SlideShare uma empresa Scribd logo
Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba CampusCajazeirasDisciplina: Processo de desenvolvimento de softwareProfessora: Gabriela Guedes 
Fátima Ferreira 
Sérgio DinizGerenciamento de pessoas 
1
Gerenciamentodepessoal 
Objetivos 
Compreenderalgumasdasquestõesenvolvidasnaseleçãoeretençãodepessoasemumaorganizaçãodedesenvolvimentodesoftware; 
Compreenderfatoresqueinfluenciamamotivaçãodepessoasesuasimplicaçõesparaogerentedeprojeto; 
Compreenderasquestõesprincipaisdetrabalhoemequipe,entreelascomunicaçãoeorganizaçãodeequipe; 
2
Gerenciamentodepessoal 
Pessoassãoopatrimôniomaisimportantedeumaorganização; 
Astarefasdeumgerentedevemseressencialmenteorientadasàspessoas 
Ogerenciamentoinadequadodepessoaséumadasmaiorescausasdefalhasdeprojeto; 
3
Fatoresdegerenciamentodepessoal 
1.Consistência 
Pessoasdevemsertratadasdemaneirauniforme,semfavoritosoudescriminação; 
2.Respeito 
Osmembrosdeumaequipetemhabilidadesdiferenteseessasdiferençasdevemserrespeitadas; 
3.Inclusão 
Éimportantedesenvolverumambientedetrabalhonoqualtodosospontosdevistasejamaceitos; 
4.Honestidade 
Vocêdevesempreserhonestosobreoquevaiounãobemnaequipe; 
4
Seleção de pessoal 
Tarefa mais importante no gerenciamento de projeto; 
As informações para essa seleção vem: 
Informações fornecidas pelo candidato; 
Informações obtidas através de entrevistas; 
Recomendações de pessoas que trabalharam com o candidato; 
5
Motivação de pessoas 
Umdospapeismaisimportantedogerenteémotivaraspessoasquetrabalhamemumprojeto; 
Pessoassãomotivadaspelasatisfaçãodesuasnecessidades; 
Necessidadesbásicas(comer,dormir,etc.); 
Necessidadessociais(seraceitocomopartedeumgrupo); 
Necessidadespessoais(respeito,autoestima); 
6
Hierarquia das necessidades humanas 
SOMMERVILLE, 2007. 
7
Satisfação de necessidades pessoais 
Social 
Fornecer lugares comuns; 
Permitir comunicações informais; 
Estima 
Reconhecimento público das realizações; 
Remuneração apropriada; 
Realização 
Fornecer programas de treinamentos; 
Atribuir responsabilidades; 
8
Gerenciamento de grupos 
Amaiorpartedodesenvolvimentodeumprojetodesoftwareéumaatividadeemgrupo; 
Ainteraçãoéumachavedeterminantedodesempenhodegrupo; 
9
Fatoresqueinfluenciamotrabalhoemgrupo 
Comunicação 
Os membros do grupo se comunicam eficazmente uns com os outros? 
Organização 
O grupo está organizado de maneira que cada pessoas se sinta valorizada e satisfeita com seu papel? 
10
Comunicações de grupos 
Acomunicaçãoéessencialparaumtrabalhoemgrupoeficiente; 
Asinformaçõestrocadasdevemsersobreostatusdotrabalho,decisõesdeprojeto,easmudançasfuturas; 
Boacomunicaçãoreforçaacoesãodogrupo; 
11
Comunicações de grupos 
Fatoresqueinfluenciamacomunicaçãoeficazdogrupo: 
Tamanhodogrupo 
Acomunicaçãosetornamenoseficazemgruposgrandes; 
Estrutura 
Acomunicaçãotendeasermaiseficazemgruposorganizadosinformalmentequeemgruposestruturadoshierarquicamente; 
Composição 
Acomunicaçãoémelhorestruturadaemgruposcompostosporhomensemulheres,aoinvésdeumúnicosexo; 
Ambientefísicodetrabalho 
Umambientedetrabalhoorganizadopodeauxiliaraencorajaracomunicação; 
12
Organização de grupo 
Grupospequenostendemaserorganizadosdemaneirainformal; 
Paraprojetodegrandeporte,podeexistirumaorganizaçãohierárquica,ondegruposdiferentessãoresponsáveispordiferentessubprojetos; 
13
Grupos informais 
Agemcomoumtodoechegaaumconsensocomumsobreasdecisõesqueafetamosistema; 
Tarefassãoalocadasdeacordocomhabilidadeeaexperiênciadosmembros; 
Essaabordagemébemsucedidaparagruposondetodososmembrossãoexperientesecompetentes; 
14
Grupos de extreme programming 
Decisões‘gerenciais’sãorepassadasaosmembrosdaequipe; 
Osprogramadorestrabalhamempareseassumemresponsabilidadecoletivadocódigoqueédesenvolvido; 
15
Conclusões 
Fatoresquedevemserusadosparaseleçãodepessoalincluemeducação,experiênciadedomínio,adaptabilidadeepersonalidade; 
Aspessoassãomotivadaspelasinterações,peloreconhecimentoepelodesenvolvimentopessoal; 
Gruposdedesenvolvimentodesoftwaredevemserpequenosecoesos.Oslíderesdevemsercompetentesedevemterapoioadministrativoetécnico; 
Acomunicaçãodeumgrupoéinfluenciadaporfatorescomo: status,tamanhodogrupo,pelaorganizaçãopelacomposiçãodesexo; 
Ambientesdetrabalhodevemincluirespaçoseinterações; 
16
Referências 
SOMMERVILLE, Ian. Engenharia de Software, 2007. 
17
18

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Gerenciamento de Pessoas

SUSTENTABILIDADE EM PROJETOS DE PETRÓLEO E GÁS.
SUSTENTABILIDADE EM PROJETOS DE PETRÓLEO E GÁS.SUSTENTABILIDADE EM PROJETOS DE PETRÓLEO E GÁS.
SUSTENTABILIDADE EM PROJETOS DE PETRÓLEO E GÁS.
Lia Medeiros
 
Revista cra nº 337 julho
Revista cra nº 337   julho Revista cra nº 337   julho
Revista cra nº 337 julho
Rinaldo Nunes
 
GI Banco do Brasil
GI Banco do BrasilGI Banco do Brasil
GI Banco do Brasil
teacher emir
 
TEMOS ESSE TRABALHO DISPONÍVEL
TEMOS ESSE TRABALHO DISPONÍVELTEMOS ESSE TRABALHO DISPONÍVEL
TEMOS ESSE TRABALHO DISPONÍVEL
GT ASSESSORIA ACADÊMICA
 
RESPOSTA - ATIVIDADE 1
RESPOSTA - ATIVIDADE 1RESPOSTA - ATIVIDADE 1
RESPOSTA - ATIVIDADE 1
GT ASSESSORIA ACADÊMICA
 
Palestra inteligencia social
Palestra inteligencia socialPalestra inteligencia social
Palestra inteligencia social
Interlecto Consultoria
 
atps Basico Gs Conhecimento
atps Basico Gs Conhecimentoatps Basico Gs Conhecimento
atps Basico Gs Conhecimento
arthfesta
 

Semelhante a Gerenciamento de Pessoas (7)

SUSTENTABILIDADE EM PROJETOS DE PETRÓLEO E GÁS.
SUSTENTABILIDADE EM PROJETOS DE PETRÓLEO E GÁS.SUSTENTABILIDADE EM PROJETOS DE PETRÓLEO E GÁS.
SUSTENTABILIDADE EM PROJETOS DE PETRÓLEO E GÁS.
 
Revista cra nº 337 julho
Revista cra nº 337   julho Revista cra nº 337   julho
Revista cra nº 337 julho
 
GI Banco do Brasil
GI Banco do BrasilGI Banco do Brasil
GI Banco do Brasil
 
TEMOS ESSE TRABALHO DISPONÍVEL
TEMOS ESSE TRABALHO DISPONÍVELTEMOS ESSE TRABALHO DISPONÍVEL
TEMOS ESSE TRABALHO DISPONÍVEL
 
RESPOSTA - ATIVIDADE 1
RESPOSTA - ATIVIDADE 1RESPOSTA - ATIVIDADE 1
RESPOSTA - ATIVIDADE 1
 
Palestra inteligencia social
Palestra inteligencia socialPalestra inteligencia social
Palestra inteligencia social
 
atps Basico Gs Conhecimento
atps Basico Gs Conhecimentoatps Basico Gs Conhecimento
atps Basico Gs Conhecimento
 

Mais de Fatinha de Sousa

Cross Site Scripting
Cross Site Scripting Cross Site Scripting
Cross Site Scripting
Fatinha de Sousa
 
Apresentação da ferramenta de Esteganografia JPHS
Apresentação da ferramenta de Esteganografia JPHSApresentação da ferramenta de Esteganografia JPHS
Apresentação da ferramenta de Esteganografia JPHS
Fatinha de Sousa
 
Deep web
Deep webDeep web
Banco de dados dbo4
Banco de dados dbo4Banco de dados dbo4
Banco de dados dbo4
Fatinha de Sousa
 
Principais Vírus de Computador
Principais Vírus de ComputadorPrincipais Vírus de Computador
Principais Vírus de Computador
Fatinha de Sousa
 
Segurança Na Internet
Segurança Na InternetSegurança Na Internet
Segurança Na Internet
Fatinha de Sousa
 
Segurança em redes
Segurança em redesSegurança em redes
Segurança em redes
Fatinha de Sousa
 
Banco de Dados Multimidia
 Banco de Dados Multimidia Banco de Dados Multimidia
Banco de Dados Multimidia
Fatinha de Sousa
 
Estudo de Caso Windows
Estudo de Caso WindowsEstudo de Caso Windows
Estudo de Caso Windows
Fatinha de Sousa
 
Patterns: Singleton
Patterns: SingletonPatterns: Singleton
Patterns: Singleton
Fatinha de Sousa
 
Patterns: Factory Method
Patterns: Factory MethodPatterns: Factory Method
Patterns: Factory Method
Fatinha de Sousa
 

Mais de Fatinha de Sousa (11)

Cross Site Scripting
Cross Site Scripting Cross Site Scripting
Cross Site Scripting
 
Apresentação da ferramenta de Esteganografia JPHS
Apresentação da ferramenta de Esteganografia JPHSApresentação da ferramenta de Esteganografia JPHS
Apresentação da ferramenta de Esteganografia JPHS
 
Deep web
Deep webDeep web
Deep web
 
Banco de dados dbo4
Banco de dados dbo4Banco de dados dbo4
Banco de dados dbo4
 
Principais Vírus de Computador
Principais Vírus de ComputadorPrincipais Vírus de Computador
Principais Vírus de Computador
 
Segurança Na Internet
Segurança Na InternetSegurança Na Internet
Segurança Na Internet
 
Segurança em redes
Segurança em redesSegurança em redes
Segurança em redes
 
Banco de Dados Multimidia
 Banco de Dados Multimidia Banco de Dados Multimidia
Banco de Dados Multimidia
 
Estudo de Caso Windows
Estudo de Caso WindowsEstudo de Caso Windows
Estudo de Caso Windows
 
Patterns: Singleton
Patterns: SingletonPatterns: Singleton
Patterns: Singleton
 
Patterns: Factory Method
Patterns: Factory MethodPatterns: Factory Method
Patterns: Factory Method
 

Último

Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
livrosjovert
 
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
YeniferGarcia36
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
Marlene Cunhada
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
wagnermorais28
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
silvamelosilva300
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
WelberMerlinCardoso
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
LILIANPRESTESSCUDELE
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 

Último (20)

Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
 
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 

Gerenciamento de Pessoas