SlideShare uma empresa Scribd logo
1
2
100 Frases de
AGOSTINHO
DE HIPONA
A sabedoria de um dos maiores
filósofos de todos os tempos
Livros Amor Scan
3
Índice
Introdução ........................................ 04
Frases ............................................... 06
A salvação que alcançou Agostinho ... 26
4
Introdução
Nascido em Tagaste, no norte da
África, em meados do século IV,
Agostinho foi um dos mais
importantes filósofos e teólogos
ocidentais, sendo considerado mesmo
o maior dentre aqueles eruditos
chamados de “Pais da Igreja”.
Sua obra antecipou temas da
literatura, da ética e da psicologia que
seriam debatidos e expandidos nos
séculos seguintes. A beleza e a
maestria de sua escrita, bem como a
perspicácia de seu pensamento, fazem
suas obras, como Confissões e A
Cidade de Deus, serem tidas e
celebradas como obras-primas da
literatura universal.
Neste breve livro, reunimos um pouco
do tesouro sapiencial deste que foi o
5
mais humano dos “santos”, e
pensador basilar da cultura ocidental.
6
FRASES
1. Dá, se puderes; se não puderes, sê
afável.
2. Os hábitos, quando a eles não se
opõe resistência, muito cedo se
transformam em necessidade.
3. Os que não querem ser vencidos
pela verdade, são vencidos pelo
erro.
4. A lágrima é o sangue da alma.
5. A verdade é doce e amarga:
quando é doce perdoa; quando é
amarga, cura.
6. Se queres possuir a terra, não te
deixes possuir por ela.
7
7. Com amor ao próximo, o pobre é
rico; sem esse amor, o rico é pobre.
8. A igreja não pode calar, nem
dissimular, nem aprovar o que é
contrário à fé e aos bons costumes.
9. Não há crime que um homem
cometa, que outro homem não
possa igualmente cometer, se lhe
faltar a mão libertadora do Criador,
por quem foi feito o homem.
10. Muitos dos que são adorados nos
altares estão ardendo no inferno.
11. Entrementes eu me ocupava com
os estudos ditos belos e honestos,
que abrem caminho para o fórum e
para a advocacia, e fazia o que
podia para ser bem-sucedido – isto
é, para ser mais capaz de fingir e
8
enganar, pois nisso consistem a
excelência e o louvor de tal arte.
12. Creio porque é absurdo.
13. O número de loucos é tão grande
que a prudência se vê obrigada a
colocar-se sob a proteção deles.
14. Não é rico aquele que mais tem, e
sim aquele que de menos necessita.
15. Um amigo é a metade da alma de
uma pessoa.
16. Senti e experimentei não ser para
admirar que o pão, tão saboroso ao
paladar saudável, cause náusea ao
enfermo; e que a luz, amável aos
olhos límpidos, seja insuportável
aos olhos doentes.
9
17. Que dizermos nós, meu Deus,
minha vida, minha santa delícia, ou
que dizer quem quer que seja para
falar de Vós? Mas ai dos que acerca
de Vós se calam, porque, ainda que
muito falem, serão mudos!
18. Minha alma é estreita habitação
para Vos receber; dilatai-a, Senhor.
Ameaça ruína; restaurai-a. Tem
manchas que Vos ferem o olhar. Eu
o reconheço e confesso. Quem há de
purificá-la?
19. Quero-vos, ó Justiça e Inocência,
tão belas e tão formosas, quero-vos
resplandecentes, e, insaciável,
jamais me saturarei.
20. Procurei o que era maldade, mas
nela não encontrei substância.
Apenas uma perversão da vontade
10
da substância – desviada de Vós, ó
Deus.
21. Pergunto a todos se preferem
encontrar alegria na verdade ou na
falsidade. São todos categóricos em
informar que a preferem na
verdade, pois a vida feliz provém da
verdade. Todos amam a verdade.
Mas não a amariam se não a
tivessem algum dia conhecido.
22. Tarde vos amei, ó Beleza tão
antiga e tão nova, tarde vos amei.
Eis que habitavas dentro de mim, e
eu lá fora a procurar-vos!
23. Saboreei-Vos e agora tenho fome
e sede de Vós. Tocastes-me e agora
ardo no desejo de Vossa paz.
24. Vós sois o bem que de nenhum
bem precisa. Estais em repouso
11
porque sois Vós o Vosso descanso.
Quem dos homens poderá dar a
outro homem a inteligência deste
mistério? Que anjo a outro anjo?
Que anjo ao homem? A Vós se peça,
em Vós se procure, à Vossa porta se
bata. Deste modo, sim, se há de
receber, se há de encontrar, se há de
abrir a porta do mistério.
25. Grande abismo é o homem,
Senhor! Tendes contados os fios de
seus cabelos e nenhum se perde
para vós. Contudo, os fios de seus
cabelos são mais fáceis de contar
que os afetos e movimentos do
coração!
26. Prefiro os que me criticam,
porque me corrigem, aos que me
elogiam, porque me corrompem.
12
27. Tema a alma a sua própria morte
e não a do corpo.
28. Há de se fazer coisas úteis, mais
que coisas admiráveis.
29. Se o bem vem de Deus, o mal se
origina da ausência do bem e só
pode ser atribuído ao homem, por
conduzir erroneamente as próprias
vontades.
30. Necessitamos um do outro, para
sermos nós mesmos.
31. Se não podes entender, crê para
que entendas. A fé vai na frente, o
intelecto vai atrás.
32. A fé consiste em acreditarmos
no que vemos; e, como recompensa,
vermos aquilo que cremos.
13
33. A fé ultrapassa os limites da
razão humana.
34. Ter fé é assinar uma folha em
branco, e deixar que Deus escreva o
que quiser.
35. É uma espécie de impiedade não
ler aquilo que por nós e para nós
escreveu a mão do próprio Deus.
Que ninguém incorra nesta falta,
tendo ao seu alcance a leitura da
Bíblia.
36. A fé vacilará se a autoridade das
Escrituras Sagradas perder sua
força sobre os homens. Precisamos
render-nos à autoridade da Bíblia,
pois ela não pode conduzir mal nem
ser mal conduzida.
14
37. Nossa fé é alimentada pelo que
está claro nas Escrituras e testada
pelo que está obscuro.
38. A necessidade não tem lei.
39. O homem é uma coisa boa que se
deteriorou.
40. Os altivos cumes das colinas
deixam a chuva esvair-se; os
humildes vales são ricamente
regados.
41. A suficiência de meus méritos
está em saber que meus méritos não
são suficientes.
42. Para os que desejam aprender os
caminhos de Deus, a humildade é a
primeira, a segunda e a terceira
lições.
15
43. A natureza da bondade divina
não está apenas em abrir àqueles
que batem, mas também em levá-
los a bater e pedir.
44. A confissão das más obras é o
começo das boas obras.
45. Deus não espera que lhe
submetamos nossa fé sem o uso da
razão, mas os próprios limites de
nossa razão fazem da fé uma
necessidade.
46. A possibilidade de um homem
finito compreender um Deus infinito
é a mesma que uma criança tem de
despejar o oceano num buraco que
ela faz na areia.
47. As riquezas terrenas estão cheias
de pobreza.
16
48. Deus não se torna maior se você
o reverencia, mas você se torna
maior se o serve.
49. Aquilo por que vivo, comunico.
50. O homem deseja ser feliz mesmo
quando vive de forma a tornar a
felicidade impossível.
51. Lança-te corajosamente à ação e
faze com que às palavras se sigam
os atos.
52. Como pode alegrar-se
convenientemente quem não ama o
bem de onde procede a alegria?
53. Dois amores construíram duas
cidades: o amor de si próprio até o
desprezo de Deus construiu a cidade
terrestre, e o amor de Deus até o
17
desprezo de si mesmo, a cidade
celeste.
54. Nunca poderíamos amar-nos
mutuamente com verdadeiro amor
se não amássemos a Deus. Ama o
próximo como a si mesmo aquele
que ama a Deus.
55. Quem pode ser bom homem se
não se torna bom pela prática do
amor?
56. Se houver um caminho entre
aquele que marcha e o objetivo para
o qual tende, há esperança de
atingi-lo; se faltar o caminho, de
que serve o objetivo?
57. Onde não há caridade, não pode
haver justiça.
18
58. Sem a caridade os outros bens
não são proveitosos. Mas a caridade
por sua vez não pode existir sem os
outros bens, pelos quais o homem se
torna bom.
59. Querendo tornar-vos felizes,
procurais contudo as coisas que vos
tornam míseros.
60. Chega-te aos bons: facilmente
hás de encontrá-los se também
fores bom.
61. Muda o teu coração e toda a tua
conduta será mudada.
62. A constância não deixa que o
homem se perverta: eleva-o.
63. Tu estavas dentro do meu
coração, Senhor, e eu andava fora,
19
e lá fora te buscava. Tu estavas
comigo, mas eu não estava contigo.
64. Aprende na correção que és
culpado de não ter o que devias ter.
65. Já desejar o auxílio da graça é o
começo da graça.
66. Suprimir as desgraças é fazer
obras de misericórdia.
67. Tu nos fizeste para ti, Senhor, e
inquieto está o nosso coração até
que ache quietação em ti.
68. Somos educados
progressivamente por uma
Providência inteiramente sábia
passo a passo, do tempo à
eternidade, do visível ao invisível.
20
69. Votai ódio mortal ao erro e amai
os que erram.
70. Se tens a misericórdia em teu
coração, Deus aceitará a tua
esmola, embora tua mão nada
tenha para dar.
71. Nesta vida não podes ser feliz,
ninguém o pode. Boa coisa a que
desejas, mas nesta terra não se
encontra o que desejas. Que
desejas? A vida feliz. Ela não reside
aqui.
72. Que outro fim temos nós senão o
de conseguir o reino que não tem
fim?
73. Dás pão ao que tem fome; melhor
porém seria que ninguém tivesse
fome e que tu não precisasses dar
alimento a ninguém.
21
74. Todo governo deve ter por único
objetivo o bem dos governados.
75. O pior dentre todos os homens é
aquele que, sendo mau, finge ser
bom e, sendo infame, fala em
virtude e pudor.
76. O homem, considerado na sua
essência e nas suas relações, é o
enigma mais difícil de explicar.
77. A humildade imprime ao coração
uma direção ascendente. Ela nos
ensina a submissão àquele mais
altamente colocado. Ora, ninguém é
mais alto do que Deus. Eis porque a
humildade que nos submete a Deus
nos eleva.
78. O mais sério uso do dom da
liberdade deveria ser que a vontade
22
ansiasse por unir-se ao seu Autor e
compartilhar da luz verdadeira.
79. O mau é o seu próprio malfeitor.
80. Tudo o que parece difícil ou
insólito acima de qualquer
expectativa ou possibilidade de
quem observa é milagre.
81. A ira gera o ódio, e do ódio
nascem a dor e o medo.
82. O orgulho é o maior impedimento
para a adesão do homem a Deus.
83. Tu, aqui, buscas o ouro,
pensando que com o ouro serás
feliz; mas o ouro não te faz feliz. Por
que buscas a ilusão?
84. O pecado é uma palavra, um
desejo ou um ato contra a lei eterna.
23
85. A função da perfeição é fazer com
que cada um de nós conheça sua
imperfeição.
86. Quem pode perseverar no bem
com longanimidade se não se ama
com intensidade?
87. Mesmo com a evidência do que
deva fazer e desejar, o homem se
não sentir prazer e amor não
cumprirá seu dever nem mesmo
intentará cumpri-lo, nem atingirá a
vida reta.
88. O rosto é o intérprete silencioso
do coração.
89. Não em buscar a verdade está a
beatitude, mas em possuí-la.
90. O maior de todos os jejuns é a
abstinência dos vícios.
24
91. Pode o cão ladrar contra todos,
mas não pode morder senão os que
dele se aproximam.
92. Se você está sofrendo pela
injustiça de um homem mau,
perdoe-o, a fim de que não haja dois
homens maus.
93. o corpo corruptível pesa sobre a
alma humana, e esse peso lhe curva
o pensamento e o prende à terra.
94. Nada é tão duro e férreo que não
se possa vencer com o fogo do amor.
95. Errar é humano; perseverar
voluntariamente no erro é
diabólico.
96. A inconstância é um pecado
especial da imprudência.
25
97. Se pisarmos nossos próprios
vícios eles poderão servir para que
façamos uma escada com a qual
alcançaremos as alturas.
98. Deus é mais verdadeiramente
imaginado do que expresso, e existe
mais verdadeiramente do que é
imaginado.
99. Deus é paciente porque é eterno.
100. Deus prometeu perdão para seu
arrependimento, mas não prometeu
um amanhã para sua
procrastinação.
26
A salvação que
alcançou Agostinho
Conforme o próprio Agostinho
registrou em suas Confissões, livro
que por sinal é considerado a primeira
autobiografia da história, sua busca
pela verdade o levou de dor em dor,
de embaraço em embaraço, pois ele
não sabia sequer o que buscava, e
qual a causa do vazio que, após e
acima de todos os prazeres, sempre
volta a envenenar o coração humano.
Mas, um dia, o que ele buscava se lhe
revelou, e ele pôde dizer: “Tu estavas
dentro do meu coração, Senhor, e eu
andava fora, e lá fora te buscava. Tu
estavas comigo, mas eu não estava
contigo.”
27
Ele entendeu o motivo do sentimento
de incompletude que assola os
homens: “Tu nos fizeste para ti,
Senhor, e inquieto está o nosso
coração até que ache quietação em
ti.”
Tal re-ligação com o divino, que
Agostinho chama “quietação”, tem
implicações mais amplas do que o
aqui e agora, e é por isso que chega a
ser chamada de salvação: Agostinho,
uma das mais poderosas mentes que
já viveram, apossou-se pela fé
daquela salvação que lhe era
oferecida, e pôde asseverar: “Não em
buscar a verdade está a beatitude,
mas em possuí-la.”
Mas como podemos ser salvos?
28
Essa pergunta simples, porém
profunda, é a pergunta mais
importante que pode ser feita. “Como
posso ser salvo?” trata de onde
passaremos a eternidade depois que
nossas vidas neste mundo
terminarem. Não há questão mais
importante do que o nosso destino
eterno. Agostinho chega a dizer: “Que
outro fim temos nós senão o de
conseguir o reino que não tem fim?”
Felizmente, a Bíblia é muito clara
sobre como uma pessoa pode ser
salva. O carcereiro de Filipos
perguntou a Paulo e Silas: “Senhores,
o que devo fazer para ser salvo?”
(Atos 16:30). Paulo e Silas
responderam: “Creia no Senhor Jesus,
e você será salvo” (Atos 16:31).
29
Por que preciso ser salvo?
Agostinho diz que “o homem é uma
coisa boa que se deteriorou”. Todos
nós estamos infectados com o pecado
(Romanos 3:23). Nascemos com o
pecado (Salmo 51:5), e todos
escolhemos pessoalmente pecar
(Eclesiastes 7:20; 1 João 1:8). O pecado
é o que nos torna não salvos. O
pecado é o que nos separa de Deus. O
pecado é o que nos coloca no caminho
da destruição eterna.
Ser salvo, mas salvo de quê?
Por causa do nosso pecado, todos nós
merecemos a morte (Romanos 6:23).
Enquanto a consequência física do
pecado é a morte física, esse não é o
único tipo de morte que resulta do
pecado. Todo pecado é finalmente
30
cometido contra um Deus eterno e
infinito (Salmo 51:4). Por causa disso,
a justa penalidade por nosso pecado
também é eterna e infinita. Do que
precisamos ser salvos é da destruição
eterna (Mateus 25:46; Apocalipse
20:15).
Como Deus providenciou a salvação?
Porque a justa penalidade pelo
pecado é infinita e eterna, somente
Deus poderia pagar a penalidade,
porque somente Ele é infinito e eterno.
Mas Deus, em Sua natureza divina,
não poderia morrer. Então Deus se
tornou um ser humano na pessoa de
Jesus Cristo. Deus assumiu a carne
humana, viveu entre nós e nos
ensinou. Quando o povo rejeitou a ele
e sua mensagem, e procurou matá-lo,
31
ele voluntariamente se sacrificou por
nós, permitindo-se ser crucificado
(João 10:15). Porque Jesus Cristo era
humano, Ele poderia morrer; e porque
Jesus Cristo era Deus, Sua morte teve
um valor eterno e infinito. A morte de
Jesus na cruz foi o pagamento perfeito
e completo pelos nossos pecados (1
João 2:2). Ele levou as consequências
que merecíamos. Agostinho diz
mesmo que “a suficiência de meus
méritos está em saber que meus
méritos não são suficientes”. Não
somos salvos por obras, pois elas são
impotentes: A salvação está em
simplesmente aceitar o presente
perfeito de Deus. A ressurreição de
Jesus dentre os mortos demonstrou
que Sua morte era realmente o
sacrifício perfeitamente suficiente
pelo pecado.
32
O que eu preciso fazer?
“Acredite no Senhor Jesus, e você será
salvo” (Atos 16:31). Deus já fez todo o
trabalho. Tudo o que você deve fazer
é receber, com fé, a salvação que Deus
oferece (Efésios 2:8-9). Confie
plenamente somente em Jesus como
pagamento pelos seus pecados.
Acredite Nele, e você não perecerá
(João 3:16). Deus está oferecendo a
você a salvação como um presente.
Tudo que você precisa fazer é aceitá-
lo. Jesus é o caminho da salvação
(João 14:6).
* * * * * * * * * * *
A leitura constante da Bíblia, bem
como a comunhão com outros
cristãos, numa igreja que tenha
apenas a Bíblia como sua regra de fé,
33
prática e conduta são atitudes que lhe
fortalecerão como cristão e resultarão
em grande proveito para sua busca
por sabedoria e paz.
Caso não possua uma Bíblia, saiba
que é possível baixar gratuitamente
um exemplar, tanto em texto (pdf),
quanto na forma de aplicativos para
seu celular (pela Google Play ou pela
App Store há diversas opções), e
também em áudio, para que você
possa ouvir as Escrituras com toda a
comodidade.
Aqui você poderá baixar um
aplicativo gratuito para ler e também
ouvir a Bíblia, em português e em
centenas de outras línguas:
www.bible.com/pt
Texto adaptado a partir de Got Questions.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A PRECE E A IRRADIAÇÃO 7 de fev de 2014
A PRECE E A IRRADIAÇÃO 7 de fev de 2014A PRECE E A IRRADIAÇÃO 7 de fev de 2014
A PRECE E A IRRADIAÇÃO 7 de fev de 2014
Lar Irmã Zarabatana
 
Orixsas7linhasouvibraesoriginais 130618164954-phpapp02
Orixsas7linhasouvibraesoriginais 130618164954-phpapp02Orixsas7linhasouvibraesoriginais 130618164954-phpapp02
Orixsas7linhasouvibraesoriginais 130618164954-phpapp02
Denis Ferreira
 
Apostila principal de desenho técnico mecânico i
Apostila principal de desenho técnico mecânico iApostila principal de desenho técnico mecânico i
Apostila principal de desenho técnico mecânico i
Pablisson Martins
 
Tabela Completa de Chakras
Tabela Completa de ChakrasTabela Completa de Chakras
Tabela Completa de Chakras
patmacpai
 
Médium de sustentação
Médium de sustentaçãoMédium de sustentação
Médium de sustentação
carlos freire
 
Ref. bibliográficas evangelho. obras de emmanuel
Ref. bibliográficas evangelho. obras de emmanuelRef. bibliográficas evangelho. obras de emmanuel
Ref. bibliográficas evangelho. obras de emmanuel
Cláudio Fajardo
 
Aula 11 A Psicologia espírita por Joanna de Angelis
Aula 11  A Psicologia espírita por Joanna de AngelisAula 11  A Psicologia espírita por Joanna de Angelis
Aula 11 A Psicologia espírita por Joanna de Angelis
Prof. Paulo Ratki
 
Influencia dos Espiritos
Influencia dos EspiritosInfluencia dos Espiritos
Influencia dos Espiritos
EHMANA
 
Livro dos Mediuns cap XXI_Da Identidade dos Espiritos
Livro dos Mediuns cap XXI_Da Identidade dos EspiritosLivro dos Mediuns cap XXI_Da Identidade dos Espiritos
Livro dos Mediuns cap XXI_Da Identidade dos Espiritos
Patricia Farias
 
Selos Mágicos
Selos MágicosSelos Mágicos
Selos Mágicos
Bellouesus Isarnos
 
( Apometria) - Apostila De Apometria.pdf
( Apometria) - Apostila De Apometria.pdf( Apometria) - Apostila De Apometria.pdf
( Apometria) - Apostila De Apometria.pdf
AnneMaia4
 
Pensamento a força que desconhecemos
Pensamento a força que desconhecemosPensamento a força que desconhecemos
Pensamento a força que desconhecemos
Leonardo Pereira
 
O Poder dos Cristais
O Poder dos CristaisO Poder dos Cristais
O Poder dos Cristais
Vida e Movimento
 
VONTADE
VONTADEVONTADE
VONTADE
Marina Sahium
 
Plexo
PlexoPlexo
Plexo
cscaceca
 
Um olhar sobre o mundo espiritual parte ii
Um olhar sobre o mundo espiritual   parte iiUm olhar sobre o mundo espiritual   parte ii
Um olhar sobre o mundo espiritual parte ii
Sônia Marques
 
PARTE 4 - O PASSE COMO CURA MAGNÉTICA de Marlene Nobre
PARTE 4 - O PASSE COMO CURA MAGNÉTICA de Marlene NobrePARTE 4 - O PASSE COMO CURA MAGNÉTICA de Marlene Nobre
PARTE 4 - O PASSE COMO CURA MAGNÉTICA de Marlene Nobre
Denise Aguiar
 
Evangeliza - Chakras - Centros Vitais
Evangeliza - Chakras - Centros VitaisEvangeliza - Chakras - Centros Vitais
Evangeliza - Chakras - Centros Vitais
Antonino Silva
 
Chakras Técnicas de Unificação
Chakras   Técnicas de UnificaçãoChakras   Técnicas de Unificação
Chakras Técnicas de Unificação
Vilma e José Antonio Oliveira
 
Obsessão , prevenção, tratamento e cura (Leonardo Pereira).
Obsessão , prevenção, tratamento e cura (Leonardo Pereira). Obsessão , prevenção, tratamento e cura (Leonardo Pereira).
Obsessão , prevenção, tratamento e cura (Leonardo Pereira).
Leonardo Pereira
 

Mais procurados (20)

A PRECE E A IRRADIAÇÃO 7 de fev de 2014
A PRECE E A IRRADIAÇÃO 7 de fev de 2014A PRECE E A IRRADIAÇÃO 7 de fev de 2014
A PRECE E A IRRADIAÇÃO 7 de fev de 2014
 
Orixsas7linhasouvibraesoriginais 130618164954-phpapp02
Orixsas7linhasouvibraesoriginais 130618164954-phpapp02Orixsas7linhasouvibraesoriginais 130618164954-phpapp02
Orixsas7linhasouvibraesoriginais 130618164954-phpapp02
 
Apostila principal de desenho técnico mecânico i
Apostila principal de desenho técnico mecânico iApostila principal de desenho técnico mecânico i
Apostila principal de desenho técnico mecânico i
 
Tabela Completa de Chakras
Tabela Completa de ChakrasTabela Completa de Chakras
Tabela Completa de Chakras
 
Médium de sustentação
Médium de sustentaçãoMédium de sustentação
Médium de sustentação
 
Ref. bibliográficas evangelho. obras de emmanuel
Ref. bibliográficas evangelho. obras de emmanuelRef. bibliográficas evangelho. obras de emmanuel
Ref. bibliográficas evangelho. obras de emmanuel
 
Aula 11 A Psicologia espírita por Joanna de Angelis
Aula 11  A Psicologia espírita por Joanna de AngelisAula 11  A Psicologia espírita por Joanna de Angelis
Aula 11 A Psicologia espírita por Joanna de Angelis
 
Influencia dos Espiritos
Influencia dos EspiritosInfluencia dos Espiritos
Influencia dos Espiritos
 
Livro dos Mediuns cap XXI_Da Identidade dos Espiritos
Livro dos Mediuns cap XXI_Da Identidade dos EspiritosLivro dos Mediuns cap XXI_Da Identidade dos Espiritos
Livro dos Mediuns cap XXI_Da Identidade dos Espiritos
 
Selos Mágicos
Selos MágicosSelos Mágicos
Selos Mágicos
 
( Apometria) - Apostila De Apometria.pdf
( Apometria) - Apostila De Apometria.pdf( Apometria) - Apostila De Apometria.pdf
( Apometria) - Apostila De Apometria.pdf
 
Pensamento a força que desconhecemos
Pensamento a força que desconhecemosPensamento a força que desconhecemos
Pensamento a força que desconhecemos
 
O Poder dos Cristais
O Poder dos CristaisO Poder dos Cristais
O Poder dos Cristais
 
VONTADE
VONTADEVONTADE
VONTADE
 
Plexo
PlexoPlexo
Plexo
 
Um olhar sobre o mundo espiritual parte ii
Um olhar sobre o mundo espiritual   parte iiUm olhar sobre o mundo espiritual   parte ii
Um olhar sobre o mundo espiritual parte ii
 
PARTE 4 - O PASSE COMO CURA MAGNÉTICA de Marlene Nobre
PARTE 4 - O PASSE COMO CURA MAGNÉTICA de Marlene NobrePARTE 4 - O PASSE COMO CURA MAGNÉTICA de Marlene Nobre
PARTE 4 - O PASSE COMO CURA MAGNÉTICA de Marlene Nobre
 
Evangeliza - Chakras - Centros Vitais
Evangeliza - Chakras - Centros VitaisEvangeliza - Chakras - Centros Vitais
Evangeliza - Chakras - Centros Vitais
 
Chakras Técnicas de Unificação
Chakras   Técnicas de UnificaçãoChakras   Técnicas de Unificação
Chakras Técnicas de Unificação
 
Obsessão , prevenção, tratamento e cura (Leonardo Pereira).
Obsessão , prevenção, tratamento e cura (Leonardo Pereira). Obsessão , prevenção, tratamento e cura (Leonardo Pereira).
Obsessão , prevenção, tratamento e cura (Leonardo Pereira).
 

Semelhante a Pensamentos de Santo Agostinho - E-book

A eleição não desanima as almas buscadoras (charles h. spurgeon)
A eleição não desanima as almas buscadoras (charles h. spurgeon)A eleição não desanima as almas buscadoras (charles h. spurgeon)
A eleição não desanima as almas buscadoras (charles h. spurgeon)
Deusdete Soares
 
Epistolade Tiago
Epistolade TiagoEpistolade Tiago
Epistolade Tiago
JNR
 
Saltando muralhas salmos livro ii
Saltando muralhas salmos   livro iiSaltando muralhas salmos   livro ii
Saltando muralhas salmos livro ii
Silvio Dutra
 
Sede Perfeitos.
Sede Perfeitos.Sede Perfeitos.
Sede Perfeitos.
ThiagoPereiraSantos2
 
TOLSTOI em 100 Frases - Livro grátis
TOLSTOI em 100 Frases - Livro grátisTOLSTOI em 100 Frases - Livro grátis
TOLSTOI em 100 Frases - Livro grátis
Sammis Reachers
 
3.2 - Lei de Adoracao.pptx
3.2 - Lei de Adoracao.pptx3.2 - Lei de Adoracao.pptx
3.2 - Lei de Adoracao.pptx
Marta Gomes
 
Saltando muralhas - Salmos - livro ii - interpretação
Saltando muralhas - Salmos - livro ii - interpretaçãoSaltando muralhas - Salmos - livro ii - interpretação
Saltando muralhas - Salmos - livro ii - interpretação
Silvio Dutra
 
Fronteira católica agosto de 2016
Fronteira católica   agosto de 2016Fronteira católica   agosto de 2016
Fronteira católica agosto de 2016
JORNAL A FAMILIA CATÓLICA
 
Texto 2 discurso ao clero - john wesley
Texto 2   discurso ao clero - john wesleyTexto 2   discurso ao clero - john wesley
Texto 2 discurso ao clero - john wesley
Paulo Dias Nogueira
 
LE 475 e ESE cap3 item19
LE 475 e ESE cap3 item19LE 475 e ESE cap3 item19
LE 475 e ESE cap3 item19
Patricia Farias
 
Inocentes ignorantes
Inocentes ignorantesInocentes ignorantes
Inocentes ignorantes
Natanael Araujo
 
Importância da oração obrigatória e do jejum, a
Importância da oração obrigatória e do jejum, aImportância da oração obrigatória e do jejum, a
Importância da oração obrigatória e do jejum, a
Mauricio Gonçalves
 
As Coisas deste Mundo - John Owen
As Coisas deste Mundo -  John Owen  As Coisas deste Mundo -  John Owen
As Coisas deste Mundo - John Owen
Silvio Dutra
 
Coletânea De Preces Espíritas
Coletânea De Preces EspíritasColetânea De Preces Espíritas
Coletânea De Preces Espíritas
Nilson Almeida
 
Breve instrução cristã
Breve instrução cristãBreve instrução cristã
Breve instrução cristã
Carlos Roberto Deberge
 
Os 67 artigos de Zuínglio
Os 67 artigos de ZuínglioOs 67 artigos de Zuínglio
Os 67 artigos de Zuínglio
Vitor Germano
 
MistéRios Ocultos Aos Doutos E Aos Prudentes
MistéRios Ocultos Aos Doutos E Aos PrudentesMistéRios Ocultos Aos Doutos E Aos Prudentes
MistéRios Ocultos Aos Doutos E Aos Prudentes
Grupo Espírita Cristão
 
Pensamentos de santo_agostinho
Pensamentos de santo_agostinhoPensamentos de santo_agostinho
Pensamentos de santo_agostinho
Carlos Roberto Deberge
 
Espiritismo para as crianças (cairbar schutel)
Espiritismo para as crianças (cairbar schutel)Espiritismo para as crianças (cairbar schutel)
Espiritismo para as crianças (cairbar schutel)
Fabiana Cesarini
 
Preces Gerais - Oração Dominical
Preces Gerais - Oração DominicalPreces Gerais - Oração Dominical
Preces Gerais - Oração Dominical
Eduardo Henrique Marçal
 

Semelhante a Pensamentos de Santo Agostinho - E-book (20)

A eleição não desanima as almas buscadoras (charles h. spurgeon)
A eleição não desanima as almas buscadoras (charles h. spurgeon)A eleição não desanima as almas buscadoras (charles h. spurgeon)
A eleição não desanima as almas buscadoras (charles h. spurgeon)
 
Epistolade Tiago
Epistolade TiagoEpistolade Tiago
Epistolade Tiago
 
Saltando muralhas salmos livro ii
Saltando muralhas salmos   livro iiSaltando muralhas salmos   livro ii
Saltando muralhas salmos livro ii
 
Sede Perfeitos.
Sede Perfeitos.Sede Perfeitos.
Sede Perfeitos.
 
TOLSTOI em 100 Frases - Livro grátis
TOLSTOI em 100 Frases - Livro grátisTOLSTOI em 100 Frases - Livro grátis
TOLSTOI em 100 Frases - Livro grátis
 
3.2 - Lei de Adoracao.pptx
3.2 - Lei de Adoracao.pptx3.2 - Lei de Adoracao.pptx
3.2 - Lei de Adoracao.pptx
 
Saltando muralhas - Salmos - livro ii - interpretação
Saltando muralhas - Salmos - livro ii - interpretaçãoSaltando muralhas - Salmos - livro ii - interpretação
Saltando muralhas - Salmos - livro ii - interpretação
 
Fronteira católica agosto de 2016
Fronteira católica   agosto de 2016Fronteira católica   agosto de 2016
Fronteira católica agosto de 2016
 
Texto 2 discurso ao clero - john wesley
Texto 2   discurso ao clero - john wesleyTexto 2   discurso ao clero - john wesley
Texto 2 discurso ao clero - john wesley
 
LE 475 e ESE cap3 item19
LE 475 e ESE cap3 item19LE 475 e ESE cap3 item19
LE 475 e ESE cap3 item19
 
Inocentes ignorantes
Inocentes ignorantesInocentes ignorantes
Inocentes ignorantes
 
Importância da oração obrigatória e do jejum, a
Importância da oração obrigatória e do jejum, aImportância da oração obrigatória e do jejum, a
Importância da oração obrigatória e do jejum, a
 
As Coisas deste Mundo - John Owen
As Coisas deste Mundo -  John Owen  As Coisas deste Mundo -  John Owen
As Coisas deste Mundo - John Owen
 
Coletânea De Preces Espíritas
Coletânea De Preces EspíritasColetânea De Preces Espíritas
Coletânea De Preces Espíritas
 
Breve instrução cristã
Breve instrução cristãBreve instrução cristã
Breve instrução cristã
 
Os 67 artigos de Zuínglio
Os 67 artigos de ZuínglioOs 67 artigos de Zuínglio
Os 67 artigos de Zuínglio
 
MistéRios Ocultos Aos Doutos E Aos Prudentes
MistéRios Ocultos Aos Doutos E Aos PrudentesMistéRios Ocultos Aos Doutos E Aos Prudentes
MistéRios Ocultos Aos Doutos E Aos Prudentes
 
Pensamentos de santo_agostinho
Pensamentos de santo_agostinhoPensamentos de santo_agostinho
Pensamentos de santo_agostinho
 
Espiritismo para as crianças (cairbar schutel)
Espiritismo para as crianças (cairbar schutel)Espiritismo para as crianças (cairbar schutel)
Espiritismo para as crianças (cairbar schutel)
 
Preces Gerais - Oração Dominical
Preces Gerais - Oração DominicalPreces Gerais - Oração Dominical
Preces Gerais - Oração Dominical
 

Mais de Sammis Reachers

Amplitude #4 - Revista Cristã de Literatura e Artes
Amplitude #4 - Revista Cristã de Literatura e ArtesAmplitude #4 - Revista Cristã de Literatura e Artes
Amplitude #4 - Revista Cristã de Literatura e Artes
Sammis Reachers
 
Vivendo a vontade de Deus para adolescentes - Cleide Silva
Vivendo a vontade de Deus para adolescentes - Cleide SilvaVivendo a vontade de Deus para adolescentes - Cleide Silva
Vivendo a vontade de Deus para adolescentes - Cleide Silva
Sammis Reachers
 
Fanzine Samizdat #7 - Especial Metapoesia - Sammis Reachers
Fanzine Samizdat #7 - Especial Metapoesia - Sammis ReachersFanzine Samizdat #7 - Especial Metapoesia - Sammis Reachers
Fanzine Samizdat #7 - Especial Metapoesia - Sammis Reachers
Sammis Reachers
 
O Aborto em Frases, Poemas e Reflexões - Antologia
O Aborto em Frases, Poemas e Reflexões - AntologiaO Aborto em Frases, Poemas e Reflexões - Antologia
O Aborto em Frases, Poemas e Reflexões - Antologia
Sammis Reachers
 
1000 Citações sobre Amor, Esperança e Fé
1000 Citações sobre Amor, Esperança e Fé 1000 Citações sobre Amor, Esperança e Fé
1000 Citações sobre Amor, Esperança e Fé
Sammis Reachers
 
Fanzine Samizdat #6 - Sammis Reachers.pdf
Fanzine Samizdat #6 - Sammis Reachers.pdfFanzine Samizdat #6 - Sammis Reachers.pdf
Fanzine Samizdat #6 - Sammis Reachers.pdf
Sammis Reachers
 
Revista Muito Além dos Videogames Extra 2 - Jogos bíblicos e cristãos
Revista Muito Além dos Videogames Extra 2 - Jogos bíblicos e cristãosRevista Muito Além dos Videogames Extra 2 - Jogos bíblicos e cristãos
Revista Muito Além dos Videogames Extra 2 - Jogos bíblicos e cristãos
Sammis Reachers
 
150 Citações de Soren Kierkegaard - E-book
150 Citações de Soren Kierkegaard - E-book150 Citações de Soren Kierkegaard - E-book
150 Citações de Soren Kierkegaard - E-book
Sammis Reachers
 
Poemas sobre Sua Majestade, o LIVRO - Uma microantologia
Poemas sobre Sua Majestade, o LIVRO - Uma microantologiaPoemas sobre Sua Majestade, o LIVRO - Uma microantologia
Poemas sobre Sua Majestade, o LIVRO - Uma microantologia
Sammis Reachers
 
Linha de Esplendor Sem Fim - Histórias missionárias metodistas
Linha de Esplendor Sem Fim - Histórias missionárias metodistasLinha de Esplendor Sem Fim - Histórias missionárias metodistas
Linha de Esplendor Sem Fim - Histórias missionárias metodistas
Sammis Reachers
 
GoMobilize - Manual de Mibilização Missionária
GoMobilize - Manual de Mibilização MissionáriaGoMobilize - Manual de Mibilização Missionária
GoMobilize - Manual de Mibilização Missionária
Sammis Reachers
 
Curso de Visitação Hospitalar para Adultos
Curso de Visitação Hospitalar para AdultosCurso de Visitação Hospitalar para Adultos
Curso de Visitação Hospitalar para Adultos
Sammis Reachers
 
COMO CRIAR UM INFORMATIVO MISSIONARIO QUE GERE RESULTADOS.pdf
COMO CRIAR UM INFORMATIVO MISSIONARIO QUE GERE RESULTADOS.pdfCOMO CRIAR UM INFORMATIVO MISSIONARIO QUE GERE RESULTADOS.pdf
COMO CRIAR UM INFORMATIVO MISSIONARIO QUE GERE RESULTADOS.pdf
Sammis Reachers
 
As Mais Belas Citações Sobre a Gratidão - 250 Citações Selecionadas.pdf
As Mais Belas Citações Sobre a Gratidão - 250 Citações Selecionadas.pdfAs Mais Belas Citações Sobre a Gratidão - 250 Citações Selecionadas.pdf
As Mais Belas Citações Sobre a Gratidão - 250 Citações Selecionadas.pdf
Sammis Reachers
 
Sonetos Natalinos - Filemon Martins
Sonetos Natalinos - Filemon MartinsSonetos Natalinos - Filemon Martins
Sonetos Natalinos - Filemon Martins
Sammis Reachers
 
Renato Cascão e Sammy Maluco - Uma dupla do balacobaco - Sammis Reachers
Renato Cascão e Sammy Maluco - Uma dupla do balacobaco - Sammis ReachersRenato Cascão e Sammy Maluco - Uma dupla do balacobaco - Sammis Reachers
Renato Cascão e Sammy Maluco - Uma dupla do balacobaco - Sammis Reachers
Sammis Reachers
 
CARTAS E RETORNOS - Poesia - Sammis Reachers
CARTAS E RETORNOS - Poesia - Sammis ReachersCARTAS E RETORNOS - Poesia - Sammis Reachers
CARTAS E RETORNOS - Poesia - Sammis Reachers
Sammis Reachers
 
Sabenças & Sentenças da Missão: Frases e provocações missionais de Sammis Rea...
Sabenças & Sentenças da Missão: Frases e provocações missionais de Sammis Rea...Sabenças & Sentenças da Missão: Frases e provocações missionais de Sammis Rea...
Sabenças & Sentenças da Missão: Frases e provocações missionais de Sammis Rea...
Sammis Reachers
 
Pôsteres para Mobilização para Missões em LETTERING
Pôsteres para Mobilização para Missões em LETTERINGPôsteres para Mobilização para Missões em LETTERING
Pôsteres para Mobilização para Missões em LETTERING
Sammis Reachers
 
O que Jesus fez? E-book gratuito
O que Jesus fez? E-book gratuitoO que Jesus fez? E-book gratuito
O que Jesus fez? E-book gratuito
Sammis Reachers
 

Mais de Sammis Reachers (20)

Amplitude #4 - Revista Cristã de Literatura e Artes
Amplitude #4 - Revista Cristã de Literatura e ArtesAmplitude #4 - Revista Cristã de Literatura e Artes
Amplitude #4 - Revista Cristã de Literatura e Artes
 
Vivendo a vontade de Deus para adolescentes - Cleide Silva
Vivendo a vontade de Deus para adolescentes - Cleide SilvaVivendo a vontade de Deus para adolescentes - Cleide Silva
Vivendo a vontade de Deus para adolescentes - Cleide Silva
 
Fanzine Samizdat #7 - Especial Metapoesia - Sammis Reachers
Fanzine Samizdat #7 - Especial Metapoesia - Sammis ReachersFanzine Samizdat #7 - Especial Metapoesia - Sammis Reachers
Fanzine Samizdat #7 - Especial Metapoesia - Sammis Reachers
 
O Aborto em Frases, Poemas e Reflexões - Antologia
O Aborto em Frases, Poemas e Reflexões - AntologiaO Aborto em Frases, Poemas e Reflexões - Antologia
O Aborto em Frases, Poemas e Reflexões - Antologia
 
1000 Citações sobre Amor, Esperança e Fé
1000 Citações sobre Amor, Esperança e Fé 1000 Citações sobre Amor, Esperança e Fé
1000 Citações sobre Amor, Esperança e Fé
 
Fanzine Samizdat #6 - Sammis Reachers.pdf
Fanzine Samizdat #6 - Sammis Reachers.pdfFanzine Samizdat #6 - Sammis Reachers.pdf
Fanzine Samizdat #6 - Sammis Reachers.pdf
 
Revista Muito Além dos Videogames Extra 2 - Jogos bíblicos e cristãos
Revista Muito Além dos Videogames Extra 2 - Jogos bíblicos e cristãosRevista Muito Além dos Videogames Extra 2 - Jogos bíblicos e cristãos
Revista Muito Além dos Videogames Extra 2 - Jogos bíblicos e cristãos
 
150 Citações de Soren Kierkegaard - E-book
150 Citações de Soren Kierkegaard - E-book150 Citações de Soren Kierkegaard - E-book
150 Citações de Soren Kierkegaard - E-book
 
Poemas sobre Sua Majestade, o LIVRO - Uma microantologia
Poemas sobre Sua Majestade, o LIVRO - Uma microantologiaPoemas sobre Sua Majestade, o LIVRO - Uma microantologia
Poemas sobre Sua Majestade, o LIVRO - Uma microantologia
 
Linha de Esplendor Sem Fim - Histórias missionárias metodistas
Linha de Esplendor Sem Fim - Histórias missionárias metodistasLinha de Esplendor Sem Fim - Histórias missionárias metodistas
Linha de Esplendor Sem Fim - Histórias missionárias metodistas
 
GoMobilize - Manual de Mibilização Missionária
GoMobilize - Manual de Mibilização MissionáriaGoMobilize - Manual de Mibilização Missionária
GoMobilize - Manual de Mibilização Missionária
 
Curso de Visitação Hospitalar para Adultos
Curso de Visitação Hospitalar para AdultosCurso de Visitação Hospitalar para Adultos
Curso de Visitação Hospitalar para Adultos
 
COMO CRIAR UM INFORMATIVO MISSIONARIO QUE GERE RESULTADOS.pdf
COMO CRIAR UM INFORMATIVO MISSIONARIO QUE GERE RESULTADOS.pdfCOMO CRIAR UM INFORMATIVO MISSIONARIO QUE GERE RESULTADOS.pdf
COMO CRIAR UM INFORMATIVO MISSIONARIO QUE GERE RESULTADOS.pdf
 
As Mais Belas Citações Sobre a Gratidão - 250 Citações Selecionadas.pdf
As Mais Belas Citações Sobre a Gratidão - 250 Citações Selecionadas.pdfAs Mais Belas Citações Sobre a Gratidão - 250 Citações Selecionadas.pdf
As Mais Belas Citações Sobre a Gratidão - 250 Citações Selecionadas.pdf
 
Sonetos Natalinos - Filemon Martins
Sonetos Natalinos - Filemon MartinsSonetos Natalinos - Filemon Martins
Sonetos Natalinos - Filemon Martins
 
Renato Cascão e Sammy Maluco - Uma dupla do balacobaco - Sammis Reachers
Renato Cascão e Sammy Maluco - Uma dupla do balacobaco - Sammis ReachersRenato Cascão e Sammy Maluco - Uma dupla do balacobaco - Sammis Reachers
Renato Cascão e Sammy Maluco - Uma dupla do balacobaco - Sammis Reachers
 
CARTAS E RETORNOS - Poesia - Sammis Reachers
CARTAS E RETORNOS - Poesia - Sammis ReachersCARTAS E RETORNOS - Poesia - Sammis Reachers
CARTAS E RETORNOS - Poesia - Sammis Reachers
 
Sabenças & Sentenças da Missão: Frases e provocações missionais de Sammis Rea...
Sabenças & Sentenças da Missão: Frases e provocações missionais de Sammis Rea...Sabenças & Sentenças da Missão: Frases e provocações missionais de Sammis Rea...
Sabenças & Sentenças da Missão: Frases e provocações missionais de Sammis Rea...
 
Pôsteres para Mobilização para Missões em LETTERING
Pôsteres para Mobilização para Missões em LETTERINGPôsteres para Mobilização para Missões em LETTERING
Pôsteres para Mobilização para Missões em LETTERING
 
O que Jesus fez? E-book gratuito
O que Jesus fez? E-book gratuitoO que Jesus fez? E-book gratuito
O que Jesus fez? E-book gratuito
 

Último

16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
PIB Penha
 
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
AndreyCamarini
 
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdfA VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
marcusviniciussabino1
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Celso Napoleon
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
AlailzaSoares1
 
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújoquem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
Rogério Augusto Ayres de Araujo
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Celso Napoleon
 
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
PIB Penha
 
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
PIB Penha
 
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
PIB Penha
 
Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1
CleideTeles3
 
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
PIB Penha
 
Oração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A BondadeOração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A Bondade
Nilson Almeida
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não TiranizesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Ricardo Azevedo
 
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
PIB Penha
 

Último (15)

16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
 
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
 
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdfA VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
 
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújoquem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
 
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
 
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
 
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
 
Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1
 
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
 
Oração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A BondadeOração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A Bondade
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não TiranizesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
 
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
 

Pensamentos de Santo Agostinho - E-book

  • 1. 1
  • 2. 2 100 Frases de AGOSTINHO DE HIPONA A sabedoria de um dos maiores filósofos de todos os tempos Livros Amor Scan
  • 3. 3 Índice Introdução ........................................ 04 Frases ............................................... 06 A salvação que alcançou Agostinho ... 26
  • 4. 4 Introdução Nascido em Tagaste, no norte da África, em meados do século IV, Agostinho foi um dos mais importantes filósofos e teólogos ocidentais, sendo considerado mesmo o maior dentre aqueles eruditos chamados de “Pais da Igreja”. Sua obra antecipou temas da literatura, da ética e da psicologia que seriam debatidos e expandidos nos séculos seguintes. A beleza e a maestria de sua escrita, bem como a perspicácia de seu pensamento, fazem suas obras, como Confissões e A Cidade de Deus, serem tidas e celebradas como obras-primas da literatura universal. Neste breve livro, reunimos um pouco do tesouro sapiencial deste que foi o
  • 5. 5 mais humano dos “santos”, e pensador basilar da cultura ocidental.
  • 6. 6 FRASES 1. Dá, se puderes; se não puderes, sê afável. 2. Os hábitos, quando a eles não se opõe resistência, muito cedo se transformam em necessidade. 3. Os que não querem ser vencidos pela verdade, são vencidos pelo erro. 4. A lágrima é o sangue da alma. 5. A verdade é doce e amarga: quando é doce perdoa; quando é amarga, cura. 6. Se queres possuir a terra, não te deixes possuir por ela.
  • 7. 7 7. Com amor ao próximo, o pobre é rico; sem esse amor, o rico é pobre. 8. A igreja não pode calar, nem dissimular, nem aprovar o que é contrário à fé e aos bons costumes. 9. Não há crime que um homem cometa, que outro homem não possa igualmente cometer, se lhe faltar a mão libertadora do Criador, por quem foi feito o homem. 10. Muitos dos que são adorados nos altares estão ardendo no inferno. 11. Entrementes eu me ocupava com os estudos ditos belos e honestos, que abrem caminho para o fórum e para a advocacia, e fazia o que podia para ser bem-sucedido – isto é, para ser mais capaz de fingir e
  • 8. 8 enganar, pois nisso consistem a excelência e o louvor de tal arte. 12. Creio porque é absurdo. 13. O número de loucos é tão grande que a prudência se vê obrigada a colocar-se sob a proteção deles. 14. Não é rico aquele que mais tem, e sim aquele que de menos necessita. 15. Um amigo é a metade da alma de uma pessoa. 16. Senti e experimentei não ser para admirar que o pão, tão saboroso ao paladar saudável, cause náusea ao enfermo; e que a luz, amável aos olhos límpidos, seja insuportável aos olhos doentes.
  • 9. 9 17. Que dizermos nós, meu Deus, minha vida, minha santa delícia, ou que dizer quem quer que seja para falar de Vós? Mas ai dos que acerca de Vós se calam, porque, ainda que muito falem, serão mudos! 18. Minha alma é estreita habitação para Vos receber; dilatai-a, Senhor. Ameaça ruína; restaurai-a. Tem manchas que Vos ferem o olhar. Eu o reconheço e confesso. Quem há de purificá-la? 19. Quero-vos, ó Justiça e Inocência, tão belas e tão formosas, quero-vos resplandecentes, e, insaciável, jamais me saturarei. 20. Procurei o que era maldade, mas nela não encontrei substância. Apenas uma perversão da vontade
  • 10. 10 da substância – desviada de Vós, ó Deus. 21. Pergunto a todos se preferem encontrar alegria na verdade ou na falsidade. São todos categóricos em informar que a preferem na verdade, pois a vida feliz provém da verdade. Todos amam a verdade. Mas não a amariam se não a tivessem algum dia conhecido. 22. Tarde vos amei, ó Beleza tão antiga e tão nova, tarde vos amei. Eis que habitavas dentro de mim, e eu lá fora a procurar-vos! 23. Saboreei-Vos e agora tenho fome e sede de Vós. Tocastes-me e agora ardo no desejo de Vossa paz. 24. Vós sois o bem que de nenhum bem precisa. Estais em repouso
  • 11. 11 porque sois Vós o Vosso descanso. Quem dos homens poderá dar a outro homem a inteligência deste mistério? Que anjo a outro anjo? Que anjo ao homem? A Vós se peça, em Vós se procure, à Vossa porta se bata. Deste modo, sim, se há de receber, se há de encontrar, se há de abrir a porta do mistério. 25. Grande abismo é o homem, Senhor! Tendes contados os fios de seus cabelos e nenhum se perde para vós. Contudo, os fios de seus cabelos são mais fáceis de contar que os afetos e movimentos do coração! 26. Prefiro os que me criticam, porque me corrigem, aos que me elogiam, porque me corrompem.
  • 12. 12 27. Tema a alma a sua própria morte e não a do corpo. 28. Há de se fazer coisas úteis, mais que coisas admiráveis. 29. Se o bem vem de Deus, o mal se origina da ausência do bem e só pode ser atribuído ao homem, por conduzir erroneamente as próprias vontades. 30. Necessitamos um do outro, para sermos nós mesmos. 31. Se não podes entender, crê para que entendas. A fé vai na frente, o intelecto vai atrás. 32. A fé consiste em acreditarmos no que vemos; e, como recompensa, vermos aquilo que cremos.
  • 13. 13 33. A fé ultrapassa os limites da razão humana. 34. Ter fé é assinar uma folha em branco, e deixar que Deus escreva o que quiser. 35. É uma espécie de impiedade não ler aquilo que por nós e para nós escreveu a mão do próprio Deus. Que ninguém incorra nesta falta, tendo ao seu alcance a leitura da Bíblia. 36. A fé vacilará se a autoridade das Escrituras Sagradas perder sua força sobre os homens. Precisamos render-nos à autoridade da Bíblia, pois ela não pode conduzir mal nem ser mal conduzida.
  • 14. 14 37. Nossa fé é alimentada pelo que está claro nas Escrituras e testada pelo que está obscuro. 38. A necessidade não tem lei. 39. O homem é uma coisa boa que se deteriorou. 40. Os altivos cumes das colinas deixam a chuva esvair-se; os humildes vales são ricamente regados. 41. A suficiência de meus méritos está em saber que meus méritos não são suficientes. 42. Para os que desejam aprender os caminhos de Deus, a humildade é a primeira, a segunda e a terceira lições.
  • 15. 15 43. A natureza da bondade divina não está apenas em abrir àqueles que batem, mas também em levá- los a bater e pedir. 44. A confissão das más obras é o começo das boas obras. 45. Deus não espera que lhe submetamos nossa fé sem o uso da razão, mas os próprios limites de nossa razão fazem da fé uma necessidade. 46. A possibilidade de um homem finito compreender um Deus infinito é a mesma que uma criança tem de despejar o oceano num buraco que ela faz na areia. 47. As riquezas terrenas estão cheias de pobreza.
  • 16. 16 48. Deus não se torna maior se você o reverencia, mas você se torna maior se o serve. 49. Aquilo por que vivo, comunico. 50. O homem deseja ser feliz mesmo quando vive de forma a tornar a felicidade impossível. 51. Lança-te corajosamente à ação e faze com que às palavras se sigam os atos. 52. Como pode alegrar-se convenientemente quem não ama o bem de onde procede a alegria? 53. Dois amores construíram duas cidades: o amor de si próprio até o desprezo de Deus construiu a cidade terrestre, e o amor de Deus até o
  • 17. 17 desprezo de si mesmo, a cidade celeste. 54. Nunca poderíamos amar-nos mutuamente com verdadeiro amor se não amássemos a Deus. Ama o próximo como a si mesmo aquele que ama a Deus. 55. Quem pode ser bom homem se não se torna bom pela prática do amor? 56. Se houver um caminho entre aquele que marcha e o objetivo para o qual tende, há esperança de atingi-lo; se faltar o caminho, de que serve o objetivo? 57. Onde não há caridade, não pode haver justiça.
  • 18. 18 58. Sem a caridade os outros bens não são proveitosos. Mas a caridade por sua vez não pode existir sem os outros bens, pelos quais o homem se torna bom. 59. Querendo tornar-vos felizes, procurais contudo as coisas que vos tornam míseros. 60. Chega-te aos bons: facilmente hás de encontrá-los se também fores bom. 61. Muda o teu coração e toda a tua conduta será mudada. 62. A constância não deixa que o homem se perverta: eleva-o. 63. Tu estavas dentro do meu coração, Senhor, e eu andava fora,
  • 19. 19 e lá fora te buscava. Tu estavas comigo, mas eu não estava contigo. 64. Aprende na correção que és culpado de não ter o que devias ter. 65. Já desejar o auxílio da graça é o começo da graça. 66. Suprimir as desgraças é fazer obras de misericórdia. 67. Tu nos fizeste para ti, Senhor, e inquieto está o nosso coração até que ache quietação em ti. 68. Somos educados progressivamente por uma Providência inteiramente sábia passo a passo, do tempo à eternidade, do visível ao invisível.
  • 20. 20 69. Votai ódio mortal ao erro e amai os que erram. 70. Se tens a misericórdia em teu coração, Deus aceitará a tua esmola, embora tua mão nada tenha para dar. 71. Nesta vida não podes ser feliz, ninguém o pode. Boa coisa a que desejas, mas nesta terra não se encontra o que desejas. Que desejas? A vida feliz. Ela não reside aqui. 72. Que outro fim temos nós senão o de conseguir o reino que não tem fim? 73. Dás pão ao que tem fome; melhor porém seria que ninguém tivesse fome e que tu não precisasses dar alimento a ninguém.
  • 21. 21 74. Todo governo deve ter por único objetivo o bem dos governados. 75. O pior dentre todos os homens é aquele que, sendo mau, finge ser bom e, sendo infame, fala em virtude e pudor. 76. O homem, considerado na sua essência e nas suas relações, é o enigma mais difícil de explicar. 77. A humildade imprime ao coração uma direção ascendente. Ela nos ensina a submissão àquele mais altamente colocado. Ora, ninguém é mais alto do que Deus. Eis porque a humildade que nos submete a Deus nos eleva. 78. O mais sério uso do dom da liberdade deveria ser que a vontade
  • 22. 22 ansiasse por unir-se ao seu Autor e compartilhar da luz verdadeira. 79. O mau é o seu próprio malfeitor. 80. Tudo o que parece difícil ou insólito acima de qualquer expectativa ou possibilidade de quem observa é milagre. 81. A ira gera o ódio, e do ódio nascem a dor e o medo. 82. O orgulho é o maior impedimento para a adesão do homem a Deus. 83. Tu, aqui, buscas o ouro, pensando que com o ouro serás feliz; mas o ouro não te faz feliz. Por que buscas a ilusão? 84. O pecado é uma palavra, um desejo ou um ato contra a lei eterna.
  • 23. 23 85. A função da perfeição é fazer com que cada um de nós conheça sua imperfeição. 86. Quem pode perseverar no bem com longanimidade se não se ama com intensidade? 87. Mesmo com a evidência do que deva fazer e desejar, o homem se não sentir prazer e amor não cumprirá seu dever nem mesmo intentará cumpri-lo, nem atingirá a vida reta. 88. O rosto é o intérprete silencioso do coração. 89. Não em buscar a verdade está a beatitude, mas em possuí-la. 90. O maior de todos os jejuns é a abstinência dos vícios.
  • 24. 24 91. Pode o cão ladrar contra todos, mas não pode morder senão os que dele se aproximam. 92. Se você está sofrendo pela injustiça de um homem mau, perdoe-o, a fim de que não haja dois homens maus. 93. o corpo corruptível pesa sobre a alma humana, e esse peso lhe curva o pensamento e o prende à terra. 94. Nada é tão duro e férreo que não se possa vencer com o fogo do amor. 95. Errar é humano; perseverar voluntariamente no erro é diabólico. 96. A inconstância é um pecado especial da imprudência.
  • 25. 25 97. Se pisarmos nossos próprios vícios eles poderão servir para que façamos uma escada com a qual alcançaremos as alturas. 98. Deus é mais verdadeiramente imaginado do que expresso, e existe mais verdadeiramente do que é imaginado. 99. Deus é paciente porque é eterno. 100. Deus prometeu perdão para seu arrependimento, mas não prometeu um amanhã para sua procrastinação.
  • 26. 26 A salvação que alcançou Agostinho Conforme o próprio Agostinho registrou em suas Confissões, livro que por sinal é considerado a primeira autobiografia da história, sua busca pela verdade o levou de dor em dor, de embaraço em embaraço, pois ele não sabia sequer o que buscava, e qual a causa do vazio que, após e acima de todos os prazeres, sempre volta a envenenar o coração humano. Mas, um dia, o que ele buscava se lhe revelou, e ele pôde dizer: “Tu estavas dentro do meu coração, Senhor, e eu andava fora, e lá fora te buscava. Tu estavas comigo, mas eu não estava contigo.”
  • 27. 27 Ele entendeu o motivo do sentimento de incompletude que assola os homens: “Tu nos fizeste para ti, Senhor, e inquieto está o nosso coração até que ache quietação em ti.” Tal re-ligação com o divino, que Agostinho chama “quietação”, tem implicações mais amplas do que o aqui e agora, e é por isso que chega a ser chamada de salvação: Agostinho, uma das mais poderosas mentes que já viveram, apossou-se pela fé daquela salvação que lhe era oferecida, e pôde asseverar: “Não em buscar a verdade está a beatitude, mas em possuí-la.” Mas como podemos ser salvos?
  • 28. 28 Essa pergunta simples, porém profunda, é a pergunta mais importante que pode ser feita. “Como posso ser salvo?” trata de onde passaremos a eternidade depois que nossas vidas neste mundo terminarem. Não há questão mais importante do que o nosso destino eterno. Agostinho chega a dizer: “Que outro fim temos nós senão o de conseguir o reino que não tem fim?” Felizmente, a Bíblia é muito clara sobre como uma pessoa pode ser salva. O carcereiro de Filipos perguntou a Paulo e Silas: “Senhores, o que devo fazer para ser salvo?” (Atos 16:30). Paulo e Silas responderam: “Creia no Senhor Jesus, e você será salvo” (Atos 16:31).
  • 29. 29 Por que preciso ser salvo? Agostinho diz que “o homem é uma coisa boa que se deteriorou”. Todos nós estamos infectados com o pecado (Romanos 3:23). Nascemos com o pecado (Salmo 51:5), e todos escolhemos pessoalmente pecar (Eclesiastes 7:20; 1 João 1:8). O pecado é o que nos torna não salvos. O pecado é o que nos separa de Deus. O pecado é o que nos coloca no caminho da destruição eterna. Ser salvo, mas salvo de quê? Por causa do nosso pecado, todos nós merecemos a morte (Romanos 6:23). Enquanto a consequência física do pecado é a morte física, esse não é o único tipo de morte que resulta do pecado. Todo pecado é finalmente
  • 30. 30 cometido contra um Deus eterno e infinito (Salmo 51:4). Por causa disso, a justa penalidade por nosso pecado também é eterna e infinita. Do que precisamos ser salvos é da destruição eterna (Mateus 25:46; Apocalipse 20:15). Como Deus providenciou a salvação? Porque a justa penalidade pelo pecado é infinita e eterna, somente Deus poderia pagar a penalidade, porque somente Ele é infinito e eterno. Mas Deus, em Sua natureza divina, não poderia morrer. Então Deus se tornou um ser humano na pessoa de Jesus Cristo. Deus assumiu a carne humana, viveu entre nós e nos ensinou. Quando o povo rejeitou a ele e sua mensagem, e procurou matá-lo,
  • 31. 31 ele voluntariamente se sacrificou por nós, permitindo-se ser crucificado (João 10:15). Porque Jesus Cristo era humano, Ele poderia morrer; e porque Jesus Cristo era Deus, Sua morte teve um valor eterno e infinito. A morte de Jesus na cruz foi o pagamento perfeito e completo pelos nossos pecados (1 João 2:2). Ele levou as consequências que merecíamos. Agostinho diz mesmo que “a suficiência de meus méritos está em saber que meus méritos não são suficientes”. Não somos salvos por obras, pois elas são impotentes: A salvação está em simplesmente aceitar o presente perfeito de Deus. A ressurreição de Jesus dentre os mortos demonstrou que Sua morte era realmente o sacrifício perfeitamente suficiente pelo pecado.
  • 32. 32 O que eu preciso fazer? “Acredite no Senhor Jesus, e você será salvo” (Atos 16:31). Deus já fez todo o trabalho. Tudo o que você deve fazer é receber, com fé, a salvação que Deus oferece (Efésios 2:8-9). Confie plenamente somente em Jesus como pagamento pelos seus pecados. Acredite Nele, e você não perecerá (João 3:16). Deus está oferecendo a você a salvação como um presente. Tudo que você precisa fazer é aceitá- lo. Jesus é o caminho da salvação (João 14:6). * * * * * * * * * * * A leitura constante da Bíblia, bem como a comunhão com outros cristãos, numa igreja que tenha apenas a Bíblia como sua regra de fé,
  • 33. 33 prática e conduta são atitudes que lhe fortalecerão como cristão e resultarão em grande proveito para sua busca por sabedoria e paz. Caso não possua uma Bíblia, saiba que é possível baixar gratuitamente um exemplar, tanto em texto (pdf), quanto na forma de aplicativos para seu celular (pela Google Play ou pela App Store há diversas opções), e também em áudio, para que você possa ouvir as Escrituras com toda a comodidade. Aqui você poderá baixar um aplicativo gratuito para ler e também ouvir a Bíblia, em português e em centenas de outras línguas: www.bible.com/pt Texto adaptado a partir de Got Questions.