SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 21
Baixar para ler offline
PANORAMA GERAL
• Arquipélago composto por mais de 3 mil ilhas (sendo
426 habitadas). As 4 ilhas principais são: Hokkaido,
Honshu, Shikoku e Kyushu;
• Abrange cerca de 372.824 Km² (pouco maior que MS);
• Apenas 11% do território apresenta os requisitos básicos
para a prática da agricultura (planícies costeiras).
• Grandes Cidades: Tóquio, Osaka, Nagoya e Yokohama.
ACOMPANHAR PÁGINA 156 e 157
LOCALIZAÇÃO GEOGRÁFICA
ASPECTOS GEOLÓGICOS
• Território situado sob 3 placas tectônicas: Eurasiana,
Pacífico e Filipinas.
• Intensa atividade vulcânica: cerca de 50 vulcões ativos
(destaque para o Monte Fuji).
• Zona de constantes abalos sísmicos (registrados 200 mil
terremotos anuais, sendo 5 mil perceptíveis).
Maior tremor registrado  Sendai – 2011 – 8.9 graus ER –
20 mil mortos
• Maior parte do arquipélago formou-se a partir da
solidificação do magma;
RELEVO
• Aproximadamente 70% do país é composto por
cadeias montanhosas, forçando 40% da
população a ocupar cerca de 1% do território.
• Apesar do relevo acidentado, a tecnologia
conseguiu unir as 4 ilhas por meio de pontes e
túneis;
• Grande parte da população japonesa concentra-
se nas planícies litorâneas.
CLIMA E VEGETAÇÃO
• Arquipélago está exposto à ação das massas de ar
úmidas e correntes marítimas provenientes do
oceano Pacífico, provocando elevados índices
pluviométricos e vulnerabilidade à furacões;
• Predomínio de florestas (57% do território), que
cobrem a maior parte dos conjuntos montanhosos
do país, tornando-o uma das nações mais
arborizadas do mundo.
FORMAÇÃO SOCIAL JAPONESA
• Primeiros Habitantes  Aproximadamente 60 mil
anos atrás, após a última glaciação (redução do
nível dos mares);
• 10.000 a.c.  Composição de uma sociedade
baseada na caça, coleta e na produção de
cerâmica. Conhecida por Jomom.
JOMOM
“FEUDALISMO NIPÔNICO”
• Até 1870  Organização Social e Espacial
parecida com o Feudalismo Europeu.
• Introdução da cultura do arroz, e da metalurgia
(fundição em bronze e ferro);
• Expansão das tribos para o Norte e construção de
Vilas.
NOBREZA SAMURAI
XOGUMSENHOR FEUDAL
SAMURAI
A ERA MEIJI
• 1870  Imperador MEIJI propôs o serviço militar
obrigatório e extinguiu as classes xogum e samurai;
• 1884  Grande reforma fiscal e bancária.
Capacitação da população para o setor industrial
e redução do analfabetismo;
• 1889  CONSTITUIÇÃO MEIJI
• Japão tornou-se competitivo e militarizado;
• Zaibatsus  Corporações de Famílias tradicionais
japonesas ligadas a exploração mineral, sistema
financeiro, indústria e comércio exterior;
• Crescimento industrial levou o Japão à aspirações
imperialistas
Imperador Mitsuhito
ACOMPANHAR PÁGINA 159
ECONOMIA JAPONESA PÓS 2ª GUERRA
• Após o final da 2ª Guerra, japoneses recebem
investimentos dos EUA para reconstrução do
território (Plano Marshall);
• Maciços investimentos em educação, tecnologia e
mão de obra qualificada;
• Período chamado de “Milagre Econômico”.
DISTRIBUIÇÃO ECONÔMICA
1,5
22,8
75,7
AGROPECUÁRIA
INDÚSTRIA
COMÉRCIO E
SERVIÇOS
SETOR PRIMÁRIO
[AGRICULTURA E PECUÁRIA]
• Agricultura Japonesa não é autossuficiente (relevo montanhoso).
Produzem 75% de suas necessidades,
• 71% desta produção provém da agricultura familiar (pequenas
propriedades);
• Setor agrícola não é mecanizado, utiliza-se técnicas tradicionais
e rudimentares (arado, cultivo com enxadas). Geralmente a
agricultura é praticada na encosta de montanhas;
• Principais Produtos  Arroz (60%), Trigo, Cevada, Hortaliças e
Frutos;
• Pecuária Japonesa enfrenta problemas de espaço. Uma
cabeça de gado para cada 28 habitantes.
ACOMPANHAR PÁGINA 160
SETOR PRIMÁRIO
[PESCA]
• PESCA  “Indústria Flutuante”;
• Navios atuam como Fábricas de Enlatados,
embarcações passam meses em alto mar e
descarregam o produto pronto para o consumo.
ACOMPANHAR PÁGINA 161
SETOR INDUSTRIAL
• TOYOTISMO (3ª Rev. Industrial)  sistema de produção
flexível (produção de acordo com a demanda) e
utilização da robótica e informática;
• 1980  Japão torna-se o parque industrial mais
produtivo e avançado de todo o mundo;
• Setor industrial japonês depende da importação de
matérias-primas, como petróleo, ferro, manganês e
cobre;
• Estímulo a empresas multinacionais mineradoras, com
grande presença na África.
ACOMPANHAR PÁGINA 160
COMPARATIVO
SOCIOECONÔMICO
0,890 IDH 0,744
126 Milhões Nº de HABITANTES 202 Milhões
336 hab/km² DENSIDADE DEMOGRÁFICA 24 hab/Km²
-0,073% CRESCIMENTO POPULACIONAL 0,839%
6,98% ÁREA RURAL 14,57%
93,02% ÁREA URBANA 85,43%
9 Por Mil TAXA DE NATALIDADE 15 Por Mil
9 Por Mil TAXA DE MORTALIDADE 6 Por Mil
83,6 Anos EXPECTATIVA DE VIDA 73,8 Anos
5,9 trilhões US$ PIB 2,2 trilhões US$
46.838 US$ PIB PER CAPITA 11.347 US$
8.611.000 anual ENTRADA DE TURISTAS 5.161.000 anual
59,86% PEA 69,88%
- 5% POPULAÇÃO SUBNUTRIDA 6%

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Ásia - Aspectos físicos, Econômicos, Culturais e Sociais
Ásia - Aspectos físicos, Econômicos, Culturais e SociaisÁsia - Aspectos físicos, Econômicos, Culturais e Sociais
Ásia - Aspectos físicos, Econômicos, Culturais e Sociais
Bruno Araújo Oliveira
 
Revisão de geografia europa - 9º ano
Revisão de geografia   europa - 9º anoRevisão de geografia   europa - 9º ano
Revisão de geografia europa - 9º ano
Simone Aguiar
 
Cap. 4 - A industrialização brasileira
Cap. 4 - A industrialização brasileiraCap. 4 - A industrialização brasileira
Cap. 4 - A industrialização brasileira
profacacio
 

Mais procurados (20)

Asia - aspectos naturais
Asia - aspectos naturaisAsia - aspectos naturais
Asia - aspectos naturais
 
Ásia
ÁsiaÁsia
Ásia
 
China seculo xxi
China seculo xxiChina seculo xxi
China seculo xxi
 
Ásia - Aspectos físicos, Econômicos, Culturais e Sociais
Ásia - Aspectos físicos, Econômicos, Culturais e SociaisÁsia - Aspectos físicos, Econômicos, Culturais e Sociais
Ásia - Aspectos físicos, Econômicos, Culturais e Sociais
 
China slides
China   slidesChina   slides
China slides
 
Revisão de geografia europa - 9º ano
Revisão de geografia   europa - 9º anoRevisão de geografia   europa - 9º ano
Revisão de geografia europa - 9º ano
 
Unidade 8 - África
Unidade 8  - ÁfricaUnidade 8  - África
Unidade 8 - África
 
A rússia e a cei
A rússia e a ceiA rússia e a cei
A rússia e a cei
 
África
ÁfricaÁfrica
África
 
Tigres asiáticos
Tigres asiáticosTigres asiáticos
Tigres asiáticos
 
9º ano - índia
9º ano - índia9º ano - índia
9º ano - índia
 
América central
América  centralAmérica  central
América central
 
China
ChinaChina
China
 
Rússia
RússiaRússia
Rússia
 
Cap. 4 - A industrialização brasileira
Cap. 4 - A industrialização brasileiraCap. 4 - A industrialização brasileira
Cap. 4 - A industrialização brasileira
 
Economia asiática
Economia asiáticaEconomia asiática
Economia asiática
 
áSia setentrional
áSia setentrionaláSia setentrional
áSia setentrional
 
America latina
America latina America latina
America latina
 
América do sul
América do sulAmérica do sul
América do sul
 
Tigres asiáticos e novos Tigres
Tigres asiáticos e novos Tigres  Tigres asiáticos e novos Tigres
Tigres asiáticos e novos Tigres
 

Semelhante a Japão

Resumo norte
Resumo norteResumo norte
Resumo norte
CBM
 
Os tigres asáticos
Os tigres asáticosOs tigres asáticos
Os tigres asáticos
João Couto
 
Aspectos naturais do continente asiatico
Aspectos naturais do continente asiaticoAspectos naturais do continente asiatico
Aspectos naturais do continente asiatico
flaviocosac
 

Semelhante a Japão (20)

Asia, japão e tigres
Asia, japão e tigresAsia, japão e tigres
Asia, japão e tigres
 
Tigres Asiáticos e Japão
Tigres Asiáticos e JapãoTigres Asiáticos e Japão
Tigres Asiáticos e Japão
 
Industrialização do Japão
Industrialização do JapãoIndustrialização do Japão
Industrialização do Japão
 
Resumo norte
Resumo norteResumo norte
Resumo norte
 
Disputa entre Japão X China pelas terras
Disputa entre Japão X China pelas terrasDisputa entre Japão X China pelas terras
Disputa entre Japão X China pelas terras
 
Os tigres asáticos
Os tigres asáticosOs tigres asáticos
Os tigres asáticos
 
OCEANIA.pdf
OCEANIA.pdfOCEANIA.pdf
OCEANIA.pdf
 
Csc geo - industrialização eur eua-can - final
Csc   geo - industrialização eur eua-can - finalCsc   geo - industrialização eur eua-can - final
Csc geo - industrialização eur eua-can - final
 
Aula 15 japão
Aula 15   japãoAula 15   japão
Aula 15 japão
 
Ásia - aspectos naturais e geopolíticos
Ásia - aspectos naturais e geopolíticos Ásia - aspectos naturais e geopolíticos
Ásia - aspectos naturais e geopolíticos
 
Csc geo - industrialização jap aus
Csc   geo - industrialização jap ausCsc   geo - industrialização jap aus
Csc geo - industrialização jap aus
 
Oceania
Oceania Oceania
Oceania
 
Industrialização Pioneira
Industrialização PioneiraIndustrialização Pioneira
Industrialização Pioneira
 
Oceania
OceaniaOceania
Oceania
 
Slides geografia e economia japão
Slides geografia e economia   japãoSlides geografia e economia   japão
Slides geografia e economia japão
 
JAPAO.pptx
JAPAO.pptxJAPAO.pptx
JAPAO.pptx
 
Africa e artico
Africa e articoAfrica e artico
Africa e artico
 
Aspectos naturais do continente asiatico
Aspectos naturais do continente asiaticoAspectos naturais do continente asiatico
Aspectos naturais do continente asiatico
 
1317 24 10_2012_arquivo
1317 24 10_2012_arquivo1317 24 10_2012_arquivo
1317 24 10_2012_arquivo
 
Japão
JapãoJapão
Japão
 

Mais de flaviocosac (20)

Dossie republica dominicana 2020
Dossie republica dominicana 2020Dossie republica dominicana 2020
Dossie republica dominicana 2020
 
O nosso lugar no universo
O nosso lugar no universoO nosso lugar no universo
O nosso lugar no universo
 
O continente europeu
O continente europeuO continente europeu
O continente europeu
 
Composicao9
Composicao9Composicao9
Composicao9
 
Composicao8
Composicao8Composicao8
Composicao8
 
Formacao territorio brasileiro
Formacao territorio brasileiroFormacao territorio brasileiro
Formacao territorio brasileiro
 
Composicao7
Composicao7Composicao7
Composicao7
 
Construindo um lugar
Construindo um lugarConstruindo um lugar
Construindo um lugar
 
Composicao6
Composicao6Composicao6
Composicao6
 
Hipóteses
HipótesesHipóteses
Hipóteses
 
O espaço urbano
O espaço urbanoO espaço urbano
O espaço urbano
 
A energia que movimenta o mundo
A energia que movimenta o mundoA energia que movimenta o mundo
A energia que movimenta o mundo
 
Região sul
Região sulRegião sul
Região sul
 
[Material de aula] região sudeste
[Material de aula] região sudeste[Material de aula] região sudeste
[Material de aula] região sudeste
 
[Material de aula] tigres asiáticos
[Material de aula] tigres asiáticos[Material de aula] tigres asiáticos
[Material de aula] tigres asiáticos
 
[Material de aula] china dragao asiatico
[Material de aula] china   dragao asiatico[Material de aula] china   dragao asiatico
[Material de aula] china dragao asiatico
 
Religiões asiáticas
Religiões asiáticasReligiões asiáticas
Religiões asiáticas
 
População asiática
População asiáticaPopulação asiática
População asiática
 
União européia
União européiaUnião européia
União européia
 
Europa 9º
Europa 9ºEuropa 9º
Europa 9º
 

Último

ATLAS DE FOTOGRAMETRIA FORENSE - EEPHCFMUSP .pdf
ATLAS DE FOTOGRAMETRIA FORENSE - EEPHCFMUSP .pdfATLAS DE FOTOGRAMETRIA FORENSE - EEPHCFMUSP .pdf
ATLAS DE FOTOGRAMETRIA FORENSE - EEPHCFMUSP .pdf
WendelldaLuz
 

Último (6)

Treinamento Básico em Primeiros Socorros.ppt
Treinamento Básico em Primeiros Socorros.pptTreinamento Básico em Primeiros Socorros.ppt
Treinamento Básico em Primeiros Socorros.ppt
 
Humanização na Enfermagem: o que é e qual a importância?
Humanização na Enfermagem: o que é e qual a importância?Humanização na Enfermagem: o que é e qual a importância?
Humanização na Enfermagem: o que é e qual a importância?
 
ATLAS DE FOTOGRAMETRIA FORENSE - EEPHCFMUSP .pdf
ATLAS DE FOTOGRAMETRIA FORENSE - EEPHCFMUSP .pdfATLAS DE FOTOGRAMETRIA FORENSE - EEPHCFMUSP .pdf
ATLAS DE FOTOGRAMETRIA FORENSE - EEPHCFMUSP .pdf
 
FUNDAMENTOS DA ENFERMAGEM II- FUNDAMENTOS DA ENFERMAGEM II- PREVENÇÃO E CONTR...
FUNDAMENTOS DA ENFERMAGEM II- FUNDAMENTOS DA ENFERMAGEM II- PREVENÇÃO E CONTR...FUNDAMENTOS DA ENFERMAGEM II- FUNDAMENTOS DA ENFERMAGEM II- PREVENÇÃO E CONTR...
FUNDAMENTOS DA ENFERMAGEM II- FUNDAMENTOS DA ENFERMAGEM II- PREVENÇÃO E CONTR...
 
ATIVIDADE 1 - FSCE - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II - 52_2024.pdf
ATIVIDADE 1 - FSCE - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II - 52_2024.pdfATIVIDADE 1 - FSCE - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II - 52_2024.pdf
ATIVIDADE 1 - FSCE - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II - 52_2024.pdf
 
Anatomia do Sistema Respiratorio função e movimentos musculares.
Anatomia do Sistema Respiratorio função e movimentos musculares.Anatomia do Sistema Respiratorio função e movimentos musculares.
Anatomia do Sistema Respiratorio função e movimentos musculares.
 

Japão

  • 1.
  • 2. PANORAMA GERAL • Arquipélago composto por mais de 3 mil ilhas (sendo 426 habitadas). As 4 ilhas principais são: Hokkaido, Honshu, Shikoku e Kyushu; • Abrange cerca de 372.824 Km² (pouco maior que MS); • Apenas 11% do território apresenta os requisitos básicos para a prática da agricultura (planícies costeiras). • Grandes Cidades: Tóquio, Osaka, Nagoya e Yokohama. ACOMPANHAR PÁGINA 156 e 157
  • 4. ASPECTOS GEOLÓGICOS • Território situado sob 3 placas tectônicas: Eurasiana, Pacífico e Filipinas. • Intensa atividade vulcânica: cerca de 50 vulcões ativos (destaque para o Monte Fuji). • Zona de constantes abalos sísmicos (registrados 200 mil terremotos anuais, sendo 5 mil perceptíveis). Maior tremor registrado  Sendai – 2011 – 8.9 graus ER – 20 mil mortos • Maior parte do arquipélago formou-se a partir da solidificação do magma;
  • 5.
  • 6. RELEVO • Aproximadamente 70% do país é composto por cadeias montanhosas, forçando 40% da população a ocupar cerca de 1% do território. • Apesar do relevo acidentado, a tecnologia conseguiu unir as 4 ilhas por meio de pontes e túneis; • Grande parte da população japonesa concentra- se nas planícies litorâneas.
  • 7.
  • 8. CLIMA E VEGETAÇÃO • Arquipélago está exposto à ação das massas de ar úmidas e correntes marítimas provenientes do oceano Pacífico, provocando elevados índices pluviométricos e vulnerabilidade à furacões; • Predomínio de florestas (57% do território), que cobrem a maior parte dos conjuntos montanhosos do país, tornando-o uma das nações mais arborizadas do mundo.
  • 9.
  • 10.
  • 11. FORMAÇÃO SOCIAL JAPONESA • Primeiros Habitantes  Aproximadamente 60 mil anos atrás, após a última glaciação (redução do nível dos mares); • 10.000 a.c.  Composição de uma sociedade baseada na caça, coleta e na produção de cerâmica. Conhecida por Jomom.
  • 12. JOMOM
  • 13. “FEUDALISMO NIPÔNICO” • Até 1870  Organização Social e Espacial parecida com o Feudalismo Europeu. • Introdução da cultura do arroz, e da metalurgia (fundição em bronze e ferro); • Expansão das tribos para o Norte e construção de Vilas. NOBREZA SAMURAI XOGUMSENHOR FEUDAL
  • 15. A ERA MEIJI • 1870  Imperador MEIJI propôs o serviço militar obrigatório e extinguiu as classes xogum e samurai; • 1884  Grande reforma fiscal e bancária. Capacitação da população para o setor industrial e redução do analfabetismo; • 1889  CONSTITUIÇÃO MEIJI • Japão tornou-se competitivo e militarizado; • Zaibatsus  Corporações de Famílias tradicionais japonesas ligadas a exploração mineral, sistema financeiro, indústria e comércio exterior; • Crescimento industrial levou o Japão à aspirações imperialistas Imperador Mitsuhito ACOMPANHAR PÁGINA 159
  • 16. ECONOMIA JAPONESA PÓS 2ª GUERRA • Após o final da 2ª Guerra, japoneses recebem investimentos dos EUA para reconstrução do território (Plano Marshall); • Maciços investimentos em educação, tecnologia e mão de obra qualificada; • Período chamado de “Milagre Econômico”.
  • 18. SETOR PRIMÁRIO [AGRICULTURA E PECUÁRIA] • Agricultura Japonesa não é autossuficiente (relevo montanhoso). Produzem 75% de suas necessidades, • 71% desta produção provém da agricultura familiar (pequenas propriedades); • Setor agrícola não é mecanizado, utiliza-se técnicas tradicionais e rudimentares (arado, cultivo com enxadas). Geralmente a agricultura é praticada na encosta de montanhas; • Principais Produtos  Arroz (60%), Trigo, Cevada, Hortaliças e Frutos; • Pecuária Japonesa enfrenta problemas de espaço. Uma cabeça de gado para cada 28 habitantes. ACOMPANHAR PÁGINA 160
  • 19. SETOR PRIMÁRIO [PESCA] • PESCA  “Indústria Flutuante”; • Navios atuam como Fábricas de Enlatados, embarcações passam meses em alto mar e descarregam o produto pronto para o consumo. ACOMPANHAR PÁGINA 161
  • 20. SETOR INDUSTRIAL • TOYOTISMO (3ª Rev. Industrial)  sistema de produção flexível (produção de acordo com a demanda) e utilização da robótica e informática; • 1980  Japão torna-se o parque industrial mais produtivo e avançado de todo o mundo; • Setor industrial japonês depende da importação de matérias-primas, como petróleo, ferro, manganês e cobre; • Estímulo a empresas multinacionais mineradoras, com grande presença na África. ACOMPANHAR PÁGINA 160
  • 21. COMPARATIVO SOCIOECONÔMICO 0,890 IDH 0,744 126 Milhões Nº de HABITANTES 202 Milhões 336 hab/km² DENSIDADE DEMOGRÁFICA 24 hab/Km² -0,073% CRESCIMENTO POPULACIONAL 0,839% 6,98% ÁREA RURAL 14,57% 93,02% ÁREA URBANA 85,43% 9 Por Mil TAXA DE NATALIDADE 15 Por Mil 9 Por Mil TAXA DE MORTALIDADE 6 Por Mil 83,6 Anos EXPECTATIVA DE VIDA 73,8 Anos 5,9 trilhões US$ PIB 2,2 trilhões US$ 46.838 US$ PIB PER CAPITA 11.347 US$ 8.611.000 anual ENTRADA DE TURISTAS 5.161.000 anual 59,86% PEA 69,88% - 5% POPULAÇÃO SUBNUTRIDA 6%