SlideShare uma empresa Scribd logo
Cap. 16 Item 4
JESUS EM CASA
DE ZAQUEU
Parte 3
E STUDO DO E VA NGE LHO
SE GUNDO O E SPIR ITISMO
CAPÍTULO XVI
NÃO SE PODE SERVIR A DEUS E A MAMON
Por Patrícia Farias – Brasil, 18/04/2022
4. Tendo Jesus entrado em Jericó, passava pela cidade – e havia ali um homem chamado
Zaqueu, chefe dos publicanos e muito rico – o qual, desejoso de ver a Jesus, para conhecê-
lo, não o conseguia devido à multidão, por ser ele de estatura muito baixa. Por isso, correu
à frente da turba e subiu a um sicômoro, para o ver, porquanto ele tinha de passar por ali.
Chegando a esse lugar, Jesus dirigiu paro o alto o olhar e, vendo-o, disse-lhe: - Zaqueu, dá-
te pressa em descer, porquanto preciso que me hospedes hoje em tua casa.
Zaqueu desceu imediatamente e o recebeu jubiloso. Vendo isso, todos murmuravam, a
dizer: - Ele foi hospedar-se em casa de um homem de má vida. (Veja-se: “Introdução”, artigo –
Publicanos.)
(S. Lucas, 19: 1 a 10.)
JESUS EM CASADE ZAQUEU
Entretanto, Zaqueu, pondo-se diante do Senhor, lhe disse:
- Senhor, dou a metade dos meus bens aos pobres e, se causei dano a alguém, seja no que for, indenizo-o com quatro
tantos.
Ao que Jesus lhe disse:
- Esta casa recebeu hoje a salvação, porque também este é filho de Abraão; – visto que o Filho do homem veio para
procurar e salvar o que estava perdido.
CAPÍTULO XVI - NÃO SE PODE SERVIR A DEUS E A MAMON
ZAQUEU - ARREPENDIMENTO E REPARAÇÃO
A expiação a que se refere Kardec representa o sofrimento natural que o espírito
experimenta enquanto não se esforça por reparar as faltas ou enquanto não atinge
o seu objetivo. Está, no entanto, em suas mãos o esforço por vencer a si mesmo e
atingir os fins propostos.
“O arrependimento, conquanto seja o primeiro passo para a regeneração, não
basta por si só; são precisas a expiação e a reparação. ARREPENDIMENTO,
EXPIAÇÃO E REPARAÇÃO, constituem, portanto as três condições necessárias
para apagar os traços de uma falta e suas consequências. O arrependimento
suaviza os travos da expiação, abrindo pela esperança o caminho da reabilitação;
só a reparação, contudo pode anular o efeito destruindo-lhe a causa. Do
contrario, o perdão seria uma graça, não uma anulação .”
*LIVRO O CÉU E O INFERNO, (1ª. Parte, cap. VII)
CAPÍTULO XVI - NÃO SE PODE SERVIR A DEUS E A MAMON
ZAQUEU - ARREPENDIMENTO E REPARAÇÃO
Sem perdão não há cura real e duradoura, nem do corpo nem da alma. Por isso é
imprescindível conectar-se a fonte abundante de amor do universo, a partir da
amorosidade infinita e incondicional do Criador (...) As feridas da alma só se curam
perante a medicação do amor. Todo o resto é paliativo.
“UM AMIGO ME CHAMOU PARA CUIDAR DA DOR DELE.
GUARDEI A MINHA NO BOLSO. E FUI .”
*CAIO FERNANDO ABREU - POETA
Quantos Zaqueus modernos sofrem vitimas de si mesmos, da própria
imprevidência. A dor campeia em toda parte. O homem, ainda que imerso em sua
própria dor, é chamado a colaborar na disseminação de uma cultura de paz e
compaixão..
CAPÍTULO XVI - NÃO SE PODE SERVIR A DEUS E A MAMON
ZAQUEU - ARREPENDIMENTO E REPARAÇÃO
Para reparar as faltas é necessário coragem, a condução do coração, para enfrentar
a renúncia em favor do próximo.
Segundo o Livro dos Espíritos: (questão 1000)
“Só por meio do bem se repara o mal e a reparação nenhum mérito apresenta, se
não atinge o homem nem no seu orgulho, nem nos seus interesses materiais.”
Reparar requer encarar consequências muitas vezes imprevistas na vida do outro, as extensões da dor e
as circunstancias que seguiram a lesão afetiva ou material. E isso requer tempo, por vezes o tempo de
algumas vidas.
O importante é começar agora buscando aqueles que foram feridos e pedindo perdão, metabolizando as
experiências e perdoando aqueles que nos ofenderam. O primeiro passo é a oração sincera em favor
daqueles que são merecedores de nossa melhor consideração.
CAPÍTULO XVI - NÃO SE PODE SERVIR A DEUS E A MAMON
ZAQUEU - ARREPENDIMENTO E REPARAÇÃO
Muitos daqueles que foram feridos por nós no passado estão agora reencarnados
ao nosso lado na família, na amizade, no agrupamento de trabalho religioso ou
profissional, configurando-se em merecedores de nosso maior amparo e cuidado
amoroso.
As concessões divinas que nos chegam, na forma de recursos e possibilidades, são
frutos da misericórdia divina fornecendo oportunidades de construção no bem e
reparação das faltas.
“Convém saber que a riqueza, muitas vezes, chega às mãos de um homem apenas
para lhe favorecer a ocasião de reparar uma injustiça. Felizes os que
compreenderem isso!” (LE. Questão 809)
CAPÍTULO XVI - NÃO SE PODE SERVIR A DEUS E A MAMON
ZAQUEU - ARREPENDIMENTO E REPARAÇÃO
Ao longo dos milênios, nas reencarnações sucessivas, Zaqueu prosseguiu
esforçando-se por converter em verdade em sua alma os valores que abraçara
junto ao Cristo. E quase 1900 anos após, vamos encontra-lo reencarnado no Rio de
Janeiro, atendendo a uma mãe sofrida com uma criança de colo, doente. Ao
prescrever-lhe a medicação homeopática mais adequada vê o sofrimento da mãe
que afirma não ter haveres com os quais comprar a medicação, já que passam
fome no lar. Ele procura nos bolsos da calça e na carteira e nada encontra.
Havia distribuído o que possui com os que vieram anteriormente a ela, visto que se
dedicava ao atendimento de carentes junto à farmácia Cordeiro. Nada
encontrando olha o anel no dedo, com a pedra preciosa ostentando o titulo
acadêmico. Relembra Jesus e seus ensinamentos e confrontando os valores, não
encontra motivos para reter a posse em detrimento da necessidade do socorro.
Retira o anel do dedo e entrega a jovem mãe, dizendo:
“Vá, vende e compra remédio para teu filho e pão para tua família.”
CAPÍTULO XVI - NÃO SE PODE SERVIR A DEUS E A MAMON
ZAQUEU - ARREPENDIMENTO E REPARAÇÃO
Sem dar-lhe tempo para agradecer chama o próximo. Quando a senhora insiste em
dirigir-lhe palavras de agradecimento, com os olhos marejados, ele a olha nos
olhos e enchendo os seus de lagrimas sinceras, solicita:
Era Adolfo Bezerra de Menezes Cavalcanti, Zaqueu reencarnado, que agora dava
seu testemunho prometido e duramente conquistado, reparando as faltas que sua
consciência lhe cobrava e encontrando definitivamente a paz...
“Não me agradeça. Somente lhe devolvo aquilo que um dia lhe tirei.”
CAPÍTULO XVI - NÃO SE PODE SERVIR A DEUS E A MAMON

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a evangelho_cap16_item4_parte3.pptx

Viver para deus
Viver para deusViver para deus
Viver para deus
Helio Cruz
 
A divina visão
A divina visãoA divina visão
A divina visão
Helio Cruz
 
Transformacao interior e regeneracao 2013
Transformacao interior e regeneracao 2013Transformacao interior e regeneracao 2013
Transformacao interior e regeneracao 2013
Fatima Carvalho
 
Faltar com o compromisso
Faltar com o compromissoFaltar com o compromisso
Faltar com o compromisso
Helio Cruz
 
Faltar com o compromisso
Faltar com o compromissoFaltar com o compromisso
Faltar com o compromisso
Helio Cruz
 
Bem aventurados os que têm os olhos fechados
Bem aventurados os que têm os olhos fechadosBem aventurados os que têm os olhos fechados
Bem aventurados os que têm os olhos fechados
Helio Cruz
 
Ano novo
Ano novoAno novo
Apostilaimpacto 130720022214-phpapp02
Apostilaimpacto 130720022214-phpapp02Apostilaimpacto 130720022214-phpapp02
Apostilaimpacto 130720022214-phpapp02
Mariano Silva
 
O caminho da Quaresma, tempo de conversão
O caminho da Quaresma, tempo de conversãoO caminho da Quaresma, tempo de conversão
O caminho da Quaresma, tempo de conversão
contabilidadesiessen
 
aula 7 - evangelho no lar.pdf - esde - G6
aula 7 - evangelho no lar.pdf - esde - G6aula 7 - evangelho no lar.pdf - esde - G6
aula 7 - evangelho no lar.pdf - esde - G6
FilipeDuartedeBem
 
A prece
A preceA prece
Apostila obsessão lar rubataiana -2009 .doc - 08 doc
Apostila obsessão   lar rubataiana -2009 .doc - 08 docApostila obsessão   lar rubataiana -2009 .doc - 08 doc
Apostila obsessão lar rubataiana -2009 .doc - 08 doc
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
Apostila obsessão lar rubataiana -doc - 08 doc
Apostila obsessão   lar rubataiana -doc - 08 docApostila obsessão   lar rubataiana -doc - 08 doc
Apostila obsessão lar rubataiana -doc - 08 doc
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
A felicidade segundo_jesus
A felicidade segundo_jesusA felicidade segundo_jesus
A felicidade segundo_jesus
iceanapolis
 
Evangelho no lar
Evangelho no larEvangelho no lar
Evangelho no lar
Eduardo Ottonelli Pithan
 
OBRAS DE MISERICÓRDIA
OBRAS DE MISERICÓRDIAOBRAS DE MISERICÓRDIA
OBRAS DE MISERICÓRDIA
GRUPO DE ORAÇÃO ANJO RAFAEL
 
17052012
1705201217052012
R. r. soares como tomar posse da bênção
R. r. soares   como tomar posse da bênçãoR. r. soares   como tomar posse da bênção
R. r. soares como tomar posse da bênção
Wagner Santos Fernandes
 
Filho pródigo
Filho pródigoFilho pródigo
Filho pródigo
Simone Cristina
 
Livro dos Espiritos questao217 Evangelho cap16 - 4
Livro dos Espiritos questao217 Evangelho cap16 - 4Livro dos Espiritos questao217 Evangelho cap16 - 4
Livro dos Espiritos questao217 Evangelho cap16 - 4
Patricia Farias
 

Semelhante a evangelho_cap16_item4_parte3.pptx (20)

Viver para deus
Viver para deusViver para deus
Viver para deus
 
A divina visão
A divina visãoA divina visão
A divina visão
 
Transformacao interior e regeneracao 2013
Transformacao interior e regeneracao 2013Transformacao interior e regeneracao 2013
Transformacao interior e regeneracao 2013
 
Faltar com o compromisso
Faltar com o compromissoFaltar com o compromisso
Faltar com o compromisso
 
Faltar com o compromisso
Faltar com o compromissoFaltar com o compromisso
Faltar com o compromisso
 
Bem aventurados os que têm os olhos fechados
Bem aventurados os que têm os olhos fechadosBem aventurados os que têm os olhos fechados
Bem aventurados os que têm os olhos fechados
 
Ano novo
Ano novoAno novo
Ano novo
 
Apostilaimpacto 130720022214-phpapp02
Apostilaimpacto 130720022214-phpapp02Apostilaimpacto 130720022214-phpapp02
Apostilaimpacto 130720022214-phpapp02
 
O caminho da Quaresma, tempo de conversão
O caminho da Quaresma, tempo de conversãoO caminho da Quaresma, tempo de conversão
O caminho da Quaresma, tempo de conversão
 
aula 7 - evangelho no lar.pdf - esde - G6
aula 7 - evangelho no lar.pdf - esde - G6aula 7 - evangelho no lar.pdf - esde - G6
aula 7 - evangelho no lar.pdf - esde - G6
 
A prece
A preceA prece
A prece
 
Apostila obsessão lar rubataiana -2009 .doc - 08 doc
Apostila obsessão   lar rubataiana -2009 .doc - 08 docApostila obsessão   lar rubataiana -2009 .doc - 08 doc
Apostila obsessão lar rubataiana -2009 .doc - 08 doc
 
Apostila obsessão lar rubataiana -doc - 08 doc
Apostila obsessão   lar rubataiana -doc - 08 docApostila obsessão   lar rubataiana -doc - 08 doc
Apostila obsessão lar rubataiana -doc - 08 doc
 
A felicidade segundo_jesus
A felicidade segundo_jesusA felicidade segundo_jesus
A felicidade segundo_jesus
 
Evangelho no lar
Evangelho no larEvangelho no lar
Evangelho no lar
 
OBRAS DE MISERICÓRDIA
OBRAS DE MISERICÓRDIAOBRAS DE MISERICÓRDIA
OBRAS DE MISERICÓRDIA
 
17052012
1705201217052012
17052012
 
R. r. soares como tomar posse da bênção
R. r. soares   como tomar posse da bênçãoR. r. soares   como tomar posse da bênção
R. r. soares como tomar posse da bênção
 
Filho pródigo
Filho pródigoFilho pródigo
Filho pródigo
 
Livro dos Espiritos questao217 Evangelho cap16 - 4
Livro dos Espiritos questao217 Evangelho cap16 - 4Livro dos Espiritos questao217 Evangelho cap16 - 4
Livro dos Espiritos questao217 Evangelho cap16 - 4
 

Mais de Patricia Farias

evangelho_cap16_item8.pptx
evangelho_cap16_item8.pptxevangelho_cap16_item8.pptx
evangelho_cap16_item8.pptx
Patricia Farias
 
evangelho_cap16_item7.pptx
evangelho_cap16_item7.pptxevangelho_cap16_item7.pptx
evangelho_cap16_item7.pptx
Patricia Farias
 
evangelho_cap16_item4_parte2.pptx
evangelho_cap16_item4_parte2.pptxevangelho_cap16_item4_parte2.pptx
evangelho_cap16_item4_parte2.pptx
Patricia Farias
 
evangelho_cap16_item4.pptx
evangelho_cap16_item4.pptxevangelho_cap16_item4.pptx
evangelho_cap16_item4.pptx
Patricia Farias
 
evangelho_cap16_item1.pptx
evangelho_cap16_item1.pptxevangelho_cap16_item1.pptx
evangelho_cap16_item1.pptx
Patricia Farias
 
evangelho_cap15_item4.pptx
evangelho_cap15_item4.pptxevangelho_cap15_item4.pptx
evangelho_cap15_item4.pptx
Patricia Farias
 
evangelho_cap15_item1.pptx
evangelho_cap15_item1.pptxevangelho_cap15_item1.pptx
evangelho_cap15_item1.pptx
Patricia Farias
 
Evangelho cap14 item1
Evangelho cap14 item1Evangelho cap14 item1
Evangelho cap14 item1
Patricia Farias
 
Evangelho cap14 item7
Evangelho cap14 item7Evangelho cap14 item7
Evangelho cap14 item7
Patricia Farias
 
Evangelho Cap14 item9
Evangelho Cap14 item9 Evangelho Cap14 item9
Evangelho Cap14 item9
Patricia Farias
 
Evangelho Cap13 item 5 - O Obulo da Viuva
Evangelho Cap13 item 5 - O Obulo da ViuvaEvangelho Cap13 item 5 - O Obulo da Viuva
Evangelho Cap13 item 5 - O Obulo da Viuva
Patricia Farias
 
CAPÍTULO XIII NÃO SAIBA A VOSSA MÃO ESQUERDA O QUE DÊ A VOSSA MÃO DIREITA -...
CAPÍTULO XIII   NÃO SAIBA A VOSSA MÃO ESQUERDA O QUE DÊ A VOSSA MÃO DIREITA -...CAPÍTULO XIII   NÃO SAIBA A VOSSA MÃO ESQUERDA O QUE DÊ A VOSSA MÃO DIREITA -...
CAPÍTULO XIII NÃO SAIBA A VOSSA MÃO ESQUERDA O QUE DÊ A VOSSA MÃO DIREITA -...
Patricia Farias
 
CAPÍTULO XIII NÃO SAIBA A VOSSA MÃO ESQUERDA O QUE DÊ A VOSSA MÃO DIREITA -...
CAPÍTULO XIII   NÃO SAIBA A VOSSA MÃO ESQUERDA O QUE DÊ A VOSSA MÃO DIREITA -...CAPÍTULO XIII   NÃO SAIBA A VOSSA MÃO ESQUERDA O QUE DÊ A VOSSA MÃO DIREITA -...
CAPÍTULO XIII NÃO SAIBA A VOSSA MÃO ESQUERDA O QUE DÊ A VOSSA MÃO DIREITA -...
Patricia Farias
 
CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 9
CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 9CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 9
CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 9
Patricia Farias
 
CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 7
CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 7CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 7
CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 7
Patricia Farias
 
CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 5
CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 5CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 5
CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 5
Patricia Farias
 
Evangelho cap12 item1
Evangelho cap12 item1Evangelho cap12 item1
Evangelho cap12 item1
Patricia Farias
 
Evangelho cap11 item13
Evangelho cap11 item13Evangelho cap11 item13
Evangelho cap11 item13
Patricia Farias
 
Evangelho cap11 item11
Evangelho cap11 item11Evangelho cap11 item11
Evangelho cap11 item11
Patricia Farias
 
Evangelho cap11 item8
Evangelho cap11 item8Evangelho cap11 item8
Evangelho cap11 item8
Patricia Farias
 

Mais de Patricia Farias (20)

evangelho_cap16_item8.pptx
evangelho_cap16_item8.pptxevangelho_cap16_item8.pptx
evangelho_cap16_item8.pptx
 
evangelho_cap16_item7.pptx
evangelho_cap16_item7.pptxevangelho_cap16_item7.pptx
evangelho_cap16_item7.pptx
 
evangelho_cap16_item4_parte2.pptx
evangelho_cap16_item4_parte2.pptxevangelho_cap16_item4_parte2.pptx
evangelho_cap16_item4_parte2.pptx
 
evangelho_cap16_item4.pptx
evangelho_cap16_item4.pptxevangelho_cap16_item4.pptx
evangelho_cap16_item4.pptx
 
evangelho_cap16_item1.pptx
evangelho_cap16_item1.pptxevangelho_cap16_item1.pptx
evangelho_cap16_item1.pptx
 
evangelho_cap15_item4.pptx
evangelho_cap15_item4.pptxevangelho_cap15_item4.pptx
evangelho_cap15_item4.pptx
 
evangelho_cap15_item1.pptx
evangelho_cap15_item1.pptxevangelho_cap15_item1.pptx
evangelho_cap15_item1.pptx
 
Evangelho cap14 item1
Evangelho cap14 item1Evangelho cap14 item1
Evangelho cap14 item1
 
Evangelho cap14 item7
Evangelho cap14 item7Evangelho cap14 item7
Evangelho cap14 item7
 
Evangelho Cap14 item9
Evangelho Cap14 item9 Evangelho Cap14 item9
Evangelho Cap14 item9
 
Evangelho Cap13 item 5 - O Obulo da Viuva
Evangelho Cap13 item 5 - O Obulo da ViuvaEvangelho Cap13 item 5 - O Obulo da Viuva
Evangelho Cap13 item 5 - O Obulo da Viuva
 
CAPÍTULO XIII NÃO SAIBA A VOSSA MÃO ESQUERDA O QUE DÊ A VOSSA MÃO DIREITA -...
CAPÍTULO XIII   NÃO SAIBA A VOSSA MÃO ESQUERDA O QUE DÊ A VOSSA MÃO DIREITA -...CAPÍTULO XIII   NÃO SAIBA A VOSSA MÃO ESQUERDA O QUE DÊ A VOSSA MÃO DIREITA -...
CAPÍTULO XIII NÃO SAIBA A VOSSA MÃO ESQUERDA O QUE DÊ A VOSSA MÃO DIREITA -...
 
CAPÍTULO XIII NÃO SAIBA A VOSSA MÃO ESQUERDA O QUE DÊ A VOSSA MÃO DIREITA -...
CAPÍTULO XIII   NÃO SAIBA A VOSSA MÃO ESQUERDA O QUE DÊ A VOSSA MÃO DIREITA -...CAPÍTULO XIII   NÃO SAIBA A VOSSA MÃO ESQUERDA O QUE DÊ A VOSSA MÃO DIREITA -...
CAPÍTULO XIII NÃO SAIBA A VOSSA MÃO ESQUERDA O QUE DÊ A VOSSA MÃO DIREITA -...
 
CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 9
CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 9CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 9
CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 9
 
CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 7
CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 7CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 7
CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 7
 
CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 5
CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 5CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 5
CAPÍTULO XII – AMAI AOS VOSSOS INIMIGOS - item 5
 
Evangelho cap12 item1
Evangelho cap12 item1Evangelho cap12 item1
Evangelho cap12 item1
 
Evangelho cap11 item13
Evangelho cap11 item13Evangelho cap11 item13
Evangelho cap11 item13
 
Evangelho cap11 item11
Evangelho cap11 item11Evangelho cap11 item11
Evangelho cap11 item11
 
Evangelho cap11 item8
Evangelho cap11 item8Evangelho cap11 item8
Evangelho cap11 item8
 

Último

Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdfJesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
REFORMADOR PROTESTANTE
 
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.docORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
Oziete SS
 
Estudo Biblico deuteronomio PowerPoint.pdf
Estudo Biblico deuteronomio PowerPoint.pdfEstudo Biblico deuteronomio PowerPoint.pdf
Estudo Biblico deuteronomio PowerPoint.pdf
JaquelineSantosBasto
 
Festa das Primícias - Igreja Adventista do Sétimo Dia
Festa das Primícias - Igreja Adventista do Sétimo DiaFesta das Primícias - Igreja Adventista do Sétimo Dia
Festa das Primícias - Igreja Adventista do Sétimo Dia
André Luiz Marques
 
A Verdade Sôbre As Profecias Do Apocalipse.pdf
A Verdade Sôbre As Profecias Do Apocalipse.pdfA Verdade Sôbre As Profecias Do Apocalipse.pdf
A Verdade Sôbre As Profecias Do Apocalipse.pdf
REFORMADOR PROTESTANTE
 
SEGREDOS DO APOCALIPSE - o apocalipse através de olhos hebraicos
SEGREDOS DO APOCALIPSE - o apocalipse através de olhos hebraicosSEGREDOS DO APOCALIPSE - o apocalipse através de olhos hebraicos
SEGREDOS DO APOCALIPSE - o apocalipse através de olhos hebraicos
REFORMADOR PROTESTANTE
 
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
REFORMADOR PROTESTANTE
 
a futura religião da nova ordem mundial.
a  futura religião da nova ordem mundial.a  futura religião da nova ordem mundial.
a futura religião da nova ordem mundial.
REFORMADOR PROTESTANTE
 
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Elton Zanoni
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
JaquelineSantosBasto
 
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdfA Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
claudiovieira83
 
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livroA VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
GABRIELADIASDUTRA1
 
Salmo 91
Salmo 91Salmo 91
Salmo 91
Nilson Almeida
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Celso Napoleon
 

Último (14)

Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdfJesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
 
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.docORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
 
Estudo Biblico deuteronomio PowerPoint.pdf
Estudo Biblico deuteronomio PowerPoint.pdfEstudo Biblico deuteronomio PowerPoint.pdf
Estudo Biblico deuteronomio PowerPoint.pdf
 
Festa das Primícias - Igreja Adventista do Sétimo Dia
Festa das Primícias - Igreja Adventista do Sétimo DiaFesta das Primícias - Igreja Adventista do Sétimo Dia
Festa das Primícias - Igreja Adventista do Sétimo Dia
 
A Verdade Sôbre As Profecias Do Apocalipse.pdf
A Verdade Sôbre As Profecias Do Apocalipse.pdfA Verdade Sôbre As Profecias Do Apocalipse.pdf
A Verdade Sôbre As Profecias Do Apocalipse.pdf
 
SEGREDOS DO APOCALIPSE - o apocalipse através de olhos hebraicos
SEGREDOS DO APOCALIPSE - o apocalipse através de olhos hebraicosSEGREDOS DO APOCALIPSE - o apocalipse através de olhos hebraicos
SEGREDOS DO APOCALIPSE - o apocalipse através de olhos hebraicos
 
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
 
a futura religião da nova ordem mundial.
a  futura religião da nova ordem mundial.a  futura religião da nova ordem mundial.
a futura religião da nova ordem mundial.
 
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
 
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdfA Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
 
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livroA VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
 
Salmo 91
Salmo 91Salmo 91
Salmo 91
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
 

evangelho_cap16_item4_parte3.pptx

  • 1. Cap. 16 Item 4 JESUS EM CASA DE ZAQUEU Parte 3 E STUDO DO E VA NGE LHO SE GUNDO O E SPIR ITISMO CAPÍTULO XVI NÃO SE PODE SERVIR A DEUS E A MAMON Por Patrícia Farias – Brasil, 18/04/2022
  • 2. 4. Tendo Jesus entrado em Jericó, passava pela cidade – e havia ali um homem chamado Zaqueu, chefe dos publicanos e muito rico – o qual, desejoso de ver a Jesus, para conhecê- lo, não o conseguia devido à multidão, por ser ele de estatura muito baixa. Por isso, correu à frente da turba e subiu a um sicômoro, para o ver, porquanto ele tinha de passar por ali. Chegando a esse lugar, Jesus dirigiu paro o alto o olhar e, vendo-o, disse-lhe: - Zaqueu, dá- te pressa em descer, porquanto preciso que me hospedes hoje em tua casa. Zaqueu desceu imediatamente e o recebeu jubiloso. Vendo isso, todos murmuravam, a dizer: - Ele foi hospedar-se em casa de um homem de má vida. (Veja-se: “Introdução”, artigo – Publicanos.) (S. Lucas, 19: 1 a 10.) JESUS EM CASADE ZAQUEU Entretanto, Zaqueu, pondo-se diante do Senhor, lhe disse: - Senhor, dou a metade dos meus bens aos pobres e, se causei dano a alguém, seja no que for, indenizo-o com quatro tantos. Ao que Jesus lhe disse: - Esta casa recebeu hoje a salvação, porque também este é filho de Abraão; – visto que o Filho do homem veio para procurar e salvar o que estava perdido. CAPÍTULO XVI - NÃO SE PODE SERVIR A DEUS E A MAMON
  • 3. ZAQUEU - ARREPENDIMENTO E REPARAÇÃO A expiação a que se refere Kardec representa o sofrimento natural que o espírito experimenta enquanto não se esforça por reparar as faltas ou enquanto não atinge o seu objetivo. Está, no entanto, em suas mãos o esforço por vencer a si mesmo e atingir os fins propostos. “O arrependimento, conquanto seja o primeiro passo para a regeneração, não basta por si só; são precisas a expiação e a reparação. ARREPENDIMENTO, EXPIAÇÃO E REPARAÇÃO, constituem, portanto as três condições necessárias para apagar os traços de uma falta e suas consequências. O arrependimento suaviza os travos da expiação, abrindo pela esperança o caminho da reabilitação; só a reparação, contudo pode anular o efeito destruindo-lhe a causa. Do contrario, o perdão seria uma graça, não uma anulação .” *LIVRO O CÉU E O INFERNO, (1ª. Parte, cap. VII) CAPÍTULO XVI - NÃO SE PODE SERVIR A DEUS E A MAMON
  • 4. ZAQUEU - ARREPENDIMENTO E REPARAÇÃO Sem perdão não há cura real e duradoura, nem do corpo nem da alma. Por isso é imprescindível conectar-se a fonte abundante de amor do universo, a partir da amorosidade infinita e incondicional do Criador (...) As feridas da alma só se curam perante a medicação do amor. Todo o resto é paliativo. “UM AMIGO ME CHAMOU PARA CUIDAR DA DOR DELE. GUARDEI A MINHA NO BOLSO. E FUI .” *CAIO FERNANDO ABREU - POETA Quantos Zaqueus modernos sofrem vitimas de si mesmos, da própria imprevidência. A dor campeia em toda parte. O homem, ainda que imerso em sua própria dor, é chamado a colaborar na disseminação de uma cultura de paz e compaixão.. CAPÍTULO XVI - NÃO SE PODE SERVIR A DEUS E A MAMON
  • 5. ZAQUEU - ARREPENDIMENTO E REPARAÇÃO Para reparar as faltas é necessário coragem, a condução do coração, para enfrentar a renúncia em favor do próximo. Segundo o Livro dos Espíritos: (questão 1000) “Só por meio do bem se repara o mal e a reparação nenhum mérito apresenta, se não atinge o homem nem no seu orgulho, nem nos seus interesses materiais.” Reparar requer encarar consequências muitas vezes imprevistas na vida do outro, as extensões da dor e as circunstancias que seguiram a lesão afetiva ou material. E isso requer tempo, por vezes o tempo de algumas vidas. O importante é começar agora buscando aqueles que foram feridos e pedindo perdão, metabolizando as experiências e perdoando aqueles que nos ofenderam. O primeiro passo é a oração sincera em favor daqueles que são merecedores de nossa melhor consideração. CAPÍTULO XVI - NÃO SE PODE SERVIR A DEUS E A MAMON
  • 6. ZAQUEU - ARREPENDIMENTO E REPARAÇÃO Muitos daqueles que foram feridos por nós no passado estão agora reencarnados ao nosso lado na família, na amizade, no agrupamento de trabalho religioso ou profissional, configurando-se em merecedores de nosso maior amparo e cuidado amoroso. As concessões divinas que nos chegam, na forma de recursos e possibilidades, são frutos da misericórdia divina fornecendo oportunidades de construção no bem e reparação das faltas. “Convém saber que a riqueza, muitas vezes, chega às mãos de um homem apenas para lhe favorecer a ocasião de reparar uma injustiça. Felizes os que compreenderem isso!” (LE. Questão 809) CAPÍTULO XVI - NÃO SE PODE SERVIR A DEUS E A MAMON
  • 7. ZAQUEU - ARREPENDIMENTO E REPARAÇÃO Ao longo dos milênios, nas reencarnações sucessivas, Zaqueu prosseguiu esforçando-se por converter em verdade em sua alma os valores que abraçara junto ao Cristo. E quase 1900 anos após, vamos encontra-lo reencarnado no Rio de Janeiro, atendendo a uma mãe sofrida com uma criança de colo, doente. Ao prescrever-lhe a medicação homeopática mais adequada vê o sofrimento da mãe que afirma não ter haveres com os quais comprar a medicação, já que passam fome no lar. Ele procura nos bolsos da calça e na carteira e nada encontra. Havia distribuído o que possui com os que vieram anteriormente a ela, visto que se dedicava ao atendimento de carentes junto à farmácia Cordeiro. Nada encontrando olha o anel no dedo, com a pedra preciosa ostentando o titulo acadêmico. Relembra Jesus e seus ensinamentos e confrontando os valores, não encontra motivos para reter a posse em detrimento da necessidade do socorro. Retira o anel do dedo e entrega a jovem mãe, dizendo: “Vá, vende e compra remédio para teu filho e pão para tua família.” CAPÍTULO XVI - NÃO SE PODE SERVIR A DEUS E A MAMON
  • 8. ZAQUEU - ARREPENDIMENTO E REPARAÇÃO Sem dar-lhe tempo para agradecer chama o próximo. Quando a senhora insiste em dirigir-lhe palavras de agradecimento, com os olhos marejados, ele a olha nos olhos e enchendo os seus de lagrimas sinceras, solicita: Era Adolfo Bezerra de Menezes Cavalcanti, Zaqueu reencarnado, que agora dava seu testemunho prometido e duramente conquistado, reparando as faltas que sua consciência lhe cobrava e encontrando definitivamente a paz... “Não me agradeça. Somente lhe devolvo aquilo que um dia lhe tirei.” CAPÍTULO XVI - NÃO SE PODE SERVIR A DEUS E A MAMON