SlideShare uma empresa Scribd logo
AlexandreVilão
Nº1
8ºB
Classificação e Caracterização
O Paul do Boquilobo é o maior ecossistema aquático representativo de zonas húmidas interiores.
Esta Área Protegida alberga uma importante colónia de garças, de colhereiros e outras espécies vindas em parte do
continente africano. O Paul do Boquilobo alberga o mais significativo garçal do território português e é importante local
de concentração para espécies invernantes, nomeadamente, patos.
Único local nacional em que se reproduz o zarro-comum Aythya ferina, mantendo uma população que chega a
ultrapassar 75 % do total de indivíduos invernantes em Portugal, e um dos poucos com potencial para a nidificação da
gaivina-dos-pauis Chlidonias hybrida. É um dos principais refúgios da piadeira Anas penelope e do pato-trombeteiro
Anas clypeata, para além das outras espécies de anatídeos que ocorrem no território nacional.
É ponto de passagem de passeriformes migradores e outras aves.
Fauna
No Paul do Boquilobo foram inventariadas 16 espécies de peixes, 11 espécies de répteis, 13 espécies de anfíbios, 27
espécies de mamíferos e foram observadas cerca de 221 espécies de aves.
Na comunidade piscícola, realça-se, pela sua abundância, a enguia Anguilla anguilla, a fataça Lisa ramada e espécies
introduzidas como a carpa Cyprinus carpio e a gambúsia Gambusia holbrooki que apresenta caráter invasor.
Destaca-se a presença de ruivaco Rutilus macrolepidotus juntamente com a boga-portuguesa Iberochondrostoma
lusitanicum que apresentam grande relevância em termos de conservação da natureza por constituírem endemismos
lusitânicos.
Entre as espécies introduzidas salienta-se a presença de um crustáceo, o lagostim-vermelho da Louisiana
Procambarus clarkii, espécie não indígena, cuja dinâmica populacional conjuntamente com as características físicas do
meio (excelentes locais de abrigo), favorecem o seu caráter invasor.
Fauna - Espécies
Cágado-de-carapaça-estriada garça-real texugo Meles meles
Macho de rouxinol-grande-
dos-caniços
rã-verde
Lagostim-vermelho da
Louisiana
Fauna - Espécies
macho de piadeira colhereiro peneireiro-cinzento
Macho de marrequinha
Flora
Na reserva Natural do Paul do Boquilobo foram identificadas 317 espécies, verificando-se que a
maioria está bem adaptada à falta de arejamento do solo, característica de zonas húmidas.
Na Reserva Natural do Paul do Boquilobo as formações vegetais são dominadas por espécies
associadas a ambientes húmidos, verificando-se variações na sua distribuição consoante o regime hídrico.
Flora – Espécies
Invasor jacinto-de-água Lírio-amarelo-dos-
pântanos
A malcasada Bunho
Salgueiros Tamargueira ou Tamariz
Clima
O clima caracteriza-se por constituir uma peculiar transição entre as condições mediterrânicas e
atlânticas, sendo por isso húmido, de temperaturas médias e com grande deficiência de água no verão.
O Paul do Boquilobo localiza-se sobre depósitos Quaternários da Bacia Mesocenosóica do Tejo,
abrangendo aluviões Olocénicos, bem como áreas dos terraços fluviais Plistócenicos designados por
Charneca (cotas mais elevadas) ou Espargal (cotas mais baixas).
Geologia

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Habitats Serra de Estrela
Habitats Serra de EstrelaHabitats Serra de Estrela
Habitats Serra de Estrela
Yuliya Dulyanska
 
Turismo Cinegético
Turismo CinegéticoTurismo Cinegético
Turismo Cinegético
Patrícia Vitorino
 
As fragilidades dos sistemas agrários
As fragilidades dos sistemas agráriosAs fragilidades dos sistemas agrários
As fragilidades dos sistemas agrários
Ilda Bicacro
 
A Especificidade do Clima em Portugal
A Especificidade do Clima em PortugalA Especificidade do Clima em Portugal
A Especificidade do Clima em Portugal
Catarina Castro
 
Funções urbanas (2)
Funções urbanas (2)Funções urbanas (2)
Funções urbanas (2)
Fátima Cunha Lopes
 
A Agricultura
A AgriculturaA Agricultura
A Agricultura
Maria Adelaide
 
Fluxos urbanos
Fluxos urbanosFluxos urbanos
Fluxos urbanos
Idalina Leite
 
A gestão do espaço marítimo
A gestão do espaço marítimoA gestão do espaço marítimo
A gestão do espaço marítimo
Oxana Marian
 
Algarve - Região Agrária
Algarve - Região Agrária Algarve - Região Agrária
Algarve - Região Agrária
Miguel Sargento
 
A Agricultura
A AgriculturaA Agricultura
A Agricultura
Diogo Mateus
 
Portugal
PortugalPortugal
O mundo rural em portugal e seus fatores
O mundo rural em portugal e seus fatoresO mundo rural em portugal e seus fatores
O mundo rural em portugal e seus fatores
Cacilda Basto
 
Minho/Douro Litoral/Trás-os-Montes
Minho/Douro Litoral/Trás-os-MontesMinho/Douro Litoral/Trás-os-Montes
Minho/Douro Litoral/Trás-os-Montes
ceusemedo
 
Pesca
PescaPesca
Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina
Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa VicentinaParque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina
Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina
Pedro Peixoto
 
Principais problemas e soluções sociodemográficos
Principais problemas e soluções sociodemográficosPrincipais problemas e soluções sociodemográficos
Principais problemas e soluções sociodemográficos
Ilda Bicacro
 
Douro Vasco Fim
Douro Vasco FimDouro Vasco Fim
Douro Vasco Fim
FloraCosta
 
Turismo
TurismoTurismo
Recursos hídricos2
Recursos hídricos2Recursos hídricos2
Recursos hídricos2
manjosp
 
Parque Natural do Tejo Internacional
Parque Natural do Tejo InternacionalParque Natural do Tejo Internacional
Parque Natural do Tejo Internacional
Pedro Peixoto
 

Mais procurados (20)

Habitats Serra de Estrela
Habitats Serra de EstrelaHabitats Serra de Estrela
Habitats Serra de Estrela
 
Turismo Cinegético
Turismo CinegéticoTurismo Cinegético
Turismo Cinegético
 
As fragilidades dos sistemas agrários
As fragilidades dos sistemas agráriosAs fragilidades dos sistemas agrários
As fragilidades dos sistemas agrários
 
A Especificidade do Clima em Portugal
A Especificidade do Clima em PortugalA Especificidade do Clima em Portugal
A Especificidade do Clima em Portugal
 
Funções urbanas (2)
Funções urbanas (2)Funções urbanas (2)
Funções urbanas (2)
 
A Agricultura
A AgriculturaA Agricultura
A Agricultura
 
Fluxos urbanos
Fluxos urbanosFluxos urbanos
Fluxos urbanos
 
A gestão do espaço marítimo
A gestão do espaço marítimoA gestão do espaço marítimo
A gestão do espaço marítimo
 
Algarve - Região Agrária
Algarve - Região Agrária Algarve - Região Agrária
Algarve - Região Agrária
 
A Agricultura
A AgriculturaA Agricultura
A Agricultura
 
Portugal
PortugalPortugal
Portugal
 
O mundo rural em portugal e seus fatores
O mundo rural em portugal e seus fatoresO mundo rural em portugal e seus fatores
O mundo rural em portugal e seus fatores
 
Minho/Douro Litoral/Trás-os-Montes
Minho/Douro Litoral/Trás-os-MontesMinho/Douro Litoral/Trás-os-Montes
Minho/Douro Litoral/Trás-os-Montes
 
Pesca
PescaPesca
Pesca
 
Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina
Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa VicentinaParque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina
Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina
 
Principais problemas e soluções sociodemográficos
Principais problemas e soluções sociodemográficosPrincipais problemas e soluções sociodemográficos
Principais problemas e soluções sociodemográficos
 
Douro Vasco Fim
Douro Vasco FimDouro Vasco Fim
Douro Vasco Fim
 
Turismo
TurismoTurismo
Turismo
 
Recursos hídricos2
Recursos hídricos2Recursos hídricos2
Recursos hídricos2
 
Parque Natural do Tejo Internacional
Parque Natural do Tejo InternacionalParque Natural do Tejo Internacional
Parque Natural do Tejo Internacional
 

Semelhante a Paul do boquilobo

parque natural do vale do guadiana
parque natural do vale do guadianaparque natural do vale do guadiana
parque natural do vale do guadiana
AnaGomes40
 
Biodiversidade Brasileira
Biodiversidade BrasileiraBiodiversidade Brasileira
Biodiversidade Brasileira
Fabiano M. Salvatore
 
Fauna brasileira
Fauna brasileiraFauna brasileira
Fauna brasileira
cjopa
 
Rom
RomRom
Ria formosa
Ria formosaRia formosa
Ria formosa
David Costa DC
 
Trabalho de ap
Trabalho de apTrabalho de ap
Trabalho de ap
marianasantosj
 
Ciencias naturais 3
Ciencias naturais 3Ciencias naturais 3
Ciencias naturais 3
António Teixeira
 
Biomas cerrado-2
Biomas   cerrado-2Biomas   cerrado-2
Biomas cerrado-2
Vinícius Nonato
 
Animais Em Vias De ExtinçãO
Animais Em Vias De ExtinçãOAnimais Em Vias De ExtinçãO
Animais Em Vias De ExtinçãO
fabiobelchior
 
Animais Em Vias De ExtinçãO
Animais Em Vias De ExtinçãOAnimais Em Vias De ExtinçãO
Animais Em Vias De ExtinçãO
fabiobelchior
 
Pantanal
PantanalPantanal
Pantanal
guestf48f9
 
Pantanal
PantanalPantanal
Pantanal
liz.cobolina
 
Pantanal
PantanalPantanal
Pantanal
liz.cobolina
 
Ria Formosa
Ria FormosaRia Formosa
Ria Formosa
LeonardoVelho2
 
Animais em extinção
Animais em extinçãoAnimais em extinção
Animais em extinção
AGRT8C5111922
 
Animais em extinção
Animais em extinçãoAnimais em extinção
Animais em extinção
AGRT8C5111922
 
AULA - BIOMAS - PARTE 1
AULA - BIOMAS -  PARTE 1AULA - BIOMAS -  PARTE 1
AULA - BIOMAS - PARTE 1
ProfessorLucas2
 
A biodiversidade da fauna e da flora.
A biodiversidade da fauna e da flora. A biodiversidade da fauna e da flora.
A biodiversidade da fauna e da flora.
Gabriela Calixto
 
A biodiversidade da fauna e da flora.
A biodiversidade da fauna e da flora. A biodiversidade da fauna e da flora.
A biodiversidade da fauna e da flora.
Gabriela Calixto
 
AULA - BIOMAS - PARTE 1 - MATERIAL COMPLEMENTAR.pdf
AULA - BIOMAS -  PARTE 1 - MATERIAL COMPLEMENTAR.pdfAULA - BIOMAS -  PARTE 1 - MATERIAL COMPLEMENTAR.pdf
AULA - BIOMAS - PARTE 1 - MATERIAL COMPLEMENTAR.pdf
ProfessorLucas2
 

Semelhante a Paul do boquilobo (20)

parque natural do vale do guadiana
parque natural do vale do guadianaparque natural do vale do guadiana
parque natural do vale do guadiana
 
Biodiversidade Brasileira
Biodiversidade BrasileiraBiodiversidade Brasileira
Biodiversidade Brasileira
 
Fauna brasileira
Fauna brasileiraFauna brasileira
Fauna brasileira
 
Rom
RomRom
Rom
 
Ria formosa
Ria formosaRia formosa
Ria formosa
 
Trabalho de ap
Trabalho de apTrabalho de ap
Trabalho de ap
 
Ciencias naturais 3
Ciencias naturais 3Ciencias naturais 3
Ciencias naturais 3
 
Biomas cerrado-2
Biomas   cerrado-2Biomas   cerrado-2
Biomas cerrado-2
 
Animais Em Vias De ExtinçãO
Animais Em Vias De ExtinçãOAnimais Em Vias De ExtinçãO
Animais Em Vias De ExtinçãO
 
Animais Em Vias De ExtinçãO
Animais Em Vias De ExtinçãOAnimais Em Vias De ExtinçãO
Animais Em Vias De ExtinçãO
 
Pantanal
PantanalPantanal
Pantanal
 
Pantanal
PantanalPantanal
Pantanal
 
Pantanal
PantanalPantanal
Pantanal
 
Ria Formosa
Ria FormosaRia Formosa
Ria Formosa
 
Animais em extinção
Animais em extinçãoAnimais em extinção
Animais em extinção
 
Animais em extinção
Animais em extinçãoAnimais em extinção
Animais em extinção
 
AULA - BIOMAS - PARTE 1
AULA - BIOMAS -  PARTE 1AULA - BIOMAS -  PARTE 1
AULA - BIOMAS - PARTE 1
 
A biodiversidade da fauna e da flora.
A biodiversidade da fauna e da flora. A biodiversidade da fauna e da flora.
A biodiversidade da fauna e da flora.
 
A biodiversidade da fauna e da flora.
A biodiversidade da fauna e da flora. A biodiversidade da fauna e da flora.
A biodiversidade da fauna e da flora.
 
AULA - BIOMAS - PARTE 1 - MATERIAL COMPLEMENTAR.pdf
AULA - BIOMAS -  PARTE 1 - MATERIAL COMPLEMENTAR.pdfAULA - BIOMAS -  PARTE 1 - MATERIAL COMPLEMENTAR.pdf
AULA - BIOMAS - PARTE 1 - MATERIAL COMPLEMENTAR.pdf
 

Mais de Alexandre Vilão

Chris froome
Chris froomeChris froome
Chris froome
Alexandre Vilão
 
Droga
DrogaDroga
Drogas
DrogasDrogas
António de oliveira salazar
António de oliveira salazarAntónio de oliveira salazar
António de oliveira salazar
Alexandre Vilão
 
Lunas en uruguay
Lunas en uruguayLunas en uruguay
Lunas en uruguay
Alexandre Vilão
 
Los luneros regresaron a la reserva y se acostaron pronto
Los luneros regresaron a la reserva y se acostaron prontoLos luneros regresaron a la reserva y se acostaron pronto
Los luneros regresaron a la reserva y se acostaron pronto
Alexandre Vilão
 
Folheto de geografia
Folheto de geografiaFolheto de geografia
Folheto de geografia
Alexandre Vilão
 
A evolução dos modelos atómicos
A evolução dos modelos atómicosA evolução dos modelos atómicos
A evolução dos modelos atómicos
Alexandre Vilão
 
Led
LedLed
Trabalho de filosofia: Filme A onda
Trabalho de filosofia: Filme A ondaTrabalho de filosofia: Filme A onda
Trabalho de filosofia: Filme A onda
Alexandre Vilão
 
8 b alex bia vasco e sergio
8 b alex bia vasco e sergio8 b alex bia vasco e sergio
8 b alex bia vasco e sergio
Alexandre Vilão
 
o ulisses
o ulisseso ulisses
o ulisses
Alexandre Vilão
 
O tabagismo
O tabagismoO tabagismo
O tabagismo
Alexandre Vilão
 
O palácio de queluz
O palácio de queluzO palácio de queluz
O palácio de queluz
Alexandre Vilão
 
25 de abril de 1974
25 de abril de 197425 de abril de 1974
25 de abril de 1974
Alexandre Vilão
 
Resistência1 (4)
Resistência1 (4)Resistência1 (4)
Resistência1 (4)
Alexandre Vilão
 

Mais de Alexandre Vilão (16)

Chris froome
Chris froomeChris froome
Chris froome
 
Droga
DrogaDroga
Droga
 
Drogas
DrogasDrogas
Drogas
 
António de oliveira salazar
António de oliveira salazarAntónio de oliveira salazar
António de oliveira salazar
 
Lunas en uruguay
Lunas en uruguayLunas en uruguay
Lunas en uruguay
 
Los luneros regresaron a la reserva y se acostaron pronto
Los luneros regresaron a la reserva y se acostaron prontoLos luneros regresaron a la reserva y se acostaron pronto
Los luneros regresaron a la reserva y se acostaron pronto
 
Folheto de geografia
Folheto de geografiaFolheto de geografia
Folheto de geografia
 
A evolução dos modelos atómicos
A evolução dos modelos atómicosA evolução dos modelos atómicos
A evolução dos modelos atómicos
 
Led
LedLed
Led
 
Trabalho de filosofia: Filme A onda
Trabalho de filosofia: Filme A ondaTrabalho de filosofia: Filme A onda
Trabalho de filosofia: Filme A onda
 
8 b alex bia vasco e sergio
8 b alex bia vasco e sergio8 b alex bia vasco e sergio
8 b alex bia vasco e sergio
 
o ulisses
o ulisseso ulisses
o ulisses
 
O tabagismo
O tabagismoO tabagismo
O tabagismo
 
O palácio de queluz
O palácio de queluzO palácio de queluz
O palácio de queluz
 
25 de abril de 1974
25 de abril de 197425 de abril de 1974
25 de abril de 1974
 
Resistência1 (4)
Resistência1 (4)Resistência1 (4)
Resistência1 (4)
 

Paul do boquilobo

  • 2. Classificação e Caracterização O Paul do Boquilobo é o maior ecossistema aquático representativo de zonas húmidas interiores. Esta Área Protegida alberga uma importante colónia de garças, de colhereiros e outras espécies vindas em parte do continente africano. O Paul do Boquilobo alberga o mais significativo garçal do território português e é importante local de concentração para espécies invernantes, nomeadamente, patos. Único local nacional em que se reproduz o zarro-comum Aythya ferina, mantendo uma população que chega a ultrapassar 75 % do total de indivíduos invernantes em Portugal, e um dos poucos com potencial para a nidificação da gaivina-dos-pauis Chlidonias hybrida. É um dos principais refúgios da piadeira Anas penelope e do pato-trombeteiro Anas clypeata, para além das outras espécies de anatídeos que ocorrem no território nacional. É ponto de passagem de passeriformes migradores e outras aves.
  • 3. Fauna No Paul do Boquilobo foram inventariadas 16 espécies de peixes, 11 espécies de répteis, 13 espécies de anfíbios, 27 espécies de mamíferos e foram observadas cerca de 221 espécies de aves. Na comunidade piscícola, realça-se, pela sua abundância, a enguia Anguilla anguilla, a fataça Lisa ramada e espécies introduzidas como a carpa Cyprinus carpio e a gambúsia Gambusia holbrooki que apresenta caráter invasor. Destaca-se a presença de ruivaco Rutilus macrolepidotus juntamente com a boga-portuguesa Iberochondrostoma lusitanicum que apresentam grande relevância em termos de conservação da natureza por constituírem endemismos lusitânicos. Entre as espécies introduzidas salienta-se a presença de um crustáceo, o lagostim-vermelho da Louisiana Procambarus clarkii, espécie não indígena, cuja dinâmica populacional conjuntamente com as características físicas do meio (excelentes locais de abrigo), favorecem o seu caráter invasor.
  • 4. Fauna - Espécies Cágado-de-carapaça-estriada garça-real texugo Meles meles Macho de rouxinol-grande- dos-caniços rã-verde Lagostim-vermelho da Louisiana
  • 5. Fauna - Espécies macho de piadeira colhereiro peneireiro-cinzento Macho de marrequinha
  • 6. Flora Na reserva Natural do Paul do Boquilobo foram identificadas 317 espécies, verificando-se que a maioria está bem adaptada à falta de arejamento do solo, característica de zonas húmidas. Na Reserva Natural do Paul do Boquilobo as formações vegetais são dominadas por espécies associadas a ambientes húmidos, verificando-se variações na sua distribuição consoante o regime hídrico.
  • 7. Flora – Espécies Invasor jacinto-de-água Lírio-amarelo-dos- pântanos A malcasada Bunho Salgueiros Tamargueira ou Tamariz
  • 8. Clima O clima caracteriza-se por constituir uma peculiar transição entre as condições mediterrânicas e atlânticas, sendo por isso húmido, de temperaturas médias e com grande deficiência de água no verão. O Paul do Boquilobo localiza-se sobre depósitos Quaternários da Bacia Mesocenosóica do Tejo, abrangendo aluviões Olocénicos, bem como áreas dos terraços fluviais Plistócenicos designados por Charneca (cotas mais elevadas) ou Espargal (cotas mais baixas). Geologia