NOMES: Janaina, Raquel, Synara e
Vitor
N s: 09, 31, 22 e 25
Escola: Bernardino Ferreira da Cunha
Ano: 2 A
Prof : Eunice Ne...
BRASIL
O Brasil é o maior país da
América do Sul, e da região
da América Latina, sendo o
quinto maior do mundo em sua
área territ...
A descoberta...
O Brasil foi descoberto pelos europeus
em 1500, em uma expedição
portuguesa, quando descoberto estima-
se ...
Índice de
Analfabetismo
Não é de hoje que se sabe que o índice de
analfabetismo no Brasil é muito grande
Tendo milhões de ...
SISTEMA POLÍTICO NO BRASIL:
O Sistema Político está dividido em três
poderes, independentes e harmônicos entre
si. São ele...
Se a política está suja, que tal começar a
limpar?
Para mudarmos tudo o que vem acontecendo, temos que
reclamar, mas també...
A política era pra ser
ferramenta
De ajuda para toda a nação
Mas só vejo maldita corrupção
Que a luxúria para “esses
caras...
1. Finlândia
2. Coreia do Sul
3. Hong Kong
4. Japão
5. Cingapura
6. Grã-Bretanha
7. Holanda
8. Nova Zelândia
9. Suíça
10. ...
Educação engloba ensinar e
aprender. E também algo
menos tangível, porém mais
profundo: passar o
conhecimento,bom julgamen...
O QUE OS PROFESSORES PENSAM DA
EDUCAÇÃO NO BRASIL?
Os professores não estão muito satisfeitos com a
educação, muito menos ...
As pessoas que optam pela carreira de
professor não são derrotadas. Pelo
contrário, são profundamente idealistas e
querem ...
Os inúmeros diários para se corrigir,
As críticas, as noites mal dormidas...
Tudo isso não foi o suficiente
Para te fazer ...
VIOLÊNCIA NAS ESCOLAS...
A compreensão da violência no contexto e no
cotidiano escolar é um assunto que tem
provocado inte...
Realmente noticias como essas nos
causam revolta! O que é isso?
Professor agredir aluno e vice
versa? Precisamos mudar a c...
Sábado, 13 de novembro de 2010
EM PORTO ALEGRE (RS)
PROFESSORA É ESPANCADA EM SALA DE AULA
A imprensa nacional noticiou ne...
PRECONCEITO...
Preconceito é um antes conceito;
pensar, julgar, então resumindo, é um julgamento
sem conhecer. Existem vár...
Existe discriminação no mundo? Por quê?
Sim existe discriminação no mundo
todo, porque as pessoas são muito
preconceituosa...
TIPOS DE PRECONCEITO:
Racismo
Existe principalmente em relação
à negros. No Brasil, surgiu com a
escravidão e é muito pres...
O preconceito sexual é discriminar
alguém pela sua orientação sexual.
Homossexuais e bissexuais são
agredidos por não sere...
PRECONCEITO SOCIAL:
O preconceito social é uma forma de
preconceito a determinadas classes
sociais que provém da divisão d...
PRECONCEITO RELIGIOSO:
Hoje em dia, o maior exemplo deste
preconceito são os conflitos no Oriente
Médio. A luta entre jude...
MACHISMO:
Também é um tipo de preconceito e
existe por causa do antigo papel das
mulheres como dona de casa. O
machismo ge...
PRECONCEITO CONTRA OS DEFICIENTES:
Deficientes físicos e deficientes mentais muitas
vezes são vítimas de preconceito e dis...
Só que infelizmente não são apenas
esses tipos de preconceitos que
existem, há muitos outros. Temos que
mostrar para as pe...
ECONOMIA
Na última década, 35 milhões de pessoas
passaram a integrar a classe média no Brasil, na
última década, 35 milhõe...
AUMENTO DOS PREÇOS DOS ALIMENTOS NO BRASIL
Volta às manchetes a discussão sobre o aumento dos preços dos
produtos agrícola...
CLIMA NO BRASIL
O clima do Brasil é diversificado em
consequência de fatores variados,
como a fisionomia geográfica, a
ext...
A SEGURANÇA PÚBLICA NO BRASIL
Na última década, a questão da segurança pública passou a ser
considerado problema fundamental e principal desafio ao esta...
A amplitude dos temas e problemas afetos à
segurança pública alerta para a necessidade de
qualificação do debate sobre seg...
Em síntese, os novos gestores da
segurança pública (não apenas
policiais, promotores, juízes e
burocratas da administração...
Atualmente no Brasil, apesar das relevantes
melhorias verificadas nas últimas décadas de
democratização, principalmente na...
Notadamente, uma democracia plena não acomoda
em seu arcabouço níveis de violência inaceitáveis
como ocorre no Brasil. Ass...
De fato, a realidade social brasileira com um
elevado grau de violência dificulta a existência do
item c desta
definição, ...
A manutenção da soberania nacional está
intimamente ligada à defesa do território. O
Ministério da Defesa emprega os recur...
O Exército atua com o apoio terrestre não
apenas nas fronteiras, mas também nas regiões
em que o País necessita da presenç...
Para garantir a soberania do Brasil, o Ministério da
Defesa atua no sentido de manter o investimento nas
três Forças Armad...
TRÂNSITO NO BRASIL
No trânsito brasileiro, encontramos veículos
motorizados e não motorizados
(bicicletas, carroças e pede...
Para que todos possam transitar com
tranquilidade e segurança, no Brasil, foi
criada uma Lei Federal que regulamenta o
trâ...
O TRÂNSITO EM NUMEROS
O último anuário estatístico do Departamento Nacional de Trânsito
(Denatran) traz os principais núme...
Acidentes de trânsito com vítimas no Brasil – 403.278
Colisão ou choque – 202.102
Tombamento/Capotamento – 31.524
Atropela...
TRANSITO: Vítimas não fatais de acidentes de trânsito – 501.829
Veículos envolvidos em acidentes de trânsito com vítimas -...
SAÚDE NO BRASIL???
País ficou em 108º em aprovação da saúde, entre 126 nações pelo
mundo.
Brasil perde para Afeganistão e ...
Levantamentos revelam que nos últimos
20 anos, a saúde da mulher piorou.
Além de aumentar o número das
doenças tradicionai...
POLUIÇÃO... UMA CAUSA SÉRIA.
O aumento da poluição pelo homem ao longo dos
anos tem causado graves danos ao ecossistema da...
TIPOS DE POLUICÃO...
POLUIÇÃO ATMOSFÉRICA OU POLUIÇÃO DO AR:
A poluição do ar envolve a liberação direta dos
produtos quím...
POLUIÇÃO DO SOLO...
A poluição do solo envolve a contaminação dele pela
liberação de substâncias nocivas. A poluição do so...
POLUIÇÃO DA ÁGUA
Três quartos da superfície da Terra é coberta
com água, e mais da metade da população total de
espécies d...
POLUIÇÃO SONORA...
A poluição sonora atrapalha diferentes atividades
humanas, a poluição sonora pode, em alguns
indivíduos...
CULTURA DAS
REGIÕES
CULTURA DA REGIÃO SUL
A região Sul do Brasil é composta pelos Estados do Rio Grande do Sul, Paraná e
Santa Catarina. Apres...
Paraná
Os migrantes chegaram a partir de 1850:
alemães, italianos, poloneses, ucranianos, holandeses, etc. Eles
influencia...
Cultura da Região Sudeste
Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro e Espírito Santo
são os estados que integram a região Su...
CULTURA DA REGIÃO NORTE
A REGIÃO NORTE é a menos habitada e sua população
está mal distribuída. A maior parte concentra-se...
CULTURA DA REGIÃO NORDESTE
A Região do Nordeste é formada por 9 estados, todos banhado pelo
Oceano Atlântico e possui o ma...
CULTURA DA REGIÃO CENTRO OESTE
A região Centro-Oeste é composta pelos estados de Goiás,
Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e ...
BRASIL... O
PAÍS DO
FUTEBOL
O Futebol no Brasil foi introduzido
por Charles Miller, um jovem
brasileiro que, após viagem pela
Inglaterra, trouxe duas ...
O Futebol rapidamente se tornou uma
paixão para os brasileiros, que
frequentemente referem-se ao país como
"a pátria de ch...
FOLCLORE BRASILEIRO
O que é Folclore ?
Podemos definir o folclore como um conjunto de mitos e lendas que as pessoas passam...
ALGUNS PERSONAGENS DO FOLCLORE...
Boitatá
A lenda do boitatá foi criada pelo padre José de Anchieta, onde descreveu o
boit...
COMIDAS TÍPICAS
SUL
O bom e saboroso
CHURRASCO
SUDESTE
A deliciosa e típica feijoada e o
pãozinho de queijo que os Mineiros
Adoram!
NORTE
Por conter estados que possui muitos
rios, a culinária no Norte é rica em
peixes e outros variados que veem dos
rios...
NORDESTE
Com o tempero arretado da Baiana,
contém pratos como o Acarajé, a
Tapioca, o delicioso baião de 2, que é
uma mist...
CENTRO OESTE
Em todo prato há a presença do arroz...
Como o delicioso arroz com pequi, arroz
carreteiro e o mais comum e s...
DOCES... Os
mais deliciosos
típicos,
variados e
comuns!
NASCIMENTO DO SAMBA:
As marchinhas faziam sucesso nos carnavais das primeiras
décadas do século XX. Buscava-se uma música ...
HISTÓRIA DO SAMBA:
O samba é uma dança animada com um ritmo forte e
característico. Originou da África e foi levado para a...
CAPOEIRA
A história da capoeira começa no século
XVI, na época em que o Brasil era colônia de
Portugal. A mão-de-obra escr...
Ao chegarem ao Brasil, os africanos perceberam a
necessidade de desenvolver formas de proteção contra
a violência e repres...
O forró é uma dança popular de origem
nordestina. Esta dança é acompanhada de
música, que possui o mesmo nome da
dança. A ...
Uma das principais características do forró é o
ato de arrastar os pés durante a dança. Esta é
realizada por casais, que d...
Existem duas explicações para o termo festa
juninas. A primeira explica que surgiu em função
das festividades ocorrem dura...
Embora seja comemorado nos quatro
cantos do Brasil, na região Nordeste as
festas ganham uma grande expressão. O
mês de jun...
Existem outros milhares de
tipos de Danças no Brasil,
vários ritmos que animam a
gente, dançar faz bem, alegra
e manda tod...
BRASIL...
Com suas
qualidades
E seus defeitos!
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Trabalho de português (brasil)

1.166 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.166
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
86
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
11
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Trabalho de português (brasil)

  1. 1. NOMES: Janaina, Raquel, Synara e Vitor N s: 09, 31, 22 e 25 Escola: Bernardino Ferreira da Cunha Ano: 2 A Prof : Eunice Neres Tema: Brasil
  2. 2. BRASIL
  3. 3. O Brasil é o maior país da América do Sul, e da região da América Latina, sendo o quinto maior do mundo em sua área territorial e população. É o único país onde se fala língua portuguesa na América. A economia brasileira é a sétima maior do mundo.
  4. 4. A descoberta... O Brasil foi descoberto pelos europeus em 1500, em uma expedição portuguesa, quando descoberto estima- se que o atual território do Brasil era habitado por 2 milhões de indígenas do norte ao sul.
  5. 5. Índice de Analfabetismo Não é de hoje que se sabe que o índice de analfabetismo no Brasil é muito grande Tendo milhões de analfabetos acima de 15 anos. Isso é uma realidade causada pelos modelos de educação arcaico , sem inovação, que tornam a capacidade criativa dos sujeitos, gerando insegurança e insatisfação pessoal. O Brasil tem cerca de 16 milhões de analfabeto.
  6. 6. SISTEMA POLÍTICO NO BRASIL: O Sistema Político está dividido em três poderes, independentes e harmônicos entre si. São eles o Legislativo, que elabora leis; o Executivo, que atua na execução de programas ou prestação de serviço público; e o Poder Judiciário, que soluciona conflitos entre cidadãos, entidades e o estado. O Brasil tem um sistema político pluripartidário, ou seja, admite a formação legal de vários partidos.
  7. 7. Se a política está suja, que tal começar a limpar? Para mudarmos tudo o que vem acontecendo, temos que reclamar, mas também agir. Platão já dizia que “o castigo dos bons que não fazem política é serem governados pelos maus”. Todos nós acompanhamos uma crescente e aparentemente infinita onda de corrupção no Brasil. Olhando de fora, parece que não resta ninguém: soa como um roubo conjunto e indiscriminado, nojento, asqueroso, enfim… Para quem aprendeu a ser correto, as esperanças vão sumindo cada vez mais e aí está o perigo. Mas, se queremos mudar o mundo mesmo, temos que agir. Mudar. Pelo menos, entender um pouco mais sobre o que acontece lá dentro.
  8. 8. A política era pra ser ferramenta De ajuda para toda a nação Mas só vejo maldita corrupção Que a luxúria para “esses caras” fomenta São bilhões que essa classe movimenta Retirando do bolso do brasileiro Que trabalha sol a sol, o dia inteiro Demonstrando ser um povo varonil Infelizmente a política do Brasil É mais suja que pau de galinheiro! Falcatrua todo dia na Explanada É noticia toda hora nos jornais Esperança e a fé não tenho mais Melhorias só nas mansões da cambada E nas contas, cada vez mais recheada Ninguém sabe para onde vai o dinheiro Mas o tiro do imposto é certeiro E o prato do pobre está vazio Infelizmente a política do Brasil É mais suja que um pau de galinheiro! Infelizmente a política do Brasil é mais suja que uma pau de galinheiro Edilson Biol.
  9. 9. 1. Finlândia 2. Coreia do Sul 3. Hong Kong 4. Japão 5. Cingapura 6. Grã-Bretanha 7. Holanda 8. Nova Zelândia 9. Suíça 10. Canadá 11. Irlanda 12. Dinamarca 13. Austrália 14. Polônia 15. Alemanha 16. Bélgica 17. Estados Unidos 18. Hungria 19. Eslováquia 20. Rússia 21. Suécia 22. República Tcheca 23. Áustria 24. Itália 25. França 26. Noruega 27. Portugal 28. Espanha 29. Israel 30. Bulgária 31. Grécia 32. Romênia 33. Chile 34. Turquia 35. Argentina 36. Colômbia 37. Tailândia 38. México 39. Brasil 40. Indonésia O Brasil é o penúltimo no ranking da educação...
  10. 10. Educação engloba ensinar e aprender. E também algo menos tangível, porém mais profundo: passar o conhecimento,bom julgamento e sabedoria. A educação tem nos seus objetivos fundamentais a passagem da cultura de geração para geração.
  11. 11. O QUE OS PROFESSORES PENSAM DA EDUCAÇÃO NO BRASIL? Os professores não estão muito satisfeitos com a educação, muito menos com o seu salário. Ouvimos mais reclamações do que agradecimentos. Mais como a maioria dos professores explicam, a causa não é do salário em si, mais do trabalho que eles levam pra casa, pois eles recebem para trabalhar na escola e não em casa. Eles praticamente não têm tempo para nada, para ficar em casa com os filhos, marido, namorado, sair, se divertir.... Só que foram eles que escolheram essa vida, então os professores não podem jogar a culpa nos alunos! Como alunos temos que mudar nossas atitudes para melhor para ajudar os professores e eles também mudarem as deles, enfim, um ajudar o outro, assim teremos um mundo, uma escola e uma EDUCAÇÃO muito melhor.
  12. 12. As pessoas que optam pela carreira de professor não são derrotadas. Pelo contrário, são profundamente idealistas e querem mudar o mundo, mudando a vida de seus alunos. O papel de educar deve ser iniciado na família e se estender na escola, uma vez que os conceitos valores que norteiam a criança durante a vida são transmitidos pelos pais. É indispensável que a família e a escola sejam parceiras, com os papéis bem definido.
  13. 13. Os inúmeros diários para se corrigir, As críticas, as noites mal dormidas... Tudo isso não foi o suficiente Para te fazer desistir do teu maior sonho: Tornar possíveis os sonhos do mundo. Que bom que esta tua vocação Tem despertado a vocação de muitos. Quando em seu dia-a-dia Tantas dificuldades acontecem. A rotina é dura, mas você ainda persiste. Teu mundo é alegre, pois você Consegue olhar os olhos de todos os outros E fazê-los felizes também. Você é feliz, pois na tua matemática de vida, Dividir é sempre a melhor solução. Você é grande e nobre, pois o seu ofício árduo lapida O teu coração a cada dia, Dando-te tanto prazer em ensinar. PARABÉNS!!!
  14. 14. VIOLÊNCIA NAS ESCOLAS... A compreensão da violência no contexto e no cotidiano escolar é um assunto que tem provocado interesse da sociedade, referindo-se principalmente a violência física de aluno contra professor de forma física ou psicológica. É um problema crescente e preocupante, levando os pesquisadores a procurarem respostas para tais conflitos. A ausência de conhecimento sobre o contexto da violência conduz a elaboração de conclusões repletas de equívocos.
  15. 15. Realmente noticias como essas nos causam revolta! O que é isso? Professor agredir aluno e vice versa? Precisamos mudar a cabeça e as opiniões(se possível) desses adolescentes irresponsáveis e desses professores sem juízo, pois a sala de aula foi feita para ensinar e educar e não para ter violência e até mesmo morte, isso já tem no mundo “lá fora”.
  16. 16. Sábado, 13 de novembro de 2010 EM PORTO ALEGRE (RS) PROFESSORA É ESPANCADA EM SALA DE AULA A imprensa nacional noticiou neste dia 11 de novembro um fato estarrecedor para quem trabalha com educação, a violência. As imagens mostraram a professora Jane Antunes, de 57 anos, da Escola Técnica Factum, situada no Centro de Porto Alegre, com os dois braços engessados e seis dentes quebrados. A agressão foi realizada por um aluno do Curso de Enfermagem, que também é Professor de Lutas Marciais, de 25 anos. A professora foi atacada covardemente pelo aluno com uma cadeira de ferro, socos e pontapés. O elemento conseguiu se evadir do local e até o momento ainda não foi preso pela polícia. Uma história triste e real... De se revoltar.
  17. 17. PRECONCEITO... Preconceito é um antes conceito; pensar, julgar, então resumindo, é um julgamento sem conhecer. Existem vários tipos de preconceito, por raça, religião, de sotaques, etc... Mas não importa todos eles são uma forma de discriminação. Eu queria entender o “por que” do afastamento das pessoas, negros ou deficientes, quem disse que Deus tem preferência de cor, ou que ele é branco, afinal ele nos fez a sua semelhança.
  18. 18. Existe discriminação no mundo? Por quê? Sim existe discriminação no mundo todo, porque as pessoas são muito preconceituosas. Quem sofre o preconceito? Por quê? Quem sofre o preconceito são os negros, deficientes físicos, homossexuais, índios, pobres, mul heres e etc.; Você aceita o preconceito? Não, porque isso não nos leva a nada. As diferenças são importantes? Não há diferenças entre as pessoas, pois todos somos seres humanos.
  19. 19. TIPOS DE PRECONCEITO: Racismo Existe principalmente em relação à negros. No Brasil, surgiu com a escravidão e é muito presente até hoje, apesar de a escravidão ter sido abolida em 1888. Há também o racismo contra brancos, amarelos, vermelhos, pardos etc...
  20. 20. O preconceito sexual é discriminar alguém pela sua orientação sexual. Homossexuais e bissexuais são agredidos por não serem "iguais" às regras da sociedade. Nesse caso, muitas pessoas escondem sua orientação sexual, por medo de insultos e preconceitos de outra ordem. PRECONCEITO SEXUAL:
  21. 21. PRECONCEITO SOCIAL: O preconceito social é uma forma de preconceito a determinadas classes sociais que provém da divisão da sociedade em classe dominante e a classe dominada. A discriminação consiste em acreditar que as classes mais pobres são inferiores às que possuem capital.
  22. 22. PRECONCEITO RELIGIOSO: Hoje em dia, o maior exemplo deste preconceito são os conflitos no Oriente Médio. A luta entre judeus e islâmicos custa dezenas de vidas diariamente. Grupos extremistas no Iraque matam inocentes cruelmente somente porque são de outra religião. Mais não só nesses países, no Brasil há muito preconceito a outras religiões, como os católicos, evangélicos, espiritistas...
  23. 23. MACHISMO: Também é um tipo de preconceito e existe por causa do antigo papel das mulheres como dona de casa. O machismo gera muita mágoa porque vários homens não reconhecem a capacidade das mulheres de fazerem algo diferente a costurar e cozinhar.
  24. 24. PRECONCEITO CONTRA OS DEFICIENTES: Deficientes físicos e deficientes mentais muitas vezes são vítimas de preconceito e discriminação. Costumam não receber o mesmo tipo de tratamento e ter a liberdade de ir e vir prejudicada pelas más condições de vias de acesso público e privado. Segundo estatística os deficientes representam 10% da população brasileira, um total de 16,5 milhões de pessoas com algum tipo de deficiência, que de acordo com a lei tem direito de estudarem na escola em que escolherem, e os estabelecimentos de ensino devem providenciar os ajustes necessários para receber tais alunos.
  25. 25. Só que infelizmente não são apenas esses tipos de preconceitos que existem, há muitos outros. Temos que mostrar para as pessoas que isso não leva a nada, que essa palavra não deveria nem existir! Pois todos nós somos iguais perante aos olhos de Deus! Todos temos defeitos e qualidades e o que importa é o que temos de melhor para oferecer para as pessoas.
  26. 26. ECONOMIA Na última década, 35 milhões de pessoas passaram a integrar a classe média no Brasil, na última década, 35 milhões de pessoas passaram a integrar a classe média no Brasil, a economia brasileira teve o menor crescimento dos últimos três anos, em 2012. O Produto Interno Bruto(PIB), divulgado nesta sexta-feira pelo IBGE, foi mais baixo que o estimado pelo governo. O ano de 2012 foi difícil para o campo. A agropecuária teve o pior desempenho da economia. Apesar dos incentivos do governo, como a redução do IPI, a indústria encolheu. No fim das contas, a economia do país cresceu 0,9% no ano passado, a menor taxa desde 2009.
  27. 27. AUMENTO DOS PREÇOS DOS ALIMENTOS NO BRASIL Volta às manchetes a discussão sobre o aumento dos preços dos produtos agrícolas. No Brasil, a tendência de alta é associada a uma leve inflação geral nos preços. Uma crise como esta não acontece por acaso. Para alguns, a principal causa do aumento dos preços dos produtos agrícolas está no crescimento do consumo. Com o desenvolvimento econômico é cada vez maior o número de pessoas em países como a Índia e a China, que com melhores salários tem acesso a um cardápio mais variado. Em geral, segundo a FAO, a demanda por commodities agrícolas deverá aumentar bastante nos próximos anos. Até 2030 a produção de carne precisará crescer 48%; o milho 30%; óleos vegetais 43%; açúcar 60%; e o arroz 19%. Para atender a este aumento de consumo, os grandes produtores de alimentos como o Brasil, os Estados Unidos, a Austrália e a Argentina, precisarão ampliar sua área agrícola e tornar esta atividade mais eficiente.
  28. 28. CLIMA NO BRASIL O clima do Brasil é diversificado em consequência de fatores variados, como a fisionomia geográfica, a extensão territorial, o relevo e a dinâmica das massas de ar.
  29. 29. A SEGURANÇA PÚBLICA NO BRASIL
  30. 30. Na última década, a questão da segurança pública passou a ser considerado problema fundamental e principal desafio ao estado de direito no Brasil. A segurança ganhou enorme visibilidade pública e jamais, em nossa história recente, esteve tão presente nos debates tanto de especialistas como do público em geral. Os problemas relacionados com o aumento das taxas de criminalidade, o aumento da sensação de insegurança, sobretudo nos grandes centros urbanos, a degradação do espaço público, as dificuldades relacionadas à reforma das instituições da administração da justiça criminal, a violência policial, a ineficiência preventiva de nossas instituições, a superpopulação nos presídios, rebeliões, fugas, degradação das condições de internação de jovens em conflito com a lei, corrupção, aumento dos custos operacionais do sistema, problema relacionados à eficiência da investigação criminal e das perícias policiais e morosidade judicial, entre tantos outros, representam desafios para o sucesso do processo de consolidação política da democracia no Brasil.
  31. 31. A amplitude dos temas e problemas afetos à segurança pública alerta para a necessidade de qualificação do debate sobre segurança e para a incorporação de novos atores, cenários e paradigmas às políticas públicas. O problema da segurança, portanto, não pode mais estar apenas adstrito ao repertório tradicional do direito e das instituições da justiça, particularmente, da justiça criminal, presídios e polícia. Evidentemente, as soluções devem passar pelo fortalecimento da capacidade do Estado em gerir a violência, pela retomada da capacidade gerencial no âmbito das políticas públicas de segurança, mas também devem passar pelo alongamento dos pontos de contato das instituições públicas com a sociedade civil e com a produção acadêmica mais relevante à área.
  32. 32. Em síntese, os novos gestores da segurança pública (não apenas policiais, promotores, juízes e burocratas da administração pública) devem enfrentar estes desafios além de fazer com que o amplo debate nacional sobre o tema transforme-se em real controle sobre as políticas de segurança pública e, mais ainda, estimule a parceria entre órgãos do poder público e sociedade civil na luta por segurança e qualidade de vida dos cidadãos brasileiros.
  33. 33. Atualmente no Brasil, apesar das relevantes melhorias verificadas nas últimas décadas de democratização, principalmente na prestação de serviços públicos coletivos em áreas como, educação, saúde, trabalho, telecomunicaç ão etc., não se constata, no entanto, o mesmo avanço na manutenção da ordem pública. De fato a sociedade brasileira ainda não pôde gozar da democracia em sua plenitude, visto que a historia recente desse regime em nosso país revela uma considerável deterioração da capacidade do poder público de controlar a criminalidade e a violência, Sapori (2007).
  34. 34. Notadamente, uma democracia plena não acomoda em seu arcabouço níveis de violência inaceitáveis como ocorre no Brasil. Assim sendo, a manutenção da ordem pública é fator determinante para o Estado de Direito e condicionante para a consolidação do regime democrático. Não obstante, do ponto de vista institucional, a criação, desenvolvimento e manutenção de instituições eficazes eficientes e, sobretudo responsivas, que proporcionem a accountability democrática e propicie meios institucionais legais capazes de influenciar decisivamente o comportamento dos indivíduos, é sem dúvida, um elemento basilar desse processo.
  35. 35. De fato, a realidade social brasileira com um elevado grau de violência dificulta a existência do item c desta definição, especificamente, referente a proteção das liberdades civis, o que abre caminho para que o Brasil seja classificado por uma parte da literatura como uma semidemocracia. Não obstante, os demais requisitos podem ser visualizados atualmente. Obviamente, o problema da violência não é uma exclusividade da nação brasileira, tão pouco dos países latino- americanos, pelo contrário, entre 1996 e 2000 muitas nações mundiais experimentaram substanciais incrementos em seus indicadores de violência, Nobrega Júnior (2010).
  36. 36. A manutenção da soberania nacional está intimamente ligada à defesa do território. O Ministério da Defesa emprega os recursos conjuntos das três Forças Armadas para zelar pelo cumprimento dessa garantia constitucional. No total, o Brasil possui 16.866 quilômetros de fronteiras com dez nações vizinhas. Para zelar pela integralidade de suas regiões-limite, o País possui um Plano Estratégico de Fronteiras (PEF), cujo objetivo é prevenir e inibir os crimes nas zonas fronteiriças, evitar a entrada de armas e drogas no País, além de melhorar a qualidade de vida de cerca de seis milhões de pessoas que vivem em municípios remotos.
  37. 37. O Exército atua com o apoio terrestre não apenas nas fronteiras, mas também nas regiões em que o País necessita da presença militar para inibir ações hostis de outras nações e garantir o cumprimento de sua constituição. Com o uso de aviões e equipamentos de alta tecnologia, a Força área Brasileira zela pela soberania do espaço aéreo nacional, garantindo que nenhuma aeronave estrangeira invada o território nacional sem a devida autorização. Uma ação similar é realizada pela Marinha do Brasil, com o objetivo de preservar a integralidade das fronteiras marítimas nacionais.
  38. 38. Para garantir a soberania do Brasil, o Ministério da Defesa atua no sentido de manter o investimento nas três Forças Armadas, com a capacitação dos quadros de funcionários e o emprego de alta tecnologia nos equipamentos e recursos técnicos, além de garantir o cumprimento do Serviço Militar Obrigatório, condição para que se possa mobilizar o povo brasileiro em defesa da soberania nacional. Outro plano de ação indireta para a defesa da independência nacional é o desenvolvimento de uma indústria bélica robusta. A Política de Ciência, Tecnologia e Inovação para a Defesa Nacional tem como propósito estimular o desenvolvimento científico e tecnológico e faz parte do plano de Estratégia Nacional de Defesa.
  39. 39. TRÂNSITO NO BRASIL No trânsito brasileiro, encontramos veículos motorizados e não motorizados (bicicletas, carroças e pedestres). A sociedade brasileira está preocupada com este tema. O aumento do número de veículos nas ruas também é assunto preocupante. Algumas cidades já atingiram um número absurdo de veículos nas ruas. O problema é que muitas cidades não estão preparadas para suportar esta mudança.
  40. 40. Para que todos possam transitar com tranquilidade e segurança, no Brasil, foi criada uma Lei Federal que regulamenta o trânsito de veículos e pedestres: o Código de Trânsito, Lei nº. 9,053 de 23 de setembro de 1997. Nela podemos encontrar normas de circulação e conduta para que todos possam ir e vir com segurança e sem conflitos. A Lei de trânsito no Brasil...
  41. 41. O TRÂNSITO EM NUMEROS O último anuário estatístico do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) traz os principais números relativos a trânsito no Brasil. Em 2009, o País registrou uma frota de 59,3 milhões de veículos e mais de 400 mil acidentes de trânsito com vítimas. A redução destes altos índices depende da gentileza e tolerância dos 51,8 milhões de condutores habilitados existentes no Brasil, e também da colaboração dos ciclistas, pedestres, e todos que utilizam as vias urbanas do País.
  42. 42. Acidentes de trânsito com vítimas no Brasil – 403.278 Colisão ou choque – 202.102 Tombamento/Capotamento – 31.524 Atropelamento – 49.052 Choque c/ Objeto Fixo – 31.752 Vítimas fatais de acidentes de trânsito - 20.604 Por sexo Masculino – 16.077 Feminino – 3.651 Por tipo Condutores – 4.638 Passageiros – 3.939 Pedestres – 4.685 Ciclistas – 2.468 Motociclistas – 5.266
  43. 43. TRANSITO: Vítimas não fatais de acidentes de trânsito – 501.829 Veículos envolvidos em acidentes de trânsito com vítimas - 726.220 Automóvel/Camioneta – 248.863 Ônibus/Micro ônibus – 20.184 Caminhão/Caminhonete – 116.201 Motocicleta – 210.042 Bicicleta – 79.482 Condutores habilitados - 51.835.182 Condutores envolvidos em acidentes de trânsito com vítimas - 565.254 Por idade Menores de 18 anos - 18.754 18 a 29 anos - 177.093 30 a 59 anos - 218.819 60 anos ou mais - 23.317 Por sexo: Masculino - 388.712 Feminino - 70.878 Frota de veículos em 2009 – 59.361.642
  44. 44. SAÚDE NO BRASIL??? País ficou em 108º em aprovação da saúde, entre 126 nações pelo mundo. Brasil perde para Afeganistão e Serra Leoa em satisfação com serviço. Nenhum país da América Latina teve índice de satisfação tão baixo quanto o Brasil - a exceção é o Haiti, em que só 35% da população disse aprovar o sistema de saúde. Países como Uruguai (77% de aprovação), Venezuela (75%), México (69%) e Bolívia (59%) consideraram os próprios serviços de saúde melhores do que a população brasileira. O Brasil perde em satisfação com a saúde também para países como Afeganistão (46% de aprovação), Serra Leoa (46%), Camarões (54%) e Senegal (57%). O líder do ranking é Luxemburgo, pequeno país europeu em que 90% da população disse aprovar os próprios serviços de saúde. O Brasil, por outro lado, é apontado como um dos países que universalizou a vacinação (99% das crianças com um ano receberam ao menos uma dose da vacina contra a rubéola em 2010, por exemplo).
  45. 45. Levantamentos revelam que nos últimos 20 anos, a saúde da mulher piorou. Além de aumentar o número das doenças tradicionais das mulheres, outras que eram mais comuns em homens, começaram a incidir sobre as mulheres. POR QUE A SAUDE DO BRASIL PIOROU NOS ÚLTIMOS ANOS?
  46. 46. POLUIÇÃO... UMA CAUSA SÉRIA. O aumento da poluição pelo homem ao longo dos anos tem causado graves danos ao ecossistema da Terra. Ele é responsável pelo aquecimento global, que está levando ao fim todas as vidas na Terra. Ao longo dos anos, há um aumento extremo na taxa de doenças e na taxa de morte de vários animais e plantas na terra, e isso é fruto da poluição causada pelo próprio homem.
  47. 47. TIPOS DE POLUICÃO... POLUIÇÃO ATMOSFÉRICA OU POLUIÇÃO DO AR: A poluição do ar envolve a liberação direta dos produtos químicos para o ambiente. O aumento da taxa de doenças tais como a asma e câncer do pulmão, que ocorrem devido ao aumento da poluição do ar. A poluição do ar é também uma causa do aquecimento global e das chuvas ácidas. É causada pela queima de combustível que libera diretamente produtos químicos para o ar.
  48. 48. POLUIÇÃO DO SOLO... A poluição do solo envolve a contaminação dele pela liberação de substâncias nocivas. A poluição do solo causa um dano indireto para os seres humanos e outros animais. Os nutrientes extraídos pelas plantas são então transferidos para os consumidores, que dependem destas plantas. Assim, um solo composto de contaminantes não afetará apenas as plantas que crescem sobre o solo, mas também prejudicam toda a cadeia alimentar. A poluição do solo é causada principalmente pela liberação de resíduos industriais, por grandes indústrias e fábricas. E também é causada por atos humanos, como mineração e desmatamento.
  49. 49. POLUIÇÃO DA ÁGUA Três quartos da superfície da Terra é coberta com água, e mais da metade da população total de espécies da Terra reside na água. Além disso, a vida depende em grande parte da água e a vida sem água é impossível. A poluição da água não afeta apenas os peixes e animais que vivem na água, mas também afeta toda a cadeia alimentar, pela transferência de contaminantes para os consumidores.
  50. 50. POLUIÇÃO SONORA... A poluição sonora atrapalha diferentes atividades humanas, a poluição sonora pode, em alguns indivíduos, causar estresse, e com isto, interferir na comunicação falada, base da convivência humana, perturbar o sono, o descanso e a relaxamento, impedir a concentração e aprendizagem, e o que é considerado mais grave, criar estado de cansaço e tensão que podem afetar o sistema nervoso e cardiovascular. Como por exemplo: Ruído por trânsito de veículos; Ruído por atividades domésticas e públicas; Ruído industrial.
  51. 51. CULTURA DAS REGIÕES
  52. 52. CULTURA DA REGIÃO SUL A região Sul do Brasil é composta pelos Estados do Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina. Apresenta grande diversidade cultural, as maiores influências culturais são dos imigrantes europeus. Rio Grande do Sul Os gaúchos dos pampas, ou das cidades, formam um povo alegre e rico em tradições. Grande parte dos seus aspectos culturais é oriunda dos imigrantes alemães, que habitaram a região por volta de 1824. Os italianos, espanhóis e portugueses também contribuíram para a riqueza cultural desse Estado. O gaúcho, que não dispensa a bombacha, o lenço e o poncho, aprecia o chimarrão e o churrasco. Chimarrão, tradição gaúcha Grande parte das danças gaúchas é de origem portuguesa, se destaca também as danças espanholas, como a tirana e o anu. A festa de Nossa Senhora dos Navegantes, de origem portuguesa, é realizada em Porto Alegre no dia 2 de fevereiro, no rio Guaíba, onde centenas de barcos e milhares de fiéis devotos participam da procissão fluvial. É também chamada pelo povo de festa das Melancias. Algumas cidades do Sul ainda celebram as tradições dos antepassados em festas típicas, como a Festa da Uva, em Caxias do Sul (RS).
  53. 53. Paraná Os migrantes chegaram a partir de 1850: alemães, italianos, poloneses, ucranianos, holandeses, etc. Eles influenciaram fortemente a cultura da região. Além dos colonizadores portugueses, que deixaram sua marca nos usos e costumes e no linguajar cantado dos paranaenses. No Paraná, a culinária inclui o barreado, um cozido de carne. É um prato caboclo típico do litoral. Ele é preparado com carne bovina, toucinho e temperos colocados em uma panela de barro. Ela é enterrada e acende-se por cima uma fogueira. Após 12 horas de cozimento, a iguaria está pronta. Barreado Santa Catarina Os colonos imigrantes chegaram a partir do século XIX. No entanto, mais tarde o Estado recebeu grande influência dos colonos italianos e alemães. Nesta região do Brasil há uma grande quantidade de casas com arquitetura tipicamente europeia. Os imigrantes se adaptaram facilmente ao clima subtropical da região e muito contribuíram na cultura vinhateira, na triticultura (cultura com trigo), linho, algodão, cânhamo e mandioca. Alguns eventos culturais são marcantes, e mobilizam várias pessoas. O boi- de-mamão, por exemplo, vai do Natal ao Carnaval. Começa com as prendas e pedidos de ajuda e termina com a morte e ressurreição do boi.
  54. 54. Cultura da Região Sudeste Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro e Espírito Santo são os estados que integram a região Sudeste do Brasil. As manifestações culturais são muito diversificadas, com grandes influências dos povos indígenas, africanos, europeus e asiáticos. A Região Sudeste é uma região do Brasil com 924.511,292 km² de área e 78.472.017 habitantes As diversas colônias de imigrantes, com destaque para os italianos e japoneses, também têm forte influência. A influência indígena e africana são marcadas na música e na culinária da região.
  55. 55. CULTURA DA REGIÃO NORTE A REGIÃO NORTE é a menos habitada e sua população está mal distribuída. A maior parte concentra-se nas capitais dos Estados e em cidades situadas às margens dos rios. A Região Norte é a mais extensa das regiões brasileira. Ela é formada por 7 Estados: ACRE, AMAPÁ, AMAZONAS, PARÁ, RONDÔNIA, RORAIMA E TOCANTINS. A região norte é rica em aspectos culturais. A presença indígena ainda é muito forte e isso faz com a região cultive várias lendas e festas de origem indígena. Também carrega alguns elementos de outros estados, já que no passado houve uma grande migração de gaúchos, paulistas e até europeus e africanos. Sendo assim, são várias as manifestações culturais presentes nessa parte do Brasil.
  56. 56. CULTURA DA REGIÃO NORDESTE A Região do Nordeste é formada por 9 estados, todos banhado pelo Oceano Atlântico e possui o maior números de Estados. ALAGOAS, BAHIA, CEARÁ, MARANHÃO, PARAÍBA, PERNAMBUCO, PIAUÍ, RIO GRANDE DO NORTE, SERGIPE. O Arquipélago de Fernando Noronha faz parte do Estado de Pernambuco. É formado por cerca de vinte Ilhas. é bastante diversificada, uma vez que foi influenciada por indígenas, africanos e europeus. Os costumes e tradições muitas vezes variam de estado para estado. Tendo sido a primeira região efetivamente colonizada por portugueses, ainda no século XVI, que aí encontraram as populações nativas e foram acompanhados por africanos trazidos como escravos, a cultura nordestina é bastante particular e típica, apesar de extremamente variada. Sua base é luso-brasileira, com grandes influências africanas, em especial na costa de Pernambuco à Bahia e no Maranhão, e ameríndias, em especial no sertão semiárido. A riqueza cultural da região nordeste é visível para além de suas manifestações folclóricas e populares.
  57. 57. CULTURA DA REGIÃO CENTRO OESTE A região Centro-Oeste é composta pelos estados de Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e pelo Distrito Federal. Sua cultura é bem diversificada, com elementos da cultura indígena, dos imigrantes paulistas, mineiros, gaúchos, bolivianos e paraguaios. A cultura da região Centro-Oeste é bastante diversificada devido à influência de outras. As danças, costumes, comidas típicas, como também o folclore compõem a riqueza que podemos encontrar . As duplas sertanejas, modas de viola, as festas religiosas, todas essas coisas são produtos da riqueza proporcionada pela região Centro-Oeste. Quando você vai à padaria, encontra aquele empadão, o delicioso bolinho de mandioca, a pamonha e outras derivações do milho, aquele arroz com pequi – só para quem gosta.
  58. 58. BRASIL... O PAÍS DO FUTEBOL
  59. 59. O Futebol no Brasil foi introduzido por Charles Miller, um jovem brasileiro que, após viagem pela Inglaterra, trouxe duas bolas de futebol e passou a tentar converter a comunidade britânica da cidade de São Paulo, de jogadores de críquete para futebolistas, criando um clube de futebol no Brasil.
  60. 60. O Futebol rapidamente se tornou uma paixão para os brasileiros, que frequentemente referem-se ao país como "a pátria de chuteiras" ou o "país do Futebol". Segundo pesquisa feita pela Fundação Getúlio Vargas, o futebol movimenta R$ 16 bilhões por ano, tendo trinta milhões de praticantes (aproximadamente 16% da população total), 800 clubes profissionais, 13 mil times amadores e 11 mil atletas federados.
  61. 61. FOLCLORE BRASILEIRO O que é Folclore ? Podemos definir o folclore como um conjunto de mitos e lendas que as pessoas passam de geração para geração. Muitos nascem da pura imaginação das pessoas, principalmente dos moradores das regiões do interior do Brasil. Muitas destas histórias foram criadas para passar mensagens importantes ou apenas para assustar as pessoas. O folclore pode ser dividido em lendas e mitos. Muitos deles deram origem à festas populares, que ocorrem pelos quatro cantos do país. As lendas são estórias contadas por pessoas e transmitidas oralmente através dos tempos. Misturam fatos reais e históricos com acontecimentos que são frutos da fantasia. As lendas procuraram dar explicação a acontecimentos misteriosos ou sobrenaturais. Os mitos são narrativas que possuem um forte componente simbólico. Como os povos da antiguidade não conseguiam explicar os fenômenos da natureza, através de explicações científicas, criavam mitos com este objetivo: dar sentido as coisas do mundo. Os mitos também serviam como uma forma de passar conhecimentos e alertar as pessoas sobre perigos ou defeitos e qualidades do ser humano. Deuses, heróis e personagens sobrenaturais se misturam com fatos da realidade para dar sentido a vida e ao mundo.
  62. 62. ALGUNS PERSONAGENS DO FOLCLORE... Boitatá A lenda do boitatá foi criada pelo padre José de Anchieta, onde descreveu o boitatá como uma gigantesca cobra de fogo ondulada, com olhos que parecem dois faróis, couro transparente, que cintila nas noites em que aparece deslizando nas campinas e na beira dos rios. Curupira O Curupira solta assovios agudos para assustar e confundir caçadores e lenhadores, além de criar ilusões, até que os malfeitores se percam ou enlouqueçam, no meio da mata. Seus pés virados para trás servem para despistar os caçadores, que ao irem atrás das pegadas, vão na direção Saci Pererê O Saci-Pererê é um dos personagens mais conhecidos do folclore brasileiro. Possuí até um dia em sua homenagem: 31 de outubro. Provavelmente, surgiu entre povos indígenas da região Sul do Brasil. Iara: Também conhecida como a “mãe das águas”, Iara é uma personagem do folclore brasileiro. De acordo com a lenda, de origem indígena, Iara é uma sereia (corpo de mulher da cintura para cima e de peixe da cintura para baixo) morena de cabelos negros e olhos castanhos. Mula sem Cabeça A mula é literalmente uma mula sem cabeça, que solta fogo pelo pescoço, local onde deveria estar sua cabeça. Possui em seus cascos, ferraduras que são de prata ou de aço e apresentam coloração
  63. 63. COMIDAS TÍPICAS
  64. 64. SUL O bom e saboroso CHURRASCO
  65. 65. SUDESTE A deliciosa e típica feijoada e o pãozinho de queijo que os Mineiros Adoram!
  66. 66. NORTE Por conter estados que possui muitos rios, a culinária no Norte é rica em peixes e outros variados que veem dos rios e mares, como Lagostas, Bacalhau, moquecas e outros saborosos pratos...
  67. 67. NORDESTE Com o tempero arretado da Baiana, contém pratos como o Acarajé, a Tapioca, o delicioso baião de 2, que é uma mistura maravilhosa de arroz, feijão, carne e outras delicias da região Nordestina.
  68. 68. CENTRO OESTE Em todo prato há a presença do arroz... Como o delicioso arroz com pequi, arroz carreteiro e o mais comum e saboroso: O bom ARROZ, FEIJÃO E BIFE!
  69. 69. DOCES... Os mais deliciosos típicos, variados e comuns!
  70. 70. NASCIMENTO DO SAMBA: As marchinhas faziam sucesso nos carnavais das primeiras décadas do século XX. Buscava-se uma música genuinamente brasileira, sem desconsiderar as influências europeias, mas valorizando os cantos e danças da cultura africana. O primeiro samba de que se tem notícia foi composto em 1916, por Dunga e Mauro de Almeida: “Pelo telefone”. Fez grande sucesso a partir do Carnaval do ano seguinte. A inovação tecnológica do telefone inspirou a composição, que ganhou depois várias versões satirizando políticos e autoridades da época. Na década de 20, o samba consolidou-se com um formato mais definido, nos morros e subúrbios cariocas, afastando-se de gêneros como a marcha e o maxixe. Blocos carnavalescos ganhavam nome e importância nos bairros, prenunciando as escolas de samba que conhecemos hoje.
  71. 71. HISTÓRIA DO SAMBA: O samba é uma dança animada com um ritmo forte e característico. Originou da África e foi levado para a Bahia pelos escravos enviados para trabalhar nas plantações de açúcar. A dança gradualmente perdeu sua natureza ritualista e eventualmente se tornou a dança nacional brasileira. Originalmente a dança teve movimentos de mão muito característico, derivados de sua função ritualista, quando eram segurados pequenos recipientes de ervas aromáticas em cada uma das mãos e eram aproximadas do nariz do dançarino cuja fragrância excitava. No Brasil o desfile das escolas de samba, cresceu e o País desenvolveu seu próprio ballet artístico com ritmo de samba e movimentos básicos.
  72. 72. CAPOEIRA A história da capoeira começa no século XVI, na época em que o Brasil era colônia de Portugal. A mão-de-obra escrava africana foi muito utilizada no Brasil, principalmente nos engenhos do nordeste brasileiro. Muitos destes escravos vinham da região de Angola, também colônia portuguesa. Os angolanos, na África, faziam muitas danças ao som de músicas.
  73. 73. Ao chegarem ao Brasil, os africanos perceberam a necessidade de desenvolver formas de proteção contra a violência e repressão dos colonizadores brasileiros. Eram constantemente alvos de práticas violentas e castigos dos senhores de engenho. Quando fugiam das fazendas, eram perseguidos pelos capitães-do-mato, que tinham uma maneira de captura muito violenta. Os senhores de engenho proibiam os escravos de praticar qualquer tipo de luta. Logo, os escravos utilizaram o ritmo e os movimentos de suas danças africanas, adaptando a um tipo de luta. Surgiu assim a CAPOEIRA, uma arte marcial disfarçada de dança. Foi um instrumento importante da resistência cultural e física dos escravos brasileiros.
  74. 74. O forró é uma dança popular de origem nordestina. Esta dança é acompanhada de música, que possui o mesmo nome da dança. A música de forró possui temática ligada aos aspectos culturais e cotidianos da região Nordeste do Brasil. A música de forró é acompanhada dos seguintes instrumentos musicais: triângulo, sanfona e zabumba.
  75. 75. Uma das principais características do forró é o ato de arrastar os pés durante a dança. Esta é realizada por casais, que dançam com os corpos bem colados, transmitindo sensualidade. Embora seja tipicamente nordestino, o forró espalhou-se pelo Brasil fazendo grande sucesso. Foram os migrantes nordestinos que espalharam o forró, principalmente nas décadas de 1960 e 1970. Atualmente, existem vários gêneros de forró: forró eletrônico, forró tradicional, forró universitário e o forró pé de serra.
  76. 76. Existem duas explicações para o termo festa juninas. A primeira explica que surgiu em função das festividades ocorrem durante o mês de junho. Outra versão diz que está festa tem origem em países católicos da Europa e, portanto, seriam em homenagem a São João. De acordo com historiadores, esta festividade foi trazida para o Brasil pelos portugueses, ainda durante o período colonial (época em que o Brasil foi colonizado e governado por Portugal).
  77. 77. Embora seja comemorado nos quatro cantos do Brasil, na região Nordeste as festas ganham uma grande expressão. O mês de junho é o momento de se fazer homenagens aos três santos católicos: São João, São Pedro e Santo Antônio. Como é uma região onde a seca é um problema grave, os nordestinos aproveitam as festividades para agradecer as chuvas raras na região, que servem para manter a agricultura.
  78. 78. Existem outros milhares de tipos de Danças no Brasil, vários ritmos que animam a gente, dançar faz bem, alegra e manda toda tristeza e estresse para longe. Então dance muito, não tem coisa melhor!
  79. 79. BRASIL... Com suas qualidades E seus defeitos!

×