SlideShare uma empresa Scribd logo
Inovação Tecnológica,
Competitividade e
Desenvolvimento Econômico
Charles Benigno, PhD
charlesbenigno@hotmail.com
https://www.linkedin/in/charlesbenigno
XV Seminário Anual de Iniciação Científica da UFRA
MINI-CURRÍCULO
2
Ex-Superintendente do Núcleo de Educação a Distância - NEAD da Universidade da Amazônia.
Professor dos cursos de graduação e especialização da Universidade da Amazônia. Participou da
coordenação do PROGESTÃO, pós-graduação em EAD.
Coordenou o curso de especialização em Gestão da Produção, pela Unama. Atuou durante 15 anos
na área comercial/marketing. Foi proprietário de franquia do Grupo TOTVS S.A. maior empresa de
sistemas de gestão empresarial da América Latina. Consultor do SEBRAE/PA e da TerraForum
Consultores. Participou de inúmeros projetos de EAD e tecnologia educacional, como bibliotecas
digitais, sistemas de videoconferência e de satélite. Coordenou toda a produção de EAD da Unama,
desde material didático a material multimídida. Participou da criação da UniversidadeVirtual Brasileira
(IUVB.BR). Foi professor da Université Grenoble Alpes, alocado no Institut d'Administration des
Entreprises - IAE, onde além de lecionar nos cursos de mestrado atuou como coordenador de curso
de pós-graduação em “Webmarketing e Electronic Business”. Lecionou também na Université Joseph
Fourier. Atualmente é professor da Universidade Federal Rural da Amazônia – UFRA e professor do
curso de Administração, campus Paragominas (PA).
Ph.D. em Ciências da Gestão pela Université Communauté Grenoble
Alpes, França.Trabalho de pesquisa sobre a relação da gestão do
conhecimento e a capacidade de inovação incremental em três indústrias
tradicionais no polo industrial de Barcarena, Pará. Merstrado em
Administração com dissertação com o tema Comércio Eletrônico;
especialização em Controladoria. Bacharel em Administração.
Invenção
Consiste no desenvolvimento de soluções, científicas ou
não, para problemas específicos.
A invenção sozinha não permite a exploração econômica.
Bardana (arctium
lappa)
3 Charles Benigno, PhD
Inovação
4
“Inovações podem ser
novos produtos, novos
processos, ou novos
métodos organizacionais
que são novos e que
criam valor para a
atividade econômica”
(AUDRETSCH et al, 2002)
Inovação
Refere-se à primeira aplicação comercial de uma
invenção, que se traduz por um valor econômico.
 Ex.: Quando um novo material é descoberto ou o
desenvolvimento de uma técnica ou equipamento é colocado
numa produção regular pela primeira vez. Ou quando um
mercado organizado para um produto é criado pela primeira
vez.
5 Charles Benigno, PhD
6
Existe uma relação
clara entre a produção
do conhecimento e a
inovação.
Na verdade, a inovação é
conhecimento novo
inserido em produtos e
serviços.
A Destruição Criativa
Joseph Schumpeter
Capitalismo, socialismo e democracia
(1942)
A destruição criativa é uma força
que conduz a mudança. É a criação
do novo e a destruição daquilo que
se torna obsoleto.
É também a capacidade da
empresa de ultrapassar a
concorrência, estabelecendo um
monopólio temporário quando se
desenvolve um novo mercado para
seus produtos.
7 Charles Benigno, PhD
A destruição criativa cria
monopólios temporários, ou não
8 Charles Benigno, PhD
A Destruição Criativa
Traduz o desenvolvimento capitalista como um
processo de destruição criadora, cuja força
motriz é a capacidade endógena ao sistema de produzir
inovação.As antigas estruturas são destruídas e
substituídas por novas; firmas se expandem e outras se
contraem; firmas nascem e outras desaparecem;
técnicas novas substituem ou convivem com técnicas
antigas.
9 Charles Benigno, PhD
A Destruição Criativa
 promove as empresas inovadoras, que respondem às novas
solicitações do mercado;
 fecha as empresas sem agilidade para acompanhar as
mudanças;
 orienta os agentes econômicos para as novas tecnologias e
novas preferências dos clientes;
 elimina postos de trabalho ao mesmo tempo em que cria
novas oportunidades de trabalho e possibilita a criação de
novos negócios.
10 Charles Benigno, PhD
Empreendedorismo e
desenvolvimento econômico
11
Novos negócios
(empreendedores)
Desempenho da firma
Nova estrutura do
mercado, mais
eficiência
Inovação
Concorrência, saídas,
fusões, inovações nas
firmas existentes
Desempenho
econômico: crescimento
do PIB e do emprego
Fonte: BARROS, A. A. e PEREIRA, C. M. M de A. Empreendedorismo e Crescimento Econômico: uma análise crítica. Revista
de Administração Contemporânea, Curitiba, v. 12, n. 4 p. 975-993, 2008.
A Sociedade do
Conhecimento
As ondas da inovação
12 Charles Benigno, PhD
Difusão da inovação
 É a generalização do uso das inovações tecnológicas
 No processo de difusão as tecnologias prosseguem
sendo aperfeiçoadas e interagem com outras
tecnologias e com condições infraestruturas. São
normalmente usadas como sinônimo de inovação.
13 Charles Benigno, PhD
Difusão tecnológica
14
Inovação
Lucro
extraordinário
Difusão
tecnológica
Crise
Difusão tecnológica
15
Empresa
pioneira
(Apple)
Concorrente
A (Samsung)
Concorrente
B
Concorrente
C
Inovação
Vantagem
concorrencial
Concorrência
inicial
Difusão
tecnológica Inovação
16
Como as inovações geram
competitividade?
17
Inovação
Redução de
custos
Aumento da
diferenciação
Performance
Funcionalidades
Características
18
O Grupo Anglo
implementou um
programa de ideias
para redução de
custos em 2014.
Resultado: 200 ideias de melhorias em pouco
mais de um ano.
79 ideias implementadas
Economia: R$ 200 milhões em 2015.
19
A aplicação de um produto antiaderente evitou o
acúmulo do minério nas caçambas, aumentou a
produtividade do transporte e gerou uma economia de
R$ 27 milhões em 2015.
As caçambas dos caminhões que
transportam o minério de ferro retinham
sobras desse material. Os engenheiros
perceberam que elas somavam até 90
toneladas, o equivalente a quase metade
da capacidade de carga de um caminhão.
20
Custo mensal: R$ 60.000,00
Investimento: R$ 20.000,00 em equipamento de ultrasom.
Economia prevista: R$ 30.000,00 / mês
Economia anual: R$ 360.000,00
Filtro prensa para filtragem
de caulim
Desenvolvimento: equipe de
engenharia interna e
fornecedor
Exemplos de vantagem estratégica da
inovação
21
Vantagem estratégica Exemplo
Novo produto ou serviço
Introdução doWalkman, aparelho de foto,
lava-louça, banco por telefone, e-book
Oferecer um produto ou serviço por
métodos mais rápidos, mais baratos, mais
personalizados
Serviço bancário pela internet, venda de
livros online,
Produto ou serviço que outros têm
dificuldade em dominar
Rolls-Royce fabrica reatores de avião,
produto de alta complexidade tecnológica
e que requer altíssima especialização
Controle de patentes
Medicamentos de ponta (Zantac, Prozac,
Viagra, etc.)
Reescrever as bases do mercado
Máquinas de escrever vs processador de
texto
TV a cabo vsVidéo streaming (Netflix)
22
Segundo o Departamento de Ciência e
Tecnologia do Reino Unido, o processo de
inovação representa “o motor econômico
moderno, visto que ele transforma as
ideias e os conhecimentos em
produtos e serviços”
(TIDD, BESSANT & PAVITT, 2006)
Desenvolvimento tecnológico:
Demand Push
23
Ciência básica
Desenho de
engenharia
Industrialização
MarketingMercado
Desenvolvimento tecnológico:
Demand Pull
24
Necessidades do
mercado
Geração de
ideias
Desenvolvimento
da ideia
IndustrializaçãoMercado
Modelo sequencial de inovação
25
Rothwell (1992)
Desenvolvimento tecnológico:
Modelo Chain-Linked
26
Kline & Rosenberg (1986)
Inovação aberta (open innovation)
27
Inovação aberta (open innovation)
28
Desafios para a universidade
29
1. Espírito anticapitalista
2. Falta de visão do sistema econômico
3. Professores não compreendem as
empresas / empreendedorismo
4. Financiamento baseado em de fundos
públicos e baixo investimento
5. Modelo de dedicação dos professores
6. Falta de modelo de integração empresa -
academia
7. Foco das pesquisas
8. Modelo de financiamento via
transferência de tecnologia
9. A academia não sabe vender serviços /
falta de incentivos
10. Pouca tradição em tecnologia
As 10 universidades mais inovadoras no
mundo
30
1 – Universidade de Stanford (EUA)
Não é nem necessário apresentar a universidade de Stanford, não é? Localizada no coração doVale do
Silício, a universidade é onde grandes alunos como Larry Page e Elon Musk estudaram e começaram
seus negócios.
2 – Massachussets Institute ofTechnology (EUA)
O MIT também é famoso por tratar de tecnologia e é berço de várias startups de sucesso, como o
Hubspot.
3 – Harvard (EUA)
Considerada a melhor universidade do mundo até hoje, ela também é uma das mais velhas do mundo. O
Facebook nasceu em seus dormitórios. Bill Gates e Mark Zuckerberg estudaram por lá.
4 – University ofTexas (EUA)
A University ofTexas é um sistema de faculdades muito bem avaliada nos Estados Unidos – e tido como
a Universidade pública mais forte do mundo. Localizada em um dos melhores ambientes
empreendedores do país, é onde Michael Dell estudou.
5 – University ofWashington (EUA)
Outro sistema, a University of Texas fica no Estado deWashington (e não na cidade deWashington) –
formando milhares de engenheiros para as grandes empresas de tecnologia do Estado, como Microsoft e
Amazon. É outra universidade pública
As 10 universidades mais inovadoras no
mundo
31
6 – KAIST (Coreia do Sul)
A melhor universidade da Ásia também é pública. Foi fundada em 1971 para
investir pesado em tecnologias.
7 – University of Michigan (EUA)
Outra universidade pública americana de renome e forte. É de 1817, o que a
torna uma das públicas mais velhas do mundo.
8 – University of Pennsylvania (EUA)
Universidade privada e que faz parte da Ivy League. Fica em Filadélfia e é onde
o candidato à presidente dos Estados Unidos Donald Trump estudou.
9 – Katholieke Universiteit Leuven (Bélgica)
A melhor da Europa neste quesito foi fundada em 1425, sendo a mais velha de
seu país.Tem cerca de 55 mil estudantes de diversos países e é mantida pela
Igreja Católica.
10 – Northwestern University (EUA)
A Northwestern fica em Illinois, estado cuja capital é Chicago (a terceira
maior cidade dos Estados Unidos). É privada e tem um campus “filial” no
Qatar.
Fonte: https://www.startse.com.br
32
http://www.facebook.com/charlesbenigno
E-mail: charlesbenigno@hotmail.com
OBRIGADO!

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Inovação Tecnológica, Competitividade e Desenvolvimento Econômico

Palestra inovação tecnológica e desenvolvimento econômico e social
Palestra inovação tecnológica e desenvolvimento econômico e socialPalestra inovação tecnológica e desenvolvimento econômico e social
Palestra inovação tecnológica e desenvolvimento econômico e social
Claudio Seixas
 
Projeto de p&d&i parceiros, fomento e gerenciamento
Projeto de p&d&i parceiros, fomento e gerenciamentoProjeto de p&d&i parceiros, fomento e gerenciamento
Projeto de p&d&i parceiros, fomento e gerenciamento
Lychnoflora Pesquisa e Desenvolvimento em Produtos Naturais
 
Inovação Aberta: Colaboração em P&D&I (2009)
Inovação Aberta: Colaboração em P&D&I (2009)Inovação Aberta: Colaboração em P&D&I (2009)
Inovação Aberta: Colaboração em P&D&I (2009)
frgo
 
Pucrs Audy Santa Maria Feisma
Pucrs Audy Santa Maria FeismaPucrs Audy Santa Maria Feisma
Pucrs Audy Santa Maria Feisma
Larissa Pereira Mayer
 
Oportunidades de Inovação para os Jogos Esportivos Mundiais
Oportunidades de Inovação para os Jogos Esportivos MundiaisOportunidades de Inovação para os Jogos Esportivos Mundiais
Oportunidades de Inovação para os Jogos Esportivos Mundiais
BRAIN Brasil Inovação
 
Eeits 2015 final
Eeits 2015 finalEeits 2015 final
Da pesquisa à inovação tecnológica
Da pesquisa à inovação tecnológicaDa pesquisa à inovação tecnológica
Da pesquisa à inovação tecnológica
André Laborde
 
Comportamento humano nas Organizações: atitude comportamental, organização e...
 Comportamento humano nas Organizações: atitude comportamental, organização e... Comportamento humano nas Organizações: atitude comportamental, organização e...
Comportamento humano nas Organizações: atitude comportamental, organização e...
A. Rui Teixeira Santos
 
Organização e tecnologia dos Média, docente: prof. doutor Rui Teixeira Santos...
Organização e tecnologia dos Média, docente: prof. doutor Rui Teixeira Santos...Organização e tecnologia dos Média, docente: prof. doutor Rui Teixeira Santos...
Organização e tecnologia dos Média, docente: prof. doutor Rui Teixeira Santos...
A. Rui Teixeira Santos
 
0. PPT. Inovação e Empreendedorismo.pptx
0. PPT. Inovação e Empreendedorismo.pptx0. PPT. Inovação e Empreendedorismo.pptx
0. PPT. Inovação e Empreendedorismo.pptx
PauloFelipeMaximiano1
 
Ufsc inovação colaborativa
Ufsc   inovação colaborativaUfsc   inovação colaborativa
Ufsc inovação colaborativa
Jose Claudio Terra
 
Alexandre Paupério, Brasil Inovação (BRAIN)- Rodadas de Inovação: Tecnologias...
Alexandre Paupério, Brasil Inovação (BRAIN)- Rodadas de Inovação: Tecnologias...Alexandre Paupério, Brasil Inovação (BRAIN)- Rodadas de Inovação: Tecnologias...
Alexandre Paupério, Brasil Inovação (BRAIN)- Rodadas de Inovação: Tecnologias...
Incubadora de Negócios Unifacs
 
A Organizacao, Prof. Doutor Rui Teixeira Santos (2011/12, Lisboa)
A Organizacao, Prof. Doutor Rui Teixeira Santos (2011/12, Lisboa)A Organizacao, Prof. Doutor Rui Teixeira Santos (2011/12, Lisboa)
A Organizacao, Prof. Doutor Rui Teixeira Santos (2011/12, Lisboa)
A. Rui Teixeira Santos
 
As Organizaçoes / Gestao das organizaçoes
As Organizaçoes / Gestao das organizaçoesAs Organizaçoes / Gestao das organizaçoes
As Organizaçoes / Gestao das organizaçoes
A. Rui Teixeira Santos
 
Reflexões sobre inovação, currículo, e alternativas para a organização curric...
Reflexões sobre inovação, currículo, e alternativas para a organização curric...Reflexões sobre inovação, currículo, e alternativas para a organização curric...
Reflexões sobre inovação, currículo, e alternativas para a organização curric...
Martha Prata-Linhares
 
Importancia da propriedade_intelectual_nas_atividades_de_pesquisa_e_inovacao-...
Importancia da propriedade_intelectual_nas_atividades_de_pesquisa_e_inovacao-...Importancia da propriedade_intelectual_nas_atividades_de_pesquisa_e_inovacao-...
Importancia da propriedade_intelectual_nas_atividades_de_pesquisa_e_inovacao-...
Petros Quim
 
1a Reunião Temática do Centro de Open Innovation - Brasil: Parceria Universid...
1a Reunião Temática do Centro de Open Innovation - Brasil: Parceria Universid...1a Reunião Temática do Centro de Open Innovation - Brasil: Parceria Universid...
1a Reunião Temática do Centro de Open Innovation - Brasil: Parceria Universid...
Allagi Open Innovation Services
 
TECNOPUC
TECNOPUC TECNOPUC
Tecnologia
TecnologiaTecnologia
Empreendedorismo
EmpreendedorismoEmpreendedorismo
Empreendedorismo
Clara Simao
 

Semelhante a Inovação Tecnológica, Competitividade e Desenvolvimento Econômico (20)

Palestra inovação tecnológica e desenvolvimento econômico e social
Palestra inovação tecnológica e desenvolvimento econômico e socialPalestra inovação tecnológica e desenvolvimento econômico e social
Palestra inovação tecnológica e desenvolvimento econômico e social
 
Projeto de p&d&i parceiros, fomento e gerenciamento
Projeto de p&d&i parceiros, fomento e gerenciamentoProjeto de p&d&i parceiros, fomento e gerenciamento
Projeto de p&d&i parceiros, fomento e gerenciamento
 
Inovação Aberta: Colaboração em P&D&I (2009)
Inovação Aberta: Colaboração em P&D&I (2009)Inovação Aberta: Colaboração em P&D&I (2009)
Inovação Aberta: Colaboração em P&D&I (2009)
 
Pucrs Audy Santa Maria Feisma
Pucrs Audy Santa Maria FeismaPucrs Audy Santa Maria Feisma
Pucrs Audy Santa Maria Feisma
 
Oportunidades de Inovação para os Jogos Esportivos Mundiais
Oportunidades de Inovação para os Jogos Esportivos MundiaisOportunidades de Inovação para os Jogos Esportivos Mundiais
Oportunidades de Inovação para os Jogos Esportivos Mundiais
 
Eeits 2015 final
Eeits 2015 finalEeits 2015 final
Eeits 2015 final
 
Da pesquisa à inovação tecnológica
Da pesquisa à inovação tecnológicaDa pesquisa à inovação tecnológica
Da pesquisa à inovação tecnológica
 
Comportamento humano nas Organizações: atitude comportamental, organização e...
 Comportamento humano nas Organizações: atitude comportamental, organização e... Comportamento humano nas Organizações: atitude comportamental, organização e...
Comportamento humano nas Organizações: atitude comportamental, organização e...
 
Organização e tecnologia dos Média, docente: prof. doutor Rui Teixeira Santos...
Organização e tecnologia dos Média, docente: prof. doutor Rui Teixeira Santos...Organização e tecnologia dos Média, docente: prof. doutor Rui Teixeira Santos...
Organização e tecnologia dos Média, docente: prof. doutor Rui Teixeira Santos...
 
0. PPT. Inovação e Empreendedorismo.pptx
0. PPT. Inovação e Empreendedorismo.pptx0. PPT. Inovação e Empreendedorismo.pptx
0. PPT. Inovação e Empreendedorismo.pptx
 
Ufsc inovação colaborativa
Ufsc   inovação colaborativaUfsc   inovação colaborativa
Ufsc inovação colaborativa
 
Alexandre Paupério, Brasil Inovação (BRAIN)- Rodadas de Inovação: Tecnologias...
Alexandre Paupério, Brasil Inovação (BRAIN)- Rodadas de Inovação: Tecnologias...Alexandre Paupério, Brasil Inovação (BRAIN)- Rodadas de Inovação: Tecnologias...
Alexandre Paupério, Brasil Inovação (BRAIN)- Rodadas de Inovação: Tecnologias...
 
A Organizacao, Prof. Doutor Rui Teixeira Santos (2011/12, Lisboa)
A Organizacao, Prof. Doutor Rui Teixeira Santos (2011/12, Lisboa)A Organizacao, Prof. Doutor Rui Teixeira Santos (2011/12, Lisboa)
A Organizacao, Prof. Doutor Rui Teixeira Santos (2011/12, Lisboa)
 
As Organizaçoes / Gestao das organizaçoes
As Organizaçoes / Gestao das organizaçoesAs Organizaçoes / Gestao das organizaçoes
As Organizaçoes / Gestao das organizaçoes
 
Reflexões sobre inovação, currículo, e alternativas para a organização curric...
Reflexões sobre inovação, currículo, e alternativas para a organização curric...Reflexões sobre inovação, currículo, e alternativas para a organização curric...
Reflexões sobre inovação, currículo, e alternativas para a organização curric...
 
Importancia da propriedade_intelectual_nas_atividades_de_pesquisa_e_inovacao-...
Importancia da propriedade_intelectual_nas_atividades_de_pesquisa_e_inovacao-...Importancia da propriedade_intelectual_nas_atividades_de_pesquisa_e_inovacao-...
Importancia da propriedade_intelectual_nas_atividades_de_pesquisa_e_inovacao-...
 
1a Reunião Temática do Centro de Open Innovation - Brasil: Parceria Universid...
1a Reunião Temática do Centro de Open Innovation - Brasil: Parceria Universid...1a Reunião Temática do Centro de Open Innovation - Brasil: Parceria Universid...
1a Reunião Temática do Centro de Open Innovation - Brasil: Parceria Universid...
 
TECNOPUC
TECNOPUC TECNOPUC
TECNOPUC
 
Tecnologia
TecnologiaTecnologia
Tecnologia
 
Empreendedorismo
EmpreendedorismoEmpreendedorismo
Empreendedorismo
 

Mais de Charles BENIGNO

Relação entre a Gestão do Conhecimento e a Inovação
Relação entre a Gestão do Conhecimento e a InovaçãoRelação entre a Gestão do Conhecimento e a Inovação
Relação entre a Gestão do Conhecimento e a Inovação
Charles BENIGNO
 
Case Eletron
Case EletronCase Eletron
Case Eletron
Charles BENIGNO
 
Étude de cas "Havaianas"
Étude de cas "Havaianas"Étude de cas "Havaianas"
Étude de cas "Havaianas"
Charles BENIGNO
 
Tga clássica
Tga clássicaTga clássica
Tga clássica
Charles BENIGNO
 
A Universidade virtual
A Universidade virtualA Universidade virtual
A Universidade virtual
Charles BENIGNO
 
A história de william durant
A história de william durantA história de william durant
A história de william durant
Charles BENIGNO
 
Panorama de Marketing Região Norte
Panorama de Marketing Região NortePanorama de Marketing Região Norte
Panorama de Marketing Região Norte
Charles BENIGNO
 
Dissertação E-commerce
Dissertação E-commerceDissertação E-commerce
Dissertação E-commerce
Charles BENIGNO
 
A Pesquisa e a Web 2.0
A Pesquisa e a Web 2.0A Pesquisa e a Web 2.0
A Pesquisa e a Web 2.0
Charles BENIGNO
 
Era da gestão
Era da gestãoEra da gestão
Era da gestão
Charles BENIGNO
 

Mais de Charles BENIGNO (10)

Relação entre a Gestão do Conhecimento e a Inovação
Relação entre a Gestão do Conhecimento e a InovaçãoRelação entre a Gestão do Conhecimento e a Inovação
Relação entre a Gestão do Conhecimento e a Inovação
 
Case Eletron
Case EletronCase Eletron
Case Eletron
 
Étude de cas "Havaianas"
Étude de cas "Havaianas"Étude de cas "Havaianas"
Étude de cas "Havaianas"
 
Tga clássica
Tga clássicaTga clássica
Tga clássica
 
A Universidade virtual
A Universidade virtualA Universidade virtual
A Universidade virtual
 
A história de william durant
A história de william durantA história de william durant
A história de william durant
 
Panorama de Marketing Região Norte
Panorama de Marketing Região NortePanorama de Marketing Região Norte
Panorama de Marketing Região Norte
 
Dissertação E-commerce
Dissertação E-commerceDissertação E-commerce
Dissertação E-commerce
 
A Pesquisa e a Web 2.0
A Pesquisa e a Web 2.0A Pesquisa e a Web 2.0
A Pesquisa e a Web 2.0
 
Era da gestão
Era da gestãoEra da gestão
Era da gestão
 

Inovação Tecnológica, Competitividade e Desenvolvimento Econômico

  • 1. Inovação Tecnológica, Competitividade e Desenvolvimento Econômico Charles Benigno, PhD charlesbenigno@hotmail.com https://www.linkedin/in/charlesbenigno XV Seminário Anual de Iniciação Científica da UFRA
  • 2. MINI-CURRÍCULO 2 Ex-Superintendente do Núcleo de Educação a Distância - NEAD da Universidade da Amazônia. Professor dos cursos de graduação e especialização da Universidade da Amazônia. Participou da coordenação do PROGESTÃO, pós-graduação em EAD. Coordenou o curso de especialização em Gestão da Produção, pela Unama. Atuou durante 15 anos na área comercial/marketing. Foi proprietário de franquia do Grupo TOTVS S.A. maior empresa de sistemas de gestão empresarial da América Latina. Consultor do SEBRAE/PA e da TerraForum Consultores. Participou de inúmeros projetos de EAD e tecnologia educacional, como bibliotecas digitais, sistemas de videoconferência e de satélite. Coordenou toda a produção de EAD da Unama, desde material didático a material multimídida. Participou da criação da UniversidadeVirtual Brasileira (IUVB.BR). Foi professor da Université Grenoble Alpes, alocado no Institut d'Administration des Entreprises - IAE, onde além de lecionar nos cursos de mestrado atuou como coordenador de curso de pós-graduação em “Webmarketing e Electronic Business”. Lecionou também na Université Joseph Fourier. Atualmente é professor da Universidade Federal Rural da Amazônia – UFRA e professor do curso de Administração, campus Paragominas (PA). Ph.D. em Ciências da Gestão pela Université Communauté Grenoble Alpes, França.Trabalho de pesquisa sobre a relação da gestão do conhecimento e a capacidade de inovação incremental em três indústrias tradicionais no polo industrial de Barcarena, Pará. Merstrado em Administração com dissertação com o tema Comércio Eletrônico; especialização em Controladoria. Bacharel em Administração.
  • 3. Invenção Consiste no desenvolvimento de soluções, científicas ou não, para problemas específicos. A invenção sozinha não permite a exploração econômica. Bardana (arctium lappa) 3 Charles Benigno, PhD
  • 4. Inovação 4 “Inovações podem ser novos produtos, novos processos, ou novos métodos organizacionais que são novos e que criam valor para a atividade econômica” (AUDRETSCH et al, 2002)
  • 5. Inovação Refere-se à primeira aplicação comercial de uma invenção, que se traduz por um valor econômico.  Ex.: Quando um novo material é descoberto ou o desenvolvimento de uma técnica ou equipamento é colocado numa produção regular pela primeira vez. Ou quando um mercado organizado para um produto é criado pela primeira vez. 5 Charles Benigno, PhD
  • 6. 6 Existe uma relação clara entre a produção do conhecimento e a inovação. Na verdade, a inovação é conhecimento novo inserido em produtos e serviços.
  • 7. A Destruição Criativa Joseph Schumpeter Capitalismo, socialismo e democracia (1942) A destruição criativa é uma força que conduz a mudança. É a criação do novo e a destruição daquilo que se torna obsoleto. É também a capacidade da empresa de ultrapassar a concorrência, estabelecendo um monopólio temporário quando se desenvolve um novo mercado para seus produtos. 7 Charles Benigno, PhD
  • 8. A destruição criativa cria monopólios temporários, ou não 8 Charles Benigno, PhD
  • 9. A Destruição Criativa Traduz o desenvolvimento capitalista como um processo de destruição criadora, cuja força motriz é a capacidade endógena ao sistema de produzir inovação.As antigas estruturas são destruídas e substituídas por novas; firmas se expandem e outras se contraem; firmas nascem e outras desaparecem; técnicas novas substituem ou convivem com técnicas antigas. 9 Charles Benigno, PhD
  • 10. A Destruição Criativa  promove as empresas inovadoras, que respondem às novas solicitações do mercado;  fecha as empresas sem agilidade para acompanhar as mudanças;  orienta os agentes econômicos para as novas tecnologias e novas preferências dos clientes;  elimina postos de trabalho ao mesmo tempo em que cria novas oportunidades de trabalho e possibilita a criação de novos negócios. 10 Charles Benigno, PhD
  • 11. Empreendedorismo e desenvolvimento econômico 11 Novos negócios (empreendedores) Desempenho da firma Nova estrutura do mercado, mais eficiência Inovação Concorrência, saídas, fusões, inovações nas firmas existentes Desempenho econômico: crescimento do PIB e do emprego Fonte: BARROS, A. A. e PEREIRA, C. M. M de A. Empreendedorismo e Crescimento Econômico: uma análise crítica. Revista de Administração Contemporânea, Curitiba, v. 12, n. 4 p. 975-993, 2008.
  • 12. A Sociedade do Conhecimento As ondas da inovação 12 Charles Benigno, PhD
  • 13. Difusão da inovação  É a generalização do uso das inovações tecnológicas  No processo de difusão as tecnologias prosseguem sendo aperfeiçoadas e interagem com outras tecnologias e com condições infraestruturas. São normalmente usadas como sinônimo de inovação. 13 Charles Benigno, PhD
  • 16. 16
  • 17. Como as inovações geram competitividade? 17 Inovação Redução de custos Aumento da diferenciação Performance Funcionalidades Características
  • 18. 18 O Grupo Anglo implementou um programa de ideias para redução de custos em 2014. Resultado: 200 ideias de melhorias em pouco mais de um ano. 79 ideias implementadas Economia: R$ 200 milhões em 2015.
  • 19. 19 A aplicação de um produto antiaderente evitou o acúmulo do minério nas caçambas, aumentou a produtividade do transporte e gerou uma economia de R$ 27 milhões em 2015. As caçambas dos caminhões que transportam o minério de ferro retinham sobras desse material. Os engenheiros perceberam que elas somavam até 90 toneladas, o equivalente a quase metade da capacidade de carga de um caminhão.
  • 20. 20 Custo mensal: R$ 60.000,00 Investimento: R$ 20.000,00 em equipamento de ultrasom. Economia prevista: R$ 30.000,00 / mês Economia anual: R$ 360.000,00 Filtro prensa para filtragem de caulim Desenvolvimento: equipe de engenharia interna e fornecedor
  • 21. Exemplos de vantagem estratégica da inovação 21 Vantagem estratégica Exemplo Novo produto ou serviço Introdução doWalkman, aparelho de foto, lava-louça, banco por telefone, e-book Oferecer um produto ou serviço por métodos mais rápidos, mais baratos, mais personalizados Serviço bancário pela internet, venda de livros online, Produto ou serviço que outros têm dificuldade em dominar Rolls-Royce fabrica reatores de avião, produto de alta complexidade tecnológica e que requer altíssima especialização Controle de patentes Medicamentos de ponta (Zantac, Prozac, Viagra, etc.) Reescrever as bases do mercado Máquinas de escrever vs processador de texto TV a cabo vsVidéo streaming (Netflix)
  • 22. 22 Segundo o Departamento de Ciência e Tecnologia do Reino Unido, o processo de inovação representa “o motor econômico moderno, visto que ele transforma as ideias e os conhecimentos em produtos e serviços” (TIDD, BESSANT & PAVITT, 2006)
  • 23. Desenvolvimento tecnológico: Demand Push 23 Ciência básica Desenho de engenharia Industrialização MarketingMercado
  • 24. Desenvolvimento tecnológico: Demand Pull 24 Necessidades do mercado Geração de ideias Desenvolvimento da ideia IndustrializaçãoMercado
  • 25. Modelo sequencial de inovação 25 Rothwell (1992)
  • 27. Inovação aberta (open innovation) 27
  • 28. Inovação aberta (open innovation) 28
  • 29. Desafios para a universidade 29 1. Espírito anticapitalista 2. Falta de visão do sistema econômico 3. Professores não compreendem as empresas / empreendedorismo 4. Financiamento baseado em de fundos públicos e baixo investimento 5. Modelo de dedicação dos professores 6. Falta de modelo de integração empresa - academia 7. Foco das pesquisas 8. Modelo de financiamento via transferência de tecnologia 9. A academia não sabe vender serviços / falta de incentivos 10. Pouca tradição em tecnologia
  • 30. As 10 universidades mais inovadoras no mundo 30 1 – Universidade de Stanford (EUA) Não é nem necessário apresentar a universidade de Stanford, não é? Localizada no coração doVale do Silício, a universidade é onde grandes alunos como Larry Page e Elon Musk estudaram e começaram seus negócios. 2 – Massachussets Institute ofTechnology (EUA) O MIT também é famoso por tratar de tecnologia e é berço de várias startups de sucesso, como o Hubspot. 3 – Harvard (EUA) Considerada a melhor universidade do mundo até hoje, ela também é uma das mais velhas do mundo. O Facebook nasceu em seus dormitórios. Bill Gates e Mark Zuckerberg estudaram por lá. 4 – University ofTexas (EUA) A University ofTexas é um sistema de faculdades muito bem avaliada nos Estados Unidos – e tido como a Universidade pública mais forte do mundo. Localizada em um dos melhores ambientes empreendedores do país, é onde Michael Dell estudou. 5 – University ofWashington (EUA) Outro sistema, a University of Texas fica no Estado deWashington (e não na cidade deWashington) – formando milhares de engenheiros para as grandes empresas de tecnologia do Estado, como Microsoft e Amazon. É outra universidade pública
  • 31. As 10 universidades mais inovadoras no mundo 31 6 – KAIST (Coreia do Sul) A melhor universidade da Ásia também é pública. Foi fundada em 1971 para investir pesado em tecnologias. 7 – University of Michigan (EUA) Outra universidade pública americana de renome e forte. É de 1817, o que a torna uma das públicas mais velhas do mundo. 8 – University of Pennsylvania (EUA) Universidade privada e que faz parte da Ivy League. Fica em Filadélfia e é onde o candidato à presidente dos Estados Unidos Donald Trump estudou. 9 – Katholieke Universiteit Leuven (Bélgica) A melhor da Europa neste quesito foi fundada em 1425, sendo a mais velha de seu país.Tem cerca de 55 mil estudantes de diversos países e é mantida pela Igreja Católica. 10 – Northwestern University (EUA) A Northwestern fica em Illinois, estado cuja capital é Chicago (a terceira maior cidade dos Estados Unidos). É privada e tem um campus “filial” no Qatar. Fonte: https://www.startse.com.br