SlideShare uma empresa Scribd logo
Neste trimestre, a atividade filatélica apresentou-se
mais reduzida, exceptuando-se uma Algarpex e a Gaia
2015. O Verão, tempo de férias, é pouco propício para a
realização deste tipo de eventos. Não quer dizer que
não tenhamos tido frutuosos contactos e não tenhamos
projectos, a nível desta nossa província do Algarve. Sete
mostras filatélicas estão previstas para o próximo trimes-
tre, umas maiores, outras mais pequenas, integradas ou
não no Plano Exposicional da Federação.
De destacar a VI Exposição Algarpex levada a efei-
to em Castro Marim em Setembro que, embora não seja
competitiva, é um certame que tem reunido, anualmen-
te, para cima de três dezenas de expositores sempre
com mais de 120 quadros o que a tornam única no
panorama filatélico nacional. É um ponto de reunião, de
convívio e de troca de experiências entre colecionado-
res. Apostamos neste tipo de acção, em continuidade,
cientes que tiraremos resultados num futuro próximo.
Também, durante este trimestre, realizou-se em
Gaia a XXV Exposição Filatélica Nacional, a Gaia 2015.
Não podemos deixar de destacar a participação de
alguns filatelistas do Algarve e a medalha de Prata
Grande ganha pelo "O Mensageiro do Algarve", com
que nos congratulamos e nos incentiva a fazer mais e
melhor. É, até agora, a única revista on-line em Portu-
gal. Chega a casa de muitos filatelistas por esse Mundo
fora. Esperamos continuar a contribuir para o desenvol-
vimento da Filatelia e a merecer a simpatia e confiança
de todos os que habitualmente não prescindem a sua
leitura.
EditorialEditorialEditorial
O Mensageiro do AlgarveO Mensageiro do AlgarveO Mensageiro do Algarve
Boletim das Agremiações Filatélicas e de Coleccionismo do AlgarveBoletim das Agremiações Filatélicas e de Coleccionismo do AlgarveBoletim das Agremiações Filatélicas e de Coleccionismo do Algarve
P U B L I C A Ç Ã OP U B L I C A Ç Ã O T R I M E S T R A LT R I M E S T R A L —— A N OA N O I I I N . º 1 1 O U T U B R O D E 2 0 1 5I I I N . º 1 1 O U T U B R O D E 2 0 1 5
NESTA EDIÇÃO:
Laranja do Algarve
evocada em selo – 2
Aeroporto de Faro – 3
O Caimão visto através da
Maximafilia – 8
Programação dos clubes
para o ano de 2016 – 9
Actividades filatélicas no
Algarve de Julho a
Setembro – 10
Próximos Eventos
filatélicos – 16
Outros Eventos de Filatelia
e Coleccionismo – 17
Produtos Filatélicos do 3º
Trimestre - 18
Os Artigos publicados são
da responsabilidade dos
seus autores
No passado dia um de setembro foi colocada em circulação mais uma série de selos,
desta vez alusiva às frutas portuguesas. Segundo João Pereira que redigiu a introdução da
série na pagela dos CTT “A emissão de selos Frutas de Portugal, nada mais é, do que uma
Grande Volta a Portugal, não de bicicleta mas no «selim» das cores, dos perfumes, das tex-
turas e dos sabores das frutas portuguesas produzidas em todo o nosso território”
A série de selos é composta por seis selos que podem ser comercializados unitaria-
mente ou em formato de minifolha. Os selos formato retangular (posição retrato) com 30,6
mm por 40,0mm, sendo que o selo alusivo à Laranja tem a taxa de 0,55€ e uma tiragem de
cento e vinte mil exemplares organizados em folhas de cinquenta exemplares com perfura-
ção de 13x13. Já a minifolha com seis selos teve uma tiragem de quarenta mil exemplares.
O design dos selos ficou a cargo de Natali Nascimento da TerraProjectos elaborados
em papel FSC 110 g./m 2 e impressão offset na Impressa Nacional Casa da Moeda.
Sérgio Pedro
P Á G I N A 2
Laranja do Algarve evocada em seloLaranja do Algarve evocada em seloLaranja do Algarve evocada em selo
O M E N S A G E I R O D O A L G A R V E
P Á G I N A 3P U B L I C A Ç Ã O T R I M E S T R A L — A N O I I I
No ano em passam 50 anos da inauguração do Aeroporto de Faro, apresentamos
alguns dos elementos filatélicos que o ligam à filatelia portuguesa.
Foi um acontecimento marcante para as gentes algarvias e que ocupou não só as
primeiras páginas dos jornais nacionais como também as primeiras páginas dos jornais do
Algarve dando assim destaque àquele que é hoje o terceiro aeroporto português.
Inaugurado em 11 de Junho de 1965, com a presença do Chefe de Estado, Almirante
Américo Tomás, que viajou de véspera, tendo pernoitado na Pousada de São Brás de
Alportel.
Nesse dia 11, bem cedo, percorreu a pé, as ruas de São Brás, Faro foi o próximo
destino, onde também percorreu as ruas da cidade, mas agora em automóvel aberto e em
direcção ao Arco da Vila, local onde lhe foram entregues as Chaves da Cidade, das mãos
do então presidente da Câmara, Major Vieira Branco
A cerimónia continuou, com uma revista à guarda de honra, composta pelos Solda-
dos da Paz dos Voluntários de Faro, dirigindo-se de seguida para o Edifício da Câmara
Municipal, onde descerrou uma lápide marcando a sua passagem por aquele local ao qual
se seguiram os discursos que são apanágio nestes actos.
A distância que separa a Câmara Municipal da Sé Catedral, é curta e foi para lá que
seguiram, com toda a comitiva a percorrer a pé aquela pequena distância, onde assistiram à
Missa celebrada pelo Bispo do Algarve, D. Francisco Rendeiro, coadjuvado pelo pároco da
Sé, Henrique Ferreira da Silva,
Depois da cerimónia religiosa, já a manhã ia alta, quando se dirigiu para o Aeroporto,
o cortejo parou no entroncamento da Nacional 125 com a estrada de ligação à Praia de
Faro, um troço de cerca de oito quilómetros, também inaugurado nesse dia, que passou a
ligar também a cidade ao seu aeroporto.
Aeroporto de FaroAeroporto de FaroAeroporto de Faro --- 50 Anos50 Anos50 Anos
Aguardavam-no no aeroporto os membros do Governo e outras entidades e o Bata-
lhão do Centro de Instrução de Sargentos Milicianos (de Tavira), com bandeira e fanfarra,
que fez a Guarda de Honra ao Presidente da República e que, depois de executado o Hino
Nacional, passou revista à formatura, ao que se seguiu um desfile em continência perante
um palanque onde se acomodaram as individualidades presentes.
Cerca das 12H30, aterrou na pista, vindo de Lisboa o avião Super-Consttelatiom da
TAP, “Infante D. Henrique” que transportou 84 convidados, aterrando de seguida várias avio-
netas, de diversos aeroclubes do país, que quiseram também abrilhantar esta cerimónia.
Depois da recepção e cumprimentos aos convidados, seguiram para a Torre de Controlo de
Tráfego, onde o Bispo do Algarve procedeu à bênção das instalações, proferindo na altura “o
Algarve sonhou largos anos com este melhoramento e, ultimamente viu nele o meio de se
erguer ao nível de zona de turismo internacional. Hoje viu essa alegria e espera, confiada-
mente, que ela se há-de traduzir na realidade futura sonhada nos últimos tempos”.
Seguiram-se as cerimónias da inauguração do Aeroporto,
Terminada a Sessão, foi descerrada uma lápide alusiva ao acontecimento ao que se
seguiu um almoço volante, que decorreu no piso superior das instalações.
P Á G I N A 4
O M E N S A G E I R O D O A L G A R V E
P Á G I N A 5P U B L I C A Ç Ã O T R I M E S T R A L — A N O I I I
Passados 50 anos, operam agora ali mais de sete dezenas de Companhias Aéreas,
para mais de uma centena de destinos e, se no primeiro que operou, passaram por aquele
local cerca de 59.000 passageiros, hoje, cerca de 2 milhões
É dotado de uma pista com 2.490 metros de comprimento, com 45 de largura, estan-
do apto a receber todos os tipos de aviões.
No período em que este aeroporto tem operado, um grande desastre ressalta consta
do seu curriculum, em 21 de Dezembro de 1992, o voo da Martinair MP495, com um DC-10,
desta companhia holandesa que se despenhou na pista, em condições meteorológicas
adversas, provocando a morte de 54 passageiros e 2 tripulantes, com 106 feridos graves,
num total de 340 pessoas que vinham a bordo, incluindo tripulantes e assistentes; Devido à
sua localização, tem sofrido ao longo do tempo várias inundações e condições meteorológi-
cas adversas, condicionando portanto, em alguns momentos o tráfego aéreo
No interior do Aeroporto, esta estabelecida uma Estação de Correio.
As primeiras referências filatélicas relacionadas com o Aeroporto de Faro datam de
Julho de 1965, como veremos mais adiante, dois carimbos comemorativos dos primeiros
voos Lisboa-Faro e Faro-Lisboa, cerca de um mês depois da sua inauguração. A partir desta
data, foram várias as referências.
Desde sempre, os primeiros voos, foram aproveitados pelas Companhias Aéreas,
para a emissão de carimbos especiais de correio aéreo, hoje um pouco em desuso, não dei-
xando aqui de apresentar os que se relacionam com o Aeroporto de Faro.
A numeração dos carimbos indicados são referentes aos catálogos de Francisco
Lemos da Silveira (LS), de F. Palma Leal (PL), de Augusto Barjona de Freitas (BF) e Clube
de Coleccionadores de Carimbos Comemorativos (CC).
CARIMBOS CTT
15/07/1965, Aeroporto de Faro – Primeiro Voo TAP Faro-Lisboa ► PL: C-33 / BF: A3
15/07/1965, Aeroporto de Lisboa – Primeiro Voo Lisboa-Faro ► PL: C-32 / BF: F1
15/07/1975, Faro – Dia da Aerofilatelia em Portugal ► PL: A-818 / BF: A15
15/07/1980, Aeroporto de Faro–15º Aniversário do 1º Voo Faro Lisboa ►CC: 1332 / BF: A55
24/06/1979, Aeroporto de Faro – Primeiro Voo Faro – Frankfurt ► BF: A43
CARIMBOS COMPANHIAS AÉREAS
04/04/1968, FAO/LON - Cor: violeta / Primeiro Voo / Voo diurno ►LS: 5 / BF: G1
04/04/1968, LON/FAR - Cor: azul / Primeiro Voo / Voo diurno ►LS: 6 / BF: G2
06/04/1968, FAO/FRA - Cor: preto / Primeiro Voo ► LS: 7 / BF: G3
06/04/1968, FRA/FAO - Cor: vermelho / Primeiro Voo ► LS: 8 / BF: G4
04/04/1969, FAO/DUS - Cor: preto / Primeiro Voo – Boeing 727 – PT 543 ► LS: 17 / BF: G5
04/04/1969, DUS/FAO - Cor:vermelho / Primeiro Voo–Boeing 727–TP 543 ►LS: 18 / BF: G6
06/04/1978, MAS/FAO - Cor: preto / Eerste Vlucht ►LS: 73 / BF: G7
05/04/1974, FAO/FRA - Cor. Preto / 10º Aniversário ► LS: 118 / BF: G8
06/04/1978, FRA/FAO / Cor: preto / 10º Aniversário ► LS: 119 / BF: G9
08/04/1978, FAO/CPH / Cor: preto / 1º Voo ► LS: 122 / BF: G10
08/04/1978, CPH/FAO / Cor: preto / Lufthansa / 1º Voo ► LS: 123 / BF: G11
24/06/1979, FRA/FAO / Cor: preto / LH 212 – Lufthansa ► BF: G19
29/03/1982, FAO/OPO / Cor: violeta / 1º Voo ► LS: 170 / BF: G12
03/04/1982, OPO/FAO / Cor: verde / 1º Voo ►LS: 171 / BF: G13
30/07/1985, LIS/FAO / Cor: preto / 20 Anos ► LS: 239 / BF: G14
30/07/1985, FAO/LIS / Cor: violeta / 20 Anos ► LS: 240 / BF: G15
19/12/1985, LIS/FAO / Cor: azul / XVI Dia da Aerofilatelia em Portugal ► LS: 246 / BF: G16
01/04/1988, FAO/ZRH / Cor: viotela / Voo Directo ►LS: 293 / BF: G17
01/04/1988, ZRH/FAO / Cor: preto / Direkt Flug ► LS: 294 / BF: G18
P Á G I N A 6
O M E N S A G E I R O D O A L G A R V E
P Á G I N A 7P U B L I C A Ç Ã O T R I M E S T R A L — A N O I I I
08/04/1978, CPH/FAO / Cor: preto / Lufthansa / 1º Voo
01/04/1988, MAS/FAO / Cor: azul / KLM / 1º Voo (Não referenciado na listagem de voos)
Biografia utilizada:
Peças Filatélicas da colecção particular do Prof. António Gonçalves Borralho.
Clube de Coleccionadores de Carimbos Comemorativos da Secção Filatélica da Associação Académica de Coimbra –
Catálogo de Carimbos Comemorativos de Portugal Continental e Ilhas (1977-1981), Edição de Janeiro de 1982
“Jornal do Algarve”, jornal semanário publicado em Vila Real de Santo, edições de 3, 10 e 17 de Julho de 1965.
“O Algarve”, jornal semanário publicado em Faro, edições de 18 e 25 de Julho de 1965
Restos de Colecção.blogspot.com – Espólio de fotografias
CABRITA, Eng. Aurélio Nuno – Artigo publicado em www.cm-alcotim.pt – facebook/cmalcoutim
FREITAS, Augusto Barjona – Marcofilia Comemorativa do Algarve, Edição da AFAL – Associação Filatélica Alentejo-
Algarve, Portimão, Dezembro de 1996
LEAL, F. Palma Leao – Catálogo de Carimbos de Portugal Continental, Insular e Ultramarino e Novos Países de
Expressão Portuguesa, Edição de 1979, Barata das Neves
SILVEIRA, Cap. F. Lemos da Silveira – Catálogo de Marcas Aéreas (1968-1990), Edição da TAP Air Portugal
O Caimão (Porphyrioporphyrio)é uma ave aquática de grande porte, que mede cerca
de 45 a 50 cm de comprimento, tem o dorso revestido de uma plumagem completamente
azul sendo o bico e patas avermelhadas. Encontra-se no Sul de Espanha, Costa Algarvia de
Portugal e África Oriental.
Em Portugal vislumbra-se nas zonas húmidas costeiras, desde o Algarve até à região
do Baixo Mondego. No Algarve a reprodução desta espécie ocorre durante todo o ano, sendo
o ninho construído numa plataformasobre a água, pondo em média 3 a 5 ovos por postura, e
a sua a incubação é de 23 a 24 dias feita sempre pela fêmea. Pode ser observado na Quinta
do Lago, Lagoa dos Salgados, Parque Ambiental de Vila Moura bem como na Ria do Alvor e
Sapal de Castro Marim
O seu habitat é em zonas húmidas de água doce ou salobra com uma vegetação
emergente abundante e densa, aonde passa a maior parte do tempo, movimentando-se com
muita lentidão.
É uma ave omnívora alimentando-se também de vegetação aquática como rizomas,
caules, rebentos, flores e sementes.
Filatelicamente os C.T.T de Portugal tem publicitado ao longo dos anos, diversas
emissões de selos e postais máximos relacionadas com a temática “ AVES “, tendo lançado,
no ano de 2001, uma emissão “Aves de Portugal - Emissão Base (3º Grupo) ” onde está
incluída esta espécie (Selo com dupla taxa de 85$00 € 0.42) conforme os exemplares aqui
reproduzidos o testemunham.
Elaborado por Américo Rebelo
Setembro 2015
BIBLIOGRAFIA:
 Catálogo de Selos Postais e Marcas Pré-Adesivas – Afinsa 2012 – 29ª Edição
 Guia das Aves Aquáticas da Reserva Natural do Sapal de Castro Marim e Vila Real de Santo António –
Instituto Da Conservação da Natureza e Reserva Natural do Sapal de Castro Marim e Vila Real de Santo
António.
 Livro Vermelho dos Vertebrados de Portugal - Instituto da Conservação da Natureza - Editora Assírio &
Alvim – 2ª Edição - 2006
Selo: Emissão Base – 5.03.2001, Aves de
Portugal (3º Grupo) – Selo com dupla taxa de
85$00 € 0.42, Denteado: 12 x 12 ½ - Papel:
Esmalte - Folhas: 100 selos (10 x 10)
Obliteração: Marca postal 1º Dia - CTT de
Faro 5.03.2001 (Faro: Capital do Distrito de
Faro que está relacionada com o habitat des-
ta espécie)
Postal: Edição da Associação Portuguesa de
Maximafilia
P Á G I N A 8
O M E N S A G E I R O D O A L G A R V E
O Caimão visto através da MaximafiliaO Caimão visto através da MaximafiliaO Caimão visto através da Maximafilia
P Á G I N A 9P U B L I C A Ç Ã O T R I M E S T R A L — A N O I I I
ASSOCIAÇÃO FILATÉLICA ALENTEJO-ALGARVE
Junho – Portimão – Jornadas Filatélicas
Dezembro – Local a designar – Mostra Filatélica
NUCLEO DE FILATELIA DO LIONS CLUBE DE PORTIMÃO
Maio – Local a designar – Mostra Filatélica
Setembro – Local a designar – Algarpex – VII Exposição Filatélica do Algarve
SECÇÃO FILATÉLICA DA ASSOCIAÇÃO HUMANITÁRIA DOS BOMBEIROS VOLUNTÁ-
RIOS DE VILA REAL DE SANTO ANTÓNIO
10 a 16 de Maio – Mostra Filatélica do Dia da Cidade
11 de Junho – Encontro Internacional de Coleccionismo
20 a 25 de Junho – Mostra Filatélica dedicada aos Bombeiros
NUCLEO DE FILATELIA JUVENIL “O BICHINHO DO SELO”
Junho – Armação de Pêra – Salão de Filatelia
Agosto – Armação de Pêra – Mostra Filatélica “A Filatelia na Religião”.
AMIGOS DA FILATELIA - FARO
15 de Janeiro – Dia Mundial do Compositor – Escola Pinheiro da Rosa
2 de Fevereiro – Dia Mundial das Zonas Húmidas – Escola Neves Júnior
21 de Fevereiro – Dia Internacional da Língua Materna – Escola Pinheiro da Rosa
8 de Março – Dia Internacional da Mulher – Escola Neves Júnior
7 de Abril – Dia Mundial da Saúde – Escola Pinheiro da Rosa
18 de Abril – Dia Internacional dos Monumentos e Sítios – Escola Emiliano Costa / Escola
Neves Júnior / Escola Pinheiro da Rosa
25 de Abril – 25 de Abril – Escola Emiliano Costa / Escola Pinheiros da Rosa
8 de Maio – Dia Mundial da Cruz Vermelha e do Quarto Crescente – Escola Neves Júnios
13 de Maio – Aparições de Fátima – Escola Emiliano Costa
22 de Maio – Dia Internacional da Biodiversidade – Escola Pinheiro da Rosa
Programação dos clubesProgramação dos clubesProgramação dos clubes
para o ano de 2016para o ano de 2016para o ano de 2016
A Algarpex 2015 foi até Castro Marim
A Casa do Sal, Inaugurada em 24 de Junho de 2014, é um espaço que se direccionou
para ser a Casa da Cultura desta vila do Sotavento, estando preparada para ali se realiza-
rem exposições a palestras, reuniões de trabalho, lançamento de obras literárias ou outros
tipos de eventos, sendo ainda provida de recepção, bar e de um espaço ao ar livro devida-
mente resguardado que poderá ser aproveitado como complemento, aos tipos de eventos
que ali se realizam.
E foi neste espaço que teve lugar a a Algarpex 2015 – VI Exposição Filatélica do Algar-
ve, de 3 a 12 de Julho de 2015, organizada pela Secção de Coleccionismo da Associação
Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Vila Real de Santo António, o que tem como área
de actuação não o concelho que consta na sua nomenclatura como também o de Castro
Marim.
No dia 3, dia da inauguração, pelas 18 horas, compareceram um elevado número de
filatelistas e outros visitantes, sendo as cerimónias presididas pela Vice-Presidente da
Câmara de Castro Marim, Dra. Filomena Sintra e no qual esteve presente o presidente do
clube organizador, também ele Vereador da edilidade castromarinense, Nuno Pereira. Fize-
ram-se ainda representar todos os clubes filatélicos algarvios e o clube filatélico da cidade
espanhola de Huelva.
A cerimónia foi aberta com
a entrega da bandeira da Algar-
pex do representante da Secção
Filatélica do Lions Clube de Porti-
mão, Prof. António Borralho ao
representante da Secção de
Coleccionismo, Francisco Gal-
veias, tomando este a palavra e
traçando as linhas gerais das
Algarpexs ao mesmo tempo que
agradecia a presença de tão ele-
vado número de presenças e
enalteceu a colaboração prestada
pela Câmara Municipal. Nuno
Pereira, enalteceu
P Á G I N A 1 0
O M E N S A G E I R O D O A L G A R V E
Actividades filatélicas noActividades filatélicas noActividades filatélicas no
Algarve deAlgarve deAlgarve de
Julho a SetembroJulho a SetembroJulho a Setembro
VI Algarpex - Exposição Filatélica do Algarve
Castro Marim, 3 a 12 de Julho de 2015
P Á G I N A 1 1P U B L I C A Ç Ã O T R I M E S T R A L — A N O I I I
a colaboração da Associação Humanitária de Bombeiros através da sua Secção de Coleccio-
nismo num evento desta envergadura para o concelho do qual pertence à vereação. Final-
mente, a Vice Presidente da Câmara de Castro Marim retribuiu os agradecimentos e mostrou
disponibilidade para uma colaboração mais profícua no futuro.
Seguiu-se uma demorada visita à exposição altura que foi aproveitadas por alguns filate-
listas de apresentar a sua participação.
No final foi serviço um Porto de Honra a todos os presentes e que serviu igualmente
para se tecerem algumas conversas à volta da filatelia.
Os dias que se seguiram foram dias de visita à exposição passando pelo local mais de
duas centenas de visitantes dos quais destacamos as visitas guiadas a jovens que frequenta-
ram a ocupação de tempos livres promovida pelo município de Castro Marim aos quais foi
dada uma pequena aula de filatelia e entregue algumas recordações filatélicas.
Durante a semana seguinte, de 6 a 10 de Julho, realizaram-se no local conversas sobre
coleccionismo.
No sábado e domingo realizou-se no espaço contíguo à exposição uma Feira de Colec-
cionismo no qual participaram doze coleccionadores que aproveitaram para fazer algumas
trocas, coincidindo no sábado com o tradicional mercado mensal que se realiza em Castro
Marim em terrenos contíguos à Casa do Sal. Pelas 11 horas de sábado, recebeu a visita do
Sr. Presidente da Câmara de Castro Marim, Dr. Francisco Amaral que visitou demoradamente
a Exposição e a Feira de Coleccionismo, inteirando-se da dimensão do evento e tecendo
algumas considerações sobre o material exposto, afirmando que também ele é um “filatelista”,
mas retirado destas andanças há longos anos, mantendo, no entanto algum material ainda
em casa.
O domingo, o dia principal da expo-
sição, abriu às 9 horas e depressa se
encheu de visitantes que aguardaram pela
abertura do Posto de Correio, o que acon-
teceu às 10,30 horas, altura em que se
procedeu à cerimónia de aposição do pri-
meiro carimbo comemorativo para o con-
celho de Castro Marim.
A cerimónia da obliteração da peça
filatélica com o carimbo comemorativo foi
igualmente presidida pela Vice-Presidente
da Câmara e contou com a presença dos
representantes dos clubes do Algarve e de
Andaluzia. Francisco Galveias sublinhou
na sua pequena alocução que o carimbo, ora apresentado é o primeiro carimbo comemorati-
vo para o concelho de Castro Marim, tornando pois, num marco histórico em termos filatéli-
cos. Usaram ainda da palavra, além da Dra. Filomena Sintra e alguns dos representantes dos
clubes filatélicos presentes, nomeadamente António Borralho e Manuel Guadalupe Garcia.
Finalmente procedendo-se à aposição do carimbo na peça filatélica que foi assinada sucessi-
vamente ela Dra. Filomena Sintra, em representação da Câmara Municipal, Francisco Gal-
veias do clube organizador, António Borralho em representação da AFAL, Sérgio Pedro do
Amigos da Filatelia, Manuel Guadalupe Garcia por parte do Círculo Filatélico de Huelva e
Paula Campos em representação dos Correios de Portugal.
O Posto de Correio, sempre bastante activo até ao seu fecho, o que aconteceu às 14
horas, esteve a cargo da Chefe da Loja dos CTT de Vila Real de Santo António Natércia Pal-
ma e a funcionária Paula Campos, também daquela Loja.
A Algarpex 2015, terminou com o tradicional almoço de confraternização, onde estive-
ram presentes sessenta pessoas entre filatelistas e familiares e decorreu no restaurante do
Castro Marim Golfe, um local bastante aprazível, rodeado pelos campos verdes de golfe e
com vista para a serra e para o mar.
No final, foram entregues os diplomas de participação e algumas prendas, ofertadas
pela Câmara Municipal e pelo Clube organizador.
Algumas imagens da Algarpex 2015
P Á G I N A 1 2
O M E N S A G E I R O D O A L G A R V E
P Á G I N A 1 3P U B L I C A Ç Ã O T R I M E S T R A L — A N O I I I
Decorreu de 27 de Julho a 1 de Agosto a a Mostra Filatélica comemorativa do 20º Ani-
versário da FAS – Federação das Associações de Dadores de Sangue – Portugal nas insta-
lações da Biblioteca Municipal de Beja – José Saramago.
Ao acto inaugural compareceram, dezenas de pessoas dos quais destacamos o Presi-
dente da União das Freguesias de Santiago Maior e São João Batista, a Directora Adminis-
trativa da Biblioteca Municipal, Dra. Maria João Lança, o Presidente da Federação das Asso-
ciações de Dadores de Sangue – Portugal, o Presidente da Associação de Dadores de San-
gue de Pernes, Mário Gomes, à frente de uma delegação daquela associação e o Presidente
da Direcção da Associação Humanitária de Dadores de Sangue de Beja, Francisco Reis.
Esta Mostra, organizada pelo Grupo Filatélico da Associação Humanitária de Dadores
de Sangue de Beja e pela FAS – Portugal e está incluída no Plano Exposicional da Federa-
ção Portuguesa de Filatelia, contou ainda com a colaboração dos Correios de Portugal, da
Direcção da Biblioteca, da União das Freguesias de Santiago Maior e S. João Batista e foi
provida de um Carimbo Comemorativo.
No evento, bastante concorrido, puderam apreciar um lote de doze excelentes colec-
ções entre as quais destacamos, por serem oriundas do Algarve, as seguintes: “Selos de
Relevo de Portugal” de José Manuel C. Brás; “A Invenção do Alfabeto e da escrita” de José
Palma e “Transportes” de Francisco Matoso Galveias”.
O Catálogo, incluía um excelente artigo intitulado “Os Selos de Beja”, o qual foi retira-
do do livro “Os Correios no Concelho de Beja” de José Geada Sousa e Francisco Matoso
Galveias, onde se perfilam todos os selos dedicados àquela cidade do Baixo Alentejo.
A organização repicou um Inteiro Postal, Série Base c/ selo dos Desportos Radicais
“Kitsurf”, com uma Mensagem do Presidente da FAS-Portugal, que fez circular com o Carim-
bo Comemorativo.
Foi uma excelente jornada filatélica, aquela que se viveu na Cidade de Beja.
A peça Filatélica (frente e verso)
Mostra Filatélica - 20 Anos da
FAZ - Federação das Associações de Dadores de Sangue - Portugal
Beja, 27 de Julho a 1 de Agosto de 2016
Medalha Prata Grande para “O Mensageiro do Algarve”
Vila Nova de Gaia foi a capital da filatelia portuguesa durante o período de 2 a 6 de
Setembro, altura em que ali aconteceram duas exposições filatélicas em simultâneo – a XXV
Exposição Filatélica Nacional Gaya 2015 e a Exposição Filatélica Inter-Regional Gaya 2015.
Comecemos pela Inter-Regional.
Sendo esta competição o primeiro patamar para se poder concorrer em exposições
nacionais, constatamos que o reduzido número de novas colecções participantes, dezanove,
poderá, à partida, perceber-se que aparecem poucas colecções no universo competitivo em
Portugal, constatando que existe uma fraca adesão à competição filatélica. Por outro lado, e
apesar de serem poucas as colecções apresentadas a concurso, constatamos que aparecem
colecções com qualidade demonstrando haver interesse por um reduzido numero de filatelis-
tas em manter a filatelia competitiva em Portugal num nível elevado.
Como dissemos, aparecerem 19 colecções que ocuparam 105 quadros, distribuídos
por cinco classes: Filatelia Tradicional - Portugal; História Postal; Inteiros Postais; Filatelia
temática e Maximafilia. Apenas uma colecção do Algarve se apresentou a concurso “Voa,
Voa, Borboleta”, pertencente ao filatelista Feliciano Monteiro Flor e que obteve uma Medalha
de Prata com 66 pontos.
Vejamos agora a Nacional.
A XXV Exposição Filatélica Nacional Gaya 2015, como aliás também a Inter-Regional,
organizadas pelo Clube de Coleccionismo de Gaia, tendo decorrido nas instalações da Esco-
la Secundária Almeida Garrett daquela cidade.
Os cinco dias em que decorreram as exposições foram preenchidos por um vasto pro-
grama tendo cada dia uma dedicação especial. Assim, o primeiro dia, dia 2, foi dedicado à
cidade de Vila Nova de Gaia, dia em que, foi igualmente dedicado ai lançamento de um Intei-
ro Postal, dedicado aos “150 Anos do Nascimento de Álvaro Cabral” e aos “50 Anos da Can-
ção Samaritana”. Álvaro Cabral, foi um actor e autor gaiense, autor daquela famosa canção;
P Á G I N A 1 4
O M E N S A G E I R O D O A L G A R V E
XXV Exposição Filatélica Nacional
e Inter-Regional
Vila Nova da Gaia, 2 a 6 de Setembro de 2015
P Á G I N A 1 5P U B L I C A Ç Ã O T R I M E S T R A L — A N O I I I
o dia 3, foi dedicado à “broa de Avintes”; o dia 4, foi dedicada à Marcofilia; o dia 5, dedicado
ao turismo e finalmente o último dia foi dedicado às festas populares. Cada um destes dias,
teve um carimbo especial alusivo a cada uma das dedicações (ver no final, em “Produtos
Filatélicos”, os respectivos carimbos).
Apresentaram-se 53 participações, distribuídas por 11 disciplinas, assim distribuídas:
Grande Competição (uma colecção); Filatelia Tradicional (6 colecções); História Postal (2
colecções); Inteiros Postais (1 participação); Aerofilatelia / Astrofilatelia (1 colecção); Filatelia
Temática (2 colecções); Maximafilia (3 colecções); Filatelia Juvenil (Grupo A, 7 colecções –
Grupo B, 5 colecções – Grupo C, 2 colecções); Classe Aberta (1 colecção); Classe Um Qua-
dro (10 colecções); Literatura (livros, folhetos filatélicos, monografias e artigos de estudo, 4
participações – Jornais, revistas e artigos filatélicos, 6 participações – Programas filatélicos
em formato audiovisual ou informático, incluindo páginas de Internet 3 participações).
O Júri, constituído por Eduardo Sousa, João Soeiro (Secretário), António Cristóvão,
Manuel Portocarrero (Presidente) e Júlio Maia classificou as colecções tendo atribuído o
Grande Prémio da Classe de Grande Competição Gaya2015 à colecção de Manuel Ângelo
Domenech Lima Torres, “ Pré-Filatelia Portuguesa” e o Grande Prémio Gaya2015 à colecção
de Maria Isabel Coutinho Vieira, “Portugal Classics – The Issues of Francisco Borja Freire”.
Quanto às participações do Algarve, ao “O Mensageiro do Algarve” foi-lhe atribuída a
Medalha Prata Grande com 70 pontos; já Francisco Matoso Galveias, obteve uma Medalha
Vermeil (75 pontos) com a colecção da classe de Maximafilia “Animais em Vias de Extinção”
e uma Medalha de Prata Grande (74 pontos) com a colecção”As Aves, Esses Conquistado-
res dos Ares”; por sua vez Feliciano Monteiro Flor na classe Um Quadro, com a colecção
“Borboletas – Um Pouco do Esvoaçar” obteve uma Medalha de Bronze Prateado com 63
pontos.
O Núcleo Juvenil de Filatelia “O Bichinho do Selo” realizou no dia 6 de Setembro de
2015 uma mostra filatélica com o tema Desporto. Esta mostra esteve inserida nas comemo-
rações do 80º aniversário do Clube Futebol Armacenense.
Presentes as participações de 10 coleccionadores da AFAL, que amavelmente quise-
ram colaborar com o Núcleo e os trabalhos de alguns dos seguintes elementos juvenos de
“O Bichinho do Selo”: Tomás Ferreira com “Felinos”;Alexandra Jara com “Religião”; Ana Viei-
ra com “Gatos”; Margarida Carvalho com “Flores”; Ariana Dias com “Cosmos” e Luana Chi-
cimbi com “Borboletas”, todos jovens, com idades entre os 12 e 14 anos.
Este evento foi integrado no Plano Exposicional de 2015 da Federação Portuguesa de
Filatelia, com o patrocínio e aopios do Clube de Futebol “Armacenense”, Junta de Freguesia
de Armação de Pêra, Agrupamento de Escolas de Silves Sul, Escuteiros de Armação de
Pêra, Correios de Portugal e Federação Portuguesa de Filatelia
A peça filatélica, constituída por um envelope com o emblema do clube e um selo com
uma fotografia do novo estádio do clube ao qual foi aposto o carimbo comemorativo desta
Mostra Filatélica.
Estói - Centenário da Implantação da República (Filatelia)
Local e data: Escola EB 2/3 Poeta Emiliano da Costa, Estói - Mês de Outubro.
Temática do 1º Centenário da Revolução da República do 5 de Outubro, 1910-2010
Quarteira - Implantação da República (Cartofilia)
Local e data: Escola EB 2/3 D. Dinis, Quarteira - Mês de Outubro.
Postais Ilustrados de Luis Brás assinalando os 105 anos da Implantação da República
Apresentação de um vídeo com os selos emitidos para o centenário
Faro - Dia Mundial dos Correios - 9 de Outubro (Filatelia)
Local e data: Escola EB 2/3 Dr. José Neves Júnior, Faro.
Temática “União Postal Universal” de Francisco Paiva
P Á G I N A 1 6
O M E N S A G E I R O D O A L G A R V E
Mostra Filatélica Comemorativa dos 80 Anos
do Clube de Futebol Armacenenses
Armação de Pêra, 6 de Setembro de 2015
Próximos Eventos Filatélicos
P Á G I N A 1 7P U B L I C A Ç Ã O T R I M E S T R A L — A N O I I I
Faro - Dia Mundial da Saúde Mental - 10 de Outubro (Filatelia)
Local e data: Biblioteca Pinheiro da Rosa, Faro.
Temática “Sigmund Freud - Explorando o Inconsciente de Sérgio Pedro
Estói - Dia Mundial do Mar - 16 de Outubro (Filatelia)
Local e data: Agrupamento de Escolas Pinheiro da Rosa, Estói, na Escola EB 2/3, Poeta
Emiliano da Costa e na Escola EN 2/3 Dr. Neves Júnior.
Organização dos Amigos da Filatelia e das Bibliotecas do Agrupamento
Temática sobre o mar de José Palma e Sérgio Pedro
Praia da Rocha - Antíqua 2015 (Feira de Antiguidades e Mostra Filatélica)
Local e data: Hotel Júpiter - Praia da Rocha de 27 a 29 de Novembro.
Organização da Secção Filatélica do Lions Clube de Portimão.
Mostra Filatélica Temática “A Mulher”, com a participação de vários coleccionadores.
Feira de Antiguidades, Velharias e Coleccionismo.
Alcalar - Portimão - Dia do Selo - 10 de Dezembro (Filatelia)
Local e data: Centro de Interpretação das Ruínas Megalíticas Alcalar,10 a 20 de Dezembro
Organização da Associação Filatélica Alentejo-Algarve.
Temáticas Arqueologia
Huelva (Espanha) - Mostra Filatélica - 16 a 31 de Outubro (Filatelia)
Local e data: Huelva, Palácio Mora Claros.
Organização do Círculo Filatelico y Numismático de Huelva.
Temáticas da Religião.
Almada - Farol de Cacilhas - Mostra Filatélica e Coleccionismo
Local e data: Oficina da Cultura de 17 a 25 de Outubro.
Organização da Secção de Filatelia e Coleccionismo da ARPCA - Associação de Reforma-
dos, Pensionistas e Idosos do Concelho de Almada.
Atenas (Grécia) - “Notos 2015” International Philatelic Exitition”
Local e data: Peristeri Exibition Center de 12 a 15 de Novembro.
Patrocínio da FEPA - Federation of European Philatic Associations.
Organização da Hellenic Philotelic Society, com a participação de filatelistas de 36 países
Outros Eventos de Filatelia e
Coleccionismo
P Á G I N A 1 8
O M E N S A G E I R O D O A L G A R V E
500 Anos da Torre de Belém
Data da Emissão: 01/07/2015
Selos:
Carimbos de 1º Dia: Lisboa, Porto, Funchal e Ponta Delgada
Barcos do Mediterrâneo
Data da Emissão: 09/07/2015
Selos:
Carimbos de 1º Dia: Lisboa, Porto, Funchal e Ponta Delgada
Provedor de Justiça - 40 Anos
Data da Emissão: 15/07/2015
Selos:
Carimbos de 1º Dia: Lisboa, Porto, Funchal e Ponta Delgada
A Dieta Mediterrânica
Data da Emissão: 20/07/2015
Selos:
Carimbos de 1º Dia: Lisboa, Porto, Funchal e Ponta Delgada
150 Anos da Lei da Hereditariedade
Data da Emissão: 04/08/2015
Selos:
Carimbos de 1º Dia: Lisboa, Porto, Funchal e Ponta Delgada
150 Anos da Questão Coimbrã
Data da Emissão: 12/08/2015
Selos:
Carimbos de 1º Dia: Lisboa, Porto, Funchal e Ponta Delgada
Frutas de Portugal
Data da Emissão: 01/09/2015
Selos:
Carimbos de 1º Dia: Lisboa, Porto, Funchal e Ponta Delgada
Bicentenário de São João Bosco – 1815/2015
Data da Emissão: 03/09/2015
Selos:
Carimbos de 1º Dia: Lisboa, Porto, Funchal e Ponta Delgada
Santa Teresa de Jesus
Data da Emissão: 11/09/2015
Selos:
Carimbos de 1º Dia: Lisboa, Porto, Funchal e Ponta Delgada
Etiquetas Automáticas - 50 Anos do Plano Nacional de Vacinação em Portugal
Data da Emissão: 17/09/2015
Selos:
Carimbos de 1º Dia: Lisboa, Porto, Funchal e Ponta Delgada
O Mar Português
Data da Emissão: 07/09/2015
Selos:
Carimbos de 1º Dia: Lisboa, Porto, Funchal e Ponta Delgada
600 Anos da Entrada dos Portugueses em Ceuta
Data da Emissão: 28/09/2015
Selos:
Carimbos de 1º Dia: Lisboa, Porto, Funchal e Ponta Delgada
Produtos Filatélicos do 3º Trimestre
Emissões Filatélicas
P Á G I N A 1 9P U B L I C A Ç Ã O T R I M E S T R A L — A N O I I I
RTP – 80 Anos da Rádio Pública
Data de emissão: 4 de Agosto de 2015
GAYA 2015 – XXV Exposição Filatélica Nacional
Data de emissão: 2 de Setembro de 2015
Centenário do Theatro Circo de Braga
Data de emissão: 4 de Setembro de 2015
Reintrodução do Lince Ibérico em Portugal
Data de emissão: 9 de Setembro de 2015
Seminário Nossa Senhora da Conceição de Braga – 90 Anos
Data de emissão: 16 de Setembro de 2015
Carimbos Comemorativos
Castro Marim, 12/07/2015 – ALGARPEX’2015 – VI Exposição Filatélica do Algarve – O Sal
Armação de Pêra, 06/09/2015 – Núcleo Juvenil – O Bichinho do Selo – 80 Anos do Clube de
Futebol Armacenenses
Obs. O Carimbo de Lisboa de 3/7/2015 está associado a um sobrescrito especial alusivo ao
tema.
Inteiros Postais
AGENDA DE EVENTOS
Se tens conhecimento de eventos ligados ao coleccionismo que ocorram no
Algarve, não existes em informar-nos. Escreve uma notícia e envia-a para o
podermos publicar nas páginas desta revista
DIVULGAÇÃO DE PEÇAS DE COLECCIONISMO
Se és possuidor de alguma peça de coleccionismo ligada ao Algarve, escreve
um texto e ao mesmo tempo junta uma fotografia dessa peça. Nós divulgamos.
DIVULGAÇÃO DE EVENTOS
Se tens conhecimento que no sítio onde vives, houve em tempos uma exposi-
ção de filatelia e de dela tens algum documento, faz uma notícia sobre esse
evento para ser aqui publicado. Se tiveres, envia-nos também alguma imagem.
CLUBE DE TROCAS
Te tens falta de alguma peça para completar uma colecção, não existes em
contactar-nos, nós ajudamos-te divulgando a tua falta
Endereços das Agremiações:
AFAL - Associação Filatélica Alentejo Algarve
Avenida 25 de Abril, Bloco 2, r/c
8500-610 Portimão
Núcleo Filatélico Juvenil de Armação de Pera
Sítio da Torre,
Armação de Pêra,
8365-184 Silves
Secção Filatélica do Lions Clube de Portimão
Auditório Municipal
Rua Miguel Bombarda
8500-299 Portimão
Secção de Colecionismo da Associação Humanitá-
ria dos Bombeiros Voluntários de Vila Real de San-
to António
Rua Francisco Sá Carneiro S/N
8900-307 Vila Real de Santo António
Colaboraram neste número:
António Borralho
Francisco Galveias
Maria Manuela Lourenço
Sérgio Pedro
Paginação e Montagem
Francisco Galveias
Contacte-nos para
Email:
omensageirodoalgarve@gmail.com

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Messageiro 17 18-19-20
Messageiro 17 18-19-20Messageiro 17 18-19-20
Messageiro 17 18-19-20
Museu Filatelia Sérgio Pedro
 
Boletim mensageiro do_algarve _iii_2013
Boletim mensageiro do_algarve _iii_2013Boletim mensageiro do_algarve _iii_2013
Boletim mensageiro do_algarve _iii_2013
Museu Filatelia Sérgio Pedro
 
Catalogo Algarpex 2012
Catalogo Algarpex 2012Catalogo Algarpex 2012
Catalogo Algarpex 2012
Museu Filatelia Sérgio Pedro
 
O mensageiro do Algarve 6
O mensageiro do Algarve 6O mensageiro do Algarve 6
O mensageiro do Algarve 6
mensageiro2013
 
Catalogo filapex
Catalogo filapexCatalogo filapex
Catálogo 6 aniversario Núcleo de Filatelia de Faro
Catálogo 6 aniversario Núcleo de Filatelia de FaroCatálogo 6 aniversario Núcleo de Filatelia de Faro
Catálogo 6 aniversario Núcleo de Filatelia de Faro
Museu Filatelia Sérgio Pedro
 
Revista de portugal n.15
Revista de portugal n.15Revista de portugal n.15
Revista de portugal n.15
queirosiana
 
Boletim mensageiro do_algarve _3_2013
Boletim mensageiro do_algarve _3_2013Boletim mensageiro do_algarve _3_2013
Boletim mensageiro do_algarve _3_2013
mensageiro2013
 
Teste português 5º e 6ºpoesia
Teste português 5º e 6ºpoesiaTeste português 5º e 6ºpoesia
Teste português 5º e 6ºpoesia
Agrupamento de Escolas Vieira de Araújo
 
Antonio, um brasileiro de Riacho das Almas
Antonio, um brasileiro de Riacho das AlmasAntonio, um brasileiro de Riacho das Almas
Antonio, um brasileiro de Riacho das Almas
Celso Corrêa de Freitas
 
Tavira, o Marquês de Pombal e a fábrica de Tapeçarias
Tavira, o Marquês de Pombal e a fábrica de TapeçariasTavira, o Marquês de Pombal e a fábrica de Tapeçarias
Tavira, o Marquês de Pombal e a fábrica de Tapeçarias
José Mesquita
 
Vila Real de Santo António no I Centenário do seu Fundador
Vila Real de Santo António no I Centenário do seu FundadorVila Real de Santo António no I Centenário do seu Fundador
Vila Real de Santo António no I Centenário do seu Fundador
José Mesquita
 
NºS 4,10 12 Portugal
NºS 4,10 12 PortugalNºS 4,10 12 Portugal
NºS 4,10 12 Portugal
Ana Carlão
 
Padre antónio vieria
Padre antónio vieriaPadre antónio vieria
Padre antónio vieria
Catarina Sousa
 
2012 requer envio de expediente aos senhores ligados a liga das escolas de ...
2012   requer envio de expediente aos senhores ligados a liga das escolas de ...2012   requer envio de expediente aos senhores ligados a liga das escolas de ...
2012 requer envio de expediente aos senhores ligados a liga das escolas de ...
drtaylorjr
 
INFORMAÇÃO COMPLETA 107 - março 2015
INFORMAÇÃO COMPLETA 107 - março 2015INFORMAÇÃO COMPLETA 107 - março 2015
INFORMAÇÃO COMPLETA 107 - março 2015
Pery Salgado
 
A importância da presença de portugal nas reuniões da comissão baleeira inter...
A importância da presença de portugal nas reuniões da comissão baleeira inter...A importância da presença de portugal nas reuniões da comissão baleeira inter...
A importância da presença de portugal nas reuniões da comissão baleeira inter...
Ricardo Ribeiro
 
Fatos importantes da história de curtibanos parte 1
Fatos importantes da história de curtibanos   parte 1Fatos importantes da história de curtibanos   parte 1
Fatos importantes da história de curtibanos parte 1
Sebastião Luiz Alves
 
Catabase
CatabaseCatabase
Catabase
borbaescola
 
AGRISÊNIOR NOTÍCIAS Nº°620 an 16 maio 2017
AGRISÊNIOR NOTÍCIAS Nº°620 an 16 maio 2017AGRISÊNIOR NOTÍCIAS Nº°620 an 16 maio 2017
AGRISÊNIOR NOTÍCIAS Nº°620 an 16 maio 2017
Roberto Rabat Chame
 

Mais procurados (20)

Messageiro 17 18-19-20
Messageiro 17 18-19-20Messageiro 17 18-19-20
Messageiro 17 18-19-20
 
Boletim mensageiro do_algarve _iii_2013
Boletim mensageiro do_algarve _iii_2013Boletim mensageiro do_algarve _iii_2013
Boletim mensageiro do_algarve _iii_2013
 
Catalogo Algarpex 2012
Catalogo Algarpex 2012Catalogo Algarpex 2012
Catalogo Algarpex 2012
 
O mensageiro do Algarve 6
O mensageiro do Algarve 6O mensageiro do Algarve 6
O mensageiro do Algarve 6
 
Catalogo filapex
Catalogo filapexCatalogo filapex
Catalogo filapex
 
Catálogo 6 aniversario Núcleo de Filatelia de Faro
Catálogo 6 aniversario Núcleo de Filatelia de FaroCatálogo 6 aniversario Núcleo de Filatelia de Faro
Catálogo 6 aniversario Núcleo de Filatelia de Faro
 
Revista de portugal n.15
Revista de portugal n.15Revista de portugal n.15
Revista de portugal n.15
 
Boletim mensageiro do_algarve _3_2013
Boletim mensageiro do_algarve _3_2013Boletim mensageiro do_algarve _3_2013
Boletim mensageiro do_algarve _3_2013
 
Teste português 5º e 6ºpoesia
Teste português 5º e 6ºpoesiaTeste português 5º e 6ºpoesia
Teste português 5º e 6ºpoesia
 
Antonio, um brasileiro de Riacho das Almas
Antonio, um brasileiro de Riacho das AlmasAntonio, um brasileiro de Riacho das Almas
Antonio, um brasileiro de Riacho das Almas
 
Tavira, o Marquês de Pombal e a fábrica de Tapeçarias
Tavira, o Marquês de Pombal e a fábrica de TapeçariasTavira, o Marquês de Pombal e a fábrica de Tapeçarias
Tavira, o Marquês de Pombal e a fábrica de Tapeçarias
 
Vila Real de Santo António no I Centenário do seu Fundador
Vila Real de Santo António no I Centenário do seu FundadorVila Real de Santo António no I Centenário do seu Fundador
Vila Real de Santo António no I Centenário do seu Fundador
 
NºS 4,10 12 Portugal
NºS 4,10 12 PortugalNºS 4,10 12 Portugal
NºS 4,10 12 Portugal
 
Padre antónio vieria
Padre antónio vieriaPadre antónio vieria
Padre antónio vieria
 
2012 requer envio de expediente aos senhores ligados a liga das escolas de ...
2012   requer envio de expediente aos senhores ligados a liga das escolas de ...2012   requer envio de expediente aos senhores ligados a liga das escolas de ...
2012 requer envio de expediente aos senhores ligados a liga das escolas de ...
 
INFORMAÇÃO COMPLETA 107 - março 2015
INFORMAÇÃO COMPLETA 107 - março 2015INFORMAÇÃO COMPLETA 107 - março 2015
INFORMAÇÃO COMPLETA 107 - março 2015
 
A importância da presença de portugal nas reuniões da comissão baleeira inter...
A importância da presença de portugal nas reuniões da comissão baleeira inter...A importância da presença de portugal nas reuniões da comissão baleeira inter...
A importância da presença de portugal nas reuniões da comissão baleeira inter...
 
Fatos importantes da história de curtibanos parte 1
Fatos importantes da história de curtibanos   parte 1Fatos importantes da história de curtibanos   parte 1
Fatos importantes da história de curtibanos parte 1
 
Catabase
CatabaseCatabase
Catabase
 
AGRISÊNIOR NOTÍCIAS Nº°620 an 16 maio 2017
AGRISÊNIOR NOTÍCIAS Nº°620 an 16 maio 2017AGRISÊNIOR NOTÍCIAS Nº°620 an 16 maio 2017
AGRISÊNIOR NOTÍCIAS Nº°620 an 16 maio 2017
 

Destaque

Catálogo Exposição Filatélica - 80 Anos C. F. Armacenenses
Catálogo Exposição Filatélica - 80 Anos C. F. ArmacenensesCatálogo Exposição Filatélica - 80 Anos C. F. Armacenenses
Catálogo Exposição Filatélica - 80 Anos C. F. Armacenenses
Museu Filatelia Sérgio Pedro
 
III Encontro Internacional de Coleccionismo de Vila Real de Santo António
 III Encontro Internacional de Coleccionismo de Vila Real de Santo António III Encontro Internacional de Coleccionismo de Vila Real de Santo António
III Encontro Internacional de Coleccionismo de Vila Real de Santo António
Museu Filatelia Sérgio Pedro
 
Mensageiro 8
Mensageiro 8Mensageiro 8
Mensageiro 8
mensageiro2013
 
Boletim mensageiro do_algarve _i
Boletim mensageiro do_algarve _iBoletim mensageiro do_algarve _i
Boletim mensageiro do_algarve _i
mensageiro2013
 
O Mensageiro do Algarve n.º 9
O Mensageiro do Algarve n.º 9O Mensageiro do Algarve n.º 9
O Mensageiro do Algarve n.º 9
mensageiro2013
 
Catálogo Mostra Filatélica Beja Dezembro 2010
Catálogo Mostra Filatélica Beja Dezembro 2010Catálogo Mostra Filatélica Beja Dezembro 2010
Catálogo Mostra Filatélica Beja Dezembro 2010
Museu Filatelia Sérgio Pedro
 

Destaque (6)

Catálogo Exposição Filatélica - 80 Anos C. F. Armacenenses
Catálogo Exposição Filatélica - 80 Anos C. F. ArmacenensesCatálogo Exposição Filatélica - 80 Anos C. F. Armacenenses
Catálogo Exposição Filatélica - 80 Anos C. F. Armacenenses
 
III Encontro Internacional de Coleccionismo de Vila Real de Santo António
 III Encontro Internacional de Coleccionismo de Vila Real de Santo António III Encontro Internacional de Coleccionismo de Vila Real de Santo António
III Encontro Internacional de Coleccionismo de Vila Real de Santo António
 
Mensageiro 8
Mensageiro 8Mensageiro 8
Mensageiro 8
 
Boletim mensageiro do_algarve _i
Boletim mensageiro do_algarve _iBoletim mensageiro do_algarve _i
Boletim mensageiro do_algarve _i
 
O Mensageiro do Algarve n.º 9
O Mensageiro do Algarve n.º 9O Mensageiro do Algarve n.º 9
O Mensageiro do Algarve n.º 9
 
Catálogo Mostra Filatélica Beja Dezembro 2010
Catálogo Mostra Filatélica Beja Dezembro 2010Catálogo Mostra Filatélica Beja Dezembro 2010
Catálogo Mostra Filatélica Beja Dezembro 2010
 

Semelhante a O Mensageiro do Algarve n.º 11

Carta Náutica outubro 2019
Carta Náutica outubro 2019Carta Náutica outubro 2019
Carta Náutica outubro 2019
APL - Administração do Porto de Lisboa
 
Boletim Bibliográfico do Porto de Lisboa – Agosto de 2016
Boletim Bibliográfico do Porto de Lisboa – Agosto de 2016Boletim Bibliográfico do Porto de Lisboa – Agosto de 2016
Boletim Bibliográfico do Porto de Lisboa – Agosto de 2016
APL - Administração do Porto de Lisboa
 
Carta Nautica fevereiro 2021
Carta Nautica fevereiro 2021Carta Nautica fevereiro 2021
Carta Nautica fevereiro 2021
APL - Administração do Porto de Lisboa
 
Postais Máximos do Algarve (Concelho de Olhão)
Postais Máximos do Algarve (Concelho de Olhão)Postais Máximos do Algarve (Concelho de Olhão)
Postais Máximos do Algarve (Concelho de Olhão)
Museu Filatelia Sérgio Pedro
 
A ECONOMIA MARÍTIMA (AINDA) EXISTE?
A ECONOMIA MARÍTIMA (AINDA) EXISTE?A ECONOMIA MARÍTIMA (AINDA) EXISTE?
A ECONOMIA MARÍTIMA (AINDA) EXISTE?
portodeaveiro
 
Carta Nautica abril 2019
Carta Nautica abril 2019Carta Nautica abril 2019
Estágio "Diário As Beiras" - Julho 2019 (Caderno especial Expofacic)
Estágio "Diário As Beiras" - Julho 2019 (Caderno especial Expofacic)Estágio "Diário As Beiras" - Julho 2019 (Caderno especial Expofacic)
Estágio "Diário As Beiras" - Julho 2019 (Caderno especial Expofacic)
Isa Cadete
 
Cidade do porto
Cidade do portoCidade do porto
Cidade do porto
gustavoericardo
 
Carta Náutica - novembro 2018
Carta Náutica - novembro 2018Carta Náutica - novembro 2018
Carta Náutica - novembro 2018
APL - Administração do Porto de Lisboa
 
Carta Náutica do Porto de Lisboa - setembro 2017
Carta Náutica do Porto de Lisboa - setembro 2017Carta Náutica do Porto de Lisboa - setembro 2017
Carta Náutica do Porto de Lisboa - setembro 2017
APL - Administração do Porto de Lisboa
 
Carta Náutica do Porto de Lisboa - novembro 2017
Carta Náutica do Porto de Lisboa - novembro 2017Carta Náutica do Porto de Lisboa - novembro 2017
Carta Náutica do Porto de Lisboa - novembro 2017
APL - Administração do Porto de Lisboa
 
Carta Nautica novembro 2019
Carta Nautica novembro 2019Carta Nautica novembro 2019
Carta Nautica novembro 2019
APL - Administração do Porto de Lisboa
 
Boletim Bibliográfico do Porto de Lisboa - fevereiro de 2017
Boletim Bibliográfico do Porto de Lisboa - fevereiro de 2017Boletim Bibliográfico do Porto de Lisboa - fevereiro de 2017
Boletim Bibliográfico do Porto de Lisboa - fevereiro de 2017
APL - Administração do Porto de Lisboa
 
Bfd020 p
Bfd020 pBfd020 p
Carta Náutica do Porto de Lisboa - abril 2017
Carta Náutica do Porto de Lisboa - abril 2017Carta Náutica do Porto de Lisboa - abril 2017
Carta Náutica do Porto de Lisboa - abril 2017
APL - Administração do Porto de Lisboa
 
Seminário "Partilha de Experiências entre a AESM e os Agentes Portuários Naci...
Seminário "Partilha de Experiências entre a AESM e os Agentes Portuários Naci...Seminário "Partilha de Experiências entre a AESM e os Agentes Portuários Naci...
Seminário "Partilha de Experiências entre a AESM e os Agentes Portuários Naci...
portodeaveiro
 
Carta Náutica novembro 2020
Carta Náutica novembro 2020Carta Náutica novembro 2020
Carta Náutica novembro 2020
APL - Administração do Porto de Lisboa
 
Grandes veleiros voltam ao Tejo
Grandes veleiros voltam ao TejoGrandes veleiros voltam ao Tejo
Grandes veleiros voltam ao Tejo
APL - Administração do Porto de Lisboa
 
Marcofilia Comemorativa do Algarve - Concelho de Lagos (de 1960 a 2010)
Marcofilia Comemorativa do Algarve - Concelho de Lagos (de 1960 a 2010)Marcofilia Comemorativa do Algarve - Concelho de Lagos (de 1960 a 2010)
Marcofilia Comemorativa do Algarve - Concelho de Lagos (de 1960 a 2010)
Museu Filatelia Sérgio Pedro
 
1º Encontro de Saveiros no Rio Paraguaçu - São Félix-Ba.pdf
1º Encontro de Saveiros no Rio Paraguaçu - São Félix-Ba.pdf1º Encontro de Saveiros no Rio Paraguaçu - São Félix-Ba.pdf
1º Encontro de Saveiros no Rio Paraguaçu - São Félix-Ba.pdf
CarineArajo4
 

Semelhante a O Mensageiro do Algarve n.º 11 (20)

Carta Náutica outubro 2019
Carta Náutica outubro 2019Carta Náutica outubro 2019
Carta Náutica outubro 2019
 
Boletim Bibliográfico do Porto de Lisboa – Agosto de 2016
Boletim Bibliográfico do Porto de Lisboa – Agosto de 2016Boletim Bibliográfico do Porto de Lisboa – Agosto de 2016
Boletim Bibliográfico do Porto de Lisboa – Agosto de 2016
 
Carta Nautica fevereiro 2021
Carta Nautica fevereiro 2021Carta Nautica fevereiro 2021
Carta Nautica fevereiro 2021
 
Postais Máximos do Algarve (Concelho de Olhão)
Postais Máximos do Algarve (Concelho de Olhão)Postais Máximos do Algarve (Concelho de Olhão)
Postais Máximos do Algarve (Concelho de Olhão)
 
A ECONOMIA MARÍTIMA (AINDA) EXISTE?
A ECONOMIA MARÍTIMA (AINDA) EXISTE?A ECONOMIA MARÍTIMA (AINDA) EXISTE?
A ECONOMIA MARÍTIMA (AINDA) EXISTE?
 
Carta Nautica abril 2019
Carta Nautica abril 2019Carta Nautica abril 2019
Carta Nautica abril 2019
 
Estágio "Diário As Beiras" - Julho 2019 (Caderno especial Expofacic)
Estágio "Diário As Beiras" - Julho 2019 (Caderno especial Expofacic)Estágio "Diário As Beiras" - Julho 2019 (Caderno especial Expofacic)
Estágio "Diário As Beiras" - Julho 2019 (Caderno especial Expofacic)
 
Cidade do porto
Cidade do portoCidade do porto
Cidade do porto
 
Carta Náutica - novembro 2018
Carta Náutica - novembro 2018Carta Náutica - novembro 2018
Carta Náutica - novembro 2018
 
Carta Náutica do Porto de Lisboa - setembro 2017
Carta Náutica do Porto de Lisboa - setembro 2017Carta Náutica do Porto de Lisboa - setembro 2017
Carta Náutica do Porto de Lisboa - setembro 2017
 
Carta Náutica do Porto de Lisboa - novembro 2017
Carta Náutica do Porto de Lisboa - novembro 2017Carta Náutica do Porto de Lisboa - novembro 2017
Carta Náutica do Porto de Lisboa - novembro 2017
 
Carta Nautica novembro 2019
Carta Nautica novembro 2019Carta Nautica novembro 2019
Carta Nautica novembro 2019
 
Boletim Bibliográfico do Porto de Lisboa - fevereiro de 2017
Boletim Bibliográfico do Porto de Lisboa - fevereiro de 2017Boletim Bibliográfico do Porto de Lisboa - fevereiro de 2017
Boletim Bibliográfico do Porto de Lisboa - fevereiro de 2017
 
Bfd020 p
Bfd020 pBfd020 p
Bfd020 p
 
Carta Náutica do Porto de Lisboa - abril 2017
Carta Náutica do Porto de Lisboa - abril 2017Carta Náutica do Porto de Lisboa - abril 2017
Carta Náutica do Porto de Lisboa - abril 2017
 
Seminário "Partilha de Experiências entre a AESM e os Agentes Portuários Naci...
Seminário "Partilha de Experiências entre a AESM e os Agentes Portuários Naci...Seminário "Partilha de Experiências entre a AESM e os Agentes Portuários Naci...
Seminário "Partilha de Experiências entre a AESM e os Agentes Portuários Naci...
 
Carta Náutica novembro 2020
Carta Náutica novembro 2020Carta Náutica novembro 2020
Carta Náutica novembro 2020
 
Grandes veleiros voltam ao Tejo
Grandes veleiros voltam ao TejoGrandes veleiros voltam ao Tejo
Grandes veleiros voltam ao Tejo
 
Marcofilia Comemorativa do Algarve - Concelho de Lagos (de 1960 a 2010)
Marcofilia Comemorativa do Algarve - Concelho de Lagos (de 1960 a 2010)Marcofilia Comemorativa do Algarve - Concelho de Lagos (de 1960 a 2010)
Marcofilia Comemorativa do Algarve - Concelho de Lagos (de 1960 a 2010)
 
1º Encontro de Saveiros no Rio Paraguaçu - São Félix-Ba.pdf
1º Encontro de Saveiros no Rio Paraguaçu - São Félix-Ba.pdf1º Encontro de Saveiros no Rio Paraguaçu - São Félix-Ba.pdf
1º Encontro de Saveiros no Rio Paraguaçu - São Félix-Ba.pdf
 

Último

1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
LeticiaRochaCupaiol
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
LILIANPRESTESSCUDELE
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
Manuais Formação
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Érika Rufo
 
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
LEANDROSPANHOL1
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
wagnermorais28
 
A Evolução da história da Física - Albert Einstein
A Evolução da história da Física - Albert EinsteinA Evolução da história da Física - Albert Einstein
A Evolução da história da Física - Albert Einstein
WelberMerlinCardoso
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
JoeteCarvalho
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 

Último (20)

1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
 
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
 
A Evolução da história da Física - Albert Einstein
A Evolução da história da Física - Albert EinsteinA Evolução da história da Física - Albert Einstein
A Evolução da história da Física - Albert Einstein
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 

O Mensageiro do Algarve n.º 11

  • 1. Neste trimestre, a atividade filatélica apresentou-se mais reduzida, exceptuando-se uma Algarpex e a Gaia 2015. O Verão, tempo de férias, é pouco propício para a realização deste tipo de eventos. Não quer dizer que não tenhamos tido frutuosos contactos e não tenhamos projectos, a nível desta nossa província do Algarve. Sete mostras filatélicas estão previstas para o próximo trimes- tre, umas maiores, outras mais pequenas, integradas ou não no Plano Exposicional da Federação. De destacar a VI Exposição Algarpex levada a efei- to em Castro Marim em Setembro que, embora não seja competitiva, é um certame que tem reunido, anualmen- te, para cima de três dezenas de expositores sempre com mais de 120 quadros o que a tornam única no panorama filatélico nacional. É um ponto de reunião, de convívio e de troca de experiências entre colecionado- res. Apostamos neste tipo de acção, em continuidade, cientes que tiraremos resultados num futuro próximo. Também, durante este trimestre, realizou-se em Gaia a XXV Exposição Filatélica Nacional, a Gaia 2015. Não podemos deixar de destacar a participação de alguns filatelistas do Algarve e a medalha de Prata Grande ganha pelo "O Mensageiro do Algarve", com que nos congratulamos e nos incentiva a fazer mais e melhor. É, até agora, a única revista on-line em Portu- gal. Chega a casa de muitos filatelistas por esse Mundo fora. Esperamos continuar a contribuir para o desenvol- vimento da Filatelia e a merecer a simpatia e confiança de todos os que habitualmente não prescindem a sua leitura. EditorialEditorialEditorial O Mensageiro do AlgarveO Mensageiro do AlgarveO Mensageiro do Algarve Boletim das Agremiações Filatélicas e de Coleccionismo do AlgarveBoletim das Agremiações Filatélicas e de Coleccionismo do AlgarveBoletim das Agremiações Filatélicas e de Coleccionismo do Algarve P U B L I C A Ç Ã OP U B L I C A Ç Ã O T R I M E S T R A LT R I M E S T R A L —— A N OA N O I I I N . º 1 1 O U T U B R O D E 2 0 1 5I I I N . º 1 1 O U T U B R O D E 2 0 1 5 NESTA EDIÇÃO: Laranja do Algarve evocada em selo – 2 Aeroporto de Faro – 3 O Caimão visto através da Maximafilia – 8 Programação dos clubes para o ano de 2016 – 9 Actividades filatélicas no Algarve de Julho a Setembro – 10 Próximos Eventos filatélicos – 16 Outros Eventos de Filatelia e Coleccionismo – 17 Produtos Filatélicos do 3º Trimestre - 18 Os Artigos publicados são da responsabilidade dos seus autores
  • 2. No passado dia um de setembro foi colocada em circulação mais uma série de selos, desta vez alusiva às frutas portuguesas. Segundo João Pereira que redigiu a introdução da série na pagela dos CTT “A emissão de selos Frutas de Portugal, nada mais é, do que uma Grande Volta a Portugal, não de bicicleta mas no «selim» das cores, dos perfumes, das tex- turas e dos sabores das frutas portuguesas produzidas em todo o nosso território” A série de selos é composta por seis selos que podem ser comercializados unitaria- mente ou em formato de minifolha. Os selos formato retangular (posição retrato) com 30,6 mm por 40,0mm, sendo que o selo alusivo à Laranja tem a taxa de 0,55€ e uma tiragem de cento e vinte mil exemplares organizados em folhas de cinquenta exemplares com perfura- ção de 13x13. Já a minifolha com seis selos teve uma tiragem de quarenta mil exemplares. O design dos selos ficou a cargo de Natali Nascimento da TerraProjectos elaborados em papel FSC 110 g./m 2 e impressão offset na Impressa Nacional Casa da Moeda. Sérgio Pedro P Á G I N A 2 Laranja do Algarve evocada em seloLaranja do Algarve evocada em seloLaranja do Algarve evocada em selo O M E N S A G E I R O D O A L G A R V E
  • 3. P Á G I N A 3P U B L I C A Ç Ã O T R I M E S T R A L — A N O I I I No ano em passam 50 anos da inauguração do Aeroporto de Faro, apresentamos alguns dos elementos filatélicos que o ligam à filatelia portuguesa. Foi um acontecimento marcante para as gentes algarvias e que ocupou não só as primeiras páginas dos jornais nacionais como também as primeiras páginas dos jornais do Algarve dando assim destaque àquele que é hoje o terceiro aeroporto português. Inaugurado em 11 de Junho de 1965, com a presença do Chefe de Estado, Almirante Américo Tomás, que viajou de véspera, tendo pernoitado na Pousada de São Brás de Alportel. Nesse dia 11, bem cedo, percorreu a pé, as ruas de São Brás, Faro foi o próximo destino, onde também percorreu as ruas da cidade, mas agora em automóvel aberto e em direcção ao Arco da Vila, local onde lhe foram entregues as Chaves da Cidade, das mãos do então presidente da Câmara, Major Vieira Branco A cerimónia continuou, com uma revista à guarda de honra, composta pelos Solda- dos da Paz dos Voluntários de Faro, dirigindo-se de seguida para o Edifício da Câmara Municipal, onde descerrou uma lápide marcando a sua passagem por aquele local ao qual se seguiram os discursos que são apanágio nestes actos. A distância que separa a Câmara Municipal da Sé Catedral, é curta e foi para lá que seguiram, com toda a comitiva a percorrer a pé aquela pequena distância, onde assistiram à Missa celebrada pelo Bispo do Algarve, D. Francisco Rendeiro, coadjuvado pelo pároco da Sé, Henrique Ferreira da Silva, Depois da cerimónia religiosa, já a manhã ia alta, quando se dirigiu para o Aeroporto, o cortejo parou no entroncamento da Nacional 125 com a estrada de ligação à Praia de Faro, um troço de cerca de oito quilómetros, também inaugurado nesse dia, que passou a ligar também a cidade ao seu aeroporto. Aeroporto de FaroAeroporto de FaroAeroporto de Faro --- 50 Anos50 Anos50 Anos
  • 4. Aguardavam-no no aeroporto os membros do Governo e outras entidades e o Bata- lhão do Centro de Instrução de Sargentos Milicianos (de Tavira), com bandeira e fanfarra, que fez a Guarda de Honra ao Presidente da República e que, depois de executado o Hino Nacional, passou revista à formatura, ao que se seguiu um desfile em continência perante um palanque onde se acomodaram as individualidades presentes. Cerca das 12H30, aterrou na pista, vindo de Lisboa o avião Super-Consttelatiom da TAP, “Infante D. Henrique” que transportou 84 convidados, aterrando de seguida várias avio- netas, de diversos aeroclubes do país, que quiseram também abrilhantar esta cerimónia. Depois da recepção e cumprimentos aos convidados, seguiram para a Torre de Controlo de Tráfego, onde o Bispo do Algarve procedeu à bênção das instalações, proferindo na altura “o Algarve sonhou largos anos com este melhoramento e, ultimamente viu nele o meio de se erguer ao nível de zona de turismo internacional. Hoje viu essa alegria e espera, confiada- mente, que ela se há-de traduzir na realidade futura sonhada nos últimos tempos”. Seguiram-se as cerimónias da inauguração do Aeroporto, Terminada a Sessão, foi descerrada uma lápide alusiva ao acontecimento ao que se seguiu um almoço volante, que decorreu no piso superior das instalações. P Á G I N A 4 O M E N S A G E I R O D O A L G A R V E
  • 5. P Á G I N A 5P U B L I C A Ç Ã O T R I M E S T R A L — A N O I I I Passados 50 anos, operam agora ali mais de sete dezenas de Companhias Aéreas, para mais de uma centena de destinos e, se no primeiro que operou, passaram por aquele local cerca de 59.000 passageiros, hoje, cerca de 2 milhões É dotado de uma pista com 2.490 metros de comprimento, com 45 de largura, estan- do apto a receber todos os tipos de aviões. No período em que este aeroporto tem operado, um grande desastre ressalta consta do seu curriculum, em 21 de Dezembro de 1992, o voo da Martinair MP495, com um DC-10, desta companhia holandesa que se despenhou na pista, em condições meteorológicas adversas, provocando a morte de 54 passageiros e 2 tripulantes, com 106 feridos graves, num total de 340 pessoas que vinham a bordo, incluindo tripulantes e assistentes; Devido à sua localização, tem sofrido ao longo do tempo várias inundações e condições meteorológi- cas adversas, condicionando portanto, em alguns momentos o tráfego aéreo No interior do Aeroporto, esta estabelecida uma Estação de Correio. As primeiras referências filatélicas relacionadas com o Aeroporto de Faro datam de Julho de 1965, como veremos mais adiante, dois carimbos comemorativos dos primeiros voos Lisboa-Faro e Faro-Lisboa, cerca de um mês depois da sua inauguração. A partir desta data, foram várias as referências. Desde sempre, os primeiros voos, foram aproveitados pelas Companhias Aéreas, para a emissão de carimbos especiais de correio aéreo, hoje um pouco em desuso, não dei- xando aqui de apresentar os que se relacionam com o Aeroporto de Faro. A numeração dos carimbos indicados são referentes aos catálogos de Francisco Lemos da Silveira (LS), de F. Palma Leal (PL), de Augusto Barjona de Freitas (BF) e Clube de Coleccionadores de Carimbos Comemorativos (CC).
  • 6. CARIMBOS CTT 15/07/1965, Aeroporto de Faro – Primeiro Voo TAP Faro-Lisboa ► PL: C-33 / BF: A3 15/07/1965, Aeroporto de Lisboa – Primeiro Voo Lisboa-Faro ► PL: C-32 / BF: F1 15/07/1975, Faro – Dia da Aerofilatelia em Portugal ► PL: A-818 / BF: A15 15/07/1980, Aeroporto de Faro–15º Aniversário do 1º Voo Faro Lisboa ►CC: 1332 / BF: A55 24/06/1979, Aeroporto de Faro – Primeiro Voo Faro – Frankfurt ► BF: A43 CARIMBOS COMPANHIAS AÉREAS 04/04/1968, FAO/LON - Cor: violeta / Primeiro Voo / Voo diurno ►LS: 5 / BF: G1 04/04/1968, LON/FAR - Cor: azul / Primeiro Voo / Voo diurno ►LS: 6 / BF: G2 06/04/1968, FAO/FRA - Cor: preto / Primeiro Voo ► LS: 7 / BF: G3 06/04/1968, FRA/FAO - Cor: vermelho / Primeiro Voo ► LS: 8 / BF: G4 04/04/1969, FAO/DUS - Cor: preto / Primeiro Voo – Boeing 727 – PT 543 ► LS: 17 / BF: G5 04/04/1969, DUS/FAO - Cor:vermelho / Primeiro Voo–Boeing 727–TP 543 ►LS: 18 / BF: G6 06/04/1978, MAS/FAO - Cor: preto / Eerste Vlucht ►LS: 73 / BF: G7 05/04/1974, FAO/FRA - Cor. Preto / 10º Aniversário ► LS: 118 / BF: G8 06/04/1978, FRA/FAO / Cor: preto / 10º Aniversário ► LS: 119 / BF: G9 08/04/1978, FAO/CPH / Cor: preto / 1º Voo ► LS: 122 / BF: G10 08/04/1978, CPH/FAO / Cor: preto / Lufthansa / 1º Voo ► LS: 123 / BF: G11 24/06/1979, FRA/FAO / Cor: preto / LH 212 – Lufthansa ► BF: G19 29/03/1982, FAO/OPO / Cor: violeta / 1º Voo ► LS: 170 / BF: G12 03/04/1982, OPO/FAO / Cor: verde / 1º Voo ►LS: 171 / BF: G13 30/07/1985, LIS/FAO / Cor: preto / 20 Anos ► LS: 239 / BF: G14 30/07/1985, FAO/LIS / Cor: violeta / 20 Anos ► LS: 240 / BF: G15 19/12/1985, LIS/FAO / Cor: azul / XVI Dia da Aerofilatelia em Portugal ► LS: 246 / BF: G16 01/04/1988, FAO/ZRH / Cor: viotela / Voo Directo ►LS: 293 / BF: G17 01/04/1988, ZRH/FAO / Cor: preto / Direkt Flug ► LS: 294 / BF: G18 P Á G I N A 6 O M E N S A G E I R O D O A L G A R V E
  • 7. P Á G I N A 7P U B L I C A Ç Ã O T R I M E S T R A L — A N O I I I 08/04/1978, CPH/FAO / Cor: preto / Lufthansa / 1º Voo 01/04/1988, MAS/FAO / Cor: azul / KLM / 1º Voo (Não referenciado na listagem de voos) Biografia utilizada: Peças Filatélicas da colecção particular do Prof. António Gonçalves Borralho. Clube de Coleccionadores de Carimbos Comemorativos da Secção Filatélica da Associação Académica de Coimbra – Catálogo de Carimbos Comemorativos de Portugal Continental e Ilhas (1977-1981), Edição de Janeiro de 1982 “Jornal do Algarve”, jornal semanário publicado em Vila Real de Santo, edições de 3, 10 e 17 de Julho de 1965. “O Algarve”, jornal semanário publicado em Faro, edições de 18 e 25 de Julho de 1965 Restos de Colecção.blogspot.com – Espólio de fotografias CABRITA, Eng. Aurélio Nuno – Artigo publicado em www.cm-alcotim.pt – facebook/cmalcoutim FREITAS, Augusto Barjona – Marcofilia Comemorativa do Algarve, Edição da AFAL – Associação Filatélica Alentejo- Algarve, Portimão, Dezembro de 1996 LEAL, F. Palma Leao – Catálogo de Carimbos de Portugal Continental, Insular e Ultramarino e Novos Países de Expressão Portuguesa, Edição de 1979, Barata das Neves SILVEIRA, Cap. F. Lemos da Silveira – Catálogo de Marcas Aéreas (1968-1990), Edição da TAP Air Portugal
  • 8. O Caimão (Porphyrioporphyrio)é uma ave aquática de grande porte, que mede cerca de 45 a 50 cm de comprimento, tem o dorso revestido de uma plumagem completamente azul sendo o bico e patas avermelhadas. Encontra-se no Sul de Espanha, Costa Algarvia de Portugal e África Oriental. Em Portugal vislumbra-se nas zonas húmidas costeiras, desde o Algarve até à região do Baixo Mondego. No Algarve a reprodução desta espécie ocorre durante todo o ano, sendo o ninho construído numa plataformasobre a água, pondo em média 3 a 5 ovos por postura, e a sua a incubação é de 23 a 24 dias feita sempre pela fêmea. Pode ser observado na Quinta do Lago, Lagoa dos Salgados, Parque Ambiental de Vila Moura bem como na Ria do Alvor e Sapal de Castro Marim O seu habitat é em zonas húmidas de água doce ou salobra com uma vegetação emergente abundante e densa, aonde passa a maior parte do tempo, movimentando-se com muita lentidão. É uma ave omnívora alimentando-se também de vegetação aquática como rizomas, caules, rebentos, flores e sementes. Filatelicamente os C.T.T de Portugal tem publicitado ao longo dos anos, diversas emissões de selos e postais máximos relacionadas com a temática “ AVES “, tendo lançado, no ano de 2001, uma emissão “Aves de Portugal - Emissão Base (3º Grupo) ” onde está incluída esta espécie (Selo com dupla taxa de 85$00 € 0.42) conforme os exemplares aqui reproduzidos o testemunham. Elaborado por Américo Rebelo Setembro 2015 BIBLIOGRAFIA:  Catálogo de Selos Postais e Marcas Pré-Adesivas – Afinsa 2012 – 29ª Edição  Guia das Aves Aquáticas da Reserva Natural do Sapal de Castro Marim e Vila Real de Santo António – Instituto Da Conservação da Natureza e Reserva Natural do Sapal de Castro Marim e Vila Real de Santo António.  Livro Vermelho dos Vertebrados de Portugal - Instituto da Conservação da Natureza - Editora Assírio & Alvim – 2ª Edição - 2006 Selo: Emissão Base – 5.03.2001, Aves de Portugal (3º Grupo) – Selo com dupla taxa de 85$00 € 0.42, Denteado: 12 x 12 ½ - Papel: Esmalte - Folhas: 100 selos (10 x 10) Obliteração: Marca postal 1º Dia - CTT de Faro 5.03.2001 (Faro: Capital do Distrito de Faro que está relacionada com o habitat des- ta espécie) Postal: Edição da Associação Portuguesa de Maximafilia P Á G I N A 8 O M E N S A G E I R O D O A L G A R V E O Caimão visto através da MaximafiliaO Caimão visto através da MaximafiliaO Caimão visto através da Maximafilia
  • 9. P Á G I N A 9P U B L I C A Ç Ã O T R I M E S T R A L — A N O I I I ASSOCIAÇÃO FILATÉLICA ALENTEJO-ALGARVE Junho – Portimão – Jornadas Filatélicas Dezembro – Local a designar – Mostra Filatélica NUCLEO DE FILATELIA DO LIONS CLUBE DE PORTIMÃO Maio – Local a designar – Mostra Filatélica Setembro – Local a designar – Algarpex – VII Exposição Filatélica do Algarve SECÇÃO FILATÉLICA DA ASSOCIAÇÃO HUMANITÁRIA DOS BOMBEIROS VOLUNTÁ- RIOS DE VILA REAL DE SANTO ANTÓNIO 10 a 16 de Maio – Mostra Filatélica do Dia da Cidade 11 de Junho – Encontro Internacional de Coleccionismo 20 a 25 de Junho – Mostra Filatélica dedicada aos Bombeiros NUCLEO DE FILATELIA JUVENIL “O BICHINHO DO SELO” Junho – Armação de Pêra – Salão de Filatelia Agosto – Armação de Pêra – Mostra Filatélica “A Filatelia na Religião”. AMIGOS DA FILATELIA - FARO 15 de Janeiro – Dia Mundial do Compositor – Escola Pinheiro da Rosa 2 de Fevereiro – Dia Mundial das Zonas Húmidas – Escola Neves Júnior 21 de Fevereiro – Dia Internacional da Língua Materna – Escola Pinheiro da Rosa 8 de Março – Dia Internacional da Mulher – Escola Neves Júnior 7 de Abril – Dia Mundial da Saúde – Escola Pinheiro da Rosa 18 de Abril – Dia Internacional dos Monumentos e Sítios – Escola Emiliano Costa / Escola Neves Júnior / Escola Pinheiro da Rosa 25 de Abril – 25 de Abril – Escola Emiliano Costa / Escola Pinheiros da Rosa 8 de Maio – Dia Mundial da Cruz Vermelha e do Quarto Crescente – Escola Neves Júnios 13 de Maio – Aparições de Fátima – Escola Emiliano Costa 22 de Maio – Dia Internacional da Biodiversidade – Escola Pinheiro da Rosa Programação dos clubesProgramação dos clubesProgramação dos clubes para o ano de 2016para o ano de 2016para o ano de 2016
  • 10. A Algarpex 2015 foi até Castro Marim A Casa do Sal, Inaugurada em 24 de Junho de 2014, é um espaço que se direccionou para ser a Casa da Cultura desta vila do Sotavento, estando preparada para ali se realiza- rem exposições a palestras, reuniões de trabalho, lançamento de obras literárias ou outros tipos de eventos, sendo ainda provida de recepção, bar e de um espaço ao ar livro devida- mente resguardado que poderá ser aproveitado como complemento, aos tipos de eventos que ali se realizam. E foi neste espaço que teve lugar a a Algarpex 2015 – VI Exposição Filatélica do Algar- ve, de 3 a 12 de Julho de 2015, organizada pela Secção de Coleccionismo da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Vila Real de Santo António, o que tem como área de actuação não o concelho que consta na sua nomenclatura como também o de Castro Marim. No dia 3, dia da inauguração, pelas 18 horas, compareceram um elevado número de filatelistas e outros visitantes, sendo as cerimónias presididas pela Vice-Presidente da Câmara de Castro Marim, Dra. Filomena Sintra e no qual esteve presente o presidente do clube organizador, também ele Vereador da edilidade castromarinense, Nuno Pereira. Fize- ram-se ainda representar todos os clubes filatélicos algarvios e o clube filatélico da cidade espanhola de Huelva. A cerimónia foi aberta com a entrega da bandeira da Algar- pex do representante da Secção Filatélica do Lions Clube de Porti- mão, Prof. António Borralho ao representante da Secção de Coleccionismo, Francisco Gal- veias, tomando este a palavra e traçando as linhas gerais das Algarpexs ao mesmo tempo que agradecia a presença de tão ele- vado número de presenças e enalteceu a colaboração prestada pela Câmara Municipal. Nuno Pereira, enalteceu P Á G I N A 1 0 O M E N S A G E I R O D O A L G A R V E Actividades filatélicas noActividades filatélicas noActividades filatélicas no Algarve deAlgarve deAlgarve de Julho a SetembroJulho a SetembroJulho a Setembro VI Algarpex - Exposição Filatélica do Algarve Castro Marim, 3 a 12 de Julho de 2015
  • 11. P Á G I N A 1 1P U B L I C A Ç Ã O T R I M E S T R A L — A N O I I I a colaboração da Associação Humanitária de Bombeiros através da sua Secção de Coleccio- nismo num evento desta envergadura para o concelho do qual pertence à vereação. Final- mente, a Vice Presidente da Câmara de Castro Marim retribuiu os agradecimentos e mostrou disponibilidade para uma colaboração mais profícua no futuro. Seguiu-se uma demorada visita à exposição altura que foi aproveitadas por alguns filate- listas de apresentar a sua participação. No final foi serviço um Porto de Honra a todos os presentes e que serviu igualmente para se tecerem algumas conversas à volta da filatelia. Os dias que se seguiram foram dias de visita à exposição passando pelo local mais de duas centenas de visitantes dos quais destacamos as visitas guiadas a jovens que frequenta- ram a ocupação de tempos livres promovida pelo município de Castro Marim aos quais foi dada uma pequena aula de filatelia e entregue algumas recordações filatélicas. Durante a semana seguinte, de 6 a 10 de Julho, realizaram-se no local conversas sobre coleccionismo. No sábado e domingo realizou-se no espaço contíguo à exposição uma Feira de Colec- cionismo no qual participaram doze coleccionadores que aproveitaram para fazer algumas trocas, coincidindo no sábado com o tradicional mercado mensal que se realiza em Castro Marim em terrenos contíguos à Casa do Sal. Pelas 11 horas de sábado, recebeu a visita do Sr. Presidente da Câmara de Castro Marim, Dr. Francisco Amaral que visitou demoradamente a Exposição e a Feira de Coleccionismo, inteirando-se da dimensão do evento e tecendo algumas considerações sobre o material exposto, afirmando que também ele é um “filatelista”, mas retirado destas andanças há longos anos, mantendo, no entanto algum material ainda em casa. O domingo, o dia principal da expo- sição, abriu às 9 horas e depressa se encheu de visitantes que aguardaram pela abertura do Posto de Correio, o que acon- teceu às 10,30 horas, altura em que se procedeu à cerimónia de aposição do pri- meiro carimbo comemorativo para o con- celho de Castro Marim. A cerimónia da obliteração da peça filatélica com o carimbo comemorativo foi igualmente presidida pela Vice-Presidente da Câmara e contou com a presença dos representantes dos clubes do Algarve e de Andaluzia. Francisco Galveias sublinhou na sua pequena alocução que o carimbo, ora apresentado é o primeiro carimbo comemorati- vo para o concelho de Castro Marim, tornando pois, num marco histórico em termos filatéli- cos. Usaram ainda da palavra, além da Dra. Filomena Sintra e alguns dos representantes dos clubes filatélicos presentes, nomeadamente António Borralho e Manuel Guadalupe Garcia. Finalmente procedendo-se à aposição do carimbo na peça filatélica que foi assinada sucessi- vamente ela Dra. Filomena Sintra, em representação da Câmara Municipal, Francisco Gal- veias do clube organizador, António Borralho em representação da AFAL, Sérgio Pedro do Amigos da Filatelia, Manuel Guadalupe Garcia por parte do Círculo Filatélico de Huelva e Paula Campos em representação dos Correios de Portugal. O Posto de Correio, sempre bastante activo até ao seu fecho, o que aconteceu às 14 horas, esteve a cargo da Chefe da Loja dos CTT de Vila Real de Santo António Natércia Pal- ma e a funcionária Paula Campos, também daquela Loja.
  • 12. A Algarpex 2015, terminou com o tradicional almoço de confraternização, onde estive- ram presentes sessenta pessoas entre filatelistas e familiares e decorreu no restaurante do Castro Marim Golfe, um local bastante aprazível, rodeado pelos campos verdes de golfe e com vista para a serra e para o mar. No final, foram entregues os diplomas de participação e algumas prendas, ofertadas pela Câmara Municipal e pelo Clube organizador. Algumas imagens da Algarpex 2015 P Á G I N A 1 2 O M E N S A G E I R O D O A L G A R V E
  • 13. P Á G I N A 1 3P U B L I C A Ç Ã O T R I M E S T R A L — A N O I I I Decorreu de 27 de Julho a 1 de Agosto a a Mostra Filatélica comemorativa do 20º Ani- versário da FAS – Federação das Associações de Dadores de Sangue – Portugal nas insta- lações da Biblioteca Municipal de Beja – José Saramago. Ao acto inaugural compareceram, dezenas de pessoas dos quais destacamos o Presi- dente da União das Freguesias de Santiago Maior e São João Batista, a Directora Adminis- trativa da Biblioteca Municipal, Dra. Maria João Lança, o Presidente da Federação das Asso- ciações de Dadores de Sangue – Portugal, o Presidente da Associação de Dadores de San- gue de Pernes, Mário Gomes, à frente de uma delegação daquela associação e o Presidente da Direcção da Associação Humanitária de Dadores de Sangue de Beja, Francisco Reis. Esta Mostra, organizada pelo Grupo Filatélico da Associação Humanitária de Dadores de Sangue de Beja e pela FAS – Portugal e está incluída no Plano Exposicional da Federa- ção Portuguesa de Filatelia, contou ainda com a colaboração dos Correios de Portugal, da Direcção da Biblioteca, da União das Freguesias de Santiago Maior e S. João Batista e foi provida de um Carimbo Comemorativo. No evento, bastante concorrido, puderam apreciar um lote de doze excelentes colec- ções entre as quais destacamos, por serem oriundas do Algarve, as seguintes: “Selos de Relevo de Portugal” de José Manuel C. Brás; “A Invenção do Alfabeto e da escrita” de José Palma e “Transportes” de Francisco Matoso Galveias”. O Catálogo, incluía um excelente artigo intitulado “Os Selos de Beja”, o qual foi retira- do do livro “Os Correios no Concelho de Beja” de José Geada Sousa e Francisco Matoso Galveias, onde se perfilam todos os selos dedicados àquela cidade do Baixo Alentejo. A organização repicou um Inteiro Postal, Série Base c/ selo dos Desportos Radicais “Kitsurf”, com uma Mensagem do Presidente da FAS-Portugal, que fez circular com o Carim- bo Comemorativo. Foi uma excelente jornada filatélica, aquela que se viveu na Cidade de Beja. A peça Filatélica (frente e verso) Mostra Filatélica - 20 Anos da FAZ - Federação das Associações de Dadores de Sangue - Portugal Beja, 27 de Julho a 1 de Agosto de 2016
  • 14. Medalha Prata Grande para “O Mensageiro do Algarve” Vila Nova de Gaia foi a capital da filatelia portuguesa durante o período de 2 a 6 de Setembro, altura em que ali aconteceram duas exposições filatélicas em simultâneo – a XXV Exposição Filatélica Nacional Gaya 2015 e a Exposição Filatélica Inter-Regional Gaya 2015. Comecemos pela Inter-Regional. Sendo esta competição o primeiro patamar para se poder concorrer em exposições nacionais, constatamos que o reduzido número de novas colecções participantes, dezanove, poderá, à partida, perceber-se que aparecem poucas colecções no universo competitivo em Portugal, constatando que existe uma fraca adesão à competição filatélica. Por outro lado, e apesar de serem poucas as colecções apresentadas a concurso, constatamos que aparecem colecções com qualidade demonstrando haver interesse por um reduzido numero de filatelis- tas em manter a filatelia competitiva em Portugal num nível elevado. Como dissemos, aparecerem 19 colecções que ocuparam 105 quadros, distribuídos por cinco classes: Filatelia Tradicional - Portugal; História Postal; Inteiros Postais; Filatelia temática e Maximafilia. Apenas uma colecção do Algarve se apresentou a concurso “Voa, Voa, Borboleta”, pertencente ao filatelista Feliciano Monteiro Flor e que obteve uma Medalha de Prata com 66 pontos. Vejamos agora a Nacional. A XXV Exposição Filatélica Nacional Gaya 2015, como aliás também a Inter-Regional, organizadas pelo Clube de Coleccionismo de Gaia, tendo decorrido nas instalações da Esco- la Secundária Almeida Garrett daquela cidade. Os cinco dias em que decorreram as exposições foram preenchidos por um vasto pro- grama tendo cada dia uma dedicação especial. Assim, o primeiro dia, dia 2, foi dedicado à cidade de Vila Nova de Gaia, dia em que, foi igualmente dedicado ai lançamento de um Intei- ro Postal, dedicado aos “150 Anos do Nascimento de Álvaro Cabral” e aos “50 Anos da Can- ção Samaritana”. Álvaro Cabral, foi um actor e autor gaiense, autor daquela famosa canção; P Á G I N A 1 4 O M E N S A G E I R O D O A L G A R V E XXV Exposição Filatélica Nacional e Inter-Regional Vila Nova da Gaia, 2 a 6 de Setembro de 2015
  • 15. P Á G I N A 1 5P U B L I C A Ç Ã O T R I M E S T R A L — A N O I I I o dia 3, foi dedicado à “broa de Avintes”; o dia 4, foi dedicada à Marcofilia; o dia 5, dedicado ao turismo e finalmente o último dia foi dedicado às festas populares. Cada um destes dias, teve um carimbo especial alusivo a cada uma das dedicações (ver no final, em “Produtos Filatélicos”, os respectivos carimbos). Apresentaram-se 53 participações, distribuídas por 11 disciplinas, assim distribuídas: Grande Competição (uma colecção); Filatelia Tradicional (6 colecções); História Postal (2 colecções); Inteiros Postais (1 participação); Aerofilatelia / Astrofilatelia (1 colecção); Filatelia Temática (2 colecções); Maximafilia (3 colecções); Filatelia Juvenil (Grupo A, 7 colecções – Grupo B, 5 colecções – Grupo C, 2 colecções); Classe Aberta (1 colecção); Classe Um Qua- dro (10 colecções); Literatura (livros, folhetos filatélicos, monografias e artigos de estudo, 4 participações – Jornais, revistas e artigos filatélicos, 6 participações – Programas filatélicos em formato audiovisual ou informático, incluindo páginas de Internet 3 participações). O Júri, constituído por Eduardo Sousa, João Soeiro (Secretário), António Cristóvão, Manuel Portocarrero (Presidente) e Júlio Maia classificou as colecções tendo atribuído o Grande Prémio da Classe de Grande Competição Gaya2015 à colecção de Manuel Ângelo Domenech Lima Torres, “ Pré-Filatelia Portuguesa” e o Grande Prémio Gaya2015 à colecção de Maria Isabel Coutinho Vieira, “Portugal Classics – The Issues of Francisco Borja Freire”. Quanto às participações do Algarve, ao “O Mensageiro do Algarve” foi-lhe atribuída a Medalha Prata Grande com 70 pontos; já Francisco Matoso Galveias, obteve uma Medalha Vermeil (75 pontos) com a colecção da classe de Maximafilia “Animais em Vias de Extinção” e uma Medalha de Prata Grande (74 pontos) com a colecção”As Aves, Esses Conquistado- res dos Ares”; por sua vez Feliciano Monteiro Flor na classe Um Quadro, com a colecção “Borboletas – Um Pouco do Esvoaçar” obteve uma Medalha de Bronze Prateado com 63 pontos.
  • 16. O Núcleo Juvenil de Filatelia “O Bichinho do Selo” realizou no dia 6 de Setembro de 2015 uma mostra filatélica com o tema Desporto. Esta mostra esteve inserida nas comemo- rações do 80º aniversário do Clube Futebol Armacenense. Presentes as participações de 10 coleccionadores da AFAL, que amavelmente quise- ram colaborar com o Núcleo e os trabalhos de alguns dos seguintes elementos juvenos de “O Bichinho do Selo”: Tomás Ferreira com “Felinos”;Alexandra Jara com “Religião”; Ana Viei- ra com “Gatos”; Margarida Carvalho com “Flores”; Ariana Dias com “Cosmos” e Luana Chi- cimbi com “Borboletas”, todos jovens, com idades entre os 12 e 14 anos. Este evento foi integrado no Plano Exposicional de 2015 da Federação Portuguesa de Filatelia, com o patrocínio e aopios do Clube de Futebol “Armacenense”, Junta de Freguesia de Armação de Pêra, Agrupamento de Escolas de Silves Sul, Escuteiros de Armação de Pêra, Correios de Portugal e Federação Portuguesa de Filatelia A peça filatélica, constituída por um envelope com o emblema do clube e um selo com uma fotografia do novo estádio do clube ao qual foi aposto o carimbo comemorativo desta Mostra Filatélica. Estói - Centenário da Implantação da República (Filatelia) Local e data: Escola EB 2/3 Poeta Emiliano da Costa, Estói - Mês de Outubro. Temática do 1º Centenário da Revolução da República do 5 de Outubro, 1910-2010 Quarteira - Implantação da República (Cartofilia) Local e data: Escola EB 2/3 D. Dinis, Quarteira - Mês de Outubro. Postais Ilustrados de Luis Brás assinalando os 105 anos da Implantação da República Apresentação de um vídeo com os selos emitidos para o centenário Faro - Dia Mundial dos Correios - 9 de Outubro (Filatelia) Local e data: Escola EB 2/3 Dr. José Neves Júnior, Faro. Temática “União Postal Universal” de Francisco Paiva P Á G I N A 1 6 O M E N S A G E I R O D O A L G A R V E Mostra Filatélica Comemorativa dos 80 Anos do Clube de Futebol Armacenenses Armação de Pêra, 6 de Setembro de 2015 Próximos Eventos Filatélicos
  • 17. P Á G I N A 1 7P U B L I C A Ç Ã O T R I M E S T R A L — A N O I I I Faro - Dia Mundial da Saúde Mental - 10 de Outubro (Filatelia) Local e data: Biblioteca Pinheiro da Rosa, Faro. Temática “Sigmund Freud - Explorando o Inconsciente de Sérgio Pedro Estói - Dia Mundial do Mar - 16 de Outubro (Filatelia) Local e data: Agrupamento de Escolas Pinheiro da Rosa, Estói, na Escola EB 2/3, Poeta Emiliano da Costa e na Escola EN 2/3 Dr. Neves Júnior. Organização dos Amigos da Filatelia e das Bibliotecas do Agrupamento Temática sobre o mar de José Palma e Sérgio Pedro Praia da Rocha - Antíqua 2015 (Feira de Antiguidades e Mostra Filatélica) Local e data: Hotel Júpiter - Praia da Rocha de 27 a 29 de Novembro. Organização da Secção Filatélica do Lions Clube de Portimão. Mostra Filatélica Temática “A Mulher”, com a participação de vários coleccionadores. Feira de Antiguidades, Velharias e Coleccionismo. Alcalar - Portimão - Dia do Selo - 10 de Dezembro (Filatelia) Local e data: Centro de Interpretação das Ruínas Megalíticas Alcalar,10 a 20 de Dezembro Organização da Associação Filatélica Alentejo-Algarve. Temáticas Arqueologia Huelva (Espanha) - Mostra Filatélica - 16 a 31 de Outubro (Filatelia) Local e data: Huelva, Palácio Mora Claros. Organização do Círculo Filatelico y Numismático de Huelva. Temáticas da Religião. Almada - Farol de Cacilhas - Mostra Filatélica e Coleccionismo Local e data: Oficina da Cultura de 17 a 25 de Outubro. Organização da Secção de Filatelia e Coleccionismo da ARPCA - Associação de Reforma- dos, Pensionistas e Idosos do Concelho de Almada. Atenas (Grécia) - “Notos 2015” International Philatelic Exitition” Local e data: Peristeri Exibition Center de 12 a 15 de Novembro. Patrocínio da FEPA - Federation of European Philatic Associations. Organização da Hellenic Philotelic Society, com a participação de filatelistas de 36 países Outros Eventos de Filatelia e Coleccionismo
  • 18. P Á G I N A 1 8 O M E N S A G E I R O D O A L G A R V E 500 Anos da Torre de Belém Data da Emissão: 01/07/2015 Selos: Carimbos de 1º Dia: Lisboa, Porto, Funchal e Ponta Delgada Barcos do Mediterrâneo Data da Emissão: 09/07/2015 Selos: Carimbos de 1º Dia: Lisboa, Porto, Funchal e Ponta Delgada Provedor de Justiça - 40 Anos Data da Emissão: 15/07/2015 Selos: Carimbos de 1º Dia: Lisboa, Porto, Funchal e Ponta Delgada A Dieta Mediterrânica Data da Emissão: 20/07/2015 Selos: Carimbos de 1º Dia: Lisboa, Porto, Funchal e Ponta Delgada 150 Anos da Lei da Hereditariedade Data da Emissão: 04/08/2015 Selos: Carimbos de 1º Dia: Lisboa, Porto, Funchal e Ponta Delgada 150 Anos da Questão Coimbrã Data da Emissão: 12/08/2015 Selos: Carimbos de 1º Dia: Lisboa, Porto, Funchal e Ponta Delgada Frutas de Portugal Data da Emissão: 01/09/2015 Selos: Carimbos de 1º Dia: Lisboa, Porto, Funchal e Ponta Delgada Bicentenário de São João Bosco – 1815/2015 Data da Emissão: 03/09/2015 Selos: Carimbos de 1º Dia: Lisboa, Porto, Funchal e Ponta Delgada Santa Teresa de Jesus Data da Emissão: 11/09/2015 Selos: Carimbos de 1º Dia: Lisboa, Porto, Funchal e Ponta Delgada Etiquetas Automáticas - 50 Anos do Plano Nacional de Vacinação em Portugal Data da Emissão: 17/09/2015 Selos: Carimbos de 1º Dia: Lisboa, Porto, Funchal e Ponta Delgada O Mar Português Data da Emissão: 07/09/2015 Selos: Carimbos de 1º Dia: Lisboa, Porto, Funchal e Ponta Delgada 600 Anos da Entrada dos Portugueses em Ceuta Data da Emissão: 28/09/2015 Selos: Carimbos de 1º Dia: Lisboa, Porto, Funchal e Ponta Delgada Produtos Filatélicos do 3º Trimestre Emissões Filatélicas
  • 19. P Á G I N A 1 9P U B L I C A Ç Ã O T R I M E S T R A L — A N O I I I RTP – 80 Anos da Rádio Pública Data de emissão: 4 de Agosto de 2015 GAYA 2015 – XXV Exposição Filatélica Nacional Data de emissão: 2 de Setembro de 2015 Centenário do Theatro Circo de Braga Data de emissão: 4 de Setembro de 2015 Reintrodução do Lince Ibérico em Portugal Data de emissão: 9 de Setembro de 2015 Seminário Nossa Senhora da Conceição de Braga – 90 Anos Data de emissão: 16 de Setembro de 2015 Carimbos Comemorativos Castro Marim, 12/07/2015 – ALGARPEX’2015 – VI Exposição Filatélica do Algarve – O Sal Armação de Pêra, 06/09/2015 – Núcleo Juvenil – O Bichinho do Selo – 80 Anos do Clube de Futebol Armacenenses Obs. O Carimbo de Lisboa de 3/7/2015 está associado a um sobrescrito especial alusivo ao tema. Inteiros Postais
  • 20. AGENDA DE EVENTOS Se tens conhecimento de eventos ligados ao coleccionismo que ocorram no Algarve, não existes em informar-nos. Escreve uma notícia e envia-a para o podermos publicar nas páginas desta revista DIVULGAÇÃO DE PEÇAS DE COLECCIONISMO Se és possuidor de alguma peça de coleccionismo ligada ao Algarve, escreve um texto e ao mesmo tempo junta uma fotografia dessa peça. Nós divulgamos. DIVULGAÇÃO DE EVENTOS Se tens conhecimento que no sítio onde vives, houve em tempos uma exposi- ção de filatelia e de dela tens algum documento, faz uma notícia sobre esse evento para ser aqui publicado. Se tiveres, envia-nos também alguma imagem. CLUBE DE TROCAS Te tens falta de alguma peça para completar uma colecção, não existes em contactar-nos, nós ajudamos-te divulgando a tua falta Endereços das Agremiações: AFAL - Associação Filatélica Alentejo Algarve Avenida 25 de Abril, Bloco 2, r/c 8500-610 Portimão Núcleo Filatélico Juvenil de Armação de Pera Sítio da Torre, Armação de Pêra, 8365-184 Silves Secção Filatélica do Lions Clube de Portimão Auditório Municipal Rua Miguel Bombarda 8500-299 Portimão Secção de Colecionismo da Associação Humanitá- ria dos Bombeiros Voluntários de Vila Real de San- to António Rua Francisco Sá Carneiro S/N 8900-307 Vila Real de Santo António Colaboraram neste número: António Borralho Francisco Galveias Maria Manuela Lourenço Sérgio Pedro Paginação e Montagem Francisco Galveias Contacte-nos para Email: omensageirodoalgarve@gmail.com