SlideShare uma empresa Scribd logo
GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ
SECRETARIA DA EDUCAÇÃO
1ª COORDENADORIA REGIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO
EEEP MARIA CARMEM VIEIRA MOREIRA
RELATÓRIO DE ATIVIDADES: JOGO DRAGÃO DA PAZ: AS INTERVENÇÕES
DISCENTES EM FAVORECIMENTO DA CULTURA DE PAZ.
Professores: Ivanilson da Silva Lima, Elaine Peixoto Braga.
Alunos: Abrão Costa Rodrigues, Bruna Kessia Abreu da Silva, David Mateus da Silva
Fernandes, Guilherme de Queiros Brasil, Winne Kelly da Costa Bessa.
MARACANAÚ
2015
2
JOGO DRAGÃO DA PAZ: AS INTERVENÇÕES DISCENTES EM
FAVORECIMENTO DA CULTURA DE PAZ.
RESUMO
O atual ensino médio brasileiro, necessita de inovações pedagógicas que busquem dar
maior suporte ao processo de ensino-aprendizagem praticado dentro dos espaços
institucionais de formação, assim como que busquem despertar nos jovens o sentimento
de inquietação diante da realidade, muitas vezes excludente e discriminatória. Em face
disso, a adaptação do Jogo Dragão da Paz, busca despertar nos jovens uma sensibilidade
do olhar sobre sua realidade, buscando propor intervenções que melhorem seus espaços
de aprendizagem e socialização, assim como, propor intervenções que despertem na
comunidade escolar um sentimento de pertencimento a instituição, reconhecendo-a
como um patrimônio da comunidade local. Desse modo, buscamos responder em
conjunto com os jovens as seguintes perguntas: Quem sou eu? Como me vejo dentro da
minha escola e comunidade? Quais meus potenciais e os de meus colegas? Como
podemos intervir na realidade cotidiana escolar para melhorar nossa apropriação sobre a
mesma de forma positiva para mim e minha comunidade? A partir dessas respostas,
buscasse, com a continuidade do projeto, um protagonismo juvenil que culmine em
ações positivas dos discentes, mesmo em seu cotidiano pós-escola.
PALAVRAS – CHAVE: Cultura de Paz. Protagonismo. Ação Positiva.
3
1. INTRODUÇÃO
O Ensino Médio brasileiro tem se constituído em uma fase de grande complexidade,
dada seu papel constituído entre o Ensino Fundamental e o Ensino Superior, tendo
assim um papel de grande importância para a finalização do processo de formação
escolar formal dos jovens em nosso território.
Podemos verificar a importância dessa etapa do ensino ao analisarmos a Lei de
Diretrizes e Bases da Educação Nacional – LDB 9394/1996 em seu primeiro artigo,
quando define a educação da seguinte forma:
Art. 1º. A educação abrange os processos formativos que se desenvolvem na
vida familiar, na convivência humana, no trabalho, nas instituições de ensino
e pesquisa, nos movimentos sociais e organizações da sociedade civil e nas
manifestações culturais. (BRASIL, Lei Federal n.º 9.394/1996: Lei das
Diretrizes e Bases da Educação Nacional)
Nesse artigo conseguimos identificar a complexidade das exigências para os
estudantes, nele então vemos que essa formação deve abranger uma consolidação de
conhecimentos adquiridos durante o Ensino Básico, uma preparação para o exercício do
trabalho e da cidadania e a compreensão de fundamentos científicos-tecnológicos que
auxiliem seu ingresso no Ensino Superior.
Concomitante a isso, verificamos a necessidade de se trabalhar práticas que
despertem nos jovens, a necessidade de uma Cultura de Paz, quando nos deparamos
cotidianamente com diversas notícias, comentários e vivências que provocam uma
degradação do ser humano como um todo.
Caminhar, portanto, em paralelo aos jovens, dentro do ambiente formal da escola,
mediando discussões e procurando soluções traz consigo uma importância
positivamente significativa, visto que fazer parte do processo, faz com que os jovens se
sintam valorizados e valorizem as ações desenvolvidas, assim como se apropriem de sua
comunidade.
No âmbito da Secretaria Estadual da Educação Básica do Ceará, em parceria com a
UNESCO – Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura,
desenvolveu-se uma iniciativa de promoção da Cultura de Paz nas escolas, denominado
Geração da Paz.
Dentro do programa supracitado, coexistem e complementam-se diversas ações que
tem o jovem como foco principal, buscando despertar nele o seu senso crítico, suas
competências e habilidades para atuar positivamente na sua vida e em seu entorno social
e um protagonismo social juvenil.
4
Partindo desse ponto, a partir de uma das ações do Programa Geração da Paz,
denominado Jogo Dragão da Paz, a escola, decide, portanto, fazer uso de prerrogativas
desse jogo, adaptando-as a realidade vivenciada pelos docentes e discentes da escola,
inspirando a ambos os atores a pensarem em uma forma de intervenção na comunidade
escolar.
Dessa forma então, o projeto é gerado dentro da EEEP – Escola Estadual de
Educação Profissional Maria Carmem Vieira Moreira, com forte mediação dos
educadores Ivanilson Lima e Elaine Peixoto. A escola, inserida na comunidade de
Pajuçara, Maracanaú/CE, faz parte de um programa de inserção no Mundo do Trabalho,
desenvolvido pela SEDUC/CE. Dentro de nossa instituição, os alunos ingressam,
portanto, em um Ensino Médio Integrado a Educação Profissional, em uma das quatro
áreas de formação que são oferecidas: Técnico em Química, Técnico em Secretariado,
Técnico em Têxtil ou Técnico em Vestuário.
2. OBJETIVOS
2.1 OBJETIVO GERAL
- Despertar no público discente, um sentimento de inquietação diante da realidade que
proporcione desenvolver seu protagonismo social em benefício pessoal e social.
3.2 OBJETIVOS ESPECÍFICOS
- Refletir sobre a práxis cotidianas e uso das potenciais competências e habilidades dos
jovens;
- Propor e protagonizar intervenções na práxis pedagógica e da comunidade escolar.
5
3. AÇÕES REALIZADAS NO ANO DE 2014
Durante o ano de 2014, tivemos nossa primeira experiência com o uso da
metodologia do Jogo Dragão da Paz na escola. Para tanto, visando despertar o
sentimento de curiosidade dos jovens sobre o que seria trabalhado, em primeiro
momento, os docentes Ivanilson Lima e Elaine Peixoto, criaram um clima de mistério
sobre o que seria o Dragão da Paz, espalhando cartazes com a logomarca do Jogo,
porém, sem identificar do que se tratava.
Figura 1: Imagem reproduzida na primeira Fase do Projeto
Com a distribuição de cartazes com a imagem acima, houve um despertar da
curiosidade de todos os alunos da escola sobre o que seria o real significade da imagem
e do slogan atrelado a mesma. Fazendo com que os jovens buscassem descobrir de
diversas formas o que significaria ambos. Para despertar ainda mais a curiosidade foram
colocadas em momento posterior, cartazes da mesma forma dentro das salas das
primeiras séries do Ensino Médio, visto eles serem o público alvo pensado para
iniciarmos o projeto. Por fim, fizemos uma ampla divulgação no Facebook, dentro de
um grupo privado que estão adicionados todos os alunos e professores da escola.
Passado esse momento, buscamos despertar a curiosidade dos alunos, ao fazer a
convocação dos mesmos para uma reunião no auditório da escola.
6
Figura 2: Pergaminho da primeira reunião
Para alcançar o objetivo proposto, foi pensado para o chamado tanto o formato
diferenciado como um texto que despertasse interesse e ludicidade para a reunião, como
pode ser lido abaixo:
Figura 3: Texto do Chamado da Primeira Reunião
Para a reunião então, fizemos a introdução do que era a proposta do Jogo Dragão
da Paz, mostrando a origem do mesmo, sem revelar as alterações que fizemos de
adaptação.
7
Para a realização do Jogo Dragão da Paz em nossa escola então, foram feitas
adaptações e reuniões com os professores das diferentes disciplinas, assim como
parceria com o Projeto Professor Diretor de Turma, que consiste na atuação de um
professor da instituição junto a turma, buscando ser um mediador de conflitos, assim
como a pessoa responsável por fazer o acompanhamento individual dos alunos da
turma, em favorecimento de seu sucesso acadêmico e pessoal.
Figura 4: Fases do Jogo Dragão da Paz
Figura 5: Jornada do Herói Dragão
8
Figura 6: Estrutura Base das Atividades
Para acompanhamento das atividades por parte dos alunos e dos demais
membros da comunidade foi então criado um grupo na rede social Facebook, onde
colocávamos imagens e vídeos das atividades realizadas, assim como divulgávamos
algumas ações do projeto: https://www.facebook.com/groups/sociedadedosdragões/.
Figura 7: Grupo do Facebook do Projeto
9
3.1. ATIVIDADES/RESULTADOS 2014:
Cronograma Geral
Datas Eventos
31/out Socialização do Jogo Dragão da Paz - Auditório
07/nov Fase 1 - O Despertar; Fase 2 - O Encontro dos Dragões
14/nov Fase 3 - Sociedade dos Dragões
21/nov Fase 4 - O Mapa de Tesouros e Poderes; Fase 5 - O Levante
29/nov
Fase 6 - A Batalha; Fase 7 - A Conquista; Fase 8 - Condecoração do Dragão da Paz
30/nov
05/dez Entrega da Certificação - Jogo Dragão da Paz
Cronograma Sexta - 07/11/14
Datas Horário Eventos
Dia 07-11
Manhã
10:10 Acolhida - Dinâmica com a música Arram Sam Sam
10:25
Vídeo: O Menestrel (assistirão de olhos fechados, com papel e
lápis na mão para anotar o momento que mais o tocou)
10:30
Recriação - pequeno grupo recriar uma passagem do vídeo
que o tocou
10:40
Criação do Cartão do Personagem (cada aluno criará um
personagem que considera que o representa no jogo, baseado
nas perguntas feitas, desenhando, dando nome ao
personagem e indicando características que consideram
pontos fortes)
11:00 Vídeo: Juntos fazemos mais e melhor
11:05 Ida para Quadra de Esportes
11:10 Confecção dos Crachás (crachá apenas com o nome do aluno)
11:20
Malabarismo com Bolas (alunos jogam bola para pessoa e ler
o nome em voz alta; a atividade será repetida, acrescentando
uma segunda bola e depois uma terceira bola)
11:30
Reconhecendo os Dragões (redistribui os cartões dos
personagens entre os alunos; eles tentarão descobrir de quem
é o cartão que pegou)
11:45
Círculo Grande (dizendo uma palavra de como se sentiu com
as atividades do dia)
10
Cronograma Sexta - 14/11/14
Datas Horário Eventos
Dia 14-11
Manhã
10:10
Acolhida - Dinâmica da Teia (será executada com 4 voluntários
por sala)
10:30 Vídeo: Quem se importa?
10:50 Vídeo: Estagiário
11:00
Criação dos Sonhos: Que Bom, Que Pena, Que Tal (turmas
divididas em 05 grupos)
11:20
Criação dos Sonhos: Que Bom, Que Pena, Que Tal (criação do
geral da turma)
11:40
Tour na escola (o que pode mudar na estrutura física, o que
precisamos conseguir)
Cronograma Sexta - 21/11/14
Datas Horário Eventos
Dia 21-11
Manhã
10:10
Linha do Conhecimento (linha no meio, serão feitas perguntas
pessoais e os alunos que por ventura tiverem resposta positiva se
direcionam a linha no meio)
10:30 Revisitando: Que bom, Que Pena, Que Tal
10:40 Criação da Árvore dos Sonhos e Plano de Metas
11:30
Levante: o que conseguimos, quem precisamos para o dia da
Batalha
11:40 Entrega dos Pergaminhos dos Dragões
11:45 Dinâmica: Arram Sam Sam
Descrição das Atividades de Sábado - 29/11/14
Datas Horário Eventos
Dia 29
Manhã
07:30
Acolhida - O Desjejum dos Dragões -
Parte 1
Será servido um pequeno café da
manhã para os participantes,
visando um momento de encontro
e trocas
08:00 Confecção do Brasão do Dragão
Construção do Crachá Criativo
pelos alunos, visando representá-
los nos dois dias.
08:30
Círculo dos Dragões - Legal, Legal,
Legal
Dinâmica de chegada e interação.
Será desenvolvida a partir de uma
pequena coreografia e da Música
de Edinho Paraguassú
08:45 Círculo dos Dragões - Amigos de Jó
Dinâmica de Cooperação - através
de coreografia para ser cantada e
interpretada a música em um
círculo com todos os participantes
09:00
A Árvore dos Sonhos - Conversando
com os Dragões das Montanhas
Vizinhas
Haverá então a exposição das
árvores dos sonhos de cada sala
(confeccionada no dia 21/11), para
partilhamento das expectativas
dos alunos.
11
Dia 29
Manhã
09:30 CineDragão - Como Estrelas na Terra
Objetivamos, a partir desse filme,
que os alunos vejam que todos
tem um potencial que muitas
vezes é oculto por conta de um
ponto a melhorar e da importância
da convivência e de inserir as
pessoas para que possamos ajudar
as pessoas a se descobrirem, assim
como nos abrirmos para receber
auxílio nos momentos necessários.
12:00 Intervalo - O Banquete dos Dragões
Dia 29
Tarde
13:00 Círculo dos Dragões - Nó Humano
Dinâmica de cooperação e de
movimento, visa que a partir do
trabalho em grupo, os alunos
possam desfazer o nó que será
proposto.
13:30 As Sociedades dos Dragões
Primeira parte da construção das
Metas Coletivas. Nesse momento,
os alunos ficarão com seus
respectivos colegas, para assim
revisitarem seus planos de ação
2015, de forma que todos tenham
domínio do mesmo.
14:00 As Esferas dos Dragões
Segunda parte da construção das
Metas Coletivas. Nesse momento,
os alunos serão divididos em
grupos de 5 pessoas por sala:
grupo 1 - Esfera da Sapiência;
grupo 2 - Esfera da Bravura; grupo
3 - Esfera da Dignidade.
14:10
A Fusão das Esferas - A Busca pelas
Relíquias dos Dragões
Terceira parte da construção das
Metas Coletivas. Nesse momento
será então formado três grupos de
20 pessoas para discutirem sobre
os planos de sala e construção do
Plano de Ação 2015 dos alunos
ingressos em 2014.
15:10 Lanche - O Desjejum dos Dragões - Parte 2
15:30 Círculo dos Dragões - Berequetê
Dinâmica de interação e
cooperação. Através da música,
iremos propor diferenciadas
coreografias, visando que os
alunos cooperem de forma que
todos consigam realizar os passos
sincronizadamente.
16:00 A Ordem dos Dragões
Quarta parte da construção das
Metas Coletivas. Nesse momento
os grupos anteriores exporão seus
planos de metas e será construido
o Plano de Ação Geral 2015.
17:00 Círculo dos Dragões - Mekô Merewa
Dinâmica de celebração e
cooperação. Nesse momento será
realizada uma coreografia ao som
da música de Marlui Miranda,
formando três círculos que
deverão cantar em tons diferentes
de modo a formar um coro
celebrativo.
12
Dia 29
Noite
O Festejo do Morro dos Dragões
17:20 O Jogo dos Dragões
Iremos realizar partidas de vôlei
misto, visando a maior integração
entre os participantes.
18:20 O Canto dos Dragões - A Preparação
Será proposto a criação de um
pequeno recital, com músicas do
infantis, onde cada grupo receberá
uma música e deverá criar uma
forma de cantar e interpretar a
música.
19:30 Intervalo - A Ceia dos Dragões
20:00
O Canto dos Dragões - A Grande
Mostra dos Dragões
Exposição das apresentações de
cada grupo no anfiteatro
20:30 O Festejo dos Dragões
Apresentação da Banda Artigo
Quatro
21:30 CineDragão - O Tapete Vermelho
Objetivamos, a partir desse filme,
que haja descontração dos alunos,
assim como mostrar para eles que
alcançar um sonho é possível para
aqueles que não deixam de
acreditar e batalhar por ele,
mesmo sendo algo simples.
23:00 O Sono dos Dragões da Meia Noite
Descrição das Atividades de Domingo - 30/11/14
Datas Horário Eventos
Dia 30
Manhã
07:00 O Despertar dos Dragões do Amanhecer
07:40 O Desjejum dos Dragões - Parte 1
08:00
Círculo dos Dragões - Atravessando a
Cachoeira dos 7 Picos
Dinâmica de Interação e
Cooperação. Os alunos serão
divididos em grupos
diferenciados e precisarão
cumprir o objetivo de atravessar
o rio de acordo com as regras
estabelecidas.
08:20 Assembléia dos Dragões
Nesse momento será revisitado
os sonhos de mudança,
elencado o que foi conseguido
na fase de levante, para iniciar
as mudanças estruturais que
pensaram em realizar para
melhorar os espaços coletivos
da escola.
08:50 O Desjejum dos Dragões - Parte 2
09:10 Os Dragões entram em Ação
Os participantes irão começar a
realizar as atividades propostas
por eles de transformação dos
espaços da escola.
12:00 Intervalo - O Banquete dos Dragões
Dia 30
Tarde
13:00 A Retomada dos Dragões
Os participantes irão começar a
realizar as atividades propostas
por eles de transformação dos
espaços da escola.
16:00 A Magnâmina Ordem dos Dragões
Assembléia de avaliação do
Jogo e do Final de Semana da
Batalha.
17:00 O Vôo dos Dragões
13
Para o desenvolvimento das atividades descritas acima, tivemos sempre a
preocupação em despertar, junto com os alunos, o sentimento de pertencimento a uma
realidade, porém sem esquecer das individualidades e particularidades que ocorrem em
qualquer escola, independentemente da localidade e classes sociais atendidas na
instituição.
Partimos sempre dos pressupostos indicados por Jacques Delors, ao falar sobre
os Pilares da Educação: Aprender a Conhecer, Aprender a Fazer, Aprender a Conviver e
Aprender a Ser. Pois acreditamos que a aplicabilidade deles se estende as mais
diferentes ações humanas, por incitarem ao ser protagonista do conhecimento, fazendo
bom uso dele para as relações sociais estabelecidas, na busca do alcance de uma
plenitude pessoal e profissional.
Dessa forma, no transcorrer das atividades, como pode ser visto no cronograma,
buscamos dar bastante ludicidade aos diferentes momentos, divulgando sempre entre os
alunos os nomes dados as atividades do dia. Dando um ar de aventura como encontrado
nos contos de heróis, fazendo sempre referência a personagens de filmes, desenhos e
livros que são conhecidos pela maioria dos jovens.
Com o uso dessas ferramentas, guiamos as atividades de forma que os alunos
refletissem e fossem visualizando seus sonhos individuais, até chegarem em sonhos
coletivos, construindo suas árvores dos sonhos e a definição de metas que eles
pudessem realizar visando melhorar o seu espaço escolar físico e suas relações de
ensino-aprendizagem.
Por fim, em um encontro no final de semana, tivemos representação de alunos
das quatro turmas que iniciaram a primeira série em 2014, para dessa forma, chegarmos
a metas de melhoria que fossem coletivas a eles, assim como realização de um trabalho
de mutirão que melhorassem alguns pontos estruturais na escola que eles considerassem
que trariam benefícios para todos os alunos. Com relação as metas coletivas, chegamos
aos seguintes pontos:
14
Figura 8: Metas Coletivas 2014
Figuras 09 à 14: Encontros semanais.
15
Figuras 15 à 22 – Encontro do Final de Semana
16
Figuras 23 e 24 – Encontro do Final de Semana
Com a finalização das atividades do Jogo Dragão da Paz no ano de 2014,
conseguimos visualizar tanto uma boa aceitabilidade por parte dos jovens, como
também uma boa integração entre os estudantes, independentemente de suas salas,
aumentando assim, as possibilidades de realizar novas intervenções de melhoria, como
foi proposto para o ano subsequente, a partir das metas coletivas estabelecidas em
conjunto.
A aceitabilidade por parte das turmas que iniciaram e protagonizarem pode ser
apreendida a partir da análise dos gráficos abaixo, em pesquisa se satisfação do projeto
realizado pelos alunos que, em virtude de maior engajamento nas atividades, acabaram
por tornar-se líderes que propagam os ideais de transformação social e acreditam na
continuidade do projeto nos anos vindouros.
17
A partir da análise dos gráficos, podemos verificar que tivemos uma boa
aceitabilidade por uma parte significativa dos alunos, mesmo com o projeto tendo tido
pouco tempo de desenvolvimento. Verificamos que em duas turmas em específico a
aceitação foi bem maior, uma das turmas é justamente onde temos a atuação de um
aluno em específico, que se tornou um grande propagador do projeto, o aluno
Guilherme Brasil, um dos alunos mais ativos e preocupado com a ampliação das ações
do projeto.
Uma proposição importante observada sobre esses resultados, foi o pouco tempo
que tivemos de realização do projeto, como pode ser visto no cronograma exposto
acima. Porém, mesmo assim, ao verificarmos o engajamento dos alunos que
participaram no Encontro de Jovens no final de semana dos dias 29 e 30 de novembro
de 2014, consideramos que a participação nesses dias foram bem decisivos para o
engajamento de uma parte significativa de alunos em prol de melhorar as ações do que
foi desenvolvido, visto que os momentos de reflexão e construção coletiva, tanto de
metas, como de melhorias, fez os alunos se sentirem responsáveis, pode-se perceber
justamente pela ansiedade deles de na segunda-feira subsequente os demais observarem
e se apropriarem das transformações.
Total 2014
OTIMO BOM REGULAR RUIM PESSIMO
18
4. AÇÕES REALIZADAS NO ANO DE 2015.
Com o início de um novo ano letivo de 2015 na escola, começamos a replanejar
o como se daria o desenvolvimento de um novo ciclo de atividades para o Dragão da
Paz na escola, de imediato, verificamos diversos pontos de atenção:
i. Como dar continuidade a um trabalho com as turmas que iniciaram o
projeto Dragão da Paz, visto que o material base proposto pela SEDUC
já havia sido todo trabalhado e incrementado;
ii. Como incluir essas novas atividades no cronograma de aulas da escola,
visto que a Matriz Curricular das turmas de segunda série, em virtude dos
cursos técnicos integrados ao Ensino Médio que fazem, fica com uma
sobrecarga muito grande de disciplinas e conteúdo;
iii. Como replicar as atividades do projeto com as novas turmas que
iniciaram no ano de 2015 na escola, agora com um tempo maior de
planejamento e execução de ações.
iv. Como implementar as metas coletivas definidas no ano anterior.
Em virtude desses diversos questionamentos, buscou-se uma forma de dinamizar
e ampliar a ação dos Dragões da Paz, através, principalmente, da formação de
comissões e monitorias com os alunos do ano anterior, para, dessa forma, podermos ter
uma ação mais protagonista desses jovens, estimulando e fazendo com que os ideais da
cultura de paz possam ser repassados. Outro ponto importante foi pensar, juntamente
com os alunos, em como realizar uma ou mais ações do projeto que beneficiasse mais
diretamente pessoas da comunidade escolar.
Dessa forma, decidimos usar, juntamente a metodologia, a proposta de os alunos
começarem a escrever seus Projetos de Vida Pessoal e Profissional, para tanto foi
incluída dentro das atividades do Dragão da Paz das novas turmas essas práticas, assim
como nos momentos combinados com os professores para as turmas que iniciaram em
2014 e agora cursavam a 2ª série do Ensino Médio.
Para trabalhar as metas coletivas no ano anterior, convocou-se, dentro de cada
uma das salas, alunos que tinham interesse em formar uma comissão que trabalharia em
conjunto com os educadores para motivar os alunos a batalharem para alcançar cada vez
mais resultados positivos de forma, principalmente acadêmica, pois a maioria dessas
metas visavam, principalmente, o sucesso deles dentro das disciplinas curriculares.
19
Outro ponto que estabelecemos como forma de reforçar a participação e
fortalecer o protagonismo desses alunos, foi criar um cronograma diferenciado para
eles, de forma que eles ficassem a frente da organização de um evento que duraria um
final de semana inteiro. Dentro desse evento, tivemos então pensado, juntamente com
eles em tirar um horário que traríamos a comunidade para dentro da escola, criou-se,
dessa forma, o Dia da Família MCVM, com ações pensadas inicialmente pelos alunos,
que com apoio dos demais professores, cada um com sua particularidade, tinha como
objetivo principal, proporcionar atividades de cultura e lazer para pessoas de diferentes
faixas etárias.
A partir dessa dinâmica e da definição das comissões organizadoras, foram feitas
diferentes reuniões para definir as atividades e em momento posterior, foi escolhido, em
conjunto com as comissões, os denominados Monitores Dragão, que atuariam tanto no
Dia da Família MCVM, como também em alguns momentos da formação das turmas da
1ª série do Ensino Médio de 2015.
20
4.1. ATIVIDADES/RESULTADOS 2015.
Cronograma Geral
Datas Eventos
A Nova Ordem do Dragão
12/mar Certificação Dragões da Paz FC 2º ano Auditório
13/mar O Chamado dos Novos Guerreiros P.I 1º ano Auditório
A 2ª Geração dos Guerreiros (1º ano do Ens. Médio)
27/mar O Despertar dos Novos Dragões – Parte 1 Proj.Int./FC Quadra
10/abr O Despertar dos Novos Dragões – Parte 2 Proj.Int. Sala de Aula
17/abr O Despertar dos Novos Dragões – Parte 3 Proj.Int./FC Auditório
24/abr O Encontro dos Dragões – Primeira Parte Proj.Int. Sala de Aula
8/mai O Encontro dos Dragões – Segunda Parte Proj.Int. Quadra
15/mai A Sociedade dos Dragões – Parte 1 Proj.Int./FC Auditório
22/mai A Sociedade dos Dragões – Parte 2 Proj.Int./FC
Sala/Auditóri
o
29/mai A Preparação da Batalha Proj.Int. Auditório
12/jun O Início de uma Nova Fase – Parte 1 Proj.Int. Auditório
19/jun O Início de uma Nova Fase – Parte 2 Proj.Int. Sala de Aula
Os Antigos Guerreiros em Ação (2º ano do Ens. Médio)
9/abr Assembléia dos Dragões F.C Auditório
23/abr O Início de uma Nova Fase – Parte 1 RED/F.C. Auditório
7/mai Assembléia dos Dragões (Cedido Projeto de Redação) F.C Sala de Aula
14/mai A Preparação da Batalha RED/F.C. Auditório
28/mai Assembléia dos Dragões F.C. Auditório
Descrição das Atividades 1º ano 2015
Datas Horário Eventos Materiais
Dia 13
de
Março
10:10
O Auditório dos Dragões
Milenares
Ida para o Auditório,
acompanhado pelos professores
das respectivas turmas
Palavras impressas;
datashow; som;
microfone
10:20 Dragões Cearenses
Palavras do vocabulário
cearense serão sorteadas, para
cada palavra, terá uma ação a
ser desencadeada pelos alunos
10:30 O Grande Dragão do Mar
Vídeo sobre o personagem
Dragão do Mar e discussão
sobre o que faz um herói.
10:40
O Início da Jornada dos
Heróis
Apresentação das datas e
objetivos do jogo Dragão da Paz.
Tarefa: pesquisar heróis locais e
identificar suas conquistas.
10:45
Celebrando os Novos
Tempos
Música Toque Patoque
10:55 O Retorno as Montanhas
Retorno às salas de aula,
acompanhados pelos respectivos
professores
21
Dia 27
de
março
10:10
O Templo Desportivo dos
Dragões
Ida para a Quadra,
acompanhado pelos professores
das respectivas turmas.
25 folhas de papel
madeira; marcador
permanente;
canetinhas; lápis de
cor
10:20 Círculo dos Dragões
Dinâmica de
Apresentação/Interação. Os
alunos serão divididos por suas
salas e irão se apresentar da
seguinte forma: todos
inicialmente marcam o tempo
batendo o pé suavemente no
chão; tentam chegar a um
tempo tranquilo, sem correria;
cada um apresenta seu nome de
uma forma criativa e todos
repetem a forma em seguida.
10:40 Os Brasões do Dragão
Dividir os alunos de cada sala
em 5 grupos, para dessa forma
discutirem pela dinâmica Café
Mundial, buscando responder as
perguntas base da discussão e
expor para sua turma.
11:20
Os Dragões da
Transformação
Criação dos Painéis dos Dragões
da Transformação, indicando os
heróis da história elencados pela
turma, para ser afixionado na
sala de aula.
11:40 O Retorno as Montanhas
Retorno às salas de aula,
acompanhados pelos respectivos
professores
Dia 10
de abril
10:10 Círculo dos Dragões
Dinâmica de Aquecimento:
Pintura Imaginária
180 folhas de papel
ofício; canetinhas;
texto impresso para
o facilitador.
10:25
O Pergaminho das
Experiências
Leitura do Texto Você Tem
Experiência; discussão breve
sobre o texto.
10:40 O Dragão Cogitabundo
1º e 2º Exercício do Manual de
Elaboração de Projeto de Vida
(rascunho inicial em folhas de
papel ofício).
Dia 17
de abril
10:10
O Auditório dos Dragões
Milenares
Ida para o Auditório,
acompanhado pelos professores
das respectivas turmas
180 folhas de papel
40Kg; canetinhas;
texto; datashow e
som.
10:20 Círculo dos Dragões Música Arram Sam Sam
10:30 Proverbios do Dragão
Vídeo: A Árvore e o Menino;
discussão sobre os personagens
que aparecem no vídeo e sobre
os diferentes personagens que
necessitamos durante a vida
10:50 O Teatro dos Dragões
Dinâmica teatral na qual alguns
voluntários irão encenar a
história do Menino e o Tronco,
se colocando no lugar dos
personagens
11:00 Os Personagens Dragões
Criar cartões dos personagens,
baseando-se em roteiro de
perguntas pré-definido (os
cartões serão recolhidos ao final,
para uso no próximo encontro).
22
11:40 O Retorno as Montanhas
Retorno às salas de aula,
acompanhados pelos respectivos
professores
Dia 24
de abril
10:10
Os Personagens Dragões –
Parte II
Será entregue o cartão do
personagem, para que os jovens
colem na contracapa do seu
caderno do Projeto de Vida.
Canetinhas; lápis de
cor; giz de cera; 360
folhas de papel
ofício; 8 tubos de
cola branca; 8
tesouras.
10:20 O Diário do Dragão
Cada aluno deverá criar uma
capa para o Caderno do Projeto
de Vida, desenhando o nome
que gosta de ser chamado de
forma criativa.
10:30
Os Potenciais do Guerreiro
Amigo
Os cadernos serão serão
recolhidos e irão circular por
toda a turma, visando que cada
um coloque uma característica
positiva que identifica no
companheiro, usando no
máximo as duas primeiras folhas
do caderno.
10:40 O Dragão Cogitabundo
3º Exercício do Manual de
Elaboração de Projeto de Vida
(repassar o que foi escrito
anteriormente e dar
prosseguimento à reflexão)
Dia 08
de
maio
10:10
O Auditório dos Dragões
Milenares
Ida para a frente do Auditório.
Som e microfone
10:20 Círculo dos Dragões
Realizar a Dinâmica Nó Humano,
divididos por sala, visando iniciar
o trabalho de grupo por sala
10:40 A Travessia do Grande Rio
Realizar a Dinâmica do Rio, com
representações de todas as
salas, visando o trabalho
coletivo entre as turmas.
10:55 O Retorno as Montanhas
Retorno às salas de aula,
acompanhados pelos respectivos
professores
Dia 15
de
maio
10:10
O Auditório dos Dragões
Milenares
Ida para o Auditório,
acompanhado pelos professores
das respectivas turmas
Datashow; som;
microfone; 28 folhas
de papel madeira; 18
folhas de cartolina
de cores diversas;
tinta guache; pincéis
atômicos;
canetinhas; lápis de
cor; giz de cera; 8
tubos de cola
branca; 8 tesouras.
10:20 Dragões Empreendedores
Exibição e discussão do vídeo:
Quem Se Importa
10:40
A Árvore dos Sonhos –
Parte 1
Em grupos de até nove pessoas,
avaliar a turma pela dinâmica
do Que Bom, Que Pena, Que
Tal..
10:55
A Árvore dos Sonhos –
Parte 2
Reunidos por sala, os alunos
devem agora apresentar e
discutir sobre o que foi
construído nos grupos menores e
após estabelecerem um para
toda turma, construir uma
Árvore dos Sonhos para
conseguirem melhorias
coletivas.
11:30 A Escolha dos Guerreiros
Levantar entre os alunos, todos
que têm interesse em participar das
atividades integrais do final de
semana como organizadores (os
demais irão vir para as
apresentações estabelecidas e nas
atividades coletivas de intervenção)
23
Dia 22
de
maio
10:10 Círculo dos Dragões
Realizar a Dinâmica das Teias
com as Canetas
Barbante, garrafas;
canetas
10:20
As Reuniões nas
Montanhas
Planejar quais ações podem ser
trazidas para o Dia da Família
que será organizado.
10:40 A Volta dos Dragões
Circular pela escola e verificar
quais espaços consideram que
pode ter melhorias que possam
realizar coletivamente, através
do reuso de materiais que
possuam em casa ou outros
espaços.
10:50
O Auditório dos Dragões
Milenares
Ida para o Auditório,
acompanhado pelos professores
das respectivas turmas
11:00
A Grande Assembléia dos
Dragões
Socialização das Ações pensadas
nas salas para o Dia da Família e
dos locais que pensam em
realizar algum tipo de melhoria
coletiva.
11:30
Celebrando os Novos
Tempos
Dinâmica com a célula do Baião
(marcar a célula, repetindo em 4
tempos, fazendo improvisação)
Dia 12
de
junho
10:10
O Auditório dos Dragões
Milenares
Ida para o Auditório,
acompanhado pelos professores
das respectivas turmas
Datashow; som e
microfone
10:20 A Assembléia dos Dragões
Avaliação do Primeiro Encontro
dos Dragões, através da
Dinâmica Que Bom, Que Pena,
Que Tal
10:35 Cine Dragão – Parte 1
Vídeo: O Ponto; discussão sobre
o video
10:45 Cine Dragão – Parte 2
Reexibição do vídeo Jornada do
Herói
10:55 O Retorno as Montanhas
Retorno às salas de aula,
acompanhados pelos respectivos
professores
Dia 19
de
junho
10:10 Os Dragões Cogitabundos
Texto: O Menestrel (leitura e
discussão)
Texto impresso
10:20 O Diário do Dragão
4º e 5º Exercício do Manual de
Elaboração de Projeto de Vida
Descrição das Atividades do 2º ano 2015
Datas Horário Eventos Materiais
Dia 09
de abril
14:00
O Auditório dos Dragões
Milenares
Ida para o Auditório,
acompanhado pelos professores
das respectivas turmas
Palavras impressas;
datashow; som;
microfone
14:10 Dragões Cearenses
Palavras do vocabulário
cearense serão sorteadas, para
cada palavra, terá uma ação a
ser desencadeada pelos alunos
14:20 Assembléia dos Dragões
Escolha dos representantes para
organizar o Dia da Família;
Brainstorming de Atividades
Dia 23
de
Abril
13:10
O Auditório dos Dragões
Milenares
Ida para o Auditório,
acompanhado pelos professores
das respectivas turmas
Datashow; som;
microfone; 24 folhas
de papel madeira;
marcador
permanente
13:30 A Experiência dos Dragões Vídeo: O Menestrel
24
13:40
O Projeto dos Dragões
Milenares
Atividades do Projeto de Vida:
exercícios 1 a 4
14:00 Assembléia dos Dragões
Definição das atividades 1º
Semestre (Dia da Família e
Horários Diversos);
Dia 07
de
Maio
14:00
O Projeto dos Dragões
Milenares
Atividades do Projeto de Vida:
exercícios 5 a 8
Sem uso de materiais
Dia 14
de
Maio
13:10
O Auditório dos Dragões
Milenares
Ida para o Auditório,
acompanhado pelos professores
das respectivas turmas
Datashow; som;
microfone; 4 folhas
de papel madeira;
marcador
permanente; 100
folhas
13:20 Assembléia dos Dragões
Explanação sobre o Processo de
Escolha dos Monitores Dragão;
definição de grupos de trabalho
para o Encontro dos Dragões 30
e 31 de maio.
Dia 28
de
Maio
14:00
O Auditório dos Dragões
Milenares
Ida para o Auditório,
acompanhado pelos professores
das respectivas turmas
Datashow; som;
microfone.
14:10 Assembléia dos Dragões
Divulgação dos Monitores
Dragão
Descrição das Atividades do Final de Semana 2015 - Dia da Família
Horário Eventos Espaços
07:30
Acolhida dos Alunos e
Família
Momento de entrada dos pais e
alunos
Refeitório
08:00 Coffe Break Familiar
Café da manhã com frutas, pães e
sucos
08:30 Abertura do Dia da Família
Fala de Abertura do Núcleo Gestor da
escola
Auditório08:40 Coral dos Alunos Música:
08:50 Vídeo – As Famílias da EP
Vídeo com fotos dos membros da
família dos alunos da EP
09:00 Atividades Simultâneas
Desenvolvimento de atividades
diferenciadas com os diversos
membros da família dos alunos Espaços Diversos
11:00 Encerramento
Abertura dos portões para ida das
famílias
Comissão Discente Responsável
2º A Guilherme Brasil; Nathália Holanda e Sheyla Vírginia
2º B Guilherme Portela; Luanna Lopes e Mateus Gomes
2º C Abrão Costa; Benjamim Lucas; Deisiel de Sousa e Pedro Henrique
2º D Catherine Viana; Tiphany Monteiro e Winne Kelly
25
Atividades Simultâneas - Responsáveis
Responsável Atividades Descrição Colaboradores
Guilherme
Portela e
Mateus
Gomes
Torneio da Família
Atividades Esportivas na quadra a
serem definidas a partir dos
participantes que estiverem presentes.
Ítalo Viana,
Stephano Oliveira e
Marcos Sabino
Tiphany e
Winne Kelly
Ensaio Fotográfico
Criação de books para os participantes
com até 15 fotos.
Tiago Rodrigues e
Karoline Alves
Catherine
Viana
Tutorial de Maquiagem e
Limpeza de Pele
Oficinas ensinando como se maquiar e
cuidados da pele.
Heline Peixoto e
Leidiane Alves
Guilherme
Brasil e
Sheyla
Virgínia
Oficinas de Produtos
Químicos
Oficinas de como fazer sabonete,
sabão e biscuit caseiro
Eliene Sobral,
Antonio Costa,
Leonardo Figueiredo,
Sheila Yamamoto
Abrão Costa
e Nathalia
H.
Workshop – Currículos e
Emails
Aula Básica de Informática para
criação de curriculo e e-mails.
Thiago Maciel,
Juliana Ferreira,
Jocicleide Praxedes e
Denis Wilton
Benjamim
Lucas
Stand-Up
Apresentação de esquetes teatrais
humorísticas
Luiz Cláudio e Renan
Lima
Luanna
Lopes
Just Dance Family Danças do jogo Just Dance
Karuline Costa e
Leonardo Melo
Pedro
Henrique
Karaôke
Karaôke com músicas, valendo um
chocolate
Antoine Quiroz e
Misael Sousa
Deisiel de
Sousa
Dinâmicas – Projeto de Vida
Dinâmicas de interação entre
familiares e/ou alunos.
Luana Alves, Larissa
Pereira e Edson
Marques
Descrição das Atividades do Final de Semana 2015
Dia 30 – Tarde
Horário Eventos Espaços
13:00 O Grande Dia da Batalha
Nesse momento os alunos realizarão
atividades diferenciadas. O intuito é
que eles desenvolvam açoes concretas
que ajudem a escola ou que melhorem
espaços que eles possam utilizar
Diversos
16:50 O Descanso dos Dragões
Os alunos serão dispensados para
casa, para retorno no domingo pela
manhã
Dia 31 – Manhã
Horário Eventos Espaços
07:30 Acolhida dos Novos Dragões
Chegada dos alunos na escola e
preparação para o início das
atividades do dia
Refeitório
08:00
Círculo dos Dragões – Olá
Como Vai
Dinâmica de quebra gelo com a
música Olá Como Vai do Edinho
Paraguassú
08:30 Crachás dos Dragões
Confecção dos crachás com nomes de
forma simples e criativa, onde os
alunos colocarão que nome que
desejam
09:00 Intervalo – Lanche
26
09:20
CineDragão – Como Estrelas
na Terra
Objetivamos, a partir desse filme, que
os alunos vejam que todos tem um
potencial que muitas vezes é oculto
por conta de um ponto a melhorar e
da importância da convivência e de
inserir as pessoas para que possamos
ajudar as pessoas a se descobrirem,
assim como nos abrirmos para receber
auxílio nos momentos necessários.
Auditório
12:00 Almoço dos Dragões
Dia 31 – Tarde
Horário Eventos Espaços
13:00
Círculo dos Dragões – Linha
do Conhecimento
Serão feitas perguntas, objetivando
conhecimento do próximo. Todos que
tiverem resposta positiva a questão se
direcionam a linha central
Grama
13:20
A Divisão dos Dragões das
Montanhas
Cada sala será dividida em 4 grupos
de trabalho diferenciados, por uma
nomenclatura específica. A partir dai
serão formados 4 grupos com pessoas
das 4 salas cada
13:30 Os Conselhos Milenares
Cada grupo será dividido em 4
subgrupos para delimitarem ações
para desenvolvimento no transcorrer
do ano e para o Segundo Encontro do
Dragão em novembro
14:00 O Café Milenar dos Dragões
Os subgrupos se reunem novamente,
para decidirem duas ou três ações que
possam ser desenvolvidas pelas salas
Grama
14:20
O Círculo dos Dragões –
Berequetê
Música para ser trabalhada em cada
um dos grupos para despertar mais
confiança em todos do grupo nos seus
membros
14:30
A Grande Assembléia dos
Dragões
Cada grupo irá expor as ações que
pensaram para determinamos o que
será de fato realizado e quais pessoas
podem ficar a frente de cada uma das
ações.
Auditório
15:30 Intervalo – Lanche
15:50 Círculo dos Dragões – Que
Bom, Que Pena, Que Tal
Avaliação do Encontro
Refeitório
16:00 O Vôo dos Dragões Ida para casa
Com o desenvolvimento das atividades no primeiro semestre de 2015, podemos
perceber que muitos alunos da 2ª série do Ensino Médio, que passaram pelo projeto em
2014, estavam ansiosos para saber o que teríamos de novidades com o Jogo Dragão da
Paz, apesar de alguns estarem demasiadamente focados nas disciplinas dos seus
respectivos cursos técnicos, pois durante essa série, temos, na proposta curricular
disciplinas com maior nível de exigência, pois estão entrando nas disciplinas
intermediárias e avançadas do curso, dependendo de cada realidade.
27
Para o trabalho com as turmas que iniciariam o projeto em 2015, decidimos
começar as reuniões coletivas a partir do mês de março, para que, anteriormente, os
Professores Diretores de Turma, conhecessem seus alunos e, dessa forma, pudessem
colaborar nos momentos de atividades com suas turmas. Dessa forma, todo o material e
planejamento sempre era repassado, em primeira mão para os Diretores de Turma e
demais professores que auxiliavam nos processos, para que no dia, o trabalho conjunto
colaborasse para maior eficácia da proposta do Dragão da Paz.
Para o Dia da Família e demais ações que tivessem possibilidade de realizar em
momento posterior, foram realizados dois momentos para tempestade de ideias: um com
as comissões das turmas de segunda série; um com as turmas de alunos das turmas de
primeira série.
Tempestade de ideias das Comissões em 09/04/2015
Tempestade de Ideias
Torneio dos pais
Dragao em outras escolas
Dia de Beleza para as mães
Limpeza de pele
Massagem
Aulas de Dança
Artes Marciais
Seara de Ciencias
Teatro
Brinquedoteca
Dicas de Primeiros socorros
Campeonato de Yu-gi-oh
Just Dance
Gincana com as crianças pequenas
Ensaios Fotograficos com as pessoas
Cinema
Arrow Flash
Tempestade de ideias das turmas da 1ª série em 31/05/2015
GRUPO 01
Arrecadar dinheiro para ONG
Exposição de Artes (Murais)
Locais de Lazer
Workshops (dança, teatro e cinema,
fotografia)
Torneios de Futsal
Cinema escola (entrada 1Kg de
Alimento)
Arborização e Jardinagem
Shows de Talentos
Cinema Comunitário
Móveis de Garrafa PET
GRUPO 02
Reforço do Curso Técnico - 01 vez ao
mês
Oficinas de Culinária Comunidade
Assistência Social
Doações de Livros
Oficinas (grafite, produtos químicos,
espaço kids, maquiagem e beleza)
Dinâmicas Interativas
2
Karaokê
Atividades interativas aos finais de
semana
Música no Almoço
Fanpages
GRUPO 03
Competição Just Dance
Aula de Zumba
Oficina de customização de roupas
Stand-Up Comedy
GRUPO 04
Workshops de Fotografia
Batalhas Musicais - almoço e 01 dia
para comunidade (instrumental e vocal)
Show de Talentos (dança, música,
humor)
Ações Sociais - beleza e saúde
(patrocínio)
Bazar - Dia do Desapego (desfile)
Brinquedoteca, teatro de fantoche e
espaço de pintura em gesso.
Feira de Reciclagem
Espaço Game - jogos eletronicos e
jogos individuais (xadrez e damas)
Cinema de Séries
Baseando-se em diferentes ideias desses dois momentos, foi construído o Dia da
Família MCVM 2015, assim como ficaram possibilidades de mais ações positivas dos
alunos para momentos posteriores.
Figuras 25 à 28 – Reuniões Turmas 2015
2
Figuras 29 à 38 – Dia da Família MCVM
3
Com o desenvolvimento do Jogo Dragão da Paz e os feedbacks positivos de
vários alunos tanto do ano de 2014 e 2015, conseguimos verificar que os efeitos das
ações positivas protagonizadas pelos alunos, tanto neles, como nos demais membros da
comunidade escolar. A partir dessa constatação, acreditamos que ações como essa,
promovendo uma Cultura de Paz é necessária tanto para melhoria das adversidades
sociais que temos, como também para contribuir em um Ensino Médio Inovador, uma
necessidade sentida pelo próprio Ministério da Educação em documento expedido em
2009, com mesmo título. Pois constatou-se que uma das problemáticas atuais, não é a
inserção no Ensino Médio, mas sim, a permanência desses estudantes nas escolas e
muitas vezes, esse abandono se dar principalmente porque não existem práticas que
incentivem a continuidade dos estudos para esses alunos.
Total 2015
OTIMO BOM REGULAR RUIM PESSIMO
4
Ao analisar então os gráficos sobre a satisfação com as turmas que iniciaram em
2015, verificamos um crescimento das avaliações positivas com relação ao projeto,
podemos então presumir, que tanto o trabalho ter sido mais detalhado, como também ter
a participação dos Monitores Dragão tiveram efeitos positivos sobre o trabalho
desenvolvido.
Ao considerar então os totais de alunos e grau de satisfação dos cursos como um
todo então temos a seguinte realidade:
Pela análise do gráfico, podemos verificar que os alunos do curso de Química da
escola, são os que se encontram entre os mais satisfeitos com o projeto. A partir dessa
análise, o projeto agora, apesar de estar em momento de pausa, por conta de
adversidades encontradas em face dos reajustes, principalmente financeiros por conta da
atual situação que nos encontramos, passa a repensar as ações e os porquês dessas
turmas específicas terem maior aceitabilidade das ações e como ampliar nossa margem
de aceitabilidade nos demais cursos, principalmente no curso de Têxtil, que apresentou
dados de aceitabilidade parecidos nos dois anos de ocorrência do Jogo Dragão da Paz.
Chegasse então a concluir que as ações desenvolvidas tiveram impactos
positivos, isso podendo ser sentido, tanto pela aceitabilidade, quanto pelo engajamento
dos jovens nas ações internas e externas a escola. Diversos estudantes, se inquietam
com a pausa do projeto e hoje colaboram com o planejamento da continuidade do
projeto, assim como de sua ampliação.
0 20 40 60 80 100 120 140 160
OTIMO
BOM
REGULAR
RUIM
PESSIMO
QUALITATIVO DE ALUNOS POR CURSO QUIMICA
QUALITATIVO DE ALUNOS POR CURSO SECRETARIADO
QUALITATIVO DE ALUNOS POR CURSO VESTUARIO
QUALITATIVO DE ALUNOS POR CURSO TEXTIL
5
Como forma de socialização das atividades, foi criado também um repositório,
onde colocamos alguns materiais que consideramos importantes para quem por ventura
quiser se aventurar em descobrir o jogo Dragão da Paz e seus potenciais construtivos.
https://www.dropbox.com/sh/5ifmuk7mi1agm37/AABQmakWFu_R-ZZC3zGmwWapa?dl=0
http://pt.slideshare.net/ivanilsonlima/edit_my_uploads
Outra forma de acompanhar também algumas das atividades que realizamos no
transcorrer desses dois anos de experiência e sentir um pouco do clima do Dragão da
Paz em nossa escola, para se inspirar é consultando nosso grupo no Facebook.
https://www.facebook.com/groups/sociedadedosdragoes/
Outro ponto que nos chamou bastante atenção é o dia-a-dia, os alunos sempre
buscando saber quando voltamos a trazer novas ações. Na fala de muitos, é bem
perceptível o que eles aprenderam e o quanto estão ansiosos por novidades, para tanto,
podemos perceber através da playlist do Youtube criada para divulgar a ideia geradora
da Jornada do Herói, que nos embasa em nossa práxis, como para divulgar os vídeos
produzidos com depoimentos e ações do ano de 2014 e 2015.
https://www.youtube.com/playlist?list=PLEHlyBKjk-y1WSwRMzXYLL2RFqZm99mjo

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Plano anual maternal 2011 simone drumond
Plano anual maternal  2011   simone drumondPlano anual maternal  2011   simone drumond
Plano anual maternal 2011 simone drumond
SimoneHelenDrumond
 
Plano de aula etica
Plano de aula eticaPlano de aula etica
Plano de aula etica
Amanda Marcatti
 
Orientações professor
 Orientações professor Orientações professor
Orientações professor
gabriellehdasilva
 
Anhanguera - Atividade 1 e 2 do tcc
Anhanguera - Atividade 1 e 2 do tccAnhanguera - Atividade 1 e 2 do tcc
Anhanguera - Atividade 1 e 2 do tcc
mkbariotto
 
Educação infantil
Educação infantilEducação infantil
Educação infantil
angelamesfreire2015
 
Proposta Curricular - Educação Infantil
Proposta Curricular - Educação InfantilProposta Curricular - Educação Infantil
Proposta Curricular - Educação Infantil
RebecaRuan
 
Ano 1 unidade_4_miolo
Ano 1 unidade_4_mioloAno 1 unidade_4_miolo
Ano 1 unidade_4_miolo
Fabiana Barbom Mendes
 
Artigo - JOGOS NAS AULAS DE HISTÓRIA ATRAVÉS DO PIBID: UMA POSSIBILIDADE DE C...
Artigo - JOGOS NAS AULAS DE HISTÓRIA ATRAVÉS DO PIBID: UMA POSSIBILIDADE DE C...Artigo - JOGOS NAS AULAS DE HISTÓRIA ATRAVÉS DO PIBID: UMA POSSIBILIDADE DE C...
Artigo - JOGOS NAS AULAS DE HISTÓRIA ATRAVÉS DO PIBID: UMA POSSIBILIDADE DE C...
pibidhistoriaraulcordula
 
Proposta curricular
Proposta curricularProposta curricular
Proposta curricular
RebecaRuan
 
Proposta do infantil l educação infantil
Proposta do infantil l   educação infantilProposta do infantil l   educação infantil
Proposta do infantil l educação infantil
Rosemary Batista
 
Orientações Curriculares Para A Educação Infantil Final
Orientações Curriculares Para A Educação Infantil FinalOrientações Curriculares Para A Educação Infantil Final
Orientações Curriculares Para A Educação Infantil Final
Maria Galdino
 
Autoestima
AutoestimaAutoestima
Autoestima
gabibernardi
 
PNAIC - Educação do Campo - unidade 4
PNAIC - Educação do Campo - unidade 4PNAIC - Educação do Campo - unidade 4
PNAIC - Educação do Campo - unidade 4
ElieneDias
 
C1 1.3-jogos e brincadeiras como ferramentas no processo
C1 1.3-jogos e brincadeiras como ferramentas no processoC1 1.3-jogos e brincadeiras como ferramentas no processo
C1 1.3-jogos e brincadeiras como ferramentas no processo
Liliane Barros
 
ORIENTAÇÕES CURRICULARES PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL
ORIENTAÇÕES CURRICULARES PARA A EDUCAÇÃO INFANTILORIENTAÇÕES CURRICULARES PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL
ORIENTAÇÕES CURRICULARES PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL
Francisco Lacerda
 
Projeto pdf
Projeto pdfProjeto pdf
Plano de ação formação com professores de creches - itaberaba bahia
Plano de ação   formação com professores de creches  - itaberaba bahiaPlano de ação   formação com professores de creches  - itaberaba bahia
Plano de ação formação com professores de creches - itaberaba bahia
Claudinéia Barbosa
 
Livro orientações curriculares
Livro orientações curricularesLivro orientações curriculares
Livro orientações curriculares
Imprensa-semec
 
Terra, Fogo, Água e Ar! Curiosidades sobre os quatro elementos essenciais par...
Terra, Fogo, Água e Ar! Curiosidades sobre os quatro elementos essenciais par...Terra, Fogo, Água e Ar! Curiosidades sobre os quatro elementos essenciais par...
Terra, Fogo, Água e Ar! Curiosidades sobre os quatro elementos essenciais par...
Claudinéia Barbosa
 
Jogo seducação infantil
Jogo seducação infantilJogo seducação infantil
Jogo seducação infantil
Denise Rodrigues
 

Mais procurados (20)

Plano anual maternal 2011 simone drumond
Plano anual maternal  2011   simone drumondPlano anual maternal  2011   simone drumond
Plano anual maternal 2011 simone drumond
 
Plano de aula etica
Plano de aula eticaPlano de aula etica
Plano de aula etica
 
Orientações professor
 Orientações professor Orientações professor
Orientações professor
 
Anhanguera - Atividade 1 e 2 do tcc
Anhanguera - Atividade 1 e 2 do tccAnhanguera - Atividade 1 e 2 do tcc
Anhanguera - Atividade 1 e 2 do tcc
 
Educação infantil
Educação infantilEducação infantil
Educação infantil
 
Proposta Curricular - Educação Infantil
Proposta Curricular - Educação InfantilProposta Curricular - Educação Infantil
Proposta Curricular - Educação Infantil
 
Ano 1 unidade_4_miolo
Ano 1 unidade_4_mioloAno 1 unidade_4_miolo
Ano 1 unidade_4_miolo
 
Artigo - JOGOS NAS AULAS DE HISTÓRIA ATRAVÉS DO PIBID: UMA POSSIBILIDADE DE C...
Artigo - JOGOS NAS AULAS DE HISTÓRIA ATRAVÉS DO PIBID: UMA POSSIBILIDADE DE C...Artigo - JOGOS NAS AULAS DE HISTÓRIA ATRAVÉS DO PIBID: UMA POSSIBILIDADE DE C...
Artigo - JOGOS NAS AULAS DE HISTÓRIA ATRAVÉS DO PIBID: UMA POSSIBILIDADE DE C...
 
Proposta curricular
Proposta curricularProposta curricular
Proposta curricular
 
Proposta do infantil l educação infantil
Proposta do infantil l   educação infantilProposta do infantil l   educação infantil
Proposta do infantil l educação infantil
 
Orientações Curriculares Para A Educação Infantil Final
Orientações Curriculares Para A Educação Infantil FinalOrientações Curriculares Para A Educação Infantil Final
Orientações Curriculares Para A Educação Infantil Final
 
Autoestima
AutoestimaAutoestima
Autoestima
 
PNAIC - Educação do Campo - unidade 4
PNAIC - Educação do Campo - unidade 4PNAIC - Educação do Campo - unidade 4
PNAIC - Educação do Campo - unidade 4
 
C1 1.3-jogos e brincadeiras como ferramentas no processo
C1 1.3-jogos e brincadeiras como ferramentas no processoC1 1.3-jogos e brincadeiras como ferramentas no processo
C1 1.3-jogos e brincadeiras como ferramentas no processo
 
ORIENTAÇÕES CURRICULARES PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL
ORIENTAÇÕES CURRICULARES PARA A EDUCAÇÃO INFANTILORIENTAÇÕES CURRICULARES PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL
ORIENTAÇÕES CURRICULARES PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL
 
Projeto pdf
Projeto pdfProjeto pdf
Projeto pdf
 
Plano de ação formação com professores de creches - itaberaba bahia
Plano de ação   formação com professores de creches  - itaberaba bahiaPlano de ação   formação com professores de creches  - itaberaba bahia
Plano de ação formação com professores de creches - itaberaba bahia
 
Livro orientações curriculares
Livro orientações curricularesLivro orientações curriculares
Livro orientações curriculares
 
Terra, Fogo, Água e Ar! Curiosidades sobre os quatro elementos essenciais par...
Terra, Fogo, Água e Ar! Curiosidades sobre os quatro elementos essenciais par...Terra, Fogo, Água e Ar! Curiosidades sobre os quatro elementos essenciais par...
Terra, Fogo, Água e Ar! Curiosidades sobre os quatro elementos essenciais par...
 
Jogo seducação infantil
Jogo seducação infantilJogo seducação infantil
Jogo seducação infantil
 

Semelhante a Relatorio dragao da-paz

Monografia Ana Lúcia Pedagogia 2009
Monografia Ana Lúcia Pedagogia 2009Monografia Ana Lúcia Pedagogia 2009
Monografia Ana Lúcia Pedagogia 2009
Biblioteca Campus VII
 
Boletim Informativo 2010
Boletim Informativo 2010Boletim Informativo 2010
Boletim Informativo 2010
CeiDirceMigliaccio
 
Relatorio estagio educação infantil
Relatorio estagio educação infantil Relatorio estagio educação infantil
Relatorio estagio educação infantil
filicianunes
 
Coordenacão pedagógica
Coordenacão pedagógicaCoordenacão pedagógica
Coordenacão pedagógica
MarceloSilveira87
 
Tcc sobre brinquedoteca
Tcc  sobre brinquedotecaTcc  sobre brinquedoteca
Tcc sobre brinquedoteca
solegu
 
Projeto brincadeira de criança
Projeto brincadeira de criançaProjeto brincadeira de criança
Projeto brincadeira de criança
danizinha_blog
 
O uso de jogos e brincadeiras
O uso de jogos e brincadeirasO uso de jogos e brincadeiras
O uso de jogos e brincadeiras
Fernanda Barreto
 
Boletim Informativo - 3ª Edição
Boletim Informativo - 3ª EdiçãoBoletim Informativo - 3ª Edição
Boletim Informativo - 3ª Edição
CeiDirceMigliaccio
 
Se não serve para brincar, não presta!
Se não serve para brincar, não presta!Se não serve para brincar, não presta!
Se não serve para brincar, não presta!
Henrique Santos
 
Sao paulo umaescola_manualbrincadeiras
Sao paulo umaescola_manualbrincadeirasSao paulo umaescola_manualbrincadeiras
Sao paulo umaescola_manualbrincadeiras
Jefferson Tiagolage
 
A importância do brincar no desenvolvimento da criança
A importância do brincar no desenvolvimento da criançaA importância do brincar no desenvolvimento da criança
A importância do brincar no desenvolvimento da criança
doni10
 
Monografia Marilúcia Pedagogia 2009
Monografia Marilúcia Pedagogia 2009Monografia Marilúcia Pedagogia 2009
Monografia Marilúcia Pedagogia 2009
Biblioteca Campus VII
 
Ano 1 unidade_4
Ano 1 unidade_4Ano 1 unidade_4
Ano 1 unidade_4
Mateus Marion
 
Apostila brincar-volume-2
Apostila brincar-volume-2Apostila brincar-volume-2
Apostila brincar-volume-2
Vera Lúcia Fialho Capellini
 
Ludicidade infantil artigo
Ludicidade infantil artigoLudicidade infantil artigo
Ludicidade infantil artigo
Márcia Santos
 
O lúdico
O lúdicoO lúdico
3592 9657-1-pb o ludico na educação simone helen drumons ischkanian
3592 9657-1-pb o ludico na educação simone helen drumons ischkanian3592 9657-1-pb o ludico na educação simone helen drumons ischkanian
3592 9657-1-pb o ludico na educação simone helen drumons ischkanian
SimoneHelenDrumond
 
1 ano expectativas aprendizagem
1 ano expectativas aprendizagem1 ano expectativas aprendizagem
1 ano expectativas aprendizagem
Vanessa Pereira
 
Thaynara e vanuza
Thaynara e vanuzaThaynara e vanuza
Thaynara e vanuza
Fernando Pissuto
 
Download Atividades 4 O.M
Download Atividades 4  O.MDownload Atividades 4  O.M
Download Atividades 4 O.M
Dena Pedagogia
 

Semelhante a Relatorio dragao da-paz (20)

Monografia Ana Lúcia Pedagogia 2009
Monografia Ana Lúcia Pedagogia 2009Monografia Ana Lúcia Pedagogia 2009
Monografia Ana Lúcia Pedagogia 2009
 
Boletim Informativo 2010
Boletim Informativo 2010Boletim Informativo 2010
Boletim Informativo 2010
 
Relatorio estagio educação infantil
Relatorio estagio educação infantil Relatorio estagio educação infantil
Relatorio estagio educação infantil
 
Coordenacão pedagógica
Coordenacão pedagógicaCoordenacão pedagógica
Coordenacão pedagógica
 
Tcc sobre brinquedoteca
Tcc  sobre brinquedotecaTcc  sobre brinquedoteca
Tcc sobre brinquedoteca
 
Projeto brincadeira de criança
Projeto brincadeira de criançaProjeto brincadeira de criança
Projeto brincadeira de criança
 
O uso de jogos e brincadeiras
O uso de jogos e brincadeirasO uso de jogos e brincadeiras
O uso de jogos e brincadeiras
 
Boletim Informativo - 3ª Edição
Boletim Informativo - 3ª EdiçãoBoletim Informativo - 3ª Edição
Boletim Informativo - 3ª Edição
 
Se não serve para brincar, não presta!
Se não serve para brincar, não presta!Se não serve para brincar, não presta!
Se não serve para brincar, não presta!
 
Sao paulo umaescola_manualbrincadeiras
Sao paulo umaescola_manualbrincadeirasSao paulo umaescola_manualbrincadeiras
Sao paulo umaescola_manualbrincadeiras
 
A importância do brincar no desenvolvimento da criança
A importância do brincar no desenvolvimento da criançaA importância do brincar no desenvolvimento da criança
A importância do brincar no desenvolvimento da criança
 
Monografia Marilúcia Pedagogia 2009
Monografia Marilúcia Pedagogia 2009Monografia Marilúcia Pedagogia 2009
Monografia Marilúcia Pedagogia 2009
 
Ano 1 unidade_4
Ano 1 unidade_4Ano 1 unidade_4
Ano 1 unidade_4
 
Apostila brincar-volume-2
Apostila brincar-volume-2Apostila brincar-volume-2
Apostila brincar-volume-2
 
Ludicidade infantil artigo
Ludicidade infantil artigoLudicidade infantil artigo
Ludicidade infantil artigo
 
O lúdico
O lúdicoO lúdico
O lúdico
 
3592 9657-1-pb o ludico na educação simone helen drumons ischkanian
3592 9657-1-pb o ludico na educação simone helen drumons ischkanian3592 9657-1-pb o ludico na educação simone helen drumons ischkanian
3592 9657-1-pb o ludico na educação simone helen drumons ischkanian
 
1 ano expectativas aprendizagem
1 ano expectativas aprendizagem1 ano expectativas aprendizagem
1 ano expectativas aprendizagem
 
Thaynara e vanuza
Thaynara e vanuzaThaynara e vanuza
Thaynara e vanuza
 
Download Atividades 4 O.M
Download Atividades 4  O.MDownload Atividades 4  O.M
Download Atividades 4 O.M
 

Mais de Ivanilson Lima

Introdução a Ciência Geográfica
Introdução a Ciência GeográficaIntrodução a Ciência Geográfica
Introdução a Ciência Geográfica
Ivanilson Lima
 
Formação Territorial do Brasil
Formação Territorial do BrasilFormação Territorial do Brasil
Formação Territorial do Brasil
Ivanilson Lima
 
Capitalismo: Geopolítica, Globalização e Cidades Capitalistas
Capitalismo:  Geopolítica, Globalização e Cidades CapitalistasCapitalismo:  Geopolítica, Globalização e Cidades Capitalistas
Capitalismo: Geopolítica, Globalização e Cidades Capitalistas
Ivanilson Lima
 
A Nova Ordem Mundial e o Multilateralismo
A Nova Ordem Mundial e o MultilateralismoA Nova Ordem Mundial e o Multilateralismo
A Nova Ordem Mundial e o Multilateralismo
Ivanilson Lima
 
A Guerra Fria e o Fim da URSS
A Guerra Fria e o Fim da URSSA Guerra Fria e o Fim da URSS
A Guerra Fria e o Fim da URSS
Ivanilson Lima
 
Comércio Internacional e Blocos Econômicos
Comércio Internacional e Blocos EconômicosComércio Internacional e Blocos Econômicos
Comércio Internacional e Blocos Econômicos
Ivanilson Lima
 
Exercícios Cartografia 01
Exercícios Cartografia 01Exercícios Cartografia 01
Exercícios Cartografia 01
Ivanilson Lima
 
Sistematização e Correntes Geográficas
Sistematização e Correntes GeográficasSistematização e Correntes Geográficas
Sistematização e Correntes Geográficas
Ivanilson Lima
 
Capitalismo Informacional
Capitalismo InformacionalCapitalismo Informacional
Capitalismo Informacional
Ivanilson Lima
 
Aula 01 - Progressão Parcial 2016 (1ª série EMI)
Aula 01 - Progressão Parcial 2016 (1ª série EMI)Aula 01 - Progressão Parcial 2016 (1ª série EMI)
Aula 01 - Progressão Parcial 2016 (1ª série EMI)
Ivanilson Lima
 
Capitalismo Financeiro
Capitalismo FinanceiroCapitalismo Financeiro
Capitalismo Financeiro
Ivanilson Lima
 
Capitalismo Industrial
Capitalismo IndustrialCapitalismo Industrial
Capitalismo Industrial
Ivanilson Lima
 
Capitalismo Comercial
Capitalismo ComercialCapitalismo Comercial
Capitalismo Comercial
Ivanilson Lima
 
Introdução à Ciência Geográfica
Introdução à Ciência GeográficaIntrodução à Ciência Geográfica
Introdução à Ciência Geográfica
Ivanilson Lima
 
Dragão da Paz - Guia do Facilitador
Dragão da Paz - Guia do FacilitadorDragão da Paz - Guia do Facilitador
Dragão da Paz - Guia do Facilitador
Ivanilson Lima
 
Roteiro para Projeto de Vida
Roteiro para Projeto de VidaRoteiro para Projeto de Vida
Roteiro para Projeto de Vida
Ivanilson Lima
 
Jogo Dragão da Paz - Fases Iniciais
Jogo Dragão da Paz - Fases IniciaisJogo Dragão da Paz - Fases Iniciais
Jogo Dragão da Paz - Fases Iniciais
Ivanilson Lima
 
Apresentação Jogo Dragão da Paz
Apresentação Jogo Dragão da Paz Apresentação Jogo Dragão da Paz
Apresentação Jogo Dragão da Paz
Ivanilson Lima
 
Planejamento e Práxis Pedagógica
Planejamento e Práxis PedagógicaPlanejamento e Práxis Pedagógica
Planejamento e Práxis Pedagógica
Ivanilson Lima
 
Introdução à Música
Introdução à MúsicaIntrodução à Música
Introdução à Música
Ivanilson Lima
 

Mais de Ivanilson Lima (20)

Introdução a Ciência Geográfica
Introdução a Ciência GeográficaIntrodução a Ciência Geográfica
Introdução a Ciência Geográfica
 
Formação Territorial do Brasil
Formação Territorial do BrasilFormação Territorial do Brasil
Formação Territorial do Brasil
 
Capitalismo: Geopolítica, Globalização e Cidades Capitalistas
Capitalismo:  Geopolítica, Globalização e Cidades CapitalistasCapitalismo:  Geopolítica, Globalização e Cidades Capitalistas
Capitalismo: Geopolítica, Globalização e Cidades Capitalistas
 
A Nova Ordem Mundial e o Multilateralismo
A Nova Ordem Mundial e o MultilateralismoA Nova Ordem Mundial e o Multilateralismo
A Nova Ordem Mundial e o Multilateralismo
 
A Guerra Fria e o Fim da URSS
A Guerra Fria e o Fim da URSSA Guerra Fria e o Fim da URSS
A Guerra Fria e o Fim da URSS
 
Comércio Internacional e Blocos Econômicos
Comércio Internacional e Blocos EconômicosComércio Internacional e Blocos Econômicos
Comércio Internacional e Blocos Econômicos
 
Exercícios Cartografia 01
Exercícios Cartografia 01Exercícios Cartografia 01
Exercícios Cartografia 01
 
Sistematização e Correntes Geográficas
Sistematização e Correntes GeográficasSistematização e Correntes Geográficas
Sistematização e Correntes Geográficas
 
Capitalismo Informacional
Capitalismo InformacionalCapitalismo Informacional
Capitalismo Informacional
 
Aula 01 - Progressão Parcial 2016 (1ª série EMI)
Aula 01 - Progressão Parcial 2016 (1ª série EMI)Aula 01 - Progressão Parcial 2016 (1ª série EMI)
Aula 01 - Progressão Parcial 2016 (1ª série EMI)
 
Capitalismo Financeiro
Capitalismo FinanceiroCapitalismo Financeiro
Capitalismo Financeiro
 
Capitalismo Industrial
Capitalismo IndustrialCapitalismo Industrial
Capitalismo Industrial
 
Capitalismo Comercial
Capitalismo ComercialCapitalismo Comercial
Capitalismo Comercial
 
Introdução à Ciência Geográfica
Introdução à Ciência GeográficaIntrodução à Ciência Geográfica
Introdução à Ciência Geográfica
 
Dragão da Paz - Guia do Facilitador
Dragão da Paz - Guia do FacilitadorDragão da Paz - Guia do Facilitador
Dragão da Paz - Guia do Facilitador
 
Roteiro para Projeto de Vida
Roteiro para Projeto de VidaRoteiro para Projeto de Vida
Roteiro para Projeto de Vida
 
Jogo Dragão da Paz - Fases Iniciais
Jogo Dragão da Paz - Fases IniciaisJogo Dragão da Paz - Fases Iniciais
Jogo Dragão da Paz - Fases Iniciais
 
Apresentação Jogo Dragão da Paz
Apresentação Jogo Dragão da Paz Apresentação Jogo Dragão da Paz
Apresentação Jogo Dragão da Paz
 
Planejamento e Práxis Pedagógica
Planejamento e Práxis PedagógicaPlanejamento e Práxis Pedagógica
Planejamento e Práxis Pedagógica
 
Introdução à Música
Introdução à MúsicaIntrodução à Música
Introdução à Música
 

Último

Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mary Alvarenga
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
Espanhol Online
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
MariaJooSilva58
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Falcão Brasil
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
felipescherner
 
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdfquadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
marcos oliveira
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Falcão Brasil
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Falcão Brasil
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
deboracorrea21
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
Mary Alvarenga
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
valdeci17
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
principeandregalli
 
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 

Último (20)

Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
 
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdfquadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
 
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 

Relatorio dragao da-paz

  • 1. GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA EDUCAÇÃO 1ª COORDENADORIA REGIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO EEEP MARIA CARMEM VIEIRA MOREIRA RELATÓRIO DE ATIVIDADES: JOGO DRAGÃO DA PAZ: AS INTERVENÇÕES DISCENTES EM FAVORECIMENTO DA CULTURA DE PAZ. Professores: Ivanilson da Silva Lima, Elaine Peixoto Braga. Alunos: Abrão Costa Rodrigues, Bruna Kessia Abreu da Silva, David Mateus da Silva Fernandes, Guilherme de Queiros Brasil, Winne Kelly da Costa Bessa. MARACANAÚ 2015
  • 2. 2 JOGO DRAGÃO DA PAZ: AS INTERVENÇÕES DISCENTES EM FAVORECIMENTO DA CULTURA DE PAZ. RESUMO O atual ensino médio brasileiro, necessita de inovações pedagógicas que busquem dar maior suporte ao processo de ensino-aprendizagem praticado dentro dos espaços institucionais de formação, assim como que busquem despertar nos jovens o sentimento de inquietação diante da realidade, muitas vezes excludente e discriminatória. Em face disso, a adaptação do Jogo Dragão da Paz, busca despertar nos jovens uma sensibilidade do olhar sobre sua realidade, buscando propor intervenções que melhorem seus espaços de aprendizagem e socialização, assim como, propor intervenções que despertem na comunidade escolar um sentimento de pertencimento a instituição, reconhecendo-a como um patrimônio da comunidade local. Desse modo, buscamos responder em conjunto com os jovens as seguintes perguntas: Quem sou eu? Como me vejo dentro da minha escola e comunidade? Quais meus potenciais e os de meus colegas? Como podemos intervir na realidade cotidiana escolar para melhorar nossa apropriação sobre a mesma de forma positiva para mim e minha comunidade? A partir dessas respostas, buscasse, com a continuidade do projeto, um protagonismo juvenil que culmine em ações positivas dos discentes, mesmo em seu cotidiano pós-escola. PALAVRAS – CHAVE: Cultura de Paz. Protagonismo. Ação Positiva.
  • 3. 3 1. INTRODUÇÃO O Ensino Médio brasileiro tem se constituído em uma fase de grande complexidade, dada seu papel constituído entre o Ensino Fundamental e o Ensino Superior, tendo assim um papel de grande importância para a finalização do processo de formação escolar formal dos jovens em nosso território. Podemos verificar a importância dessa etapa do ensino ao analisarmos a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional – LDB 9394/1996 em seu primeiro artigo, quando define a educação da seguinte forma: Art. 1º. A educação abrange os processos formativos que se desenvolvem na vida familiar, na convivência humana, no trabalho, nas instituições de ensino e pesquisa, nos movimentos sociais e organizações da sociedade civil e nas manifestações culturais. (BRASIL, Lei Federal n.º 9.394/1996: Lei das Diretrizes e Bases da Educação Nacional) Nesse artigo conseguimos identificar a complexidade das exigências para os estudantes, nele então vemos que essa formação deve abranger uma consolidação de conhecimentos adquiridos durante o Ensino Básico, uma preparação para o exercício do trabalho e da cidadania e a compreensão de fundamentos científicos-tecnológicos que auxiliem seu ingresso no Ensino Superior. Concomitante a isso, verificamos a necessidade de se trabalhar práticas que despertem nos jovens, a necessidade de uma Cultura de Paz, quando nos deparamos cotidianamente com diversas notícias, comentários e vivências que provocam uma degradação do ser humano como um todo. Caminhar, portanto, em paralelo aos jovens, dentro do ambiente formal da escola, mediando discussões e procurando soluções traz consigo uma importância positivamente significativa, visto que fazer parte do processo, faz com que os jovens se sintam valorizados e valorizem as ações desenvolvidas, assim como se apropriem de sua comunidade. No âmbito da Secretaria Estadual da Educação Básica do Ceará, em parceria com a UNESCO – Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura, desenvolveu-se uma iniciativa de promoção da Cultura de Paz nas escolas, denominado Geração da Paz. Dentro do programa supracitado, coexistem e complementam-se diversas ações que tem o jovem como foco principal, buscando despertar nele o seu senso crítico, suas competências e habilidades para atuar positivamente na sua vida e em seu entorno social e um protagonismo social juvenil.
  • 4. 4 Partindo desse ponto, a partir de uma das ações do Programa Geração da Paz, denominado Jogo Dragão da Paz, a escola, decide, portanto, fazer uso de prerrogativas desse jogo, adaptando-as a realidade vivenciada pelos docentes e discentes da escola, inspirando a ambos os atores a pensarem em uma forma de intervenção na comunidade escolar. Dessa forma então, o projeto é gerado dentro da EEEP – Escola Estadual de Educação Profissional Maria Carmem Vieira Moreira, com forte mediação dos educadores Ivanilson Lima e Elaine Peixoto. A escola, inserida na comunidade de Pajuçara, Maracanaú/CE, faz parte de um programa de inserção no Mundo do Trabalho, desenvolvido pela SEDUC/CE. Dentro de nossa instituição, os alunos ingressam, portanto, em um Ensino Médio Integrado a Educação Profissional, em uma das quatro áreas de formação que são oferecidas: Técnico em Química, Técnico em Secretariado, Técnico em Têxtil ou Técnico em Vestuário. 2. OBJETIVOS 2.1 OBJETIVO GERAL - Despertar no público discente, um sentimento de inquietação diante da realidade que proporcione desenvolver seu protagonismo social em benefício pessoal e social. 3.2 OBJETIVOS ESPECÍFICOS - Refletir sobre a práxis cotidianas e uso das potenciais competências e habilidades dos jovens; - Propor e protagonizar intervenções na práxis pedagógica e da comunidade escolar.
  • 5. 5 3. AÇÕES REALIZADAS NO ANO DE 2014 Durante o ano de 2014, tivemos nossa primeira experiência com o uso da metodologia do Jogo Dragão da Paz na escola. Para tanto, visando despertar o sentimento de curiosidade dos jovens sobre o que seria trabalhado, em primeiro momento, os docentes Ivanilson Lima e Elaine Peixoto, criaram um clima de mistério sobre o que seria o Dragão da Paz, espalhando cartazes com a logomarca do Jogo, porém, sem identificar do que se tratava. Figura 1: Imagem reproduzida na primeira Fase do Projeto Com a distribuição de cartazes com a imagem acima, houve um despertar da curiosidade de todos os alunos da escola sobre o que seria o real significade da imagem e do slogan atrelado a mesma. Fazendo com que os jovens buscassem descobrir de diversas formas o que significaria ambos. Para despertar ainda mais a curiosidade foram colocadas em momento posterior, cartazes da mesma forma dentro das salas das primeiras séries do Ensino Médio, visto eles serem o público alvo pensado para iniciarmos o projeto. Por fim, fizemos uma ampla divulgação no Facebook, dentro de um grupo privado que estão adicionados todos os alunos e professores da escola. Passado esse momento, buscamos despertar a curiosidade dos alunos, ao fazer a convocação dos mesmos para uma reunião no auditório da escola.
  • 6. 6 Figura 2: Pergaminho da primeira reunião Para alcançar o objetivo proposto, foi pensado para o chamado tanto o formato diferenciado como um texto que despertasse interesse e ludicidade para a reunião, como pode ser lido abaixo: Figura 3: Texto do Chamado da Primeira Reunião Para a reunião então, fizemos a introdução do que era a proposta do Jogo Dragão da Paz, mostrando a origem do mesmo, sem revelar as alterações que fizemos de adaptação.
  • 7. 7 Para a realização do Jogo Dragão da Paz em nossa escola então, foram feitas adaptações e reuniões com os professores das diferentes disciplinas, assim como parceria com o Projeto Professor Diretor de Turma, que consiste na atuação de um professor da instituição junto a turma, buscando ser um mediador de conflitos, assim como a pessoa responsável por fazer o acompanhamento individual dos alunos da turma, em favorecimento de seu sucesso acadêmico e pessoal. Figura 4: Fases do Jogo Dragão da Paz Figura 5: Jornada do Herói Dragão
  • 8. 8 Figura 6: Estrutura Base das Atividades Para acompanhamento das atividades por parte dos alunos e dos demais membros da comunidade foi então criado um grupo na rede social Facebook, onde colocávamos imagens e vídeos das atividades realizadas, assim como divulgávamos algumas ações do projeto: https://www.facebook.com/groups/sociedadedosdragões/. Figura 7: Grupo do Facebook do Projeto
  • 9. 9 3.1. ATIVIDADES/RESULTADOS 2014: Cronograma Geral Datas Eventos 31/out Socialização do Jogo Dragão da Paz - Auditório 07/nov Fase 1 - O Despertar; Fase 2 - O Encontro dos Dragões 14/nov Fase 3 - Sociedade dos Dragões 21/nov Fase 4 - O Mapa de Tesouros e Poderes; Fase 5 - O Levante 29/nov Fase 6 - A Batalha; Fase 7 - A Conquista; Fase 8 - Condecoração do Dragão da Paz 30/nov 05/dez Entrega da Certificação - Jogo Dragão da Paz Cronograma Sexta - 07/11/14 Datas Horário Eventos Dia 07-11 Manhã 10:10 Acolhida - Dinâmica com a música Arram Sam Sam 10:25 Vídeo: O Menestrel (assistirão de olhos fechados, com papel e lápis na mão para anotar o momento que mais o tocou) 10:30 Recriação - pequeno grupo recriar uma passagem do vídeo que o tocou 10:40 Criação do Cartão do Personagem (cada aluno criará um personagem que considera que o representa no jogo, baseado nas perguntas feitas, desenhando, dando nome ao personagem e indicando características que consideram pontos fortes) 11:00 Vídeo: Juntos fazemos mais e melhor 11:05 Ida para Quadra de Esportes 11:10 Confecção dos Crachás (crachá apenas com o nome do aluno) 11:20 Malabarismo com Bolas (alunos jogam bola para pessoa e ler o nome em voz alta; a atividade será repetida, acrescentando uma segunda bola e depois uma terceira bola) 11:30 Reconhecendo os Dragões (redistribui os cartões dos personagens entre os alunos; eles tentarão descobrir de quem é o cartão que pegou) 11:45 Círculo Grande (dizendo uma palavra de como se sentiu com as atividades do dia)
  • 10. 10 Cronograma Sexta - 14/11/14 Datas Horário Eventos Dia 14-11 Manhã 10:10 Acolhida - Dinâmica da Teia (será executada com 4 voluntários por sala) 10:30 Vídeo: Quem se importa? 10:50 Vídeo: Estagiário 11:00 Criação dos Sonhos: Que Bom, Que Pena, Que Tal (turmas divididas em 05 grupos) 11:20 Criação dos Sonhos: Que Bom, Que Pena, Que Tal (criação do geral da turma) 11:40 Tour na escola (o que pode mudar na estrutura física, o que precisamos conseguir) Cronograma Sexta - 21/11/14 Datas Horário Eventos Dia 21-11 Manhã 10:10 Linha do Conhecimento (linha no meio, serão feitas perguntas pessoais e os alunos que por ventura tiverem resposta positiva se direcionam a linha no meio) 10:30 Revisitando: Que bom, Que Pena, Que Tal 10:40 Criação da Árvore dos Sonhos e Plano de Metas 11:30 Levante: o que conseguimos, quem precisamos para o dia da Batalha 11:40 Entrega dos Pergaminhos dos Dragões 11:45 Dinâmica: Arram Sam Sam Descrição das Atividades de Sábado - 29/11/14 Datas Horário Eventos Dia 29 Manhã 07:30 Acolhida - O Desjejum dos Dragões - Parte 1 Será servido um pequeno café da manhã para os participantes, visando um momento de encontro e trocas 08:00 Confecção do Brasão do Dragão Construção do Crachá Criativo pelos alunos, visando representá- los nos dois dias. 08:30 Círculo dos Dragões - Legal, Legal, Legal Dinâmica de chegada e interação. Será desenvolvida a partir de uma pequena coreografia e da Música de Edinho Paraguassú 08:45 Círculo dos Dragões - Amigos de Jó Dinâmica de Cooperação - através de coreografia para ser cantada e interpretada a música em um círculo com todos os participantes 09:00 A Árvore dos Sonhos - Conversando com os Dragões das Montanhas Vizinhas Haverá então a exposição das árvores dos sonhos de cada sala (confeccionada no dia 21/11), para partilhamento das expectativas dos alunos.
  • 11. 11 Dia 29 Manhã 09:30 CineDragão - Como Estrelas na Terra Objetivamos, a partir desse filme, que os alunos vejam que todos tem um potencial que muitas vezes é oculto por conta de um ponto a melhorar e da importância da convivência e de inserir as pessoas para que possamos ajudar as pessoas a se descobrirem, assim como nos abrirmos para receber auxílio nos momentos necessários. 12:00 Intervalo - O Banquete dos Dragões Dia 29 Tarde 13:00 Círculo dos Dragões - Nó Humano Dinâmica de cooperação e de movimento, visa que a partir do trabalho em grupo, os alunos possam desfazer o nó que será proposto. 13:30 As Sociedades dos Dragões Primeira parte da construção das Metas Coletivas. Nesse momento, os alunos ficarão com seus respectivos colegas, para assim revisitarem seus planos de ação 2015, de forma que todos tenham domínio do mesmo. 14:00 As Esferas dos Dragões Segunda parte da construção das Metas Coletivas. Nesse momento, os alunos serão divididos em grupos de 5 pessoas por sala: grupo 1 - Esfera da Sapiência; grupo 2 - Esfera da Bravura; grupo 3 - Esfera da Dignidade. 14:10 A Fusão das Esferas - A Busca pelas Relíquias dos Dragões Terceira parte da construção das Metas Coletivas. Nesse momento será então formado três grupos de 20 pessoas para discutirem sobre os planos de sala e construção do Plano de Ação 2015 dos alunos ingressos em 2014. 15:10 Lanche - O Desjejum dos Dragões - Parte 2 15:30 Círculo dos Dragões - Berequetê Dinâmica de interação e cooperação. Através da música, iremos propor diferenciadas coreografias, visando que os alunos cooperem de forma que todos consigam realizar os passos sincronizadamente. 16:00 A Ordem dos Dragões Quarta parte da construção das Metas Coletivas. Nesse momento os grupos anteriores exporão seus planos de metas e será construido o Plano de Ação Geral 2015. 17:00 Círculo dos Dragões - Mekô Merewa Dinâmica de celebração e cooperação. Nesse momento será realizada uma coreografia ao som da música de Marlui Miranda, formando três círculos que deverão cantar em tons diferentes de modo a formar um coro celebrativo.
  • 12. 12 Dia 29 Noite O Festejo do Morro dos Dragões 17:20 O Jogo dos Dragões Iremos realizar partidas de vôlei misto, visando a maior integração entre os participantes. 18:20 O Canto dos Dragões - A Preparação Será proposto a criação de um pequeno recital, com músicas do infantis, onde cada grupo receberá uma música e deverá criar uma forma de cantar e interpretar a música. 19:30 Intervalo - A Ceia dos Dragões 20:00 O Canto dos Dragões - A Grande Mostra dos Dragões Exposição das apresentações de cada grupo no anfiteatro 20:30 O Festejo dos Dragões Apresentação da Banda Artigo Quatro 21:30 CineDragão - O Tapete Vermelho Objetivamos, a partir desse filme, que haja descontração dos alunos, assim como mostrar para eles que alcançar um sonho é possível para aqueles que não deixam de acreditar e batalhar por ele, mesmo sendo algo simples. 23:00 O Sono dos Dragões da Meia Noite Descrição das Atividades de Domingo - 30/11/14 Datas Horário Eventos Dia 30 Manhã 07:00 O Despertar dos Dragões do Amanhecer 07:40 O Desjejum dos Dragões - Parte 1 08:00 Círculo dos Dragões - Atravessando a Cachoeira dos 7 Picos Dinâmica de Interação e Cooperação. Os alunos serão divididos em grupos diferenciados e precisarão cumprir o objetivo de atravessar o rio de acordo com as regras estabelecidas. 08:20 Assembléia dos Dragões Nesse momento será revisitado os sonhos de mudança, elencado o que foi conseguido na fase de levante, para iniciar as mudanças estruturais que pensaram em realizar para melhorar os espaços coletivos da escola. 08:50 O Desjejum dos Dragões - Parte 2 09:10 Os Dragões entram em Ação Os participantes irão começar a realizar as atividades propostas por eles de transformação dos espaços da escola. 12:00 Intervalo - O Banquete dos Dragões Dia 30 Tarde 13:00 A Retomada dos Dragões Os participantes irão começar a realizar as atividades propostas por eles de transformação dos espaços da escola. 16:00 A Magnâmina Ordem dos Dragões Assembléia de avaliação do Jogo e do Final de Semana da Batalha. 17:00 O Vôo dos Dragões
  • 13. 13 Para o desenvolvimento das atividades descritas acima, tivemos sempre a preocupação em despertar, junto com os alunos, o sentimento de pertencimento a uma realidade, porém sem esquecer das individualidades e particularidades que ocorrem em qualquer escola, independentemente da localidade e classes sociais atendidas na instituição. Partimos sempre dos pressupostos indicados por Jacques Delors, ao falar sobre os Pilares da Educação: Aprender a Conhecer, Aprender a Fazer, Aprender a Conviver e Aprender a Ser. Pois acreditamos que a aplicabilidade deles se estende as mais diferentes ações humanas, por incitarem ao ser protagonista do conhecimento, fazendo bom uso dele para as relações sociais estabelecidas, na busca do alcance de uma plenitude pessoal e profissional. Dessa forma, no transcorrer das atividades, como pode ser visto no cronograma, buscamos dar bastante ludicidade aos diferentes momentos, divulgando sempre entre os alunos os nomes dados as atividades do dia. Dando um ar de aventura como encontrado nos contos de heróis, fazendo sempre referência a personagens de filmes, desenhos e livros que são conhecidos pela maioria dos jovens. Com o uso dessas ferramentas, guiamos as atividades de forma que os alunos refletissem e fossem visualizando seus sonhos individuais, até chegarem em sonhos coletivos, construindo suas árvores dos sonhos e a definição de metas que eles pudessem realizar visando melhorar o seu espaço escolar físico e suas relações de ensino-aprendizagem. Por fim, em um encontro no final de semana, tivemos representação de alunos das quatro turmas que iniciaram a primeira série em 2014, para dessa forma, chegarmos a metas de melhoria que fossem coletivas a eles, assim como realização de um trabalho de mutirão que melhorassem alguns pontos estruturais na escola que eles considerassem que trariam benefícios para todos os alunos. Com relação as metas coletivas, chegamos aos seguintes pontos:
  • 14. 14 Figura 8: Metas Coletivas 2014 Figuras 09 à 14: Encontros semanais.
  • 15. 15 Figuras 15 à 22 – Encontro do Final de Semana
  • 16. 16 Figuras 23 e 24 – Encontro do Final de Semana Com a finalização das atividades do Jogo Dragão da Paz no ano de 2014, conseguimos visualizar tanto uma boa aceitabilidade por parte dos jovens, como também uma boa integração entre os estudantes, independentemente de suas salas, aumentando assim, as possibilidades de realizar novas intervenções de melhoria, como foi proposto para o ano subsequente, a partir das metas coletivas estabelecidas em conjunto. A aceitabilidade por parte das turmas que iniciaram e protagonizarem pode ser apreendida a partir da análise dos gráficos abaixo, em pesquisa se satisfação do projeto realizado pelos alunos que, em virtude de maior engajamento nas atividades, acabaram por tornar-se líderes que propagam os ideais de transformação social e acreditam na continuidade do projeto nos anos vindouros.
  • 17. 17 A partir da análise dos gráficos, podemos verificar que tivemos uma boa aceitabilidade por uma parte significativa dos alunos, mesmo com o projeto tendo tido pouco tempo de desenvolvimento. Verificamos que em duas turmas em específico a aceitação foi bem maior, uma das turmas é justamente onde temos a atuação de um aluno em específico, que se tornou um grande propagador do projeto, o aluno Guilherme Brasil, um dos alunos mais ativos e preocupado com a ampliação das ações do projeto. Uma proposição importante observada sobre esses resultados, foi o pouco tempo que tivemos de realização do projeto, como pode ser visto no cronograma exposto acima. Porém, mesmo assim, ao verificarmos o engajamento dos alunos que participaram no Encontro de Jovens no final de semana dos dias 29 e 30 de novembro de 2014, consideramos que a participação nesses dias foram bem decisivos para o engajamento de uma parte significativa de alunos em prol de melhorar as ações do que foi desenvolvido, visto que os momentos de reflexão e construção coletiva, tanto de metas, como de melhorias, fez os alunos se sentirem responsáveis, pode-se perceber justamente pela ansiedade deles de na segunda-feira subsequente os demais observarem e se apropriarem das transformações. Total 2014 OTIMO BOM REGULAR RUIM PESSIMO
  • 18. 18 4. AÇÕES REALIZADAS NO ANO DE 2015. Com o início de um novo ano letivo de 2015 na escola, começamos a replanejar o como se daria o desenvolvimento de um novo ciclo de atividades para o Dragão da Paz na escola, de imediato, verificamos diversos pontos de atenção: i. Como dar continuidade a um trabalho com as turmas que iniciaram o projeto Dragão da Paz, visto que o material base proposto pela SEDUC já havia sido todo trabalhado e incrementado; ii. Como incluir essas novas atividades no cronograma de aulas da escola, visto que a Matriz Curricular das turmas de segunda série, em virtude dos cursos técnicos integrados ao Ensino Médio que fazem, fica com uma sobrecarga muito grande de disciplinas e conteúdo; iii. Como replicar as atividades do projeto com as novas turmas que iniciaram no ano de 2015 na escola, agora com um tempo maior de planejamento e execução de ações. iv. Como implementar as metas coletivas definidas no ano anterior. Em virtude desses diversos questionamentos, buscou-se uma forma de dinamizar e ampliar a ação dos Dragões da Paz, através, principalmente, da formação de comissões e monitorias com os alunos do ano anterior, para, dessa forma, podermos ter uma ação mais protagonista desses jovens, estimulando e fazendo com que os ideais da cultura de paz possam ser repassados. Outro ponto importante foi pensar, juntamente com os alunos, em como realizar uma ou mais ações do projeto que beneficiasse mais diretamente pessoas da comunidade escolar. Dessa forma, decidimos usar, juntamente a metodologia, a proposta de os alunos começarem a escrever seus Projetos de Vida Pessoal e Profissional, para tanto foi incluída dentro das atividades do Dragão da Paz das novas turmas essas práticas, assim como nos momentos combinados com os professores para as turmas que iniciaram em 2014 e agora cursavam a 2ª série do Ensino Médio. Para trabalhar as metas coletivas no ano anterior, convocou-se, dentro de cada uma das salas, alunos que tinham interesse em formar uma comissão que trabalharia em conjunto com os educadores para motivar os alunos a batalharem para alcançar cada vez mais resultados positivos de forma, principalmente acadêmica, pois a maioria dessas metas visavam, principalmente, o sucesso deles dentro das disciplinas curriculares.
  • 19. 19 Outro ponto que estabelecemos como forma de reforçar a participação e fortalecer o protagonismo desses alunos, foi criar um cronograma diferenciado para eles, de forma que eles ficassem a frente da organização de um evento que duraria um final de semana inteiro. Dentro desse evento, tivemos então pensado, juntamente com eles em tirar um horário que traríamos a comunidade para dentro da escola, criou-se, dessa forma, o Dia da Família MCVM, com ações pensadas inicialmente pelos alunos, que com apoio dos demais professores, cada um com sua particularidade, tinha como objetivo principal, proporcionar atividades de cultura e lazer para pessoas de diferentes faixas etárias. A partir dessa dinâmica e da definição das comissões organizadoras, foram feitas diferentes reuniões para definir as atividades e em momento posterior, foi escolhido, em conjunto com as comissões, os denominados Monitores Dragão, que atuariam tanto no Dia da Família MCVM, como também em alguns momentos da formação das turmas da 1ª série do Ensino Médio de 2015.
  • 20. 20 4.1. ATIVIDADES/RESULTADOS 2015. Cronograma Geral Datas Eventos A Nova Ordem do Dragão 12/mar Certificação Dragões da Paz FC 2º ano Auditório 13/mar O Chamado dos Novos Guerreiros P.I 1º ano Auditório A 2ª Geração dos Guerreiros (1º ano do Ens. Médio) 27/mar O Despertar dos Novos Dragões – Parte 1 Proj.Int./FC Quadra 10/abr O Despertar dos Novos Dragões – Parte 2 Proj.Int. Sala de Aula 17/abr O Despertar dos Novos Dragões – Parte 3 Proj.Int./FC Auditório 24/abr O Encontro dos Dragões – Primeira Parte Proj.Int. Sala de Aula 8/mai O Encontro dos Dragões – Segunda Parte Proj.Int. Quadra 15/mai A Sociedade dos Dragões – Parte 1 Proj.Int./FC Auditório 22/mai A Sociedade dos Dragões – Parte 2 Proj.Int./FC Sala/Auditóri o 29/mai A Preparação da Batalha Proj.Int. Auditório 12/jun O Início de uma Nova Fase – Parte 1 Proj.Int. Auditório 19/jun O Início de uma Nova Fase – Parte 2 Proj.Int. Sala de Aula Os Antigos Guerreiros em Ação (2º ano do Ens. Médio) 9/abr Assembléia dos Dragões F.C Auditório 23/abr O Início de uma Nova Fase – Parte 1 RED/F.C. Auditório 7/mai Assembléia dos Dragões (Cedido Projeto de Redação) F.C Sala de Aula 14/mai A Preparação da Batalha RED/F.C. Auditório 28/mai Assembléia dos Dragões F.C. Auditório Descrição das Atividades 1º ano 2015 Datas Horário Eventos Materiais Dia 13 de Março 10:10 O Auditório dos Dragões Milenares Ida para o Auditório, acompanhado pelos professores das respectivas turmas Palavras impressas; datashow; som; microfone 10:20 Dragões Cearenses Palavras do vocabulário cearense serão sorteadas, para cada palavra, terá uma ação a ser desencadeada pelos alunos 10:30 O Grande Dragão do Mar Vídeo sobre o personagem Dragão do Mar e discussão sobre o que faz um herói. 10:40 O Início da Jornada dos Heróis Apresentação das datas e objetivos do jogo Dragão da Paz. Tarefa: pesquisar heróis locais e identificar suas conquistas. 10:45 Celebrando os Novos Tempos Música Toque Patoque 10:55 O Retorno as Montanhas Retorno às salas de aula, acompanhados pelos respectivos professores
  • 21. 21 Dia 27 de março 10:10 O Templo Desportivo dos Dragões Ida para a Quadra, acompanhado pelos professores das respectivas turmas. 25 folhas de papel madeira; marcador permanente; canetinhas; lápis de cor 10:20 Círculo dos Dragões Dinâmica de Apresentação/Interação. Os alunos serão divididos por suas salas e irão se apresentar da seguinte forma: todos inicialmente marcam o tempo batendo o pé suavemente no chão; tentam chegar a um tempo tranquilo, sem correria; cada um apresenta seu nome de uma forma criativa e todos repetem a forma em seguida. 10:40 Os Brasões do Dragão Dividir os alunos de cada sala em 5 grupos, para dessa forma discutirem pela dinâmica Café Mundial, buscando responder as perguntas base da discussão e expor para sua turma. 11:20 Os Dragões da Transformação Criação dos Painéis dos Dragões da Transformação, indicando os heróis da história elencados pela turma, para ser afixionado na sala de aula. 11:40 O Retorno as Montanhas Retorno às salas de aula, acompanhados pelos respectivos professores Dia 10 de abril 10:10 Círculo dos Dragões Dinâmica de Aquecimento: Pintura Imaginária 180 folhas de papel ofício; canetinhas; texto impresso para o facilitador. 10:25 O Pergaminho das Experiências Leitura do Texto Você Tem Experiência; discussão breve sobre o texto. 10:40 O Dragão Cogitabundo 1º e 2º Exercício do Manual de Elaboração de Projeto de Vida (rascunho inicial em folhas de papel ofício). Dia 17 de abril 10:10 O Auditório dos Dragões Milenares Ida para o Auditório, acompanhado pelos professores das respectivas turmas 180 folhas de papel 40Kg; canetinhas; texto; datashow e som. 10:20 Círculo dos Dragões Música Arram Sam Sam 10:30 Proverbios do Dragão Vídeo: A Árvore e o Menino; discussão sobre os personagens que aparecem no vídeo e sobre os diferentes personagens que necessitamos durante a vida 10:50 O Teatro dos Dragões Dinâmica teatral na qual alguns voluntários irão encenar a história do Menino e o Tronco, se colocando no lugar dos personagens 11:00 Os Personagens Dragões Criar cartões dos personagens, baseando-se em roteiro de perguntas pré-definido (os cartões serão recolhidos ao final, para uso no próximo encontro).
  • 22. 22 11:40 O Retorno as Montanhas Retorno às salas de aula, acompanhados pelos respectivos professores Dia 24 de abril 10:10 Os Personagens Dragões – Parte II Será entregue o cartão do personagem, para que os jovens colem na contracapa do seu caderno do Projeto de Vida. Canetinhas; lápis de cor; giz de cera; 360 folhas de papel ofício; 8 tubos de cola branca; 8 tesouras. 10:20 O Diário do Dragão Cada aluno deverá criar uma capa para o Caderno do Projeto de Vida, desenhando o nome que gosta de ser chamado de forma criativa. 10:30 Os Potenciais do Guerreiro Amigo Os cadernos serão serão recolhidos e irão circular por toda a turma, visando que cada um coloque uma característica positiva que identifica no companheiro, usando no máximo as duas primeiras folhas do caderno. 10:40 O Dragão Cogitabundo 3º Exercício do Manual de Elaboração de Projeto de Vida (repassar o que foi escrito anteriormente e dar prosseguimento à reflexão) Dia 08 de maio 10:10 O Auditório dos Dragões Milenares Ida para a frente do Auditório. Som e microfone 10:20 Círculo dos Dragões Realizar a Dinâmica Nó Humano, divididos por sala, visando iniciar o trabalho de grupo por sala 10:40 A Travessia do Grande Rio Realizar a Dinâmica do Rio, com representações de todas as salas, visando o trabalho coletivo entre as turmas. 10:55 O Retorno as Montanhas Retorno às salas de aula, acompanhados pelos respectivos professores Dia 15 de maio 10:10 O Auditório dos Dragões Milenares Ida para o Auditório, acompanhado pelos professores das respectivas turmas Datashow; som; microfone; 28 folhas de papel madeira; 18 folhas de cartolina de cores diversas; tinta guache; pincéis atômicos; canetinhas; lápis de cor; giz de cera; 8 tubos de cola branca; 8 tesouras. 10:20 Dragões Empreendedores Exibição e discussão do vídeo: Quem Se Importa 10:40 A Árvore dos Sonhos – Parte 1 Em grupos de até nove pessoas, avaliar a turma pela dinâmica do Que Bom, Que Pena, Que Tal.. 10:55 A Árvore dos Sonhos – Parte 2 Reunidos por sala, os alunos devem agora apresentar e discutir sobre o que foi construído nos grupos menores e após estabelecerem um para toda turma, construir uma Árvore dos Sonhos para conseguirem melhorias coletivas. 11:30 A Escolha dos Guerreiros Levantar entre os alunos, todos que têm interesse em participar das atividades integrais do final de semana como organizadores (os demais irão vir para as apresentações estabelecidas e nas atividades coletivas de intervenção)
  • 23. 23 Dia 22 de maio 10:10 Círculo dos Dragões Realizar a Dinâmica das Teias com as Canetas Barbante, garrafas; canetas 10:20 As Reuniões nas Montanhas Planejar quais ações podem ser trazidas para o Dia da Família que será organizado. 10:40 A Volta dos Dragões Circular pela escola e verificar quais espaços consideram que pode ter melhorias que possam realizar coletivamente, através do reuso de materiais que possuam em casa ou outros espaços. 10:50 O Auditório dos Dragões Milenares Ida para o Auditório, acompanhado pelos professores das respectivas turmas 11:00 A Grande Assembléia dos Dragões Socialização das Ações pensadas nas salas para o Dia da Família e dos locais que pensam em realizar algum tipo de melhoria coletiva. 11:30 Celebrando os Novos Tempos Dinâmica com a célula do Baião (marcar a célula, repetindo em 4 tempos, fazendo improvisação) Dia 12 de junho 10:10 O Auditório dos Dragões Milenares Ida para o Auditório, acompanhado pelos professores das respectivas turmas Datashow; som e microfone 10:20 A Assembléia dos Dragões Avaliação do Primeiro Encontro dos Dragões, através da Dinâmica Que Bom, Que Pena, Que Tal 10:35 Cine Dragão – Parte 1 Vídeo: O Ponto; discussão sobre o video 10:45 Cine Dragão – Parte 2 Reexibição do vídeo Jornada do Herói 10:55 O Retorno as Montanhas Retorno às salas de aula, acompanhados pelos respectivos professores Dia 19 de junho 10:10 Os Dragões Cogitabundos Texto: O Menestrel (leitura e discussão) Texto impresso 10:20 O Diário do Dragão 4º e 5º Exercício do Manual de Elaboração de Projeto de Vida Descrição das Atividades do 2º ano 2015 Datas Horário Eventos Materiais Dia 09 de abril 14:00 O Auditório dos Dragões Milenares Ida para o Auditório, acompanhado pelos professores das respectivas turmas Palavras impressas; datashow; som; microfone 14:10 Dragões Cearenses Palavras do vocabulário cearense serão sorteadas, para cada palavra, terá uma ação a ser desencadeada pelos alunos 14:20 Assembléia dos Dragões Escolha dos representantes para organizar o Dia da Família; Brainstorming de Atividades Dia 23 de Abril 13:10 O Auditório dos Dragões Milenares Ida para o Auditório, acompanhado pelos professores das respectivas turmas Datashow; som; microfone; 24 folhas de papel madeira; marcador permanente 13:30 A Experiência dos Dragões Vídeo: O Menestrel
  • 24. 24 13:40 O Projeto dos Dragões Milenares Atividades do Projeto de Vida: exercícios 1 a 4 14:00 Assembléia dos Dragões Definição das atividades 1º Semestre (Dia da Família e Horários Diversos); Dia 07 de Maio 14:00 O Projeto dos Dragões Milenares Atividades do Projeto de Vida: exercícios 5 a 8 Sem uso de materiais Dia 14 de Maio 13:10 O Auditório dos Dragões Milenares Ida para o Auditório, acompanhado pelos professores das respectivas turmas Datashow; som; microfone; 4 folhas de papel madeira; marcador permanente; 100 folhas 13:20 Assembléia dos Dragões Explanação sobre o Processo de Escolha dos Monitores Dragão; definição de grupos de trabalho para o Encontro dos Dragões 30 e 31 de maio. Dia 28 de Maio 14:00 O Auditório dos Dragões Milenares Ida para o Auditório, acompanhado pelos professores das respectivas turmas Datashow; som; microfone. 14:10 Assembléia dos Dragões Divulgação dos Monitores Dragão Descrição das Atividades do Final de Semana 2015 - Dia da Família Horário Eventos Espaços 07:30 Acolhida dos Alunos e Família Momento de entrada dos pais e alunos Refeitório 08:00 Coffe Break Familiar Café da manhã com frutas, pães e sucos 08:30 Abertura do Dia da Família Fala de Abertura do Núcleo Gestor da escola Auditório08:40 Coral dos Alunos Música: 08:50 Vídeo – As Famílias da EP Vídeo com fotos dos membros da família dos alunos da EP 09:00 Atividades Simultâneas Desenvolvimento de atividades diferenciadas com os diversos membros da família dos alunos Espaços Diversos 11:00 Encerramento Abertura dos portões para ida das famílias Comissão Discente Responsável 2º A Guilherme Brasil; Nathália Holanda e Sheyla Vírginia 2º B Guilherme Portela; Luanna Lopes e Mateus Gomes 2º C Abrão Costa; Benjamim Lucas; Deisiel de Sousa e Pedro Henrique 2º D Catherine Viana; Tiphany Monteiro e Winne Kelly
  • 25. 25 Atividades Simultâneas - Responsáveis Responsável Atividades Descrição Colaboradores Guilherme Portela e Mateus Gomes Torneio da Família Atividades Esportivas na quadra a serem definidas a partir dos participantes que estiverem presentes. Ítalo Viana, Stephano Oliveira e Marcos Sabino Tiphany e Winne Kelly Ensaio Fotográfico Criação de books para os participantes com até 15 fotos. Tiago Rodrigues e Karoline Alves Catherine Viana Tutorial de Maquiagem e Limpeza de Pele Oficinas ensinando como se maquiar e cuidados da pele. Heline Peixoto e Leidiane Alves Guilherme Brasil e Sheyla Virgínia Oficinas de Produtos Químicos Oficinas de como fazer sabonete, sabão e biscuit caseiro Eliene Sobral, Antonio Costa, Leonardo Figueiredo, Sheila Yamamoto Abrão Costa e Nathalia H. Workshop – Currículos e Emails Aula Básica de Informática para criação de curriculo e e-mails. Thiago Maciel, Juliana Ferreira, Jocicleide Praxedes e Denis Wilton Benjamim Lucas Stand-Up Apresentação de esquetes teatrais humorísticas Luiz Cláudio e Renan Lima Luanna Lopes Just Dance Family Danças do jogo Just Dance Karuline Costa e Leonardo Melo Pedro Henrique Karaôke Karaôke com músicas, valendo um chocolate Antoine Quiroz e Misael Sousa Deisiel de Sousa Dinâmicas – Projeto de Vida Dinâmicas de interação entre familiares e/ou alunos. Luana Alves, Larissa Pereira e Edson Marques Descrição das Atividades do Final de Semana 2015 Dia 30 – Tarde Horário Eventos Espaços 13:00 O Grande Dia da Batalha Nesse momento os alunos realizarão atividades diferenciadas. O intuito é que eles desenvolvam açoes concretas que ajudem a escola ou que melhorem espaços que eles possam utilizar Diversos 16:50 O Descanso dos Dragões Os alunos serão dispensados para casa, para retorno no domingo pela manhã Dia 31 – Manhã Horário Eventos Espaços 07:30 Acolhida dos Novos Dragões Chegada dos alunos na escola e preparação para o início das atividades do dia Refeitório 08:00 Círculo dos Dragões – Olá Como Vai Dinâmica de quebra gelo com a música Olá Como Vai do Edinho Paraguassú 08:30 Crachás dos Dragões Confecção dos crachás com nomes de forma simples e criativa, onde os alunos colocarão que nome que desejam 09:00 Intervalo – Lanche
  • 26. 26 09:20 CineDragão – Como Estrelas na Terra Objetivamos, a partir desse filme, que os alunos vejam que todos tem um potencial que muitas vezes é oculto por conta de um ponto a melhorar e da importância da convivência e de inserir as pessoas para que possamos ajudar as pessoas a se descobrirem, assim como nos abrirmos para receber auxílio nos momentos necessários. Auditório 12:00 Almoço dos Dragões Dia 31 – Tarde Horário Eventos Espaços 13:00 Círculo dos Dragões – Linha do Conhecimento Serão feitas perguntas, objetivando conhecimento do próximo. Todos que tiverem resposta positiva a questão se direcionam a linha central Grama 13:20 A Divisão dos Dragões das Montanhas Cada sala será dividida em 4 grupos de trabalho diferenciados, por uma nomenclatura específica. A partir dai serão formados 4 grupos com pessoas das 4 salas cada 13:30 Os Conselhos Milenares Cada grupo será dividido em 4 subgrupos para delimitarem ações para desenvolvimento no transcorrer do ano e para o Segundo Encontro do Dragão em novembro 14:00 O Café Milenar dos Dragões Os subgrupos se reunem novamente, para decidirem duas ou três ações que possam ser desenvolvidas pelas salas Grama 14:20 O Círculo dos Dragões – Berequetê Música para ser trabalhada em cada um dos grupos para despertar mais confiança em todos do grupo nos seus membros 14:30 A Grande Assembléia dos Dragões Cada grupo irá expor as ações que pensaram para determinamos o que será de fato realizado e quais pessoas podem ficar a frente de cada uma das ações. Auditório 15:30 Intervalo – Lanche 15:50 Círculo dos Dragões – Que Bom, Que Pena, Que Tal Avaliação do Encontro Refeitório 16:00 O Vôo dos Dragões Ida para casa Com o desenvolvimento das atividades no primeiro semestre de 2015, podemos perceber que muitos alunos da 2ª série do Ensino Médio, que passaram pelo projeto em 2014, estavam ansiosos para saber o que teríamos de novidades com o Jogo Dragão da Paz, apesar de alguns estarem demasiadamente focados nas disciplinas dos seus respectivos cursos técnicos, pois durante essa série, temos, na proposta curricular disciplinas com maior nível de exigência, pois estão entrando nas disciplinas intermediárias e avançadas do curso, dependendo de cada realidade.
  • 27. 27 Para o trabalho com as turmas que iniciariam o projeto em 2015, decidimos começar as reuniões coletivas a partir do mês de março, para que, anteriormente, os Professores Diretores de Turma, conhecessem seus alunos e, dessa forma, pudessem colaborar nos momentos de atividades com suas turmas. Dessa forma, todo o material e planejamento sempre era repassado, em primeira mão para os Diretores de Turma e demais professores que auxiliavam nos processos, para que no dia, o trabalho conjunto colaborasse para maior eficácia da proposta do Dragão da Paz. Para o Dia da Família e demais ações que tivessem possibilidade de realizar em momento posterior, foram realizados dois momentos para tempestade de ideias: um com as comissões das turmas de segunda série; um com as turmas de alunos das turmas de primeira série. Tempestade de ideias das Comissões em 09/04/2015 Tempestade de Ideias Torneio dos pais Dragao em outras escolas Dia de Beleza para as mães Limpeza de pele Massagem Aulas de Dança Artes Marciais Seara de Ciencias Teatro Brinquedoteca Dicas de Primeiros socorros Campeonato de Yu-gi-oh Just Dance Gincana com as crianças pequenas Ensaios Fotograficos com as pessoas Cinema Arrow Flash Tempestade de ideias das turmas da 1ª série em 31/05/2015 GRUPO 01 Arrecadar dinheiro para ONG Exposição de Artes (Murais) Locais de Lazer Workshops (dança, teatro e cinema, fotografia) Torneios de Futsal Cinema escola (entrada 1Kg de Alimento) Arborização e Jardinagem Shows de Talentos Cinema Comunitário Móveis de Garrafa PET GRUPO 02 Reforço do Curso Técnico - 01 vez ao mês Oficinas de Culinária Comunidade Assistência Social Doações de Livros Oficinas (grafite, produtos químicos, espaço kids, maquiagem e beleza) Dinâmicas Interativas
  • 28. 2 Karaokê Atividades interativas aos finais de semana Música no Almoço Fanpages GRUPO 03 Competição Just Dance Aula de Zumba Oficina de customização de roupas Stand-Up Comedy GRUPO 04 Workshops de Fotografia Batalhas Musicais - almoço e 01 dia para comunidade (instrumental e vocal) Show de Talentos (dança, música, humor) Ações Sociais - beleza e saúde (patrocínio) Bazar - Dia do Desapego (desfile) Brinquedoteca, teatro de fantoche e espaço de pintura em gesso. Feira de Reciclagem Espaço Game - jogos eletronicos e jogos individuais (xadrez e damas) Cinema de Séries Baseando-se em diferentes ideias desses dois momentos, foi construído o Dia da Família MCVM 2015, assim como ficaram possibilidades de mais ações positivas dos alunos para momentos posteriores. Figuras 25 à 28 – Reuniões Turmas 2015
  • 29. 2 Figuras 29 à 38 – Dia da Família MCVM
  • 30. 3 Com o desenvolvimento do Jogo Dragão da Paz e os feedbacks positivos de vários alunos tanto do ano de 2014 e 2015, conseguimos verificar que os efeitos das ações positivas protagonizadas pelos alunos, tanto neles, como nos demais membros da comunidade escolar. A partir dessa constatação, acreditamos que ações como essa, promovendo uma Cultura de Paz é necessária tanto para melhoria das adversidades sociais que temos, como também para contribuir em um Ensino Médio Inovador, uma necessidade sentida pelo próprio Ministério da Educação em documento expedido em 2009, com mesmo título. Pois constatou-se que uma das problemáticas atuais, não é a inserção no Ensino Médio, mas sim, a permanência desses estudantes nas escolas e muitas vezes, esse abandono se dar principalmente porque não existem práticas que incentivem a continuidade dos estudos para esses alunos. Total 2015 OTIMO BOM REGULAR RUIM PESSIMO
  • 31. 4 Ao analisar então os gráficos sobre a satisfação com as turmas que iniciaram em 2015, verificamos um crescimento das avaliações positivas com relação ao projeto, podemos então presumir, que tanto o trabalho ter sido mais detalhado, como também ter a participação dos Monitores Dragão tiveram efeitos positivos sobre o trabalho desenvolvido. Ao considerar então os totais de alunos e grau de satisfação dos cursos como um todo então temos a seguinte realidade: Pela análise do gráfico, podemos verificar que os alunos do curso de Química da escola, são os que se encontram entre os mais satisfeitos com o projeto. A partir dessa análise, o projeto agora, apesar de estar em momento de pausa, por conta de adversidades encontradas em face dos reajustes, principalmente financeiros por conta da atual situação que nos encontramos, passa a repensar as ações e os porquês dessas turmas específicas terem maior aceitabilidade das ações e como ampliar nossa margem de aceitabilidade nos demais cursos, principalmente no curso de Têxtil, que apresentou dados de aceitabilidade parecidos nos dois anos de ocorrência do Jogo Dragão da Paz. Chegasse então a concluir que as ações desenvolvidas tiveram impactos positivos, isso podendo ser sentido, tanto pela aceitabilidade, quanto pelo engajamento dos jovens nas ações internas e externas a escola. Diversos estudantes, se inquietam com a pausa do projeto e hoje colaboram com o planejamento da continuidade do projeto, assim como de sua ampliação. 0 20 40 60 80 100 120 140 160 OTIMO BOM REGULAR RUIM PESSIMO QUALITATIVO DE ALUNOS POR CURSO QUIMICA QUALITATIVO DE ALUNOS POR CURSO SECRETARIADO QUALITATIVO DE ALUNOS POR CURSO VESTUARIO QUALITATIVO DE ALUNOS POR CURSO TEXTIL
  • 32. 5 Como forma de socialização das atividades, foi criado também um repositório, onde colocamos alguns materiais que consideramos importantes para quem por ventura quiser se aventurar em descobrir o jogo Dragão da Paz e seus potenciais construtivos. https://www.dropbox.com/sh/5ifmuk7mi1agm37/AABQmakWFu_R-ZZC3zGmwWapa?dl=0 http://pt.slideshare.net/ivanilsonlima/edit_my_uploads Outra forma de acompanhar também algumas das atividades que realizamos no transcorrer desses dois anos de experiência e sentir um pouco do clima do Dragão da Paz em nossa escola, para se inspirar é consultando nosso grupo no Facebook. https://www.facebook.com/groups/sociedadedosdragoes/ Outro ponto que nos chamou bastante atenção é o dia-a-dia, os alunos sempre buscando saber quando voltamos a trazer novas ações. Na fala de muitos, é bem perceptível o que eles aprenderam e o quanto estão ansiosos por novidades, para tanto, podemos perceber através da playlist do Youtube criada para divulgar a ideia geradora da Jornada do Herói, que nos embasa em nossa práxis, como para divulgar os vídeos produzidos com depoimentos e ações do ano de 2014 e 2015. https://www.youtube.com/playlist?list=PLEHlyBKjk-y1WSwRMzXYLL2RFqZm99mjo