SlideShare uma empresa Scribd logo
Sequência Didática de Língua Portuguesa - 5° ano
“O Pulo do gato”
Gêneros textuais: Texto narrativo; texto informativo; Texto humorístico(piada); Texto instrucional
(receita).
Conteúdos:
 Interpretação oral e escrita;
 Ampliação vocabular;
 Sinais de Pontuação;
 Encontros vocálicos e consonantais;
 Dígrafos;
 Pronomes pessoais;
 Singular / plural;
 Artigos definidos e indefinidos;
 Uso das letras G e J.
 Produção textual.
Objetivos:
 Ler e interpretar textos com autonomia;
 Ler e interpretar textos de diversos gêneros;
 Compreender, identificar e utilizar em suas produções escritas: os sinais de pontuação;
encontros vocálicos e consonantais; dígrafos; pronomes pessoais; artigos definidos e
indefinidos.
 Compreender o uso do singular e plural em frases, assim como o uso das letras G e J em
suas produções escritas.
 Produzir textos coerentes e coesos.
Metodologia:
AULA 1
 Iniciar a aula realizando a leitura do texto:
 Silenciosa;
 Feita pelo professor;
 Coral (jogralizada).
O PULO DO GATO
Dona Onça queria ficar mais ágil para poder pegar o esperto coelhinho, por isso resolveu tomar
umas aulas de pulo com o primo Gato.
O gato aceitou a aluna e o curso de pulos começou.
Como saltava bem o mestre Gato! A Onça esforçava-se o mais que podia para aprender, pois
sonhava pegar o coelho o mais depressa possível. Observava bem o Gato e... puft! – dava um salto
igualzinho.
Em uma das vezes que a Onça olhava fixamente o mestre, ela reparou que ele estava bem
gordo. Sua boca encheu d’água: “Que boba sou eu! Em vez de pagar as lições, vou comer o professor no
final do curso, assim ele não contará nada ao coelho”.
O Gato percebeu o olhar diferente da Onça e ficou desconfiado. A aula continuou, até que o
mestre parou e disse:
- Pronto, Sá Onça, já lhe ensinei tudo o que sabia. Agora é só pagar as lições, conforme o
combinado. Fingindo que ia pagar as lições, a Onça deu um bote sobre o professor, mas o Gato pulou
para trás, numa rapidez incrível. Desapontada com o fracasso, a Onça reclamou:
- Esse pulo você não me ensinou, primo!
O gato, já subindo rápido pelo tronco de uma palmeira, gritou:
- Esse pulo é segredo, prima: é o pulo do gato!
Lucina M. M. Passos. Adaptação do folclore.
Interpretação Oral.
*Quem queria tomar aulas?
*Por que Dona onça queria tomar aulas?
*Por que o Gato teria que ser seu professor?
*Qual foi o desfecho da história?
Interpretação escrita.
1) Por que a dona Onça queria tomar aulas?
2) O que significa “tomar” umas aulas?
3) Que outros significados têm a palavra tomar?
4) A onça resolveu tomar aulas porque:
( ) ficou desconfiada.
( ) queria ficar mais ágil.
( ) queria enganar o gato.
( ) queria pegar o gato e o coelhinho.
5) O gato era um bom professor? Justifique.
6) O gato ficou desconfiado porque:
( ) gostava de dar aulas
( ) percebeu o olhar diferente da onça
( ) gostava de ensinar muitos pulos
( ) subia rápido pelo tronco das palmeiras
7) A onça pensava em pegar o coelhinho. Por que mudou de ideia?
8) Por que o gato não ensinou um dos pulos? Justifique com base no texto.
9) Há traço de ironia no trecho:
( ) “ O gato aceitou a aluna e o curso de pulos começou.”
( ) “ ― Pronto, Sá Onça, já lhe ensinei tudo o que sabia.”
( ) “ ― Agora é só pagar as lições, conforme combinado.”
( ) “ ― Esse pulo é segredo, prima: é o pulo do gato!”
Produção de texto:
10) Represente o texto através de HQ.
AULA 2
*Leitura coletiva.
*Leitura feita pelo professor.
PULO DO GATO
A expressão “pulo do gato” significa “segredo profissional”. Segundo o pesquisador e escritor
Silvio Romero, a expressão deriva da seguinte fábula mineira: a onça sempre ficou muito admirada
com a agilidade do gato, e resolveu pedir umas aulas. O gato achou ótima a ideia e começou a dar
aulas à onça. Achando que já sabia tudo, a onça resolveu atacar o gato, para pegá-lo como refeição,
mas o gato simplesmente sumiu. Depois de alguns dias, ao encontrar o gato, a onça perguntou:
“Compadre, esse pulo você não me ensinou...”. E o gato, muito esperto, respondeu: “É ele que me
mantém vivo!”
(Marcelo Duarte. O guia dos curiosos: Língua Portuguesa. São Paulo: Editora Panda, 2003. p.188)
Interpretação oral:
*Que tipo de texto é esse?
*O que significa “Pulo do gato”?
*Vocês já leram este tipo de texto? Onde?
Interpretação escrita:
*Entregar questões impressas para os alunos:
1) Lendo os dois textos, pulo do gato é:
( ) um pesquisador.
( ) uma ótima idéia.
( ) um segredo profissional.
( ) uma fábula.
2)O texto acima trata de:
( ) explicar como o gato é esperto.
( ) explicar a expressão pulo do gato.
( ) mostrar a fábula de uma forma
diferente.
( ) mostrar o que é segredo profissional.
3)O trecho em que percebemos o pensa-
mento da onça é:
( ) “ Que boba sou eu! Em vez de pagar as
lições...”
( ) “ Esse pulo você não me ensinou, primo!”
( ) “ Esse pulo é segredo, prima: é o pulo do
gato!”
( ) “ Pronto, Sá Onça, já lhe ensinei tudo
o que sabia.”
6)A pontuação difere nos textos? Por quê?
__________________________________________________________________________________ _
___________________________________________________________________________________
4)O sinal de pontuação que marca fala de personagem no
texto 1 e no texto 2, respectivamente são:
( ) travessão e ponto
( ) travessão e aspas
( ) aspas e travessão
( ) exclamação e ponto final
5)O trecho em que se percebe o narrador é:
( ) “ ― Pronto, Sá Onça, já lhe ensinei tudo o que
sabia.”
( ) O gato aceitou a aluna e o curso de pulos começou.
( ) “ Esse pulo é segredo, prima: é o pulo do gato!”
( ) “ Compadre, esse pulo você não me ensinou...”
7) No 6º parágrafo do texto 1, aparece a palavra bote. A palavra “bote” tem vários significados. Qual é o mais
adequado ao sentido do texto? Pinte a alternativa correta.
 Pequena embarcação movida a remos, a vela ou a motor para pequenos serviços de navios no porto ou em rios,
também usada em passeios por mares, lagos rios ou lagoas.
 Golpe de arma branca; estocada, cutilada.
 Salto de um animal para atacar uma presa ou para defender-se.
8) Escreva uma frase para cada significado da palavra bote.
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________
9)A onça é um grande felino carnívoro. Que outros felinos você conhece?
_________________________________________________________________
Relembrando
Encontro vocálico é o encontro de duas ou mais vogais em uma palavra.
Exemplos: coração, mamãe, herói, loiro, Paraguai, ciúme e poético.
Classificação do encontro vocálico: ditongo, hiato e tritongo.
DITONGO -> é o encontro de duas vogais pronunciadas na mesma sílaba.
Exemplos:
água -> á – gua espécie -> es – pé – cie muito -> mui – to
HIATO -> é o encontro de duas vogais pronunciadas em sílabas separadas.
Exemplos:
receoso -> re – ce – o – so triunfo -> tri – un – fo
TRITONGO -> é o encontro de três vogais pronunciadas na mesma sílaba.
Exemplos:
saguões -> sa – guões quaisquer -> quais – quer enxaguou -> en – xa – guou
Encontro consonantal é o encontro de duas consoantes, as duas consoantes são pronunciadas.
Exemplos com as consoantes na mesma sílaba:
Pedra -> pe – dra Planta -> plan – ta Glicose -> gli – co – se
Exemplos com as consoantes em sílabas separadas:
Garfo -> gar – fo Ignorar -> ig – no – rar Vista -> vis – ta
ATIVIDADES
1)Retire do texto 1 e escreva abaixo:
*5 palavras com ditongo:
*3 palavras com hiato:
2) Agora, escreva abaixo 3 palavras com tritongo:
3)Complete o quadro dos encontros consonantais:
PALAVRA SEPARAÇÃO SILÁBICA ENCONTRO CONSONANTAL
Coelhinho
Primo
Mestre
Aprender
Coelho
Depressa
Olhava
Encheu
Professor
Olhar
Sobre
Incrível
Trás
Fracasso
Reclamou
Tronco
Segredo
PARA CASA
*Recorte de revistas/jornais e cole em seu caderno:
a) 1 palavra com ditongo:
b) 1 palavra com hiato:
c) 1 palavra com tritongo:
d) 5 palavras com encontro consonantal.
Aula 3
*Leitura coletiva;
*Leitura feita pelo professor.
Leia a piada(Texto 3):
― O que você faria se estivesse agora na selva e uma onça aparecesse na sua frente?
― Ora, eu dava um tiro nela.
― Mas e se você não tivesse nenhuma arma de fogo?
― Bom, então eu matava ela com meu facão.
― E se você estivesse sem o facão?
― Apanhava um pedaço de pau.
― E se não tivesse nenhum pedaço de pau?
― Subiria na árvore mais próxima!
― E se não tivesse nenhuma árvore?
― Sairia correndo.
― E se você estivesse paralisado de medo?
― Mas, afinal, você é meu amigo ou amigo da onça?
(Marcelo Duarte. O guia dos curiosos: Língua Portuguesa. São Paulo: Editora Panda, 2003. p.197)
Interpretação escrita:
1) A finalidade desse texto é:
( ) apresentar dados sobre a onça.
( ) informar sobre a onça.
( ) divertir o leitor.
( ) instruir sobre como se proteger das onças .
2) O que significa “amigo-da-onça”?
3) O texto 1 e o texto 3:
( ) narram situações onde aparece uma onça.
( ) informam como se defender das onças.
( ) descrevem situações sobre uma onça.
4) Observe o texto 3. Que sinais de pontuação foram utilizados no diálogo?
5) Que outros sinais de pontuação você conhece?
*Iniciar a aula em sala. Depois, dirigir-se ao laboratório de informática para realizar pesquisa
sobre os sinais de pontuação e sinais gráficos.
6) Com base nas respostas anteriores e pesquisa no laboratório de informática monte o quadro abaixo com os
sinais de pontuação mais usados.
Sinal Nome do sinal Quando se usa
. Ponto final
Ponto de interrogação Para indicar pergunta direta.
Ponto de exclamação
,
Para separar expressões explicativas;
Para separar itens de uma lista;
Para separar vocativo.
Para introduzir fala de personagem;
Antes de citação;
Para introduzir itens de uma lista.
Travessão
...
Para indicar suspensão ou interrupção do pensamento.
Aspas
Antes e depois de uma citação de texto;
Para destacar expressões, palavras estrangeiras,
gírias, falas de personagem, etc.
Exclamação
:
7) Pesquise quais são os sinais gráficos. Para que servem?
___________________________________________________________________________________
8) No texto 3 existem palavras com sinais gráficos. Copie 3 palavras que tenham esses sinais.
___________________________________________________________________________________
PARA CASA
9) Vamos brincar com os sinais de pontuação? Reescreva as frases abaixo usando diferentes pontuações.
a. Cuidado com a onça não podemos brincar
b. A onça não falou a verdade
PRODUÇÃO DE TEXTO
Oralmente:
O texto 3 é uma piada feita somente com o diálogo entre os personagens. Vocês conhecem outras piadas?
Quais? Vamos contar para os colegas, mas só valem piadas de salão.
PRODUÇÃO DE TEXTO
Depois de conversarmos e contarmos piadas em sala, vamos escrever um texto de humor. (Não esqueça de
definir o gênero. HQ, piada...)
a. Escolha um local (sala de aula, mercado, parque, ônibus, casa, rua...);
b. Escolha as personagens (ciclista, mulher com cachorro, motorista de ônibus, mulher e homem, três amigos,
professora e alunos, torcedores ...);
c. Imagine um diálogo envolvendo as personagens que você escolheu;
d. Crie situações com acontecimentos inesperados, reações surpreendentes, argumentos sem sentido,
desculpas, exageros....
e. Utilize, no diálogo, os sinais de pontuação que você já estudou (não esqueça você pode utilizar travessão ou
aspas para indicar a fala de personagens, mas não misture as duas formas).
Aula 4
 Relembre o trecho que você leu:
“Em uma das vezes que a Onça olhava fixamente o mestre, ela reparou que ele estava bem gordo. Sua boca
encheu d’água: “Que boba sou eu!”
As palavras em destaque são pronomes do caso reto. Os pronomes são usados para evitar a repetição de
palavras.
1) No trecho “...Onça olhava fixamente o mestre, ela reparou que...” a palavra em destaque refere-se:
( ) ao mestre
( ) à onça
( ) ao gato
( ) ao coelhinho
2) No trecho “Que boba sou eu!” a palavra em destaque refere-se:
( ) ao mestre
( ) à onça
( ) ao gato
( ) ao coelhinho
3) Sua boca encheu d’água: “Que boba sou eu!:
A palavra em destaque refere-se
( ) à onça. ( ) ao gato.
4) Existem somente pronomes do caso reto? Vamos conversar e escrever um pouco sobre o assunto:
5) Substitua os substantivos que se repetem por pronomes, para evitar repetição. Sem alterar o sentido.
a. A onça queria ficar mais ágil. A onça resolveu tomar aulas.
b. O gato percebeu o olhar da onça. O gato é esperto.
c. Adriana ganhou um livro, mas Adriana ainda não o leu.
d. Eduardo gosta de desenhar. Eduardo quer ser cartunista.
e. Ana gosta muito de ler. Ana tem muitos livros em casa.
6) Observe as palavras:
COELHO IGUALZINHO ENCHEU ONÇA BEM
7) O que as palavras têm em comum?
8)O que são dígrafos? Quais são?
9)Pesquise em jornais e revistas palavras que tenham dígrafos. Recorte e cole 10 palavras em seu caderno.
10) Monte um caça palavras. Utilize palavras que tenham dígrafos.
11) No texto há palavras no singular e no plural. Copie 3.
Plural singular
12) Reescreva as seguintes frases como se existissem várias onças tomando aulas.
A onça queria ficar mais ágil para poder pegar o esperto coelhinho, por isso resolveu tomar umas aulas de pulo com
o primo gato.
Em uma das vezes que a onça olhava fixamente o mestre, ela reparou que ele estava bem gordo.
13) Quando escrevemos as frases no plural, precisamos mudar todas as palavras? Por quê?
14) Escreva uma frase no plural e a represente por meio de desenhos.
AULA 5
O Gato percebeu o olhar diferente da Onça e ficou desconfiado. A aula continuou, até que o mestre parou e
disse...
As palavras em destaque são artigos. Os artigos podem ser definidos ou indefinidos.
1) Por que “da” antes da palavra Onça foi marcado como artigo?
___________________________________________________________________________________
___________________________
2) Leia o Texto 4.
Maria-mole
2 pacotes de gelatina sem sabor
2 copos de água morna
2 copos de açúcar
coco ralado
gotas de baunilha
Complete as frases a seguir com artigos.
Desmanche ___ gelatina ___ água sem levar ao fogo. Junte ___açúcar e ___ baunilha, bata por 20
minutos ___ batedeira. Despeje ___ pirex, cubra com ___ coco ralado e ponha para gelar. Depois é só
cortar em quadradinhos e está pronto.
(Ricardo Azevedo, op. Cit, p.67)
3)“Desmanche a gelatina... e está pronto.” Neste trecho o autor:
( ) ensina a colocar artigos.
( ) ensina a fazer a maria-mole.
( ) dá dicas sobre a maria-mole.
( ) faz propaganda da maria-mole.
4)Às vezes, em certas situações, o artigo pode adquirir um sentido diferente do usual. Reescreva as frases a
seguir, substituindo o artigo destacado por uma palavra de sentido equivalente:
a) Minha mãe comprou peras de cinco reais o quilo. (cada)
b) Esperei por ele uma meia hora. (aproximadamente)
c) Ele falou de uma maneira que me magoou. (tal)
d) Hoje ele deve ter uns trinta anos. (aproximadamente)
Vamos aprender um pouco mais!!!
6) As palavras “ágil” e “viagem” têm algo em comum? O que é?
___________________________________________________________________________________
7) Procure em jornais e revistas palavras que tenham GE ou GI. Depois, escreva-as abaixo:
___________________________________________________________________________________
8) Há outra letra, além do G, que também produz o mesmo SOM de GE/GI. Qual é?
___________________________________________________________________________________
9) Complete as palavras abaixo com “g” ou “j”.
....anela ....aca ....abuticaba ....amanta ....oelho ....ogar
....ogral ....uba ....udeu ....udicial ....unco ....úri
10) Você completou alguma palavra com g? Por quê?
___________________________________________________________________________________
11) Você já viu escrito “viajem” com j? Qual é a forma correta? Por quê? Exemplifique.
___________________________________________________________________________________
PARA CASA
12) Recorte e cole em seu caderno palavras que tenham “g” e “j”, organizando-as em listas.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Poema o menino azul de Cecília Meireles - Análise e entendimento
Poema  o menino azul de  Cecília Meireles - Análise e entendimento Poema  o menino azul de  Cecília Meireles - Análise e entendimento
Poema o menino azul de Cecília Meireles - Análise e entendimento
Mary Alvarenga
 
Sugestões de palavras e expressões para o uso em relatórios
Sugestões de palavras e expressões para o uso   em relatóriosSugestões de palavras e expressões para o uso   em relatórios
Sugestões de palavras e expressões para o uso em relatórios
ELIANE GARCIA
 
A paz - Análise e entendimento da música
A paz   - Análise e entendimento da músicaA paz   - Análise e entendimento da música
A paz - Análise e entendimento da música
Mary Alvarenga
 
Aquarela de Toquinho - Análise e entendimento da música
Aquarela  de Toquinho - Análise e entendimento da música Aquarela  de Toquinho - Análise e entendimento da música
Aquarela de Toquinho - Análise e entendimento da música
Mary Alvarenga
 
Parecer de uma aluno com dificuldade em matemática
Parecer de uma aluno com dificuldade em matemáticaParecer de uma aluno com dificuldade em matemática
Parecer de uma aluno com dificuldade em matemática
SimoneHelenDrumond
 
Sequencia receita culinaria_abril_2012
Sequencia receita culinaria_abril_2012Sequencia receita culinaria_abril_2012
Sequencia receita culinaria_abril_2012
Professora Cida
 
Fichas de leitura para alfabetização-2023.pdf
Fichas de leitura  para alfabetização-2023.pdfFichas de leitura  para alfabetização-2023.pdf
Fichas de leitura para alfabetização-2023.pdf
Mary Alvarenga
 
Produzindo texto
Produzindo textoProduzindo texto
Produzindo texto
Mary Alvarenga
 
Modelo de parecer descritivo
Modelo de parecer descritivoModelo de parecer descritivo
Modelo de parecer descritivo
SimoneHelenDrumond
 
Ficha de leitura sílabas complexas
Ficha de leitura sílabas complexasFicha de leitura sílabas complexas
Ficha de leitura sílabas complexas
GeaneFerreira15
 
Apostila do 1° ano 5° ano 2011
Apostila do 1° ano 5° ano 2011Apostila do 1° ano 5° ano 2011
Apostila do 1° ano 5° ano 2011
Adriana Mello
 
Sequência didática o circo
Sequência didática o circoSequência didática o circo
Sequência didática o circo
Luana Maria Ferreira Fernandes
 
Vamos construir de Sandy e Júnior - Análise e entendimento da música
Vamos construir  de  Sandy e Júnior  - Análise e entendimento da música Vamos construir  de  Sandy e Júnior  - Análise e entendimento da música
Vamos construir de Sandy e Júnior - Análise e entendimento da música
Mary Alvarenga
 
As cores II
As cores IIAs cores II
As cores II
Claudia Ramos
 
III Atividade Avaliatíva de Geofgrafia e História 3º ano pdf
III Atividade Avaliatíva de Geofgrafia e História 3º ano pdfIII Atividade Avaliatíva de Geofgrafia e História 3º ano pdf
III Atividade Avaliatíva de Geofgrafia e História 3º ano pdf
André Moraes
 
Atividades de matemática para o 5º ano
Atividades de matemática  para o 5º ano Atividades de matemática  para o 5º ano
Atividades de matemática para o 5º ano
Mary Alvarenga
 
Gênero textual: cartão, convite. biografia, narração, história em quedrinho (...
Gênero textual: cartão, convite. biografia, narração, história em quedrinho (...Gênero textual: cartão, convite. biografia, narração, história em quedrinho (...
Gênero textual: cartão, convite. biografia, narração, história em quedrinho (...
Mary Alvarenga
 
O Caderno de Toquinho - Análise e entendimento da música
O Caderno  de Toquinho - Análise e entendimento da músicaO Caderno  de Toquinho - Análise e entendimento da música
O Caderno de Toquinho - Análise e entendimento da música
Mary Alvarenga
 
Alfabetização_28 palavras completa
Alfabetização_28 palavras completaAlfabetização_28 palavras completa
Alfabetização_28 palavras completa
Isa ...
 
Atividades para alunos com baixa visão
Atividades para alunos com baixa visãoAtividades para alunos com baixa visão
Atividades para alunos com baixa visão
joelma dias
 

Mais procurados (20)

Poema o menino azul de Cecília Meireles - Análise e entendimento
Poema  o menino azul de  Cecília Meireles - Análise e entendimento Poema  o menino azul de  Cecília Meireles - Análise e entendimento
Poema o menino azul de Cecília Meireles - Análise e entendimento
 
Sugestões de palavras e expressões para o uso em relatórios
Sugestões de palavras e expressões para o uso   em relatóriosSugestões de palavras e expressões para o uso   em relatórios
Sugestões de palavras e expressões para o uso em relatórios
 
A paz - Análise e entendimento da música
A paz   - Análise e entendimento da músicaA paz   - Análise e entendimento da música
A paz - Análise e entendimento da música
 
Aquarela de Toquinho - Análise e entendimento da música
Aquarela  de Toquinho - Análise e entendimento da música Aquarela  de Toquinho - Análise e entendimento da música
Aquarela de Toquinho - Análise e entendimento da música
 
Parecer de uma aluno com dificuldade em matemática
Parecer de uma aluno com dificuldade em matemáticaParecer de uma aluno com dificuldade em matemática
Parecer de uma aluno com dificuldade em matemática
 
Sequencia receita culinaria_abril_2012
Sequencia receita culinaria_abril_2012Sequencia receita culinaria_abril_2012
Sequencia receita culinaria_abril_2012
 
Fichas de leitura para alfabetização-2023.pdf
Fichas de leitura  para alfabetização-2023.pdfFichas de leitura  para alfabetização-2023.pdf
Fichas de leitura para alfabetização-2023.pdf
 
Produzindo texto
Produzindo textoProduzindo texto
Produzindo texto
 
Modelo de parecer descritivo
Modelo de parecer descritivoModelo de parecer descritivo
Modelo de parecer descritivo
 
Ficha de leitura sílabas complexas
Ficha de leitura sílabas complexasFicha de leitura sílabas complexas
Ficha de leitura sílabas complexas
 
Apostila do 1° ano 5° ano 2011
Apostila do 1° ano 5° ano 2011Apostila do 1° ano 5° ano 2011
Apostila do 1° ano 5° ano 2011
 
Sequência didática o circo
Sequência didática o circoSequência didática o circo
Sequência didática o circo
 
Vamos construir de Sandy e Júnior - Análise e entendimento da música
Vamos construir  de  Sandy e Júnior  - Análise e entendimento da música Vamos construir  de  Sandy e Júnior  - Análise e entendimento da música
Vamos construir de Sandy e Júnior - Análise e entendimento da música
 
As cores II
As cores IIAs cores II
As cores II
 
III Atividade Avaliatíva de Geofgrafia e História 3º ano pdf
III Atividade Avaliatíva de Geofgrafia e História 3º ano pdfIII Atividade Avaliatíva de Geofgrafia e História 3º ano pdf
III Atividade Avaliatíva de Geofgrafia e História 3º ano pdf
 
Atividades de matemática para o 5º ano
Atividades de matemática  para o 5º ano Atividades de matemática  para o 5º ano
Atividades de matemática para o 5º ano
 
Gênero textual: cartão, convite. biografia, narração, história em quedrinho (...
Gênero textual: cartão, convite. biografia, narração, história em quedrinho (...Gênero textual: cartão, convite. biografia, narração, história em quedrinho (...
Gênero textual: cartão, convite. biografia, narração, história em quedrinho (...
 
O Caderno de Toquinho - Análise e entendimento da música
O Caderno  de Toquinho - Análise e entendimento da músicaO Caderno  de Toquinho - Análise e entendimento da música
O Caderno de Toquinho - Análise e entendimento da música
 
Alfabetização_28 palavras completa
Alfabetização_28 palavras completaAlfabetização_28 palavras completa
Alfabetização_28 palavras completa
 
Atividades para alunos com baixa visão
Atividades para alunos com baixa visãoAtividades para alunos com baixa visão
Atividades para alunos com baixa visão
 

Destaque

Projeto "Quem sou eu"
Projeto "Quem sou eu"Projeto "Quem sou eu"
Projeto "Quem sou eu"
Graça Sousa
 
Sequência didática sobre as lendas
Sequência didática sobre as lendasSequência didática sobre as lendas
Sequência didática sobre as lendas
Jozi Mares
 
Sequencia didática texto instrucional
Sequencia didática texto instrucionalSequencia didática texto instrucional
Sequencia didática texto instrucional
Vanessa de Souza Rodrigues
 
Sequência didática
Sequência didáticaSequência didática
Sequência didática
MEROLAY MARIA MICHELS
 
Sequencia didatica hq
Sequencia didatica hqSequencia didatica hq
Sequencia didatica hq
Maria Augusta Vidigal
 
HQ
HQHQ
Gêneros literários
Gêneros literáriosGêneros literários
Gêneros literários
Federal University of Amazonas
 
Plano de aula 5
Plano de aula 5Plano de aula 5
Plano de aula 5
ticedusls
 
Modelo de plano de aula
Modelo de plano de aulaModelo de plano de aula
Modelo de plano de aula
angelafreire
 
Conectores discursivos mep
Conectores discursivos mepConectores discursivos mep
Conectores discursivos mep
Ivannia Campos
 
Valores semânticos dos conectivos
Valores semânticos dos conectivosValores semânticos dos conectivos
Valores semânticos dos conectivos
André Ximenes
 
Planificação 8.º ano-alunos
Planificação 8.º ano-alunosPlanificação 8.º ano-alunos
Planificação 8.º ano-alunos
Cristina Fontes
 
Apostila generos textuais
Apostila generos textuaisApostila generos textuais
Apostila generos textuais
Katia Teixeira Dos Santos
 
O Lado Negro das Métricas
O Lado Negro das MétricasO Lado Negro das Métricas
O Lado Negro das Métricas
Estêvão Soares Custodio
 
Planejamento 5º ano
Planejamento 5º anoPlanejamento 5º ano
D14 (5º ano mat.)
D14  (5º ano   mat.)D14  (5º ano   mat.)
D14 (5º ano mat.)
Cidinha Paulo
 
Atividades racismo e futebol
Atividades racismo e futebolAtividades racismo e futebol
Atividades racismo e futebol
Acrópole - História & Educação
 
Consciência negra por simone helen drumond
Consciência negra por simone helen drumondConsciência negra por simone helen drumond
Consciência negra por simone helen drumond
SimoneHelenDrumond
 
Plano de curso arte 5º ano
Plano de curso arte   5º anoPlano de curso arte   5º ano
Plano de curso arte 5º ano
Mary Alvarenga
 
Sequencia didática para trabalhar com as fábulas
Sequencia didática para trabalhar com as fábulasSequencia didática para trabalhar com as fábulas
Sequencia didática para trabalhar com as fábulas
RITA DE CASSIA LAGO GOMES
 

Destaque (20)

Projeto "Quem sou eu"
Projeto "Quem sou eu"Projeto "Quem sou eu"
Projeto "Quem sou eu"
 
Sequência didática sobre as lendas
Sequência didática sobre as lendasSequência didática sobre as lendas
Sequência didática sobre as lendas
 
Sequencia didática texto instrucional
Sequencia didática texto instrucionalSequencia didática texto instrucional
Sequencia didática texto instrucional
 
Sequência didática
Sequência didáticaSequência didática
Sequência didática
 
Sequencia didatica hq
Sequencia didatica hqSequencia didatica hq
Sequencia didatica hq
 
HQ
HQHQ
HQ
 
Gêneros literários
Gêneros literáriosGêneros literários
Gêneros literários
 
Plano de aula 5
Plano de aula 5Plano de aula 5
Plano de aula 5
 
Modelo de plano de aula
Modelo de plano de aulaModelo de plano de aula
Modelo de plano de aula
 
Conectores discursivos mep
Conectores discursivos mepConectores discursivos mep
Conectores discursivos mep
 
Valores semânticos dos conectivos
Valores semânticos dos conectivosValores semânticos dos conectivos
Valores semânticos dos conectivos
 
Planificação 8.º ano-alunos
Planificação 8.º ano-alunosPlanificação 8.º ano-alunos
Planificação 8.º ano-alunos
 
Apostila generos textuais
Apostila generos textuaisApostila generos textuais
Apostila generos textuais
 
O Lado Negro das Métricas
O Lado Negro das MétricasO Lado Negro das Métricas
O Lado Negro das Métricas
 
Planejamento 5º ano
Planejamento 5º anoPlanejamento 5º ano
Planejamento 5º ano
 
D14 (5º ano mat.)
D14  (5º ano   mat.)D14  (5º ano   mat.)
D14 (5º ano mat.)
 
Atividades racismo e futebol
Atividades racismo e futebolAtividades racismo e futebol
Atividades racismo e futebol
 
Consciência negra por simone helen drumond
Consciência negra por simone helen drumondConsciência negra por simone helen drumond
Consciência negra por simone helen drumond
 
Plano de curso arte 5º ano
Plano de curso arte   5º anoPlano de curso arte   5º ano
Plano de curso arte 5º ano
 
Sequencia didática para trabalhar com as fábulas
Sequencia didática para trabalhar com as fábulasSequencia didática para trabalhar com as fábulas
Sequencia didática para trabalhar com as fábulas
 

Semelhante a Sequência Didática - O Pulo do gato para 5° ano

PROJETO DE LEITURA - O AVESTRUZ (Mário Prata)
PROJETO DE LEITURA - O AVESTRUZ (Mário Prata)PROJETO DE LEITURA - O AVESTRUZ (Mário Prata)
PROJETO DE LEITURA - O AVESTRUZ (Mário Prata)
Escola Estadual Joaquim Abarca -
 
1a jornaldoaluno portugues
1a jornaldoaluno portugues1a jornaldoaluno portugues
1a jornaldoaluno portugues
José De Oliveira
 
Sequência didática o avestruz
Sequência didática   o avestruzSequência didática   o avestruz
Sequência didática o avestruz
Carlos Eduardo Matias
 
aulão spaece.pdf
aulão spaece.pdfaulão spaece.pdf
aulão spaece.pdf
sezalpina1
 
Situação de aprendizagem - Leitura e análise do texto AVESTRUZ de Mário Prata
Situação de aprendizagem - Leitura e análise do texto AVESTRUZ de Mário PrataSituação de aprendizagem - Leitura e análise do texto AVESTRUZ de Mário Prata
Situação de aprendizagem - Leitura e análise do texto AVESTRUZ de Mário Prata
230608
 
200
200200
Aula 4ª Serie Segunda
Aula 4ª Serie SegundaAula 4ª Serie Segunda
Aula 4ª Serie Segunda
Lene Leros
 
Roteiro De Leitura de os ovos misteriosos
Roteiro De Leitura de os ovos misteriososRoteiro De Leitura de os ovos misteriosos
Roteiro De Leitura de os ovos misteriosos
RitaGasparCardoso
 
Avestruz
AvestruzAvestruz
Avestruz
042129
 
Avestruz
AvestruzAvestruz
Avestruz
042129
 
Texto Avestruz - Mário Prata
Texto Avestruz - Mário PrataTexto Avestruz - Mário Prata
Texto Avestruz - Mário Prata
Rosangela Fulini Rodrigues
 
Planejamento semanal 16-10 a 19-10-2012
Planejamento semanal 16-10 a 19-10-2012Planejamento semanal 16-10 a 19-10-2012
Planejamento semanal 16-10 a 19-10-2012
silviacerqueira1
 
Dislexia -testes_exercicios_e_jogos_verbais
Dislexia  -testes_exercicios_e_jogos_verbaisDislexia  -testes_exercicios_e_jogos_verbais
Dislexia -testes_exercicios_e_jogos_verbais
Andreia Martins
 
Escrita Criativa - Roseane Queiroz
Escrita Criativa - Roseane QueirozEscrita Criativa - Roseane Queiroz
Escrita Criativa - Roseane Queiroz
Zoom Comunicação
 
Fichas gramaticais
Fichas gramaticaisFichas gramaticais
Fichas gramaticais
Lina Rodrigues
 
Atividade verbo
Atividade verboAtividade verbo
Atividade verbo
Taiana Riela
 
Aap lp ago 2015_ caderno do professor_ 6_ef_intranet (2) (1)
Aap lp ago 2015_ caderno do professor_ 6_ef_intranet (2) (1)Aap lp ago 2015_ caderno do professor_ 6_ef_intranet (2) (1)
Aap lp ago 2015_ caderno do professor_ 6_ef_intranet (2) (1)
Andréa Sousa Silveira Silva
 
Avestruz mgme
Avestruz   mgmeAvestruz   mgme
Avestruz mgme
Catia Canduzin
 
Avestruz mgme
Avestruz   mgmeAvestruz   mgme
Avestruz mgme
Caroline Canales
 
Resumo das actividades desenvolver a consciencia_linguistica
Resumo das actividades desenvolver a consciencia_linguisticaResumo das actividades desenvolver a consciencia_linguistica
Resumo das actividades desenvolver a consciencia_linguistica
ameliamardm
 

Semelhante a Sequência Didática - O Pulo do gato para 5° ano (20)

PROJETO DE LEITURA - O AVESTRUZ (Mário Prata)
PROJETO DE LEITURA - O AVESTRUZ (Mário Prata)PROJETO DE LEITURA - O AVESTRUZ (Mário Prata)
PROJETO DE LEITURA - O AVESTRUZ (Mário Prata)
 
1a jornaldoaluno portugues
1a jornaldoaluno portugues1a jornaldoaluno portugues
1a jornaldoaluno portugues
 
Sequência didática o avestruz
Sequência didática   o avestruzSequência didática   o avestruz
Sequência didática o avestruz
 
aulão spaece.pdf
aulão spaece.pdfaulão spaece.pdf
aulão spaece.pdf
 
Situação de aprendizagem - Leitura e análise do texto AVESTRUZ de Mário Prata
Situação de aprendizagem - Leitura e análise do texto AVESTRUZ de Mário PrataSituação de aprendizagem - Leitura e análise do texto AVESTRUZ de Mário Prata
Situação de aprendizagem - Leitura e análise do texto AVESTRUZ de Mário Prata
 
200
200200
200
 
Aula 4ª Serie Segunda
Aula 4ª Serie SegundaAula 4ª Serie Segunda
Aula 4ª Serie Segunda
 
Roteiro De Leitura de os ovos misteriosos
Roteiro De Leitura de os ovos misteriososRoteiro De Leitura de os ovos misteriosos
Roteiro De Leitura de os ovos misteriosos
 
Avestruz
AvestruzAvestruz
Avestruz
 
Avestruz
AvestruzAvestruz
Avestruz
 
Texto Avestruz - Mário Prata
Texto Avestruz - Mário PrataTexto Avestruz - Mário Prata
Texto Avestruz - Mário Prata
 
Planejamento semanal 16-10 a 19-10-2012
Planejamento semanal 16-10 a 19-10-2012Planejamento semanal 16-10 a 19-10-2012
Planejamento semanal 16-10 a 19-10-2012
 
Dislexia -testes_exercicios_e_jogos_verbais
Dislexia  -testes_exercicios_e_jogos_verbaisDislexia  -testes_exercicios_e_jogos_verbais
Dislexia -testes_exercicios_e_jogos_verbais
 
Escrita Criativa - Roseane Queiroz
Escrita Criativa - Roseane QueirozEscrita Criativa - Roseane Queiroz
Escrita Criativa - Roseane Queiroz
 
Fichas gramaticais
Fichas gramaticaisFichas gramaticais
Fichas gramaticais
 
Atividade verbo
Atividade verboAtividade verbo
Atividade verbo
 
Aap lp ago 2015_ caderno do professor_ 6_ef_intranet (2) (1)
Aap lp ago 2015_ caderno do professor_ 6_ef_intranet (2) (1)Aap lp ago 2015_ caderno do professor_ 6_ef_intranet (2) (1)
Aap lp ago 2015_ caderno do professor_ 6_ef_intranet (2) (1)
 
Avestruz mgme
Avestruz   mgmeAvestruz   mgme
Avestruz mgme
 
Avestruz mgme
Avestruz   mgmeAvestruz   mgme
Avestruz mgme
 
Resumo das actividades desenvolver a consciencia_linguistica
Resumo das actividades desenvolver a consciencia_linguisticaResumo das actividades desenvolver a consciencia_linguistica
Resumo das actividades desenvolver a consciencia_linguistica
 

Último

Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
felipescherner
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Falcão Brasil
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
Falcão Brasil
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mary Alvarenga
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
deboracorrea21
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
Sandra Pratas
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
Espanhol Online
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Falcão Brasil
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
principeandregalli
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
arodatos81
 

Último (20)

TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
 

Sequência Didática - O Pulo do gato para 5° ano

  • 1. Sequência Didática de Língua Portuguesa - 5° ano “O Pulo do gato” Gêneros textuais: Texto narrativo; texto informativo; Texto humorístico(piada); Texto instrucional (receita). Conteúdos:  Interpretação oral e escrita;  Ampliação vocabular;  Sinais de Pontuação;  Encontros vocálicos e consonantais;  Dígrafos;  Pronomes pessoais;  Singular / plural;  Artigos definidos e indefinidos;  Uso das letras G e J.  Produção textual. Objetivos:  Ler e interpretar textos com autonomia;  Ler e interpretar textos de diversos gêneros;  Compreender, identificar e utilizar em suas produções escritas: os sinais de pontuação; encontros vocálicos e consonantais; dígrafos; pronomes pessoais; artigos definidos e indefinidos.  Compreender o uso do singular e plural em frases, assim como o uso das letras G e J em suas produções escritas.  Produzir textos coerentes e coesos. Metodologia: AULA 1  Iniciar a aula realizando a leitura do texto:  Silenciosa;  Feita pelo professor;  Coral (jogralizada). O PULO DO GATO
  • 2. Dona Onça queria ficar mais ágil para poder pegar o esperto coelhinho, por isso resolveu tomar umas aulas de pulo com o primo Gato. O gato aceitou a aluna e o curso de pulos começou. Como saltava bem o mestre Gato! A Onça esforçava-se o mais que podia para aprender, pois sonhava pegar o coelho o mais depressa possível. Observava bem o Gato e... puft! – dava um salto igualzinho. Em uma das vezes que a Onça olhava fixamente o mestre, ela reparou que ele estava bem gordo. Sua boca encheu d’água: “Que boba sou eu! Em vez de pagar as lições, vou comer o professor no final do curso, assim ele não contará nada ao coelho”. O Gato percebeu o olhar diferente da Onça e ficou desconfiado. A aula continuou, até que o mestre parou e disse: - Pronto, Sá Onça, já lhe ensinei tudo o que sabia. Agora é só pagar as lições, conforme o combinado. Fingindo que ia pagar as lições, a Onça deu um bote sobre o professor, mas o Gato pulou para trás, numa rapidez incrível. Desapontada com o fracasso, a Onça reclamou: - Esse pulo você não me ensinou, primo! O gato, já subindo rápido pelo tronco de uma palmeira, gritou: - Esse pulo é segredo, prima: é o pulo do gato! Lucina M. M. Passos. Adaptação do folclore. Interpretação Oral. *Quem queria tomar aulas? *Por que Dona onça queria tomar aulas? *Por que o Gato teria que ser seu professor? *Qual foi o desfecho da história? Interpretação escrita. 1) Por que a dona Onça queria tomar aulas? 2) O que significa “tomar” umas aulas? 3) Que outros significados têm a palavra tomar? 4) A onça resolveu tomar aulas porque: ( ) ficou desconfiada. ( ) queria ficar mais ágil. ( ) queria enganar o gato. ( ) queria pegar o gato e o coelhinho. 5) O gato era um bom professor? Justifique. 6) O gato ficou desconfiado porque: ( ) gostava de dar aulas ( ) percebeu o olhar diferente da onça ( ) gostava de ensinar muitos pulos ( ) subia rápido pelo tronco das palmeiras 7) A onça pensava em pegar o coelhinho. Por que mudou de ideia? 8) Por que o gato não ensinou um dos pulos? Justifique com base no texto. 9) Há traço de ironia no trecho: ( ) “ O gato aceitou a aluna e o curso de pulos começou.”
  • 3. ( ) “ ― Pronto, Sá Onça, já lhe ensinei tudo o que sabia.” ( ) “ ― Agora é só pagar as lições, conforme combinado.” ( ) “ ― Esse pulo é segredo, prima: é o pulo do gato!” Produção de texto: 10) Represente o texto através de HQ. AULA 2 *Leitura coletiva. *Leitura feita pelo professor. PULO DO GATO A expressão “pulo do gato” significa “segredo profissional”. Segundo o pesquisador e escritor Silvio Romero, a expressão deriva da seguinte fábula mineira: a onça sempre ficou muito admirada com a agilidade do gato, e resolveu pedir umas aulas. O gato achou ótima a ideia e começou a dar aulas à onça. Achando que já sabia tudo, a onça resolveu atacar o gato, para pegá-lo como refeição, mas o gato simplesmente sumiu. Depois de alguns dias, ao encontrar o gato, a onça perguntou: “Compadre, esse pulo você não me ensinou...”. E o gato, muito esperto, respondeu: “É ele que me mantém vivo!” (Marcelo Duarte. O guia dos curiosos: Língua Portuguesa. São Paulo: Editora Panda, 2003. p.188) Interpretação oral: *Que tipo de texto é esse? *O que significa “Pulo do gato”? *Vocês já leram este tipo de texto? Onde? Interpretação escrita: *Entregar questões impressas para os alunos: 1) Lendo os dois textos, pulo do gato é: ( ) um pesquisador. ( ) uma ótima idéia. ( ) um segredo profissional. ( ) uma fábula. 2)O texto acima trata de: ( ) explicar como o gato é esperto. ( ) explicar a expressão pulo do gato. ( ) mostrar a fábula de uma forma diferente. ( ) mostrar o que é segredo profissional. 3)O trecho em que percebemos o pensa- mento da onça é: ( ) “ Que boba sou eu! Em vez de pagar as lições...” ( ) “ Esse pulo você não me ensinou, primo!” ( ) “ Esse pulo é segredo, prima: é o pulo do gato!” ( ) “ Pronto, Sá Onça, já lhe ensinei tudo o que sabia.” 6)A pontuação difere nos textos? Por quê? __________________________________________________________________________________ _ ___________________________________________________________________________________ 4)O sinal de pontuação que marca fala de personagem no texto 1 e no texto 2, respectivamente são: ( ) travessão e ponto ( ) travessão e aspas ( ) aspas e travessão ( ) exclamação e ponto final 5)O trecho em que se percebe o narrador é: ( ) “ ― Pronto, Sá Onça, já lhe ensinei tudo o que sabia.” ( ) O gato aceitou a aluna e o curso de pulos começou. ( ) “ Esse pulo é segredo, prima: é o pulo do gato!” ( ) “ Compadre, esse pulo você não me ensinou...”
  • 4. 7) No 6º parágrafo do texto 1, aparece a palavra bote. A palavra “bote” tem vários significados. Qual é o mais adequado ao sentido do texto? Pinte a alternativa correta.  Pequena embarcação movida a remos, a vela ou a motor para pequenos serviços de navios no porto ou em rios, também usada em passeios por mares, lagos rios ou lagoas.  Golpe de arma branca; estocada, cutilada.  Salto de um animal para atacar uma presa ou para defender-se. 8) Escreva uma frase para cada significado da palavra bote. ___________________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________________ 9)A onça é um grande felino carnívoro. Que outros felinos você conhece? _________________________________________________________________ Relembrando Encontro vocálico é o encontro de duas ou mais vogais em uma palavra. Exemplos: coração, mamãe, herói, loiro, Paraguai, ciúme e poético. Classificação do encontro vocálico: ditongo, hiato e tritongo. DITONGO -> é o encontro de duas vogais pronunciadas na mesma sílaba. Exemplos: água -> á – gua espécie -> es – pé – cie muito -> mui – to HIATO -> é o encontro de duas vogais pronunciadas em sílabas separadas. Exemplos: receoso -> re – ce – o – so triunfo -> tri – un – fo TRITONGO -> é o encontro de três vogais pronunciadas na mesma sílaba. Exemplos: saguões -> sa – guões quaisquer -> quais – quer enxaguou -> en – xa – guou Encontro consonantal é o encontro de duas consoantes, as duas consoantes são pronunciadas. Exemplos com as consoantes na mesma sílaba: Pedra -> pe – dra Planta -> plan – ta Glicose -> gli – co – se Exemplos com as consoantes em sílabas separadas: Garfo -> gar – fo Ignorar -> ig – no – rar Vista -> vis – ta ATIVIDADES 1)Retire do texto 1 e escreva abaixo: *5 palavras com ditongo: *3 palavras com hiato: 2) Agora, escreva abaixo 3 palavras com tritongo: 3)Complete o quadro dos encontros consonantais: PALAVRA SEPARAÇÃO SILÁBICA ENCONTRO CONSONANTAL Coelhinho Primo Mestre Aprender Coelho Depressa Olhava Encheu Professor
  • 5. Olhar Sobre Incrível Trás Fracasso Reclamou Tronco Segredo PARA CASA *Recorte de revistas/jornais e cole em seu caderno: a) 1 palavra com ditongo: b) 1 palavra com hiato: c) 1 palavra com tritongo: d) 5 palavras com encontro consonantal. Aula 3 *Leitura coletiva; *Leitura feita pelo professor. Leia a piada(Texto 3): ― O que você faria se estivesse agora na selva e uma onça aparecesse na sua frente? ― Ora, eu dava um tiro nela. ― Mas e se você não tivesse nenhuma arma de fogo? ― Bom, então eu matava ela com meu facão. ― E se você estivesse sem o facão? ― Apanhava um pedaço de pau. ― E se não tivesse nenhum pedaço de pau? ― Subiria na árvore mais próxima! ― E se não tivesse nenhuma árvore? ― Sairia correndo. ― E se você estivesse paralisado de medo? ― Mas, afinal, você é meu amigo ou amigo da onça? (Marcelo Duarte. O guia dos curiosos: Língua Portuguesa. São Paulo: Editora Panda, 2003. p.197) Interpretação escrita: 1) A finalidade desse texto é: ( ) apresentar dados sobre a onça. ( ) informar sobre a onça. ( ) divertir o leitor. ( ) instruir sobre como se proteger das onças . 2) O que significa “amigo-da-onça”? 3) O texto 1 e o texto 3: ( ) narram situações onde aparece uma onça. ( ) informam como se defender das onças. ( ) descrevem situações sobre uma onça.
  • 6. 4) Observe o texto 3. Que sinais de pontuação foram utilizados no diálogo? 5) Que outros sinais de pontuação você conhece? *Iniciar a aula em sala. Depois, dirigir-se ao laboratório de informática para realizar pesquisa sobre os sinais de pontuação e sinais gráficos. 6) Com base nas respostas anteriores e pesquisa no laboratório de informática monte o quadro abaixo com os sinais de pontuação mais usados. Sinal Nome do sinal Quando se usa . Ponto final Ponto de interrogação Para indicar pergunta direta. Ponto de exclamação , Para separar expressões explicativas; Para separar itens de uma lista; Para separar vocativo. Para introduzir fala de personagem; Antes de citação; Para introduzir itens de uma lista. Travessão ... Para indicar suspensão ou interrupção do pensamento. Aspas Antes e depois de uma citação de texto; Para destacar expressões, palavras estrangeiras, gírias, falas de personagem, etc. Exclamação : 7) Pesquise quais são os sinais gráficos. Para que servem? ___________________________________________________________________________________ 8) No texto 3 existem palavras com sinais gráficos. Copie 3 palavras que tenham esses sinais. ___________________________________________________________________________________ PARA CASA 9) Vamos brincar com os sinais de pontuação? Reescreva as frases abaixo usando diferentes pontuações. a. Cuidado com a onça não podemos brincar b. A onça não falou a verdade PRODUÇÃO DE TEXTO Oralmente: O texto 3 é uma piada feita somente com o diálogo entre os personagens. Vocês conhecem outras piadas? Quais? Vamos contar para os colegas, mas só valem piadas de salão.
  • 7. PRODUÇÃO DE TEXTO Depois de conversarmos e contarmos piadas em sala, vamos escrever um texto de humor. (Não esqueça de definir o gênero. HQ, piada...) a. Escolha um local (sala de aula, mercado, parque, ônibus, casa, rua...); b. Escolha as personagens (ciclista, mulher com cachorro, motorista de ônibus, mulher e homem, três amigos, professora e alunos, torcedores ...); c. Imagine um diálogo envolvendo as personagens que você escolheu; d. Crie situações com acontecimentos inesperados, reações surpreendentes, argumentos sem sentido, desculpas, exageros.... e. Utilize, no diálogo, os sinais de pontuação que você já estudou (não esqueça você pode utilizar travessão ou aspas para indicar a fala de personagens, mas não misture as duas formas). Aula 4  Relembre o trecho que você leu: “Em uma das vezes que a Onça olhava fixamente o mestre, ela reparou que ele estava bem gordo. Sua boca encheu d’água: “Que boba sou eu!” As palavras em destaque são pronomes do caso reto. Os pronomes são usados para evitar a repetição de palavras. 1) No trecho “...Onça olhava fixamente o mestre, ela reparou que...” a palavra em destaque refere-se: ( ) ao mestre ( ) à onça ( ) ao gato ( ) ao coelhinho 2) No trecho “Que boba sou eu!” a palavra em destaque refere-se: ( ) ao mestre ( ) à onça ( ) ao gato ( ) ao coelhinho 3) Sua boca encheu d’água: “Que boba sou eu!: A palavra em destaque refere-se ( ) à onça. ( ) ao gato.
  • 8. 4) Existem somente pronomes do caso reto? Vamos conversar e escrever um pouco sobre o assunto: 5) Substitua os substantivos que se repetem por pronomes, para evitar repetição. Sem alterar o sentido. a. A onça queria ficar mais ágil. A onça resolveu tomar aulas. b. O gato percebeu o olhar da onça. O gato é esperto. c. Adriana ganhou um livro, mas Adriana ainda não o leu. d. Eduardo gosta de desenhar. Eduardo quer ser cartunista. e. Ana gosta muito de ler. Ana tem muitos livros em casa. 6) Observe as palavras: COELHO IGUALZINHO ENCHEU ONÇA BEM 7) O que as palavras têm em comum? 8)O que são dígrafos? Quais são? 9)Pesquise em jornais e revistas palavras que tenham dígrafos. Recorte e cole 10 palavras em seu caderno. 10) Monte um caça palavras. Utilize palavras que tenham dígrafos. 11) No texto há palavras no singular e no plural. Copie 3. Plural singular 12) Reescreva as seguintes frases como se existissem várias onças tomando aulas. A onça queria ficar mais ágil para poder pegar o esperto coelhinho, por isso resolveu tomar umas aulas de pulo com o primo gato. Em uma das vezes que a onça olhava fixamente o mestre, ela reparou que ele estava bem gordo. 13) Quando escrevemos as frases no plural, precisamos mudar todas as palavras? Por quê? 14) Escreva uma frase no plural e a represente por meio de desenhos. AULA 5 O Gato percebeu o olhar diferente da Onça e ficou desconfiado. A aula continuou, até que o mestre parou e disse... As palavras em destaque são artigos. Os artigos podem ser definidos ou indefinidos. 1) Por que “da” antes da palavra Onça foi marcado como artigo? ___________________________________________________________________________________ ___________________________ 2) Leia o Texto 4.
  • 9. Maria-mole 2 pacotes de gelatina sem sabor 2 copos de água morna 2 copos de açúcar coco ralado gotas de baunilha Complete as frases a seguir com artigos. Desmanche ___ gelatina ___ água sem levar ao fogo. Junte ___açúcar e ___ baunilha, bata por 20 minutos ___ batedeira. Despeje ___ pirex, cubra com ___ coco ralado e ponha para gelar. Depois é só cortar em quadradinhos e está pronto. (Ricardo Azevedo, op. Cit, p.67) 3)“Desmanche a gelatina... e está pronto.” Neste trecho o autor: ( ) ensina a colocar artigos. ( ) ensina a fazer a maria-mole. ( ) dá dicas sobre a maria-mole. ( ) faz propaganda da maria-mole. 4)Às vezes, em certas situações, o artigo pode adquirir um sentido diferente do usual. Reescreva as frases a seguir, substituindo o artigo destacado por uma palavra de sentido equivalente: a) Minha mãe comprou peras de cinco reais o quilo. (cada) b) Esperei por ele uma meia hora. (aproximadamente) c) Ele falou de uma maneira que me magoou. (tal) d) Hoje ele deve ter uns trinta anos. (aproximadamente) Vamos aprender um pouco mais!!! 6) As palavras “ágil” e “viagem” têm algo em comum? O que é? ___________________________________________________________________________________ 7) Procure em jornais e revistas palavras que tenham GE ou GI. Depois, escreva-as abaixo: ___________________________________________________________________________________ 8) Há outra letra, além do G, que também produz o mesmo SOM de GE/GI. Qual é? ___________________________________________________________________________________ 9) Complete as palavras abaixo com “g” ou “j”. ....anela ....aca ....abuticaba ....amanta ....oelho ....ogar ....ogral ....uba ....udeu ....udicial ....unco ....úri 10) Você completou alguma palavra com g? Por quê? ___________________________________________________________________________________ 11) Você já viu escrito “viajem” com j? Qual é a forma correta? Por quê? Exemplifique. ___________________________________________________________________________________ PARA CASA 12) Recorte e cole em seu caderno palavras que tenham “g” e “j”, organizando-as em listas.