SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 53
Baixar para ler offline
CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS


                                        EXRCÍCIOS DIVERSOS



                                                                   SUMÁRIO
EXERCÍCIOS EXTRAÍDOS DOS EXAMES DE SUFICIÊNCIA ...................................................................................2

EXERCÍCIOS EXTRAÍDOS DE CONCURSOS PÚBLICOS.........................................................................................33

QUESTÕES DE CONSOLIDAÇÃO ..................................................................................................................................46

QUESTÕES DE CONTABILIDADE PÚBLICA ..............................................................................................................49

GABARITO – EXAME SUFICIÊNCIA ............................................................................................................................52

GABARITO – QUESTÕES DE CONCURSOS.................................................................................................................53

GABARITO – QUESTÕES DE CONSOLIDAÇÃO.........................................................................................................53

GABARITO – CONTABILIDADE PÚBLICA..................................................................................................................53




                                                                    OUTUBRO / 2006
2



                EXERCÍCIOS EXTRAÍDOS DOS EXAMES DE SUFICIÊNCIA
                         Estrutura do Balanço Patrimonial, Demonstração do Resultado e DLPA

1.    As afirmativas abaixo relacionadas com as Normas Brasileiras de Contabilidade referentes ao conceito, conteúdo,
      estrutura e nomenclatura das demonstrações contábeis estão CORRETAS, exceto:
a)     A demonstração do resultado compreenderá as receitas e os ganhos do período, independentemente de seu
       recebimento.
b)     A demonstração do resultado evidenciará os impostos incidentes sobre as operações, os abatimentos, as devoluções e
       os cancelamentos.
c)     A demonstração do resultado não evidenciará o resultado antes das participações e dos impostos.
d)     A demonstração do resultado evidenciará as receitas e despesas e os ganhos e perdas não decorrentes das atividades-
       fins.

2.    O Balanço Patrimonial destina-se a evidenciar:
 a)    A situação exclusivamente qualitativa da empresa ao final de cada exercício social.
 b)    A situação do lucro ou prejuízo da empresa em 31 de dezembro de cada ano.
 c)    O patrimônio e o patrimônio líquido da entidade, quantitativa e qualitativamente, em determinada data.
 d)    A situação financeira líquida da entidade, quantitativa e qualitativamente, em determinada data.

Considerando os dados abaixo, responda as questões 3 e 4:
                                                 Empresa Pluman S.A.
                               Balancete de Verificação 31.12.2000 (em R$)
                               CONTAS                                        SALDOS FINAIS
                                                                         Devedores     Credores
 Despesas com Aluguéis                                                          620,00
 Caixa                                                                        1.820,00
 Capital Social                                                                           8.560,00
 Clientes                                                                     7.250,00
 Custo com Mercadorias Vendidas                                               4.700,00
 Custo de Venda de Bens do Ativo Permanente                                     950,00
 Custos e Despesas de Receitas de Exercícios Futuros                          1.250,00
 Depósitos Bancários a Vista                                                  4.180,00
 Depreciação Acumulada de Móveis e Utensílios                                             1.220,00
 Despesas com Depreciações                                                      610,00
 Despesas com Salários                                                        2.100,00
 Despesas com Vendas                                                            670,00
 Despesas Financeiras                                                           650,00
 Despesas Gerais                                                                810,00
 Devolução de Vendas de Mercadorias                                             450,00
 Duplicatas Descontadas                                                                   2.620,00
 Estoque Final de Mercadorias                                                 4.800,00
 Fornecedores                                                                             5.850,00
 ICMS sobre Vendas de Mercadorias                                             1.490,00
 Juros Recebidos                                                                            780,00
 Móveis e Utensílios                                                          3.600,00
 Receita de Exercícios Futuros                                                            2.100,00
 Reservas de Reavaliação                                                                    620,00
 Vendas de Mercadorias                                                                   12.600,00
 Vendas de Bens do Ativo Permanente                                                       1.600,00
 Total                                                                      35.950,00    35.950,00

3.    Com base no Balancete da Empresa Pluman S.A., indique, respectivamente, os totais do Ativo, do Patrimônio Líquido e
      do Lucro Líquido do Exercício.
a)       R$      17.810,00    R$     11.110,00    R$         1.930,00
d)       R$      20.430,00    R$     19.060,00    R$         1.930,00
c)       R$      19.060,00    R$     11.960,00    R$         2.780,00
b)       R$      20.430,00    R$     11.110,00    R$         3.180,00
3
4.    Com base no Balancete da Empresa Pluman       S.A., indique, respectivamente, o Lucro Bruto, o Custo de Mercadorias
      Vendidas e o Resultado Financeiro Líquido.
a)      R$       6.810,00    R$        4.700,00      R$      130,00
b)      R$       6.810,00    R$        5.950,00      R$      780,00
c)      R$       5.960,00    R$        4.700,00      R$      130,00
d)      R$       5.960,00    R$        4.700,00      R$      780,00

5. Considere os dados abaixo:
 Empresa Pousada S.A.
 Balancete de Verificação em 31.12.1999 (em R$)
 CONTAS                                                               SALDOS FINAIS
                                                                      Devedores     Credores
Caixa                                                                 1.660,00
Móveis e Utensílios                                                   2.500,00
Depreciação acumulada de Móveis e Utensílios                                        810,00
Estoque inicial de mercadorias para venda                             3.000,00
Clientes                                                              4.150,00
Fretes sobre compras de mercadorias para venda                        500,00
Capital Social                                                                      4.000,00
Fornecedores                                                                        2.020,00
Reserva de Reavaliação                                                              380,00
Despesa com salários                                                  1.800,00
Despesa com viagens                                                   600,00
Compra de mercadorias para venda                                      3.800,00
Venda de mercadorias                                                                8.100,00
Devolução de vendas de mercadorias                                    850,00
Despesas com depreciação                                              650,00
Despesas com aluguéis                                                 350,00
Duplicatas descontadas                                                              1.840,00
ICMS sobre vendas de mercadorias                                      1.230,00
Devolução de compras de mercadorias para venda                                      1.500,00
Vendas de bens do Ativo Permanente                                                  5.400,00
Custo de venda de bens do Ativo Permanente                            3.900,00
Juros ativos                                                                        940,00
Total                                                                 24.990,00     24.990,00

Sabendo-se que o Estoque Final de Mercadorias, em 31.12.1999, é de R$ 3.450,00 e a soma dos impostos incidentes
sobre o lucro é de R$ 625,00, indique o total do Ativo:
a) 6.470,00
b) 8.310,00
c) 5.660,00
d) 9.110,00

6.     Indique o Resultado Bruto e o Resultado Líquido do exercício, respectivamente, em face dos saldos apurados nas contas
       relacionadas a seguir:
     Custo das Mercadorias Vendidas      R$       500.000,00
     Custo dos Serviços Prestados        R$       100.000,00
     Despesas Administrativas            R$       110.000,00
     Despesas Financeiras                R$       130.000,00
     Dividendos propostos                R$        23.000,00
     ICMS sobre Vendas                   R$       150.000,00
     ISS sobre Serviços                  R$        40.000,00
     Provisão para Imposto de Renda      R$        40.000,00
     Receitas de Serviços Prestados      R$       300.000,00
     Vendas de Mercadorias               R$     1.000.000,00

a)     R$ 1.300.000,00 e R$ 230.000,00
b)     R$ 510.000,00 e R$ 230.000,00
c)     R$ 1.300.000,00 e R$ 270.000,00
d)     R$ 510.000,00 e R$ 270.000,00
4
7.  Indique, respectivamente, o Resultado Bruto e o Resultado Líquido do Exercício, em face dos saldos apurados nas
    contas relacionadas a seguir:
  ISS                               R$     24.750,00
  Dividendos Propostos              R$     38.000,00
  Provisão para Imposto de Renda R$        66.000,00
  Custo dos Serviços Prestados      R$ 165.000,00
  Despesas Administrativas          R$ 182.000,00
  Despesas Financeiras              R$ 215.000,00
         ICMS sobre Vendas          R$ 297.000,00
 Receitas de Serviços Prestados     R$ 495.000,00
 Custo das Mercadorias Vendidas     R$ 825.000,00
 Vendas de Mercadorias              R$ 1.650.000,00

a)   R$ 833.250,00 e R$370.250,00
b)   R$ 833.250,00 e R$436.250,00
c)   R$1.155.000,00 e R$370.250,00
d)   R$1.155.000,00 e R$436.250,00

8.   Considere os dados abaixo e indique o Resultado Bruto:

 CONTAS                                          R$
 Abatimentos sobre Vendas                        19.000,00
 Compras de Mercadorias                         500.000,00
 Despesas com Salários                          245.750,00
 Despesas com Seguros                            10.000,00
 Despesas com Comissões sobre Vendas             32.500,00
 Despesas Tributárias – IPTU                     25.000,00
 Estoque Final de Mercadorias                   245.000,00
 Estoque Inicial de Mercadorias                  37.000,00
 Fretes sobre Compras                            16.000,00
 Fretes sobre Vendas                             20.000,00
 Impostos sobre Vendas                          112.500,00
 Outras Receitas Operacionais                    24.500,00
 Receitas não Operacionais                       20.500,00
 Seguros sobre Compras                           10.750,00
 Vendas Canceladas                               20.500,00
 Vendas de Mercadorias                        1.500.000,00

a)   R$1.029.250,00
b)   R$1.045.250,00
c)   R$1.056.000,00
d)   R$1.095.500,00

9.   Durante o mês de setembro, uma empresa foi registrada na Junta Comercial e captou recursos totais de R$64.000,00,
     sendo R$40.000,00 dos sócios sob a forma de Capital Registrado e R$24.000,00 de terceiros, destes 2/3 a título de
     financiamentos de longo prazo e 1/3 como receitas. Os referidos recursos foram aplicados no mesmo mês, sendo
     R$23.800,00 em Mercadorias para Revenda; R$9.590,00 em Aplicações Financeiras de Curto Prazo, R$6.135,00 na
     compra de Máquinas e Equipamentos, R$18.350,00 na concessão de Empréstimos a Terceiros e o restante em despesas.
     Assim, o total do Patrimônio Líquido será:
a)    R$41.875,00
b)    R$64.000,00
c)    R$57.875,00
d)    R$56.000,00

10. Indique a alternativa INCORRETA, em relação aos critérios de avaliação do ativo:
 a) Investimentos Permanentes: custo de aquisição ou com base no valor de Patrimônio Líquido.
 b) Ativo Imobilizado: custo de aquisição deduzido da respectiva depreciação, amortização e exaustão acumuladas,
     calculadas com base na estimativa de sua utilidade econômica.
 c) Estoques: custo de aquisição ou valor de mercado, quando este for menor.
 d) Contas a Receber: valor nominal dos títulos acrescido da provisão para ajustá-lo ao valor provável de realização.

11. Indique a alternativa que NÃO observa o preceito contido nas Normas Brasileiras de Contabilidade, quanto à estrutura
    do Balanço Patrimonial: (Anulada)
5
a) Os direitos e as obrigações, com prazos esperados de realização e exigibilidade, situados após o término do exercício
   do Balanço Patrimonial são classificados em grupos de Realizável e Exigível a Longo Prazo.
b) As contas do Ativo são dispostas em ordem crescente dos prazos esperados de realização e as do Passivo em ordem
   crescente dos prazos de exigibilidade estabelecidos.
c) Os saldos devedores e credores serão demonstrados separadamente, salvo nos casos em que a Entidade tiver direito ou
   obrigação de compensá-los.
d) Na Entidade em que o ciclo operacional tiver duração maior que o exercício social, a classificação no circulante não
   ultrapassará o prazo desse exercício social.

12. Com base nos dados abaixo, apure o valor CORRETO da situação líquida.
 Caixa                           R$ 830,00
 Capital Social                  R$ 1.200,00
 Duplicatas a Receber            R$ 450,00
 Mercadorias                     R$ 350,00
 Duplicatas a Pagar              R$ 600,00
 Lucros Acumulados               R$ 230,00
 Móveis e Utensílios             R$ 400,00

a)   R$ 600,00
b)   R$ 830,00
c)   R$ 1.430,00
d)   R$ 2.030,00

13. Classifique as contas abaixo apurando o somatório respectivo dos saldos devedores e credores, admitindo-se que os
    mesmos não são coincidentes:

CONTAS                                                                    R$
 Adiantamento a Fornecedores                                              2.250,00
Bancos Conta Movimento                                                    4.500,00
Reserva de Lucros a Realizar                                              4.950,00
Juros Pagos Antecipadamente                                               450,00
Lucros Acumulados                                                         3.150,00
Capital Social                                                            90.000,00
Participações em Coligadas                                                22.500,00
Empréstimos a Pagar                                                       900,00
Provisão para Perdas no Recebimento de Créditos                           2.700,00
Clientes                                                                  81.000,00
Tributos a Recolher                                                       3.150,00
Duplicatas Descontadas                                                    8.100,00
Empréstimos Recebidos de Empresas Coligadas                               5.400,00
Receitas de Exercícios Futuros                                            21.600,00
Ações em Tesouraria                                                       32.850,00
Provisão para Ajuste a Valor de Mercado de Clientes                       12.600,00
Mercadorias                                                               10.350,00

a)   R$ 121.050,00 e R$ 185.400,00
b)   R$ 153.900,00 e R$ 152.550,00
c)   R$ 164.700,00 e R$ 141.750,00
d)   R$ 166.500,00 e R$ 139.950,00

14. O Resultado Operacional Líquido de uma empresa, com os seguintes saldos é:
 Caixa                                   R$ 1.000,00
 Duplicatas a Pagar                      R$ 15.000,00
 Instalações                             R$ 8.000,00
 Capital Subscrito                       R$ 20.000,00
 Receita Bruta de Vendas                 R$ 35.000,00
 Despesas Operacionais                   R$ 10.000,00
 Custos de Mercadorias Vendidas          R$ 11.500,00
 Veículos                                R$ 8.000,00
 Bancos Conta Movimento                  R$ 4.000,00
 Duplicatas a Receber                    R$ 12.000,00
 INSS a Recolher                         R$ 1.700,00
 Lucros e/ou Prejuízos Acumulados        R$ 3.000,00
6
Impostos sobre Vendas                      R$ 7.200,00
Receita Não Operacional                    R$ 1.000,00
Mercadorias                                R$ 12.500,00
Seguros a Amortizar                        R$ 1.500,00

a)   R$ 6.300,00
b)   R$ 7.300,00
c)   R$ 16.300,00
d)   R$ 27.800,00

15. De acordo com as Normas Brasileiras de Contabilidade o Patrimônio Liquido Negativo é considerado Passivo a
    Descoberto. No Balanço Patrimonial o Passivo a Descoberto será demonstrado:
 a) Após o Ativo.
 b) Após o Passivo.
 c) No Patrimônio Líquido.
 d) No Resultado do Exercício.

16. Considerando o saldo das contas abaixo, os valores do Resultado Líquido Operacional e do Passivo Circulante, são:

               Receitas Operacionais                                                     R$    3.000,00
               Terrenos                                                                  R$    1.800,00
               Custo das Mercadorias Vendidas                                            R$    1.600,00
               Capital Social                                                            R$    1.500,00
               Contas a Receber                                                          R$    1.250,00
               Financiamento a Longo-Prazo                                               R$    1.000,00
               Financiamento a Curto-Prazo                                               R$    825,00
               Estoques                                                                  R$    800,00
               Caixa                                                                     R$    700,00
               Despesas Financeiras                                                      R$    375,00
               Impostos a Pagar                                                          R$    365,00
               Despesas Administrativas                                                  R$    340,00
               Contas a Pagar                                                            R$    340,00
               Despesas com Vendas                                                       R$    325,00
               Depreciação Acumulada                                                     R$    280,00
               Despesas Antecipadas                                                      R$    200,00
               Fornecedores                                                              R$    180,00
               Móveis e Utensílios                                                       R$    100,00
a)    R$     160,00     ; R$ 1.710,00
b)    R$     360,00     ; R$ 1.710,00
c)    R$     360,00     ; R$ 2.720,00
d)    R$   1.160,00     ; R$       885,00

17. De acordo com os dados abaixo e sabendo-se que o Estoque Final totaliza R$ 400.000,00 em 31/12/2001, pode-se
    afirmar que o Resultado Líquido do Exercício é de:

               Capital Social                                                       R$           25.000,00
               Depreciações Acumuladas                                              R$           50.000,00
               Juros Ativos                                                         R$           60.000,00
               Caixa                                                                R$           75.000,00
               Móveis e Utensílios                                                  R$           80.000,00
               Juros Passivos                                                       R$          105.000,00
               Duplicatas a Receber                                                 R$          120.000,00
               Estoque Inicial                                                      R$          220.000,00
               Despesas Gerais                                                      R$          330.000,00
               Fornecedores                                                         R$          420.000,00
               Compras de Mercadorias                                               R$          750.000,00
               Venda de Mercadorias                                                 R$        1.125.000,00
a)    R$       930.000,00
b)    R$       570.000,00
c)    R$       555.000,00
d)    R$       180.000,00

18. A contabilidade de uma empresa acusava no dia 31/12/2001 os seguintes saldos
Duplicatas a Pagar                  R$ 66.175,00          Imóveis                               R$   5.000,00
        Mercadorias                         R$ 60.675,00          Prejuízos Acumulados                  R$   5.000,00
        Receita com Vendas                  R$ 53.000,00          Receitas de Descontos                 R$   3.825,00
        Duplicatas a Receber                R$ 40.000,00          Devolução de Vendas                   R$   3.000,00
        Capital Social                      R$ 30.500,00          ICMS a Recolher                       R$   2.500,00
        Custo das Mercadorias Vendidas      R$ 22.000,00          Salários a Pagar                      R$   2.000,00
        Despesas com ICMS                   R$     8.500,00       Despesas com COFINS                   R$   1.500,00
        Despesas de Juros                   R$     6.000,00       Despesas de Descontos                 R$   1.000,00
        Despesas com Salários               R$     5.000,00       Despesas com PIS                      R$     325,00
      Tendo em vista os saldos acima podemos afirmar que a Receita Líquida Operacional foi de:
 a)    R$         31.000,00
 b)    R$         39.675,00
 c)    R$         48.175,00
 d)    R$         50.000,00

19. Após o encerramento do exercício, o total do Patrimônio Líquido de uma empresa que apresentou os seguintes saldos
    em 31/12/2001 é:
     Depreciação Acumulada                                                     R$      1.500,00
     Salários a Pagar                                                          R$ 1.500,00
     Caixa                                                                     R$ 2.000,00
     Lucros Acumulados                                                         R$ 3.000,00
     Mercadorias                                                               R$ 4.000,00
     Duplicatas a Pagar                                                        R$ 5.000,00
     Equipamentos                                                              R$ 6.000,00
     Duplicatas a Receber                                                      R$ 8.000,00
     Bancos Conta Movimento                                                    R$ 12.000,00
     Capital Social                                                            R$ 20.000,00
     Despesas Gerais                                                           R$     22.000,00
     Custo das Mercadorias Vendidas                                            R$ 68.000,00
     Receitas de Vendas                                                        R$ 91.000,00
 a) R$ 1.000,00
 b) R$ 3.000,00
 c) R$ 23.000,00
 d) R$ 24.000,00

20. Com base no saldo das contas abaixo, o valor do Ativo é:

      Duplicatas a Receber                                                             R$        41.000,00
      Edifícios                                                                        R$        28.800,00
      Estoque de Mercadorias para Revenda                                              R$        20.000,00
      Terrenos                                                                         R$        15.000,00
      Móveis e Utensílios                                                              R$        13.400,00
      Depreciação Acumulada de Edifícios                                               R$        12.500,00
      Empréstimos a Sociedades Controladas                                             R$        12.400,00
      Duplicatas Descontadas                                                           R$        10.600,00
      Bancos Conta Movimento                                                           R$        10.200,00
      Caixa                                                                            R$        10.100,00
      Participações em Sociedades Controladas                                          R$         9.000,00
      Depreciação Acumulada de Móveis e Utensílios                                     R$         6.500,00
      Aplicações Financeiras de Curto Prazo                                            R$         4.100,00
      Provisão para Devedores Duvidosos                                                R$         1.950,00
      Impostos a Recuperar                                                             R$         1.700,00
      Despesas Pré-Operacionais                                                        R$         1.320,00
      Adiantamento para Despesas de Viagens                                            R$         1.300,00
      Despesas Financeiras Pagas Antecipadamente                                       R$         1.280,00
      Prêmios de Seguros a Vencer                                                      R$         1.120,00
      Amortizações Acumuladas de Despesas Pré-Operacionais                             R$         1.020,00
a)    R$ 134.620,00
b)    R$ 135.510,00
c)    R$   138.150,00
d)    R$   148.750,00

21. Uma determinada empresa comercial encerra seu exercício em 31 de dezembro de cada ano. Em 31.12.2002, as
     deduções da Receita Operacional Bruta da empresa em questão foram de R$ 4.800,00 e representavam 10% da Receita
     Operacional Bruta; o Custo das Mercadorias Vendidas foi de 70% da Receita Operacional Líquida; o valor do Estoque
     de Mercadorias existente era de R$ 6.600,00. Tendo em vista as informações, podemos afirmar que o Lucro
     Operacional Bruto, a Receita Operacional Líquida e o Custo das Mercadorias Vendidas foram, respectivamente:
 a) R$ 12.960,00 ; R$ 43.200,00 e R$ 30.240,00
 b) R$ 12.960,00 ; R$ 48.000,00 e R$ 30.240,00
 c) R$ 17.760,00 ; R$ 43.200,00 e R$ 48.000,00
 d) R$ 17.760,00 ; R$ 48.000,00 e R$ 43.200,00

22. Uma empresa apresentou a seguinte composição do Patrimônio Líquido antes do encerramento das Contas de
     Resultado.
 Capital Social                       R$ 480.000,00
 ( – ) Capital Social a Integralizar  R$ 120.000,00
 Reserva de Capital                   R$ 40.000,00
 Reserva Legal                        R$ 66.000,00
 Lucros Acumulados                    R$ 2.400,00

Após a Provisão para Imposto de Renda, Contribuição Social e sem outros destaques do lucro, o Resultado Líquido do
período foi de R$ 180.000,00. Em obediência à lei das sociedades anônimas o valor para constituição da Reserva Legal que
a auditoria interna deverá considerar é de:
a) R$ 2.000,00
b) R$ 9.000,00
c) R$ 9.120,00
d) R$ 38.000,00

23. Considerando as informações abaixo, assinale a alternativa CORRETA:
                                        Balancete de Verificação em 31.12.2002
 CONTAS SALDOS FINAIS
                                                    Devedores              Credores
 Caixa                                              R$ 1.000,00
 Capital Social                                                            R$ 10.000,00
 Clientes                                           R$ 8.000,00
 Compra de Mercadorias para Revenda                 R$ 3.400,00
 Depreciação Acumulada Móveis e Utensílios                                 R$ 600,00
 Despesas com Aluguéis                              R$ 400,00
 Despesas com Depreciação                           R$ 600,00
 Despesas com Salários                              R$ 1.200,00
 Despesas com Viagens                               R$ 600,00
 Estoque Inicial de Mercadorias para Revenda        R$ 2.500,00
 Fornecedores                                                              R$ 2.800,00
 Móveis e Utensílios                                R$ 5.300,00
 Venda de Mercadorias                                                      R$ 9.600,00
 Total                                            R$ 23.000,00             R$ 23.000,00

Sabendo-se que o Estoque Final de Mercadorias, em 31.12.2002 é de R$ 1.200,00, os valores, respectivamente, do Custo
de Mercadorias Vendidas, do total do Ativo e do Resultado Operacional Líquido serão:
a) R$ 5.900,00 ; R$ 13.900,00 e R$ 900,00
b) R$ 4.700,00 ; R$ 18.600,00 e R$ 2.100,00
c) R$ 4.700,00 ; R$ 14.900,00 e R$ 2.100,00
d) R$ 5.900,00 ; R$ 18.600,00 e R$ 3.100,00


24. Com base nos saldos das contas abaixo, determine o montante do Passivo Circulante:
 Adiantamento para Despesas de Viagens                              R$ 1.000,00
 Amortizações Acumuladas de Despesas Pré-Operacionais               R$ 1.000,00
 Bancos Conta Movimento                                             R$ 3.250,00
 Caixa                                                              R$ 8.500,00

                                                                                                                      8
Depreciação Acumulada de Móveis e Utensílios                           R$ 5.100,00
Despesas Financeiras Pagas Antecipadamente                             R$ 1.230,00
Despesas Pré-Operacionais                                              R$ 2.180,00
Duplicatas a Pagar                                                     R$ 17.300,00
Duplicatas Descontadas                                                 R$ 2.000,00
Edifícios                                                              R$ 20.000,00
Encargos Sociais a Recolher                                            R$ 6.500,00
Estoque de Mercadorias para Revenda                                    R$ 12.000,00
Fornecedores                                                           R$ 11.800,00
Impostos a Recolher                                                    R$ 700,00
Participações em Sociedades Controladas                                R$ 3.000,00
Prêmios de Seguros a Apropriar                                         R$ 1.300,00
Provisão para Créditos de Liquidação Duvidosa                          R$ 2.100,00
Salários a Pagar                                                       R$ 12.000,00
Terrenos                                                               R$ 15.000,00

a) R$ 51.300,00
b) R$ 50.300,00
c) R$ 49.600,00
d) R$ 48.300,00

25. A contabilidade de determinada empresa apresentava, em 31.12.2002, os saldos:
 Compras                                           R$ 85.000,00
 Despesas com Propaganda                           R$ 4.100,00
 Despesas de Aluguel                               R$ 1.200,00
 Despesas de Salários                              R$ 9.300,00
 Devolução de Compras                              R$ 2.000,00
 Devolução de Vendas                               R$ 1.600,00
 Estoque Final                                     R$ 18.000,00
 Estoque Inicial                                   R$ 25.000,00
 Fretes sobre Compras                              R$     500,00
 Receitas Financeiras                              R$ 4.000,00
 Seguro sobre Compras                              R$     200,00
 Vendas                                            R$ 120.000,00

Considerando apenas os saldos das contas acima, pode se dizer que o valor das compras líquidas, do Custo das
Mercadorias Vendidas e o Resultado Líquido do Período são, respectivamente:
a) R$ 83.000,00 ; R$ 94.700,00 e R$ 17.800,00
b) R$ 83.700,00 ; R$ 90.700,00 e R$ 17.100,00
c) R$ 85.000,00 ; R$ 90.000,00 e R$ 13.100,00
d) R$ 85.700,00 ; R$ 112.000,00 e R$ 18.700,00

26. Os grupos contábeis representativos das origens de recursos são:
 a) Passivo, Patrimônio Líquido e Receitas.
 b) Ativo e Receitas.
 c) Patrimônio Líquido, Receitas e Ativo.
 d) Patrimônio Líquido, Ativo e Passivo.

27. O encerramento das contas de resultado, arroladas dentre as contas relacionadas abaixo, evidencia:
                   Contas                                                   Saldos
                   Bancos Conta Movimento                             R$      800,00
                   Caixa                                              R$      350,00
                   Capital Social                                     R$ 1.600,00
                   Despesas Antecipadas de Juros                      R$ 1.800,00
                   Despesas com Energia Elétrica                      R$       60,00
                   Despesas com Material de Escritório                R$      120,00
                   Despesas com Publicidade                           R$      250,00
                   Despesas com Salários                              R$      500,00
                   Despesas de Seguros                                R$      100,00
                   Duplicatas a Pagar                                 R$ 500,00
                   Duplicatas a Receber                               R$ 500,00

                                                                                                          9
Impostos                                           R$ 500,00
                  Instalações                                        R$   600,00
                  Lucros Acumulados                                  R$ 230,00
                  Móveis e Utensílios                                R$ 1.000,00
                  Receitas de Serviços a Prestar                     R$ 1.200,00
                  Receitas de Serviços Prestados                     R$ 1.650,00
                  Receitas Financeiras                               R$ 400,00
                  Salários a Pagar                                   R$ 500,00
a) R$ 80,00 de prejuízo.
b) R$ 120,00 de lucro.
c) R$ 520,00 de lucro.
d) R$ 750,00 de lucro.

28. As informações abaixo destacadas projetam um resultado com mercadorias de:

    Devolução de Vendas de Mercadorias                                     R$     7.000,00
    Estoque Final de Mercadorias                                           R$     8.000,00
    Estoque Inicial de Mercadorias                                         R$     12.000,00
    Fretes Pagos sobre Compras de Mercadorias                              R$     5.000,00
    ICMs Incidente sobre as Compras de Mercadorias                         R$     15.000,00
    ICMs Incidente sobre as Vendas de Mercadorias                          R$     33.000,00
    Total das Compras de Mercadorias                                       R$     180.000,00
    Total das Vendas de Mercadorias                                        R$     240.000,00
a) R$ 33.000,00
b) R$ 31.000,00
c) R$ 26.000,00
d) R$ 11.000,00

29. Tendo em vista as contas e saldos abaixo, marque a alternativa representativa dos somatórios dos saldos devedores e
    credores, respectivamente:
      Contas                                                           Saldos
      Ações em Tesouraria                                                R$     28.000,00
      Adiantamentos a Fornecedores                                       R$       2.500,00
      Adiantamentos de Clientes                                          R$       2.200,00
      Bancos Conta Movimento                                             R$       2.000,00
      Capital Social                                                     R$     30.000,00
      Clientes                                                           R$     35.000,00
      Duplicatas Descontadas                                             R$       8.000,00
      Empréstimos a Pagar                                                R$     10.000,00
      Juros Pagos Antecipadamente                                        R$         800,00
      Lucros Acumulados                                                  R$       4.200,00
      Mercadorias                                                        R$     25.000,00
      Participações em Coligadas                                         R$       7.000,00
      Provisão para Crédito de Liquidação Duvidosa                       R$       1.050,00
      Receitas de Exercícios Futuros                                     R$     30.000,00
      Reservas de Lucros                                                 R$       1.500,00
      Tributos a Recolher                                                R$       3.500,00
 a) R$ 99.500,00 e R$ 91.250,00
 b) R$ 100.300,00 e R$ 90.450,00
 c) R$ 102.500,00 e R$ 88.250,00
 d) R$ 103.800,00 e R$ 86.950,00

30. Indique o Resultado Operacional Bruto e o Resultado Líquido do Exercício, respectivamente, face aos saldos das contas
    relacionadas abaixo:
       Contas                                                         Saldos
      Impostos sobre Serviços                                         R$       30.000,00
      ICMs sobre Vendas                                               R$       204.000,00
      Despesas Financeiras                                            R$       180.000,00
      Despesas Administrativas                                        R$       150.000,00
      Custo de Serviços Prestados                                     R$       100.000,00
      Custo de Mercadorias Vendidas                                   R$       600.000,00

                                                                                                                     10
Venda de Mercadorias                                                 R$     1.200.000,00
    Dividendos Propostos                                                 R$     30.000,00
    Receitas de Serviços Prestados                                       R$     600.000,00
    Provisão para Imposto de Renda                                       R$     80.400,00
a) R$ 1.070.000,00 e R$ 659.600,00
b) R$ 896.000,00 e R$ 425.600,00
c) R$ 866.000,00 e R$ 455.600,00
d) R$ 770.000,00 e R$ 485.600,00

31. Considerando os saldos apresentados abaixo e sabendo-se que o Estoque Final de Mercadorias em 31.12.2002 era de
    R$ 1.800,00, podemos afirmar que o Custo de Mercadorias Vendidas, o total do Ativo e o Resultado Operacional
    Líquido são, respectivamente:
                  Balancete de Verificação em 31.12.2002
                  Contas                                                    Saldos Finais
                                                                    Devedores         Credores
                  Caixa                                            R$ 1.500,00
                  Capital Social                                                   R$     15.000,00
                  Clientes                                         R$ 12.000,00
                  Compra de Mercadorias para Revenda               R$ 5.100,00
                  Depreciação Acumulada de Móveis e Utensílios                     R$        900,00
                  Despesas com Aluguéis                            R$     600,00
                  Despesas com Depreciação                         R$     900,00
                  Despesas com Salários                            R$ 1.800,00
                  Despesas com Viagens                             R$     900,00
                  Estoque Inicial de Mercadorias para Revenda      R$ 3.750,00
                  Fornecedores                                                     R$      4.200,00
                  Móveis e Utensílios                              R$ 7.950,00
                  Venda de Mercadorias                                             R$     14.400,00
                  Total                                           R$ 34.500,00 R$         34.500,00
 a) R$ 3.300,00, R$ 24.150,00 e R$ 4.050,00.
 b) R$ 7.050,00, R$ 22.350,00 e R$ 3.150,00.
 c) R$ 8.850,00, R$ 20.550,00 e R$ 7.350,00.
 d) R$ 8.850,00, R$ 23.250,00 e R$ 4.950,00.

32. Uma empresa comercial encerra seu exercício social em 31 de dezembro de cada ano. Em 31.12.2002, as deduções da
    Receita Operacional Bruta da empresa foram de R$ 7.680,00 e representaram 10% da Receita Operacional Bruta. Em
    31.12.2002, o Custo das Mercadorias Vendidas foi de 70% da Receita Operacional Líquida. O valor do Estoque de
    Mercadorias existente em 31.12.2002 foi de R$ 10.560,00.

Em 31.12.2002 o Lucro Operacional Bruto, a Receita Operacional Líquida e o Custo das Mercadorias Vendidas foram,
respectivamente:
a) R$ 20.736,00, R$ 69.120,00 e R$ 48.384,00
b) R$ 20.736,00, R$ 76.800,00 e R$ 48.384,00
c) R$ 28.416,00, R$ 69.120,00 e R$ 76.800,00
d) R$ 28.416,00, R$ 76.800,00 e R$ 69.120,00

33. Recentemente, uma loteadora colocou à venda terrenos de ótima localização para fins residenciais. Uma empresa de
    grande sucesso, atuante no ramo de indústria têxtil, instalada numa cidade em crescimento, que possui recursos
    disponíveis por tempo indeterminado, decidiu adquirir dois terrenos no valor de R$ 50.000,00 cada, para fins de auferir
    rendas através de locação. Tal bem deve ser registrado no:
 a) Ativo Circulante.
 b) Ativo Realizável a Longo-Prazo.
 c) Ativo Permanente – Imobilizado.
 d) Ativo Permanente – Investimento.

34. Analise o Balanço Patrimonial abaixo.
      ATIVO
      Ativo Circulante                              R$        5.000,00
      Caixa                                         R$        1.500,00
      Bancos Conta Movimento                        R$        2.000,00
      Duplicatas a Receber                          R$        1.500,00

                                                                                                                       11
Ativo Permanente                             R$        5.000,00
      Veículos                                     R$        5.000,00
      Ativo Total                                  R$       10.000,00
      PASSIVO
      Passivo Circulante                           R$          6.700,00
      Fornecedores                                 R$          2.700,00
      Empréstimos a Pagar                          R$          4.000,00
      PATRIMÔNIO LÍQUIDO
      Capital Social                               R$        3.300,00
      Passivo Total                                R$       10.000,00

Os percentuais de Capital Próprio e de Terceiros são, respectivamente:
a) 33,00%         e 67,00%.
b) 49,25%         e 203,03%.
c) 106,06%        e 52,24%.
d) 197,00%        e 67,00%.

35. Sobre as reservas e provisões podemos afirmar que:
a) As reservas e provisões são termos semelhantes, pois resguardam as devidas contrapartidas no ativo.
b) As reservas são contabilizadas em contas do patrimônio líquido e as provisões como obrigações ou conta retificadora
    do ativo.
c) As reservas e provisões são constituídas debitando-se uma conta de resultado e uma conta patrimonial.
d) As reservas e provisões significam a mesma coisa, pois correspondem à diminuições do patrimônio líquido.

36. Analise os saldos contábeis a seguir.
     Compra de Mercadorias para Revenda      R$   280.000,00
     Custo de Mercadorias Vendidas           R$   232.000,00
     Devolução de Compras                    R$    21.000,00
     Duplicatas a Receber                    R$     5.000,00
     Empréstimos a Pagar                     R$    13.000,00
     Estoque Inicial                         R$   105.000,00
     Fretes sobre Compras                    R$     8.200,00
     Pis sobre Receita Operacional           R$    10.000,00
     Venda de Mercadorias                    R$   380.000,00

Com base nestes dados, o valor do Estoque Final é de:
a) R$ 123.800,00.
b) R$ 140.200,00.
c) R$ 148.400,00.
d) R$ 153.000,00.

37. Determinada empresa apresentou, em 31.12.2003, os saldos das contas abaixo relacionadas
     Bancos Conta Movimento                        R$     1.150,00
     Capital Social                                R$     3.850,00
     Custo com Mercadorias Vendidas                R$     650,00
     Despesas com Aluguéis                         R$     1.600,00
     Despesas com Salários                         R$     1.620,00
     Duplicatas a Pagar                            R$     3.000,00
     Duplicatas a Receber                          R$     2.500,00
     Imóveis em Uso                                R$     2.350,00
     Impostos a Pagar                              R$     2.450,00
     Lucros Acumulados                             R$     1.120,00
     Máquinas e Equipamentos                       R$     2.000,00
     Mercadorias para Revenda                      R$     1.100,00
     Receitas de Aplicações Financeiras            R$     2.450,00
     Receitas de Vendas                            R$     2.000,00
     Títulos a Receber                             R$     1.900,00

Após a elaboração da Demonstração do Resultado do Exercício e do Balanço Patrimonial, a empresa encontrará um:
a) Ativo Circulante no valor de R$ 7.300,00.

                                                                                                                  12
b) Lucro Líquido no valor de R$ 1.230.00.
c) Patrimônio Líquido no valor de R$ 5.550,00.
d) Passivo Circulante no valor de R$ 4.800,00.

38. Considere os saldos apresentados nas contas especificadas a seguir:
     COFINS sobre Receita Operacional                                R$   21.600,00
     Custo de Mercadorias Vendidas                                   R$   288.000,00
     Descontos Concedidos Incondicionais                             R$   12.000,00
     Despesas Administrativas                                        R$   35.000,00
     Despesas Financeiras                                            R$   13.000,00
     ICMS sobre Vendas                                               R$   122.400,00
     PIS sobre Receita Operacional                                   R$   11.880,00
     Provisão para Contribuição Social sobre Lucros                  R$   18.551,00
     Provisão para Imposto de Renda                                  R$   30.918,00
     Vendas Canceladas                                               R$   10.000,00
     Vendas de Mercadorias                                           R$   720.000,00

A Receita Operacional Líquida do Exercício e o Resultado do Exercício são, respectivamente:
a) R$ 254.120,00         e R$       206.120,00.
b) R$ 432.000,00         e R$       237.038,00.
c) R$ 532.120,00         e R$       156.651,00.
d) R$ 542.120,00         e R$       156.651,00.

39. Analise as informações retiradas da Demonstração de Lucros ou Prejuízos Acumulados de uma empresa comercial
    referente ao período de 01.01.2003 a 31.12.2003.
     Dividendos Distribuídos                                       R$ 300,00
     Lucros ou Prejuízos Acumulados em 31.12.2002                  R$ 3.800,00
     Parcela dos Lucros Incorporada ao Capital Social              R$ 1.000,00
     Resultado Operacional Líquido do Exercício                   (R$ 700,00)
     Reversão de Reserva de Exercícios Anteriores                  R$ 400,00
     Transferências para Reservas                                  R$ 200,00

Com base nestes dados, o saldo ao final do período da conta Lucros ou Prejuízos Acumulados é de:
a) R$ 2.000,00.
b) R$ 2.200,00.
c) R$ 2.400,00.
d) R$ 2.600,00.

40. Analise os saldos a seguir em 31.12.2003:
     Bancos Conta Movimento                      R$      9.000,00
     Caixa                                       R$      3.000,00
     Capital Social                              R$     30.000,00
     Compras de Mercadorias                      R$     42.000,00
     Custo de Mercadorias Vendidas               R$     30.000,00
     Duplicatas a Pagar de Curto Prazo           R$     28.000,00
     Duplicatas a Receber de Curto Prazo         R$     14.000,00
     Duplicatas Descontadas                      R$      6.000,00
     Mercadorias – Saldo Inicial                 R$      4.000,00
     Vendas                                      R$     50.000,00

Os valores do Capital Circulante Líquido e do Patrimônio Líquido foram, respectivamente:
a) R$ 8.000,00           e R$          50.000,00.
b) R$ 14.000,00          e R$          30.000,00.
c) R$ 14.000,00          e R$          50.000,00.
d) R$ 42.000,00          e R$          30.000,00.

41. Determinada empresa apresenta as contas de seu Balanço Patrimonial.


                                                                                                           13
Caixa                                                 R$    30.000,00
       Capital Social                                        R$   100.000,00
       Contas a Pagar de Curto Prazo                         R$   160.000,00
       Duplicatas a Receber                                  R$    90.000,00
       Estoques                                              R$   120.000,00
       Financiamentos a Pagar de Longo Prazo                 R$    60.000,00
       Fornecedores                                          R$   180.000,00
       Lucros ou Prejuízos Acumulados                        R$    30.000,00
       Máquinas e Equipamentos                               R$   150.000,00
       Participações em Outras Empresas                      R$   140.000,00

O valor do Ativo Permanente e o do Passivo Circulante são, respectivamente:
a) R$ 240.000,00 e R$ 340.000,00.
b) R$ 290.000,00 e R$ 340.000,00.
c) R$ 290.000,00 e R$ 400.000,00.
d) R$ 430.000,00 e R$ 150.000,00.

42.   São contas típicas do Ativo Permanente, exceto:
 a)    Bens em Operação e Pesquisa; Desenvolvimento de Produtos.
 b)    Despesas Antecipadas; Empréstimos Compulsórios sobre Combustíveis.
 c)    Participações Permanentes em Outras Sociedades; Participações em Fundos de Investimentos.
 d)    Terrenos e Imóveis para Futura Utilização; Imóveis não de Uso.

43. Assinale a alternativa INCORRETA:
 a) O montante da Reserva Legal não poderá exceder 20% do valor do Capital Social.
 b) A Reserva Legal poderá deixar de ser constituída quando o seu saldo, adicionado ao montante das Reservas de Capital,
     exceder 30% do Capital Social.
 c) A Reserva Legal não está sujeita à reversão.
 d) A Reserva Legal visa manter a integridade do Capital Social e está sujeita à reversão.

44. As informações contábeis devem permitir ao usuário, como partícipe do mundo econômico, avaliar a situação e a
    tendência da Entidade, exceto:
 a) Observar e avaliar o comportamento.
 b) Alterar os resultados, quando comparados com os de outros períodos passados.
 c) Avaliar seus resultados à luz dos objetivos estabelecidos.
 d) Projetar seu futuro nos marcos políticos, sociais e econômicos em que se insere.

45. Considere os saldos iniciais e os fatos ocorridos no Patrimônio Líquido de uma Companhia no ano de 2003:
                                                     Saldos em 01.01.2003
    Capital Social                                                                  R$       100.000,00
    Reservas de Lucros                                                              R$        15.000,00
    Lucros Acumulados                                                               R$        12.800,00
                                             Fatos ocorridos durante o ano de 2003
    Aumento de capital com reservas de lucros                                       R$        10.000,00
    Aumento de capital com imóveis                                                  R$        34.000,00
    Lucro do exercício                                                              R$        26.000,00
    Distribuição de dividendos retirados do lucro do exercício                      R$        15.000,00
    Destinação de parte do lucro para reservas                                      R$          8.000,00

       O valor do Patrimônio Líquido, em 31.12.2003, é:
      a)    R$ 172.800,00.
      b)    R$ 174.800,00.
      c)    R$ 182.800,00.
      d)    R$ 190.800,00.

46. Uma determinada Companhia gastou, em 2003, com pesquisas para desenvolvimento de um novo produto, o montante
    de R$ 152.800,00. Neste período, estudos técnicos indicaram que o produto era viável e teria uma vida útil estimada de
    dez anos. Este valor deverá ser contabilizado no seguinte subgrupo:

a) Ativo Circulante – Imobilizado.

                                                                                                                      14
b) Ativo Permanente – Diferido.
c) Ativo Permanente – Investimentos.
d) Ativo Realizável a Longo Prazo – Diferido.

47. Dois sócios resolveram constituir uma sociedade, para tanto investiram R$ 100.000,00. No ato da constituição da
    sociedade, em 10.06.2003, o sócio A integralizou a importância de R$ 10.000,00 em dinheiro e R$ 40.000,00 em
    imóveis; o sócio B integralizou a importância de R$ 30.000,00 em dinheiro e se comprometeu integralizar o restante em
    30.12.2003. No Balancete de Verificação, de 30.11.2003, as contas Capital Subscrito e Capital a Integralizar possuíam
    os seguintes saldos, respectivamente:
 a)    R$         20.000,00 e       R$        100.000,00.
 b)    R$         80.000,00 e       R$         20.000,00.
 c)    R$        100.000,00 e       R$         20.000,00.
 d)    R$        100.000,00 e       R$        100.000,00.

48. Uma determinada empresa de manutenção de veículos em seu Balancete de Verificação, de 31.12.2003, apresentava os
    seguintes saldos das contas:
                        CONTAS                       SALDOS
      Adiantamento de Clientes                    R$        5.000,00
      Bancos conta Movimento                      R$       4.000,00
      Caixa                                       R$          800,00
      Capital a Integralizar                      R$       8.000,00
      Capital Social                              R$      12.000,00
      Clientes                                    R$          800,00
      Custo de Serviços Vendidos                  R$        3.500,00
      Despesas com Aluguel                        R$          500,00
      Despesas com Energia Elétrica               R$          200,00
      Despesas com Pró-Labore                     R$        3.200,00
      Despesas com Propaganda                     R$        1.500,00
      Despesas com Salários                       R$        3.400,00
      Despesas com Seguros                        R$          300,00
      Despesas com Telefone                       R$          200,00
      Duplicatas a Pagar                          R$        3.500,00
      Equipamentos                                R$       4.000,00
      Estoques de Peças de Reparos                R$        5.000,00
      Imóveis                                     R$      12.000,00
      Lucros Acumulados                           R$       2.200,00
      Receita com Venda de Serviços               R$      28.000,00
      Seguros a Vencer                            R$        3.300,00

   Após o encerramento das contas de resultado, o Balanço Patrimonial apresentou o Ativo Total e o Patrimônio Líquido,
   respectivamente, de:
a)   R$       26.600,00 e R$        21.400,00.
b)   R$       29.900,00 e R$        21.400,00.
c)   R$       31.600,00 e R$        29.400,00.
d)   R$       34.900,00 e R$        29.400,00.

49. Analise as informações abaixo, desconsiderando os aspectos tributários. O Custo das Mercadorias Vendidas e o
    Resultado Operacional Líquido do período são, respectivamente:
     Compras de Mercadorias                                   R$    55.000,00
     Despesas com Aluguel                                     R$     1.500,00
     Despesas com Propaganda                                  R$     3.000,00
     Despesas com Salários                                    R$     6.000,00
     Devolução de Compras de Mercadorias                      R$     1.000,00
     Devolução de Vendas de Mercadorias                       R$     1.000,00
     Estoque Final de Mercadorias                             R$    10.000,00
     Estoque Inicial de Mercadorias                           R$    20.000,00
     Fretes sobre Compras de Mercadorias                      R$       400,00
     Receita com Vendas de Mercadorias                        R$    80.000,00
     Receitas Financeiras                                     R$     3.000,00

                                                                                                                     15
Seguro sobre Compras de Mercadorias                        R$        1.200,00
a)     R$      62.400,00 e     R$ 9.100,00.
b)     R$      63.200,00 e     R$ 8.300,00.
c)     R$      65.600,00 e     R$ 5.900,00.
d)     R$      67.600,00 e     R$ 3.900,00.

50. Considere as afirmativas, a seguir, acerca das Notas Explicativas:
        I. As informações contidas nas Notas Explicativas devem ser relevantes, complementares e/ou
           suplementares àquelas não suficientemente evidenciadas ou não-constantes nas demonstrações
           contábeis propriamente ditas.
       II. As Notas Explicativas incluem informações de natureza patrimonial, econômica, financeira,
           legal, física e social, bem como os critérios utilizados na elaboração das demonstrações contábeis
           e eventos subseqüentes ao balanço.
      III. As Notas Explicativas devem restringir-se às informações requeridas em decorrência de
           legislação e outros dispositivos regulamentares específicos em função das características da
           Entidade.
     IV. Entre outros, os seguintes aspectos devem ser observados na elaboração das Notas Explicativas:
           os assuntos relacionados devem ser agrupados segundo seus atributos comuns e os dados devem
           permitir comparações com os de datas de períodos anteriores.

     Estão CORRETAS as afirmativas:
a)     I, II e III.
b)     I, II e IV.
c)     I, III e IV.
d)    II, III e IV.

                     MÉTODO DAS PARTIDAS DOBRADAS E LANÇAMENTO CONTÁBEIS

51. A Empresa Segura Ltda. contratou para o período de doze meses, com vigência de 01/08/2000 a 31/07/2001, por R$
    3.600,00 seguro para todos os funcionários da empresa, sendo pago 50% à vista e o restante para 60 dias. O registro
    correto referente a este fato contábil é:
 a) Despesa de Seguros                                            R$ 3.600,00
     a Caixa                                                      R$ 1.800,00
     a Seguros a Pagar                                            R$ 1.800,00
 b) Despesa de Seguros                                            R$ 1.800,00
     Prêmios de Seguros a Apropriar                               R$ 1.800,00
     a Caixa                                                      R$ 1.800,00
     a Seguros a Pagar                                            R$ 1.800,00
 c) Despesas de Seguros Antecipadas                               R$ 3.600,00
     a Caixa                                                      R$ 1.800,00
     a Seguros a Pagar                                            R$ 1.800,00
 d) Seguros Contratados                                           R$ 1.800,00
     Seguros a Pagar                                              R$ 1.800,00
     a Caixa                                                      R$ 1.800,00
     a Seguros a Vencer                                           R$ 1.800,00

52. A empresa Pagante S.A. efetuou no dia 31/03/2001 o pagamento do pró-labore do sócio gerente, no valor líquido de R$
    1.665,00, retendo na fonte o imposto de renda no valor de R$ 135,00. Indique o lançamento correto, correspondente a
    esta operação:
 a) Despesas de Pró-labore                                                          R$ 1.665,00
     Despesas c/ Imposto de Renda na Fonte                                          R$ 135,00
     a Caixa                                                                        R$ 1.800,00
 b) Despesa de Pró-labore                                                           R$ 1.800,00
     a Pró-labore a Pagar                                                           R$ 1.665,00
     a IRRF a Recolher                                                              R$ 135,00
 c) Despesa de Pró-labore                                                           R$ 1.665,00
     Imposto de Renda na Fonte a Recuperar                                          R$ 135,00
     a Caixa                                                                        R$ 1.800,00
 d) Despesas de Pró-labore                                                          R$ 1.800,00
     a Caixa                                                                        R$ 1.665,00
     a IRRF a Recolher                                                              R$ 135,00

                                                                                                                   16
53. No conjunto das operações abaixo, pertinentes a uma empresa industrial, assinale aquela que NÃO tem a sua origem no
    processamento de custos:
 a) O lançamento diz respeito ao detalhamento da quantidade e custo unitário.
                         Materiais
                         a Fornecedores
 b) O lançamento diz respeito ao registro dos custos de produtos vendidos.
                         Custo de Produtos Vendidos
                         a Estoques de Produtos Acabados
 c) O lançamento diz respeito ao fechamento de ordens de produção com todos os seus custos acumulados.
                         Estoques de Produtos Acabados
                         a Produção em Processo
 d) Este lançamento diz respeito ao débito de custos nas ordens de produção.
                         Produção em Processo
                         a Estoque de Materiais

54. Uma empresa obteve um empréstimo no valor de R$ 25.000,00, para capital de giro, com vencimento dentro do
    próprio mês. Pagou no ato R$ 1.500,00 a título de encargos financeiros. Este fato implica em:
 a) Aumento do Ativo e Patrimônio Líquido no valor de R$ 25.000,00 e diminuição do Passivo no valor de R$ 1.500,00.
 b) Aumento do Ativo no valor de R$ 25.000,00 e redução do Passivo em R$ 1.500,00 e aumento do Patrimônio Líquido
     em R$ 23.500,00.
 c) Aumento do Patrimônio Líquido e Ativo em R$ 23.500,00 e aumento do Passivo em R$ 25.000,00.
 d) Aumento de Passivo em R$ 25.000,00, aumento do Ativo em R$ 23.500,00 e redução do Patrimônio Líquido em R$
     1.500,00.

55. Uma determinada empresa apresenta a conta Móveis e Utensílios com um saldo inicial de R$ 15.000,00. Durante o
    exercício adquiriu mesas e cadeiras no valor de R$ 18.000,00, sendo 50% à vista e o restante no prazo de 30 dias.
    Vendeu cadeiras usadas à prazo por R$ 4.000,00 sendo este o preço de custo e adquiriu à vista prateleiras por R$
    5.000,00. O saldo final da conta é:
 a) R$ 25.000,00
 b) R$ 33.000,00
 c) R$ 34.000,00
 d) R$ 38.000,00

56. A empresa elaborou a folha de pagamento de pessoal da área administrativa com salários no montante de R$ 30.000,00.
    É de 34% a alíquota total da Previdência, sendo 11% da parte dos empregados e 23% da parte patronal. A
    contabilização dos encargos da empresa com a Previdência é:
 a) Despesas com Salários
      a Contribuições a Recolher                                   R$ 3.300,00
 b) Despesas com Previdência
     a Contribuições a Recolher                                    R$ 6.900,00
 c) Despesas com Previdência
      a Contribuições a Recolher                                   R$ 10.200,00
 d) Despesas com Salários
     a Contribuições a Recolher                                    R$ 30.000,00

57. A empresa recebeu a importância líquida de R$ 20.000,00 referente a quitação de um título, tendo concedido um
    desconto de 20% ao cliente, gerando o seguinte lançamento:
 a) Caixa
     a Descontos Concedidos                                      R$ 20.000,00
 b) Caixa
     a Títulos a Receber                                         R$ 20.000,00
 c) Caixa                                                        R$ 25.000,00
     a Descontos Concedidos                                      R$ 5.000,00
     a Títulos a Receber                                         R$ 20.000,00
 d) Caixa                                                        R$ 20.000,00
     Descontos Concedidos                                        R$ 5.000,00
     a Títulos a Receber                                         R$ 25.000,00

58. A apropriação de um serviço realizado, relativo a uma receita antecipada, pode ser contabilizada da seguinte forma:
 a)      Receitas Antecipadas

                                                                                                                          17
a Receitas de Serviços
b)       Clientes
         a Caixa
c)       Caixa
         a Receitas Antecipadas
d)       Receitas de Serviços
         a Receitas Antecipadas

59. Determinada empresa possuía, em sua carteira de clientes, três duplicatas a receber – Cliente A: R$ 15.000,00; Cliente
    B: R$ 20.000,00; Cliente C: R$ 25.000,00. O saldo da Conta Duplicatas a Receber é de R$ 60.000,00. No dia 02 de
    janeiro de 2004, todas as duplicatas foram descontadas junto a um banco. Após o lançamento contábil do desconto das
    duplicatas junto ao banco, os saldos das contas Duplicatas a Receber e Duplicatas Descontadas ficaram assim
    representados, respectivamente:
 a) Credor em R$ 60.000,00 e devedor em R$ 60.000,00.
 b) Devedor em R$ 60.000,00 e credor em R$ 60.000,00.
 c) Devedor em R$ 60.000,00 e saldo zero.
 d) Saldo zero e credor em R$ 60.000,00.

60. Considere as afirmativas a seguir a respeito das formalidades da escrituração contábil:
        I. Não se admite o uso de códigos e/ou abreviaturas nos históricos dos lançamentos.
       II. A escrituração contábil e a emissão de relatórios, peças, análises e mapas demonstrativos e
           demonstrações contábeis são de atribuição e responsabilidade exclusivas de Contabilista
           legalmente habilitado.
      III. O Balanço e demais Demonstrações Contábeis de encerramento de exercício serão transcritos no
           “Razão”, completando-se com as assinaturas do Contabilista e do titular ou do representante legal
           da Entidade.
     IV. No caso de a Entidade adotar para sua escrituração contábil o processo eletrônico, os formulários
           contínuos, numerados mecânica ou tipograficamente, serão destacados e encadernados em forma
           de livro.

     Estão CORRETAS as afirmativas:
       a)     I e III.
       b)     I e IV.
       c)    II e III.
       d)    II e IV.


                          REGIME DE COMPETÊNCIA E RESULTADO DO EXERCÍCIO

61. Considerando os dados a seguir, referentes ao mês de dezembro de 1999, calcule o resultado de acordo com os
     Princípios Fundamentais de Contabilidade:
 - despesa de dezembro de 1999 paga em janeiro de 2000      R$ 36,00
 - despesa de janeiro de 2000 paga em dezembro de 1999      R$ 54,00
 - despesa de dezembro de 1999 paga em dezembro de 1999     R$ 45,00
 - receita de dezembro de 1999 recebida em janeiro de 2000  R$ 27,00
 - receita de janeiro de 2000 recebida em dezembro de 1999  R$ 63,00
 - receita de dezembro de 1999 recebida em dezembro de 1999 R$ 51,00

Assinale a alternativa CORRETA:
a) Lucro de R$ 15,00
b) Prejuízo de R$ 3,00
c) Lucro de R$ 4,00
d) Prejuízo de R$ 15,00

62. Sabendo-se que nos registros contábeis um dos Princípios Fundamentais de Contabilidade adotado é o de Competência,
    qual o efeito que representaria uma despesa incorrida, mas não paga no decurso do exercício, se adotado o regime de
    caixa:
 a) Um passivo maior que o real e lucro maior que o real.
 b) Um passivo menor que o real e lucro maior que o real.
 c) Um ativo maior que o real e um passivo menor que o real.
 d) Um ativo maior que o real e lucro menor que o real.

                                                                                                                      18
63.Em relação às contas de resultado pode-se afirmar que
 a) Uma despesa paga à vista representa uma redução de ativo e um aumento de passivo.
 b) Uma despesa paga antecipadamente, provoca uma redução no ativo e na situação líquida.
 c) Uma despesa realizada para pagamento futuro, representa um aumento de passivo sem qualquer redução ou acréscimo
    nos valores do ativo.
d) Uma receita realizada para recebimento futuro, representa uma redução de passivo e um aumento da situação líquida.

64. Assinale a alternativa CORRETA:
 a) A contabilização de receitas realizadas e não recebidas é feita em obediência ao Princípio da Competência de
     Exercícios, observados os limites impostos pelos Princípios da Realização da Receita e do Conservadorismo.
 b) A distribuição de dividendos é uma despesa para a empresa.
 c) Os grupos Resultados de Exercícios Futuros e Permanente Diferido só existem em função do Princípio da Prudência.
 d) A despesa antecipada deve ser computada no resultado do exercício de sua incorrência e a receita antecipada no
     resultado do exercício em que for realizada.

65. Com base nas informações abaixo e no Princípio da Competência, a alternativa que demonstra corretamente o valor do
    Resultado do Exercício é:
                 Despesas Incorridas e Pagas             R$ 45.000,00
                 Despesas Não-Incorridas e Pagas         R$150.000,00
                 Despesas Incorridas e Não-Pagas         R$ 30.000,00
                 Receitas Recebidas e Não-Realizadas     R$ 50.000,00
                 Receitas Realizadas e Recebidas         R$ 75.000,00
                 Receitas Realizadas e Não-Recebidas     R$100.000,00
 a) Prejuízo de R$ 55.000,00
 b) Nem Lucro nem Prejuízo
 c) Lucro de R$ 100.000,00
 d) Lucro de R$ 150.000,00

66. Em 29/11/01 uma empresa comercial obteve um empréstimo para capital de giro no valor de R$ 20.000,00, com
    vencimento para liquidação em 28/01/2002 no valor total de R$ 23.000,00. Considerando que os juros referem-se ao
    período de 30/11/2001 a 28/01/2002, o valor dos encargos financeiros a ser apropriado no ano 2002, é de:
 a)       R$ 1.400,00
 b)       R$ 1.550,00
 c)       R$ 1.600,00
 d)       R$ 3.000,00

67. O recebimento de uma determinada importância em dinheiro em 2002 por conta de serviços a serem realizados em
     2003, provocou em 2002:
 a) Redução do Prejuízo ou Aumento do Lucro.
 b) Aumento do Prejuízo ou redução do Lucro.
 c) Aumento do Ativo e do Passivo.
 d) Redução do Ativo e do Passivo.

68. Uma entidade apura seu resultado pelo Princípio da Competência. O movimento de receitas e despesas de 2002 foi o
    seguinte:
 Receita de 2001 recebida em 2002 R$ 10.000,00
 Receita de 2002 recebida em 2003 R$ 200.000,00
 Receita de 2003 recebida em 2002 R$ 20.000,00
 Despesa de 2001 paga em 2002     R$ 5.000,00
 Despesa de 2002 paga em 2002     R$ 150.000,00
 Despesa de 2003 paga em 2002     R$ 10.000,00
 Despesa de 2002 paga em 2003     R$ 10.000,00

Em vista disso, afirmamos que o resultado em 2002 foi:
a) Prejuízo de R$ 30.000,00
b) Prejuízo de R$ 40.000,00
c) Lucro de R$ 40.000,00
d) Lucro de R$ 150.000,00



                                                                                                                  19
69. Uma empresa encerrou seu exercício em 31.12.2002 e efetuou o pagamento de salários de dezembro somente em
    janeiro de 2003. Não apropriou na data devida a despesa de salários inobservando ao Princípio da Competência, tendo
    como conseqüência:
 a) Diminuição do saldo do caixa em 2002.
 b) Diminuição do resultado de 2002.
 c) Aumento do saldo do caixa em 2003.
 d) Aumento do resultado de 2002.

70. As receitas e as despesas estão geralmente relacionadas nas empresas com fins lucrativos. Sendo assim, podemos
    afirmar que:
 a) a despesa é incorrida no momento em que ocorre o consumo e a receita no momento em que recebemos direitos já
     provisionados.
 b) A despesa é incorrida no momento em que ocorre o desembolso e a receita é realizada no momento em que se
     transfere a propriedade do bem.
 c) A receita é realizada no momento em que é transferida a propriedade do bem ou serviço e a despesa é incorrida no
     momento do consumo.
 d) A receita é realizada por ocasião da transferência da propriedade e a despesa é incorrida no momento da aquisição,
     independente do pagamento.

71. No mês de setembro de 2003, uma empresa comprou a prazo material de expediente, no valor de R$ 30.000,00. Os
    pagamentos das faturas ocorreram em 30 de outubro, 30 de novembro e 30 dezembro de 2003. O material utilizado em
    dezembro de 2003 totalizou R$ 10.000,00.

     O valor a ser apropriado como Despesas será de:
a)   R$ 30.000,00, em setembro de 2003.
b)   R$ 10.000,00, em outubro de 2003.
c)   R$ 20.000,00, em novembro de 2003.
d)   R$ 10.000,00, em dezembro de 2003.

72. Uma empresa comercial registra sua movimentação patrimonial pelo Regime de Competência com as seguintes
    situações abaixo:
          Despesas relativas a dez/2003 e pagas em dez/2003 - R$ 45.000,00;
          Despesas relativas a jan/2004 e pagas em dez/2003 - R$ 54.000,00;
          Despesas relativas a dez/2003 e pagas em jan/2004 - R$ 36.000,00;
          Receitas relativas a dez/2003 e recebidas em jan/2004 - R$ 27.000,00;
          Receitas relativas a jan/2004 e recebidas em dez/2003 - R$ 63.000,00;
          Receitas relativas a dez/2003 e recebidas em dez/2003 - R$ 51.000,00.

Para fins de análise da diretoria e com base nas informações apresentadas, os Resultados do Exercício dessa empresa em
dezembro de 2003, pelo Regime de Caixa e pelo Regime de Competência foram, respectivamente:
a) Prejuízo de R$ 3.000,00 e Lucro de R$ 6.000,00.
b) Lucro de R$ 6.000,00 e Prejuízo de R$ 3.000,00.
c) Prejuízo de R$ 3.000,00 e Lucro de R$ 15.000,00.
d) Lucro de R$ 15.000,00 e Prejuízo de R$ 3.000,00.

73. As Normas Brasileiras de Contabilidade definem como oficial, para a realização das Demonstrações Contábeis, o
    Regime de Competência. O efeito que representa uma despesa incorrida, mas não paga no decurso do exercício
    financeiro, se adotado o Regime de Caixa, é:
 a) Ativo maior que o Real e Lucro maior que o Real.
 b) Ativo maior que o Real e Lucro menor que o Real.
 c) Passivo maior que o Real e Lucro maior que o Real.
 d) Passivo menor que o Real e Lucro maior que o Real.

74. Uma empresa possuía um imóvel, utilizado no desempenho de suas atividades, adquirido por R$ 30.000,00 e
    depreciado em 20% do seu valor. Vendeu-o por R$ 25.000,00, em 30.09.2003, concedendo prazo ao comprador para
    pagamento até o final de fevereiro de 2004, com juros simples de 5% ao mês, recebidos no ato da venda. A empresa
    encerra seu exercício social em 31 de dezembro de cada ano. A operação proporcionou à empresa vendedora:
 a) Aumento do Ativo Circulante no valor de R$ 4.750,00.
 b) Aumento do Patrimônio Líquido no exercício de 2003 no valor de R$ 7.250,00.
 c) Um Ativo Imobilizado reduzido no valor de R$ 25.000,00.
 d) Uma Receita Financeira, no exercício de 2003, no valor de R$ 3.750,00.

                                                                                                                   20
75. Considere os dados a seguir referentes ao mês de dezembro de 2003:
     •  Despesa de dezembro/2003, paga em janeiro/2004 no valor de R$ 46,00.
     •  Despesa de janeiro/2004, paga em dezembro/2003 no valor de R$ 52,00.
     •  Despesa de dezembro/2003, paga em dezembro/2003 no valor de R$ 50,00.
     •  Receita de dezembro/2003, recebida em janeiro/2004 no valor de R$ 30,00.
     •  Receita de janeiro/2004, recebida em dezembro/2003 no valor de R$ 60,00.
     •  Receita de dezembro/2003, recebida em dezembro/2003 no valor de R$ 54,00.

      O resultado do referido mês, conforme os Princípios Fundamentais da Contabilidade é:
a)     Prejuízo de       R$         12,00.
b)     Prejuízo de       R$          4,00.
c)     Lucro de          R$         12,00.
d)     Lucro de          R$         38,00.

                                                   FATOS CONTÁBEIS

76. Uma empresa tem uma dívida de R$ 2.000,00 com obtenção de um desconto de 20% no pagamento terá praticado um
    fato contábil denominado:
 a) Modificativo diminutivo.
 b) Misto diminutivo.
 c) Modificativo aumentativo.
 d) Misto aumentativo.

77. Os efeitos relativos a um fato permutativo concernente a itens exclusivamente do Ativo alteram a substância
    patrimonial apenas:
 a) Econômico.
 b) Quantitativamente.
 c) Qualitativamente.
 d) Quantitativamente e qualitativamente.

78.   A opção que contém fato contábil misto é:
 a)    Venda de imóvel, com lucro.
 b)    Pagamento de salários do mês anterior.
 c)    Pagamento de compras e recebimento de vendas do mesmo mês.
 d)    Liquidação de duplicata, parte em cheque e o restante em dinheiro.

79.   O pagamento de uma duplicata com juros constitui-se em um fato:
 a)    Permutativo.
 b)    Modificativo Aumentativo.
 c)    Misto Negativo.
 d)    Misto Positivo.

80. Os fatos contábeis podem ser classificados em três grupos: permutativo, modificativos e mistos. É CORRETO afirmar
    que:
 a) Fatos contábeis modificativos produzem efeitos sobre o Patrimônio Líquido, aumentando-o, apenas.
 b) Fatos contábeis modificativos não produzem efeitos sobre o Patrimônio Líquido.
 c) Fatos contábeis permutativos são aqueles que alteram apenas os elementos componentes do Ativo e do Passivo, sem
     alterar quantitativamente o Patrimônio Líquido.
 d) Fatos contábeis permutativos são aqueles que alteram os elementos componentes do Ativo e do Passivo, e interferem
     positivamente no Patrimônio Líquido.

81. Analise os fatos contábeis que se seguem:
     I. Os fatos contábeis mistos diminutivos são aqueles que, ao permutarem os elementos patrimoniais provocam
          redução no Patrimônio Líquido.
     II. Os fatos contábeis permutativos provocam alteração no Patrimônio Líquido.
     III. Os fatos contábeis mistos combinam, um fato contábil permutativo e um fato contábil modificativo, relacionados
          na mesma operação.
     IV. Os fatos contábeis mistos aumentativos são aqueles que, ao permutarem os elementos patrimoniais, aumentam o
          Patrimônio Líquido.
     V. Os fatos contábeis modificativos não provocam alteração no Patrimônio Líquido.


                                                                                                                    21
No tocante aos fatos contábeis:
a)   Os itens I, III e V são incorretos.
b)   Os itens I, III e IV são corretos.
c)   Os itens II, III e V são corretos.
d)   Os itens II, III e IV são incorretos.

82. O lançamento de pagamento de duplicata com juros por meio de cheque é um fato:
 a) Permutativo ou misto, compensando elementos ativos e passivos.
 b) Modificativo Diminutivo.
 c) Modificativo Aumentativo.
 d) Misto com compensação de elementos ativos e passivos.

                           ESTOQUES – COMPRA E VENDA, CONTROLE E AVALIAÇÃO

83. A Comercial Pinheiro Ltda., que iniciou suas atividades em 01.12.1999, apresentou até 31.12.1999, data do primeiro
    balanço, a seguinte movimentação em relação a uma determinada mercadoria:
                DATA                NATUREZA DA OPERAÇÃO                 VALOR TOTAL (em R$ )
     08.12.1999                  Compra de 30 unidades                  2.400,00 (*)
     16.12.1999                  Venda de 05 unidades                   500,00
     23.12.1999                  Compra de 40 unidades                  3.600,00 (*)
     31.12.1999                  Venda de 20 unidades                   2.200,00
   (*) Valor líquido de ICMS

O valor do estoque final, avaliado pelo método PEPS, atingiu o montante de:
a) 3.300,00
b) 4.050,00
c) 4.000,00
d) 3.600,00

84. Considerando os dados abaixo, na ordem apresentada, apure, respectivamente, o custo das mercadorias vendidas e o
    valor do estoque, com base no Custo Médio Ponderado, sabendo-se que no decorrer das operações, foram enviadas ao
    fornecedor, para conserto, 125 unidades:
     - Saldo inicial de 100 unidades a R$ 11,00 cada.
     - Aquisição de 300 unidades por R$ 3.200,00 + Frete no valor de R$ 300,00
     - Venda de 200 unidades por R$ 5.000,00
     - Aquisição de 150 unidades por R$ 2.075,00
     - Aquisição de 50 unidades por R$ 825,00
     - Venda de 180 unidades por R$ 4.100,00 + frete no valor de R$ 200,00
 a) R$ 4.340,00 e R$ 2.560,00
 b) R$ 4.640,00 e R$ 2.860,00
 c) R$ 6.100,00 e R$ 2.560,00
 d) R$ 6.400,00 e R$ 2.860,00

85. Uma empresa comercial mantém controle permanente de estoque e o avalia pelo método do custo médio ponderado. O
    estoque final de mercadorias em 28 de fevereiro de 2002 era de 200 unidades avaliadas ao custo unitário de R$ 10,00.
    As compras e as vendas dessas mercadorias estão isentas de tributações. Em março de 2002 a empresa realizou os
    seguintes movimentos de compra e venda de mercadorias:
         02/03/2002       —        compra a prazo de 400 unidades pelo valor total de R$ 5.200,00.
         03/03/2002       —        venda a prazo de 500 unidades pelo valor total de R$ 6.000,00.
         04/03/2002       —        compra a vista de 400 unidades ao preço unitário de R$ 15,00
         05/03/2002       —        venda à vista de 200 unidades ao preço unitário de R$ 18,00

Com base nas informações, é CORRETO afirmar que:
a) O Custo Total das Vendas do dia 3 de março foi de R$ 5.900,00.
b) O Lucro Bruto total das operações alcançou a cifra de R$ 3.900,00.
c) O Lucro Bruto alcançado nas vendas do dia 5 de março foi de R$ 3,00 por unidade.
d) O Estoque Final existente após a venda do dia 5 de março é de 300 unidades ao custo médio de R$ 14,40.

86. Uma empresa apresenta, no sistema de controle de estoque, no item matéria-prima, em quilos:

                                                                                                                    22
Data               Entrada     Saída         Saldo
           31/03/2001                                         250
           06/04/2001                200                      450
           09/04/2001                 90                      540
           17/04/2001                 30                      570
           18/04/2001                             230         340
           22/04/2001                             170         170
O estoque inicial foi comprado a R$ 1,50 o quilo. As demais compras foram a R$ 1,70, R$ 1,90 e R$ 2,10 o quilo,
respectivamente. Pelo método PEPS o estoque final é de:
a) R$ 255,00
b) R$ 289,00
c) R$ 319,00
d) R$ 357,00

87. Uma empresa que trabalhava com um único tipo de mercadoria realizou, na ordem abaixo, as seguintes operações:
     1ª) Compra de 20 unidades a R$ 20,00 cada e com destaque de 17% de ICMS.
     2ª) Compra de 30 unidades a R$ 25,00 cada e com destaque de 17% de ICMS.
     3ª) Venda de 15 unidades a R$ 50,00 cada e com destaque de 17% de ICMS.

   Tendo em vista que essa empresa adota o Método do Custo Médio Ponderado Variável, podemos afirmar que o Custo
   das Mercadorias Vendidas relativo à 3ª operação é de:
a) R$ 286,35
b) R$ 337,50
c) R$ 345,00
d) R$ 403,65

88. Uma empresa adquiriu um lote de mercadorias para revenda por R$ 250.000,00. No encerramento do exercício,
    este lote, a preço de mercado, estava avaliado em R$ 200.000,00. No Balanço Patrimonial final do exercício, essa
    mercadoria tem o valor correspondente ao custo de aquisição subtraído da Provisão para Ajuste de Estoque ao Preço de
    Mercado de:
 a) R$ 250.000,00, mas com redução de R$ 50.000,00.
 b) R$ 250.000,00, sem qualquer redução.
 c) R$ 200.000,00, mas com ágio de R$ 50.000,00.
 d) R$ 250.000,00, mas com redução de R$ 200.000,00.


                                 DEPRECIAÇÃO, AMORTIZAÇÃO E EXAUSTÃO

89. A Cia. Sigma realizou em julho de 2000 benfeitoria em terreno alugado de terceiros nesta mesma data, no montante de
    R$ 52.800,00. Sendo o contrato de locação de 4 anos e que o valor deverá ser totalmente amortizado no período locado,
    o valor da amortização a ser lançada em cada período-base anual é de, respectivamente:
 a) R$ 6.600,00          R$ 15.400,00        R$ 15.400,00        R$ 15.400,00
 b) R$ 13.200,00         R$ 13.200,00        R$ 13.200,00        R$ 13.200,00
 c) R$ 6.600,00          R$ 13.200,00        R$ 13.200,00        R$ 13.200,00         R$ 6.600,00
 d) R$ 10.560,00         R$ 10.560,00        R$ 10.560,00        R$ 10.560,00         R$ 10.560,00

90. Determinada empresa adquiriu uma máquina em 2 de janeiro de 1998, colocando-a em funcionamento na mesma data.
    Sabendo-se que:
         - A taxa de depreciação foi de 20% ao ano.
         - O valor de aquisição da máquina foi de R$ 22.000,00.
         - A máquina foi vendida por R$ 20.000,00 em 1 de julho de 2001.

Pode-se afirmar que o valor residual da máquina em 31.12.2000, era de:
a) R$ 8.800,00
b) R$ 13.200,00
c) R$ 15.400,00
d) R$ 22.000,00

91. Uma determinada empresa adquiriu um veículo em 1º de março de 1997 por R$ 72.000,00, sendo estimado o seu valor
    residual em R$ 9.000,00 e a vida útil em 5 anos. O setor de contabilidade efetuou, anualmente, todos os registros


                                                                                                                     23
contábeis relativos às despesas de depreciação, elaborando o seguinte quadro demonstrativo da depreciação acumulada
   do citado bem:
           Período                 Depreciação Dep. Acumulada
01.03.1997 à 31.12.1997            R$ 10.500,00      R$ 10.500,00
01.01.1998 à 31.12.1998            R$ 12.600,00      R$ 23.100,00
01.01.1999 à 31.12.1999            R$ 12.600,00      R$ 35.700,00
01.01.2000 à 31.12.2000            R$ 12.600,00      R$ 48.300,00
01.01.2001 à 31.12.2001            R$ 12.600,00      R$ 60.900,00
01.01.2002 à 28.02.2002            R$ 2.100,00       R$ 63.000,00

Se o veículo fosse vendido por R$ 60.000,00 em 31.12.2000, após a depreciação o resultado seria:
a) Uma perda de R$ 2.700,00
b) Uma perda de R$ 10.500,00
c) Um ganho de R$ 23.700,00
d) Um ganho de R$ 36.300,00

92. Determinada indústria mantém um controle individual de seu imobilizado. Em 31.12.2001 os saldos das contas no
    Balanço Patrimonial eram os seguintes:
         Itens               Máquinas e Equipamentos              Depreciação Acumulada
         Máquina A           R$ 43.190,00                         R$     34.370,00
         Máquina B           R$ 63.360,00                         R$     53.160,00

As máquinas foram utilizadas em três turnos de 8 horas, em todo o período de 2002. A empresa adota o método das quotas
constantes de depreciação, sendo sua vida útil de 10 anos. Considerando-se que o coeficiente adotado é de dois para três
turnos de 8 horas, o valor da depreciação no período, de tais máquinas, a ser contabilizado pela empresa, será de:
a) R$ 10.655,00
b) R$ 18.838,00
c) R$ 19.020,00
d) R$ 21.310,00

93. Um trator de esteira foi adquirido por R$ 45.000,00, em janeiro de 2003. Segundo as especificações do fabricante, as
    horas estimadas de vida útil desse trator são de 9.000 horas. Considerando-se que no ano de 2003 o trator tenha
    trabalhado 1.200 horas, a taxa e o valor da depreciação por horas trabalhadas seria, respectivamente, de:
 a) R$ 4,00/hora trabalhada e R$ 4.800,00.
 b) R$ 5,00/hora trabalhada e R$ 6.000,00.
 c) R$ 6,00/hora trabalhada e R$ 7.200,00.
 d) R$ 10,00/hora trabalhada e R$ 12.000,00.
                                BAIXA DE CRÉDITOS IRRECUPERÁVEIS E P.D.D.

94. Uma determinada empresa, no encerramento do exercício em 31/12/2000, tem a receber uma duplicata no valor de
    R$7.500,00 vencida em 31/08/1999. Apesar de já ter encaminhado o título para o Cartório de Protestos, até agora não
    obteve sucesso. Com base na legislação contábil e fiscal vigente, o Contador resolveu registrar corretamente o fato
    contábil. Indique o lançamento adotado:
 a) Provisão para Perdas no Recebimento de Créditos
     a Duplicatas a Receber                                         R$ 7.500,00
 b) Perdas com Duplicatas Incobráveis
     a Provisão para Perdas no Recebimento de Créditos              R$ 7.500,00
 c) Despesas com Provisão para Perdas no Recebimento de Créditos
     a Duplicatas a Receber                                          R$ 7.500,00
 d) Duplicatas a Receber
     a Provisão para Perdas no Recebimento de Créditos               R$ 7.500,00




                                                                                                                    24
EQUIVALÊNCIA PATRIMONIAL

Para as questões 84 e 85 faça uma análise da seguinte estrutura.

                                      EMPRESA GAMA

                      80%                                                  60%


EMPRESA ALFA                                                               EMPRESA OMEGA

         30%                                                                      15%


EMPRESA BETA                          80%                                  EMPRESA FATOS




95. Marque a alternativa CORRETA:
 a) A empresa Fatos é controlada pela empresa Gama que também controla a empresa Ômega.
 b) A empresa Gama controla somente as empresas Alfa e Ômega, não detendo, nem indiretamente, qualquer outra
    controlada.
 c) A empresa Fatos é coligada da empresa Ômega, mas é controlada pela empresa Gama, através das participações das
    empresas Alfa e Beta.
 d) A empresa Gama tem controle indireto sobre a empresa Beta, detendo controle direto sobre a empresa Fatos.

96. Marque a alternativa INCORRETA:
 a) A empresa Gama deverá usar o método da equivalência patrimonial somente na avaliação dos seus investimentos nas
    empresas Alfa e Ômega.
 b) A empresa Ômega deverá usar o método da equivalência patrimonial na avaliação dos seus investimentos na empresa
    Fatos.
 c) A participação total da empresa Gama na empresa Fatos é de 28,2%.
 d) A participação total da empresa Gama na empresa Beta é de 24%.

97. É CORRETO afirmar, quanto ao Método da Equivalência Patrimonial, que:
 a) Os resultados e quaisquer variações patrimoniais de uma controlada ou coligada, não precisam ser reconhecidos no
     momento de sua geração, uma vez que dependem de serem ou não distribuídos.
 b) A empresa investidora registra somente as operações ou transações baseadas em atos formais, pois, de fato, os
     dividendos são registrados como receita no momento em que são declarados e distribuídos, ou provisionados pela
     empresa investida.
 c) Os resultados e quaisquer variações patrimoniais de uma controlada ou coligada, devem ser reconhecidos no momento
     de sua geração, independentemente de serem ou não distribuídos.
 d) A empresa investidora registra somente as operações ou transações baseadas em atos formais, pois, de fato, os
     dividendos são registrados como despesa no momento em que são declarados e distribuídos, podendo ser
     provisionados pela empresa investida.

98.   São coligadas as sociedades quando uma participa com:
 a)    No mínimo 5% (cinco por cento) do capital da outra.
 b)    No máximo 5% (cinco por cento) do capital da outra, sem controlá-la.
 c)    10% (dez por cento) ou mais, do capital da outra, sem controlá-la.
 d)    40% (quarenta por cento) do capital da outra e detiver o controle acionário.

99. Em 31/12/2001 as empresas A e B apresentaram as seguintes informações:
                                                               EMPRESA A        EMPRESA B
                Ativo Circulante                               R$    12.000,00 R$    5.000,00
                Ativo Realizável a Longo-Prazo                 R$    18.000,00
                Ativo Permanente - Investimentos               R$    30.000,00
                Ativo Permanente - Imobilizado Líquido         R$ 110.000,00 R$     49.000,00
                Passivo Circulante                             R$    25.000,00 R$   15.000,00

                                                                                                                 25
Passivo Exigível a Longo-Prazo              R$     15.000,00   R$         5.000,00
                 Capital Social                              R$     80.000,00   R$        50.000,00
                 Reservas                                    R$     10.000,00   R$         1.000,00
                 Lucros/Prejuízos Acumulados                 R$     20.000,00   R$      (14.000,00)
                 Despesas Operacionais                       R$     60.000,00   R$        45.000,00
                 Receitas Operacionais                       R$     80.000,00   R$        42.000,00

A Empresa A participa com 60% da Empresa B, sendo a única participação societária. Aplicando o Método da
Equivalência Patrimonial, o valor dos investimentos permanentes é de:
a) R$         20.400,00
b) R$         22.200,00
c) R$         28.800,00
d) R$         30.600,00

100. As Companhias A e B apresentaram em 31.12.2002 as seguintes informações:
                CONTAS                                           CIA A                CIA B
                Ativo Circulante                           R$      412.000,00   R$     105.000,00
                Ativo Realizável a Longo Prazo             R$       28.000,00   R$      11.000,00
                Ativo Permanente – Investimentos           R$       84.000,00
                Ativo Permanente – Imobilizado Líquido R$          170.000,00   R$      49.000,00
                Passivo Circulante                         R$      125.000,00   R$      35.000,00
                Passivo Exigível a Longo Prazo             R$       25.000,00
                Capital Social                             R$      360.000,00   R$       80.000,00
                Reservas                                   R$       93.000,00   R$       48.000,00
                Lucros / Prejuízos Acumulados              R$       20.000,00   R$     (16.000,00)
                Lucro Líquido do Período                   R$       71.000,00   R$       18.000,00

A CIA A participa com 75% da CIA B, sendo esta sua única participação societária. Aplicando o Método da Equivalência
Patrimonial, o valor dos investimentos permanentes é de:
a) R$         60.000,00
b) R$         96.000,00
c) R$         97.500,00
d) R$        109.500,00


                                                      DOAR

101. Considere os dados abaixo dos balanços encerrados em 31/12/2000 e 31/12/1999 em R$.
 ATIVO                         2000          1999      PASSIVO                       2000             1999
 Ativo Circulante             82.500,00    68.750,00 Passivo Circulante             43.500,00        52.250,00
 Caixa                        10.000,00      5.000,00 Fornecedores                  17.000,00        29.000,00
 Clientes                     22.500,00    31.250,00 Impostos a Recolher            26.500,00        23.250,00
 Estoques de Mercadorias      50.000,00    32.500,00
 Realizável a Longo Prazo      5.000,00    15.750,00 Exigível a Longo Prazo          3.000,00      3.750,00
 Permanente                   42.500,00    23.000,00 Patrimônio Líquido             83.500,00     51.500,00
 Imobilizado                  42.500,00    23.000,00 Capital Social                 60.000,00     35.000,00
 Marcas e Patentes            22.500,00    10.500,00 Reserva Capital                18.500,00     14.000,00
 Terrenos                     20.000,00    12.500,00 Lucros Acumulados               5.000,00      2.500,00
 TOTAL DO ATIVO              130.000,00 107.500,00 TOTAL PASSIVO + PL              130.000,00    107.500,00

Na Demonstração das Origens e Aplicações de Recursos (DOAR), é correto afirmar que:
a) Aumento do Capital Circulante Líquido de R$12.500,00
b) Aplicações de recursos no valor R$19.500,00
c) Origens de recursos no valor de R$32.000,00
d) Origens de recursos no valor de R$42.750,00

102. As alternativas abaixo representam origens e aplicações e por isso fazem parte da Demonstração das Origens e
     Aplicações de Recursos. Indique a alternativa que afeta o Capital Circulante Líquido:
 a) Aquisição de bens do Ativo Permanente (Investimentos ou Imobilizado) pagáveis a longo prazo.
 b) Vendas de bens do Ativo Permanente recebível a longo prazo.
 c) Ágio na emissão de ações, pelo valor efetivamente integralizado no período.
                                                                                                                 26
Testeconhecimentoscontabeis
Testeconhecimentoscontabeis
Testeconhecimentoscontabeis
Testeconhecimentoscontabeis
Testeconhecimentoscontabeis
Testeconhecimentoscontabeis
Testeconhecimentoscontabeis
Testeconhecimentoscontabeis
Testeconhecimentoscontabeis
Testeconhecimentoscontabeis
Testeconhecimentoscontabeis
Testeconhecimentoscontabeis
Testeconhecimentoscontabeis
Testeconhecimentoscontabeis
Testeconhecimentoscontabeis
Testeconhecimentoscontabeis
Testeconhecimentoscontabeis
Testeconhecimentoscontabeis
Testeconhecimentoscontabeis
Testeconhecimentoscontabeis
Testeconhecimentoscontabeis
Testeconhecimentoscontabeis
Testeconhecimentoscontabeis
Testeconhecimentoscontabeis
Testeconhecimentoscontabeis
Testeconhecimentoscontabeis
Testeconhecimentoscontabeis

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Lançamentos em razonetes resolvidos 00
Lançamentos em razonetes resolvidos 00Lançamentos em razonetes resolvidos 00
Lançamentos em razonetes resolvidos 00
apostilacontabil
 
Balancetes e razonetes gabarito 00
Balancetes e razonetes gabarito 00Balancetes e razonetes gabarito 00
Balancetes e razonetes gabarito 00
zeramento contabil
 
Livro de exercício - contabilidade introdutória
Livro de exercício   - contabilidade introdutóriaLivro de exercício   - contabilidade introdutória
Livro de exercício - contabilidade introdutória
Lylian Vieira
 
Exercicios contabilidade 01 gabarito
Exercicios contabilidade 01 gabaritoExercicios contabilidade 01 gabarito
Exercicios contabilidade 01 gabarito
capitulocontabil
 
Exercicios contabilidade da dre
Exercicios contabilidade  da dreExercicios contabilidade  da dre
Exercicios contabilidade da dre
capitulocontabil
 
Exercícios sobre balanço patrimonial
Exercícios sobre balanço patrimonialExercícios sobre balanço patrimonial
Exercícios sobre balanço patrimonial
capitulocontabil
 
Exercicios contabilidade ex contabadm1
Exercicios contabilidade ex contabadm1Exercicios contabilidade ex contabadm1
Exercicios contabilidade ex contabadm1
capitulocontabil
 
Custos metodos de custeio
Custos metodos de custeioCustos metodos de custeio
Custos metodos de custeio
custos contabil
 
Apostila contabilidade geral 200 exercicios resolvidos
Apostila contabilidade geral 200 exercicios resolvidosApostila contabilidade geral 200 exercicios resolvidos
Apostila contabilidade geral 200 exercicios resolvidos
nilsonapsouza
 
Aula 4-analise-vertical-e-horizontal
Aula 4-analise-vertical-e-horizontalAula 4-analise-vertical-e-horizontal
Aula 4-analise-vertical-e-horizontal
Reginaldo Santana
 
Contabilidade i exercício 09 - re balancete razonete
Contabilidade i   exercício 09 - re balancete razoneteContabilidade i   exercício 09 - re balancete razonete
Contabilidade i exercício 09 - re balancete razonete
apostilacontabil
 
Exercicios contabilidade exercicioscap 2
Exercicios contabilidade exercicioscap 2Exercicios contabilidade exercicioscap 2
Exercicios contabilidade exercicioscap 2
capitulocontabil
 
Cap 02 gabarito cf cap_tulo_02 balanco patrimonial
Cap 02 gabarito cf cap_tulo_02 balanco patrimonialCap 02 gabarito cf cap_tulo_02 balanco patrimonial
Cap 02 gabarito cf cap_tulo_02 balanco patrimonial
controladoriacontab
 

Mais procurados (20)

Lançamentos em razonetes resolvidos 00
Lançamentos em razonetes resolvidos 00Lançamentos em razonetes resolvidos 00
Lançamentos em razonetes resolvidos 00
 
Balancetes e razonetes cap 82
Balancetes e razonetes cap 82Balancetes e razonetes cap 82
Balancetes e razonetes cap 82
 
Descontos simples e compostos--Matemática Financeira_un2.pdf
Descontos simples e compostos--Matemática Financeira_un2.pdfDescontos simples e compostos--Matemática Financeira_un2.pdf
Descontos simples e compostos--Matemática Financeira_un2.pdf
 
Gabaritos exercicios aula_09
Gabaritos exercicios aula_09Gabaritos exercicios aula_09
Gabaritos exercicios aula_09
 
Caderno de exercicios de contabilidade-ii FUCCAMP, razonetes e balancetes
Caderno de exercicios de contabilidade-ii FUCCAMP, razonetes e balancetesCaderno de exercicios de contabilidade-ii FUCCAMP, razonetes e balancetes
Caderno de exercicios de contabilidade-ii FUCCAMP, razonetes e balancetes
 
Custos 01
Custos 01Custos 01
Custos 01
 
Balancetes e razonetes gabarito 00
Balancetes e razonetes gabarito 00Balancetes e razonetes gabarito 00
Balancetes e razonetes gabarito 00
 
Livro de exercício - contabilidade introdutória
Livro de exercício   - contabilidade introdutóriaLivro de exercício   - contabilidade introdutória
Livro de exercício - contabilidade introdutória
 
Exercicios contabilidade 01 gabarito
Exercicios contabilidade 01 gabaritoExercicios contabilidade 01 gabarito
Exercicios contabilidade 01 gabarito
 
Exercicios contabilidade da dre
Exercicios contabilidade  da dreExercicios contabilidade  da dre
Exercicios contabilidade da dre
 
Exercícios sobre balanço patrimonial
Exercícios sobre balanço patrimonialExercícios sobre balanço patrimonial
Exercícios sobre balanço patrimonial
 
6033 questoes objetivas
6033 questoes objetivas6033 questoes objetivas
6033 questoes objetivas
 
Exercicios contabilidade ex contabadm1
Exercicios contabilidade ex contabadm1Exercicios contabilidade ex contabadm1
Exercicios contabilidade ex contabadm1
 
Custos metodos de custeio
Custos metodos de custeioCustos metodos de custeio
Custos metodos de custeio
 
Apostila contabilidade geral 200 exercicios resolvidos
Apostila contabilidade geral 200 exercicios resolvidosApostila contabilidade geral 200 exercicios resolvidos
Apostila contabilidade geral 200 exercicios resolvidos
 
Aula 4-analise-vertical-e-horizontal
Aula 4-analise-vertical-e-horizontalAula 4-analise-vertical-e-horizontal
Aula 4-analise-vertical-e-horizontal
 
Contabilidade i exercício 09 - re balancete razonete
Contabilidade i   exercício 09 - re balancete razoneteContabilidade i   exercício 09 - re balancete razonete
Contabilidade i exercício 09 - re balancete razonete
 
Exercicios contabilidade exercicioscap 2
Exercicios contabilidade exercicioscap 2Exercicios contabilidade exercicioscap 2
Exercicios contabilidade exercicioscap 2
 
Lançamentos contábeis parte 1
Lançamentos contábeis parte 1Lançamentos contábeis parte 1
Lançamentos contábeis parte 1
 
Cap 02 gabarito cf cap_tulo_02 balanco patrimonial
Cap 02 gabarito cf cap_tulo_02 balanco patrimonialCap 02 gabarito cf cap_tulo_02 balanco patrimonial
Cap 02 gabarito cf cap_tulo_02 balanco patrimonial
 

Destaque (19)

Guia
GuiaGuia
Guia
 
Resumo contabilidade 2009
Resumo contabilidade 2009Resumo contabilidade 2009
Resumo contabilidade 2009
 
Contabilidade respostas 00
Contabilidade respostas 00Contabilidade respostas 00
Contabilidade respostas 00
 
Questões de contabilidade de custos
Questões de contabilidade de custosQuestões de contabilidade de custos
Questões de contabilidade de custos
 
Contabilidade 13
Contabilidade 13Contabilidade 13
Contabilidade 13
 
Contabilidade 09
Contabilidade 09Contabilidade 09
Contabilidade 09
 
Contabilidade 15
Contabilidade 15Contabilidade 15
Contabilidade 15
 
Contabilidade 08
Contabilidade 08Contabilidade 08
Contabilidade 08
 
Contabilidade 06
Contabilidade 06Contabilidade 06
Contabilidade 06
 
Contabilidade 07
Contabilidade 07Contabilidade 07
Contabilidade 07
 
Contabilidade 04
Contabilidade 04Contabilidade 04
Contabilidade 04
 
Contabilidade 05
Contabilidade 05Contabilidade 05
Contabilidade 05
 
Contabilidade 12
Contabilidade 12Contabilidade 12
Contabilidade 12
 
Contabilidade 03
Contabilidade 03Contabilidade 03
Contabilidade 03
 
Contabilidade 10
Contabilidade 10Contabilidade 10
Contabilidade 10
 
Contabilidade 01
Contabilidade 01Contabilidade 01
Contabilidade 01
 
Contabilidade 02
Contabilidade 02Contabilidade 02
Contabilidade 02
 
Razonetes cap i 2015
Razonetes cap i 2015Razonetes cap i 2015
Razonetes cap i 2015
 
Contabilidade 11
Contabilidade 11Contabilidade 11
Contabilidade 11
 

Semelhante a Testeconhecimentoscontabeis

Contabilidade exercicios 00
Contabilidade exercicios 00Contabilidade exercicios 00
Contabilidade exercicios 00
razonetecontabil
 
Exercicios resolvidos contabilidade aula 13
Exercicios resolvidos contabilidade   aula 13Exercicios resolvidos contabilidade   aula 13
Exercicios resolvidos contabilidade aula 13
cathedracontabil
 
Exercicios resolvidos contabilidade aula 13
Exercicios resolvidos contabilidade   aula 13Exercicios resolvidos contabilidade   aula 13
Exercicios resolvidos contabilidade aula 13
contacontabil
 
Contabilidade decifrada 01
Contabilidade decifrada 01Contabilidade decifrada 01
Contabilidade decifrada 01
simuladocontabil
 
Exercicios resolvidos contabil
Exercicios resolvidos contabilExercicios resolvidos contabil
Exercicios resolvidos contabil
simuladocontabil
 
Contabilidade i exercício 06 - plano de contas e balanço patrimonial
Contabilidade i   exercício 06 - plano de contas e balanço patrimonialContabilidade i   exercício 06 - plano de contas e balanço patrimonial
Contabilidade i exercício 06 - plano de contas e balanço patrimonial
apostilacontabil
 
Prova exa.. (1)
Prova exa.. (1)Prova exa.. (1)
Prova exa.. (1)
BSuelly
 
Contabilidade geral resolução comentada
Contabilidade geral resolução comentadaContabilidade geral resolução comentada
Contabilidade geral resolução comentada
simuladocontabil
 
Exercicios contabilidade gabarito 01
Exercicios contabilidade gabarito 01Exercicios contabilidade gabarito 01
Exercicios contabilidade gabarito 01
capitulocontabil
 
Contabilidade geral i exercicios complementares are_ii gabarito 500
Contabilidade geral i exercicios complementares are_ii gabarito 500Contabilidade geral i exercicios complementares are_ii gabarito 500
Contabilidade geral i exercicios complementares are_ii gabarito 500
gabaritocontabil
 
Contabilidade dicas concursos 00
Contabilidade dicas concursos 00Contabilidade dicas concursos 00
Contabilidade dicas concursos 00
apostilacontabil
 
Contabilidade dicas concursos 00
Contabilidade dicas concursos 00Contabilidade dicas concursos 00
Contabilidade dicas concursos 00
apostilacontabil
 
Contabilidade i exercício 07 - apuração simplificada de resultado
Contabilidade i   exercício 07 - apuração simplificada de resultadoContabilidade i   exercício 07 - apuração simplificada de resultado
Contabilidade i exercício 07 - apuração simplificada de resultado
apostilacontabil
 
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 01 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral   aula 01 cathedraExercicios resolvidos contabilidade geral   aula 01 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 01 cathedra
cathedracontabil
 
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 01 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral   aula 01 cathedraExercicios resolvidos contabilidade geral   aula 01 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 01 cathedra
contacontabil
 

Semelhante a Testeconhecimentoscontabeis (20)

Exercico uni3
Exercico uni3Exercico uni3
Exercico uni3
 
Contabilidade exercicios 00
Contabilidade exercicios 00Contabilidade exercicios 00
Contabilidade exercicios 00
 
Exercicios resolvidos contabilidade aula 13
Exercicios resolvidos contabilidade   aula 13Exercicios resolvidos contabilidade   aula 13
Exercicios resolvidos contabilidade aula 13
 
Exercicios resolvidos contabilidade aula 13
Exercicios resolvidos contabilidade   aula 13Exercicios resolvidos contabilidade   aula 13
Exercicios resolvidos contabilidade aula 13
 
Contabilidade decifrada 01
Contabilidade decifrada 01Contabilidade decifrada 01
Contabilidade decifrada 01
 
Exercicios resolvidos contabil
Exercicios resolvidos contabilExercicios resolvidos contabil
Exercicios resolvidos contabil
 
Ex1 und5
Ex1 und5Ex1 und5
Ex1 und5
 
Contabilidade i exercício 06 - plano de contas e balanço patrimonial
Contabilidade i   exercício 06 - plano de contas e balanço patrimonialContabilidade i   exercício 06 - plano de contas e balanço patrimonial
Contabilidade i exercício 06 - plano de contas e balanço patrimonial
 
Prova exa.. (1)
Prova exa.. (1)Prova exa.. (1)
Prova exa.. (1)
 
Contabilidade geral resolução comentada
Contabilidade geral resolução comentadaContabilidade geral resolução comentada
Contabilidade geral resolução comentada
 
Exercicios contabilidade gabarito 01
Exercicios contabilidade gabarito 01Exercicios contabilidade gabarito 01
Exercicios contabilidade gabarito 01
 
Contabilidade geral i exercicios complementares are_ii gabarito 500
Contabilidade geral i exercicios complementares are_ii gabarito 500Contabilidade geral i exercicios complementares are_ii gabarito 500
Contabilidade geral i exercicios complementares are_ii gabarito 500
 
Contabilidade dicas concursos 00
Contabilidade dicas concursos 00Contabilidade dicas concursos 00
Contabilidade dicas concursos 00
 
Contabilidade dicas concursos 00
Contabilidade dicas concursos 00Contabilidade dicas concursos 00
Contabilidade dicas concursos 00
 
Balancetes e razonetes cap 09
Balancetes e razonetes cap 09Balancetes e razonetes cap 09
Balancetes e razonetes cap 09
 
Contabilidade exercicios
Contabilidade exerciciosContabilidade exercicios
Contabilidade exercicios
 
Prova 2010 1 com resposta
Prova 2010 1 com respostaProva 2010 1 com resposta
Prova 2010 1 com resposta
 
Contabilidade i exercício 07 - apuração simplificada de resultado
Contabilidade i   exercício 07 - apuração simplificada de resultadoContabilidade i   exercício 07 - apuração simplificada de resultado
Contabilidade i exercício 07 - apuração simplificada de resultado
 
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 01 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral   aula 01 cathedraExercicios resolvidos contabilidade geral   aula 01 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 01 cathedra
 
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 01 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral   aula 01 cathedraExercicios resolvidos contabilidade geral   aula 01 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 01 cathedra
 

Mais de zeramento contabil (14)

Caderno de-exercicios-contab-ii
Caderno de-exercicios-contab-iiCaderno de-exercicios-contab-ii
Caderno de-exercicios-contab-ii
 
Livro contabilidade intermediaria 2
Livro contabilidade intermediaria 2Livro contabilidade intermediaria 2
Livro contabilidade intermediaria 2
 
Contabilidade respostas 00
Contabilidade respostas 00Contabilidade respostas 00
Contabilidade respostas 00
 
Rosa dos ventos
Rosa dos ventosRosa dos ventos
Rosa dos ventos
 
Tributario definicoes
Tributario definicoesTributario definicoes
Tributario definicoes
 
Tributario
TributarioTributario
Tributario
 
Resumo tributario
Resumo tributarioResumo tributario
Resumo tributario
 
P i s e confins na a quisição de m ercadorias e serviços
P i s e confins na a quisição de m ercadorias e serviçosP i s e confins na a quisição de m ercadorias e serviços
P i s e confins na a quisição de m ercadorias e serviços
 
Obrigação tributária lançamento
Obrigação tributária lançamentoObrigação tributária lançamento
Obrigação tributária lançamento
 
Lei geral
Lei geralLei geral
Lei geral
 
D tributario
D tributarioD tributario
D tributario
 
Calculos tributarios
Calculos tributariosCalculos tributarios
Calculos tributarios
 
Calculos trabalhistas rh
Calculos trabalhistas rhCalculos trabalhistas rh
Calculos trabalhistas rh
 
Calculos trabalhistas ir
Calculos trabalhistas irCalculos trabalhistas ir
Calculos trabalhistas ir
 

Testeconhecimentoscontabeis

  • 1. CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS EXRCÍCIOS DIVERSOS SUMÁRIO EXERCÍCIOS EXTRAÍDOS DOS EXAMES DE SUFICIÊNCIA ...................................................................................2 EXERCÍCIOS EXTRAÍDOS DE CONCURSOS PÚBLICOS.........................................................................................33 QUESTÕES DE CONSOLIDAÇÃO ..................................................................................................................................46 QUESTÕES DE CONTABILIDADE PÚBLICA ..............................................................................................................49 GABARITO – EXAME SUFICIÊNCIA ............................................................................................................................52 GABARITO – QUESTÕES DE CONCURSOS.................................................................................................................53 GABARITO – QUESTÕES DE CONSOLIDAÇÃO.........................................................................................................53 GABARITO – CONTABILIDADE PÚBLICA..................................................................................................................53 OUTUBRO / 2006
  • 2. 2 EXERCÍCIOS EXTRAÍDOS DOS EXAMES DE SUFICIÊNCIA Estrutura do Balanço Patrimonial, Demonstração do Resultado e DLPA 1. As afirmativas abaixo relacionadas com as Normas Brasileiras de Contabilidade referentes ao conceito, conteúdo, estrutura e nomenclatura das demonstrações contábeis estão CORRETAS, exceto: a) A demonstração do resultado compreenderá as receitas e os ganhos do período, independentemente de seu recebimento. b) A demonstração do resultado evidenciará os impostos incidentes sobre as operações, os abatimentos, as devoluções e os cancelamentos. c) A demonstração do resultado não evidenciará o resultado antes das participações e dos impostos. d) A demonstração do resultado evidenciará as receitas e despesas e os ganhos e perdas não decorrentes das atividades- fins. 2. O Balanço Patrimonial destina-se a evidenciar: a) A situação exclusivamente qualitativa da empresa ao final de cada exercício social. b) A situação do lucro ou prejuízo da empresa em 31 de dezembro de cada ano. c) O patrimônio e o patrimônio líquido da entidade, quantitativa e qualitativamente, em determinada data. d) A situação financeira líquida da entidade, quantitativa e qualitativamente, em determinada data. Considerando os dados abaixo, responda as questões 3 e 4: Empresa Pluman S.A. Balancete de Verificação 31.12.2000 (em R$) CONTAS SALDOS FINAIS Devedores Credores Despesas com Aluguéis 620,00 Caixa 1.820,00 Capital Social 8.560,00 Clientes 7.250,00 Custo com Mercadorias Vendidas 4.700,00 Custo de Venda de Bens do Ativo Permanente 950,00 Custos e Despesas de Receitas de Exercícios Futuros 1.250,00 Depósitos Bancários a Vista 4.180,00 Depreciação Acumulada de Móveis e Utensílios 1.220,00 Despesas com Depreciações 610,00 Despesas com Salários 2.100,00 Despesas com Vendas 670,00 Despesas Financeiras 650,00 Despesas Gerais 810,00 Devolução de Vendas de Mercadorias 450,00 Duplicatas Descontadas 2.620,00 Estoque Final de Mercadorias 4.800,00 Fornecedores 5.850,00 ICMS sobre Vendas de Mercadorias 1.490,00 Juros Recebidos 780,00 Móveis e Utensílios 3.600,00 Receita de Exercícios Futuros 2.100,00 Reservas de Reavaliação 620,00 Vendas de Mercadorias 12.600,00 Vendas de Bens do Ativo Permanente 1.600,00 Total 35.950,00 35.950,00 3. Com base no Balancete da Empresa Pluman S.A., indique, respectivamente, os totais do Ativo, do Patrimônio Líquido e do Lucro Líquido do Exercício. a) R$ 17.810,00 R$ 11.110,00 R$ 1.930,00 d) R$ 20.430,00 R$ 19.060,00 R$ 1.930,00 c) R$ 19.060,00 R$ 11.960,00 R$ 2.780,00 b) R$ 20.430,00 R$ 11.110,00 R$ 3.180,00
  • 3. 3 4. Com base no Balancete da Empresa Pluman S.A., indique, respectivamente, o Lucro Bruto, o Custo de Mercadorias Vendidas e o Resultado Financeiro Líquido. a) R$ 6.810,00 R$ 4.700,00 R$ 130,00 b) R$ 6.810,00 R$ 5.950,00 R$ 780,00 c) R$ 5.960,00 R$ 4.700,00 R$ 130,00 d) R$ 5.960,00 R$ 4.700,00 R$ 780,00 5. Considere os dados abaixo: Empresa Pousada S.A. Balancete de Verificação em 31.12.1999 (em R$) CONTAS SALDOS FINAIS Devedores Credores Caixa 1.660,00 Móveis e Utensílios 2.500,00 Depreciação acumulada de Móveis e Utensílios 810,00 Estoque inicial de mercadorias para venda 3.000,00 Clientes 4.150,00 Fretes sobre compras de mercadorias para venda 500,00 Capital Social 4.000,00 Fornecedores 2.020,00 Reserva de Reavaliação 380,00 Despesa com salários 1.800,00 Despesa com viagens 600,00 Compra de mercadorias para venda 3.800,00 Venda de mercadorias 8.100,00 Devolução de vendas de mercadorias 850,00 Despesas com depreciação 650,00 Despesas com aluguéis 350,00 Duplicatas descontadas 1.840,00 ICMS sobre vendas de mercadorias 1.230,00 Devolução de compras de mercadorias para venda 1.500,00 Vendas de bens do Ativo Permanente 5.400,00 Custo de venda de bens do Ativo Permanente 3.900,00 Juros ativos 940,00 Total 24.990,00 24.990,00 Sabendo-se que o Estoque Final de Mercadorias, em 31.12.1999, é de R$ 3.450,00 e a soma dos impostos incidentes sobre o lucro é de R$ 625,00, indique o total do Ativo: a) 6.470,00 b) 8.310,00 c) 5.660,00 d) 9.110,00 6. Indique o Resultado Bruto e o Resultado Líquido do exercício, respectivamente, em face dos saldos apurados nas contas relacionadas a seguir: Custo das Mercadorias Vendidas R$ 500.000,00 Custo dos Serviços Prestados R$ 100.000,00 Despesas Administrativas R$ 110.000,00 Despesas Financeiras R$ 130.000,00 Dividendos propostos R$ 23.000,00 ICMS sobre Vendas R$ 150.000,00 ISS sobre Serviços R$ 40.000,00 Provisão para Imposto de Renda R$ 40.000,00 Receitas de Serviços Prestados R$ 300.000,00 Vendas de Mercadorias R$ 1.000.000,00 a) R$ 1.300.000,00 e R$ 230.000,00 b) R$ 510.000,00 e R$ 230.000,00 c) R$ 1.300.000,00 e R$ 270.000,00 d) R$ 510.000,00 e R$ 270.000,00
  • 4. 4 7. Indique, respectivamente, o Resultado Bruto e o Resultado Líquido do Exercício, em face dos saldos apurados nas contas relacionadas a seguir: ISS R$ 24.750,00 Dividendos Propostos R$ 38.000,00 Provisão para Imposto de Renda R$ 66.000,00 Custo dos Serviços Prestados R$ 165.000,00 Despesas Administrativas R$ 182.000,00 Despesas Financeiras R$ 215.000,00 ICMS sobre Vendas R$ 297.000,00 Receitas de Serviços Prestados R$ 495.000,00 Custo das Mercadorias Vendidas R$ 825.000,00 Vendas de Mercadorias R$ 1.650.000,00 a) R$ 833.250,00 e R$370.250,00 b) R$ 833.250,00 e R$436.250,00 c) R$1.155.000,00 e R$370.250,00 d) R$1.155.000,00 e R$436.250,00 8. Considere os dados abaixo e indique o Resultado Bruto: CONTAS R$ Abatimentos sobre Vendas 19.000,00 Compras de Mercadorias 500.000,00 Despesas com Salários 245.750,00 Despesas com Seguros 10.000,00 Despesas com Comissões sobre Vendas 32.500,00 Despesas Tributárias – IPTU 25.000,00 Estoque Final de Mercadorias 245.000,00 Estoque Inicial de Mercadorias 37.000,00 Fretes sobre Compras 16.000,00 Fretes sobre Vendas 20.000,00 Impostos sobre Vendas 112.500,00 Outras Receitas Operacionais 24.500,00 Receitas não Operacionais 20.500,00 Seguros sobre Compras 10.750,00 Vendas Canceladas 20.500,00 Vendas de Mercadorias 1.500.000,00 a) R$1.029.250,00 b) R$1.045.250,00 c) R$1.056.000,00 d) R$1.095.500,00 9. Durante o mês de setembro, uma empresa foi registrada na Junta Comercial e captou recursos totais de R$64.000,00, sendo R$40.000,00 dos sócios sob a forma de Capital Registrado e R$24.000,00 de terceiros, destes 2/3 a título de financiamentos de longo prazo e 1/3 como receitas. Os referidos recursos foram aplicados no mesmo mês, sendo R$23.800,00 em Mercadorias para Revenda; R$9.590,00 em Aplicações Financeiras de Curto Prazo, R$6.135,00 na compra de Máquinas e Equipamentos, R$18.350,00 na concessão de Empréstimos a Terceiros e o restante em despesas. Assim, o total do Patrimônio Líquido será: a) R$41.875,00 b) R$64.000,00 c) R$57.875,00 d) R$56.000,00 10. Indique a alternativa INCORRETA, em relação aos critérios de avaliação do ativo: a) Investimentos Permanentes: custo de aquisição ou com base no valor de Patrimônio Líquido. b) Ativo Imobilizado: custo de aquisição deduzido da respectiva depreciação, amortização e exaustão acumuladas, calculadas com base na estimativa de sua utilidade econômica. c) Estoques: custo de aquisição ou valor de mercado, quando este for menor. d) Contas a Receber: valor nominal dos títulos acrescido da provisão para ajustá-lo ao valor provável de realização. 11. Indique a alternativa que NÃO observa o preceito contido nas Normas Brasileiras de Contabilidade, quanto à estrutura do Balanço Patrimonial: (Anulada)
  • 5. 5 a) Os direitos e as obrigações, com prazos esperados de realização e exigibilidade, situados após o término do exercício do Balanço Patrimonial são classificados em grupos de Realizável e Exigível a Longo Prazo. b) As contas do Ativo são dispostas em ordem crescente dos prazos esperados de realização e as do Passivo em ordem crescente dos prazos de exigibilidade estabelecidos. c) Os saldos devedores e credores serão demonstrados separadamente, salvo nos casos em que a Entidade tiver direito ou obrigação de compensá-los. d) Na Entidade em que o ciclo operacional tiver duração maior que o exercício social, a classificação no circulante não ultrapassará o prazo desse exercício social. 12. Com base nos dados abaixo, apure o valor CORRETO da situação líquida. Caixa R$ 830,00 Capital Social R$ 1.200,00 Duplicatas a Receber R$ 450,00 Mercadorias R$ 350,00 Duplicatas a Pagar R$ 600,00 Lucros Acumulados R$ 230,00 Móveis e Utensílios R$ 400,00 a) R$ 600,00 b) R$ 830,00 c) R$ 1.430,00 d) R$ 2.030,00 13. Classifique as contas abaixo apurando o somatório respectivo dos saldos devedores e credores, admitindo-se que os mesmos não são coincidentes: CONTAS R$ Adiantamento a Fornecedores 2.250,00 Bancos Conta Movimento 4.500,00 Reserva de Lucros a Realizar 4.950,00 Juros Pagos Antecipadamente 450,00 Lucros Acumulados 3.150,00 Capital Social 90.000,00 Participações em Coligadas 22.500,00 Empréstimos a Pagar 900,00 Provisão para Perdas no Recebimento de Créditos 2.700,00 Clientes 81.000,00 Tributos a Recolher 3.150,00 Duplicatas Descontadas 8.100,00 Empréstimos Recebidos de Empresas Coligadas 5.400,00 Receitas de Exercícios Futuros 21.600,00 Ações em Tesouraria 32.850,00 Provisão para Ajuste a Valor de Mercado de Clientes 12.600,00 Mercadorias 10.350,00 a) R$ 121.050,00 e R$ 185.400,00 b) R$ 153.900,00 e R$ 152.550,00 c) R$ 164.700,00 e R$ 141.750,00 d) R$ 166.500,00 e R$ 139.950,00 14. O Resultado Operacional Líquido de uma empresa, com os seguintes saldos é: Caixa R$ 1.000,00 Duplicatas a Pagar R$ 15.000,00 Instalações R$ 8.000,00 Capital Subscrito R$ 20.000,00 Receita Bruta de Vendas R$ 35.000,00 Despesas Operacionais R$ 10.000,00 Custos de Mercadorias Vendidas R$ 11.500,00 Veículos R$ 8.000,00 Bancos Conta Movimento R$ 4.000,00 Duplicatas a Receber R$ 12.000,00 INSS a Recolher R$ 1.700,00 Lucros e/ou Prejuízos Acumulados R$ 3.000,00
  • 6. 6 Impostos sobre Vendas R$ 7.200,00 Receita Não Operacional R$ 1.000,00 Mercadorias R$ 12.500,00 Seguros a Amortizar R$ 1.500,00 a) R$ 6.300,00 b) R$ 7.300,00 c) R$ 16.300,00 d) R$ 27.800,00 15. De acordo com as Normas Brasileiras de Contabilidade o Patrimônio Liquido Negativo é considerado Passivo a Descoberto. No Balanço Patrimonial o Passivo a Descoberto será demonstrado: a) Após o Ativo. b) Após o Passivo. c) No Patrimônio Líquido. d) No Resultado do Exercício. 16. Considerando o saldo das contas abaixo, os valores do Resultado Líquido Operacional e do Passivo Circulante, são: Receitas Operacionais R$ 3.000,00 Terrenos R$ 1.800,00 Custo das Mercadorias Vendidas R$ 1.600,00 Capital Social R$ 1.500,00 Contas a Receber R$ 1.250,00 Financiamento a Longo-Prazo R$ 1.000,00 Financiamento a Curto-Prazo R$ 825,00 Estoques R$ 800,00 Caixa R$ 700,00 Despesas Financeiras R$ 375,00 Impostos a Pagar R$ 365,00 Despesas Administrativas R$ 340,00 Contas a Pagar R$ 340,00 Despesas com Vendas R$ 325,00 Depreciação Acumulada R$ 280,00 Despesas Antecipadas R$ 200,00 Fornecedores R$ 180,00 Móveis e Utensílios R$ 100,00 a) R$ 160,00 ; R$ 1.710,00 b) R$ 360,00 ; R$ 1.710,00 c) R$ 360,00 ; R$ 2.720,00 d) R$ 1.160,00 ; R$ 885,00 17. De acordo com os dados abaixo e sabendo-se que o Estoque Final totaliza R$ 400.000,00 em 31/12/2001, pode-se afirmar que o Resultado Líquido do Exercício é de: Capital Social R$ 25.000,00 Depreciações Acumuladas R$ 50.000,00 Juros Ativos R$ 60.000,00 Caixa R$ 75.000,00 Móveis e Utensílios R$ 80.000,00 Juros Passivos R$ 105.000,00 Duplicatas a Receber R$ 120.000,00 Estoque Inicial R$ 220.000,00 Despesas Gerais R$ 330.000,00 Fornecedores R$ 420.000,00 Compras de Mercadorias R$ 750.000,00 Venda de Mercadorias R$ 1.125.000,00 a) R$ 930.000,00 b) R$ 570.000,00 c) R$ 555.000,00 d) R$ 180.000,00 18. A contabilidade de uma empresa acusava no dia 31/12/2001 os seguintes saldos
  • 7. Duplicatas a Pagar R$ 66.175,00 Imóveis R$ 5.000,00 Mercadorias R$ 60.675,00 Prejuízos Acumulados R$ 5.000,00 Receita com Vendas R$ 53.000,00 Receitas de Descontos R$ 3.825,00 Duplicatas a Receber R$ 40.000,00 Devolução de Vendas R$ 3.000,00 Capital Social R$ 30.500,00 ICMS a Recolher R$ 2.500,00 Custo das Mercadorias Vendidas R$ 22.000,00 Salários a Pagar R$ 2.000,00 Despesas com ICMS R$ 8.500,00 Despesas com COFINS R$ 1.500,00 Despesas de Juros R$ 6.000,00 Despesas de Descontos R$ 1.000,00 Despesas com Salários R$ 5.000,00 Despesas com PIS R$ 325,00 Tendo em vista os saldos acima podemos afirmar que a Receita Líquida Operacional foi de: a) R$ 31.000,00 b) R$ 39.675,00 c) R$ 48.175,00 d) R$ 50.000,00 19. Após o encerramento do exercício, o total do Patrimônio Líquido de uma empresa que apresentou os seguintes saldos em 31/12/2001 é: Depreciação Acumulada R$ 1.500,00 Salários a Pagar R$ 1.500,00 Caixa R$ 2.000,00 Lucros Acumulados R$ 3.000,00 Mercadorias R$ 4.000,00 Duplicatas a Pagar R$ 5.000,00 Equipamentos R$ 6.000,00 Duplicatas a Receber R$ 8.000,00 Bancos Conta Movimento R$ 12.000,00 Capital Social R$ 20.000,00 Despesas Gerais R$ 22.000,00 Custo das Mercadorias Vendidas R$ 68.000,00 Receitas de Vendas R$ 91.000,00 a) R$ 1.000,00 b) R$ 3.000,00 c) R$ 23.000,00 d) R$ 24.000,00 20. Com base no saldo das contas abaixo, o valor do Ativo é: Duplicatas a Receber R$ 41.000,00 Edifícios R$ 28.800,00 Estoque de Mercadorias para Revenda R$ 20.000,00 Terrenos R$ 15.000,00 Móveis e Utensílios R$ 13.400,00 Depreciação Acumulada de Edifícios R$ 12.500,00 Empréstimos a Sociedades Controladas R$ 12.400,00 Duplicatas Descontadas R$ 10.600,00 Bancos Conta Movimento R$ 10.200,00 Caixa R$ 10.100,00 Participações em Sociedades Controladas R$ 9.000,00 Depreciação Acumulada de Móveis e Utensílios R$ 6.500,00 Aplicações Financeiras de Curto Prazo R$ 4.100,00 Provisão para Devedores Duvidosos R$ 1.950,00 Impostos a Recuperar R$ 1.700,00 Despesas Pré-Operacionais R$ 1.320,00 Adiantamento para Despesas de Viagens R$ 1.300,00 Despesas Financeiras Pagas Antecipadamente R$ 1.280,00 Prêmios de Seguros a Vencer R$ 1.120,00 Amortizações Acumuladas de Despesas Pré-Operacionais R$ 1.020,00 a) R$ 134.620,00 b) R$ 135.510,00
  • 8. c) R$ 138.150,00 d) R$ 148.750,00 21. Uma determinada empresa comercial encerra seu exercício em 31 de dezembro de cada ano. Em 31.12.2002, as deduções da Receita Operacional Bruta da empresa em questão foram de R$ 4.800,00 e representavam 10% da Receita Operacional Bruta; o Custo das Mercadorias Vendidas foi de 70% da Receita Operacional Líquida; o valor do Estoque de Mercadorias existente era de R$ 6.600,00. Tendo em vista as informações, podemos afirmar que o Lucro Operacional Bruto, a Receita Operacional Líquida e o Custo das Mercadorias Vendidas foram, respectivamente: a) R$ 12.960,00 ; R$ 43.200,00 e R$ 30.240,00 b) R$ 12.960,00 ; R$ 48.000,00 e R$ 30.240,00 c) R$ 17.760,00 ; R$ 43.200,00 e R$ 48.000,00 d) R$ 17.760,00 ; R$ 48.000,00 e R$ 43.200,00 22. Uma empresa apresentou a seguinte composição do Patrimônio Líquido antes do encerramento das Contas de Resultado. Capital Social R$ 480.000,00 ( – ) Capital Social a Integralizar R$ 120.000,00 Reserva de Capital R$ 40.000,00 Reserva Legal R$ 66.000,00 Lucros Acumulados R$ 2.400,00 Após a Provisão para Imposto de Renda, Contribuição Social e sem outros destaques do lucro, o Resultado Líquido do período foi de R$ 180.000,00. Em obediência à lei das sociedades anônimas o valor para constituição da Reserva Legal que a auditoria interna deverá considerar é de: a) R$ 2.000,00 b) R$ 9.000,00 c) R$ 9.120,00 d) R$ 38.000,00 23. Considerando as informações abaixo, assinale a alternativa CORRETA: Balancete de Verificação em 31.12.2002 CONTAS SALDOS FINAIS Devedores Credores Caixa R$ 1.000,00 Capital Social R$ 10.000,00 Clientes R$ 8.000,00 Compra de Mercadorias para Revenda R$ 3.400,00 Depreciação Acumulada Móveis e Utensílios R$ 600,00 Despesas com Aluguéis R$ 400,00 Despesas com Depreciação R$ 600,00 Despesas com Salários R$ 1.200,00 Despesas com Viagens R$ 600,00 Estoque Inicial de Mercadorias para Revenda R$ 2.500,00 Fornecedores R$ 2.800,00 Móveis e Utensílios R$ 5.300,00 Venda de Mercadorias R$ 9.600,00 Total R$ 23.000,00 R$ 23.000,00 Sabendo-se que o Estoque Final de Mercadorias, em 31.12.2002 é de R$ 1.200,00, os valores, respectivamente, do Custo de Mercadorias Vendidas, do total do Ativo e do Resultado Operacional Líquido serão: a) R$ 5.900,00 ; R$ 13.900,00 e R$ 900,00 b) R$ 4.700,00 ; R$ 18.600,00 e R$ 2.100,00 c) R$ 4.700,00 ; R$ 14.900,00 e R$ 2.100,00 d) R$ 5.900,00 ; R$ 18.600,00 e R$ 3.100,00 24. Com base nos saldos das contas abaixo, determine o montante do Passivo Circulante: Adiantamento para Despesas de Viagens R$ 1.000,00 Amortizações Acumuladas de Despesas Pré-Operacionais R$ 1.000,00 Bancos Conta Movimento R$ 3.250,00 Caixa R$ 8.500,00 8
  • 9. Depreciação Acumulada de Móveis e Utensílios R$ 5.100,00 Despesas Financeiras Pagas Antecipadamente R$ 1.230,00 Despesas Pré-Operacionais R$ 2.180,00 Duplicatas a Pagar R$ 17.300,00 Duplicatas Descontadas R$ 2.000,00 Edifícios R$ 20.000,00 Encargos Sociais a Recolher R$ 6.500,00 Estoque de Mercadorias para Revenda R$ 12.000,00 Fornecedores R$ 11.800,00 Impostos a Recolher R$ 700,00 Participações em Sociedades Controladas R$ 3.000,00 Prêmios de Seguros a Apropriar R$ 1.300,00 Provisão para Créditos de Liquidação Duvidosa R$ 2.100,00 Salários a Pagar R$ 12.000,00 Terrenos R$ 15.000,00 a) R$ 51.300,00 b) R$ 50.300,00 c) R$ 49.600,00 d) R$ 48.300,00 25. A contabilidade de determinada empresa apresentava, em 31.12.2002, os saldos: Compras R$ 85.000,00 Despesas com Propaganda R$ 4.100,00 Despesas de Aluguel R$ 1.200,00 Despesas de Salários R$ 9.300,00 Devolução de Compras R$ 2.000,00 Devolução de Vendas R$ 1.600,00 Estoque Final R$ 18.000,00 Estoque Inicial R$ 25.000,00 Fretes sobre Compras R$ 500,00 Receitas Financeiras R$ 4.000,00 Seguro sobre Compras R$ 200,00 Vendas R$ 120.000,00 Considerando apenas os saldos das contas acima, pode se dizer que o valor das compras líquidas, do Custo das Mercadorias Vendidas e o Resultado Líquido do Período são, respectivamente: a) R$ 83.000,00 ; R$ 94.700,00 e R$ 17.800,00 b) R$ 83.700,00 ; R$ 90.700,00 e R$ 17.100,00 c) R$ 85.000,00 ; R$ 90.000,00 e R$ 13.100,00 d) R$ 85.700,00 ; R$ 112.000,00 e R$ 18.700,00 26. Os grupos contábeis representativos das origens de recursos são: a) Passivo, Patrimônio Líquido e Receitas. b) Ativo e Receitas. c) Patrimônio Líquido, Receitas e Ativo. d) Patrimônio Líquido, Ativo e Passivo. 27. O encerramento das contas de resultado, arroladas dentre as contas relacionadas abaixo, evidencia: Contas Saldos Bancos Conta Movimento R$ 800,00 Caixa R$ 350,00 Capital Social R$ 1.600,00 Despesas Antecipadas de Juros R$ 1.800,00 Despesas com Energia Elétrica R$ 60,00 Despesas com Material de Escritório R$ 120,00 Despesas com Publicidade R$ 250,00 Despesas com Salários R$ 500,00 Despesas de Seguros R$ 100,00 Duplicatas a Pagar R$ 500,00 Duplicatas a Receber R$ 500,00 9
  • 10. Impostos R$ 500,00 Instalações R$ 600,00 Lucros Acumulados R$ 230,00 Móveis e Utensílios R$ 1.000,00 Receitas de Serviços a Prestar R$ 1.200,00 Receitas de Serviços Prestados R$ 1.650,00 Receitas Financeiras R$ 400,00 Salários a Pagar R$ 500,00 a) R$ 80,00 de prejuízo. b) R$ 120,00 de lucro. c) R$ 520,00 de lucro. d) R$ 750,00 de lucro. 28. As informações abaixo destacadas projetam um resultado com mercadorias de: Devolução de Vendas de Mercadorias R$ 7.000,00 Estoque Final de Mercadorias R$ 8.000,00 Estoque Inicial de Mercadorias R$ 12.000,00 Fretes Pagos sobre Compras de Mercadorias R$ 5.000,00 ICMs Incidente sobre as Compras de Mercadorias R$ 15.000,00 ICMs Incidente sobre as Vendas de Mercadorias R$ 33.000,00 Total das Compras de Mercadorias R$ 180.000,00 Total das Vendas de Mercadorias R$ 240.000,00 a) R$ 33.000,00 b) R$ 31.000,00 c) R$ 26.000,00 d) R$ 11.000,00 29. Tendo em vista as contas e saldos abaixo, marque a alternativa representativa dos somatórios dos saldos devedores e credores, respectivamente: Contas Saldos Ações em Tesouraria R$ 28.000,00 Adiantamentos a Fornecedores R$ 2.500,00 Adiantamentos de Clientes R$ 2.200,00 Bancos Conta Movimento R$ 2.000,00 Capital Social R$ 30.000,00 Clientes R$ 35.000,00 Duplicatas Descontadas R$ 8.000,00 Empréstimos a Pagar R$ 10.000,00 Juros Pagos Antecipadamente R$ 800,00 Lucros Acumulados R$ 4.200,00 Mercadorias R$ 25.000,00 Participações em Coligadas R$ 7.000,00 Provisão para Crédito de Liquidação Duvidosa R$ 1.050,00 Receitas de Exercícios Futuros R$ 30.000,00 Reservas de Lucros R$ 1.500,00 Tributos a Recolher R$ 3.500,00 a) R$ 99.500,00 e R$ 91.250,00 b) R$ 100.300,00 e R$ 90.450,00 c) R$ 102.500,00 e R$ 88.250,00 d) R$ 103.800,00 e R$ 86.950,00 30. Indique o Resultado Operacional Bruto e o Resultado Líquido do Exercício, respectivamente, face aos saldos das contas relacionadas abaixo: Contas Saldos Impostos sobre Serviços R$ 30.000,00 ICMs sobre Vendas R$ 204.000,00 Despesas Financeiras R$ 180.000,00 Despesas Administrativas R$ 150.000,00 Custo de Serviços Prestados R$ 100.000,00 Custo de Mercadorias Vendidas R$ 600.000,00 10
  • 11. Venda de Mercadorias R$ 1.200.000,00 Dividendos Propostos R$ 30.000,00 Receitas de Serviços Prestados R$ 600.000,00 Provisão para Imposto de Renda R$ 80.400,00 a) R$ 1.070.000,00 e R$ 659.600,00 b) R$ 896.000,00 e R$ 425.600,00 c) R$ 866.000,00 e R$ 455.600,00 d) R$ 770.000,00 e R$ 485.600,00 31. Considerando os saldos apresentados abaixo e sabendo-se que o Estoque Final de Mercadorias em 31.12.2002 era de R$ 1.800,00, podemos afirmar que o Custo de Mercadorias Vendidas, o total do Ativo e o Resultado Operacional Líquido são, respectivamente: Balancete de Verificação em 31.12.2002 Contas Saldos Finais Devedores Credores Caixa R$ 1.500,00 Capital Social R$ 15.000,00 Clientes R$ 12.000,00 Compra de Mercadorias para Revenda R$ 5.100,00 Depreciação Acumulada de Móveis e Utensílios R$ 900,00 Despesas com Aluguéis R$ 600,00 Despesas com Depreciação R$ 900,00 Despesas com Salários R$ 1.800,00 Despesas com Viagens R$ 900,00 Estoque Inicial de Mercadorias para Revenda R$ 3.750,00 Fornecedores R$ 4.200,00 Móveis e Utensílios R$ 7.950,00 Venda de Mercadorias R$ 14.400,00 Total R$ 34.500,00 R$ 34.500,00 a) R$ 3.300,00, R$ 24.150,00 e R$ 4.050,00. b) R$ 7.050,00, R$ 22.350,00 e R$ 3.150,00. c) R$ 8.850,00, R$ 20.550,00 e R$ 7.350,00. d) R$ 8.850,00, R$ 23.250,00 e R$ 4.950,00. 32. Uma empresa comercial encerra seu exercício social em 31 de dezembro de cada ano. Em 31.12.2002, as deduções da Receita Operacional Bruta da empresa foram de R$ 7.680,00 e representaram 10% da Receita Operacional Bruta. Em 31.12.2002, o Custo das Mercadorias Vendidas foi de 70% da Receita Operacional Líquida. O valor do Estoque de Mercadorias existente em 31.12.2002 foi de R$ 10.560,00. Em 31.12.2002 o Lucro Operacional Bruto, a Receita Operacional Líquida e o Custo das Mercadorias Vendidas foram, respectivamente: a) R$ 20.736,00, R$ 69.120,00 e R$ 48.384,00 b) R$ 20.736,00, R$ 76.800,00 e R$ 48.384,00 c) R$ 28.416,00, R$ 69.120,00 e R$ 76.800,00 d) R$ 28.416,00, R$ 76.800,00 e R$ 69.120,00 33. Recentemente, uma loteadora colocou à venda terrenos de ótima localização para fins residenciais. Uma empresa de grande sucesso, atuante no ramo de indústria têxtil, instalada numa cidade em crescimento, que possui recursos disponíveis por tempo indeterminado, decidiu adquirir dois terrenos no valor de R$ 50.000,00 cada, para fins de auferir rendas através de locação. Tal bem deve ser registrado no: a) Ativo Circulante. b) Ativo Realizável a Longo-Prazo. c) Ativo Permanente – Imobilizado. d) Ativo Permanente – Investimento. 34. Analise o Balanço Patrimonial abaixo. ATIVO Ativo Circulante R$ 5.000,00 Caixa R$ 1.500,00 Bancos Conta Movimento R$ 2.000,00 Duplicatas a Receber R$ 1.500,00 11
  • 12. Ativo Permanente R$ 5.000,00 Veículos R$ 5.000,00 Ativo Total R$ 10.000,00 PASSIVO Passivo Circulante R$ 6.700,00 Fornecedores R$ 2.700,00 Empréstimos a Pagar R$ 4.000,00 PATRIMÔNIO LÍQUIDO Capital Social R$ 3.300,00 Passivo Total R$ 10.000,00 Os percentuais de Capital Próprio e de Terceiros são, respectivamente: a) 33,00% e 67,00%. b) 49,25% e 203,03%. c) 106,06% e 52,24%. d) 197,00% e 67,00%. 35. Sobre as reservas e provisões podemos afirmar que: a) As reservas e provisões são termos semelhantes, pois resguardam as devidas contrapartidas no ativo. b) As reservas são contabilizadas em contas do patrimônio líquido e as provisões como obrigações ou conta retificadora do ativo. c) As reservas e provisões são constituídas debitando-se uma conta de resultado e uma conta patrimonial. d) As reservas e provisões significam a mesma coisa, pois correspondem à diminuições do patrimônio líquido. 36. Analise os saldos contábeis a seguir. Compra de Mercadorias para Revenda R$ 280.000,00 Custo de Mercadorias Vendidas R$ 232.000,00 Devolução de Compras R$ 21.000,00 Duplicatas a Receber R$ 5.000,00 Empréstimos a Pagar R$ 13.000,00 Estoque Inicial R$ 105.000,00 Fretes sobre Compras R$ 8.200,00 Pis sobre Receita Operacional R$ 10.000,00 Venda de Mercadorias R$ 380.000,00 Com base nestes dados, o valor do Estoque Final é de: a) R$ 123.800,00. b) R$ 140.200,00. c) R$ 148.400,00. d) R$ 153.000,00. 37. Determinada empresa apresentou, em 31.12.2003, os saldos das contas abaixo relacionadas Bancos Conta Movimento R$ 1.150,00 Capital Social R$ 3.850,00 Custo com Mercadorias Vendidas R$ 650,00 Despesas com Aluguéis R$ 1.600,00 Despesas com Salários R$ 1.620,00 Duplicatas a Pagar R$ 3.000,00 Duplicatas a Receber R$ 2.500,00 Imóveis em Uso R$ 2.350,00 Impostos a Pagar R$ 2.450,00 Lucros Acumulados R$ 1.120,00 Máquinas e Equipamentos R$ 2.000,00 Mercadorias para Revenda R$ 1.100,00 Receitas de Aplicações Financeiras R$ 2.450,00 Receitas de Vendas R$ 2.000,00 Títulos a Receber R$ 1.900,00 Após a elaboração da Demonstração do Resultado do Exercício e do Balanço Patrimonial, a empresa encontrará um: a) Ativo Circulante no valor de R$ 7.300,00. 12
  • 13. b) Lucro Líquido no valor de R$ 1.230.00. c) Patrimônio Líquido no valor de R$ 5.550,00. d) Passivo Circulante no valor de R$ 4.800,00. 38. Considere os saldos apresentados nas contas especificadas a seguir: COFINS sobre Receita Operacional R$ 21.600,00 Custo de Mercadorias Vendidas R$ 288.000,00 Descontos Concedidos Incondicionais R$ 12.000,00 Despesas Administrativas R$ 35.000,00 Despesas Financeiras R$ 13.000,00 ICMS sobre Vendas R$ 122.400,00 PIS sobre Receita Operacional R$ 11.880,00 Provisão para Contribuição Social sobre Lucros R$ 18.551,00 Provisão para Imposto de Renda R$ 30.918,00 Vendas Canceladas R$ 10.000,00 Vendas de Mercadorias R$ 720.000,00 A Receita Operacional Líquida do Exercício e o Resultado do Exercício são, respectivamente: a) R$ 254.120,00 e R$ 206.120,00. b) R$ 432.000,00 e R$ 237.038,00. c) R$ 532.120,00 e R$ 156.651,00. d) R$ 542.120,00 e R$ 156.651,00. 39. Analise as informações retiradas da Demonstração de Lucros ou Prejuízos Acumulados de uma empresa comercial referente ao período de 01.01.2003 a 31.12.2003. Dividendos Distribuídos R$ 300,00 Lucros ou Prejuízos Acumulados em 31.12.2002 R$ 3.800,00 Parcela dos Lucros Incorporada ao Capital Social R$ 1.000,00 Resultado Operacional Líquido do Exercício (R$ 700,00) Reversão de Reserva de Exercícios Anteriores R$ 400,00 Transferências para Reservas R$ 200,00 Com base nestes dados, o saldo ao final do período da conta Lucros ou Prejuízos Acumulados é de: a) R$ 2.000,00. b) R$ 2.200,00. c) R$ 2.400,00. d) R$ 2.600,00. 40. Analise os saldos a seguir em 31.12.2003: Bancos Conta Movimento R$ 9.000,00 Caixa R$ 3.000,00 Capital Social R$ 30.000,00 Compras de Mercadorias R$ 42.000,00 Custo de Mercadorias Vendidas R$ 30.000,00 Duplicatas a Pagar de Curto Prazo R$ 28.000,00 Duplicatas a Receber de Curto Prazo R$ 14.000,00 Duplicatas Descontadas R$ 6.000,00 Mercadorias – Saldo Inicial R$ 4.000,00 Vendas R$ 50.000,00 Os valores do Capital Circulante Líquido e do Patrimônio Líquido foram, respectivamente: a) R$ 8.000,00 e R$ 50.000,00. b) R$ 14.000,00 e R$ 30.000,00. c) R$ 14.000,00 e R$ 50.000,00. d) R$ 42.000,00 e R$ 30.000,00. 41. Determinada empresa apresenta as contas de seu Balanço Patrimonial. 13
  • 14. Caixa R$ 30.000,00 Capital Social R$ 100.000,00 Contas a Pagar de Curto Prazo R$ 160.000,00 Duplicatas a Receber R$ 90.000,00 Estoques R$ 120.000,00 Financiamentos a Pagar de Longo Prazo R$ 60.000,00 Fornecedores R$ 180.000,00 Lucros ou Prejuízos Acumulados R$ 30.000,00 Máquinas e Equipamentos R$ 150.000,00 Participações em Outras Empresas R$ 140.000,00 O valor do Ativo Permanente e o do Passivo Circulante são, respectivamente: a) R$ 240.000,00 e R$ 340.000,00. b) R$ 290.000,00 e R$ 340.000,00. c) R$ 290.000,00 e R$ 400.000,00. d) R$ 430.000,00 e R$ 150.000,00. 42. São contas típicas do Ativo Permanente, exceto: a) Bens em Operação e Pesquisa; Desenvolvimento de Produtos. b) Despesas Antecipadas; Empréstimos Compulsórios sobre Combustíveis. c) Participações Permanentes em Outras Sociedades; Participações em Fundos de Investimentos. d) Terrenos e Imóveis para Futura Utilização; Imóveis não de Uso. 43. Assinale a alternativa INCORRETA: a) O montante da Reserva Legal não poderá exceder 20% do valor do Capital Social. b) A Reserva Legal poderá deixar de ser constituída quando o seu saldo, adicionado ao montante das Reservas de Capital, exceder 30% do Capital Social. c) A Reserva Legal não está sujeita à reversão. d) A Reserva Legal visa manter a integridade do Capital Social e está sujeita à reversão. 44. As informações contábeis devem permitir ao usuário, como partícipe do mundo econômico, avaliar a situação e a tendência da Entidade, exceto: a) Observar e avaliar o comportamento. b) Alterar os resultados, quando comparados com os de outros períodos passados. c) Avaliar seus resultados à luz dos objetivos estabelecidos. d) Projetar seu futuro nos marcos políticos, sociais e econômicos em que se insere. 45. Considere os saldos iniciais e os fatos ocorridos no Patrimônio Líquido de uma Companhia no ano de 2003: Saldos em 01.01.2003 Capital Social R$ 100.000,00 Reservas de Lucros R$ 15.000,00 Lucros Acumulados R$ 12.800,00 Fatos ocorridos durante o ano de 2003 Aumento de capital com reservas de lucros R$ 10.000,00 Aumento de capital com imóveis R$ 34.000,00 Lucro do exercício R$ 26.000,00 Distribuição de dividendos retirados do lucro do exercício R$ 15.000,00 Destinação de parte do lucro para reservas R$ 8.000,00 O valor do Patrimônio Líquido, em 31.12.2003, é: a) R$ 172.800,00. b) R$ 174.800,00. c) R$ 182.800,00. d) R$ 190.800,00. 46. Uma determinada Companhia gastou, em 2003, com pesquisas para desenvolvimento de um novo produto, o montante de R$ 152.800,00. Neste período, estudos técnicos indicaram que o produto era viável e teria uma vida útil estimada de dez anos. Este valor deverá ser contabilizado no seguinte subgrupo: a) Ativo Circulante – Imobilizado. 14
  • 15. b) Ativo Permanente – Diferido. c) Ativo Permanente – Investimentos. d) Ativo Realizável a Longo Prazo – Diferido. 47. Dois sócios resolveram constituir uma sociedade, para tanto investiram R$ 100.000,00. No ato da constituição da sociedade, em 10.06.2003, o sócio A integralizou a importância de R$ 10.000,00 em dinheiro e R$ 40.000,00 em imóveis; o sócio B integralizou a importância de R$ 30.000,00 em dinheiro e se comprometeu integralizar o restante em 30.12.2003. No Balancete de Verificação, de 30.11.2003, as contas Capital Subscrito e Capital a Integralizar possuíam os seguintes saldos, respectivamente: a) R$ 20.000,00 e R$ 100.000,00. b) R$ 80.000,00 e R$ 20.000,00. c) R$ 100.000,00 e R$ 20.000,00. d) R$ 100.000,00 e R$ 100.000,00. 48. Uma determinada empresa de manutenção de veículos em seu Balancete de Verificação, de 31.12.2003, apresentava os seguintes saldos das contas: CONTAS SALDOS Adiantamento de Clientes R$ 5.000,00 Bancos conta Movimento R$ 4.000,00 Caixa R$ 800,00 Capital a Integralizar R$ 8.000,00 Capital Social R$ 12.000,00 Clientes R$ 800,00 Custo de Serviços Vendidos R$ 3.500,00 Despesas com Aluguel R$ 500,00 Despesas com Energia Elétrica R$ 200,00 Despesas com Pró-Labore R$ 3.200,00 Despesas com Propaganda R$ 1.500,00 Despesas com Salários R$ 3.400,00 Despesas com Seguros R$ 300,00 Despesas com Telefone R$ 200,00 Duplicatas a Pagar R$ 3.500,00 Equipamentos R$ 4.000,00 Estoques de Peças de Reparos R$ 5.000,00 Imóveis R$ 12.000,00 Lucros Acumulados R$ 2.200,00 Receita com Venda de Serviços R$ 28.000,00 Seguros a Vencer R$ 3.300,00 Após o encerramento das contas de resultado, o Balanço Patrimonial apresentou o Ativo Total e o Patrimônio Líquido, respectivamente, de: a) R$ 26.600,00 e R$ 21.400,00. b) R$ 29.900,00 e R$ 21.400,00. c) R$ 31.600,00 e R$ 29.400,00. d) R$ 34.900,00 e R$ 29.400,00. 49. Analise as informações abaixo, desconsiderando os aspectos tributários. O Custo das Mercadorias Vendidas e o Resultado Operacional Líquido do período são, respectivamente: Compras de Mercadorias R$ 55.000,00 Despesas com Aluguel R$ 1.500,00 Despesas com Propaganda R$ 3.000,00 Despesas com Salários R$ 6.000,00 Devolução de Compras de Mercadorias R$ 1.000,00 Devolução de Vendas de Mercadorias R$ 1.000,00 Estoque Final de Mercadorias R$ 10.000,00 Estoque Inicial de Mercadorias R$ 20.000,00 Fretes sobre Compras de Mercadorias R$ 400,00 Receita com Vendas de Mercadorias R$ 80.000,00 Receitas Financeiras R$ 3.000,00 15
  • 16. Seguro sobre Compras de Mercadorias R$ 1.200,00 a) R$ 62.400,00 e R$ 9.100,00. b) R$ 63.200,00 e R$ 8.300,00. c) R$ 65.600,00 e R$ 5.900,00. d) R$ 67.600,00 e R$ 3.900,00. 50. Considere as afirmativas, a seguir, acerca das Notas Explicativas: I. As informações contidas nas Notas Explicativas devem ser relevantes, complementares e/ou suplementares àquelas não suficientemente evidenciadas ou não-constantes nas demonstrações contábeis propriamente ditas. II. As Notas Explicativas incluem informações de natureza patrimonial, econômica, financeira, legal, física e social, bem como os critérios utilizados na elaboração das demonstrações contábeis e eventos subseqüentes ao balanço. III. As Notas Explicativas devem restringir-se às informações requeridas em decorrência de legislação e outros dispositivos regulamentares específicos em função das características da Entidade. IV. Entre outros, os seguintes aspectos devem ser observados na elaboração das Notas Explicativas: os assuntos relacionados devem ser agrupados segundo seus atributos comuns e os dados devem permitir comparações com os de datas de períodos anteriores. Estão CORRETAS as afirmativas: a) I, II e III. b) I, II e IV. c) I, III e IV. d) II, III e IV. MÉTODO DAS PARTIDAS DOBRADAS E LANÇAMENTO CONTÁBEIS 51. A Empresa Segura Ltda. contratou para o período de doze meses, com vigência de 01/08/2000 a 31/07/2001, por R$ 3.600,00 seguro para todos os funcionários da empresa, sendo pago 50% à vista e o restante para 60 dias. O registro correto referente a este fato contábil é: a) Despesa de Seguros R$ 3.600,00 a Caixa R$ 1.800,00 a Seguros a Pagar R$ 1.800,00 b) Despesa de Seguros R$ 1.800,00 Prêmios de Seguros a Apropriar R$ 1.800,00 a Caixa R$ 1.800,00 a Seguros a Pagar R$ 1.800,00 c) Despesas de Seguros Antecipadas R$ 3.600,00 a Caixa R$ 1.800,00 a Seguros a Pagar R$ 1.800,00 d) Seguros Contratados R$ 1.800,00 Seguros a Pagar R$ 1.800,00 a Caixa R$ 1.800,00 a Seguros a Vencer R$ 1.800,00 52. A empresa Pagante S.A. efetuou no dia 31/03/2001 o pagamento do pró-labore do sócio gerente, no valor líquido de R$ 1.665,00, retendo na fonte o imposto de renda no valor de R$ 135,00. Indique o lançamento correto, correspondente a esta operação: a) Despesas de Pró-labore R$ 1.665,00 Despesas c/ Imposto de Renda na Fonte R$ 135,00 a Caixa R$ 1.800,00 b) Despesa de Pró-labore R$ 1.800,00 a Pró-labore a Pagar R$ 1.665,00 a IRRF a Recolher R$ 135,00 c) Despesa de Pró-labore R$ 1.665,00 Imposto de Renda na Fonte a Recuperar R$ 135,00 a Caixa R$ 1.800,00 d) Despesas de Pró-labore R$ 1.800,00 a Caixa R$ 1.665,00 a IRRF a Recolher R$ 135,00 16
  • 17. 53. No conjunto das operações abaixo, pertinentes a uma empresa industrial, assinale aquela que NÃO tem a sua origem no processamento de custos: a) O lançamento diz respeito ao detalhamento da quantidade e custo unitário. Materiais a Fornecedores b) O lançamento diz respeito ao registro dos custos de produtos vendidos. Custo de Produtos Vendidos a Estoques de Produtos Acabados c) O lançamento diz respeito ao fechamento de ordens de produção com todos os seus custos acumulados. Estoques de Produtos Acabados a Produção em Processo d) Este lançamento diz respeito ao débito de custos nas ordens de produção. Produção em Processo a Estoque de Materiais 54. Uma empresa obteve um empréstimo no valor de R$ 25.000,00, para capital de giro, com vencimento dentro do próprio mês. Pagou no ato R$ 1.500,00 a título de encargos financeiros. Este fato implica em: a) Aumento do Ativo e Patrimônio Líquido no valor de R$ 25.000,00 e diminuição do Passivo no valor de R$ 1.500,00. b) Aumento do Ativo no valor de R$ 25.000,00 e redução do Passivo em R$ 1.500,00 e aumento do Patrimônio Líquido em R$ 23.500,00. c) Aumento do Patrimônio Líquido e Ativo em R$ 23.500,00 e aumento do Passivo em R$ 25.000,00. d) Aumento de Passivo em R$ 25.000,00, aumento do Ativo em R$ 23.500,00 e redução do Patrimônio Líquido em R$ 1.500,00. 55. Uma determinada empresa apresenta a conta Móveis e Utensílios com um saldo inicial de R$ 15.000,00. Durante o exercício adquiriu mesas e cadeiras no valor de R$ 18.000,00, sendo 50% à vista e o restante no prazo de 30 dias. Vendeu cadeiras usadas à prazo por R$ 4.000,00 sendo este o preço de custo e adquiriu à vista prateleiras por R$ 5.000,00. O saldo final da conta é: a) R$ 25.000,00 b) R$ 33.000,00 c) R$ 34.000,00 d) R$ 38.000,00 56. A empresa elaborou a folha de pagamento de pessoal da área administrativa com salários no montante de R$ 30.000,00. É de 34% a alíquota total da Previdência, sendo 11% da parte dos empregados e 23% da parte patronal. A contabilização dos encargos da empresa com a Previdência é: a) Despesas com Salários a Contribuições a Recolher R$ 3.300,00 b) Despesas com Previdência a Contribuições a Recolher R$ 6.900,00 c) Despesas com Previdência a Contribuições a Recolher R$ 10.200,00 d) Despesas com Salários a Contribuições a Recolher R$ 30.000,00 57. A empresa recebeu a importância líquida de R$ 20.000,00 referente a quitação de um título, tendo concedido um desconto de 20% ao cliente, gerando o seguinte lançamento: a) Caixa a Descontos Concedidos R$ 20.000,00 b) Caixa a Títulos a Receber R$ 20.000,00 c) Caixa R$ 25.000,00 a Descontos Concedidos R$ 5.000,00 a Títulos a Receber R$ 20.000,00 d) Caixa R$ 20.000,00 Descontos Concedidos R$ 5.000,00 a Títulos a Receber R$ 25.000,00 58. A apropriação de um serviço realizado, relativo a uma receita antecipada, pode ser contabilizada da seguinte forma: a) Receitas Antecipadas 17
  • 18. a Receitas de Serviços b) Clientes a Caixa c) Caixa a Receitas Antecipadas d) Receitas de Serviços a Receitas Antecipadas 59. Determinada empresa possuía, em sua carteira de clientes, três duplicatas a receber – Cliente A: R$ 15.000,00; Cliente B: R$ 20.000,00; Cliente C: R$ 25.000,00. O saldo da Conta Duplicatas a Receber é de R$ 60.000,00. No dia 02 de janeiro de 2004, todas as duplicatas foram descontadas junto a um banco. Após o lançamento contábil do desconto das duplicatas junto ao banco, os saldos das contas Duplicatas a Receber e Duplicatas Descontadas ficaram assim representados, respectivamente: a) Credor em R$ 60.000,00 e devedor em R$ 60.000,00. b) Devedor em R$ 60.000,00 e credor em R$ 60.000,00. c) Devedor em R$ 60.000,00 e saldo zero. d) Saldo zero e credor em R$ 60.000,00. 60. Considere as afirmativas a seguir a respeito das formalidades da escrituração contábil: I. Não se admite o uso de códigos e/ou abreviaturas nos históricos dos lançamentos. II. A escrituração contábil e a emissão de relatórios, peças, análises e mapas demonstrativos e demonstrações contábeis são de atribuição e responsabilidade exclusivas de Contabilista legalmente habilitado. III. O Balanço e demais Demonstrações Contábeis de encerramento de exercício serão transcritos no “Razão”, completando-se com as assinaturas do Contabilista e do titular ou do representante legal da Entidade. IV. No caso de a Entidade adotar para sua escrituração contábil o processo eletrônico, os formulários contínuos, numerados mecânica ou tipograficamente, serão destacados e encadernados em forma de livro. Estão CORRETAS as afirmativas: a) I e III. b) I e IV. c) II e III. d) II e IV. REGIME DE COMPETÊNCIA E RESULTADO DO EXERCÍCIO 61. Considerando os dados a seguir, referentes ao mês de dezembro de 1999, calcule o resultado de acordo com os Princípios Fundamentais de Contabilidade: - despesa de dezembro de 1999 paga em janeiro de 2000 R$ 36,00 - despesa de janeiro de 2000 paga em dezembro de 1999 R$ 54,00 - despesa de dezembro de 1999 paga em dezembro de 1999 R$ 45,00 - receita de dezembro de 1999 recebida em janeiro de 2000 R$ 27,00 - receita de janeiro de 2000 recebida em dezembro de 1999 R$ 63,00 - receita de dezembro de 1999 recebida em dezembro de 1999 R$ 51,00 Assinale a alternativa CORRETA: a) Lucro de R$ 15,00 b) Prejuízo de R$ 3,00 c) Lucro de R$ 4,00 d) Prejuízo de R$ 15,00 62. Sabendo-se que nos registros contábeis um dos Princípios Fundamentais de Contabilidade adotado é o de Competência, qual o efeito que representaria uma despesa incorrida, mas não paga no decurso do exercício, se adotado o regime de caixa: a) Um passivo maior que o real e lucro maior que o real. b) Um passivo menor que o real e lucro maior que o real. c) Um ativo maior que o real e um passivo menor que o real. d) Um ativo maior que o real e lucro menor que o real. 18
  • 19. 63.Em relação às contas de resultado pode-se afirmar que a) Uma despesa paga à vista representa uma redução de ativo e um aumento de passivo. b) Uma despesa paga antecipadamente, provoca uma redução no ativo e na situação líquida. c) Uma despesa realizada para pagamento futuro, representa um aumento de passivo sem qualquer redução ou acréscimo nos valores do ativo. d) Uma receita realizada para recebimento futuro, representa uma redução de passivo e um aumento da situação líquida. 64. Assinale a alternativa CORRETA: a) A contabilização de receitas realizadas e não recebidas é feita em obediência ao Princípio da Competência de Exercícios, observados os limites impostos pelos Princípios da Realização da Receita e do Conservadorismo. b) A distribuição de dividendos é uma despesa para a empresa. c) Os grupos Resultados de Exercícios Futuros e Permanente Diferido só existem em função do Princípio da Prudência. d) A despesa antecipada deve ser computada no resultado do exercício de sua incorrência e a receita antecipada no resultado do exercício em que for realizada. 65. Com base nas informações abaixo e no Princípio da Competência, a alternativa que demonstra corretamente o valor do Resultado do Exercício é: Despesas Incorridas e Pagas R$ 45.000,00 Despesas Não-Incorridas e Pagas R$150.000,00 Despesas Incorridas e Não-Pagas R$ 30.000,00 Receitas Recebidas e Não-Realizadas R$ 50.000,00 Receitas Realizadas e Recebidas R$ 75.000,00 Receitas Realizadas e Não-Recebidas R$100.000,00 a) Prejuízo de R$ 55.000,00 b) Nem Lucro nem Prejuízo c) Lucro de R$ 100.000,00 d) Lucro de R$ 150.000,00 66. Em 29/11/01 uma empresa comercial obteve um empréstimo para capital de giro no valor de R$ 20.000,00, com vencimento para liquidação em 28/01/2002 no valor total de R$ 23.000,00. Considerando que os juros referem-se ao período de 30/11/2001 a 28/01/2002, o valor dos encargos financeiros a ser apropriado no ano 2002, é de: a) R$ 1.400,00 b) R$ 1.550,00 c) R$ 1.600,00 d) R$ 3.000,00 67. O recebimento de uma determinada importância em dinheiro em 2002 por conta de serviços a serem realizados em 2003, provocou em 2002: a) Redução do Prejuízo ou Aumento do Lucro. b) Aumento do Prejuízo ou redução do Lucro. c) Aumento do Ativo e do Passivo. d) Redução do Ativo e do Passivo. 68. Uma entidade apura seu resultado pelo Princípio da Competência. O movimento de receitas e despesas de 2002 foi o seguinte: Receita de 2001 recebida em 2002 R$ 10.000,00 Receita de 2002 recebida em 2003 R$ 200.000,00 Receita de 2003 recebida em 2002 R$ 20.000,00 Despesa de 2001 paga em 2002 R$ 5.000,00 Despesa de 2002 paga em 2002 R$ 150.000,00 Despesa de 2003 paga em 2002 R$ 10.000,00 Despesa de 2002 paga em 2003 R$ 10.000,00 Em vista disso, afirmamos que o resultado em 2002 foi: a) Prejuízo de R$ 30.000,00 b) Prejuízo de R$ 40.000,00 c) Lucro de R$ 40.000,00 d) Lucro de R$ 150.000,00 19
  • 20. 69. Uma empresa encerrou seu exercício em 31.12.2002 e efetuou o pagamento de salários de dezembro somente em janeiro de 2003. Não apropriou na data devida a despesa de salários inobservando ao Princípio da Competência, tendo como conseqüência: a) Diminuição do saldo do caixa em 2002. b) Diminuição do resultado de 2002. c) Aumento do saldo do caixa em 2003. d) Aumento do resultado de 2002. 70. As receitas e as despesas estão geralmente relacionadas nas empresas com fins lucrativos. Sendo assim, podemos afirmar que: a) a despesa é incorrida no momento em que ocorre o consumo e a receita no momento em que recebemos direitos já provisionados. b) A despesa é incorrida no momento em que ocorre o desembolso e a receita é realizada no momento em que se transfere a propriedade do bem. c) A receita é realizada no momento em que é transferida a propriedade do bem ou serviço e a despesa é incorrida no momento do consumo. d) A receita é realizada por ocasião da transferência da propriedade e a despesa é incorrida no momento da aquisição, independente do pagamento. 71. No mês de setembro de 2003, uma empresa comprou a prazo material de expediente, no valor de R$ 30.000,00. Os pagamentos das faturas ocorreram em 30 de outubro, 30 de novembro e 30 dezembro de 2003. O material utilizado em dezembro de 2003 totalizou R$ 10.000,00. O valor a ser apropriado como Despesas será de: a) R$ 30.000,00, em setembro de 2003. b) R$ 10.000,00, em outubro de 2003. c) R$ 20.000,00, em novembro de 2003. d) R$ 10.000,00, em dezembro de 2003. 72. Uma empresa comercial registra sua movimentação patrimonial pelo Regime de Competência com as seguintes situações abaixo: Despesas relativas a dez/2003 e pagas em dez/2003 - R$ 45.000,00; Despesas relativas a jan/2004 e pagas em dez/2003 - R$ 54.000,00; Despesas relativas a dez/2003 e pagas em jan/2004 - R$ 36.000,00; Receitas relativas a dez/2003 e recebidas em jan/2004 - R$ 27.000,00; Receitas relativas a jan/2004 e recebidas em dez/2003 - R$ 63.000,00; Receitas relativas a dez/2003 e recebidas em dez/2003 - R$ 51.000,00. Para fins de análise da diretoria e com base nas informações apresentadas, os Resultados do Exercício dessa empresa em dezembro de 2003, pelo Regime de Caixa e pelo Regime de Competência foram, respectivamente: a) Prejuízo de R$ 3.000,00 e Lucro de R$ 6.000,00. b) Lucro de R$ 6.000,00 e Prejuízo de R$ 3.000,00. c) Prejuízo de R$ 3.000,00 e Lucro de R$ 15.000,00. d) Lucro de R$ 15.000,00 e Prejuízo de R$ 3.000,00. 73. As Normas Brasileiras de Contabilidade definem como oficial, para a realização das Demonstrações Contábeis, o Regime de Competência. O efeito que representa uma despesa incorrida, mas não paga no decurso do exercício financeiro, se adotado o Regime de Caixa, é: a) Ativo maior que o Real e Lucro maior que o Real. b) Ativo maior que o Real e Lucro menor que o Real. c) Passivo maior que o Real e Lucro maior que o Real. d) Passivo menor que o Real e Lucro maior que o Real. 74. Uma empresa possuía um imóvel, utilizado no desempenho de suas atividades, adquirido por R$ 30.000,00 e depreciado em 20% do seu valor. Vendeu-o por R$ 25.000,00, em 30.09.2003, concedendo prazo ao comprador para pagamento até o final de fevereiro de 2004, com juros simples de 5% ao mês, recebidos no ato da venda. A empresa encerra seu exercício social em 31 de dezembro de cada ano. A operação proporcionou à empresa vendedora: a) Aumento do Ativo Circulante no valor de R$ 4.750,00. b) Aumento do Patrimônio Líquido no exercício de 2003 no valor de R$ 7.250,00. c) Um Ativo Imobilizado reduzido no valor de R$ 25.000,00. d) Uma Receita Financeira, no exercício de 2003, no valor de R$ 3.750,00. 20
  • 21. 75. Considere os dados a seguir referentes ao mês de dezembro de 2003: • Despesa de dezembro/2003, paga em janeiro/2004 no valor de R$ 46,00. • Despesa de janeiro/2004, paga em dezembro/2003 no valor de R$ 52,00. • Despesa de dezembro/2003, paga em dezembro/2003 no valor de R$ 50,00. • Receita de dezembro/2003, recebida em janeiro/2004 no valor de R$ 30,00. • Receita de janeiro/2004, recebida em dezembro/2003 no valor de R$ 60,00. • Receita de dezembro/2003, recebida em dezembro/2003 no valor de R$ 54,00. O resultado do referido mês, conforme os Princípios Fundamentais da Contabilidade é: a) Prejuízo de R$ 12,00. b) Prejuízo de R$ 4,00. c) Lucro de R$ 12,00. d) Lucro de R$ 38,00. FATOS CONTÁBEIS 76. Uma empresa tem uma dívida de R$ 2.000,00 com obtenção de um desconto de 20% no pagamento terá praticado um fato contábil denominado: a) Modificativo diminutivo. b) Misto diminutivo. c) Modificativo aumentativo. d) Misto aumentativo. 77. Os efeitos relativos a um fato permutativo concernente a itens exclusivamente do Ativo alteram a substância patrimonial apenas: a) Econômico. b) Quantitativamente. c) Qualitativamente. d) Quantitativamente e qualitativamente. 78. A opção que contém fato contábil misto é: a) Venda de imóvel, com lucro. b) Pagamento de salários do mês anterior. c) Pagamento de compras e recebimento de vendas do mesmo mês. d) Liquidação de duplicata, parte em cheque e o restante em dinheiro. 79. O pagamento de uma duplicata com juros constitui-se em um fato: a) Permutativo. b) Modificativo Aumentativo. c) Misto Negativo. d) Misto Positivo. 80. Os fatos contábeis podem ser classificados em três grupos: permutativo, modificativos e mistos. É CORRETO afirmar que: a) Fatos contábeis modificativos produzem efeitos sobre o Patrimônio Líquido, aumentando-o, apenas. b) Fatos contábeis modificativos não produzem efeitos sobre o Patrimônio Líquido. c) Fatos contábeis permutativos são aqueles que alteram apenas os elementos componentes do Ativo e do Passivo, sem alterar quantitativamente o Patrimônio Líquido. d) Fatos contábeis permutativos são aqueles que alteram os elementos componentes do Ativo e do Passivo, e interferem positivamente no Patrimônio Líquido. 81. Analise os fatos contábeis que se seguem: I. Os fatos contábeis mistos diminutivos são aqueles que, ao permutarem os elementos patrimoniais provocam redução no Patrimônio Líquido. II. Os fatos contábeis permutativos provocam alteração no Patrimônio Líquido. III. Os fatos contábeis mistos combinam, um fato contábil permutativo e um fato contábil modificativo, relacionados na mesma operação. IV. Os fatos contábeis mistos aumentativos são aqueles que, ao permutarem os elementos patrimoniais, aumentam o Patrimônio Líquido. V. Os fatos contábeis modificativos não provocam alteração no Patrimônio Líquido. 21
  • 22. No tocante aos fatos contábeis: a) Os itens I, III e V são incorretos. b) Os itens I, III e IV são corretos. c) Os itens II, III e V são corretos. d) Os itens II, III e IV são incorretos. 82. O lançamento de pagamento de duplicata com juros por meio de cheque é um fato: a) Permutativo ou misto, compensando elementos ativos e passivos. b) Modificativo Diminutivo. c) Modificativo Aumentativo. d) Misto com compensação de elementos ativos e passivos. ESTOQUES – COMPRA E VENDA, CONTROLE E AVALIAÇÃO 83. A Comercial Pinheiro Ltda., que iniciou suas atividades em 01.12.1999, apresentou até 31.12.1999, data do primeiro balanço, a seguinte movimentação em relação a uma determinada mercadoria: DATA NATUREZA DA OPERAÇÃO VALOR TOTAL (em R$ ) 08.12.1999 Compra de 30 unidades 2.400,00 (*) 16.12.1999 Venda de 05 unidades 500,00 23.12.1999 Compra de 40 unidades 3.600,00 (*) 31.12.1999 Venda de 20 unidades 2.200,00 (*) Valor líquido de ICMS O valor do estoque final, avaliado pelo método PEPS, atingiu o montante de: a) 3.300,00 b) 4.050,00 c) 4.000,00 d) 3.600,00 84. Considerando os dados abaixo, na ordem apresentada, apure, respectivamente, o custo das mercadorias vendidas e o valor do estoque, com base no Custo Médio Ponderado, sabendo-se que no decorrer das operações, foram enviadas ao fornecedor, para conserto, 125 unidades: - Saldo inicial de 100 unidades a R$ 11,00 cada. - Aquisição de 300 unidades por R$ 3.200,00 + Frete no valor de R$ 300,00 - Venda de 200 unidades por R$ 5.000,00 - Aquisição de 150 unidades por R$ 2.075,00 - Aquisição de 50 unidades por R$ 825,00 - Venda de 180 unidades por R$ 4.100,00 + frete no valor de R$ 200,00 a) R$ 4.340,00 e R$ 2.560,00 b) R$ 4.640,00 e R$ 2.860,00 c) R$ 6.100,00 e R$ 2.560,00 d) R$ 6.400,00 e R$ 2.860,00 85. Uma empresa comercial mantém controle permanente de estoque e o avalia pelo método do custo médio ponderado. O estoque final de mercadorias em 28 de fevereiro de 2002 era de 200 unidades avaliadas ao custo unitário de R$ 10,00. As compras e as vendas dessas mercadorias estão isentas de tributações. Em março de 2002 a empresa realizou os seguintes movimentos de compra e venda de mercadorias: 02/03/2002 — compra a prazo de 400 unidades pelo valor total de R$ 5.200,00. 03/03/2002 — venda a prazo de 500 unidades pelo valor total de R$ 6.000,00. 04/03/2002 — compra a vista de 400 unidades ao preço unitário de R$ 15,00 05/03/2002 — venda à vista de 200 unidades ao preço unitário de R$ 18,00 Com base nas informações, é CORRETO afirmar que: a) O Custo Total das Vendas do dia 3 de março foi de R$ 5.900,00. b) O Lucro Bruto total das operações alcançou a cifra de R$ 3.900,00. c) O Lucro Bruto alcançado nas vendas do dia 5 de março foi de R$ 3,00 por unidade. d) O Estoque Final existente após a venda do dia 5 de março é de 300 unidades ao custo médio de R$ 14,40. 86. Uma empresa apresenta, no sistema de controle de estoque, no item matéria-prima, em quilos: 22
  • 23. Data Entrada Saída Saldo 31/03/2001 250 06/04/2001 200 450 09/04/2001 90 540 17/04/2001 30 570 18/04/2001 230 340 22/04/2001 170 170 O estoque inicial foi comprado a R$ 1,50 o quilo. As demais compras foram a R$ 1,70, R$ 1,90 e R$ 2,10 o quilo, respectivamente. Pelo método PEPS o estoque final é de: a) R$ 255,00 b) R$ 289,00 c) R$ 319,00 d) R$ 357,00 87. Uma empresa que trabalhava com um único tipo de mercadoria realizou, na ordem abaixo, as seguintes operações: 1ª) Compra de 20 unidades a R$ 20,00 cada e com destaque de 17% de ICMS. 2ª) Compra de 30 unidades a R$ 25,00 cada e com destaque de 17% de ICMS. 3ª) Venda de 15 unidades a R$ 50,00 cada e com destaque de 17% de ICMS. Tendo em vista que essa empresa adota o Método do Custo Médio Ponderado Variável, podemos afirmar que o Custo das Mercadorias Vendidas relativo à 3ª operação é de: a) R$ 286,35 b) R$ 337,50 c) R$ 345,00 d) R$ 403,65 88. Uma empresa adquiriu um lote de mercadorias para revenda por R$ 250.000,00. No encerramento do exercício, este lote, a preço de mercado, estava avaliado em R$ 200.000,00. No Balanço Patrimonial final do exercício, essa mercadoria tem o valor correspondente ao custo de aquisição subtraído da Provisão para Ajuste de Estoque ao Preço de Mercado de: a) R$ 250.000,00, mas com redução de R$ 50.000,00. b) R$ 250.000,00, sem qualquer redução. c) R$ 200.000,00, mas com ágio de R$ 50.000,00. d) R$ 250.000,00, mas com redução de R$ 200.000,00. DEPRECIAÇÃO, AMORTIZAÇÃO E EXAUSTÃO 89. A Cia. Sigma realizou em julho de 2000 benfeitoria em terreno alugado de terceiros nesta mesma data, no montante de R$ 52.800,00. Sendo o contrato de locação de 4 anos e que o valor deverá ser totalmente amortizado no período locado, o valor da amortização a ser lançada em cada período-base anual é de, respectivamente: a) R$ 6.600,00 R$ 15.400,00 R$ 15.400,00 R$ 15.400,00 b) R$ 13.200,00 R$ 13.200,00 R$ 13.200,00 R$ 13.200,00 c) R$ 6.600,00 R$ 13.200,00 R$ 13.200,00 R$ 13.200,00 R$ 6.600,00 d) R$ 10.560,00 R$ 10.560,00 R$ 10.560,00 R$ 10.560,00 R$ 10.560,00 90. Determinada empresa adquiriu uma máquina em 2 de janeiro de 1998, colocando-a em funcionamento na mesma data. Sabendo-se que: - A taxa de depreciação foi de 20% ao ano. - O valor de aquisição da máquina foi de R$ 22.000,00. - A máquina foi vendida por R$ 20.000,00 em 1 de julho de 2001. Pode-se afirmar que o valor residual da máquina em 31.12.2000, era de: a) R$ 8.800,00 b) R$ 13.200,00 c) R$ 15.400,00 d) R$ 22.000,00 91. Uma determinada empresa adquiriu um veículo em 1º de março de 1997 por R$ 72.000,00, sendo estimado o seu valor residual em R$ 9.000,00 e a vida útil em 5 anos. O setor de contabilidade efetuou, anualmente, todos os registros 23
  • 24. contábeis relativos às despesas de depreciação, elaborando o seguinte quadro demonstrativo da depreciação acumulada do citado bem: Período Depreciação Dep. Acumulada 01.03.1997 à 31.12.1997 R$ 10.500,00 R$ 10.500,00 01.01.1998 à 31.12.1998 R$ 12.600,00 R$ 23.100,00 01.01.1999 à 31.12.1999 R$ 12.600,00 R$ 35.700,00 01.01.2000 à 31.12.2000 R$ 12.600,00 R$ 48.300,00 01.01.2001 à 31.12.2001 R$ 12.600,00 R$ 60.900,00 01.01.2002 à 28.02.2002 R$ 2.100,00 R$ 63.000,00 Se o veículo fosse vendido por R$ 60.000,00 em 31.12.2000, após a depreciação o resultado seria: a) Uma perda de R$ 2.700,00 b) Uma perda de R$ 10.500,00 c) Um ganho de R$ 23.700,00 d) Um ganho de R$ 36.300,00 92. Determinada indústria mantém um controle individual de seu imobilizado. Em 31.12.2001 os saldos das contas no Balanço Patrimonial eram os seguintes: Itens Máquinas e Equipamentos Depreciação Acumulada Máquina A R$ 43.190,00 R$ 34.370,00 Máquina B R$ 63.360,00 R$ 53.160,00 As máquinas foram utilizadas em três turnos de 8 horas, em todo o período de 2002. A empresa adota o método das quotas constantes de depreciação, sendo sua vida útil de 10 anos. Considerando-se que o coeficiente adotado é de dois para três turnos de 8 horas, o valor da depreciação no período, de tais máquinas, a ser contabilizado pela empresa, será de: a) R$ 10.655,00 b) R$ 18.838,00 c) R$ 19.020,00 d) R$ 21.310,00 93. Um trator de esteira foi adquirido por R$ 45.000,00, em janeiro de 2003. Segundo as especificações do fabricante, as horas estimadas de vida útil desse trator são de 9.000 horas. Considerando-se que no ano de 2003 o trator tenha trabalhado 1.200 horas, a taxa e o valor da depreciação por horas trabalhadas seria, respectivamente, de: a) R$ 4,00/hora trabalhada e R$ 4.800,00. b) R$ 5,00/hora trabalhada e R$ 6.000,00. c) R$ 6,00/hora trabalhada e R$ 7.200,00. d) R$ 10,00/hora trabalhada e R$ 12.000,00. BAIXA DE CRÉDITOS IRRECUPERÁVEIS E P.D.D. 94. Uma determinada empresa, no encerramento do exercício em 31/12/2000, tem a receber uma duplicata no valor de R$7.500,00 vencida em 31/08/1999. Apesar de já ter encaminhado o título para o Cartório de Protestos, até agora não obteve sucesso. Com base na legislação contábil e fiscal vigente, o Contador resolveu registrar corretamente o fato contábil. Indique o lançamento adotado: a) Provisão para Perdas no Recebimento de Créditos a Duplicatas a Receber R$ 7.500,00 b) Perdas com Duplicatas Incobráveis a Provisão para Perdas no Recebimento de Créditos R$ 7.500,00 c) Despesas com Provisão para Perdas no Recebimento de Créditos a Duplicatas a Receber R$ 7.500,00 d) Duplicatas a Receber a Provisão para Perdas no Recebimento de Créditos R$ 7.500,00 24
  • 25. EQUIVALÊNCIA PATRIMONIAL Para as questões 84 e 85 faça uma análise da seguinte estrutura. EMPRESA GAMA 80% 60% EMPRESA ALFA EMPRESA OMEGA 30% 15% EMPRESA BETA 80% EMPRESA FATOS 95. Marque a alternativa CORRETA: a) A empresa Fatos é controlada pela empresa Gama que também controla a empresa Ômega. b) A empresa Gama controla somente as empresas Alfa e Ômega, não detendo, nem indiretamente, qualquer outra controlada. c) A empresa Fatos é coligada da empresa Ômega, mas é controlada pela empresa Gama, através das participações das empresas Alfa e Beta. d) A empresa Gama tem controle indireto sobre a empresa Beta, detendo controle direto sobre a empresa Fatos. 96. Marque a alternativa INCORRETA: a) A empresa Gama deverá usar o método da equivalência patrimonial somente na avaliação dos seus investimentos nas empresas Alfa e Ômega. b) A empresa Ômega deverá usar o método da equivalência patrimonial na avaliação dos seus investimentos na empresa Fatos. c) A participação total da empresa Gama na empresa Fatos é de 28,2%. d) A participação total da empresa Gama na empresa Beta é de 24%. 97. É CORRETO afirmar, quanto ao Método da Equivalência Patrimonial, que: a) Os resultados e quaisquer variações patrimoniais de uma controlada ou coligada, não precisam ser reconhecidos no momento de sua geração, uma vez que dependem de serem ou não distribuídos. b) A empresa investidora registra somente as operações ou transações baseadas em atos formais, pois, de fato, os dividendos são registrados como receita no momento em que são declarados e distribuídos, ou provisionados pela empresa investida. c) Os resultados e quaisquer variações patrimoniais de uma controlada ou coligada, devem ser reconhecidos no momento de sua geração, independentemente de serem ou não distribuídos. d) A empresa investidora registra somente as operações ou transações baseadas em atos formais, pois, de fato, os dividendos são registrados como despesa no momento em que são declarados e distribuídos, podendo ser provisionados pela empresa investida. 98. São coligadas as sociedades quando uma participa com: a) No mínimo 5% (cinco por cento) do capital da outra. b) No máximo 5% (cinco por cento) do capital da outra, sem controlá-la. c) 10% (dez por cento) ou mais, do capital da outra, sem controlá-la. d) 40% (quarenta por cento) do capital da outra e detiver o controle acionário. 99. Em 31/12/2001 as empresas A e B apresentaram as seguintes informações: EMPRESA A EMPRESA B Ativo Circulante R$ 12.000,00 R$ 5.000,00 Ativo Realizável a Longo-Prazo R$ 18.000,00 Ativo Permanente - Investimentos R$ 30.000,00 Ativo Permanente - Imobilizado Líquido R$ 110.000,00 R$ 49.000,00 Passivo Circulante R$ 25.000,00 R$ 15.000,00 25
  • 26. Passivo Exigível a Longo-Prazo R$ 15.000,00 R$ 5.000,00 Capital Social R$ 80.000,00 R$ 50.000,00 Reservas R$ 10.000,00 R$ 1.000,00 Lucros/Prejuízos Acumulados R$ 20.000,00 R$ (14.000,00) Despesas Operacionais R$ 60.000,00 R$ 45.000,00 Receitas Operacionais R$ 80.000,00 R$ 42.000,00 A Empresa A participa com 60% da Empresa B, sendo a única participação societária. Aplicando o Método da Equivalência Patrimonial, o valor dos investimentos permanentes é de: a) R$ 20.400,00 b) R$ 22.200,00 c) R$ 28.800,00 d) R$ 30.600,00 100. As Companhias A e B apresentaram em 31.12.2002 as seguintes informações: CONTAS CIA A CIA B Ativo Circulante R$ 412.000,00 R$ 105.000,00 Ativo Realizável a Longo Prazo R$ 28.000,00 R$ 11.000,00 Ativo Permanente – Investimentos R$ 84.000,00 Ativo Permanente – Imobilizado Líquido R$ 170.000,00 R$ 49.000,00 Passivo Circulante R$ 125.000,00 R$ 35.000,00 Passivo Exigível a Longo Prazo R$ 25.000,00 Capital Social R$ 360.000,00 R$ 80.000,00 Reservas R$ 93.000,00 R$ 48.000,00 Lucros / Prejuízos Acumulados R$ 20.000,00 R$ (16.000,00) Lucro Líquido do Período R$ 71.000,00 R$ 18.000,00 A CIA A participa com 75% da CIA B, sendo esta sua única participação societária. Aplicando o Método da Equivalência Patrimonial, o valor dos investimentos permanentes é de: a) R$ 60.000,00 b) R$ 96.000,00 c) R$ 97.500,00 d) R$ 109.500,00 DOAR 101. Considere os dados abaixo dos balanços encerrados em 31/12/2000 e 31/12/1999 em R$. ATIVO 2000 1999 PASSIVO 2000 1999 Ativo Circulante 82.500,00 68.750,00 Passivo Circulante 43.500,00 52.250,00 Caixa 10.000,00 5.000,00 Fornecedores 17.000,00 29.000,00 Clientes 22.500,00 31.250,00 Impostos a Recolher 26.500,00 23.250,00 Estoques de Mercadorias 50.000,00 32.500,00 Realizável a Longo Prazo 5.000,00 15.750,00 Exigível a Longo Prazo 3.000,00 3.750,00 Permanente 42.500,00 23.000,00 Patrimônio Líquido 83.500,00 51.500,00 Imobilizado 42.500,00 23.000,00 Capital Social 60.000,00 35.000,00 Marcas e Patentes 22.500,00 10.500,00 Reserva Capital 18.500,00 14.000,00 Terrenos 20.000,00 12.500,00 Lucros Acumulados 5.000,00 2.500,00 TOTAL DO ATIVO 130.000,00 107.500,00 TOTAL PASSIVO + PL 130.000,00 107.500,00 Na Demonstração das Origens e Aplicações de Recursos (DOAR), é correto afirmar que: a) Aumento do Capital Circulante Líquido de R$12.500,00 b) Aplicações de recursos no valor R$19.500,00 c) Origens de recursos no valor de R$32.000,00 d) Origens de recursos no valor de R$42.750,00 102. As alternativas abaixo representam origens e aplicações e por isso fazem parte da Demonstração das Origens e Aplicações de Recursos. Indique a alternativa que afeta o Capital Circulante Líquido: a) Aquisição de bens do Ativo Permanente (Investimentos ou Imobilizado) pagáveis a longo prazo. b) Vendas de bens do Ativo Permanente recebível a longo prazo. c) Ágio na emissão de ações, pelo valor efetivamente integralizado no período. 26