SlideShare uma empresa Scribd logo
Conto de
António Torrado

Conto de António Torrado /
A nuvem andava lá no
alto, a espreguiçar-se muito
vagarosa, muito preguiçosa.

O caracol andava cá por baixo, a correr muito
devagarinho, muito devagarinho, porque não sabia correr
mais depressa. Andava à sua vida, o caracol.
Lá no alto, a nuvem, porque não tinha nada que fazer,
bocejava:
- Ah, que dia
pasmado
este!
Cá em baixo, o caracol, que tinha imensos
afazeres, murmurava:
- Ah, que dia
tão atarefado
este!
Mas afinal era apenas mais um
lindo dia, um lindo dia de sol.
Para se entreter, a nuvem começou a
brincar ao faz-de-conta. Como não havia
mais nuvens, tinha de brincar sozinha.
- Faz de conta que
sou um cavalo…

- e um cavalo-nuvem
desenhava-se no céu.
- Agora, faz de
conta que sou um
palhaço…
- e a cara de um palhaço,
feito de nuvem, recortavase no azul do céu.
- Agora sou uma
casa…

- e uma casa-nuvem
aparecia no céu.
Entretinha-se assim. Mas, quando, a
certa altura, se alongou e espreguiçou
mais e mais, a fazer de conta que era um
comboio de mercadorias, a nuvem tapou
o Sol. O dia escureceu.
Cá em baixo, o caracol, que andava à
sua vida, suspirou, aborrecido:

- Esta nuvem só faz
disparates. É o que sucede a
quem não tem nada que
fazer.
Parece que ela, a nuvem, lá em cima, o ouviu, porque, passado
tempo, escureceu de triste que estava e começou a choramingar
sobre a terra.
Foram umas gotinhas poucas, uns chuviscos - que ela
também era pequenina - mas bastaram para pôr a reluzir
as folhas e as ervas por onde o caracol andava à sua vida.
Quando se foi a chuva, e o Sol voltou a aparecer, o caracol,
que entretanto se abrigara na sua casa, deitou os
pauzinhos para fora e disse, muito satisfeito:

- Assim,
sim!
Virou então a cabeça para o céu, para
agradecer à nuvem, mas já ela tinha
desaparecido.
Agora é a tua vez de imaginares
outras brincadeiras da nuvem…
http://www.escolovar.org
Por favor,
não colocar na INTERNET.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

O carnaval-na-floresta
O carnaval-na-florestaO carnaval-na-floresta
O carnaval-na-floresta
Guiomar Silva
 
Diario de uma minhoca
Diario de uma minhocaDiario de uma minhoca
Diario de uma minhoca
Maria Cecilia Silva
 
A familia do marcelo
A familia do marceloA familia do marcelo
A familia do marcelo
Blog da Criançada
 
Coração de Mãe
Coração de MãeCoração de Mãe
Coração de Mãe
Pedro Moura
 
O nariz do palhaço
O nariz do palhaçoO nariz do palhaço
O nariz do palhaço
Albertina Pereira
 
Ppt um pé de vento
Ppt um pé de ventoPpt um pé de vento
Ppt um pé de ventoPaula Sousa
 
Chapeuzinho amarelo
Chapeuzinho amareloChapeuzinho amarelo
Chapeuzinho amarelo
Nadie Christina Machado-Spence
 
História do dez sacizinhos
História do dez sacizinhosHistória do dez sacizinhos
História do dez sacizinhos
Andreá Perez Leinat
 
Ser amigo
Ser amigoSer amigo
Ser amigo
Elsa Jesus
 
O mundinho
O mundinhoO mundinho
O mundinho
Hayana Oliveira
 
A galinha ruiva
A galinha ruivaA galinha ruiva
A galinha ruiva
Bertilia Madeira
 
A gotinha Plim Plim, de Gerusa Rodrigues Pinto
A gotinha Plim Plim, de Gerusa Rodrigues PintoA gotinha Plim Plim, de Gerusa Rodrigues Pinto
A gotinha Plim Plim, de Gerusa Rodrigues Pinto
Elisangela Terra
 
Tudobemserdiferente
Tudobemserdiferente Tudobemserdiferente
Tudobemserdiferente
Lenir Moraes
 
A árvore generosa
A árvore generosaA árvore generosa
A árvore generosa
Vera Monteiro
 
A lagartinha comilona
A lagartinha comilonaA lagartinha comilona
A lagartinha comilona
anabelasantosmendonca
 
RITA, NÃO GRITA!
RITA, NÃO GRITA!RITA, NÃO GRITA!
RITA, NÃO GRITA!
Marisa Seara
 
Historia " Os Nossos Amigos Animais"
Historia " Os Nossos Amigos Animais"Historia " Os Nossos Amigos Animais"
Historia " Os Nossos Amigos Animais"
bibdjosei
 
A árvore Generosa
  A árvore Generosa  A árvore Generosa
A árvore Generosa
Fátima Lares Correia
 
Viviana a rainha do pijama
Viviana a rainha do pijamaViviana a rainha do pijama
Viviana a rainha do pijama
Isa ...
 
Uma história de carnaval
Uma história de carnavalUma história de carnaval
Uma história de carnaval
Ana Arminda Moreira
 

Mais procurados (20)

O carnaval-na-floresta
O carnaval-na-florestaO carnaval-na-floresta
O carnaval-na-floresta
 
Diario de uma minhoca
Diario de uma minhocaDiario de uma minhoca
Diario de uma minhoca
 
A familia do marcelo
A familia do marceloA familia do marcelo
A familia do marcelo
 
Coração de Mãe
Coração de MãeCoração de Mãe
Coração de Mãe
 
O nariz do palhaço
O nariz do palhaçoO nariz do palhaço
O nariz do palhaço
 
Ppt um pé de vento
Ppt um pé de ventoPpt um pé de vento
Ppt um pé de vento
 
Chapeuzinho amarelo
Chapeuzinho amareloChapeuzinho amarelo
Chapeuzinho amarelo
 
História do dez sacizinhos
História do dez sacizinhosHistória do dez sacizinhos
História do dez sacizinhos
 
Ser amigo
Ser amigoSer amigo
Ser amigo
 
O mundinho
O mundinhoO mundinho
O mundinho
 
A galinha ruiva
A galinha ruivaA galinha ruiva
A galinha ruiva
 
A gotinha Plim Plim, de Gerusa Rodrigues Pinto
A gotinha Plim Plim, de Gerusa Rodrigues PintoA gotinha Plim Plim, de Gerusa Rodrigues Pinto
A gotinha Plim Plim, de Gerusa Rodrigues Pinto
 
Tudobemserdiferente
Tudobemserdiferente Tudobemserdiferente
Tudobemserdiferente
 
A árvore generosa
A árvore generosaA árvore generosa
A árvore generosa
 
A lagartinha comilona
A lagartinha comilonaA lagartinha comilona
A lagartinha comilona
 
RITA, NÃO GRITA!
RITA, NÃO GRITA!RITA, NÃO GRITA!
RITA, NÃO GRITA!
 
Historia " Os Nossos Amigos Animais"
Historia " Os Nossos Amigos Animais"Historia " Os Nossos Amigos Animais"
Historia " Os Nossos Amigos Animais"
 
A árvore Generosa
  A árvore Generosa  A árvore Generosa
A árvore Generosa
 
Viviana a rainha do pijama
Viviana a rainha do pijamaViviana a rainha do pijama
Viviana a rainha do pijama
 
Uma história de carnaval
Uma história de carnavalUma história de carnaval
Uma história de carnaval
 

Destaque

Lengalenga a velha e a bicharada
Lengalenga  a velha e a bicharadaLengalenga  a velha e a bicharada
Lengalenga a velha e a bicharada
elsalobo
 
Segunda prova suely 2012
Segunda prova suely 2012Segunda prova suely 2012
Segunda prova suely 2012
celiariosalmeida
 
O ouriço e a lebre
O ouriço e a lebreO ouriço e a lebre
O ouriço e a lebre
peixinhos
 
Quem procura, acha
Quem procura, achaQuem procura, acha
Quem procura, acha
Patricia Carvalho
 
Leitura e interpretação de texto
Leitura e interpretação de textoLeitura e interpretação de texto
Leitura e interpretação de texto
Augusto Bertotto
 
História --para-que-serve-o-ouriço
História --para-que-serve-o-ouriçoHistória --para-que-serve-o-ouriço
História --para-que-serve-o-ouriço
helenasalazar
 
Urgente o amor
Urgente o amorUrgente o amor
Papá por favor apanha-me a lua...
Papá por favor apanha-me a lua...Papá por favor apanha-me a lua...
Papá por favor apanha-me a lua...
labeques
 
Historia ouriço mal_ penteado
Historia ouriço mal_ penteadoHistoria ouriço mal_ penteado
Historia ouriço mal_ penteado
Natalia Pina
 
Dá me um abraço com animação
Dá me um abraço com animaçãoDá me um abraço com animação
Dá me um abraço com animação
Fátima Lares Correia
 
História desculpa ....
História desculpa ....História desculpa ....
História desculpa ....
Maria Das Dores Oliveira
 

Destaque (11)

Lengalenga a velha e a bicharada
Lengalenga  a velha e a bicharadaLengalenga  a velha e a bicharada
Lengalenga a velha e a bicharada
 
Segunda prova suely 2012
Segunda prova suely 2012Segunda prova suely 2012
Segunda prova suely 2012
 
O ouriço e a lebre
O ouriço e a lebreO ouriço e a lebre
O ouriço e a lebre
 
Quem procura, acha
Quem procura, achaQuem procura, acha
Quem procura, acha
 
Leitura e interpretação de texto
Leitura e interpretação de textoLeitura e interpretação de texto
Leitura e interpretação de texto
 
História --para-que-serve-o-ouriço
História --para-que-serve-o-ouriçoHistória --para-que-serve-o-ouriço
História --para-que-serve-o-ouriço
 
Urgente o amor
Urgente o amorUrgente o amor
Urgente o amor
 
Papá por favor apanha-me a lua...
Papá por favor apanha-me a lua...Papá por favor apanha-me a lua...
Papá por favor apanha-me a lua...
 
Historia ouriço mal_ penteado
Historia ouriço mal_ penteadoHistoria ouriço mal_ penteado
Historia ouriço mal_ penteado
 
Dá me um abraço com animação
Dá me um abraço com animaçãoDá me um abraço com animação
Dá me um abraço com animação
 
História desculpa ....
História desculpa ....História desculpa ....
História desculpa ....
 

Semelhante a Conto torrado nuvem.caracol_Clara

A nuvem e o caracol 3º ano
A nuvem e o caracol 3º anoA nuvem e o caracol 3º ano
A nuvem e o caracol 3º ano
Sónia Rodrigues
 
Pp
PpPp
Poemas_Ciência
Poemas_CiênciaPoemas_Ciência
Poemas_Ciência
nemavicente
 
Mia Couto 1
Mia Couto 1Mia Couto 1
Mia Couto 1
Carla Nunes
 
A chuva pasmada by couto mia (z lib.org).txt
A chuva pasmada by couto mia (z lib.org).txtA chuva pasmada by couto mia (z lib.org).txt
A chuva pasmada by couto mia (z lib.org).txt
DinisMendonca1
 
A nuvem e a duna
A nuvem e a dunaA nuvem e a duna
A nuvem e a duna
Serginho Fernando
 

Semelhante a Conto torrado nuvem.caracol_Clara (6)

A nuvem e o caracol 3º ano
A nuvem e o caracol 3º anoA nuvem e o caracol 3º ano
A nuvem e o caracol 3º ano
 
Pp
PpPp
Pp
 
Poemas_Ciência
Poemas_CiênciaPoemas_Ciência
Poemas_Ciência
 
Mia Couto 1
Mia Couto 1Mia Couto 1
Mia Couto 1
 
A chuva pasmada by couto mia (z lib.org).txt
A chuva pasmada by couto mia (z lib.org).txtA chuva pasmada by couto mia (z lib.org).txt
A chuva pasmada by couto mia (z lib.org).txt
 
A nuvem e a duna
A nuvem e a dunaA nuvem e a duna
A nuvem e a duna
 

Mais de Clara Sousa

Frutos do outono
Frutos do outonoFrutos do outono
Frutos do outonoClara Sousa
 
Poemas frutos
Poemas frutosPoemas frutos
Poemas frutos
Clara Sousa
 
Chegou o outono.pps
Chegou o outono.ppsChegou o outono.pps
Chegou o outono.pps
Clara Sousa
 
A galinha ruiva_e_o_outono
A galinha ruiva_e_o_outonoA galinha ruiva_e_o_outono
A galinha ruiva_e_o_outonoClara Sousa
 
Animais da quinta
Animais da quintaAnimais da quinta
Animais da quinta
Clara Sousa
 
Animais
AnimaisAnimais
Animais
Clara Sousa
 

Mais de Clara Sousa (6)

Frutos do outono
Frutos do outonoFrutos do outono
Frutos do outono
 
Poemas frutos
Poemas frutosPoemas frutos
Poemas frutos
 
Chegou o outono.pps
Chegou o outono.ppsChegou o outono.pps
Chegou o outono.pps
 
A galinha ruiva_e_o_outono
A galinha ruiva_e_o_outonoA galinha ruiva_e_o_outono
A galinha ruiva_e_o_outono
 
Animais da quinta
Animais da quintaAnimais da quinta
Animais da quinta
 
Animais
AnimaisAnimais
Animais
 

Último

Curativo de cateter venoso central na UTI.pdf
Curativo de cateter venoso central na UTI.pdfCurativo de cateter venoso central na UTI.pdf
Curativo de cateter venoso central na UTI.pdf
BiancaCristina75
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
fagnerlopes11
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
Manuais Formação
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
fran0410
 
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptxTudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
IACEMCASA
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
sjcelsorocha
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
MatheusSousa716350
 
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica BasicaExercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
ElinarioCosta
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
vinibolado86
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
DouglasMoraes54
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
ProfessoraTatianaT
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
ARIADNEMARTINSDACRUZ
 
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdfUFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
Manuais Formação
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
rloureiro1
 
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
CarlosJean21
 

Último (20)

Curativo de cateter venoso central na UTI.pdf
Curativo de cateter venoso central na UTI.pdfCurativo de cateter venoso central na UTI.pdf
Curativo de cateter venoso central na UTI.pdf
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
 
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptxTudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
 
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica BasicaExercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
 
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdfUFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
 
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
 

Conto torrado nuvem.caracol_Clara

  • 1. Conto de António Torrado Conto de António Torrado /
  • 2.
  • 3.
  • 4. A nuvem andava lá no alto, a espreguiçar-se muito vagarosa, muito preguiçosa. O caracol andava cá por baixo, a correr muito devagarinho, muito devagarinho, porque não sabia correr mais depressa. Andava à sua vida, o caracol.
  • 5. Lá no alto, a nuvem, porque não tinha nada que fazer, bocejava: - Ah, que dia pasmado este!
  • 6. Cá em baixo, o caracol, que tinha imensos afazeres, murmurava: - Ah, que dia tão atarefado este! Mas afinal era apenas mais um lindo dia, um lindo dia de sol.
  • 7. Para se entreter, a nuvem começou a brincar ao faz-de-conta. Como não havia mais nuvens, tinha de brincar sozinha.
  • 8. - Faz de conta que sou um cavalo… - e um cavalo-nuvem desenhava-se no céu.
  • 9. - Agora, faz de conta que sou um palhaço… - e a cara de um palhaço, feito de nuvem, recortavase no azul do céu.
  • 10. - Agora sou uma casa… - e uma casa-nuvem aparecia no céu.
  • 11. Entretinha-se assim. Mas, quando, a certa altura, se alongou e espreguiçou mais e mais, a fazer de conta que era um comboio de mercadorias, a nuvem tapou o Sol. O dia escureceu.
  • 12. Cá em baixo, o caracol, que andava à sua vida, suspirou, aborrecido: - Esta nuvem só faz disparates. É o que sucede a quem não tem nada que fazer.
  • 13. Parece que ela, a nuvem, lá em cima, o ouviu, porque, passado tempo, escureceu de triste que estava e começou a choramingar sobre a terra.
  • 14. Foram umas gotinhas poucas, uns chuviscos - que ela também era pequenina - mas bastaram para pôr a reluzir as folhas e as ervas por onde o caracol andava à sua vida.
  • 15. Quando se foi a chuva, e o Sol voltou a aparecer, o caracol, que entretanto se abrigara na sua casa, deitou os pauzinhos para fora e disse, muito satisfeito: - Assim, sim!
  • 16. Virou então a cabeça para o céu, para agradecer à nuvem, mas já ela tinha desaparecido.
  • 17. Agora é a tua vez de imaginares outras brincadeiras da nuvem…
  • 18.