972

Ocorreram significativos avanços nos debates sobre a questão
ambiental, porém, os interesses do “desenvolvimento a qualquer
custo” impediram acordos práticos entre os países desenvolvidos e
subdesenvolvidos, já que a proposta era limitar a industrialização.
ONU – PROTOCOLO DE MONTREAL
CANADÁ, 1987.
150 países aderiram a um compromisso de
reduzir a emissão de CFC para proteger a
camada de ozônio, evitando assim alterações
climáticas desastrosas.
ONU – SEGUNDA CONFERÊNCIA MUNDIAL SOBRE
O HOMEM E O MEIO AMBIENTE
Rio de Janeiro, Brasil, 1992 – ECO 92

Ocorreram avanços com relação à reunião anterior, porém,
impasses permaneceram na questão de interesses diferentes entre
países desenvolvidos e subdesenvolvidos. Foi criado o conceito de
SUSTENTABILIDADE.
ONU – PROTOCOLO DE KYOTO, JAPÃO, 1997 – 1999.
Acordo internacional pela redução de gases poluentes
causadores do EFEITO ESTUFA.
Criou-se um plano e prazos com uma série de medidas severas,
entre elas a substituição gradativa do petróleo pela biomassa
como base dos combustíveis.

Avanço no acordo entre países desenvolvidos e em
desenvolvimento; estes estão temporariamente dispensados das
medidas antipoluentes.
Somente os ESTADOS UNIDOS recusaram-se a assinar, por
interesses dos produtores de petróleo daquele país.
SUSTENTABILIDADE – O QUE É?
Um projeto ou empreendimento só é considerado
sustentável, ou seja, justifica-se e vale a pena, se
contemplar três fatores:
- O ECONÔMICO – visa lucratividade com distribuição
de riqueza?
- O SOCIAL – respeita a diversidade cultural e eleva a
qualidade de vida?
- O AMBIENTAL – não agride o meio ambiente?
Para refletir:
Um simples papelzinho de bala... jogado no chão... imagine se cada
habitante da Grande São Paulo chupar uma única bala diariamente,
e jogar a embalagem na sarjeta.
E o que dizer então sobre o fato de que UM MILHÃO DE
SACOLINHAS PLÁSTICAS são consumidas POR MINUTO no mundo?!
(Fonte: Folha de Pernambuco, 27.07.2009)
Produção e texto: prof.
Douglas Gregorio.
Imagens: Corbis e Google.
Grupo de pesquisas
CIBERNÉTICA PEDAGÓGICA.
LLD – Laboratório de
Linguagens Digitais.

Escola de Comunicações e
Artes da Universidade de São
Paulo – ECA – USP.
Março de 2011.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (20)

Economia global
Economia globalEconomia global
Economia global
 
Aula 01: Água x Recursos Hídricos
Aula 01: Água x Recursos HídricosAula 01: Água x Recursos Hídricos
Aula 01: Água x Recursos Hídricos
 
Relação entre sociedade e natureza
Relação entre sociedade e naturezaRelação entre sociedade e natureza
Relação entre sociedade e natureza
 
Tipos de indústria
Tipos de indústriaTipos de indústria
Tipos de indústria
 
Desenvolvimento Sustentável
Desenvolvimento SustentávelDesenvolvimento Sustentável
Desenvolvimento Sustentável
 
Desenvolvimento Sustentavel
Desenvolvimento SustentavelDesenvolvimento Sustentavel
Desenvolvimento Sustentavel
 
Modulo 08 - Problemas Ambientais Urbanos
Modulo 08 - Problemas Ambientais UrbanosModulo 08 - Problemas Ambientais Urbanos
Modulo 08 - Problemas Ambientais Urbanos
 
Desenvolvimento Sustentavel
Desenvolvimento SustentavelDesenvolvimento Sustentavel
Desenvolvimento Sustentavel
 
A geografia e a organização do espaço
A geografia e a organização do espaço   A geografia e a organização do espaço
A geografia e a organização do espaço
 
Impactos ambientais intensivo
Impactos ambientais intensivoImpactos ambientais intensivo
Impactos ambientais intensivo
 
Desenvolvimento Sustentável
Desenvolvimento SustentávelDesenvolvimento Sustentável
Desenvolvimento Sustentável
 
ALGUNS INDICADORES SOCIAIS
ALGUNS INDICADORES SOCIAISALGUNS INDICADORES SOCIAIS
ALGUNS INDICADORES SOCIAIS
 
Questão Ambiental
Questão AmbientalQuestão Ambiental
Questão Ambiental
 
Urbanização brasileira
Urbanização brasileiraUrbanização brasileira
Urbanização brasileira
 
Impacto ambiental
Impacto ambientalImpacto ambiental
Impacto ambiental
 
Agricultura no Brasil
Agricultura no BrasilAgricultura no Brasil
Agricultura no Brasil
 
Modulo 11 - O modo de produção industrial
Modulo 11 - O modo de produção industrialModulo 11 - O modo de produção industrial
Modulo 11 - O modo de produção industrial
 
01 geopolítica
01 geopolítica01 geopolítica
01 geopolítica
 
Conflitos Territoriais
Conflitos TerritoriaisConflitos Territoriais
Conflitos Territoriais
 
Globalização
GlobalizaçãoGlobalização
Globalização
 

Destaque

História da questão ambiental
História da questão ambientalHistória da questão ambiental
História da questão ambientaldemervalm
 
As principais questões ambientais que o mundo enfrenta
As principais questões ambientais que o mundo enfrentaAs principais questões ambientais que o mundo enfrenta
As principais questões ambientais que o mundo enfrentakukunimade
 
Aula 3 - A questão ambiental
Aula 3 - A questão ambientalAula 3 - A questão ambiental
Aula 3 - A questão ambientalMargarida MTG
 
Conferencias ambientais
Conferencias ambientaisConferencias ambientais
Conferencias ambientaisrsaloes
 
A questão ambiental - principais efeitos
A questão ambiental - principais efeitosA questão ambiental - principais efeitos
A questão ambiental - principais efeitosArtur Lara
 
Aula Geografia QuestäEs Ambientais
Aula Geografia QuestäEs AmbientaisAula Geografia QuestäEs Ambientais
Aula Geografia QuestäEs AmbientaisPedro Ferraz'
 
Principais Tratados Ambientais
Principais Tratados AmbientaisPrincipais Tratados Ambientais
Principais Tratados Ambientaisciacinco
 
As grandes conferências internacionais
As grandes conferências internacionaisAs grandes conferências internacionais
As grandes conferências internacionaisAlmir
 
Apres.conferencias.ambientais
Apres.conferencias.ambientaisApres.conferencias.ambientais
Apres.conferencias.ambientaisAlbano Novaes
 
A questao ambiental
A questao ambientalA questao ambiental
A questao ambientalrdbtava
 
Plano questão ambiental
Plano questão ambientalPlano questão ambiental
Plano questão ambientalMaria Bolina
 
NOVA ORDEM AMBIENTAL
NOVA ORDEM AMBIENTAL NOVA ORDEM AMBIENTAL
NOVA ORDEM AMBIENTAL Marcelo Dores
 
Políticas Ambientais e Sustentabilidade – Experiências de Fortaleza/CE - Ana...
Políticas Ambientais e Sustentabilidade  – Experiências de Fortaleza/CE - Ana...Políticas Ambientais e Sustentabilidade  – Experiências de Fortaleza/CE - Ana...
Políticas Ambientais e Sustentabilidade – Experiências de Fortaleza/CE - Ana...forumsustentar
 
As conferências em defesa do meio ambiente
As conferências em defesa do meio ambienteAs conferências em defesa do meio ambiente
As conferências em defesa do meio ambienteWesley Torres
 
Conferência das nações unidas sobre o meio ambiente
Conferência das nações unidas sobre o meio ambienteConferência das nações unidas sobre o meio ambiente
Conferência das nações unidas sobre o meio ambienteColégio Planeta Educacional
 
Acordos internacionais ambientais sobre meio ambiente e desenvolvimento suste...
Acordos internacionais ambientais sobre meio ambiente e desenvolvimento suste...Acordos internacionais ambientais sobre meio ambiente e desenvolvimento suste...
Acordos internacionais ambientais sobre meio ambiente e desenvolvimento suste...Almir Caputo
 

Destaque (20)

História da questão ambiental
História da questão ambientalHistória da questão ambiental
História da questão ambiental
 
As principais questões ambientais que o mundo enfrenta
As principais questões ambientais que o mundo enfrentaAs principais questões ambientais que o mundo enfrenta
As principais questões ambientais que o mundo enfrenta
 
Aula 3 - A questão ambiental
Aula 3 - A questão ambientalAula 3 - A questão ambiental
Aula 3 - A questão ambiental
 
Conferencias ambientais
Conferencias ambientaisConferencias ambientais
Conferencias ambientais
 
A questão ambiental - principais efeitos
A questão ambiental - principais efeitosA questão ambiental - principais efeitos
A questão ambiental - principais efeitos
 
Aula Geografia QuestäEs Ambientais
Aula Geografia QuestäEs AmbientaisAula Geografia QuestäEs Ambientais
Aula Geografia QuestäEs Ambientais
 
Educação Ambiental
Educação AmbientalEducação Ambiental
Educação Ambiental
 
Conferencias ambientais-e-cops.
Conferencias ambientais-e-cops.Conferencias ambientais-e-cops.
Conferencias ambientais-e-cops.
 
Principais Tratados Ambientais
Principais Tratados AmbientaisPrincipais Tratados Ambientais
Principais Tratados Ambientais
 
As grandes conferências internacionais
As grandes conferências internacionaisAs grandes conferências internacionais
As grandes conferências internacionais
 
Apres.conferencias.ambientais
Apres.conferencias.ambientaisApres.conferencias.ambientais
Apres.conferencias.ambientais
 
Questões ambientais
Questões ambientaisQuestões ambientais
Questões ambientais
 
A questao ambiental
A questao ambientalA questao ambiental
A questao ambiental
 
Problemas Ambientais
Problemas AmbientaisProblemas Ambientais
Problemas Ambientais
 
Plano questão ambiental
Plano questão ambientalPlano questão ambiental
Plano questão ambiental
 
NOVA ORDEM AMBIENTAL
NOVA ORDEM AMBIENTAL NOVA ORDEM AMBIENTAL
NOVA ORDEM AMBIENTAL
 
Políticas Ambientais e Sustentabilidade – Experiências de Fortaleza/CE - Ana...
Políticas Ambientais e Sustentabilidade  – Experiências de Fortaleza/CE - Ana...Políticas Ambientais e Sustentabilidade  – Experiências de Fortaleza/CE - Ana...
Políticas Ambientais e Sustentabilidade – Experiências de Fortaleza/CE - Ana...
 
As conferências em defesa do meio ambiente
As conferências em defesa do meio ambienteAs conferências em defesa do meio ambiente
As conferências em defesa do meio ambiente
 
Conferência das nações unidas sobre o meio ambiente
Conferência das nações unidas sobre o meio ambienteConferência das nações unidas sobre o meio ambiente
Conferência das nações unidas sobre o meio ambiente
 
Acordos internacionais ambientais sobre meio ambiente e desenvolvimento suste...
Acordos internacionais ambientais sobre meio ambiente e desenvolvimento suste...Acordos internacionais ambientais sobre meio ambiente e desenvolvimento suste...
Acordos internacionais ambientais sobre meio ambiente e desenvolvimento suste...
 

Semelhante a Questão ambiental.

Histórico da interferência humana nos ecossistemas e Conferências sobre o mei...
Histórico da interferência humana nos ecossistemas e Conferências sobre o mei...Histórico da interferência humana nos ecossistemas e Conferências sobre o mei...
Histórico da interferência humana nos ecossistemas e Conferências sobre o mei...Rogério Bartilotti
 
Aquecimento global
Aquecimento globalAquecimento global
Aquecimento globalMayjö .
 
Conferencias Do Clima
Conferencias Do ClimaConferencias Do Clima
Conferencias Do Climavallmachado
 
Proteção, controlo e gestão ambiental para o desenvolvimento sustentável.pptx
Proteção, controlo e gestão ambiental para o desenvolvimento sustentável.pptxProteção, controlo e gestão ambiental para o desenvolvimento sustentável.pptx
Proteção, controlo e gestão ambiental para o desenvolvimento sustentável.pptxbilabilu1
 
Direito ambiental _aula_2__slides
Direito ambiental _aula_2__slidesDireito ambiental _aula_2__slides
Direito ambiental _aula_2__slidesLuis Olavo
 
O Acordo de Paris por Jorge Moreira - Revista O Instalador jan fev 2016
O Acordo de Paris por Jorge Moreira - Revista O Instalador jan fev 2016O Acordo de Paris por Jorge Moreira - Revista O Instalador jan fev 2016
O Acordo de Paris por Jorge Moreira - Revista O Instalador jan fev 2016Jorge Moreira
 
Aula 6 histórico movimentos ambientais e desenvolvimento sustentável
Aula 6 histórico movimentos ambientais e desenvolvimento sustentávelAula 6 histórico movimentos ambientais e desenvolvimento sustentável
Aula 6 histórico movimentos ambientais e desenvolvimento sustentávelcrislcardoso
 
Aula 11 aquecimento global
Aula 11 aquecimento globalAula 11 aquecimento global
Aula 11 aquecimento globalJeysiane Nunes
 
Mudanças - Acordos internacionais 20230517.pptx
Mudanças - Acordos internacionais 20230517.pptxMudanças - Acordos internacionais 20230517.pptx
Mudanças - Acordos internacionais 20230517.pptxErica Dos Anjos
 
Cp12 conferencias ambientais
Cp12 conferencias ambientaisCp12 conferencias ambientais
Cp12 conferencias ambientaisTiago Tomazi
 
Consciência Ecológica
Consciência Ecológica Consciência Ecológica
Consciência Ecológica Hellen Freitas
 

Semelhante a Questão ambiental. (20)

Meio Ambiente
Meio AmbienteMeio Ambiente
Meio Ambiente
 
Histórico da interferência humana nos ecossistemas e Conferências sobre o mei...
Histórico da interferência humana nos ecossistemas e Conferências sobre o mei...Histórico da interferência humana nos ecossistemas e Conferências sobre o mei...
Histórico da interferência humana nos ecossistemas e Conferências sobre o mei...
 
A crise ambiental - Seminário Integrado - CCTA
A crise ambiental - Seminário Integrado - CCTAA crise ambiental - Seminário Integrado - CCTA
A crise ambiental - Seminário Integrado - CCTA
 
Planeta.em.perigo (guardado automaticamente)
Planeta.em.perigo (guardado automaticamente)Planeta.em.perigo (guardado automaticamente)
Planeta.em.perigo (guardado automaticamente)
 
Aquecimento global
Aquecimento globalAquecimento global
Aquecimento global
 
Meio ambiente e sustentabilidade aula
Meio ambiente e sustentabilidade aulaMeio ambiente e sustentabilidade aula
Meio ambiente e sustentabilidade aula
 
Slides aquecimento global
Slides aquecimento global   Slides aquecimento global
Slides aquecimento global
 
Conferencias Do Clima
Conferencias Do ClimaConferencias Do Clima
Conferencias Do Clima
 
Proteção, controlo e gestão ambiental para o desenvolvimento sustentável.pptx
Proteção, controlo e gestão ambiental para o desenvolvimento sustentável.pptxProteção, controlo e gestão ambiental para o desenvolvimento sustentável.pptx
Proteção, controlo e gestão ambiental para o desenvolvimento sustentável.pptx
 
Direito ambiental _aula_2__slides
Direito ambiental _aula_2__slidesDireito ambiental _aula_2__slides
Direito ambiental _aula_2__slides
 
O Acordo de Paris por Jorge Moreira - Revista O Instalador jan fev 2016
O Acordo de Paris por Jorge Moreira - Revista O Instalador jan fev 2016O Acordo de Paris por Jorge Moreira - Revista O Instalador jan fev 2016
O Acordo de Paris por Jorge Moreira - Revista O Instalador jan fev 2016
 
Meio ambiente
Meio ambienteMeio ambiente
Meio ambiente
 
Aula 6 histórico movimentos ambientais e desenvolvimento sustentável
Aula 6 histórico movimentos ambientais e desenvolvimento sustentávelAula 6 histórico movimentos ambientais e desenvolvimento sustentável
Aula 6 histórico movimentos ambientais e desenvolvimento sustentável
 
Aula 11 aquecimento global
Aula 11 aquecimento globalAula 11 aquecimento global
Aula 11 aquecimento global
 
Mudanças - Acordos internacionais 20230517.pptx
Mudanças - Acordos internacionais 20230517.pptxMudanças - Acordos internacionais 20230517.pptx
Mudanças - Acordos internacionais 20230517.pptx
 
Trabalho de geografia
Trabalho de geografiaTrabalho de geografia
Trabalho de geografia
 
Eco 92
Eco   92Eco   92
Eco 92
 
Cp12 conferencias ambientais
Cp12 conferencias ambientaisCp12 conferencias ambientais
Cp12 conferencias ambientais
 
Consciência Ecológica
Consciência Ecológica Consciência Ecológica
Consciência Ecológica
 
Página 01
Página 01Página 01
Página 01
 

Mais de Douglas Gregorio

Mais de Douglas Gregorio (20)

MOOC - o que é?
MOOC - o que é?MOOC - o que é?
MOOC - o que é?
 
A Cultura Underground.
A Cultura Underground.A Cultura Underground.
A Cultura Underground.
 
Micromacroeconomia.
Micromacroeconomia.Micromacroeconomia.
Micromacroeconomia.
 
A Virtude.
A Virtude.A Virtude.
A Virtude.
 
A Revolução Digital.
A Revolução Digital.A Revolução Digital.
A Revolução Digital.
 
A sociedade em rede.
A sociedade em rede.A sociedade em rede.
A sociedade em rede.
 
Cultura, o que é.
Cultura, o que é.Cultura, o que é.
Cultura, o que é.
 
Conflitos mundiais.
Conflitos mundiais.Conflitos mundiais.
Conflitos mundiais.
 
Ciência, introdução.
Ciência, introdução.Ciência, introdução.
Ciência, introdução.
 
Sociologia, introdução.
Sociologia, introdução.Sociologia, introdução.
Sociologia, introdução.
 
Comunidade, sociologia.
Comunidade, sociologia.Comunidade, sociologia.
Comunidade, sociologia.
 
Conhecimento mítico
Conhecimento míticoConhecimento mítico
Conhecimento mítico
 
Subdesenvolvimento.
Subdesenvolvimento.Subdesenvolvimento.
Subdesenvolvimento.
 
A natureza humana.
A natureza humana. A natureza humana.
A natureza humana.
 
Walter Benjamin e o conceito de história.
Walter Benjamin e o conceito de história.Walter Benjamin e o conceito de história.
Walter Benjamin e o conceito de história.
 
Socialização
SocializaçãoSocialização
Socialização
 
Antropologia.
Antropologia.Antropologia.
Antropologia.
 
Marketing - análise ambiental - tecnologia e competitividade.
Marketing - análise ambiental - tecnologia e competitividade.Marketing - análise ambiental - tecnologia e competitividade.
Marketing - análise ambiental - tecnologia e competitividade.
 
Marketing - análise ambiental - ambiente social.
Marketing - análise ambiental - ambiente social.Marketing - análise ambiental - ambiente social.
Marketing - análise ambiental - ambiente social.
 
Marketing - análise ambiental - ambiente político e legal.
Marketing - análise ambiental - ambiente político e legal.Marketing - análise ambiental - ambiente político e legal.
Marketing - análise ambiental - ambiente político e legal.
 

Último

LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.HildegardeAngel
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREIVONETETAVARESRAMOS
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdfCarlosRodrigues832670
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira partecoletivoddois
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxGislaineDuresCruz
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxHlioMachado1
 
A população Brasileira e diferença de populoso e povoado
A população Brasileira e diferença de populoso e povoadoA população Brasileira e diferença de populoso e povoado
A população Brasileira e diferença de populoso e povoadodanieligomes4
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLaseVasconcelos1
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terraBiblioteca UCS
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxHenriqueLuciano2
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...nexocan937
 
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptxErivaldoLima15
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxconcelhovdragons
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 

Último (20)

LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
 
A população Brasileira e diferença de populoso e povoado
A população Brasileira e diferença de populoso e povoadoA população Brasileira e diferença de populoso e povoado
A população Brasileira e diferença de populoso e povoado
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
 
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 

Questão ambiental.

  • 1. A QUESTÃO AMBIENTAL Prof. Douglas Gregorio
  • 2. Nesta aula: Industrialização, metrópoles e meio ambiente. As grandes reuniões e os compromissos internacionais. Sustentabilidade – conceito.
  • 3. Até a década de 1980, a grande ameaça da humanidade era a GUERRA NUCLEAR. Com o fim dos regimes socialistas no final desta década, a humanidade respirou aliviada... mas nem tanto. UMA NOVA AMEAÇA, NÃO TÃO NOVA ASSIM, TORNOU-SE O CENTRO DAS ATENÇÕES.
  • 5. Como bem sabemos, a Revolução Industrial no século XIX deu origem às grandes metrópoles, um fato inédito na história da humanidade.
  • 6. Com as indústrias, a população, antes dispersa pelo cenário rural, concentrou-se no espaço urbano, gerando grandes conglomerados populacionais: as metrópoles.
  • 7. Com o desenvolvimento da medicina, da farmacologia e com a melhoria das condições de vida, a longevidade aumentou juntamente Resultado: EXPLOSÃO POPULACIONAL. com os nascimentos e a Em março de 2011: diminuição dos óbitos. - Nascimentos por minuto: 260. - Mortes por minuto: 100. - 160 novos lugares são necessários a cada minuto. - População mundial: 6.818.877.800 à zero hora de 01/03/2011 (aprox.). Fonte: poodwaddle.com/worldclock
  • 8. A cidade de São Paulo produz cerca de 50.000 litros de esgoto POR SEGUNDO e 12 mil toneladas de lixo POR DIA... sem falar da poluição do ar... Fontes: Balanço Social TV Cultura e IstoÉ Dinheiro - julho 2010.
  • 9. Hoje, entre petróleo, carvão e gás natural, o carbono fóssil é responsável por cerca de 80% da produção de energia no mundo. Os resíduos tóxicos resultantes Fonte: Min. das Minas e Energia, são os principais responsáveis Instituto de Estudos Agrícolas apud: pelo EFEITO ESTUFA. biodieselbr.com
  • 10. Derivado do petróleo, o PLÁSTICO, material sintético de difícil decomposição, passou a ser consumido em escalas altíssimas.
  • 11. ONU - PRIMEIRA CONFERÊNCIA MUNDIAL SOBRE O HOMEM E O MEIO AMBIENTE Estocolmo, Suécia, 1972 Ocorreram significativos avanços nos debates sobre a questão ambiental, porém, os interesses do “desenvolvimento a qualquer custo” impediram acordos práticos entre os países desenvolvidos e subdesenvolvidos, já que a proposta era limitar a industrialização.
  • 12. ONU – PROTOCOLO DE MONTREAL CANADÁ, 1987. 150 países aderiram a um compromisso de reduzir a emissão de CFC para proteger a camada de ozônio, evitando assim alterações climáticas desastrosas.
  • 13. ONU – SEGUNDA CONFERÊNCIA MUNDIAL SOBRE O HOMEM E O MEIO AMBIENTE Rio de Janeiro, Brasil, 1992 – ECO 92 Ocorreram avanços com relação à reunião anterior, porém, impasses permaneceram na questão de interesses diferentes entre países desenvolvidos e subdesenvolvidos. Foi criado o conceito de SUSTENTABILIDADE.
  • 14. ONU – PROTOCOLO DE KYOTO, JAPÃO, 1997 – 1999. Acordo internacional pela redução de gases poluentes causadores do EFEITO ESTUFA. Criou-se um plano e prazos com uma série de medidas severas, entre elas a substituição gradativa do petróleo pela biomassa como base dos combustíveis. Avanço no acordo entre países desenvolvidos e em desenvolvimento; estes estão temporariamente dispensados das medidas antipoluentes. Somente os ESTADOS UNIDOS recusaram-se a assinar, por interesses dos produtores de petróleo daquele país.
  • 15. SUSTENTABILIDADE – O QUE É? Um projeto ou empreendimento só é considerado sustentável, ou seja, justifica-se e vale a pena, se contemplar três fatores: - O ECONÔMICO – visa lucratividade com distribuição de riqueza? - O SOCIAL – respeita a diversidade cultural e eleva a qualidade de vida? - O AMBIENTAL – não agride o meio ambiente?
  • 16.
  • 17. Para refletir: Um simples papelzinho de bala... jogado no chão... imagine se cada habitante da Grande São Paulo chupar uma única bala diariamente, e jogar a embalagem na sarjeta. E o que dizer então sobre o fato de que UM MILHÃO DE SACOLINHAS PLÁSTICAS são consumidas POR MINUTO no mundo?! (Fonte: Folha de Pernambuco, 27.07.2009)
  • 18. Produção e texto: prof. Douglas Gregorio. Imagens: Corbis e Google. Grupo de pesquisas CIBERNÉTICA PEDAGÓGICA. LLD – Laboratório de Linguagens Digitais. Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo – ECA – USP. Março de 2011.