SlideShare uma empresa Scribd logo
 
UNIP Interativa
Cursos Superiores de Tecnologia
MANUAL ESPECÍFICO
PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR II – PIM II
CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO
São Paulo
2012
  2
1. INFORMAÇÕES GERAIS SOBRE O PIM
1.1 Introdução
Os Projetos Integrados Multidisciplinares têm como sua principal característica estrutural o
desenvolvimento do trabalho no formato de um projeto, de acordo com as normas da ABNT.
1.2 Objetivos Gerais
O Projeto Integrado Multidisciplinar – PIM faz parte do Programa Pedagógico dos Cursos
Superiores de Tecnologia a distância da UNIP Interativa - Universidade Paulista.
Atualmente, desempenhar bem as funções de gestor pode garantir não somente a eficácia na
produtividade de uma organização, como também a transferência dos conhecimentos acadêmicos
adquiridos.
O PIM busca inserir o aluno nas práticas gerenciais fundamentadas nos conhecimentos teóricos
adquiridos em sala de aula, com caráter prático complementar do processo de ensino-aprendizagem.
O profissional moderno deve atuar como um agente facilitador de estratégias organizacionais.
Para os futuros profissionais, entretanto, essa habilidade somente será viável se houver uma
conscientização do real papel do gestor, através da visão bem delineada da estrutura e dos processos
organizacionais.
1.3 Objetivos Específicos
São objetivos específicos do PIM:
 Desenvolver no aluno a prática da realização de pesquisa científica, elaborando um trabalho
conclusivo e suas ponderações;
 Proporcionar condições para que o aluno desenvolva praticamente os conhecimentos teóricos
adquiridos, colaborando no processo de ensino-aprendizagem;
 Proporcionar condições para que o aluno adquira conhecimentos e aplique praticamente em seus
trabalhos conclusivos as técnicas e metodologias de produção científica;
 Proporcionar condições para que o aluno possa argumentar e discutir as tecnologias utilizadas.
1.4. Apresentação do Trabalho / Metodologia
É importante o aluno buscar fundamentação nos principais autores que escrevem sobre
Metodologia, dentre eles, Antonio Joaquim Severino, Eva Ladatos e Maria Marconi, Antonio Carlos Gil,
Amado Cervo e pedro Bervian, Pedro Demo.
  3
Igualmente procurar consolidar seu trabalho a partir dos padrões acadêmicos definidos pela ABNT
em diversas normas
Site:
http:/www2.unip.br/servicos/biblioteca/download/manual_de_normalizacao.pdf
Deverá conter embasamento teórico (consulta bibliográfica) consistente e comprovado, a fim de
facilitar a interpretação e avaliação das informações obtidas, como também a análise.
O objetivo dessa disciplina PIM é desenvolver a habilidade do pesquisador, no caso, o aluno, em
explorar as partes do desenvolvimento do trabalho em sua estrutura, a seguir um roteiro para a digitação
dos trabalhos. Neste documento estão sugeridos: tipo e tamanho de fonte, posição e formato de títulos e
sequência das partes integrantes do trabalho. Cabe ressaltar que, conforme NBR 14724:2002, “o projeto
gráfico é de responsabilidade do autor do trabalho”. Todavia, os elementos que são normatizados
deverão ser atendidos.
1.5. Aspectos Gerais
Texto: papel A4 - 210x297mm – branco
 Margens
Superior e Esquerda: 3,0 cm
Inferior e Direita: 2,0 cm
 Espaçamento entre linhas e parágrafos
O espaçamento entre linhas deve ser de 1,5, correspondendo a cerca de 1,2 cm entre as linhas.
NOTA: Embora a padronização do espaçamento pela NBR 14724:2002 seja por espaçamento
entre linhas duplo, adotaremos o espaçamento entre linhas em “um e meio”.
É usual que o espaçamento entre parágrafos deve ser o dobro do existente entre as linhas. No
caso de utilização de editor de textos Word, no menu FormatarParágrafoRecuos e Espaçamentos,
definir a medida 12 pontos DEPOIS.
O início do texto de cada parágrafo deve ficar a 1,5 cm, a partir da margem esquerda. Pode-se
optar por definir o recuo especial para a primeira linha, utilizando os recursos do editor de textos.
As citações longas, as notas, as referências e os resumos em vernáculo e em língua
estrangeira devem ser digitados em espaço simples.
 Escrita
Recomenda-se utilização de Fonte ARIAL ou TIMES NEW ROMAN tamanho 12 para o corpo do
texto e tamanho 10 para citações longas (mais de 3 linhas) e notas de rodapé, bem como
alinhamento Justificado.
  4
 Paginação
Todas as folhas do trabalho, a partir da folha de rosto, devem ser contadas sequencialmente, mas
não numeradas. A numeração é colocada, a partir da primeira folha da parte textual - INTRODUÇÃO,
em algarismos arábicos, no canto superior direito da folha. Havendo apêndice e anexo, as suas folhas
devem ser numeradas de maneira contínua e sua paginação deve dar seguimento à do texto principal.
 Estrutura do trabalho
A estrutura do trabalho acadêmico – dissertação, tese, monografia, trabalho de conclusão de
curso e similares, definida na NBR-14724:2002 (com vigência a partir de 29.09.2002), deve contemplar
os elementos pré-textuais, elementos textuais e elementos pós-textuais, conforme indicado na
tabela a seguir:
  5
Tabela 1 – Estrutura do trabalho
Estrutura Elemento Condição
Pré-textuais Capa
Lombada
Folha de rosto
Errata
Folha de aprovação
Dedicatória
Agradecimentos
Epígrafe
Resumo
Resumo em língua
estrangeira
Sumário
Lista de ilustrações
Lista de tabelas
Lista de abreviaturas e siglas
Lista de símbolos
Obrigatório
Opcional
Obrigatório
Opcional
Opcional
Opcional
Opcional
Opcional
Obrigatório
Obrigatório
Obrigatório
Opcional
Opcional
Opcional
Opcional
Textuais Introdução
Desenvolvimento
Conclusão
Obrigatório
Obrigatório
Obrigatório
Pós-textuais Referências
Glossário
Apêndice
Anexo
Índice(s)
Obrigatório
Opcional
Opcional
Opcional
Opcional
  6
 O significado dos elementos pré-textuais
Capa Externa
São informações indispensáveis à sua identificação, na seguinte ordem:
 NOME DO AUTOR;
 TÍTULO E SUBTÍTULO;
 LOCAL (cidade) da instituição onde deve ser apresentado;
 ANO DE DEPÓSITO (da entrega).
Folha de Rosto (anverso)
Elemento obrigatório. É a folha que apresenta os elementos essenciais à identificação do
trabalho. Deve constar de:
 NOME DO AUTOR: responsável intelectual do trabalho;
 TÍTULO E SUBTÍTULO, sendo o primeiro em caixa alta, centralizados;
 NATUREZA (tese, dissertação e outros) e objetivo (aprovação em disciplina, grau pretendido e
outros); nome da instituição a que é submetido; área de concentração - justificado à direita;
 NOME DO ORIENTADOR, justificado à direita;
 LOCAL e ANO.
Folha de Rosto (verso)
Deve conter a ficha catalográfica, conforme Código de Catalogação Anglo-Americano – CCAA2.
NOTA: Este item deve ser adaptado, de acordo com a característica e destinação do
trabalho, podendo admitir-se sua supressão.
Errata
Elemento opcional. Trata-se de uma lista com a indicação das folhas e linhas em que ocorreram
erros, com as correções necessárias. Geralmente se apresenta em papel avulso ou encartado,
acrescido ao trabalho depois de impresso.
Folha de aprovação
Elemento opcional que contém autor, título por extenso e subtítulo, se houver local e data de
aprovação, nome, assinatura e instituição dos membros componentes da avaliação.
NOTA: Este item é indispensável para dissertações e teses; mas, de acordo com a
característica e destinação do trabalho, pode-se admitir sua supressão.
  7
Dedicatória
Página opcional, onde o autor presta homenagem ou dedica seu trabalho. A dedicatória deve
figurar à direita, na parte inferior da folha.
Agradecimentos
Página opcional, onde são registrados agradecimentos às pessoas e/ou instituições que
colaboraram com o autor.
Epígrafe
Página opcional, onde o autor inclui uma citação, seguida de indicação de autoria, relacionada
com a matéria tratada no corpo do trabalho. A citação deve figurar à direita, na parte inferior da folha.
Resumo
Elemento obrigatório, que consiste na apresentação concisa dos pontos relevantes do trabalho.
O resumo deve dar uma visão rápida e clara do conteúdo e das conclusões do trabalho; constitui-se de
uma sequência corrente de frases concisas e objetivas e não de uma simples enumeração de tópicos,
não ultrapassando 500 palavras, seguido, logo abaixo, das palavras representativas do conteúdo do
trabalho, isto é, palavras-chave e/ou descritores, conforme Normas da ABNT.
Abstract ou Resumen ou Résumé
Elemento obrigatório que consiste em uma versão do resumo em idioma de divulgação
internacional (inglês ou espanhol ou francês, respectivamente). Deve ser seguido das palavras
representativas do conteúdo do trabalho, isto é, palavras-chave e/ou descritores, na língua. A opção da
tradução deve ser apenas por uma língua.
NOTA: Este item deve ser adaptado, de acordo com a característica e destinação do trabalho,
podendo admitir-se sua supressão nos semestres iniciais do curso.
Sumário
Elemento obrigatório. É a relação das principais seções do trabalho, na ordem em que se
sucedem no texto e com indicação da página inicial. As seções do trabalho devem ser numeradas, em
algarismos arábicos. Elementos como listas de figuras, tabelas, abreviaturas, símbolos, resumos e
apêndices não devem constar do Sumário, mas sim das Listas (próximo item). A apresentação
tipográfica das divisões e subdivisões no sumário deve ser idêntica à do texto. Para maiores
informações, consultar Normas da ABNT.
Listas
São itens opcionais, que relacionam elementos selecionados do texto, na ordem da ocorrência,
com a respectiva indicação de páginas. Pode haver uma lista única para todos os tipos de ilustrações ou
uma lista para cada tipo. As listas devem apresentar: o número da figura, sua legenda e a página onde
se encontra.
  8
 O significado dos elementos textuais
Como regra geral, deve-se considerar que o texto poderá ser lido por um leitor não especialista no
assunto. Assim, o texto deve ser claro, objetivo e de fácil leitura, cuidando para que não seja sucinto em
demasia, pois o leitor não domina, necessariamente, os mesmos conhecimentos e informações do autor.
Deve-se ainda cuidar do referencial teórico que ofereça a sustentação adequada ao tema discutido.
Introdução
Elemento obrigatório. A introdução do trabalho deve conter o objetivo da pesquisa a ser
desenvolvida no Projeto Integrado Multidisciplinar, a metodologia utilizada e uma breve apresentação da
empresa selecionada para a investigação. Ela deve permitir ao leitor um entendimento sucinto da
proposta do trabalho em pauta.
Desenvolvimento dos Capítulos
Elemento obrigatório. O desenvolvimento é a parte mais extensa do trabalho; também pode ser
denominado de corpo do assunto. O seu principal objetivo é comunicar ao leitor os
resultados da pesquisa.
É a apresentação do tema de forma lógica e progressivamente ordenada (capítulos e
subcapítulos) dos pontos principais do trabalho. Sugere-se consultar as Normas da ABNT.
Consta de revisão da literatura, descrição de métodos e materiais utilizados, apresentação de
resultados, bem como da discussão dos resultados que conduzam às principais conclusões.
Deve-se cuidar para que as citações (menção, no texto, de uma informação extraída de outra
fonte), as citações diretas (transcrição textual dos conceitos do autor consultado), as citações indiretas
(transcrição livre do texto do autor consultado) e as citações de citações (transcrição direta ou indireta
de um texto a cujo original não se teve acesso) estejam de acordo com as Normas da ABNT.
Conclusão
Elemento obrigatório. Embora reúna um conjunto de conclusões, o título deve permanecer no
singular – CONCLUSÃO, já que remete à seção, e não ao número de conclusões formuladas.
As conclusões devem ser apresentadas de maneira lógica, clara e concisa, fundamentadas nos
resultados e na discussão abordada ao longo do desenvolvimento do trabalho (capítulos). O autor deve,
ainda, retomar as propostas iniciais (apresentadas na Introdução) e reafirmar, de maneira sintética, a
ideia principal e os pontos importantes do corpo do trabalho.
 O significado dos elementos pós- textuais
Referências
Elemento obrigatório. É o conjunto padronizado de elementos descritivos retirados de um
documento, que permite sua identificação individual (relação de autores consultados ou citados, em
ordem alfabética da palavra de ordem) - vide Normas da ABNT.
  9
Glossário
Elemento opcional. Consiste em uma lista em ordem alfabética de palavras ou expressões
técnicas de uso restrito ou de sentido obscuro, utilizadas no texto, acompanhadas das
respectivas definições.
Apêndice
Elemento opcional. Consiste em um texto ou documento elaborado pelo autor a fim de
complementar sua argumentação, sem prejuízo da unidade nuclear do trabalho. Geralmente são
questionários, entrevistas, fotos, que auxiliam na fundamentação da pesquisa. A citação do Apêndice,
no decorrer dos capítulos, deve ocorrer entre parênteses, com a identificação seqüencial em algarismos
romanos ou letras maiúsculas. São identificados por algarismos romanos ou letras maiúsculas
consecutivas, travessões e respectivos títulos.
Exemplo: Apêndice A –....... ou Apêndice I –........
Apêndice B –....... ou Apêndice II – .......
Anexo
Elemento opcional. Consiste em um texto ou documento não elaborado pelo autor, que serve de
fundamentação, comprovação e ilustração. São geralmente documentos, projetos de leis, decretos, etc.,
cuja função é complementar o trabalho. Quando apresentados na forma de “fotocópias”, recomenda-se
cuidado com sua nitidez e legibilidade. Lembrar que os Anexos são todos os documentos de autoria de
terceiros, só podendo ser utilizados se o conteúdo e a referência estiverem compondo o
desenvolvimento do trabalho. São identificados por algarismos romanos ou letras maiúsculas
consecutivas, travessões e respectivos títulos.
Exemplo: Anexo A - ....... ou Anexo I - ........
Anexo B - ........ ou Anexo II - .......
Índice (s)
Elemento opcional. Consiste na lista de palavras ou frases, ordenadas de acordo com
determinado critério, que localiza e remete para as informações contidas no texto. Para
complementação, consultar NBR-6034.
  10
1.6. Modelos para o corpo do projeto
1.6.1. Capa
UNIP INTERATIVA
Projeto Integrado Multidisciplinar
Cursos Superiores de Tecnologia
TÍTULO DO TRABALHO
Subtítulo (se houver)
Nome da Unidade (Polo de matrícula)
201_
  11
1.6.2 Folha de rosto
UNIP INTERATIVA
Projeto Integrado Multidisciplinar
Cursos Superiores de Tecnologia
TÍTULO DO TRABALHO
Subtítulo (se houver)
Nome(s) completo(s) do(s) aluno(s):
RA(s):
Curso:
Semestre:
Nome da Unidade (Polo de matrícula)
201_
  12
1.6.3 Resumo
Resumo
(não ultrapassar 500 palavras)
Xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx.
Palavras-chave: __________________________________________________
 
  13
1.6.4 Abstract
Abstract
(não ultrapassar 500 palavras)
Xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx.
Key words: __________________________________________________
 
  14
1.6.5 Sumário
 
Sumário
1. XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX 5
2. XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX 6
3. XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX 7
3.1 XXXXXXXXXXXXXXXXXXX 9
 
  15
1.6.6 Introdução
 
Introdução
Xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx.
Xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx.
Xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx.
 
  16
 
1.6.7 Desenvolvimento do projeto
 
* Neste item, começa o desenvolvimento dos capítulos e subcapítulos (se houver).
(mínimo de 15 e máximo de 30 páginas)
1. (nome do capítulo)
Xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx.
Xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx.
Xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx.
 
  17
1.6.8 Conclusão
 
Conclusão
Xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx.
Xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx.
Xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx.
 
  18
1.6.9 Referências
Referências
(utilizar normalização da ABNT)
 
  19
2. INFORMAÇÕES ESPECÍFICAS SOBRE O PIM
PIM II
Tema
Estudo sobre a adoção de computadores pedagógicos no Brasil
2.1. Objetivo geral
Apresentar um estudo sobre a adoção de computadores pedagógicos no Brasil para uso em
escolas do ensino fundamental.
2.2. Objetivos Específicos
 Desenvolver e aplicar os conhecimentos adquiridos em sala de aula sobre Organização de
Computadores, Princípios de Sistemas de Informação e Comunicação Aplicada;
 Desenvolver a capacidade de identificar necessidades e propor soluções;
 Argumentar e discutir as tecnologias utilizadas nos projetos de sistemas computacionais;
 Fomentar o hábito de executar projetos envolvendo múltiplas disciplinas.
2.3. Conteúdo do trabalho
Neste trabalho, os alunos deverão apresentar um estudo sobre a adoção de computadores
pedagógicos no Brasil. Esses computadores serão utilizados no ensino fundamental. O estudo deverá
ser baseado em três plataformas distintas.
Para cada plataforma, apresentar uma análise sobre:
 Hardware – CPU, memória primária e memória secundária
 Arquitetura e demais características de hardware
 Sistema Operacional usado e suas características
 Aplicações incluídas na solução
 Requisitos atendidos no desenvolvimento destas aplicações
O aluno e/ou grupo deve desenvolver o trabalho de forma a atender aos seguintes aspectos:
 Capa;
 Folha de rosto;
 Resumo;
  20
 Abstract;
 Sumário;
 Introdução;
 Desenvolvimento ;
 Conclusão;
 Referências– Citar as fontes de pesquisa (bibliografia, nos moldes da ABNT).
2.4. O PIM II abrange as disciplinas:
 Princípios de Sistemas de Informação
 Organização de computadores
 Comunicação aplicada
3. ENVIO DO PROJETO
Verificar informações sobre o envio do trabalho na Plataforma Blackboard.
As datas encontram-se publicadas no calendário acadêmico.
* Os alunos reprovados em qualquer uma das disciplinas PIM só poderão enviar seus
Projetos, caso estejam matriculados em regime de dependência (verificar prazos na secretaria
interativa).
4. PRAZOS E VALIDAÇÃO DO RECEBIMENTO DO PROJETO
Não serão aceitos, em hipótese alguma, trabalhos após as datas publicadas, ou por outros meios
que não sejam os definidos pela UNIP Interativa. Portanto, não haverá possibilidade de entrega do
Projeto PIM via e-mail, correio, Digital Dropbox, FAX ou qualquer outro meio que não esteja ligado ao
Campo de Envio destinado ao Projeto.
O PIM é um projeto que consta do Programa Pedagógico dos Cursos Superiores de Tecnologia e
corresponde à computação de 50 horas (para cada PIM), totalizando 100 horas no semestre,
equivalendo ao controle de frequência e nota do aluno, desde que apresente conceito igual ou maior
que 5,0 (cinco).
Caso o aluno obtenha o conceito final menor que 5,0 (cinco) ou não envie o projeto dentro do
semestre, ficará em situação de reprovado na disciplina PIM, e só poderá reenviar seu projeto caso
esteja matriculado em regime de dependência* (via secretaria virtual) e siga as informações sobre o
projeto, contidas na Plataforma Blackboard,no semestre que estiver cursando.
  21
* Atenção quanto aos prazos estipulados pela Secretaria Interativa, na realização das
matrículas de disciplinas em que reprovado.
5. DÚVIDAS SOBRE O PROJETO
Caso o aluno tenha dúvidas sobre o desenvolvimento do projeto PIM, poderá contatar seu Tutor
Eletrônico, que estará à disposição pelo sistema de Mensagens na disciplina e através do telefone 0800
010 9000.
Bons estudos!
Atenciosamente,
CST Gestão da Tecnologia da Informação

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Manual pim iii_ti
Manual pim iii_tiManual pim iii_ti
Manual pim iii_ti
paulocsm
 
Attachment
AttachmentAttachment
Attachment
Jose Rudy
 
Manual pim viii_gti_2011
Manual pim viii_gti_2011Manual pim viii_gti_2011
Manual pim viii_gti_2011
Jose Rudy
 
Manual pim iii redes
Manual pim iii redesManual pim iii redes
Manual pim iii redes
Claudia Patricia
 
Normatização de artigos 2013
Normatização de artigos 2013Normatização de artigos 2013
Normatização de artigos 2013
Biblioteca ESPM Rio
 
Normas para elaboracao_de_trabalhos_academicos_da_fumecfea
Normas para elaboracao_de_trabalhos_academicos_da_fumecfeaNormas para elaboracao_de_trabalhos_academicos_da_fumecfea
Normas para elaboracao_de_trabalhos_academicos_da_fumecfea
cgtsfumec
 
ORIENTAÇÕES ABNT
ORIENTAÇÕES ABNTORIENTAÇÕES ABNT
ORIENTAÇÕES ABNT
Carlos Weinman
 
Estrutura de trabalhos abnt
Estrutura de trabalhos abntEstrutura de trabalhos abnt
Estrutura de trabalhos abnt
Andrei Felipe
 
Manual para elaboração de relatório técnico
Manual para elaboração de relatório técnicoManual para elaboração de relatório técnico
Manual para elaboração de relatório técnico
Jean Gadelha de Oliveira
 
Normalização de trabalhos acadêmicos 2013
Normalização de trabalhos acadêmicos 2013Normalização de trabalhos acadêmicos 2013
Normalização de trabalhos acadêmicos 2013
Biblioteca ESPM Rio
 
Orientações relatório administração, meio ambiente e química da Escola Técnic...
Orientações relatório administração, meio ambiente e química da Escola Técnic...Orientações relatório administração, meio ambiente e química da Escola Técnic...
Orientações relatório administração, meio ambiente e química da Escola Técnic...
Luiz Avelar
 
1° ano - Modelo de relatório
1° ano - Modelo de relatório1° ano - Modelo de relatório
1° ano - Modelo de relatório
ProfFernandaBraga
 
Pap regras-gerais-para-elaboracao-relatorios
Pap regras-gerais-para-elaboracao-relatorios Pap regras-gerais-para-elaboracao-relatorios
Pap regras-gerais-para-elaboracao-relatorios
Mafalda06
 
Elaboração de relatório técnico
Elaboração de relatório técnicoElaboração de relatório técnico
Elaboração de relatório técnico
Paulo Orlando
 
Como elaborar um tcc
Como elaborar um tccComo elaborar um tcc
Como elaborar um tcc
alquimista31
 
Roteiro para realizacao_relatorio_estagio
Roteiro para realizacao_relatorio_estagioRoteiro para realizacao_relatorio_estagio
Roteiro para realizacao_relatorio_estagio
André Luis Estacheski
 
Como.escrever.um.relatório
Como.escrever.um.relatórioComo.escrever.um.relatório
Como.escrever.um.relatório
Bruniva Mendes de Carvalho
 
ABNT - Estrutura do trabalho acadêmico, citações e referências
ABNT - Estrutura do trabalho acadêmico, citações e referênciasABNT - Estrutura do trabalho acadêmico, citações e referências
ABNT - Estrutura do trabalho acadêmico, citações e referências
isameucci
 

Mais procurados (18)

Manual pim iii_ti
Manual pim iii_tiManual pim iii_ti
Manual pim iii_ti
 
Attachment
AttachmentAttachment
Attachment
 
Manual pim viii_gti_2011
Manual pim viii_gti_2011Manual pim viii_gti_2011
Manual pim viii_gti_2011
 
Manual pim iii redes
Manual pim iii redesManual pim iii redes
Manual pim iii redes
 
Normatização de artigos 2013
Normatização de artigos 2013Normatização de artigos 2013
Normatização de artigos 2013
 
Normas para elaboracao_de_trabalhos_academicos_da_fumecfea
Normas para elaboracao_de_trabalhos_academicos_da_fumecfeaNormas para elaboracao_de_trabalhos_academicos_da_fumecfea
Normas para elaboracao_de_trabalhos_academicos_da_fumecfea
 
ORIENTAÇÕES ABNT
ORIENTAÇÕES ABNTORIENTAÇÕES ABNT
ORIENTAÇÕES ABNT
 
Estrutura de trabalhos abnt
Estrutura de trabalhos abntEstrutura de trabalhos abnt
Estrutura de trabalhos abnt
 
Manual para elaboração de relatório técnico
Manual para elaboração de relatório técnicoManual para elaboração de relatório técnico
Manual para elaboração de relatório técnico
 
Normalização de trabalhos acadêmicos 2013
Normalização de trabalhos acadêmicos 2013Normalização de trabalhos acadêmicos 2013
Normalização de trabalhos acadêmicos 2013
 
Orientações relatório administração, meio ambiente e química da Escola Técnic...
Orientações relatório administração, meio ambiente e química da Escola Técnic...Orientações relatório administração, meio ambiente e química da Escola Técnic...
Orientações relatório administração, meio ambiente e química da Escola Técnic...
 
1° ano - Modelo de relatório
1° ano - Modelo de relatório1° ano - Modelo de relatório
1° ano - Modelo de relatório
 
Pap regras-gerais-para-elaboracao-relatorios
Pap regras-gerais-para-elaboracao-relatorios Pap regras-gerais-para-elaboracao-relatorios
Pap regras-gerais-para-elaboracao-relatorios
 
Elaboração de relatório técnico
Elaboração de relatório técnicoElaboração de relatório técnico
Elaboração de relatório técnico
 
Como elaborar um tcc
Como elaborar um tccComo elaborar um tcc
Como elaborar um tcc
 
Roteiro para realizacao_relatorio_estagio
Roteiro para realizacao_relatorio_estagioRoteiro para realizacao_relatorio_estagio
Roteiro para realizacao_relatorio_estagio
 
Como.escrever.um.relatório
Como.escrever.um.relatórioComo.escrever.um.relatório
Como.escrever.um.relatório
 
ABNT - Estrutura do trabalho acadêmico, citações e referências
ABNT - Estrutura do trabalho acadêmico, citações e referênciasABNT - Estrutura do trabalho acadêmico, citações e referências
ABNT - Estrutura do trabalho acadêmico, citações e referências
 

Destaque

Trabalho Conclusão de Curso Enfermagem UNIP/Assis 2012
Trabalho Conclusão de Curso Enfermagem UNIP/Assis 2012Trabalho Conclusão de Curso Enfermagem UNIP/Assis 2012
Trabalho Conclusão de Curso Enfermagem UNIP/Assis 2012
elisabuzzo
 
Pim finalizando
Pim finalizandoPim finalizando
Pim finalizando
Marcus Pouza
 
PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR IV - PIM IV
PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR IV - PIM IVPROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR IV - PIM IV
PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR IV - PIM IV
Henry Jackman
 
Pim pf brasil dezembro 2011
Pim pf brasil dezembro 2011Pim pf brasil dezembro 2011
Pim pf brasil dezembro 2011
Jose Aldemir Freire
 
Pim apresentacao v1.3
Pim apresentacao v1.3Pim apresentacao v1.3
Pim apresentacao v1.3
Edson Andrade
 
Pim 2 semestre_v51
Pim 2 semestre_v51Pim 2 semestre_v51
Pim 2 semestre_v51
Suh Valentim
 
Manual pim vii pg (1)
Manual pim vii pg (1)Manual pim vii pg (1)
Manual pim vii pg (1)
Jose Rudy
 
Pim ii
Pim iiPim ii
Pim ii
paulocsm
 
Formatação Pim
Formatação PimFormatação Pim
Formatação Pim
Abraão Gabriel da Silva
 
Integração do Parque de Refino com a Indústria Petroquímica de Primeira Geração
Integração do Parque de Refino com a Indústria Petroquímica de Primeira GeraçãoIntegração do Parque de Refino com a Indústria Petroquímica de Primeira Geração
Integração do Parque de Refino com a Indústria Petroquímica de Primeira Geração
Junior Ozono
 
PIM - Manual Geral
PIM - Manual GeralPIM - Manual Geral
PIM - Manual Geral
Michele Rufatto Vaz
 
Proyecto productivo english
Proyecto productivo   englishProyecto productivo   english
Proyecto productivo english
mildredsapa
 
Pleno 28 7-2015
Pleno 28 7-2015Pleno 28 7-2015
Pleno 28 7-2015
Ayuntamiento EL Saucejo
 
Novisline
NovislineNovisline
Novisline
novisline
 
003633
003633003633
Metrotext presentation (old)
Metrotext presentation (old)Metrotext presentation (old)
Metrotext presentation (old)
Kevin Crouse
 
PIM III PROCESSOS GERENCIAIS
PIM III PROCESSOS GERENCIAISPIM III PROCESSOS GERENCIAIS
PIM III PROCESSOS GERENCIAIS
Dorica Martins
 
PIM 2011 - 1
PIM 2011 - 1PIM 2011 - 1
PIM 2011 - 1
paulocsm
 
ECG y Ciclo cardíaco en humano
ECG y Ciclo cardíaco en humano ECG y Ciclo cardíaco en humano
ECG y Ciclo cardíaco en humano
Viridiana Sinco
 
Pim iii unip interativa
Pim iii unip interativa Pim iii unip interativa
Pim iii unip interativa
thiroman
 

Destaque (20)

Trabalho Conclusão de Curso Enfermagem UNIP/Assis 2012
Trabalho Conclusão de Curso Enfermagem UNIP/Assis 2012Trabalho Conclusão de Curso Enfermagem UNIP/Assis 2012
Trabalho Conclusão de Curso Enfermagem UNIP/Assis 2012
 
Pim finalizando
Pim finalizandoPim finalizando
Pim finalizando
 
PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR IV - PIM IV
PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR IV - PIM IVPROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR IV - PIM IV
PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR IV - PIM IV
 
Pim pf brasil dezembro 2011
Pim pf brasil dezembro 2011Pim pf brasil dezembro 2011
Pim pf brasil dezembro 2011
 
Pim apresentacao v1.3
Pim apresentacao v1.3Pim apresentacao v1.3
Pim apresentacao v1.3
 
Pim 2 semestre_v51
Pim 2 semestre_v51Pim 2 semestre_v51
Pim 2 semestre_v51
 
Manual pim vii pg (1)
Manual pim vii pg (1)Manual pim vii pg (1)
Manual pim vii pg (1)
 
Pim ii
Pim iiPim ii
Pim ii
 
Formatação Pim
Formatação PimFormatação Pim
Formatação Pim
 
Integração do Parque de Refino com a Indústria Petroquímica de Primeira Geração
Integração do Parque de Refino com a Indústria Petroquímica de Primeira GeraçãoIntegração do Parque de Refino com a Indústria Petroquímica de Primeira Geração
Integração do Parque de Refino com a Indústria Petroquímica de Primeira Geração
 
PIM - Manual Geral
PIM - Manual GeralPIM - Manual Geral
PIM - Manual Geral
 
Proyecto productivo english
Proyecto productivo   englishProyecto productivo   english
Proyecto productivo english
 
Pleno 28 7-2015
Pleno 28 7-2015Pleno 28 7-2015
Pleno 28 7-2015
 
Novisline
NovislineNovisline
Novisline
 
003633
003633003633
003633
 
Metrotext presentation (old)
Metrotext presentation (old)Metrotext presentation (old)
Metrotext presentation (old)
 
PIM III PROCESSOS GERENCIAIS
PIM III PROCESSOS GERENCIAISPIM III PROCESSOS GERENCIAIS
PIM III PROCESSOS GERENCIAIS
 
PIM 2011 - 1
PIM 2011 - 1PIM 2011 - 1
PIM 2011 - 1
 
ECG y Ciclo cardíaco en humano
ECG y Ciclo cardíaco en humano ECG y Ciclo cardíaco en humano
ECG y Ciclo cardíaco en humano
 
Pim iii unip interativa
Pim iii unip interativa Pim iii unip interativa
Pim iii unip interativa
 

Semelhante a Manual PIM III Turma 2010_3 e 4_agosto

Abnt
AbntAbnt
Abnt
harojh
 
Metodologia abnt i_normas_gerais.
Metodologia abnt i_normas_gerais.Metodologia abnt i_normas_gerais.
Metodologia abnt i_normas_gerais.
Adriana Portugal
 
Fdb tcc - guia de orientacao
Fdb   tcc - guia de orientacaoFdb   tcc - guia de orientacao
Fdb tcc - guia de orientacao
Eliana Cameira
 
Manual normas uf_pel_trabalhos_acadêmicos
Manual normas uf_pel_trabalhos_acadêmicosManual normas uf_pel_trabalhos_acadêmicos
Manual normas uf_pel_trabalhos_acadêmicos
DianaMarcelaHernande21
 
Manual do tcem
Manual do tcemManual do tcem
Manual do tcem
Maira Conde
 
Manual pim iii_ti
Manual pim iii_tiManual pim iii_ti
Manual pim iii_ti
kaka202
 
Normas TCC faculdade Anhanguera
Normas TCC faculdade Anhanguera Normas TCC faculdade Anhanguera
Normas TCC faculdade Anhanguera
Rogerio Sena
 
Normalização de trabalhos acadêmicos treinamento aesa2
Normalização de trabalhos acadêmicos   treinamento aesa2Normalização de trabalhos acadêmicos   treinamento aesa2
Normalização de trabalhos acadêmicos treinamento aesa2
Gildo Crispim
 
Orientacao para tcc
Orientacao para tccOrientacao para tcc
Orientacao para tcc
Henrique de Daliana
 
Microsoft word roteiro do relatório final do estágio
Microsoft word   roteiro do relatório final do estágioMicrosoft word   roteiro do relatório final do estágio
Microsoft word roteiro do relatório final do estágio
Kasalcaruaru Elaele
 
Aula metodologia trabalho acadêmico
Aula metodologia trabalho acadêmicoAula metodologia trabalho acadêmico
Aula metodologia trabalho acadêmico
Alelis Gomes
 
Aula metodologia trabalho acadêmico
Aula metodologia trabalho acadêmicoAula metodologia trabalho acadêmico
Aula metodologia trabalho acadêmico
Alelis Gomes
 
TCC I CRIMINOLOGIA EDIT.pdf
TCC I CRIMINOLOGIA EDIT.pdfTCC I CRIMINOLOGIA EDIT.pdf
TCC I CRIMINOLOGIA EDIT.pdf
SABRINARODRIGUES32506
 
TCC BIOMEDICINA EDIT.docx.pdf
TCC BIOMEDICINA EDIT.docx.pdfTCC BIOMEDICINA EDIT.docx.pdf
TCC BIOMEDICINA EDIT.docx.pdf
SABRINARODRIGUES32506
 
Roteiro projeto de pesquisa
Roteiro projeto de pesquisaRoteiro projeto de pesquisa
Roteiro projeto de pesquisa
JuCi Rufato
 
Módulo5 apresentação de trabalho acadêmico nbr 14724
Módulo5 apresentação de trabalho acadêmico nbr 14724Módulo5 apresentação de trabalho acadêmico nbr 14724
Módulo5 apresentação de trabalho acadêmico nbr 14724
Beam GPnti
 
Modelo de estagio
Modelo de estagioModelo de estagio
Modelo de estagio
Francisco Júnior
 
Manual projeto integrador prêmio conecta
Manual projeto integrador prêmio conectaManual projeto integrador prêmio conecta
Manual projeto integrador prêmio conecta
Professora Sales
 
Modelo resumo expandido
Modelo resumo expandidoModelo resumo expandido
Modelo resumo expandido
Marcélia Amorim Cardoso
 
Regras da abnt_para_o_artigo_cientifico
Regras da abnt_para_o_artigo_cientificoRegras da abnt_para_o_artigo_cientifico
Regras da abnt_para_o_artigo_cientifico
Fernanda Pimenta
 

Semelhante a Manual PIM III Turma 2010_3 e 4_agosto (20)

Abnt
AbntAbnt
Abnt
 
Metodologia abnt i_normas_gerais.
Metodologia abnt i_normas_gerais.Metodologia abnt i_normas_gerais.
Metodologia abnt i_normas_gerais.
 
Fdb tcc - guia de orientacao
Fdb   tcc - guia de orientacaoFdb   tcc - guia de orientacao
Fdb tcc - guia de orientacao
 
Manual normas uf_pel_trabalhos_acadêmicos
Manual normas uf_pel_trabalhos_acadêmicosManual normas uf_pel_trabalhos_acadêmicos
Manual normas uf_pel_trabalhos_acadêmicos
 
Manual do tcem
Manual do tcemManual do tcem
Manual do tcem
 
Manual pim iii_ti
Manual pim iii_tiManual pim iii_ti
Manual pim iii_ti
 
Normas TCC faculdade Anhanguera
Normas TCC faculdade Anhanguera Normas TCC faculdade Anhanguera
Normas TCC faculdade Anhanguera
 
Normalização de trabalhos acadêmicos treinamento aesa2
Normalização de trabalhos acadêmicos   treinamento aesa2Normalização de trabalhos acadêmicos   treinamento aesa2
Normalização de trabalhos acadêmicos treinamento aesa2
 
Orientacao para tcc
Orientacao para tccOrientacao para tcc
Orientacao para tcc
 
Microsoft word roteiro do relatório final do estágio
Microsoft word   roteiro do relatório final do estágioMicrosoft word   roteiro do relatório final do estágio
Microsoft word roteiro do relatório final do estágio
 
Aula metodologia trabalho acadêmico
Aula metodologia trabalho acadêmicoAula metodologia trabalho acadêmico
Aula metodologia trabalho acadêmico
 
Aula metodologia trabalho acadêmico
Aula metodologia trabalho acadêmicoAula metodologia trabalho acadêmico
Aula metodologia trabalho acadêmico
 
TCC I CRIMINOLOGIA EDIT.pdf
TCC I CRIMINOLOGIA EDIT.pdfTCC I CRIMINOLOGIA EDIT.pdf
TCC I CRIMINOLOGIA EDIT.pdf
 
TCC BIOMEDICINA EDIT.docx.pdf
TCC BIOMEDICINA EDIT.docx.pdfTCC BIOMEDICINA EDIT.docx.pdf
TCC BIOMEDICINA EDIT.docx.pdf
 
Roteiro projeto de pesquisa
Roteiro projeto de pesquisaRoteiro projeto de pesquisa
Roteiro projeto de pesquisa
 
Módulo5 apresentação de trabalho acadêmico nbr 14724
Módulo5 apresentação de trabalho acadêmico nbr 14724Módulo5 apresentação de trabalho acadêmico nbr 14724
Módulo5 apresentação de trabalho acadêmico nbr 14724
 
Modelo de estagio
Modelo de estagioModelo de estagio
Modelo de estagio
 
Manual projeto integrador prêmio conecta
Manual projeto integrador prêmio conectaManual projeto integrador prêmio conecta
Manual projeto integrador prêmio conecta
 
Modelo resumo expandido
Modelo resumo expandidoModelo resumo expandido
Modelo resumo expandido
 
Regras da abnt_para_o_artigo_cientifico
Regras da abnt_para_o_artigo_cientificoRegras da abnt_para_o_artigo_cientifico
Regras da abnt_para_o_artigo_cientifico
 

Mais de Jose Rudy

Portais corporativos aline m toledo
Portais corporativos aline m toledoPortais corporativos aline m toledo
Portais corporativos aline m toledo
Jose Rudy
 
Mpim iii pg_2012_revisado_23_ago2012(1)
Mpim iii pg_2012_revisado_23_ago2012(1)Mpim iii pg_2012_revisado_23_ago2012(1)
Mpim iii pg_2012_revisado_23_ago2012(1)
Jose Rudy
 
Mpim iii pg_2012_revisado_23_ago2012(1) (1)
Mpim iii pg_2012_revisado_23_ago2012(1) (1)Mpim iii pg_2012_revisado_23_ago2012(1) (1)
Mpim iii pg_2012_revisado_23_ago2012(1) (1)
Jose Rudy
 
Mpim iii log_2012 (2)(2)
Mpim iii log_2012 (2)(2)Mpim iii log_2012 (2)(2)
Mpim iii log_2012 (2)(2)
Jose Rudy
 
Metodologiajung
MetodologiajungMetodologiajung
Metodologiajung
Jose Rudy
 
Manual de normalizacao
Manual de normalizacaoManual de normalizacao
Manual de normalizacao
Jose Rudy
 
Manual aluno unip
Manual aluno unipManual aluno unip
Manual aluno unip
Jose Rudy
 
Manual pim vii pg
Manual pim vii pgManual pim vii pg
Manual pim vii pg
Jose Rudy
 
Manual pim iv rh turma 2010
Manual pim iv rh turma 2010Manual pim iv rh turma 2010
Manual pim iv rh turma 2010
Jose Rudy
 
Manual pim i comum entre os cursos de gestão - turma 2010
Manual pim i   comum entre os cursos de gestão - turma 2010Manual pim i   comum entre os cursos de gestão - turma 2010
Manual pim i comum entre os cursos de gestão - turma 2010
Jose Rudy
 
Manual gfin pim iv 2012
Manual gfin pim iv 2012Manual gfin pim iv 2012
Manual gfin pim iv 2012
Jose Rudy
 
Governanca e conselhos_de_direitos
Governanca e conselhos_de_direitosGovernanca e conselhos_de_direitos
Governanca e conselhos_de_direitos
Jose Rudy
 
Gestus itil um processo para implementa�o das pr�ticas itil para gerenciam...
Gestus itil   um processo para  implementa�o das pr�ticas itil para gerenciam...Gestus itil   um processo para  implementa�o das pr�ticas itil para gerenciam...
Gestus itil um processo para implementa�o das pr�ticas itil para gerenciam...
Jose Rudy
 
Gerenciamento de-eventos-anormais
Gerenciamento de-eventos-anormaisGerenciamento de-eventos-anormais
Gerenciamento de-eventos-anormais
Jose Rudy
 
Fundamentos itil portugues brasil br completo(1)
Fundamentos itil portugues brasil br completo(1)Fundamentos itil portugues brasil br completo(1)
Fundamentos itil portugues brasil br completo(1)
Jose Rudy
 
Elaboracao de artigo cientifico2006
Elaboracao de artigo cientifico2006Elaboracao de artigo cientifico2006
Elaboracao de artigo cientifico2006
Jose Rudy
 
Artigo implantacao ead corporatio
Artigo   implantacao ead corporatioArtigo   implantacao ead corporatio
Artigo implantacao ead corporatio
Jose Rudy
 
Proj. de tcc diego (final)
Proj. de tcc   diego (final)Proj. de tcc   diego (final)
Proj. de tcc diego (final)
Jose Rudy
 

Mais de Jose Rudy (18)

Portais corporativos aline m toledo
Portais corporativos aline m toledoPortais corporativos aline m toledo
Portais corporativos aline m toledo
 
Mpim iii pg_2012_revisado_23_ago2012(1)
Mpim iii pg_2012_revisado_23_ago2012(1)Mpim iii pg_2012_revisado_23_ago2012(1)
Mpim iii pg_2012_revisado_23_ago2012(1)
 
Mpim iii pg_2012_revisado_23_ago2012(1) (1)
Mpim iii pg_2012_revisado_23_ago2012(1) (1)Mpim iii pg_2012_revisado_23_ago2012(1) (1)
Mpim iii pg_2012_revisado_23_ago2012(1) (1)
 
Mpim iii log_2012 (2)(2)
Mpim iii log_2012 (2)(2)Mpim iii log_2012 (2)(2)
Mpim iii log_2012 (2)(2)
 
Metodologiajung
MetodologiajungMetodologiajung
Metodologiajung
 
Manual de normalizacao
Manual de normalizacaoManual de normalizacao
Manual de normalizacao
 
Manual aluno unip
Manual aluno unipManual aluno unip
Manual aluno unip
 
Manual pim vii pg
Manual pim vii pgManual pim vii pg
Manual pim vii pg
 
Manual pim iv rh turma 2010
Manual pim iv rh turma 2010Manual pim iv rh turma 2010
Manual pim iv rh turma 2010
 
Manual pim i comum entre os cursos de gestão - turma 2010
Manual pim i   comum entre os cursos de gestão - turma 2010Manual pim i   comum entre os cursos de gestão - turma 2010
Manual pim i comum entre os cursos de gestão - turma 2010
 
Manual gfin pim iv 2012
Manual gfin pim iv 2012Manual gfin pim iv 2012
Manual gfin pim iv 2012
 
Governanca e conselhos_de_direitos
Governanca e conselhos_de_direitosGovernanca e conselhos_de_direitos
Governanca e conselhos_de_direitos
 
Gestus itil um processo para implementa�o das pr�ticas itil para gerenciam...
Gestus itil   um processo para  implementa�o das pr�ticas itil para gerenciam...Gestus itil   um processo para  implementa�o das pr�ticas itil para gerenciam...
Gestus itil um processo para implementa�o das pr�ticas itil para gerenciam...
 
Gerenciamento de-eventos-anormais
Gerenciamento de-eventos-anormaisGerenciamento de-eventos-anormais
Gerenciamento de-eventos-anormais
 
Fundamentos itil portugues brasil br completo(1)
Fundamentos itil portugues brasil br completo(1)Fundamentos itil portugues brasil br completo(1)
Fundamentos itil portugues brasil br completo(1)
 
Elaboracao de artigo cientifico2006
Elaboracao de artigo cientifico2006Elaboracao de artigo cientifico2006
Elaboracao de artigo cientifico2006
 
Artigo implantacao ead corporatio
Artigo   implantacao ead corporatioArtigo   implantacao ead corporatio
Artigo implantacao ead corporatio
 
Proj. de tcc diego (final)
Proj. de tcc   diego (final)Proj. de tcc   diego (final)
Proj. de tcc diego (final)
 

Último

Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Falcão Brasil
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Falcão Brasil
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
arodatos81
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
LeideLauraCenturionL
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
Sandra Pratas
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Falcão Brasil
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
Manuais Formação
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
Mary Alvarenga
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos ConjuntosMatemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Instituto Walter Alencar
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
Sandra Pratas
 

Último (20)

Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
 
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos ConjuntosMatemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
 

Manual PIM III Turma 2010_3 e 4_agosto

  • 1.   UNIP Interativa Cursos Superiores de Tecnologia MANUAL ESPECÍFICO PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR II – PIM II CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO São Paulo 2012
  • 2.   2 1. INFORMAÇÕES GERAIS SOBRE O PIM 1.1 Introdução Os Projetos Integrados Multidisciplinares têm como sua principal característica estrutural o desenvolvimento do trabalho no formato de um projeto, de acordo com as normas da ABNT. 1.2 Objetivos Gerais O Projeto Integrado Multidisciplinar – PIM faz parte do Programa Pedagógico dos Cursos Superiores de Tecnologia a distância da UNIP Interativa - Universidade Paulista. Atualmente, desempenhar bem as funções de gestor pode garantir não somente a eficácia na produtividade de uma organização, como também a transferência dos conhecimentos acadêmicos adquiridos. O PIM busca inserir o aluno nas práticas gerenciais fundamentadas nos conhecimentos teóricos adquiridos em sala de aula, com caráter prático complementar do processo de ensino-aprendizagem. O profissional moderno deve atuar como um agente facilitador de estratégias organizacionais. Para os futuros profissionais, entretanto, essa habilidade somente será viável se houver uma conscientização do real papel do gestor, através da visão bem delineada da estrutura e dos processos organizacionais. 1.3 Objetivos Específicos São objetivos específicos do PIM:  Desenvolver no aluno a prática da realização de pesquisa científica, elaborando um trabalho conclusivo e suas ponderações;  Proporcionar condições para que o aluno desenvolva praticamente os conhecimentos teóricos adquiridos, colaborando no processo de ensino-aprendizagem;  Proporcionar condições para que o aluno adquira conhecimentos e aplique praticamente em seus trabalhos conclusivos as técnicas e metodologias de produção científica;  Proporcionar condições para que o aluno possa argumentar e discutir as tecnologias utilizadas. 1.4. Apresentação do Trabalho / Metodologia É importante o aluno buscar fundamentação nos principais autores que escrevem sobre Metodologia, dentre eles, Antonio Joaquim Severino, Eva Ladatos e Maria Marconi, Antonio Carlos Gil, Amado Cervo e pedro Bervian, Pedro Demo.
  • 3.   3 Igualmente procurar consolidar seu trabalho a partir dos padrões acadêmicos definidos pela ABNT em diversas normas Site: http:/www2.unip.br/servicos/biblioteca/download/manual_de_normalizacao.pdf Deverá conter embasamento teórico (consulta bibliográfica) consistente e comprovado, a fim de facilitar a interpretação e avaliação das informações obtidas, como também a análise. O objetivo dessa disciplina PIM é desenvolver a habilidade do pesquisador, no caso, o aluno, em explorar as partes do desenvolvimento do trabalho em sua estrutura, a seguir um roteiro para a digitação dos trabalhos. Neste documento estão sugeridos: tipo e tamanho de fonte, posição e formato de títulos e sequência das partes integrantes do trabalho. Cabe ressaltar que, conforme NBR 14724:2002, “o projeto gráfico é de responsabilidade do autor do trabalho”. Todavia, os elementos que são normatizados deverão ser atendidos. 1.5. Aspectos Gerais Texto: papel A4 - 210x297mm – branco  Margens Superior e Esquerda: 3,0 cm Inferior e Direita: 2,0 cm  Espaçamento entre linhas e parágrafos O espaçamento entre linhas deve ser de 1,5, correspondendo a cerca de 1,2 cm entre as linhas. NOTA: Embora a padronização do espaçamento pela NBR 14724:2002 seja por espaçamento entre linhas duplo, adotaremos o espaçamento entre linhas em “um e meio”. É usual que o espaçamento entre parágrafos deve ser o dobro do existente entre as linhas. No caso de utilização de editor de textos Word, no menu FormatarParágrafoRecuos e Espaçamentos, definir a medida 12 pontos DEPOIS. O início do texto de cada parágrafo deve ficar a 1,5 cm, a partir da margem esquerda. Pode-se optar por definir o recuo especial para a primeira linha, utilizando os recursos do editor de textos. As citações longas, as notas, as referências e os resumos em vernáculo e em língua estrangeira devem ser digitados em espaço simples.  Escrita Recomenda-se utilização de Fonte ARIAL ou TIMES NEW ROMAN tamanho 12 para o corpo do texto e tamanho 10 para citações longas (mais de 3 linhas) e notas de rodapé, bem como alinhamento Justificado.
  • 4.   4  Paginação Todas as folhas do trabalho, a partir da folha de rosto, devem ser contadas sequencialmente, mas não numeradas. A numeração é colocada, a partir da primeira folha da parte textual - INTRODUÇÃO, em algarismos arábicos, no canto superior direito da folha. Havendo apêndice e anexo, as suas folhas devem ser numeradas de maneira contínua e sua paginação deve dar seguimento à do texto principal.  Estrutura do trabalho A estrutura do trabalho acadêmico – dissertação, tese, monografia, trabalho de conclusão de curso e similares, definida na NBR-14724:2002 (com vigência a partir de 29.09.2002), deve contemplar os elementos pré-textuais, elementos textuais e elementos pós-textuais, conforme indicado na tabela a seguir:
  • 5.   5 Tabela 1 – Estrutura do trabalho Estrutura Elemento Condição Pré-textuais Capa Lombada Folha de rosto Errata Folha de aprovação Dedicatória Agradecimentos Epígrafe Resumo Resumo em língua estrangeira Sumário Lista de ilustrações Lista de tabelas Lista de abreviaturas e siglas Lista de símbolos Obrigatório Opcional Obrigatório Opcional Opcional Opcional Opcional Opcional Obrigatório Obrigatório Obrigatório Opcional Opcional Opcional Opcional Textuais Introdução Desenvolvimento Conclusão Obrigatório Obrigatório Obrigatório Pós-textuais Referências Glossário Apêndice Anexo Índice(s) Obrigatório Opcional Opcional Opcional Opcional
  • 6.   6  O significado dos elementos pré-textuais Capa Externa São informações indispensáveis à sua identificação, na seguinte ordem:  NOME DO AUTOR;  TÍTULO E SUBTÍTULO;  LOCAL (cidade) da instituição onde deve ser apresentado;  ANO DE DEPÓSITO (da entrega). Folha de Rosto (anverso) Elemento obrigatório. É a folha que apresenta os elementos essenciais à identificação do trabalho. Deve constar de:  NOME DO AUTOR: responsável intelectual do trabalho;  TÍTULO E SUBTÍTULO, sendo o primeiro em caixa alta, centralizados;  NATUREZA (tese, dissertação e outros) e objetivo (aprovação em disciplina, grau pretendido e outros); nome da instituição a que é submetido; área de concentração - justificado à direita;  NOME DO ORIENTADOR, justificado à direita;  LOCAL e ANO. Folha de Rosto (verso) Deve conter a ficha catalográfica, conforme Código de Catalogação Anglo-Americano – CCAA2. NOTA: Este item deve ser adaptado, de acordo com a característica e destinação do trabalho, podendo admitir-se sua supressão. Errata Elemento opcional. Trata-se de uma lista com a indicação das folhas e linhas em que ocorreram erros, com as correções necessárias. Geralmente se apresenta em papel avulso ou encartado, acrescido ao trabalho depois de impresso. Folha de aprovação Elemento opcional que contém autor, título por extenso e subtítulo, se houver local e data de aprovação, nome, assinatura e instituição dos membros componentes da avaliação. NOTA: Este item é indispensável para dissertações e teses; mas, de acordo com a característica e destinação do trabalho, pode-se admitir sua supressão.
  • 7.   7 Dedicatória Página opcional, onde o autor presta homenagem ou dedica seu trabalho. A dedicatória deve figurar à direita, na parte inferior da folha. Agradecimentos Página opcional, onde são registrados agradecimentos às pessoas e/ou instituições que colaboraram com o autor. Epígrafe Página opcional, onde o autor inclui uma citação, seguida de indicação de autoria, relacionada com a matéria tratada no corpo do trabalho. A citação deve figurar à direita, na parte inferior da folha. Resumo Elemento obrigatório, que consiste na apresentação concisa dos pontos relevantes do trabalho. O resumo deve dar uma visão rápida e clara do conteúdo e das conclusões do trabalho; constitui-se de uma sequência corrente de frases concisas e objetivas e não de uma simples enumeração de tópicos, não ultrapassando 500 palavras, seguido, logo abaixo, das palavras representativas do conteúdo do trabalho, isto é, palavras-chave e/ou descritores, conforme Normas da ABNT. Abstract ou Resumen ou Résumé Elemento obrigatório que consiste em uma versão do resumo em idioma de divulgação internacional (inglês ou espanhol ou francês, respectivamente). Deve ser seguido das palavras representativas do conteúdo do trabalho, isto é, palavras-chave e/ou descritores, na língua. A opção da tradução deve ser apenas por uma língua. NOTA: Este item deve ser adaptado, de acordo com a característica e destinação do trabalho, podendo admitir-se sua supressão nos semestres iniciais do curso. Sumário Elemento obrigatório. É a relação das principais seções do trabalho, na ordem em que se sucedem no texto e com indicação da página inicial. As seções do trabalho devem ser numeradas, em algarismos arábicos. Elementos como listas de figuras, tabelas, abreviaturas, símbolos, resumos e apêndices não devem constar do Sumário, mas sim das Listas (próximo item). A apresentação tipográfica das divisões e subdivisões no sumário deve ser idêntica à do texto. Para maiores informações, consultar Normas da ABNT. Listas São itens opcionais, que relacionam elementos selecionados do texto, na ordem da ocorrência, com a respectiva indicação de páginas. Pode haver uma lista única para todos os tipos de ilustrações ou uma lista para cada tipo. As listas devem apresentar: o número da figura, sua legenda e a página onde se encontra.
  • 8.   8  O significado dos elementos textuais Como regra geral, deve-se considerar que o texto poderá ser lido por um leitor não especialista no assunto. Assim, o texto deve ser claro, objetivo e de fácil leitura, cuidando para que não seja sucinto em demasia, pois o leitor não domina, necessariamente, os mesmos conhecimentos e informações do autor. Deve-se ainda cuidar do referencial teórico que ofereça a sustentação adequada ao tema discutido. Introdução Elemento obrigatório. A introdução do trabalho deve conter o objetivo da pesquisa a ser desenvolvida no Projeto Integrado Multidisciplinar, a metodologia utilizada e uma breve apresentação da empresa selecionada para a investigação. Ela deve permitir ao leitor um entendimento sucinto da proposta do trabalho em pauta. Desenvolvimento dos Capítulos Elemento obrigatório. O desenvolvimento é a parte mais extensa do trabalho; também pode ser denominado de corpo do assunto. O seu principal objetivo é comunicar ao leitor os resultados da pesquisa. É a apresentação do tema de forma lógica e progressivamente ordenada (capítulos e subcapítulos) dos pontos principais do trabalho. Sugere-se consultar as Normas da ABNT. Consta de revisão da literatura, descrição de métodos e materiais utilizados, apresentação de resultados, bem como da discussão dos resultados que conduzam às principais conclusões. Deve-se cuidar para que as citações (menção, no texto, de uma informação extraída de outra fonte), as citações diretas (transcrição textual dos conceitos do autor consultado), as citações indiretas (transcrição livre do texto do autor consultado) e as citações de citações (transcrição direta ou indireta de um texto a cujo original não se teve acesso) estejam de acordo com as Normas da ABNT. Conclusão Elemento obrigatório. Embora reúna um conjunto de conclusões, o título deve permanecer no singular – CONCLUSÃO, já que remete à seção, e não ao número de conclusões formuladas. As conclusões devem ser apresentadas de maneira lógica, clara e concisa, fundamentadas nos resultados e na discussão abordada ao longo do desenvolvimento do trabalho (capítulos). O autor deve, ainda, retomar as propostas iniciais (apresentadas na Introdução) e reafirmar, de maneira sintética, a ideia principal e os pontos importantes do corpo do trabalho.  O significado dos elementos pós- textuais Referências Elemento obrigatório. É o conjunto padronizado de elementos descritivos retirados de um documento, que permite sua identificação individual (relação de autores consultados ou citados, em ordem alfabética da palavra de ordem) - vide Normas da ABNT.
  • 9.   9 Glossário Elemento opcional. Consiste em uma lista em ordem alfabética de palavras ou expressões técnicas de uso restrito ou de sentido obscuro, utilizadas no texto, acompanhadas das respectivas definições. Apêndice Elemento opcional. Consiste em um texto ou documento elaborado pelo autor a fim de complementar sua argumentação, sem prejuízo da unidade nuclear do trabalho. Geralmente são questionários, entrevistas, fotos, que auxiliam na fundamentação da pesquisa. A citação do Apêndice, no decorrer dos capítulos, deve ocorrer entre parênteses, com a identificação seqüencial em algarismos romanos ou letras maiúsculas. São identificados por algarismos romanos ou letras maiúsculas consecutivas, travessões e respectivos títulos. Exemplo: Apêndice A –....... ou Apêndice I –........ Apêndice B –....... ou Apêndice II – ....... Anexo Elemento opcional. Consiste em um texto ou documento não elaborado pelo autor, que serve de fundamentação, comprovação e ilustração. São geralmente documentos, projetos de leis, decretos, etc., cuja função é complementar o trabalho. Quando apresentados na forma de “fotocópias”, recomenda-se cuidado com sua nitidez e legibilidade. Lembrar que os Anexos são todos os documentos de autoria de terceiros, só podendo ser utilizados se o conteúdo e a referência estiverem compondo o desenvolvimento do trabalho. São identificados por algarismos romanos ou letras maiúsculas consecutivas, travessões e respectivos títulos. Exemplo: Anexo A - ....... ou Anexo I - ........ Anexo B - ........ ou Anexo II - ....... Índice (s) Elemento opcional. Consiste na lista de palavras ou frases, ordenadas de acordo com determinado critério, que localiza e remete para as informações contidas no texto. Para complementação, consultar NBR-6034.
  • 10.   10 1.6. Modelos para o corpo do projeto 1.6.1. Capa UNIP INTERATIVA Projeto Integrado Multidisciplinar Cursos Superiores de Tecnologia TÍTULO DO TRABALHO Subtítulo (se houver) Nome da Unidade (Polo de matrícula) 201_
  • 11.   11 1.6.2 Folha de rosto UNIP INTERATIVA Projeto Integrado Multidisciplinar Cursos Superiores de Tecnologia TÍTULO DO TRABALHO Subtítulo (se houver) Nome(s) completo(s) do(s) aluno(s): RA(s): Curso: Semestre: Nome da Unidade (Polo de matrícula) 201_
  • 12.   12 1.6.3 Resumo Resumo (não ultrapassar 500 palavras) Xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx. Palavras-chave: __________________________________________________  
  • 13.   13 1.6.4 Abstract Abstract (não ultrapassar 500 palavras) Xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx. Key words: __________________________________________________  
  • 14.   14 1.6.5 Sumário   Sumário 1. XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX 5 2. XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX 6 3. XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX 7 3.1 XXXXXXXXXXXXXXXXXXX 9  
  • 15.   15 1.6.6 Introdução   Introdução Xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx. Xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx. Xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx.  
  • 16.   16   1.6.7 Desenvolvimento do projeto   * Neste item, começa o desenvolvimento dos capítulos e subcapítulos (se houver). (mínimo de 15 e máximo de 30 páginas) 1. (nome do capítulo) Xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx. Xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx. Xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx.  
  • 17.   17 1.6.8 Conclusão   Conclusão Xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx. Xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx. Xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx.  
  • 19.   19 2. INFORMAÇÕES ESPECÍFICAS SOBRE O PIM PIM II Tema Estudo sobre a adoção de computadores pedagógicos no Brasil 2.1. Objetivo geral Apresentar um estudo sobre a adoção de computadores pedagógicos no Brasil para uso em escolas do ensino fundamental. 2.2. Objetivos Específicos  Desenvolver e aplicar os conhecimentos adquiridos em sala de aula sobre Organização de Computadores, Princípios de Sistemas de Informação e Comunicação Aplicada;  Desenvolver a capacidade de identificar necessidades e propor soluções;  Argumentar e discutir as tecnologias utilizadas nos projetos de sistemas computacionais;  Fomentar o hábito de executar projetos envolvendo múltiplas disciplinas. 2.3. Conteúdo do trabalho Neste trabalho, os alunos deverão apresentar um estudo sobre a adoção de computadores pedagógicos no Brasil. Esses computadores serão utilizados no ensino fundamental. O estudo deverá ser baseado em três plataformas distintas. Para cada plataforma, apresentar uma análise sobre:  Hardware – CPU, memória primária e memória secundária  Arquitetura e demais características de hardware  Sistema Operacional usado e suas características  Aplicações incluídas na solução  Requisitos atendidos no desenvolvimento destas aplicações O aluno e/ou grupo deve desenvolver o trabalho de forma a atender aos seguintes aspectos:  Capa;  Folha de rosto;  Resumo;
  • 20.   20  Abstract;  Sumário;  Introdução;  Desenvolvimento ;  Conclusão;  Referências– Citar as fontes de pesquisa (bibliografia, nos moldes da ABNT). 2.4. O PIM II abrange as disciplinas:  Princípios de Sistemas de Informação  Organização de computadores  Comunicação aplicada 3. ENVIO DO PROJETO Verificar informações sobre o envio do trabalho na Plataforma Blackboard. As datas encontram-se publicadas no calendário acadêmico. * Os alunos reprovados em qualquer uma das disciplinas PIM só poderão enviar seus Projetos, caso estejam matriculados em regime de dependência (verificar prazos na secretaria interativa). 4. PRAZOS E VALIDAÇÃO DO RECEBIMENTO DO PROJETO Não serão aceitos, em hipótese alguma, trabalhos após as datas publicadas, ou por outros meios que não sejam os definidos pela UNIP Interativa. Portanto, não haverá possibilidade de entrega do Projeto PIM via e-mail, correio, Digital Dropbox, FAX ou qualquer outro meio que não esteja ligado ao Campo de Envio destinado ao Projeto. O PIM é um projeto que consta do Programa Pedagógico dos Cursos Superiores de Tecnologia e corresponde à computação de 50 horas (para cada PIM), totalizando 100 horas no semestre, equivalendo ao controle de frequência e nota do aluno, desde que apresente conceito igual ou maior que 5,0 (cinco). Caso o aluno obtenha o conceito final menor que 5,0 (cinco) ou não envie o projeto dentro do semestre, ficará em situação de reprovado na disciplina PIM, e só poderá reenviar seu projeto caso esteja matriculado em regime de dependência* (via secretaria virtual) e siga as informações sobre o projeto, contidas na Plataforma Blackboard,no semestre que estiver cursando.
  • 21.   21 * Atenção quanto aos prazos estipulados pela Secretaria Interativa, na realização das matrículas de disciplinas em que reprovado. 5. DÚVIDAS SOBRE O PROJETO Caso o aluno tenha dúvidas sobre o desenvolvimento do projeto PIM, poderá contatar seu Tutor Eletrônico, que estará à disposição pelo sistema de Mensagens na disciplina e através do telefone 0800 010 9000. Bons estudos! Atenciosamente, CST Gestão da Tecnologia da Informação