SlideShare uma empresa Scribd logo
Modelo para a capa




                Escola Profissional de Fermil de Basto
                            (Times 14 bold)
                       NOME DO CURSO
                            (Times 16 bold)



TÍTULO DA PROVA DE APTIDÃO
       PROFISSIONAL
                            (Times 26 bold)
                     Subtítulo (se houver)



                        NOME DO AUTOR
                          (Times 14 bold)




                       Molares, x de Junho de 1999
                               (Times 12)
ESCOLA PROFISSIONAL DE FERMIL DE BASTO




           Regras Gerais para Elaboração de Relatórios
Nota Introdutória

       Este regulamento pretende estabelecer alguns parâmetros a fim de que se registe
uma paridade dos trabalhos em termos formais. É assim que se referem os requisitos a
que devem obedecer a Capa, a Sub-Capa, o Texto, a Bibliografia e o Índice.


I - CAPA

       A capa deverá ser composta de acordo com o modelo anexo, podendo ser
impressa sobre papel A4 branco ou sobre papel A4 com uma prévia impressão esbatida
de um motivo relacionado com o tema tratado.
A capa constitui-se como o “rosto” do trabalho, pelo que deve conter o seguinte:

       - Nome da Escola no topo;
       - Nome do Curso;
       - Titulo do Trabalho;
       - Nome do Autor;
       - Mês e ano de conclusão.

Facultativo:
       - Poderá conter uma fotografia ou imagem alusiva ao tema do trabalho;
       - A capa poderá ainda conter uma moldura a preto ou em cor e/ou ter um fundo
         sombreado. Nesta opção o sombreado deve assumir uma tonalidade muito leve.


II - SUB-CAPA

      A Sub-Capa ou 2ª Capa deve estar separada da primeira por uma folha branca. A
Sub-Capa deve ser de caracter simples, ou seja, não deve ter nenhuma moldura e/ou
sombreado, assim como não deve ter nenhuma fotografia ou imagem.

       Para além de todas as inscrições da primeira capa, deve constar o nome do
professor acompanhante e eventualmente um subtítulo. Assim:

       Nome da Escola no Topo;
       Nome do Curso;
       Título do Trabalho e/ou subtítulo;
       Nome do Professor Acompanhante;
       Nome do Autor;
       Mês e Ano de conclusão.




         Regras gerais para a elaboração de relatórios da Prova de Aptidão Profissional 2
____________________________________________________________________________________
ESCOLA PROFISSIONAL DE FERMIL DE BASTO


III - AGRADECIMENTOS

       Trata-se de um espaço localizado depois da Sub-Capa onde se procedem aos
agradecimentos de pessoas ou instituições/empresas que directamente ou indirectamente
colaboraram na realização e concretização do trabalho.



IV - RESUMO

        Entende-se por resumo a apresentação abreviada e precisa do conteúdo de um
documento sem interpretação ou crítica e quando bem elaborado permite ao leitor a
identificação rápida desse mesmo conteúdo a fim de decidir do interesse da leitura
integral do documento.
        O resumo constitui-se como uma síntese de todo o trabalho, registado em poucas
linhas (1/2 página ou 1 página).


V - INDICE

       Um índice é uma lista pormenorizada de elementos identificadores do conteúdo
de uma publicação, dispostos por determinada ordem e referenciados de maneira que
permita a sua localização no texto.
       Na realização de um trabalho escrito, quando se opta pela inclusão de figuras,
gráficos, quadros ou tabelas, estes devem ser intercalados no texto e referenciados por
meio de numeração, e é necessário proceder à elaboração dos referidos índices ( Índice
de quadros, índice de figuras, índice de gráficos, etc..)
       O índice pode assumir vários formatos, devendo ser apresentado,
preferencialmente, no início do documento a seguir à folha do sumário.
       Neste sentido este item fica ao critério do autor do trabalho, podendo ser gerado
automaticamente no Processador de Texto.


VI – TEXTO

        Os textos, escritos de forma clara e sucinta, devem ser apresentados em folhas
A4, num só lado, com uma margem esquerda não inferior a 4 cm, e uma mancha de
referência de 20 cm x 14 cm, incluindo quadros, fotografias, referências de pé de página,
etc..
        Representa o núcleo ou corpo do trabalho. Contém o resultado definitivo da
elaboração intelectual do autor. Divide-se em três partes essenciais que devem estar
interligadas:
- Introdução (fazer referência aos objectivos da PAP e ao plano ou projecto)
- Desenvolvimento
- Conclusão.
   O teor do discurso deve ser feito tendo em conta a especificidade do tema,
apresentando um adequado encadeamento de ideias, a fim de que estas se tornem claras
aquando da sua leitura.


         Regras gerais para a elaboração de relatórios da Prova de Aptidão Profissional 3
____________________________________________________________________________________
ESCOLA PROFISSIONAL DE FERMIL DE BASTO


• O texto deve ser escrito com letra tamanho 12 e com espaçamento entre linhas de
  espaço e meio (1,5). Sugere-se como tipo de letra o Times New Roman.
• Todas as palavras escritas em língua estrangeira devem ser apresentadas em itálico;
• Sempre que se entenda necessário podem ser utilizadas ideias ou frases de outros
  autores, as quais devem ser devidamente referenciadas no texto e posteriormente na
  bibliografia. Existem vários tipos possíveis de citações pelo que em todas elas devem
  ser salvaguardas o autor da obra, o ano e a página de onde foi tirada a ideia ou
  frase(s). Neste documento sugerimos apenas dois tipos de citações que indicamos
  seguidamente

Citação Directa - a frase ou frases deve(m) aparecer entre aspas e no fim deve ser
colocado entre parênteses o nome do autor e respectiva página de onde foi tirada a
citação.
Ex: “.............” (Silva 1999, p. 18)

Citação Indirecta por Parágrafo - o autor registará, por palavras suas, uma ideia que
pertence a um determinado autor, devendo no fim desta indicar entre parênteses que está
conforme (Cfr.) o autor X, página Y.
Ex: (Cfr. Silva 1999, p. 18)


VII - ANEXOS
       Compreendem diferentes instrumentos de trabalho utilizados. Englobam
documentos cuja inclusão no trabalho se torna necessária para completar o texto (notas,
quadros estatísticos, desenhos, gráficos, mapas e outros documentos).
       Os ANEXOS são designados por letras maiúsculas do alfabeto pela sua ordem.
A palavra ANEXO seguida da letra correspondente deve ser colocada acima do título. A
capa de cada anexo deverá ser paginada.


VIII - BIBILIOGRAFIA e/ou REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
       É uma secção, representada por uma lista de referências bibliográficas, segundo
uma ordem específica, contendo os elementos descritivos dos documentos consultados
de modo a permitir a sua identificação, e é colocada no fim do trabalho.
       Regista-se uma diferença na aplicação destes dois títulos: Bibliografia assume-
se quando se registam todos os livros, os consultados, os lidos e os citados. Referências
Bibliográficas incluem apenas os livros de onde foram retiradas citações.
       Existem várias formas de apresentação da Bibliografia. Sobressaem ainda
algumas diferenças sobretudo quando se trata de um livro ou artigo, neste sentido
sugere-se o seguinte:


Bibliografia - Livros
       Nome(s) do(s) autor(es) em letras maiúsculas começando pelo apelido, o ano
entre parênteses, título do livro a negrito, localidade e editora. Indicação das páginas ou
página, Capítulo ou Volume de onde foi tirada a citação ou ideia.

Ex: CROZIER, M., FRIEDEBERG, E. (1992), L’acteur et le systéme, Paris, Seuil, p.
120.

         Regras gerais para a elaboração de relatórios da Prova de Aptidão Profissional 4
____________________________________________________________________________________
ESCOLA PROFISSIONAL DE FERMIL DE BASTO




Bibliografia - Artigos

       Quando se trata de um artigo deve ficar registado em destaque (a negrito) a obra
de onde foi retirado; o título do artigo surge em primeiro lugar e entre aspas. O exemplo
seguinte ilustra esta situação:

Ex: VALA, J., (1993) “Representações Sociais - para uma psicologia social do
pensamento social”, in J. Vala, B. Monteiro, 1993, Psicologia Social, Lisboa, FF. C.
Gulbenkian, Cap. XIII, pp. 353 - 384.



RECOMENDAÇÕES:

1 – Todas as páginas têm de ser numeradas;

2 – Cada trabalho não deverá exceder as 60 páginas, anexos não incluídos;

3 – Quadros e figuras: devem ser utilizados sempre que facilitem a compreensão do
texto. A legenda deverá ser curta e concisa, e indicadas sempre as fontes de onde foram
retiradas ou adaptadas;

4 – As fotografias: apenas de qualidade e consideradas indispensáveis para a
compreensão do texto;

5 – Notas de pé de página: devem ser curtas e reduzidas ao mínimo, assinaladas
sucessivamente por números e não por asterísticos;

6 – A apresentação oral do projecto não deverá ultrapassar os 45 minutos, aos quais se
seguirá um período de discussão. Deverão ser usados meios audiovisuais na
apresentação, para melhor acompanhamento da exposição por parte da assistência.




         Regras gerais para a elaboração de relatórios da Prova de Aptidão Profissional 5
____________________________________________________________________________________
ESCOLA PROFISSIONAL DE FERMIL DE BASTO




         Regras gerais para a elaboração de relatórios da Prova de Aptidão Profissional 6
____________________________________________________________________________________

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Relatório de estágio cursos profissionais
 Relatório de estágio  cursos profissionais Relatório de estágio  cursos profissionais
Relatório de estágio cursos profissionais
Alzira Figueiredo
 
Atividade física contextos e saude 3
Atividade física contextos e saude 3Atividade física contextos e saude 3
Atividade física contextos e saude 3
DjMayuri
 
Regras do power point
Regras do power pointRegras do power point
Regras do power point
010693
 
O artigo de apreciação crítica
O artigo de apreciação críticaO artigo de apreciação crítica
O artigo de apreciação crítica
Fernanda Monteiro
 
140-21_ANQEP-Atualiza_Ref_Comp-Web_FINAL_13Dez.pdf
140-21_ANQEP-Atualiza_Ref_Comp-Web_FINAL_13Dez.pdf140-21_ANQEP-Atualiza_Ref_Comp-Web_FINAL_13Dez.pdf
140-21_ANQEP-Atualiza_Ref_Comp-Web_FINAL_13Dez.pdf
MarleneRicardo2
 
Regras para-a-elaboracao-pap
Regras para-a-elaboracao-papRegras para-a-elaboracao-pap
Regras para-a-elaboracao-pap
profcarladias
 
Como se faz uma introdução
Como se faz uma introduçãoComo se faz uma introdução
Como se faz uma introdução
Reflexao Dialogada
 
Guia de apoio à elaboração de um trabalho escrito 2º ciclo - portal concelhio
Guia de apoio à  elaboração de um trabalho escrito   2º ciclo - portal concelhioGuia de apoio à  elaboração de um trabalho escrito   2º ciclo - portal concelhio
Guia de apoio à elaboração de um trabalho escrito 2º ciclo - portal concelhio
RedeConcelhiaVFX
 
manuais de formação ufcd Catalogo informanuais janeiro 2021
manuais de formação ufcd Catalogo informanuais janeiro 2021manuais de formação ufcd Catalogo informanuais janeiro 2021
manuais de formação ufcd Catalogo informanuais janeiro 2021
Informanuais ®
 
Relatório da visita de estudo s. filipe
Relatório da visita de estudo s. filipeRelatório da visita de estudo s. filipe
Relatório da visita de estudo s. filipe
Tina Lima
 
4 fases para fazer um texto expositivo
4 fases para fazer um  texto expositivo4 fases para fazer um  texto expositivo
4 fases para fazer um texto expositivo
Jaicinha
 
Guiapap
GuiapapGuiapap
A união europeia
A união europeiaA união europeia
A união europeia
Geografias Geo
 
CEFOSAP-PlanoSessaoInstrucoes.pdf
CEFOSAP-PlanoSessaoInstrucoes.pdfCEFOSAP-PlanoSessaoInstrucoes.pdf
CEFOSAP-PlanoSessaoInstrucoes.pdf
anabelamartins61
 
Estrutura mensagem
Estrutura mensagemEstrutura mensagem
Estrutura mensagem
ameliapadrao
 
Amoníaco 11º
Amoníaco 11ºAmoníaco 11º
Amoníaco 11º
Ricardo Dias
 
Textos de opinião
Textos de opiniãoTextos de opinião
Textos de opinião
becastanheiradepera
 
Como fazer um powerpoint
Como fazer um powerpointComo fazer um powerpoint
Exemplos de produtos multimédia
Exemplos de produtos multimédiaExemplos de produtos multimédia
Exemplos de produtos multimédia
CatarinaInes12E
 
O papel das organizações internacionais
O papel das organizações internacionaisO papel das organizações internacionais
O papel das organizações internacionais
Bruno Rafael Tavares Sousa
 

Mais procurados (20)

Relatório de estágio cursos profissionais
 Relatório de estágio  cursos profissionais Relatório de estágio  cursos profissionais
Relatório de estágio cursos profissionais
 
Atividade física contextos e saude 3
Atividade física contextos e saude 3Atividade física contextos e saude 3
Atividade física contextos e saude 3
 
Regras do power point
Regras do power pointRegras do power point
Regras do power point
 
O artigo de apreciação crítica
O artigo de apreciação críticaO artigo de apreciação crítica
O artigo de apreciação crítica
 
140-21_ANQEP-Atualiza_Ref_Comp-Web_FINAL_13Dez.pdf
140-21_ANQEP-Atualiza_Ref_Comp-Web_FINAL_13Dez.pdf140-21_ANQEP-Atualiza_Ref_Comp-Web_FINAL_13Dez.pdf
140-21_ANQEP-Atualiza_Ref_Comp-Web_FINAL_13Dez.pdf
 
Regras para-a-elaboracao-pap
Regras para-a-elaboracao-papRegras para-a-elaboracao-pap
Regras para-a-elaboracao-pap
 
Como se faz uma introdução
Como se faz uma introduçãoComo se faz uma introdução
Como se faz uma introdução
 
Guia de apoio à elaboração de um trabalho escrito 2º ciclo - portal concelhio
Guia de apoio à  elaboração de um trabalho escrito   2º ciclo - portal concelhioGuia de apoio à  elaboração de um trabalho escrito   2º ciclo - portal concelhio
Guia de apoio à elaboração de um trabalho escrito 2º ciclo - portal concelhio
 
manuais de formação ufcd Catalogo informanuais janeiro 2021
manuais de formação ufcd Catalogo informanuais janeiro 2021manuais de formação ufcd Catalogo informanuais janeiro 2021
manuais de formação ufcd Catalogo informanuais janeiro 2021
 
Relatório da visita de estudo s. filipe
Relatório da visita de estudo s. filipeRelatório da visita de estudo s. filipe
Relatório da visita de estudo s. filipe
 
4 fases para fazer um texto expositivo
4 fases para fazer um  texto expositivo4 fases para fazer um  texto expositivo
4 fases para fazer um texto expositivo
 
Guiapap
GuiapapGuiapap
Guiapap
 
A união europeia
A união europeiaA união europeia
A união europeia
 
CEFOSAP-PlanoSessaoInstrucoes.pdf
CEFOSAP-PlanoSessaoInstrucoes.pdfCEFOSAP-PlanoSessaoInstrucoes.pdf
CEFOSAP-PlanoSessaoInstrucoes.pdf
 
Estrutura mensagem
Estrutura mensagemEstrutura mensagem
Estrutura mensagem
 
Amoníaco 11º
Amoníaco 11ºAmoníaco 11º
Amoníaco 11º
 
Textos de opinião
Textos de opiniãoTextos de opinião
Textos de opinião
 
Como fazer um powerpoint
Como fazer um powerpointComo fazer um powerpoint
Como fazer um powerpoint
 
Exemplos de produtos multimédia
Exemplos de produtos multimédiaExemplos de produtos multimédia
Exemplos de produtos multimédia
 
O papel das organizações internacionais
O papel das organizações internacionaisO papel das organizações internacionais
O papel das organizações internacionais
 

Destaque

PAP Power Point
PAP Power Point PAP Power Point
PAP Power Point
Rui Pato
 
Prova de Aptidão Profissional
Prova de Aptidão ProfissionalProva de Aptidão Profissional
Prova de Aptidão Profissional
cesarioalves8
 
Apresentação PAP (prova de aptidão profissional) Técnico de analises laborato...
Apresentação PAP (prova de aptidão profissional) Técnico de analises laborato...Apresentação PAP (prova de aptidão profissional) Técnico de analises laborato...
Apresentação PAP (prova de aptidão profissional) Técnico de analises laborato...
muskarya
 
Apresentação PAP (prova de aptidão profissional) Técnico de analises laborato...
Apresentação PAP (prova de aptidão profissional) Técnico de analises laborato...Apresentação PAP (prova de aptidão profissional) Técnico de analises laborato...
Apresentação PAP (prova de aptidão profissional) Técnico de analises laborato...
muskarya
 
Apresentação da minha PAP
Apresentação da minha PAPApresentação da minha PAP
Apresentação da minha PAP
Ruben Alves
 
PAF O meu projecto de final de curso
PAF O meu projecto de final de cursoPAF O meu projecto de final de curso
PAF O meu projecto de final de curso
francisco quiss
 
Análise crítica do Projeto Aldeia da Praia e das intervenções propostas para ...
Análise crítica do Projeto Aldeia da Praia e das intervenções propostas para ...Análise crítica do Projeto Aldeia da Praia e das intervenções propostas para ...
Análise crítica do Projeto Aldeia da Praia e das intervenções propostas para ...
Lara Barreira
 
Para Os Alunos
Para Os AlunosPara Os Alunos
Para Os Alunos
ariomc
 
Curso
CursoCurso
17603171 estudo-acidentes-do-trabalho-em-empresa-de-logistica
17603171 estudo-acidentes-do-trabalho-em-empresa-de-logistica17603171 estudo-acidentes-do-trabalho-em-empresa-de-logistica
17603171 estudo-acidentes-do-trabalho-em-empresa-de-logistica
llokkaum
 
Workshop decoracao interiores com elementos vivos inter decoracao 2015 portal...
Workshop decoracao interiores com elementos vivos inter decoracao 2015 portal...Workshop decoracao interiores com elementos vivos inter decoracao 2015 portal...
Workshop decoracao interiores com elementos vivos inter decoracao 2015 portal...
portaldecor
 
Prova de aptidão tecnológica
Prova de aptidão tecnológicaProva de aptidão tecnológica
Prova de aptidão tecnológica
Ruben Glória
 
Ser empreendedor é-PowerPoint PAP
Ser empreendedor é-PowerPoint PAPSer empreendedor é-PowerPoint PAP
Ser empreendedor é-PowerPoint PAP
Andreia Nogueira
 
Capa maravilha
Capa maravilhaCapa maravilha
Os Cinco Sentidos
Os Cinco SentidosOs Cinco Sentidos
Os Cinco Sentidos
Mari Anny Souza
 
Prova de aptidão profissional inicial mariana martins
Prova de aptidão profissional inicial mariana martinsProva de aptidão profissional inicial mariana martins
Prova de aptidão profissional inicial mariana martins
Mariana Martins
 
Apresentação PAPs Electrónica, Automação e Computadores
Apresentação PAPs Electrónica, Automação e ComputadoresApresentação PAPs Electrónica, Automação e Computadores
Apresentação PAPs Electrónica, Automação e Computadores
eddygrinder74
 
A corrupção vs verdade desportiva
A corrupção vs verdade desportivaA corrupção vs verdade desportiva
A corrupção vs verdade desportiva
Davide Ferreira
 
Organização de eventos esportivos
Organização de eventos esportivosOrganização de eventos esportivos
Organização de eventos esportivos
Diogo de Barros Souza
 
ABNT NBR ISO 19011:2012 - Diretrizes para auditoria de sistemas de gestão
ABNT NBR ISO 19011:2012 - Diretrizes para auditoria de sistemas de gestão ABNT NBR ISO 19011:2012 - Diretrizes para auditoria de sistemas de gestão
ABNT NBR ISO 19011:2012 - Diretrizes para auditoria de sistemas de gestão
Luciano Moreira
 

Destaque (20)

PAP Power Point
PAP Power Point PAP Power Point
PAP Power Point
 
Prova de Aptidão Profissional
Prova de Aptidão ProfissionalProva de Aptidão Profissional
Prova de Aptidão Profissional
 
Apresentação PAP (prova de aptidão profissional) Técnico de analises laborato...
Apresentação PAP (prova de aptidão profissional) Técnico de analises laborato...Apresentação PAP (prova de aptidão profissional) Técnico de analises laborato...
Apresentação PAP (prova de aptidão profissional) Técnico de analises laborato...
 
Apresentação PAP (prova de aptidão profissional) Técnico de analises laborato...
Apresentação PAP (prova de aptidão profissional) Técnico de analises laborato...Apresentação PAP (prova de aptidão profissional) Técnico de analises laborato...
Apresentação PAP (prova de aptidão profissional) Técnico de analises laborato...
 
Apresentação da minha PAP
Apresentação da minha PAPApresentação da minha PAP
Apresentação da minha PAP
 
PAF O meu projecto de final de curso
PAF O meu projecto de final de cursoPAF O meu projecto de final de curso
PAF O meu projecto de final de curso
 
Análise crítica do Projeto Aldeia da Praia e das intervenções propostas para ...
Análise crítica do Projeto Aldeia da Praia e das intervenções propostas para ...Análise crítica do Projeto Aldeia da Praia e das intervenções propostas para ...
Análise crítica do Projeto Aldeia da Praia e das intervenções propostas para ...
 
Para Os Alunos
Para Os AlunosPara Os Alunos
Para Os Alunos
 
Curso
CursoCurso
Curso
 
17603171 estudo-acidentes-do-trabalho-em-empresa-de-logistica
17603171 estudo-acidentes-do-trabalho-em-empresa-de-logistica17603171 estudo-acidentes-do-trabalho-em-empresa-de-logistica
17603171 estudo-acidentes-do-trabalho-em-empresa-de-logistica
 
Workshop decoracao interiores com elementos vivos inter decoracao 2015 portal...
Workshop decoracao interiores com elementos vivos inter decoracao 2015 portal...Workshop decoracao interiores com elementos vivos inter decoracao 2015 portal...
Workshop decoracao interiores com elementos vivos inter decoracao 2015 portal...
 
Prova de aptidão tecnológica
Prova de aptidão tecnológicaProva de aptidão tecnológica
Prova de aptidão tecnológica
 
Ser empreendedor é-PowerPoint PAP
Ser empreendedor é-PowerPoint PAPSer empreendedor é-PowerPoint PAP
Ser empreendedor é-PowerPoint PAP
 
Capa maravilha
Capa maravilhaCapa maravilha
Capa maravilha
 
Os Cinco Sentidos
Os Cinco SentidosOs Cinco Sentidos
Os Cinco Sentidos
 
Prova de aptidão profissional inicial mariana martins
Prova de aptidão profissional inicial mariana martinsProva de aptidão profissional inicial mariana martins
Prova de aptidão profissional inicial mariana martins
 
Apresentação PAPs Electrónica, Automação e Computadores
Apresentação PAPs Electrónica, Automação e ComputadoresApresentação PAPs Electrónica, Automação e Computadores
Apresentação PAPs Electrónica, Automação e Computadores
 
A corrupção vs verdade desportiva
A corrupção vs verdade desportivaA corrupção vs verdade desportiva
A corrupção vs verdade desportiva
 
Organização de eventos esportivos
Organização de eventos esportivosOrganização de eventos esportivos
Organização de eventos esportivos
 
ABNT NBR ISO 19011:2012 - Diretrizes para auditoria de sistemas de gestão
ABNT NBR ISO 19011:2012 - Diretrizes para auditoria de sistemas de gestão ABNT NBR ISO 19011:2012 - Diretrizes para auditoria de sistemas de gestão
ABNT NBR ISO 19011:2012 - Diretrizes para auditoria de sistemas de gestão
 

Semelhante a Pap regras-gerais-para-elaboracao-relatorios

Como Apresentar Um Trabalho 2
Como Apresentar Um Trabalho  2Como Apresentar Um Trabalho  2
Como Apresentar Um Trabalho 2
BE/CRE
 
Guia trabalhoescrito
Guia trabalhoescritoGuia trabalhoescrito
Guia trabalhoescrito
Biblioteca Maes Dagua Amadora
 
Aula metodologia trabalho acadêmico
Aula metodologia trabalho acadêmicoAula metodologia trabalho acadêmico
Aula metodologia trabalho acadêmico
Alelis Gomes
 
Aula metodologia trabalho acadêmico
Aula metodologia trabalho acadêmicoAula metodologia trabalho acadêmico
Aula metodologia trabalho acadêmico
Alelis Gomes
 
Pi 2 2012 aula 21 fevereiro instruções de projeto
Pi 2 2012 aula 21 fevereiro   instruções de projetoPi 2 2012 aula 21 fevereiro   instruções de projeto
Pi 2 2012 aula 21 fevereiro instruções de projeto
Cibele Andrade
 
Artigos cientificos
Artigos cientificosArtigos cientificos
Artigos cientificos
Paulo Guilherme Jr
 
MODELO-DE-ARTIGO-CIENTIFICO-2.doc
MODELO-DE-ARTIGO-CIENTIFICO-2.docMODELO-DE-ARTIGO-CIENTIFICO-2.doc
MODELO-DE-ARTIGO-CIENTIFICO-2.doc
dyeisin
 
MODELO DE ARTIGO CIENTIFICO DE TCC FAVENI
MODELO DE ARTIGO CIENTIFICO DE TCC FAVENIMODELO DE ARTIGO CIENTIFICO DE TCC FAVENI
MODELO DE ARTIGO CIENTIFICO DE TCC FAVENI
cantaAcara
 
Modelo de Trabalhos Acadêmicos
Modelo de Trabalhos AcadêmicosModelo de Trabalhos Acadêmicos
Modelo de Trabalhos Acadêmicos
Diego Fruscalso
 
MODELO-DE-ARTIGO-CIENTIFICO RONI.doc
MODELO-DE-ARTIGO-CIENTIFICO RONI.docMODELO-DE-ARTIGO-CIENTIFICO RONI.doc
MODELO-DE-ARTIGO-CIENTIFICO RONI.doc
AnaCarolinaVCSantos
 
Redigir e apresentar_trabalhos
Redigir e apresentar_trabalhosRedigir e apresentar_trabalhos
Redigir e apresentar_trabalhos
gracabib
 
Normas da ABNT
Normas da ABNTNormas da ABNT
Normas da ABNT
eef-fps
 
Normas Artigo Design
Normas Artigo DesignNormas Artigo Design
Normas Artigo Design
martha
 
Como elaborar-um-artigo-modelo-2015
Como elaborar-um-artigo-modelo-2015Como elaborar-um-artigo-modelo-2015
Como elaborar-um-artigo-modelo-2015
Luís Antonio Pinheiro
 
Normas da ABNT
Normas da ABNTNormas da ABNT
Normas da ABNT
eef-fps
 
Projeto x modelo para a pesquisa bibliográfica
Projeto x   modelo para a pesquisa bibliográficaProjeto x   modelo para a pesquisa bibliográfica
Projeto x modelo para a pesquisa bibliográfica
ProfessoresColeguium
 
Normas da ABNT
Normas da ABNTNormas da ABNT
Normas da ABNT
Marcelo Moretti
 
Modelo de trabalho escolar
Modelo de trabalho escolarModelo de trabalho escolar
Modelo de trabalho escolar
SHEILA MONTEIRO
 
Metodologia abnt i_normas_gerais.
Metodologia abnt i_normas_gerais.Metodologia abnt i_normas_gerais.
Metodologia abnt i_normas_gerais.
Adriana Portugal
 
Contruindo monografia
Contruindo monografiaContruindo monografia
Contruindo monografia
HEIDYJEAN
 

Semelhante a Pap regras-gerais-para-elaboracao-relatorios (20)

Como Apresentar Um Trabalho 2
Como Apresentar Um Trabalho  2Como Apresentar Um Trabalho  2
Como Apresentar Um Trabalho 2
 
Guia trabalhoescrito
Guia trabalhoescritoGuia trabalhoescrito
Guia trabalhoescrito
 
Aula metodologia trabalho acadêmico
Aula metodologia trabalho acadêmicoAula metodologia trabalho acadêmico
Aula metodologia trabalho acadêmico
 
Aula metodologia trabalho acadêmico
Aula metodologia trabalho acadêmicoAula metodologia trabalho acadêmico
Aula metodologia trabalho acadêmico
 
Pi 2 2012 aula 21 fevereiro instruções de projeto
Pi 2 2012 aula 21 fevereiro   instruções de projetoPi 2 2012 aula 21 fevereiro   instruções de projeto
Pi 2 2012 aula 21 fevereiro instruções de projeto
 
Artigos cientificos
Artigos cientificosArtigos cientificos
Artigos cientificos
 
MODELO-DE-ARTIGO-CIENTIFICO-2.doc
MODELO-DE-ARTIGO-CIENTIFICO-2.docMODELO-DE-ARTIGO-CIENTIFICO-2.doc
MODELO-DE-ARTIGO-CIENTIFICO-2.doc
 
MODELO DE ARTIGO CIENTIFICO DE TCC FAVENI
MODELO DE ARTIGO CIENTIFICO DE TCC FAVENIMODELO DE ARTIGO CIENTIFICO DE TCC FAVENI
MODELO DE ARTIGO CIENTIFICO DE TCC FAVENI
 
Modelo de Trabalhos Acadêmicos
Modelo de Trabalhos AcadêmicosModelo de Trabalhos Acadêmicos
Modelo de Trabalhos Acadêmicos
 
MODELO-DE-ARTIGO-CIENTIFICO RONI.doc
MODELO-DE-ARTIGO-CIENTIFICO RONI.docMODELO-DE-ARTIGO-CIENTIFICO RONI.doc
MODELO-DE-ARTIGO-CIENTIFICO RONI.doc
 
Redigir e apresentar_trabalhos
Redigir e apresentar_trabalhosRedigir e apresentar_trabalhos
Redigir e apresentar_trabalhos
 
Normas da ABNT
Normas da ABNTNormas da ABNT
Normas da ABNT
 
Normas Artigo Design
Normas Artigo DesignNormas Artigo Design
Normas Artigo Design
 
Como elaborar-um-artigo-modelo-2015
Como elaborar-um-artigo-modelo-2015Como elaborar-um-artigo-modelo-2015
Como elaborar-um-artigo-modelo-2015
 
Normas da ABNT
Normas da ABNTNormas da ABNT
Normas da ABNT
 
Projeto x modelo para a pesquisa bibliográfica
Projeto x   modelo para a pesquisa bibliográficaProjeto x   modelo para a pesquisa bibliográfica
Projeto x modelo para a pesquisa bibliográfica
 
Normas da ABNT
Normas da ABNTNormas da ABNT
Normas da ABNT
 
Modelo de trabalho escolar
Modelo de trabalho escolarModelo de trabalho escolar
Modelo de trabalho escolar
 
Metodologia abnt i_normas_gerais.
Metodologia abnt i_normas_gerais.Metodologia abnt i_normas_gerais.
Metodologia abnt i_normas_gerais.
 
Contruindo monografia
Contruindo monografiaContruindo monografia
Contruindo monografia
 

Pap regras-gerais-para-elaboracao-relatorios

  • 1. Modelo para a capa Escola Profissional de Fermil de Basto (Times 14 bold) NOME DO CURSO (Times 16 bold) TÍTULO DA PROVA DE APTIDÃO PROFISSIONAL (Times 26 bold) Subtítulo (se houver) NOME DO AUTOR (Times 14 bold) Molares, x de Junho de 1999 (Times 12)
  • 2. ESCOLA PROFISSIONAL DE FERMIL DE BASTO Regras Gerais para Elaboração de Relatórios Nota Introdutória Este regulamento pretende estabelecer alguns parâmetros a fim de que se registe uma paridade dos trabalhos em termos formais. É assim que se referem os requisitos a que devem obedecer a Capa, a Sub-Capa, o Texto, a Bibliografia e o Índice. I - CAPA A capa deverá ser composta de acordo com o modelo anexo, podendo ser impressa sobre papel A4 branco ou sobre papel A4 com uma prévia impressão esbatida de um motivo relacionado com o tema tratado. A capa constitui-se como o “rosto” do trabalho, pelo que deve conter o seguinte: - Nome da Escola no topo; - Nome do Curso; - Titulo do Trabalho; - Nome do Autor; - Mês e ano de conclusão. Facultativo: - Poderá conter uma fotografia ou imagem alusiva ao tema do trabalho; - A capa poderá ainda conter uma moldura a preto ou em cor e/ou ter um fundo sombreado. Nesta opção o sombreado deve assumir uma tonalidade muito leve. II - SUB-CAPA A Sub-Capa ou 2ª Capa deve estar separada da primeira por uma folha branca. A Sub-Capa deve ser de caracter simples, ou seja, não deve ter nenhuma moldura e/ou sombreado, assim como não deve ter nenhuma fotografia ou imagem. Para além de todas as inscrições da primeira capa, deve constar o nome do professor acompanhante e eventualmente um subtítulo. Assim: Nome da Escola no Topo; Nome do Curso; Título do Trabalho e/ou subtítulo; Nome do Professor Acompanhante; Nome do Autor; Mês e Ano de conclusão. Regras gerais para a elaboração de relatórios da Prova de Aptidão Profissional 2 ____________________________________________________________________________________
  • 3. ESCOLA PROFISSIONAL DE FERMIL DE BASTO III - AGRADECIMENTOS Trata-se de um espaço localizado depois da Sub-Capa onde se procedem aos agradecimentos de pessoas ou instituições/empresas que directamente ou indirectamente colaboraram na realização e concretização do trabalho. IV - RESUMO Entende-se por resumo a apresentação abreviada e precisa do conteúdo de um documento sem interpretação ou crítica e quando bem elaborado permite ao leitor a identificação rápida desse mesmo conteúdo a fim de decidir do interesse da leitura integral do documento. O resumo constitui-se como uma síntese de todo o trabalho, registado em poucas linhas (1/2 página ou 1 página). V - INDICE Um índice é uma lista pormenorizada de elementos identificadores do conteúdo de uma publicação, dispostos por determinada ordem e referenciados de maneira que permita a sua localização no texto. Na realização de um trabalho escrito, quando se opta pela inclusão de figuras, gráficos, quadros ou tabelas, estes devem ser intercalados no texto e referenciados por meio de numeração, e é necessário proceder à elaboração dos referidos índices ( Índice de quadros, índice de figuras, índice de gráficos, etc..) O índice pode assumir vários formatos, devendo ser apresentado, preferencialmente, no início do documento a seguir à folha do sumário. Neste sentido este item fica ao critério do autor do trabalho, podendo ser gerado automaticamente no Processador de Texto. VI – TEXTO Os textos, escritos de forma clara e sucinta, devem ser apresentados em folhas A4, num só lado, com uma margem esquerda não inferior a 4 cm, e uma mancha de referência de 20 cm x 14 cm, incluindo quadros, fotografias, referências de pé de página, etc.. Representa o núcleo ou corpo do trabalho. Contém o resultado definitivo da elaboração intelectual do autor. Divide-se em três partes essenciais que devem estar interligadas: - Introdução (fazer referência aos objectivos da PAP e ao plano ou projecto) - Desenvolvimento - Conclusão. O teor do discurso deve ser feito tendo em conta a especificidade do tema, apresentando um adequado encadeamento de ideias, a fim de que estas se tornem claras aquando da sua leitura. Regras gerais para a elaboração de relatórios da Prova de Aptidão Profissional 3 ____________________________________________________________________________________
  • 4. ESCOLA PROFISSIONAL DE FERMIL DE BASTO • O texto deve ser escrito com letra tamanho 12 e com espaçamento entre linhas de espaço e meio (1,5). Sugere-se como tipo de letra o Times New Roman. • Todas as palavras escritas em língua estrangeira devem ser apresentadas em itálico; • Sempre que se entenda necessário podem ser utilizadas ideias ou frases de outros autores, as quais devem ser devidamente referenciadas no texto e posteriormente na bibliografia. Existem vários tipos possíveis de citações pelo que em todas elas devem ser salvaguardas o autor da obra, o ano e a página de onde foi tirada a ideia ou frase(s). Neste documento sugerimos apenas dois tipos de citações que indicamos seguidamente Citação Directa - a frase ou frases deve(m) aparecer entre aspas e no fim deve ser colocado entre parênteses o nome do autor e respectiva página de onde foi tirada a citação. Ex: “.............” (Silva 1999, p. 18) Citação Indirecta por Parágrafo - o autor registará, por palavras suas, uma ideia que pertence a um determinado autor, devendo no fim desta indicar entre parênteses que está conforme (Cfr.) o autor X, página Y. Ex: (Cfr. Silva 1999, p. 18) VII - ANEXOS Compreendem diferentes instrumentos de trabalho utilizados. Englobam documentos cuja inclusão no trabalho se torna necessária para completar o texto (notas, quadros estatísticos, desenhos, gráficos, mapas e outros documentos). Os ANEXOS são designados por letras maiúsculas do alfabeto pela sua ordem. A palavra ANEXO seguida da letra correspondente deve ser colocada acima do título. A capa de cada anexo deverá ser paginada. VIII - BIBILIOGRAFIA e/ou REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS É uma secção, representada por uma lista de referências bibliográficas, segundo uma ordem específica, contendo os elementos descritivos dos documentos consultados de modo a permitir a sua identificação, e é colocada no fim do trabalho. Regista-se uma diferença na aplicação destes dois títulos: Bibliografia assume- se quando se registam todos os livros, os consultados, os lidos e os citados. Referências Bibliográficas incluem apenas os livros de onde foram retiradas citações. Existem várias formas de apresentação da Bibliografia. Sobressaem ainda algumas diferenças sobretudo quando se trata de um livro ou artigo, neste sentido sugere-se o seguinte: Bibliografia - Livros Nome(s) do(s) autor(es) em letras maiúsculas começando pelo apelido, o ano entre parênteses, título do livro a negrito, localidade e editora. Indicação das páginas ou página, Capítulo ou Volume de onde foi tirada a citação ou ideia. Ex: CROZIER, M., FRIEDEBERG, E. (1992), L’acteur et le systéme, Paris, Seuil, p. 120. Regras gerais para a elaboração de relatórios da Prova de Aptidão Profissional 4 ____________________________________________________________________________________
  • 5. ESCOLA PROFISSIONAL DE FERMIL DE BASTO Bibliografia - Artigos Quando se trata de um artigo deve ficar registado em destaque (a negrito) a obra de onde foi retirado; o título do artigo surge em primeiro lugar e entre aspas. O exemplo seguinte ilustra esta situação: Ex: VALA, J., (1993) “Representações Sociais - para uma psicologia social do pensamento social”, in J. Vala, B. Monteiro, 1993, Psicologia Social, Lisboa, FF. C. Gulbenkian, Cap. XIII, pp. 353 - 384. RECOMENDAÇÕES: 1 – Todas as páginas têm de ser numeradas; 2 – Cada trabalho não deverá exceder as 60 páginas, anexos não incluídos; 3 – Quadros e figuras: devem ser utilizados sempre que facilitem a compreensão do texto. A legenda deverá ser curta e concisa, e indicadas sempre as fontes de onde foram retiradas ou adaptadas; 4 – As fotografias: apenas de qualidade e consideradas indispensáveis para a compreensão do texto; 5 – Notas de pé de página: devem ser curtas e reduzidas ao mínimo, assinaladas sucessivamente por números e não por asterísticos; 6 – A apresentação oral do projecto não deverá ultrapassar os 45 minutos, aos quais se seguirá um período de discussão. Deverão ser usados meios audiovisuais na apresentação, para melhor acompanhamento da exposição por parte da assistência. Regras gerais para a elaboração de relatórios da Prova de Aptidão Profissional 5 ____________________________________________________________________________________
  • 6. ESCOLA PROFISSIONAL DE FERMIL DE BASTO Regras gerais para a elaboração de relatórios da Prova de Aptidão Profissional 6 ____________________________________________________________________________________