SlideShare uma empresa Scribd logo
Texto: Cristiane Sousa
Ilustrações: Nathália Forte
Uma princesa diferente mini min
Fortaleza ● Ceará ● 2018
Texto: Cristiane Sousa
Ilustrações: Nathália Forte
Copyright © 2018 Cristiane Sousa
Copyright © 2018 Nathália Forte
SEDUC - Secretaria da Educação do Estado do Ceará
Av. Gen. Afonso Albuquerque Lima, s/n - Cambeba - Fortaleza - Ceará | CEP: 60.822-325
(Todos os Direitos Reservados)
Coordenação Editorial,
Preparação de Originais e Revisão
Raymundo Netto
Projeto e Coordenação Gráfica
Daniel Dias
Revisão Final
Marta Maria Braide Lima
Conselho Editorial
Maria Fabiana Skeff de Paula Miranda
Sammya Santos Araújo
Antônio Élder Monteiro de Sales
Sandra Maria Silva Leite
Antônia Varele da Silva Gama
Catalogação e Normalização
Gabriela Alves Gomes
Governador
Camilo Sobreira de Santana
Vice-Governadora
Maria Izolda Cela de Arruda Coelho
Secretário da Educação
Rogers Vasconcelos Mendes
Secretária-Executiva da Educação
Rita de Cássia Tavares Colares
Coordenador de Cooperação
com os Municípios (COPEM)
Márcio Pereira de Brito
Orientadora da Célula de Apoio à Gestão Municipal
Gilgleane Silva do Carmo
Orientador da Célula
de Fortalecimento da Aprendizagem
Idelson de Almeida Paiva Júnior
Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP)
S725p Souza, Cristiane Bezerra de.
Uma princesa diferente? / Cristiane Bezerra de Souza; ilustrações de Nathá-
lia Forte. - Fortaleza: SEDUC, 2018.
28p.; il.
ISBN 978-85-8171-175-1
1. Literatura infantojuvenil. I. Forte, Nathália. II. Título.
CDU 028.5

Recomendado para você

Bom dia todas as cores
Bom dia todas as coresBom dia todas as cores
Bom dia todas as cores

Este documento apresenta os objetivos e atividades de um projeto didático sobre a história "Bom dia todas as cores". Os objetivos incluem desenvolver habilidades de leitura, oralidade e produção de textos em crianças. As atividades propostas incluem ler a história, explorar ilustrações e personagens, discutir temas como identidade e individualidade.

leitura deleite
O nariz do palhaço
O nariz do palhaçoO nariz do palhaço
O nariz do palhaço

Um palhaço triste não gostava do seu nariz até encontrar uma fada que o levou ao Planeta dos Narizes para escolher um novo. Após duas tentativas falhadas, descobriu que era o seu nariz original que fazia as crianças rirem.

O monstro das cores
O monstro das coresO monstro das cores
O monstro das cores

O monstro das cores. Anna Llenas. Tradução Rosana de Mont' Alverne. Aletria Editora. É a história de um monstro que acorda com seus sentimentos bagunçados. Cada um destes sentimentos é representado por uma cor. Uma menina o ajuda a organizar os sentimentos, separando-as em potinhos, fazendo surgir, assim, um novo sentimento.

monstrocoressentimentos
Às princesas diferentes a quem tanto amo,
minha mãe Conceição e minhas irmãs,
Ana Cristina, Ana Maria e Silvana.
444444444444
Desde que era um bebezinho, Ana foi
chamada de princesa: a priincesa Aninha.
5
Ela nasceu numa noite escura e estrelada, por
isso sua pele tinha a cor da noite, seus olhos eram
grandes e brilhantes, como duas estrelas, e seus
cabelos eram encaracolados. “A brisa os tinha
deixado assim”, era o que dizia sua mãe nas histórias
que lhe contava antes de dormir.
6

Recomendado para você

Livro projeto gato xadrez 1
Livro projeto gato xadrez 1Livro projeto gato xadrez 1
Livro projeto gato xadrez 1

O documento apresenta uma coleção de cadernos pedagógicos e moldes inéditos para atividades artísticas inspiradas no estilo de Romero Britto. Inclui histórias de gatos coloridos, cadermos sobre o oceano e a vida marinha, além de imagens gigantes para colorir em grupo.

Era Uma Vez Uma Gotinha De áGua
Era Uma Vez Uma Gotinha De áGuaEra Uma Vez Uma Gotinha De áGua
Era Uma Vez Uma Gotinha De áGua

A história narra a jornada de uma gotinha de água desde um lago, passando pelas nuvens, chuva, neve, lençol freático e rio, até chegar ao mar, onde completa o ciclo da água.

A HISTORIA DE UMA ARVORE
A HISTORIA DE UMA ARVOREA HISTORIA DE UMA ARVORE
A HISTORIA DE UMA ARVORE

As crianças gostavam de brincar à sombra de uma árvore, mas um menino cortou seu tronco, fazendo a árvore murchar. Quando as outras crianças sentiram falta da sombra, o menino pediu desculpas e a árvore perdoou-o, recuperando força para dar sombra às crianças novamente.

7
Quando foi à escola, pela primeira vez, a
menina ficou encantada com aquele lugar. Eram
tantas as cores, as formas, os livros, as crianças,
enfim, tudo lindo.
8
9
101010101010101010101010010110101100111111

Recomendado para você

O coelhinho que não queria estudar
O coelhinho que não queria estudarO coelhinho que não queria estudar
O coelhinho que não queria estudar

Juquinha, um coelhinho que não sabia ler, passou por várias situações confusas por não entender avisos escritos. Ele foi à casa do Tio Coelho e do Senhor João de Barro e se sujou de tinta por não ler os avisos. Mais tarde, ficou triste por achar que não foi convidado para um piquenique, mas sua amiga explicou que o convite estava na caixa de correio. Juquinha então decidiu aprender a ler para não passar por mais enganos.

O mundinho
O mundinhoO mundinho
O mundinho

Fábula ecológica que mostra a destruição que o homem vem causando ao planeta, muitas vezes em nome do progresso, e propõe uma conscientização em defesa da natureza. O livro contribui para o desenvolvimento da ética e da cidadania e também possibilita aos alunos a construção de uma alfabetização ecológica

PPara melhorar, a amável professora contava
hhhistórias mmágicas de terras distantes, de seres
encaaaantadddddos, de reis, de rainhas e das princesas
qqqque a Aninhha gooosssttavvva ttanto.
11
Porém, com o tempo, a menina começou a
perceber ser diferente das princesas que apareciam
nas histórias contadas ppela professora. Elas eram
loiras ou de pele bbbbbbbbbbbbeeeeeeeeeeeemmmmmmmmmmmm ccccccccccllllllllaaaaaarrrrinha, de olhoss também
claros e de cabbbeeeeeeelllllllllooooooossssssssssss lllllllllllllliiiiiiiiissssssssssooooooooooooossssssssssssss......... EEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm nnnnnnnnnaaaaada parecciiaamm com eela.
12
13
14

Recomendado para você

Adivinha Quanto Eu Te Amo
Adivinha Quanto Eu Te AmoAdivinha Quanto Eu Te Amo
Adivinha Quanto Eu Te Amo

O coelhinho e o coelho pai competem para ver quem ama mais o outro, dizendo que se amam cada vez mais longe. O coelhinho diz que ama o pai até a Lua, e o pai responde que ama o filho até a Lua e de volta.

História das figuras geométricas
História das figuras geométricasHistória das figuras geométricas
História das figuras geométricas

Um círculo amarelo encontra um quadrado azul e um triângulo vermelho e os três vão passear. Eles encontram quatro retângulos castanhos e decidem brincar, construindo um boneco, uma casa e uma árvore com as suas formas geométricas.

História de uma Gotinha de Água
História de uma Gotinha de ÁguaHistória de uma Gotinha de Água
História de uma Gotinha de Água

Uma gotinha de água pequena viaja por diferentes estados da matéria e locais, começando em um lago, transformando-se em vapor d'água nas nuvens, caindo como chuva em uma montanha onde se transforma em neve, derretendo e formando um lençol d'água que alimenta plantas e forma uma nascente, fluindo para um rio e finalmente chegando ao mar.

A menina passou a duvidar se seria mesmo
uma princesa. Não demorou muito para que se
tornasse uma criança triste. Ao invés de brincar
com as outras crianças, Aninha ficava quieta,
pelos cantos. Pior ainda quando no recreio ouvia
as colegas zombarem dela assim:
15
— Aninha não é princesa! Aninha não é princesa!
A criança entristeceu tanto que nem achava
mais graça em ir à escola e muito menos em ouvir
aquelas histórias de princesas.
Numa manhã, ao chegar à sala de aula, ouviu a
professora anunciar para seus colegas:
— Crianças, hoje eu preparei uma surpresa!
16
1717171717171717717117711711
SSiimmmmmmmmmmmm, aa saallaa eesssttaavvaa ddiifffeerreennnnnnntteee nnaaaqquuueellee ddiiaa.. BBeemm
diffeerreente. HHavia uummm graannndddee tapeeeette nooo cchhãããão,
colorido por mmmuitos livvvrosss. NNeles, vváriiasssss hhhhhhiisttórias
de pprincesaass, de tttttooooddoss os tipooossss, algummmas aatté bbbbemm
paarreecidas ccommm AAAAAninnnhha.
18

Recomendado para você

A criança do berçario e maternal 50 atividades
A criança do berçario e maternal 50 atividadesA criança do berçario e maternal 50 atividades
A criança do berçario e maternal 50 atividades

This document discusses activities for children in nursery and preschool settings. It describes activities for areas like psychomotor skills, care, toys and language stimulation. The goal is to stimulate concentration, communication, creativity and sensory perceptions through dynamic lessons.

apostila
O Livro da Familia
O Livro da FamiliaO Livro da Familia
O Livro da Familia
alfabetizaçãolivroliteratura infantil
Mães de todos os tipos
Mães de todos os tiposMães de todos os tipos
Mães de todos os tipos

Existem vários tipos de mães: carinhosa, brava, engraçada, inteligente, moderna, brincalhona... Apesar de diferentes, todas elas possuem algo em comum: o imenso amor que as torna tão especiais!

livro infantillivro para criançasliteratura infantil
Todas as crianças se sentaram no chão, juntas,
llaaddoo aa llaaddoo, ee a pprrooffesssssora lia todos os livros que
elass eescollhiamm.
19
20
Apaixonaram-se pelas histórias das princesas
africanas com seus turbantes coloridos e suas
pulseiras de miçangas. Assim como pela beleza
das princesas japonesas, de olhos miúdos, e das
indianas, encantadorraass em suas roupas delicaddas.
21
22222

Recomendado para você

Historia das vogais
Historia das vogaisHistoria das vogais
Historia das vogais

O A estava sozinho até que apareceu o E. Logo depois surgiram o I, O e U, formando um grupo de vogais. As vogais ficaram felizes em estar juntas e passaram a brincar de formar palavras.

encontros vocálicosvogaisalfabetização
O dia em que um monstro veio à escola
O dia em que um monstro veio à escolaO dia em que um monstro veio à escola
O dia em que um monstro veio à escola

O documento descreve uma atividade para ensinar regras e expectativas de comportamento aos alunos no início do ano letivo através da história de um "monstro" que visita a turma e causa problemas, mas depois aprende a se comportar bem.

O passeio de mariana
O passeio de marianaO passeio de mariana
O passeio de mariana

Este documento é um livro infantil intitulado "O passeio de Mariana". Resume a história de uma menina chamada Mariana que passa o dia com seu avô visitando uma biblioteca. Ela descobre o mundo mágico dos livros e histórias e passa a gostar de ler.

De todas as histórias contadas, a que Aninha
mais gostou foi a de Zacimba Gaba, uma princesa
nnegra, guerreira que liderou seu povo na luta
contra a escravidão.
23232323232
Daí, todos entenderam que existem pessoas,
assim como princesas, de todas as cores, de todos
os tipos, que elas são diferentes e essa diferença
é uma grande riqueza que ajuda a colorir e dar
graça ao mundo.
24
225252525252525252525252252525252555525252525252252525255252525252525252525552522555552525255555555552552525255525255252525252552552525555522525252525552525225552525555552525252555225525225252222255
26

Recomendado para você

A borboleta rosa
A borboleta rosaA borboleta rosa
A borboleta rosa

Este livro conta a história de uma borboleta rosa que não se achava bonita por não ser azul como o céu. Um dia, ela conhece uma menina que a acha linda. Isso faz com que a borboleta mude de cor e fique colorida como um arco-íris. A menina e a borboleta ficam amigas para sempre.

A borboleta rosa l
A borboleta rosa   lA borboleta rosa   l
A borboleta rosa l

Este resumo em 3 frases: Uma borboleta rosa se sente triste por não ser azul como o céu e pousa em uma flor chorando. Uma menina a vê e diz que ela é linda. Isso anima a borboleta, que começa a mudar de cor e fica colorida como um arco-íris, fazendo novos amigos.

Historia de lobisomen
Historia de lobisomenHistoria de lobisomen
Historia de lobisomen

Este documento é a transcrição de uma história de lobisomem contada por Maria Alzenira Rodrigues. A história fala sobre uma mulher que encontra um lobisomem enquanto viajava com seu marido. Ela consegue escapar subindo em uma árvore, mas o lobisomem arranca um pedaço de seu vestido. Mais tarde, seu marido é revelado como sendo o lobisomem depois que ela encontra o pedaço de vestido entre seus dentes.

Nunca mais as coleguinhas de Aninhha
caçoaram dela. Ao contrário, passaram a comentar
os cabelos, agora encantados por miçangas
coloridas, como a de uma princesa que aprendeu a
ser feliz de verdade.
27
Cristiane Sousa
Meu nome é Cristiane Sousa. Moro em
Apuiarés, Ceará. Sou historiadora e pedagoga
de formação e desde muito pequena adoro me
aventurar no mundo das palavras que moram
no papel. Uma princesa diferente?
É meu terceiro livro publicado pela coleção
Paic Prosa e Poesia, precedido de As aventuras
de Bernardo e Muriçoca e Arraial da
Bicharada. Este livro nasceu do meu coração
cheio de desejo que as pessoas percebam que
são as diferenças que dão graça ao mundo.
Nathália Forte
Formada em Artes Visuais pelo IFCE, é
ilustradora de livros infantis, além de
produzir séries de desenho animado para
a TV. Natural de Fortaleza – CE, é filha de
pescador e de uma professora. Participa do
desde 2006 ilustrando livros e fazendo
ações sobre leitura de imagens com os
ssores. Acredita em livros e desenho
ado, no potencial das crianças, e que
falar com gatos. Também está dirigindo
urta metragem de animação..
PAIC
forma
profes
anima
pode
um cu
Uma princesa diferente mini min
Realização
Apoio
O Governo do Estado do Ceará desenvolve, com os seus 184 municípios, o
Programa de Aprendizagem na Idade Certa - MAIS PAIC, com o compro-
misso de garantir e elevar a qualidade e os resultados da educação de suas
crianças e seus jovens.
Publicada pela Secretaria da Educação do Estado, através do MAIS PAIC, a
Coleção Paic, Prosa e Poesia, rica em identidade cultural, reúne narrativas
de autores do Ceará que tiveram seus textos selecionados por meio de se-
leção pública. Esse acervo constitui um estímulo a mais para se ler e contar
histórias em sala de aula, garantindo, assim, um letramento competente.

Recomendado para você

Histria de lobisomem
Histria de lobisomemHistria de lobisomem
Histria de lobisomem

Este documento é a transcrição de uma história de lobisomem contada pela avó do autor. A história fala sobre um casal que encontra um lobisomem no caminho e a mulher consegue escapar subindo em uma árvore, mas teve um pedaço do vestido arrancado. Mais tarde, o marido é revelado como sendo o lobisomem. O documento também fornece informações sobre os autores e ilustrador.

Jornal de agosto
Jornal de agostoJornal de agosto
Jornal de agosto

A primeira edição do jornal da Turma do Sítio relata sobre: 1) Uma feira de história e geografia realizada sobre as regiões do Brasil com atividades educativas. 2) Informações sobre a divisão regional do Brasil e a importância do ensino de história e geografia. 3) Anúncios sobre oficinas de sustentabilidade e de cavaquinho, parabéns para aniversariantes e recadinhos entre os membros da turma.

Nascente do saber - jornal escolar, 2.º periodo
Nascente do saber - jornal escolar, 2.º periodoNascente do saber - jornal escolar, 2.º periodo
Nascente do saber - jornal escolar, 2.º periodo

1) O documento descreve as atividades educativas que estão sendo realizadas no Centro Escolar Ourém Nascente durante o período de ensino à distância devido à pandemia de COVID-19. 2) Os professores estão organizando atividades semanais para os alunos de acordo com suas idades através de três momentos semanais: apresentação das tarefas, acompanhamento dos trabalhos e entrega/apresentação. 3) Durante este período, várias atividades como dramatizações de histórias, festividades e

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

O carnaval-na-floresta
O carnaval-na-florestaO carnaval-na-floresta
O carnaval-na-floresta
Guiomar Silva
 
Um amor de família
Um amor de famíliaUm amor de família
Um amor de família
Emef Madalena
 
Bom dia todas as cores
Bom dia todas as coresBom dia todas as cores
Bom dia todas as cores
weleslima
 
O nariz do palhaço
O nariz do palhaçoO nariz do palhaço
O nariz do palhaço
Albertina Pereira
 
O monstro das cores
O monstro das coresO monstro das cores
O monstro das cores
Pamela Nunes
 
Livro projeto gato xadrez 1
Livro projeto gato xadrez 1Livro projeto gato xadrez 1
Livro projeto gato xadrez 1
Giselda morais rodrigues do
 
Era Uma Vez Uma Gotinha De áGua
Era Uma Vez Uma Gotinha De áGuaEra Uma Vez Uma Gotinha De áGua
Era Uma Vez Uma Gotinha De áGua
maria leite
 
A HISTORIA DE UMA ARVORE
A HISTORIA DE UMA ARVOREA HISTORIA DE UMA ARVORE
A HISTORIA DE UMA ARVORE
Marisa Seara
 
O coelhinho que não queria estudar
O coelhinho que não queria estudarO coelhinho que não queria estudar
O coelhinho que não queria estudar
Marisa Seara
 
O mundinho
O mundinhoO mundinho
O mundinho
Hayana Oliveira
 
Adivinha Quanto Eu Te Amo
Adivinha Quanto Eu Te AmoAdivinha Quanto Eu Te Amo
Adivinha Quanto Eu Te Amo
miriam catao
 
História das figuras geométricas
História das figuras geométricasHistória das figuras geométricas
História das figuras geométricas
carlasusanafontoura
 
História de uma Gotinha de Água
História de uma Gotinha de ÁguaHistória de uma Gotinha de Água
História de uma Gotinha de Água
elisabetemfc
 
A criança do berçario e maternal 50 atividades
A criança do berçario e maternal 50 atividadesA criança do berçario e maternal 50 atividades
A criança do berçario e maternal 50 atividades
SimoneHelenDrumond
 
O Livro da Familia
O Livro da FamiliaO Livro da Familia
O Livro da Familia
Graça Sousa
 
Mães de todos os tipos
Mães de todos os tiposMães de todos os tipos
Mães de todos os tipos
Chris Bueno
 
Historia das vogais
Historia das vogaisHistoria das vogais
Historia das vogais
Alice Lima
 
O dia em que um monstro veio à escola
O dia em que um monstro veio à escolaO dia em que um monstro veio à escola
O dia em que um monstro veio à escola
Mafalda Souto
 

Mais procurados (20)

O carnaval-na-floresta
O carnaval-na-florestaO carnaval-na-floresta
O carnaval-na-floresta
 
O chá das dez
O chá das dezO chá das dez
O chá das dez
 
Um amor de família
Um amor de famíliaUm amor de família
Um amor de família
 
Bom dia todas as cores
Bom dia todas as coresBom dia todas as cores
Bom dia todas as cores
 
O nariz do palhaço
O nariz do palhaçoO nariz do palhaço
O nariz do palhaço
 
O monstro das cores
O monstro das coresO monstro das cores
O monstro das cores
 
Livro projeto gato xadrez 1
Livro projeto gato xadrez 1Livro projeto gato xadrez 1
Livro projeto gato xadrez 1
 
Era Uma Vez Uma Gotinha De áGua
Era Uma Vez Uma Gotinha De áGuaEra Uma Vez Uma Gotinha De áGua
Era Uma Vez Uma Gotinha De áGua
 
A HISTORIA DE UMA ARVORE
A HISTORIA DE UMA ARVOREA HISTORIA DE UMA ARVORE
A HISTORIA DE UMA ARVORE
 
História do dez sacizinhos
História do dez sacizinhosHistória do dez sacizinhos
História do dez sacizinhos
 
O coelhinho que não queria estudar
O coelhinho que não queria estudarO coelhinho que não queria estudar
O coelhinho que não queria estudar
 
O mundinho
O mundinhoO mundinho
O mundinho
 
Adivinha Quanto Eu Te Amo
Adivinha Quanto Eu Te AmoAdivinha Quanto Eu Te Amo
Adivinha Quanto Eu Te Amo
 
História das figuras geométricas
História das figuras geométricasHistória das figuras geométricas
História das figuras geométricas
 
História de uma Gotinha de Água
História de uma Gotinha de ÁguaHistória de uma Gotinha de Água
História de uma Gotinha de Água
 
A criança do berçario e maternal 50 atividades
A criança do berçario e maternal 50 atividadesA criança do berçario e maternal 50 atividades
A criança do berçario e maternal 50 atividades
 
O Livro da Familia
O Livro da FamiliaO Livro da Familia
O Livro da Familia
 
Mães de todos os tipos
Mães de todos os tiposMães de todos os tipos
Mães de todos os tipos
 
Historia das vogais
Historia das vogaisHistoria das vogais
Historia das vogais
 
O dia em que um monstro veio à escola
O dia em que um monstro veio à escolaO dia em que um monstro veio à escola
O dia em que um monstro veio à escola
 

Semelhante a Uma princesa diferente mini min

O passeio de mariana
O passeio de marianaO passeio de mariana
O passeio de mariana
PamellaSilveira3
 
A borboleta rosa
A borboleta rosaA borboleta rosa
A borboleta rosa
PamellaSilveira3
 
A borboleta rosa l
A borboleta rosa   lA borboleta rosa   l
A borboleta rosa l
Cristina Girão
 
Historia de lobisomen
Historia de lobisomenHistoria de lobisomen
Historia de lobisomen
Marcia Gomes
 
Histria de lobisomem
Histria de lobisomemHistria de lobisomem
Histria de lobisomem
PamellaSilveira3
 
Jornal de agosto
Jornal de agostoJornal de agosto
Jornal de agosto
MClara
 
Nascente do saber - jornal escolar, 2.º periodo
Nascente do saber - jornal escolar, 2.º periodoNascente do saber - jornal escolar, 2.º periodo
Nascente do saber - jornal escolar, 2.º periodo
bibliotecaoureana
 
A casa dos animais
A casa dos animais   A casa dos animais
A casa dos animais
Cristina Girão
 
A casa dos animais
A casa dos animaisA casa dos animais
A casa dos animais
AlineRossi12
 
A casa dos animais
A casa dos animais A casa dos animais
A casa dos animais
PamellaSilveira3
 
Projeto prioritário em construção EM Dom Jaime
Projeto prioritário em construção EM Dom JaimeProjeto prioritário em construção EM Dom Jaime
Projeto prioritário em construção EM Dom Jaime
Fabia
 
OUTRA HISTÓRIA DE IRACEMA.pdf
OUTRA HISTÓRIA DE IRACEMA.pdfOUTRA HISTÓRIA DE IRACEMA.pdf
OUTRA HISTÓRIA DE IRACEMA.pdf
AllysonFerreiraAdv
 
OUTRA HISTÓRIA DE IRACEMA.pdf
OUTRA HISTÓRIA DE IRACEMA.pdfOUTRA HISTÓRIA DE IRACEMA.pdf
OUTRA HISTÓRIA DE IRACEMA.pdf
AllysonFerreiraAdv
 
Projeto Prioritário EM Dom Jaime
Projeto Prioritário EM Dom JaimeProjeto Prioritário EM Dom Jaime
Projeto Prioritário EM Dom Jaime
Fabia
 
Livro o tempo que o inf.
Livro o tempo que o inf.Livro o tempo que o inf.
Livro o tempo que o inf.
Fátima Fah
 
O tempo que o tempo tem
O tempo que o tempo temO tempo que o tempo tem
O tempo que o tempo tem
PamellaSilveira3
 
projeto de leitura - mentes mirins - ppt apresentação
projeto de leitura - mentes mirins - ppt apresentaçãoprojeto de leitura - mentes mirins - ppt apresentação
projeto de leitura - mentes mirins - ppt apresentação
AnnaKarolinaLemosDeS
 
Atps literatura infantil oficial
Atps literatura infantil oficialAtps literatura infantil oficial
Atps literatura infantil oficial
Regina Gidzinski
 
Contos de Natal em Rede
Contos de Natal em RedeContos de Natal em Rede
Contos de Natal em Rede
Graça Madeira da Silva
 
O Lápis Afiado
O Lápis Afiado O Lápis Afiado
O Lápis Afiado
bibliotecaoureana
 

Semelhante a Uma princesa diferente mini min (20)

O passeio de mariana
O passeio de marianaO passeio de mariana
O passeio de mariana
 
A borboleta rosa
A borboleta rosaA borboleta rosa
A borboleta rosa
 
A borboleta rosa l
A borboleta rosa   lA borboleta rosa   l
A borboleta rosa l
 
Historia de lobisomen
Historia de lobisomenHistoria de lobisomen
Historia de lobisomen
 
Histria de lobisomem
Histria de lobisomemHistria de lobisomem
Histria de lobisomem
 
Jornal de agosto
Jornal de agostoJornal de agosto
Jornal de agosto
 
Nascente do saber - jornal escolar, 2.º periodo
Nascente do saber - jornal escolar, 2.º periodoNascente do saber - jornal escolar, 2.º periodo
Nascente do saber - jornal escolar, 2.º periodo
 
A casa dos animais
A casa dos animais   A casa dos animais
A casa dos animais
 
A casa dos animais
A casa dos animaisA casa dos animais
A casa dos animais
 
A casa dos animais
A casa dos animais A casa dos animais
A casa dos animais
 
Projeto prioritário em construção EM Dom Jaime
Projeto prioritário em construção EM Dom JaimeProjeto prioritário em construção EM Dom Jaime
Projeto prioritário em construção EM Dom Jaime
 
OUTRA HISTÓRIA DE IRACEMA.pdf
OUTRA HISTÓRIA DE IRACEMA.pdfOUTRA HISTÓRIA DE IRACEMA.pdf
OUTRA HISTÓRIA DE IRACEMA.pdf
 
OUTRA HISTÓRIA DE IRACEMA.pdf
OUTRA HISTÓRIA DE IRACEMA.pdfOUTRA HISTÓRIA DE IRACEMA.pdf
OUTRA HISTÓRIA DE IRACEMA.pdf
 
Projeto Prioritário EM Dom Jaime
Projeto Prioritário EM Dom JaimeProjeto Prioritário EM Dom Jaime
Projeto Prioritário EM Dom Jaime
 
Livro o tempo que o inf.
Livro o tempo que o inf.Livro o tempo que o inf.
Livro o tempo que o inf.
 
O tempo que o tempo tem
O tempo que o tempo temO tempo que o tempo tem
O tempo que o tempo tem
 
projeto de leitura - mentes mirins - ppt apresentação
projeto de leitura - mentes mirins - ppt apresentaçãoprojeto de leitura - mentes mirins - ppt apresentação
projeto de leitura - mentes mirins - ppt apresentação
 
Atps literatura infantil oficial
Atps literatura infantil oficialAtps literatura infantil oficial
Atps literatura infantil oficial
 
Contos de Natal em Rede
Contos de Natal em RedeContos de Natal em Rede
Contos de Natal em Rede
 
O Lápis Afiado
O Lápis Afiado O Lápis Afiado
O Lápis Afiado
 

Mais de PamellaSilveira3

A joaninha que perdeu as pintinhas
A joaninha que perdeu as pintinhasA joaninha que perdeu as pintinhas
A joaninha que perdeu as pintinhas
PamellaSilveira3
 
Carlota barbosa a bruxa medrosa
Carlota barbosa a bruxa medrosaCarlota barbosa a bruxa medrosa
Carlota barbosa a bruxa medrosa
PamellaSilveira3
 
O sapato que miava
O sapato que miavaO sapato que miava
O sapato que miava
PamellaSilveira3
 
A escola de Marcelo - Ruth Rocha
A escola de Marcelo - Ruth RochaA escola de Marcelo - Ruth Rocha
A escola de Marcelo - Ruth Rocha
PamellaSilveira3
 
Alegria
AlegriaAlegria
A menina das estrelas
A menina das estrelasA menina das estrelas
A menina das estrelas
PamellaSilveira3
 
Cheirar - Ruth rocha
Cheirar - Ruth rocha   Cheirar - Ruth rocha
Cheirar - Ruth rocha
PamellaSilveira3
 
O reizinho mandao ruth rocha
O reizinho mandao  ruth rochaO reizinho mandao  ruth rocha
O reizinho mandao ruth rocha
PamellaSilveira3
 
O tamanho da gente - Murilo Cisalpino
O tamanho da gente - Murilo Cisalpino O tamanho da gente - Murilo Cisalpino
O tamanho da gente - Murilo Cisalpino
PamellaSilveira3
 
Anna llenas o monstro das cores
Anna llenas   o monstro das coresAnna llenas   o monstro das cores
Anna llenas o monstro das cores
PamellaSilveira3
 
Stephen michael king - O homem que amava caixas
Stephen michael king - O homem que amava caixasStephen michael king - O homem que amava caixas
Stephen michael king - O homem que amava caixas
PamellaSilveira3
 
Que bicho este
Que bicho  este Que bicho  este
Que bicho este
PamellaSilveira3
 
A gargalhada de alegria da Dona Ecologia
A gargalhada de alegria da Dona EcologiaA gargalhada de alegria da Dona Ecologia
A gargalhada de alegria da Dona Ecologia
PamellaSilveira3
 
O menino que escrevia com os pes interativo
O menino que escrevia com os pes interativoO menino que escrevia com os pes interativo
O menino que escrevia com os pes interativo
PamellaSilveira3
 
O melgor amigo da bengala interativo
O melgor amigo da bengala interativoO melgor amigo da bengala interativo
O melgor amigo da bengala interativo
PamellaSilveira3
 
Mauro e o dinossauro
Mauro e o dinossauro  Mauro e o dinossauro
Mauro e o dinossauro
PamellaSilveira3
 
O ratinho roi roi
O ratinho roi roiO ratinho roi roi
O ratinho roi roi
PamellaSilveira3
 
Lobo mau arrependido
Lobo mau arrependido Lobo mau arrependido
Lobo mau arrependido
PamellaSilveira3
 
O menino e o cata vento
O menino e o cata vento O menino e o cata vento
O menino e o cata vento
PamellaSilveira3
 
Cada um mora onde pode
Cada um mora onde podeCada um mora onde pode
Cada um mora onde pode
PamellaSilveira3
 

Mais de PamellaSilveira3 (20)

A joaninha que perdeu as pintinhas
A joaninha que perdeu as pintinhasA joaninha que perdeu as pintinhas
A joaninha que perdeu as pintinhas
 
Carlota barbosa a bruxa medrosa
Carlota barbosa a bruxa medrosaCarlota barbosa a bruxa medrosa
Carlota barbosa a bruxa medrosa
 
O sapato que miava
O sapato que miavaO sapato que miava
O sapato que miava
 
A escola de Marcelo - Ruth Rocha
A escola de Marcelo - Ruth RochaA escola de Marcelo - Ruth Rocha
A escola de Marcelo - Ruth Rocha
 
Alegria
AlegriaAlegria
Alegria
 
A menina das estrelas
A menina das estrelasA menina das estrelas
A menina das estrelas
 
Cheirar - Ruth rocha
Cheirar - Ruth rocha   Cheirar - Ruth rocha
Cheirar - Ruth rocha
 
O reizinho mandao ruth rocha
O reizinho mandao  ruth rochaO reizinho mandao  ruth rocha
O reizinho mandao ruth rocha
 
O tamanho da gente - Murilo Cisalpino
O tamanho da gente - Murilo Cisalpino O tamanho da gente - Murilo Cisalpino
O tamanho da gente - Murilo Cisalpino
 
Anna llenas o monstro das cores
Anna llenas   o monstro das coresAnna llenas   o monstro das cores
Anna llenas o monstro das cores
 
Stephen michael king - O homem que amava caixas
Stephen michael king - O homem que amava caixasStephen michael king - O homem que amava caixas
Stephen michael king - O homem que amava caixas
 
Que bicho este
Que bicho  este Que bicho  este
Que bicho este
 
A gargalhada de alegria da Dona Ecologia
A gargalhada de alegria da Dona EcologiaA gargalhada de alegria da Dona Ecologia
A gargalhada de alegria da Dona Ecologia
 
O menino que escrevia com os pes interativo
O menino que escrevia com os pes interativoO menino que escrevia com os pes interativo
O menino que escrevia com os pes interativo
 
O melgor amigo da bengala interativo
O melgor amigo da bengala interativoO melgor amigo da bengala interativo
O melgor amigo da bengala interativo
 
Mauro e o dinossauro
Mauro e o dinossauro  Mauro e o dinossauro
Mauro e o dinossauro
 
O ratinho roi roi
O ratinho roi roiO ratinho roi roi
O ratinho roi roi
 
Lobo mau arrependido
Lobo mau arrependido Lobo mau arrependido
Lobo mau arrependido
 
O menino e o cata vento
O menino e o cata vento O menino e o cata vento
O menino e o cata vento
 
Cada um mora onde pode
Cada um mora onde podeCada um mora onde pode
Cada um mora onde pode
 

Último

1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
antonio carlos
 
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 
Manejo de plantas daninhas
Manejo de plantas daninhasManejo de plantas daninhas
Manejo de plantas daninhas
Geagra UFG
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Mary Alvarenga
 
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdfPainel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
marcos oliveira
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
Plano Analitico de Psicopedagogia -11 Classe- II Trimestre - 2024_014203.docx
Plano Analitico de Psicopedagogia -11 Classe- II Trimestre - 2024_014203.docxPlano Analitico de Psicopedagogia -11 Classe- II Trimestre - 2024_014203.docx
Plano Analitico de Psicopedagogia -11 Classe- II Trimestre - 2024_014203.docx
IsaiasJohaneSimango
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdfOficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
beathrizalves131
 
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da químicaTEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
VictorEmanoel37
 
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Falcão Brasil
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
arodatos81
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 

Último (20)

1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
 
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 
Manejo de plantas daninhas
Manejo de plantas daninhasManejo de plantas daninhas
Manejo de plantas daninhas
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
 
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
 
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdfPainel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
Plano Analitico de Psicopedagogia -11 Classe- II Trimestre - 2024_014203.docx
Plano Analitico de Psicopedagogia -11 Classe- II Trimestre - 2024_014203.docxPlano Analitico de Psicopedagogia -11 Classe- II Trimestre - 2024_014203.docx
Plano Analitico de Psicopedagogia -11 Classe- II Trimestre - 2024_014203.docx
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdfOficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
 
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da químicaTEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
 
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 

Uma princesa diferente mini min

  • 3. Fortaleza ● Ceará ● 2018 Texto: Cristiane Sousa Ilustrações: Nathália Forte
  • 4. Copyright © 2018 Cristiane Sousa Copyright © 2018 Nathália Forte SEDUC - Secretaria da Educação do Estado do Ceará Av. Gen. Afonso Albuquerque Lima, s/n - Cambeba - Fortaleza - Ceará | CEP: 60.822-325 (Todos os Direitos Reservados) Coordenação Editorial, Preparação de Originais e Revisão Raymundo Netto Projeto e Coordenação Gráfica Daniel Dias Revisão Final Marta Maria Braide Lima Conselho Editorial Maria Fabiana Skeff de Paula Miranda Sammya Santos Araújo Antônio Élder Monteiro de Sales Sandra Maria Silva Leite Antônia Varele da Silva Gama Catalogação e Normalização Gabriela Alves Gomes Governador Camilo Sobreira de Santana Vice-Governadora Maria Izolda Cela de Arruda Coelho Secretário da Educação Rogers Vasconcelos Mendes Secretária-Executiva da Educação Rita de Cássia Tavares Colares Coordenador de Cooperação com os Municípios (COPEM) Márcio Pereira de Brito Orientadora da Célula de Apoio à Gestão Municipal Gilgleane Silva do Carmo Orientador da Célula de Fortalecimento da Aprendizagem Idelson de Almeida Paiva Júnior Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP) S725p Souza, Cristiane Bezerra de. Uma princesa diferente? / Cristiane Bezerra de Souza; ilustrações de Nathá- lia Forte. - Fortaleza: SEDUC, 2018. 28p.; il. ISBN 978-85-8171-175-1 1. Literatura infantojuvenil. I. Forte, Nathália. II. Título. CDU 028.5
  • 5. Às princesas diferentes a quem tanto amo, minha mãe Conceição e minhas irmãs, Ana Cristina, Ana Maria e Silvana.
  • 7. Desde que era um bebezinho, Ana foi chamada de princesa: a priincesa Aninha. 5
  • 8. Ela nasceu numa noite escura e estrelada, por isso sua pele tinha a cor da noite, seus olhos eram grandes e brilhantes, como duas estrelas, e seus cabelos eram encaracolados. “A brisa os tinha deixado assim”, era o que dizia sua mãe nas histórias que lhe contava antes de dormir. 6
  • 9. 7
  • 10. Quando foi à escola, pela primeira vez, a menina ficou encantada com aquele lugar. Eram tantas as cores, as formas, os livros, as crianças, enfim, tudo lindo. 8
  • 11. 9
  • 13. PPara melhorar, a amável professora contava hhhistórias mmágicas de terras distantes, de seres encaaaantadddddos, de reis, de rainhas e das princesas qqqque a Aninhha gooosssttavvva ttanto. 11
  • 14. Porém, com o tempo, a menina começou a perceber ser diferente das princesas que apareciam nas histórias contadas ppela professora. Elas eram loiras ou de pele bbbbbbbbbbbbeeeeeeeeeeeemmmmmmmmmmmm ccccccccccllllllllaaaaaarrrrinha, de olhoss também claros e de cabbbeeeeeeelllllllllooooooossssssssssss lllllllllllllliiiiiiiiissssssssssooooooooooooossssssssssssss......... EEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm nnnnnnnnnaaaaada parecciiaamm com eela. 12
  • 15. 13
  • 16. 14
  • 17. A menina passou a duvidar se seria mesmo uma princesa. Não demorou muito para que se tornasse uma criança triste. Ao invés de brincar com as outras crianças, Aninha ficava quieta, pelos cantos. Pior ainda quando no recreio ouvia as colegas zombarem dela assim: 15
  • 18. — Aninha não é princesa! Aninha não é princesa! A criança entristeceu tanto que nem achava mais graça em ir à escola e muito menos em ouvir aquelas histórias de princesas. Numa manhã, ao chegar à sala de aula, ouviu a professora anunciar para seus colegas: — Crianças, hoje eu preparei uma surpresa! 16
  • 20. SSiimmmmmmmmmmmm, aa saallaa eesssttaavvaa ddiifffeerreennnnnnntteee nnaaaqquuueellee ddiiaa.. BBeemm diffeerreente. HHavia uummm graannndddee tapeeeette nooo cchhãããão, colorido por mmmuitos livvvrosss. NNeles, vváriiasssss hhhhhhiisttórias de pprincesaass, de tttttooooddoss os tipooossss, algummmas aatté bbbbemm paarreecidas ccommm AAAAAninnnhha. 18
  • 21. Todas as crianças se sentaram no chão, juntas, llaaddoo aa llaaddoo, ee a pprrooffesssssora lia todos os livros que elass eescollhiamm. 19
  • 22. 20
  • 23. Apaixonaram-se pelas histórias das princesas africanas com seus turbantes coloridos e suas pulseiras de miçangas. Assim como pela beleza das princesas japonesas, de olhos miúdos, e das indianas, encantadorraass em suas roupas delicaddas. 21
  • 24. 22222
  • 25. De todas as histórias contadas, a que Aninha mais gostou foi a de Zacimba Gaba, uma princesa nnegra, guerreira que liderou seu povo na luta contra a escravidão. 23232323232
  • 26. Daí, todos entenderam que existem pessoas, assim como princesas, de todas as cores, de todos os tipos, que elas são diferentes e essa diferença é uma grande riqueza que ajuda a colorir e dar graça ao mundo. 24
  • 28. 26
  • 29. Nunca mais as coleguinhas de Aninhha caçoaram dela. Ao contrário, passaram a comentar os cabelos, agora encantados por miçangas coloridas, como a de uma princesa que aprendeu a ser feliz de verdade. 27
  • 30. Cristiane Sousa Meu nome é Cristiane Sousa. Moro em Apuiarés, Ceará. Sou historiadora e pedagoga de formação e desde muito pequena adoro me aventurar no mundo das palavras que moram no papel. Uma princesa diferente? É meu terceiro livro publicado pela coleção Paic Prosa e Poesia, precedido de As aventuras de Bernardo e Muriçoca e Arraial da Bicharada. Este livro nasceu do meu coração cheio de desejo que as pessoas percebam que são as diferenças que dão graça ao mundo. Nathália Forte Formada em Artes Visuais pelo IFCE, é ilustradora de livros infantis, além de produzir séries de desenho animado para a TV. Natural de Fortaleza – CE, é filha de pescador e de uma professora. Participa do desde 2006 ilustrando livros e fazendo ações sobre leitura de imagens com os ssores. Acredita em livros e desenho ado, no potencial das crianças, e que falar com gatos. Também está dirigindo urta metragem de animação.. PAIC forma profes anima pode um cu
  • 32. Realização Apoio O Governo do Estado do Ceará desenvolve, com os seus 184 municípios, o Programa de Aprendizagem na Idade Certa - MAIS PAIC, com o compro- misso de garantir e elevar a qualidade e os resultados da educação de suas crianças e seus jovens. Publicada pela Secretaria da Educação do Estado, através do MAIS PAIC, a Coleção Paic, Prosa e Poesia, rica em identidade cultural, reúne narrativas de autores do Ceará que tiveram seus textos selecionados por meio de se- leção pública. Esse acervo constitui um estímulo a mais para se ler e contar histórias em sala de aula, garantindo, assim, um letramento competente.