SlideShare uma empresa Scribd logo
MEIO AMBIENTE




CONVÍVIO SOCIAL
MEIO AMBIENTE


...é tudo que nos cerca, os reinos
animal, vegetal, mineral, e a relação
de interdependência entre os mesmo.
CIDADANIA


Cidadania é a condição do indivíduo, como
membro de um estado e portador de direitos e
sujeito a deveres e obrigações, é um processo
dinâmico de conquista e defesa dos direitos
humanos, civis e políticos.
MEIO AMBIENTE E CIDADANIA


Os órgãos e entidades pertencentes ao
Sistema Nacional de Trânsito, darão
prioridade em suas ações à defesa da vida,
nela incluindo a preservação da
saúde e do meio ambiente.
O INDIVIDUO COMO CIDADÃO
Cidadão é o individuo
consciente dos seus papéis
na sociedade.

Para que a vida em sociedade seja possível, foram
criadas as normas
de conduta, que falam dos nossos direitos e
deveres e são determinados pelas leis e códigos,
 e cabe ao cidadão o dever de obedecer às leis e
normas em benefício do bem comum. Essa é a
melhor forma de respeitar o direito das demais
pessoas e ter os nossos direitos respeitados.
CIDADANIA EO CÓDIGO

Cidadania é a condição do indivíduo, como
membro de um estado e portador de direitos
e sujeito a deveres e obrigações, é um
processo dinâmico de conquista e defesa
dos direitos humanos, civis e políticos.
No nosso caso, vamos destacar o direito de
ir e vir como cidadão.
O INDIVIDUO COMO CIDADÃO:
 ... alguém  único, inconfundível e com características
  físicas, particulares e psíquicas.
 ... faz parte de um grupo social: família, escola,
  trabalho, lazer, política, religião, etc e numa relação
  direta, estabelece contatos pessoais se relaciona
  com os outros integrantes desse grupo social.
CIDADANIA EO CÓDIGO

Todo cidadão ou entidade civil tem o
direito de solicitar, por escrito, aos órgãos
ou entidades do Sistema Nacional de
Trânsito    sinalização,     fiscalização   e
implantação de         equipamentos        de
segurança, bem como sugerir alterações
em normas,legislação e outros assuntos
pertinentes ao CTB.
INDIVÍDUO, O GRUPO E A SOCIEDADE




 ... sociedade é o conjunto onde se encontram
  colocados os grupos, as esferas sociais e onde o
  homem vive um maior relacionamento.
 Dessas relações humanas, nasceu o conceito de
  Direitos e Deveres.
 São direitos: Proteção, crescimento, reconhecimento,
  tratamento com dignidade, com justiça e com
  oportunidades      iguais,   sem     preconceitos    ou
  discriminação, entre outros.
 São deveres: Reconhecimento do direito dos demais
  indivíduos, respeito às normas criadas pela sociedade.
POLUIÇÃO

TODO O TIPO DE ALTERÇÃO COMETIDA NO
 MEIO AMBIENTE, QUE CAUSE DESEQUILIBRIO
 E PREJUDIQUE TANTO A VIDA E PODE SER
 CAUSADA PELA LIBERAÇÃO DE MATÉRIA,
 QUANTO PELA LIBERAÇÃO DE ENERGIA.
TIPOS DE POLUIÇÃO
   Pode ser:

 Poluição atmosférica;
 Poluição Sonora;
 Poluição do solo.
POLUIÇÃO DO AR
O ar atmosférico e uma mistura de gases
 alguns nobres outros não, contamos com
 gases como neônio, ozônio, Hélio, criptônio
  também com vapor de água, poeira, grãos
 de polem óleos exalados por certos tipos de
 plantas que encontram-se
 dispersos na atmosfera.
VEÍCULO COMO POLUIDOR
 Dióxido de Carbono (CO2)            Não tóxico. Responsável pelo efeito
    estufa(fenômeno que aumenta a temperatura do planeta);


 Monóxido de carbono (CO) Não tem cor nem cheiro, mas é
  letal;

 óxidos de nitrogênio (NO2) danifica a camada de ozônio;


CAMADA DE OZÔNIO
Em volta da terra existe uma camada de gases,
 que varia entre 20 e 25 quilômetros de altitude
nela concentram-se muitos gases naturais e alguns
poluentes fabricados pelos homens.
 Os gases vivem se combinando e recombinando
em complicadas reações químicas, muitas vezes
acionadas pela luz solar, assim se forma
o ozônio, que funciona como um filtro químico
do planeta, absorvendo os raios ultravioletas
 do sol.
OS EFEITOS DA POLUIÇÃO
 provoca irritação nos olhos, nariz e
  garganta,além de ocasionar destruição
  gradativa dos alvéolos pulmonares.
ÁLCOOL
No Brasil ele é produto da cana de açúcar,
mandioca, batata doce, beterraba, milho e
eucalipto, sendo responsável pela metade
da poluição da gasolina, utilizado como
combustível Durante o processo de
produção do álcool também é obtido o
vinhaça ou vinhoto, um sub-produto
altamente tóxico que sendo lançado na
natureza, mata a flora e a fauna. utilização
como matéria prima para a indústria de
fertilizantes e resíduos neutralizados em
processos na indústria de cerâmica.
CHUVA ÁCIDA
 Além do gás carbônico, a
  queima de combustíveis fósseis
  também produz dióxido de
  enxofre e óxidos de
  nitrogênio,que combinando com
  a água, forma o ácido sulfúrico e
  o ácido nítrico,respectivamente.
  Quando chove, esses ácidos
  caem misturados à água,
  constituindo a chuva ácida.
CHUVA ÁCIDA
 Os principais responsáveis
  pela chuva ácida são os
  gases provenientes da
  queima de derivados de
  petróleo (primeiramente em
  indústrias e veículos
  automotores e em segundo
  lugar, em usinas
  termoelétricas) e em menor
  escala, da queima do
  carvão.
CHUVA ÁCIDA
POLUIÇÃO SONORA
 Como cada pessoa percebe os ruídos de
  maneira diferente,o meio mais objetivo de
  mensurá-los é através de parâmetros físicos.
 Segundo a Organização Mundial de Saúde
  (OMS), o limite para o conforto auditivo é de
  65 decibéis (db) no estado de vigília, que é
  quando se está acordado.Para o sono,a OMS
  recomenda que não ultrapassem           35 db.
POLUIÇÃO SONORA
 De 55 a 65 db, ele é
  considerado leve.
 65 db,pode desencadear
  uma série de problemas,
  como aumento do ritmo
  cardíaco e hipertensão
  arterial.Com isso,os
  infartos e acidentes
  vasculares cerebrais
  (AVC)aumentam.
POLUIÇÃO SONORA
 O ruído máximo tolerável sem efeitos
  nocivos é 90 db, além desse nível, a saúde
  é profundamente afetada e variando seus
  efeitos na medida do tempo que a pessoa é
  submetida aos ruídos, o nível de 120 db,já
  ocasiona dores provocando a surdez
  irreversível.

 Usar no veículo equipamento com som
  em volume ou freqüência superior a 80
  decibéis, medido a 7 m de distância
  do veículo é infração grave gerando multa
  e retenção do veículo.
CONTROLE AMBIENTAL

SISNAMA:Sistema Nacional Meio Ambiente.

CONAMA: Conselho Nacional do Meio Ambiente.

IBAMA:Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos
  Recursos Naturais Renováveis.

FEAM: Fundação Estadual do Meio Ambiente.
SMMA: Secretaria Municipal de Meio Ambiente.

Ministério do Meio Ambiente: dos Recursos Hídricos da
  Amazônia Legal.
PROCONVE
 Em nível nacional existe o PROCONVE
 (Programa de Controle da poluição do Ar por
  Veículos Automotores), criado em 1986 pelo CONAMA.

 O PROCONVE tem como objetivo: a redução dos
  níveis de emissão de poluentes dos veículos
  automotores além de, incentivar o desenvolvimento
  tecnológico nacional, tanto na engenharia
  automotiva, como em métodos e equipamentos
  para a realização de ensaios e medições de
  poluentes.
PROCONVE
 Catalisador- transforma grande parte dos gases
  tóxicos do motor em gases inofensivos, através das
  reações químicas ocorridas dentro deste componente.
  O catalisador é desenvolvido em estreita cooperação
  com os fabricantes de veículos, propiciando uma vida
  útil do produto, de no mínimo 80.000 km.
 Cânister- instalado na saída do tanque,absorve os
  vapores do combustível, evitando que seja lançado na
  atmosfera.
 Injeção eletrônica- substituiu o carburador entre
  outros sistemas, responsável por formar a mistura
  ar/combustível na medida ideal.
POLUIÇÃO DAS VIAS
 O lixo atirado pelo condutor ou passageiros pode
  provocar sérios acidentes,atirar do veículo ou
  abandonar na via objetos ou substâncias é uma
  infração média sujeita a multa.
 Latas, papéis, garrafas de vidro ou plástico, cigarros e
  restos de alimentos, são jogados diariamente nas
  vias, provocando a poluição ambiental delas. Isso
  agride o meio ambiente e sendo levados pelas águas
  das chuvas provocam alagamentos, entopem bueiros
  e causam erosões à margem das vias.
TEMPO DE DECOMPOSIÇÃO
   Alumínio: 250 a 500 anos.
   Isopor: 400 anos.
   Garrafas Plásticas: 450 anos.
   Fraldas Descartáveis: 6.000 anos.
   Papel: 6 meses.
   Cigarro: 01 a 02 anos.
   Lata de Aço:10 anos.
   Vidro: tempo indeterminado.
   PNEUS: Indeterminado.
POLUIÇÃO DAS ÁGUAS
   O planeta terra é composto por ¾ de terra.
   Apenas ¼ de água.
   De toda a água 97% é salgada, (mares).
   2% está sólida nos pólos.
   Resta 1% de água doce em forma liquida.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Primeiros Socorros - Primeira habilitação
Primeiros Socorros - Primeira habilitaçãoPrimeiros Socorros - Primeira habilitação
Primeiros Socorros - Primeira habilitação
Gabrielly Campos
 
Legislação de trânsito - Conteúdo Geral
Legislação de trânsito - Conteúdo GeralLegislação de trânsito - Conteúdo Geral
Legislação de trânsito - Conteúdo Geral
Instrutor Alessandro Leal
 
Direção defensiva
Direção defensivaDireção defensiva
Direção defensiva
Jorge Franco
 
Direção defensiva
Direção defensivaDireção defensiva
Direção defensiva
Instrutor Alessandro Leal
 
cidadania meio ambiente -trânsito
 cidadania  meio ambiente -trânsito cidadania  meio ambiente -trânsito
cidadania meio ambiente -trânsito
Silvia Del Ciel
 
Educação e Cidadania no trânsito
Educação e Cidadania no trânsitoEducação e Cidadania no trânsito
Educação e Cidadania no trânsito
Sonaly Beatriz Frazão
 
Direção defensiva
Direção defensivaDireção defensiva
Direção defensiva
Instrutor Alessandro Leal
 
Legislação de trânsito
Legislação de trânsitoLegislação de trânsito
Legislação de trânsito
Instrutor Alessandro Leal
 
Meio ambiente
Meio ambienteMeio ambiente
Meio ambiente
Cleber Luiz Dos Santos
 
Direção defensiva rosa
Direção defensiva rosaDireção defensiva rosa
Direção defensiva rosa
Priscila Fernandes Rosa de Souza
 
SNT- Sistema Nacional de Trânsito
SNT- Sistema Nacional de TrânsitoSNT- Sistema Nacional de Trânsito
SNT- Sistema Nacional de Trânsito
Andre Domingues Grego
 
Educação no Trânsito
Educação no TrânsitoEducação no Trânsito
Educação no Trânsito
jocamilo999
 
Mecânica - Primeira habilitação
Mecânica - Primeira habilitaçãoMecânica - Primeira habilitação
Mecânica - Primeira habilitação
Gabrielly Campos
 
Sinalização trânsito
Sinalização trânsitoSinalização trânsito
Sinalização trânsito
Tânia Maria
 
Código de Trânsito Brasileiro
Código de Trânsito BrasileiroCódigo de Trânsito Brasileiro
Código de Trânsito Brasileiro
crisdupret
 
Prevencao aos acidentes de transito
Prevencao aos acidentes de transitoPrevencao aos acidentes de transito
Prevencao aos acidentes de transito
Rosimeire Cecato
 
Curso direção defensiva nr11
Curso direção defensiva   nr11Curso direção defensiva   nr11
Curso direção defensiva nr11
Sergio Roberto Silva
 
Direção defensiva - Alessandro Leal
Direção defensiva - Alessandro LealDireção defensiva - Alessandro Leal
Direção defensiva - Alessandro Leal
Instrutor Alessandro Leal
 
Palestra trânsito seguro compromisso e cidadania
Palestra  trânsito seguro compromisso e cidadaniaPalestra  trânsito seguro compromisso e cidadania
Palestra trânsito seguro compromisso e cidadania
Italo Manzi
 
Direção Defensiva
Direção DefensivaDireção Defensiva
Direção Defensiva
LM Frotas
 

Mais procurados (20)

Primeiros Socorros - Primeira habilitação
Primeiros Socorros - Primeira habilitaçãoPrimeiros Socorros - Primeira habilitação
Primeiros Socorros - Primeira habilitação
 
Legislação de trânsito - Conteúdo Geral
Legislação de trânsito - Conteúdo GeralLegislação de trânsito - Conteúdo Geral
Legislação de trânsito - Conteúdo Geral
 
Direção defensiva
Direção defensivaDireção defensiva
Direção defensiva
 
Direção defensiva
Direção defensivaDireção defensiva
Direção defensiva
 
cidadania meio ambiente -trânsito
 cidadania  meio ambiente -trânsito cidadania  meio ambiente -trânsito
cidadania meio ambiente -trânsito
 
Educação e Cidadania no trânsito
Educação e Cidadania no trânsitoEducação e Cidadania no trânsito
Educação e Cidadania no trânsito
 
Direção defensiva
Direção defensivaDireção defensiva
Direção defensiva
 
Legislação de trânsito
Legislação de trânsitoLegislação de trânsito
Legislação de trânsito
 
Meio ambiente
Meio ambienteMeio ambiente
Meio ambiente
 
Direção defensiva rosa
Direção defensiva rosaDireção defensiva rosa
Direção defensiva rosa
 
SNT- Sistema Nacional de Trânsito
SNT- Sistema Nacional de TrânsitoSNT- Sistema Nacional de Trânsito
SNT- Sistema Nacional de Trânsito
 
Educação no Trânsito
Educação no TrânsitoEducação no Trânsito
Educação no Trânsito
 
Mecânica - Primeira habilitação
Mecânica - Primeira habilitaçãoMecânica - Primeira habilitação
Mecânica - Primeira habilitação
 
Sinalização trânsito
Sinalização trânsitoSinalização trânsito
Sinalização trânsito
 
Código de Trânsito Brasileiro
Código de Trânsito BrasileiroCódigo de Trânsito Brasileiro
Código de Trânsito Brasileiro
 
Prevencao aos acidentes de transito
Prevencao aos acidentes de transitoPrevencao aos acidentes de transito
Prevencao aos acidentes de transito
 
Curso direção defensiva nr11
Curso direção defensiva   nr11Curso direção defensiva   nr11
Curso direção defensiva nr11
 
Direção defensiva - Alessandro Leal
Direção defensiva - Alessandro LealDireção defensiva - Alessandro Leal
Direção defensiva - Alessandro Leal
 
Palestra trânsito seguro compromisso e cidadania
Palestra  trânsito seguro compromisso e cidadaniaPalestra  trânsito seguro compromisso e cidadania
Palestra trânsito seguro compromisso e cidadania
 
Direção Defensiva
Direção DefensivaDireção Defensiva
Direção Defensiva
 

Destaque

Meio ambiente powerpoint
Meio ambiente powerpointMeio ambiente powerpoint
Meio ambiente powerpoint
Margarida Santos
 
Preservação do Meio Ambiente
Preservação do Meio AmbientePreservação do Meio Ambiente
Preservação do Meio Ambiente
Pedro
 
Palestra Meio Ambiente
Palestra Meio AmbientePalestra Meio Ambiente
Palestra Meio Ambiente
adelsonb
 
O meio ambiente slides
O meio ambiente slidesO meio ambiente slides
O meio ambiente slides
Soleducador1
 
Apresentação Meio Ambiente
Apresentação Meio AmbienteApresentação Meio Ambiente
Apresentação Meio Ambiente
Marilucia Santos
 
PRESERVAÇÃO AMBIENTAL
PRESERVAÇÃO AMBIENTALPRESERVAÇÃO AMBIENTAL
PRESERVAÇÃO AMBIENTAL
Ana De Paula
 
Recursos Minerais e Energéticos
Recursos Minerais e EnergéticosRecursos Minerais e Energéticos
Recursos Minerais e Energéticos
Gabriel Caseiro
 
3 gestão sustentável dos recursos naturais
3   gestão sustentável dos recursos naturais3   gestão sustentável dos recursos naturais
3 gestão sustentável dos recursos naturais
Pelo Siro
 
Sustentabilidade ambiental
Sustentabilidade ambientalSustentabilidade ambiental
Sustentabilidade ambiental
andreresende22051997
 
Meio ambiente e trânsito
Meio ambiente e trânsitoMeio ambiente e trânsito
Meio ambiente e trânsito
MARLILUCIA
 
Apresentação meio ambiente e cidadania
Apresentação   meio ambiente e cidadaniaApresentação   meio ambiente e cidadania
Apresentação meio ambiente e cidadania
amandaetiago
 
Sustentabilidade
SustentabilidadeSustentabilidade
Sustentabilidade
-
 
Desenvolvimento Sustentavel
Desenvolvimento SustentavelDesenvolvimento Sustentavel
Desenvolvimento Sustentavel
lupajero
 
Recursos naturais
Recursos naturaisRecursos naturais
Recursos naturais
Helena Saraiva
 
Recursos Naturais
Recursos NaturaisRecursos Naturais
Recursos Naturais
Sérgio Luiz
 

Destaque (15)

Meio ambiente powerpoint
Meio ambiente powerpointMeio ambiente powerpoint
Meio ambiente powerpoint
 
Preservação do Meio Ambiente
Preservação do Meio AmbientePreservação do Meio Ambiente
Preservação do Meio Ambiente
 
Palestra Meio Ambiente
Palestra Meio AmbientePalestra Meio Ambiente
Palestra Meio Ambiente
 
O meio ambiente slides
O meio ambiente slidesO meio ambiente slides
O meio ambiente slides
 
Apresentação Meio Ambiente
Apresentação Meio AmbienteApresentação Meio Ambiente
Apresentação Meio Ambiente
 
PRESERVAÇÃO AMBIENTAL
PRESERVAÇÃO AMBIENTALPRESERVAÇÃO AMBIENTAL
PRESERVAÇÃO AMBIENTAL
 
Recursos Minerais e Energéticos
Recursos Minerais e EnergéticosRecursos Minerais e Energéticos
Recursos Minerais e Energéticos
 
3 gestão sustentável dos recursos naturais
3   gestão sustentável dos recursos naturais3   gestão sustentável dos recursos naturais
3 gestão sustentável dos recursos naturais
 
Sustentabilidade ambiental
Sustentabilidade ambientalSustentabilidade ambiental
Sustentabilidade ambiental
 
Meio ambiente e trânsito
Meio ambiente e trânsitoMeio ambiente e trânsito
Meio ambiente e trânsito
 
Apresentação meio ambiente e cidadania
Apresentação   meio ambiente e cidadaniaApresentação   meio ambiente e cidadania
Apresentação meio ambiente e cidadania
 
Sustentabilidade
SustentabilidadeSustentabilidade
Sustentabilidade
 
Desenvolvimento Sustentavel
Desenvolvimento SustentavelDesenvolvimento Sustentavel
Desenvolvimento Sustentavel
 
Recursos naturais
Recursos naturaisRecursos naturais
Recursos naturais
 
Recursos Naturais
Recursos NaturaisRecursos Naturais
Recursos Naturais
 

Semelhante a Meio ambiente e cidadania divanir

Meio ambiente e cidadania divanir
Meio ambiente e cidadania divanirMeio ambiente e cidadania divanir
Meio ambiente e cidadania divanir
Divanir Maria de Jesus
 
Meio ambiente apresentacao final
Meio ambiente  apresentacao finalMeio ambiente  apresentacao final
Meio ambiente apresentacao final
neto Serafim
 
E se parássemos de poluir o planeta?
E se parássemos de poluir o planeta?E se parássemos de poluir o planeta?
E se parássemos de poluir o planeta?
batatapodre
 
Ap
ApAp
O dia mundial do ambiente
O dia mundial do ambienteO dia mundial do ambiente
O dia mundial do ambiente
Alexandra Leal
 
O dia mundial do ambiente
O dia mundial do ambienteO dia mundial do ambiente
O dia mundial do ambiente
Alexandra Leal
 
Poluiçao
PoluiçaoPoluiçao
Poluiçao
elsamariana
 
Poluição Ambiental - Tema Transportes
Poluição  Ambiental - Tema TransportesPoluição  Ambiental - Tema Transportes
Poluição Ambiental - Tema Transportes
Lukas Lima
 
A poluição - Trabalho de Ciências
A poluição - Trabalho de CiênciasA poluição - Trabalho de Ciências
A poluição - Trabalho de Ciências
Joana Sousa
 
A poluição trabalho cnt
A poluição trabalho cntA poluição trabalho cnt
A poluição trabalho cnt
Joana Sousa
 
Poluição do ambiente - MANYANGA ,AMEDIUS
 Poluição do ambiente - MANYANGA ,AMEDIUS Poluição do ambiente - MANYANGA ,AMEDIUS
Poluição do ambiente - MANYANGA ,AMEDIUS
AMEDEEZ
 
A poluição que não vemos
A poluição que não vemosA poluição que não vemos
A poluição que não vemos
Wagner Ramalho
 
08) meio ambiente em slid
08) meio ambiente em slid08) meio ambiente em slid
08) meio ambiente em slid
Luiz Januario
 
Ap
ApAp
Ap
ApAp
Tipos de poluição
Tipos de poluiçãoTipos de poluição
Tipos de poluição
alokaman
 
A saúde da atmosfera em slides
A saúde da atmosfera em slidesA saúde da atmosfera em slides
A saúde da atmosfera em slides
nelnoronha
 
LIXO URBANO E POLUIÇÃO: AMBIENTAL, SONORA E VISUAL
LIXO URBANO E POLUIÇÃO: AMBIENTAL, SONORA E VISUAL LIXO URBANO E POLUIÇÃO: AMBIENTAL, SONORA E VISUAL
LIXO URBANO E POLUIÇÃO: AMBIENTAL, SONORA E VISUAL
Raimund M Souza
 
A poluicao
A poluicaoA poluicao
A poluicao
isabelanastacia
 
A poluicao
A poluicaoA poluicao
A poluicao
isabelanastacia
 

Semelhante a Meio ambiente e cidadania divanir (20)

Meio ambiente e cidadania divanir
Meio ambiente e cidadania divanirMeio ambiente e cidadania divanir
Meio ambiente e cidadania divanir
 
Meio ambiente apresentacao final
Meio ambiente  apresentacao finalMeio ambiente  apresentacao final
Meio ambiente apresentacao final
 
E se parássemos de poluir o planeta?
E se parássemos de poluir o planeta?E se parássemos de poluir o planeta?
E se parássemos de poluir o planeta?
 
Ap
ApAp
Ap
 
O dia mundial do ambiente
O dia mundial do ambienteO dia mundial do ambiente
O dia mundial do ambiente
 
O dia mundial do ambiente
O dia mundial do ambienteO dia mundial do ambiente
O dia mundial do ambiente
 
Poluiçao
PoluiçaoPoluiçao
Poluiçao
 
Poluição Ambiental - Tema Transportes
Poluição  Ambiental - Tema TransportesPoluição  Ambiental - Tema Transportes
Poluição Ambiental - Tema Transportes
 
A poluição - Trabalho de Ciências
A poluição - Trabalho de CiênciasA poluição - Trabalho de Ciências
A poluição - Trabalho de Ciências
 
A poluição trabalho cnt
A poluição trabalho cntA poluição trabalho cnt
A poluição trabalho cnt
 
Poluição do ambiente - MANYANGA ,AMEDIUS
 Poluição do ambiente - MANYANGA ,AMEDIUS Poluição do ambiente - MANYANGA ,AMEDIUS
Poluição do ambiente - MANYANGA ,AMEDIUS
 
A poluição que não vemos
A poluição que não vemosA poluição que não vemos
A poluição que não vemos
 
08) meio ambiente em slid
08) meio ambiente em slid08) meio ambiente em slid
08) meio ambiente em slid
 
Ap
ApAp
Ap
 
Ap
ApAp
Ap
 
Tipos de poluição
Tipos de poluiçãoTipos de poluição
Tipos de poluição
 
A saúde da atmosfera em slides
A saúde da atmosfera em slidesA saúde da atmosfera em slides
A saúde da atmosfera em slides
 
LIXO URBANO E POLUIÇÃO: AMBIENTAL, SONORA E VISUAL
LIXO URBANO E POLUIÇÃO: AMBIENTAL, SONORA E VISUAL LIXO URBANO E POLUIÇÃO: AMBIENTAL, SONORA E VISUAL
LIXO URBANO E POLUIÇÃO: AMBIENTAL, SONORA E VISUAL
 
A poluicao
A poluicaoA poluicao
A poluicao
 
A poluicao
A poluicaoA poluicao
A poluicao
 

Meio ambiente e cidadania divanir

  • 2. MEIO AMBIENTE ...é tudo que nos cerca, os reinos animal, vegetal, mineral, e a relação de interdependência entre os mesmo.
  • 3. CIDADANIA Cidadania é a condição do indivíduo, como membro de um estado e portador de direitos e sujeito a deveres e obrigações, é um processo dinâmico de conquista e defesa dos direitos humanos, civis e políticos.
  • 4. MEIO AMBIENTE E CIDADANIA Os órgãos e entidades pertencentes ao Sistema Nacional de Trânsito, darão prioridade em suas ações à defesa da vida, nela incluindo a preservação da saúde e do meio ambiente.
  • 5. O INDIVIDUO COMO CIDADÃO Cidadão é o individuo consciente dos seus papéis na sociedade. Para que a vida em sociedade seja possível, foram criadas as normas de conduta, que falam dos nossos direitos e deveres e são determinados pelas leis e códigos, e cabe ao cidadão o dever de obedecer às leis e normas em benefício do bem comum. Essa é a melhor forma de respeitar o direito das demais pessoas e ter os nossos direitos respeitados.
  • 6. CIDADANIA EO CÓDIGO Cidadania é a condição do indivíduo, como membro de um estado e portador de direitos e sujeito a deveres e obrigações, é um processo dinâmico de conquista e defesa dos direitos humanos, civis e políticos. No nosso caso, vamos destacar o direito de ir e vir como cidadão.
  • 7. O INDIVIDUO COMO CIDADÃO:  ... alguém único, inconfundível e com características físicas, particulares e psíquicas.  ... faz parte de um grupo social: família, escola, trabalho, lazer, política, religião, etc e numa relação direta, estabelece contatos pessoais se relaciona com os outros integrantes desse grupo social.
  • 8. CIDADANIA EO CÓDIGO Todo cidadão ou entidade civil tem o direito de solicitar, por escrito, aos órgãos ou entidades do Sistema Nacional de Trânsito sinalização, fiscalização e implantação de equipamentos de segurança, bem como sugerir alterações em normas,legislação e outros assuntos pertinentes ao CTB.
  • 9. INDIVÍDUO, O GRUPO E A SOCIEDADE  ... sociedade é o conjunto onde se encontram colocados os grupos, as esferas sociais e onde o homem vive um maior relacionamento.  Dessas relações humanas, nasceu o conceito de Direitos e Deveres.  São direitos: Proteção, crescimento, reconhecimento, tratamento com dignidade, com justiça e com oportunidades iguais, sem preconceitos ou discriminação, entre outros.  São deveres: Reconhecimento do direito dos demais indivíduos, respeito às normas criadas pela sociedade.
  • 10. POLUIÇÃO TODO O TIPO DE ALTERÇÃO COMETIDA NO MEIO AMBIENTE, QUE CAUSE DESEQUILIBRIO E PREJUDIQUE TANTO A VIDA E PODE SER CAUSADA PELA LIBERAÇÃO DE MATÉRIA, QUANTO PELA LIBERAÇÃO DE ENERGIA.
  • 11. TIPOS DE POLUIÇÃO  Pode ser:  Poluição atmosférica;  Poluição Sonora;  Poluição do solo.
  • 12. POLUIÇÃO DO AR O ar atmosférico e uma mistura de gases alguns nobres outros não, contamos com gases como neônio, ozônio, Hélio, criptônio também com vapor de água, poeira, grãos de polem óleos exalados por certos tipos de plantas que encontram-se dispersos na atmosfera.
  • 13. VEÍCULO COMO POLUIDOR  Dióxido de Carbono (CO2) Não tóxico. Responsável pelo efeito estufa(fenômeno que aumenta a temperatura do planeta);  Monóxido de carbono (CO) Não tem cor nem cheiro, mas é letal;  óxidos de nitrogênio (NO2) danifica a camada de ozônio; 
  • 14. CAMADA DE OZÔNIO Em volta da terra existe uma camada de gases, que varia entre 20 e 25 quilômetros de altitude nela concentram-se muitos gases naturais e alguns poluentes fabricados pelos homens. Os gases vivem se combinando e recombinando em complicadas reações químicas, muitas vezes acionadas pela luz solar, assim se forma o ozônio, que funciona como um filtro químico do planeta, absorvendo os raios ultravioletas do sol.
  • 15. OS EFEITOS DA POLUIÇÃO  provoca irritação nos olhos, nariz e garganta,além de ocasionar destruição gradativa dos alvéolos pulmonares.
  • 16. ÁLCOOL No Brasil ele é produto da cana de açúcar, mandioca, batata doce, beterraba, milho e eucalipto, sendo responsável pela metade da poluição da gasolina, utilizado como combustível Durante o processo de produção do álcool também é obtido o vinhaça ou vinhoto, um sub-produto altamente tóxico que sendo lançado na natureza, mata a flora e a fauna. utilização como matéria prima para a indústria de fertilizantes e resíduos neutralizados em processos na indústria de cerâmica.
  • 17. CHUVA ÁCIDA  Além do gás carbônico, a queima de combustíveis fósseis também produz dióxido de enxofre e óxidos de nitrogênio,que combinando com a água, forma o ácido sulfúrico e o ácido nítrico,respectivamente. Quando chove, esses ácidos caem misturados à água, constituindo a chuva ácida.
  • 18. CHUVA ÁCIDA  Os principais responsáveis pela chuva ácida são os gases provenientes da queima de derivados de petróleo (primeiramente em indústrias e veículos automotores e em segundo lugar, em usinas termoelétricas) e em menor escala, da queima do carvão.
  • 20. POLUIÇÃO SONORA  Como cada pessoa percebe os ruídos de maneira diferente,o meio mais objetivo de mensurá-los é através de parâmetros físicos.  Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o limite para o conforto auditivo é de 65 decibéis (db) no estado de vigília, que é quando se está acordado.Para o sono,a OMS recomenda que não ultrapassem 35 db.
  • 21. POLUIÇÃO SONORA  De 55 a 65 db, ele é considerado leve.  65 db,pode desencadear uma série de problemas, como aumento do ritmo cardíaco e hipertensão arterial.Com isso,os infartos e acidentes vasculares cerebrais (AVC)aumentam.
  • 22. POLUIÇÃO SONORA  O ruído máximo tolerável sem efeitos nocivos é 90 db, além desse nível, a saúde é profundamente afetada e variando seus efeitos na medida do tempo que a pessoa é submetida aos ruídos, o nível de 120 db,já ocasiona dores provocando a surdez irreversível.  Usar no veículo equipamento com som em volume ou freqüência superior a 80 decibéis, medido a 7 m de distância do veículo é infração grave gerando multa e retenção do veículo.
  • 23. CONTROLE AMBIENTAL SISNAMA:Sistema Nacional Meio Ambiente. CONAMA: Conselho Nacional do Meio Ambiente. IBAMA:Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis. FEAM: Fundação Estadual do Meio Ambiente. SMMA: Secretaria Municipal de Meio Ambiente. Ministério do Meio Ambiente: dos Recursos Hídricos da Amazônia Legal.
  • 24. PROCONVE  Em nível nacional existe o PROCONVE  (Programa de Controle da poluição do Ar por Veículos Automotores), criado em 1986 pelo CONAMA.  O PROCONVE tem como objetivo: a redução dos níveis de emissão de poluentes dos veículos automotores além de, incentivar o desenvolvimento tecnológico nacional, tanto na engenharia automotiva, como em métodos e equipamentos para a realização de ensaios e medições de poluentes.
  • 25. PROCONVE  Catalisador- transforma grande parte dos gases tóxicos do motor em gases inofensivos, através das reações químicas ocorridas dentro deste componente. O catalisador é desenvolvido em estreita cooperação com os fabricantes de veículos, propiciando uma vida útil do produto, de no mínimo 80.000 km.  Cânister- instalado na saída do tanque,absorve os vapores do combustível, evitando que seja lançado na atmosfera.  Injeção eletrônica- substituiu o carburador entre outros sistemas, responsável por formar a mistura ar/combustível na medida ideal.
  • 26. POLUIÇÃO DAS VIAS  O lixo atirado pelo condutor ou passageiros pode provocar sérios acidentes,atirar do veículo ou abandonar na via objetos ou substâncias é uma infração média sujeita a multa.  Latas, papéis, garrafas de vidro ou plástico, cigarros e restos de alimentos, são jogados diariamente nas vias, provocando a poluição ambiental delas. Isso agride o meio ambiente e sendo levados pelas águas das chuvas provocam alagamentos, entopem bueiros e causam erosões à margem das vias.
  • 27. TEMPO DE DECOMPOSIÇÃO  Alumínio: 250 a 500 anos.  Isopor: 400 anos.  Garrafas Plásticas: 450 anos.  Fraldas Descartáveis: 6.000 anos.  Papel: 6 meses.  Cigarro: 01 a 02 anos.  Lata de Aço:10 anos.  Vidro: tempo indeterminado.  PNEUS: Indeterminado.
  • 28. POLUIÇÃO DAS ÁGUAS  O planeta terra é composto por ¾ de terra.  Apenas ¼ de água.  De toda a água 97% é salgada, (mares).  2% está sólida nos pólos.  Resta 1% de água doce em forma liquida.