SlideShare uma empresa Scribd logo
CONTRATO DE CONCESSÃO DE SERVIÇO PÚBLICO DESTINAÇÃO FINAL DE RESÍDUOS E COGERAÇÃO DE ENERGIA  COMBUSTÍVEL DERIVADO DE RESÍDUOS  - CDR USINAS DE RECICLAGEM, PREPARO DE CDR E COGERAÇÃO ENERGÉTICA 2009
Valorização Energética dos Resíduos   Reciclando lixo,   energia e pessoas Atendendo aos princípios do Desenvolvimento Sustentado
O Desafio do Lixo Os resíduos sólidos, líquidos e gasosos representam um dos maiores desafios enfrentados atualmente pela humanidade.
A grande maioria dos lixões está localizada em áreas impróprias; A geração de chorume contamina águas superficiais e subterrâneas; Pessoas sobrevivem no lixo e do lixo, de forma desumana; Gera vetores transmissores de doenças;  Gera gases de efeito estufa (metano e gás carbônico); Propicia a proliferação de doenças;  Produz m al cheiro. Lixões, vazadouros e Aterros Controlados
Lixo Lançado na Natureza (ton/dia) ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Destinação final de 1.350 Ton lixo/dia Recife/PE – Situação Atual
Filosofia do Projeto - “5 R” ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Valorização Energética Os resíduos urbanos   possuem elevado poder energético e, antes de ser um mal para as próximas gerações, poderão contribuir para a minimização dos atuais problemas de escassez energética. Transformando problemas em energia:
Experiência Internacional
Miami-Dade Resourses Recovery Facility ,[object Object],[object Object],[object Object]
Brescia - Itália Brescia WTE Geração: 45 MW EnEl CDR: 1.100 Ton/dia
SEMASS Resource Recovery Facility ,[object Object],[object Object],[object Object],A cada ano a Semass produz
A LICITAÇÃO
As Bases do Processo ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Contexto e Objetivos da P.C.R. ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
A CONCESSÃO
Concessão ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Contrato de Concessão ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Contrato de Concessão ,[object Object],[object Object]
Contrato de Concessão ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Contrato de Concessão ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Contrato de Concessão ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Contrato de Concessão ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Contrato de Concessão ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Contrato de Concessão ,[object Object],[object Object],[object Object]
A CONCESSIONÁRIA
Concessionária ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Localização das plantas Cabo Recife Localização Prevista do Empreendimento
Unidade de Beneficiamento – Recife O terreno de implantação da unidade de beneficiamento esta localizado dentro do perímetro urbano do Recife, conforme exigência contratual.  Planta de Situação
Unidade de Cogeração – Cabo A área da Cogeração foi  definida  no Parque Industrial do Cabo, devido aos potenciais clientes industriais.  Planta de Situação
Componentes do Sistema ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Os Processos
Processo – Beneficiamento Planta Baixa Elevação/Cortes
Caracterização dos resíduos Dados reais obtidos através da realização de ampla amostragem de acordo com normativa da ABNT
Caracterização Físico-Quimica (CDR) Dados reais obtidos através da realização de ampla amostragem de acordo com normativa da ABNT
Processo – Cogeração Planta Baixa Elevação/Cortes
Processo – Tratamento de Gases
Padrões de Emissões
BENEFICIOS À COMUNIDADE
Gerando energia e utilidades + Uma planta de 27 MW de potência instalada, pode gerar energia para atender uma comunidade de aproximadamente 100.000 famílias. (*) Além das utilidades – vapor, água quente, CO2, água gelada, etc. consumidas em grandes indústrias Benefícios para a Comunidade (1/7) (*) Média Nacional de Consumo de Energia por família: 150 kWh/mês
Reciclando materiais Benefícios para a Comunidade (2/7)
Benefícios para a Comunidade (3/7) Produção de composto e adubo de qualidade, com base na fração orgânica do lixo. Benefícios para a Comunidade (3/5)
Benefícios para a Comunidade (4/7) Recuperando e reciclando pessoas que anteriormente viviam literalmente no lixo e do lixo, reintegrando-os à sociedade. Benefícios para a Comunidade (3/5)
Benefícios para a Comunidade (5/7) ,[object Object],[object Object],[object Object]
Redução de 95% do volume Benefícios para a Comunidade (6/7)
Benefícios para a Comunidade (7/7) ,[object Object],Reduzindo gases de efeito estufa ,[object Object],1 ton de lixo  em aterro 4,1 ton de CO 2  equiv. 1 ton de lixo  p/processamento térmico e compostagem.  0,7 ton de CO 2  equiv.
Benefícios gerais para a Comunidade ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Considerações Gerais ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Oficina pnrs oportunidades 11 3 14 ssa
Oficina pnrs oportunidades 11 3 14 ssaOficina pnrs oportunidades 11 3 14 ssa
Oficina pnrs oportunidades 11 3 14 ssa
Lorena Correia
 
Apresentação da política nacional de resíduos sólidos mma atualizada
Apresentação da política nacional de resíduos sólidos mma  atualizadaApresentação da política nacional de resíduos sólidos mma  atualizada
Apresentação da política nacional de resíduos sólidos mma atualizada
Portal Alarde - Informação Sem Maquiagem
 
Comdema parecer negativo-barragens
Comdema parecer negativo-barragensComdema parecer negativo-barragens
Comdema parecer negativo-barragens
Laura Magalhães
 
Parecer técnico do Comdema-Campinas Negativo à barragem de Pedreira
Parecer técnico do Comdema-Campinas Negativo à barragem de PedreiraParecer técnico do Comdema-Campinas Negativo à barragem de Pedreira
Parecer técnico do Comdema-Campinas Negativo à barragem de Pedreira
Campinas Que Queremos
 
Parecer barragens Comdema-negativo
Parecer barragens Comdema-negativoParecer barragens Comdema-negativo
Parecer barragens Comdema-negativo
Anita Rocha
 
Apresentação moacir assunção resíduos
Apresentação moacir assunção resíduosApresentação moacir assunção resíduos
Apresentação moacir assunção resíduos
Cristiane Cupertino
 
Plano nacional de resíduos sólidos - Jussara Hickson
Plano nacional de resíduos sólidos - Jussara HicksonPlano nacional de resíduos sólidos - Jussara Hickson
Plano nacional de resíduos sólidos - Jussara Hickson
Nativa Socioambiental
 
Licenças ambientais
Licenças ambientaisLicenças ambientais
Licenças ambientais
Guy Valerio Barros dos Santos
 
pnrs
pnrspnrs
Gestão Ambiental 04 - gerenciamento de resíduos sólidos
Gestão Ambiental 04 -  gerenciamento de resíduos sólidosGestão Ambiental 04 -  gerenciamento de resíduos sólidos
Gestão Ambiental 04 - gerenciamento de resíduos sólidos
Milton Henrique do Couto Neto
 
Lei Nacional de Resíduos Sólidos
Lei Nacional de Resíduos SólidosLei Nacional de Resíduos Sólidos
Política Nacional de Resíduos Sólidos
Política Nacional de Resíduos SólidosPolítica Nacional de Resíduos Sólidos
Seminário Resíduos Sólidos, 01/02/2011 - Apresentação de Silvano Silvério da ...
Seminário Resíduos Sólidos, 01/02/2011 - Apresentação de Silvano Silvério da ...Seminário Resíduos Sólidos, 01/02/2011 - Apresentação de Silvano Silvério da ...
Seminário Resíduos Sólidos, 01/02/2011 - Apresentação de Silvano Silvério da ...
FecomercioSP
 
Separata - Novo Código Florestal Brasileiro
Separata - Novo Código Florestal BrasileiroSeparata - Novo Código Florestal Brasileiro
Separata - Novo Código Florestal Brasileiro
Valdir Colatto
 
Debate Logística Reversa de Embalagens - Da Teoria à Prática, 09/08/2011 - Ap...
Debate Logística Reversa de Embalagens - Da Teoria à Prática, 09/08/2011 - Ap...Debate Logística Reversa de Embalagens - Da Teoria à Prática, 09/08/2011 - Ap...
Debate Logística Reversa de Embalagens - Da Teoria à Prática, 09/08/2011 - Ap...
FecomercioSP
 
Política nacional de resíduos sólidos – breves considerações
Política nacional de resíduos sólidos – breves consideraçõesPolítica nacional de resíduos sólidos – breves considerações
Política nacional de resíduos sólidos – breves considerações
Pedro Paulo Grizzo Serignolli
 
Licenciamento Ambiental - Ana Cláudia Bento Graf
Licenciamento Ambiental - Ana Cláudia Bento GrafLicenciamento Ambiental - Ana Cláudia Bento Graf
Licenciamento Ambiental - Ana Cláudia Bento Graf
Editora Fórum
 
Anexos_carta 3 fórum gestão de resíduos de piracicaba
Anexos_carta 3 fórum gestão de resíduos de piracicabaAnexos_carta 3 fórum gestão de resíduos de piracicaba
Anexos_carta 3 fórum gestão de resíduos de piracicaba
Florespi
 
Questões 2º forum
Questões 2º forumQuestões 2º forum
Questões 2º forum
Florespi
 
Fórum Nacional Resíduos Solidos
Fórum Nacional Resíduos SolidosFórum Nacional Resíduos Solidos
Fórum Nacional Resíduos Solidos
VIEX americas
 

Mais procurados (20)

Oficina pnrs oportunidades 11 3 14 ssa
Oficina pnrs oportunidades 11 3 14 ssaOficina pnrs oportunidades 11 3 14 ssa
Oficina pnrs oportunidades 11 3 14 ssa
 
Apresentação da política nacional de resíduos sólidos mma atualizada
Apresentação da política nacional de resíduos sólidos mma  atualizadaApresentação da política nacional de resíduos sólidos mma  atualizada
Apresentação da política nacional de resíduos sólidos mma atualizada
 
Comdema parecer negativo-barragens
Comdema parecer negativo-barragensComdema parecer negativo-barragens
Comdema parecer negativo-barragens
 
Parecer técnico do Comdema-Campinas Negativo à barragem de Pedreira
Parecer técnico do Comdema-Campinas Negativo à barragem de PedreiraParecer técnico do Comdema-Campinas Negativo à barragem de Pedreira
Parecer técnico do Comdema-Campinas Negativo à barragem de Pedreira
 
Parecer barragens Comdema-negativo
Parecer barragens Comdema-negativoParecer barragens Comdema-negativo
Parecer barragens Comdema-negativo
 
Apresentação moacir assunção resíduos
Apresentação moacir assunção resíduosApresentação moacir assunção resíduos
Apresentação moacir assunção resíduos
 
Plano nacional de resíduos sólidos - Jussara Hickson
Plano nacional de resíduos sólidos - Jussara HicksonPlano nacional de resíduos sólidos - Jussara Hickson
Plano nacional de resíduos sólidos - Jussara Hickson
 
Licenças ambientais
Licenças ambientaisLicenças ambientais
Licenças ambientais
 
pnrs
pnrspnrs
pnrs
 
Gestão Ambiental 04 - gerenciamento de resíduos sólidos
Gestão Ambiental 04 -  gerenciamento de resíduos sólidosGestão Ambiental 04 -  gerenciamento de resíduos sólidos
Gestão Ambiental 04 - gerenciamento de resíduos sólidos
 
Lei Nacional de Resíduos Sólidos
Lei Nacional de Resíduos SólidosLei Nacional de Resíduos Sólidos
Lei Nacional de Resíduos Sólidos
 
Política Nacional de Resíduos Sólidos
Política Nacional de Resíduos SólidosPolítica Nacional de Resíduos Sólidos
Política Nacional de Resíduos Sólidos
 
Seminário Resíduos Sólidos, 01/02/2011 - Apresentação de Silvano Silvério da ...
Seminário Resíduos Sólidos, 01/02/2011 - Apresentação de Silvano Silvério da ...Seminário Resíduos Sólidos, 01/02/2011 - Apresentação de Silvano Silvério da ...
Seminário Resíduos Sólidos, 01/02/2011 - Apresentação de Silvano Silvério da ...
 
Separata - Novo Código Florestal Brasileiro
Separata - Novo Código Florestal BrasileiroSeparata - Novo Código Florestal Brasileiro
Separata - Novo Código Florestal Brasileiro
 
Debate Logística Reversa de Embalagens - Da Teoria à Prática, 09/08/2011 - Ap...
Debate Logística Reversa de Embalagens - Da Teoria à Prática, 09/08/2011 - Ap...Debate Logística Reversa de Embalagens - Da Teoria à Prática, 09/08/2011 - Ap...
Debate Logística Reversa de Embalagens - Da Teoria à Prática, 09/08/2011 - Ap...
 
Política nacional de resíduos sólidos – breves considerações
Política nacional de resíduos sólidos – breves consideraçõesPolítica nacional de resíduos sólidos – breves considerações
Política nacional de resíduos sólidos – breves considerações
 
Licenciamento Ambiental - Ana Cláudia Bento Graf
Licenciamento Ambiental - Ana Cláudia Bento GrafLicenciamento Ambiental - Ana Cláudia Bento Graf
Licenciamento Ambiental - Ana Cláudia Bento Graf
 
Anexos_carta 3 fórum gestão de resíduos de piracicaba
Anexos_carta 3 fórum gestão de resíduos de piracicabaAnexos_carta 3 fórum gestão de resíduos de piracicaba
Anexos_carta 3 fórum gestão de resíduos de piracicaba
 
Questões 2º forum
Questões 2º forumQuestões 2º forum
Questões 2º forum
 
Fórum Nacional Resíduos Solidos
Fórum Nacional Resíduos SolidosFórum Nacional Resíduos Solidos
Fórum Nacional Resíduos Solidos
 

Destaque

Polônia Turismo - Poland Tourism
Polônia Turismo - Poland TourismPolônia Turismo - Poland Tourism
Polônia Turismo - Poland Tourism
Guilherme Lopes
 
Comoeunasci
ComoeunasciComoeunasci
Alquimistas Roger Bacon e Nicolas Flamel
Alquimistas Roger Bacon e Nicolas FlamelAlquimistas Roger Bacon e Nicolas Flamel
Alquimistas Roger Bacon e Nicolas Flamel
Guilherme Lopes
 
Gramado, Rio Grande do Sul, Brasil
Gramado, Rio Grande do Sul, BrasilGramado, Rio Grande do Sul, Brasil
Gramado, Rio Grande do Sul, Brasil
Irene Aguiar
 
Bienvenue en Bolivie
Bienvenue en BolivieBienvenue en Bolivie
Bienvenue en Bolivie
Ungava Louise
 
Treze Tilias - Santa Catarina - Brasil
Treze Tilias - Santa Catarina - BrasilTreze Tilias - Santa Catarina - Brasil
Treze Tilias - Santa Catarina - Brasil
jose carlos cardoso manzano
 
Geologia e mineralogia
Geologia e mineralogiaGeologia e mineralogia
Geologia e mineralogia
Ricardo Akerman
 
Rio Grande Do Sul
Rio Grande Do SulRio Grande Do Sul
Rio Grande Do Sul
Beatris Lopes
 
Rio Grande Do Sul
Rio Grande Do SulRio Grande Do Sul
Rio Grande Do Sul
Carmen María Pérez
 
Processos%20 industriais%20inorg%e2nicos
Processos%20 industriais%20inorg%e2nicosProcessos%20 industriais%20inorg%e2nicos
Processos%20 industriais%20inorg%e2nicos
Letícia Dutra
 
Roteiro TuríStico
Roteiro TuríSticoRoteiro TuríStico
Roteiro TuríStico
EFA_06_08
 
Manual de alquimia
Manual de alquimiaManual de alquimia
Manual de alquimia
Fernanda Checchinato
 
Aula 1 (2012) Introdução aos Processos Químicos
Aula 1 (2012) Introdução aos Processos QuímicosAula 1 (2012) Introdução aos Processos Químicos
Aula 1 (2012) Introdução aos Processos Químicos
José Marcelo Cangemi
 
Reatores químicos 2
Reatores químicos 2Reatores químicos 2
Reatores químicos 2
Maria Teixiera
 
Slide química
Slide químicaSlide química
Slide química
professoralivia
 
Instrumentação em Controle de processos
 Instrumentação em Controle de processos  Instrumentação em Controle de processos
Instrumentação em Controle de processos
Angélica Maria Benedetti
 
Palestra Meio Ambiente
Palestra Meio AmbientePalestra Meio Ambiente
Palestra Meio Ambiente
adelsonb
 
Apresentação Meio Ambiente
Apresentação Meio AmbienteApresentação Meio Ambiente
Apresentação Meio Ambiente
Marilucia Santos
 
Meio ambiente powerpoint
Meio ambiente powerpointMeio ambiente powerpoint
Meio ambiente powerpoint
Margarida Santos
 
Apostila cálculo de reatores i
Apostila cálculo de reatores iApostila cálculo de reatores i
Apostila cálculo de reatores i
Onildo Lima
 

Destaque (20)

Polônia Turismo - Poland Tourism
Polônia Turismo - Poland TourismPolônia Turismo - Poland Tourism
Polônia Turismo - Poland Tourism
 
Comoeunasci
ComoeunasciComoeunasci
Comoeunasci
 
Alquimistas Roger Bacon e Nicolas Flamel
Alquimistas Roger Bacon e Nicolas FlamelAlquimistas Roger Bacon e Nicolas Flamel
Alquimistas Roger Bacon e Nicolas Flamel
 
Gramado, Rio Grande do Sul, Brasil
Gramado, Rio Grande do Sul, BrasilGramado, Rio Grande do Sul, Brasil
Gramado, Rio Grande do Sul, Brasil
 
Bienvenue en Bolivie
Bienvenue en BolivieBienvenue en Bolivie
Bienvenue en Bolivie
 
Treze Tilias - Santa Catarina - Brasil
Treze Tilias - Santa Catarina - BrasilTreze Tilias - Santa Catarina - Brasil
Treze Tilias - Santa Catarina - Brasil
 
Geologia e mineralogia
Geologia e mineralogiaGeologia e mineralogia
Geologia e mineralogia
 
Rio Grande Do Sul
Rio Grande Do SulRio Grande Do Sul
Rio Grande Do Sul
 
Rio Grande Do Sul
Rio Grande Do SulRio Grande Do Sul
Rio Grande Do Sul
 
Processos%20 industriais%20inorg%e2nicos
Processos%20 industriais%20inorg%e2nicosProcessos%20 industriais%20inorg%e2nicos
Processos%20 industriais%20inorg%e2nicos
 
Roteiro TuríStico
Roteiro TuríSticoRoteiro TuríStico
Roteiro TuríStico
 
Manual de alquimia
Manual de alquimiaManual de alquimia
Manual de alquimia
 
Aula 1 (2012) Introdução aos Processos Químicos
Aula 1 (2012) Introdução aos Processos QuímicosAula 1 (2012) Introdução aos Processos Químicos
Aula 1 (2012) Introdução aos Processos Químicos
 
Reatores químicos 2
Reatores químicos 2Reatores químicos 2
Reatores químicos 2
 
Slide química
Slide químicaSlide química
Slide química
 
Instrumentação em Controle de processos
 Instrumentação em Controle de processos  Instrumentação em Controle de processos
Instrumentação em Controle de processos
 
Palestra Meio Ambiente
Palestra Meio AmbientePalestra Meio Ambiente
Palestra Meio Ambiente
 
Apresentação Meio Ambiente
Apresentação Meio AmbienteApresentação Meio Ambiente
Apresentação Meio Ambiente
 
Meio ambiente powerpoint
Meio ambiente powerpointMeio ambiente powerpoint
Meio ambiente powerpoint
 
Apostila cálculo de reatores i
Apostila cálculo de reatores iApostila cálculo de reatores i
Apostila cálculo de reatores i
 

Semelhante a Recife Energia

70 bairros sem esgoto / universalização do saneamento
70 bairros sem esgoto / universalização do saneamento70 bairros sem esgoto / universalização do saneamento
70 bairros sem esgoto / universalização do saneamento
1962laura
 
Resíduos sólidos: os projetos de gestão das cidades-sede, 16/04/2012 - Aprese...
Resíduos sólidos: os projetos de gestão das cidades-sede, 16/04/2012 - Aprese...Resíduos sólidos: os projetos de gestão das cidades-sede, 16/04/2012 - Aprese...
Resíduos sólidos: os projetos de gestão das cidades-sede, 16/04/2012 - Aprese...
FecomercioSP
 
Guia orientações
Guia orientaçõesGuia orientações
Guia orientações
SerieDialogos
 
Boas Práticas de Gestão de Resíduos Eletroeletrônicos (parte 2)
Boas Práticas de Gestão de Resíduos Eletroeletrônicos (parte 2)Boas Práticas de Gestão de Resíduos Eletroeletrônicos (parte 2)
Boas Práticas de Gestão de Resíduos Eletroeletrônicos (parte 2)
Henrique Mendes
 
Marielene Ramos Politica Estadual De DestinaçãO De ResíDuos SóLidos
Marielene Ramos   Politica Estadual De DestinaçãO De ResíDuos SóLidosMarielene Ramos   Politica Estadual De DestinaçãO De ResíDuos SóLidos
Marielene Ramos Politica Estadual De DestinaçãO De ResíDuos SóLidos
Fórum de Desenvolvimento do Rio
 
Apresentacao joao damasio braga painel meio ambiente
Apresentacao joao damasio braga painel meio ambienteApresentacao joao damasio braga painel meio ambiente
Apresentacao joao damasio braga painel meio ambiente
bilibiowebsite
 
Eia Rima do incinerador da Atento
Eia Rima do incinerador da AtentoEia Rima do incinerador da Atento
Eia Rima do incinerador da Atento
Jamildo Melo
 
APRESENTAÇÃO Cabo Delgado.pptx
APRESENTAÇÃO Cabo Delgado.pptxAPRESENTAÇÃO Cabo Delgado.pptx
APRESENTAÇÃO Cabo Delgado.pptx
Eugeniocossa
 
Apresentacao - MDIC - Residuos Solidos.ppt
Apresentacao - MDIC - Residuos Solidos.pptApresentacao - MDIC - Residuos Solidos.ppt
Apresentacao - MDIC - Residuos Solidos.ppt
AlineOliveira182218
 
Apresentacao mdic - residuos solidos (1)
Apresentacao   mdic - residuos solidos (1)Apresentacao   mdic - residuos solidos (1)
Apresentacao mdic - residuos solidos (1)
Patricia Souza
 
Apresentação recife energia
Apresentação recife energiaApresentação recife energia
Apresentação recife energia
confidencial
 
FENICAFE 2010 - Conceito de cobrança, legislação pertinente, breve apresentaç...
FENICAFE 2010 - Conceito de cobrança, legislação pertinente, breve apresentaç...FENICAFE 2010 - Conceito de cobrança, legislação pertinente, breve apresentaç...
FENICAFE 2010 - Conceito de cobrança, legislação pertinente, breve apresentaç...
Revista Cafeicultura
 
Trecho Sul do Rodoanel Mario Covas
Trecho Sul do Rodoanel Mario CovasTrecho Sul do Rodoanel Mario Covas
Trecho Sul do Rodoanel Mario Covas
enricomadia10
 
recursos hídricos, geografia
recursos hídricos, geografiarecursos hídricos, geografia
recursos hídricos, geografia
Nilton Goulart
 
Construindo a Sustentabilidade a partir da Logística Reversa dos Resíduos de ...
Construindo a Sustentabilidade a partir da Logística Reversa dos Resíduos de ...Construindo a Sustentabilidade a partir da Logística Reversa dos Resíduos de ...
Construindo a Sustentabilidade a partir da Logística Reversa dos Resíduos de ...
PRAC - Programa de Responsabilidade Ambiental Compartilhada
 
Projeto Tecnico para Usina de Processamento de Residuos Solidos Urbanos RSU)
Projeto Tecnico para Usina de Processamento de Residuos Solidos Urbanos RSU)Projeto Tecnico para Usina de Processamento de Residuos Solidos Urbanos RSU)
Projeto Tecnico para Usina de Processamento de Residuos Solidos Urbanos RSU)
Rogério Augusto Ayres de Araujo
 
Logística Reversa - Dra. Zila Maria Faria Veloso
Logística Reversa - Dra. Zila Maria Faria VelosoLogística Reversa - Dra. Zila Maria Faria Veloso
Logística Reversa - Dra. Zila Maria Faria Veloso
Associação Amigos do Meio Ambiente
 
2012.06.05 pnrs
2012.06.05   pnrs2012.06.05   pnrs
Residuos solidos
Residuos solidosResiduos solidos
Residuos solidos
Cosmo Palasio
 
PES COURSE - RECIFE (PES laws in Pernambuco / KLAUS MACIEL)
PES COURSE - RECIFE (PES laws in Pernambuco / KLAUS MACIEL)PES COURSE - RECIFE (PES laws in Pernambuco / KLAUS MACIEL)
PES COURSE - RECIFE (PES laws in Pernambuco / KLAUS MACIEL)
Environmental Leadership and Training Initiative (ELTI), Yale University
 

Semelhante a Recife Energia (20)

70 bairros sem esgoto / universalização do saneamento
70 bairros sem esgoto / universalização do saneamento70 bairros sem esgoto / universalização do saneamento
70 bairros sem esgoto / universalização do saneamento
 
Resíduos sólidos: os projetos de gestão das cidades-sede, 16/04/2012 - Aprese...
Resíduos sólidos: os projetos de gestão das cidades-sede, 16/04/2012 - Aprese...Resíduos sólidos: os projetos de gestão das cidades-sede, 16/04/2012 - Aprese...
Resíduos sólidos: os projetos de gestão das cidades-sede, 16/04/2012 - Aprese...
 
Guia orientações
Guia orientaçõesGuia orientações
Guia orientações
 
Boas Práticas de Gestão de Resíduos Eletroeletrônicos (parte 2)
Boas Práticas de Gestão de Resíduos Eletroeletrônicos (parte 2)Boas Práticas de Gestão de Resíduos Eletroeletrônicos (parte 2)
Boas Práticas de Gestão de Resíduos Eletroeletrônicos (parte 2)
 
Marielene Ramos Politica Estadual De DestinaçãO De ResíDuos SóLidos
Marielene Ramos   Politica Estadual De DestinaçãO De ResíDuos SóLidosMarielene Ramos   Politica Estadual De DestinaçãO De ResíDuos SóLidos
Marielene Ramos Politica Estadual De DestinaçãO De ResíDuos SóLidos
 
Apresentacao joao damasio braga painel meio ambiente
Apresentacao joao damasio braga painel meio ambienteApresentacao joao damasio braga painel meio ambiente
Apresentacao joao damasio braga painel meio ambiente
 
Eia Rima do incinerador da Atento
Eia Rima do incinerador da AtentoEia Rima do incinerador da Atento
Eia Rima do incinerador da Atento
 
APRESENTAÇÃO Cabo Delgado.pptx
APRESENTAÇÃO Cabo Delgado.pptxAPRESENTAÇÃO Cabo Delgado.pptx
APRESENTAÇÃO Cabo Delgado.pptx
 
Apresentacao - MDIC - Residuos Solidos.ppt
Apresentacao - MDIC - Residuos Solidos.pptApresentacao - MDIC - Residuos Solidos.ppt
Apresentacao - MDIC - Residuos Solidos.ppt
 
Apresentacao mdic - residuos solidos (1)
Apresentacao   mdic - residuos solidos (1)Apresentacao   mdic - residuos solidos (1)
Apresentacao mdic - residuos solidos (1)
 
Apresentação recife energia
Apresentação recife energiaApresentação recife energia
Apresentação recife energia
 
FENICAFE 2010 - Conceito de cobrança, legislação pertinente, breve apresentaç...
FENICAFE 2010 - Conceito de cobrança, legislação pertinente, breve apresentaç...FENICAFE 2010 - Conceito de cobrança, legislação pertinente, breve apresentaç...
FENICAFE 2010 - Conceito de cobrança, legislação pertinente, breve apresentaç...
 
Trecho Sul do Rodoanel Mario Covas
Trecho Sul do Rodoanel Mario CovasTrecho Sul do Rodoanel Mario Covas
Trecho Sul do Rodoanel Mario Covas
 
recursos hídricos, geografia
recursos hídricos, geografiarecursos hídricos, geografia
recursos hídricos, geografia
 
Construindo a Sustentabilidade a partir da Logística Reversa dos Resíduos de ...
Construindo a Sustentabilidade a partir da Logística Reversa dos Resíduos de ...Construindo a Sustentabilidade a partir da Logística Reversa dos Resíduos de ...
Construindo a Sustentabilidade a partir da Logística Reversa dos Resíduos de ...
 
Projeto Tecnico para Usina de Processamento de Residuos Solidos Urbanos RSU)
Projeto Tecnico para Usina de Processamento de Residuos Solidos Urbanos RSU)Projeto Tecnico para Usina de Processamento de Residuos Solidos Urbanos RSU)
Projeto Tecnico para Usina de Processamento de Residuos Solidos Urbanos RSU)
 
Logística Reversa - Dra. Zila Maria Faria Veloso
Logística Reversa - Dra. Zila Maria Faria VelosoLogística Reversa - Dra. Zila Maria Faria Veloso
Logística Reversa - Dra. Zila Maria Faria Veloso
 
2012.06.05 pnrs
2012.06.05   pnrs2012.06.05   pnrs
2012.06.05 pnrs
 
Residuos solidos
Residuos solidosResiduos solidos
Residuos solidos
 
PES COURSE - RECIFE (PES laws in Pernambuco / KLAUS MACIEL)
PES COURSE - RECIFE (PES laws in Pernambuco / KLAUS MACIEL)PES COURSE - RECIFE (PES laws in Pernambuco / KLAUS MACIEL)
PES COURSE - RECIFE (PES laws in Pernambuco / KLAUS MACIEL)
 

Mais de Jamildo Melo

Auxilio moradia para magistrados
Auxilio moradia para magistradosAuxilio moradia para magistrados
Auxilio moradia para magistrados
Jamildo Melo
 
Denuncia contrato jaboatao_mppe
Denuncia contrato jaboatao_mppeDenuncia contrato jaboatao_mppe
Denuncia contrato jaboatao_mppe
Jamildo Melo
 
Empe 2 claudia leite
Empe 2  claudia leiteEmpe 2  claudia leite
Empe 2 claudia leiteJamildo Melo
 
Emp 1º claudia leite
Emp 1º claudia leiteEmp 1º claudia leite
Emp 1º claudia leiteJamildo Melo
 
Defesa clube engenharia_galo_madrugada
Defesa clube engenharia_galo_madrugadaDefesa clube engenharia_galo_madrugada
Defesa clube engenharia_galo_madrugada
Jamildo Melo
 
Incentivos do Governo de Pernambuco - dezembro de 2013
Incentivos do Governo de Pernambuco - dezembro de 2013Incentivos do Governo de Pernambuco - dezembro de 2013
Incentivos do Governo de Pernambuco - dezembro de 2013
Jamildo Melo
 
Expectativas econômicas 2014
Expectativas econômicas 2014Expectativas econômicas 2014
Expectativas econômicas 2014
Jamildo Melo
 
Pesquisa CNI Ibope - dezembro de 2013
Pesquisa CNI Ibope - dezembro de 2013Pesquisa CNI Ibope - dezembro de 2013
Pesquisa CNI Ibope - dezembro de 2013
Jamildo Melo
 
Pedido de Eduardo da Fonte para presidente Dilma Rousseff
Pedido de Eduardo da Fonte para presidente Dilma RousseffPedido de Eduardo da Fonte para presidente Dilma Rousseff
Pedido de Eduardo da Fonte para presidente Dilma RousseffJamildo Melo
 
Lei de Nepotismo - Belo Jardim
Lei de Nepotismo - Belo JardimLei de Nepotismo - Belo Jardim
Lei de Nepotismo - Belo JardimJamildo Melo
 
Açao popular nomeacao de secretario e fechamento de unidade de saude - 0020...
Açao popular   nomeacao de secretario e fechamento de unidade de saude - 0020...Açao popular   nomeacao de secretario e fechamento de unidade de saude - 0020...
Açao popular nomeacao de secretario e fechamento de unidade de saude - 0020...
Jamildo Melo
 
Ple 065.2013
Ple 065.2013Ple 065.2013
Ple 065.2013
Jamildo Melo
 
Acordo interno do PT
Acordo interno do PTAcordo interno do PT
Acordo interno do PT
Jamildo Melo
 
Plano Municipal de Atenção Integrada ao Crack e outras drogas
Plano Municipal de Atenção Integrada ao Crack e outras drogasPlano Municipal de Atenção Integrada ao Crack e outras drogas
Plano Municipal de Atenção Integrada ao Crack e outras drogas
Jamildo Melo
 
Eleitoral pe out 01 dinâmica da eleição para o governo do estado
Eleitoral pe out 01   dinâmica da eleição para o governo do estadoEleitoral pe out 01   dinâmica da eleição para o governo do estado
Eleitoral pe out 01 dinâmica da eleição para o governo do estado
Jamildo Melo
 
Ofício ss cgcva nº 12 2013
Ofício ss cgcva nº 12 2013Ofício ss cgcva nº 12 2013
Ofício ss cgcva nº 12 2013
Jamildo Melo
 
Celpe
CelpeCelpe
Mapa de circulação proibição de giros rua 13 de maio e rua dos palmares
Mapa de circulação proibição de giros rua 13 de maio e rua dos palmaresMapa de circulação proibição de giros rua 13 de maio e rua dos palmares
Mapa de circulação proibição de giros rua 13 de maio e rua dos palmaresJamildo Melo
 

Mais de Jamildo Melo (20)

Auxilio moradia para magistrados
Auxilio moradia para magistradosAuxilio moradia para magistrados
Auxilio moradia para magistrados
 
Denuncia contrato jaboatao_mppe
Denuncia contrato jaboatao_mppeDenuncia contrato jaboatao_mppe
Denuncia contrato jaboatao_mppe
 
Empe 2 claudia leite
Empe 2  claudia leiteEmpe 2  claudia leite
Empe 2 claudia leite
 
Emp 1º claudia leite
Emp 1º claudia leiteEmp 1º claudia leite
Emp 1º claudia leite
 
Defesa clube engenharia_galo_madrugada
Defesa clube engenharia_galo_madrugadaDefesa clube engenharia_galo_madrugada
Defesa clube engenharia_galo_madrugada
 
Incentivos do Governo de Pernambuco - dezembro de 2013
Incentivos do Governo de Pernambuco - dezembro de 2013Incentivos do Governo de Pernambuco - dezembro de 2013
Incentivos do Governo de Pernambuco - dezembro de 2013
 
Expectativas econômicas 2014
Expectativas econômicas 2014Expectativas econômicas 2014
Expectativas econômicas 2014
 
Pesquisa CNI Ibope - dezembro de 2013
Pesquisa CNI Ibope - dezembro de 2013Pesquisa CNI Ibope - dezembro de 2013
Pesquisa CNI Ibope - dezembro de 2013
 
Pedido de Eduardo da Fonte para presidente Dilma Rousseff
Pedido de Eduardo da Fonte para presidente Dilma RousseffPedido de Eduardo da Fonte para presidente Dilma Rousseff
Pedido de Eduardo da Fonte para presidente Dilma Rousseff
 
Lei de Nepotismo - Belo Jardim
Lei de Nepotismo - Belo JardimLei de Nepotismo - Belo Jardim
Lei de Nepotismo - Belo Jardim
 
Açao popular nomeacao de secretario e fechamento de unidade de saude - 0020...
Açao popular   nomeacao de secretario e fechamento de unidade de saude - 0020...Açao popular   nomeacao de secretario e fechamento de unidade de saude - 0020...
Açao popular nomeacao de secretario e fechamento de unidade de saude - 0020...
 
Ple 065.2013
Ple 065.2013Ple 065.2013
Ple 065.2013
 
Acordo interno do PT
Acordo interno do PTAcordo interno do PT
Acordo interno do PT
 
Plano Municipal de Atenção Integrada ao Crack e outras drogas
Plano Municipal de Atenção Integrada ao Crack e outras drogasPlano Municipal de Atenção Integrada ao Crack e outras drogas
Plano Municipal de Atenção Integrada ao Crack e outras drogas
 
Processo cnj
Processo cnjProcesso cnj
Processo cnj
 
Decisão do TJPE
Decisão do TJPEDecisão do TJPE
Decisão do TJPE
 
Eleitoral pe out 01 dinâmica da eleição para o governo do estado
Eleitoral pe out 01   dinâmica da eleição para o governo do estadoEleitoral pe out 01   dinâmica da eleição para o governo do estado
Eleitoral pe out 01 dinâmica da eleição para o governo do estado
 
Ofício ss cgcva nº 12 2013
Ofício ss cgcva nº 12 2013Ofício ss cgcva nº 12 2013
Ofício ss cgcva nº 12 2013
 
Celpe
CelpeCelpe
Celpe
 
Mapa de circulação proibição de giros rua 13 de maio e rua dos palmares
Mapa de circulação proibição de giros rua 13 de maio e rua dos palmaresMapa de circulação proibição de giros rua 13 de maio e rua dos palmares
Mapa de circulação proibição de giros rua 13 de maio e rua dos palmares
 

Recife Energia

  • 1. CONTRATO DE CONCESSÃO DE SERVIÇO PÚBLICO DESTINAÇÃO FINAL DE RESÍDUOS E COGERAÇÃO DE ENERGIA COMBUSTÍVEL DERIVADO DE RESÍDUOS - CDR USINAS DE RECICLAGEM, PREPARO DE CDR E COGERAÇÃO ENERGÉTICA 2009
  • 2. Valorização Energética dos Resíduos Reciclando lixo, energia e pessoas Atendendo aos princípios do Desenvolvimento Sustentado
  • 3. O Desafio do Lixo Os resíduos sólidos, líquidos e gasosos representam um dos maiores desafios enfrentados atualmente pela humanidade.
  • 4. A grande maioria dos lixões está localizada em áreas impróprias; A geração de chorume contamina águas superficiais e subterrâneas; Pessoas sobrevivem no lixo e do lixo, de forma desumana; Gera vetores transmissores de doenças; Gera gases de efeito estufa (metano e gás carbônico); Propicia a proliferação de doenças; Produz m al cheiro. Lixões, vazadouros e Aterros Controlados
  • 5.
  • 6. Destinação final de 1.350 Ton lixo/dia Recife/PE – Situação Atual
  • 7.
  • 8. Valorização Energética Os resíduos urbanos possuem elevado poder energético e, antes de ser um mal para as próximas gerações, poderão contribuir para a minimização dos atuais problemas de escassez energética. Transformando problemas em energia:
  • 10.
  • 11. Brescia - Itália Brescia WTE Geração: 45 MW EnEl CDR: 1.100 Ton/dia
  • 12.
  • 14.
  • 15.
  • 17.
  • 18.
  • 19.
  • 20.
  • 21.
  • 22.
  • 23.
  • 24.
  • 25.
  • 27.
  • 28. Localização das plantas Cabo Recife Localização Prevista do Empreendimento
  • 29. Unidade de Beneficiamento – Recife O terreno de implantação da unidade de beneficiamento esta localizado dentro do perímetro urbano do Recife, conforme exigência contratual. Planta de Situação
  • 30. Unidade de Cogeração – Cabo A área da Cogeração foi definida no Parque Industrial do Cabo, devido aos potenciais clientes industriais. Planta de Situação
  • 31.
  • 33. Processo – Beneficiamento Planta Baixa Elevação/Cortes
  • 34. Caracterização dos resíduos Dados reais obtidos através da realização de ampla amostragem de acordo com normativa da ABNT
  • 35. Caracterização Físico-Quimica (CDR) Dados reais obtidos através da realização de ampla amostragem de acordo com normativa da ABNT
  • 36. Processo – Cogeração Planta Baixa Elevação/Cortes
  • 40. Gerando energia e utilidades + Uma planta de 27 MW de potência instalada, pode gerar energia para atender uma comunidade de aproximadamente 100.000 famílias. (*) Além das utilidades – vapor, água quente, CO2, água gelada, etc. consumidas em grandes indústrias Benefícios para a Comunidade (1/7) (*) Média Nacional de Consumo de Energia por família: 150 kWh/mês
  • 41. Reciclando materiais Benefícios para a Comunidade (2/7)
  • 42. Benefícios para a Comunidade (3/7) Produção de composto e adubo de qualidade, com base na fração orgânica do lixo. Benefícios para a Comunidade (3/5)
  • 43. Benefícios para a Comunidade (4/7) Recuperando e reciclando pessoas que anteriormente viviam literalmente no lixo e do lixo, reintegrando-os à sociedade. Benefícios para a Comunidade (3/5)
  • 44.
  • 45. Redução de 95% do volume Benefícios para a Comunidade (6/7)
  • 46.
  • 47.
  • 48.