SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 16
Miséria 
A LAMENTÁVEL REALIDADE
Resumo 
A miséria é muito grande no mundo e, acompanhada 
da fome também é um dos maiores problemas a 
serem resolvidos. O tempo urge e a pobreza é uma 
calamidade do planeta e ninguém decide. A fome 
passa ao nosso lado com olhos arregalados 
estendendo a mão. Nossa consciência é sempre 
tranquila, pois a fome é dos outros e não é a nossa.
Índice 
 Miséria no Brasil 
 Miséria no mundo 
 Causas 
 Consequências 
 Soluções
Miséria no Brasil 
 O Brasil, apesar de ser um dos países mais ricos do 
mundo, já que possuímos o 8º maior PIB do mundo, 
continua registrando um dos maiores índices de 
miséria e fome, uma dura realidade, que atinge 
mais de 32 milhões de habitantes em nosso país, 
ou seja, podemos dizer que aproximadamente 
16,30% de nossa população passa fome.
Hoje a fome e a miséria atinge 
grande parte da população, 
principalmente nas áreas mais 
afastadas, onde as condições para 
se ter uma vida digna são escassas. 
O Nordeste é uma das regiões que 
mais sofre com esse problema. 
Sendo a má distribuição de renda 
uma das principais e mais fortes 
causas da fome e miséria.
Miséria no mundo 
 Cerca de 40% da população mundial vive em situação de 
extrema pobreza 
 Um terço dos mais de 7 bilhões de habitantes de nosso 
planeta é mal nutrido. 
 Outro dado assustador é que 9% de todas as crianças ainda 
morrem de fome ou doenças ligadas a miséria antes de 
completar um ano de vida.
 12,9 milhões de crianças morrem a cada ano
Causas 
A pobreza não resulta de uma única causa mas de um conjunto 
de fatores: 
 Fatores político-legais: corrupção, inexistência ou mau 
funcionamento de um sistema democrático. 
 Fatores econômicos: sistema fiscal inadequado, representando 
um peso excessivo sobre a economia ou sendo socialmente 
injusto;
 Fatores socioculturais: discriminação social relativa ao gênero 
ou à raça, valores predominantes na sociedade, exclusão social 
 Fatores naturais: desastres naturais, climas ou relevos 
extremos. 
 Insegurança: guerra, genocídio, crime.
Consequências 
 Fome 
 Baixa esperança de vida. 
 Doenças. 
 Falta de oportunidades de emprego. 
 Carência de água potável e de saneamento. 
 Maiores riscos de instabilidade política e violência. 
 Existência de discriminação social contra grupos vulneráveis. 
 Existência de pessoas sem-abrigo.
Solução 
 Entre as principais medidas que poderiam ser tomadas para 
acabar com a miséria, e que já foram propostas por inúmeras 
organizações de todo o mundo, estão a ajuda que os países 
desenvolvidos deveriam dar aos países mais pobres. 
 Doação de sementes e doação de terras para que os 
produtores pudessem cultivar seu sustento.
 Incentivo a cultura e educação, como também ao 
saneamento básico e atendimento médico também ajudaria 
a acabar com esse tipo de problema 
 Conduta ética de solidariedade.
Referências 
 Alunos do curso de Aprendizagem Administrativo 
 Senac Bento Gonçalves/ RS 
 Nomes: Kelly Cordolino e Roberta Monteiro.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Organizações internacionais mundiais
Organizações internacionais mundiaisOrganizações internacionais mundiais
Organizações internacionais mundiaisJane Mary Lima Castro
 
Slide sociologia 1
Slide sociologia 1Slide sociologia 1
Slide sociologia 1Over Lane
 
Formação do espaço geográfico mundial
Formação do espaço geográfico mundialFormação do espaço geográfico mundial
Formação do espaço geográfico mundialkarolpoa
 
Expansão marítima européia
Expansão marítima européiaExpansão marítima européia
Expansão marítima européiaedna2
 
Surgimento da sociologia
Surgimento da sociologia  Surgimento da sociologia
Surgimento da sociologia pablorenan03
 
Período Entre Guerras e Segunda Guerra
Período Entre Guerras e Segunda GuerraPeríodo Entre Guerras e Segunda Guerra
Período Entre Guerras e Segunda GuerraDouglas Barraqui
 
Problemas do continente europeu
Problemas do continente europeuProblemas do continente europeu
Problemas do continente europeuFernanda Lopes
 
Movimentos sociais sociologia 2 ano
Movimentos sociais   sociologia 2 anoMovimentos sociais   sociologia 2 ano
Movimentos sociais sociologia 2 anoJudson Malta
 
Liberalismo e Socialismo no século XIX
Liberalismo e Socialismo no século XIXLiberalismo e Socialismo no século XIX
Liberalismo e Socialismo no século XIXEdenilson Morais
 
Hegemonia e Declineo da Influência Europeia
Hegemonia e Declineo da Influência EuropeiaHegemonia e Declineo da Influência Europeia
Hegemonia e Declineo da Influência EuropeiaFrancisco Teixeira
 
A revolução técnico científica
A revolução técnico científicaA revolução técnico científica
A revolução técnico científicaCharlles Moreira
 

Mais procurados (20)

Guerra na Síria
Guerra na SíriaGuerra na Síria
Guerra na Síria
 
Organizações internacionais mundiais
Organizações internacionais mundiaisOrganizações internacionais mundiais
Organizações internacionais mundiais
 
Slide sociologia 1
Slide sociologia 1Slide sociologia 1
Slide sociologia 1
 
Introdução A Geografia
Introdução A GeografiaIntrodução A Geografia
Introdução A Geografia
 
Aula geo-mag1
Aula geo-mag1Aula geo-mag1
Aula geo-mag1
 
Totalitarismo
TotalitarismoTotalitarismo
Totalitarismo
 
Formação do espaço geográfico mundial
Formação do espaço geográfico mundialFormação do espaço geográfico mundial
Formação do espaço geográfico mundial
 
Expansão marítima européia
Expansão marítima européiaExpansão marítima européia
Expansão marítima européia
 
Nacionalismo
NacionalismoNacionalismo
Nacionalismo
 
Surgimento da sociologia
Surgimento da sociologia  Surgimento da sociologia
Surgimento da sociologia
 
Capitalismo
CapitalismoCapitalismo
Capitalismo
 
3 revolução industrial
3   revolução industrial3   revolução industrial
3 revolução industrial
 
Período Entre Guerras e Segunda Guerra
Período Entre Guerras e Segunda GuerraPeríodo Entre Guerras e Segunda Guerra
Período Entre Guerras e Segunda Guerra
 
Trabalho
TrabalhoTrabalho
Trabalho
 
Problemas do continente europeu
Problemas do continente europeuProblemas do continente europeu
Problemas do continente europeu
 
Populaçao mundial
Populaçao mundialPopulaçao mundial
Populaçao mundial
 
Movimentos sociais sociologia 2 ano
Movimentos sociais   sociologia 2 anoMovimentos sociais   sociologia 2 ano
Movimentos sociais sociologia 2 ano
 
Liberalismo e Socialismo no século XIX
Liberalismo e Socialismo no século XIXLiberalismo e Socialismo no século XIX
Liberalismo e Socialismo no século XIX
 
Hegemonia e Declineo da Influência Europeia
Hegemonia e Declineo da Influência EuropeiaHegemonia e Declineo da Influência Europeia
Hegemonia e Declineo da Influência Europeia
 
A revolução técnico científica
A revolução técnico científicaA revolução técnico científica
A revolução técnico científica
 

Destaque (9)

Fome e miséria
Fome e misériaFome e miséria
Fome e miséria
 
Corruptores da miséria
Corruptores da misériaCorruptores da miséria
Corruptores da miséria
 
Brasil Sem Miséria
Brasil Sem MisériaBrasil Sem Miséria
Brasil Sem Miséria
 
A miséria no brasil
A miséria no brasilA miséria no brasil
A miséria no brasil
 
A Miséria Humana
A Miséria HumanaA Miséria Humana
A Miséria Humana
 
Biociclo marinho
Biociclo marinhoBiociclo marinho
Biociclo marinho
 
Caderno de resultados da inclusão produtiva rural do Brasil Sem Miséria
Caderno de resultados da inclusão produtiva rural do Brasil Sem MisériaCaderno de resultados da inclusão produtiva rural do Brasil Sem Miséria
Caderno de resultados da inclusão produtiva rural do Brasil Sem Miséria
 
Miséria e fome( trabalho wagner e stefany)
Miséria e fome( trabalho wagner e stefany)Miséria e fome( trabalho wagner e stefany)
Miséria e fome( trabalho wagner e stefany)
 
A fome no mundo
A fome no mundoA fome no mundo
A fome no mundo
 

Semelhante a Miséria

SLIDE TURMA 8º ANO ECAGL IBIMIRIM - GEOGRAFIA
SLIDE TURMA 8º ANO ECAGL IBIMIRIM - GEOGRAFIASLIDE TURMA 8º ANO ECAGL IBIMIRIM - GEOGRAFIA
SLIDE TURMA 8º ANO ECAGL IBIMIRIM - GEOGRAFIAClísthennes Américo
 
NãO Existe AlmoçO GráTis
NãO Existe AlmoçO GráTisNãO Existe AlmoçO GráTis
NãO Existe AlmoçO GráTisAdriana Suzart
 
Problemas sociais no Brasil
Problemas sociais no BrasilProblemas sociais no Brasil
Problemas sociais no Brasil97636768
 
resumos - Contrastes de Desenvolvimento1.pdf
resumos - Contrastes de Desenvolvimento1.pdfresumos - Contrastes de Desenvolvimento1.pdf
resumos - Contrastes de Desenvolvimento1.pdfCarla Silva
 
Problemas DemográFicos
Problemas DemográFicosProblemas DemográFicos
Problemas DemográFicosgmshenn
 
Aula De Sociologia Do Professor Mario
Aula De Sociologia Do Professor MarioAula De Sociologia Do Professor Mario
Aula De Sociologia Do Professor MarioProfMario De Mori
 
Objectivos Do MiléNio
Objectivos Do MiléNioObjectivos Do MiléNio
Objectivos Do MiléNioluisant
 
Novo Microsoft Office Word Document
Novo Microsoft Office Word DocumentNovo Microsoft Office Word Document
Novo Microsoft Office Word Documentdcosta8
 
Aula 1 frente 2 população parte 1
Aula 1 frente 2   população parte 1Aula 1 frente 2   população parte 1
Aula 1 frente 2 população parte 1CADUCOC2
 
Aula 5 População_Parte_1_cursinho_az
Aula 5 População_Parte_1_cursinho_azAula 5 População_Parte_1_cursinho_az
Aula 5 População_Parte_1_cursinho_azCADUCOC1
 
ObstáCulos Ao Desenvolvimento
ObstáCulos Ao DesenvolvimentoObstáCulos Ao Desenvolvimento
ObstáCulos Ao Desenvolvimentodulcemarr
 
Le monde Diplomatique Brasil Encarte Especial CRESÇA
Le monde Diplomatique Brasil Encarte Especial CRESÇALe monde Diplomatique Brasil Encarte Especial CRESÇA
Le monde Diplomatique Brasil Encarte Especial CRESÇAOxfam Brasil
 
CóPia De Escola E
CóPia De Escola ECóPia De Escola E
CóPia De Escola Epaises
 
Os objectivos do milénio
Os objectivos do milénioOs objectivos do milénio
Os objectivos do milénioFERNANDAPRATAS
 
Os Objectivos Do MiléNio
Os Objectivos Do MiléNioOs Objectivos Do MiléNio
Os Objectivos Do MiléNioisabelsilveira
 
Aula Sobre Aspectos Humanos Da Atualidade
Aula Sobre Aspectos Humanos Da AtualidadeAula Sobre Aspectos Humanos Da Atualidade
Aula Sobre Aspectos Humanos Da AtualidadeProfMario De Mori
 

Semelhante a Miséria (20)

SLIDE TURMA 8º ANO ECAGL IBIMIRIM - GEOGRAFIA
SLIDE TURMA 8º ANO ECAGL IBIMIRIM - GEOGRAFIASLIDE TURMA 8º ANO ECAGL IBIMIRIM - GEOGRAFIA
SLIDE TURMA 8º ANO ECAGL IBIMIRIM - GEOGRAFIA
 
NãO Existe AlmoçO GráTis
NãO Existe AlmoçO GráTisNãO Existe AlmoçO GráTis
NãO Existe AlmoçO GráTis
 
Desigualdades Socias
Desigualdades SociasDesigualdades Socias
Desigualdades Socias
 
Problemas sociais no Brasil
Problemas sociais no BrasilProblemas sociais no Brasil
Problemas sociais no Brasil
 
resumos - Contrastes de Desenvolvimento1.pdf
resumos - Contrastes de Desenvolvimento1.pdfresumos - Contrastes de Desenvolvimento1.pdf
resumos - Contrastes de Desenvolvimento1.pdf
 
Pobreza
PobrezaPobreza
Pobreza
 
Problemas DemográFicos
Problemas DemográFicosProblemas DemográFicos
Problemas DemográFicos
 
Aula De Sociologia Do Professor Mario
Aula De Sociologia Do Professor MarioAula De Sociologia Do Professor Mario
Aula De Sociologia Do Professor Mario
 
O que e a fome
O que e a fomeO que e a fome
O que e a fome
 
Objectivos Do MiléNio
Objectivos Do MiléNioObjectivos Do MiléNio
Objectivos Do MiléNio
 
Novo Microsoft Office Word Document
Novo Microsoft Office Word DocumentNovo Microsoft Office Word Document
Novo Microsoft Office Word Document
 
Aula 1 frente 2 população parte 1
Aula 1 frente 2   população parte 1Aula 1 frente 2   população parte 1
Aula 1 frente 2 população parte 1
 
Aula 5 População_Parte_1_cursinho_az
Aula 5 População_Parte_1_cursinho_azAula 5 População_Parte_1_cursinho_az
Aula 5 População_Parte_1_cursinho_az
 
ObstáCulos Ao Desenvolvimento
ObstáCulos Ao DesenvolvimentoObstáCulos Ao Desenvolvimento
ObstáCulos Ao Desenvolvimento
 
Le monde Diplomatique Brasil Encarte Especial CRESÇA
Le monde Diplomatique Brasil Encarte Especial CRESÇALe monde Diplomatique Brasil Encarte Especial CRESÇA
Le monde Diplomatique Brasil Encarte Especial CRESÇA
 
CóPia De Escola E
CóPia De Escola ECóPia De Escola E
CóPia De Escola E
 
Geografia 3 ano
Geografia 3 anoGeografia 3 ano
Geografia 3 ano
 
Os objectivos do milénio
Os objectivos do milénioOs objectivos do milénio
Os objectivos do milénio
 
Os Objectivos Do MiléNio
Os Objectivos Do MiléNioOs Objectivos Do MiléNio
Os Objectivos Do MiléNio
 
Aula Sobre Aspectos Humanos Da Atualidade
Aula Sobre Aspectos Humanos Da AtualidadeAula Sobre Aspectos Humanos Da Atualidade
Aula Sobre Aspectos Humanos Da Atualidade
 

Mais de -

Trabalho Escravo no Brasil
Trabalho Escravo no BrasilTrabalho Escravo no Brasil
Trabalho Escravo no Brasil-
 
Educação mundial
Educação mundialEducação mundial
Educação mundial-
 
Andre e wesley dia quatro de novembro,quatorze.
Andre e wesley dia quatro de novembro,quatorze.Andre e wesley dia quatro de novembro,quatorze.
Andre e wesley dia quatro de novembro,quatorze.-
 
A tecnologia voltada para escola.pptx helljulia (1)
A tecnologia voltada para escola.pptx helljulia (1)A tecnologia voltada para escola.pptx helljulia (1)
A tecnologia voltada para escola.pptx helljulia (1)-
 
A escola do futuro
A escola do futuroA escola do futuro
A escola do futuro-
 
A economia no mundo
A economia no mundoA economia no mundo
A economia no mundo-
 
Apresentação 2 power point
Apresentação 2  power pointApresentação 2  power point
Apresentação 2 power point-
 
Artigo AVA
Artigo AVAArtigo AVA
Artigo AVA-
 
Artigo AVA
Artigo AVAArtigo AVA
Artigo AVA-
 
Eco battery
Eco batteryEco battery
Eco battery-
 
Qualidades de nossas escolas
Qualidades  de nossas escolasQualidades  de nossas escolas
Qualidades de nossas escolas-
 
O jovem no mercado de trabalho
O jovem no mercado de trabalhoO jovem no mercado de trabalho
O jovem no mercado de trabalho-
 
O futuro da sociedade tecnológica
O futuro da sociedade tecnológicaO futuro da sociedade tecnológica
O futuro da sociedade tecnológica-
 
Jovens criando família
Jovens criando famíliaJovens criando família
Jovens criando família-
 
Melhores Empresas para se trabalhar
Melhores Empresas para se trabalharMelhores Empresas para se trabalhar
Melhores Empresas para se trabalhar-
 
Drogas no esporte
Drogas no esporteDrogas no esporte
Drogas no esporte-
 
Drogas na escola
Drogas na escolaDrogas na escola
Drogas na escola-
 
Drogas licitas e ilícitas
Drogas licitas e ilícitasDrogas licitas e ilícitas
Drogas licitas e ilícitas-
 
As barreiras criadas pela tecnologia
As barreiras criadas pela tecnologiaAs barreiras criadas pela tecnologia
As barreiras criadas pela tecnologia-
 
A água
A águaA água
A água-
 

Mais de - (20)

Trabalho Escravo no Brasil
Trabalho Escravo no BrasilTrabalho Escravo no Brasil
Trabalho Escravo no Brasil
 
Educação mundial
Educação mundialEducação mundial
Educação mundial
 
Andre e wesley dia quatro de novembro,quatorze.
Andre e wesley dia quatro de novembro,quatorze.Andre e wesley dia quatro de novembro,quatorze.
Andre e wesley dia quatro de novembro,quatorze.
 
A tecnologia voltada para escola.pptx helljulia (1)
A tecnologia voltada para escola.pptx helljulia (1)A tecnologia voltada para escola.pptx helljulia (1)
A tecnologia voltada para escola.pptx helljulia (1)
 
A escola do futuro
A escola do futuroA escola do futuro
A escola do futuro
 
A economia no mundo
A economia no mundoA economia no mundo
A economia no mundo
 
Apresentação 2 power point
Apresentação 2  power pointApresentação 2  power point
Apresentação 2 power point
 
Artigo AVA
Artigo AVAArtigo AVA
Artigo AVA
 
Artigo AVA
Artigo AVAArtigo AVA
Artigo AVA
 
Eco battery
Eco batteryEco battery
Eco battery
 
Qualidades de nossas escolas
Qualidades  de nossas escolasQualidades  de nossas escolas
Qualidades de nossas escolas
 
O jovem no mercado de trabalho
O jovem no mercado de trabalhoO jovem no mercado de trabalho
O jovem no mercado de trabalho
 
O futuro da sociedade tecnológica
O futuro da sociedade tecnológicaO futuro da sociedade tecnológica
O futuro da sociedade tecnológica
 
Jovens criando família
Jovens criando famíliaJovens criando família
Jovens criando família
 
Melhores Empresas para se trabalhar
Melhores Empresas para se trabalharMelhores Empresas para se trabalhar
Melhores Empresas para se trabalhar
 
Drogas no esporte
Drogas no esporteDrogas no esporte
Drogas no esporte
 
Drogas na escola
Drogas na escolaDrogas na escola
Drogas na escola
 
Drogas licitas e ilícitas
Drogas licitas e ilícitasDrogas licitas e ilícitas
Drogas licitas e ilícitas
 
As barreiras criadas pela tecnologia
As barreiras criadas pela tecnologiaAs barreiras criadas pela tecnologia
As barreiras criadas pela tecnologia
 
A água
A águaA água
A água
 

Último

RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I.pdf
RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I.pdfRELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I.pdf
RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I.pdfHELLEN CRISTINA
 
Treinamento NR 18.pdf .......................................
Treinamento NR 18.pdf .......................................Treinamento NR 18.pdf .......................................
Treinamento NR 18.pdf .......................................paulo222341
 
relatorio ciencias morfofuncion ais.pdf
relatorio ciencias morfofuncion  ais.pdfrelatorio ciencias morfofuncion  ais.pdf
relatorio ciencias morfofuncion ais.pdfHELLEN CRISTINA
 
Crianças e Adolescentes em Psicoterapia A abordagem psicanalítica-1 (2).pdf
Crianças e Adolescentes em Psicoterapia A abordagem psicanalítica-1 (2).pdfCrianças e Adolescentes em Psicoterapia A abordagem psicanalítica-1 (2).pdf
Crianças e Adolescentes em Psicoterapia A abordagem psicanalítica-1 (2).pdfivana Sobrenome
 
Homens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUS
Homens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUSHomens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUS
Homens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUSProf. Marcus Renato de Carvalho
 
Altas habilidades/superdotação. Adelino Felisberto
Altas habilidades/superdotação. Adelino FelisbertoAltas habilidades/superdotação. Adelino Felisberto
Altas habilidades/superdotação. Adelino Felisbertoadelinofelisberto3
 
relatorio de estagio de terapia ocupacional.pdf
relatorio de estagio de terapia ocupacional.pdfrelatorio de estagio de terapia ocupacional.pdf
relatorio de estagio de terapia ocupacional.pdfHELLEN CRISTINA
 
Características gerais dos vírus- Estrutura, ciclos
Características gerais dos vírus- Estrutura, ciclosCaracterísticas gerais dos vírus- Estrutura, ciclos
Características gerais dos vírus- Estrutura, ciclosThaiseGerber2
 

Último (8)

RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I.pdf
RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I.pdfRELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I.pdf
RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I.pdf
 
Treinamento NR 18.pdf .......................................
Treinamento NR 18.pdf .......................................Treinamento NR 18.pdf .......................................
Treinamento NR 18.pdf .......................................
 
relatorio ciencias morfofuncion ais.pdf
relatorio ciencias morfofuncion  ais.pdfrelatorio ciencias morfofuncion  ais.pdf
relatorio ciencias morfofuncion ais.pdf
 
Crianças e Adolescentes em Psicoterapia A abordagem psicanalítica-1 (2).pdf
Crianças e Adolescentes em Psicoterapia A abordagem psicanalítica-1 (2).pdfCrianças e Adolescentes em Psicoterapia A abordagem psicanalítica-1 (2).pdf
Crianças e Adolescentes em Psicoterapia A abordagem psicanalítica-1 (2).pdf
 
Homens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUS
Homens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUSHomens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUS
Homens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUS
 
Altas habilidades/superdotação. Adelino Felisberto
Altas habilidades/superdotação. Adelino FelisbertoAltas habilidades/superdotação. Adelino Felisberto
Altas habilidades/superdotação. Adelino Felisberto
 
relatorio de estagio de terapia ocupacional.pdf
relatorio de estagio de terapia ocupacional.pdfrelatorio de estagio de terapia ocupacional.pdf
relatorio de estagio de terapia ocupacional.pdf
 
Características gerais dos vírus- Estrutura, ciclos
Características gerais dos vírus- Estrutura, ciclosCaracterísticas gerais dos vírus- Estrutura, ciclos
Características gerais dos vírus- Estrutura, ciclos
 

Miséria

  • 2. Resumo A miséria é muito grande no mundo e, acompanhada da fome também é um dos maiores problemas a serem resolvidos. O tempo urge e a pobreza é uma calamidade do planeta e ninguém decide. A fome passa ao nosso lado com olhos arregalados estendendo a mão. Nossa consciência é sempre tranquila, pois a fome é dos outros e não é a nossa.
  • 3. Índice  Miséria no Brasil  Miséria no mundo  Causas  Consequências  Soluções
  • 4. Miséria no Brasil  O Brasil, apesar de ser um dos países mais ricos do mundo, já que possuímos o 8º maior PIB do mundo, continua registrando um dos maiores índices de miséria e fome, uma dura realidade, que atinge mais de 32 milhões de habitantes em nosso país, ou seja, podemos dizer que aproximadamente 16,30% de nossa população passa fome.
  • 5. Hoje a fome e a miséria atinge grande parte da população, principalmente nas áreas mais afastadas, onde as condições para se ter uma vida digna são escassas. O Nordeste é uma das regiões que mais sofre com esse problema. Sendo a má distribuição de renda uma das principais e mais fortes causas da fome e miséria.
  • 6. Miséria no mundo  Cerca de 40% da população mundial vive em situação de extrema pobreza  Um terço dos mais de 7 bilhões de habitantes de nosso planeta é mal nutrido.  Outro dado assustador é que 9% de todas as crianças ainda morrem de fome ou doenças ligadas a miséria antes de completar um ano de vida.
  • 7.  12,9 milhões de crianças morrem a cada ano
  • 8.
  • 9. Causas A pobreza não resulta de uma única causa mas de um conjunto de fatores:  Fatores político-legais: corrupção, inexistência ou mau funcionamento de um sistema democrático.  Fatores econômicos: sistema fiscal inadequado, representando um peso excessivo sobre a economia ou sendo socialmente injusto;
  • 10.  Fatores socioculturais: discriminação social relativa ao gênero ou à raça, valores predominantes na sociedade, exclusão social  Fatores naturais: desastres naturais, climas ou relevos extremos.  Insegurança: guerra, genocídio, crime.
  • 11.
  • 12. Consequências  Fome  Baixa esperança de vida.  Doenças.  Falta de oportunidades de emprego.  Carência de água potável e de saneamento.  Maiores riscos de instabilidade política e violência.  Existência de discriminação social contra grupos vulneráveis.  Existência de pessoas sem-abrigo.
  • 13.
  • 14. Solução  Entre as principais medidas que poderiam ser tomadas para acabar com a miséria, e que já foram propostas por inúmeras organizações de todo o mundo, estão a ajuda que os países desenvolvidos deveriam dar aos países mais pobres.  Doação de sementes e doação de terras para que os produtores pudessem cultivar seu sustento.
  • 15.  Incentivo a cultura e educação, como também ao saneamento básico e atendimento médico também ajudaria a acabar com esse tipo de problema  Conduta ética de solidariedade.
  • 16. Referências  Alunos do curso de Aprendizagem Administrativo  Senac Bento Gonçalves/ RS  Nomes: Kelly Cordolino e Roberta Monteiro.