SlideShare uma empresa Scribd logo
PROGRAMA SAÚDE VOCAL DO PROFESSOR
AÇÃO CONJUNTA SMA/SME/SMS
5ª COORDENADORIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO
Programa de Saúde Vocal do Professor – PSV
O Programa foi criado em 2004, fruto da parceria das Secretarias de Saúde,
Educação e Administração. E tem por objetivo aprimorar e recuperar a qualidade
vocal dos professores da rede municipal do Rio de Janeiro. O Programa foi criado
em 2004 e é fruto da parceria das Secretarias de Saúde, Educação e
Administração.
O trabalho abrange todas as Regionais de Educação, e na 5ª CRE é realizado
pelas Fonoaudiólogas Tathiana Felgueiras e Lilian Silva.
São duas as modalidades de acompanhamento: O TREINAMENTO, visando
aprimorar a qualidade vocal do professor, em 04 encontros de 1h e 30 min. E o
TRATAMENTO, que visa recuperar a voz do professor que já apresenta alteração
específica. Todo professor da rede tem direito aos atendimentos e orientações
fonoaudiológica e o acesso ao atendimento é direto e deve ser agendado pelo
telefone 3371-3995 ás segundas ou terças-feiras.
FREQUENCIA (segunda-feira)
julho / 2013.
NOME NASC. 01 08 15 22 29 CEL
08:30
09:00 Adriana Arruda 23.01.76 9766-8712
09:00 Regina Salles 22.11.64 8878-3906
09:30 Cidália 06.10.65 9664-1918
10:00 Eliane 27.04.76 9946-9193
10:30 Celina 16.11.63 9403-2580
11:00 Camila 22.05.84 7805-9658
11:30 Andréia Medeiros 13.06.73 9311-2278
12:00 AVALIAÇÃO
14:00 Yone 9174-3774
14:30 Renata Martins 16.04.86 9409-2970
14:30 Carla da Silva 02.10.78 9837-7373
15:00
15:30 Luane 28.03.93 8382-6807
16:00 Lidiane 10.08.80 9173-0929
16:00 Marcelle Vaz 29.12.76 9482-4579
16:30 Elayne 27.11.76 8465-6528
16:30 Elisa 15.04.68 7631-1712
17:00 Thalita 02.10.78 9732-8855
AVALIAÇÃO:
15/07 ás 12:00 -Sonia Alves (22/05/57) – 2455-5708 / 9649-6440 ( )P ( )F
15/07 ás 12:30 - Daniele Campos (29/05/79) – 8731-4986 ( )P ( )F
FREQUENCIA (terça-feira)
julho / 2013.
NOME NASC. 02 09 16 23 30 CEL
08:30
09:00 Ana Priscila 04.10.80 7366-7222
09:30 Lucia Helena 07.11.62
10:00
10:30 Luciléia 30.11.71 9660-3660
11:00 Jaqueline 28.01.66 8088-1862
11:30 Andrea Cristina 17.12.75 9366-4694
12:00
14:00 Sonia Cristina 16.06.66 7564-6070
14:00 Mariana Bernardo 17.07.82 9724-0880
14:30 Soraia 9318-1343
15:00 Patrícia da Costa 07.09.86 7700-5274
15:30
16:00
16:30
17:00
AVALIAÇÃO:
Rio de Janeiro, 08 de julho de 2013.
Declaro para os devidos fins que a professora Elayne Torres Monteiro
mat.10/268488-4 compareceu ao atendimento fonoaudiológico na presente
data das 16:00 as 16:30h.
Coloco-me a disposição para maiores informações.
Cordialmente,
Escola: ____________________________________________________ Designação:_________________
Professor(a): ___________________________________ ( )PI ( )PII ( )PEI Carga Horária:_____________
Matricula(s): ____________________ Tempo de Magistério: _______ Dupla Regência ( )sim ( )não
Matrícula em outro local ( )sim ( )não Idade: ___ Tempo de Magistério: _____ Tempo de PCRJ: ___________
1. Apresenta queixas de alergia respiratória? Como obstrução nasal, dor ou ardência na garganta, ronco
noturno, tosse, pigarro... ( )sim ( )não Quais: _______________________________________
2. Caso SIM, encontra-se em acompanhamento médico? ( )sim ( )não
3. Apresenta problemas digestivos? Como dor ou queimação no estômago ou esôfago, pigarro...
( )sim ( )não Quais: _______________________________________
4. Apresenta algum destes sintomas vocais:
( ) rouquidão constante (todos os dias) ( ) rouquidão no final da semana
( ) perda da voz no final da semana ( ) falhas na voz
( ) dor ou ardência na garganta ( ) cansaço vocal ao longo do dia
( ) cansaço respiratório ao longo do dia ( ) pigarro
5. Patologia vocal diagnosticada pela videolaringoestroboscopia? Como nódulos, fenda, edema, cisto...
( )sim ( )não Qual: ________________________________________
6. Realiza acompanhamento com Otorrinolaringologista?
( )sim ( )não Qual motivo: ___________________________________
7. Realiza acompanhamento com fonoaudiólogo?
( )sim ( )não Qual motivo: __________________________________
Onde? ( ) particular ( ) Público (Postos de saúde) ( ) Programa de Saúde Vocal do Professor ___CRE
8. Conhece o Programa Saúde vocal do Professor? ( )sim ( )não
Caso sim, como tomou conhecimento deste trabalho:
( ) Perícia Médica
( ) Escola
( ) CRE
( ) através de colega de trabalho que participou do trabalho
( ) outro Qual?___________________________________________
9. Já participou do treinamento do Programa de Saúde Vocal? ( )sim ( )não
10. Realizou tratamento na CRE ou escola pelo Programa de Saúde Vocal? ( )sim ( )não
11. Já realizou treinamento ou tratamento vocal na rede Particular?
( )sim ( )não Qual?________________________________________
12. Caso SIM, por que escolheu a rede particular?
( ) falta de vaga na CRE
( ) Incompatibilidade de horário com a CRE
( ) desconheço o Tratamento na CRE
( ) preferência pela rede particular
( ) OUTRO ____________________________________________
13. Quais destes hábitos faz parte de sua rotina diária?
( ) Beber goles constantes de água
( ) Usar microfone
( ) Usar soro fisiológico nas narinas durante o dia
( ) realizar aquecimento vocal antes do trabalho
( ) Comer maçã
( ) repouso vocal depois do trabalho
O PSV tem por objetivo aprimorar e recuperar a qualidade vocal dos professores da rede
municipal do Rio de Janeiro. O Programa foi criado em 2004 e é fruto da parceria das
Secretarias de Saúde, Educação e Administração.
O trabalho abrange todas as Regionais de Educação, e na E/5CRE, no momento, é
realizado às 2ªs e 3ª feiras e o contato pode ser feito através do telefone 3371-3995.
Você sabe cuidar da sua voz?
1- Mantenha-se sempre hidratado, bebendo água em temperatura ambiente e em
pequenos goles a cada 10 minutos. Procure ter uma garrafinha sempre com você.
2- Ao falar mantenha o queixo paralelo ao chão, sem elevar a cabeça ou deixá-la Caída
para os lados
3- Coma maçã, ela ajuda a limpar a cavidade da boca e reduz o muco na faringe.
4- Bocejar é bom para a voz e com som é melhor ainda pois relaxa o trato vocal.
Aproveite para espreguiçar e se alongar.
5- Use roupas que não apertem a região do abdômen. Evite calças apertadas, cintos
muito justos, cintas entre outros.
6- Café, chocolate, leite e derivados aumentam a secreção na faringe/laringe,
provocando pigarros. Abuse dos sucos cítricos, eles tem o efeito inverso da cafeína.
7- Evite falar muito no intervalo das aulas e em ambientes muito ruidosos. Suas pregas
vocais precisam de descanso assim como você! Aproveite para fazer um período de
repouso vocal após o uso intensivo da voz.
8- Evite mudanças bruscas de temperatura. Proteja sempre o pescoço, as costas e os
pés.
9- Faça o controle das alergias respiratórias. Crises alérgicas causam rouquidão e as
constantes crises aumentam o risco de lesão nas pregas vocais.
10- Gastrite, azia, desconforto durante a digestão podem indicar presença de Refluxo
laringo-faringeo que podem causar rouquidão e agravar a disfonia. Procure um
gastroenterologista para uma avaliação.
11- Balas, pastilhas e sprays só mascaram a dor e não melhoram a voz.
12- Tossir e pigarrear “machucam” as pregas vocais.
13- Reduza o uso da voz quando em condições de saúde limitadas.
14- Lembre-se que o fumo e o álcool são incompatíveis com a voz profissional.
15- Use sempre o microfone mas não esqueça de monitorar sua voz para não falar mais
forte que o necessário.
Aquecimento e Desaquecimento vocal
Faça diariamente os exercícios de aquecimento e desaquecimento vocal, incorporando-
os a sua rotina diária. É muito importante a preparação da musculatura do seu aparelho
fonador antes de usar a voz profissionalmente, é rápido e eficaz! Da mesma forma, o
desaquecimento auxiliará no descanso da musculatura laríngea ao final do dia.
FONOAUDIOLOGIA E/5CRE
Drª Lilian Silva
Drª Tathiana Felgueiras
AVALIAÇÃO
NOME: _____________________________________ DT NASC.:________ - ___anos
MATRICULA_______________________ ( )PI ( )PII ( )OUTROS________________
UEE;___________________ T. MAG.:________ TEL:__________________________
( ) RG ( ) RD ( ) DUPLA ( ) OUTRA (particular, estado,...) C.HOR.:_______________
ENCAMINHAMENTO: __________________________________________________
Queixa:
Médico que acompanha o caso:
Alterações de saúde (alergias, DRGE, hiper/hipotireoidismo...):
Alteração auditiva:
Medicamentos de uso contínuo:
Outros tratamentos de saúde:
Fumante – Tempo – cigarros/Dia:
Outra atividade com uso da voz:
Pratica esporte?
Fale do seu trabalho:
Rouquidão – Desde quando:
Afonia – Desde quando:
( )voz sem alcance ( )ardência ( )sensação de bolo ( )dor ( )pigarro ( )tosse ( )outro
______________________________________________________________________
Sintomas com início:
( )súbito ( )gradual ( )relacionados ao clima ( )relacionados ao estresse
O que afeta mais sua voz:
Alteração de postura:
Tipo de voz / Grau de alteração:
Inadequação da voz ao ( )tipo físico ( )função exercida ( )emoção ( )inadequação total
Alteração com movimentos de cabeça:
Ataque vocal:
Ressonância ( ) equilibrada
( ) uso excessivo __laringe __faringe __cavidade nasal
( ) uso insuficiente da cavidade nasal
( ) ressonância nasal compensatória / obstrução nasal
TMF: /a/ ____ /i/ ____ /u/ ___ /s/ ___ /z/ ___ /s-z/ ___
Articulação:
Qualidade da emissão:
( )estável ( ) quebras de sonoridade ( ) falhas na emissão ( ) decréscimo na altura tonal
( ) decréscimo na intensidade ( ) flutuações ( ) bitonalidade
Freqüência fundamental:
Pitch ( ) Normal ( ) Agudo ( ) Grave
Registro ( )Elevado ( ) Modal ( ) Basal ( ) Uso divergente
Intensidade vocal:
Loudness ( ) Aumentado ( ) Diminuída ( ) Adequada
Velocidade de fala ( ) normal ( ) aumentada ( ) diminuída ( ) muito variada
Respiração:
Tipo __________________________________________________________________
Modo _________________________________________________________________
Coordenação fono-respiratória:
Nível respiratório ( )excesso de ar ( )insuficiência de ar
Nível fônico ( )hipertonia laríngea ( )hipertonia laríngea
Nível articulatório: ( )travada ( )exagerada ( )imprecisão ( )Alteração estrutural
Laringe ( )elevada ( )abaixada ( )normal
Movimentação da Laringe: ( )adequada ( )insuficiente ( )excessiva
Dor ou incomodo ao toque: ( )Sim ( )Não
Alteração vocal após manipulação: ( )Sim ( )Não
Avaliação corporal:
Postura de cabeça durante a fala: ( )normal ( )elevada ( )projetada ( )outra
Postura geral:
Hipertonicidade específica:
( )costas ( )cintura escapular ( )pescoço ( )nuca ( )outro ________________________
Psicodinâmica:
Já fez Fono anteriormente – Duração – Motivo:
Freqüência fundamental:
Pitch ( ) Normal ( ) Agudo ( ) Grave
Registro ( )Elevado ( ) Modal ( ) Basal ( ) Uso divergente
Intensidade vocal:
Loudness ( ) Aumentado ( ) Diminuída ( ) Adequada
Velocidade de fala ( ) normal ( ) aumentada ( ) diminuída ( ) muito variada
Respiração:
Tipo __________________________________________________________________
Modo _________________________________________________________________
Coordenação fono-respiratória:
Nível respiratório ( )excesso de ar ( )insuficiência de ar
Nível fônico ( )hipertonia laríngea ( )hipertonia laríngea
Nível articulatório: ( )travada ( )exagerada ( )imprecisão ( )Alteração estrutural
Laringe ( )elevada ( )abaixada ( )normal
Movimentação da Laringe: ( )adequada ( )insuficiente ( )excessiva
Dor ou incomodo ao toque: ( )Sim ( )Não
Alteração vocal após manipulação: ( )Sim ( )Não
Avaliação corporal:
Postura de cabeça durante a fala: ( )normal ( )elevada ( )projetada ( )outra
Postura geral:
Hipertonicidade específica:
( )costas ( )cintura escapular ( )pescoço ( )nuca ( )outro ________________________
Psicodinâmica:
Já fez Fono anteriormente – Duração – Motivo:

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Cuidados e prevenção em voz para docentes
Cuidados e prevenção em voz para docentesCuidados e prevenção em voz para docentes
Cuidados e prevenção em voz para docentes
Elizabeth Andrade
 
Palestra sobre saúde vocal
Palestra sobre saúde vocal Palestra sobre saúde vocal
Palestra sobre saúde vocal
Rogerio Zafalão
 
Cartilhaestrategiasprotetorasdavozdoprofessor
CartilhaestrategiasprotetorasdavozdoprofessorCartilhaestrategiasprotetorasdavozdoprofessor
Cartilhaestrategiasprotetorasdavozdoprofessor
Gabriel Oliveira
 
testelinguinha_2014_livro.pdf
testelinguinha_2014_livro.pdftestelinguinha_2014_livro.pdf
testelinguinha_2014_livro.pdf
SMSGRANJAMARCIO
 
ORIENTAÇÃO À SAÚDE VOCAL DE LOCUTORES DE RÁDIO
ORIENTAÇÃO À SAÚDE VOCAL DE LOCUTORES DE RÁDIOORIENTAÇÃO À SAÚDE VOCAL DE LOCUTORES DE RÁDIO
ORIENTAÇÃO À SAÚDE VOCAL DE LOCUTORES DE RÁDIO
Michele Medeiros
 
A fonoaudiologia e o canto
A fonoaudiologia e o cantoA fonoaudiologia e o canto
A fonoaudiologia e o canto
richardybelmont
 
A Voz Humana
A Voz HumanaA Voz Humana
A Voz Humana
Carlos de Castro
 

Mais procurados (7)

Cuidados e prevenção em voz para docentes
Cuidados e prevenção em voz para docentesCuidados e prevenção em voz para docentes
Cuidados e prevenção em voz para docentes
 
Palestra sobre saúde vocal
Palestra sobre saúde vocal Palestra sobre saúde vocal
Palestra sobre saúde vocal
 
Cartilhaestrategiasprotetorasdavozdoprofessor
CartilhaestrategiasprotetorasdavozdoprofessorCartilhaestrategiasprotetorasdavozdoprofessor
Cartilhaestrategiasprotetorasdavozdoprofessor
 
testelinguinha_2014_livro.pdf
testelinguinha_2014_livro.pdftestelinguinha_2014_livro.pdf
testelinguinha_2014_livro.pdf
 
ORIENTAÇÃO À SAÚDE VOCAL DE LOCUTORES DE RÁDIO
ORIENTAÇÃO À SAÚDE VOCAL DE LOCUTORES DE RÁDIOORIENTAÇÃO À SAÚDE VOCAL DE LOCUTORES DE RÁDIO
ORIENTAÇÃO À SAÚDE VOCAL DE LOCUTORES DE RÁDIO
 
A fonoaudiologia e o canto
A fonoaudiologia e o cantoA fonoaudiologia e o canto
A fonoaudiologia e o canto
 
A Voz Humana
A Voz HumanaA Voz Humana
A Voz Humana
 

Destaque

Politica de aquisicao sme tudo final
Politica de aquisicao sme tudo   finalPolitica de aquisicao sme tudo   final
Politica de aquisicao sme tudo final
AIT5cre
 
Apresentação
ApresentaçãoApresentação
Apresentação
AIT5cre
 
Acessibilidade
AcessibilidadeAcessibilidade
Acessibilidade
AIT5cre
 
Orientações Escola Acessível
Orientações Escola AcessívelOrientações Escola Acessível
Orientações Escola Acessível
AIT5cre
 
Orientações para compra de recursos de tecnologia assistiva1
Orientações para compra de recursos de tecnologia assistiva1Orientações para compra de recursos de tecnologia assistiva1
Orientações para compra de recursos de tecnologia assistiva1
AIT5cre
 
Folder novo-pdde-v001%281%29
Folder novo-pdde-v001%281%29Folder novo-pdde-v001%281%29
Folder novo-pdde-v001%281%29
AIT5cre
 
Guia de manutenção prédios escolares
Guia de manutenção prédios escolaresGuia de manutenção prédios escolares
Guia de manutenção prédios escolares
AIT5cre
 
Check list para escolha da escola
Check list para escolha da escolaCheck list para escolha da escola
Check list para escolha da escola
blognapracinha
 
Check list escola
Check list  escolaCheck list  escola
Check list escola
Gilcimar Santos
 

Destaque (9)

Politica de aquisicao sme tudo final
Politica de aquisicao sme tudo   finalPolitica de aquisicao sme tudo   final
Politica de aquisicao sme tudo final
 
Apresentação
ApresentaçãoApresentação
Apresentação
 
Acessibilidade
AcessibilidadeAcessibilidade
Acessibilidade
 
Orientações Escola Acessível
Orientações Escola AcessívelOrientações Escola Acessível
Orientações Escola Acessível
 
Orientações para compra de recursos de tecnologia assistiva1
Orientações para compra de recursos de tecnologia assistiva1Orientações para compra de recursos de tecnologia assistiva1
Orientações para compra de recursos de tecnologia assistiva1
 
Folder novo-pdde-v001%281%29
Folder novo-pdde-v001%281%29Folder novo-pdde-v001%281%29
Folder novo-pdde-v001%281%29
 
Guia de manutenção prédios escolares
Guia de manutenção prédios escolaresGuia de manutenção prédios escolares
Guia de manutenção prédios escolares
 
Check list para escolha da escola
Check list para escolha da escolaCheck list para escolha da escola
Check list para escolha da escola
 
Check list escola
Check list  escolaCheck list  escola
Check list escola
 

Semelhante a PSV

Cartilhaestrategiasprotetorasdavozdoprofessor
CartilhaestrategiasprotetorasdavozdoprofessorCartilhaestrategiasprotetorasdavozdoprofessor
Cartilhaestrategiasprotetorasdavozdoprofessor
Gabriel Oliveira
 
Saúde vocal
Saúde vocalSaúde vocal
Saúde vocal
JOAO AURELIANO
 
Semana da saúde
Semana da saúdeSemana da saúde
Semana da saúde
PESES
 
1 neonatal modulo1
1 neonatal modulo11 neonatal modulo1
1 neonatal modulo1
Isabel Canova
 
Acupuntura associada à glossite migratória e déficit do sono em bebês
Acupuntura associada à glossite migratória e déficit do sono em bebêsAcupuntura associada à glossite migratória e déficit do sono em bebês
Acupuntura associada à glossite migratória e déficit do sono em bebês
AbenaNacional
 
Você sabe cuidar de sua voz?
Você sabe cuidar de sua voz?Você sabe cuidar de sua voz?
Você sabe cuidar de sua voz?
AIT5cre
 
Saúde do professor
Saúde do professorSaúde do professor
Saúde do professor
luguvi
 
Fundao Cuidados Com A Voz
Fundao Cuidados Com A VozFundao Cuidados Com A Voz
Fundao Cuidados Com A Voz
BECRE AESG
 
Projeto Dança e Saúde
Projeto Dança e SaúdeProjeto Dança e Saúde
Projeto Dança e Saúde
Leandro Martins
 
Cartilha sobre uso da voz
Cartilha sobre uso da vozCartilha sobre uso da voz
Cartilha sobre uso da voz
DanyMartins10
 
Cartilha higiene bucal para pessoas com TEA -Transtorno do Espectro Autista
Cartilha higiene bucal para pessoas com TEA -Transtorno do Espectro AutistaCartilha higiene bucal para pessoas com TEA -Transtorno do Espectro Autista
Cartilha higiene bucal para pessoas com TEA -Transtorno do Espectro Autista
sandradopostinho2020
 
Atividades educativas 3 ano 28maio20
Atividades educativas 3 ano 28maio20Atividades educativas 3 ano 28maio20
Atividades educativas 3 ano 28maio20
Washington Rocha
 
Tecnica vocal
Tecnica vocalTecnica vocal
Tecnica vocal
Edson Santos
 
Apostila de tecnica_vocal_completa
Apostila de tecnica_vocal_completaApostila de tecnica_vocal_completa
Apostila de tecnica_vocal_completa
Gabriel Sales
 
Workshop "Gere-te"
Workshop "Gere-te"Workshop "Gere-te"
Workshop "Gere-te"
clique
 
Manual professor20142 1
Manual professor20142 1Manual professor20142 1
Manual professor20142 1
Anderson Madeira
 
Prevenção e higiene oral
Prevenção e higiene oralPrevenção e higiene oral
Prevenção e higiene oral
Alexandra Leal
 
Tecnica vocal
Tecnica vocalTecnica vocal
Tecnica vocal
Edu Scalici
 
Mudanças climáticas e a voz of2
Mudanças climáticas e a voz of2Mudanças climáticas e a voz of2
Mudanças climáticas e a voz of2
Isabel Monteiro
 
Mod 1- Introdução à surdez e à Libras.pdf
Mod 1- Introdução à surdez e à Libras.pdfMod 1- Introdução à surdez e à Libras.pdf
Mod 1- Introdução à surdez e à Libras.pdf
DevilsoNEnoque1
 

Semelhante a PSV (20)

Cartilhaestrategiasprotetorasdavozdoprofessor
CartilhaestrategiasprotetorasdavozdoprofessorCartilhaestrategiasprotetorasdavozdoprofessor
Cartilhaestrategiasprotetorasdavozdoprofessor
 
Saúde vocal
Saúde vocalSaúde vocal
Saúde vocal
 
Semana da saúde
Semana da saúdeSemana da saúde
Semana da saúde
 
1 neonatal modulo1
1 neonatal modulo11 neonatal modulo1
1 neonatal modulo1
 
Acupuntura associada à glossite migratória e déficit do sono em bebês
Acupuntura associada à glossite migratória e déficit do sono em bebêsAcupuntura associada à glossite migratória e déficit do sono em bebês
Acupuntura associada à glossite migratória e déficit do sono em bebês
 
Você sabe cuidar de sua voz?
Você sabe cuidar de sua voz?Você sabe cuidar de sua voz?
Você sabe cuidar de sua voz?
 
Saúde do professor
Saúde do professorSaúde do professor
Saúde do professor
 
Fundao Cuidados Com A Voz
Fundao Cuidados Com A VozFundao Cuidados Com A Voz
Fundao Cuidados Com A Voz
 
Projeto Dança e Saúde
Projeto Dança e SaúdeProjeto Dança e Saúde
Projeto Dança e Saúde
 
Cartilha sobre uso da voz
Cartilha sobre uso da vozCartilha sobre uso da voz
Cartilha sobre uso da voz
 
Cartilha higiene bucal para pessoas com TEA -Transtorno do Espectro Autista
Cartilha higiene bucal para pessoas com TEA -Transtorno do Espectro AutistaCartilha higiene bucal para pessoas com TEA -Transtorno do Espectro Autista
Cartilha higiene bucal para pessoas com TEA -Transtorno do Espectro Autista
 
Atividades educativas 3 ano 28maio20
Atividades educativas 3 ano 28maio20Atividades educativas 3 ano 28maio20
Atividades educativas 3 ano 28maio20
 
Tecnica vocal
Tecnica vocalTecnica vocal
Tecnica vocal
 
Apostila de tecnica_vocal_completa
Apostila de tecnica_vocal_completaApostila de tecnica_vocal_completa
Apostila de tecnica_vocal_completa
 
Workshop "Gere-te"
Workshop "Gere-te"Workshop "Gere-te"
Workshop "Gere-te"
 
Manual professor20142 1
Manual professor20142 1Manual professor20142 1
Manual professor20142 1
 
Prevenção e higiene oral
Prevenção e higiene oralPrevenção e higiene oral
Prevenção e higiene oral
 
Tecnica vocal
Tecnica vocalTecnica vocal
Tecnica vocal
 
Mudanças climáticas e a voz of2
Mudanças climáticas e a voz of2Mudanças climáticas e a voz of2
Mudanças climáticas e a voz of2
 
Mod 1- Introdução à surdez e à Libras.pdf
Mod 1- Introdução à surdez e à Libras.pdfMod 1- Introdução à surdez e à Libras.pdf
Mod 1- Introdução à surdez e à Libras.pdf
 

PSV

  • 1. PROGRAMA SAÚDE VOCAL DO PROFESSOR AÇÃO CONJUNTA SMA/SME/SMS 5ª COORDENADORIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO Programa de Saúde Vocal do Professor – PSV O Programa foi criado em 2004, fruto da parceria das Secretarias de Saúde, Educação e Administração. E tem por objetivo aprimorar e recuperar a qualidade vocal dos professores da rede municipal do Rio de Janeiro. O Programa foi criado em 2004 e é fruto da parceria das Secretarias de Saúde, Educação e Administração. O trabalho abrange todas as Regionais de Educação, e na 5ª CRE é realizado pelas Fonoaudiólogas Tathiana Felgueiras e Lilian Silva. São duas as modalidades de acompanhamento: O TREINAMENTO, visando aprimorar a qualidade vocal do professor, em 04 encontros de 1h e 30 min. E o TRATAMENTO, que visa recuperar a voz do professor que já apresenta alteração específica. Todo professor da rede tem direito aos atendimentos e orientações fonoaudiológica e o acesso ao atendimento é direto e deve ser agendado pelo telefone 3371-3995 ás segundas ou terças-feiras.
  • 2. FREQUENCIA (segunda-feira) julho / 2013. NOME NASC. 01 08 15 22 29 CEL 08:30 09:00 Adriana Arruda 23.01.76 9766-8712 09:00 Regina Salles 22.11.64 8878-3906 09:30 Cidália 06.10.65 9664-1918 10:00 Eliane 27.04.76 9946-9193 10:30 Celina 16.11.63 9403-2580 11:00 Camila 22.05.84 7805-9658 11:30 Andréia Medeiros 13.06.73 9311-2278 12:00 AVALIAÇÃO 14:00 Yone 9174-3774 14:30 Renata Martins 16.04.86 9409-2970 14:30 Carla da Silva 02.10.78 9837-7373 15:00 15:30 Luane 28.03.93 8382-6807 16:00 Lidiane 10.08.80 9173-0929 16:00 Marcelle Vaz 29.12.76 9482-4579 16:30 Elayne 27.11.76 8465-6528
  • 3. 16:30 Elisa 15.04.68 7631-1712 17:00 Thalita 02.10.78 9732-8855 AVALIAÇÃO: 15/07 ás 12:00 -Sonia Alves (22/05/57) – 2455-5708 / 9649-6440 ( )P ( )F 15/07 ás 12:30 - Daniele Campos (29/05/79) – 8731-4986 ( )P ( )F FREQUENCIA (terça-feira) julho / 2013. NOME NASC. 02 09 16 23 30 CEL 08:30 09:00 Ana Priscila 04.10.80 7366-7222 09:30 Lucia Helena 07.11.62 10:00 10:30 Luciléia 30.11.71 9660-3660 11:00 Jaqueline 28.01.66 8088-1862 11:30 Andrea Cristina 17.12.75 9366-4694 12:00 14:00 Sonia Cristina 16.06.66 7564-6070 14:00 Mariana Bernardo 17.07.82 9724-0880 14:30 Soraia 9318-1343 15:00 Patrícia da Costa 07.09.86 7700-5274 15:30 16:00 16:30 17:00 AVALIAÇÃO:
  • 4. Rio de Janeiro, 08 de julho de 2013. Declaro para os devidos fins que a professora Elayne Torres Monteiro mat.10/268488-4 compareceu ao atendimento fonoaudiológico na presente data das 16:00 as 16:30h. Coloco-me a disposição para maiores informações. Cordialmente,
  • 5. Escola: ____________________________________________________ Designação:_________________ Professor(a): ___________________________________ ( )PI ( )PII ( )PEI Carga Horária:_____________ Matricula(s): ____________________ Tempo de Magistério: _______ Dupla Regência ( )sim ( )não Matrícula em outro local ( )sim ( )não Idade: ___ Tempo de Magistério: _____ Tempo de PCRJ: ___________ 1. Apresenta queixas de alergia respiratória? Como obstrução nasal, dor ou ardência na garganta, ronco noturno, tosse, pigarro... ( )sim ( )não Quais: _______________________________________ 2. Caso SIM, encontra-se em acompanhamento médico? ( )sim ( )não 3. Apresenta problemas digestivos? Como dor ou queimação no estômago ou esôfago, pigarro...
  • 6. ( )sim ( )não Quais: _______________________________________ 4. Apresenta algum destes sintomas vocais: ( ) rouquidão constante (todos os dias) ( ) rouquidão no final da semana ( ) perda da voz no final da semana ( ) falhas na voz ( ) dor ou ardência na garganta ( ) cansaço vocal ao longo do dia ( ) cansaço respiratório ao longo do dia ( ) pigarro 5. Patologia vocal diagnosticada pela videolaringoestroboscopia? Como nódulos, fenda, edema, cisto... ( )sim ( )não Qual: ________________________________________ 6. Realiza acompanhamento com Otorrinolaringologista? ( )sim ( )não Qual motivo: ___________________________________ 7. Realiza acompanhamento com fonoaudiólogo? ( )sim ( )não Qual motivo: __________________________________ Onde? ( ) particular ( ) Público (Postos de saúde) ( ) Programa de Saúde Vocal do Professor ___CRE 8. Conhece o Programa Saúde vocal do Professor? ( )sim ( )não Caso sim, como tomou conhecimento deste trabalho: ( ) Perícia Médica ( ) Escola ( ) CRE ( ) através de colega de trabalho que participou do trabalho ( ) outro Qual?___________________________________________ 9. Já participou do treinamento do Programa de Saúde Vocal? ( )sim ( )não 10. Realizou tratamento na CRE ou escola pelo Programa de Saúde Vocal? ( )sim ( )não 11. Já realizou treinamento ou tratamento vocal na rede Particular? ( )sim ( )não Qual?________________________________________ 12. Caso SIM, por que escolheu a rede particular? ( ) falta de vaga na CRE ( ) Incompatibilidade de horário com a CRE ( ) desconheço o Tratamento na CRE ( ) preferência pela rede particular ( ) OUTRO ____________________________________________ 13. Quais destes hábitos faz parte de sua rotina diária? ( ) Beber goles constantes de água ( ) Usar microfone ( ) Usar soro fisiológico nas narinas durante o dia ( ) realizar aquecimento vocal antes do trabalho ( ) Comer maçã ( ) repouso vocal depois do trabalho O PSV tem por objetivo aprimorar e recuperar a qualidade vocal dos professores da rede municipal do Rio de Janeiro. O Programa foi criado em 2004 e é fruto da parceria das Secretarias de Saúde, Educação e Administração. O trabalho abrange todas as Regionais de Educação, e na E/5CRE, no momento, é realizado às 2ªs e 3ª feiras e o contato pode ser feito através do telefone 3371-3995. Você sabe cuidar da sua voz? 1- Mantenha-se sempre hidratado, bebendo água em temperatura ambiente e em pequenos goles a cada 10 minutos. Procure ter uma garrafinha sempre com você. 2- Ao falar mantenha o queixo paralelo ao chão, sem elevar a cabeça ou deixá-la Caída para os lados 3- Coma maçã, ela ajuda a limpar a cavidade da boca e reduz o muco na faringe.
  • 7. 4- Bocejar é bom para a voz e com som é melhor ainda pois relaxa o trato vocal. Aproveite para espreguiçar e se alongar. 5- Use roupas que não apertem a região do abdômen. Evite calças apertadas, cintos muito justos, cintas entre outros. 6- Café, chocolate, leite e derivados aumentam a secreção na faringe/laringe, provocando pigarros. Abuse dos sucos cítricos, eles tem o efeito inverso da cafeína. 7- Evite falar muito no intervalo das aulas e em ambientes muito ruidosos. Suas pregas vocais precisam de descanso assim como você! Aproveite para fazer um período de repouso vocal após o uso intensivo da voz. 8- Evite mudanças bruscas de temperatura. Proteja sempre o pescoço, as costas e os pés. 9- Faça o controle das alergias respiratórias. Crises alérgicas causam rouquidão e as constantes crises aumentam o risco de lesão nas pregas vocais. 10- Gastrite, azia, desconforto durante a digestão podem indicar presença de Refluxo laringo-faringeo que podem causar rouquidão e agravar a disfonia. Procure um gastroenterologista para uma avaliação. 11- Balas, pastilhas e sprays só mascaram a dor e não melhoram a voz. 12- Tossir e pigarrear “machucam” as pregas vocais. 13- Reduza o uso da voz quando em condições de saúde limitadas. 14- Lembre-se que o fumo e o álcool são incompatíveis com a voz profissional. 15- Use sempre o microfone mas não esqueça de monitorar sua voz para não falar mais forte que o necessário. Aquecimento e Desaquecimento vocal Faça diariamente os exercícios de aquecimento e desaquecimento vocal, incorporando- os a sua rotina diária. É muito importante a preparação da musculatura do seu aparelho fonador antes de usar a voz profissionalmente, é rápido e eficaz! Da mesma forma, o desaquecimento auxiliará no descanso da musculatura laríngea ao final do dia. FONOAUDIOLOGIA E/5CRE Drª Lilian Silva Drª Tathiana Felgueiras AVALIAÇÃO NOME: _____________________________________ DT NASC.:________ - ___anos MATRICULA_______________________ ( )PI ( )PII ( )OUTROS________________ UEE;___________________ T. MAG.:________ TEL:__________________________ ( ) RG ( ) RD ( ) DUPLA ( ) OUTRA (particular, estado,...) C.HOR.:_______________ ENCAMINHAMENTO: __________________________________________________ Queixa: Médico que acompanha o caso:
  • 8. Alterações de saúde (alergias, DRGE, hiper/hipotireoidismo...): Alteração auditiva: Medicamentos de uso contínuo: Outros tratamentos de saúde: Fumante – Tempo – cigarros/Dia: Outra atividade com uso da voz: Pratica esporte? Fale do seu trabalho: Rouquidão – Desde quando: Afonia – Desde quando: ( )voz sem alcance ( )ardência ( )sensação de bolo ( )dor ( )pigarro ( )tosse ( )outro ______________________________________________________________________ Sintomas com início: ( )súbito ( )gradual ( )relacionados ao clima ( )relacionados ao estresse O que afeta mais sua voz: Alteração de postura: Tipo de voz / Grau de alteração: Inadequação da voz ao ( )tipo físico ( )função exercida ( )emoção ( )inadequação total Alteração com movimentos de cabeça: Ataque vocal: Ressonância ( ) equilibrada ( ) uso excessivo __laringe __faringe __cavidade nasal ( ) uso insuficiente da cavidade nasal ( ) ressonância nasal compensatória / obstrução nasal TMF: /a/ ____ /i/ ____ /u/ ___ /s/ ___ /z/ ___ /s-z/ ___ Articulação: Qualidade da emissão: ( )estável ( ) quebras de sonoridade ( ) falhas na emissão ( ) decréscimo na altura tonal ( ) decréscimo na intensidade ( ) flutuações ( ) bitonalidade
  • 9. Freqüência fundamental: Pitch ( ) Normal ( ) Agudo ( ) Grave Registro ( )Elevado ( ) Modal ( ) Basal ( ) Uso divergente Intensidade vocal: Loudness ( ) Aumentado ( ) Diminuída ( ) Adequada Velocidade de fala ( ) normal ( ) aumentada ( ) diminuída ( ) muito variada Respiração: Tipo __________________________________________________________________ Modo _________________________________________________________________ Coordenação fono-respiratória: Nível respiratório ( )excesso de ar ( )insuficiência de ar Nível fônico ( )hipertonia laríngea ( )hipertonia laríngea Nível articulatório: ( )travada ( )exagerada ( )imprecisão ( )Alteração estrutural Laringe ( )elevada ( )abaixada ( )normal Movimentação da Laringe: ( )adequada ( )insuficiente ( )excessiva Dor ou incomodo ao toque: ( )Sim ( )Não Alteração vocal após manipulação: ( )Sim ( )Não Avaliação corporal: Postura de cabeça durante a fala: ( )normal ( )elevada ( )projetada ( )outra Postura geral: Hipertonicidade específica: ( )costas ( )cintura escapular ( )pescoço ( )nuca ( )outro ________________________ Psicodinâmica: Já fez Fono anteriormente – Duração – Motivo:
  • 10. Freqüência fundamental: Pitch ( ) Normal ( ) Agudo ( ) Grave Registro ( )Elevado ( ) Modal ( ) Basal ( ) Uso divergente Intensidade vocal: Loudness ( ) Aumentado ( ) Diminuída ( ) Adequada Velocidade de fala ( ) normal ( ) aumentada ( ) diminuída ( ) muito variada Respiração: Tipo __________________________________________________________________ Modo _________________________________________________________________ Coordenação fono-respiratória: Nível respiratório ( )excesso de ar ( )insuficiência de ar Nível fônico ( )hipertonia laríngea ( )hipertonia laríngea Nível articulatório: ( )travada ( )exagerada ( )imprecisão ( )Alteração estrutural Laringe ( )elevada ( )abaixada ( )normal Movimentação da Laringe: ( )adequada ( )insuficiente ( )excessiva Dor ou incomodo ao toque: ( )Sim ( )Não Alteração vocal após manipulação: ( )Sim ( )Não Avaliação corporal: Postura de cabeça durante a fala: ( )normal ( )elevada ( )projetada ( )outra Postura geral: Hipertonicidade específica: ( )costas ( )cintura escapular ( )pescoço ( )nuca ( )outro ________________________ Psicodinâmica: Já fez Fono anteriormente – Duração – Motivo: