SlideShare uma empresa Scribd logo
Questões sobre Água
1. O ciclo hidrológico é o contínuo movimento da água em nosso planeta. É a
representação do comportamento da água no globo terrestre, incluindo ocorrência,
transformação, movimentação e relações com a vida humana. É um verdadeiro
retrato dos vários caminhos da água em interação com os demais recursos naturais.
Defina os seguintes itens:
a) Precipitação
b) Escoamento superficial
c) Infiltração
d) Evaporação
e) Evapotranspiração
2. Defina:
a) Poluição difusa
b) Poluição pontual
3. Observe o sistema de tratamento de água simplificado e responda de acordo com a
numeração.

4. Entre os principais processos poluidores da água podemos citar: Contaminação,
Assoreamento, Eutrofização e Acidificação. Apresente a definição de cada um deles.
5. Em um pequeno córrego para medir a vazão foi realizado o seguinte processo.
Encheu um tambor de 200 litros em 50 segundos, a vazão resultante foi de (l/s)?
6. Para realizar a determinação da velocidade foi realizado o seguinte procedimento: se
a distância entre A e B é de 10 metros e o tempo gasto pelo flutuador para percorrêla é de 20 segundos, então, a velocidade da corrente é?
7. Segundo a hierarquia fluvial os rios podem ser de: Primeira Ordem; Segunda Ordem;
Terceira Ordem. Defina cada uma delas e faça um esboço de uma Microbacia
hidrográfica representando cada uma das ordens.
8. Questões para refletir:
 Recursos hídricos do município
• Com que recursos hídricos (rios, lagos, água subterrânea) contam a cidade onde você
mora?
• Em que bacia hidrográfica ou sub-bacia está localizada a região onde você mora?
• A demanda de água no município está crescendo ou diminuindo? Quais as previsões de
demanda por água para os próximos 10, 20, 30 anos?
• O município utiliza diretamente águas subterrâneas para o abastecimento da população?
• As autoridades têm se preocupado em implementar medidas que poupem água? Quais?
Existem planos de implementar medidas desse tipo no futuro? Quais?
 Águas e esgoto
• No seu município existe algum tipo de tratamento do esgoto? Qual? Quem faz? Que
resultados esse tratamento tem apresentado em relação à qualidade da água do município?
• Quais os principais contaminantes da água da sua cidade? Quais são as origens desses
contaminantes?
• As indústrias se responsabilizam pelos resíduos produzidos por elas? O que é feito com
esses resíduos? São reciclados? Destinados a aterros sanitários? São jogados na rede de
esgoto, rios, lagos ou mar?
• Que planos têm as autoridades para resolver o problema do esgoto?
 O que podemos fazer
• Que mudanças eu posso propor como Engenheiro Ambiental de um órgão público
(Prefeituras, Departamento de Águas e Esgoto, etc.) fazer no sentido de dar minha
contribuição profissional para uso sustentável de água? (consumo, captação, tratamento
etc.)
1.

2.

Padrão de Resposta
Evaporação - A água superficial passa do estado líquido para o gasoso. Esse mecanismo sofre a interferência da
temperatura e umidade relativa do ar. Transpiração (evapotranspiração) - A água é retirada do solo pelas
raízes, transferida para as folhas e então evapora. É um mecanismo importante, se considerarmos que em uma
área com presença de cobertura vegetal a superfície de exposição das folhas para a evaporação é muito
grande. Precipitação - A precipitação compreende toda a água que cai da atmosfera na superfície da terra. A
umidade atmosférica provém da evaporação da água das camadas líquidas superficiais, por efeito da ação
térmica das radiações solares. O resfriamento desses vapores condensados, em formas de nuvens, leva à
precipitação pluvial, sobre a superfície do solo e dos oceanos. A parcela da água precipitada sobre a superfície
sólida pode seguir duas vias distintas que são: escoamento superficial e infiltração. As principais formas de
precipitação são: chuva, granizo, orvalho ou neve. Escoamento superficial - É a água de chuva que, atingindo o
solo, corre sobre as superfícies do terreno, preenche as depressões, fica retida em obstáculos e, finalmente,
atinge os córregos, rios, lagos e oceanos. Na grande superfície exposta dos oceanos ela entra em processo de
evaporação e condensação, formando as nuvens que voltam a precipitar sobre o solo. Infiltração - É por meio
da infiltração que a água de chuva penetra por gravidade nos interstícios do solo, chegando até as camadas de
saturação, constituindo assim os aqüíferos subterrâneos, ou lençol freático. Estes depósitos são provedores de
água para consumo humano e também para a vegetação terrestre. Dependendo do modo como esteja
confinada, essa água pode afluir em certos pontos em forma de nascentes.
Poluição Difusa - O primeiro grupo compreende as descargas que podem ser coletadas e confinadas em
tubulações ou elementos similares. É o caso dos efluentes industriais e dos efluentes domésticos. A poluição
difusa ocorre quando a água entra em contato com os contaminantes ao escoar através de áreas urbanas,
rurais, de mineração e de florestas plantadas. As águas de escoamento podem infiltrar-se no solo até os
reservatórios subterrâneos ou fluir até os corpos d‘água superficiais. Poluição Pontual - As fontes de poluição
pontuais correspondem às descargas que podem ser coletadas e confinadas em tubulações ou elementos
similares. Ou seja, os poluentes atingem os corpos d‘água de forma concentrada no espaço.

3.
1.
2.
3.
4.
5.
6.

Represa
sulfato de alumínio cal e cloro
adutora de captação
tanque de dosagem
Floculação
Decantação

7.
8.
9.
10.
11.
12.

filtração
canal de água filtrada
carvão ativado
Areia
Cascalho
reservatório de água tratada

13.
14.
15.
16.

Adutora
reservatório elevado
rede de distribuição
cloro e flúor

4;. Contaminação: Introdução na água de substâncias nocivas à saúde e a espécies da vida aquática (exemplo:
patogênicos e metais pesados). Assoreamento: Acúmulo de substâncias minerais (areia, argila) ou orgânicas
(lodo) em um corpo d’água, o que provoca a redução de sua profundidade e de seu volume útil. Eutrofização:
Fertilização excessiva da água por recebimento de nutrientes (nitrogênio, fósforo), causando o crescimento
descontrolado (excessivo) de algas e plantas aquáticas. Acidificação: Abaixamento de pH, como decorrência da
chuva ácida (chuva com elevada concentração de íons H+, pela presença de substâncias químicas como dióxido
de enxofre, óxidos de nitrogênio, amônia e dióxido de carbono), que contribui para a degradação da vegetação e
da vida aquática.

5.
6.

Q= V/t = 4l/s
V= d/t = 0,50m/s

7.

Os rios de primeira ordem correspondem às
nascentes, onde o volume de água ainda é baixo. Os
rios de segunda ordem correspondem à junção de
dois rios de primeira ordem e os rios de terceira
ordem, a junção de dois de segunda, assim
sucessivamente, formando uma hierarquia.

ufscar.br

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Fotossíntese - Texto e atividade de Ciências
Fotossíntese - Texto e atividade de CiênciasFotossíntese - Texto e atividade de Ciências
Fotossíntese - Texto e atividade de Ciências
Mary Alvarenga
 
Prova do 5 e 6 ano
Prova do 5 e 6 anoProva do 5 e 6 ano
Prova do 5 e 6 ano
Kristyna Figueiredo
 
Atividade sobre a evolução do homem 6º ano
Atividade sobre a evolução do homem 6º anoAtividade sobre a evolução do homem 6º ano
Atividade sobre a evolução do homem 6º ano
Prefeitura Municipal de São Leopoldo
 
Tempo e clima
Tempo e climaTempo e clima
Tempo e clima
Doug Caesar
 
Avaliação Ciências
Avaliação CiênciasAvaliação Ciências
Avaliação Ciências
Isa ...
 
Prova 7 ano carla 3 bimestre
Prova 7 ano carla 3 bimestreProva 7 ano carla 3 bimestre
Prova 7 ano carla 3 bimestre
Atividades Diversas Cláudia
 
Respiração
RespiraçãoRespiração
Respiração
Ceu Acm
 
Imigrantes
ImigrantesImigrantes
Lista de Exercícios - água
Lista de Exercícios - águaLista de Exercícios - água
Lista de Exercícios - água
Andrea Barreto
 
Prova de geografia 5ª série/6º ano- PLACAS TECTONICAS,LIMITES,AGENTES EXTERN...
Prova de geografia 5ª série/6º ano-  PLACAS TECTONICAS,LIMITES,AGENTES EXTERN...Prova de geografia 5ª série/6º ano-  PLACAS TECTONICAS,LIMITES,AGENTES EXTERN...
Prova de geografia 5ª série/6º ano- PLACAS TECTONICAS,LIMITES,AGENTES EXTERN...
Kilna Moura
 
Exercícios sobre a Água
Exercícios sobre a ÁguaExercícios sobre a Água
Exercícios sobre a Água
Tânia Regina
 
Lista 1 2014 - propriedade dos materiais
Lista 1   2014 - propriedade dos materiaisLista 1   2014 - propriedade dos materiais
Lista 1 2014 - propriedade dos materiais
profNICODEMOS
 
Atividade de Ciência - Saneamento básico texto e atividade
Atividade de Ciência - Saneamento básico texto e atividadeAtividade de Ciência - Saneamento básico texto e atividade
Atividade de Ciência - Saneamento básico texto e atividade
Mary Alvarenga
 
III Atividade Avaliatíva de Geo 4º e 5º ano pdf
III Atividade Avaliatíva de Geo 4º e 5º ano pdfIII Atividade Avaliatíva de Geo 4º e 5º ano pdf
III Atividade Avaliatíva de Geo 4º e 5º ano pdf
André Moraes
 
Fontes alternativas de energia.
Fontes alternativas de energia.Fontes alternativas de energia.
Fontes alternativas de energia.
Mary Alvarenga
 
Atividade avaliativa de ensino religioso 8° ano
Atividade avaliativa de ensino religioso 8° anoAtividade avaliativa de ensino religioso 8° ano
Atividade avaliativa de ensino religioso 8° ano
Luciano Mendes
 
Estado nacao e governo
Estado nacao e governoEstado nacao e governo
Estado nacao e governo
Atividades Diversas Cláudia
 
Exercícios mapas e escalas 2
Exercícios mapas e escalas 2Exercícios mapas e escalas 2
Exercícios mapas e escalas 2
Bruno Curcio
 
Aval de geografia 2 unid 2015
Aval de geografia 2 unid 2015 Aval de geografia 2 unid 2015
Aval de geografia 2 unid 2015
julliana brito
 
Atividades formação territorial do brasil
Atividades formação territorial do brasil Atividades formação territorial do brasil
Atividades formação territorial do brasil
Doug Caesar
 

Mais procurados (20)

Fotossíntese - Texto e atividade de Ciências
Fotossíntese - Texto e atividade de CiênciasFotossíntese - Texto e atividade de Ciências
Fotossíntese - Texto e atividade de Ciências
 
Prova do 5 e 6 ano
Prova do 5 e 6 anoProva do 5 e 6 ano
Prova do 5 e 6 ano
 
Atividade sobre a evolução do homem 6º ano
Atividade sobre a evolução do homem 6º anoAtividade sobre a evolução do homem 6º ano
Atividade sobre a evolução do homem 6º ano
 
Tempo e clima
Tempo e climaTempo e clima
Tempo e clima
 
Avaliação Ciências
Avaliação CiênciasAvaliação Ciências
Avaliação Ciências
 
Prova 7 ano carla 3 bimestre
Prova 7 ano carla 3 bimestreProva 7 ano carla 3 bimestre
Prova 7 ano carla 3 bimestre
 
Respiração
RespiraçãoRespiração
Respiração
 
Imigrantes
ImigrantesImigrantes
Imigrantes
 
Lista de Exercícios - água
Lista de Exercícios - águaLista de Exercícios - água
Lista de Exercícios - água
 
Prova de geografia 5ª série/6º ano- PLACAS TECTONICAS,LIMITES,AGENTES EXTERN...
Prova de geografia 5ª série/6º ano-  PLACAS TECTONICAS,LIMITES,AGENTES EXTERN...Prova de geografia 5ª série/6º ano-  PLACAS TECTONICAS,LIMITES,AGENTES EXTERN...
Prova de geografia 5ª série/6º ano- PLACAS TECTONICAS,LIMITES,AGENTES EXTERN...
 
Exercícios sobre a Água
Exercícios sobre a ÁguaExercícios sobre a Água
Exercícios sobre a Água
 
Lista 1 2014 - propriedade dos materiais
Lista 1   2014 - propriedade dos materiaisLista 1   2014 - propriedade dos materiais
Lista 1 2014 - propriedade dos materiais
 
Atividade de Ciência - Saneamento básico texto e atividade
Atividade de Ciência - Saneamento básico texto e atividadeAtividade de Ciência - Saneamento básico texto e atividade
Atividade de Ciência - Saneamento básico texto e atividade
 
III Atividade Avaliatíva de Geo 4º e 5º ano pdf
III Atividade Avaliatíva de Geo 4º e 5º ano pdfIII Atividade Avaliatíva de Geo 4º e 5º ano pdf
III Atividade Avaliatíva de Geo 4º e 5º ano pdf
 
Fontes alternativas de energia.
Fontes alternativas de energia.Fontes alternativas de energia.
Fontes alternativas de energia.
 
Atividade avaliativa de ensino religioso 8° ano
Atividade avaliativa de ensino religioso 8° anoAtividade avaliativa de ensino religioso 8° ano
Atividade avaliativa de ensino religioso 8° ano
 
Estado nacao e governo
Estado nacao e governoEstado nacao e governo
Estado nacao e governo
 
Exercícios mapas e escalas 2
Exercícios mapas e escalas 2Exercícios mapas e escalas 2
Exercícios mapas e escalas 2
 
Aval de geografia 2 unid 2015
Aval de geografia 2 unid 2015 Aval de geografia 2 unid 2015
Aval de geografia 2 unid 2015
 
Atividades formação territorial do brasil
Atividades formação territorial do brasil Atividades formação territorial do brasil
Atividades formação territorial do brasil
 

Semelhante a Questões sobre água

Recursos Hidricos.ppt
Recursos Hidricos.pptRecursos Hidricos.ppt
Recursos Hidricos.ppt
RicardoNeto60
 
Slides sobre água, propriedades e estados fisicos
Slides sobre água, propriedades e estados fisicosSlides sobre água, propriedades e estados fisicos
Slides sobre água, propriedades e estados fisicos
edicleia gois
 
Planeta Água
Planeta ÁguaPlaneta Água
Planeta Água
guestc79f8f
 
Conteúdo 9° - Recursos Naturais (Água)
Conteúdo 9° - Recursos Naturais (Água)Conteúdo 9° - Recursos Naturais (Água)
Conteúdo 9° - Recursos Naturais (Água)
Rafael Mundim
 
Ciclo Da áGua
Ciclo Da áGuaCiclo Da áGua
Ciclo Da áGua
ecsette
 
Ciclo hidrológico
Ciclo hidrológicoCiclo hidrológico
Ciclo hidrológico
Chrislanne Michelle
 
Tratamento de água
Tratamento de águaTratamento de água
Tratamento de água
Jupira Silva
 
Ciclo da água
Ciclo da águaCiclo da água
Ciclo da água
Wesley Germano Otávio
 
Ciclos biogeoquímicos
Ciclos biogeoquímicosCiclos biogeoquímicos
Ciclos biogeoquímicos
' Paan
 
Dica vunesp 2014
Dica vunesp 2014Dica vunesp 2014
Dica vunesp 2014
José Marcelo Cangemi
 
Planeta agua
Planeta aguaPlaneta agua
Planeta agua
Ricardo Arend
 
Recurso natural novo
Recurso natural novoRecurso natural novo
Recurso natural novo
ap3bmachado
 
Manual de drenagem_urbana_-_volume_i
Manual de drenagem_urbana_-_volume_iManual de drenagem_urbana_-_volume_i
Manual de drenagem_urbana_-_volume_i
PedroFilho97
 
Caminho das Águas - .pdf
Caminho das Águas - .pdfCaminho das Águas - .pdf
Caminho das Águas - .pdf
potiragomes27
 
Hidrografia2
Hidrografia2Hidrografia2
Ciclo Hidrologico
Ciclo HidrologicoCiclo Hidrologico
Ciclo Hidrologico
Chrislanne Michelle
 
Hidrografia
HidrografiaHidrografia
DESTRUIÇÃO DA HIDROSFERA.docx
DESTRUIÇÃO DA HIDROSFERA.docxDESTRUIÇÃO DA HIDROSFERA.docx
DESTRUIÇÃO DA HIDROSFERA.docx
ssuser3bcdae
 
O ciclo da água
O ciclo da águaO ciclo da água
O ciclo da água
tecbio
 
PoluiçãO1
PoluiçãO1PoluiçãO1
PoluiçãO1
vallmachado
 

Semelhante a Questões sobre água (20)

Recursos Hidricos.ppt
Recursos Hidricos.pptRecursos Hidricos.ppt
Recursos Hidricos.ppt
 
Slides sobre água, propriedades e estados fisicos
Slides sobre água, propriedades e estados fisicosSlides sobre água, propriedades e estados fisicos
Slides sobre água, propriedades e estados fisicos
 
Planeta Água
Planeta ÁguaPlaneta Água
Planeta Água
 
Conteúdo 9° - Recursos Naturais (Água)
Conteúdo 9° - Recursos Naturais (Água)Conteúdo 9° - Recursos Naturais (Água)
Conteúdo 9° - Recursos Naturais (Água)
 
Ciclo Da áGua
Ciclo Da áGuaCiclo Da áGua
Ciclo Da áGua
 
Ciclo hidrológico
Ciclo hidrológicoCiclo hidrológico
Ciclo hidrológico
 
Tratamento de água
Tratamento de águaTratamento de água
Tratamento de água
 
Ciclo da água
Ciclo da águaCiclo da água
Ciclo da água
 
Ciclos biogeoquímicos
Ciclos biogeoquímicosCiclos biogeoquímicos
Ciclos biogeoquímicos
 
Dica vunesp 2014
Dica vunesp 2014Dica vunesp 2014
Dica vunesp 2014
 
Planeta agua
Planeta aguaPlaneta agua
Planeta agua
 
Recurso natural novo
Recurso natural novoRecurso natural novo
Recurso natural novo
 
Manual de drenagem_urbana_-_volume_i
Manual de drenagem_urbana_-_volume_iManual de drenagem_urbana_-_volume_i
Manual de drenagem_urbana_-_volume_i
 
Caminho das Águas - .pdf
Caminho das Águas - .pdfCaminho das Águas - .pdf
Caminho das Águas - .pdf
 
Hidrografia2
Hidrografia2Hidrografia2
Hidrografia2
 
Ciclo Hidrologico
Ciclo HidrologicoCiclo Hidrologico
Ciclo Hidrologico
 
Hidrografia
HidrografiaHidrografia
Hidrografia
 
DESTRUIÇÃO DA HIDROSFERA.docx
DESTRUIÇÃO DA HIDROSFERA.docxDESTRUIÇÃO DA HIDROSFERA.docx
DESTRUIÇÃO DA HIDROSFERA.docx
 
O ciclo da água
O ciclo da águaO ciclo da água
O ciclo da água
 
PoluiçãO1
PoluiçãO1PoluiçãO1
PoluiçãO1
 

Mais de Giovanna Ortiz

Exercícios dimensionamento limpeza publica aula 4
Exercícios dimensionamento limpeza publica aula 4Exercícios dimensionamento limpeza publica aula 4
Exercícios dimensionamento limpeza publica aula 4
Giovanna Ortiz
 
Dimensionamento de um aterro sanitário2
Dimensionamento de um aterro sanitário2Dimensionamento de um aterro sanitário2
Dimensionamento de um aterro sanitário2
Giovanna Ortiz
 
Dimensionamento de pátio de compostagem
Dimensionamento de pátio de compostagemDimensionamento de pátio de compostagem
Dimensionamento de pátio de compostagem
Giovanna Ortiz
 
Aula 9 aterro
Aula 9   aterroAula 9   aterro
Aula 9 aterro
Giovanna Ortiz
 
Aula 8 incineração
Aula 8 incineraçãoAula 8 incineração
Aula 8 incineração
Giovanna Ortiz
 
Aula 7 co-processamento
Aula 7   co-processamentoAula 7   co-processamento
Aula 7 co-processamento
Giovanna Ortiz
 
Aula 6 compostagem
Aula 6 compostagemAula 6 compostagem
Aula 6 compostagem
Giovanna Ortiz
 
Aula 5 reciclagem
Aula 5  reciclagemAula 5  reciclagem
Aula 5 reciclagem
Giovanna Ortiz
 
Aula 4. rsu parte 1pdf
Aula 4. rsu parte 1pdfAula 4. rsu parte 1pdf
Aula 4. rsu parte 1pdf
Giovanna Ortiz
 
Aula 4 parte 2
Aula 4 parte 2Aula 4 parte 2
Aula 4 parte 2
Giovanna Ortiz
 
Aula 3 gerenciamento
Aula 3 gerenciamentoAula 3 gerenciamento
Aula 3 gerenciamento
Giovanna Ortiz
 
Aula 2 panorama geral
Aula 2 panorama geralAula 2 panorama geral
Aula 2 panorama geral
Giovanna Ortiz
 
Aula 1 normas e legislação
Aula 1 normas e legislaçãoAula 1 normas e legislação
Aula 1 normas e legislação
Giovanna Ortiz
 
Atividade roteiro para implantação de coleta seletiva
Atividade   roteiro para implantação de coleta seletivaAtividade   roteiro para implantação de coleta seletiva
Atividade roteiro para implantação de coleta seletiva
Giovanna Ortiz
 
Apresentação geral do curso
Apresentação geral do cursoApresentação geral do curso
Apresentação geral do curso
Giovanna Ortiz
 
Exercícios de compensação de ausências
Exercícios de compensação de ausênciasExercícios de compensação de ausências
Exercícios de compensação de ausências
Giovanna Ortiz
 
Erosão
ErosãoErosão
Aula 1 solos
Aula 1 solosAula 1 solos
Aula 1 solos
Giovanna Ortiz
 
Solos 6b
Solos 6bSolos 6b
Solos 6b
Giovanna Ortiz
 
Solos 4
Solos 4Solos 4

Mais de Giovanna Ortiz (20)

Exercícios dimensionamento limpeza publica aula 4
Exercícios dimensionamento limpeza publica aula 4Exercícios dimensionamento limpeza publica aula 4
Exercícios dimensionamento limpeza publica aula 4
 
Dimensionamento de um aterro sanitário2
Dimensionamento de um aterro sanitário2Dimensionamento de um aterro sanitário2
Dimensionamento de um aterro sanitário2
 
Dimensionamento de pátio de compostagem
Dimensionamento de pátio de compostagemDimensionamento de pátio de compostagem
Dimensionamento de pátio de compostagem
 
Aula 9 aterro
Aula 9   aterroAula 9   aterro
Aula 9 aterro
 
Aula 8 incineração
Aula 8 incineraçãoAula 8 incineração
Aula 8 incineração
 
Aula 7 co-processamento
Aula 7   co-processamentoAula 7   co-processamento
Aula 7 co-processamento
 
Aula 6 compostagem
Aula 6 compostagemAula 6 compostagem
Aula 6 compostagem
 
Aula 5 reciclagem
Aula 5  reciclagemAula 5  reciclagem
Aula 5 reciclagem
 
Aula 4. rsu parte 1pdf
Aula 4. rsu parte 1pdfAula 4. rsu parte 1pdf
Aula 4. rsu parte 1pdf
 
Aula 4 parte 2
Aula 4 parte 2Aula 4 parte 2
Aula 4 parte 2
 
Aula 3 gerenciamento
Aula 3 gerenciamentoAula 3 gerenciamento
Aula 3 gerenciamento
 
Aula 2 panorama geral
Aula 2 panorama geralAula 2 panorama geral
Aula 2 panorama geral
 
Aula 1 normas e legislação
Aula 1 normas e legislaçãoAula 1 normas e legislação
Aula 1 normas e legislação
 
Atividade roteiro para implantação de coleta seletiva
Atividade   roteiro para implantação de coleta seletivaAtividade   roteiro para implantação de coleta seletiva
Atividade roteiro para implantação de coleta seletiva
 
Apresentação geral do curso
Apresentação geral do cursoApresentação geral do curso
Apresentação geral do curso
 
Exercícios de compensação de ausências
Exercícios de compensação de ausênciasExercícios de compensação de ausências
Exercícios de compensação de ausências
 
Erosão
ErosãoErosão
Erosão
 
Aula 1 solos
Aula 1 solosAula 1 solos
Aula 1 solos
 
Solos 6b
Solos 6bSolos 6b
Solos 6b
 
Solos 4
Solos 4Solos 4
Solos 4
 

Último

UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
socialização faculdade uniasselvi 2024 matea
socialização faculdade uniasselvi 2024 mateasocialização faculdade uniasselvi 2024 matea
socialização faculdade uniasselvi 2024 matea
ILDISONRAFAELBARBOSA
 
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
Escola Municipal Jesus Cristo
 
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdfUFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
Manuais Formação
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdfCaderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
carlaslr1
 
.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt
.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt
.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt
IslanderAndrade
 
Caça-palavras ortografia M antes de P e B.
Caça-palavras    ortografia M antes de P e B.Caça-palavras    ortografia M antes de P e B.
Caça-palavras ortografia M antes de P e B.
Mary Alvarenga
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
Mary Alvarenga
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdfthe_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
CarinaSoto12
 
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Centro Jacques Delors
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
LucianaCristina58
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
Funções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prismaFunções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prisma
djincognito
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
WelberMerlinCardoso
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
MessiasMarianoG
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
socialização faculdade uniasselvi 2024 matea
socialização faculdade uniasselvi 2024 mateasocialização faculdade uniasselvi 2024 matea
socialização faculdade uniasselvi 2024 matea
 
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
 
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdfUFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdfCaderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
 
.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt
.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt
.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt
 
Caça-palavras ortografia M antes de P e B.
Caça-palavras    ortografia M antes de P e B.Caça-palavras    ortografia M antes de P e B.
Caça-palavras ortografia M antes de P e B.
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdfthe_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
 
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
Funções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prismaFunções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prisma
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
 

Questões sobre água

  • 1. Questões sobre Água 1. O ciclo hidrológico é o contínuo movimento da água em nosso planeta. É a representação do comportamento da água no globo terrestre, incluindo ocorrência, transformação, movimentação e relações com a vida humana. É um verdadeiro retrato dos vários caminhos da água em interação com os demais recursos naturais. Defina os seguintes itens: a) Precipitação b) Escoamento superficial c) Infiltração d) Evaporação e) Evapotranspiração 2. Defina: a) Poluição difusa b) Poluição pontual 3. Observe o sistema de tratamento de água simplificado e responda de acordo com a numeração. 4. Entre os principais processos poluidores da água podemos citar: Contaminação, Assoreamento, Eutrofização e Acidificação. Apresente a definição de cada um deles. 5. Em um pequeno córrego para medir a vazão foi realizado o seguinte processo. Encheu um tambor de 200 litros em 50 segundos, a vazão resultante foi de (l/s)?
  • 2. 6. Para realizar a determinação da velocidade foi realizado o seguinte procedimento: se a distância entre A e B é de 10 metros e o tempo gasto pelo flutuador para percorrêla é de 20 segundos, então, a velocidade da corrente é? 7. Segundo a hierarquia fluvial os rios podem ser de: Primeira Ordem; Segunda Ordem; Terceira Ordem. Defina cada uma delas e faça um esboço de uma Microbacia hidrográfica representando cada uma das ordens. 8. Questões para refletir:  Recursos hídricos do município • Com que recursos hídricos (rios, lagos, água subterrânea) contam a cidade onde você mora? • Em que bacia hidrográfica ou sub-bacia está localizada a região onde você mora? • A demanda de água no município está crescendo ou diminuindo? Quais as previsões de demanda por água para os próximos 10, 20, 30 anos? • O município utiliza diretamente águas subterrâneas para o abastecimento da população? • As autoridades têm se preocupado em implementar medidas que poupem água? Quais? Existem planos de implementar medidas desse tipo no futuro? Quais?  Águas e esgoto • No seu município existe algum tipo de tratamento do esgoto? Qual? Quem faz? Que resultados esse tratamento tem apresentado em relação à qualidade da água do município? • Quais os principais contaminantes da água da sua cidade? Quais são as origens desses contaminantes? • As indústrias se responsabilizam pelos resíduos produzidos por elas? O que é feito com esses resíduos? São reciclados? Destinados a aterros sanitários? São jogados na rede de esgoto, rios, lagos ou mar? • Que planos têm as autoridades para resolver o problema do esgoto?  O que podemos fazer • Que mudanças eu posso propor como Engenheiro Ambiental de um órgão público (Prefeituras, Departamento de Águas e Esgoto, etc.) fazer no sentido de dar minha contribuição profissional para uso sustentável de água? (consumo, captação, tratamento etc.)
  • 3. 1. 2. Padrão de Resposta Evaporação - A água superficial passa do estado líquido para o gasoso. Esse mecanismo sofre a interferência da temperatura e umidade relativa do ar. Transpiração (evapotranspiração) - A água é retirada do solo pelas raízes, transferida para as folhas e então evapora. É um mecanismo importante, se considerarmos que em uma área com presença de cobertura vegetal a superfície de exposição das folhas para a evaporação é muito grande. Precipitação - A precipitação compreende toda a água que cai da atmosfera na superfície da terra. A umidade atmosférica provém da evaporação da água das camadas líquidas superficiais, por efeito da ação térmica das radiações solares. O resfriamento desses vapores condensados, em formas de nuvens, leva à precipitação pluvial, sobre a superfície do solo e dos oceanos. A parcela da água precipitada sobre a superfície sólida pode seguir duas vias distintas que são: escoamento superficial e infiltração. As principais formas de precipitação são: chuva, granizo, orvalho ou neve. Escoamento superficial - É a água de chuva que, atingindo o solo, corre sobre as superfícies do terreno, preenche as depressões, fica retida em obstáculos e, finalmente, atinge os córregos, rios, lagos e oceanos. Na grande superfície exposta dos oceanos ela entra em processo de evaporação e condensação, formando as nuvens que voltam a precipitar sobre o solo. Infiltração - É por meio da infiltração que a água de chuva penetra por gravidade nos interstícios do solo, chegando até as camadas de saturação, constituindo assim os aqüíferos subterrâneos, ou lençol freático. Estes depósitos são provedores de água para consumo humano e também para a vegetação terrestre. Dependendo do modo como esteja confinada, essa água pode afluir em certos pontos em forma de nascentes. Poluição Difusa - O primeiro grupo compreende as descargas que podem ser coletadas e confinadas em tubulações ou elementos similares. É o caso dos efluentes industriais e dos efluentes domésticos. A poluição difusa ocorre quando a água entra em contato com os contaminantes ao escoar através de áreas urbanas, rurais, de mineração e de florestas plantadas. As águas de escoamento podem infiltrar-se no solo até os reservatórios subterrâneos ou fluir até os corpos d‘água superficiais. Poluição Pontual - As fontes de poluição pontuais correspondem às descargas que podem ser coletadas e confinadas em tubulações ou elementos similares. Ou seja, os poluentes atingem os corpos d‘água de forma concentrada no espaço. 3. 1. 2. 3. 4. 5. 6. Represa sulfato de alumínio cal e cloro adutora de captação tanque de dosagem Floculação Decantação 7. 8. 9. 10. 11. 12. filtração canal de água filtrada carvão ativado Areia Cascalho reservatório de água tratada 13. 14. 15. 16. Adutora reservatório elevado rede de distribuição cloro e flúor 4;. Contaminação: Introdução na água de substâncias nocivas à saúde e a espécies da vida aquática (exemplo: patogênicos e metais pesados). Assoreamento: Acúmulo de substâncias minerais (areia, argila) ou orgânicas (lodo) em um corpo d’água, o que provoca a redução de sua profundidade e de seu volume útil. Eutrofização: Fertilização excessiva da água por recebimento de nutrientes (nitrogênio, fósforo), causando o crescimento descontrolado (excessivo) de algas e plantas aquáticas. Acidificação: Abaixamento de pH, como decorrência da chuva ácida (chuva com elevada concentração de íons H+, pela presença de substâncias químicas como dióxido de enxofre, óxidos de nitrogênio, amônia e dióxido de carbono), que contribui para a degradação da vegetação e da vida aquática. 5. 6. Q= V/t = 4l/s V= d/t = 0,50m/s 7. Os rios de primeira ordem correspondem às nascentes, onde o volume de água ainda é baixo. Os rios de segunda ordem correspondem à junção de dois rios de primeira ordem e os rios de terceira ordem, a junção de dois de segunda, assim sucessivamente, formando uma hierarquia. ufscar.br