SlideShare uma empresa Scribd logo
“Não se impressione com seus sonhos! Isto poderia levá-
lo a extravagâncias ridículas. Viva acordado no bem, e os
sonhos serão belos e bons.”
Diário Espirita Bezerra de Menezes
Parte II - Cap VIII
DA EMANCIPAÇÃO DA
ALMA
Q.403
Dubai, 21-08-2016
Por Patrícia Farias
“É simplesmente a alma que se
desprende, que sai do corpo. Diz-se:
o sono é irmão da morte. Estas
palavras exprimem uma verdade
profunda. Seqüestrada na carne, no
estado de vigília, a alma recupera,
durante o sono, a sua liberdade
relativa, temporária, ao mesmo tempo
em que o uso dos seus poderes
ocultos. A morte será a sua libertação
completa, definitiva.” - Léon Denis, O
Problema do Ser do Destino e da Dor
O SONO E OS SONHOS
O SONO E OS SONHOS
Já nos sonhos, vemos os sentidos
da alma, esses sentidos psíquicos,
de que os do corpo são a
manifestação externa e
amortecida, entrar em ação.
À medida que as percepções
externas se enfraquecem e
apagam, quando os olhos estão
fechados e suspenso o ouvido,
outros meios mais poderosos
despertam nas profundezas do ser.
Vemos e ouvimos com os sentidos
internos. Imagens, formas, cenas à
distância sucedem-se e
desenrolam-se; travam-se
“Em o que chamas sono, só há o repouso do corpo, visto que o
Espírito está constantemente em atividade. Recobra, durante o
sono, um pouco da sua liberdade e se corresponde com os que
lhe são caros, quer neste mundo, quer em outros. Mas, como é
pesada e grosseira a matéria que compõe, o corpo dificilmente
conserva as impressões que o Espírito recebeu, porque a este
não chegaram por intermédio dos órgãos corporais.”
403. Por que não nos lembramos sempre dos
sonhos?
O sono e os sonhos
Alma
LE - Q. 134 e 135
(…) a alma, sede da consciência, fica ligada ao
seu invólucro sutil, enquanto o corpo material está
deitado e em completa inércia.
(…)Quanto mais a alma se afasta do corpo e
penetra nas regiões etéreas, tanto mais fraco é o
laço que os une, tanto mais vaga a lembrança ao
acordar. A alma paira muito longe na imensidade
e o cérebro deixa de registrar as suas sensações.
Dai resulta não podermos analisar os nossos
mais belos sonhos. Algumas vezes, a última das
impressões sentidas no decurso dessas
peregrinações noturnas subsiste ao despertar.
O sono e os sonhos
Pág. 74 e 75
"Antes de dormir, cumpre sejam fixadas as ideias
agradáveis e positivas, visualizando aquilo com
que se deseja sonhar, certamente para tirar
proveito útil no processo cultural, intelectual,
moral e espiritual".
Por Joanna de Ângelis. "Autodescobrimento - Uma Busca
Interior".
Divaldo Pereira Franco.
O sono e os sonhos
INTRODUÇÃO
Podem dividir-se em cinco partes as matérias contidas nos
Evangelhos:
1. os atos comuns da vida do Cristo;
2. os milagres;
3. as predições;
4. as palavras que foram tomadas pela Igreja para fundamento de
seus dogmas; e
5. o ensino moral.
As quatro primeiras têm sido objeto de controvérsias; a última,
porém, conservou-se constantemente inatacável. Diante desse
código divino, a própria incredulidade se curva. É terreno onde
todos os cultos podem reunir-se, estandarte sob o qual podem
todos colocar-se, quaisquer que sejam suas crenças,
porquanto jamais ele constituiu matéria das disputas religiosas,
que sempre e por toda a parte se originaram das questões
dogmáticas. (…)
I - OBJETIVO DESTA OBRA
I - OBJETIVO DESTA OBRA
Falar de Jesus Cristo é falar de amor, é falar
de luz, da luz divina que banha nosso planeta.
Parafraseando o apóstolo Paulo em sua carta
aos irmão coríntios -
“ainda quando eu falasse todas as línguas
dos homens e a língua dos próprios anjos,
se eu não tiver caridade, serei como o
bronze que soa e um címbalo que retine” -
,
diremos: se buscarmos o Cristo, nosso
venerando irmão, e não trouxermos amor no
coração, verdadeiramente, não conseguiremos
interiorizar Suas belas mensagens de bem
viver.
Irmã Scheilla
Dubai, 14-08-2016
Por Patrícia Farias
http://www.livestream.com
http://www.espacodespertar.blogspot.com
A Paz do Cristo!
Acompanhe as reuniões em:

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Prefacio - No Mundo Maior
Prefacio - No Mundo MaiorPrefacio - No Mundo Maior
Prefacio - No Mundo Maior
Patricia Farias
 
Livro dos Espíritos 473 ESE cap3 item16
Livro dos Espíritos 473 ESE cap3 item16Livro dos Espíritos 473 ESE cap3 item16
Livro dos Espíritos 473 ESE cap3 item16
Patricia Farias
 
Livro dos Espíritos Q456 ESE cap 3 item3
Livro dos Espíritos Q456 ESE cap 3 item3Livro dos Espíritos Q456 ESE cap 3 item3
Livro dos Espíritos Q456 ESE cap 3 item3
Patricia Farias
 
Livro dos Espíritos Q607 e ESE Cap5 item20
Livro dos Espíritos Q607 e ESE Cap5 item20Livro dos Espíritos Q607 e ESE Cap5 item20
Livro dos Espíritos Q607 e ESE Cap5 item20
Patricia Farias
 
Livro dos Espíritos 481 e ESE cap 4 item1
Livro dos Espíritos 481 e ESE cap 4 item1Livro dos Espíritos 481 e ESE cap 4 item1
Livro dos Espíritos 481 e ESE cap 4 item1
Patricia Farias
 
Livro dos Espiritos Q.428 ESE Cap. 2 item 5
Livro dos Espiritos Q.428 ESE Cap. 2 item 5Livro dos Espiritos Q.428 ESE Cap. 2 item 5
Livro dos Espiritos Q.428 ESE Cap. 2 item 5
Patricia Farias
 
Livro dos Espíritos Q.381 ESE cap.28 item 57
Livro dos Espíritos Q.381 ESE cap.28 item 57Livro dos Espíritos Q.381 ESE cap.28 item 57
Livro dos Espíritos Q.381 ESE cap.28 item 57
Patricia Farias
 
Palestra Espírita - Horizontes da mente
Palestra Espírita - Horizontes da mentePalestra Espírita - Horizontes da mente
Palestra Espírita - Horizontes da mente
Divulgador do Espiritismo
 
Livro dos Espíritos 456 ESE cap 3 - item3
Livro dos Espíritos 456 ESE cap 3 - item3Livro dos Espíritos 456 ESE cap 3 - item3
Livro dos Espíritos 456 ESE cap 3 - item3
Patricia Farias
 
Livro dos Espiritos Q.447a452 ESE cap3
Livro dos Espiritos Q.447a452 ESE cap3Livro dos Espiritos Q.447a452 ESE cap3
Livro dos Espiritos Q.447a452 ESE cap3
Patricia Farias
 
O pensamento saneia ou vicia o ambiente
O pensamento saneia ou vicia o ambienteO pensamento saneia ou vicia o ambiente
O pensamento saneia ou vicia o ambiente
Graça Maciel
 
Livro dos Espíritos Q. 386 ESE cap.28 item 64
Livro dos Espíritos Q. 386 ESE cap.28 item 64Livro dos Espíritos Q. 386 ESE cap.28 item 64
Livro dos Espíritos Q. 386 ESE cap.28 item 64
Patricia Farias
 
Ano Novo 2017
Ano Novo 2017Ano Novo 2017
Ano Novo 2017
Patricia Farias
 
Entre a Terra e o Céu - cap 1
Entre a Terra e o Céu - cap 1Entre a Terra e o Céu - cap 1
Entre a Terra e o Céu - cap 1
Patricia Farias
 
LE Q.614 a 618 e ESE cap.5 item22
LE Q.614 a 618 e ESE cap.5 item22LE Q.614 a 618 e ESE cap.5 item22
LE Q.614 a 618 e ESE cap.5 item22
Patricia Farias
 
Pensamento
PensamentoPensamento
Pensamento
Fórum Espírita
 
Pascoa 2017
Pascoa 2017Pascoa 2017
Pascoa 2017
Patricia Farias
 
Livro dos Espiritos Q619 e ESE cap5 item23
Livro dos Espiritos Q619 e ESE cap5 item23Livro dos Espiritos Q619 e ESE cap5 item23
Livro dos Espiritos Q619 e ESE cap5 item23
Patricia Farias
 
Livro dos espiritos Q.459 e ESE cap3 item6
Livro dos espiritos Q.459 e ESE cap3 item6Livro dos espiritos Q.459 e ESE cap3 item6
Livro dos espiritos Q.459 e ESE cap3 item6
Patricia Farias
 
Livro dos Espíritos Q 313 e 314 - ESE cap 27
Livro dos Espíritos Q 313 e 314 - ESE cap 27Livro dos Espíritos Q 313 e 314 - ESE cap 27
Livro dos Espíritos Q 313 e 314 - ESE cap 27
Patricia Farias
 

Mais procurados (20)

Prefacio - No Mundo Maior
Prefacio - No Mundo MaiorPrefacio - No Mundo Maior
Prefacio - No Mundo Maior
 
Livro dos Espíritos 473 ESE cap3 item16
Livro dos Espíritos 473 ESE cap3 item16Livro dos Espíritos 473 ESE cap3 item16
Livro dos Espíritos 473 ESE cap3 item16
 
Livro dos Espíritos Q456 ESE cap 3 item3
Livro dos Espíritos Q456 ESE cap 3 item3Livro dos Espíritos Q456 ESE cap 3 item3
Livro dos Espíritos Q456 ESE cap 3 item3
 
Livro dos Espíritos Q607 e ESE Cap5 item20
Livro dos Espíritos Q607 e ESE Cap5 item20Livro dos Espíritos Q607 e ESE Cap5 item20
Livro dos Espíritos Q607 e ESE Cap5 item20
 
Livro dos Espíritos 481 e ESE cap 4 item1
Livro dos Espíritos 481 e ESE cap 4 item1Livro dos Espíritos 481 e ESE cap 4 item1
Livro dos Espíritos 481 e ESE cap 4 item1
 
Livro dos Espiritos Q.428 ESE Cap. 2 item 5
Livro dos Espiritos Q.428 ESE Cap. 2 item 5Livro dos Espiritos Q.428 ESE Cap. 2 item 5
Livro dos Espiritos Q.428 ESE Cap. 2 item 5
 
Livro dos Espíritos Q.381 ESE cap.28 item 57
Livro dos Espíritos Q.381 ESE cap.28 item 57Livro dos Espíritos Q.381 ESE cap.28 item 57
Livro dos Espíritos Q.381 ESE cap.28 item 57
 
Palestra Espírita - Horizontes da mente
Palestra Espírita - Horizontes da mentePalestra Espírita - Horizontes da mente
Palestra Espírita - Horizontes da mente
 
Livro dos Espíritos 456 ESE cap 3 - item3
Livro dos Espíritos 456 ESE cap 3 - item3Livro dos Espíritos 456 ESE cap 3 - item3
Livro dos Espíritos 456 ESE cap 3 - item3
 
Livro dos Espiritos Q.447a452 ESE cap3
Livro dos Espiritos Q.447a452 ESE cap3Livro dos Espiritos Q.447a452 ESE cap3
Livro dos Espiritos Q.447a452 ESE cap3
 
O pensamento saneia ou vicia o ambiente
O pensamento saneia ou vicia o ambienteO pensamento saneia ou vicia o ambiente
O pensamento saneia ou vicia o ambiente
 
Livro dos Espíritos Q. 386 ESE cap.28 item 64
Livro dos Espíritos Q. 386 ESE cap.28 item 64Livro dos Espíritos Q. 386 ESE cap.28 item 64
Livro dos Espíritos Q. 386 ESE cap.28 item 64
 
Ano Novo 2017
Ano Novo 2017Ano Novo 2017
Ano Novo 2017
 
Entre a Terra e o Céu - cap 1
Entre a Terra e o Céu - cap 1Entre a Terra e o Céu - cap 1
Entre a Terra e o Céu - cap 1
 
LE Q.614 a 618 e ESE cap.5 item22
LE Q.614 a 618 e ESE cap.5 item22LE Q.614 a 618 e ESE cap.5 item22
LE Q.614 a 618 e ESE cap.5 item22
 
Pensamento
PensamentoPensamento
Pensamento
 
Pascoa 2017
Pascoa 2017Pascoa 2017
Pascoa 2017
 
Livro dos Espiritos Q619 e ESE cap5 item23
Livro dos Espiritos Q619 e ESE cap5 item23Livro dos Espiritos Q619 e ESE cap5 item23
Livro dos Espiritos Q619 e ESE cap5 item23
 
Livro dos espiritos Q.459 e ESE cap3 item6
Livro dos espiritos Q.459 e ESE cap3 item6Livro dos espiritos Q.459 e ESE cap3 item6
Livro dos espiritos Q.459 e ESE cap3 item6
 
Livro dos Espíritos Q 313 e 314 - ESE cap 27
Livro dos Espíritos Q 313 e 314 - ESE cap 27Livro dos Espíritos Q 313 e 314 - ESE cap 27
Livro dos Espíritos Q 313 e 314 - ESE cap 27
 

Destaque

Livro dos Espíritos - Q.392 ESE cap.28 item71
Livro dos Espíritos - Q.392 ESE cap.28 item71Livro dos Espíritos - Q.392 ESE cap.28 item71
Livro dos Espíritos - Q.392 ESE cap.28 item71
Patricia Farias
 
Livro dos Espíritos 389 ESE cap.28 item 69
Livro dos Espíritos 389 ESE cap.28 item 69Livro dos Espíritos 389 ESE cap.28 item 69
Livro dos Espíritos 389 ESE cap.28 item 69
Patricia Farias
 
LE 475 e ESE cap3 item19
LE 475 e ESE cap3 item19LE 475 e ESE cap3 item19
LE 475 e ESE cap3 item19
Patricia Farias
 
Livro dos Espiritos Q.384 e Comemoracao dia das maes
Livro dos Espiritos Q.384 e Comemoracao dia das maesLivro dos Espiritos Q.384 e Comemoracao dia das maes
Livro dos Espiritos Q.384 e Comemoracao dia das maes
Patricia Farias
 
Livro dos Espiritos Q406 e ESE Introdução_III
Livro dos Espiritos Q406 e ESE Introdução_IIILivro dos Espiritos Q406 e ESE Introdução_III
Livro dos Espiritos Q406 e ESE Introdução_III
Patricia Farias
 
Livro dos Espíritos Q.382 ESE cap. 28 item 59
Livro dos Espíritos Q.382 ESE cap. 28 item 59Livro dos Espíritos Q.382 ESE cap. 28 item 59
Livro dos Espíritos Q.382 ESE cap. 28 item 59
Patricia Farias
 
Livro dos Espíritos Q. 385 ESE cap. 28 item 62
Livro dos Espíritos Q. 385 ESE cap. 28 item 62Livro dos Espíritos Q. 385 ESE cap. 28 item 62
Livro dos Espíritos Q. 385 ESE cap. 28 item 62
Patricia Farias
 
Amor Incondicional
Amor Incondicional Amor Incondicional
Amor Incondicional
Patricia Farias
 
Livro dos Espiritos Q241 ESE - Cap18
Livro dos Espiritos Q241 ESE - Cap18Livro dos Espiritos Q241 ESE - Cap18
Livro dos Espiritos Q241 ESE - Cap18
Patricia Farias
 
Dicionário de jesus e dos evangelhos
Dicionário de jesus e dos evangelhosDicionário de jesus e dos evangelhos
Dicionário de jesus e dos evangelhos
Abdias Barreto
 
O Evangelho por José Damasceno Sobral Vol 2
O Evangelho por José Damasceno Sobral  Vol 2O Evangelho por José Damasceno Sobral  Vol 2
O Evangelho por José Damasceno Sobral Vol 2
Cláudio Fajardo
 
O Evangelho por José Damasceno Sobral Vol 1
O Evangelho por José Damasceno Sobral  Vol 1O Evangelho por José Damasceno Sobral  Vol 1
O Evangelho por José Damasceno Sobral Vol 1
Cláudio Fajardo
 
Introdução ao estudo do evangelho
Introdução ao estudo do evangelhoIntrodução ao estudo do evangelho
Introdução ao estudo do evangelho
Cláudio Fajardo
 
Livro dos Espíritos Q.425 e ESE cap 2 item 2
Livro dos Espíritos Q.425 e ESE cap 2 item 2Livro dos Espíritos Q.425 e ESE cap 2 item 2
Livro dos Espíritos Q.425 e ESE cap 2 item 2
Patricia Farias
 
Livro dos Espíritos Cap.426 e ESE cap2 item4
Livro dos Espíritos Cap.426 e ESE cap2 item4Livro dos Espíritos Cap.426 e ESE cap2 item4
Livro dos Espíritos Cap.426 e ESE cap2 item4
Patricia Farias
 
Natal 2016
Natal 2016Natal 2016
Natal 2016
Patricia Farias
 
Livro dos Espíritos Q422 ESE cap1item11
Livro dos Espíritos Q422 ESE cap1item11Livro dos Espíritos Q422 ESE cap1item11
Livro dos Espíritos Q422 ESE cap1item11
Patricia Farias
 
Livro dos Espíritos Cap. 420 - ESE cap1item9
Livro dos Espíritos Cap. 420 - ESE cap1item9Livro dos Espíritos Cap. 420 - ESE cap1item9
Livro dos Espíritos Cap. 420 - ESE cap1item9
Patricia Farias
 
A verdade sobre a ceia
A verdade sobre a ceiaA verdade sobre a ceia
A verdade sobre a ceia
Maximiliano Rangel
 
Livro dos espíritos Q423 e 424 ESE cap II / item1
Livro dos espíritos Q423 e 424 ESE cap II / item1Livro dos espíritos Q423 e 424 ESE cap II / item1
Livro dos espíritos Q423 e 424 ESE cap II / item1
Patricia Farias
 

Destaque (20)

Livro dos Espíritos - Q.392 ESE cap.28 item71
Livro dos Espíritos - Q.392 ESE cap.28 item71Livro dos Espíritos - Q.392 ESE cap.28 item71
Livro dos Espíritos - Q.392 ESE cap.28 item71
 
Livro dos Espíritos 389 ESE cap.28 item 69
Livro dos Espíritos 389 ESE cap.28 item 69Livro dos Espíritos 389 ESE cap.28 item 69
Livro dos Espíritos 389 ESE cap.28 item 69
 
LE 475 e ESE cap3 item19
LE 475 e ESE cap3 item19LE 475 e ESE cap3 item19
LE 475 e ESE cap3 item19
 
Livro dos Espiritos Q.384 e Comemoracao dia das maes
Livro dos Espiritos Q.384 e Comemoracao dia das maesLivro dos Espiritos Q.384 e Comemoracao dia das maes
Livro dos Espiritos Q.384 e Comemoracao dia das maes
 
Livro dos Espiritos Q406 e ESE Introdução_III
Livro dos Espiritos Q406 e ESE Introdução_IIILivro dos Espiritos Q406 e ESE Introdução_III
Livro dos Espiritos Q406 e ESE Introdução_III
 
Livro dos Espíritos Q.382 ESE cap. 28 item 59
Livro dos Espíritos Q.382 ESE cap. 28 item 59Livro dos Espíritos Q.382 ESE cap. 28 item 59
Livro dos Espíritos Q.382 ESE cap. 28 item 59
 
Livro dos Espíritos Q. 385 ESE cap. 28 item 62
Livro dos Espíritos Q. 385 ESE cap. 28 item 62Livro dos Espíritos Q. 385 ESE cap. 28 item 62
Livro dos Espíritos Q. 385 ESE cap. 28 item 62
 
Amor Incondicional
Amor Incondicional Amor Incondicional
Amor Incondicional
 
Livro dos Espiritos Q241 ESE - Cap18
Livro dos Espiritos Q241 ESE - Cap18Livro dos Espiritos Q241 ESE - Cap18
Livro dos Espiritos Q241 ESE - Cap18
 
Dicionário de jesus e dos evangelhos
Dicionário de jesus e dos evangelhosDicionário de jesus e dos evangelhos
Dicionário de jesus e dos evangelhos
 
O Evangelho por José Damasceno Sobral Vol 2
O Evangelho por José Damasceno Sobral  Vol 2O Evangelho por José Damasceno Sobral  Vol 2
O Evangelho por José Damasceno Sobral Vol 2
 
O Evangelho por José Damasceno Sobral Vol 1
O Evangelho por José Damasceno Sobral  Vol 1O Evangelho por José Damasceno Sobral  Vol 1
O Evangelho por José Damasceno Sobral Vol 1
 
Introdução ao estudo do evangelho
Introdução ao estudo do evangelhoIntrodução ao estudo do evangelho
Introdução ao estudo do evangelho
 
Livro dos Espíritos Q.425 e ESE cap 2 item 2
Livro dos Espíritos Q.425 e ESE cap 2 item 2Livro dos Espíritos Q.425 e ESE cap 2 item 2
Livro dos Espíritos Q.425 e ESE cap 2 item 2
 
Livro dos Espíritos Cap.426 e ESE cap2 item4
Livro dos Espíritos Cap.426 e ESE cap2 item4Livro dos Espíritos Cap.426 e ESE cap2 item4
Livro dos Espíritos Cap.426 e ESE cap2 item4
 
Natal 2016
Natal 2016Natal 2016
Natal 2016
 
Livro dos Espíritos Q422 ESE cap1item11
Livro dos Espíritos Q422 ESE cap1item11Livro dos Espíritos Q422 ESE cap1item11
Livro dos Espíritos Q422 ESE cap1item11
 
Livro dos Espíritos Cap. 420 - ESE cap1item9
Livro dos Espíritos Cap. 420 - ESE cap1item9Livro dos Espíritos Cap. 420 - ESE cap1item9
Livro dos Espíritos Cap. 420 - ESE cap1item9
 
A verdade sobre a ceia
A verdade sobre a ceiaA verdade sobre a ceia
A verdade sobre a ceia
 
Livro dos espíritos Q423 e 424 ESE cap II / item1
Livro dos espíritos Q423 e 424 ESE cap II / item1Livro dos espíritos Q423 e 424 ESE cap II / item1
Livro dos espíritos Q423 e 424 ESE cap II / item1
 

Semelhante a Livro dos Espiritos 403 e Introducao do ESE

Sonhos na visão espírita
Sonhos na visão espíritaSonhos na visão espírita
Sonhos na visão espírita
Eduardo Ottonelli Pithan
 
081029 le–livro ii-cap.8–o sono e os sonhos
081029 le–livro ii-cap.8–o sono e os sonhos081029 le–livro ii-cap.8–o sono e os sonhos
081029 le–livro ii-cap.8–o sono e os sonhos
Carlos Alberto Freire De Souza
 
Evangeliza - Sono e Sonhos
Evangeliza - Sono e SonhosEvangeliza - Sono e Sonhos
Evangeliza - Sono e Sonhos
Antonino Silva
 
Capitulo VIII - Emancipacao da alma
Capitulo VIII - Emancipacao da almaCapitulo VIII - Emancipacao da alma
Capitulo VIII - Emancipacao da alma
Marta Gomes
 
Estados da emancipação da alma parte 1 (elio mollo)
Estados da emancipação da alma   parte 1 (elio mollo)Estados da emancipação da alma   parte 1 (elio mollo)
Estados da emancipação da alma parte 1 (elio mollo)
Maria Salete da Cunha
 
Estados da emancipação da alma parte 1 (elio mollo)
Estados da emancipação da alma   parte 1 (elio mollo)Estados da emancipação da alma   parte 1 (elio mollo)
Estados da emancipação da alma parte 1 (elio mollo)
Maria Salete da Cunha
 
1 5. sono, sonambulismo, êxtase e dupla vista claudio c. conti
1 5. sono, sonambulismo, êxtase e dupla vista claudio c. conti1 5. sono, sonambulismo, êxtase e dupla vista claudio c. conti
1 5. sono, sonambulismo, êxtase e dupla vista claudio c. conti
Silvio Figueirôa
 
9 ciclo-iii-fenomenos de-emancipacao_da_alma
9 ciclo-iii-fenomenos de-emancipacao_da_alma9 ciclo-iii-fenomenos de-emancipacao_da_alma
9 ciclo-iii-fenomenos de-emancipacao_da_alma
Carlos Alberto Freire De Souza
 
Paletras - Sonhos, mensagens da alma ...
Paletras - Sonhos, mensagens da alma ...Paletras - Sonhos, mensagens da alma ...
Paletras - Sonhos, mensagens da alma ...
dariosr40
 
O sono e os sonhos
O sono e os sonhosO sono e os sonhos
O sono e os sonhos
Shantappa Jewur
 
O sono e os sonhos
O sono e os sonhosO sono e os sonhos
O sono e os sonhos
Shantappa Jewur
 
07 sono e sonhos
07   sono e sonhos07   sono e sonhos
07 sono e sonhos
jcevadro
 
Visaoespiritasonosonhos
VisaoespiritasonosonhosVisaoespiritasonosonhos
Visaoespiritasonosonhos
Neusa Lustosa
 
Mocidade Espírita Chico Xavier - Sono e Sonhos
Mocidade Espírita Chico Xavier - Sono e SonhosMocidade Espírita Chico Xavier - Sono e Sonhos
Mocidade Espírita Chico Xavier - Sono e Sonhos
Sergio Lima Dias Junior
 
O SONO E OS SONHOS
O SONO E OS SONHOSO SONO E OS SONHOS
O SONO E OS SONHOS
Isnande Mota Barros
 
081105 le–livro ii-cap.8–o sono e os sonhos-cont
081105 le–livro ii-cap.8–o sono e os sonhos-cont081105 le–livro ii-cap.8–o sono e os sonhos-cont
081105 le–livro ii-cap.8–o sono e os sonhos-cont
Carlos Alberto Freire De Souza
 
Sono e sonhos
Sono e sonhosSono e sonhos
Sono e sonhos
Victor Passos
 
Exposicao interpretacao dos sonhos
Exposicao   interpretacao dos sonhosExposicao   interpretacao dos sonhos
Exposicao interpretacao dos sonhos
caminhodaluz41
 
A região do Umbral
A região do UmbralA região do Umbral
A região do Umbral
Eduardo Henrique Marçal
 
Estudo do livro Roteiro lição 6
Estudo do livro Roteiro lição 6Estudo do livro Roteiro lição 6
Estudo do livro Roteiro lição 6
Candice Gunther
 

Semelhante a Livro dos Espiritos 403 e Introducao do ESE (20)

Sonhos na visão espírita
Sonhos na visão espíritaSonhos na visão espírita
Sonhos na visão espírita
 
081029 le–livro ii-cap.8–o sono e os sonhos
081029 le–livro ii-cap.8–o sono e os sonhos081029 le–livro ii-cap.8–o sono e os sonhos
081029 le–livro ii-cap.8–o sono e os sonhos
 
Evangeliza - Sono e Sonhos
Evangeliza - Sono e SonhosEvangeliza - Sono e Sonhos
Evangeliza - Sono e Sonhos
 
Capitulo VIII - Emancipacao da alma
Capitulo VIII - Emancipacao da almaCapitulo VIII - Emancipacao da alma
Capitulo VIII - Emancipacao da alma
 
Estados da emancipação da alma parte 1 (elio mollo)
Estados da emancipação da alma   parte 1 (elio mollo)Estados da emancipação da alma   parte 1 (elio mollo)
Estados da emancipação da alma parte 1 (elio mollo)
 
Estados da emancipação da alma parte 1 (elio mollo)
Estados da emancipação da alma   parte 1 (elio mollo)Estados da emancipação da alma   parte 1 (elio mollo)
Estados da emancipação da alma parte 1 (elio mollo)
 
1 5. sono, sonambulismo, êxtase e dupla vista claudio c. conti
1 5. sono, sonambulismo, êxtase e dupla vista claudio c. conti1 5. sono, sonambulismo, êxtase e dupla vista claudio c. conti
1 5. sono, sonambulismo, êxtase e dupla vista claudio c. conti
 
9 ciclo-iii-fenomenos de-emancipacao_da_alma
9 ciclo-iii-fenomenos de-emancipacao_da_alma9 ciclo-iii-fenomenos de-emancipacao_da_alma
9 ciclo-iii-fenomenos de-emancipacao_da_alma
 
Paletras - Sonhos, mensagens da alma ...
Paletras - Sonhos, mensagens da alma ...Paletras - Sonhos, mensagens da alma ...
Paletras - Sonhos, mensagens da alma ...
 
O sono e os sonhos
O sono e os sonhosO sono e os sonhos
O sono e os sonhos
 
O sono e os sonhos
O sono e os sonhosO sono e os sonhos
O sono e os sonhos
 
07 sono e sonhos
07   sono e sonhos07   sono e sonhos
07 sono e sonhos
 
Visaoespiritasonosonhos
VisaoespiritasonosonhosVisaoespiritasonosonhos
Visaoespiritasonosonhos
 
Mocidade Espírita Chico Xavier - Sono e Sonhos
Mocidade Espírita Chico Xavier - Sono e SonhosMocidade Espírita Chico Xavier - Sono e Sonhos
Mocidade Espírita Chico Xavier - Sono e Sonhos
 
O SONO E OS SONHOS
O SONO E OS SONHOSO SONO E OS SONHOS
O SONO E OS SONHOS
 
081105 le–livro ii-cap.8–o sono e os sonhos-cont
081105 le–livro ii-cap.8–o sono e os sonhos-cont081105 le–livro ii-cap.8–o sono e os sonhos-cont
081105 le–livro ii-cap.8–o sono e os sonhos-cont
 
Sono e sonhos
Sono e sonhosSono e sonhos
Sono e sonhos
 
Exposicao interpretacao dos sonhos
Exposicao   interpretacao dos sonhosExposicao   interpretacao dos sonhos
Exposicao interpretacao dos sonhos
 
A região do Umbral
A região do UmbralA região do Umbral
A região do Umbral
 
Estudo do livro Roteiro lição 6
Estudo do livro Roteiro lição 6Estudo do livro Roteiro lição 6
Estudo do livro Roteiro lição 6
 

Mais de Patricia Farias

evangelho_cap16_item8.pptx
evangelho_cap16_item8.pptxevangelho_cap16_item8.pptx
evangelho_cap16_item8.pptx
Patricia Farias
 
evangelho_cap16_item7.pptx
evangelho_cap16_item7.pptxevangelho_cap16_item7.pptx
evangelho_cap16_item7.pptx
Patricia Farias
 
evangelho_cap16_item4_parte3.pptx
evangelho_cap16_item4_parte3.pptxevangelho_cap16_item4_parte3.pptx
evangelho_cap16_item4_parte3.pptx
Patricia Farias
 
evangelho_cap16_item4_parte2.pptx
evangelho_cap16_item4_parte2.pptxevangelho_cap16_item4_parte2.pptx
evangelho_cap16_item4_parte2.pptx
Patricia Farias
 
evangelho_cap16_item4.pptx
evangelho_cap16_item4.pptxevangelho_cap16_item4.pptx
evangelho_cap16_item4.pptx
Patricia Farias
 
evangelho_cap16_item1.pptx
evangelho_cap16_item1.pptxevangelho_cap16_item1.pptx
evangelho_cap16_item1.pptx
Patricia Farias
 
evangelho_cap15_item4.pptx
evangelho_cap15_item4.pptxevangelho_cap15_item4.pptx
evangelho_cap15_item4.pptx
Patricia Farias
 
evangelho_cap15_item1.pptx
evangelho_cap15_item1.pptxevangelho_cap15_item1.pptx
evangelho_cap15_item1.pptx
Patricia Farias
 
Evangelho cap14 item1
Evangelho cap14 item1Evangelho cap14 item1
Evangelho cap14 item1
Patricia Farias
 
Evangelho cap14 item7
Evangelho cap14 item7Evangelho cap14 item7
Evangelho cap14 item7
Patricia Farias
 
Evangelho Cap14 item9
Evangelho Cap14 item9 Evangelho Cap14 item9
Evangelho Cap14 item9
Patricia Farias
 
Evangelho Cap13 item 5 - O Obulo da Viuva
Evangelho Cap13 item 5 - O Obulo da ViuvaEvangelho Cap13 item 5 - O Obulo da Viuva
Evangelho Cap13 item 5 - O Obulo da Viuva
Patricia Farias
 
CAPÍTULO XIII NÃO SAIBA A VOSSA MÃO ESQUERDA O QUE DÊ A VOSSA MÃO DIREITA -...
CAPÍTULO XIII   NÃO SAIBA A VOSSA MÃO ESQUERDA O QUE DÊ A VOSSA MÃO DIREITA -...CAPÍTULO XIII   NÃO SAIBA A VOSSA MÃO ESQUERDA O QUE DÊ A VOSSA MÃO DIREITA -...
CAPÍTULO XIII NÃO SAIBA A VOSSA MÃO ESQUERDA O QUE DÊ A VOSSA MÃO DIREITA -...
Patricia Farias
 
CAPÍTULO XIII NÃO SAIBA A VOSSA MÃO ESQUERDA O QUE DÊ A VOSSA MÃO DIREITA -...
CAPÍTULO XIII   NÃO SAIBA A VOSSA MÃO ESQUERDA O QUE DÊ A VOSSA MÃO DIREITA -...CAPÍTULO XIII   NÃO SAIBA A VOSSA MÃO ESQUERDA O QUE DÊ A VOSSA MÃO DIREITA -...
CAPÍTULO XIII NÃO SAIBA A VOSSA MÃO ESQUERDA O QUE DÊ A VOSSA MÃO DIREITA -...
Patricia Farias
 
CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 9
CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 9CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 9
CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 9
Patricia Farias
 
CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 7
CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 7CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 7
CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 7
Patricia Farias
 
CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 5
CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 5CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 5
CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 5
Patricia Farias
 
Evangelho cap12 item1
Evangelho cap12 item1Evangelho cap12 item1
Evangelho cap12 item1
Patricia Farias
 
Evangelho cap11 item13
Evangelho cap11 item13Evangelho cap11 item13
Evangelho cap11 item13
Patricia Farias
 
Evangelho cap11 item11
Evangelho cap11 item11Evangelho cap11 item11
Evangelho cap11 item11
Patricia Farias
 

Mais de Patricia Farias (20)

evangelho_cap16_item8.pptx
evangelho_cap16_item8.pptxevangelho_cap16_item8.pptx
evangelho_cap16_item8.pptx
 
evangelho_cap16_item7.pptx
evangelho_cap16_item7.pptxevangelho_cap16_item7.pptx
evangelho_cap16_item7.pptx
 
evangelho_cap16_item4_parte3.pptx
evangelho_cap16_item4_parte3.pptxevangelho_cap16_item4_parte3.pptx
evangelho_cap16_item4_parte3.pptx
 
evangelho_cap16_item4_parte2.pptx
evangelho_cap16_item4_parte2.pptxevangelho_cap16_item4_parte2.pptx
evangelho_cap16_item4_parte2.pptx
 
evangelho_cap16_item4.pptx
evangelho_cap16_item4.pptxevangelho_cap16_item4.pptx
evangelho_cap16_item4.pptx
 
evangelho_cap16_item1.pptx
evangelho_cap16_item1.pptxevangelho_cap16_item1.pptx
evangelho_cap16_item1.pptx
 
evangelho_cap15_item4.pptx
evangelho_cap15_item4.pptxevangelho_cap15_item4.pptx
evangelho_cap15_item4.pptx
 
evangelho_cap15_item1.pptx
evangelho_cap15_item1.pptxevangelho_cap15_item1.pptx
evangelho_cap15_item1.pptx
 
Evangelho cap14 item1
Evangelho cap14 item1Evangelho cap14 item1
Evangelho cap14 item1
 
Evangelho cap14 item7
Evangelho cap14 item7Evangelho cap14 item7
Evangelho cap14 item7
 
Evangelho Cap14 item9
Evangelho Cap14 item9 Evangelho Cap14 item9
Evangelho Cap14 item9
 
Evangelho Cap13 item 5 - O Obulo da Viuva
Evangelho Cap13 item 5 - O Obulo da ViuvaEvangelho Cap13 item 5 - O Obulo da Viuva
Evangelho Cap13 item 5 - O Obulo da Viuva
 
CAPÍTULO XIII NÃO SAIBA A VOSSA MÃO ESQUERDA O QUE DÊ A VOSSA MÃO DIREITA -...
CAPÍTULO XIII   NÃO SAIBA A VOSSA MÃO ESQUERDA O QUE DÊ A VOSSA MÃO DIREITA -...CAPÍTULO XIII   NÃO SAIBA A VOSSA MÃO ESQUERDA O QUE DÊ A VOSSA MÃO DIREITA -...
CAPÍTULO XIII NÃO SAIBA A VOSSA MÃO ESQUERDA O QUE DÊ A VOSSA MÃO DIREITA -...
 
CAPÍTULO XIII NÃO SAIBA A VOSSA MÃO ESQUERDA O QUE DÊ A VOSSA MÃO DIREITA -...
CAPÍTULO XIII   NÃO SAIBA A VOSSA MÃO ESQUERDA O QUE DÊ A VOSSA MÃO DIREITA -...CAPÍTULO XIII   NÃO SAIBA A VOSSA MÃO ESQUERDA O QUE DÊ A VOSSA MÃO DIREITA -...
CAPÍTULO XIII NÃO SAIBA A VOSSA MÃO ESQUERDA O QUE DÊ A VOSSA MÃO DIREITA -...
 
CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 9
CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 9CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 9
CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 9
 
CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 7
CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 7CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 7
CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 7
 
CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 5
CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 5CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 5
CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 5
 
Evangelho cap12 item1
Evangelho cap12 item1Evangelho cap12 item1
Evangelho cap12 item1
 
Evangelho cap11 item13
Evangelho cap11 item13Evangelho cap11 item13
Evangelho cap11 item13
 
Evangelho cap11 item11
Evangelho cap11 item11Evangelho cap11 item11
Evangelho cap11 item11
 

Último

Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos AgricultoresOração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Nilson Almeida
 
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
ESCRIBA DE CRISTO
 
Escola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTAS
Escola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTASEscola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTAS
Escola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTAS
ceciliafonseca16
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
ayronleonardo
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
WELITONNOGUEIRA3
 
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
ESCRIBA DE CRISTO
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Celso Napoleon
 
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
ESCRIBA DE CRISTO
 
Manual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docx
Manual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docx
Manual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docx
Janilson Noca
 
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptxA CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
JonasRibeiro61
 
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
ESCRIBA DE CRISTO
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
ESCRIBA DE CRISTO
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Celso Napoleon
 
CARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADAS
CARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADASCARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADAS
CARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADAS
ESCRIBA DE CRISTO
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Lourhana
 

Último (16)

Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos AgricultoresOração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
 
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
 
Escola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTAS
Escola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTASEscola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTAS
Escola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTAS
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
 
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
 
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
 
Manual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docx
Manual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docx
Manual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docx
 
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptxA CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
 
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
 
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
 
CARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADAS
CARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADASCARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADAS
CARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADAS
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
 

Livro dos Espiritos 403 e Introducao do ESE

  • 1. “Não se impressione com seus sonhos! Isto poderia levá- lo a extravagâncias ridículas. Viva acordado no bem, e os sonhos serão belos e bons.” Diário Espirita Bezerra de Menezes
  • 2. Parte II - Cap VIII DA EMANCIPAÇÃO DA ALMA Q.403 Dubai, 21-08-2016 Por Patrícia Farias
  • 3. “É simplesmente a alma que se desprende, que sai do corpo. Diz-se: o sono é irmão da morte. Estas palavras exprimem uma verdade profunda. Seqüestrada na carne, no estado de vigília, a alma recupera, durante o sono, a sua liberdade relativa, temporária, ao mesmo tempo em que o uso dos seus poderes ocultos. A morte será a sua libertação completa, definitiva.” - Léon Denis, O Problema do Ser do Destino e da Dor O SONO E OS SONHOS
  • 4. O SONO E OS SONHOS Já nos sonhos, vemos os sentidos da alma, esses sentidos psíquicos, de que os do corpo são a manifestação externa e amortecida, entrar em ação. À medida que as percepções externas se enfraquecem e apagam, quando os olhos estão fechados e suspenso o ouvido, outros meios mais poderosos despertam nas profundezas do ser. Vemos e ouvimos com os sentidos internos. Imagens, formas, cenas à distância sucedem-se e desenrolam-se; travam-se
  • 5. “Em o que chamas sono, só há o repouso do corpo, visto que o Espírito está constantemente em atividade. Recobra, durante o sono, um pouco da sua liberdade e se corresponde com os que lhe são caros, quer neste mundo, quer em outros. Mas, como é pesada e grosseira a matéria que compõe, o corpo dificilmente conserva as impressões que o Espírito recebeu, porque a este não chegaram por intermédio dos órgãos corporais.” 403. Por que não nos lembramos sempre dos sonhos? O sono e os sonhos Alma LE - Q. 134 e 135
  • 6. (…) a alma, sede da consciência, fica ligada ao seu invólucro sutil, enquanto o corpo material está deitado e em completa inércia. (…)Quanto mais a alma se afasta do corpo e penetra nas regiões etéreas, tanto mais fraco é o laço que os une, tanto mais vaga a lembrança ao acordar. A alma paira muito longe na imensidade e o cérebro deixa de registrar as suas sensações. Dai resulta não podermos analisar os nossos mais belos sonhos. Algumas vezes, a última das impressões sentidas no decurso dessas peregrinações noturnas subsiste ao despertar. O sono e os sonhos Pág. 74 e 75
  • 7. "Antes de dormir, cumpre sejam fixadas as ideias agradáveis e positivas, visualizando aquilo com que se deseja sonhar, certamente para tirar proveito útil no processo cultural, intelectual, moral e espiritual". Por Joanna de Ângelis. "Autodescobrimento - Uma Busca Interior". Divaldo Pereira Franco. O sono e os sonhos
  • 9. Podem dividir-se em cinco partes as matérias contidas nos Evangelhos: 1. os atos comuns da vida do Cristo; 2. os milagres; 3. as predições; 4. as palavras que foram tomadas pela Igreja para fundamento de seus dogmas; e 5. o ensino moral. As quatro primeiras têm sido objeto de controvérsias; a última, porém, conservou-se constantemente inatacável. Diante desse código divino, a própria incredulidade se curva. É terreno onde todos os cultos podem reunir-se, estandarte sob o qual podem todos colocar-se, quaisquer que sejam suas crenças, porquanto jamais ele constituiu matéria das disputas religiosas, que sempre e por toda a parte se originaram das questões dogmáticas. (…) I - OBJETIVO DESTA OBRA
  • 10. I - OBJETIVO DESTA OBRA Falar de Jesus Cristo é falar de amor, é falar de luz, da luz divina que banha nosso planeta. Parafraseando o apóstolo Paulo em sua carta aos irmão coríntios - “ainda quando eu falasse todas as línguas dos homens e a língua dos próprios anjos, se eu não tiver caridade, serei como o bronze que soa e um címbalo que retine” - , diremos: se buscarmos o Cristo, nosso venerando irmão, e não trouxermos amor no coração, verdadeiramente, não conseguiremos interiorizar Suas belas mensagens de bem viver. Irmã Scheilla
  • 11. Dubai, 14-08-2016 Por Patrícia Farias http://www.livestream.com http://www.espacodespertar.blogspot.com A Paz do Cristo! Acompanhe as reuniões em: