SlideShare uma empresa Scribd logo
Os Sete Pilares da Sabedoria
- A arte da sabedoria e da liderança
Manuel Teixeira et al | 2010
Manuel Teixeira - 20102
O homem é mortal pelos seus
temores e imortal pelos seus
desejos.
Pitágoras
Grécia Antiga, [-600--480], Matemático
Manuel Teixeira - 20103
Todos os homens sonham, mas não da mesma
forma. Os que sonham de noite, nos recessos
poeirentos das suas mentes, acordam de manhã
para verem que tudo, afinal, não passava de
vaidade.
Mas os que sonham acordados, esses são
homens perigosos, pois realizam os seus
sonhos de olhos abertos, tornando-os possíveis.
— T.E. Lawrence, Os Sete Pilares da Sabedoria.
Os 7 pilares da Sabedoria
 Pilar #1 – O tempo
 Pilar #2 – A experiência da vida
reflexiva
 Pilar #3 – Dar sentido á ambiguidade
 Pilar #4 – Decidir com bom senso
 Pilar #5 – Viver a vida com pragmatismo
 Pilar #6 – Ser Empático
 Pilar #7 – Ter maturidade Emocional
Pilar #1 – O tempo
A Sabedoria tem uma perspectiva madura sobre o tempo, vendo o tempo como o
recurso mais precioso de todos. O Tempo fornece espaço para fazer escolhas
sábias na vida da liderança. Sem tempo as decisões são apressadas e as
oportunidades perdidas. A sabedoria também equilibra o passado, presente e
futuro.
"Space you can recover, time never."
Napoleon Bonaparte
• Onde aplica grande parte do seu tempo de pensar?
• Os guardas de Nelson Mandela: o perdão não altera o
passado, mas vai ampliar o futuro.
• Melhorar a sua organização pessoal. Um dia para se
organizar
• Aplicar o princípio 80-20 (Pareto)
• Engula o sapo (mas não olhar para ele muito tempo)
• Dizer não para melhor gerir o seu tempo
Onde aplica grande parte do seu tempo de
pensar?
Qual a percentagem do
seu tempo de pensar é
gasto no passado,
presente e futuro? Não
deixe que o seu passado
se torne no seu futuro.
Os guardas de Nelson Mandela: o perdão não
altera o passado, mas alarga o futuro.
Não é possível alterar o
passado, mas as nossas
atitudes sobre ele, podem.
Melhorar a sua organização pessoal. Um dia
para se organizar
Um dia para se organizar.
Pensar e planear com
antecedência, e em
seguida, arranje um
espaço na sua agenda
para "tirar um dia".
Aplicar o princípio 80-20 (Pareto)
Se 80% dos seus resultados
provêem de 20% dos seus
esforços, onde está a direccionar
os seus esforços? Sabe quais 20%
dos seus esforços estão a gerar os
80% dos seus retornos? Quais os 3
principais objectivos
fundamentalmente importantes
para si e o seu sucesso de
liderança?
Engula o sapo (mas não olhar muito tempo
para ele)
Faça as coisas difíceis
primeiro. Faça-o antes
das actividades mais
agradáveis e
interessantes.
Dizer não para melhor gerir o seu tempo
Use o poder do "não": não
pegar cada bola que os outros
lançam na sua direcção. Não
sentir a pressão de encaixar
todas as exigências que os
outros dirijam a si. Defina as
suas próprias expectativas e
exigências.
Pilar #2 – A experiência da vida reflexiva
Experiência sem a reflexão, que olha para identificar o que tem e o que não
tem funcionado, corre o risco de repetir os mesmos erros e deixar de
explorar oportunidades para melhorar. E reflexão, sem o fundamento da
experiência é como especular sobre o que poderia ser bom na teoria e
possível em princípio e não o que é capaz de realmente fazer na prática.
"Se ler o livro da sabedoria quando for ainda muito
jovem, não fará muito sentido. Você tem que viver
através de algo para o compreender correctamente."
Guy Browning
• Reveja os seus sucessos e insucessos.
• Celebre os casos de sucesso, assim como os de
insucesso.
• As guerras são ganhas no campo de batalha e não nos
escritórios e nas salas de reuniões.
• Experimente, conduza, teste e afine.
• Agende tempo e espaço para pensar.
• Conheça o seu cliente futuro.
Reveja os seus sucessos e insucessos.
Analise os sucessos e
fracassos que o tem
surpreendido. Porque é que
algo funciona muito melhor do
que o previsto? E porque é
que algo que pensou irá
funcionar mal?
Celebre os casos de sucesso, assim como os
de insucesso.
Apresentações, conferências,
artigos e livros a demonstrar
sucesso. Todos nós queremos
saber o que funciona bem e
descobrir as razões. Mas essas
histórias de sucesso são altamente
selectivas. Talvez sejamos mais
abertos na discussão da falha.
As guerras são ganhas no campo de batalha e
não nos gabinetes e nas salas de reuniões.
Veja e analise o
como e onde está a
gastar o seu tempo!
Experimente, conduza, teste e afine.
A táctica de “tentativa e
erro” supera o
planeamento de muitos
intelectos iluminados.
Experimentar, pilotar,
avaliar e lançar.
Agende tempo e espaço para pensar.
Gira a sua agenda
assertivamente de modo a
encontrar tempo e espaço
para pensar. Assumir como
regra e retirar uma hora a
cada semana para “o
pensamento sábio", metade
de um dia por mês e um dia
em cada trimestre.
Conheça o seu cliente futuro.
Uma obsessão com o
serviço ao cliente é
louvável. Mas pode ser
perigoso para o bem estar
a longo prazo da
organização.
Pilar #3 – Dar sentido á ambiguidade
Dogmatismo facilita a vida da liderança. Pelo menos a curto prazo. Porque
os problemas são simples e as soluções também. O dogmatismo fornece
essa confiança para enfrentar qualquer desafio de liderança com convicção.
"O trabalho do líder não é apenas para tomar decisões, é
também para fazer sentido". John Seely Brown, ex-chefe do
Xerox PARC
• Pratique uma gestão baseada na
evidência
• Keeping it simple – manter as coisas
simples (KISS)
• Repita muitas vezes a mesma história
• Faça um desenho
Pratique uma gestão baseada na
evidência
Saiba como chegar até
aos factos através da
investigação e
avaliação sistemática.
Keeping it simple – manter as coisas
simples (KISS)
"Estratégias simples
são a melhor barreira
à imitação".
Repita muitas vezes a mesma história
Como George
Bernard Shaw
afirmou: "o perigo na
comunicação é a
ilusão de que ela foi
um sucesso".
Faça um desenho!
Não confie em metas
financeiras ou
métricas
operacionais para
motivar os outros.
Pilar #4 – Decidir com bom senso
Uma liderança sustentada sabe quando as decisões têm de ser feitas e
quando esperar e deixar que os eventos se desenvolvam até a um
determinado ponto de compromisso.
"Estratégia = tradeoffs. É tudo sobre como fazer
escolhas. " Michael Porter
• Pense estrategicamente
• Priorize potenciais futuros
• Encoraje o desacordo
• O teste dos 5 porquês para chegar ao
problema
• Tenha sempre um plano de recurso
Pense estrategicamente!
Pensar estrategicamente, mas
não perca tempo em
S.P.O.T.S. * (planos
estratégicos na prateleira
superior). Uma boa estratégia
é simples, distintiva e pode
ser resumida numa única
página.
* Strategic Plans On Top
Shelves.
Priorize potenciais futuros
Priorize a ideias para
que se possa
concentrar naquelas
com mais potencial.
Encoraje o desacordo
Se a sua equipa está
sempre em total acordo
com todos e cada um
dos seus planos…
preste atenção! É
porque tem um
problema!
O teste dos 5 porquês para chegar ao
problema
O teste dos 5 porquês: a
causa subjacente à causa.
Veja sempre mais abaixo o
sintoma para identificar o que
está realmente por detrás o
problema. Geralmente requer
5 passos (não continuar a
perguntar para além deste
nível).
Tenha sempre um plano de recurso
Pense:
…e se?
Pilar #5 – Viver a vida com pragmatismo
Líderes sábios trabalham a vida dos negócios “tal como as coisas são" e não
como deveriam ser. A sabedoria tem ideais fundamentadas nos profundos
imperativos éticos, mas também reconhece a necessidade de conduzir e
gerir num mundo que é tudo menos do que perfeito.
Senso-comum num grau incomum é que o mundo
chama de sabedoria". Samuel Taylor Coleridge
• O pragmatismo da implementação
• Os 3 quem? da tomada de decisão
• A regra 90-10 da negociação
• Argumentos que não pode vencer
O pragmatismo da implementação
O planeamento é
indispensável, mas os
planos são
dispensáveis.
Os 3 quem? da tomada de decisão
Antes de embarcar numa
decisão importante,
pergunte:
• quem se importa?
• quem sabe?
• quem pode?
A regra 90-10 da negociação
90% de todas as negociações são
determinadas nos primeiros 10%
da negociação. Os outros 90% do
tempo são necessários para
liquidar os últimos 10% dos
detalhes. E os 90% são
determinados por:
1. Gosto da outra parte?
2. A outra parte gosta de mim?
3. Gosto da ideia?
Argumentos que não pode vencer
Não ganhe um argumento que
não pode ganhar. Até pode
ganhar os pontos do debate,
mas no processo, pode fazer
com que um adversário
importante se sinta insensato
e humilhado.
Pilar #6 – Ser Empático
As pessoas pensam, sentem e se comportam de formas confusas e
contraditórias. Líderes sábios compreendem a complexidade da natureza
humana e a psicologia individual, reconhecendo as semelhanças
fundamentais que se conectam a todos nós e também as diferenças
importantes que nos tornam, a cada um, únicos.
"Os líderes que trabalham da forma mais eficaz, nunca parecem dizer
‘eu'. Eles pensam “nós”, eles pensam “equipa”. Eles aceitam a
responsabilidade e não a põe de lado, e o “nós” obtém a
recompensa.... Isto é o que cria confiança, o que permite que você
obtenha a tarefa feita. " Peter Drucker”
• As regras da verdade
• A lei de Warhol e o poder do silêncio
• A maneira mais rápida de “chatear” alguém
• Nunca diga a coisa da maneira como ela é
• “Caminhar com os sapatos do outro”
• A regra de Mark McCormack para o “team
building”
As regras da verdade
• Aloque tempo suficiente.
• Não quebre confidências.
• Não seja demasiado rápido para
desistir.
• Não peça demasiados favores.
• Lembre-se de eventos
importantes na vida das outras
pessoas.
A lei de Warhol e o poder do silêncio
"Eu aprendi que, de
facto, tenho mais
poder quando estou
calado".
A maneira mais rápida de “chatear”
alguém
"A maneira mais rápida de
chatear alguém é não
valorizar o seu trabalho”.
Assim quando pediu a
alguém para preparar uma
apresentação de 50 minutos,
peça-lhes depois que a
façam em 5.
Nunca diga a coisa da maneira como
ela é
Ninguém quer ouvir “a coisa"
tal como ela é. As pessoas
querem ouvir “a coisa" de
uma forma que tenha
impacto na sua posição,
caso seja um caso válido.
“Caminhar com os sapatos do outro”
Se a escuta activa é
difícil a empatia real é
ainda mais
desafiadora.
A regra de Mark McCormack para o
“team building”
Construir uma equipa forte
em que a sua progressão na
carreira aumenta as opções
de carreira para a equipa e o
seu (da equipa)
desenvolvimento de carreira
suporta os seus próprios
objectivos de carreira.
Pilar #7 – Ter maturidade Emocional
As nossas emoções podem actuar como filtros, distorcendo a realidade dos
desafios que enfrentamos. Projectamos os nossos próprios medos e
inseguranças para situações da vida. Ou podemos negar a existência de
ameaças em potencial, encontrando racionalização para fingir para nós próprios
que está tudo bem. Em qualquer cenário, acabamos por tomar decisões pobres
em termos de liderança.
“O Ego é o item invisível na demonstração dos lucros e das perdas de
cada empresa". D Vitsin & S Smith "Egonomics"
• Para progredir é necessário fazer mudanças
• Os 3 Hs da maturidade emocional
• Repare na sua linguagem corporal
• Os outros não conseguem ler a sua mente
• Os sinais quando os níveis de stress estão a subir
• Quanto vezes dá umas gargalhadas?
Para progredir é necessário fazer
mudanças
Se você não está a
cometer erros, então não
está a fazer progressos.
Sucesso imediato é muito
raro.
Os 3 H’s da maturidade emocional
Se combina humildade,
humanidade e humor na
sua visão de liderança,
está no caminho certo ao
desenvolver a inteligência
emocional na direcção da
zona de sabedoria.
Repare na sua linguagem corporal
Você não pode motivar os
outros se a sua linguagem
corporal indica que você está
mais interessado em si
mesmo, ou de estar noutro
lugar. Estabelecer contacto
com os olhos, sorrir, escutar,
descruzar os braços. Abra-
se!
Os outros não conseguem ler a sua mente
Ninguém consegue ler a sua
mente. Deve expressar os seus
sentimentos abertamente, mas de
uma forma positiva para explicar o
que é que você quer mas que é
diferente e melhor. Certifique-se
que levanta questões de uma
forma prática e para encontrar
soluções que sejam do interesse
de todos.
Os sinais quando o stress está a subir
Ler os sinais quando sobem os níveis de
stress. Os indicadores são:
Excesso: comer ou beber muito, gastar
desmesuradamente
Negação: recusando-se a aceitar o que toda
a gente pode ver, “já não ouve”.
Racionalização: encontrar "razões" para
explicar as suas acções e "justificar" o seu
comportamento
Retiro: evitar certas situações e despender
cada vez mais tempo em seu próprio
benefício.
Quanto vezes dá umas gargalhadas?
Ria. Mantenha o seu sentido de humor.
Não se torne tão enredado com a
intensidade da sua agenda ou sentido de
auto-importância sobre as prioridades de
trabalho, ao ponto de não ver as ironias e
paradoxos da vida organizacional. O humor
requer relaxamento e prontidão para “ver” a
ambiguidade e absurdo. Se não está a rir
muito ultimamente, isso pode querer dizer
que está a precisar de umas férias.
Referências
 Apresentação elaborada com apoio de Andrew
Munro (MA, C Psychol) -“The Art of Leadership
Wisdom“.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Antero de Quental.docx
Antero de Quental.docxAntero de Quental.docx
Antero de Quental.docx
silviaelisabete
 
O trabalho e as novas tecnologias
O trabalho e as novas tecnologiasO trabalho e as novas tecnologias
O trabalho e as novas tecnologias
Joana Costa
 
Inteligência Artificial
Inteligência ArtificialInteligência Artificial
Inteligência Artificial
NEO Empresarial
 
Gerenciamento de Tarefas
Gerenciamento de TarefasGerenciamento de Tarefas
Gerenciamento de Tarefas
Fernando Bueno
 
Inteligência artificial filosofia
Inteligência artificial   filosofiaInteligência artificial   filosofia
Inteligência artificial filosofia
guestbdb4ab6
 
Teste 4_contos_12ºA_online.pdf
Teste 4_contos_12ºA_online.pdfTeste 4_contos_12ºA_online.pdf
Teste 4_contos_12ºA_online.pdf
CarlosBatista883613
 
Ulisses
UlissesUlisses
Ulisses
Deryk Rion
 
Gestao do tempo e organizacao do trabalho
Gestao do tempo e organizacao do trabalhoGestao do tempo e organizacao do trabalho
Gestao do tempo e organizacao do trabalho
INSTITUTO MVC
 
A cidade e as serras
A cidade e as serrasA cidade e as serras
A cidade e as serras
Cláudia Heloísa
 
Observação em contexto educativo - pré-escolar
Observação em contexto educativo - pré-escolarObservação em contexto educativo - pré-escolar
Observação em contexto educativo - pré-escolar
Rita Brito
 
A Cidade e as Serras
A Cidade e as SerrasA Cidade e as Serras
A Cidade e as Serras
vpaganatto
 
Gestão do tempo e organização do trabalho
Gestão do tempo e organização do trabalhoGestão do tempo e organização do trabalho
Gestão do tempo e organização do trabalho
Isabel Grazina
 
Os ovos misteriosos
Os ovos misteriososOs ovos misteriosos
Os ovos misteriosos
aasf
 
Uma aventura
Uma aventuraUma aventura
Uma aventura
Constantino Alves
 
.
..
Vida e obra de cesário verde
Vida e obra de cesário verdeVida e obra de cesário verde
Vida e obra de cesário verde
MariaVerde1995
 
Corpo humana powerpoint
Corpo humana powerpointCorpo humana powerpoint
Corpo humana powerpoint
rvanessarebelo
 
Hume.pptx
Hume.pptxHume.pptx
O gato preto - Edgar Allan Poe
O gato preto - Edgar Allan PoeO gato preto - Edgar Allan Poe
O gato preto - Edgar Allan Poe
Priscila Hilária
 
Reis Magos e tradições de Natal
Reis Magos e tradições de NatalReis Magos e tradições de Natal
Reis Magos e tradições de Natal
vera martins
 

Mais procurados (20)

Antero de Quental.docx
Antero de Quental.docxAntero de Quental.docx
Antero de Quental.docx
 
O trabalho e as novas tecnologias
O trabalho e as novas tecnologiasO trabalho e as novas tecnologias
O trabalho e as novas tecnologias
 
Inteligência Artificial
Inteligência ArtificialInteligência Artificial
Inteligência Artificial
 
Gerenciamento de Tarefas
Gerenciamento de TarefasGerenciamento de Tarefas
Gerenciamento de Tarefas
 
Inteligência artificial filosofia
Inteligência artificial   filosofiaInteligência artificial   filosofia
Inteligência artificial filosofia
 
Teste 4_contos_12ºA_online.pdf
Teste 4_contos_12ºA_online.pdfTeste 4_contos_12ºA_online.pdf
Teste 4_contos_12ºA_online.pdf
 
Ulisses
UlissesUlisses
Ulisses
 
Gestao do tempo e organizacao do trabalho
Gestao do tempo e organizacao do trabalhoGestao do tempo e organizacao do trabalho
Gestao do tempo e organizacao do trabalho
 
A cidade e as serras
A cidade e as serrasA cidade e as serras
A cidade e as serras
 
Observação em contexto educativo - pré-escolar
Observação em contexto educativo - pré-escolarObservação em contexto educativo - pré-escolar
Observação em contexto educativo - pré-escolar
 
A Cidade e as Serras
A Cidade e as SerrasA Cidade e as Serras
A Cidade e as Serras
 
Gestão do tempo e organização do trabalho
Gestão do tempo e organização do trabalhoGestão do tempo e organização do trabalho
Gestão do tempo e organização do trabalho
 
Os ovos misteriosos
Os ovos misteriososOs ovos misteriosos
Os ovos misteriosos
 
Uma aventura
Uma aventuraUma aventura
Uma aventura
 
.
..
.
 
Vida e obra de cesário verde
Vida e obra de cesário verdeVida e obra de cesário verde
Vida e obra de cesário verde
 
Corpo humana powerpoint
Corpo humana powerpointCorpo humana powerpoint
Corpo humana powerpoint
 
Hume.pptx
Hume.pptxHume.pptx
Hume.pptx
 
O gato preto - Edgar Allan Poe
O gato preto - Edgar Allan PoeO gato preto - Edgar Allan Poe
O gato preto - Edgar Allan Poe
 
Reis Magos e tradições de Natal
Reis Magos e tradições de NatalReis Magos e tradições de Natal
Reis Magos e tradições de Natal
 

Semelhante a Os sete pilares da sabedoria

Slides sobre liderança e gestão de pessoas
Slides sobre liderança e gestão de pessoasSlides sobre liderança e gestão de pessoas
Slides sobre liderança e gestão de pessoas
PaulaSandoval55
 
Alexandre Rangel O Que Podemos Aprender Com Os Gansos 2
Alexandre Rangel   O Que Podemos Aprender Com Os Gansos 2Alexandre Rangel   O Que Podemos Aprender Com Os Gansos 2
Alexandre Rangel O Que Podemos Aprender Com Os Gansos 2
camilarossi
 
classe Biblica Para Juvenis
classe Biblica Para Juvenisclasse Biblica Para Juvenis
classe Biblica Para Juvenis
Clube de Lideres Online
 
Tornando Se Um Lider De Sucesso
Tornando Se Um Lider De SucessoTornando Se Um Lider De Sucesso
Tornando Se Um Lider De Sucesso
Clube de Lideres Online
 
Sete lições sobre liderança cristã
Sete lições sobre liderança cristãSete lições sobre liderança cristã
Sete lições sobre liderança cristã
Mário Souza
 
Inteligência Emocional na Liderança
Inteligência Emocional na LiderançaInteligência Emocional na Liderança
Inteligência Emocional na Liderança
Ismael
 
Manual de motivacao
Manual de motivacaoManual de motivacao
Manual de motivacao
alinebsnunes
 
EMPREGABILIDADE - 20 dicas para se dar bem na dinâmica de grupo
EMPREGABILIDADE - 20 dicas para se dar bem na dinâmica de grupoEMPREGABILIDADE - 20 dicas para se dar bem na dinâmica de grupo
EMPREGABILIDADE - 20 dicas para se dar bem na dinâmica de grupo
Wandick Rocha de Aquino
 
Aula 3_marketing pessoal.pptx
Aula 3_marketing pessoal.pptxAula 3_marketing pessoal.pptx
Aula 3_marketing pessoal.pptx
Eliane Blen
 
Aula 15 administração do tempo
Aula 15   administração do tempoAula 15   administração do tempo
Aula 15 administração do tempo
Luiz Siles
 
Competências de uma_Líder_de_Sucesso - Dicas_Práticas - Lucia_Choi_e_Mulheres...
Competências de uma_Líder_de_Sucesso - Dicas_Práticas - Lucia_Choi_e_Mulheres...Competências de uma_Líder_de_Sucesso - Dicas_Práticas - Lucia_Choi_e_Mulheres...
Competências de uma_Líder_de_Sucesso - Dicas_Práticas - Lucia_Choi_e_Mulheres...
Lúcia Choi
 
Caracteristicas de um vencedor
Caracteristicas de um vencedorCaracteristicas de um vencedor
Caracteristicas de um vencedor
RUMO CURSOS E TREINAMENTOS
 
Ebook: Como se tornar um Líder
Ebook: Como se tornar um LíderEbook: Como se tornar um Líder
Ebook: Como se tornar um Líder
Fórmula do Diamante
 
Como se tornar um lider
Como se tornar um liderComo se tornar um lider
Como se tornar um lider
Advancerepemp
 
Inteligencia_Emocional_na_Lideranca
Inteligencia_Emocional_na_LiderancaInteligencia_Emocional_na_Lideranca
Inteligencia_Emocional_na_Lideranca
CarlaMCAlmeida
 
Havan lucas e leonardo - a habilidade de influenciar pessoas - 07-08-13
Havan   lucas e leonardo - a habilidade de influenciar pessoas - 07-08-13Havan   lucas e leonardo - a habilidade de influenciar pessoas - 07-08-13
Havan lucas e leonardo - a habilidade de influenciar pessoas - 07-08-13
Evelise Cuesta
 
Os 17 princípios do sucesso
Os 17 princípios do sucessoOs 17 princípios do sucesso
Os 17 princípios do sucesso
Gloria Tellez
 
Planejamento estrategico-pecuaria
Planejamento estrategico-pecuariaPlanejamento estrategico-pecuaria
Planejamento estrategico-pecuaria
Exagro
 
Guia mentalidade-inovadora-v0 compressed
Guia mentalidade-inovadora-v0 compressedGuia mentalidade-inovadora-v0 compressed
Guia mentalidade-inovadora-v0 compressed
Antonio Costa
 
Crescimento pessoal e propósito
Crescimento pessoal e propósitoCrescimento pessoal e propósito
Crescimento pessoal e propósito
Eduardo Klein
 

Semelhante a Os sete pilares da sabedoria (20)

Slides sobre liderança e gestão de pessoas
Slides sobre liderança e gestão de pessoasSlides sobre liderança e gestão de pessoas
Slides sobre liderança e gestão de pessoas
 
Alexandre Rangel O Que Podemos Aprender Com Os Gansos 2
Alexandre Rangel   O Que Podemos Aprender Com Os Gansos 2Alexandre Rangel   O Que Podemos Aprender Com Os Gansos 2
Alexandre Rangel O Que Podemos Aprender Com Os Gansos 2
 
classe Biblica Para Juvenis
classe Biblica Para Juvenisclasse Biblica Para Juvenis
classe Biblica Para Juvenis
 
Tornando Se Um Lider De Sucesso
Tornando Se Um Lider De SucessoTornando Se Um Lider De Sucesso
Tornando Se Um Lider De Sucesso
 
Sete lições sobre liderança cristã
Sete lições sobre liderança cristãSete lições sobre liderança cristã
Sete lições sobre liderança cristã
 
Inteligência Emocional na Liderança
Inteligência Emocional na LiderançaInteligência Emocional na Liderança
Inteligência Emocional na Liderança
 
Manual de motivacao
Manual de motivacaoManual de motivacao
Manual de motivacao
 
EMPREGABILIDADE - 20 dicas para se dar bem na dinâmica de grupo
EMPREGABILIDADE - 20 dicas para se dar bem na dinâmica de grupoEMPREGABILIDADE - 20 dicas para se dar bem na dinâmica de grupo
EMPREGABILIDADE - 20 dicas para se dar bem na dinâmica de grupo
 
Aula 3_marketing pessoal.pptx
Aula 3_marketing pessoal.pptxAula 3_marketing pessoal.pptx
Aula 3_marketing pessoal.pptx
 
Aula 15 administração do tempo
Aula 15   administração do tempoAula 15   administração do tempo
Aula 15 administração do tempo
 
Competências de uma_Líder_de_Sucesso - Dicas_Práticas - Lucia_Choi_e_Mulheres...
Competências de uma_Líder_de_Sucesso - Dicas_Práticas - Lucia_Choi_e_Mulheres...Competências de uma_Líder_de_Sucesso - Dicas_Práticas - Lucia_Choi_e_Mulheres...
Competências de uma_Líder_de_Sucesso - Dicas_Práticas - Lucia_Choi_e_Mulheres...
 
Caracteristicas de um vencedor
Caracteristicas de um vencedorCaracteristicas de um vencedor
Caracteristicas de um vencedor
 
Ebook: Como se tornar um Líder
Ebook: Como se tornar um LíderEbook: Como se tornar um Líder
Ebook: Como se tornar um Líder
 
Como se tornar um lider
Como se tornar um liderComo se tornar um lider
Como se tornar um lider
 
Inteligencia_Emocional_na_Lideranca
Inteligencia_Emocional_na_LiderancaInteligencia_Emocional_na_Lideranca
Inteligencia_Emocional_na_Lideranca
 
Havan lucas e leonardo - a habilidade de influenciar pessoas - 07-08-13
Havan   lucas e leonardo - a habilidade de influenciar pessoas - 07-08-13Havan   lucas e leonardo - a habilidade de influenciar pessoas - 07-08-13
Havan lucas e leonardo - a habilidade de influenciar pessoas - 07-08-13
 
Os 17 princípios do sucesso
Os 17 princípios do sucessoOs 17 princípios do sucesso
Os 17 princípios do sucesso
 
Planejamento estrategico-pecuaria
Planejamento estrategico-pecuariaPlanejamento estrategico-pecuaria
Planejamento estrategico-pecuaria
 
Guia mentalidade-inovadora-v0 compressed
Guia mentalidade-inovadora-v0 compressedGuia mentalidade-inovadora-v0 compressed
Guia mentalidade-inovadora-v0 compressed
 
Crescimento pessoal e propósito
Crescimento pessoal e propósitoCrescimento pessoal e propósito
Crescimento pessoal e propósito
 

Mais de Manuel Teixeira

Plano de transição 4 m´s
Plano de transição 4 m´sPlano de transição 4 m´s
Plano de transição 4 m´s
Manuel Teixeira
 
O Homem Transnacional
O Homem TransnacionalO Homem Transnacional
O Homem Transnacional
Manuel Teixeira
 
Teoria Do Lego
Teoria Do LegoTeoria Do Lego
Teoria Do Lego
Manuel Teixeira
 
Apresentação sustentabilidade resp social_final_ii
Apresentação sustentabilidade resp social_final_iiApresentação sustentabilidade resp social_final_ii
Apresentação sustentabilidade resp social_final_ii
Manuel Teixeira
 
Melhorar os resultados do sector público com o balanced scorecard
Melhorar os resultados do sector público com o balanced scorecardMelhorar os resultados do sector público com o balanced scorecard
Melhorar os resultados do sector público com o balanced scorecard
Manuel Teixeira
 
Atendimento ao cliente mts
Atendimento ao cliente mtsAtendimento ao cliente mts
Atendimento ao cliente mts
Manuel Teixeira
 
Introdução às cobranças
Introdução às cobrançasIntrodução às cobranças
Introdução às cobranças
Manuel Teixeira
 
Tec negociação part_1
Tec negociação part_1Tec negociação part_1
Tec negociação part_1
Manuel Teixeira
 
Filosofia fish
Filosofia fishFilosofia fish
Filosofia fish
Manuel Teixeira
 
10 estratégias para a gestão de fornecedores
10 estratégias para a gestão de fornecedores10 estratégias para a gestão de fornecedores
10 estratégias para a gestão de fornecedores
Manuel Teixeira
 

Mais de Manuel Teixeira (10)

Plano de transição 4 m´s
Plano de transição 4 m´sPlano de transição 4 m´s
Plano de transição 4 m´s
 
O Homem Transnacional
O Homem TransnacionalO Homem Transnacional
O Homem Transnacional
 
Teoria Do Lego
Teoria Do LegoTeoria Do Lego
Teoria Do Lego
 
Apresentação sustentabilidade resp social_final_ii
Apresentação sustentabilidade resp social_final_iiApresentação sustentabilidade resp social_final_ii
Apresentação sustentabilidade resp social_final_ii
 
Melhorar os resultados do sector público com o balanced scorecard
Melhorar os resultados do sector público com o balanced scorecardMelhorar os resultados do sector público com o balanced scorecard
Melhorar os resultados do sector público com o balanced scorecard
 
Atendimento ao cliente mts
Atendimento ao cliente mtsAtendimento ao cliente mts
Atendimento ao cliente mts
 
Introdução às cobranças
Introdução às cobrançasIntrodução às cobranças
Introdução às cobranças
 
Tec negociação part_1
Tec negociação part_1Tec negociação part_1
Tec negociação part_1
 
Filosofia fish
Filosofia fishFilosofia fish
Filosofia fish
 
10 estratégias para a gestão de fornecedores
10 estratégias para a gestão de fornecedores10 estratégias para a gestão de fornecedores
10 estratégias para a gestão de fornecedores
 

Último

(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
Pr Davi Passos - Estudos Bíblicos
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
AlineOliveira625820
 
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
Militao Ricardo
 
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptxDEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
ConservoConstrues
 
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdfsaid edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
ThiagoRORISDASILVA1
 
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Centro Jacques Delors
 
formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...
JakiraCosta
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogiaAVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
KarollayneRodriguesV1
 
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdfAula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
AntonioAngeloNeves
 
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
CarlosJean21
 
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdfMAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
GracinhaSantos6
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
Crisnaiara
 
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdfNorma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Pastor Robson Colaço
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
ARIADNEMARTINSDACRUZ
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
HelenStefany
 
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
AdrianoMontagna1
 
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
MarcoAurlioResende
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Mary Alvarenga
 

Último (20)

(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
 
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
 
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptxDEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
 
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdfsaid edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
 
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
 
formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogiaAVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
 
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdfAula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
 
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
 
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdfMAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
 
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdfNorma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
 
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
 
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
 

Os sete pilares da sabedoria

  • 1. Os Sete Pilares da Sabedoria - A arte da sabedoria e da liderança Manuel Teixeira et al | 2010
  • 2. Manuel Teixeira - 20102 O homem é mortal pelos seus temores e imortal pelos seus desejos. Pitágoras Grécia Antiga, [-600--480], Matemático
  • 3. Manuel Teixeira - 20103 Todos os homens sonham, mas não da mesma forma. Os que sonham de noite, nos recessos poeirentos das suas mentes, acordam de manhã para verem que tudo, afinal, não passava de vaidade. Mas os que sonham acordados, esses são homens perigosos, pois realizam os seus sonhos de olhos abertos, tornando-os possíveis. — T.E. Lawrence, Os Sete Pilares da Sabedoria.
  • 4. Os 7 pilares da Sabedoria  Pilar #1 – O tempo  Pilar #2 – A experiência da vida reflexiva  Pilar #3 – Dar sentido á ambiguidade  Pilar #4 – Decidir com bom senso  Pilar #5 – Viver a vida com pragmatismo  Pilar #6 – Ser Empático  Pilar #7 – Ter maturidade Emocional
  • 5. Pilar #1 – O tempo A Sabedoria tem uma perspectiva madura sobre o tempo, vendo o tempo como o recurso mais precioso de todos. O Tempo fornece espaço para fazer escolhas sábias na vida da liderança. Sem tempo as decisões são apressadas e as oportunidades perdidas. A sabedoria também equilibra o passado, presente e futuro. "Space you can recover, time never." Napoleon Bonaparte • Onde aplica grande parte do seu tempo de pensar? • Os guardas de Nelson Mandela: o perdão não altera o passado, mas vai ampliar o futuro. • Melhorar a sua organização pessoal. Um dia para se organizar • Aplicar o princípio 80-20 (Pareto) • Engula o sapo (mas não olhar para ele muito tempo) • Dizer não para melhor gerir o seu tempo
  • 6. Onde aplica grande parte do seu tempo de pensar? Qual a percentagem do seu tempo de pensar é gasto no passado, presente e futuro? Não deixe que o seu passado se torne no seu futuro.
  • 7. Os guardas de Nelson Mandela: o perdão não altera o passado, mas alarga o futuro. Não é possível alterar o passado, mas as nossas atitudes sobre ele, podem.
  • 8. Melhorar a sua organização pessoal. Um dia para se organizar Um dia para se organizar. Pensar e planear com antecedência, e em seguida, arranje um espaço na sua agenda para "tirar um dia".
  • 9. Aplicar o princípio 80-20 (Pareto) Se 80% dos seus resultados provêem de 20% dos seus esforços, onde está a direccionar os seus esforços? Sabe quais 20% dos seus esforços estão a gerar os 80% dos seus retornos? Quais os 3 principais objectivos fundamentalmente importantes para si e o seu sucesso de liderança?
  • 10. Engula o sapo (mas não olhar muito tempo para ele) Faça as coisas difíceis primeiro. Faça-o antes das actividades mais agradáveis e interessantes.
  • 11. Dizer não para melhor gerir o seu tempo Use o poder do "não": não pegar cada bola que os outros lançam na sua direcção. Não sentir a pressão de encaixar todas as exigências que os outros dirijam a si. Defina as suas próprias expectativas e exigências.
  • 12. Pilar #2 – A experiência da vida reflexiva Experiência sem a reflexão, que olha para identificar o que tem e o que não tem funcionado, corre o risco de repetir os mesmos erros e deixar de explorar oportunidades para melhorar. E reflexão, sem o fundamento da experiência é como especular sobre o que poderia ser bom na teoria e possível em princípio e não o que é capaz de realmente fazer na prática. "Se ler o livro da sabedoria quando for ainda muito jovem, não fará muito sentido. Você tem que viver através de algo para o compreender correctamente." Guy Browning • Reveja os seus sucessos e insucessos. • Celebre os casos de sucesso, assim como os de insucesso. • As guerras são ganhas no campo de batalha e não nos escritórios e nas salas de reuniões. • Experimente, conduza, teste e afine. • Agende tempo e espaço para pensar. • Conheça o seu cliente futuro.
  • 13. Reveja os seus sucessos e insucessos. Analise os sucessos e fracassos que o tem surpreendido. Porque é que algo funciona muito melhor do que o previsto? E porque é que algo que pensou irá funcionar mal?
  • 14. Celebre os casos de sucesso, assim como os de insucesso. Apresentações, conferências, artigos e livros a demonstrar sucesso. Todos nós queremos saber o que funciona bem e descobrir as razões. Mas essas histórias de sucesso são altamente selectivas. Talvez sejamos mais abertos na discussão da falha.
  • 15. As guerras são ganhas no campo de batalha e não nos gabinetes e nas salas de reuniões. Veja e analise o como e onde está a gastar o seu tempo!
  • 16. Experimente, conduza, teste e afine. A táctica de “tentativa e erro” supera o planeamento de muitos intelectos iluminados. Experimentar, pilotar, avaliar e lançar.
  • 17. Agende tempo e espaço para pensar. Gira a sua agenda assertivamente de modo a encontrar tempo e espaço para pensar. Assumir como regra e retirar uma hora a cada semana para “o pensamento sábio", metade de um dia por mês e um dia em cada trimestre.
  • 18. Conheça o seu cliente futuro. Uma obsessão com o serviço ao cliente é louvável. Mas pode ser perigoso para o bem estar a longo prazo da organização.
  • 19. Pilar #3 – Dar sentido á ambiguidade Dogmatismo facilita a vida da liderança. Pelo menos a curto prazo. Porque os problemas são simples e as soluções também. O dogmatismo fornece essa confiança para enfrentar qualquer desafio de liderança com convicção. "O trabalho do líder não é apenas para tomar decisões, é também para fazer sentido". John Seely Brown, ex-chefe do Xerox PARC • Pratique uma gestão baseada na evidência • Keeping it simple – manter as coisas simples (KISS) • Repita muitas vezes a mesma história • Faça um desenho
  • 20. Pratique uma gestão baseada na evidência Saiba como chegar até aos factos através da investigação e avaliação sistemática.
  • 21. Keeping it simple – manter as coisas simples (KISS) "Estratégias simples são a melhor barreira à imitação".
  • 22. Repita muitas vezes a mesma história Como George Bernard Shaw afirmou: "o perigo na comunicação é a ilusão de que ela foi um sucesso".
  • 23. Faça um desenho! Não confie em metas financeiras ou métricas operacionais para motivar os outros.
  • 24. Pilar #4 – Decidir com bom senso Uma liderança sustentada sabe quando as decisões têm de ser feitas e quando esperar e deixar que os eventos se desenvolvam até a um determinado ponto de compromisso. "Estratégia = tradeoffs. É tudo sobre como fazer escolhas. " Michael Porter • Pense estrategicamente • Priorize potenciais futuros • Encoraje o desacordo • O teste dos 5 porquês para chegar ao problema • Tenha sempre um plano de recurso
  • 25. Pense estrategicamente! Pensar estrategicamente, mas não perca tempo em S.P.O.T.S. * (planos estratégicos na prateleira superior). Uma boa estratégia é simples, distintiva e pode ser resumida numa única página. * Strategic Plans On Top Shelves.
  • 26. Priorize potenciais futuros Priorize a ideias para que se possa concentrar naquelas com mais potencial.
  • 27. Encoraje o desacordo Se a sua equipa está sempre em total acordo com todos e cada um dos seus planos… preste atenção! É porque tem um problema!
  • 28. O teste dos 5 porquês para chegar ao problema O teste dos 5 porquês: a causa subjacente à causa. Veja sempre mais abaixo o sintoma para identificar o que está realmente por detrás o problema. Geralmente requer 5 passos (não continuar a perguntar para além deste nível).
  • 29. Tenha sempre um plano de recurso Pense: …e se?
  • 30. Pilar #5 – Viver a vida com pragmatismo Líderes sábios trabalham a vida dos negócios “tal como as coisas são" e não como deveriam ser. A sabedoria tem ideais fundamentadas nos profundos imperativos éticos, mas também reconhece a necessidade de conduzir e gerir num mundo que é tudo menos do que perfeito. Senso-comum num grau incomum é que o mundo chama de sabedoria". Samuel Taylor Coleridge • O pragmatismo da implementação • Os 3 quem? da tomada de decisão • A regra 90-10 da negociação • Argumentos que não pode vencer
  • 31. O pragmatismo da implementação O planeamento é indispensável, mas os planos são dispensáveis.
  • 32. Os 3 quem? da tomada de decisão Antes de embarcar numa decisão importante, pergunte: • quem se importa? • quem sabe? • quem pode?
  • 33. A regra 90-10 da negociação 90% de todas as negociações são determinadas nos primeiros 10% da negociação. Os outros 90% do tempo são necessários para liquidar os últimos 10% dos detalhes. E os 90% são determinados por: 1. Gosto da outra parte? 2. A outra parte gosta de mim? 3. Gosto da ideia?
  • 34. Argumentos que não pode vencer Não ganhe um argumento que não pode ganhar. Até pode ganhar os pontos do debate, mas no processo, pode fazer com que um adversário importante se sinta insensato e humilhado.
  • 35. Pilar #6 – Ser Empático As pessoas pensam, sentem e se comportam de formas confusas e contraditórias. Líderes sábios compreendem a complexidade da natureza humana e a psicologia individual, reconhecendo as semelhanças fundamentais que se conectam a todos nós e também as diferenças importantes que nos tornam, a cada um, únicos. "Os líderes que trabalham da forma mais eficaz, nunca parecem dizer ‘eu'. Eles pensam “nós”, eles pensam “equipa”. Eles aceitam a responsabilidade e não a põe de lado, e o “nós” obtém a recompensa.... Isto é o que cria confiança, o que permite que você obtenha a tarefa feita. " Peter Drucker” • As regras da verdade • A lei de Warhol e o poder do silêncio • A maneira mais rápida de “chatear” alguém • Nunca diga a coisa da maneira como ela é • “Caminhar com os sapatos do outro” • A regra de Mark McCormack para o “team building”
  • 36. As regras da verdade • Aloque tempo suficiente. • Não quebre confidências. • Não seja demasiado rápido para desistir. • Não peça demasiados favores. • Lembre-se de eventos importantes na vida das outras pessoas.
  • 37. A lei de Warhol e o poder do silêncio "Eu aprendi que, de facto, tenho mais poder quando estou calado".
  • 38. A maneira mais rápida de “chatear” alguém "A maneira mais rápida de chatear alguém é não valorizar o seu trabalho”. Assim quando pediu a alguém para preparar uma apresentação de 50 minutos, peça-lhes depois que a façam em 5.
  • 39. Nunca diga a coisa da maneira como ela é Ninguém quer ouvir “a coisa" tal como ela é. As pessoas querem ouvir “a coisa" de uma forma que tenha impacto na sua posição, caso seja um caso válido.
  • 40. “Caminhar com os sapatos do outro” Se a escuta activa é difícil a empatia real é ainda mais desafiadora.
  • 41. A regra de Mark McCormack para o “team building” Construir uma equipa forte em que a sua progressão na carreira aumenta as opções de carreira para a equipa e o seu (da equipa) desenvolvimento de carreira suporta os seus próprios objectivos de carreira.
  • 42. Pilar #7 – Ter maturidade Emocional As nossas emoções podem actuar como filtros, distorcendo a realidade dos desafios que enfrentamos. Projectamos os nossos próprios medos e inseguranças para situações da vida. Ou podemos negar a existência de ameaças em potencial, encontrando racionalização para fingir para nós próprios que está tudo bem. Em qualquer cenário, acabamos por tomar decisões pobres em termos de liderança. “O Ego é o item invisível na demonstração dos lucros e das perdas de cada empresa". D Vitsin & S Smith "Egonomics" • Para progredir é necessário fazer mudanças • Os 3 Hs da maturidade emocional • Repare na sua linguagem corporal • Os outros não conseguem ler a sua mente • Os sinais quando os níveis de stress estão a subir • Quanto vezes dá umas gargalhadas?
  • 43. Para progredir é necessário fazer mudanças Se você não está a cometer erros, então não está a fazer progressos. Sucesso imediato é muito raro.
  • 44. Os 3 H’s da maturidade emocional Se combina humildade, humanidade e humor na sua visão de liderança, está no caminho certo ao desenvolver a inteligência emocional na direcção da zona de sabedoria.
  • 45. Repare na sua linguagem corporal Você não pode motivar os outros se a sua linguagem corporal indica que você está mais interessado em si mesmo, ou de estar noutro lugar. Estabelecer contacto com os olhos, sorrir, escutar, descruzar os braços. Abra- se!
  • 46. Os outros não conseguem ler a sua mente Ninguém consegue ler a sua mente. Deve expressar os seus sentimentos abertamente, mas de uma forma positiva para explicar o que é que você quer mas que é diferente e melhor. Certifique-se que levanta questões de uma forma prática e para encontrar soluções que sejam do interesse de todos.
  • 47. Os sinais quando o stress está a subir Ler os sinais quando sobem os níveis de stress. Os indicadores são: Excesso: comer ou beber muito, gastar desmesuradamente Negação: recusando-se a aceitar o que toda a gente pode ver, “já não ouve”. Racionalização: encontrar "razões" para explicar as suas acções e "justificar" o seu comportamento Retiro: evitar certas situações e despender cada vez mais tempo em seu próprio benefício.
  • 48. Quanto vezes dá umas gargalhadas? Ria. Mantenha o seu sentido de humor. Não se torne tão enredado com a intensidade da sua agenda ou sentido de auto-importância sobre as prioridades de trabalho, ao ponto de não ver as ironias e paradoxos da vida organizacional. O humor requer relaxamento e prontidão para “ver” a ambiguidade e absurdo. Se não está a rir muito ultimamente, isso pode querer dizer que está a precisar de umas férias.
  • 49. Referências  Apresentação elaborada com apoio de Andrew Munro (MA, C Psychol) -“The Art of Leadership Wisdom“.