SlideShare uma empresa Scribd logo
TRABALHANDO COM AS REDES SOCIAIS
VI CICLO DE PALESTRAS -INTEGRANDO PROFISSIONAIS
“EMPREGABILIDADE:QUEBRA DE PARADIGMAS E INOVAÇÃO DO PROFISSIONAL
DA ÁREA DE GESTÃOE NEGÓCIOS.”
CURSO TÉCNICO EM SECRETARIADO
ETEC PRESIDENTE VARGAS
MOGI DASCRUZES – SP
MAIO/2017
POR QUE ESTOU AQUI?
Jornalista e Pedagoga por formação com especialização em Gestão de
Projetos, Gestão do Conhecimento, Gerente de Cidades e MBA em Gestão
Empresarial .
Mais de 15 anos de experiência e ampla atuação nas áreas de Gestão
Empresarial, Planejamento, Inovação, Competitividade e Relacionamento
Institucional, bem como consultoria especializada para Micro e Pequenas
Empresas.
Atuou como Gerente Regional no SEBRAE-SP e Gerente Nacional de Serviços
no SEBRAE Nacional e foi Gerente Executiva de Operações no Instituto Ethos
de Responsabilidade Social.
Atualmente é gerente de Treinamento e Excelência na Momentum Empreendimentos Imobiliários e
consultora nas áreas de Planejamento, Marketing e Gestão de Pessoas. Realiza mentoria e coaching
com foco no desenvolvimento de modelo de negócios (Canvas) e no desenvolvimento de
comportamentos empreendedores; bem como elaboração de planejamento estratégico através de
ferramentas como BSC, SWOT, cadeia de valor e indicadores de desempenho de gestão.
Docente nas Universidades Mogi das Cruzes, Universidade Braz Cubas, Fundação Armando Álvares
Penteado (FAAP) e Fundação Getúlio Vargas (FGV/SP).
É autora do blog Lounge Empreendedor e co-autora do do livro “Empreendedorismo Inovador”
lançado pela Editora Évora em setembro de 2012.
De forma rápida e fácil vamos entender como as mudanças na
comunicação afetam a sociedade.
O que fazer para não ficar para trás.
Como garantiro efeito positivo do processo de comunicar?
Os contadores de histórias....
Trabalhando com redes sociais
• Globalização
• Diversidade
• Preocupações éticas
• Responsabilidade social
• Velocidade de resposta
• Crises organizacionais
• Rápidos avanços em tecnologia
• Ascensão do e-business
Exigência que se impõe: ambientes mutáveis, ágeis e dinâmicos.
Desenvolvimento de novos processos: estrutura, tecnologia e recursos humanos.
Fonte: Os desafios da comunicação interna na Pós-Modernidade (Marlene Marchiori)
ESTAMOS VIVENDO UMA ÉPOCA DE
GRANDES MUDANÇAS
• Visão de comunicação marcada pela flexibilidade e diferença;
• Linguagem e negociação social do significado assumem posição fundamental, já
que influenciam as percepções dos que estão envolvidos em diálogos
organizacionais.;
• Aspectos que as organizações pós-modernas estimulam:
– Processo democrático informal, emergente e baseado em consenso;
– “Empowerment” que propicia o desenvolvimento da pró-atividade;
– Relacionamentos complexos;
– Reflexividade e criatividade a serviço do desempenho;
– Diversidade e diferença, entre outras características.
• A partir do momento em que se altera o discurso, a realidade está sendo
modificada
A PÓS-MODERNIDADE
Fonte: Os desafios da comunicação interna na Pós-Modernidade (Marlene Marchiori)
Ferramenta Forma de
comunicação
Característica Atores
Fala Um para um Comunicação
horizontal
Emissor e receptor
na mesma hora e
local
Escrita Um para muitos Comunicação
vertical
Emissor e receptor
em locais diferentes
Ambiente de rede Muitos para muitos Comunicação
multidirecional
Emissor e receptor
em locais
diferentes, com a
possibilidade da
interação
• Co-existência, interação e
complementariedade entre as três
formas de comunicação:
• Comunicação interpessoal
• Comunicação de massa
• Autocomunicaçãode massa
ManuelCastells (2009)
Convergência midiática
Culturada convergência
HenryJenkins(2009)
• Cooperação entre várias
plataformas e entre múltiplas
indústrias midiáticas
• Coexistência entre os sistemas de
mídia e seus processos
A convergência não ocorre por meio de
aparelhos, por mais sofisticados que
venham a ser. A convergência ocorre
dentro dos cérebros de consumidores
individuais e em suas interações sociais
com outros. (2009).
Quem concentra perde.....
Entramos em uma nova fase da
sociedade, as novas ferramentas de
comunicação efetuaram uma série de
mudanças em diversas áreas.
Na indústria da comunicação não é diferente, se
antes quem concentrava informação, tinha o
poder, hoje é bem diferente.
Para entender um pouco é importante dividir
em 3 fases e conhecer como ocorre a
transformação da informação em dinheiro.
Surgem meios de guardar e concentrar
informação, a partir disto alguns conseguem
transformar sons, imagens e textos em
produtos e capitalizar com sua venda em
massa.
Físico
Na primeira fase existia o físico, ou seja,
não existia forma de propagar
informação em escala.
Colaborar
Surgem novas ferramentas de
comunicação que tornam a
transferência de informação fácil.
As pessoas começam a trocar produtos
que antes eram vendidos por uma
indústria.
A comercialização de informação perde
força, pois é possível encontrar o
mesmoproduto de graça.
A mudança está na facilidadede compartilhar.....
Não há como pararo movimento.
Então,como agir ???
Compartilhe também
Coloqueno site, músicas de graça ......
Deixe o usuário pagarpelo que ouve ......
Notícias – Físico
Outra industria que também avançou nesta
mudança é a das notícias.
Se antes era físico e pouco eficiente.
Notícias – Portais/Blogs/Twitter....
A colaboração na internet, torna a geração de notícias mais rápida e mais
detalhada.
Ferramentas como Twitter e blogs oferecem informações com maior
velocidade e com maior riqueza de detalhes por causa dos hyperlinks.
Meios baseados em matriz não conseguem acompanhar justamenteporque
a matriz limita sua velocidade.
Nada morre....
Mas a comunicação de
massa não irá desaparecer.
Mas precisa mudar....
Nós precisamos nos
adaptar e aprender a lidar
com as novas ferramentas
e comportamentos...
Clientessão “pessoas” necessitando de algo
Empresas são “pessoas”gerando valor....
Precisamos esquecer a imagem da
empresa como uma máquinae colocar as
pessoas de dentro para conversar com os
consumidores.
Internet é uma rede de pessoas
Internet não é mais uma rede de computadores
Viciadoem Internet é viciadoem código?
Viciado em Internet é viciado em pessoas.
Potencializarpessoas
COMUNICAÇÃOÉ UM PROCESSO
Vivemos em rede
Família é uma rede social
Amigos são uma rede social
Uma empresa é uma rede social
As ferramentas são o meio,
as pessoas são a base
Academicamente falando...
Rede Socialé uma estrutura social
composta por pessoas ou organizações,
conectadas por um ou vários tipos de
relações, que compartilham valores e
objetivos comuns.
Você é o que você faz
O estudante de...
A dona de casa...
A estagiária de...
O professor...
A auxiliar de..
A advogada...
O juiz...
O piloto...
Trabalhando com redes sociais
#Uso responsável somente na empresa?
#Uso responsável somente pelo aluno?
E agora quem poderá me defender?
“A melhor defesa é
a educação”
Explorando o USO
responsável das
Redes Sociais
Você tem uma reputação e uma
imagem em constante construção!
Como você quer ser visto?
Seja você mesmo!
Fulano de Tal
A rede social é a vida real. É um ponto de encontro gigante perpetuamente em curso. Se
você tratar as redes sociais como um lugar real, com pessoas reais, e você agir como o
verdadeiro você, terá sucesso.
Fonte: http://www.brasilwsi.com.br/
Você e suas conexões
- Diga com quem teclas...
#Selecione
a dedo
suas conexões!
Você é a imagem que você
posta!
Que imagem quero passar?
Trabalhando com redes sociais
Você é o que escreve
Na internet a nossa presençaé
sentida através daquilo que
escrevemos, se você escreve
errado, não passa
credibilidade, as pessoas
passam a vê-lo da forma como
se expressana escrita.
Trabalhando com redes sociais
Trabalhando com redes sociais
Trabalhando com redes sociais
#Dicas para escrever melhor
Use a técnica da substituição: Se não sabe escrever
uma palavra, substituapor outra.
Exemplo: se não sabe se conserto é com c ou s,
substitua por reparo.
Quando não tiver certeza da grafia de uma palavra,
use o Google ou o corretor ortográfico do Word.
Preste atenção na concordância e no tempo verbal,
cuidado com vícios de linguagem, pleonasmo, gírias e
palavrões.
Parece básico, mas não é:
Nunca falar mal:
• Da empresa
• Dos colegas
• De clientes
• Do trabalho
• Dos concorrentes
Você não vai ganhar nada com isso!
#Redes Sociais X Empresa
Parece controverso, mas não é:
Nunca defender:
• A empresa
• Os colegas
• Os clientes
#Redes Sociais X Empresa
“O que está ruim,
na rede social sempre pode piorar”
Trabalhando com redes sociais
• Muitas interações, cuidado com a superexposição!
• Muitas postagens em horário de trabalho
• Extremismos
(indignação é diferente de ódio)
(discordância é diferente de desprezo)
#Cuidado com excessos
Seu chefe, colegas, família, amigos,
inimigos: todos podem ver!
Trabalhando com redes sociais
Trabalhando com redes sociais
Pessimismo, mágoas e indiretas
Rede social não é terapia
Procure um profissional
Você é o que curte ou
compartilha
Cuidado:
- Ajudar a propagar boatos, golpes,
correntes. (verifique as fontes).
- Humor duvidoso e fotos impróprias.
- Netiqueta: cada conteúdo tem sua rede
social própria.
Pergunte-se: O que eu vou compartilhar me afetará ou afetará alguém?
Trabalhando com redes sociais
Trabalhando com redes sociais
● Evite "piadas internas"
● Não comente assuntos estratégicos da
empresa
Fora do contexto elas perdem o sentido e
podem ser catastróficas:
#Contexto: O grande vilão
Pense e repense antes de publicar
Na dúvida, não publique
Taí, tirei a carta de
motorista!
Obrigado meu
Deus!!
Proteja seus dados
E lembre-se...
As redes sociais podem contribuir
para a sua vida profissional
http://exame.abril.com.br/carreira/noticias/10-numeros-que-vao-convencer-voce-a-rever-seu-perfil-online
• Use perfis profissionais: Linkedin
• Use perfis educacionais: Slideshare, Youtube, etc.
• Participe de grupos, interaja, contribua
• Poste conteúdos relevantes
• Atualize constantemente
#Dicas para perfis profissionais
#Escolas & Redes Sociais
Porque as escolas devem orientar?
#Ciberbulling
Agressões virtuais podem
deixar marcas profundas em
quem as sofre, em casos mais
extremos este tipo de atitude
pode levar ao suicídio.
#Ciberbulling
Segundo a Lei 13.185/15, há intimidação sistemática na rede mundial
de computadores (cyberbullying), quando se usarem os
instrumentos que lhe são próprios para depreciar, incitar a violência,
adulterar fotos e dados pessoais com o intuito de criar meios de
constrangimento psicossocial.
Trabalhando com redes sociais
#abrindo
o diálogo
vamos USAR esse
PODER para difundir
O nosso MELHOR!
CUIDADO!!!
• BAUMAN, Zigmunt. Identidade. Rio de Janeiro: JZE, 2005. Modernidade Líquida. Rio
de Janeiro: Zahar, 2001.
• ____________. Modernidade Líquida. Zahar, 2001.
• CASTELLS, Manuel. A sociedade em rede. Economia, sociedade e cultura. 9. ed. -
atualizada. Vol. 1. São Paulo: Paz e Terra, 2006.
• ____________. A galáxia da internet: reflexões sobre a internet, os negócios e a
sociedade. Trad. Maria Luiz X. de A. Borges. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2003.
• CAVALCANTI , Marcos, O Conhecimento em rede. Rio de Janeiro. Elsevier, 2007.
• LÉVY, Pierre. O que é o virtual? Trad. de Paulo Neves. 4. reimpr. Rio de Janeiro:
Editora 34, 2001.
• ____________.Cibercultura. 1ª Ed. São Paulo. 1ª ed. São Paulo: Editora 34, 1999.
• SAAD, Elisabeth Corrêa. Comunicação digital: uma questão de estratégia e de
relacionamento com públicos. Organicom - Revista Brasileira de Comunicação
Organizacional e relações Públicas. São Paulo: Gestcorp-ECA-USP, a. 2, n.3, p. 95-
111, .2. sem. 2005.
• TAPSCOTT, Don. A Hora da Geração Digital. São Paulo: AGIR, 2010.
https://pt.slideshare.net/sandrovx
https://pt.slideshare.net/Dante_Mantovani
https://pt.slideshare.net/renatomelo1
REFERÊNCIAS
BIBLIOGRÁFICAS
INDICAÇÕES
MARKETING
NA ERA
DIGITAL –
MARTHA
GABRIEL
PREVISIVELMENTE
IRRACIONAL –
DAN ARIELY
Trabalhando com redes sociais

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Oficina II: Redes Sociais, gestão da imagem e reputação online - Ciclo Comuni...
Oficina II: Redes Sociais, gestão da imagem e reputação online - Ciclo Comuni...Oficina II: Redes Sociais, gestão da imagem e reputação online - Ciclo Comuni...
Oficina II: Redes Sociais, gestão da imagem e reputação online - Ciclo Comuni...
Pedro Cordier
 
2º Edição Ebook:Smart Digital - Conteúdo Social
2º Edição Ebook:Smart Digital - Conteúdo Social2º Edição Ebook:Smart Digital - Conteúdo Social
2º Edição Ebook:Smart Digital - Conteúdo Social
Bruno de Souza
 
Redes Sociais e o Mercado de Trabalho
Redes Sociais e o Mercado de TrabalhoRedes Sociais e o Mercado de Trabalho
Redes Sociais e o Mercado de Trabalho
Ronaldo Andrade
 
E-book gratuito Mídias Sociais na Igreja
E-book gratuito Mídias Sociais na IgrejaE-book gratuito Mídias Sociais na Igreja
E-book gratuito Mídias Sociais na Igreja
Elis Amancio
 
Apresentação mapa da mina
Apresentação mapa da minaApresentação mapa da mina
Apresentação mapa da mina
claudia murta
 
Curso cultura e midias sociais 01o encontro
Curso cultura e midias sociais 01o encontroCurso cultura e midias sociais 01o encontro
Curso cultura e midias sociais 01o encontro
Thiago Fraga
 
Mídias Sociais em Missões [Outubro/2015]
Mídias Sociais em Missões [Outubro/2015]Mídias Sociais em Missões [Outubro/2015]
Mídias Sociais em Missões [Outubro/2015]
Elis Amancio
 
Redes sociais - Ms Neli Mengalli
Redes sociais - Ms Neli Mengalli Redes sociais - Ms Neli Mengalli
Redes sociais - Ms Neli Mengalli
Centro de Estudos e Tecnologias Educacionais
 
Usuário mídia
Usuário mídiaUsuário mídia
Usuário mídia
Carolina Terra
 
Linck-Se | Programa de Capacitação em Mídias Digitais - 1a parte
Linck-Se | Programa de Capacitação em Mídias Digitais - 1a parteLinck-Se | Programa de Capacitação em Mídias Digitais - 1a parte
Linck-Se | Programa de Capacitação em Mídias Digitais - 1a parte
Lincks - Real Estate Marketing
 
Digicorp aula1 07 05 2010
Digicorp aula1 07 05 2010Digicorp aula1 07 05 2010
Digicorp aula1 07 05 2010
guest7491be
 
Livro Etiqueta 3.0 - Você on-line e off-line - Capítulo 01
Livro Etiqueta 3.0 - Você on-line e off-line - Capítulo 01Livro Etiqueta 3.0 - Você on-line e off-line - Capítulo 01
Livro Etiqueta 3.0 - Você on-line e off-line - Capítulo 01
Editora Generale
 
Mídias Sociais em prol do Reino de Deus - Fortaleza/CE by Elisandra Amâncio
Mídias Sociais em prol do Reino de Deus - Fortaleza/CE by Elisandra AmâncioMídias Sociais em prol do Reino de Deus - Fortaleza/CE by Elisandra Amâncio
Mídias Sociais em prol do Reino de Deus - Fortaleza/CE by Elisandra Amâncio
Elis Amancio
 
Codigo de conduta na internet
Codigo de conduta na internetCodigo de conduta na internet
Codigo de conduta na internet
Rodrigo Facchinetti
 
Mídias Sociais na Igreja - Universidade do Discípulo
Mídias Sociais na Igreja - Universidade do DiscípuloMídias Sociais na Igreja - Universidade do Discípulo
Mídias Sociais na Igreja - Universidade do Discípulo
Elis Amancio
 
Midia Social como ferramenta de trabalho
Midia Social como ferramenta de trabalhoMidia Social como ferramenta de trabalho
Midia Social como ferramenta de trabalho
Mensagens Virtuais
 
[Ebook] Scup: Direito Digital - Como não ser um Fora da Lei nas Redes Sociais
[Ebook] Scup: Direito Digital - Como não ser um Fora da Lei nas Redes Sociais[Ebook] Scup: Direito Digital - Como não ser um Fora da Lei nas Redes Sociais
[Ebook] Scup: Direito Digital - Como não ser um Fora da Lei nas Redes Sociais
Tacia Rocha
 

Mais procurados (17)

Oficina II: Redes Sociais, gestão da imagem e reputação online - Ciclo Comuni...
Oficina II: Redes Sociais, gestão da imagem e reputação online - Ciclo Comuni...Oficina II: Redes Sociais, gestão da imagem e reputação online - Ciclo Comuni...
Oficina II: Redes Sociais, gestão da imagem e reputação online - Ciclo Comuni...
 
2º Edição Ebook:Smart Digital - Conteúdo Social
2º Edição Ebook:Smart Digital - Conteúdo Social2º Edição Ebook:Smart Digital - Conteúdo Social
2º Edição Ebook:Smart Digital - Conteúdo Social
 
Redes Sociais e o Mercado de Trabalho
Redes Sociais e o Mercado de TrabalhoRedes Sociais e o Mercado de Trabalho
Redes Sociais e o Mercado de Trabalho
 
E-book gratuito Mídias Sociais na Igreja
E-book gratuito Mídias Sociais na IgrejaE-book gratuito Mídias Sociais na Igreja
E-book gratuito Mídias Sociais na Igreja
 
Apresentação mapa da mina
Apresentação mapa da minaApresentação mapa da mina
Apresentação mapa da mina
 
Curso cultura e midias sociais 01o encontro
Curso cultura e midias sociais 01o encontroCurso cultura e midias sociais 01o encontro
Curso cultura e midias sociais 01o encontro
 
Mídias Sociais em Missões [Outubro/2015]
Mídias Sociais em Missões [Outubro/2015]Mídias Sociais em Missões [Outubro/2015]
Mídias Sociais em Missões [Outubro/2015]
 
Redes sociais - Ms Neli Mengalli
Redes sociais - Ms Neli Mengalli Redes sociais - Ms Neli Mengalli
Redes sociais - Ms Neli Mengalli
 
Usuário mídia
Usuário mídiaUsuário mídia
Usuário mídia
 
Linck-Se | Programa de Capacitação em Mídias Digitais - 1a parte
Linck-Se | Programa de Capacitação em Mídias Digitais - 1a parteLinck-Se | Programa de Capacitação em Mídias Digitais - 1a parte
Linck-Se | Programa de Capacitação em Mídias Digitais - 1a parte
 
Digicorp aula1 07 05 2010
Digicorp aula1 07 05 2010Digicorp aula1 07 05 2010
Digicorp aula1 07 05 2010
 
Livro Etiqueta 3.0 - Você on-line e off-line - Capítulo 01
Livro Etiqueta 3.0 - Você on-line e off-line - Capítulo 01Livro Etiqueta 3.0 - Você on-line e off-line - Capítulo 01
Livro Etiqueta 3.0 - Você on-line e off-line - Capítulo 01
 
Mídias Sociais em prol do Reino de Deus - Fortaleza/CE by Elisandra Amâncio
Mídias Sociais em prol do Reino de Deus - Fortaleza/CE by Elisandra AmâncioMídias Sociais em prol do Reino de Deus - Fortaleza/CE by Elisandra Amâncio
Mídias Sociais em prol do Reino de Deus - Fortaleza/CE by Elisandra Amâncio
 
Codigo de conduta na internet
Codigo de conduta na internetCodigo de conduta na internet
Codigo de conduta na internet
 
Mídias Sociais na Igreja - Universidade do Discípulo
Mídias Sociais na Igreja - Universidade do DiscípuloMídias Sociais na Igreja - Universidade do Discípulo
Mídias Sociais na Igreja - Universidade do Discípulo
 
Midia Social como ferramenta de trabalho
Midia Social como ferramenta de trabalhoMidia Social como ferramenta de trabalho
Midia Social como ferramenta de trabalho
 
[Ebook] Scup: Direito Digital - Como não ser um Fora da Lei nas Redes Sociais
[Ebook] Scup: Direito Digital - Como não ser um Fora da Lei nas Redes Sociais[Ebook] Scup: Direito Digital - Como não ser um Fora da Lei nas Redes Sociais
[Ebook] Scup: Direito Digital - Como não ser um Fora da Lei nas Redes Sociais
 

Semelhante a Trabalhando com redes sociais

Mídias Sociais para organizações sem fins lucrativos
Mídias Sociais para organizações sem fins lucrativosMídias Sociais para organizações sem fins lucrativos
Mídias Sociais para organizações sem fins lucrativos
Clear Educação e Inovação
 
Oportunidades para o Terceiro Setor no Mundo Digital
Oportunidades para o Terceiro Setor no Mundo DigitalOportunidades para o Terceiro Setor no Mundo Digital
Oportunidades para o Terceiro Setor no Mundo Digital
Rede Brasil Voluntario
 
Comunicação e Linguagens Contemporâneas
Comunicação e Linguagens Contemporâneas Comunicação e Linguagens Contemporâneas
Comunicação e Linguagens Contemporâneas
Ana Maria Magni Coelho
 
6 depoimentos sobre mídias sociais
6 depoimentos sobre mídias sociais6 depoimentos sobre mídias sociais
6 depoimentos sobre mídias sociais
Kelly Nagaoka
 
Mídias sociais e RH: uma análise do mercado atual
Mídias sociais e RH: uma análise do mercado atualMídias sociais e RH: uma análise do mercado atual
Mídias sociais e RH: uma análise do mercado atual
Silvana Miranda
 
Gestão de Rede Sociais - Introdução as Redes Sociais
Gestão de Rede Sociais - Introdução as Redes SociaisGestão de Rede Sociais - Introdução as Redes Sociais
Gestão de Rede Sociais - Introdução as Redes Sociais
Fernando Souza
 
Vanessa Aguiar de Jesus
Vanessa Aguiar de JesusVanessa Aguiar de Jesus
Vanessa Aguiar de Jesus
Portal Voluntários Online
 
Gestão de Rede Sociais
Gestão de Rede SociaisGestão de Rede Sociais
Gestão de Rede Sociais
Fernando Souza
 
Trevisan educexec rs
Trevisan educexec rsTrevisan educexec rs
Trevisan educexec rs
FM Consultoria em Planejamento
 
Conexão digital Florianópolis Palestra Vanessa Aguiar de Jeus
Conexão digital Florianópolis Palestra Vanessa Aguiar de JeusConexão digital Florianópolis Palestra Vanessa Aguiar de Jeus
Conexão digital Florianópolis Palestra Vanessa Aguiar de Jeus
Vanessa Aguiar
 
Seja humano ao construir uma marca nas Redes Sociais
Seja humano ao construir uma marca nas Redes SociaisSeja humano ao construir uma marca nas Redes Sociais
Seja humano ao construir uma marca nas Redes Sociais
Helena Dias
 
Palestra Marketing de Relacionamento, com Carol Hoffmann
Palestra Marketing de Relacionamento, com Carol HoffmannPalestra Marketing de Relacionamento, com Carol Hoffmann
Palestra Marketing de Relacionamento, com Carol Hoffmann
Café Digital
 
Palestra - Redes sociais na formação profissional - Wall Street Institute Sch...
Palestra - Redes sociais na formação profissional - Wall Street Institute Sch...Palestra - Redes sociais na formação profissional - Wall Street Institute Sch...
Palestra - Redes sociais na formação profissional - Wall Street Institute Sch...
Fernando Souza
 
Foco 2011 USCS - Redes Sociais na Formação Profissional
Foco 2011 USCS - Redes Sociais na Formação ProfissionalFoco 2011 USCS - Redes Sociais na Formação Profissional
Foco 2011 USCS - Redes Sociais na Formação Profissional
Fernando Souza
 
Mini curso Planejamento de RP em mídias Sociais - ALARP 2014
Mini curso Planejamento de RP em mídias Sociais - ALARP 2014Mini curso Planejamento de RP em mídias Sociais - ALARP 2014
Mini curso Planejamento de RP em mídias Sociais - ALARP 2014
Carolina Terra
 
Atração de talentos por meio das mídias sociais
Atração de talentos por meio das mídias sociaisAtração de talentos por meio das mídias sociais
Atração de talentos por meio das mídias sociais
Senior Sistemas
 
Palestra Redes Sociais na Formação Profissional
Palestra Redes Sociais na Formação ProfissionalPalestra Redes Sociais na Formação Profissional
Palestra Redes Sociais na Formação Profissional
Fernando Souza
 
Curso de Marketing de Guerrilha - Gustavo Hollatz
Curso de Marketing de Guerrilha - Gustavo HollatzCurso de Marketing de Guerrilha - Gustavo Hollatz
Curso de Marketing de Guerrilha - Gustavo Hollatz
Trevisan Escola de Negócios
 
Posicionamento de marcas
Posicionamento de marcasPosicionamento de marcas
Posicionamento de marcas
Guga Alves
 
Posicionamento de marca
Posicionamento de marca Posicionamento de marca
Posicionamento de marca
Fábio Pessoa
 

Semelhante a Trabalhando com redes sociais (20)

Mídias Sociais para organizações sem fins lucrativos
Mídias Sociais para organizações sem fins lucrativosMídias Sociais para organizações sem fins lucrativos
Mídias Sociais para organizações sem fins lucrativos
 
Oportunidades para o Terceiro Setor no Mundo Digital
Oportunidades para o Terceiro Setor no Mundo DigitalOportunidades para o Terceiro Setor no Mundo Digital
Oportunidades para o Terceiro Setor no Mundo Digital
 
Comunicação e Linguagens Contemporâneas
Comunicação e Linguagens Contemporâneas Comunicação e Linguagens Contemporâneas
Comunicação e Linguagens Contemporâneas
 
6 depoimentos sobre mídias sociais
6 depoimentos sobre mídias sociais6 depoimentos sobre mídias sociais
6 depoimentos sobre mídias sociais
 
Mídias sociais e RH: uma análise do mercado atual
Mídias sociais e RH: uma análise do mercado atualMídias sociais e RH: uma análise do mercado atual
Mídias sociais e RH: uma análise do mercado atual
 
Gestão de Rede Sociais - Introdução as Redes Sociais
Gestão de Rede Sociais - Introdução as Redes SociaisGestão de Rede Sociais - Introdução as Redes Sociais
Gestão de Rede Sociais - Introdução as Redes Sociais
 
Vanessa Aguiar de Jesus
Vanessa Aguiar de JesusVanessa Aguiar de Jesus
Vanessa Aguiar de Jesus
 
Gestão de Rede Sociais
Gestão de Rede SociaisGestão de Rede Sociais
Gestão de Rede Sociais
 
Trevisan educexec rs
Trevisan educexec rsTrevisan educexec rs
Trevisan educexec rs
 
Conexão digital Florianópolis Palestra Vanessa Aguiar de Jeus
Conexão digital Florianópolis Palestra Vanessa Aguiar de JeusConexão digital Florianópolis Palestra Vanessa Aguiar de Jeus
Conexão digital Florianópolis Palestra Vanessa Aguiar de Jeus
 
Seja humano ao construir uma marca nas Redes Sociais
Seja humano ao construir uma marca nas Redes SociaisSeja humano ao construir uma marca nas Redes Sociais
Seja humano ao construir uma marca nas Redes Sociais
 
Palestra Marketing de Relacionamento, com Carol Hoffmann
Palestra Marketing de Relacionamento, com Carol HoffmannPalestra Marketing de Relacionamento, com Carol Hoffmann
Palestra Marketing de Relacionamento, com Carol Hoffmann
 
Palestra - Redes sociais na formação profissional - Wall Street Institute Sch...
Palestra - Redes sociais na formação profissional - Wall Street Institute Sch...Palestra - Redes sociais na formação profissional - Wall Street Institute Sch...
Palestra - Redes sociais na formação profissional - Wall Street Institute Sch...
 
Foco 2011 USCS - Redes Sociais na Formação Profissional
Foco 2011 USCS - Redes Sociais na Formação ProfissionalFoco 2011 USCS - Redes Sociais na Formação Profissional
Foco 2011 USCS - Redes Sociais na Formação Profissional
 
Mini curso Planejamento de RP em mídias Sociais - ALARP 2014
Mini curso Planejamento de RP em mídias Sociais - ALARP 2014Mini curso Planejamento de RP em mídias Sociais - ALARP 2014
Mini curso Planejamento de RP em mídias Sociais - ALARP 2014
 
Atração de talentos por meio das mídias sociais
Atração de talentos por meio das mídias sociaisAtração de talentos por meio das mídias sociais
Atração de talentos por meio das mídias sociais
 
Palestra Redes Sociais na Formação Profissional
Palestra Redes Sociais na Formação ProfissionalPalestra Redes Sociais na Formação Profissional
Palestra Redes Sociais na Formação Profissional
 
Curso de Marketing de Guerrilha - Gustavo Hollatz
Curso de Marketing de Guerrilha - Gustavo HollatzCurso de Marketing de Guerrilha - Gustavo Hollatz
Curso de Marketing de Guerrilha - Gustavo Hollatz
 
Posicionamento de marcas
Posicionamento de marcasPosicionamento de marcas
Posicionamento de marcas
 
Posicionamento de marca
Posicionamento de marca Posicionamento de marca
Posicionamento de marca
 

Mais de Ana Maria Magni Coelho

Inovação Aberta - SMWSP19
Inovação Aberta - SMWSP19  Inovação Aberta - SMWSP19
Inovação Aberta - SMWSP19
Ana Maria Magni Coelho
 
Permita-se trocar o SER pelo ESTAR
Permita-se trocar o SER pelo ESTARPermita-se trocar o SER pelo ESTAR
Permita-se trocar o SER pelo ESTAR
Ana Maria Magni Coelho
 
Economia criativa
Economia criativaEconomia criativa
Economia criativa
Ana Maria Magni Coelho
 
Canvas para criação de Modelos de Negócios Inovadores
Canvas para criação de Modelos de Negócios InovadoresCanvas para criação de Modelos de Negócios Inovadores
Canvas para criação de Modelos de Negócios Inovadores
Ana Maria Magni Coelho
 
Como criar um ambiente propício ao fortalecimento da Economia Criativa
Como criar um ambiente propício ao fortalecimento da Economia CriativaComo criar um ambiente propício ao fortalecimento da Economia Criativa
Como criar um ambiente propício ao fortalecimento da Economia Criativa
Ana Maria Magni Coelho
 
Midia Kit Lounge Empreendedor
Midia Kit Lounge EmpreendedorMidia Kit Lounge Empreendedor
Midia Kit Lounge Empreendedor
Ana Maria Magni Coelho
 
Relatório completo GEM 2012
Relatório completo GEM 2012Relatório completo GEM 2012
Relatório completo GEM 2012
Ana Maria Magni Coelho
 
Relatório executivo GEM 2012
Relatório executivo GEM 2012Relatório executivo GEM 2012
Relatório executivo GEM 2012
Ana Maria Magni Coelho
 
Livro GEM 2010
Livro GEM 2010Livro GEM 2010
Livro GEM 2010
Ana Maria Magni Coelho
 
Trabalhando com as Redes sociais
Trabalhando com as Redes sociaisTrabalhando com as Redes sociais
Trabalhando com as Redes sociais
Ana Maria Magni Coelho
 
Educação Empreendedora
Educação EmpreendedoraEducação Empreendedora
Educação Empreendedora
Ana Maria Magni Coelho
 
Mulher sensibilidade e negócios
Mulher   sensibilidade e negóciosMulher   sensibilidade e negócios
Mulher sensibilidade e negócios
Ana Maria Magni Coelho
 
Redes socais Uma Nova Ferramenta de Marketing
Redes socais  Uma Nova Ferramenta de MarketingRedes socais  Uma Nova Ferramenta de Marketing
Redes socais Uma Nova Ferramenta de Marketing
Ana Maria Magni Coelho
 
Relatorio executivo
Relatorio executivoRelatorio executivo
Relatorio executivo
Ana Maria Magni Coelho
 
Especialista responde...
Especialista responde... Especialista responde...
Especialista responde...
Ana Maria Magni Coelho
 
Jovens Empreendedores
Jovens EmpreendedoresJovens Empreendedores
Jovens Empreendedores
Ana Maria Magni Coelho
 
Redes Socais para Empreendedoras
Redes Socais para EmpreendedorasRedes Socais para Empreendedoras
Redes Socais para Empreendedoras
Ana Maria Magni Coelho
 
Doing Business 2010 overview-portuguese
Doing Business 2010 overview-portugueseDoing Business 2010 overview-portuguese
Doing Business 2010 overview-portuguese
Ana Maria Magni Coelho
 
Doing Business 2010 overview-portuguese
Doing Business 2010 overview-portugueseDoing Business 2010 overview-portuguese
Doing Business 2010 overview-portuguese
Ana Maria Magni Coelho
 
Doing Business 2011 overview-portuguese
Doing Business 2011 overview-portugueseDoing Business 2011 overview-portuguese
Doing Business 2011 overview-portuguese
Ana Maria Magni Coelho
 

Mais de Ana Maria Magni Coelho (20)

Inovação Aberta - SMWSP19
Inovação Aberta - SMWSP19  Inovação Aberta - SMWSP19
Inovação Aberta - SMWSP19
 
Permita-se trocar o SER pelo ESTAR
Permita-se trocar o SER pelo ESTARPermita-se trocar o SER pelo ESTAR
Permita-se trocar o SER pelo ESTAR
 
Economia criativa
Economia criativaEconomia criativa
Economia criativa
 
Canvas para criação de Modelos de Negócios Inovadores
Canvas para criação de Modelos de Negócios InovadoresCanvas para criação de Modelos de Negócios Inovadores
Canvas para criação de Modelos de Negócios Inovadores
 
Como criar um ambiente propício ao fortalecimento da Economia Criativa
Como criar um ambiente propício ao fortalecimento da Economia CriativaComo criar um ambiente propício ao fortalecimento da Economia Criativa
Como criar um ambiente propício ao fortalecimento da Economia Criativa
 
Midia Kit Lounge Empreendedor
Midia Kit Lounge EmpreendedorMidia Kit Lounge Empreendedor
Midia Kit Lounge Empreendedor
 
Relatório completo GEM 2012
Relatório completo GEM 2012Relatório completo GEM 2012
Relatório completo GEM 2012
 
Relatório executivo GEM 2012
Relatório executivo GEM 2012Relatório executivo GEM 2012
Relatório executivo GEM 2012
 
Livro GEM 2010
Livro GEM 2010Livro GEM 2010
Livro GEM 2010
 
Trabalhando com as Redes sociais
Trabalhando com as Redes sociaisTrabalhando com as Redes sociais
Trabalhando com as Redes sociais
 
Educação Empreendedora
Educação EmpreendedoraEducação Empreendedora
Educação Empreendedora
 
Mulher sensibilidade e negócios
Mulher   sensibilidade e negóciosMulher   sensibilidade e negócios
Mulher sensibilidade e negócios
 
Redes socais Uma Nova Ferramenta de Marketing
Redes socais  Uma Nova Ferramenta de MarketingRedes socais  Uma Nova Ferramenta de Marketing
Redes socais Uma Nova Ferramenta de Marketing
 
Relatorio executivo
Relatorio executivoRelatorio executivo
Relatorio executivo
 
Especialista responde...
Especialista responde... Especialista responde...
Especialista responde...
 
Jovens Empreendedores
Jovens EmpreendedoresJovens Empreendedores
Jovens Empreendedores
 
Redes Socais para Empreendedoras
Redes Socais para EmpreendedorasRedes Socais para Empreendedoras
Redes Socais para Empreendedoras
 
Doing Business 2010 overview-portuguese
Doing Business 2010 overview-portugueseDoing Business 2010 overview-portuguese
Doing Business 2010 overview-portuguese
 
Doing Business 2010 overview-portuguese
Doing Business 2010 overview-portugueseDoing Business 2010 overview-portuguese
Doing Business 2010 overview-portuguese
 
Doing Business 2011 overview-portuguese
Doing Business 2011 overview-portugueseDoing Business 2011 overview-portuguese
Doing Business 2011 overview-portuguese
 

Trabalhando com redes sociais

  • 1. TRABALHANDO COM AS REDES SOCIAIS VI CICLO DE PALESTRAS -INTEGRANDO PROFISSIONAIS “EMPREGABILIDADE:QUEBRA DE PARADIGMAS E INOVAÇÃO DO PROFISSIONAL DA ÁREA DE GESTÃOE NEGÓCIOS.” CURSO TÉCNICO EM SECRETARIADO ETEC PRESIDENTE VARGAS MOGI DASCRUZES – SP MAIO/2017
  • 2. POR QUE ESTOU AQUI? Jornalista e Pedagoga por formação com especialização em Gestão de Projetos, Gestão do Conhecimento, Gerente de Cidades e MBA em Gestão Empresarial . Mais de 15 anos de experiência e ampla atuação nas áreas de Gestão Empresarial, Planejamento, Inovação, Competitividade e Relacionamento Institucional, bem como consultoria especializada para Micro e Pequenas Empresas. Atuou como Gerente Regional no SEBRAE-SP e Gerente Nacional de Serviços no SEBRAE Nacional e foi Gerente Executiva de Operações no Instituto Ethos de Responsabilidade Social. Atualmente é gerente de Treinamento e Excelência na Momentum Empreendimentos Imobiliários e consultora nas áreas de Planejamento, Marketing e Gestão de Pessoas. Realiza mentoria e coaching com foco no desenvolvimento de modelo de negócios (Canvas) e no desenvolvimento de comportamentos empreendedores; bem como elaboração de planejamento estratégico através de ferramentas como BSC, SWOT, cadeia de valor e indicadores de desempenho de gestão. Docente nas Universidades Mogi das Cruzes, Universidade Braz Cubas, Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP) e Fundação Getúlio Vargas (FGV/SP). É autora do blog Lounge Empreendedor e co-autora do do livro “Empreendedorismo Inovador” lançado pela Editora Évora em setembro de 2012.
  • 3. De forma rápida e fácil vamos entender como as mudanças na comunicação afetam a sociedade. O que fazer para não ficar para trás. Como garantiro efeito positivo do processo de comunicar?
  • 4. Os contadores de histórias....
  • 6. • Globalização • Diversidade • Preocupações éticas • Responsabilidade social • Velocidade de resposta • Crises organizacionais • Rápidos avanços em tecnologia • Ascensão do e-business Exigência que se impõe: ambientes mutáveis, ágeis e dinâmicos. Desenvolvimento de novos processos: estrutura, tecnologia e recursos humanos. Fonte: Os desafios da comunicação interna na Pós-Modernidade (Marlene Marchiori) ESTAMOS VIVENDO UMA ÉPOCA DE GRANDES MUDANÇAS
  • 7. • Visão de comunicação marcada pela flexibilidade e diferença; • Linguagem e negociação social do significado assumem posição fundamental, já que influenciam as percepções dos que estão envolvidos em diálogos organizacionais.; • Aspectos que as organizações pós-modernas estimulam: – Processo democrático informal, emergente e baseado em consenso; – “Empowerment” que propicia o desenvolvimento da pró-atividade; – Relacionamentos complexos; – Reflexividade e criatividade a serviço do desempenho; – Diversidade e diferença, entre outras características. • A partir do momento em que se altera o discurso, a realidade está sendo modificada A PÓS-MODERNIDADE Fonte: Os desafios da comunicação interna na Pós-Modernidade (Marlene Marchiori)
  • 8. Ferramenta Forma de comunicação Característica Atores Fala Um para um Comunicação horizontal Emissor e receptor na mesma hora e local Escrita Um para muitos Comunicação vertical Emissor e receptor em locais diferentes Ambiente de rede Muitos para muitos Comunicação multidirecional Emissor e receptor em locais diferentes, com a possibilidade da interação
  • 9. • Co-existência, interação e complementariedade entre as três formas de comunicação: • Comunicação interpessoal • Comunicação de massa • Autocomunicaçãode massa ManuelCastells (2009) Convergência midiática
  • 10. Culturada convergência HenryJenkins(2009) • Cooperação entre várias plataformas e entre múltiplas indústrias midiáticas • Coexistência entre os sistemas de mídia e seus processos A convergência não ocorre por meio de aparelhos, por mais sofisticados que venham a ser. A convergência ocorre dentro dos cérebros de consumidores individuais e em suas interações sociais com outros. (2009).
  • 11. Quem concentra perde..... Entramos em uma nova fase da sociedade, as novas ferramentas de comunicação efetuaram uma série de mudanças em diversas áreas. Na indústria da comunicação não é diferente, se antes quem concentrava informação, tinha o poder, hoje é bem diferente. Para entender um pouco é importante dividir em 3 fases e conhecer como ocorre a transformação da informação em dinheiro.
  • 12. Surgem meios de guardar e concentrar informação, a partir disto alguns conseguem transformar sons, imagens e textos em produtos e capitalizar com sua venda em massa. Físico Na primeira fase existia o físico, ou seja, não existia forma de propagar informação em escala.
  • 13. Colaborar Surgem novas ferramentas de comunicação que tornam a transferência de informação fácil. As pessoas começam a trocar produtos que antes eram vendidos por uma indústria. A comercialização de informação perde força, pois é possível encontrar o mesmoproduto de graça.
  • 14. A mudança está na facilidadede compartilhar..... Não há como pararo movimento. Então,como agir ??? Compartilhe também Coloqueno site, músicas de graça ...... Deixe o usuário pagarpelo que ouve ......
  • 15. Notícias – Físico Outra industria que também avançou nesta mudança é a das notícias. Se antes era físico e pouco eficiente.
  • 16. Notícias – Portais/Blogs/Twitter.... A colaboração na internet, torna a geração de notícias mais rápida e mais detalhada. Ferramentas como Twitter e blogs oferecem informações com maior velocidade e com maior riqueza de detalhes por causa dos hyperlinks. Meios baseados em matriz não conseguem acompanhar justamenteporque a matriz limita sua velocidade.
  • 17. Nada morre.... Mas a comunicação de massa não irá desaparecer.
  • 18. Mas precisa mudar.... Nós precisamos nos adaptar e aprender a lidar com as novas ferramentas e comportamentos...
  • 19. Clientessão “pessoas” necessitando de algo Empresas são “pessoas”gerando valor.... Precisamos esquecer a imagem da empresa como uma máquinae colocar as pessoas de dentro para conversar com os consumidores.
  • 20. Internet é uma rede de pessoas Internet não é mais uma rede de computadores
  • 21. Viciadoem Internet é viciadoem código?
  • 22. Viciado em Internet é viciado em pessoas.
  • 25. Família é uma rede social
  • 26. Amigos são uma rede social
  • 27. Uma empresa é uma rede social
  • 28. As ferramentas são o meio, as pessoas são a base
  • 29. Academicamente falando... Rede Socialé uma estrutura social composta por pessoas ou organizações, conectadas por um ou vários tipos de relações, que compartilham valores e objetivos comuns.
  • 30. Você é o que você faz O estudante de... A dona de casa... A estagiária de... O professor... A auxiliar de.. A advogada... O juiz... O piloto...
  • 34. E agora quem poderá me defender? “A melhor defesa é a educação”
  • 35. Explorando o USO responsável das Redes Sociais
  • 36. Você tem uma reputação e uma imagem em constante construção!
  • 37. Como você quer ser visto?
  • 38. Seja você mesmo! Fulano de Tal A rede social é a vida real. É um ponto de encontro gigante perpetuamente em curso. Se você tratar as redes sociais como um lugar real, com pessoas reais, e você agir como o verdadeiro você, terá sucesso. Fonte: http://www.brasilwsi.com.br/
  • 39. Você e suas conexões - Diga com quem teclas...
  • 41. Você é a imagem que você posta!
  • 42. Que imagem quero passar?
  • 44. Você é o que escreve Na internet a nossa presençaé sentida através daquilo que escrevemos, se você escreve errado, não passa credibilidade, as pessoas passam a vê-lo da forma como se expressana escrita.
  • 48. #Dicas para escrever melhor Use a técnica da substituição: Se não sabe escrever uma palavra, substituapor outra. Exemplo: se não sabe se conserto é com c ou s, substitua por reparo. Quando não tiver certeza da grafia de uma palavra, use o Google ou o corretor ortográfico do Word. Preste atenção na concordância e no tempo verbal, cuidado com vícios de linguagem, pleonasmo, gírias e palavrões.
  • 49. Parece básico, mas não é: Nunca falar mal: • Da empresa • Dos colegas • De clientes • Do trabalho • Dos concorrentes Você não vai ganhar nada com isso! #Redes Sociais X Empresa
  • 50. Parece controverso, mas não é: Nunca defender: • A empresa • Os colegas • Os clientes #Redes Sociais X Empresa “O que está ruim, na rede social sempre pode piorar”
  • 52. • Muitas interações, cuidado com a superexposição! • Muitas postagens em horário de trabalho • Extremismos (indignação é diferente de ódio) (discordância é diferente de desprezo) #Cuidado com excessos Seu chefe, colegas, família, amigos, inimigos: todos podem ver!
  • 55. Pessimismo, mágoas e indiretas Rede social não é terapia Procure um profissional
  • 56. Você é o que curte ou compartilha Cuidado: - Ajudar a propagar boatos, golpes, correntes. (verifique as fontes). - Humor duvidoso e fotos impróprias. - Netiqueta: cada conteúdo tem sua rede social própria. Pergunte-se: O que eu vou compartilhar me afetará ou afetará alguém?
  • 59. ● Evite "piadas internas" ● Não comente assuntos estratégicos da empresa Fora do contexto elas perdem o sentido e podem ser catastróficas: #Contexto: O grande vilão
  • 60. Pense e repense antes de publicar Na dúvida, não publique
  • 61. Taí, tirei a carta de motorista! Obrigado meu Deus!! Proteja seus dados
  • 63. As redes sociais podem contribuir para a sua vida profissional
  • 65. • Use perfis profissionais: Linkedin • Use perfis educacionais: Slideshare, Youtube, etc. • Participe de grupos, interaja, contribua • Poste conteúdos relevantes • Atualize constantemente #Dicas para perfis profissionais
  • 66. #Escolas & Redes Sociais Porque as escolas devem orientar?
  • 67. #Ciberbulling Agressões virtuais podem deixar marcas profundas em quem as sofre, em casos mais extremos este tipo de atitude pode levar ao suicídio.
  • 68. #Ciberbulling Segundo a Lei 13.185/15, há intimidação sistemática na rede mundial de computadores (cyberbullying), quando se usarem os instrumentos que lhe são próprios para depreciar, incitar a violência, adulterar fotos e dados pessoais com o intuito de criar meios de constrangimento psicossocial.
  • 71. vamos USAR esse PODER para difundir O nosso MELHOR!
  • 73. • BAUMAN, Zigmunt. Identidade. Rio de Janeiro: JZE, 2005. Modernidade Líquida. Rio de Janeiro: Zahar, 2001. • ____________. Modernidade Líquida. Zahar, 2001. • CASTELLS, Manuel. A sociedade em rede. Economia, sociedade e cultura. 9. ed. - atualizada. Vol. 1. São Paulo: Paz e Terra, 2006. • ____________. A galáxia da internet: reflexões sobre a internet, os negócios e a sociedade. Trad. Maria Luiz X. de A. Borges. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2003. • CAVALCANTI , Marcos, O Conhecimento em rede. Rio de Janeiro. Elsevier, 2007. • LÉVY, Pierre. O que é o virtual? Trad. de Paulo Neves. 4. reimpr. Rio de Janeiro: Editora 34, 2001. • ____________.Cibercultura. 1ª Ed. São Paulo. 1ª ed. São Paulo: Editora 34, 1999. • SAAD, Elisabeth Corrêa. Comunicação digital: uma questão de estratégia e de relacionamento com públicos. Organicom - Revista Brasileira de Comunicação Organizacional e relações Públicas. São Paulo: Gestcorp-ECA-USP, a. 2, n.3, p. 95- 111, .2. sem. 2005. • TAPSCOTT, Don. A Hora da Geração Digital. São Paulo: AGIR, 2010. https://pt.slideshare.net/sandrovx https://pt.slideshare.net/Dante_Mantovani https://pt.slideshare.net/renatomelo1 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS