SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 6
Vulcão dos capelinhos




Trabalho realizado por :
Sérgio Freitas 7ªA Nº24
Introdução


Neste trabalho vou falar sobre o Vulcão dos
Capelinhos que se situa na Faial(açores).
Vulcão Dos Capelinhos
  O Vulcão dos Capelinhos, também referido na literatura
vulcanológica como Mistério dos Capelinhos, localiza-se
na Ponta dos Capelinhos, freguesia do Capelo, na Ilha do
Faial, nos Açores. Constitui-se em uma das maiores
atrações turísticas do Atlântico, nomeadamente dos
Açores, pela singularidade de sua beleza paisagística, de
génese muito recente e quase virgem.
 Geológicamente insere-se no complexo vulcânico do
Capelo, constituído por cerca de 20 cones de escórias e
respectivos derrames lávicos, ao longo de um alinhamento
vulcano-tectónico de orientação geral WNW-ESE. O nome
Capelinhos deveu-se à existência de dois ilhéus chamados
de "Ilhéus dos Capelinhos".
Vulcão Dos Capelinhos
O vulcão manteve-se em actividade por 13
meses, entre 27 de Setembro de 1957 e 24 de
Outubro de 1958. A erupção dos
Capelinhos, provavelmente terá sido uma
sobreposição de duas erupções distintas, uma
começada a 27 de Setembro de 1957, e a
segunda, a 14 de Maio de 1958. A partir de 25 de
Outubro, o vulcão entrou em fase de repouso. Do
ponto de vista vulcanológico, deverá ser
considerado um vulcão potencialmente activo.
Vulcão Dos Capelinhos um marco na vulcanologia


    O vulcão dos Capelinhos é reconhecidamente um
marco na vulcanologia mundial. "Foi uma erupção
submarina devidamente observada, documentada e
estudada, desde do início até ao fim. Apareceu em
condições privilegiadas, junto de uma ilha habitada, com
estrada, farol e telefones privativos." - comenta o
vulcanólogo Prof. Victor Hugo Forjaz.
   Com 16 anos, acompanhado de seu pai, Dr. António
Lacerda Forjaz, presidente em exercício da Junta Geral
do Distrito da Horta, assistiu ao início da erupção. Este
tornou-se afectivamente no "seu vulcão".
Conclusão


Eu gostei de fazer este trabalho porque aprendi
que temos um vulcão muito importante no
arquipelago dos açores mais propriamente no faial

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Geologia 11 ocupação antrópica e problemas de ordenamento - bacias hidrográ...
Geologia 11   ocupação antrópica e problemas de ordenamento - bacias hidrográ...Geologia 11   ocupação antrópica e problemas de ordenamento - bacias hidrográ...
Geologia 11 ocupação antrópica e problemas de ordenamento - bacias hidrográ...
Nuno Correia
 
fósseis - 7º ano
fósseis - 7º anofósseis - 7º ano
fósseis - 7º ano
olgacacao
 
FT4 - Morfologia dos Fundos Oceânicos
FT4 - Morfologia dos Fundos OceânicosFT4 - Morfologia dos Fundos Oceânicos
FT4 - Morfologia dos Fundos Oceânicos
Gabriela Bruno
 
Modificador restritivo e apositivo do nome
Modificador restritivo e apositivo do nomeModificador restritivo e apositivo do nome
Modificador restritivo e apositivo do nome
António Fernandes
 
Princípios Estratigráficos
Princípios EstratigráficosPrincípios Estratigráficos
Princípios Estratigráficos
Gabriela Bruno
 
Resumo da disciplina de Português - 10 Ano
Resumo da disciplina de Português - 10 AnoResumo da disciplina de Português - 10 Ano
Resumo da disciplina de Português - 10 Ano
Rui Oliveira
 

Mais procurados (20)

Tabela de Iões (aniões e catiões)
Tabela de Iões (aniões e catiões)Tabela de Iões (aniões e catiões)
Tabela de Iões (aniões e catiões)
 
Lab6 predicativo
Lab6 predicativoLab6 predicativo
Lab6 predicativo
 
Queda livre - Físico Química 11ºano
Queda livre - Físico Química 11ºanoQueda livre - Físico Química 11ºano
Queda livre - Físico Química 11ºano
 
Vulcões e tectónica de placas
Vulcões e tectónica de placasVulcões e tectónica de placas
Vulcões e tectónica de placas
 
Geologia 11 ocupação antrópica e problemas de ordenamento - bacias hidrográ...
Geologia 11   ocupação antrópica e problemas de ordenamento - bacias hidrográ...Geologia 11   ocupação antrópica e problemas de ordenamento - bacias hidrográ...
Geologia 11 ocupação antrópica e problemas de ordenamento - bacias hidrográ...
 
fósseis - 7º ano
fósseis - 7º anofósseis - 7º ano
fósseis - 7º ano
 
Sismos
SismosSismos
Sismos
 
Biologia 10º Ano - Obtenção de Matéria (Unidade 1)
Biologia 10º Ano - Obtenção de Matéria (Unidade 1)Biologia 10º Ano - Obtenção de Matéria (Unidade 1)
Biologia 10º Ano - Obtenção de Matéria (Unidade 1)
 
Secas
SecasSecas
Secas
 
Vulcão eyjafjallajökull
Vulcão eyjafjallajökull Vulcão eyjafjallajökull
Vulcão eyjafjallajökull
 
FT4 - Morfologia dos Fundos Oceânicos
FT4 - Morfologia dos Fundos OceânicosFT4 - Morfologia dos Fundos Oceânicos
FT4 - Morfologia dos Fundos Oceânicos
 
Modificador restritivo e apositivo do nome
Modificador restritivo e apositivo do nomeModificador restritivo e apositivo do nome
Modificador restritivo e apositivo do nome
 
Conquista de ceuta
Conquista de ceutaConquista de ceuta
Conquista de ceuta
 
Princípios Estratigráficos
Princípios EstratigráficosPrincípios Estratigráficos
Princípios Estratigráficos
 
Resumos Biologia Geologia (GEOLOGIA) 10º Ano
Resumos Biologia Geologia (GEOLOGIA) 10º AnoResumos Biologia Geologia (GEOLOGIA) 10º Ano
Resumos Biologia Geologia (GEOLOGIA) 10º Ano
 
Rochas PPT - Ciências Naturais 7º ano
Rochas PPT - Ciências Naturais 7º anoRochas PPT - Ciências Naturais 7º ano
Rochas PPT - Ciências Naturais 7º ano
 
Litoral de Portugal Continental, evolução e aspeto atual
Litoral de Portugal Continental, evolução e aspeto atualLitoral de Portugal Continental, evolução e aspeto atual
Litoral de Portugal Continental, evolução e aspeto atual
 
Fichas de avaliação_8º_ano
Fichas de avaliação_8º_anoFichas de avaliação_8º_ano
Fichas de avaliação_8º_ano
 
Resumo da disciplina de Português - 10 Ano
Resumo da disciplina de Português - 10 AnoResumo da disciplina de Português - 10 Ano
Resumo da disciplina de Português - 10 Ano
 
Vulcanismo em Portugal
Vulcanismo em PortugalVulcanismo em Portugal
Vulcanismo em Portugal
 

Destaque (20)

Bruno lopes vulcão dos capelinhos nos açores
Bruno lopes vulcão dos capelinhos nos açoresBruno lopes vulcão dos capelinhos nos açores
Bruno lopes vulcão dos capelinhos nos açores
 
Trabalho de ciencias naturais
Trabalho de ciencias naturaisTrabalho de ciencias naturais
Trabalho de ciencias naturais
 
Vulcanismo
VulcanismoVulcanismo
Vulcanismo
 
Poemas de Abril
Poemas de AbrilPoemas de Abril
Poemas de Abril
 
TV Digital: Inovação e Acessibilidade
TV Digital: Inovação e AcessibilidadeTV Digital: Inovação e Acessibilidade
TV Digital: Inovação e Acessibilidade
 
25 de-abril-poemas
25 de-abril-poemas25 de-abril-poemas
25 de-abril-poemas
 
Vulcanologia 1
Vulcanologia 1Vulcanologia 1
Vulcanologia 1
 
Experiência com calor mata a
Experiência com calor mata aExperiência com calor mata a
Experiência com calor mata a
 
Erupções vulcânicas
Erupções vulcânicas Erupções vulcânicas
Erupções vulcânicas
 
Vulcanologia
VulcanologiaVulcanologia
Vulcanologia
 
Relatorio Actividade Vulcoes
Relatorio Actividade VulcoesRelatorio Actividade Vulcoes
Relatorio Actividade Vulcoes
 
Paisagens dos açores
Paisagens dos açoresPaisagens dos açores
Paisagens dos açores
 
Os Vulcões
Os VulcõesOs Vulcões
Os Vulcões
 
Vulcanismo
VulcanismoVulcanismo
Vulcanismo
 
Tectónica de placas
Tectónica de placasTectónica de placas
Tectónica de placas
 
Arquipélago dos Açores
Arquipélago dos AçoresArquipélago dos Açores
Arquipélago dos Açores
 
Actividade vculcânica 7º ano
Actividade vculcânica 7º anoActividade vculcânica 7º ano
Actividade vculcânica 7º ano
 
Vulcanismo Primário
Vulcanismo PrimárioVulcanismo Primário
Vulcanismo Primário
 
A Formação do Reino de Portugal
A Formação do Reino de PortugalA Formação do Reino de Portugal
A Formação do Reino de Portugal
 
Vulcanismo 7º
Vulcanismo 7ºVulcanismo 7º
Vulcanismo 7º
 

Semelhante a Vulcão Dos Capelinhos

Ficha de trabalho_ Visita Virtual ao Geopark Açores (Professor) (1).docx
Ficha de trabalho_ Visita Virtual ao Geopark Açores (Professor) (1).docxFicha de trabalho_ Visita Virtual ao Geopark Açores (Professor) (1).docx
Ficha de trabalho_ Visita Virtual ao Geopark Açores (Professor) (1).docx
DinaBrtolo
 
Tipo de erupções
Tipo de erupçõesTipo de erupções
Tipo de erupções
home
 
Ppt 25 VigilâNcia VulcâNica
Ppt 25   VigilâNcia VulcâNicaPpt 25   VigilâNcia VulcâNica
Ppt 25 VigilâNcia VulcâNica
Nuno Correia
 
Ppt 22 Caracteristicas Do Vulcanismo AçOriano
Ppt 22   Caracteristicas Do Vulcanismo AçOrianoPpt 22   Caracteristicas Do Vulcanismo AçOriano
Ppt 22 Caracteristicas Do Vulcanismo AçOriano
Nuno Correia
 
Ppt 22 Caracteristicas Do Vulcanismo AçOriano
Ppt 22   Caracteristicas Do Vulcanismo AçOrianoPpt 22   Caracteristicas Do Vulcanismo AçOriano
Ppt 22 Caracteristicas Do Vulcanismo AçOriano
Nuno Correia
 
Relatório visita de estudo lourinhã
Relatório visita de estudo lourinhãRelatório visita de estudo lourinhã
Relatório visita de estudo lourinhã
João Duarte
 
Temaii ivulcanologia af2
Temaii ivulcanologia af2Temaii ivulcanologia af2
Temaii ivulcanologia af2
João Soares
 
Complexo Vulcânico Povoação-Nordeste
Complexo Vulcânico Povoação-NordesteComplexo Vulcânico Povoação-Nordeste
Complexo Vulcânico Povoação-Nordeste
RuteAmaralRaposo
 
Terramoto 1522
Terramoto 1522Terramoto 1522
Terramoto 1522
aqmedeiros
 

Semelhante a Vulcão Dos Capelinhos (19)

Vulcão dos Capelinhos.pptx
Vulcão dos Capelinhos.pptxVulcão dos Capelinhos.pptx
Vulcão dos Capelinhos.pptx
 
Ficha de trabalho_ Visita Virtual ao Geopark Açores (Professor) (1).docx
Ficha de trabalho_ Visita Virtual ao Geopark Açores (Professor) (1).docxFicha de trabalho_ Visita Virtual ao Geopark Açores (Professor) (1).docx
Ficha de trabalho_ Visita Virtual ao Geopark Açores (Professor) (1).docx
 
Tipo de erupções
Tipo de erupçõesTipo de erupções
Tipo de erupções
 
Vulcões
VulcõesVulcões
Vulcões
 
Vulcanismo 00
Vulcanismo 00Vulcanismo 00
Vulcanismo 00
 
o super vulcão de santorini.pdf
o super vulcão de santorini.pdfo super vulcão de santorini.pdf
o super vulcão de santorini.pdf
 
Vulcões
VulcõesVulcões
Vulcões
 
Geologia geral
Geologia geralGeologia geral
Geologia geral
 
Ficha 3 tipo de erupções
Ficha 3  tipo de erupçõesFicha 3  tipo de erupções
Ficha 3 tipo de erupções
 
Cc bg10 teste 3 10 versão 1
Cc bg10 teste 3 10 versão 1Cc bg10 teste 3 10 versão 1
Cc bg10 teste 3 10 versão 1
 
Ppt 25 VigilâNcia VulcâNica
Ppt 25   VigilâNcia VulcâNicaPpt 25   VigilâNcia VulcâNica
Ppt 25 VigilâNcia VulcâNica
 
Ppt 22 Caracteristicas Do Vulcanismo AçOriano
Ppt 22   Caracteristicas Do Vulcanismo AçOrianoPpt 22   Caracteristicas Do Vulcanismo AçOriano
Ppt 22 Caracteristicas Do Vulcanismo AçOriano
 
Ppt 22 Caracteristicas Do Vulcanismo AçOriano
Ppt 22   Caracteristicas Do Vulcanismo AçOrianoPpt 22   Caracteristicas Do Vulcanismo AçOriano
Ppt 22 Caracteristicas Do Vulcanismo AçOriano
 
Relatório visita de estudo lourinhã
Relatório visita de estudo lourinhãRelatório visita de estudo lourinhã
Relatório visita de estudo lourinhã
 
Temaii ivulcanologia af2
Temaii ivulcanologia af2Temaii ivulcanologia af2
Temaii ivulcanologia af2
 
Vulcao grupo 02(2)
Vulcao   grupo 02(2)Vulcao   grupo 02(2)
Vulcao grupo 02(2)
 
Complexo Vulcânico Povoação-Nordeste
Complexo Vulcânico Povoação-NordesteComplexo Vulcânico Povoação-Nordeste
Complexo Vulcânico Povoação-Nordeste
 
PEDAGOGIA DAS MARES.pdf
PEDAGOGIA DAS MARES.pdfPEDAGOGIA DAS MARES.pdf
PEDAGOGIA DAS MARES.pdf
 
Terramoto 1522
Terramoto 1522Terramoto 1522
Terramoto 1522
 

Último

TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.
TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.
TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.
FLAVIA LEZAN
 
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
LindinhaSilva1
 
APOSTILA- COMPLETA De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
APOSTILA- COMPLETA  De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdfAPOSTILA- COMPLETA  De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
APOSTILA- COMPLETA De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
lbgsouza
 

Último (20)

Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf HitlerAlemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
 
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoasInsegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
 
TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.
TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.
TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdfApostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
 
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfTestes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica
 
Abuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescenteAbuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescente
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
APOSTILA- COMPLETA De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
APOSTILA- COMPLETA  De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdfAPOSTILA- COMPLETA  De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
APOSTILA- COMPLETA De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 

Vulcão Dos Capelinhos

  • 1. Vulcão dos capelinhos Trabalho realizado por : Sérgio Freitas 7ªA Nº24
  • 2. Introdução Neste trabalho vou falar sobre o Vulcão dos Capelinhos que se situa na Faial(açores).
  • 3. Vulcão Dos Capelinhos O Vulcão dos Capelinhos, também referido na literatura vulcanológica como Mistério dos Capelinhos, localiza-se na Ponta dos Capelinhos, freguesia do Capelo, na Ilha do Faial, nos Açores. Constitui-se em uma das maiores atrações turísticas do Atlântico, nomeadamente dos Açores, pela singularidade de sua beleza paisagística, de génese muito recente e quase virgem. Geológicamente insere-se no complexo vulcânico do Capelo, constituído por cerca de 20 cones de escórias e respectivos derrames lávicos, ao longo de um alinhamento vulcano-tectónico de orientação geral WNW-ESE. O nome Capelinhos deveu-se à existência de dois ilhéus chamados de "Ilhéus dos Capelinhos".
  • 4. Vulcão Dos Capelinhos O vulcão manteve-se em actividade por 13 meses, entre 27 de Setembro de 1957 e 24 de Outubro de 1958. A erupção dos Capelinhos, provavelmente terá sido uma sobreposição de duas erupções distintas, uma começada a 27 de Setembro de 1957, e a segunda, a 14 de Maio de 1958. A partir de 25 de Outubro, o vulcão entrou em fase de repouso. Do ponto de vista vulcanológico, deverá ser considerado um vulcão potencialmente activo.
  • 5. Vulcão Dos Capelinhos um marco na vulcanologia O vulcão dos Capelinhos é reconhecidamente um marco na vulcanologia mundial. "Foi uma erupção submarina devidamente observada, documentada e estudada, desde do início até ao fim. Apareceu em condições privilegiadas, junto de uma ilha habitada, com estrada, farol e telefones privativos." - comenta o vulcanólogo Prof. Victor Hugo Forjaz. Com 16 anos, acompanhado de seu pai, Dr. António Lacerda Forjaz, presidente em exercício da Junta Geral do Distrito da Horta, assistiu ao início da erupção. Este tornou-se afectivamente no "seu vulcão".
  • 6. Conclusão Eu gostei de fazer este trabalho porque aprendi que temos um vulcão muito importante no arquipelago dos açores mais propriamente no faial