SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 32
A Era Napoleônica
Napoleon on his Imperial throne wearing his laurel leaf crown. Painting by Jean-Auguste-Dominique Ingres in 1806.
Napoleão de 1769 a 1799:
- Patente de general com 24 anos.
Êxitos militares:
a) Vitória sobre o levante realista de 1795.
b) Campanha da Itália (1797)  cria JORNAL
c) Paz de Campofórmio (Áustria): retomada de territórios
d) Campanha do Egito (1798-9):
.
Bonaparte at the Pont d'Arcole, by
Baron Antoine-Jean Gros, (ca. 1801), Musée du
Louvre, Paris
• Objetivo: bloquear a rota comercial da Inglaterra com Oriente
• Toma Alexandria (Batalha das Pirâmides – massacre de mamelucos)
• Frota francesa destruída  viver no Egito (cientistas e intelectuais)
• Jean-François Champollion (Pedra de Roseta)
• Partida autorizada por Diretório
• Proposta de Golpe de Estado
 Abade Seiyés
 Roger Ducos
 Talleyrand
 Lucien Bonaparte (irmão – Conselho dos 500)
Diretores
• Negociação à mesa de Chá
• Define próprios termos, sem consultar Estado
Reputação de
Invencível
The Battle of the Pyramids, Louis-François, Baron Lejeune, 1808.
Napoleon Bonaparte Before the Sphinx, (ca. 1868) by Jean-Léon Gérôme, Hearst CastleA Mamluk nobleman from Aleppo
Consciente sobre a construção de uma imagem como forma de propaganda
Causas indiretas que levam Napoleão ao poder
O 18 Brumário: a formação do Consulado:
- Aliança Napoleão + alta burguesia
-Apoio militar
-Apoio da alta burguesia
-Apoio do campesinato
General Bonaparte surrounded by members of the Council of Five
Hundred during the 18 Brumaire coup d'état, byFrançois Bouchot
- Formação da 2ª Coalizão
- Coligação contra a França Revolucionária.
- Insatisfação da alta burguesia (girondinos e feuillants)
- Instabilidade causada por 10 anos de Revolução.
Comerciantes, industriais e financistas
Terras da igreja
Terras de nobres emigrados
Objetivos Principais:
• Enfrentar ameaças externas
• Reorganizar economia e sociedade do país
Tripé político e social
(Apoio de artistas e intelectuais)
"EXIT LIBERTÉ a la FRANCOIS ! or BUONAPARTE closing the Farce of Egalité, at St. Cloud near Paris 10 November. 1799", British satirical depiction of the 18 Brumaire
coup d'état, by James Gillray
Consulado (1799-1804):
Bonaparte, First Consul, byJean Auguste Dominique Ingres
 Primeiro-Cônsul + Demais cônsules
Objetivos do Consulado:
- Incentivar industrialização  França potência industrial
- Confirma distribuição de terras realizada durante Revolução
1799:
- Vitória sobre a 2ª Coligação
- Paz de Amiens (trégua com Inglaterra)
- Criação do Banco Nacional da França (nova moeda: franco).
1801-1802:
1801: Concordata com o papa Pio VII (1801): reata relações com Igreja.
1802:
 Com empréstimo da burguesia
 Controlar emissão de moeda
 Controlar inflação
Reação favorável
- Alta da Bolsa de Valores
- Estímulo: indústria/prod. agrícola
Simples conselheiros
Nova constituição
Centralização política
1804: O Código Civil Napoleônico:
- Baseado no Direito Romano (Corpus Jurus Civilis)
- Igualdade perante a lei
- Direito burguês:
- Direito de propriedade;
- Proibição de formação de sindicatos;
- Proibição de greves;
- Restabelecia a escravidão nas colônias;
- Influenciou demais códigos no ocidente.
Reforma Educacional Napoleônica:
- Ensino: responsabilidade do Estado.
- Liceus
- Politécnicas
- Escolas de Direito e Política.
OBJETIVO: formação de um corpo de trabalhadores
especializados.
A Constituição do ano XII (1804):
- Título de cônsul vitalício;
- Plebiscito (censitário): recebe o título de Imperador
- COROAÇÃO: 02/12/1804  Notre-Dame
- Submissão do poder papal.
Transformado em referência de
diretrizes legais e jurídicas do
Ocidente capitalista
The Coronation of Napoleon by Jacques-Louis David in 1804
RESUMO
- Ano VIII (1800): Criação do Consulado;
- Ano X (1802): reforça o poder do 1º cônsul;
- Ano XII (1804): Vitaliciedade do poder de Napoleão.
IMPÉRIO (1804-1815):
- Guerras externas.
- Líder: Inglaterra (competição industrial).
- Coligações: monarquias absolutistas (oposição ao
liberalismo político da Revolução).
COLIGAÇÕES
- 1805: Terceira Coligação (Ingl + Rús+ Áustria)
- FR + ESP = invasão do canal da Mancha;
- Batalha de Trafalgar: derrota francesa para a
- Inglaterra (Almirante Nelson) - Inglaterra X França
- Impossibilidade de vitória definitiva.
- Vitória continental sobre a 3ª Coligação
- Batalhas de Ulm (Prússia), e Austerlitz (Áustria).
- Superioridade terrestre das tropas francesas.
- Fim do Sacro Império Germânico: criação da
Confederação do Reno (Reunido por Napoleão)
Napoleon at the Battle of Austerlitz, by François Gérard1805. The Battle of Austerlitz, also known as the Battle of the Three Emperors, was Napoleon's greatest victory,
where the French Empire effectively crushed the Third Coalition.
O Bloqueio Continental (1806)
- OBJETIVO: neutralizar o poderio econômico inglês;
- Privar o acesso inglês ao mercado europeu;
- Decreto de Berlim: Ameaça de invasão militar aos
países que não cumprissem o bloqueio.
Os anos de 1807-1809:
- Vitórias sobre a 4ªe 5ªColigações.
- Adesão da Rússia ao embargo: Tratado de Tilsit.
- Consolidação do bloqueio.
- Início das implicações do bloqueio.
O avanço liberal
- A expansão napoleônica sobre a Europa causa as
seguintes consequências:
- Expansão dos ideais liberais
- Ruptura com o Antigo Regime.
-Desenvolvimento de lutas nacionalistas nos países
invadidos.
- Início da queda de Napoleão.
Ao contrário do que Napoleão esperava ao ter decretado o bloqueio continental, este acabou por prejudicar menos a Inglaterra e mais o Império francês, provocando
uma recessão e escassez alimentar generalizada, como se reflecte na seguinte caricatura, atribuída a George Moutard Woodward e publicada precisamente em
Novembro de 1807, com John Bull com a mesa farta enquanto Napoleão apenas tem um prato de sopa para comer:
O casamento com Maria Luísa:
OBJETIVOS:
- Ligação de parentesco com a casa dos Habsburgos;
- Legitimação do governo dos Bonaparte;
“enobrecimento” da Família Real francesa;
- Alianças com as monarquias europeias;
- Herdeiro para o trono.
- Tais medidas não alcançam êxito.
PORTUGAL
- Aliado da Inglaterra.
- Não participa do Bloqueio.
- 1807: Tratado de Fontainebleau
- Início do processo de independência do Brasil.
ESPANHA
- Deposição do rei espanhol Fernando VII.
- NOVO REI: José Bonaparte.
- Guerrilhas nacionalistas contra Napoleão.
- Derrotas na Península Ibérica
- Enfraquecimento das tropas francesas (Resistência financiamento inglês)
 França + Espanha
 Passagem das tropas pela Espanha
 Divisão de terras portuguesas
• invasão napoleônica
• Fuga da Família Real
Imperial Standard of Napoleon I
José Bonaparte.
Efeitos no Brasil
Carlota Joaquina
D. João
• Abertura dos portos às nações amigas [Inglaterra]
• Alvará para manufaturas (sem efeito)
• Expansão territorial (invasões)
 Tratado de Aliança e Amizade
 Tratado de Comércio e Navegação
 Tribunais especiais para ingleses
- Inglaterra defesa militar ao Brasil
Tarifas alfandegárias:
- 15% mercadorias inglesas
- 16% mercadorias portuguesas
- 24% demais países
 Inibida por comércio inglês
 Guiana Francesa (questão com Napoleão)
 Província Cisplatina (questão com Fernando VII)
 1815: Congresso de Viena
 1828: Independência Cisplatina
Retaliações
Devolvem Guiana
Consolida influência inglesa sobre a política da Coroa
Conflitos com
comerciantes portugueses
Economia:
• Reproduzir estruturas do Estado português
• 1ªs instituições nacionais
 Banco do Brasil
 Imprensa Régia (diário oficial)
 Biblioteca Real
 Teatro Real de São João
 Jardim Botânico
 Academia de Belas Artes
 Escola Médica do Rio de Janeiro
 Escola Médica de Salvador
 Academia Militar
- Centralizar honerário
- Pagar funcionários públicos
- Primeiros papéis-moeda
Impulso à educação
- Exército
- Marinha
Organizar finanças
Fundamental para manutenção
do território nacional
Política/ Cultura:
Usam esta influencia para pressionar o Brasil
com relação ao trafico de escravos
O fim do Bloqueio
- Crise econômica no continente.
- Incapacidade francesa de abastecimento do mercado europeu.
- Rússia: rompe o bloqueio
- Czar Alexandre I: abertura dos portos russos aos ingleses (1812).
A CAMPANHA DA RÚSSIA
- Exército francês: 700.000 homens.
- OBJETIVO: invadir Moscou.
- Técnica russa: Terra Arrasada.
- Rigoroso inverno.
- Derrota de Napoleão.
- Sobreviventes: 79.000 homens.
Napoleon's withdrawal from Russia, a painting by Adolph Northen
A 6ª Coligação e o Tratado de Fontainebleau
- 6ª Coligação (Inglaterra, Áustria, Prússia e Rússia).
- 10/1813: derrota em Leipzig (Batalha das Nações)
- Napoleão assina o Tratado de Fontainebleau.
O Tratado de Fontainebleau
- Abdicação do trono francês;
- Pensão de dois milhões de francos anuais e plena soberania sobre a
Ilha de Elba (próximo a Córsega).
- Restabelecimento da dinastia do Bourbons
- Rei: Luís XVIII, irmão de Luís XVI.
A 6ª Coligação e o Tratado de Fontainebleau
- 6ª Coligação (Inglaterra, Áustria, Prússia e Rússia).
- 10/1813: derrota em Leipzig (Batalha das Nações)
- Napoleão assina o Tratado de Fontainebleau.
O Tratado de Fontainebleau
- Abdicação do trono francês;
- Pensão de dois milhões de francos anuais e plena soberania sobre a
Ilha de Elba (próximo a Córsega).
- Restabelecimento da dinastia do Bourbons
- Rei: Luís XVIII, irmão de Luís XVI.
#Chatiadu
British etching from 1814 in celebration of Napoleon's first exile to Elba at the close of the War of the Sixth Coalition
Os Cem Dias (1815)
- Fuga de Napoleão da ilha de Elba com 1200 homens;
- Episódio do Marechal Ney.
- Retomada do poder e do trono sem conflitos.
- Reorganização das Coligações contra Napoleão.
A 7ª Coligação
- Guerra contra a 7ª Coligação
- Batalha de Waterloo.
- Derrota de Napoleão.
- Fracasso da tentativa de exílio nos EUA
- Exilado na longínqua ilha de Santa Helena, Napoleão
morre - em 5 de maio de 1821.
Napoleon returned from Elba, by Karl Stenben, 19th century Napoleon on Saint Helena
Napoleons exile St Helena (June1970)
O Congresso de Viena
- Formado após a Batalha das Nações (1813).
OBJETIVO:
- Restaurar a situação política europeia anterior à Revolução Francesa.
- LÍDER: Metternich (Áustria)
MEMBROS:
- Alexandre I (czar, Rússia),
- Frederico Guilherme III (Prússia),
- Castlereagh (Inglaterra).
CARACTERÍSTICAS
- Restauração monárquica
- Reinstalação da aristocracia no poder
PRINCÍPIOS BÁSICOS:
- Legitimidade dos governos (restauração das dinastias
absolutistas);
- Equilíbrio europeu (equilíbrio de forças, através de posses,
entre as potências europeias).
Adieux de Napoléon à la Garde impériale dans la cour du Cheval-Blanc du château de Fontainebleau [Napoleon's farewell to the Imperial Guard in the White Horse
courtyard of the Palace of Fontainebleau] – on 20 April 1814; by Antoine Alphonse Montfort, Palace of Versailles national museum
A Santa Aliança
-Proposta pelo czar Alexandre I.
-Eliminar os focos nacionalistas e liberais influenciados pela Revolução Francesa.
- 1818: a Quádrupla Aliança (Inglaterra, Prússia, Rússia e Áustria) recebe a França
como aliada, tornando-se a Quíntupla aliança.
https://www.youtube.com/watch?v=MrbiSUgZEbgNapoleon PBS Documentary 1 Of 4
https://www.youtube.com/watch?v=2i9TyAsMqYwNapoleão Bonaparte (2002) - Legendado
https://www.youtube.com/watch?v=T-DYqs9itbY
https://www.youtube.com/watch?v=9Hc0tNC8WqE
https://www.youtube.com/watch?v=hZRdaR1J7-Q
https://www.youtube.com/watch?v=zy1B8rwMyqM
https://www.youtube.com/watch?v=zy1B8rwMyqM
https://www.youtube.com/watch?v=khjutpeuVgo
https://www.youtube.com/watch?v=Z4K3vjCprE8History The battle of waterloo
https://www.youtube.com/watch?v=oKmqRqY0RLgThe Battle of Waterloo Movie (1970)
Napoleon PBS Documentary (Espanhol) https://www.youtube.com/watch?v=kuLqBWsmqII
https://www.youtube.com/watch?v=HaSglIrvTgYLa Batalla de Austerlitz
https://www.youtube.com/watch?v=dmwXjZj5i8IGrandes Batallas de la Historia: Trafalgar
Grandes batallas de la historia - "Waterloo" https://www.youtube.com/watch?v=nnlTAfQZUVw
Chespirito - Napoleão Bonaparte https://www.youtube.com/watch?v=82kSviaS_8U
https://www.youtube.com/watch?v=fuPxEj7F_cIA Obsessão de Napoleão: Egito

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

O Império Napoleônico (PDF)
O Império Napoleônico (PDF)O Império Napoleônico (PDF)
O Império Napoleônico (PDF)
Paulo Alexandre
 
Napoleão e o congresso de viena
Napoleão e o congresso de vienaNapoleão e o congresso de viena
Napoleão e o congresso de viena
Profdaltonjunior
 
Congresso de viena
Congresso de vienaCongresso de viena
Congresso de viena
devilblu
 

Mais procurados (20)

Era napoleônica 8 ano
Era napoleônica 8 anoEra napoleônica 8 ano
Era napoleônica 8 ano
 
Resumo era napoleonica
Resumo   era napoleonicaResumo   era napoleonica
Resumo era napoleonica
 
12
1212
12
 
Era napoleônica
Era napoleônicaEra napoleônica
Era napoleônica
 
Era Napoleônica e Congresso de Viena
Era Napoleônica e Congresso de VienaEra Napoleônica e Congresso de Viena
Era Napoleônica e Congresso de Viena
 
Periodo napoleonico
Periodo napoleonicoPeriodo napoleonico
Periodo napoleonico
 
O Império Napoleônico (PDF)
O Império Napoleônico (PDF)O Império Napoleônico (PDF)
O Império Napoleônico (PDF)
 
A era napoleônica
A era napoleônicaA era napoleônica
A era napoleônica
 
Era napoleônica
Era napoleônicaEra napoleônica
Era napoleônica
 
Era napoleônica
Era napoleônicaEra napoleônica
Era napoleônica
 
O império napoleônico
O império napoleônicoO império napoleônico
O império napoleônico
 
A Era Napoleônica
A Era NapoleônicaA Era Napoleônica
A Era Napoleônica
 
12. era napoleônica
12. era napoleônica12. era napoleônica
12. era napoleônica
 
Napoleão e o congresso de viena
Napoleão e o congresso de vienaNapoleão e o congresso de viena
Napoleão e o congresso de viena
 
Congresso de viena
Congresso de vienaCongresso de viena
Congresso de viena
 
A Era Napoleônica (resumo)
A Era Napoleônica (resumo)A Era Napoleônica (resumo)
A Era Napoleônica (resumo)
 
Da Revolução Francesa a Era de Napoleão Bonaparte
Da Revolução Francesa a Era de Napoleão BonaparteDa Revolução Francesa a Era de Napoleão Bonaparte
Da Revolução Francesa a Era de Napoleão Bonaparte
 
Era napoleônica
Era napoleônicaEra napoleônica
Era napoleônica
 
Era napoleonica
Era napoleonicaEra napoleonica
Era napoleonica
 
A EUROPA NO SÉCULO XIX
A EUROPA NO SÉCULO XIXA EUROPA NO SÉCULO XIX
A EUROPA NO SÉCULO XIX
 

Destaque

Destaque (20)

A grande guerra
A grande guerraA grande guerra
A grande guerra
 
Revolução francesa
Revolução francesaRevolução francesa
Revolução francesa
 
Colonização Espanhola
Colonização EspanholaColonização Espanhola
Colonização Espanhola
 
Antigo regime
Antigo regimeAntigo regime
Antigo regime
 
Segunda revolução industrial
Segunda revolução industrialSegunda revolução industrial
Segunda revolução industrial
 
Liberalismo, socialismo, nacionalismo
Liberalismo, socialismo, nacionalismoLiberalismo, socialismo, nacionalismo
Liberalismo, socialismo, nacionalismo
 
A crise de 1929
A crise de 1929A crise de 1929
A crise de 1929
 
Introdução à História
Introdução à HistóriaIntrodução à História
Introdução à História
 
Roma império
Roma impérioRoma império
Roma império
 
Segunda Guerra Mundial (1939-1945) e Guerra Fria
Segunda Guerra Mundial (1939-1945) e Guerra FriaSegunda Guerra Mundial (1939-1945) e Guerra Fria
Segunda Guerra Mundial (1939-1945) e Guerra Fria
 
O feudalismo 2015
O feudalismo 2015O feudalismo 2015
O feudalismo 2015
 
Antiguidade oriental 2016
Antiguidade oriental 2016Antiguidade oriental 2016
Antiguidade oriental 2016
 
Hélade= o mundo grego
Hélade= o mundo gregoHélade= o mundo grego
Hélade= o mundo grego
 
A pré história
A pré históriaA pré história
A pré história
 
Animação e ideologia na Guerra Fria
Animação e ideologia na Guerra FriaAnimação e ideologia na Guerra Fria
Animação e ideologia na Guerra Fria
 
Período entre guerras (1918 1939)
Período entre guerras (1918 1939)Período entre guerras (1918 1939)
Período entre guerras (1918 1939)
 
Idade media - Bizantinos e Islã
Idade media - Bizantinos e IslãIdade media - Bizantinos e Islã
Idade media - Bizantinos e Islã
 
A Revolução Russa
A Revolução RussaA Revolução Russa
A Revolução Russa
 
Era Napoleônica
Era NapoleônicaEra Napoleônica
Era Napoleônica
 
Era napoleonica
Era napoleonicaEra napoleonica
Era napoleonica
 

Semelhante a Era napoleônica

2˚ napoleão ao congresso de viena
2˚ napoleão ao congresso de viena2˚ napoleão ao congresso de viena
2˚ napoleão ao congresso de viena
Kerol Brombal
 
Era napoleonica
Era napoleonicaEra napoleonica
Era napoleonica
dmflores21
 
História - Era napoleonica 1 (Graciene Reis)
História - Era napoleonica 1 (Graciene Reis)História - Era napoleonica 1 (Graciene Reis)
História - Era napoleonica 1 (Graciene Reis)
primeiroanocsl
 
A ImplantaçãO Do Liberalismo Em Portugal Completo
A ImplantaçãO Do Liberalismo Em Portugal   CompletoA ImplantaçãO Do Liberalismo Em Portugal   Completo
A ImplantaçãO Do Liberalismo Em Portugal Completo
ricardup
 
Slide sobre revolução francesa
Slide sobre revolução francesaSlide sobre revolução francesa
Slide sobre revolução francesa
martagama
 

Semelhante a Era napoleônica (20)

2˚ napoleão ao congresso de viena
2˚ napoleão ao congresso de viena2˚ napoleão ao congresso de viena
2˚ napoleão ao congresso de viena
 
O Império napoleônico
O Império napoleônicoO Império napoleônico
O Império napoleônico
 
Era napolônica
Era napolônicaEra napolônica
Era napolônica
 
Napoleão
NapoleãoNapoleão
Napoleão
 
Era napoleonica
Era napoleonicaEra napoleonica
Era napoleonica
 
Revoluções Liberais
Revoluções LiberaisRevoluções Liberais
Revoluções Liberais
 
Revoluções Liberais
Revoluções LiberaisRevoluções Liberais
Revoluções Liberais
 
A era napoleônica
A era napoleônicaA era napoleônica
A era napoleônica
 
Era napoleônica
Era napoleônica Era napoleônica
Era napoleônica
 
História - Era napoleonica 1 (Graciene Reis)
História - Era napoleonica 1 (Graciene Reis)História - Era napoleonica 1 (Graciene Reis)
História - Era napoleonica 1 (Graciene Reis)
 
A ImplantaçãO Do Liberalismo Em Portugal Completo
A ImplantaçãO Do Liberalismo Em Portugal   CompletoA ImplantaçãO Do Liberalismo Em Portugal   Completo
A ImplantaçãO Do Liberalismo Em Portugal Completo
 
Revolucoes
RevolucoesRevolucoes
Revolucoes
 
O período napoleônico
O período napoleônicoO período napoleônico
O período napoleônico
 
A Revolução Liberal Portuguesa.pptx
A Revolução Liberal Portuguesa.pptxA Revolução Liberal Portuguesa.pptx
A Revolução Liberal Portuguesa.pptx
 
Slide sobre revolução francesa
Slide sobre revolução francesaSlide sobre revolução francesa
Slide sobre revolução francesa
 
A era napoleonica_1799_1814
A era napoleonica_1799_1814A era napoleonica_1799_1814
A era napoleonica_1799_1814
 
Revolução Francesa e Era Napoleonica
Revolução Francesa e Era NapoleonicaRevolução Francesa e Era Napoleonica
Revolução Francesa e Era Napoleonica
 
Revolucao francesa ppt
Revolucao francesa pptRevolucao francesa ppt
Revolucao francesa ppt
 
Império Napoleônico
Império NapoleônicoImpério Napoleônico
Império Napoleônico
 
Era napoleônica
Era napoleônicaEra napoleônica
Era napoleônica
 

Mais de Denis Gasco (12)

O Marxismo
O MarxismoO Marxismo
O Marxismo
 
Estados Unidos
Estados UnidosEstados Unidos
Estados Unidos
 
10 Antigo Regime
10   Antigo Regime10   Antigo Regime
10 Antigo Regime
 
Brasil colônia
Brasil colônia Brasil colônia
Brasil colônia
 
19 independência da américa latina 2016
19  independência da américa latina 201619  independência da américa latina 2016
19 independência da américa latina 2016
 
Roma monarquia e república
Roma monarquia e repúblicaRoma monarquia e república
Roma monarquia e república
 
Renascimento cultural
Renascimento culturalRenascimento cultural
Renascimento cultural
 
Renascimento comercial e urbano
Renascimento comercial e urbanoRenascimento comercial e urbano
Renascimento comercial e urbano
 
O feudalismo
O feudalismoO feudalismo
O feudalismo
 
Meta: Roma
Meta: RomaMeta: Roma
Meta: Roma
 
Meta: Hélade= o mundo grego
Meta: Hélade= o mundo gregoMeta: Hélade= o mundo grego
Meta: Hélade= o mundo grego
 
Meta: Antiguidade oriental e o desenvolvimento das primeiras civilizações
Meta: Antiguidade oriental e o desenvolvimento das primeiras civilizaçõesMeta: Antiguidade oriental e o desenvolvimento das primeiras civilizações
Meta: Antiguidade oriental e o desenvolvimento das primeiras civilizações
 

Último

Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestreFilosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
LeandroLima265595
 

Último (20)

Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
Apresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
Apresentação | Símbolos e Valores da União EuropeiaApresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
Apresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
 
Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!
Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!
Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
 
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestreFilosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
 
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da CapivaraPré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
 
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco LeiteReligiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
 
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
 
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfTema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
 
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxSlides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 
CATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºano
CATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºanoCATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºano
CATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºano
 
13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 
Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja
 

Era napoleônica

  • 1. A Era Napoleônica Napoleon on his Imperial throne wearing his laurel leaf crown. Painting by Jean-Auguste-Dominique Ingres in 1806.
  • 2. Napoleão de 1769 a 1799: - Patente de general com 24 anos. Êxitos militares: a) Vitória sobre o levante realista de 1795. b) Campanha da Itália (1797)  cria JORNAL c) Paz de Campofórmio (Áustria): retomada de territórios d) Campanha do Egito (1798-9): . Bonaparte at the Pont d'Arcole, by Baron Antoine-Jean Gros, (ca. 1801), Musée du Louvre, Paris • Objetivo: bloquear a rota comercial da Inglaterra com Oriente • Toma Alexandria (Batalha das Pirâmides – massacre de mamelucos) • Frota francesa destruída  viver no Egito (cientistas e intelectuais) • Jean-François Champollion (Pedra de Roseta) • Partida autorizada por Diretório • Proposta de Golpe de Estado  Abade Seiyés  Roger Ducos  Talleyrand  Lucien Bonaparte (irmão – Conselho dos 500) Diretores • Negociação à mesa de Chá • Define próprios termos, sem consultar Estado Reputação de Invencível
  • 3. The Battle of the Pyramids, Louis-François, Baron Lejeune, 1808.
  • 4. Napoleon Bonaparte Before the Sphinx, (ca. 1868) by Jean-Léon Gérôme, Hearst CastleA Mamluk nobleman from Aleppo
  • 5. Consciente sobre a construção de uma imagem como forma de propaganda
  • 6. Causas indiretas que levam Napoleão ao poder O 18 Brumário: a formação do Consulado: - Aliança Napoleão + alta burguesia -Apoio militar -Apoio da alta burguesia -Apoio do campesinato General Bonaparte surrounded by members of the Council of Five Hundred during the 18 Brumaire coup d'état, byFrançois Bouchot - Formação da 2ª Coalizão - Coligação contra a França Revolucionária. - Insatisfação da alta burguesia (girondinos e feuillants) - Instabilidade causada por 10 anos de Revolução. Comerciantes, industriais e financistas Terras da igreja Terras de nobres emigrados Objetivos Principais: • Enfrentar ameaças externas • Reorganizar economia e sociedade do país Tripé político e social (Apoio de artistas e intelectuais)
  • 7. "EXIT LIBERTÉ a la FRANCOIS ! or BUONAPARTE closing the Farce of Egalité, at St. Cloud near Paris 10 November. 1799", British satirical depiction of the 18 Brumaire coup d'état, by James Gillray
  • 8. Consulado (1799-1804): Bonaparte, First Consul, byJean Auguste Dominique Ingres
  • 9.  Primeiro-Cônsul + Demais cônsules Objetivos do Consulado: - Incentivar industrialização  França potência industrial - Confirma distribuição de terras realizada durante Revolução 1799: - Vitória sobre a 2ª Coligação - Paz de Amiens (trégua com Inglaterra) - Criação do Banco Nacional da França (nova moeda: franco). 1801-1802: 1801: Concordata com o papa Pio VII (1801): reata relações com Igreja. 1802:  Com empréstimo da burguesia  Controlar emissão de moeda  Controlar inflação Reação favorável - Alta da Bolsa de Valores - Estímulo: indústria/prod. agrícola Simples conselheiros Nova constituição Centralização política
  • 10. 1804: O Código Civil Napoleônico: - Baseado no Direito Romano (Corpus Jurus Civilis) - Igualdade perante a lei - Direito burguês: - Direito de propriedade; - Proibição de formação de sindicatos; - Proibição de greves; - Restabelecia a escravidão nas colônias; - Influenciou demais códigos no ocidente. Reforma Educacional Napoleônica: - Ensino: responsabilidade do Estado. - Liceus - Politécnicas - Escolas de Direito e Política. OBJETIVO: formação de um corpo de trabalhadores especializados. A Constituição do ano XII (1804): - Título de cônsul vitalício; - Plebiscito (censitário): recebe o título de Imperador - COROAÇÃO: 02/12/1804  Notre-Dame - Submissão do poder papal. Transformado em referência de diretrizes legais e jurídicas do Ocidente capitalista
  • 11. The Coronation of Napoleon by Jacques-Louis David in 1804
  • 12.
  • 13. RESUMO - Ano VIII (1800): Criação do Consulado; - Ano X (1802): reforça o poder do 1º cônsul; - Ano XII (1804): Vitaliciedade do poder de Napoleão.
  • 14. IMPÉRIO (1804-1815): - Guerras externas. - Líder: Inglaterra (competição industrial). - Coligações: monarquias absolutistas (oposição ao liberalismo político da Revolução). COLIGAÇÕES - 1805: Terceira Coligação (Ingl + Rús+ Áustria) - FR + ESP = invasão do canal da Mancha; - Batalha de Trafalgar: derrota francesa para a - Inglaterra (Almirante Nelson) - Inglaterra X França - Impossibilidade de vitória definitiva. - Vitória continental sobre a 3ª Coligação - Batalhas de Ulm (Prússia), e Austerlitz (Áustria). - Superioridade terrestre das tropas francesas. - Fim do Sacro Império Germânico: criação da Confederação do Reno (Reunido por Napoleão)
  • 15. Napoleon at the Battle of Austerlitz, by François Gérard1805. The Battle of Austerlitz, also known as the Battle of the Three Emperors, was Napoleon's greatest victory, where the French Empire effectively crushed the Third Coalition.
  • 16. O Bloqueio Continental (1806) - OBJETIVO: neutralizar o poderio econômico inglês; - Privar o acesso inglês ao mercado europeu; - Decreto de Berlim: Ameaça de invasão militar aos países que não cumprissem o bloqueio. Os anos de 1807-1809: - Vitórias sobre a 4ªe 5ªColigações. - Adesão da Rússia ao embargo: Tratado de Tilsit. - Consolidação do bloqueio. - Início das implicações do bloqueio. O avanço liberal - A expansão napoleônica sobre a Europa causa as seguintes consequências: - Expansão dos ideais liberais - Ruptura com o Antigo Regime. -Desenvolvimento de lutas nacionalistas nos países invadidos. - Início da queda de Napoleão.
  • 17. Ao contrário do que Napoleão esperava ao ter decretado o bloqueio continental, este acabou por prejudicar menos a Inglaterra e mais o Império francês, provocando uma recessão e escassez alimentar generalizada, como se reflecte na seguinte caricatura, atribuída a George Moutard Woodward e publicada precisamente em Novembro de 1807, com John Bull com a mesa farta enquanto Napoleão apenas tem um prato de sopa para comer:
  • 18. O casamento com Maria Luísa: OBJETIVOS: - Ligação de parentesco com a casa dos Habsburgos; - Legitimação do governo dos Bonaparte; “enobrecimento” da Família Real francesa; - Alianças com as monarquias europeias; - Herdeiro para o trono. - Tais medidas não alcançam êxito. PORTUGAL - Aliado da Inglaterra. - Não participa do Bloqueio. - 1807: Tratado de Fontainebleau - Início do processo de independência do Brasil. ESPANHA - Deposição do rei espanhol Fernando VII. - NOVO REI: José Bonaparte. - Guerrilhas nacionalistas contra Napoleão. - Derrotas na Península Ibérica - Enfraquecimento das tropas francesas (Resistência financiamento inglês)  França + Espanha  Passagem das tropas pela Espanha  Divisão de terras portuguesas • invasão napoleônica • Fuga da Família Real Imperial Standard of Napoleon I José Bonaparte.
  • 19. Efeitos no Brasil Carlota Joaquina D. João
  • 20. • Abertura dos portos às nações amigas [Inglaterra] • Alvará para manufaturas (sem efeito) • Expansão territorial (invasões)  Tratado de Aliança e Amizade  Tratado de Comércio e Navegação  Tribunais especiais para ingleses - Inglaterra defesa militar ao Brasil Tarifas alfandegárias: - 15% mercadorias inglesas - 16% mercadorias portuguesas - 24% demais países  Inibida por comércio inglês  Guiana Francesa (questão com Napoleão)  Província Cisplatina (questão com Fernando VII)  1815: Congresso de Viena  1828: Independência Cisplatina Retaliações Devolvem Guiana Consolida influência inglesa sobre a política da Coroa Conflitos com comerciantes portugueses Economia:
  • 21. • Reproduzir estruturas do Estado português • 1ªs instituições nacionais  Banco do Brasil  Imprensa Régia (diário oficial)  Biblioteca Real  Teatro Real de São João  Jardim Botânico  Academia de Belas Artes  Escola Médica do Rio de Janeiro  Escola Médica de Salvador  Academia Militar - Centralizar honerário - Pagar funcionários públicos - Primeiros papéis-moeda Impulso à educação - Exército - Marinha Organizar finanças Fundamental para manutenção do território nacional Política/ Cultura: Usam esta influencia para pressionar o Brasil com relação ao trafico de escravos
  • 22. O fim do Bloqueio - Crise econômica no continente. - Incapacidade francesa de abastecimento do mercado europeu. - Rússia: rompe o bloqueio - Czar Alexandre I: abertura dos portos russos aos ingleses (1812). A CAMPANHA DA RÚSSIA - Exército francês: 700.000 homens. - OBJETIVO: invadir Moscou. - Técnica russa: Terra Arrasada. - Rigoroso inverno. - Derrota de Napoleão. - Sobreviventes: 79.000 homens. Napoleon's withdrawal from Russia, a painting by Adolph Northen
  • 23. A 6ª Coligação e o Tratado de Fontainebleau - 6ª Coligação (Inglaterra, Áustria, Prússia e Rússia). - 10/1813: derrota em Leipzig (Batalha das Nações) - Napoleão assina o Tratado de Fontainebleau. O Tratado de Fontainebleau - Abdicação do trono francês; - Pensão de dois milhões de francos anuais e plena soberania sobre a Ilha de Elba (próximo a Córsega). - Restabelecimento da dinastia do Bourbons - Rei: Luís XVIII, irmão de Luís XVI.
  • 24. A 6ª Coligação e o Tratado de Fontainebleau - 6ª Coligação (Inglaterra, Áustria, Prússia e Rússia). - 10/1813: derrota em Leipzig (Batalha das Nações) - Napoleão assina o Tratado de Fontainebleau. O Tratado de Fontainebleau - Abdicação do trono francês; - Pensão de dois milhões de francos anuais e plena soberania sobre a Ilha de Elba (próximo a Córsega). - Restabelecimento da dinastia do Bourbons - Rei: Luís XVIII, irmão de Luís XVI. #Chatiadu
  • 25. British etching from 1814 in celebration of Napoleon's first exile to Elba at the close of the War of the Sixth Coalition
  • 26. Os Cem Dias (1815) - Fuga de Napoleão da ilha de Elba com 1200 homens; - Episódio do Marechal Ney. - Retomada do poder e do trono sem conflitos. - Reorganização das Coligações contra Napoleão. A 7ª Coligação - Guerra contra a 7ª Coligação - Batalha de Waterloo. - Derrota de Napoleão. - Fracasso da tentativa de exílio nos EUA - Exilado na longínqua ilha de Santa Helena, Napoleão morre - em 5 de maio de 1821. Napoleon returned from Elba, by Karl Stenben, 19th century Napoleon on Saint Helena
  • 27.
  • 28. Napoleons exile St Helena (June1970)
  • 29. O Congresso de Viena - Formado após a Batalha das Nações (1813). OBJETIVO: - Restaurar a situação política europeia anterior à Revolução Francesa. - LÍDER: Metternich (Áustria) MEMBROS: - Alexandre I (czar, Rússia), - Frederico Guilherme III (Prússia), - Castlereagh (Inglaterra). CARACTERÍSTICAS - Restauração monárquica - Reinstalação da aristocracia no poder PRINCÍPIOS BÁSICOS: - Legitimidade dos governos (restauração das dinastias absolutistas); - Equilíbrio europeu (equilíbrio de forças, através de posses, entre as potências europeias).
  • 30. Adieux de Napoléon à la Garde impériale dans la cour du Cheval-Blanc du château de Fontainebleau [Napoleon's farewell to the Imperial Guard in the White Horse courtyard of the Palace of Fontainebleau] – on 20 April 1814; by Antoine Alphonse Montfort, Palace of Versailles national museum
  • 31. A Santa Aliança -Proposta pelo czar Alexandre I. -Eliminar os focos nacionalistas e liberais influenciados pela Revolução Francesa. - 1818: a Quádrupla Aliança (Inglaterra, Prússia, Rússia e Áustria) recebe a França como aliada, tornando-se a Quíntupla aliança.
  • 32. https://www.youtube.com/watch?v=MrbiSUgZEbgNapoleon PBS Documentary 1 Of 4 https://www.youtube.com/watch?v=2i9TyAsMqYwNapoleão Bonaparte (2002) - Legendado https://www.youtube.com/watch?v=T-DYqs9itbY https://www.youtube.com/watch?v=9Hc0tNC8WqE https://www.youtube.com/watch?v=hZRdaR1J7-Q https://www.youtube.com/watch?v=zy1B8rwMyqM https://www.youtube.com/watch?v=zy1B8rwMyqM https://www.youtube.com/watch?v=khjutpeuVgo https://www.youtube.com/watch?v=Z4K3vjCprE8History The battle of waterloo https://www.youtube.com/watch?v=oKmqRqY0RLgThe Battle of Waterloo Movie (1970) Napoleon PBS Documentary (Espanhol) https://www.youtube.com/watch?v=kuLqBWsmqII https://www.youtube.com/watch?v=HaSglIrvTgYLa Batalla de Austerlitz https://www.youtube.com/watch?v=dmwXjZj5i8IGrandes Batallas de la Historia: Trafalgar Grandes batallas de la historia - "Waterloo" https://www.youtube.com/watch?v=nnlTAfQZUVw Chespirito - Napoleão Bonaparte https://www.youtube.com/watch?v=82kSviaS_8U https://www.youtube.com/watch?v=fuPxEj7F_cIA Obsessão de Napoleão: Egito