SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 20
Baixar para ler offline
12
Sônia Maria de Araújo
Maria Selma da Costa Cabral
C U R S O T É C N I C O E M O P E R A Ç Õ E S C O M E R C I A I S
Apuração e Contabilização de Lucro Bruto,
Apuração e Contabilização das Provisões
CONTABILIDADE
Coordenadora da Produção dos Materias
Vera Lucia do Amaral
Coordenador de Edição
Ary Sergio Braga Olinisky
Coordenadora de Revisão
Giovana Paiva de Oliveira
Design Gráfico
Ivana Lima
Diagramação
Elizabeth da Silva Ferreira
Ivana Lima
José Antonio Bezerra Junior
Mariana Araújo de Brito
Arte e ilustração
Adauto Harley
Carolina Costa
Heinkel Huguenin
Leonardo dos Santos Feitoza
Revisão Tipográfica
Adriana Rodrigues Gomes
Margareth Pereira Dias
Nouraide Queiroz
Design Instrucional
Janio Gustavo Barbosa
Jeremias Alves de Araújo Silva
José Correia Torres Neto
Luciane Almeida Mascarenhas de Andrade
Revisão de Linguagem
Maria Aparecida da S. Fernandes Trindade
Revisão das Normas da ABNT
Verônica Pinheiro da Silva
Adaptação para o Módulo Matemático
Joacy Guilherme de Almeida Ferreira Filho
EQUIPE SEDIS | UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE – UFRN
Projeto Gráfico
Secretaria de Educação a Distância – SEDIS
Governo Federal
Ministério da Educação
Você verá
por aqui...
Objetivo
1
Contabilidade A12
E
sta aula será uma continuidade da aula anterior, visto que agora vamos nos deter
em levantar um balanço patrimonial com mais dados, ou seja, mais completo.
Partiremos de um exemplo, desenvolvido a partir do Balancete de Verificação
da Cia Brasil apresentado na aula anterior (aula 11). Este balancete foi levantado em
31 de dezembro de 2006.
O nosso ponto de partida é a aula anterior, pois reapresentaremos uma situação que foi
descrita na aula 11, mas incluiremos nessa reapresentação mais alguns detalhes para
que essa se mostre mais abrangente do que a da aula anterior. Desse modo, você terá
oportunidade de ampliar seus conhecimentos a partir de uma situação já conhecida
anteriormente.
Da mesma forma, a autoavaliação que você irá fazer também buscará subsídios na
referida aula.
 Fazer uma análise da situação patrimonial de uma empresa.
 Identificar as contas transitórias na apuração do lucro.
 Elaborar as demonstrações de resultado.
2
Contabilidade A12
Para começo
de conversa...
Serviços contábeis
Quando um bom Contabilista
Oferece os seus ofícios,
Ele já está preparado
Para enfrentar sacrifícios,
Fazer certo, nunca errado
E escapar do emaranhado,
Seja das leis ou dos vícios
Faz parte dos seus serviços,
Prevenir o seu patrão,
Indicando as providências
Para evitar confusão,
Que já vem impregnada
Muito bem embaralhada,
Dentro da Legislação.
Convém que os aplicadores
Não arrisquem seu dinheiro,
Comprando qualquer ação,
Sem se precaver primeiro.
Somente uma Auditoria
Bem feita comprovaria
Se o Balanço é verdadeiro.
(A Saga do Contabilista – Paulo Fernando Torres Veras, 2003).
3
Contabilidade A12
Balancete de
Verificação da Cia Brasil
Os dados deste Balancete servirão de subsídios para resolver as questões a serem
desenvolvidas nesta aula.
Balancete de Verificação da
Cia Brasil em 31 de dezembro de 2006
CONTAS DEVEDORAS CONTAS CREDORAS
Caixa 315.000 Fornecedores 4.010.000
Banco conta movimento 730.000 Obrigações trabalhistas 481.000
Duplicatas a receber 1.100.000 Obrigações tributárias 342.000
Estoques 1.500.000 Empréstimo bancário CP 2.300.000
Depósito compulsório LP 470.000 Empréstimo bancário LP 1.201.370
Incentivos 40.000 Capital 5.000.000
Participações 130.000 Reserva legal 65.000
Imóveis 8.000.000 Reserva p/aumento de capital 53.700
Maquinas e Equipamentos 1.000.000 Lucro acumulado 80.000
Móveis e Utensílios 445.000 Vendas 8.000.000
Veículos 280.000 Receita financeira 49.930
Compras 6.000.000
Despesa Tributária 28.000
Despesa financeira 95.000
Despesa administrativa 900.000
Despesa com vendas 250.000
ICMS 300.000
TOTAL 2.158.300 TOTAL 2.158.300
Agora, sim!
Vamos fazer passo a passo as operações necessárias para a apuração do resultado.
4
Contabilidade A12
1. Apuração e contabilização do lucro bruto
2. Cálculo e contabilização das depreciações.
3. Transferência das contas de receita e despesa para a conta resultado
do exercício.
4. Cálculo e contabilização da provisão para o imposto de renda.
5. Distribuição do lucro e formação de reservas.
6. Elaboração do balancete final.
7. Elaboração do balanço patrimonial.
Vamos lá.
Precisamos conhecer como devemos proceder para conseguir a apuração e, em seguida,
a contabilização do lucro bruto.
Primeiro passo:
apuração e contabilização do lucro bruto
Para podermos apurar o lucro bruto é necessário fazermos antes o levantamento dos
estoques ao final do exercício.
Nas empresas industriais, o estoque é constituído de matérias-primas, produtos
acabados, produtos em elaboração, material de embalagem e materiais diversos. Nas
empresas comerciais, o estoque é constituído pelas mercadorias compradas para
revenda.
De acordo com o balancete apresentado, temos, no início do exercício social, um estoque
no valor de R$ 1.500.000. Também está registrado na conta compra a importância de
R$ 6.000.000.
Suponhamos que o valor do estoque final da empresa, após inventário realizado, seu
valor ficou em R$ 3.000.000.
Tendo em mãos estes dados, já temos condição de apurar o custo das mercadorias
vendidas. Esse custo será igual ao estoque inicial mais compras menos estoque final.
Ou seja,
Lucro Bruto = Vendas – Custo das mercadorias vendidas
OU
De acordo com o balancete da Cia. Brasil, temos: LB = V – CMV
Vendas ...................................................... R$ 8.000.000 (balancete)
Custo das mercadorias vendidas..................R$ 4.500.000 (calculada acima)
Sendo assim, teremos: LB = 8.000.000 – 4.500.000 = 3.500.000
Agora, vamos fazer os lançamentos correspondentes.
5
Contabilidade A12
Custo das
mercadorias
vendidas
Estoque
inicial
Compras
Estoque
final
= + –
OU
CMV = EI + C – EF
Temos os seguintes dados, de acordo com o balancete da Cia Brasil.
 Estoque Inicial ............................................. 1.500.000 (balancete)
 Compras ...................................................... 6.000.000 (balancete)
 Estoque final ................................................ 3.000.000 (vlr.fornecido)
Sendo assim, CMV = 1.500.000 + 6.000.000 – 3.000.000 = 4.500.000
CMV = 4.500.000
Agora, já podemos calcular o lucro bruto.
Para tanto, é só deduzir do valor das vendas o custo das mercadorias vendidas.
6
Contabilidade A12
Lançamento 1.
Diversos
Estoque
Vendas
A Resultado das Vendas
Valor do estoque final ............................... 3.000.000
Valor ref. vendas ...................................... 8.000.000 .................. 11.000.000
Lançamento 2
Resultado das Vendas
A diversos
A estoque inicial
A compras
Valor ref. estoque inicial ............................ 1.500.000
Valor ref. compras .................................. 6.000.000 ............ 7.500.000
Em seguida, vamos contabilizar as depreciações.
Segundo Passo:
cálculo e contabilização das depreciações
“A conta Depreciação é conta de despesa, diminui o resultado do período. A conta
Depreciação Acumulada é conta retificadora do Ativo permanente.”
Observação: suponhamos que tenham sido calculadas as depreciações conforme
abaixo:
BENSBENS VALOR DA DEPRECIAÇÃOVALOR DA DEPRECIAÇÃO
Imóveis 240.000
Móveis e Utensílios 15.000
Máquinas e Equipamentos 120.000
Veículos 20.000
Total 395.000
Faremos agora o lançamento correspondente às depreciações.
7
Contabilidade A12
Lançamento 3.
Depreciações
A Depreciações acumuladas
Valor da depreciação dos imóveis ............................ 240.000
Valor da depreciação de Móveis e Utensílios .............. 15.000
Valor da depreciação de Máquinas e Equipamentos .. 120.000
Valor da depreciação de Veículos ............................... 20.000 .... 395.000
“O valor da Depreciação Acumulada não poderá ultrapassar o valor do Bem a ser
depreciado. Suponhamos que a empresa comprou uma máquina no valor de R$ 8.000,00;
a depreciação acumulada não poderá ultrapassar esse valor.”
Terceiro passo: transferência das
contas de receitas e de despesas
para a conta resultado do exercício
Relação das contas de Receitas
Receitas financeiras .......................... 49.930
Resultado das vendas ................... 3.500.000
Lançamento 4
Diversos
Receita financeira
Resultado das Vendas
A Resultado do Exercício
Valor correspondente a receita financeira .............................. 49.930
Valor correspondente a resultado das vendas. 3.500.000 .... 3.549.930
Relação das contas de despesas
Despesas administrativas .......................... 900.000
Despesas financeiras .................................. 95.000
Despesas tributárias ................................... 28.000
Despesas com vendas ............................... 250.000
ICMS ......................................................... 300.000
Depreciações ( lançto.3) ............................. 395.000
Total ....................................................... 1.968.000
8
Contabilidade A12
Lançamento 5
Resultado do Exercício
A Diversos
A despesas administrativas ................. 900.000
A despesas financeiras......................... 95.000
A despesas tributárias........................... 28.000
A despesas com vendas ..................... 250.000
A ICMS .............................................. 300.000
A depreciações .................................. 395.000
Valor correspondente a transferência das contas de despesa .... 1.968.000
Agora , vamos abrir um razonete para a conta Resultado do Exercício
D RESULTADO DO EXERCÍCIO C
05) 1.968.000 3.549.930 (04
1.581.930 (saldo
Esta conta apresenta um saldo credor = 1.581.930, o que corresponde ao lucro antes
do Imposto de Renda.
Quarto passo: cálculo e contabilização
da provisão para o Imposto de Renda
Sabendo-se que:
O percentual do Imposto de Renda para a Cia Brasil é de 30% sobre o lucro real e que
houve R$ 8.800 de despesas não dedutíveis e R$ 100.000 correspondentes ao excesso
de retirada pelos sócios. O cálculo da provisão será:
Lucro do exercício antes do Imposto de Renda ............... 1.581.930
+ despesas não dedutíveis ................................................. 8.800
+ Excesso de retirada dos sócios ..................................... 100.000
= Lucro real ................................................................. 1.690.730
Provisão para o Imposto de Renda
30% × 1.690.730 = 507.219
9
Contabilidade A12
Lançamento 6
Resultado do Exercício
A Provisão para o Imposto de Renda
Valor da provisão .......................................................... 507.219
Esquematizando:
Lucro antes do Imposto de Renda .......................... 1.581.930
( – ) Provisão para o Imposto de Renda ..................... 507.219
= Lucro do exercício depois do Imposto de Renda..... 1.074.711
Quinto passo: distribuição
do lucro e formação de reservas
A distribuição ficou de acordo com o discriminado abaixo:
20% Distribuição dos Sócios ..................................... 214.942
20% Reserva para aumento de capital ....................... 214.942
10% Reserva legal .................................................... 107.471
50% Lucros acumulados ........................................... 537.356
Total ..................................................................... 1.074.711
Lançamento 7
Resultado do Exercício
A Diversos
A Sócios conta lucro ................................................ 214.942
A Reserva para aumento de capital ........................... 214.942
A Reserva legal ........................................................ 107.471
A Lucro acumulado .................................................. 537.356
Valor ref. ao rateio do lucro depois do Imposto de Renda ..... 1.074.711
10
Contabilidade A12
Sexto passo:
elaboração do Balancete final
Saldo anterior ( Balancete ) Movimentação
lançtos. encerramento Saldo atual
Contas devedor credor débito crédito devedor credor
Caixa 315.000 - - - 315.000
BCM 730.000 - - - 730.000
Dup.a Rec 1.100.000 - - - 1.100.000
Estoque 1.500.000 - 3.000.000 1.500.000 3.000.000
Dep.comp.LP 470.000 - - - 470.000
Particip. 130.000 - - - 130.000
Inc.fiscais 40.000 - - - 40.000
Imóveis 8.000.000 - - - 8.000.000
Mov.Utens. 445.000 - - - 445.000
Máq.Equip. 1.000.000 - - - 1.000.000
Veículo 280.000 - - - 280.000
Compras 6.000.000 - - 6.000.000 -
Desp.Adm. 900.000 - - 900.000 -
Desp.finac. 95.000 - - 95.000 -
Desp.tribut. 28.000 - - 28.000 -
Desp.vendas 250.000 - - 250.000 -
ICMS 300.000 - - 300.000 -
Fornecedor 4.010.000 - - - 4.010.000
Obrig.trib - 342.000 - - - 342.000
Obrig.trab - 481.000 - - - 481.000
Emp.BancCP - 2.300.000 - - - 2.300.000
Emp.Banc.LP - 1.201.370 - - - 1.201.370
Capital - 5.000.000 - - - 5.000.000
Res.Legal - 65.000 - 107.471 172.471
Res.aum cap - 53.700 - 214.942 268.642
Lucro - 80.000 - 537.356 617.356
Vendas - 8.000.000 8.000.000 - - -
Rec.financ. - 49.930 49.930 - - -
Provisão IR - - - 507.219 507.219
Sócio c/lucro - - - 214.942 - 214.942
Depreciações - - - 395.000 395.000
TOTAL 2.158.300 2.158.300 11.049.930 110.499.300 15.510.000 15.510.000
Balanço patrimonial da Cia Brasil
ATIVO
CIRCULANTE
Caixa ................................... 315.000
Banco conta movimento ........ 730.000
Duplicata a receber ............ 1.100.000
Estoque ............................. 3.000.000 ....... 5.145.000
11
Contabilidade A12
REALIZÁVEL A LONGO PRAZO
Depósito compulsório ......... 470.000 ....... 470.000
PERMANENTE
Investimento
Participação ....................... 130.000
Incentivos fiscais ................. 40.000........ 170.000
Imobilizado
Imóveis ........................... 8.000.000
Móveis e utensílios ............. 445.000
Máquinas e equip............. 1.000.000
Veículos ............................. 280.000
( - ) Depreciações ........... 395.000......... 9.330.000
TOTAL ................................................ 15.115.000
PASSIVO
CIRCULANTE
Fornecedores .................. 4.010.000
Obrigações tributárias ........ 342.000
Obrigações trabalhistas ...... 481.000
Empréstimos bancários .... 2.300.000
Sócios conta lucros ............ 214.942
Provisão para o Imposto de Renda .. 507.219 .... 7.855.161
EXIGÍVEL A LONGO PRAZO
Empréstimos bancários ........... 1.201.370 ........ 1.201.370
PATRIMÔNIO LÍQUIDO
Capital .................................. 5.000.000
Reserva legal ............................ 172.471
Reserva p/aumento de capital.... 268.642
Lucro acumulado ....................... 617.356 ........ 6.058.469
TOTAL ............................................................... 15.115.000
Praticando...Praticando... 1
c) Calcule o Estoque Final de acordo com os dados fornecidos a seguir: A Empresa
ABC tinha em seu estoque 20 computadores, comprou mais 16 e vendeu 30% do
seu estoque. Quantos computadores ficaram no seu estoque final?
d) Você acha importante para a empresa controlar seu estoque de mercadoria? Comente.
e) Comente sobre a importância da Empresa elaborar suas Demonstrações de
Resultados.
12
Contabilidade A12
Responda:
a) O que você entende por Depreciação de um Bem?
b) Como se calcula o Custo da Mercadoria Vendida?
13
Contabilidade A12
Nesta aula, você estudou a análise da situação do patrimônio de uma
empresa, a identificação das contas transitórias na apuração do lucro e a
elaboração das demonstrações de resultado.
Seguindo os passos desenvolvidos no exemplo anteriormente apresentado
e considerando os dados a seguir, elabore:
a) apuração e contabilização do lucro bruto;
b) cálculo e contabilização das depreciações;
c) transferência das contas de receita e despesa para a conta resultado
do exercício;
d) cálculo e contabilização da provisão para o imposto de renda;
e) distribuição do lucro e formação de reservas;
f) elaboração do balancete final;
g) elaboração do balanço patrimonial.
Dados para desenvolvimento da autoavaliação:
(1) BALANCETE DE VERIFICAÇÃO DA EMPRESA NORDESTE
CONTAS DEVEDORAS
Caixa .................................................. 100.000
Banco conta movimento .................... 1.100.000
Duplicatas a receber ......................... 2.000.000
Estoques ......................................... 1.800.000
Depósito compulsório LP ....................... 50.000
14
Contabilidade A12
Participações 130.000
Imóveis 7.000.000
Máquinas e equipamentos 500.000
Móveis e utensílios 660.000
Veículos 480.000
Compras 8.000,000
Despesas administrativas 1.000.000
Despesas tributárias 44.000
Despesas financeiras 82.000
Despesas com vendas 100.000
ICMS 670.000
Total 23.716.000
CONTAS CREDORAS
Fornecedores 1.835.000
Duplicatas a pagar 500.000
Obrigações trabalhistas 235.000
Obrigações tributárias 200.000
Empréstimos bancários Curto prazo 900.000
Empréstimos bancários Longo prazo 1.600.000
Capital 8.000,000
Reserva Legal 130.000
Reserva para aumento de capital 220.000
Depreciações acumuladas 60.000
Vendas 10.000,000
Receitas financeiras 36.000
Total 23.716.000
(2) Estoque final no valor de 3.450,000
(3) Resultado do cálculo da depreciação
Imóveis 148.900
Máquinas e equipamentos 56.000
Móveis e utensílios 82.000
Veículos 30.000
(4) Provisão para o Imposto de Renda é de 30% sobre o lucro do exercício,
favor considerar como sendo o lucro real
(5) Distribuição do lucro líquido do exercício, conforme abaixo:
Reserva legal 10%
Reserva para aumento de capital 20%
Distribuição aos sócios 30%
Lucros acumulados 40%
15
Contabilidade A12
Referências
FACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E CONTABILIDADE DA USP. FEA/USP. Equipe
de professores. Contabilidade introdutória. 10. ed. São Paulo: Atlas, 2006.
FRANCO, Hilário. Contabilidade comercial. 13. ed. São Paulo: Atlas, 1996.
Anotações
16
Contabilidade A12
Anotações
Contabilidade 12
Contabilidade 12

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Livro contabilidade intermediaria 2
Livro contabilidade intermediaria 2Livro contabilidade intermediaria 2
Livro contabilidade intermediaria 2zeramento contabil
 
Contabilidade Gerencial Estrategica
Contabilidade Gerencial EstrategicaContabilidade Gerencial Estrategica
Contabilidade Gerencial Estrategicaluizjorges
 
Práticas Financeiras e Contábeis - :Aulas 9 e 10
Práticas Financeiras e Contábeis - :Aulas 9 e 10Práticas Financeiras e Contábeis - :Aulas 9 e 10
Práticas Financeiras e Contábeis - :Aulas 9 e 10Wandick Rocha de Aquino
 
contas-contabeis
contas-contabeiscontas-contabeis
contas-contabeisdrifrutal
 
Contabilidade intermediaria
Contabilidade intermediariaContabilidade intermediaria
Contabilidade intermediariacunha1981
 
Módulo 2 contabilidade gerencial
 Módulo 2  contabilidade gerencial Módulo 2  contabilidade gerencial
Módulo 2 contabilidade gerencialPUC Minas
 
Módulo 4 contabilidade gerencial
Módulo 4   contabilidade gerencialMódulo 4   contabilidade gerencial
Módulo 4 contabilidade gerencialPUC Minas
 
Contabilidade gerencial- Professor Danilo Pires
Contabilidade gerencial- Professor Danilo PiresContabilidade gerencial- Professor Danilo Pires
Contabilidade gerencial- Professor Danilo PiresDanilo Pires
 
Livro pdf - Fundamentos da Contabilidade - Prof MSc Uanderson Rébula
Livro pdf - Fundamentos da Contabilidade - Prof MSc Uanderson RébulaLivro pdf - Fundamentos da Contabilidade - Prof MSc Uanderson Rébula
Livro pdf - Fundamentos da Contabilidade - Prof MSc Uanderson RébulaProf MSc Uanderson Rebula
 
Aula 4 debito e credito
Aula 4  debito e creditoAula 4  debito e credito
Aula 4 debito e creditoElane Silva
 
Práticas Financeiras e Contábeis - Aulas 7 e 8
Práticas Financeiras e Contábeis - Aulas 7 e 8Práticas Financeiras e Contábeis - Aulas 7 e 8
Práticas Financeiras e Contábeis - Aulas 7 e 8Wandick Rocha de Aquino
 
Fundamentos de contabilidade
Fundamentos de contabilidadeFundamentos de contabilidade
Fundamentos de contabilidadeAndrei Felipe
 

Mais procurados (20)

Contabilidade 03
Contabilidade 03Contabilidade 03
Contabilidade 03
 
Contabilidade 13
Contabilidade 13Contabilidade 13
Contabilidade 13
 
Contabilidade 02
Contabilidade 02Contabilidade 02
Contabilidade 02
 
Contabilidade respostas 00
Contabilidade respostas 00Contabilidade respostas 00
Contabilidade respostas 00
 
Aula 1
Aula 1Aula 1
Aula 1
 
Livro contabilidade intermediaria 2
Livro contabilidade intermediaria 2Livro contabilidade intermediaria 2
Livro contabilidade intermediaria 2
 
Contabilidade 05
Contabilidade 05Contabilidade 05
Contabilidade 05
 
Contabilidade Gerencial Estrategica
Contabilidade Gerencial EstrategicaContabilidade Gerencial Estrategica
Contabilidade Gerencial Estrategica
 
Práticas Financeiras e Contábeis - :Aulas 9 e 10
Práticas Financeiras e Contábeis - :Aulas 9 e 10Práticas Financeiras e Contábeis - :Aulas 9 e 10
Práticas Financeiras e Contábeis - :Aulas 9 e 10
 
contas-contabeis
contas-contabeiscontas-contabeis
contas-contabeis
 
Contabilidade intermediaria
Contabilidade intermediariaContabilidade intermediaria
Contabilidade intermediaria
 
Módulo 2 contabilidade gerencial
 Módulo 2  contabilidade gerencial Módulo 2  contabilidade gerencial
Módulo 2 contabilidade gerencial
 
Módulo 4 contabilidade gerencial
Módulo 4   contabilidade gerencialMódulo 4   contabilidade gerencial
Módulo 4 contabilidade gerencial
 
Contabilidade gerencial- Professor Danilo Pires
Contabilidade gerencial- Professor Danilo PiresContabilidade gerencial- Professor Danilo Pires
Contabilidade gerencial- Professor Danilo Pires
 
Aula de Contabilidade básica com Excel
Aula de Contabilidade básica com ExcelAula de Contabilidade básica com Excel
Aula de Contabilidade básica com Excel
 
Livro pdf - Fundamentos da Contabilidade - Prof MSc Uanderson Rébula
Livro pdf - Fundamentos da Contabilidade - Prof MSc Uanderson RébulaLivro pdf - Fundamentos da Contabilidade - Prof MSc Uanderson Rébula
Livro pdf - Fundamentos da Contabilidade - Prof MSc Uanderson Rébula
 
Contabilidade para não contadores
Contabilidade para não contadoresContabilidade para não contadores
Contabilidade para não contadores
 
Aula 4 debito e credito
Aula 4  debito e creditoAula 4  debito e credito
Aula 4 debito e credito
 
Práticas Financeiras e Contábeis - Aulas 7 e 8
Práticas Financeiras e Contábeis - Aulas 7 e 8Práticas Financeiras e Contábeis - Aulas 7 e 8
Práticas Financeiras e Contábeis - Aulas 7 e 8
 
Fundamentos de contabilidade
Fundamentos de contabilidadeFundamentos de contabilidade
Fundamentos de contabilidade
 

Destaque

Destaque (13)

Contabilidade 01
Contabilidade 01Contabilidade 01
Contabilidade 01
 
Razonetes cap i 2015
Razonetes cap i 2015Razonetes cap i 2015
Razonetes cap i 2015
 
Contabilidade de Custos - Conceitos Básicos
Contabilidade de Custos - Conceitos BásicosContabilidade de Custos - Conceitos Básicos
Contabilidade de Custos - Conceitos Básicos
 
Caderno de-exercicios-contab-ii
Caderno de-exercicios-contab-iiCaderno de-exercicios-contab-ii
Caderno de-exercicios-contab-ii
 
Classifique os custos
Classifique os custosClassifique os custos
Classifique os custos
 
Gabaritos exercicios aula_09
Gabaritos exercicios aula_09Gabaritos exercicios aula_09
Gabaritos exercicios aula_09
 
Contabilidade basica online m3 ar
Contabilidade basica online m3 arContabilidade basica online m3 ar
Contabilidade basica online m3 ar
 
Aula 13 contabilidade
Aula 13 contabilidadeAula 13 contabilidade
Aula 13 contabilidade
 
Livro caixa escrituração
Livro caixa escrituraçãoLivro caixa escrituração
Livro caixa escrituração
 
Rateio de custos indiretos por departamentos
Rateio de custos indiretos por departamentosRateio de custos indiretos por departamentos
Rateio de custos indiretos por departamentos
 
Guia
GuiaGuia
Guia
 
Testeconhecimentoscontabeis
TesteconhecimentoscontabeisTesteconhecimentoscontabeis
Testeconhecimentoscontabeis
 
Resumo contabilidade 2009
Resumo contabilidade 2009Resumo contabilidade 2009
Resumo contabilidade 2009
 

Semelhante a Contabilidade 12

Demonstrações financeiras
Demonstrações financeirasDemonstrações financeiras
Demonstrações financeirasCIRINEU COSTA
 
Cálculo do custo das mercadorias vendidas (cmv)
Cálculo do custo das mercadorias vendidas (cmv)Cálculo do custo das mercadorias vendidas (cmv)
Cálculo do custo das mercadorias vendidas (cmv)simuladocontabil
 
Prova 2012 02_tecnico_resolução .:. www.tc58n.wordpress.com
Prova 2012 02_tecnico_resolução  .:. www.tc58n.wordpress.comProva 2012 02_tecnico_resolução  .:. www.tc58n.wordpress.com
Prova 2012 02_tecnico_resolução .:. www.tc58n.wordpress.comClaudio Parra
 
Atps de contabilidade intermediária
Atps de contabilidade intermediáriaAtps de contabilidade intermediária
Atps de contabilidade intermediáriaarinemuller
 
Contabilidade geral exerc 3
Contabilidade geral exerc 3Contabilidade geral exerc 3
Contabilidade geral exerc 3J M
 
Apostila 10 orçamento de caixa
Apostila 10   orçamento de caixaApostila 10   orçamento de caixa
Apostila 10 orçamento de caixazeramento contabil
 
Cap 06 apuracao.de.resultado.e.regime.de.contabilidade
Cap 06 apuracao.de.resultado.e.regime.de.contabilidadeCap 06 apuracao.de.resultado.e.regime.de.contabilidade
Cap 06 apuracao.de.resultado.e.regime.de.contabilidadecapitulocontabil
 
Va contabilidade intermediaria_aula_01_impressao
Va contabilidade intermediaria_aula_01_impressaoVa contabilidade intermediaria_aula_01_impressao
Va contabilidade intermediaria_aula_01_impressaoCarlos Campos - MBA,ADM.
 
Aula 04 contabilidade
Aula 04 contabilidadeAula 04 contabilidade
Aula 04 contabilidadecontacontabil
 
Como atingir a eficiencia operacional em seu e-commerce
Como atingir a eficiencia operacional em seu e-commerceComo atingir a eficiencia operacional em seu e-commerce
Como atingir a eficiencia operacional em seu e-commerceSamuel Gonsales
 
Consolidação de balanços_parte 03
Consolidação de balanços_parte 03Consolidação de balanços_parte 03
Consolidação de balanços_parte 03Claudio Parra
 
APRESENTAÇÃO b.pptx
APRESENTAÇÃO b.pptxAPRESENTAÇÃO b.pptx
APRESENTAÇÃO b.pptxLucia393648
 
Adm capital de giro - questões com respostas
Adm capital de giro - questões com respostasAdm capital de giro - questões com respostas
Adm capital de giro - questões com respostasLeandro Trelesse Vieira
 

Semelhante a Contabilidade 12 (20)

Demonstrações financeiras
Demonstrações financeirasDemonstrações financeiras
Demonstrações financeiras
 
Contabilidade
ContabilidadeContabilidade
Contabilidade
 
Cálculo do custo das mercadorias vendidas (cmv)
Cálculo do custo das mercadorias vendidas (cmv)Cálculo do custo das mercadorias vendidas (cmv)
Cálculo do custo das mercadorias vendidas (cmv)
 
Desafio empresa Glamour
Desafio empresa GlamourDesafio empresa Glamour
Desafio empresa Glamour
 
Lista de exercícios_com_gabarito2
Lista de exercícios_com_gabarito2Lista de exercícios_com_gabarito2
Lista de exercícios_com_gabarito2
 
Planos de negócio
Planos de negócio Planos de negócio
Planos de negócio
 
Prova 2012 02_tecnico_resolução .:. www.tc58n.wordpress.com
Prova 2012 02_tecnico_resolução  .:. www.tc58n.wordpress.comProva 2012 02_tecnico_resolução  .:. www.tc58n.wordpress.com
Prova 2012 02_tecnico_resolução .:. www.tc58n.wordpress.com
 
Atps de contabilidade intermediária
Atps de contabilidade intermediáriaAtps de contabilidade intermediária
Atps de contabilidade intermediária
 
Aula12
Aula12Aula12
Aula12
 
Contabilidade geral exerc 3
Contabilidade geral exerc 3Contabilidade geral exerc 3
Contabilidade geral exerc 3
 
Apostila 10 orçamento de caixa
Apostila 10   orçamento de caixaApostila 10   orçamento de caixa
Apostila 10 orçamento de caixa
 
Cap 06 apuracao.de.resultado.e.regime.de.contabilidade
Cap 06 apuracao.de.resultado.e.regime.de.contabilidadeCap 06 apuracao.de.resultado.e.regime.de.contabilidade
Cap 06 apuracao.de.resultado.e.regime.de.contabilidade
 
Contabilidade comercial
Contabilidade comercialContabilidade comercial
Contabilidade comercial
 
Va contabilidade intermediaria_aula_01_impressao
Va contabilidade intermediaria_aula_01_impressaoVa contabilidade intermediaria_aula_01_impressao
Va contabilidade intermediaria_aula_01_impressao
 
Aula 04 contabilidade
Aula 04 contabilidadeAula 04 contabilidade
Aula 04 contabilidade
 
Aula 09 secretariado
Aula 09 secretariadoAula 09 secretariado
Aula 09 secretariado
 
Como atingir a eficiencia operacional em seu e-commerce
Como atingir a eficiencia operacional em seu e-commerceComo atingir a eficiencia operacional em seu e-commerce
Como atingir a eficiencia operacional em seu e-commerce
 
Consolidação de balanços_parte 03
Consolidação de balanços_parte 03Consolidação de balanços_parte 03
Consolidação de balanços_parte 03
 
APRESENTAÇÃO b.pptx
APRESENTAÇÃO b.pptxAPRESENTAÇÃO b.pptx
APRESENTAÇÃO b.pptx
 
Adm capital de giro - questões com respostas
Adm capital de giro - questões com respostasAdm capital de giro - questões com respostas
Adm capital de giro - questões com respostas
 

Mais de zeramento contabil

Mais de zeramento contabil (13)

Contabilidade respostas 00
Contabilidade respostas 00Contabilidade respostas 00
Contabilidade respostas 00
 
Rosa dos ventos
Rosa dos ventosRosa dos ventos
Rosa dos ventos
 
Tributario definicoes
Tributario definicoesTributario definicoes
Tributario definicoes
 
Tributario
TributarioTributario
Tributario
 
Resumo tributario
Resumo tributarioResumo tributario
Resumo tributario
 
P i s e confins na a quisição de m ercadorias e serviços
P i s e confins na a quisição de m ercadorias e serviçosP i s e confins na a quisição de m ercadorias e serviços
P i s e confins na a quisição de m ercadorias e serviços
 
Obrigação tributária lançamento
Obrigação tributária lançamentoObrigação tributária lançamento
Obrigação tributária lançamento
 
Lei geral
Lei geralLei geral
Lei geral
 
D tributario
D tributarioD tributario
D tributario
 
Calculos tributarios
Calculos tributariosCalculos tributarios
Calculos tributarios
 
Calculos trabalhistas rh
Calculos trabalhistas rhCalculos trabalhistas rh
Calculos trabalhistas rh
 
Calculos trabalhistas ir
Calculos trabalhistas irCalculos trabalhistas ir
Calculos trabalhistas ir
 
Calculos trabalhistas folha de pagamento
Calculos trabalhistas folha de pagamentoCalculos trabalhistas folha de pagamento
Calculos trabalhistas folha de pagamento
 

Contabilidade 12

  • 1. 12 Sônia Maria de Araújo Maria Selma da Costa Cabral C U R S O T É C N I C O E M O P E R A Ç Õ E S C O M E R C I A I S Apuração e Contabilização de Lucro Bruto, Apuração e Contabilização das Provisões CONTABILIDADE
  • 2. Coordenadora da Produção dos Materias Vera Lucia do Amaral Coordenador de Edição Ary Sergio Braga Olinisky Coordenadora de Revisão Giovana Paiva de Oliveira Design Gráfico Ivana Lima Diagramação Elizabeth da Silva Ferreira Ivana Lima José Antonio Bezerra Junior Mariana Araújo de Brito Arte e ilustração Adauto Harley Carolina Costa Heinkel Huguenin Leonardo dos Santos Feitoza Revisão Tipográfica Adriana Rodrigues Gomes Margareth Pereira Dias Nouraide Queiroz Design Instrucional Janio Gustavo Barbosa Jeremias Alves de Araújo Silva José Correia Torres Neto Luciane Almeida Mascarenhas de Andrade Revisão de Linguagem Maria Aparecida da S. Fernandes Trindade Revisão das Normas da ABNT Verônica Pinheiro da Silva Adaptação para o Módulo Matemático Joacy Guilherme de Almeida Ferreira Filho EQUIPE SEDIS | UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE – UFRN Projeto Gráfico Secretaria de Educação a Distância – SEDIS Governo Federal Ministério da Educação
  • 3. Você verá por aqui... Objetivo 1 Contabilidade A12 E sta aula será uma continuidade da aula anterior, visto que agora vamos nos deter em levantar um balanço patrimonial com mais dados, ou seja, mais completo. Partiremos de um exemplo, desenvolvido a partir do Balancete de Verificação da Cia Brasil apresentado na aula anterior (aula 11). Este balancete foi levantado em 31 de dezembro de 2006. O nosso ponto de partida é a aula anterior, pois reapresentaremos uma situação que foi descrita na aula 11, mas incluiremos nessa reapresentação mais alguns detalhes para que essa se mostre mais abrangente do que a da aula anterior. Desse modo, você terá oportunidade de ampliar seus conhecimentos a partir de uma situação já conhecida anteriormente. Da mesma forma, a autoavaliação que você irá fazer também buscará subsídios na referida aula.  Fazer uma análise da situação patrimonial de uma empresa.  Identificar as contas transitórias na apuração do lucro.  Elaborar as demonstrações de resultado.
  • 4. 2 Contabilidade A12 Para começo de conversa... Serviços contábeis Quando um bom Contabilista Oferece os seus ofícios, Ele já está preparado Para enfrentar sacrifícios, Fazer certo, nunca errado E escapar do emaranhado, Seja das leis ou dos vícios Faz parte dos seus serviços, Prevenir o seu patrão, Indicando as providências Para evitar confusão, Que já vem impregnada Muito bem embaralhada, Dentro da Legislação. Convém que os aplicadores Não arrisquem seu dinheiro, Comprando qualquer ação, Sem se precaver primeiro. Somente uma Auditoria Bem feita comprovaria Se o Balanço é verdadeiro. (A Saga do Contabilista – Paulo Fernando Torres Veras, 2003).
  • 5. 3 Contabilidade A12 Balancete de Verificação da Cia Brasil Os dados deste Balancete servirão de subsídios para resolver as questões a serem desenvolvidas nesta aula. Balancete de Verificação da Cia Brasil em 31 de dezembro de 2006 CONTAS DEVEDORAS CONTAS CREDORAS Caixa 315.000 Fornecedores 4.010.000 Banco conta movimento 730.000 Obrigações trabalhistas 481.000 Duplicatas a receber 1.100.000 Obrigações tributárias 342.000 Estoques 1.500.000 Empréstimo bancário CP 2.300.000 Depósito compulsório LP 470.000 Empréstimo bancário LP 1.201.370 Incentivos 40.000 Capital 5.000.000 Participações 130.000 Reserva legal 65.000 Imóveis 8.000.000 Reserva p/aumento de capital 53.700 Maquinas e Equipamentos 1.000.000 Lucro acumulado 80.000 Móveis e Utensílios 445.000 Vendas 8.000.000 Veículos 280.000 Receita financeira 49.930 Compras 6.000.000 Despesa Tributária 28.000 Despesa financeira 95.000 Despesa administrativa 900.000 Despesa com vendas 250.000 ICMS 300.000 TOTAL 2.158.300 TOTAL 2.158.300 Agora, sim! Vamos fazer passo a passo as operações necessárias para a apuração do resultado.
  • 6. 4 Contabilidade A12 1. Apuração e contabilização do lucro bruto 2. Cálculo e contabilização das depreciações. 3. Transferência das contas de receita e despesa para a conta resultado do exercício. 4. Cálculo e contabilização da provisão para o imposto de renda. 5. Distribuição do lucro e formação de reservas. 6. Elaboração do balancete final. 7. Elaboração do balanço patrimonial. Vamos lá. Precisamos conhecer como devemos proceder para conseguir a apuração e, em seguida, a contabilização do lucro bruto. Primeiro passo: apuração e contabilização do lucro bruto Para podermos apurar o lucro bruto é necessário fazermos antes o levantamento dos estoques ao final do exercício. Nas empresas industriais, o estoque é constituído de matérias-primas, produtos acabados, produtos em elaboração, material de embalagem e materiais diversos. Nas empresas comerciais, o estoque é constituído pelas mercadorias compradas para revenda. De acordo com o balancete apresentado, temos, no início do exercício social, um estoque no valor de R$ 1.500.000. Também está registrado na conta compra a importância de R$ 6.000.000. Suponhamos que o valor do estoque final da empresa, após inventário realizado, seu valor ficou em R$ 3.000.000. Tendo em mãos estes dados, já temos condição de apurar o custo das mercadorias vendidas. Esse custo será igual ao estoque inicial mais compras menos estoque final.
  • 7. Ou seja, Lucro Bruto = Vendas – Custo das mercadorias vendidas OU De acordo com o balancete da Cia. Brasil, temos: LB = V – CMV Vendas ...................................................... R$ 8.000.000 (balancete) Custo das mercadorias vendidas..................R$ 4.500.000 (calculada acima) Sendo assim, teremos: LB = 8.000.000 – 4.500.000 = 3.500.000 Agora, vamos fazer os lançamentos correspondentes. 5 Contabilidade A12 Custo das mercadorias vendidas Estoque inicial Compras Estoque final = + – OU CMV = EI + C – EF Temos os seguintes dados, de acordo com o balancete da Cia Brasil.  Estoque Inicial ............................................. 1.500.000 (balancete)  Compras ...................................................... 6.000.000 (balancete)  Estoque final ................................................ 3.000.000 (vlr.fornecido) Sendo assim, CMV = 1.500.000 + 6.000.000 – 3.000.000 = 4.500.000 CMV = 4.500.000 Agora, já podemos calcular o lucro bruto. Para tanto, é só deduzir do valor das vendas o custo das mercadorias vendidas.
  • 8. 6 Contabilidade A12 Lançamento 1. Diversos Estoque Vendas A Resultado das Vendas Valor do estoque final ............................... 3.000.000 Valor ref. vendas ...................................... 8.000.000 .................. 11.000.000 Lançamento 2 Resultado das Vendas A diversos A estoque inicial A compras Valor ref. estoque inicial ............................ 1.500.000 Valor ref. compras .................................. 6.000.000 ............ 7.500.000 Em seguida, vamos contabilizar as depreciações. Segundo Passo: cálculo e contabilização das depreciações “A conta Depreciação é conta de despesa, diminui o resultado do período. A conta Depreciação Acumulada é conta retificadora do Ativo permanente.” Observação: suponhamos que tenham sido calculadas as depreciações conforme abaixo: BENSBENS VALOR DA DEPRECIAÇÃOVALOR DA DEPRECIAÇÃO Imóveis 240.000 Móveis e Utensílios 15.000 Máquinas e Equipamentos 120.000 Veículos 20.000 Total 395.000 Faremos agora o lançamento correspondente às depreciações.
  • 9. 7 Contabilidade A12 Lançamento 3. Depreciações A Depreciações acumuladas Valor da depreciação dos imóveis ............................ 240.000 Valor da depreciação de Móveis e Utensílios .............. 15.000 Valor da depreciação de Máquinas e Equipamentos .. 120.000 Valor da depreciação de Veículos ............................... 20.000 .... 395.000 “O valor da Depreciação Acumulada não poderá ultrapassar o valor do Bem a ser depreciado. Suponhamos que a empresa comprou uma máquina no valor de R$ 8.000,00; a depreciação acumulada não poderá ultrapassar esse valor.” Terceiro passo: transferência das contas de receitas e de despesas para a conta resultado do exercício Relação das contas de Receitas Receitas financeiras .......................... 49.930 Resultado das vendas ................... 3.500.000 Lançamento 4 Diversos Receita financeira Resultado das Vendas A Resultado do Exercício Valor correspondente a receita financeira .............................. 49.930 Valor correspondente a resultado das vendas. 3.500.000 .... 3.549.930 Relação das contas de despesas Despesas administrativas .......................... 900.000 Despesas financeiras .................................. 95.000 Despesas tributárias ................................... 28.000 Despesas com vendas ............................... 250.000 ICMS ......................................................... 300.000 Depreciações ( lançto.3) ............................. 395.000 Total ....................................................... 1.968.000
  • 10. 8 Contabilidade A12 Lançamento 5 Resultado do Exercício A Diversos A despesas administrativas ................. 900.000 A despesas financeiras......................... 95.000 A despesas tributárias........................... 28.000 A despesas com vendas ..................... 250.000 A ICMS .............................................. 300.000 A depreciações .................................. 395.000 Valor correspondente a transferência das contas de despesa .... 1.968.000 Agora , vamos abrir um razonete para a conta Resultado do Exercício D RESULTADO DO EXERCÍCIO C 05) 1.968.000 3.549.930 (04 1.581.930 (saldo Esta conta apresenta um saldo credor = 1.581.930, o que corresponde ao lucro antes do Imposto de Renda. Quarto passo: cálculo e contabilização da provisão para o Imposto de Renda Sabendo-se que: O percentual do Imposto de Renda para a Cia Brasil é de 30% sobre o lucro real e que houve R$ 8.800 de despesas não dedutíveis e R$ 100.000 correspondentes ao excesso de retirada pelos sócios. O cálculo da provisão será: Lucro do exercício antes do Imposto de Renda ............... 1.581.930 + despesas não dedutíveis ................................................. 8.800 + Excesso de retirada dos sócios ..................................... 100.000 = Lucro real ................................................................. 1.690.730 Provisão para o Imposto de Renda 30% × 1.690.730 = 507.219
  • 11. 9 Contabilidade A12 Lançamento 6 Resultado do Exercício A Provisão para o Imposto de Renda Valor da provisão .......................................................... 507.219 Esquematizando: Lucro antes do Imposto de Renda .......................... 1.581.930 ( – ) Provisão para o Imposto de Renda ..................... 507.219 = Lucro do exercício depois do Imposto de Renda..... 1.074.711 Quinto passo: distribuição do lucro e formação de reservas A distribuição ficou de acordo com o discriminado abaixo: 20% Distribuição dos Sócios ..................................... 214.942 20% Reserva para aumento de capital ....................... 214.942 10% Reserva legal .................................................... 107.471 50% Lucros acumulados ........................................... 537.356 Total ..................................................................... 1.074.711 Lançamento 7 Resultado do Exercício A Diversos A Sócios conta lucro ................................................ 214.942 A Reserva para aumento de capital ........................... 214.942 A Reserva legal ........................................................ 107.471 A Lucro acumulado .................................................. 537.356 Valor ref. ao rateio do lucro depois do Imposto de Renda ..... 1.074.711
  • 12. 10 Contabilidade A12 Sexto passo: elaboração do Balancete final Saldo anterior ( Balancete ) Movimentação lançtos. encerramento Saldo atual Contas devedor credor débito crédito devedor credor Caixa 315.000 - - - 315.000 BCM 730.000 - - - 730.000 Dup.a Rec 1.100.000 - - - 1.100.000 Estoque 1.500.000 - 3.000.000 1.500.000 3.000.000 Dep.comp.LP 470.000 - - - 470.000 Particip. 130.000 - - - 130.000 Inc.fiscais 40.000 - - - 40.000 Imóveis 8.000.000 - - - 8.000.000 Mov.Utens. 445.000 - - - 445.000 Máq.Equip. 1.000.000 - - - 1.000.000 Veículo 280.000 - - - 280.000 Compras 6.000.000 - - 6.000.000 - Desp.Adm. 900.000 - - 900.000 - Desp.finac. 95.000 - - 95.000 - Desp.tribut. 28.000 - - 28.000 - Desp.vendas 250.000 - - 250.000 - ICMS 300.000 - - 300.000 - Fornecedor 4.010.000 - - - 4.010.000 Obrig.trib - 342.000 - - - 342.000 Obrig.trab - 481.000 - - - 481.000 Emp.BancCP - 2.300.000 - - - 2.300.000 Emp.Banc.LP - 1.201.370 - - - 1.201.370 Capital - 5.000.000 - - - 5.000.000 Res.Legal - 65.000 - 107.471 172.471 Res.aum cap - 53.700 - 214.942 268.642 Lucro - 80.000 - 537.356 617.356 Vendas - 8.000.000 8.000.000 - - - Rec.financ. - 49.930 49.930 - - - Provisão IR - - - 507.219 507.219 Sócio c/lucro - - - 214.942 - 214.942 Depreciações - - - 395.000 395.000 TOTAL 2.158.300 2.158.300 11.049.930 110.499.300 15.510.000 15.510.000 Balanço patrimonial da Cia Brasil ATIVO CIRCULANTE Caixa ................................... 315.000 Banco conta movimento ........ 730.000 Duplicata a receber ............ 1.100.000 Estoque ............................. 3.000.000 ....... 5.145.000
  • 13. 11 Contabilidade A12 REALIZÁVEL A LONGO PRAZO Depósito compulsório ......... 470.000 ....... 470.000 PERMANENTE Investimento Participação ....................... 130.000 Incentivos fiscais ................. 40.000........ 170.000 Imobilizado Imóveis ........................... 8.000.000 Móveis e utensílios ............. 445.000 Máquinas e equip............. 1.000.000 Veículos ............................. 280.000 ( - ) Depreciações ........... 395.000......... 9.330.000 TOTAL ................................................ 15.115.000 PASSIVO CIRCULANTE Fornecedores .................. 4.010.000 Obrigações tributárias ........ 342.000 Obrigações trabalhistas ...... 481.000 Empréstimos bancários .... 2.300.000 Sócios conta lucros ............ 214.942 Provisão para o Imposto de Renda .. 507.219 .... 7.855.161 EXIGÍVEL A LONGO PRAZO Empréstimos bancários ........... 1.201.370 ........ 1.201.370 PATRIMÔNIO LÍQUIDO Capital .................................. 5.000.000 Reserva legal ............................ 172.471 Reserva p/aumento de capital.... 268.642 Lucro acumulado ....................... 617.356 ........ 6.058.469 TOTAL ............................................................... 15.115.000
  • 14. Praticando...Praticando... 1 c) Calcule o Estoque Final de acordo com os dados fornecidos a seguir: A Empresa ABC tinha em seu estoque 20 computadores, comprou mais 16 e vendeu 30% do seu estoque. Quantos computadores ficaram no seu estoque final? d) Você acha importante para a empresa controlar seu estoque de mercadoria? Comente. e) Comente sobre a importância da Empresa elaborar suas Demonstrações de Resultados. 12 Contabilidade A12 Responda: a) O que você entende por Depreciação de um Bem? b) Como se calcula o Custo da Mercadoria Vendida?
  • 15. 13 Contabilidade A12 Nesta aula, você estudou a análise da situação do patrimônio de uma empresa, a identificação das contas transitórias na apuração do lucro e a elaboração das demonstrações de resultado. Seguindo os passos desenvolvidos no exemplo anteriormente apresentado e considerando os dados a seguir, elabore: a) apuração e contabilização do lucro bruto; b) cálculo e contabilização das depreciações; c) transferência das contas de receita e despesa para a conta resultado do exercício; d) cálculo e contabilização da provisão para o imposto de renda; e) distribuição do lucro e formação de reservas; f) elaboração do balancete final; g) elaboração do balanço patrimonial. Dados para desenvolvimento da autoavaliação: (1) BALANCETE DE VERIFICAÇÃO DA EMPRESA NORDESTE CONTAS DEVEDORAS Caixa .................................................. 100.000 Banco conta movimento .................... 1.100.000 Duplicatas a receber ......................... 2.000.000 Estoques ......................................... 1.800.000 Depósito compulsório LP ....................... 50.000
  • 16. 14 Contabilidade A12 Participações 130.000 Imóveis 7.000.000 Máquinas e equipamentos 500.000 Móveis e utensílios 660.000 Veículos 480.000 Compras 8.000,000 Despesas administrativas 1.000.000 Despesas tributárias 44.000 Despesas financeiras 82.000 Despesas com vendas 100.000 ICMS 670.000 Total 23.716.000 CONTAS CREDORAS Fornecedores 1.835.000 Duplicatas a pagar 500.000 Obrigações trabalhistas 235.000 Obrigações tributárias 200.000 Empréstimos bancários Curto prazo 900.000 Empréstimos bancários Longo prazo 1.600.000 Capital 8.000,000 Reserva Legal 130.000 Reserva para aumento de capital 220.000 Depreciações acumuladas 60.000 Vendas 10.000,000 Receitas financeiras 36.000 Total 23.716.000 (2) Estoque final no valor de 3.450,000 (3) Resultado do cálculo da depreciação Imóveis 148.900 Máquinas e equipamentos 56.000 Móveis e utensílios 82.000 Veículos 30.000 (4) Provisão para o Imposto de Renda é de 30% sobre o lucro do exercício, favor considerar como sendo o lucro real (5) Distribuição do lucro líquido do exercício, conforme abaixo: Reserva legal 10% Reserva para aumento de capital 20% Distribuição aos sócios 30% Lucros acumulados 40%
  • 17. 15 Contabilidade A12 Referências FACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E CONTABILIDADE DA USP. FEA/USP. Equipe de professores. Contabilidade introdutória. 10. ed. São Paulo: Atlas, 2006. FRANCO, Hilário. Contabilidade comercial. 13. ed. São Paulo: Atlas, 1996. Anotações