SlideShare uma empresa Scribd logo
PC-M4-R3 - Da Influência Moral do Médium e do Meio nas Comunicações Mediúnicas
INFLUÊNCIA MORAL DO MÉDIUM O MESMO ASSUNTO REPETIDAS VEZES RECEBIDO POR UM MÉDIUM:   É PARA ESCLARECE-LO. CORRIGI-LO DE ALGUM DEFEITO. 20 A FACULDADE  MEDIÚNICA  É ORGÂNICA  INDEPENDE DA MORAL DIGNOS E INDIGNOS SÃO DOTADOS DELA (COMO DOS SENTIDOS FÍSICOS)  ▼ O MÉDIUM NECESSITA DELA PARA MELHORAR-SE O USO DA FACULDADE MEDIÚNICA PODE SER BOM  OU MAU DEPENDE  DAS QUALIDADES DO MÉDIUM  ▼ O MAU USO SERÁ DUPLAMENTE PUNIDO
INFLUÊNCIA MORAL DO MÉDIUM 20 CONDIÇÕES   PARA NÃO ALTERAR  AS MENSAGENS DESEJAR O BEM EXPULSAR O EGOISMO EXPULSAR O ORGULHO DESPOJAR-SE DA VAIDADE etc CONDIÇÕES   PARA ATRAIR  OS BONS ESPÍRITOS A BONDADE A BENEVOLÊNCIA A SIMPLICIDADE DE CORAÇÃO O AMOR AO PRÓXIMO O DESPRENDIMENTO SINAIS DE ORGULHO NO MÉDIUM: CONFIANÇA CEGA NA SUPERIORIDADE  DE SUAS COMUNICAÇÕES  IDEM NA INFALIBILIDADE DO ESPÍRITO QUE POR ELE SE COMUNICA ABORRECER-SE COM A CRÍTICA AFASTAR-SE DOS AMIGOS QUE PODERIAM DAR-LHE AVISOS, etc SINAIS DE BOM MÉDIUM: NÃO SE PREVALECE DA SUA FACULDADE NÃO SE ATRIBUI NENHUM MÉRITO  (PELA MEDIUNIDADE) HUMILDE:  CONSIDERA-SE INDIGNO DESSE FAVOR
INFLUÊNCIA MORAL DO MÉDIUM 20 AVISOS MÉDIUM PERFEITO:   NÃO HÁ PERFEIÇÃO NA TERRA   O MELHOR MÉDIUM:  É O QUE TEM SIDO ENGANADO MENOS VEZES MÉDIUM ENGANADO:   FOI   ATACADO PELO SEU LADO FRACO OS ESPÍRITOS SEMELHANTES ATRAEM OS ESPÍRITOS SEMELHANTES MÉDIUNS LEVIANOS ATRAEM ESPÍRITOS DA MESMA NATUREZA MÉDIUNS OBSCENOS ATRAEM ESPÍRITOS CÍNICOS MÉDIUM QUE POR SUA CONDUTA É LEGÍTIMAMENTE SUSPEITO:  REPELIR SUAS COMUNICAÇÕES MAIS VALE REPELIR DEZ VERDADES  DO QUE ADMITIR UMA ÚNICA MENTIRA É PRECISO QUE OS DIRIGENTES SEJAM DOTADOS DE RARA SAGACIDADE PARA DISCERNIR AS COMUNICAÇÕES AUTÊNTICAS
O MEIO A INFLUÊNCIA   DOS PARTICIPANTES DA REUNIÃO 21 ... ASSIM, TODA VEZ QUE OS HOMENS SE REÚNEM,  HÁ ENTRE ELES UMA REUNIÃO OCULTA  DE ESPÍRITOS SIMPATIZANTES DE SUAS QUALIDADES  OU DE SUAS IMPERFEIÇÕES.   § 232 SÃO ELES QUE   RESPONDERÃO PRIMEIRO  AO CHAMADO PARA COMUNICAÇÃO. QUAL O MEU MEIO ? INFLUÊNCIA DOS  DESENCARNADOS NOS MEIOS INSTRUÍDOS  ONDE A IRONIA PREDOMINA  IRÃO OS ESPÍRITOS BATEDORES E ZOMBETEIROS INFLUÊNCIA  DOS   ENCARNADOS NOS MEIOS  POUCO INSTRUÍDOS  ONDE HÁ SINCERIDADE  OS BONS ESPÍRITOS  VÃO DE BOA VONTADE
INFLUÊNCIA DO MEIO 21 O MEIO É SUPERADO PELOS ESPÍRITOS SUPERIORES   MAS NÃO VÃO À REUNIÕES ONDE SABEM QUE SUA PRESENÇA É INÚTIL  MAIS UMA LEI DA “ATRAÇÃO UNIVERSAL” ! A ATRAÇÃO DOS ESPÍRITOS SE EXERCE PELA SIMPATIA OU PELA ANTIPATIA   ESTAMOS RODEADOS POR NOSSOS AFINS CADA POVO ESTÁ UNIDO AOS ESPÍRITOS QUE ATRAI  PELOS SEUS  PENSAMENTOS E SENTIMENTOS AS CONDIÇÕES DO MEIO   DEPENDEM : DA HOMOGENEIDADE PARA O BEM DOS SENTIMENTOS PUROS E ELEVADOS DO DESEJO SINCERO DE SE INSTRUIR
Tenham todos uma ótima semana, e que o Mestre Jesus nos abençoe e ilumine! MUITA PAZ!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

AFINIDADE E SINTONIA ESPIRITUAL na visão Espírita
AFINIDADE E SINTONIA ESPIRITUAL na visão EspíritaAFINIDADE E SINTONIA ESPIRITUAL na visão Espírita
AFINIDADE E SINTONIA ESPIRITUAL na visão Espírita
ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ
 
Mistificações, contradições e animismo
Mistificações, contradições e animismoMistificações, contradições e animismo
Mistificações, contradições e animismo
jcevadro
 
Sintonia e vibração
Sintonia e vibraçãoSintonia e vibração
Sintonia e vibração
Louis Oliver
 
ESDE - Roteiro complementar. Módulo I, roteiro 5: sorte das crianças depois d...
ESDE - Roteiro complementar. Módulo I, roteiro 5: sorte das crianças depois d...ESDE - Roteiro complementar. Módulo I, roteiro 5: sorte das crianças depois d...
ESDE - Roteiro complementar. Módulo I, roteiro 5: sorte das crianças depois d...
Núcleo de Promoção Humana Vinha de Luz
 
05 classificação do médiuns
05   classificação do médiuns05   classificação do médiuns
05 classificação do médiuns
carlos freire
 
Os trabalhadores da última hora
Os trabalhadores da última horaOs trabalhadores da última hora
Os trabalhadores da última hora
Isnande Mota Barros
 
Princípios Básicos do Espiritismo
Princípios Básicos do EspiritismoPrincípios Básicos do Espiritismo
Princípios Básicos do Espiritismo
paikachambi
 
ESQUECIMENTO DO PASSADO
ESQUECIMENTO DO PASSADOESQUECIMENTO DO PASSADO
ESQUECIMENTO DO PASSADO
Jorge Luiz dos Santos
 
Evangelho Capítulo XXIV - Não por a candeia debaixo do alqueire
Evangelho Capítulo XXIV - Não por a candeia debaixo do alqueireEvangelho Capítulo XXIV - Não por a candeia debaixo do alqueire
Evangelho Capítulo XXIV - Não por a candeia debaixo do alqueire
grupodepaisceb
 
Estudo sobre prece!
Estudo sobre prece!Estudo sobre prece!
Estudo sobre prece!
Leonardo Pereira
 
Aula 6 Mecanismo das Comunicações Mediúnicas
Aula 6   Mecanismo das Comunicações MediúnicasAula 6   Mecanismo das Comunicações Mediúnicas
Aula 6 Mecanismo das Comunicações Mediúnicas
EHMANA
 
Fluido Cósmico Universal
Fluido Cósmico UniversalFluido Cósmico Universal
Fluido Cósmico Universal
Marcos Bueno Sander
 
Os tres reinos
Os tres reinosOs tres reinos
Os tres reinos
carlos freire
 
Espiritismo e mediunidade 07
Espiritismo e mediunidade  07Espiritismo e mediunidade  07
Espiritismo e mediunidade 07
Leonardo Pereira
 
Obsessão do ponto de vista espírita
Obsessão do ponto de vista espíritaObsessão do ponto de vista espírita
Obsessão do ponto de vista espírita
Eduardo Ottonelli Pithan
 
Esboço do livro A Gênese - curso básico espiritismo - Escola Aprendizes do Ev...
Esboço do livro A Gênese - curso básico espiritismo - Escola Aprendizes do Ev...Esboço do livro A Gênese - curso básico espiritismo - Escola Aprendizes do Ev...
Esboço do livro A Gênese - curso básico espiritismo - Escola Aprendizes do Ev...
Denise Tofoli
 
AULA 112 EAE DM - ESTUDO DO PERISPÍRITO E DOS CENTROS DE FORÇA - 20210709v1
AULA 112 EAE DM - ESTUDO DO PERISPÍRITO E DOS CENTROS DE FORÇA - 20210709v1AULA 112 EAE DM - ESTUDO DO PERISPÍRITO E DOS CENTROS DE FORÇA - 20210709v1
AULA 112 EAE DM - ESTUDO DO PERISPÍRITO E DOS CENTROS DE FORÇA - 20210709v1
Daniel de Melo
 
07 propriedades do perespirito
07   propriedades do perespirito07   propriedades do perespirito
07 propriedades do perespirito
carlos freire
 
Desencarne na visão espírita
Desencarne na visão espíritaDesencarne na visão espírita
Desencarne na visão espírita
Eduardo Ottonelli Pithan
 
Justiça da Reencarnação
Justiça da ReencarnaçãoJustiça da Reencarnação
Justiça da Reencarnação
Izabel Cristina Fonseca
 

Mais procurados (20)

AFINIDADE E SINTONIA ESPIRITUAL na visão Espírita
AFINIDADE E SINTONIA ESPIRITUAL na visão EspíritaAFINIDADE E SINTONIA ESPIRITUAL na visão Espírita
AFINIDADE E SINTONIA ESPIRITUAL na visão Espírita
 
Mistificações, contradições e animismo
Mistificações, contradições e animismoMistificações, contradições e animismo
Mistificações, contradições e animismo
 
Sintonia e vibração
Sintonia e vibraçãoSintonia e vibração
Sintonia e vibração
 
ESDE - Roteiro complementar. Módulo I, roteiro 5: sorte das crianças depois d...
ESDE - Roteiro complementar. Módulo I, roteiro 5: sorte das crianças depois d...ESDE - Roteiro complementar. Módulo I, roteiro 5: sorte das crianças depois d...
ESDE - Roteiro complementar. Módulo I, roteiro 5: sorte das crianças depois d...
 
05 classificação do médiuns
05   classificação do médiuns05   classificação do médiuns
05 classificação do médiuns
 
Os trabalhadores da última hora
Os trabalhadores da última horaOs trabalhadores da última hora
Os trabalhadores da última hora
 
Princípios Básicos do Espiritismo
Princípios Básicos do EspiritismoPrincípios Básicos do Espiritismo
Princípios Básicos do Espiritismo
 
ESQUECIMENTO DO PASSADO
ESQUECIMENTO DO PASSADOESQUECIMENTO DO PASSADO
ESQUECIMENTO DO PASSADO
 
Evangelho Capítulo XXIV - Não por a candeia debaixo do alqueire
Evangelho Capítulo XXIV - Não por a candeia debaixo do alqueireEvangelho Capítulo XXIV - Não por a candeia debaixo do alqueire
Evangelho Capítulo XXIV - Não por a candeia debaixo do alqueire
 
Estudo sobre prece!
Estudo sobre prece!Estudo sobre prece!
Estudo sobre prece!
 
Aula 6 Mecanismo das Comunicações Mediúnicas
Aula 6   Mecanismo das Comunicações MediúnicasAula 6   Mecanismo das Comunicações Mediúnicas
Aula 6 Mecanismo das Comunicações Mediúnicas
 
Fluido Cósmico Universal
Fluido Cósmico UniversalFluido Cósmico Universal
Fluido Cósmico Universal
 
Os tres reinos
Os tres reinosOs tres reinos
Os tres reinos
 
Espiritismo e mediunidade 07
Espiritismo e mediunidade  07Espiritismo e mediunidade  07
Espiritismo e mediunidade 07
 
Obsessão do ponto de vista espírita
Obsessão do ponto de vista espíritaObsessão do ponto de vista espírita
Obsessão do ponto de vista espírita
 
Esboço do livro A Gênese - curso básico espiritismo - Escola Aprendizes do Ev...
Esboço do livro A Gênese - curso básico espiritismo - Escola Aprendizes do Ev...Esboço do livro A Gênese - curso básico espiritismo - Escola Aprendizes do Ev...
Esboço do livro A Gênese - curso básico espiritismo - Escola Aprendizes do Ev...
 
AULA 112 EAE DM - ESTUDO DO PERISPÍRITO E DOS CENTROS DE FORÇA - 20210709v1
AULA 112 EAE DM - ESTUDO DO PERISPÍRITO E DOS CENTROS DE FORÇA - 20210709v1AULA 112 EAE DM - ESTUDO DO PERISPÍRITO E DOS CENTROS DE FORÇA - 20210709v1
AULA 112 EAE DM - ESTUDO DO PERISPÍRITO E DOS CENTROS DE FORÇA - 20210709v1
 
07 propriedades do perespirito
07   propriedades do perespirito07   propriedades do perespirito
07 propriedades do perespirito
 
Desencarne na visão espírita
Desencarne na visão espíritaDesencarne na visão espírita
Desencarne na visão espírita
 
Justiça da Reencarnação
Justiça da ReencarnaçãoJustiça da Reencarnação
Justiça da Reencarnação
 

Mais de igmateus

Violência não
Violência   nãoViolência   não
Violência não
igmateus
 
Fluidos e Perispírito
Fluidos e PerispíritoFluidos e Perispírito
Fluidos e Perispírito
igmateus
 
A Eficácia da Prece
A Eficácia da PreceA Eficácia da Prece
A Eficácia da Prece
igmateus
 
Obsessão e suas relações com as doenças da alma
Obsessão e suas relações com as doenças da almaObsessão e suas relações com as doenças da alma
Obsessão e suas relações com as doenças da alma
igmateus
 
Amar ao próximo como a si mesmo
Amar ao próximo como a si mesmoAmar ao próximo como a si mesmo
Amar ao próximo como a si mesmo
igmateus
 
Jesus: Roteiro de Luz, Espiritismo: Receita de Vida
Jesus: Roteiro de Luz, Espiritismo: Receita de VidaJesus: Roteiro de Luz, Espiritismo: Receita de Vida
Jesus: Roteiro de Luz, Espiritismo: Receita de Vida
igmateus
 
O Caminho da Felicidade
O Caminho da FelicidadeO Caminho da Felicidade
O Caminho da Felicidade
igmateus
 
O que você quer ser quando crescer
O que você quer ser quando crescerO que você quer ser quando crescer
O que você quer ser quando crescer
igmateus
 
Obsessão e Desobsessão
Obsessão e Desobsessão Obsessão e Desobsessão
Obsessão e Desobsessão
igmateus
 
Decepcoes, Ingratidao, Afeicoes Destruidas
Decepcoes, Ingratidao, Afeicoes DestruidasDecepcoes, Ingratidao, Afeicoes Destruidas
Decepcoes, Ingratidao, Afeicoes Destruidas
igmateus
 
A Gratidão como Roteiro de Vida
A Gratidão como Roteiro de VidaA Gratidão como Roteiro de Vida
A Gratidão como Roteiro de Vida
igmateus
 
Auta de Souza e Chico Xavier
Auta de Souza e Chico XavierAuta de Souza e Chico Xavier
Auta de Souza e Chico Xavier
igmateus
 
Auta de Souza e Chico Xavier
Auta de Souza e Chico XavierAuta de Souza e Chico Xavier
Auta de Souza e Chico Xavier
igmateus
 
Jesus - Uma Verdade para ser Vivida
Jesus - Uma Verdade para ser VividaJesus - Uma Verdade para ser Vivida
Jesus - Uma Verdade para ser Vivida
igmateus
 
ENTRENAT 2012 - DAM
ENTRENAT 2012 - DAMENTRENAT 2012 - DAM
ENTRENAT 2012 - DAM
igmateus
 
Como NÃO tornar seu filho um delinquente
Como NÃO tornar seu filho um delinquenteComo NÃO tornar seu filho um delinquente
Como NÃO tornar seu filho um delinquente
igmateus
 
Viagem Espírita em 1862
Viagem Espírita em 1862Viagem Espírita em 1862
Viagem Espírita em 1862
igmateus
 
Falsos Profetas da Erraticidade
Falsos Profetas da ErraticidadeFalsos Profetas da Erraticidade
Falsos Profetas da Erraticidade
igmateus
 
Caracteres do Verdadeiro Profeta
Caracteres do Verdadeiro ProfetaCaracteres do Verdadeiro Profeta
Caracteres do Verdadeiro Profeta
igmateus
 
Provas da Reencarnação
Provas da ReencarnaçãoProvas da Reencarnação
Provas da Reencarnação
igmateus
 

Mais de igmateus (20)

Violência não
Violência   nãoViolência   não
Violência não
 
Fluidos e Perispírito
Fluidos e PerispíritoFluidos e Perispírito
Fluidos e Perispírito
 
A Eficácia da Prece
A Eficácia da PreceA Eficácia da Prece
A Eficácia da Prece
 
Obsessão e suas relações com as doenças da alma
Obsessão e suas relações com as doenças da almaObsessão e suas relações com as doenças da alma
Obsessão e suas relações com as doenças da alma
 
Amar ao próximo como a si mesmo
Amar ao próximo como a si mesmoAmar ao próximo como a si mesmo
Amar ao próximo como a si mesmo
 
Jesus: Roteiro de Luz, Espiritismo: Receita de Vida
Jesus: Roteiro de Luz, Espiritismo: Receita de VidaJesus: Roteiro de Luz, Espiritismo: Receita de Vida
Jesus: Roteiro de Luz, Espiritismo: Receita de Vida
 
O Caminho da Felicidade
O Caminho da FelicidadeO Caminho da Felicidade
O Caminho da Felicidade
 
O que você quer ser quando crescer
O que você quer ser quando crescerO que você quer ser quando crescer
O que você quer ser quando crescer
 
Obsessão e Desobsessão
Obsessão e Desobsessão Obsessão e Desobsessão
Obsessão e Desobsessão
 
Decepcoes, Ingratidao, Afeicoes Destruidas
Decepcoes, Ingratidao, Afeicoes DestruidasDecepcoes, Ingratidao, Afeicoes Destruidas
Decepcoes, Ingratidao, Afeicoes Destruidas
 
A Gratidão como Roteiro de Vida
A Gratidão como Roteiro de VidaA Gratidão como Roteiro de Vida
A Gratidão como Roteiro de Vida
 
Auta de Souza e Chico Xavier
Auta de Souza e Chico XavierAuta de Souza e Chico Xavier
Auta de Souza e Chico Xavier
 
Auta de Souza e Chico Xavier
Auta de Souza e Chico XavierAuta de Souza e Chico Xavier
Auta de Souza e Chico Xavier
 
Jesus - Uma Verdade para ser Vivida
Jesus - Uma Verdade para ser VividaJesus - Uma Verdade para ser Vivida
Jesus - Uma Verdade para ser Vivida
 
ENTRENAT 2012 - DAM
ENTRENAT 2012 - DAMENTRENAT 2012 - DAM
ENTRENAT 2012 - DAM
 
Como NÃO tornar seu filho um delinquente
Como NÃO tornar seu filho um delinquenteComo NÃO tornar seu filho um delinquente
Como NÃO tornar seu filho um delinquente
 
Viagem Espírita em 1862
Viagem Espírita em 1862Viagem Espírita em 1862
Viagem Espírita em 1862
 
Falsos Profetas da Erraticidade
Falsos Profetas da ErraticidadeFalsos Profetas da Erraticidade
Falsos Profetas da Erraticidade
 
Caracteres do Verdadeiro Profeta
Caracteres do Verdadeiro ProfetaCaracteres do Verdadeiro Profeta
Caracteres do Verdadeiro Profeta
 
Provas da Reencarnação
Provas da ReencarnaçãoProvas da Reencarnação
Provas da Reencarnação
 

Último

12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
PIB Penha
 
Oração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A BondadeOração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A Bondade
Nilson Almeida
 
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
PIB Penha
 
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
AndreyCamarini
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Celso Napoleon
 
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdfA VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
marcusviniciussabino1
 
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
PIB Penha
 
Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1
CleideTeles3
 
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
PIB Penha
 
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújoquem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
Rogério Augusto Ayres de Araujo
 
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
PIB Penha
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não TiranizesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Ricardo Azevedo
 
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
PIB Penha
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
AlailzaSoares1
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Celso Napoleon
 

Último (15)

12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
 
Oração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A BondadeOração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A Bondade
 
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
 
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdfA VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
 
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
 
Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1
 
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
 
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújoquem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
 
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não TiranizesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
 
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
 

Influência Moral do Médium e do Meio

  • 1. PC-M4-R3 - Da Influência Moral do Médium e do Meio nas Comunicações Mediúnicas
  • 2. INFLUÊNCIA MORAL DO MÉDIUM O MESMO ASSUNTO REPETIDAS VEZES RECEBIDO POR UM MÉDIUM: É PARA ESCLARECE-LO. CORRIGI-LO DE ALGUM DEFEITO. 20 A FACULDADE MEDIÚNICA É ORGÂNICA INDEPENDE DA MORAL DIGNOS E INDIGNOS SÃO DOTADOS DELA (COMO DOS SENTIDOS FÍSICOS) ▼ O MÉDIUM NECESSITA DELA PARA MELHORAR-SE O USO DA FACULDADE MEDIÚNICA PODE SER BOM OU MAU DEPENDE DAS QUALIDADES DO MÉDIUM ▼ O MAU USO SERÁ DUPLAMENTE PUNIDO
  • 3. INFLUÊNCIA MORAL DO MÉDIUM 20 CONDIÇÕES PARA NÃO ALTERAR AS MENSAGENS DESEJAR O BEM EXPULSAR O EGOISMO EXPULSAR O ORGULHO DESPOJAR-SE DA VAIDADE etc CONDIÇÕES PARA ATRAIR OS BONS ESPÍRITOS A BONDADE A BENEVOLÊNCIA A SIMPLICIDADE DE CORAÇÃO O AMOR AO PRÓXIMO O DESPRENDIMENTO SINAIS DE ORGULHO NO MÉDIUM: CONFIANÇA CEGA NA SUPERIORIDADE DE SUAS COMUNICAÇÕES IDEM NA INFALIBILIDADE DO ESPÍRITO QUE POR ELE SE COMUNICA ABORRECER-SE COM A CRÍTICA AFASTAR-SE DOS AMIGOS QUE PODERIAM DAR-LHE AVISOS, etc SINAIS DE BOM MÉDIUM: NÃO SE PREVALECE DA SUA FACULDADE NÃO SE ATRIBUI NENHUM MÉRITO (PELA MEDIUNIDADE) HUMILDE: CONSIDERA-SE INDIGNO DESSE FAVOR
  • 4. INFLUÊNCIA MORAL DO MÉDIUM 20 AVISOS MÉDIUM PERFEITO: NÃO HÁ PERFEIÇÃO NA TERRA O MELHOR MÉDIUM: É O QUE TEM SIDO ENGANADO MENOS VEZES MÉDIUM ENGANADO: FOI ATACADO PELO SEU LADO FRACO OS ESPÍRITOS SEMELHANTES ATRAEM OS ESPÍRITOS SEMELHANTES MÉDIUNS LEVIANOS ATRAEM ESPÍRITOS DA MESMA NATUREZA MÉDIUNS OBSCENOS ATRAEM ESPÍRITOS CÍNICOS MÉDIUM QUE POR SUA CONDUTA É LEGÍTIMAMENTE SUSPEITO: REPELIR SUAS COMUNICAÇÕES MAIS VALE REPELIR DEZ VERDADES DO QUE ADMITIR UMA ÚNICA MENTIRA É PRECISO QUE OS DIRIGENTES SEJAM DOTADOS DE RARA SAGACIDADE PARA DISCERNIR AS COMUNICAÇÕES AUTÊNTICAS
  • 5. O MEIO A INFLUÊNCIA DOS PARTICIPANTES DA REUNIÃO 21 ... ASSIM, TODA VEZ QUE OS HOMENS SE REÚNEM, HÁ ENTRE ELES UMA REUNIÃO OCULTA DE ESPÍRITOS SIMPATIZANTES DE SUAS QUALIDADES OU DE SUAS IMPERFEIÇÕES. § 232 SÃO ELES QUE RESPONDERÃO PRIMEIRO AO CHAMADO PARA COMUNICAÇÃO. QUAL O MEU MEIO ? INFLUÊNCIA DOS DESENCARNADOS NOS MEIOS INSTRUÍDOS ONDE A IRONIA PREDOMINA IRÃO OS ESPÍRITOS BATEDORES E ZOMBETEIROS INFLUÊNCIA DOS ENCARNADOS NOS MEIOS POUCO INSTRUÍDOS ONDE HÁ SINCERIDADE OS BONS ESPÍRITOS VÃO DE BOA VONTADE
  • 6. INFLUÊNCIA DO MEIO 21 O MEIO É SUPERADO PELOS ESPÍRITOS SUPERIORES MAS NÃO VÃO À REUNIÕES ONDE SABEM QUE SUA PRESENÇA É INÚTIL MAIS UMA LEI DA “ATRAÇÃO UNIVERSAL” ! A ATRAÇÃO DOS ESPÍRITOS SE EXERCE PELA SIMPATIA OU PELA ANTIPATIA ESTAMOS RODEADOS POR NOSSOS AFINS CADA POVO ESTÁ UNIDO AOS ESPÍRITOS QUE ATRAI PELOS SEUS PENSAMENTOS E SENTIMENTOS AS CONDIÇÕES DO MEIO DEPENDEM : DA HOMOGENEIDADE PARA O BEM DOS SENTIMENTOS PUROS E ELEVADOS DO DESEJO SINCERO DE SE INSTRUIR
  • 7. Tenham todos uma ótima semana, e que o Mestre Jesus nos abençoe e ilumine! MUITA PAZ!