SlideShare uma empresa Scribd logo
Acadêmicos de enfermagem 
UNIFOR-MG 
Formiga/2011
Doença causada por vírus , 
conhecida popularmente por 
catapora é altamente contagiosa 
caracterizada por vermelhidão de 
aspecto maculo-papular, ( forma de 
bolhas) do qual após algumas horas 
adquire aspecto vesicular e evolui 
rapidamente para pústulas e 
posteriormente,forma crostas,em 3 a 
4 dias.
A transmissão da catapora ocorre por 
contato direto pessoa a pessoa ou por 
secreções respiratórias, ou 
indiretamente por objetos 
contaminados. 
Em criança a doença é benigna,mas 
em adulto o quadro evolui de forma 
acentuada.
 Varia de 1 a 2 dias antes da erupção até 5 
dias a partir do surgimento das vesículas. 
 Enquanto houver vesículas a transmissão é 
possível.
 Todas as pessoas podem adquirir está 
doença. 
 Uma vez adquirida a infecção confere 
imunidade permanente para pessoa.
 Pode ocorrer: 
• Febre Baixa 
• Lesões cutâneas 
• Cefaléia 
• Anorexia 
• Vômito 
• Podendo durar de horas até 3 dias. 
• Em crianças esses sintomas não costumam 
ocorrer sendo que o exantema e o primeiro 
sinal da doença.
 As erupções se iniciam na face,couro 
cabeludo ou tronco disseminando- se por 
todo o corpo.
 A infecção materna no 1º e 2º trimestres de 
gestação pode resultar em embriopatia. 
 Nas 16 semanas de gestação há maior risco 
de lesões graves ao feto: 
 Baixo peso ao nascer 
 Cicatrizes cutâneas 
 Microftalmia 
 Catarata 
 Retardo mental
A melhor forma de prevenção da doença é 
a vacina. 
Não se encontra disponível na rede 
pública somente em consultórios 
particulares. 
Para crianças a partir de 1 ano de idade e 
para adultos que ainda não contraíram a 
doença e não foram vacinados. 
O valor é de R$ 140, 00 a dose, sendo 
duas doses.
 Em caso de febre decorrente da catapora, o 
paciente deve ficar em repouso. 
 Outras formas de prevenção incluem: evitar 
aglomerações, manter os ambientes ventilados .
 O melhor deles é manter a higiene das mãos 
 As unhas bem limpas e aparadas e não coçar as 
feridas. 
 Evitar contato direto com pessoas contaminadas 
e aglomerações em locais fechados. 
 Em caso de febre decorrente da catapora o 
paciente deve ficar em repouso e beber 
bastante líquido
Varicela

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Tuberculose
TuberculoseTuberculose
Tuberculose
Cláudia Sofia
 
Gonorreia
GonorreiaGonorreia
Gonorreia
sterfanne moraes
 
CÓLERA, CAXUMBA, HEPATITE B E HEPATITE C
CÓLERA, CAXUMBA, HEPATITE B E HEPATITE CCÓLERA, CAXUMBA, HEPATITE B E HEPATITE C
CÓLERA, CAXUMBA, HEPATITE B E HEPATITE C
Fernanda Marinho
 
Escarlatina aula
Escarlatina aulaEscarlatina aula
Escarlatina aula
José Victor Rabelo
 
Varicela.pptx
Varicela.pptxVaricela.pptx
Varicela.pptx
JosefaFelix
 
Trabalho final de saúde publica ii
Trabalho final de saúde publica iiTrabalho final de saúde publica ii
Trabalho final de saúde publica ii
Renan Matos
 
Doenças mais comuns na infância
Doenças mais comuns na infânciaDoenças mais comuns na infância
Doenças mais comuns na infância
Rúben Freitas
 
Varicela 3
Varicela 3Varicela 3
Varicela 3
Mateus Mendes
 
Rubeóla
RubeólaRubeóla
Rubeóla
Caio Sanches
 
Saúde coletiva - Caxumba (Parotidite infecciosa)
Saúde coletiva - Caxumba (Parotidite infecciosa)Saúde coletiva - Caxumba (Parotidite infecciosa)
Saúde coletiva - Caxumba (Parotidite infecciosa)
Adriana Bonadia dos Santos
 
Meningite bacteriana
Meningite bacterianaMeningite bacteriana
Meningite bacteriana
Fausto Barros
 
Hepatite A
Hepatite AHepatite A
Hepatite A
Gonçalo Fixe
 
Tuberculose pulmonar
Tuberculose pulmonarTuberculose pulmonar
Tuberculose pulmonar
Erick Bragato
 
Tipos de Hepatites: A, B, C, D e E
Tipos de Hepatites: A, B, C, D e ETipos de Hepatites: A, B, C, D e E
Tipos de Hepatites: A, B, C, D e E
Kelson Oliveira
 
Apresenta..
Apresenta..Apresenta..
Apresentação rubéola
Apresentação rubéolaApresentação rubéola
Apresentação rubéola
Laboratório Sérgio Franco
 
Aula: Prevenção da disseminação da Covid-19 nos ambientes de cuidado de saúde
Aula: Prevenção da disseminação da Covid-19 nos ambientes de cuidado de saúdeAula: Prevenção da disseminação da Covid-19 nos ambientes de cuidado de saúde
Aula: Prevenção da disseminação da Covid-19 nos ambientes de cuidado de saúde
Proqualis
 
Tuberculose
TuberculoseTuberculose
Tuberculose
TAS2214
 
Hepatites Virais
Hepatites ViraisHepatites Virais
Sarampo
Sarampo Sarampo
Sarampo
Gabriela Bruno
 

Mais procurados (20)

Tuberculose
TuberculoseTuberculose
Tuberculose
 
Gonorreia
GonorreiaGonorreia
Gonorreia
 
CÓLERA, CAXUMBA, HEPATITE B E HEPATITE C
CÓLERA, CAXUMBA, HEPATITE B E HEPATITE CCÓLERA, CAXUMBA, HEPATITE B E HEPATITE C
CÓLERA, CAXUMBA, HEPATITE B E HEPATITE C
 
Escarlatina aula
Escarlatina aulaEscarlatina aula
Escarlatina aula
 
Varicela.pptx
Varicela.pptxVaricela.pptx
Varicela.pptx
 
Trabalho final de saúde publica ii
Trabalho final de saúde publica iiTrabalho final de saúde publica ii
Trabalho final de saúde publica ii
 
Doenças mais comuns na infância
Doenças mais comuns na infânciaDoenças mais comuns na infância
Doenças mais comuns na infância
 
Varicela 3
Varicela 3Varicela 3
Varicela 3
 
Rubeóla
RubeólaRubeóla
Rubeóla
 
Saúde coletiva - Caxumba (Parotidite infecciosa)
Saúde coletiva - Caxumba (Parotidite infecciosa)Saúde coletiva - Caxumba (Parotidite infecciosa)
Saúde coletiva - Caxumba (Parotidite infecciosa)
 
Meningite bacteriana
Meningite bacterianaMeningite bacteriana
Meningite bacteriana
 
Hepatite A
Hepatite AHepatite A
Hepatite A
 
Tuberculose pulmonar
Tuberculose pulmonarTuberculose pulmonar
Tuberculose pulmonar
 
Tipos de Hepatites: A, B, C, D e E
Tipos de Hepatites: A, B, C, D e ETipos de Hepatites: A, B, C, D e E
Tipos de Hepatites: A, B, C, D e E
 
Apresenta..
Apresenta..Apresenta..
Apresenta..
 
Apresentação rubéola
Apresentação rubéolaApresentação rubéola
Apresentação rubéola
 
Aula: Prevenção da disseminação da Covid-19 nos ambientes de cuidado de saúde
Aula: Prevenção da disseminação da Covid-19 nos ambientes de cuidado de saúdeAula: Prevenção da disseminação da Covid-19 nos ambientes de cuidado de saúde
Aula: Prevenção da disseminação da Covid-19 nos ambientes de cuidado de saúde
 
Tuberculose
TuberculoseTuberculose
Tuberculose
 
Hepatites Virais
Hepatites ViraisHepatites Virais
Hepatites Virais
 
Sarampo
Sarampo Sarampo
Sarampo
 

Destaque

Varicela
VaricelaVaricela
Varicela
pierrediana
 
Microbiologia slide
Microbiologia slideMicrobiologia slide
Varicela
VaricelaVaricela
Aula de microbiologia ppt
Aula de microbiologia   pptAula de microbiologia   ppt
Aula de microbiologia ppt
SMS - Petrópolis
 
Varicela
VaricelaVaricela
Varicela
VaricelaVaricela
Varicela
Daniela Valera
 
Varicela
VaricelaVaricela

Destaque (7)

Varicela
VaricelaVaricela
Varicela
 
Microbiologia slide
Microbiologia slideMicrobiologia slide
Microbiologia slide
 
Varicela
VaricelaVaricela
Varicela
 
Aula de microbiologia ppt
Aula de microbiologia   pptAula de microbiologia   ppt
Aula de microbiologia ppt
 
Varicela
VaricelaVaricela
Varicela
 
Varicela
VaricelaVaricela
Varicela
 
Varicela
VaricelaVaricela
Varicela
 

Semelhante a Varicela

Daniela
DanielaDaniela
Daniela
Danidepaula
 
Sarampo parasitologia
Sarampo parasitologiaSarampo parasitologia
Sarampo parasitologia
Auggoustt Eddson Jose
 
Patologias Virais III
Patologias Virais IIIPatologias Virais III
Patologias Virais III
Luciana Oliveira
 
Varicela
VaricelaVaricela
Varicela
VaricelaVaricela
Varicela
VaricelaVaricela
Varicela trabalho de bruno e david
Varicela trabalho de bruno e davidVaricela trabalho de bruno e david
Varicela trabalho de bruno e david
brunomachado666121
 
Varicela na infância
Varicela na infânciaVaricela na infância
Varicela na infância
Bruno Machado
 
Sarampo
SarampoSarampo
Cuidados basicos de higiene
Cuidados basicos de higieneCuidados basicos de higiene
Cuidados basicos de higiene
JoanaPaiva16
 
Covid 19-pais-dc-infecto-ds -rosely_alves_sobral_-convertido
Covid 19-pais-dc-infecto-ds -rosely_alves_sobral_-convertidoCovid 19-pais-dc-infecto-ds -rosely_alves_sobral_-convertido
Covid 19-pais-dc-infecto-ds -rosely_alves_sobral_-convertido
gisa_legal
 
Novo(a) documento do microsoft office word
Novo(a) documento do microsoft office wordNovo(a) documento do microsoft office word
Novo(a) documento do microsoft office word
Hugo Hurzeda
 
Saúde coletiva - Difiteria (crupe)
Saúde coletiva - Difiteria (crupe)Saúde coletiva - Difiteria (crupe)
Saúde coletiva - Difiteria (crupe)
Adriana Bonadia dos Santos
 
Conjuntivite
Conjuntivite Conjuntivite
Conjuntivite
Manu Siqueira
 
Vacina triviral
Vacina triviralVacina triviral
Vacina triviral
Ariadne Diana
 
Lepra lucas henrique 8 b
Lepra lucas henrique 8 bLepra lucas henrique 8 b
Lepra lucas henrique 8 b
teresakashino
 
Modulo-IV-Apresentacao-DST-Aids-2016.pdf
Modulo-IV-Apresentacao-DST-Aids-2016.pdfModulo-IV-Apresentacao-DST-Aids-2016.pdf
Modulo-IV-Apresentacao-DST-Aids-2016.pdf
HilderlanArajo
 
Rubéola descrição
Rubéola descriçãoRubéola descrição
Rubéola descrição
Eliene Meira
 
Apresentação de biologia!
Apresentação de biologia!Apresentação de biologia!
Apresentação de biologia!
2° Ta - cotuca
 
PAV-Actualizado.pptx
PAV-Actualizado.pptxPAV-Actualizado.pptx
PAV-Actualizado.pptx
Estevao Ualane/ Assuntos Medicos
 

Semelhante a Varicela (20)

Daniela
DanielaDaniela
Daniela
 
Sarampo parasitologia
Sarampo parasitologiaSarampo parasitologia
Sarampo parasitologia
 
Patologias Virais III
Patologias Virais IIIPatologias Virais III
Patologias Virais III
 
Varicela
VaricelaVaricela
Varicela
 
Varicela
VaricelaVaricela
Varicela
 
Varicela
VaricelaVaricela
Varicela
 
Varicela trabalho de bruno e david
Varicela trabalho de bruno e davidVaricela trabalho de bruno e david
Varicela trabalho de bruno e david
 
Varicela na infância
Varicela na infânciaVaricela na infância
Varicela na infância
 
Sarampo
SarampoSarampo
Sarampo
 
Cuidados basicos de higiene
Cuidados basicos de higieneCuidados basicos de higiene
Cuidados basicos de higiene
 
Covid 19-pais-dc-infecto-ds -rosely_alves_sobral_-convertido
Covid 19-pais-dc-infecto-ds -rosely_alves_sobral_-convertidoCovid 19-pais-dc-infecto-ds -rosely_alves_sobral_-convertido
Covid 19-pais-dc-infecto-ds -rosely_alves_sobral_-convertido
 
Novo(a) documento do microsoft office word
Novo(a) documento do microsoft office wordNovo(a) documento do microsoft office word
Novo(a) documento do microsoft office word
 
Saúde coletiva - Difiteria (crupe)
Saúde coletiva - Difiteria (crupe)Saúde coletiva - Difiteria (crupe)
Saúde coletiva - Difiteria (crupe)
 
Conjuntivite
Conjuntivite Conjuntivite
Conjuntivite
 
Vacina triviral
Vacina triviralVacina triviral
Vacina triviral
 
Lepra lucas henrique 8 b
Lepra lucas henrique 8 bLepra lucas henrique 8 b
Lepra lucas henrique 8 b
 
Modulo-IV-Apresentacao-DST-Aids-2016.pdf
Modulo-IV-Apresentacao-DST-Aids-2016.pdfModulo-IV-Apresentacao-DST-Aids-2016.pdf
Modulo-IV-Apresentacao-DST-Aids-2016.pdf
 
Rubéola descrição
Rubéola descriçãoRubéola descrição
Rubéola descrição
 
Apresentação de biologia!
Apresentação de biologia!Apresentação de biologia!
Apresentação de biologia!
 
PAV-Actualizado.pptx
PAV-Actualizado.pptxPAV-Actualizado.pptx
PAV-Actualizado.pptx
 

Último

Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdfNorma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Pastor Robson Colaço
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogiaAVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
KarollayneRodriguesV1
 
Atividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docxAtividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docx
MARCELARUBIAGAVA
 
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
Militao Ricardo
 
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdfsaid edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
ThiagoRORISDASILVA1
 
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
MarcoAurlioResende
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
pamellaaraujo10
 
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptxDEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
ConservoConstrues
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
AlineOliveira625820
 
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdfRazonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Demetrio Ccesa Rayme
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
HelenStefany
 
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdfUFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
Manuais Formação
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Mary Alvarenga
 
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptxO século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
geiseortiz1
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidadeAula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
AlessandraRibas7
 
formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...
JakiraCosta
 
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
ARIADNEMARTINSDACRUZ
 

Último (20)

Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdfNorma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogiaAVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
 
Atividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docxAtividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docx
 
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
 
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdfsaid edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
 
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
 
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptxDEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
 
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdfRazonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
 
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdfUFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
 
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptxO século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidadeAula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
 
formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...
 
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
 

Varicela

  • 1. Acadêmicos de enfermagem UNIFOR-MG Formiga/2011
  • 2. Doença causada por vírus , conhecida popularmente por catapora é altamente contagiosa caracterizada por vermelhidão de aspecto maculo-papular, ( forma de bolhas) do qual após algumas horas adquire aspecto vesicular e evolui rapidamente para pústulas e posteriormente,forma crostas,em 3 a 4 dias.
  • 3. A transmissão da catapora ocorre por contato direto pessoa a pessoa ou por secreções respiratórias, ou indiretamente por objetos contaminados. Em criança a doença é benigna,mas em adulto o quadro evolui de forma acentuada.
  • 4.  Varia de 1 a 2 dias antes da erupção até 5 dias a partir do surgimento das vesículas.  Enquanto houver vesículas a transmissão é possível.
  • 5.  Todas as pessoas podem adquirir está doença.  Uma vez adquirida a infecção confere imunidade permanente para pessoa.
  • 6.  Pode ocorrer: • Febre Baixa • Lesões cutâneas • Cefaléia • Anorexia • Vômito • Podendo durar de horas até 3 dias. • Em crianças esses sintomas não costumam ocorrer sendo que o exantema e o primeiro sinal da doença.
  • 7.  As erupções se iniciam na face,couro cabeludo ou tronco disseminando- se por todo o corpo.
  • 8.  A infecção materna no 1º e 2º trimestres de gestação pode resultar em embriopatia.  Nas 16 semanas de gestação há maior risco de lesões graves ao feto:  Baixo peso ao nascer  Cicatrizes cutâneas  Microftalmia  Catarata  Retardo mental
  • 9.
  • 10.
  • 11. A melhor forma de prevenção da doença é a vacina. Não se encontra disponível na rede pública somente em consultórios particulares. Para crianças a partir de 1 ano de idade e para adultos que ainda não contraíram a doença e não foram vacinados. O valor é de R$ 140, 00 a dose, sendo duas doses.
  • 12.  Em caso de febre decorrente da catapora, o paciente deve ficar em repouso.  Outras formas de prevenção incluem: evitar aglomerações, manter os ambientes ventilados .
  • 13.  O melhor deles é manter a higiene das mãos  As unhas bem limpas e aparadas e não coçar as feridas.  Evitar contato direto com pessoas contaminadas e aglomerações em locais fechados.  Em caso de febre decorrente da catapora o paciente deve ficar em repouso e beber bastante líquido