SlideShare uma empresa Scribd logo
Escola 2,3/s Mestre Martins Correia
                                Português


Inês Severino nº8
12ºA




                                  Orgulho e
                                 Preconceito
Jane Austen nasceu em
Steventon a 16 de Dezembro
de 1775 e foi uma grande
escritora inglesa. A ironia
que utiliza para descrever as
personagens       dos    seus
romances coloca-a entre os
clássicos, é constantemente
objecto        de      estudo
académico, e alcança um
público    bastante    amplo.
Nascida numa família que
pertencia      à    burguesia
agrária, a sua situação e o
seu ambiente serviram de
contexto para todas as suas
obras, cujo tema gira em
torno do casamento da
protagonista.
A família Bennet era constituída por cinco filhas fantásticas nas
quais se destacavam Elizabeth (Lizzie) e Jane. A mãe destas cinco
raparigas era bastante ambiciosa pois só queria que as filhas
casassem com homens ricos para que pudessem ser ricas também.
Lizzie era a mais desprezada da família mas era o maior orgulho
do pai. Mrs. Bennet quando soube que Mr. Bingley e os seus amigos
vinham passar o verão numa casa bem perto da sua ficou logo toda
entusiasmada pois poderia casar as suas filhas com alguns
daqueles rapazes ricos.
Mr. Bingley e Jane quando se
vêem pela primeira vez ficam logo
  apaixonados um pelo outro algo
   que Mrs. Bennet adorou saber.
 Mr. Darcy, amigo de Mr. Bingley,
  fica encantado quando vê Lizzie
 mas esta não lhe liga nenhuma ao
princípio e Mrs. Bennet “empurra”
 uma das suas filhas para que Mr.
Darcy se case com uma delas mas
   este está mais interessado em
      Lizzie e não dá qualquer
 importância às suas irmãs. Lizzie
e Mr. Darcy amam-se mas como o
  orgulho e o preconceito é tanto
          fingem odiar-se.
Lizzie fez com que todos
acreditassem que, para ela,
Darcy não passava de um
arrogante, um orgulhoso e de
um homem rico. A tia de
Darcy era bastante fria com
Lizzie para que esta não se
apaixonasse pelo seu sobrinho
mas por mais que tentasse
Lizzie amava-lo cada vez
mais. Darcy e Lizzie
ultrapassam todos estes
obstáculos e também o
orgulho e o preconceito que
há entre eles. Mrs. Bennet
fica aliviada por ter casado
quatro das cinco filhas pois a
sua família não tinha posses
para as criar a todas. Jane e
Lizzie casaram com quem
realmente gostavam e não
porque a sua mãe quis.
Citações



“Sempre me disseram que a poesia
     é o alimento do amor”

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Gil Vicente
Gil VicenteGil Vicente
Gil Vicente
AnaPinto02
 
sintese_farsa_ines.ppt
sintese_farsa_ines.pptsintese_farsa_ines.ppt
sintese_farsa_ines.ppt
cnlx
 
Amor de Perdição - Camilo Castelo Branco
Amor de Perdição - Camilo Castelo BrancoAmor de Perdição - Camilo Castelo Branco
Amor de Perdição - Camilo Castelo Branco
Claudia Ribeiro
 
AMOR DE PERDIÇÃO análise capítulo IV
AMOR DE PERDIÇÃO análise capítulo IVAMOR DE PERDIÇÃO análise capítulo IV
AMOR DE PERDIÇÃO análise capítulo IV
Emília Maij
 
Amor de Perdição (exceto cap. VI, VII, VIII) de Camilo Castelo Branco
Amor de Perdição (exceto cap. VI, VII, VIII) de Camilo Castelo BrancoAmor de Perdição (exceto cap. VI, VII, VIII) de Camilo Castelo Branco
Amor de Perdição (exceto cap. VI, VII, VIII) de Camilo Castelo Branco
Lurdes Augusto
 
Auto Da Barca Do Inferno cena do frade
Auto Da Barca Do Inferno cena do fradeAuto Da Barca Do Inferno cena do frade
Auto Da Barca Do Inferno cena do frade
Delfina Vernuccio
 
Lua de joana
Lua de joanaLua de joana
Lua de joana
fantas45
 
Frei Luís de Sousa, síntese
Frei Luís de Sousa, sínteseFrei Luís de Sousa, síntese
Frei Luís de Sousa, síntese
Maria Teresa Soveral
 
Auto da Barca do Inferno-Judeu
Auto da Barca do Inferno-JudeuAuto da Barca do Inferno-Judeu
Auto da Barca do Inferno-Judeu
Pedro Lucas
 
Recensão crítica - a aia
Recensão crítica - a aia Recensão crítica - a aia
Recensão crítica - a aia
AMLDRP
 
Pil - Projecto Individual de Leitura
Pil - Projecto Individual de LeituraPil - Projecto Individual de Leitura
Pil - Projecto Individual de Leitura
Ana Tapadas
 
A lua de joana joana gonçalves
A lua de joana   joana gonçalvesA lua de joana   joana gonçalves
A lua de joana joana gonçalves
fantas45
 
Filosofia da Arte
Filosofia da Arte Filosofia da Arte
Filosofia da Arte
VeraJesus14
 
Resumo a saga
Resumo a sagaResumo a saga
Resumo a saga
maria clara veronico
 
Antero de Quental
Antero de QuentalAntero de Quental
Antero de Quental
010693
 
Auto da barca do inferno, cena VI-O Frade
Auto da barca do inferno, cena VI-O FradeAuto da barca do inferno, cena VI-O Frade
Auto da barca do inferno, cena VI-O Frade
Beatriz Campos
 
Uma análise da obra amor de perdição de
Uma análise da obra amor de perdição deUma análise da obra amor de perdição de
Uma análise da obra amor de perdição de
Fernanda Pantoja
 
Crítica ao Argumento Cosmológico
Crítica ao Argumento CosmológicoCrítica ao Argumento Cosmológico
Crítica ao Argumento Cosmológico
Universidade Católica Portuguesa
 
Resumos de literaturaportuguesa
Resumos de literaturaportuguesaResumos de literaturaportuguesa
Resumos de literaturaportuguesa
Rosário Pinto
 
Provas da existência de Deus segundo Descartes
Provas da existência de Deus segundo DescartesProvas da existência de Deus segundo Descartes
Provas da existência de Deus segundo Descartes
Joana Filipa Rodrigues
 

Mais procurados (20)

Gil Vicente
Gil VicenteGil Vicente
Gil Vicente
 
sintese_farsa_ines.ppt
sintese_farsa_ines.pptsintese_farsa_ines.ppt
sintese_farsa_ines.ppt
 
Amor de Perdição - Camilo Castelo Branco
Amor de Perdição - Camilo Castelo BrancoAmor de Perdição - Camilo Castelo Branco
Amor de Perdição - Camilo Castelo Branco
 
AMOR DE PERDIÇÃO análise capítulo IV
AMOR DE PERDIÇÃO análise capítulo IVAMOR DE PERDIÇÃO análise capítulo IV
AMOR DE PERDIÇÃO análise capítulo IV
 
Amor de Perdição (exceto cap. VI, VII, VIII) de Camilo Castelo Branco
Amor de Perdição (exceto cap. VI, VII, VIII) de Camilo Castelo BrancoAmor de Perdição (exceto cap. VI, VII, VIII) de Camilo Castelo Branco
Amor de Perdição (exceto cap. VI, VII, VIII) de Camilo Castelo Branco
 
Auto Da Barca Do Inferno cena do frade
Auto Da Barca Do Inferno cena do fradeAuto Da Barca Do Inferno cena do frade
Auto Da Barca Do Inferno cena do frade
 
Lua de joana
Lua de joanaLua de joana
Lua de joana
 
Frei Luís de Sousa, síntese
Frei Luís de Sousa, sínteseFrei Luís de Sousa, síntese
Frei Luís de Sousa, síntese
 
Auto da Barca do Inferno-Judeu
Auto da Barca do Inferno-JudeuAuto da Barca do Inferno-Judeu
Auto da Barca do Inferno-Judeu
 
Recensão crítica - a aia
Recensão crítica - a aia Recensão crítica - a aia
Recensão crítica - a aia
 
Pil - Projecto Individual de Leitura
Pil - Projecto Individual de LeituraPil - Projecto Individual de Leitura
Pil - Projecto Individual de Leitura
 
A lua de joana joana gonçalves
A lua de joana   joana gonçalvesA lua de joana   joana gonçalves
A lua de joana joana gonçalves
 
Filosofia da Arte
Filosofia da Arte Filosofia da Arte
Filosofia da Arte
 
Resumo a saga
Resumo a sagaResumo a saga
Resumo a saga
 
Antero de Quental
Antero de QuentalAntero de Quental
Antero de Quental
 
Auto da barca do inferno, cena VI-O Frade
Auto da barca do inferno, cena VI-O FradeAuto da barca do inferno, cena VI-O Frade
Auto da barca do inferno, cena VI-O Frade
 
Uma análise da obra amor de perdição de
Uma análise da obra amor de perdição deUma análise da obra amor de perdição de
Uma análise da obra amor de perdição de
 
Crítica ao Argumento Cosmológico
Crítica ao Argumento CosmológicoCrítica ao Argumento Cosmológico
Crítica ao Argumento Cosmológico
 
Resumos de literaturaportuguesa
Resumos de literaturaportuguesaResumos de literaturaportuguesa
Resumos de literaturaportuguesa
 
Provas da existência de Deus segundo Descartes
Provas da existência de Deus segundo DescartesProvas da existência de Deus segundo Descartes
Provas da existência de Deus segundo Descartes
 

Destaque

Pride & prejudice
Pride & prejudicePride & prejudice
Pride & prejudice
luciaalexandre
 
Catarina anuncio.publicitario.orgulho.e.preconceito
Catarina anuncio.publicitario.orgulho.e.preconceitoCatarina anuncio.publicitario.orgulho.e.preconceito
Catarina anuncio.publicitario.orgulho.e.preconceito
Isabel Freitas
 
Jane Austen-biografia
Jane Austen-biografiaJane Austen-biografia
Jane Austen-biografia
Vivian Silva
 
Jane Austen
Jane AustenJane Austen
Jane Austen
Beckyine
 
Projeto individual de leitura
Projeto individual de leituraProjeto individual de leitura
Projeto individual de leitura
Luis Martins
 
P.I.L.
P.I.L.P.I.L.
P.I.L.
Nizia Costa
 
Jane Austen
Jane AustenJane Austen
Jane Austen
janihetal444
 
Jane Austen
Jane AustenJane Austen
Jane Austen
Valentina Mariano
 
Jane Austen
Jane AustenJane Austen
Jane Austen
Moira Joui
 

Destaque (9)

Pride & prejudice
Pride & prejudicePride & prejudice
Pride & prejudice
 
Catarina anuncio.publicitario.orgulho.e.preconceito
Catarina anuncio.publicitario.orgulho.e.preconceitoCatarina anuncio.publicitario.orgulho.e.preconceito
Catarina anuncio.publicitario.orgulho.e.preconceito
 
Jane Austen-biografia
Jane Austen-biografiaJane Austen-biografia
Jane Austen-biografia
 
Jane Austen
Jane AustenJane Austen
Jane Austen
 
Projeto individual de leitura
Projeto individual de leituraProjeto individual de leitura
Projeto individual de leitura
 
P.I.L.
P.I.L.P.I.L.
P.I.L.
 
Jane Austen
Jane AustenJane Austen
Jane Austen
 
Jane Austen
Jane AustenJane Austen
Jane Austen
 
Jane Austen
Jane AustenJane Austen
Jane Austen
 

Semelhante a Last PP - Inês

Last FL - Inês
Last FL - InêsLast FL - Inês
Last FL - Inês
12anogolega
 
JAPT Janeiro 2011
JAPT Janeiro 2011JAPT Janeiro 2011
JAPT Janeiro 2011
Adriana Sales Zardini
 
Trecho 50 tons
Trecho 50 tonsTrecho 50 tons
Universo feminino nas obras de austen
Universo feminino nas obras de austenUniverso feminino nas obras de austen
Universo feminino nas obras de austen
Adriana Sales Zardini
 
Jane austen-persuasao
Jane austen-persuasaoJane austen-persuasao
Jane austen-persuasao
gurijuba
 
Ema
EmaEma
Lançamentos de Jan/2017 das editoras Arqueiro e Sextante
Lançamentos de Jan/2017 das editoras Arqueiro e SextanteLançamentos de Jan/2017 das editoras Arqueiro e Sextante
Lançamentos de Jan/2017 das editoras Arqueiro e Sextante
Claudia Valeria Ortega
 
ETAPA 1 – Leitura. Para o senhor Bennet, uma vida tranquila é altamente recom...
ETAPA 1 – Leitura. Para o senhor Bennet, uma vida tranquila é altamente recom...ETAPA 1 – Leitura. Para o senhor Bennet, uma vida tranquila é altamente recom...
ETAPA 1 – Leitura. Para o senhor Bennet, uma vida tranquila é altamente recom...
DL assessoria 29
 
MAPA - LET - LITERATURAS EM LÍNGUA INGLESA I - 51/2024
MAPA - LET - LITERATURAS EM LÍNGUA INGLESA I - 51/2024MAPA - LET - LITERATURAS EM LÍNGUA INGLESA I - 51/2024
MAPA - LET - LITERATURAS EM LÍNGUA INGLESA I - 51/2024
DL assessoria 26
 
MAPA - LET - LITERATURAS EM LÍNGUA INGLESA I - 51/2024
MAPA - LET - LITERATURAS EM LÍNGUA INGLESA I - 51/2024MAPA - LET - LITERATURAS EM LÍNGUA INGLESA I - 51/2024
MAPA - LET - LITERATURAS EM LÍNGUA INGLESA I - 51/2024
DL assessoria 26
 

Semelhante a Last PP - Inês (10)

Last FL - Inês
Last FL - InêsLast FL - Inês
Last FL - Inês
 
JAPT Janeiro 2011
JAPT Janeiro 2011JAPT Janeiro 2011
JAPT Janeiro 2011
 
Trecho 50 tons
Trecho 50 tonsTrecho 50 tons
Trecho 50 tons
 
Universo feminino nas obras de austen
Universo feminino nas obras de austenUniverso feminino nas obras de austen
Universo feminino nas obras de austen
 
Jane austen-persuasao
Jane austen-persuasaoJane austen-persuasao
Jane austen-persuasao
 
Ema
EmaEma
Ema
 
Lançamentos de Jan/2017 das editoras Arqueiro e Sextante
Lançamentos de Jan/2017 das editoras Arqueiro e SextanteLançamentos de Jan/2017 das editoras Arqueiro e Sextante
Lançamentos de Jan/2017 das editoras Arqueiro e Sextante
 
ETAPA 1 – Leitura. Para o senhor Bennet, uma vida tranquila é altamente recom...
ETAPA 1 – Leitura. Para o senhor Bennet, uma vida tranquila é altamente recom...ETAPA 1 – Leitura. Para o senhor Bennet, uma vida tranquila é altamente recom...
ETAPA 1 – Leitura. Para o senhor Bennet, uma vida tranquila é altamente recom...
 
MAPA - LET - LITERATURAS EM LÍNGUA INGLESA I - 51/2024
MAPA - LET - LITERATURAS EM LÍNGUA INGLESA I - 51/2024MAPA - LET - LITERATURAS EM LÍNGUA INGLESA I - 51/2024
MAPA - LET - LITERATURAS EM LÍNGUA INGLESA I - 51/2024
 
MAPA - LET - LITERATURAS EM LÍNGUA INGLESA I - 51/2024
MAPA - LET - LITERATURAS EM LÍNGUA INGLESA I - 51/2024MAPA - LET - LITERATURAS EM LÍNGUA INGLESA I - 51/2024
MAPA - LET - LITERATURAS EM LÍNGUA INGLESA I - 51/2024
 

Mais de 12anogolega

Voluntariado - AP
Voluntariado - APVoluntariado - AP
Voluntariado - AP
12anogolega
 
Curiosidades - AP
Curiosidades - APCuriosidades - AP
Curiosidades - AP
12anogolega
 
Água - Biologia
Água - BiologiaÁgua - Biologia
Água - Biologia
12anogolega
 
Esquizofrenia - AP
Esquizofrenia - APEsquizofrenia - AP
Esquizofrenia - AP
12anogolega
 
Psi - Inês
Psi - InêsPsi - Inês
Psi - Inês
12anogolega
 
Psi3 - Inês
Psi3 - InêsPsi3 - Inês
Psi3 - Inês
12anogolega
 
Psi4 - Inês
Psi4 - InêsPsi4 - Inês
Psi4 - Inês
12anogolega
 
Psi2 - Inês
Psi2 - InêsPsi2 - Inês
Psi2 - Inês
12anogolega
 
Last PP - Telma
Last PP - TelmaLast PP - Telma
Last PP - Telma
12anogolega
 
Last PP - Leonor
Last PP - LeonorLast PP - Leonor
Last PP - Leonor
12anogolega
 
Last PP - Guadalupe
Last PP - GuadalupeLast PP - Guadalupe
Last PP - Guadalupe
12anogolega
 
Last PP - Paulo
Last PP - PauloLast PP - Paulo
Last PP - Paulo
12anogolega
 
Last PP - Magy
Last PP - MagyLast PP - Magy
Last PP - Magy
12anogolega
 
Last PP - Constança
Last PP - ConstançaLast PP - Constança
Last PP - Constança
12anogolega
 
Last PP - Julha
Last PP - JulhaLast PP - Julha
Last PP - Julha
12anogolega
 
Last PP - Cláudia
Last PP - CláudiaLast PP - Cláudia
Last PP - Cláudia
12anogolega
 
Capítulo XIX - MC
Capítulo XIX - MCCapítulo XIX - MC
Capítulo XIX - MC
12anogolega
 
Last FL - Telma
Last FL - TelmaLast FL - Telma
Last FL - Telma
12anogolega
 
Last FL - Leonor
Last FL - LeonorLast FL - Leonor
Last FL - Leonor
12anogolega
 

Mais de 12anogolega (20)

Voluntariado - AP
Voluntariado - APVoluntariado - AP
Voluntariado - AP
 
Curiosidades - AP
Curiosidades - APCuriosidades - AP
Curiosidades - AP
 
Água - Biologia
Água - BiologiaÁgua - Biologia
Água - Biologia
 
Esquizofrenia - AP
Esquizofrenia - APEsquizofrenia - AP
Esquizofrenia - AP
 
Psi - Inês
Psi - InêsPsi - Inês
Psi - Inês
 
Psi3 - Inês
Psi3 - InêsPsi3 - Inês
Psi3 - Inês
 
Psi4 - Inês
Psi4 - InêsPsi4 - Inês
Psi4 - Inês
 
Psi2 - Inês
Psi2 - InêsPsi2 - Inês
Psi2 - Inês
 
Last PP - Telma
Last PP - TelmaLast PP - Telma
Last PP - Telma
 
Last PP - Leonor
Last PP - LeonorLast PP - Leonor
Last PP - Leonor
 
Last PP - Guadalupe
Last PP - GuadalupeLast PP - Guadalupe
Last PP - Guadalupe
 
Last PP - Paulo
Last PP - PauloLast PP - Paulo
Last PP - Paulo
 
Last PP - Magy
Last PP - MagyLast PP - Magy
Last PP - Magy
 
Last PP - Constança
Last PP - ConstançaLast PP - Constança
Last PP - Constança
 
Last PP - Julha
Last PP - JulhaLast PP - Julha
Last PP - Julha
 
Last PP - Adri
Last PP - AdriLast PP - Adri
Last PP - Adri
 
Last PP - Cláudia
Last PP - CláudiaLast PP - Cláudia
Last PP - Cláudia
 
Capítulo XIX - MC
Capítulo XIX - MCCapítulo XIX - MC
Capítulo XIX - MC
 
Last FL - Telma
Last FL - TelmaLast FL - Telma
Last FL - Telma
 
Last FL - Leonor
Last FL - LeonorLast FL - Leonor
Last FL - Leonor
 

Last PP - Inês

  • 1. Escola 2,3/s Mestre Martins Correia Português Inês Severino nº8 12ºA Orgulho e Preconceito
  • 2. Jane Austen nasceu em Steventon a 16 de Dezembro de 1775 e foi uma grande escritora inglesa. A ironia que utiliza para descrever as personagens dos seus romances coloca-a entre os clássicos, é constantemente objecto de estudo académico, e alcança um público bastante amplo. Nascida numa família que pertencia à burguesia agrária, a sua situação e o seu ambiente serviram de contexto para todas as suas obras, cujo tema gira em torno do casamento da protagonista.
  • 3. A família Bennet era constituída por cinco filhas fantásticas nas quais se destacavam Elizabeth (Lizzie) e Jane. A mãe destas cinco raparigas era bastante ambiciosa pois só queria que as filhas casassem com homens ricos para que pudessem ser ricas também. Lizzie era a mais desprezada da família mas era o maior orgulho do pai. Mrs. Bennet quando soube que Mr. Bingley e os seus amigos vinham passar o verão numa casa bem perto da sua ficou logo toda entusiasmada pois poderia casar as suas filhas com alguns daqueles rapazes ricos.
  • 4. Mr. Bingley e Jane quando se vêem pela primeira vez ficam logo apaixonados um pelo outro algo que Mrs. Bennet adorou saber. Mr. Darcy, amigo de Mr. Bingley, fica encantado quando vê Lizzie mas esta não lhe liga nenhuma ao princípio e Mrs. Bennet “empurra” uma das suas filhas para que Mr. Darcy se case com uma delas mas este está mais interessado em Lizzie e não dá qualquer importância às suas irmãs. Lizzie e Mr. Darcy amam-se mas como o orgulho e o preconceito é tanto fingem odiar-se.
  • 5. Lizzie fez com que todos acreditassem que, para ela, Darcy não passava de um arrogante, um orgulhoso e de um homem rico. A tia de Darcy era bastante fria com Lizzie para que esta não se apaixonasse pelo seu sobrinho mas por mais que tentasse Lizzie amava-lo cada vez mais. Darcy e Lizzie ultrapassam todos estes obstáculos e também o orgulho e o preconceito que há entre eles. Mrs. Bennet fica aliviada por ter casado quatro das cinco filhas pois a sua família não tinha posses para as criar a todas. Jane e Lizzie casaram com quem realmente gostavam e não porque a sua mãe quis.
  • 6. Citações “Sempre me disseram que a poesia é o alimento do amor”