SlideShare uma empresa Scribd logo
O BRASIL  E SUAS ETNIAS O Brasil conta com 5.565 municípios, 191.480.630  habitantes,  abrangendo  uma área de 8.514.876,599  km² , que  equivale a 47 %  do território sul-americano.  Use as setas ou click “enter” para avançar Domínio da Imagem:  http://www.ibge.gov.br/cidadesat/topwindow.htm?1
O Brasil. Oficialmente  República Federativa do Brasil  é uma república federativa presidencialista. Localizada na América do Sul, formada pela união de  26 estados federados  e pelo Distrito Federal. Em comparação com os demais países do globo,  dispõe do quinto maior contingente populacional e da quinta maior área.  Nona maior economia do planeta e maior economia latino-americana. Cidades brasileiras com população superior a 1 milhão de habitantes.
População indígena Aldeia Cururu (Maranhão)  Mãe e filho numa aldeia de índios  guajajaras .  Estima-se que, no início da colonização portuguesa, cerca de quatro milhões de  ameríndios  viviam no atual território brasileiro. Encontravam-se divididos em diversos grupos étnico-lingüísticos:  - Tupi-guaranis (região do litoral),  - Macro-jê ou Tapuias  (região do Planalto Central),  - Aruaques e Caraíbas (Amazônia).
População indígena Parintins  é um município brasileiro do estado do Amazonas.  Com uma população de 105.742 mil habitantes, se configura como a segundo maior cidade do Estado e um dos pontos turísticos mais importantes da Amazônia.  Trata-se de um dos principais Patrimônios Culturais e Festivais da América Latina devido ao Festival Folclórico de Parintins. O município de Parintins como quase todos os demais municípios brasileiros, foi primitivamente habitado por indígenas.  Sua descoberta ocorreu em 1749, quando, descendo o Rio Amazonas,  o explorador José Gonçalves da Fonseca notou uma ilha que, por sua extensão, se sobressaía das outras localizadas à direita do grande rio "Ilha da Alegria“  "Ilha Paraíso“  "Ilha Azul"
Presença portuguesa no Brasil ,[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],Presença portuguesa no Brasil ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Bairro do Canindé – São Paulo Estádio Oswaldo Teixeira Duarte (Canindé), São Paulo
Aldeia Cururu (Maranhão)  Mãe e filho numa aldeia de índios  guajajaras .  População e cultura Afro-brasileira O termo afro-brasileiro designa tanto pessoas com ascendência da África subsaariana quanto a influência cultural trazida pelos escravos africanos para o Brasil. População de Afro-brasileiros "Negros": cerca de 12,908 milhões (6.9% sobre a população Brasileira), "Pardos": cerca de  79,782 milhões (42.6% sobre a população Brasileira), "Total":   Cerca de 92.69 milhões (49.5% sobre a população Brasileira), As populações  mais significativas concentram-se nas Regiões Sudeste e Nordeste.
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Salvador  é um importante destino turístico do país.  O interesse pela cidade se dá pela beleza do conjunto arquitetônico e da cultura local (música, culinária e religião).  O turista que escolhe Salvador pode ir à praia pela manhã, passear no Centro Histórico à tarde, jantar em um dos bons restaurantes da cidade e ir dançar nos ensaios dos blocos de carnaval ou ao som de outros estilos musicais.  Capital da Alegria“ "Roma Negra"  Ainda se pode ir ao Farol da Barra ver o pôr-do-sol na Baía de Todos os Santos. O Mercado Modelo é o ponto escolhido por muitos  turistas para comprar lembranças da Bahia.
A região era conhecida pelo seu clima ameno e relevo acidentado, o mais semelhante que poderia haver no Rio de Janeiro com a Suíça.  Muitos dos imigrantes suíços logo abandonaram seus lotes e se dispersaram por toda a região serrana e centro-norte do estado do Rio de Janeiro, em busca de terras férteis e mais acessíveis. O primeiro movimento organizado, contratado pelo governo brasileiro, de imigrantes europeus foi a imigração suíça para a região serrana do Rio de Janeiro Em 16 de maio de 1818, o príncipe regente baixou um decreto autorizando o agente do Cantão de Friburgo, Sebastião Nicolau Gachet, a estabelecer uma colônia de cem famílias de imigrantes suíços.  Entre 1819 e 1820, chegaram ao Brasil 261 famílias de colonos suíços, 161 a mais do que havia sido combinado nos contratos, totalizando 1.686 imigrantes.  A sua maioria era composta de suíços de cultura e língua francesa. Os imigrantes estabeleceram-se na fazenda do Morro Queimado, situada na então vila de Cantagalo.  Nova Friburgo durante sua colonização 1820-1830 Colonização suíça no Brasil
Nova Friburgo - "A Suíça Brasileira" Nova Friburgo foi a primeira colônia não lusitana a ser  fundada no Brasil, tornando-se a verdadeira Suíça Brasileira. Sua população estimada no dia 1 de Julho de 2009  era de 178.653 habitantes.  As  principais atividades econômicas são  baseadas  em:  indústria de moda íntima, olericultura, caprino- cultura e  indústria têxteis, vestuário, metalúrgicas  e  turismo.
Ao longo de mais de cem anos,  chegaram ao Brasil  aproximadamente  250 mil alemães.  Atualmente, calcula-se em cinco milhões o número de seus descendentes em solo brasileiro. Colonização alemã no Brasil   O primeiro grupo de imigrantes fixou-se no sul da Bahia em 1818, mas é o dia 25 de julho de 1824  é considerado o marco inicial da imigração alemã no Brasil, com a fundação da primeira colônia no Rio Grande do Sul, onde hoje se localiza a cidade de São Leopoldo, com a chegada de 39 imigrantes.  O Rio Grande do Sul recebeu a maior parte dos imigrantes alemães, seguido de Santa Catarina. Os alemães representaram aproximadamente 5% dos imigrantes que buscaram uma  nova pátria no Brasil.   Casa Alemã – Pomerode - SC São Leopoldo - RS
Joinville - Cidade das Flores  Maior cidade brasileira originária da colonização alemã.  480 mil habitantes.
Blumenau - SC  Oktoberfest 2009  Festa anual realizada em Blumenau, SC.  História, acontecimentos, turismo local e muito mais. www.oktoberfestblumenau.com.br/
A cidade mais pomerana do Brasil,  Santa Maria de Jetibá ,  com suas festas regionais, ao som das concertinas e de trombones, e eivada da cultura alemã, com um belo casario enxaimel, alimentação regional e farta.  “ Anuncio com muita alegria!  Meu município é Santa Maria...  Cidade como esta ninguém nunca viu.  Porque ela é cheia de graça:  é a mais pomerana do Brasil.”  Os Pomeranos no Espírito Santo Seja na poesia seja por meio de textos de memórias, a arte de contar histórias tomou conta da rotina dos alunos da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Professor Hermann Berger, que declamam a paixão e a trajetória da cidade onde vivem:  Santa Maria de Jetibá.   As produções foram publicadas em um livro:  “ Poesias e Memórias de São Sebastião de Belém”,  que tem em suas 110 páginas as riquezas culturais da região e  as tradições que identificam as peculiaridades de seus moradores. http://www.radiotube.org.br/icox.php?mdl=busca&op=tag_comunidade&tag=mostra
Colônia italiana no Brasil.   A primeira viagem de imigrantes italianos para o Brasil ocorreu em 03 de Janeiro de 1874 quando partiram do Porto de Gênova no navio francês “La Sofie”,  chegando ao Brasil em 21 de Fevereiro de 1874,  trazendo  386 famílias que se fixaram em  Santa Cruz – RS. Atraídos para trabalharem nas colheitas de café, no ano de 1900 já viviam no estado de São Paulo cerca de 800 mil italianos. O estado possui  a maior colônia italiana  no  Brasil .  seguido do Rio Grande do Sul.   Atualmente, calcula-se em vinte e cinco milhões o número de seus descendentes em solo brasileiro. Santa Cruz do Sul – Capital nacional do fumo
“  SÃO PAULO ”  A maior cidade italiana fora da Itália Museu do I migrante – Antiga Hospedaria dos imigrantes – Brás – São Paulo Mercado Municipal
Caxias do Sul -RS   A Festa da Uva é uma festa da cultura italiana e da produção agro-industrial regional que acontece a cada dois anos no município. A edição de 2008 se realizou entre 21 de fevereiro e 9 de março.
Festa da Colônia  de  Gramado  - RS Conheça uma tradicional  festa colonial   que acontece todos os anos.  www.festadacoloniagramado.com.br/
Uma festa onde se misturam as colônias italiana, alemã e açoriana-portuguêsa.
Portugueses aparecem mais na Festa da Colônia A etnia portuguesa, homenageada nos últimos anos na Festa da Colônia de Gramado juntamente com os alemães e italianos, está com novos atrativos em 2009.
Imigração espanhola no Brasil ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Imigração espanhola no Brasil ,[object Object],[object Object],Patrícia Alejandra Alegria Ramirez  Escola de Dança Flamenca Ana Esmeralda  Jardim Paulista - São Paulo - SP  Etnia Espanhola  Foto: Monalisa Lins Ana Cristina Bock Marzagão - Escola de Dança Flamenca Ana Esmeralda  Jardim Paulista - São Paulo - SP  Etnia Espanhola. Foto: Marilu Martins
Imigração árabe no Brasil - Sírio-libaneses e armênios Os imigrantes árabes começaram a desembarcar no Brasil em fins do século XIX.  No início do século XX, esse fluxo imigratório cresceu e passou a se tornar importante desembarcando no Brasil cerca de 70 mil árabes.  ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Mesquita Árabe  Avenida do Estado - SP  Foto: Monalisa Lins  Escola Islâmica Brasileira  Vila Carrão - São Paulo -SP  Etnia Árabe. Foto: Monalisa Lins
[object Object],[object Object],[object Object],Imigração árabe no Brasil ,[object Object],[object Object],[object Object],Rua 25 de Março – São Paulo
Colônia japonesa no Brasil.  A imigração japonesa no Brasil começou no início do século XX. Plenamente integrados à cultura brasileira, contribuem com o crescimento econômico e desenvolvimento cultural de nosso país. Os japoneses trouxeram, junto com a vontade de trabalhar, sua arte, costumes, língua, crenças e conhecimentos que contribuíram muito para o nosso país. Sobretudo na década de 1960, ocorreu um grande êxodo rural que levou a maior parte da comunidade nipo-brasileira do campo para as cidades Atualmente, o Brasil  é o país com a maior quantidade de japoneses fora do Japão, abriga cerca  de 1,5 milhão de nikkeis  (termo usado para denominar os japoneses e seus descendentes). No total, quase 200 mil japoneses foram recebidos como imigrantes no país.
Praça do Japão, Curitiba
A  cidade de São Paulo concentra o maior número deles.
Bosque de Cerejeiras – Garça – SP Marca da presença da imigração japonesa na região
Holambra  é hoje uma das cidades brasileiras com maior índice de qualidade de vida e um dos principais roteiros turísticos de todo estado de São Paulo. Conhecida nacionalmente como a Cidade das Flores, o município ostenta o título de maior produtor e centro de comercialização de flores e plantas ornamentais do país. Presença Neerlandesa no Brasil !
 
 
Uma verdadeira Obra de arte foi inaugurada no dia 12 de julho de 2008, às 14h em Holambra. Mais do que um monumento, um símbolo da união de povos e culturas.
[object Object],[object Object],[object Object],Imigração de  chineses de Taiwan e coreanos  no Brasil
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Imigração Coreana no Brasil ,[object Object],[object Object]
Brás –SP  “Berço de várias correntes imigratórias” ,[object Object],[object Object],[object Object]
Índios, portugueses, africanos, suíços,  alemães, italianos, espanhóis, japoneses,  árabes, coreanos, chineses, e muitos outros povos,  ajudaram a construir este lindo painel  multicultural chamado  B r a s i l  ! Agradecimentos a todos os “ internautas”, que contribuíram com sugestões e comentários,  incentivando esta nova edição. ,[object Object],[object Object],[object Object]

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

População Brasileira
População BrasileiraPopulação Brasileira
População Brasileira
Luciano Pessanha
 
A Formação do Território Brasileiro - 7º Ano (2017)
A Formação do Território Brasileiro - 7º Ano (2017)A Formação do Território Brasileiro - 7º Ano (2017)
A Formação do Território Brasileiro - 7º Ano (2017)
Nefer19
 
Os fluxos populacionais
Os fluxos populacionaisOs fluxos populacionais
Os fluxos populacionais
Luiz Carvalheira Junior
 
Revolução de 1930
Revolução de 1930Revolução de 1930
Revolução de 1930
Laércio Góes
 
A dinâmica populacional
A dinâmica populacionalA dinâmica populacional
A dinâmica populacional
flaviocosac
 
O que é historia
O que é historiaO que é historia
O que é historia
alinemaiahistoria
 
Fluxos materiais e imateriais
Fluxos materiais e imateriaisFluxos materiais e imateriais
Fluxos materiais e imateriais
paulotmo
 
Globalização e revolução cientifica
Globalização e revolução cientificaGlobalização e revolução cientifica
Globalização e revolução cientifica
Alan
 
O surgimento dos seres humanos
O surgimento dos seres humanosO surgimento dos seres humanos
O surgimento dos seres humanos
João Marcelo
 
ÁFRICA
ÁFRICAÁFRICA
A conquista e a colonização espanhola na américa
A conquista e a colonização espanhola na américaA conquista e a colonização espanhola na américa
A conquista e a colonização espanhola na américa
Fernando Fagundes
 
População brasileira
População brasileiraPopulação brasileira
População brasileira
amaroviana
 
Primeiros habitantes do brasil
Primeiros habitantes do brasilPrimeiros habitantes do brasil
Primeiros habitantes do brasil
Profdaltonjunior
 
Movimentos migratorios
Movimentos migratoriosMovimentos migratorios
Movimentos migratorios
dela28
 
Conquista e colonização da América
Conquista e colonização da AméricaConquista e colonização da América
Conquista e colonização da América
Elton Zanoni
 
Populaçao brasileira
Populaçao brasileiraPopulaçao brasileira
Populaçao brasileira
Prof.Paulo/geografia
 
Povos indigenas no Brasil.
Povos indigenas no Brasil.Povos indigenas no Brasil.
Povos indigenas no Brasil.
Jose Ribamar Santos
 
Migrações, nacionalismo e xenofobia
Migrações, nacionalismo e xenofobiaMigrações, nacionalismo e xenofobia
Migrações, nacionalismo e xenofobia
Colégio Nova Geração COC
 
O povo brasileiro
O povo brasileiroO povo brasileiro
O povo brasileiro
Maria Ruth Borges Beserra
 
A formação do território brasileiro - 7º ano
A formação do território brasileiro - 7º anoA formação do território brasileiro - 7º ano
A formação do território brasileiro - 7º ano
Josi Zanette do Canto
 

Mais procurados (20)

População Brasileira
População BrasileiraPopulação Brasileira
População Brasileira
 
A Formação do Território Brasileiro - 7º Ano (2017)
A Formação do Território Brasileiro - 7º Ano (2017)A Formação do Território Brasileiro - 7º Ano (2017)
A Formação do Território Brasileiro - 7º Ano (2017)
 
Os fluxos populacionais
Os fluxos populacionaisOs fluxos populacionais
Os fluxos populacionais
 
Revolução de 1930
Revolução de 1930Revolução de 1930
Revolução de 1930
 
A dinâmica populacional
A dinâmica populacionalA dinâmica populacional
A dinâmica populacional
 
O que é historia
O que é historiaO que é historia
O que é historia
 
Fluxos materiais e imateriais
Fluxos materiais e imateriaisFluxos materiais e imateriais
Fluxos materiais e imateriais
 
Globalização e revolução cientifica
Globalização e revolução cientificaGlobalização e revolução cientifica
Globalização e revolução cientifica
 
O surgimento dos seres humanos
O surgimento dos seres humanosO surgimento dos seres humanos
O surgimento dos seres humanos
 
ÁFRICA
ÁFRICAÁFRICA
ÁFRICA
 
A conquista e a colonização espanhola na américa
A conquista e a colonização espanhola na américaA conquista e a colonização espanhola na américa
A conquista e a colonização espanhola na américa
 
População brasileira
População brasileiraPopulação brasileira
População brasileira
 
Primeiros habitantes do brasil
Primeiros habitantes do brasilPrimeiros habitantes do brasil
Primeiros habitantes do brasil
 
Movimentos migratorios
Movimentos migratoriosMovimentos migratorios
Movimentos migratorios
 
Conquista e colonização da América
Conquista e colonização da AméricaConquista e colonização da América
Conquista e colonização da América
 
Populaçao brasileira
Populaçao brasileiraPopulaçao brasileira
Populaçao brasileira
 
Povos indigenas no Brasil.
Povos indigenas no Brasil.Povos indigenas no Brasil.
Povos indigenas no Brasil.
 
Migrações, nacionalismo e xenofobia
Migrações, nacionalismo e xenofobiaMigrações, nacionalismo e xenofobia
Migrações, nacionalismo e xenofobia
 
O povo brasileiro
O povo brasileiroO povo brasileiro
O povo brasileiro
 
A formação do território brasileiro - 7º ano
A formação do território brasileiro - 7º anoA formação do território brasileiro - 7º ano
A formação do território brasileiro - 7º ano
 

Destaque

Raça e etnia
Raça e etniaRaça e etnia
Diversidade éTnica No Brasil E DiscriminaçãO Amanda Susan
Diversidade éTnica No Brasil E DiscriminaçãO Amanda SusanDiversidade éTnica No Brasil E DiscriminaçãO Amanda Susan
Diversidade éTnica No Brasil E DiscriminaçãO Amanda Susan
José Miguel Dos Santos
 
Diversidade etnica
Diversidade etnicaDiversidade etnica
Diversidade etnica
Cristina de Souza
 
Relações étnico raciais
Relações étnico raciaisRelações étnico raciais
Relações étnico raciais
Soares Junior
 
Raça, etnia e multiculturalismo aula 2º ano sociologia
Raça, etnia e multiculturalismo   aula 2º ano sociologiaRaça, etnia e multiculturalismo   aula 2º ano sociologia
Raça, etnia e multiculturalismo aula 2º ano sociologia
Íris Ferreira
 
Aula etnias raças-31-08-2012_grande
Aula etnias raças-31-08-2012_grandeAula etnias raças-31-08-2012_grande
Aula etnias raças-31-08-2012_grande
Antonio Pessoa
 
Discriminação étnico racial atual
Discriminação étnico racial atualDiscriminação étnico racial atual
Discriminação étnico racial atual
Marcia Miranda
 
Imigrantes
ImigrantesImigrantes
Imigrantes
eloifc
 
Atividade Curricular _ Relações Étnico Raciais
Atividade Curricular _ Relações Étnico Raciais Atividade Curricular _ Relações Étnico Raciais
Atividade Curricular _ Relações Étnico Raciais
Patrícia Fernanda da Costa Santos
 
Formação do povo brasileiro
Formação do povo brasileiroFormação do povo brasileiro
Formação do povo brasileiro
feraps
 
Slides educação etnico raciais
Slides educação etnico raciaisSlides educação etnico raciais
Slides educação etnico raciais
Selma Lins
 
Slide diretrizes étnico racial
Slide diretrizes étnico racialSlide diretrizes étnico racial
Slide diretrizes étnico racial
dinhaess
 
Educação da Relações Étnico-Raciais - Apresentação Deborah Moema
Educação da Relações Étnico-Raciais -  Apresentação Deborah MoemaEducação da Relações Étnico-Raciais -  Apresentação Deborah Moema
Educação da Relações Étnico-Raciais - Apresentação Deborah Moema
coordenacaodiversidade
 
A FORMAÇÃO DO POVO BRASILEIRO
A FORMAÇÃO DO POVO BRASILEIROA FORMAÇÃO DO POVO BRASILEIRO
A FORMAÇÃO DO POVO BRASILEIRO
Ronaldo Junio
 
Etnia brasileira indígenas
Etnia brasileira indígenasEtnia brasileira indígenas
Etnia brasileira indígenas
Rodrigo Baglini
 
Imigrantes no RS
Imigrantes no RSImigrantes no RS
Imigrantes no RS
vintecinco
 
Educação para as relações étnico-raciais e ensino de cultura Afro brasileira.
Educação para as relações étnico-raciais e ensino de cultura Afro brasileira.Educação para as relações étnico-raciais e ensino de cultura Afro brasileira.
Educação para as relações étnico-raciais e ensino de cultura Afro brasileira.
Glauco Ricciele
 
Racismo e Discriminação
Racismo e DiscriminaçãoRacismo e Discriminação
Racismo e Discriminação
Grupo3003
 
Heranças culturais portuguesas
Heranças culturais portuguesasHeranças culturais portuguesas
Heranças culturais portuguesas
João Henrique
 
O povo brasileiro
O povo brasileiroO povo brasileiro
O povo brasileiro
Fatima Brambilla
 

Destaque (20)

Raça e etnia
Raça e etniaRaça e etnia
Raça e etnia
 
Diversidade éTnica No Brasil E DiscriminaçãO Amanda Susan
Diversidade éTnica No Brasil E DiscriminaçãO Amanda SusanDiversidade éTnica No Brasil E DiscriminaçãO Amanda Susan
Diversidade éTnica No Brasil E DiscriminaçãO Amanda Susan
 
Diversidade etnica
Diversidade etnicaDiversidade etnica
Diversidade etnica
 
Relações étnico raciais
Relações étnico raciaisRelações étnico raciais
Relações étnico raciais
 
Raça, etnia e multiculturalismo aula 2º ano sociologia
Raça, etnia e multiculturalismo   aula 2º ano sociologiaRaça, etnia e multiculturalismo   aula 2º ano sociologia
Raça, etnia e multiculturalismo aula 2º ano sociologia
 
Aula etnias raças-31-08-2012_grande
Aula etnias raças-31-08-2012_grandeAula etnias raças-31-08-2012_grande
Aula etnias raças-31-08-2012_grande
 
Discriminação étnico racial atual
Discriminação étnico racial atualDiscriminação étnico racial atual
Discriminação étnico racial atual
 
Imigrantes
ImigrantesImigrantes
Imigrantes
 
Atividade Curricular _ Relações Étnico Raciais
Atividade Curricular _ Relações Étnico Raciais Atividade Curricular _ Relações Étnico Raciais
Atividade Curricular _ Relações Étnico Raciais
 
Formação do povo brasileiro
Formação do povo brasileiroFormação do povo brasileiro
Formação do povo brasileiro
 
Slides educação etnico raciais
Slides educação etnico raciaisSlides educação etnico raciais
Slides educação etnico raciais
 
Slide diretrizes étnico racial
Slide diretrizes étnico racialSlide diretrizes étnico racial
Slide diretrizes étnico racial
 
Educação da Relações Étnico-Raciais - Apresentação Deborah Moema
Educação da Relações Étnico-Raciais -  Apresentação Deborah MoemaEducação da Relações Étnico-Raciais -  Apresentação Deborah Moema
Educação da Relações Étnico-Raciais - Apresentação Deborah Moema
 
A FORMAÇÃO DO POVO BRASILEIRO
A FORMAÇÃO DO POVO BRASILEIROA FORMAÇÃO DO POVO BRASILEIRO
A FORMAÇÃO DO POVO BRASILEIRO
 
Etnia brasileira indígenas
Etnia brasileira indígenasEtnia brasileira indígenas
Etnia brasileira indígenas
 
Imigrantes no RS
Imigrantes no RSImigrantes no RS
Imigrantes no RS
 
Educação para as relações étnico-raciais e ensino de cultura Afro brasileira.
Educação para as relações étnico-raciais e ensino de cultura Afro brasileira.Educação para as relações étnico-raciais e ensino de cultura Afro brasileira.
Educação para as relações étnico-raciais e ensino de cultura Afro brasileira.
 
Racismo e Discriminação
Racismo e DiscriminaçãoRacismo e Discriminação
Racismo e Discriminação
 
Heranças culturais portuguesas
Heranças culturais portuguesasHeranças culturais portuguesas
Heranças culturais portuguesas
 
O povo brasileiro
O povo brasileiroO povo brasileiro
O povo brasileiro
 

Semelhante a O brasil e suas etnias

1º Va Grupo 05
1º Va   Grupo 051º Va   Grupo 05
1º Va Grupo 05
ProfMario De Mori
 
Imigração ao brasil
Imigração ao brasilImigração ao brasil
Imigração ao brasil
andresjacobo
 
1VF DIOGO CULTURA
1VF DIOGO CULTURA1VF DIOGO CULTURA
1VF DIOGO CULTURA
CETEP RECÔNCAVO SAJ/BAHIA
 
1VF CULTURA - DIOGO
1VF CULTURA - DIOGO1VF CULTURA - DIOGO
1VF CULTURA - DIOGO
CETEP RECÔNCAVO SAJ/BAHIA
 
História do Brasil e passeio aos Territórios Negros 2014
História do Brasil e passeio aos Territórios Negros 2014História do Brasil e passeio aos Territórios Negros 2014
História do Brasil e passeio aos Territórios Negros 2014
Amanda Oliveira
 
O povo brasileiro imigação
O povo brasileiro   imigaçãoO povo brasileiro   imigação
O povo brasileiro imigação
André Moraes
 
Nossa gente, nossa cultura....
Nossa gente, nossa cultura....Nossa gente, nossa cultura....
Nossa gente, nossa cultura....
Marcela Marangon Ribeiro
 
2 conhecimentos brasil
2   conhecimentos brasil2   conhecimentos brasil
2 conhecimentos brasil
Apostilas Digitações
 
Formação da cultura brasileira
Formação da cultura brasileiraFormação da cultura brasileira
Formação da cultura brasileira
Patricia Moreira
 
Brasil
BrasilBrasil
Os filhos da terra os ìndios do brasil
Os filhos da terra os ìndios do brasilOs filhos da terra os ìndios do brasil
Os filhos da terra os ìndios do brasil
Odairdesouza
 
Rio grande do sul
Rio grande do sulRio grande do sul
Rio grande do sul
Abraham Delacruz Grajeda
 
Aula 02 - população do brasil6anoEF.pptx
Aula 02 - população do brasil6anoEF.pptxAula 02 - população do brasil6anoEF.pptx
Aula 02 - população do brasil6anoEF.pptx
AlderleyCarvalho1
 
Imigrantes
ImigrantesImigrantes
Imigrantes
eloifc
 
Imigração e colonização de Guarapuava.
Imigração e colonização de Guarapuava.Imigração e colonização de Guarapuava.
Imigração e colonização de Guarapuava.
Tânia Maria
 
slides formação da população brasileira.pdf
slides formação da população brasileira.pdfslides formação da população brasileira.pdf
slides formação da população brasileira.pdf
StfaniSousa1
 
A literatura gaucha
A literatura gauchaA literatura gaucha
A literatura gaucha
Valkiria Marks
 
Indios
IndiosIndios
I retrospectivahistricadobrasilcolnia-090423141328-phpapp01
I retrospectivahistricadobrasilcolnia-090423141328-phpapp01I retrospectivahistricadobrasilcolnia-090423141328-phpapp01
I retrospectivahistricadobrasilcolnia-090423141328-phpapp01
Sidnea Marinho
 
Brasil colonial
Brasil colonialBrasil colonial
Brasil colonial
Sidnea Marinho
 

Semelhante a O brasil e suas etnias (20)

1º Va Grupo 05
1º Va   Grupo 051º Va   Grupo 05
1º Va Grupo 05
 
Imigração ao brasil
Imigração ao brasilImigração ao brasil
Imigração ao brasil
 
1VF DIOGO CULTURA
1VF DIOGO CULTURA1VF DIOGO CULTURA
1VF DIOGO CULTURA
 
1VF CULTURA - DIOGO
1VF CULTURA - DIOGO1VF CULTURA - DIOGO
1VF CULTURA - DIOGO
 
História do Brasil e passeio aos Territórios Negros 2014
História do Brasil e passeio aos Territórios Negros 2014História do Brasil e passeio aos Territórios Negros 2014
História do Brasil e passeio aos Territórios Negros 2014
 
O povo brasileiro imigação
O povo brasileiro   imigaçãoO povo brasileiro   imigação
O povo brasileiro imigação
 
Nossa gente, nossa cultura....
Nossa gente, nossa cultura....Nossa gente, nossa cultura....
Nossa gente, nossa cultura....
 
2 conhecimentos brasil
2   conhecimentos brasil2   conhecimentos brasil
2 conhecimentos brasil
 
Formação da cultura brasileira
Formação da cultura brasileiraFormação da cultura brasileira
Formação da cultura brasileira
 
Brasil
BrasilBrasil
Brasil
 
Os filhos da terra os ìndios do brasil
Os filhos da terra os ìndios do brasilOs filhos da terra os ìndios do brasil
Os filhos da terra os ìndios do brasil
 
Rio grande do sul
Rio grande do sulRio grande do sul
Rio grande do sul
 
Aula 02 - população do brasil6anoEF.pptx
Aula 02 - população do brasil6anoEF.pptxAula 02 - população do brasil6anoEF.pptx
Aula 02 - população do brasil6anoEF.pptx
 
Imigrantes
ImigrantesImigrantes
Imigrantes
 
Imigração e colonização de Guarapuava.
Imigração e colonização de Guarapuava.Imigração e colonização de Guarapuava.
Imigração e colonização de Guarapuava.
 
slides formação da população brasileira.pdf
slides formação da população brasileira.pdfslides formação da população brasileira.pdf
slides formação da população brasileira.pdf
 
A literatura gaucha
A literatura gauchaA literatura gaucha
A literatura gaucha
 
Indios
IndiosIndios
Indios
 
I retrospectivahistricadobrasilcolnia-090423141328-phpapp01
I retrospectivahistricadobrasilcolnia-090423141328-phpapp01I retrospectivahistricadobrasilcolnia-090423141328-phpapp01
I retrospectivahistricadobrasilcolnia-090423141328-phpapp01
 
Brasil colonial
Brasil colonialBrasil colonial
Brasil colonial
 

Mais de JEFFERSON SANTOS

Frases erráticas
Frases erráticasFrases erráticas
Frases erráticas
JEFFERSON SANTOS
 
Bandeira Brasileira
Bandeira BrasileiraBandeira Brasileira
Bandeira Brasileira
JEFFERSON SANTOS
 
Grupo escolar
Grupo escolar Grupo escolar
Grupo escolar
JEFFERSON SANTOS
 
Carregando o elefante
Carregando o elefanteCarregando o elefante
Carregando o elefante
JEFFERSON SANTOS
 
A descida-da-cruz-van der weyde
A descida-da-cruz-van der weyde A descida-da-cruz-van der weyde
A descida-da-cruz-van der weyde
JEFFERSON SANTOS
 
Ovos trabalhados
Ovos trabalhados Ovos trabalhados
Ovos trabalhados
JEFFERSON SANTOS
 
Lua
LuaLua
Lua
LuaLua
Publicidade criativa
Publicidade criativaPublicidade criativa
Publicidade criativa
JEFFERSON SANTOS
 
Ode to nature
Ode to natureOde to nature
Ode to nature
JEFFERSON SANTOS
 
Fotos que vão_fazer_voce_sorrir
Fotos que vão_fazer_voce_sorrirFotos que vão_fazer_voce_sorrir
Fotos que vão_fazer_voce_sorrir
JEFFERSON SANTOS
 
La obsesion devan gogh-pin
La obsesion devan gogh-pin La obsesion devan gogh-pin
La obsesion devan gogh-pin
JEFFERSON SANTOS
 
Fotos que vai_fazer_voce_sorrir
Fotos que vai_fazer_voce_sorrirFotos que vai_fazer_voce_sorrir
Fotos que vai_fazer_voce_sorrir
JEFFERSON SANTOS
 
Bibliotecas de lujo_en_europa
Bibliotecas de lujo_en_europaBibliotecas de lujo_en_europa
Bibliotecas de lujo_en_europa
JEFFERSON SANTOS
 
Brasil em fotos
Brasil em fotosBrasil em fotos
Brasil em fotos
JEFFERSON SANTOS
 

Mais de JEFFERSON SANTOS (20)

Frases erráticas
Frases erráticasFrases erráticas
Frases erráticas
 
Bandeira Brasileira
Bandeira BrasileiraBandeira Brasileira
Bandeira Brasileira
 
Grupo escolar
Grupo escolar Grupo escolar
Grupo escolar
 
Carregando o elefante
Carregando o elefanteCarregando o elefante
Carregando o elefante
 
A descida-da-cruz-van der weyde
A descida-da-cruz-van der weyde A descida-da-cruz-van der weyde
A descida-da-cruz-van der weyde
 
Ovos trabalhados
Ovos trabalhados Ovos trabalhados
Ovos trabalhados
 
Lua
LuaLua
Lua
 
Lua
LuaLua
Lua
 
Publicidade criativa
Publicidade criativaPublicidade criativa
Publicidade criativa
 
Ode to nature
Ode to natureOde to nature
Ode to nature
 
Victor Molev
Victor MolevVictor Molev
Victor Molev
 
Visita à Casa Branca
Visita à Casa BrancaVisita à Casa Branca
Visita à Casa Branca
 
Fotos que vão_fazer_voce_sorrir
Fotos que vão_fazer_voce_sorrirFotos que vão_fazer_voce_sorrir
Fotos que vão_fazer_voce_sorrir
 
Avions reciclados
Avions recicladosAvions reciclados
Avions reciclados
 
La obsesion devan gogh-pin
La obsesion devan gogh-pin La obsesion devan gogh-pin
La obsesion devan gogh-pin
 
Kazahstan
KazahstanKazahstan
Kazahstan
 
Publicit
PublicitPublicit
Publicit
 
Fotos que vai_fazer_voce_sorrir
Fotos que vai_fazer_voce_sorrirFotos que vai_fazer_voce_sorrir
Fotos que vai_fazer_voce_sorrir
 
Bibliotecas de lujo_en_europa
Bibliotecas de lujo_en_europaBibliotecas de lujo_en_europa
Bibliotecas de lujo_en_europa
 
Brasil em fotos
Brasil em fotosBrasil em fotos
Brasil em fotos
 

Último

Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
sjcelsorocha
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
pamellaaraujo10
 
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica BasicaExercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
ElinarioCosta
 
A importância das conjunções- Ensino Médio
A importância das conjunções- Ensino MédioA importância das conjunções- Ensino Médio
A importância das conjunções- Ensino Médio
nunesly
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
ProfessoraTatianaT
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
Manuais Formação
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Mauricio Alexandre Silva
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
SidneySilva523387
 
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptxO século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
geiseortiz1
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
ARIADNEMARTINSDACRUZ
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
Manuais Formação
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTALPlanejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
katbrochier1
 
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de GeografiaAula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
WELTONROBERTOFREITAS
 
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃOAUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
FernandaOliveira758273
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
Crisnaiara
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
silvamelosilva300
 

Último (20)

Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
 
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica BasicaExercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
 
A importância das conjunções- Ensino Médio
A importância das conjunções- Ensino MédioA importância das conjunções- Ensino Médio
A importância das conjunções- Ensino Médio
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
 
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptxO século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTALPlanejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
 
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de GeografiaAula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
 
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃOAUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
 

O brasil e suas etnias

  • 1. O BRASIL E SUAS ETNIAS O Brasil conta com 5.565 municípios, 191.480.630 habitantes, abrangendo uma área de 8.514.876,599 km² , que equivale a 47 % do território sul-americano. Use as setas ou click “enter” para avançar Domínio da Imagem: http://www.ibge.gov.br/cidadesat/topwindow.htm?1
  • 2. O Brasil. Oficialmente República Federativa do Brasil é uma república federativa presidencialista. Localizada na América do Sul, formada pela união de 26 estados federados e pelo Distrito Federal. Em comparação com os demais países do globo, dispõe do quinto maior contingente populacional e da quinta maior área. Nona maior economia do planeta e maior economia latino-americana. Cidades brasileiras com população superior a 1 milhão de habitantes.
  • 3. População indígena Aldeia Cururu (Maranhão) Mãe e filho numa aldeia de índios guajajaras . Estima-se que, no início da colonização portuguesa, cerca de quatro milhões de ameríndios viviam no atual território brasileiro. Encontravam-se divididos em diversos grupos étnico-lingüísticos: - Tupi-guaranis (região do litoral), - Macro-jê ou Tapuias (região do Planalto Central), - Aruaques e Caraíbas (Amazônia).
  • 4. População indígena Parintins é um município brasileiro do estado do Amazonas. Com uma população de 105.742 mil habitantes, se configura como a segundo maior cidade do Estado e um dos pontos turísticos mais importantes da Amazônia. Trata-se de um dos principais Patrimônios Culturais e Festivais da América Latina devido ao Festival Folclórico de Parintins. O município de Parintins como quase todos os demais municípios brasileiros, foi primitivamente habitado por indígenas. Sua descoberta ocorreu em 1749, quando, descendo o Rio Amazonas, o explorador José Gonçalves da Fonseca notou uma ilha que, por sua extensão, se sobressaía das outras localizadas à direita do grande rio "Ilha da Alegria“ "Ilha Paraíso“ "Ilha Azul"
  • 5.
  • 6.
  • 7. Aldeia Cururu (Maranhão) Mãe e filho numa aldeia de índios guajajaras . População e cultura Afro-brasileira O termo afro-brasileiro designa tanto pessoas com ascendência da África subsaariana quanto a influência cultural trazida pelos escravos africanos para o Brasil. População de Afro-brasileiros "Negros": cerca de 12,908 milhões (6.9% sobre a população Brasileira), "Pardos": cerca de 79,782 milhões (42.6% sobre a população Brasileira), "Total": Cerca de 92.69 milhões (49.5% sobre a população Brasileira), As populações mais significativas concentram-se nas Regiões Sudeste e Nordeste.
  • 8.
  • 9. Salvador é um importante destino turístico do país. O interesse pela cidade se dá pela beleza do conjunto arquitetônico e da cultura local (música, culinária e religião). O turista que escolhe Salvador pode ir à praia pela manhã, passear no Centro Histórico à tarde, jantar em um dos bons restaurantes da cidade e ir dançar nos ensaios dos blocos de carnaval ou ao som de outros estilos musicais. Capital da Alegria“ "Roma Negra" Ainda se pode ir ao Farol da Barra ver o pôr-do-sol na Baía de Todos os Santos. O Mercado Modelo é o ponto escolhido por muitos turistas para comprar lembranças da Bahia.
  • 10. A região era conhecida pelo seu clima ameno e relevo acidentado, o mais semelhante que poderia haver no Rio de Janeiro com a Suíça. Muitos dos imigrantes suíços logo abandonaram seus lotes e se dispersaram por toda a região serrana e centro-norte do estado do Rio de Janeiro, em busca de terras férteis e mais acessíveis. O primeiro movimento organizado, contratado pelo governo brasileiro, de imigrantes europeus foi a imigração suíça para a região serrana do Rio de Janeiro Em 16 de maio de 1818, o príncipe regente baixou um decreto autorizando o agente do Cantão de Friburgo, Sebastião Nicolau Gachet, a estabelecer uma colônia de cem famílias de imigrantes suíços. Entre 1819 e 1820, chegaram ao Brasil 261 famílias de colonos suíços, 161 a mais do que havia sido combinado nos contratos, totalizando 1.686 imigrantes. A sua maioria era composta de suíços de cultura e língua francesa. Os imigrantes estabeleceram-se na fazenda do Morro Queimado, situada na então vila de Cantagalo. Nova Friburgo durante sua colonização 1820-1830 Colonização suíça no Brasil
  • 11. Nova Friburgo - "A Suíça Brasileira" Nova Friburgo foi a primeira colônia não lusitana a ser fundada no Brasil, tornando-se a verdadeira Suíça Brasileira. Sua população estimada no dia 1 de Julho de 2009 era de 178.653 habitantes. As principais atividades econômicas são baseadas em: indústria de moda íntima, olericultura, caprino- cultura e indústria têxteis, vestuário, metalúrgicas e turismo.
  • 12. Ao longo de mais de cem anos, chegaram ao Brasil aproximadamente 250 mil alemães. Atualmente, calcula-se em cinco milhões o número de seus descendentes em solo brasileiro. Colonização alemã no Brasil O primeiro grupo de imigrantes fixou-se no sul da Bahia em 1818, mas é o dia 25 de julho de 1824 é considerado o marco inicial da imigração alemã no Brasil, com a fundação da primeira colônia no Rio Grande do Sul, onde hoje se localiza a cidade de São Leopoldo, com a chegada de 39 imigrantes. O Rio Grande do Sul recebeu a maior parte dos imigrantes alemães, seguido de Santa Catarina. Os alemães representaram aproximadamente 5% dos imigrantes que buscaram uma nova pátria no Brasil. Casa Alemã – Pomerode - SC São Leopoldo - RS
  • 13. Joinville - Cidade das Flores Maior cidade brasileira originária da colonização alemã. 480 mil habitantes.
  • 14. Blumenau - SC Oktoberfest 2009 Festa anual realizada em Blumenau, SC. História, acontecimentos, turismo local e muito mais. www.oktoberfestblumenau.com.br/
  • 15. A cidade mais pomerana do Brasil, Santa Maria de Jetibá , com suas festas regionais, ao som das concertinas e de trombones, e eivada da cultura alemã, com um belo casario enxaimel, alimentação regional e farta. “ Anuncio com muita alegria! Meu município é Santa Maria... Cidade como esta ninguém nunca viu. Porque ela é cheia de graça: é a mais pomerana do Brasil.” Os Pomeranos no Espírito Santo Seja na poesia seja por meio de textos de memórias, a arte de contar histórias tomou conta da rotina dos alunos da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Professor Hermann Berger, que declamam a paixão e a trajetória da cidade onde vivem: Santa Maria de Jetibá. As produções foram publicadas em um livro: “ Poesias e Memórias de São Sebastião de Belém”, que tem em suas 110 páginas as riquezas culturais da região e as tradições que identificam as peculiaridades de seus moradores. http://www.radiotube.org.br/icox.php?mdl=busca&op=tag_comunidade&tag=mostra
  • 16. Colônia italiana no Brasil. A primeira viagem de imigrantes italianos para o Brasil ocorreu em 03 de Janeiro de 1874 quando partiram do Porto de Gênova no navio francês “La Sofie”, chegando ao Brasil em 21 de Fevereiro de 1874, trazendo 386 famílias que se fixaram em Santa Cruz – RS. Atraídos para trabalharem nas colheitas de café, no ano de 1900 já viviam no estado de São Paulo cerca de 800 mil italianos. O estado possui a maior colônia italiana no Brasil . seguido do Rio Grande do Sul. Atualmente, calcula-se em vinte e cinco milhões o número de seus descendentes em solo brasileiro. Santa Cruz do Sul – Capital nacional do fumo
  • 17. “ SÃO PAULO ” A maior cidade italiana fora da Itália Museu do I migrante – Antiga Hospedaria dos imigrantes – Brás – São Paulo Mercado Municipal
  • 18. Caxias do Sul -RS A Festa da Uva é uma festa da cultura italiana e da produção agro-industrial regional que acontece a cada dois anos no município. A edição de 2008 se realizou entre 21 de fevereiro e 9 de março.
  • 19. Festa da Colônia de Gramado - RS Conheça uma tradicional festa colonial que acontece todos os anos. www.festadacoloniagramado.com.br/
  • 20. Uma festa onde se misturam as colônias italiana, alemã e açoriana-portuguêsa.
  • 21. Portugueses aparecem mais na Festa da Colônia A etnia portuguesa, homenageada nos últimos anos na Festa da Colônia de Gramado juntamente com os alemães e italianos, está com novos atrativos em 2009.
  • 22.
  • 23.
  • 24.
  • 25.
  • 26. Colônia japonesa no Brasil. A imigração japonesa no Brasil começou no início do século XX. Plenamente integrados à cultura brasileira, contribuem com o crescimento econômico e desenvolvimento cultural de nosso país. Os japoneses trouxeram, junto com a vontade de trabalhar, sua arte, costumes, língua, crenças e conhecimentos que contribuíram muito para o nosso país. Sobretudo na década de 1960, ocorreu um grande êxodo rural que levou a maior parte da comunidade nipo-brasileira do campo para as cidades Atualmente, o Brasil é o país com a maior quantidade de japoneses fora do Japão, abriga cerca de 1,5 milhão de nikkeis (termo usado para denominar os japoneses e seus descendentes). No total, quase 200 mil japoneses foram recebidos como imigrantes no país.
  • 27. Praça do Japão, Curitiba
  • 28. A cidade de São Paulo concentra o maior número deles.
  • 29. Bosque de Cerejeiras – Garça – SP Marca da presença da imigração japonesa na região
  • 30. Holambra é hoje uma das cidades brasileiras com maior índice de qualidade de vida e um dos principais roteiros turísticos de todo estado de São Paulo. Conhecida nacionalmente como a Cidade das Flores, o município ostenta o título de maior produtor e centro de comercialização de flores e plantas ornamentais do país. Presença Neerlandesa no Brasil !
  • 31.  
  • 32.  
  • 33. Uma verdadeira Obra de arte foi inaugurada no dia 12 de julho de 2008, às 14h em Holambra. Mais do que um monumento, um símbolo da união de povos e culturas.
  • 34.
  • 35.
  • 36.
  • 37.