SlideShare uma empresa Scribd logo
Revoluções Liberais
Revoluções Liberais
Revolução Americana Território. 13 colónias: Colónias do Norte: Os seus habitantes eram industriais e comerciantes e partilhavam a ideologia republicana. Colónias do Sul: Os seus habitantes eram católicos e anglicanos e dedicavam-se à agricultura; Existência de grandes latifúndios cultivados por escravos.
Revolução Americana Antecedentes Guerra dos 7 anos (1756-1763): Inglaterra versus França - > disputas coloniais Causas para a Revolução Contestação ao sistema de exclusividade do comércio; Insatisfação pelo lançamento de impostos sobre o chá, açúcar e papel selado; Confrontos com o exército inglês; Ausência de representação das colónias no parlamento inglês
Revolução Americana Reacção dos colonos Boston Tea Party: Os colonos disfarçados de índios assaltaram, em Boston, alguns navios que se encontravam carregados com chá, e lançaram a carga ao mar. Era o início da Revolução.
Revolução Americana Congresso de Filadélfia: Declaração de Independência  - 04 de Julho de 1776 escrita por  Thomas Jefferson, Samuel Adams e Benjamin Franklin  foi inspirada nos ideais Iluministas (porém as mulheres não tinham participação política e mantinha-se o sistema esclavagista)
Revolução Americana Constituição de 1787 Divisão de poderes
Revolução Francesa Antecedentes: Sociedade Mantinha-se a estrutura tripartida. Politicamente Monarquia Absoluta Rei Luís XVI
Revolução Francesa Antecedentes: Economicamente Crise financeira agravada por: Acordos comerciais com a Inglaterra; Despesas com a guerra dos 7 anos; Despesas na Revolução Americana; Despesas com a corte de Versalhes; Maus anos agrícolas.
Revolução Francesa Saída para a crise: Aumentar os impostos A quem ? Clero  Nobreza  3º Estado Opõem-se à decisão do rei
Revolução Francesa Sucessão de Acontecimentos: Estados Gerais – 1789 Reúnem-se em Versalhes; Representantes dos 3 estados; Problema do sistema de voto: Voto por ordem Voto por deputado (defendido pela nobreza e clero) (defendido pelo 3º Estado)
Revolução Francesa Assembleia Nacional Constituinte (1789-1791) Perante a recusa dos deputados do clero e da nobreza, os representantes do 3º Estado abandonam os Estados Gerais; Decidem instituir a  Assembleia Nacional Constituinte ; Comprometem-se a não se separarem enquanto não dotassem a França de uma constituição. 14 de Julho de 1789 – Tomada da Bastilha: Revolta da população contra as tentativas do rei dissolver a  Assembleia Nacional Constituinte .
 
Revolução Francesa Medidas da Assembleia Nacional Constituinte Abolição dos direitos feudais e da  venalidade dos cargos; Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão; Nacionalização dos bens do clero Elaboração da Constituição de 1791; Separação dos poderes Executivo  – Para o Rei; Legislativo  – Para uma Assembleia Eleita; Judicial  –  Para os Tribunais; Estabelecimento do voto censitário.
Revolução Francesa Assembleia Legislativa (1791-1792) Divisão dos Revolucionários em dois partidos: Girondino (moderados) Jacobinos (radicais) Início da oposição da Europa à Revolução Francesa; Prisão do rei e a tomada de poder pelos Jacobinos.
Revolução Francesa Convenção e Terror (1792-1795) Liderada pelos Jacobinos; Aplicação do Sufrágio Universal; Perante a ameaça externa proclamam a República Francesa; Instauraram o regime do Terror; Entre 1793 e 1794 morreram na Guilhotina milhares de franceses, incluindo o Rei e a Rainha.
Execução de Luís XVI Gravura da época
Revolução Francesa Directório (1795-1799) Regresso dos Girondinos ao poder através de um golpe de estado; Regresso do voto censitário; Poder executivo confiado a 5 directores; Período de alguma instabilidade, mas assente nas vitórias militares de Napoleão.
Revolução Francesa Consulado (1799-1802) Os triunfos de Napoleão nas campanhas de Itália e do Egipto deram-lhe popularidade e levaram à queda do Directório; O Consulado era formado por: Sieyés, e Napoleão Ducos. Mais tarde Napoleão intitula-se primeiro-cônsul.
Jacques-Louis David Coroação de Napoleão Bonaparte como Imperador dos Franceses Museu do Louvre
Revolução Francesa Império (1804-1814) Napoleão triunfa rapidamente sobre coligações de países inimigos: Inglaterra; Áustria; Prússia; Rússia Fica convencido que pode tornar-se num grande imperador.
Império de Napoleão 1812
Guerras Napoleónicas Bloqueio Continental - 1807 Para conseguir derrotar a Inglaterra decreta o  Bloqueio Continental : Os navios ingleses ficam proibidos de atracar em portos da Europa Continental; Alguns países não aceitam essa imposição e entre eles estava Portugal. Tratado de Fontainebleau  – 1807 Acordo entre a França e a Espanha sobre a invasão e divisão de Portugal.
Bloqueio Continental 1806
Guerras Napoleónicas Tratado de Fontainebleau – 1807 Acordo entre a França e a Espanha sobre a invasão e divisão de Portugal Portugal ficaria dividido em três: Lusitânia Setentrional – Para a casa de Saboia; Lusitânia – dependia de Espanha; Reino do Algarve – Para Manuel Godoy (general Espanhol aliado de Napoleão )
Invasões Francesas Portugal foi assolado por  três invasões: I invasão – 1807-1808 II invasão – 1809 III invasão – 1810-1811
Invasões Francesas I Invasão (1807-1808) Comandada por Junot; Avança rapidamente sobre Lisboa; Retirada da Família Real para o Brasil; Ajuda inglesa através de tropas; Batalhas da Roliça e Vimeiro: Resultam em vitórias para Portugal e Inglaterra; Junot retira-se para França.
 
Invasões Francesas II Invasão (1809) Comandada por Soult; Avança sobre o Porto; O pânico dos habitantes da  cidade leva ao “desastre da ponte das Barcas”; Perante a reacção inglesa abandona o país.
Invasões Francesas III Invasão (1810-11) Comandada por Massena; Avança sobre Lisboa; É derrotado na Batalha do Buçaco; Porém, continua o seu avanço; É barrado nas linhas de torres e opta por retirar-se.
Invasões Francesas 1ª Linha 2ª Linha 3ª Linha
Revolução Liberal Antecedentes (1808-1820) Transmissão dos ideais da Revolução Francesa: Liberdade, Igualdade, Fraternidade. Ausência da Família Real no Brasil; O Brasil foi elevado à categoria de reino, o que levou à abertura dos portos à navegação estrangeira; Os ingleses ocupavam os cargos principais do governo e do exército; O comércio e a industria estavam subordinados aos ingleses;
Revolução Liberal de 1820 Solução: Expulsar os ingleses de Portugal; Exigência do regresso da família real a Portugal (1821); Elaboração de uma constituição para o reino (1822)
Independência do Brasil Acontecimentos No dia 7 de Setembro de 1822, o príncipe regente D. Pedro regressava de uma viagem a Santos.  No caminho, surge um mensageiro com duas cartas: a primeira exigia seu regresso imediato a Portugal. a segunda, apontava dois caminhos:  a obediência a Portugal ou a separação total da metrópole.  Apoiado pela elite brasileira, D. Pedro vai proclamar a Independência do Brasil.
Pedro Américo O Grito do Ipiranga ,1888 Museu Paulista da Universidade de São Paulo

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
Lídia Barreto
 
A revolução francesa 2
A revolução francesa 2A revolução francesa 2
A revolução francesa 2
Susana Simões
 
Revolução Francesa
Revolução FrancesaRevolução Francesa
Revolução Francesa
Janaina Flavia Santos Azevedo
 
Capitulo 12
Capitulo 12Capitulo 12
Capitulo 12
Lídia Barreto
 
As fases da revolução
As fases da revoluçãoAs fases da revolução
As fases da revolução
Carla Teixeira
 
_ Revolução Francesa
_ Revolução Francesa_ Revolução Francesa
_ Revolução Francesa
Lela Leite
 
5 02 a revolução francesa_blogue
5 02 a revolução francesa_blogue5 02 a revolução francesa_blogue
5 02 a revolução francesa_blogue
vitormbsantos
 
Revolução Francesa
Revolução FrancesaRevolução Francesa
Revolução Francesa
edna2
 
_Revolução Francesa - Aula1
_Revolução Francesa - Aula1_Revolução Francesa - Aula1
_Revolução Francesa - Aula1
Lela Leite
 
Revolução Francesa - Do Absolutismo à Queda da Bastilha
Revolução Francesa - Do Absolutismo à Queda da BastilhaRevolução Francesa - Do Absolutismo à Queda da Bastilha
Revolução Francesa - Do Absolutismo à Queda da Bastilha
Luiz Valentim
 
Revolucao francesa 2014
Revolucao francesa 2014Revolucao francesa 2014
Revolucao francesa 2014
Priscila Azeredo
 
A Revolução Francesa
A Revolução FrancesaA Revolução Francesa
A Revolução Francesa
Professor Marcelo
 
A era napoleônica
A era napoleônicaA era napoleônica
A era napoleônica
Fatima Freitas
 
Da Revolução Francesa a Era de Napoleão Bonaparte
Da Revolução Francesa a Era de Napoleão BonaparteDa Revolução Francesa a Era de Napoleão Bonaparte
Da Revolução Francesa a Era de Napoleão Bonaparte
Darlene Celestina
 
A Convenção Nacional-Revolução Francesa.8 ano.
A Convenção Nacional-Revolução Francesa.8 ano.A Convenção Nacional-Revolução Francesa.8 ano.
A Convenção Nacional-Revolução Francesa.8 ano.
nicollegouveia
 
Revolução francesa power point - Ana CLara
Revolução francesa power point - Ana CLaraRevolução francesa power point - Ana CLara
Revolução francesa power point - Ana CLara
alunoitv
 
Da Revolução Francesa Ao ImpéRio De NapoleãO
Da Revolução Francesa Ao ImpéRio De NapoleãODa Revolução Francesa Ao ImpéRio De NapoleãO
Da Revolução Francesa Ao ImpéRio De NapoleãO
jdlimaaear
 
Revolução Francesa
Revolução FrancesaRevolução Francesa
Revolução Francesa
Lucas Nunes de Souza
 
Revolução francesa
Revolução francesaRevolução francesa
Revolução francesa
Nilton Silva Jardim Junior
 
Revolução Francesa ao Fim da Era Napoleônica
Revolução Francesa ao Fim da Era NapoleônicaRevolução Francesa ao Fim da Era Napoleônica
Revolução Francesa ao Fim da Era Napoleônica
alunoitv
 

Mais procurados (20)

Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
 
A revolução francesa 2
A revolução francesa 2A revolução francesa 2
A revolução francesa 2
 
Revolução Francesa
Revolução FrancesaRevolução Francesa
Revolução Francesa
 
Capitulo 12
Capitulo 12Capitulo 12
Capitulo 12
 
As fases da revolução
As fases da revoluçãoAs fases da revolução
As fases da revolução
 
_ Revolução Francesa
_ Revolução Francesa_ Revolução Francesa
_ Revolução Francesa
 
5 02 a revolução francesa_blogue
5 02 a revolução francesa_blogue5 02 a revolução francesa_blogue
5 02 a revolução francesa_blogue
 
Revolução Francesa
Revolução FrancesaRevolução Francesa
Revolução Francesa
 
_Revolução Francesa - Aula1
_Revolução Francesa - Aula1_Revolução Francesa - Aula1
_Revolução Francesa - Aula1
 
Revolução Francesa - Do Absolutismo à Queda da Bastilha
Revolução Francesa - Do Absolutismo à Queda da BastilhaRevolução Francesa - Do Absolutismo à Queda da Bastilha
Revolução Francesa - Do Absolutismo à Queda da Bastilha
 
Revolucao francesa 2014
Revolucao francesa 2014Revolucao francesa 2014
Revolucao francesa 2014
 
A Revolução Francesa
A Revolução FrancesaA Revolução Francesa
A Revolução Francesa
 
A era napoleônica
A era napoleônicaA era napoleônica
A era napoleônica
 
Da Revolução Francesa a Era de Napoleão Bonaparte
Da Revolução Francesa a Era de Napoleão BonaparteDa Revolução Francesa a Era de Napoleão Bonaparte
Da Revolução Francesa a Era de Napoleão Bonaparte
 
A Convenção Nacional-Revolução Francesa.8 ano.
A Convenção Nacional-Revolução Francesa.8 ano.A Convenção Nacional-Revolução Francesa.8 ano.
A Convenção Nacional-Revolução Francesa.8 ano.
 
Revolução francesa power point - Ana CLara
Revolução francesa power point - Ana CLaraRevolução francesa power point - Ana CLara
Revolução francesa power point - Ana CLara
 
Da Revolução Francesa Ao ImpéRio De NapoleãO
Da Revolução Francesa Ao ImpéRio De NapoleãODa Revolução Francesa Ao ImpéRio De NapoleãO
Da Revolução Francesa Ao ImpéRio De NapoleãO
 
Revolução Francesa
Revolução FrancesaRevolução Francesa
Revolução Francesa
 
Revolução francesa
Revolução francesaRevolução francesa
Revolução francesa
 
Revolução Francesa ao Fim da Era Napoleônica
Revolução Francesa ao Fim da Era NapoleônicaRevolução Francesa ao Fim da Era Napoleônica
Revolução Francesa ao Fim da Era Napoleônica
 

Semelhante a Revoluções Liberais

Revolucoes
RevolucoesRevolucoes
Revolucoes
Norma Almeida
 
Revoluções liberais (2) - História 8º ano
Revoluções liberais (2) - História 8º anoRevoluções liberais (2) - História 8º ano
Revoluções liberais (2) - História 8º ano
Gabriel Lima
 
8º ano as revoluções liberais
8º ano   as revoluções liberais8º ano   as revoluções liberais
8º ano as revoluções liberais
borgia
 
Questões sobre a rev francesa
Questões sobre a rev francesaQuestões sobre a rev francesa
Questões sobre a rev francesa
Funvic - Fundação de Ensino de Mococa
 
Revolução francesa e era napoleônica.pptx
Revolução francesa e era napoleônica.pptxRevolução francesa e era napoleônica.pptx
Revolução francesa e era napoleônica.pptx
GabrielBrando57
 
Amanda e gabriella rev. francesa e império napoleônico
Amanda e gabriella rev. francesa e império napoleônicoAmanda e gabriella rev. francesa e império napoleônico
Amanda e gabriella rev. francesa e império napoleônico
AmandaKikuti
 
Trabalho de História
Trabalho de HistóriaTrabalho de História
Trabalho de História
alunoitv
 
Era napoleônica
Era napoleônica Era napoleônica
Era napoleônica
Carlos Zaranza
 
A era napoleônica
A era napoleônicaA era napoleônica
A era napoleônica
Carlos Zaranza
 
00 05 preparação_exame_nacional_história_a_2018_módulo_5
00 05 preparação_exame_nacional_história_a_2018_módulo_500 05 preparação_exame_nacional_história_a_2018_módulo_5
00 05 preparação_exame_nacional_história_a_2018_módulo_5
Vítor Santos
 
Revolução francesa 8° b
Revolução francesa 8° bRevolução francesa 8° b
Revolução francesa 8° b
alunoitv
 
Revoluções liberais (1) - História 8º ano
Revoluções liberais (1) - História 8º anoRevoluções liberais (1) - História 8º ano
Revoluções liberais (1) - História 8º ano
Gabriel Lima
 
Idade contemporânea revolução francesa e napoleão
Idade contemporânea   revolução francesa e napoleão Idade contemporânea   revolução francesa e napoleão
Idade contemporânea revolução francesa e napoleão
Wendell Leonardo .
 
5_01_a revolução americana_francesa_outras.pdf
5_01_a revolução americana_francesa_outras.pdf5_01_a revolução americana_francesa_outras.pdf
5_01_a revolução americana_francesa_outras.pdf
Vítor Santos
 
A revolução liberal de 1820
A revolução liberal de 1820A revolução liberal de 1820
A revolução liberal de 1820
joanacunha9406
 
Era napoleônica
Era napoleônicaEra napoleônica
Era napoleônica
Denis Gasco
 
Revolucao francesa (1)
Revolucao francesa (1)Revolucao francesa (1)
Revolucao francesa (1)
Érica Alegre
 
Revoluções liberais
Revoluções liberaisRevoluções liberais
Revoluções liberais
Teresa Maia
 
A ImplantaçãO Do Liberalismo Em Portugal Completo
A ImplantaçãO Do Liberalismo Em Portugal   CompletoA ImplantaçãO Do Liberalismo Em Portugal   Completo
A ImplantaçãO Do Liberalismo Em Portugal Completo
ricardup
 
Revoluções Liberais
Revoluções LiberaisRevoluções Liberais
Revoluções Liberais
cattonia
 

Semelhante a Revoluções Liberais (20)

Revolucoes
RevolucoesRevolucoes
Revolucoes
 
Revoluções liberais (2) - História 8º ano
Revoluções liberais (2) - História 8º anoRevoluções liberais (2) - História 8º ano
Revoluções liberais (2) - História 8º ano
 
8º ano as revoluções liberais
8º ano   as revoluções liberais8º ano   as revoluções liberais
8º ano as revoluções liberais
 
Questões sobre a rev francesa
Questões sobre a rev francesaQuestões sobre a rev francesa
Questões sobre a rev francesa
 
Revolução francesa e era napoleônica.pptx
Revolução francesa e era napoleônica.pptxRevolução francesa e era napoleônica.pptx
Revolução francesa e era napoleônica.pptx
 
Amanda e gabriella rev. francesa e império napoleônico
Amanda e gabriella rev. francesa e império napoleônicoAmanda e gabriella rev. francesa e império napoleônico
Amanda e gabriella rev. francesa e império napoleônico
 
Trabalho de História
Trabalho de HistóriaTrabalho de História
Trabalho de História
 
Era napoleônica
Era napoleônica Era napoleônica
Era napoleônica
 
A era napoleônica
A era napoleônicaA era napoleônica
A era napoleônica
 
00 05 preparação_exame_nacional_história_a_2018_módulo_5
00 05 preparação_exame_nacional_história_a_2018_módulo_500 05 preparação_exame_nacional_história_a_2018_módulo_5
00 05 preparação_exame_nacional_história_a_2018_módulo_5
 
Revolução francesa 8° b
Revolução francesa 8° bRevolução francesa 8° b
Revolução francesa 8° b
 
Revoluções liberais (1) - História 8º ano
Revoluções liberais (1) - História 8º anoRevoluções liberais (1) - História 8º ano
Revoluções liberais (1) - História 8º ano
 
Idade contemporânea revolução francesa e napoleão
Idade contemporânea   revolução francesa e napoleão Idade contemporânea   revolução francesa e napoleão
Idade contemporânea revolução francesa e napoleão
 
5_01_a revolução americana_francesa_outras.pdf
5_01_a revolução americana_francesa_outras.pdf5_01_a revolução americana_francesa_outras.pdf
5_01_a revolução americana_francesa_outras.pdf
 
A revolução liberal de 1820
A revolução liberal de 1820A revolução liberal de 1820
A revolução liberal de 1820
 
Era napoleônica
Era napoleônicaEra napoleônica
Era napoleônica
 
Revolucao francesa (1)
Revolucao francesa (1)Revolucao francesa (1)
Revolucao francesa (1)
 
Revoluções liberais
Revoluções liberaisRevoluções liberais
Revoluções liberais
 
A ImplantaçãO Do Liberalismo Em Portugal Completo
A ImplantaçãO Do Liberalismo Em Portugal   CompletoA ImplantaçãO Do Liberalismo Em Portugal   Completo
A ImplantaçãO Do Liberalismo Em Portugal Completo
 
Revoluções Liberais
Revoluções LiberaisRevoluções Liberais
Revoluções Liberais
 

Mais de Lucas Nunes de Souza

Constituição da republica velha
Constituição da republica velhaConstituição da republica velha
Constituição da republica velha
Lucas Nunes de Souza
 
Trabalho de geografia
Trabalho de geografiaTrabalho de geografia
Trabalho de geografia
Lucas Nunes de Souza
 
Ibge
IbgeIbge
República velha,
República velha,República velha,
República velha,
Lucas Nunes de Souza
 
Roma antiga resumo ilustrado rafa
Roma antiga resumo ilustrado rafaRoma antiga resumo ilustrado rafa
Roma antiga resumo ilustrado rafa
Lucas Nunes de Souza
 
Roma antiga victória
Roma antiga   victóriaRoma antiga   victória
Roma antiga victória
Lucas Nunes de Souza
 
Kerollen dias
Kerollen diasKerollen dias
Kerollen dias
Lucas Nunes de Souza
 
Roma antiga trabalho slide prof lucas - ana duda
Roma antiga trabalho slide prof lucas - ana dudaRoma antiga trabalho slide prof lucas - ana duda
Roma antiga trabalho slide prof lucas - ana duda
Lucas Nunes de Souza
 
Semelhanças
SemelhançasSemelhanças
Semelhanças
Lucas Nunes de Souza
 
Semelhanças
SemelhançasSemelhanças
Semelhanças
Lucas Nunes de Souza
 
Roma 10.10
Roma 10.10Roma 10.10
Contrastes brasileiros
Contrastes brasileirosContrastes brasileiros
Contrastes brasileiros
Lucas Nunes de Souza
 
Globalização
GlobalizaçãoGlobalização
Globalização
Lucas Nunes de Souza
 
Trabalho geografia
Trabalho geografiaTrabalho geografia
Trabalho geografia
Lucas Nunes de Souza
 
Roma 10.10
Roma 10.10Roma 10.10
Globalização
GlobalizaçãoGlobalização
Globalização
Lucas Nunes de Souza
 
Globalização
GlobalizaçãoGlobalização
Globalização
Lucas Nunes de Souza
 
Semelhanças
SemelhançasSemelhanças
Semelhanças
Lucas Nunes de Souza
 
Absolutismo MonáRquico
Absolutismo MonáRquicoAbsolutismo MonáRquico
Absolutismo MonáRquico
Lucas Nunes de Souza
 
Absolutismo MonáRquico
Absolutismo MonáRquicoAbsolutismo MonáRquico
Absolutismo MonáRquico
Lucas Nunes de Souza
 

Mais de Lucas Nunes de Souza (20)

Constituição da republica velha
Constituição da republica velhaConstituição da republica velha
Constituição da republica velha
 
Trabalho de geografia
Trabalho de geografiaTrabalho de geografia
Trabalho de geografia
 
Ibge
IbgeIbge
Ibge
 
República velha,
República velha,República velha,
República velha,
 
Roma antiga resumo ilustrado rafa
Roma antiga resumo ilustrado rafaRoma antiga resumo ilustrado rafa
Roma antiga resumo ilustrado rafa
 
Roma antiga victória
Roma antiga   victóriaRoma antiga   victória
Roma antiga victória
 
Kerollen dias
Kerollen diasKerollen dias
Kerollen dias
 
Roma antiga trabalho slide prof lucas - ana duda
Roma antiga trabalho slide prof lucas - ana dudaRoma antiga trabalho slide prof lucas - ana duda
Roma antiga trabalho slide prof lucas - ana duda
 
Semelhanças
SemelhançasSemelhanças
Semelhanças
 
Semelhanças
SemelhançasSemelhanças
Semelhanças
 
Roma 10.10
Roma 10.10Roma 10.10
Roma 10.10
 
Contrastes brasileiros
Contrastes brasileirosContrastes brasileiros
Contrastes brasileiros
 
Globalização
GlobalizaçãoGlobalização
Globalização
 
Trabalho geografia
Trabalho geografiaTrabalho geografia
Trabalho geografia
 
Roma 10.10
Roma 10.10Roma 10.10
Roma 10.10
 
Globalização
GlobalizaçãoGlobalização
Globalização
 
Globalização
GlobalizaçãoGlobalização
Globalização
 
Semelhanças
SemelhançasSemelhanças
Semelhanças
 
Absolutismo MonáRquico
Absolutismo MonáRquicoAbsolutismo MonáRquico
Absolutismo MonáRquico
 
Absolutismo MonáRquico
Absolutismo MonáRquicoAbsolutismo MonáRquico
Absolutismo MonáRquico
 

Revoluções Liberais

  • 3. Revolução Americana Território. 13 colónias: Colónias do Norte: Os seus habitantes eram industriais e comerciantes e partilhavam a ideologia republicana. Colónias do Sul: Os seus habitantes eram católicos e anglicanos e dedicavam-se à agricultura; Existência de grandes latifúndios cultivados por escravos.
  • 4. Revolução Americana Antecedentes Guerra dos 7 anos (1756-1763): Inglaterra versus França - > disputas coloniais Causas para a Revolução Contestação ao sistema de exclusividade do comércio; Insatisfação pelo lançamento de impostos sobre o chá, açúcar e papel selado; Confrontos com o exército inglês; Ausência de representação das colónias no parlamento inglês
  • 5. Revolução Americana Reacção dos colonos Boston Tea Party: Os colonos disfarçados de índios assaltaram, em Boston, alguns navios que se encontravam carregados com chá, e lançaram a carga ao mar. Era o início da Revolução.
  • 6. Revolução Americana Congresso de Filadélfia: Declaração de Independência - 04 de Julho de 1776 escrita por Thomas Jefferson, Samuel Adams e Benjamin Franklin foi inspirada nos ideais Iluministas (porém as mulheres não tinham participação política e mantinha-se o sistema esclavagista)
  • 7. Revolução Americana Constituição de 1787 Divisão de poderes
  • 8. Revolução Francesa Antecedentes: Sociedade Mantinha-se a estrutura tripartida. Politicamente Monarquia Absoluta Rei Luís XVI
  • 9. Revolução Francesa Antecedentes: Economicamente Crise financeira agravada por: Acordos comerciais com a Inglaterra; Despesas com a guerra dos 7 anos; Despesas na Revolução Americana; Despesas com a corte de Versalhes; Maus anos agrícolas.
  • 10. Revolução Francesa Saída para a crise: Aumentar os impostos A quem ? Clero Nobreza 3º Estado Opõem-se à decisão do rei
  • 11. Revolução Francesa Sucessão de Acontecimentos: Estados Gerais – 1789 Reúnem-se em Versalhes; Representantes dos 3 estados; Problema do sistema de voto: Voto por ordem Voto por deputado (defendido pela nobreza e clero) (defendido pelo 3º Estado)
  • 12. Revolução Francesa Assembleia Nacional Constituinte (1789-1791) Perante a recusa dos deputados do clero e da nobreza, os representantes do 3º Estado abandonam os Estados Gerais; Decidem instituir a Assembleia Nacional Constituinte ; Comprometem-se a não se separarem enquanto não dotassem a França de uma constituição. 14 de Julho de 1789 – Tomada da Bastilha: Revolta da população contra as tentativas do rei dissolver a Assembleia Nacional Constituinte .
  • 13.  
  • 14. Revolução Francesa Medidas da Assembleia Nacional Constituinte Abolição dos direitos feudais e da venalidade dos cargos; Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão; Nacionalização dos bens do clero Elaboração da Constituição de 1791; Separação dos poderes Executivo – Para o Rei; Legislativo – Para uma Assembleia Eleita; Judicial – Para os Tribunais; Estabelecimento do voto censitário.
  • 15. Revolução Francesa Assembleia Legislativa (1791-1792) Divisão dos Revolucionários em dois partidos: Girondino (moderados) Jacobinos (radicais) Início da oposição da Europa à Revolução Francesa; Prisão do rei e a tomada de poder pelos Jacobinos.
  • 16. Revolução Francesa Convenção e Terror (1792-1795) Liderada pelos Jacobinos; Aplicação do Sufrágio Universal; Perante a ameaça externa proclamam a República Francesa; Instauraram o regime do Terror; Entre 1793 e 1794 morreram na Guilhotina milhares de franceses, incluindo o Rei e a Rainha.
  • 17. Execução de Luís XVI Gravura da época
  • 18. Revolução Francesa Directório (1795-1799) Regresso dos Girondinos ao poder através de um golpe de estado; Regresso do voto censitário; Poder executivo confiado a 5 directores; Período de alguma instabilidade, mas assente nas vitórias militares de Napoleão.
  • 19. Revolução Francesa Consulado (1799-1802) Os triunfos de Napoleão nas campanhas de Itália e do Egipto deram-lhe popularidade e levaram à queda do Directório; O Consulado era formado por: Sieyés, e Napoleão Ducos. Mais tarde Napoleão intitula-se primeiro-cônsul.
  • 20. Jacques-Louis David Coroação de Napoleão Bonaparte como Imperador dos Franceses Museu do Louvre
  • 21. Revolução Francesa Império (1804-1814) Napoleão triunfa rapidamente sobre coligações de países inimigos: Inglaterra; Áustria; Prússia; Rússia Fica convencido que pode tornar-se num grande imperador.
  • 23. Guerras Napoleónicas Bloqueio Continental - 1807 Para conseguir derrotar a Inglaterra decreta o Bloqueio Continental : Os navios ingleses ficam proibidos de atracar em portos da Europa Continental; Alguns países não aceitam essa imposição e entre eles estava Portugal. Tratado de Fontainebleau – 1807 Acordo entre a França e a Espanha sobre a invasão e divisão de Portugal.
  • 25. Guerras Napoleónicas Tratado de Fontainebleau – 1807 Acordo entre a França e a Espanha sobre a invasão e divisão de Portugal Portugal ficaria dividido em três: Lusitânia Setentrional – Para a casa de Saboia; Lusitânia – dependia de Espanha; Reino do Algarve – Para Manuel Godoy (general Espanhol aliado de Napoleão )
  • 26. Invasões Francesas Portugal foi assolado por três invasões: I invasão – 1807-1808 II invasão – 1809 III invasão – 1810-1811
  • 27. Invasões Francesas I Invasão (1807-1808) Comandada por Junot; Avança rapidamente sobre Lisboa; Retirada da Família Real para o Brasil; Ajuda inglesa através de tropas; Batalhas da Roliça e Vimeiro: Resultam em vitórias para Portugal e Inglaterra; Junot retira-se para França.
  • 28.  
  • 29. Invasões Francesas II Invasão (1809) Comandada por Soult; Avança sobre o Porto; O pânico dos habitantes da cidade leva ao “desastre da ponte das Barcas”; Perante a reacção inglesa abandona o país.
  • 30. Invasões Francesas III Invasão (1810-11) Comandada por Massena; Avança sobre Lisboa; É derrotado na Batalha do Buçaco; Porém, continua o seu avanço; É barrado nas linhas de torres e opta por retirar-se.
  • 31. Invasões Francesas 1ª Linha 2ª Linha 3ª Linha
  • 32. Revolução Liberal Antecedentes (1808-1820) Transmissão dos ideais da Revolução Francesa: Liberdade, Igualdade, Fraternidade. Ausência da Família Real no Brasil; O Brasil foi elevado à categoria de reino, o que levou à abertura dos portos à navegação estrangeira; Os ingleses ocupavam os cargos principais do governo e do exército; O comércio e a industria estavam subordinados aos ingleses;
  • 33. Revolução Liberal de 1820 Solução: Expulsar os ingleses de Portugal; Exigência do regresso da família real a Portugal (1821); Elaboração de uma constituição para o reino (1822)
  • 34. Independência do Brasil Acontecimentos No dia 7 de Setembro de 1822, o príncipe regente D. Pedro regressava de uma viagem a Santos. No caminho, surge um mensageiro com duas cartas: a primeira exigia seu regresso imediato a Portugal. a segunda, apontava dois caminhos: a obediência a Portugal ou a separação total da metrópole. Apoiado pela elite brasileira, D. Pedro vai proclamar a Independência do Brasil.
  • 35. Pedro Américo O Grito do Ipiranga ,1888 Museu Paulista da Universidade de São Paulo